Um sistema bem dimensionado permite poupar, em média, 70% a 80% da energia necessária para o aquecimento de água que usamos em casa.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um sistema bem dimensionado permite poupar, em média, 70% a 80% da energia necessária para o aquecimento de água que usamos em casa."

Transcrição

1 Mais Questões Isildo M. C. Benta, Assistência Técnica Certificada de Sistemas Solares Quanto poupo se instalar um painel solar térmico? Um sistema bem dimensionado permite poupar, em média, 70% a 80% da energia necessária para o aquecimento de água que usamos em casa. Quando terei retorno do investimento num painel solar térmico? Dependendo da dimensão e do uso da instalação, o painel solar térmico é amortizado em +/- 6 anos. Considerando o consumo, o tempo de retorno poderá ser até mais reduzido. Qual a influência dos painéis solares térmicos nos certificados energéticos? Uma habitação com painéis solares térmicos tem melhores condições de obter um bom resultado numa certificação energética quando comparada com a mesma habitação mas sem coletores. Os painéis solares térmicos são certificados? Todos os equipamentos são devidamente certificados pela SolarKeymark/Certif de acordo com as exigências internacionais Os instaladores que irão proceder à instalação são certificados? Todos os instaladores responsáveis pela instalação dos equipamentos disponíveis, possuem certificado de aptidão profissional (CAP) reconhecido pela Direção Geral de Energia e Geologia. Qual o prazo de garantia e qual o valor a pagar após a expiração da mesma? O prazo de garantia para todos os equipamentos será de 6 anos. 1. Como funciona o sistema termossifão? A radiação solar incide sobre a cobertura de vidro que compõe a parte superior do coletor solar, penetrando no interior do painel solar. O calor é transferido para o fluido que circula pela tubagem tornando-se menos denso, subindo do coletor para o depósito. A permuta é feita para a água de consumo, o fluido térmico arrefece e desce para os coletores, fechando se o ciclo. O depósito deve ficar sempre acima dos coletores solares. 2. Como funciona o sistema de circulação forçada?

2 A radiação solar incide sobre a cobertura de vidro que compõe a parte superior do coletor solar, penetrando no interior do painel solar. O calor é transferido para o fluido que circula pela tubagem. O fluido quente, circula em circuito fechado e transfere calor através da serpentina do depósito para a água de consumo. A circulação do fluido é gerida pelo controlador diferencial e pelo grupo de circulação em função das temperaturas medidas. 3. Qual a diferença entre o sistema termossifão e o sistema de circulação forçada? O sistema termossifão é composto por um depósito por cima do painel, o investimento é mais baixo e a instalação mais simples. Funciona de forma autónoma, sem recurso a bomba auxiliar para fazer a circulação do líquido solar. A manutenção é mais simples. O sistema de circulação forçada tem um rendimento superior, dado que a gestão da energia é mais eficaz por ser regulada através de um controlador diferencial. Prevê um depósito no interior do edifício, pelo que obriga a ter espaço para a colocação do mesmo. Para quem se preocupa com a estética do painel e do edifício, é uma boa solução, dado que possibilita uma melhor integração arquitetónica. 4. Ainda preciso de gás ou eletricidade depois de adquirir um painel solar térmico? Sim, mas só como apoio ao sistema solar. O sistema será instalado dando prioridade ao Sol garantindo que toda a energia gratuita é aproveitada permitindo assim que a redução possa atingir os 70% (considerando um ano de utilização) e que durante os meses de Verão a energia de apoio (gás ou eletricidade) não seja sequer consumida. Os sistemas de campanha preveem duas formas possíveis de funcionamento: Modo independente: necessita de uma resistência elétrica que atua sempre que for necessário compensar o aquecimento de água quente por falta de energia solar. Ex: em dias de maior nebulosidade, ou precipitação. Modo complementar / híbrido obriga à instalação de um módulo solar que, por meio de uma válvula redireciona a água para o equipamento alternativo ou diretamente para a canalização (mediante a temperatura que se registar no sistema solar). O custo resultante desta interligação será meramente o consumo de energia alternativo quando utilizado. 5. Se tiver um painel solar térmico, deixo de ter custos com água quente no futuro? O sistema termossifão 200l e 300l, permitem poupar até 70% dos custos para preparar a água quente. Não é totalmente isento de custos, dado ter que instalar o sistema solar, mas reduz significativamente os custos da energia para aquecimento da água, uma vez que a energia do Sol é gratuita. A recuperação do custo da instalação é feita com as poupanças de energia ao longo de poucos anos. 6. Durante o Inverno, se a temperatura da água quente do painel solar térmico não for suficiente, posso usar o meu esquentador atual para garantir o resto do aquecimento? Sim, o sistema será instalado prevendo essa situação através da instalação de um módulo solar, e o esquentador entrará em funcionamento automaticamente gastando apenas o gás necessário em cima da água pré-aquecia, para atingir a temperatura pretendida. 7. Em dias com pouco Sol ou no Inverno os painéis solares térmicos funcionam?

3 Sim. Em média, a energia solar disponível no Inverno fornece cerca de 60% das necessidades. Quando não há Sol suficiente, o sistema de apoio entra em funcionamento. 8. Quanto tempo leva uma instalação? Tempo de instalação em média de um Sistema de Termossifão: 48h. Tempo de instalação em média de um Sistema de Circulação Forçada: 72h. 9. Só posso colocar os coletores no telhado? Não. Há outros locais possíveis (terraços, chão/locais sem sombras). 10. Qual o tempo de vida dos painéis solares térmicos? Os sistemas solares térmicos são feitos para durar cerca de 20 anos com poupança de energia, cuidando do ambiente. Contudo, necessitam de uma manutenção preventiva anual, para que durem o tempo previsto sem perderem eficiência. 11. Pode ser utilizado em conjunto com outro equipamento (esquentador, termoacumulador, caldeira)? Pode e deve ser utilizado com uma segunda fonte de calor, funcionando assim como um sistema híbrido. 12. Não tenho nenhum equipamento. O painel solar térmico é autónomo? Sim, poderá ser instalado com uma resistência elétrica, dando assim garantia de água quente. 13. Deve ser instalado no Verão ou no Inverno? Pode ser instalado em qualquer estação, sendo que as instalações de Inverno poderão ser mais demoradas dados os períodos de chuva. 14. Se tiver sombras (ex: árvores) em frente à casa devo instalar um painel solar térmico? Sim, desde que a sombra cubra o painel apenas nas duas primeiras horas a seguir ao nascer do sol ou apenas nas duas últimas horas antes do por do sol. 15. Qual a influência dos painéis solares térmicos nos certificados energéticos? Uma habitação com painéis solares térmicos tem melhores condições de obter um bom resultado numa certificação energética do que uma equivalente mas sem coletores. 16. Os painéis solares térmicos são certificados? Todos os equipamentos estão devidamente certificados pela SolarKeymark de acordo com as exigências internacionais. 17. A solução apresentada inclui manutenção? A manutenção preventiva está garantida durante o período de garantia (6 anos). 18. O equipamento pode ser usado também para o aquecimento central? Não é aconselhada a instalação de coletores solares térmicos como apoio ao aquecimento central. A dimensão dos equipamentos propostos no presente programa não é suficiente para dar resposta a um sistema de aquecimento central. Estes sistemas apenas se adaptam a águas quentes sanitárias, foi para esse fim que foram desenvolvidos. Não é aconselhado, portanto, o uso de sistemas solar térmicos no presente programa pelas seguintes razões:

4 As necessidades de aquecimento para águas sanitárias ronda os 45º e geralmente para os aquecimentos centrais a necessidade térmica é muito superior a esta podendo chegar a 70º. Sendo, portanto, muito mais exigente termicamente um sistema de aquecimento central do que as águas sanitárias. A poupança em gás (ou outro combustível) que uma instalação solar obtém pode chegar aos 75% quando considerado um ano inteiro em que no período de Verão a água aquece só com Sol, uma vez que é nesta altura que a radiação solar é mais forte. Um sistema de aquecimento central é mais exigente termicamente e é geralmente usado quando a radiação solar é mais fraca, não se conseguindo tirar tanto partido do sistema. Contudo, se mesmo assim desejar investir na solução conjunta (Instalação Solar + Aquecimento Central) poderá sempre recorrer a um projetista solar (não incluído neste programa, e que será o técnico mais indicado para fazer a referida interligação dos dois sistemas) para verificar se a instalação é viável ou não, pois este irá ter em linha de conta com uma série de fatores: Orientação e inclinação dos coletores solares, uma vez que o objetivo é uma utilização de Inverno a situação que maximiza a produção de água quente será: 50º de inclinação e orientação a Sul (no Inverno os desvios de orientação e inclinação provocam perdas de rendimento superiores às outras estações do ano). Dimensão das zonas a aquecer - planta da casa e altura dos vários compartimentos Nº de Módulos instalados - geralmente cada radiador tem vários módulos. Dimensão dos módulos instalados - a potência varia em função da dimensão. Utilização - Se estão todos os compartimentos da casa a ser utilizados ou só há necessidade de utilizar uma parte. Em função do cálculo anterior obtém-se uma necessidade térmica que será dada por área de painel e um volume de água para acumular energia nas horas de Sol. Findo o cálculo é feita uma lista de equipamento cujo preço deverá ser inferior a 8-10 anos de combustível para aquecimento (o que muitas vezes é difícil de alcançar). Resumindo, o presente programa não se adapta a este tipo de soluções (aquecimento central), uma vez que as áreas de painel e os volumes de água considerados são francamente insuficientes para sistemas de aquecimento central, e por outro lado, a um instalador (incluído nesta campanha) pode ser exigido que a montagem seja perfeita mas não que faça cálculos de consumo de energia em função da área. 19. Como é que sei se tenho espaço suficiente para a colocação do depósito? O espaço disponível para instalação do depósito no Sistema de Circulação Forçada deverá ter 2,5m2 com 2m de altura. 20. O que é o módulo solar? Qual a vantagem do mesmo? É uma solução universal que torna compatível o funcionamento dos sistemas de aquecimento com os painéis solares térmicos, permitindo gerir a temperatura da água quente dando sempre prioridade ao Sol, maximizando, desta forma, a poupança e ajudando o ambiente. 21.O que é que inclui a visita para manutenção anual dos produtos? - Limpeza dos coletores. - Verificação do circulador. - Afinação do caudal e pressão do circuito solar. - Verificação do vaso de expansão. - Ajuste de pré-carga (se necessário). - Verificação da concentração de fluido anti gelo.

5 - Verificação do Ph do fluido anti gelo. - Verificação do estado da estrutura. - Verificação dos elementos de segurança dos coletores e grupo de circulação. - Verificação das sondas de temperatura da instalação e do coletor. - Verificação visual do depósito instalado (Água quente sanitária). -Verificação do ânodo de magnésio do depósito (Água quente sanitária). - Verificação da válvula de segurança, (Água quente sanitária). - Verificação e regulação da válvula misturadora termostática, (Água quente sanitária). - Renovação, se necessário, do líquido solar no circuito ou reposição da pressão no circuito fechado - Purgar coletores e grupo de circulação. - Verificação do bom funcionamento de relógios, termóstatos e programadores. - Mão-de-obra necessária à substituição de peças. - Fornecimento de juntas, se for necessário devido às operações de manutenção. - Inspeção visual da instalação solar. 22. Os sistemas solares térmicos usam tubos de vácuo? Existem sistemas de painéis planos e sistemas com tubos de vácuo. 23.A capacidade de 200L ou 300L é diária? Sim, a capacidade é diária. 24. É possível o depósito de "circulação forçada" ficar deitado? Não, o depósito de circulação forçada deverá ficar em pé. 25. Qual o tempo de reposição da água quente num depósito de 300 L do sistema Termossifão? (Ex: banhos da família às 8 horas da manhã, qual a situação no final dia) O tempo de reposição de água quente no sistema de Termossifão de 300L irá depender dos níveis solares, do dia do ano e das condições climatéricas, isto contando apenas com a energia solar. No entanto é necessário ter um sistema de apoio, e se este sistema de apoio for gás (esquentador, caldeira ou termoacumulador) terá sempre agua quente qualquer que seja a hora do dia pois se a a água no depósito não tiver temperatura suficiente esta é aquecida instantaneamente pelo equipamento de apoio (solução com Módulo Solar). Na solução com resistência elétrica no depósito tem um tempo de reposição de cerca de 3 a 4 horas, aquecendo a água dos 0ªC a 60ºC. (situação extrema). 26. Posso instalar o sistema solar térmico independentemente da orientação da minha casa? Poderá ser sempre instalado, sendo que as instalações previstas no sistema são para orientação entre sudeste e sudoeste. Para situações em que a orientação está fora da pré-definida deverá o cliente entrar em acordo com o instalador para colocação de uma estrutura adicional. 27. O sistema auxiliar de aquecimento (caldeira, esquentador ou outro) terá de ser obrigatoriamente de gás natural ou também pode ser a gasóleo ou gás butano? Os sistemas solares térmicos que fazem parte da presente campanha adaptam-se a todos os sistemas de apoio, que recorram ao gás natural ou a qualquer outro. 28. Algum dos painéis está disponível com estrutura adaptável numa parede vertical da casa?

6 Não. É possível fazê-lo, mas terá de ser verificado pelo instalador, na altura da visita prévia à instalação. Poderá ser necessária a apresentação de um orçamento para adaptar os painéis (ou painel) numa parede vertical. 29. O depósito termossifão de 300l trás serpentina de forma a poder utilizar uma caldeira a lenha (ou outra) para aquecer água nos meses de Inverno? Tem que se adquirir essa serpentina extra ou algum tipo de acessório para que tal seja possível? O depósito de Termossifão não inclui qualquer permutador de serpentina logo não poderá ser ligado diretamente a uma segunda fonte de calor. Terá de ser verificado na altura da visita prévia, a ser feita pelo instalador, se existe a possibilidade de fazer algum tipo de ligação ao Sistema de apoio já existente, se for possível será feita a orçamentação dos equipamentos necessários para essa ligação assim como da sua instalação (será um valor extra que não se encontra ao abrigo do projeto). 30. O módulo solar adapta-se a qualquer tipo de esquentador? O Módulo Solar é universal, logo irá adaptar-se a qualquer tipo de esquentador. 31. Se instalar um sistema de circulação forçada, tenho de instalar, adicionalmente, um segundo vaso de expansão (sanitário)? Não tem que instalar. Este acessório (extra sistema) poderá ser recomendado dado que compensa no caso de haver grandes variações de temperatura, ajudando a equilibrar as pressões em todo o sistema. A sua instalação é uma opção do cliente. Mais questões, Isildo M. C. Benta, Assistência Técnica Certificada de Sistemas Solares, 2014

Albaenergy Solutions, Lda. Ar Condicionado

Albaenergy Solutions, Lda. Ar Condicionado Ar Condicionado Recorrendo à movimentação do ar estes equipamentos permitem, num curto espaço de tempo, climatizar um determinado espaço. Com estes sistemas podemos aquecer ou arrefecer o ambiente por

Leia mais

entidade promotora financiamento GUIA DO INSTALADOR

entidade promotora financiamento GUIA DO INSTALADOR entidade promotora financiamento GUIA DO INSTALADOR José Maria Almeida Pedro.almeida@ineti.pt Jorge Cruz Costa Cruz.costa@ineti.pt Esquema unifilar utilização 8 INÍCIO Slides 4 a 12 9 7 1 CD 4 5 6 7 7

Leia mais

AQUECEDOR SOLAR A VÁCUO

AQUECEDOR SOLAR A VÁCUO AQUECEDOR SOLAR A VÁCUO Aquecedor Solar a vácuo utiliza o que existe de mais avançado em tecnologia de aquecimento solar de água. Esse sistema de aquecimento utiliza a circulação natural da água, também

Leia mais

GEOTERMIA. a energia sustentável

GEOTERMIA. a energia sustentável GEOTERMIA a energia sustentável FUROS GEOTÉRMICOS A Terra oferece-nos o calor para o aquecimento e arrefecimento central e AQS num só sistema. Venha conhecer! PORQUÊ PAGAR POR ALGO QUE A NATUREZA LHE DÁ?

Leia mais

Solius 61 Manual de Instruções

Solius 61 Manual de Instruções Zona Industrial de Avintes, nº 103 4430 930 Avintes, V. N. de Gaia web: www.cirelius.pt e-mail: info@cirelius.pt tel: 227 843 817 fax: 227 843 819 Controlador Solar Solius 61 O controlador Solius 61 dispõe

Leia mais

Ficha de Inscrição Cursos de Formação 2016

Ficha de Inscrição Cursos de Formação 2016 PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2016 Ficha de Inscrição Cursos de Formação 2016 Para que a proposta de inscrição nos Cursos de Formação da Vulcano seja válida, é obrigatório o preenchimento de todos os campos de

Leia mais

Aquecimento / Arrefecimento forma de climatização pela qual é possível controlar a temperatura mínima num local.

Aquecimento / Arrefecimento forma de climatização pela qual é possível controlar a temperatura mínima num local. ANEXO I CONCEITOS E DEFINIÇÕES (A) Águas quentes sanitárias (AQS) é a água potável a temperatura superior a 35ºC utilizada para banhos, limpezas, cozinha e outros fins específicos, preparada em dispositivo

Leia mais

EDIFÍCIOS DE HABITAÇÃO

EDIFÍCIOS DE HABITAÇÃO EDIFÍCIOS DE HOJE OS SISTEMAS SOLARES CONVERTERAM-SE EM MAIS UMA PARTE DAS INSTALAÇÕES DE ÁGUA QUENTE. O DESAFIO ACTUAL E FUTURO É CONTINUAR A CONCEBER EQUIPAMENTOS E SISTEMAS QUE PROPORCIONEM O MÁXIMO

Leia mais

CO N C E P Ç ÃO, DESEN VO LV I MENTO E FABRI CO P ORTUGUÊ S BLOCO SOLAR ÁGUAS QUENTES SANITÁRIAS AQUECIMENTO CENTRAL CLIMATIZAÇÃO DE PISCINAS

CO N C E P Ç ÃO, DESEN VO LV I MENTO E FABRI CO P ORTUGUÊ S BLOCO SOLAR ÁGUAS QUENTES SANITÁRIAS AQUECIMENTO CENTRAL CLIMATIZAÇÃO DE PISCINAS CO N C E P Ç ÃO, DESEN VO LV I MENTO E FABRI CO P ORTUGUÊ S BLOCO SOLAR ÁGUAS QUENTES SANITÁRIAS AQUECIMENTO CENTRAL CLIMATIZAÇÃO DE PISCINAS ECONOMIA CONFORTO ECOLOGIA TRABALHA DE DIA, NOITE, COM CHUVA

Leia mais

PAINEIS SOLARES MEGASUN

PAINEIS SOLARES MEGASUN PAINEIS SOLARES MEGASUN Há mais de uma década a actuar no sector do aquecimento doméstico, a Jaqueciprolar é importador e representante dos Painéis Solares MEGASUN. A MEGASUN é um conceituado fabricante

Leia mais

EM CADA BANHO UMA FORMA DE RECUPERAR ENERGIA.

EM CADA BANHO UMA FORMA DE RECUPERAR ENERGIA. EM CADA BANHO UMA FORMA DE RECUPERAR ENERGIA. SABE QUAL A QUANTIDADE DE ENERGIA QUE É NECESSÁRIA PARA AQUECER A ÁGUA DO SEU BANHO? E SABE QUANTO DESSA ENERGIA É DESPERDIÇADA? Nos dias de hoje, os elevados

Leia mais

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Bombas de Calor para A.Q.S. AQUAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor para A.Q.S. Uma tecnologia de futuro Sistema eficiente de aquecimento de águas 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Bomba

Leia mais

Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8896)

Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8896) Manual de instruções Termossifão pressurizado (EA8896) Índice 1. Aviso... 3 2. Caracteristicas técnicas... 4 3. Princípios da Operação... 4 3.1. Tubos de vácuo... 4 3.2. Heat Pipe... 5 4. Instalação...

Leia mais

A escolha. natural DAIKIN ALTHERMA BOMBA DE CALOR DE BAIXA TEMPERATURA AQUECIMENTO, ARREFECIMENTO E ÁGUA QUENTE SANITÁRIA

A escolha. natural DAIKIN ALTHERMA BOMBA DE CALOR DE BAIXA TEMPERATURA AQUECIMENTO, ARREFECIMENTO E ÁGUA QUENTE SANITÁRIA A escolha natural DAIKIN ALTHERMA BOMBA DE CALOR DE BAIXA TEMPERATURA AQUECIMENTO, ARREFECIMENTO E ÁGUA QUENTE SANITÁRIA 2 A escolha natural 3 em1: aquecimento, arrefecimento e água quente sanitária O

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA PADRE AMÉRICO, 131, 2.º ANDAR - AP. 25 Localidade CAMPO VLG

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA PADRE AMÉRICO, 131, 2.º ANDAR - AP. 25 Localidade CAMPO VLG Válido até 09/09/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA PADRE AMÉRICO, 131, 2.º ANDAR - AP. 25 Localidade CAMPO VLG Freguesia CAMPO E SOBRADO Concelho VALONGO GPS 41.181981, -8.473370 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

POUPE 1879 EM 10 ANOS

POUPE 1879 EM 10 ANOS Com o apoio do programa Energia Inteligente da Europa, da Comissão Europeia POUPE 1879 EM 10 ANOS 10 Proteste 375 janeiro 2016 Sala virada para o calor EM Usar aquecedor elétrico, ar condicionado, caldeira

Leia mais

2 Depósito de acumulação estratificado SolvisStrato

2 Depósito de acumulação estratificado SolvisStrato 2 Depósito de acumulação estratificado SolvisStrato 2.1 Utilização e estrutura O depósito de acumulação estratificado SolvisStrato (figura à direita) foi concebido especificamente para instalações solares.

Leia mais

Aquecimento Doméstico

Aquecimento Doméstico Aquecimento Doméstico Grande variedade de escolha Dos cerca de 4.000 kwh de energia consumidos por uma família portuguesa durante o ano, 15% é destinado ao aquecimento ambiente. A zona climática, o tipo

Leia mais

CALDEIRAS A LENHA AQUASOLID. Página 1

CALDEIRAS A LENHA AQUASOLID. Página 1 CALDEIRAS A LENHA AQUASOLID Página 1 Índice Caldeiras a Lenha - Todo o conforto com a máxima economia Uma solução de aquecimento eficiente 03 Principais Características 04 Componentes e Benefícios 05 Princípio

Leia mais

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS E PREDIAIS. Professor: Eng Civil Diego Medeiros Weber.

INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS E PREDIAIS. Professor: Eng Civil Diego Medeiros Weber. INSTALAÇÕES HIDRÁULICAS E PREDIAIS Professor: Eng Civil Diego Medeiros Weber. INSTALAÇÕES PREDIAIS DE ÁGUA QUENTE Norma NBR 7198 (ABNT,1998) Projeto e execução de instalações prediais deágua quente. Condições

Leia mais

Água Quente Sanitária. Climatização Passiva. Aquecimento e Arrefecimento. Aquecimento

Água Quente Sanitária. Climatização Passiva. Aquecimento e Arrefecimento. Aquecimento Água Quente Sanitária Climatização Passiva Aquecimento e Arrefecimento Aquecimento A Geotermia Vertical consiste na instalação de sondas geotérmicas para a captação de energia térmica em furos até 200

Leia mais

www.felixtermica.pai.pt www.felixtermica.com

www.felixtermica.pai.pt www.felixtermica.com www.felixtermica.pai.pt www.felixtermica.com Empresa Desde quando marcamos História... Empresa de elevada competência e fiabilidade no campo de climatização e canalização que já conta com mais de 25 anos

Leia mais

"A nova legislação do desempenho energético dos edifícios

A nova legislação do desempenho energético dos edifícios XI SIMPÓSIO LUSO-ALEMÂO DE ENERGIA "A nova legislação do desempenho energético dos edifícios Lisboa, 26 de maio 2014 ADENE Pedro Mateus A nova regulamentação de eficiência energética em edifícios 1. Sistema

Leia mais

ENERGIA. Energias passivas

ENERGIA. Energias passivas Energias passivas ENERGIA Estes sistemas, quando bem dimensionados, são de longe mais económicos do que qualquer outro sistema que recorra a energia elétrica ou combustíveis convencionais. Com o aumento

Leia mais

Água. Quente. Grátis. A nova geração de soluções solares compactas e com um design único

Água. Quente. Grátis. A nova geração de soluções solares compactas e com um design único Água. Quente. Grátis. A nova geração de soluções solares compactas e com um design único Água. Quente. Grátis. A visão da Solcrafte uma visão com futuro. Os recursos energéticos fósseis tornam-se cada

Leia mais

AQUECIMENTO SOLAR ÁGUAS QUENTES INDUSTRIAIS TUBOS DE VÁCUO

AQUECIMENTO SOLAR ÁGUAS QUENTES INDUSTRIAIS TUBOS DE VÁCUO AQUECIMENTO SOLAR ÁGUAS QUENTES INDUSTRIAIS TUBOS DE VÁCUO AQUECIMENTO 4SUN eficiência energética industrial benefícios O Sistema Solar Térmico Industrial 4Sun reduz os Consumos Energéticos associados

Leia mais

Potência útil A.Q.S. Potência útil A.Q.S. Características básicas Gama PLATINUM MAX (Condensação com micro-acumulação eficiente. Potência útil A.Q.S.

Potência útil A.Q.S. Potência útil A.Q.S. Características básicas Gama PLATINUM MAX (Condensação com micro-acumulação eficiente. Potência útil A.Q.S. Características básicas Gama (Condensação) de Caudal instantâneo Modelo kcal/h kw kcal/h kw l/min com (Δt=25 C) e Água Quente instantânea 2/2 F 5.88 / 17.200 6,8 / 20 20.60 2 13,8 CL.5 28/28 F 7.82 / 20.60

Leia mais

DEPÓSITOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

DEPÓSITOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE DEPÓSITOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Depósitos Solução de acumulação para Águas Quentes Sanitárias 03 Gama de Depósitos Vulcano Conforto garantido. Resumo 04 Depósitos de uma serpentina Simplicidade

Leia mais

[ Ar ] [ Água ] [ Terra ] [ Buderus ] Deixe entrar o sol no seu lar. O calor é o nosso elemento

[ Ar ] [ Água ] [ Terra ] [ Buderus ] Deixe entrar o sol no seu lar. O calor é o nosso elemento [ Ar ] Tecnologia Caldera mural solar de Logasol condensación SKE Logamax.0; plus SKN GB0 3.0; SKS 4.0 [ Água ] [ Terra ] [ Buderus ] Deixe entrar o sol no seu lar SOLA R TECNOLOGIA O calor é o nosso elemento

Leia mais

DIFERENÇA ENTRE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA E TÉRMICA DAVANTISOLAR.COM.BR

DIFERENÇA ENTRE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA E TÉRMICA DAVANTISOLAR.COM.BR DIFERENÇA ENTRE ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA E TÉRMICA DAVANTISOLAR.COM.BR ÍNDICE 01. Sol 02. Energia Solar 03. Térmica 04. Como funciona? 05. Fotovoltaica 06. Como Funciona? 07. Por que investir em Energia

Leia mais

Guia Prático do Certificado Energético da Habitação

Guia Prático do Certificado Energético da Habitação Guia Prático do Certificado Energético da Habitação Fonte: ADENE O QUE É UM CERTIFICADO ENERGÉTICO? Um Certificado Energético (CE) de um edifício ou fracção autónoma é o documento emitido no âmbito do

Leia mais

Capítulo 3 Documento Rascunho Eurico Ferreira S.A. 23 de Fevereiro de 2012. António Luís Passos de Sousa Vieira 070503362 ee07362@fe.up.

Capítulo 3 Documento Rascunho Eurico Ferreira S.A. 23 de Fevereiro de 2012. António Luís Passos de Sousa Vieira 070503362 ee07362@fe.up. Capítulo 3 Documento Rascunho Eurico Ferreira S.A. 23 de Fevereiro de 2012 António Luís Passos de Sousa Vieira 070503362 ee07362@fe.up.pt Capítulo 3 Baterias Solares As baterias solares, também conhecidas

Leia mais

Empresas de diversos setores necessitam de produzir águas quentes no âmbito das suas atividades, como por exemplo:

Empresas de diversos setores necessitam de produzir águas quentes no âmbito das suas atividades, como por exemplo: Empresas de diversos setores necessitam de produzir águas quentes no âmbito das suas atividades, como por exemplo: no Alojamento, para banhos, cozinha e limpezas nos Serviços, para limpezas, lavagem de

Leia mais

OBSERVATÓRIO para a Energia Solar

OBSERVATÓRIO para a Energia Solar OBSERVATÓRIO para a Energia Solar Fátima 9 de Março Grândola 10 de Março S. T. Spencer ADENE ÍNDICE 1. Descrição e Actividade 2. Viagem às s Instalações de ES em Portugal DEFINIÇÃO Instrumento criado no

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada MONTE STO ANTONIO - CASA FELIZ, CAIXA POSTAL 2010P, Localidade BENSAFRIM

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada MONTE STO ANTONIO - CASA FELIZ, CAIXA POSTAL 2010P, Localidade BENSAFRIM Válido até 04/11/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada MONTE STO ANTONIO - CASA FELIZ, CAIXA POSTAL 2010P, Localidade BENSAFRIM Freguesia BENSAFRIM E BARÃO DE SÃO JOÃO Concelho LAGOS GPS 37.157682, -8.742078

Leia mais

VISÃO GERAL DOS ACUMULADORES

VISÃO GERAL DOS ACUMULADORES ACUMULADORES VISÃO GERAL DOS ACUMULADORES Designação do tipo Acumuladores de camadas PC Acumuladores de camadas PC 2WR Acumuladores de água fresca FS 1R página 119 página 120 página 161 Acumulador combinado

Leia mais

Água na sua melhor forma.

Água na sua melhor forma. Acumuladores térmicos ROTEX Água na sua melhor forma. O acumulador térmico de alto desempenho ROTEX proporciona a máxima higiene da água doméstica e a mais elevada conveniência da água de serviço. "Quando

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AV. COMBATENTES 15, RCH DRT,, Localidade SESIMBRA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada AV. COMBATENTES 15, RCH DRT,, Localidade SESIMBRA Válido até 08/05/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada AV. COMBATENTES 15, RCH DRT,, Localidade SESIMBRA Freguesia SESIMBRA (SANTIAGO) Concelho SESIMBRA GPS 38.444432, -9.105156 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação

REH Regulamento dos Edifícios de Habitação Questão 6 Considere as peças desenhadas anexas correspondentes ao projeto de uma moradia a construir no concelho de Alcochete, a uma altitude de 22 m. Todos os vãos envidraçados serão constituídos por:

Leia mais

DEPÓSITOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

DEPÓSITOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE DEPÓSITOS SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Depósitos Solução de acumulação para Águas Quentes Sanitárias 03 Gama de Depósitos Vulcano Conforto garantido 04 Depósitos de uma serpentina Simplicidade e conforto

Leia mais

ESQUENTADORES SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

ESQUENTADORES SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE ESQUENTADORES Sensor Compacto SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Sensor Compacto O novo grau de exigência Tecnologia, conforto e poupança Há um novo grau de exigência na gama de esquentadores Vulcano: o Sensor Compacto.

Leia mais

Inovação e Qualidade. Gama de produtos. Prémios:

Inovação e Qualidade. Gama de produtos. Prémios: Inovação e Qualidade Válvulas, controlos + sistemas Unibox e limitação da temperatura de retorno de sistemas de piso radiante Floorbox Instalação de sistemas de piso radiante sem distribuidor / colector

Leia mais

Atenção o gás deve ser ligado pelo técnico credenciado Muita atenção. (Ligação gás com lira de inox)

Atenção o gás deve ser ligado pelo técnico credenciado Muita atenção. (Ligação gás com lira de inox) Chamas da Vida Fogões, Lda Manual de Instruções Atenção o gás deve ser ligado pelo técnico credenciado Muita atenção. (Ligação gás com lira de inox) Legenda A Fornalha A-1 Gaveta Cinzas B Forno C Tampo

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Sistema para aquecimento de água sanitária com o aproveitamento de energia solar INSTALACÃO DO TERMOACUMULADOR A Norma respeitante á montagem deste aparelho é a NP 3401. Estes aparelhos

Leia mais

Objetivos: Potencial para aplicação ST em grandes instalações: Água quente sanitária. Água quente de processo Água quente para arrefecimento

Objetivos: Potencial para aplicação ST em grandes instalações: Água quente sanitária. Água quente de processo Água quente para arrefecimento Objetivos: Potencial para aplicação ST em grandes instalações: Água quente sanitária. Água quente de processo Água quente para arrefecimento Introdução Potencial ST Grandes Instalações 23 out Introdução

Leia mais

Acumulador solar de camadas Acumulador de estratificação Pro-Clean Acumulador de água fresca FS

Acumulador solar de camadas Acumulador de estratificação Pro-Clean Acumulador de água fresca FS Made in Tirol by Teufel & Schwarz Acumulador solar de camadas Acumulador de estratificação Pro-Clean Acumulador de água fresca Pro-Clean O termoacumulador inteligente com permutador térmico de esfera As

Leia mais

CALDEIRAS Winter 201 5

CALDEIRAS Winter 201 5 CALDEIRAS 201 Winter 5 CALDEIRAS LENHA 43 54 Lenha SZM W 35 kw Lenha SZM W 35 kw VISTA EM CORTE FRONTAL DA CALDEIRA DE LENHA E PRINCIPAIS COMPONENTES ÁGUA AR 1 ENTRADA DE AR PARA COMBUSTÃO 5 2 MATERIAL

Leia mais

ROTEX Monopex : Sistema de aquecimento pelo pavimento para um aquecimento agradável e um arrefecimento suave. O aquecimento!

ROTEX Monopex : Sistema de aquecimento pelo pavimento para um aquecimento agradável e um arrefecimento suave. O aquecimento! ROTEX Monopex : O aquecimento pelo chão de baixa temperatura. ROTEX Monopex : Sistema de aquecimento pelo pavimento para um aquecimento agradável e um arrefecimento suave. O aquecimento! Conforto todo

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação

Certificado Energético Edifício de Habitação Válido até 22/07/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada TRAVESSA DOS GALINHEIROS, 17, 2ºDIR Localidade GANDRA PRD Freguesia GANDRA Concelho PAREDES GPS 41.186242, -8.449825 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL Conservatória

Leia mais

Combustível gás. Caldeiras murais electrónicas. Características básicas Gama VEGA PLUS (Acumulador incorporado) Características básicas Gama NORA

Combustível gás. Caldeiras murais electrónicas. Características básicas Gama VEGA PLUS (Acumulador incorporado) Características básicas Gama NORA Características básicas Gama (Acumulador incorporado) de Produção 30 min. Temp. acumul. 60 C Produção contínua Capacidade do depósito acumulador Modelo kcal/h kw kcal/h kw litros (Δt=30 C) l/min (Δt=25

Leia mais

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor -

Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor - Tecnologias de Micro-Geração e Sistemas Periféricos PARTE II Tecnologias de Aproveitamento de Calor - 53 7 - Chillers de Absorção 54 7.1 Descrição da tecnologia Um chiller de água é uma máquina que tem

Leia mais

ENERGIA SOLAR NÃO É UM CUSTO. É UM BOM INVESTIMENTO.

ENERGIA SOLAR NÃO É UM CUSTO. É UM BOM INVESTIMENTO. AQUECIMENTO 14 ENERGIA SOLAR NÃO É UM CUSTO. É UM BOM INVESTIMENTO. LOJA ONLINE DISPONÍVEL NA PÁGINA WEB WWW.SINUTA4SUN.PT PRODUTOS CHAVE NA MÃO POSSIBILIDADE :VARIEDADE DE DE PRODUTOS: COMPRA COM UMA

Leia mais

Sistema de termosifão simples e eficaz Produção de água quente

Sistema de termosifão simples e eficaz Produção de água quente Sistema de termosifão simples e eficaz Produção de água quente Solar Keymark Solar Keymark Sistema de termosifão simples e eficaz Produção de água quente Um sistema solar para água quente que impressiona

Leia mais

TABELA DE PREÇOS BOMBAS DE CALOR DE AQUECIMENTO, ARREFECIMENTO E AQS ENERGIA SOLAR TÉRMICA TERMOACUMULADORES ELÉTRICOS ACUMULADORES

TABELA DE PREÇOS BOMBAS DE CALOR DE AQUECIMENTO, ARREFECIMENTO E AQS ENERGIA SOLAR TÉRMICA TERMOACUMULADORES ELÉTRICOS ACUMULADORES 2014 TABELA DE PREÇOS.. BOMBAS DE CALOR DE AQUECIMENTO, ARREFECIMENTO E AQS.. ENERGIA SOLAR TÉRMICA.. TERMOACUMULADORES ELÉTRICOS.. ACUMULADORES ATLANTIC PORTUGAL DISTRIBUIDORES DELEGAÇÕES ATLANTIC 2 GROUPE

Leia mais

FOGÕES BARPEL. Catálogo de Fogões a Lenha

FOGÕES BARPEL. Catálogo de Fogões a Lenha FOGÕES BARPEL Catálogo de Fogões a Lenha Economia Sustentável Repense a sua forma de cozinhar Num planeta cada vez mais preocupado com as questões ambientais, o recurso a combustíveis mais ecológicos está

Leia mais

ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO

ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO ENERGIA GEOTÉRMICA & SISTEMAS DE CLIMATIZAÇÃO ENERGIA GEOTÉRMICA Definição Recurso geotérmico -Fluidos e formações geológicas do sub-solo, de temperatura elevada, cujo calor seja suscetível de aproveitamento

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DA CARAPINHEIRA, 14 E 16, Localidade CARAPINHEIRA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DA CARAPINHEIRA, 14 E 16, Localidade CARAPINHEIRA Válido até 05/05/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DA CARAPINHEIRA, 14 E 16, Localidade CARAPINHEIRA Freguesia CARAPINHEIRA Concelho MONTEMOR-O-VELHO GPS 40.206620, -8.649000 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS. CONFORTO AMBIENTAL Aula 6

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS. CONFORTO AMBIENTAL Aula 6 TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS CONFORTO AMBIENTAL Aula 6 EXEMPLO NUMÉRICO FECHAMENTOS OPACOS Considerando os dados abaixo: EXEMPLO NUMÉRICO FECHAMENTOS OPACOS Primeiro passo: descobrir o valor da

Leia mais

Arrefecimento solar em edifícios

Arrefecimento solar em edifícios Arrefecimento solar em edifícios Introdução A constante procura de conforto térmico associada à concepção dos edifícios mais recentes conduziram a um substancial aumento da utilização de aparelhos de ar

Leia mais

Domitop MISTA INSTANTÂNEA. Domitop H SÓ AQUECIMENTO MEMBRO DE FEGECA

Domitop MISTA INSTANTÂNEA. Domitop H SÓ AQUECIMENTO MEMBRO DE FEGECA Domitop MISTA INSTANTÂNEA Domitop H SÓ AQUECIMENTO MEMBRO DE FEGECA CALDEIRA MURAL DOMITOP R A Férroli desenvolveu e lança uma nova gama de caldeiras murais a gás DOMITOP. Caldeiras mistas para e produção

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA D. GLÓRIA DE CASTRO, Nº 141,, Localidade VILA NOVA DE GAIA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA D. GLÓRIA DE CASTRO, Nº 141,, Localidade VILA NOVA DE GAIA Válido até 22/08/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA D. GLÓRIA DE CASTRO, Nº 141,, Localidade VILA NOVA DE GAIA Freguesia VILAR DE ANDORINHO Concelho VILA NOVA DE GAIA GPS 41.099916, -8.587908 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

INSTALAÇÕES DO EDIFÍCIO (Solar térmica) Manual do Utilizador

INSTALAÇÕES DO EDIFÍCIO (Solar térmica) Manual do Utilizador 2 IMPORTANTE: ESTE TEXTO REQUER A SUA ATENÇÃO E A SUA LEITURA A informação contida neste documento é propriedade da Ingenieros, S.A. e nenhuma parte dela pode ser reproduzida ou transferida sob nenhum

Leia mais

BOMBAS DE CALOR AR/ÁGUA CLIMAECO

BOMBAS DE CALOR AR/ÁGUA CLIMAECO BOMBAS DE CALOR AR/ÁGUA CLIMAECO SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Bombas de Calor Ar/Água. Uma tecnologia de futuro Sistema de climatização integrado e eficiente 03 Serviços de Apoio ao Cliente 04 Princípio

Leia mais

Instruções de montagem e de manutenção

Instruções de montagem e de manutenção Instruções de montagem e de manutenção Acumulador combinado Logalux P750 S Para técnicos especializados Ler atentamente antes da montagem e da manutenção 6 720 619 324-03/2001 PT Ficha técnica Para a montagem

Leia mais

1.1.1. Gama Platinum COMPACT. Componentes opcionais PLATINUM COMPACT. 1.1.2. Gama Platinum PLUS

1.1.1. Gama Platinum COMPACT. Componentes opcionais PLATINUM COMPACT. 1.1.2. Gama Platinum PLUS 1.1. Caldeiras murais a gás de condensação 1.1.1. Gama Platinum COMPACT Caldeiras murais de condensação PLATINUM COMPACT Mista instantânea. Tecnologia GAS INVERTER. Combustão estanque. Baixo NOx, Classe

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO MOLHE, 113, R/C ESQ.º Localidade PORTO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO MOLHE, 113, R/C ESQ.º Localidade PORTO Válido até 28/09/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO MOLHE, 113, R/C ESQ.º Localidade PORTO Freguesia ALDOAR, FOZ DO DOURO E NEVOGILDE Concelho PORTO GPS 41.160004, -8.682547 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

Manual Descritivo para Construção do ASBC

Manual Descritivo para Construção do ASBC Manual descritivo para construção do ASBC 1 Felipe Marques Santos Manual Descritivo para Construção do ASBC (Aquecedor Solar de Baixo Custo) Coordenador: Prof. Dr. Rogério Gomes de Oliveira 2 Manual descritivo

Leia mais

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL Válido até 09/09/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO SOBREIRO, 290, LOJA AC-56 Localidade SENHORA DA HORA Freguesia SÃO MAMEDE DE INFESTA E SENHORA DA HORA Concelho MATOSINHOS GPS 41.191499, -8.652745

Leia mais

Seminário Eficiência Energética : Políticas, Incentivos e Soluções. Sertã, 06 de Junho 2011

Seminário Eficiência Energética : Políticas, Incentivos e Soluções. Sertã, 06 de Junho 2011 Seminário Eficiência Energética : Políticas, Incentivos e Soluções Promover a eficiência energética É tornar o mundo melhor e mais assustentável tá e ADENE Agência para a Energia Paulo Nogueira Auditório

Leia mais

ESQUENTADORES SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

ESQUENTADORES SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE ESQUENTADORES SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE Índice Em português, Esquentador diz-se Vulcano 03 Inovação e Evolução tecnológica 04 Serviços de Apoio ao Cliente 05 Como escolher um Esquentador 06 Condições de

Leia mais

O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com

O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com Aquecedores eléctricos, permutadores de calor O aquecimento das piscinas www.psa-zodiac.com Aquecedores eléctricos Applicação : Aquecimento de piscinas, de interior ou spas Princípio de funcionamento :

Leia mais

índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11

índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11 A sua energia solar índice Rigsun 04 Sistema SANI 06 Sistema POLI 08 Sistema MEGA 10 Sistema GIGA 10 Legislação 11 A sua energia solar.rigsun. A Rigsun é a nova marca nacional de sistemas solares térmicos.

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA GENERAL HUMBERTO DELGADO, BLOCO F, 181, 3.º DIR. Localidade MATOSINHOS

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA GENERAL HUMBERTO DELGADO, BLOCO F, 181, 3.º DIR. Localidade MATOSINHOS Válido até 04/11/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA GENERAL HUMBERTO DELGADO, BLOCO F, 181, 3.º DIR. Localidade MATOSINHOS Freguesia MATOSINHOS E LEÇA DA PALMEIRA Concelho MATOSINHOS GPS 41.193776, -8.698345

Leia mais

D e p ó s i t o s d e a r m a z e n a m e n t o d e g a s ó l e o R O T E X. D e p ó s i t o s d e g a s ó l e o d e p a r e d e s i m p l e s.

D e p ó s i t o s d e a r m a z e n a m e n t o d e g a s ó l e o R O T E X. D e p ó s i t o s d e g a s ó l e o d e p a r e d e s i m p l e s. D e p ó s i t o s d e a r m a z e n a m e n t o d e g a s ó l e o R O T E X. R O T E X h i g h c u b e, R O T E X v a r i o s y s t e m : D e p ó s i t o s d e g a s ó l e o d e p a r e d e s i m p l e

Leia mais

SISTEMAS MODULARES DE TREINO DE ENERGIA SOLAR E ENERGIA TÉRMICA

SISTEMAS MODULARES DE TREINO DE ENERGIA SOLAR E ENERGIA TÉRMICA SISTEMAS MODULARES DE TREINO DE ENERGIA SOLAR E ENERGIA TÉRMICA SISTEMA TREINO DE PAINÉIS FOTOVOLTAICOS SOLARTEC-70 Sistema didático para a aprendizagem ou treino teórico e prático de instalações de energia

Leia mais

SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA

SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR DE PISCINA INTRODUÇÃO Parabéns por adquirir um Sistema de Aquecimento Solar de Piscina KOMECO, desenvolvido para oferecer maior conforto e bem estar com

Leia mais

Índice. Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores. Aquecimento Central e A.Q.S.

Índice. Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores. Aquecimento Central e A.Q.S. PROGRAMA DE FORMAÇÃO 2013 Índice ENTRADA DO CENTRO DE FORMAÇÃO - AVEIRO Centros de Formação Vulcano 03 Programa de Formação 04 Cursos: Esquentadores e Termoacumuladores E1 Águas Quentes Sanitárias 04

Leia mais

CATÁLOGO CATÁLOGO. 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação

CATÁLOGO CATÁLOGO. 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação CATALOGUE CATÁLOGO CATÁLOGO 03/2011 Caldeiras a gás e tecnologia de condensação ÍNDICE BOMBAS DE CALOR AUDAX bombas de calor ar/água, monofásicas, com inversão de ciclo NOVO p. 6 Integrador de sistemas,

Leia mais

LATENTO o sistema solar para todo o ano

LATENTO o sistema solar para todo o ano LATENTO o sistema solar para todo o ano Depósito solar de capas sem pressão Painéis solares com tubos de vazio CPC Centrais solares Accesorios completos Todos os novos depósitos LATENTO têm: Isolamento

Leia mais

Soluções Energéticas para o seu negócio

Soluções Energéticas para o seu negócio Soluções Energéticas para o seu negócio Gas Natural Serviços Qualidade e eficiência em soluções energéticas O grupo Gas Natural Fenosa O grupo Gas Natural Fenosa é líder no mercado de gás e eletricidade

Leia mais

Manual de Instalação e Operações

Manual de Instalação e Operações Manual de Instalação e Operações Acionador On/Off Bivolt Sistema de Aquecimento para banheira de hidromassagem PARA SUA SEGURANÇA: Antes de Instalar este produto, leia atentamente este manual de instruções.

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO. 2.1 Localização do equipamento

1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO. 2.1 Localização do equipamento 1. INTRODUÇÃO A sua bomba de calor OUROTHERM é extremamente eficiente e econômica desenvolvida especificamente para aquecimento de piscinas. O seu projeto e operação são similares ao de um condicionador

Leia mais

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS. CONFORTO AMBIENTAL Aula 9

TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS. CONFORTO AMBIENTAL Aula 9 TECNOLOGIA EM CONSTRUÇÃO DE EDIFÍCIOS CONFORTO AMBIENTAL Aula 9 São estratégias de projeto que devem ser adotadas quando não se consegue tirar partido dos recursos naturais. Geralmente são indispensáveis

Leia mais

BOMBAS DE CALOR DE ÁGUA QUENTE SANITÁRIA. Conforto, Economia e Avançada Tecnologia.

BOMBAS DE CALOR DE ÁGUA QUENTE SANITÁRIA. Conforto, Economia e Avançada Tecnologia. BOMBAS DE CALOR DE ÁGUA QUENTE SANITÁRIA Conforto, Economia e Avançada Tecnologia. OCHSNER PRODUÇÃO DE ÁGUA QUENTE Benefícios convincentes Records de Eficiência Confirmados COP Auditado mais elevado de

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EFICIÊNCIA ENERGÉTICA CATÁLOGO DE SOLUÇÕES E PRODUTOS JMC ÍNDICE SISTEMAS TÉRMICOS... 3 SISTEMAS TERMODINÂMICOS... 4 EXEMPLOS DE SISTEMAS TÉRMICOS E TERMODINÂMICOS... 5 SISTEMAS FOTOVOLTAICOS... 6 MICROGERAÇÃO...

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada SESMARIA DE SÃO JOSÉ, RUA DO AGRICULTOR, 51, Localidade SALVATERRA DE MAGOS

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada SESMARIA DE SÃO JOSÉ, RUA DO AGRICULTOR, 51, Localidade SALVATERRA DE MAGOS Válido até 13/03/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada SESMARIA DE SÃO JOSÉ, RUA DO AGRICULTOR, 51, Localidade SALVATERRA DE MAGOS Freguesia SALVATERRA DE MAGOS E FOROS DE SALVATERRA Concelho SALVATERRA DE

Leia mais

S13. A casa ideal. Marco Silva S13

S13. A casa ideal. Marco Silva S13 S13 A casa ideal Marco Silva S13 A Casa Ideal Quando sonhamos com a casa ideal, pensamos num lugar bonito, agradável, luminoso, quente no Inverno e fresco no Verão, com o ar puro, de fácil manutenção,

Leia mais

STC 6 Modelos de Urbanismo e mobilidade

STC 6 Modelos de Urbanismo e mobilidade STC 6 Modelos de Urbanismo e mobilidade Certificação energética da minha habitação Descrição da minha habitação de Sonho 1 Introduça o Simulação da certificação energética da casa Situação Atual classe

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Grupos de Circulação AGS. www.vulcano.pt. (AGS 5, AGS 10, AGS 20 e AGS 50) Agosto 2013

FICHA TÉCNICA. Grupos de Circulação AGS. www.vulcano.pt. (AGS 5, AGS 10, AGS 20 e AGS 50) Agosto 2013 Departamento Comercial e Assistência Técnica: Av. Infante D. Henrique, lotes 2E-3E - 1800-220 LISBOA * Tel.: +351. 218 500 300 Agosto 2013 FICHA TÉCNICA (AGS 5, AGS 10, AGS 20 e AGS 50) www.vulcano.pt

Leia mais

REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS

REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS GUIA PARA A REABILITAÇÃO REDE E SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E AQUECIMENTO DE ÁGUAS USANDO FONTES RENOVÁVEIS E NÃO RENOVÁVEIS PROJETO Cooperar para Reabilitar da InovaDomus Autoria do Relatório Consultoria

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO Válido até 29/03/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA DO CASTELO,, Localidade MONTEMOR-O-VELHO Freguesia MONTEMOR-O-VELHO E GATÕES Concelho MONTEMOR-O-VELHO GPS 40.173269, -8.685544 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE

SOLUÇÕES DE ÁGUA QUENTE SOLAR Térmico Índice Soluções Solares Soluções integrais com Inovação e Segurança 03 O Sol, presença constante em Portugal 04 Porque deve aproveitar a energia solar com soluções Vulcano? 05 Mais Vantagens

Leia mais

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II

Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Desenho e Projeto de Tubulação Industrial Nível II Módulo II Aula 05 1. Introdução A mecânica dos gases é a parte da Mecânica que estuda as propriedades dos gases. Na Física existem três estados da matéria

Leia mais

Nota de Imprensa. Buderus aposta nas energias renováveis

Nota de Imprensa. Buderus aposta nas energias renováveis Nota de Imprensa Buderus aposta nas energias renováveis Painéis solares, caldeiras, pellets, bombas de calor reversíveis para aplicações geotérmicas e aerotérmicas e até uma estação de produção de a.q.s.

Leia mais

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA ENGENHEIRO CARLOS RODRIGUES, BLOCO N.º 4, 1º D Localidade ÁGUEDA

Certificado Energético Edifício de Habitação IDENTIFICAÇÃO POSTAL. Morada RUA ENGENHEIRO CARLOS RODRIGUES, BLOCO N.º 4, 1º D Localidade ÁGUEDA Válido até 16/01/2025 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA ENGENHEIRO CARLOS RODRIGUES, BLOCO N.º 4, 1º D Localidade ÁGUEDA Freguesia ÁGUEDA E BORRALHA Concelho AGUEDA GPS 40.577121, -8.439516 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Caracterização dos sistemas solares térmicos instalados nas residências do programa Minha Casa Minha Vida no município de Teresina

Caracterização dos sistemas solares térmicos instalados nas residências do programa Minha Casa Minha Vida no município de Teresina Caracterização dos sistemas solares térmicos instalados nas residências do programa Minha Casa Minha Vida no município de Teresina Mateus de Melo Araujo (Aluno de ICV), Marcos Antonio Tavares Lira (Orientador,

Leia mais

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL

Certificado Energético Pequeno Edifício de Comércio e Servicos IDENTIFICAÇÃO POSTAL Válido até 05/08/2024 IDENTIFICAÇÃO POSTAL Morada RUA JOSÉ GUSTAVO PIMENTA, LOJA N.º 15, RC NORTE Localidade ÁGUEDA Freguesia ÁGUEDA E BORRALHA Concelho AGUEDA GPS 40.576546, -8.447543 IDENTIFICAÇÃO PREDIAL/FISCAL

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 105304 (51) Classificação Internacional: F24D 17/00 (2006) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (22) Data de pedido: 2010.09.23 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

AQUECIMENTO SOLAR PISCINA RESIDENCIAL GRANDE PORTE CDT

AQUECIMENTO SOLAR PISCINA RESIDENCIAL GRANDE PORTE CDT CONHECENDO O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR CENTER SOL Componentes do Sistema de Aquecimento Reservatório de Água Fria: É o reservatório principal de água que possui uma ligação direta com o Reservatório

Leia mais

Sistemas de climatização para quadros eléctricos

Sistemas de climatização para quadros eléctricos Sistemas de climatização para quadros eléctricos Sistemas de climatização para quadros eléctricos Os quadros eléctricos são um elemento fundamental a todas as instalações eléctricas, sendo como que o coração

Leia mais