SULAMÉRICA ANALYST DAY

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SULAMÉRICA ANALYST DAY"

Transcrição

1 2 º São Paulo - outubro 2010 SULAMÉRICA ANALYST DAY

2 AGENDA 8h15-8h45 8h45-8h50 8h50-9h00 9h10-9h20 9h20 9h30 Café da manhã (Palm Ballroom) Abertura (Palm Ballroom) Arthur Farme d Amoed Neto - VP Corporativo e de RI Visão do Conselho de Administração (Palm Ballroom) Patrick Larragoiti Lucas Chairman Guilherme Affonso Ferreira Conselheiro Independente Posicionamento estratégico da SulAmérica (Palm Ballroom) Thomaz Cabral de Menezes CEO SulAmérica Credicard Auto (Palm Ballroom) Sérgio Borriello CFO 2

3 AGENDA 9h30-12h30 9h30 10h30 10h30 11h30 11h30 12h30 12h30 14h30 14h30 Seguro Saúde, Planos Administrados e Seguro Odontológico Gabriel Portella VP de Saúde (Sala Argentum) Seguros de Automóveis e de Ramos Elementares Luis Furtado VP de Auto e Outros Ramos Elementares (Sala Chromium) Grupo 1 Grupo 2 Grupo 3 Grupo 2 Grupo 3 Grupo 1 Grupo 3 Grupo 1 Grupo 2 Almoço com Lucia Hippolito (Palm Ballroom) Fim do evento Vida, Previdência e Asset Management Renato Russo VP de Vida e Previdência Marcelo Mello VP Asset Management (Sala Iridium) 3

4 POSICIONAMENTO ESTRATÉGICO

5 PASSADO RECENTE Preparando a companhia para a retomada do crescimento e da rentabilidade Planejamento Estratégico (2006) Início de inúmeras ações relacionadas a austeridade orçamentária (a partir de 2006) Emissão de Eurobonds (2007) Abertura de Capital (2007) Portfólio de projetos identificados como alavancas de crescimento (a partir de 2007) Retomada dos investimentos em marca (a partir de 2007) Desenvolvimento de novos produtos e serviços (a partir de 2007) Amadurecimento dos processos internos de governança corporativa (a partir de 2007) 5 5

6 RESULTADOS HISTÓRICOS Evidências da retomada do crescimento e da rentabilidade PRÊMIOS DE SEGUROS R$ MILHÕES LUCRO LÍQUIDO R$ MILHÕES , , A A 2008A

7 MOMENTO ATUAL 2010 representa um novo ponto de partida para a SulAmérica Iniciamos 2010 com um novo posicionamento de marca Um planejamento estratégico totalmente revisado Novo CEO e novos desafios 7 7

8 PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO NOVO POSICIONAMENTO DA MARCA 2009 Pesquisas e Estudos 1T10 Lançamento e treinamento de colaboradores Divulgação do novo posicionamento para corretores em todo o Brasil Abr 2010 Lançamento da Campanha Publicitária Até 2012 Projeto estratégico da companhia 8 8 8

9 MOMENTO ATUAL PRINCIPAL DESAFIO DO NOVO CEO O desafio é fazer a companhia mudar... Mudar para um novo patamar de competitividade e excelência Mudar para conquistar um papel ainda mais de destaque no nosso mercado Mudar para oferecer uma experiência de marca que seja única para os nossos clientes Mudar para merecer cada vez mais a confiança e a lealdade dos nossos corretores Mudar para buscar formas alternativas de distribuir os nossos produtos Mudar para incorporar cada vez mais inovação aos nossos negócios Mudar para tornar mais simples e ágil a nossa operação Mudar para tornar o nosso negócio mais sustentável Mudar para despertar ainda mais o orgulho nos nossos colaboradores Paradoxalmente, mudar quando os nossos resultados são positivos Mudar por convicção e não por necessidade 9 9

10 MOMENTO ATUAL Como o argumento de mudança não se sustenta sem resultados Foco atual é entregar Áreas de produto 100% focadas em fomentar novos negócios Equipe de vendas 100% concentrada nas metas de final de ano METAS 2010 Gestores e colaboradores engajados com os resultados prometidos Continuidade da política de austeridade orçamentária adotada pela empresa 10 10

11 O FUTURO COMEÇA AGORA Estamos preparados para capturar as oportunidades associadas ao crescimento do país O país continuará crescendo nos próximos anos A indústria de seguros e previdência continuará crescendo acima da média da economia brasileira Expansão econômica implica em melhor atividade empresarial, o que gera maior demanda por benefícios Maior estabilidade no segmento PME e as medidas de formalização do trabalho serão grandes impulsionadores Temos excelentes oportunidades de atuação no entorno de projetos como: PAC, Copa do Mundo e Olimpíadas As atividades de seguros relacionados aos produtos automóvel e massificados continuarão aquecidas A expansão da classe C gera inúmeras oportunidades relacionados ao primeiro seguro e produtos de baixo ticket Nova pirâmide etária e maior conscientização em relação ao futuro impactarão o segmento de vida e previdência 11 Estamos preparados... Temos uma marca forte, um amplo portfólio de produtos e serviços, estamos investindo sempre no aprimoramento da nossa capacidade de precificação, temos múltiplos canais de venda, contamos com colaboradores qualificados e motivados, temos uma posição financeira saudável que nos permite investir nas nossas estratégias de crescimento.

12 O FUTURO COMEÇA AGORA ORGANIZAR A COMPANHIA PARA UMA NOVA ONDA DE TRANSFORMAÇÕES ESTRUTURAIS Estabelecer uma nova agenda de mudança Garantir capacidade de execução Manter a premissa de crescimento orgânico Focar na rentabilidade da operação Prospectar oportunidades de M&A 12 12

13 O FUTURO COMEÇA AGORA EXPANSÃO CONCÊNTRICA A PARTIR DOS PRODUTOS DE MAIOR RELEVÂNCIA NA CARTEIRA PRODUTO -ÂNCORA Saúde Auto CATEGORIA Gestão de Benefícios Patrimônio Familiar NEGÓCIOS -ALVO Odontológico Vida Previdência Residencial Assistência 24 h Outros RE 13 13

14 SAÚDE E ODONTOLOGIA

15 MERCADO DE SAÚDE SUPLEMENTAR - RECEITA O mercado de saúde suplementar atingiu uma receita de R$64 bilhões em 2009 e vem apresentando uma alta taxa de crescimento nos últimos anos: 15 RECEITA TOTAL DE SAÚDE R$ bilhões CAGR 03-09: +14,8% 31,6 28,0 36,4 41,2 50,8 59,2 64,0 +16,0% 29,0 33, M09 6M10 TOTAL RECEITAS PRIVADAS ODONTOLÓGICO R$ bilhões CAGR 03-09: +18,7% 0,5 0,6 0,7 0,9 1, M09 6M10 1,2 1,3 +42,3% 0,5 0,7 PRINCIPAIS RAZÕES PARA ESTE CRESCIMENTO: Crescimento econômico, emprego e renda Baixo investimento no setor público em relação ao PIB Consolidação do setor Regulação amadurecida 15

16 CRESCIMENTO DE BENEFICIÁRIOS BENEFICIÁRIOS SAÚDE INDIVIDUOS POR MILHÕES CAGR 03-09: +5.1% 31,8 33,7 35,1 36,9 38,8 40,9 42,9 44, M10 BENEFICIÁRIOS ODONTOLÓGICO INDIVIDUOS POR MILHÕES CAGR 03-09: +19.9% 4,4 5,5 6,4 7,5 9,1 10,9 13,2 13, M10 Fonte: ANS 16

17 MERCADO BRASILEIRO DE SAÚDE PRIVADA: CARACTERÍSTICAS GERAIS BENEFICIÁRIOS SAÚDE por tipo de plano BENEFICIÁRIOS ODONTOLÓGICO por tipo de plano 77% Saúde Grupal 81% Odonto Grupal 23% Saúde Individual Odonto Individual 16% BENEFICIÁRIOS SAÚDE por região BENEFICIÁRIOS ODONTOLÓGICO por região Nordeste 12% Norte 3% Centro- 5% Oeste 14% Sul 66% Sudeste Nordeste Norte Centro- Oeste Sul 4% 6% 9% 17% 65% Sudeste Fonte: ANS 17 17

18 CONSOLIDAÇÃO DO SETOR CONSOLIDAÇÃO DO SETOR 2,0 2,0 1, ,6 32 1, ,5 37 1,5 39 1,4 41 1,3 43 1,2 44 1,2 45,00 40,00 35,00 30, M10 Operadoras (mil) Beneficiários (milhões) 25,00 CONCENTRAÇÃO DE BENEFICIÁRIOS TOTAL BENEFICIÁRIOS: 44 MILHÕES 100% 80% 202 operadoras 80% do total 60% 40% 22 operadoras 40% do total 20% 6 operadoras 20% do total 0%

19 EVOLUÇÃO DA RECEITA DA SULAMÉRICA TOTAL PRÊMIOS SAÚDE R$ milhões PRÊMIOS SAÚDE GRUPAL R$ milhões CAGR +9,6% ,7% CAGR +15,6% +21,0% * M09 6M10* M09 6M10 PRÊMIOS SAÚDE INDIVIDUAL R$ milhões CAGR -5,3% ,5% M09 6M

20 EVOLUÇÃO DE BENEFICIÁRIOS Beneficiários Saúde Beneficiários Odontológico +10,5% +52,3% +78,0% ,0 110,1 167,6 124,1 220, M09 6M10 Grupal Individual ASO M09 6M10 Total Beneficiários Total: 1,9 milhão beneficiários (6M10) Beneficiários por região Total: 1,9 milhão beneficiários (6M10) 14,1% Individual 80% Sudeste 20 Grupal 60,8% 14,7% ASO 10,4% PME 11% Nordeste 1% 5% 4% Norte Centro-Oeste Sul 20

21 SULAMÉRICA SAÚDE Produtos e Serviços 21 Ampla gama de produtos empresariais para diferentes tamanhos de empresas oferecendo coberturas Saúde e Odontológica em conjunto ou independente Produtos com Rede Referenciada Nacional, Regional ou por Grupo de Municípios, reembolso no Brasil e no Exterior, opções de acomodação em quarto privativo desde os planos básicos, Coberturas Adicionais, além das obrigatórias por lei e diferenciais como: SulAmérica Saúde Ativa, SOS USA, Assistência 24h no Brasil e no Exterior Metodologia de Pricing certificada pela Towers Watson, além do histórico leva em consideração as tendências futuras, índices macroeconômicos e diversos fatores de risco Cobertura de Resseguro Catástrofe 21

22 ESTRUTURA DE PRODUTOS COLETIVOS acima de 50 pessoas PME De 04 a 49 pessoas Odontológico Acima de 04 pessoas NACIONAIS 445/446 NACIONAIS Maxi REGIONAIS 930/931 ASO 590 NACIONAL/REGIONAL SulAmérica Saúde PME NACIONAL Empresarial e PME Máximo Apartamento Maxi 400 Apartamento Maximum Apartamento Máximo Apartamento Máximo Executivo Apartamento Maxi 300 Apartamento Platinum Apartamento Executivo Apartamento Executivo Apartamento Executivo Especial Apartamento Básico Apartamento Maxi 200 Apartamento Diamante Prata Apartamento Estilo II Apartamento Especial Apartamento Especial Apartamento Básico Apartamento Básico Enfermaria Especial Básico Básico Enfermaria Maxi 100 Enfermaria Estilo I Enfermaria Básico Enfermaria Básico Enfermaria 22 FIT (Chão de fábrica) Básico Enfermaria * Apenas para o produto

23 PRODUTOS E SERVIÇOS Características e diferenciais Coberturas Adicionais Transplantes de coração, pulmão, pâncreas, pâncreas -rim, medula óssea e fígado (incluídas as despesas com doador vivo) Aconselhamento Médico Telefônico 24h Brasil Esclarecimento de dúvidas médicas, medicamentos, auxílio na interpretação de exames e orientação em primeiros-socorros Emergências Médicas Domiciliares 24h SP/RJ* Em situações emergenciais, ambulâncias UTI e equipes médicas prestarão o atendimento no local * Disponível para PME Assistência 24 Horas Em viagens no Brasil e no exterior, o segurado conta com diversos serviços em casos de doenças súbitas e acidentes 23 SOS SulAmérica Saúde USA Cobertura para urgência/ emergência em Rede Referenciada United Healthcare Remissão No caso de morte do titular os dependentes permanecem na apólice gratuitamente por 5 anos, enquanto a apólice estiver vigente 23

24 PRODUTOS E SERVIÇOS Características e diferenciais SulAmérica Saúde Ativa Promoção à Saúde Melhorar a qualidade de vida e saúde com orientações para um estilo de vida saudável visando reduzir sinistros e os custos de saúde Programa de Gerenciamento de Fatores de Risco Análise do perfil/fatores de risco 544 empresas Programa de Orientação à Saúde (doenças crônicas) - 22 mil pacientes ativos no programa 24 24

25 FERRAMENTAS DE GESTÃO DE UTILIZAÇÃO AUDITORIA MÉDICA EXTERNA 164 hospitais 48 pronto-socorros 96 prestadores ambulatoriais 83% das internações auditadas - 90% do sinistro internado 13 médicos próprios 10 enfermeiras próprias 102 médicos terceirizados 74 enfermeiras terceirizadas 11 empresas de auditoria Gestão de casos catastróficos Casos complexos com tempo de internação elevado Gestão pró-ativa com atuação direta junto ao médico assistente e diretoria técnica do hospital Busca da melhor alternativa para o paciente sob o ponto de vista técnico e de custo 25 VPP Validação Prévia de Procedimentos Ferramenta online para o uso da rede referenciada Agilidade e acompanhamento do status da Validação Prévia de Procedimentos (VPP) 41mil VPP/mês 25

26 FERRAMENTAS DE GESTÃO DE UTILIZAÇÃO GRAPI Gestão de Risco e Aderência Pós-inclusão Valida a elegibilidade dos riscos aceitos Complementa o faturamento eletrônico Aponta sinistros precoces Identifica possíveis irregularidades na aceitação Garante que a cobertura do risco esteja ocorrendo para grupos seguráveis previstos em contrato FAMS Fraud and Abuse Management System Auditoria Técnica Fraudes R$10,4 milhões de economia em % dos sinistros dos prestadores outliers monitorados 26 26

27 FERRAMENTAS DE GESTÃO DE AUTOMAÇÃO Fase 1 P.O.S Fase 2 Mídia Eletrônica Fase 3 WEB Fase 4 TISS Fase 5 Certificação Digital CONECTIVIDADE 27 1,6 milhão contas médicas processadas (média mensal), 87% eletronicamente sendo: 1,4 milhão através conectividade 0,2 milhão através Portal Saúde Online Eliminação de 21t/ano de papel Redução R$2 milhões com papel/arquivamento Otimização do prazo de pagamento Garantia do sigilo das informações dos segurados (diagnóstico, procedimentos, internação) Melhor relacionamento com a Rede de Prestadores (diminuição erros operacionais e extravio de documentos) 27

28 FERRAMENTAS DE GESTÃO DE AUTOMAÇÃO Fase 1 P.O.S Fase 2 Mídia Eletrônica Fase 3 WEB Fase 4 TISS Fase 5 Certificação Digital MECSAS SAÚDE ONLINE 28 Movimentação cadastral dos funcionários pela internet sem custo de instalação e manutenção Movimentações processadas em 24h Dinamismo no tráfego de arquivos - o cliente pode movimentar centenas de segurados simultaneamente Redução do número de processos criticados/empresas Usuárias - 8,5 mil/ Movimentações mensais - 52 mil Ferramenta disponível na internet que coloca à disposição diversos serviços e informações para: Segurado: 32 aplicações/serviços Empresas: 36 aplicações/serviços Referenciado: 52 aplicações/serviços 28

29 FERRAMENTAS DE GESTÃO DE AUTOMAÇÃO Fase 1 P.O.S Fase 2 Mídia Eletrônica Fase 3 WEB Fase 4 TISS Fase 5 Certificação Digital ACESSO PELO CELULAR Serviços do SulAmérica Saúde e Odontológico TERMINAL DE AUTO ATENDIMENTO SAÚDE 29 Informações sobre o plano Pesquisa à Rede Referenciada Consulta de reembolso Consulta das validações prévias de procedimentos Emissão de 2ª via da lâmina de pagamento do seguro, alterações cadastrais e solicitação de reembolso 55 mil utilizações mensais, equivalente a 52% dos atendimentos realizados nas Unidades Descentralizadas de Atendimento (UDA s) 29

30 FERRAMENTAS DE GESTÃO DE PREÇOS DE SERVIÇOS 30 GMM - Negociação de tabelas materiais e medicamentos Negociação de preços com a rede item-a-item Cadastra tabelas de materiais e medicamentos Processamento de contas médicas Sistema glosa valores diferentes dos negociados Prestador acessa informações no sistema Tabelas Negociadas com 126 hospitais 61% do sinistro de materiais e medicamentos controlados Rede de Especialidades (formatação de rede por região) Seleção por desempenho, custo, qualidade, relacionamento Benefícios: Melhores condições de negociação Qualidade dos serviços Redução do sinistro Maximização dos resultados, RJ e SP Pacotes e Diárias Globais Modelo de remuneração no qual a conta hospitalar é apresentada como um conjunto de itens: Diminui o custo de transação Previsibilidade de custos de procedimentos Compartilhamento de risco com prestador Maior controle do sinistro Validação Prévia de Procedimentos por meio dos códigos de pacote tipos de pacotes 30

31 REDE REFERENCIADA DE SAÚDE E ODONTOLOGIA Especialidades Prestadores Cirurgiões Clínicos (as) Diagnóse/Laboratório Terapia/Terapêutica Hospitais Prontos Socorros Odontológicos Outros Regiões AC 32 AM 152 RR 28 RO 149 DF 427 PR PA 189 TO 26 MT 217 GO 279 MS 144 RS AP 64 MA 249 MG RJ SP SC 458 BA 1766 PI 156 CE 586 RN 372 ES 642 PB 254 PE AL 242 SE 122 Fonte: SulAmérica Base: Junho/10 Fonte: SulAmérica Base: Junho/

32 AUTOMÓVEIS

33 O MERCADO DE SEGURO AUTO ESTÁ EM CONSTANTE CRESCIMENTO, ACOMPANHANDO A EVOLUÇÃO DA FROTA CIRCULANTE A idade média da frota circulante é de 12,8 anos, enquanto que a da frota segurada é de 3,5 anos Prêmio Auto e Crescimento Frota Livre x Frota Segurada (Total Circulante) ,7% ,6% ,0% 59% 33% ,0% 94% 41% 67% 0 Jun/08 Jun/09 Jun/10 0,0% 6% Ano Modelo 90 a 99 Ano Modelo 00 a 04 Ano Modelo 05 a 08 Mercado Frota Segurada Frota Livre 33 Fonte: SUSEP, Sidipeças, Fenabrave

34 A SULAMÉRICA SE CONSOLIDA COMO UMA DAS MAIORES SEGURADORAS DO SETOR Forte concentração do mercado, as 3 maiores seguradoras acumulam 52% de todo o mercado, e as 10 maiores concentram 92% Este cenário não se alterou nos últimos 5 anos No primeiro semestre de 2010, a SulAmérica ocupava a 3ª posição no ranking de Seguro Auto, com crescimento acima da média do mercado em 2 p.p. Distribuição do Mercado 6M10 Prêmio Auto e Crescimento 27% ,6% % ,6% 15% % Itaú/Unibanco/Porto Seguro Bradesco SulAmérica Demais Jun/09 Jun/10 SulAmérica Mercado 34 Fonte: SUSEP/Acumulado jun-10

35 A SULAMÉRICA SE POSICIONA COMO A MAIOR SEGURADORA INDEPENDENTE DO MERCADO O canal corretor é o maior responsável pela produção do mercado As seguradoras independentes apresentam sinistralidade menor do que as seguradoras ligadas a bancos, em média 8 p.p. Distribuição do Mercado Auto Sinistralidade por Canal 66% 67% 67% 69% 69% 70% 71% 69% 80% 76% 71% 69% 73% 74% 68% 70% 73% 70% 67% 61% 61% 63% 64% 61% 34% 33% 33% 31% 31% 31% 29% 31% M M 10 Seguradoras ligadas a Banco Seguradoras Independentes Seguradoras ligadas a Banco Seguradoras Independentes 35 Fonte: SUSEP'

36 PRINCIPAIS PILARES ESTRATÉGICOS DA SULAMÉRICA PARA CRESCER NO SEGURO AUTO A importância do Corretor de Seguros O desenvolvimento de novos canais Produtos inovadores e segmentados Serviços para o bem segurado: o Automóvel Excelência em subscrição Investimentos em Tecnologia da Informação 36 36

37 O CORRETOR DE SEGUROS É VISTO PELA MAIORIA DOS CONSUMIDORES COMO UMA PEÇA FUNDAMENTAL NO RELACIONAMENTO COM A SEGURADORA Em pesquisa realizada em parceria com a IBM Institute for Business Value com 400 consumidores de seguros no Brasil, foi possível identificar que: 71% dos consumidores consideram de grande importância ter um corretor com tempo e dedicação para atender as suas necessidades 77% dos consumidores tem total confiança no seu corretor 56% consideram a recomendação do corretor 39% consideram a recomendação do banco O preço é considerado de alta importância por apenas 43% dos consumidores Os atributos honestidade e transparência são os principais fatores decisórios na visão do consumidor (87% e 85%, respectivamente) 37 Fonte: Pesquisa 3T/IBM Institute for Business Value/2008

38 O CORRETOR É O NOSSO PRINCIPAL CANAL DE DISTRIBUIÇÃO Temos mais de 17 mil corretores ativos no ramos de Automóveis Tivemos um crescimento de 7,6% no número de corretores com produção no 1º semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado 38 Fonte: Pesquisa de Preferência em Seguro Auto/GFK e Pesquisa de Share of Mind em Seguro Auto/IDS Em pesquisa junto a corretores de seguro Auto, a SulAmérica é a 1ª marca em preferência no Rio de Janeiro e a 2ª em São Paulo A SulAmérica tem o melhor programa de remuneração ao corretor do mercado com mais de 2 mil corretores premiados em 2010 A SulAmérica é a 1ª marca mais lembrada no Rio de Janeiro e a 2ª em São Paulo Mais de 79% dos nossos clientes concordam fortemente que a SulAmérica é uma empresa transparente Os clientes SulAmérica Auto apresentam índice de satisfação superior a 85%

39 ALÉM DO CANAL CORRETOR, A SULAMÉRICA TAMBÉM DESENVOLVE ALGUMAS PARCERIAS PARA AUMENTO DA SUA CAPILARIDADE Fortalecimento das parcerias bancárias, incluindo Santander, HSBC e Citibank e ampliação com novas parcerias Expansão das parcerias com concessionárias e montadoras, incluindo Honda, Mercedes-Benz e Volvo Evolução das parcerias com corretoras especializadas em canais de distribuição especiais, incluindo Aon Affinity, Aon Holdings e Vila Velha Inclusão do Seguro Auto em canais de distribuição associados a empresas de médio e grande portes, na modalidade worksite 39 39

40 A SULAMÉRICA TEM UM POSICIONAMENTO PIONEIRO E INOVADOR EM SEGURO AUTO COM ALTA QUALIDADE NOS SEUS SERVIÇOS E PRODUTOS SulAmérica Caminhão km rodado SulAmérica Caminhão SulAmérica Auto Mulher Assistência 24h Auto 0km Produtos segmentados que atendem às necessidades dos consumidores Preço competitivo entre as marcas premium Serviços para o veículo segurado Centros Automotivos para regulação de sinistros, que agilizam o serviço para o cliente 40 Fonte: Pesquisa de Satisfação Clientes de Seguro Auto/IDS

41 OS CENTROS AUTOMOTIVOS DA SULAMÉRICA (CASAs) OFERECEM UMA SOLUÇÃO COMPLETA PARA OS CLIENTES SULAMÉRICA NO MOMENTO DO SINISTRO Atendimento ao cliente, entrega de doc s 41 Box de orçamentação dos veiculos Área de recepção do veiculo pelo perito SulAmérica

42 TODAS AS ETAPAS DO ATENDIMENTO DO SINISTRO SÃO REALIZADAS VISANDO MAIOR AGILIDADE E TRANQUILIDADE PARA OS CLIENTES Processo de atendimento CASA Cliente avisa sinistro via call center Cliente leva o veículo ou aciona reboque para remoção Cliente escolhe carro reserva ou desconto na franquia Veículo sinistrado é removido para oficina Cliente busca o veículo reparado no CASA O percentual de renovação dos segurados atendidos nos CASAs tende a ser 10 p.p. superior à renovação dos demais segurados O custo de reparo nos sinistros regulados nos CASAs é 12% mais baixo do que os regulados fora dos CASAs 42

43 ATUALMENTE, TEMOS 20 CENTROS AUTOMOTIVOS (CASAs) E A NOSSA EXPECTATIVA É ABRIRMOS MAIS 14 ATÉ O COMEÇO DO PRÓXIMO ANO Manaus Fortaleza Natal Teremos o maior número de Centros Automotivos do mercado segurador até o início de 2011 Unidades em operação Novas unidades planejadas Cuiabá Goiânia Uberlândia São Ribeirão José dos Preto Campos Americana Campinas Piracicaba Curitiba Sorocaba Blumenau Florianópolis Caxias do Sul Porto Alegre Brasília Recife Salvador Belo Horizonte Vitória Rio RJ (Z/N) de Janeiro Barra Niterói da Tijuca São Paulo RJ (Z/S) (Z/S, Z/L, Santos Sto. André, Santana) São Paulo (Z/S mudança)

44 EXCELÊNCIA EM SUBSCRIÇÃO E NOVOS INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Subscrição e precificação. 13 anos de investimentos continuados em pessoas, processos e tecnologia 10 anos de apólices e sinistros Modelos de analise dos custos e do mercado Está em desenvolvimento um novo sistema de cotação e contratação de seguros de Auto: Preços cada vez mais individualizados Tecnologia online/offline Um novo sistema de sinistros de Automóveis foi adquirido e customizado Sistema único e integrado Suportará todos os passos do sinistro, do aviso ao salvado 44 44

45 O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2010 FOI EXTREMAMENTE POSITIVO PARA SULAMÉRICA, TANTO EM CRESCIMENTO DA FROTA COMO EM BAIXA SINISTRALIDADE Forte crescimento em itens acumulado em jun/10 em relação ao mesmo período do ano passado, mais de 13,7% de crescimento Acompanhando o crescimento da frota, mantivemos o crescimento do prêmio médio Crescimento do Prêmio Médio Prêmio Médio Bruto Crescimento da frota Quantidade de Itens 45 Fonte: Dados internos SulAmérica\

46 OUTROS RAMOS ELEMENTARES

47 EM RAMOS ELEMENTARES, O FOCO EM SEGUROS MASSIFICADOS GEROU UMA MELHORA DE MARGEM DE 58% NO PRIMEIRO SEMESTRE DESTE ANO FRENTE AO MESMO PERÍODO DO ANO ANTERIOR PRÊMIO EMITIDO ACUMULADO JUN/09 X JUN/10 MARGEM BRUTA ACUMULADA JUN/09 X JUN/10 20,03% Transportes Massificados Riscos Diversos RC Geral Total Incêndio Riscos de Engenharia Outros Ramos 12,91% Fonte: SulAmérica

48 APÓS 2 ANOS DA ABERTURA DO MERCADO DE RESSEGUROS, TEMOS HOJE CONTRATOS AUTOMÁTICOS ESTABELECIDOS A TAXAS CADA VEZ MELHORES, E COM RESSEGURADORES DE PRIMEIRA LINHA. Os nossos principais contratos são: Patrimonial Capacidade Automática: R$ 150 MM * Engenharia Capacidade Automática: R$ 150 MM Marine Capacidade Automática: Cascos Marítimos USD 80 MM Transportes USD 140 MM RCG Capacidade Automática: R$ 20 MM *Na renovação do contrato Patrimonial em setembro de 2010 tivemos um aumento da capacidade de 50% e uma redução de taxas da ordem de 3x 48 48

49 VIDA E PREVIDÊNCIA

50 CONTRIBUIÇÕES DE PREVIDÊNCIA Sem Portabilidade M10 Tradicional com risco PGBL VGBL Fonte SUSEP SES 50 Com Portabilidade M10 Contribuição Portabilidade Fonte SulAmérica 50

51 RESERVAS DE PREVIDÊNCIA O mercado cresceu 57,6% no período de 2007 à Junho/2010, enquanto a SulAmérica cresceu 62,9% Ocupamos hoje a 9ª posição geral e a 2ª posição entre as independentes M10 Tradicionais com Risco PGBL VGBL 51 Fonte SUSEP SES 51

52 CARTEIRA DE ATIVOS A GESTÃO DOS FUNDOS TEM COMO BASE: Regulamento do fundo Mandato interno de investimento Carteira Total % Tradicional - 33,1 % PGBL e VGBL - 66,9 % Abertura por TAF TAF Distribuição 1,0% 13,0% 1,5% 32,2% 2,0% 8,4% 2,5% 37,5% Demais 8,9% Perfil Investimento Renda Distribuição Fixa 87,9% Variável 12,1% Renda Fixa Renda Distribuição Selic 51,5% Crédito 40,2% FIC 7,5% IPCA 0,7% IGPM 0,1% 52 Fonte SulAmérica

53 SEGUROS DE PESSOAS - VIDA + AP PRÊMIOS EMITIDOS Fonte: SUSEP SES M10 A estimativa de crescimento do mercado para o período de 2007 à 2010 é de 42,08% e a SulAmérica crescerá nesse mesmo período 53,23%. Atualmente, ocupa a 9ª posição no mercado total MARKET SHARE 3,22% SEGURADOS ,85% 2,78% Fonte: SUSEP SES Fonte: SulAmérica 53

54 SEGURO DE PESSOAS SINISTRALIDADE E MARGEM Sinistralidade por competência Média móvel 12 meses 58% 25% 62% 20% 53% 26% 17% 18% 21% Sinistralidade Margem Bruta Comissão Fonte: SulAmérica 54

55 ESTRATÉGIA CANAIS/SEGMENTOS Canal Segmento Alvo Individual Previdência Vida Rede Salão Distribuidores Private CRM Rede Salão Private CRM Indivíduos Ind./Carteira SulAmérica Indivíduos Ind./Carteira SulAmérica Vida em Grupo Grandes Corretores Rede Corr. Especialistas PME Sami Emp/Empregador (G) Associações Órgãos Públicos Fundos de Pensão Emp/empregador (PME) Coletivo Prestamistas Cativa Bco./Fin./Coop. Corretor Especialista Sami Bancos e Financeiras Cooperativas Consórcios Fundos de Pensão Worksite Gafins Grande Corretor/Atac. Grandes Empresas Associações de Classe 55 Massificados Corretor/Parceiro Viagens e Turismo Microsseguro Varejo Eletrônico

56 ESTRATÉGIA POR CANAL DE DISTRIBUIÇÃO 1- Corretor Tradicional Distribuição nacional com amplo portfólio de produto Simplificação dos processos de cotação e contratação Agilidade no processo de negociação Remuneração competitiva/diferenciada 3- Distribuidores Terceiros Exploração das parcerias com a SulAmérica Investimentos Flexibilidade nos desenhos de planos/produtos Plataforma aberta 2- Corretor Especialista 4- Canais alternativos Salão de venda dedicado Remuneração agressiva Amplo portfólio de produto Foco em segmentação Integração via plataforma web Amplo leque de coberturas Customização de pacotes 56

57 PORTFÓLIO DE PRODUTOS DE VIDA Individual SulAmérica Você BAP Mulher Coletivo PMG Capital Global Empresa Massificados 57 Gol WebJet Rede Trel Em Desenvolvimento Produto Viagem

58 PORTFÓLIO DE PRODUTOS DE PREVIDÊNCIA Aposentadoria Especial Expert Exclusivo Infantil Educaprevi Investimento Prestige 58

59 MUDANÇAS REGULATÓRIAS - EXPECTATIVAS MICROSSEGURO Há um projeto de lei tramitando no Congresso. O mercado já desenvolve ferramentas para distribuição massificada e isto abre perspectivas para a expansão dos produtos de microsseguro VGBL SAÚDE E EDUCAÇÃO Busca o aproveitamento das reservas de previdência para planos de saúde e despesas com educação. Aguarda encaminhamento do Governo ao Congresso BLINDAGEM DOS FUNDOS DE PREVIDÊNCIA (LEI ) Tem o objetivo de blindar os fundos de previdência da falência ou insolvência das operadoras. A regulamentação da lei é muito complexa tornando imprevisível o prazo de sua divulgação 59 MUDANÇA NA TÁBUA BIOMÉTRICA Aprovadas e regulamentadas as novas tábuas de referência brasileira, as BR-EMS para os riscos de mortalidade e sobrevivência. Elaborada pela UFRJ, tem como principal benefício a prerrogativa de ser dinâmica, com atualização periódica para garantir sua adequação à evolução da mortalidade dos participantes Ainda em 2010 as empresas lançarão produtos com a nova tábua

60 CICLO DE UNDERWRITING SINISTRO Análise Liquidação PRODUTO Mercado Legislação Concorrência PREÇO Risco Margem/ Despesas Cond. Técnicas Resseguro Preço ADMINISTRAÇÃO Faturamento Manutenção CICLO DE UNDERWRITING VENDA Comissionamento Negociação Relacionamento 60 ACEITAÇÃO Risco Lav. Dinheiro Crédito Financeiro Atuarial Contabilidade 60

61 POLÍTICA DE UNDERWRITING FAIXA SCORE RATING +40% +20% +0% -20% -40% Risco Alto (Agravamento) Risco Médio Risco Baixo (Desconto) Rating Individual (segurado) Rating Coletivo (empresa) Capital Idade UF (região) Sexo (%) Capital médio x máximo Qtde. Vidas Atividade da Empresa Histórico do Grupo (sinistralidade) Política Adequação as melhores práticas de Resseguro Faixa SCORE RATING 61 61

62 BPO IBM VISÃO GERAL DO PROJETO Escopo Terceirização dos serviços de retaguarda da operação e manutenção, suporte e melhoria de sistemas de vida e previdência pelo prazo de 12 anos Objetivos primários Agilidade e eficiência nos processos operacionais Redução de custos operacionais Novo sistema operacional Inovação de processos Dar maior foco ao negócio Suporte as aplicações sistêmicas Equipe de tecnologia Aplicações de TI Infra-estrutura e ferramentas de TI Novo sistema operacional Processos operacionais envolvidos Subscrição Administração de apólices e planos faturamento Regulação e pagamento de sinistros e benefícios Pagamento de comissão Atendimento compliance 62 62

63 GESTÃO DE ATIVOS

64 EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA DE FUNDOS NO BRASIL INDÚSTRIA DE FUNDOS Total Geral R$1.503,6 bilhão de PL Nº de Instituições 78 administradores 354 Gestores Indústria Crescimento Médio 13,8% SulAmerica Investimentos Crescimento Médio 21,4% 64 Fonte: ANBIMA

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional 3 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.947 funcionários 6,7 milhões de clientes 54 filiais 35 C.A.S.A.s Maior grupo segurador independente

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento APIMEC BH 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional SulAmérica e a Indústria SULAMÉRICA - MODELO DE NEGÓCIOS Maior seguradora independente do Brasil Modelo multilinha One-stop shop e forte cross selling de produtos Subscrição

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Porto Alegre 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 4T11

Reunião Pública dos Analistas 4T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 4T11 Porto Seguro Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Porto Seguro Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados

Leia mais

Resultados do 3T08 PSSA3

Resultados do 3T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Porto Seguro Fundação Mudança de controle Líder Segmento Auto no Brasil Grupos Seguradores Funcionários diretos Sucursais e escritórios no Brasil Principais cidades 2 Estrutura Societária

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional SulAmérica e a Indústria SULAMÉRICA UMA ABORDAGEM DIFERENCIADA Maior seguradora independente do Brasil, com forte reputação e um modelo de atuação multilinha: One Stop Shop,

Leia mais

Atualização Janeiro 2005

Atualização Janeiro 2005 Atualização Janeiro 2005 A Indústria Visão Geral da Indústria Prêmios Auferidos (R$) (1) 2.400.000.000 2.300.000.000 2.200.000.000 2.100.000.000 2.000.000.000 1.900.000.000 jan/04 fev/04 mar/04 abr/04

Leia mais

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3

Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Resultados do 4T08 e 2008 PSSA3 Questões Onde queremos chegar? Como vamos chegar? Onde estamos? Como estamos indo? 2 Mercado Segurador Brasileiro Expanção Geográfica: Oportunidade de Crescimento Queremos

Leia mais

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação.

BTG Pactual. Administração de Fundos Agosto 2012. Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. BTG Pactual Administração de Fundos Agosto 2012 Para informações adicionais, favor observar a página ao final desta apresentação. Histórico do BTG Pactual 2012 Aquisição da Celfin Capital no Chile 1983-86

Leia mais

Reunião Pública Apimec - BH 2015

Reunião Pública Apimec - BH 2015 Reunião Pública Apimec - BH 2015 SulAmérica e a Indústria SULAMÉRICA - MODELO DE NEGÓCIOS Maior seguradora independente do Brasil Modelo multilinha One-stop shop e forte cross selling de produtos Subscrição

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional SulAmérica e a Indústria SULAMÉRICA UMA ABORDAGEM DIFERENCIADA Maior seguradora independente do Brasil, com forte reputação e um modelo de atuação multilinha: One Stop Shop,

Leia mais

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar.

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. 0 0 Participação da Indústria no PIB - Internacional Prêmios/PIB em % (2004) 1 1 A Indústria de Seguros no Brasil Desde a implantação do Plano Real,

Leia mais

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional AGENDA 3 SUL AMÉRICA INVESTIMENTOS Processos de investimento Produtos Informativos e boletins 4 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.947

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

Resultados do 2T08 PSSA3

Resultados do 2T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Perspectivas Perspectivas para o para segundo 2008 semestre de 2008 A Aumento criação de de empregos 31,6% no formais número até de empregos junho foi o formais maior desde em relação

Leia mais

gestão de recursos Sobe e desce de taxas

gestão de recursos Sobe e desce de taxas Sobe e desce de taxas 14 Capital Aberto Julho 2010 Enquanto os juros menores e a concorrência comprimem as taxas de administração dos fundos DI e de renda fixa, os multimercados se sofisticam e sobem de

Leia mais

MAIS SAÚDE PARA SEU NEGÓCIO, MAIS BEM-ESTAR PARA VOCÊ.

MAIS SAÚDE PARA SEU NEGÓCIO, MAIS BEM-ESTAR PARA VOCÊ. MAIS SAÚDE PARA SEU NEGÓCIO, MAIS BEM-ESTAR PARA VOCÊ. SULAMÉRICA SAÚDE 03 A 99 VIDAS Sobre a SulAmérica A SulAmérica Seguros, Previdência, Investimentos e Capitalização, com 119 anos de história, é o

Leia mais

A Taxa Média de Retorno do Patrimônio Líquido foi equivalente a uma aplicação financeira com remuneração anual de 34,69% contra 24,94%.

A Taxa Média de Retorno do Patrimônio Líquido foi equivalente a uma aplicação financeira com remuneração anual de 34,69% contra 24,94%. 1- INTRODUÇÃO: A SUSEP liberou no dia 07/03/2015 os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao mês de janeiro 2015. Cabe ainda lembrar que esses números se referem ao banco de dados SES o

Leia mais

Clube Vida em Grupo CVG

Clube Vida em Grupo CVG Clube Vida em Grupo CVG Edward Lange Agosto, 2013 Agenda 1 2 3 4 Allianz SE Allianz Brasil Estratégia Vida e Saúde 1 Allianz SE Concorrentes Globais Prêmio Emitido Líquido EUR Bi Allianz 52,3 46,9 99,2

Leia mais

4T12 RESULTADO TRIMESTRAL. Crescimento Forte e Consistente em Prêmios. Melhoria nos Resultados. 27/FEV/13

4T12 RESULTADO TRIMESTRAL. Crescimento Forte e Consistente em Prêmios. Melhoria nos Resultados. 27/FEV/13 Crescimento Forte e Consistente em Prêmios. Melhoria nos Resultados. R$10,6 bilhões em prêmios de seguros no ano, crescimento de 12,5%, incluindo crescimento de 8,3% no 17,8% de crescimento em prêmios

Leia mais

APIMEC Reunião com Analistas e Investidores. Rio de Janeiro, 13 de abril de 2010

APIMEC Reunião com Analistas e Investidores. Rio de Janeiro, 13 de abril de 2010 APIMEC Reunião com Analistas e Investidores Rio de Janeiro, 13 de abril de 2010 Perfil SulAmérica Maior grupo segurador independente do Brasil Sólida reputação e alto reconhecimento da marca Grupo segurador

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais Flávio Bitter outubro 2015 Destaques Presença Nacional Beneficiários (Mil) Operadora líder no mercado brasileiro de Saúde suplementar,

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 2T09 e 1S09

Apresentação dos Resultados do 2T09 e 1S09 Apresentação dos Resultados do 2T09 e 1S09 Comentários 2T09 Evolução dos prêmios auferidos no 2T09 em relação ao 2T08; Evolução da frota segurada; Sinistralidade das carteiras de automóvel na Azul Seguros

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento Apimec Fortaleza 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO INFLAÇÃO

Leia mais

Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011. 01/03/2011 às 09:30h

Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011. 01/03/2011 às 09:30h Conferência Telefônica dos Resultados do 4T11 e 2011 01/03/2011 às 09:30h Agenda 4T11e 2011 Principais Realizações e Destaques em 2011 Receitas, Lucro Líquido e Retorno sobre Capital Desempenho dos principais

Leia mais

Divulgação de Resultados 2T08

Divulgação de Resultados 2T08 Divulgação de Resultados 2T08 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008 A Sul América S.A. (Bovespa: SULA11) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações operacionais e financeiras

Leia mais

APIMEC Reunião com Analistas e Investidores. Florianópolis, 23 de novembro de 2010

APIMEC Reunião com Analistas e Investidores. Florianópolis, 23 de novembro de 2010 APIMEC Reunião com Analistas e Investidores Florianópolis, 23 de novembro de 2010 PERFIL SULAMÉRICA Maior grupo segurador independente do Brasil Sólida reputação e alto reconhecimento da marca Grupo segurador

Leia mais

Apresentação Corporativa 2015

Apresentação Corporativa 2015 Apresentação Corporativa 2015 Agenda Visão Geral da Indústria de Seguros Evolução do Mercado Segurador Ambiente Competitivo Fatores Chave de Crescimento e Rentabilidade Quem Somos Nossos Negócios Estratégia

Leia mais

Reunião Pública de Analistas 2T10

Reunião Pública de Analistas 2T10 Reunião Pública de Analistas 2T10 Porto Seguro Inicio das atividades Mudança de Controle Líder nacional em seguro de automóvel Maior seguradora do Brasil Posição Companhia `Principal Produto 1 Bradesco

Leia mais

SulAmérica Saúde Empresarial

SulAmérica Saúde Empresarial SulAmérica Saúde Empresarial A saúde dos seus colaboradores está em nossos planos. A partir de 100 vidas sulamerica.com.br Saúde e Odonto Sobre a SulAmérica A SulAmérica, com 116 anos de história, é o

Leia mais

Gabriel Portella Presidente

Gabriel Portella Presidente Gabriel Portella Presidente Mercado segurador e drivers de crescimento No Brasil, a Indústria de Seguros vem crescendo a 2 dígitos por ano, pelo menos 3 vezes mais que o crescimento do PIB Prêmios/Receitas

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

PME BRASIL. ACE Brasil

PME BRASIL. ACE Brasil PME BRASIL Grupo ACE Criada em 1.985 Receita de Prêmio Superior a US$ 20 bilhões em 2010 Classificação AAA+ pela Moody s. Ativos de mais de US$ 78 bilhões Atuação em Seguros e Resseguros Presente em mais

Leia mais

BRADESCO SAÚDE SPG 100 e EMPRESARIAL 200

BRADESCO SAÚDE SPG 100 e EMPRESARIAL 200 NOVO SPG 100 e EMPRESARIAL 200 SPG 100 Empresarial 200 NOVOS PRODUTOS, NOVAS OPORTUNIDADES. Diversas soluções, MUITAS VANTAGENS. Na busca contínua pela melhoria, a Bradesco Saúde é pioneira mais uma vez,

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 1T12

Reunião Pública dos Analistas 1T12 Reunião Pública dos Analistas Agenda Visão da Indústria de Seguros Cenário Atual Perspectivas Visão Geral da Estrutura Linhas de Negócio Estratégia e Cultura Resultados em 2011 Principais Realizações e

Leia mais

Reunião Pública de Analistas 1T11

Reunião Pública de Analistas 1T11 Reunião Pública de Analistas 1T11 Porto Seguro Inicio das atividades Mudança de Controle Líder nacional em seguro de automóvel Líder nacional em seguro de residência Empregados Diretos Porto S/A Sucursais

Leia mais

A SAÚDE DOS SEUS COLABORADORES ESTÁ EM NOSSOS PLANOS. SULAMÉRICA SAÚDE EMPRESARIAL A PARTIR DE 100 VIDAS

A SAÚDE DOS SEUS COLABORADORES ESTÁ EM NOSSOS PLANOS. SULAMÉRICA SAÚDE EMPRESARIAL A PARTIR DE 100 VIDAS A SAÚDE DOS SEUS COLABORADORES ESTÁ EM NOSSOS PLANOS. SULAMÉRICA SAÚDE EMPRESARIAL A PARTIR DE 100 VIDAS (12) 3426-3295 Sobre a SulAmérica A SulAmérica, com 118 anos de história, é o maior grupo segurador

Leia mais

SEGURO PRESTAMISTA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES

SEGURO PRESTAMISTA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES SEGURO PRESTAMISTA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: As características do seguro prestamista fazem com que o período de vigência seja de acordo

Leia mais

Locamerica 20 anos. Você espera o melhor. A gente faz. Dezembro / 2013

Locamerica 20 anos. Você espera o melhor. A gente faz. Dezembro / 2013 Locamerica 20 anos Você espera o melhor. A gente faz. Dezembro / 2013 SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento Uma história de sucesso, crescimento e rentabilidade 2012

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS PRESTAMISTA RESULTADOS E INDICADORES JAN A MAIO 2010 09-07-2010 1 MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS PRESTAMISTA Esse conjunto encerrou o período com um volume de vendas de R$

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Visão Geral da Indústria BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e crescimento demográfico PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Panorama e Perspectivas / Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização 1. Sumário Executivo... 2 2. Seguradoras do grupo de seguros gerais... 2 2.1 Ramos do grupo de seguros gerais...

Leia mais

Tempo Assist. Dezembro de 2010

Tempo Assist. Dezembro de 2010 Tempo Assist Dezembro de 2010 Agenda A Tempo Mercados e ambiente competitivo Projeto eficiência Desafios para os próximos 12 meses 1 Histórico: Tempo é resultado da combinação de 15 companhias em 10 anos

Leia mais

ANÁLISE PRODUTOS 2014 SEGURO GARANTIA I TRIMESTRE DE 2014

ANÁLISE PRODUTOS 2014 SEGURO GARANTIA I TRIMESTRE DE 2014 ANÁLISE PRODUTOS 2014 SEGURO GARANTIA I TRIMESTRE DE 2014 lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Lamentavelmente esse estudo será restrito ao volume de prêmios não tendo, por

Leia mais

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012.

De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. De janeiro a junho de 2013 as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT registraram crescimento de 38% ante mesmo período de 2012. Os casos de Invalidez Permanente representaram a maioria das indenizações pagas

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS

MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS I BIMESTRE -2013 1 O segmento de Automóveis encerrou o mês de janeiro com um volume de produção de R$ 4,3 bilhões contra R$ 3,4 bilhões de 2012, um crescimento

Leia mais

EXCLUSIVO E CONFIDENCIAL

EXCLUSIVO E CONFIDENCIAL EXCLUSIVO E CONFIDENCIAL Por que GTI? Alinhamento Partnership Modelo de negócio participativo, meritocrático e com total alinhamento de interesse entre sócios e investidores Equipe experiente oriunda de

Leia mais

Visão Geral da Marisa

Visão Geral da Marisa Junho 2012 Visão Geral da Marisa 63 anos de história Produtos e serviços financeiros Foco na classe C Maior varejista de moda feminina e íntima do Brasil Lojas multiformato Top of mind Presença em todo

Leia mais

(MLRV) CRÉDITO INTERNO JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) CRÉDITO INTERNO JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 CRÉDITO INTERNO JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Também chamado seguro de crédito doméstico, esse seguro oferece cobertura com validade no território

Leia mais

BRASIL PLURAL PREV FIC FIM

BRASIL PLURAL PREV FIC FIM BRASIL PLURAL PREV FIC FIM Agosto / 2013 Todos os direitos reservados para Icatu Seguros S/A - 2013. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida, arquivada ou transmitida de nenhuma forma ou por

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

Reunião Pública dos Analistas 3T11

Reunião Pública dos Analistas 3T11 Grjrr Reunião Pública dos Analistas 3T11 Porto Seguro História e Posição A empresa se desenvolveu e atingiu posição de liderança em Auto e Residência, e conta com forte estrutura operacional e de distribuição

Leia mais

SOMOS UMA COOPERATIVA MÉDICA LÍDER NO MERCADO DE PLANOS DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO.

SOMOS UMA COOPERATIVA MÉDICA LÍDER NO MERCADO DE PLANOS DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO. SOMOS UMA COOPERATIVA MÉDICA LÍDER NO MERCADO DE PLANOS DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO. CUIDAR É NOSSA ESSÊNCIA E O QUE NOS MOVE TODOS OS DIAS. CUIDAMOS DE PESSOAS E LEVAMOS ESTE PROPÓSITO ALÉM, VALORIZANDO

Leia mais

Prever Empresarial. Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. Agosto de 2007. Previdência Complementar PJ 2007

Prever Empresarial. Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. Agosto de 2007. Previdência Complementar PJ 2007 Prever Empresarial Associação da Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho Agosto de 2007 Institucional A Unibanco AIG é o grande destaque no mercado brasileiro em planos corporativos de previdência complementar,

Leia mais

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional. Novembro/2011

SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional. Novembro/2011 SULAMERICA INVESTIMENTOS Apresentação Institucional Novembro/2011 3 A SULAMERICA VOCÊ JÁ CONHECE 116 anos no mercado 4.925 funcionários 6,7 milhões de clientes 45 filiais 256 escritórios de venda Maior

Leia mais

CASTIGLIONE (MLRV) SEGURO GARANTIA UM MERCADO NERVOSO

CASTIGLIONE (MLRV) SEGURO GARANTIA UM MERCADO NERVOSO SEGURO GARANTIA UM MERCADO NERVOSO A SUSEP acabou de divulgar os números referentes ao período de janeiro a novembro de 2011. Sem sombra de dúvidas o SES Sistema de Estatísticas da SUSEP é o único instrumento

Leia mais

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA

GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL MUITO BOA Exercício 2008 RELATÓRIO FINANCEIRO & CLASSIFICAÇÃO DE RISCO Exercício 2008 GRUPO MARÍTIMA SEGUROS CLASSIFICAÇÃO: COR AZUL Relatório 1. Institucional

Leia mais

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35%

SEGUROS DIRETOS R$ 15.575.883 43,36% R$ 18.153.604 43,69% 16,55% DPVAT R$ 1.267.600 3,53% R$ 1.436.782 3,46% 13,35% MERCADO BRASILEIRO DE SEGUROS JAN A ABRIL 2011 Tomando por base os números divulgados hoje pela SUSEP através do sistema de informações SES (que tem como fonte os FIPS enviados pelas empresas) o mercado

Leia mais

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS

SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS SCC SEGURO DOS CONCESSIONÁRIOS CHEVROLET DIRETRIZES BASICAS O objetivo do programa é combinar a sinergia existente entre concessionárias e seguradoras a fim de que, mediante a fidelização dos clientes,

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O FUTURO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL O déficit da previdência social coloca em risco o direito à aposentadoria Fatores que agravam a situação: Queda da taxa de natalidade Aumento da

Leia mais

Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades

Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades Clube Vida em Grupo São Paulo Mercado Brasileiro de Seguros: Tendências e Oportunidades 13 de novembro, 2013 Gabriel Portella O mercado está em constante mudança... Desenvolvimento tecnológico Mudança

Leia mais

Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008

Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008 Vencedoras - XI Prêmio Cobertura Francisco Galiza Outubro/2008 I) Critérios www.ratingdeseguros.com.br 1) Os dados usados serão os números de 2007 e do 1º Semestre de 2008. 2) Os prêmios serão dados nas

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Apresentação para Investidores 1S10

Apresentação para Investidores 1S10 Apresentação para Investidores 1S10 1 Agenda 1. Visão Geral e Desempenho Consolidado 2. Livraria Saraiva 3. Editora Saraiva 2 Governança Corporativa Nível 2 de Governança Corporativa da Bovespa Primeira

Leia mais

1- INTRODUÇÃO: 2- RESULTADOS SUSEP JAN A SET 2015:

1- INTRODUÇÃO: 2- RESULTADOS SUSEP JAN A SET 2015: 1- INTRODUÇÃO: A SUSEP liberou no dia 26/10/2015 os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao período de jan a setembro de 2015. Cabe ainda lembrar que esses números se referem ao banco

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 1T12

TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 1T12 TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 1T12 0 Agenda 1. Introdução e Visão Geral 2. Saúde 3. Odonto 4. Assistência 5. Resultados Financeiros Consolidados 6. Perspectivas para 2012 1 Introdução e Visão

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi Diretor Presidente do Grupo Bradesco Seguros e Previdência 1 Brasil Entre as Maiores Economias do Mundo Mercado Brasileiro de Seguros e Previdência O Mundo do Seguro e Previdência Desafios

Leia mais

A palavra é eficiência

A palavra é eficiência A palavra é eficiência A redução de juros está no radar da indústria global de seguros. Compensar negócios mal precificados com ganhos financeiros já não é mais possível em um cenário de taxas em queda.

Leia mais

Panorama da empresa. Estratégia de negócio. Performance e Portfólio de produtos

Panorama da empresa. Estratégia de negócio. Performance e Portfólio de produtos 2014 Panorama da empresa Estratégia de negócio Performance e Portfólio de produtos Panorama da empresa Panorama da empresa Nossa História Criada em 1992 para atuar nos ramos de vida e acidentes pessoais,

Leia mais

REGULAMENTO 1. PERÍODO 2. PARTICIPANTES 3. PRODUTOS VÁLIDOS PARA A CAMPANHA 4. FORMAÇÃO DAS EQUIPES

REGULAMENTO 1. PERÍODO 2. PARTICIPANTES 3. PRODUTOS VÁLIDOS PARA A CAMPANHA 4. FORMAÇÃO DAS EQUIPES Regulamento REGULAMENTO 1. PERÍODO 1.1. A Campanha de Vendas denominada Liberty em Portugal e Liberty em Porto de Galinhas terá duração de oito meses, contados a partir de 1º de outubro de 2008, ou seja,

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008 Resultados do 1T09 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 Felice (Nova Lima-MG) Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) ViVer Zona Sul (Porto Alegre-RS) Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR)

Leia mais

De fato a situação poderá se complicar em função da situação econômica do País.

De fato a situação poderá se complicar em função da situação econômica do País. 1- INTRODUÇÃO: A SUSEP liberou no dia 21/09/2015 os números do Mercado de Seguros e Previdência referente ao período de jan a julho de 2015. Cabe ainda lembrar que esses números se referem ao banco de

Leia mais

(MLRV) TRANSPORTES INTERNACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) TRANSPORTES INTERNACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 TRANSPORTES INTERNACIONAIS JAN A JUNHO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Lamentavelmente a SUSEP alterou a estrutura de resultados não mais detalhando os

Leia mais

Diversificação de canais em seguros massificados Wagner Amaral Carvalho

Diversificação de canais em seguros massificados Wagner Amaral Carvalho Diversificação de canais em seguros massificados Wagner Amaral Carvalho KPMG Management Consulting 21 de Junho de 2012 ADVISORY 0 Agenda Seguro Massificado Mercado brasileiro de seguros visão geral Canais

Leia mais

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na

Nos últimos anos, o setor de seguros brasileiro vem sofrendo uma. série de transformações. Algumas delas podem ser visualizadas na Visão das Seguradoras: Uma análise da distribuição de seguros no Brasil Francisco Galiza Mestre em Economia (FGV), membro do Conselho Editorial da FUNENSEG, catedrático pela ANSP e sócio da empresa "Rating

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Dez 2011 % Jan a Dez 2012 % Jan a Dez 2012 x Jan a Dez 2011 Morte 58.134 16% 60.752 12% 5% Invalidez Permanente 239.738 65% 352.495 69% 47% Despesas Médicas (DAMS) 68.484

Leia mais

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID

A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil. Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A Indústria de Fundos de Investimento no Brasil Luiz Calado Gerente de Certificação da ANBID A ANBID A ANBID Associação Nacional dos Bancos de Investimentos Criada em 1967, é a maior representante das

Leia mais

Nova York, 25 de Novembro de 2008. Sr. Milton Vargas. Diretor Vice Presidente e Diretor de Relações com Investidores

Nova York, 25 de Novembro de 2008. Sr. Milton Vargas. Diretor Vice Presidente e Diretor de Relações com Investidores Bradesco Day 2008 Nova York, 25 de Novembro de 2008 Sr. Milton Vargas Diretor Vice Presidente e Diretor de Relações com Investidores 1 1 Desempenho 2 Foco no Mercado Doméstico 3 5 4 Banco Completo Excelência

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

Relacionamento entre Operadoras e Prestadores

Relacionamento entre Operadoras e Prestadores Relacionamento entre Operadoras e Prestadores Ciclo de Debates GV Saúde 18.outubro.2006 João Alceu Amoroso Lima Vice Presidente SulAmérica Saúde 1. Panorama de Mercado 2. Ações A SulAmérica - Curto/Médio/Longo

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Reunião APIMEC 2013. São Paulo, 19 de dezembro de 2013

Reunião APIMEC 2013. São Paulo, 19 de dezembro de 2013 Reunião São Paulo, 19 de dezembro de Importante O presente material tem caráter somente informacional. Não constitui uma oferta ou solicitação de investimento em qualquer fundo aqui mencionado ou quaisquer

Leia mais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais

Porto Seguro S.A. Receitas Totais Porto Seguro S.A. Porto Seguro S.A. Receitas Totais R$ m ilhões 2006 2005 Variação Receitas Totais 4.548,1 3.849,9 18,1% (R$ milhões) 4.548,1 3.849,9 2.384,6 2.758,5 3.232,4 2002 2003 2004 2005 2006 CAGR

Leia mais

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013

Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 Teleconferência Resultado 2T2013 13/08/2013 BB Seguridade S.A. Resultado do 2º Trimestre de 2013 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas,

Leia mais

Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC

Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC Perspectivas do Mercado de Crédito Cenário econômico Cenário econômico Contexto Macro-econômico e Regulamentação Redução de spreads Incremento

Leia mais

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO JANEIRO / ABRIL -2011 1 MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO: O Mercado de títulos de capitalização vem mantendo crescimentos fortes e retornos robustos. Nesse período o volume de vendas atingiu

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Localiza Day Agosto / 2011

Localiza Day Agosto / 2011 Localiza Day Agosto / 2011 1 1. A Companhia 2. Drivers e oportunidades 3. Geração de valor 4. Conclusão 2 A Companhia: destaques Maior locadora da América do Sul com mais de 460 agências em 7 países Frota

Leia mais

ANÁLISE MERCADO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS JAN A MAIO 2014 NÚMEROS SUSEP SES

ANÁLISE MERCADO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS JAN A MAIO 2014 NÚMEROS SUSEP SES ANÁLISE MERCADO DE SEGUROS AUTOMÓVEIS JAN A MAIO 2014 NÚMEROS SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: Como sabemos a SUSEP, no intuito de aperfeiçoar as avaliações de

Leia mais

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009

Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Regina Parizi Diretora Executiva MAIO/2009 Estrutura e Distribuição Geográfica Estrutura Estatutária A GEAP GEAP é administrada por por um um Conselho Deliberativo responsável pela pela definição da da

Leia mais