Manual do Usuário. Sistema de Alarme de Incêndio Interativo Versão 2. Painel de Alarme de Incêndio,BS-310 / 320 Painel de Operações BS-330

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Usuário. Sistema de Alarme de Incêndio Interativo Versão 2. Painel de Alarme de Incêndio,BS-310 / 320 Painel de Operações BS-330"

Transcrição

1 Sistema de Alarme de Incêndio Interativo Versão 2 Manual do Usuário Painel de Alarme de Incêndio,BS-10 / 20 Painel de Operações BS-0 Protegendo o meio ambiente, a vida e a propriedade...

2 COPYRIGHT Esta publicação, bem como suas partes, não devem ser reproduzidas em nenhuma forma, por nenhum método e por nenhum propósito. Autronica Fire e Security AS e suas subsidiárias não assumem qualquer responsabilidade por erros que possam aparecer nessa publicação, ou por danos causados devido ao uso das informações aqui contidas. Nenhuma informação contida nesta publicação deve ser considerada como uma garantia dada pela Autronica Fire and Security. A informação nessa publicação poderá ser alterada sem aviso. Nomes de produtos mencionados nessa publicação podem ser trademarks. Eles são usados apenas para identificação.

3 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio Conteúdo 1. Introdução Sobre o Manual O Leitor Componentes O Painel Operador Introdução Dispositivos de Indicação...6 Seção Superior A Seção Operadora (abaixo) O Display do Menu Botões de Operação Visão Botões Frontais Teclado Alfanumérico Botões de Serviço Modo de Operação Introdução Níveis de Acesso...1. Como os Eventos são Apresentados no Display Como Visualizar Pontos em Alarme Ressoando Dispositivos Avisadores de Incêndio Resetando o Sistema Desabilitamento de Alarme (AlarmDisable) Diferentes Tipos de Zonas de Detecção Introdução Zonas de Detecção de Ação Imediata Zona de Detecção de Ação Coincidente Zonas de Detecção de Ação Retardada Zonas de Detecção de Atraso Coincidentes No Caso de um Alarme de Incêndio Indicações no Caso de um Alarme de Incêndio Ações a serem tomadas em caso de um alarme de incêndio No Caso de Falhas Indicações no Caso de Falhas Ações a Serem Tomadas no Caso de Falhas Modo de Menu Page 1

4 Resmat Parsch Sistemas contra Iincêndio 6.1 Como Entrar no Modo de Menu O Display do Modo de Menu Desabilitando Geral Menu Desabilitar(Disable) Indicações no Painel Operador Desabilitando Componentes Ativados/Destivados Desabiltando Zonas de Detecção Desabilitando Pontos Desabilitando Dispositivos Avisadores de Incêndio Habilitando Geral Menu Habilitar(Enable) Habilitando Componentes Ativados/Desativados Habilitando Zonas de Detecção Habilitando Pontos Habilitando Dispositivos de Alarme de Incêndio Gravando Eventos Como usar o menu Log Exemplo para Logar Eventos de 1 a Logando Todos os Eventos O Menu de Controle Testando Introdução Menu de Teste Indicações no Painel Operador Entrando no Modo de Teste Saindo do Modo de Teste Menu do Sistema Introdução Menu do Sistema Como Entrar no Nível de Acesso / Definir Senha Introdução Entrar no Nível de Acesso Sair do Nível de Acesso Defina (ou Mude) a Senha...49 Página 2

5 Erro! Estilo não definido. 1. Introdução 1.1 Sobre o Manual 1.2 O Leitor 1. Componentes Este Manual tem a intenção de fornecer a informação necessária para se operar o Sistema Interativo de alarme de Incêndio AutroSafe por meio do Painel de Controle de Alarme de Incêndio, BS-10/20 ou o Painel Operador, BS-0. Como a interface com o usuário e a operação dos dois painéis são idênticas, o painel é chamado de painel de operações neste manual. Este manual tem a intenção de ser usado por pessoas que são responsáveis por operar o sistema. Nós assumimos que o leitor tenha o conhecimento básico necessário do conceito do sistema (ver Especificação do Sistema), e o termo Zona incluindo, Zona de Detecção, Zona de Alarme and Zona de Operação (ver Apêndice). O Sistema Interativo de Alarme de Incêndio AutroSafe Interactive Fire Alarm System contém vários componentes (ver capítulo 1.). É importante que o leitor se familiarize com estes, mais com os termos diferentes e abreviações. Uma lista contendo os termos mais freqüentemente usados e abreviações estão no Apêndice. O Sistema Interativo de Alarme de Incêndio AutroSafe contém os seguintes componentes (EN-54) : Componente Abreviação Descrição Ref. Ponto - Detector ou Acionador Manual A / D Controle e Equipamento de Indicação c.i.e. Equipamento alimentador, bem como receptor de erro e sinais de alarme de incêndio. Indica uma condição de alarme audível e visível, mais o local. Alimentação - A fonte de energia para controle e equipamento de indicação e para itens supridos com energia de tais equipamentos. Dispositivos Avisadores de Alarme Saída Supervisionada Auxiliar FAD FPE Equipamento usado parar avisar a ocorrência de fogo, por exemplo, um indicador sonoro ou visual. Um dispositivo automático usado para tomar medidas de proteção contra incêndio após receber um sinal do equipamento de controle e indicação (por exemplo, extintores de incêndio, controladores de ventilação). Saída Falha Geral FWRE Equipamento usado para enviar um sinal de aviso de falha do equipamento de controle e indicação para uma estação de recebimento de aviso de falhas. Estação de Recebimento de - Um centro do qual as medidas de proteção de incêndio F Page B L C G J

6 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio Alarme de Incêndio necessárias podem ser tomadas a qualquer momento. Estação de Recebimento de Aviso de Falha Equipamento de Proteção contra Incêndio automático - Um centro do qual as medidas corretivas necessárias podem ser iniciadas - Controle de Incêndio ou equipamento de combate ao fogo, por exemplo, instalação de extinção. K H A Detectores A De Fogo D Pontos B Equipamento de Controle e indicação C Dispositivo de Alarme de C Incêndio E FARE F Estação de Recebimento de Incêndio Acionadores D manuaiis J FWRE K Estação de Recebimento de Aviso G Controle do Eq. Automático de prot. De incêndio H Eqp. Automáttico de proteção. L Alimentação Nota: As linhas ligando os vários componentes na ilustração indicam fluxos de informação, e não conexões f isicas. Itens G e H e outros itens poderão necessitar de outra fonte de alimentação. Página 4

7 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio 2. O Painel Operador 2.1 Introdução Cada painel operador é designado para uma Zona de Operação(ver «Definições de Zona» no Apêndice). Em relação à sua própria zona, um painel operador é local, enquanto é remoto em relação as zonas de operação que não são fechadas pela zona local. Todos os eventos que ocorrem em uma zona de operação particular devem ser manuseados de um painel operador local. O painel operador mostra informações de eventos que ocorrem em todas s zonas de operação. Contudo, o tipo de evento e o tipo de detalhe da informação depende de qual zona de operação a informação está relacionada. Painéis locais irão exibir todas as zonas de detecção em estado de alarme. Painéis operadores remotos irão avisar apenas alarmes remotos, e atuar apenas como dispositivos de «apenas indicação». O Painel operador consiste de duas seções principais. A seção superior, e a seção inferior que é a Parte Operadora. ALARM AUTROSAFE SelfVerify Fault Function Disabled Function Delayed Fire Brig. Signalled Power More Events Mute Panel Silence Alarms Reset Testing Fire Brig. Disabled Fire Brig. Fault System Fault Alarms Disabled Alarms Fault 7 C i Figure 2-1: O Painel Operador Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 5

8 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio 2.2 Dispositivos de Indicação Seção Superior Display de Texto Ver Capítulo 2.. ALARME O indicador de alarme vermelho mostra que uma ou mais zonas de detecção dentro da zona de operação do the Painel Operador estão em estado de alarme. ALARM Luz vermelha piscando: No caso de alarme de incêndio. Os dispositivos de alarme de incêndio(fad) ainda estão em ativados. Luz vermelha acesa: Todos os FADs ativados pelo alarme foram desativados pelo uso dos botões de alarme. Os equipamentos de indicação ainda permanecem na condição de alarme. Fault FunctionDisabled FunctionDelayed Fire Brig. Signalled Power Testing More Events Mute Panel Silence Alarms Reset System Falha O aviso de falha amarelo indica a presença dentro de uma zona de operação do painel operador. Luz piscando Aviso de falha não aceito inexistente. Luz acesa Todos os avisos de falha foram aceitos. Função Desabilitada Luz amarela acesa quando um ou mais dos seguintes componentes dentro da zona de operação do painel operador estão no estado desabilitado: função com atraso pontos individuais zonas de detecção zonas de alarme Dispositivos Avisadores de Alarme, Saída Supervisionada Auxiliar e Saída Falha Geral Mais Eventos No caso de mais de um alarme. O indicador vermelho Mais Eventos mostra que várias zonas de detecção dentro de uma zona de operação estão em alarme de incêndio. Luz vermelha piscando: No caso de um alarme de incêndio os dispositivos avisadores de alarme (FAD) ainda estão em estado ativo. Luz vermelha acesa: O botão Silenciar Alarmes foi pressionado. Todos os FADs ativados por alarme de incêndio não estão mais ativos. O controle e equipamento de indicação ainda permanecem em condição de alarme de incêndio. Função de Atraso Luz amarela acesa indica que Ação de Saída Imediata foi desabilitada (operação manual em modo Menu), por exemplo um período de atraso está ativado para Dispositivo Avisador de Alarme. Configuráveis. Note que há várias variantes nacionais neste painel. Os dispositivos de indicação mostrados neste manual lida com os dispositivos de indicação do painel padrão. Brigada de Incêndio Sinalizada Luz vermelha acesa quando a brigada de incêndio é avisada. Power Luz verde acesa quando o painel está ligado. Página 6

9 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio A Seção Operadora (abaixo) Testing Fire Brig. Disabled Fire Brig. Fault System Fault Alarms Disabled Alarms Fault 7 C i Testando Luz amarela acesa quando uma ou mais zonas de detecção dentro de uma zona de operação do painel operador foi colocada manualmente em modo de teste. Falha do Sistema Luz amarela acesa quando uma falha do sistema dentro de uma zona de operação está presente no painel operador. Alarmes Desabilitados Luz amarela acesa quando um ou mais Dispositivos Avisadores de Alarme estão desabilitados. O indicador da função Disabled também tem luz vermelha acesa. Falhas de Alarme Luz amarela quando uma falha é detectada em um ou mais Dispositivos Avisadores de Alarme (FAD). O indicador de Falhas também terá uma luz amarela. Piscando (não aceita)/ Acesa (aceita). Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 7

10 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio Indicadores da Zona de Detecção (ainda não implementado) Testing Fire Brig. Disabled Fire Brig. Fault System Fault Alarms Disabled Alarms Fault 7 C i 28 LEDs vermelhos, cada um representando um zona de detecção (programável), servem como um suplemento ao display de textos principal. Luz Piscando O indicador vermelho mostra que uma zona detecção dentro de uma zona de operação do Painel Operador está em estado de alarme de incêndio. Luz Acesa A zona de detecção em estado de alarme foi silenciada. Página 8

11 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio 2. O Display do Menu Durante Operação Normal, a luz de fundo do display estará sempre acesa. O display do menu tem 16 linhas de 40 caracteres. O display está dividido em várias janelas de display que mostram tipos diferentes de informação. SHOW STATUS DISABLEMENTS 1 FIRE ALARM DEVICES 2 FIRE ALARM ROUTING EQUIPMENT DETECTION ZONES 4 POINTS 5 IMMEDIATE OUTPUT ACTIONING 6 FIRE PROTECTION EQUIPMENT 7 FAULT WARNING ROUTING EQUIPMENT 8 ALL FIRE ALARM 5 CONFERENCE HALL, MAIN BUILDING 19.2 Hora Opção de atuação Elementos do Menu Campo de informações Último alarme detectado se em condição de alarme Figura 2-2: Display do Menu Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 9

12 1ABC 2DEF GHI 7STU 8VWX 9YZ Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio 2.4 Botões de Operação Visão ALARM Botões Frontais AUTROSAFE SelfVerify Silenciar Painel (preto) Fault Function Disabled Function Delayed Fire Brig. Signalled Power More Events 7 Mute Panel Silence Alarms Reset Silenciar Alarmes (vermelho) Testing Fire Brig. Disabled Fire Brig. Fault System Fault Alarms Disabled Alarms Fault C Reset (verde) i Teclado Alfanumérico 4JKL 5MNO 6PQR More Events v Mais Eventos (preto) Figura 2-: Botões de Operação C 0 i Botões Funcionais Menu Fechar Ajuda Página 10

13 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio Botões Frontais Botões Frontais Botão Função Nível de Aceso Silenciar Painel (preto) Usado para silenciar o painel 1 Silenciar Alarmes (vermelho) Usado para silenciar os dispositivos avisadores de incêndio (FAD) 2 Reset (verde) Usado para resetar o sistema 2 v Mais Eventos (preto) Usado para andar entre os eventos na janela atual Só é usado quando há mais alarmes do que é possível de se apresentar na tela Teclado Alfanumérico O teclado alfanumérico possui números de 1 a 9 e letras de A a Z, mais os seguintes botões: Botão ENTER Teclado Alfanumérico Função Usado para aceitar/selecionar uma seleção ou retorno. 6PQR Botões de seta para cima e para baixo Usado para rolar as linhas para cima e para baixo no display. 9YZ C Cancelar Usado para cancelar o último dígito alfanumérico Botões de Serviço i Botão Ajuda Menu Fechar Botões de Serviço Função Pode-se obter informações de como operar o painel. AINDA ESTÁ INATIVO. Usado para alterar entre Modo de Operação e Modo Menu Modo de Operação (usar ) >> Modo Menu (use ) >> Modo de Operação. Usado para voltar ao nível anterior / mostrar a figura anterior Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 11

14 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio. Modo de Operação.1 Introdução O painel operador pode estar em Modo de Operação ou em Modo Menu. Enquanto nenhum botão for operado, o painel sempre estará em Modo de Operação. O display terá a seguinte aparência: AUTROSAFE SelfVerify Figure -1: O Display Note que qualquer evento será mostrado no display quando este ocorrer. NOTA: Todos os eventos que podem ocorrer estão apresentados no Modo de Operação. Todo o manuseio de eventos, Silenciar Alarmes, Aceitar e Resetar Sistema acontecem em Modo de Operação. È possível entrar em Modo de Operação de duas maneiras. Modo inicial (start up) Quando pressionar o botão Menu no Modo Menu, o que deixará o modo menu em todos os níveis do menu. Página 12

15 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio.2 Níveis de Acesso Nível de Acesso Todos os controles de interface com o usuário são classificados como pertencentes a um dos quatro níveis de acesso descritos abaixo. Medida deacesso 1 Nenhuma chave ou senha necessários Descrição Acessível a membros do público geral. Todas as indicações são visíveis no nível de acesso 1 sem intenvenção manual. 2 Acesso por chave. Acessível a pessoas que tenham uma responsabilidade específica por segurança. Senha restrita. Acessível a pessoas treinadas e autorizadas para reconfigurar o painel. 4 Ferramenta Mecânica. Acessível a pessoas fazendo reparos... Como os Eventos são Apresentados no Display Os diferentes eventos são apresentados no modo de operação. ALARME DE INCÊNDIO, por exemplo, é mostrado aceso na esquerda superior do display. O exemplo abaixo mostra uma situação onde três zonas estão em estado de alarme. O número total de zonas em estado de alarme é mostrado em no canto superior direito. Zonas em alarme Número total De zonas em alarme FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP Figura -2: Como os eventos são apresentados Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 1

16 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio.4 Como Visualizar Pontos em Alarme. Para ser capaz de selecionar entre zonas de detecção em alarme simplesmente aperte o botão ENTER. FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP 1: SHOW POINTS Para visualizar pontos em alarme para a zona que você selecionou (acesa), aperte o dígito 1 e a seguinte tela aparecerá (exemplo): O tempo exato quando em alarme foi recebido Ponto (s) em alarme Tipo do ponto SHOW STATUS FIRE ALARMS/POINTS 1 OFFICES Received 19:29:44 POINT: TYPE: STATUS: P Heat Alarm P5 Optical Alarm FIRE ALARMS WORKSHOP Última zona em alarme Número total de zonas em alarme Figure -: Pontos em alarme Nesse exemplo você pode visualizar os pontos em alarme e o tipo de ponto. Os botões seta são usados para mover para cima e para baixo na lista de pontos. O botão fechar instante). é usado para ir um passo para trás (a qualquer Página 14

17 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio.5 Ressoando Dispositivos Avisadores de Incêndio Quando o botão SILENCIAR ALARMES é pressionado no caso de um alarme, todos os dispositivos avisadores de alarme dentro da zona de operação do painel operador serão desativadas. A lâmpada de indicação vermelha de Alarme de Incêndio mudará de piscando para acesa. Nesse estágio, o timer de ressoamento ligará. O timer reiniciará em cada operação do botão SILENCIAR ALARMES. Para ressoar os alarmes manualmente, pode-se apertar o dígito 1, que significará ressoar. As zonas de alarme são automaticamente ressoadas para seus alarmes de incêndio quando o tempo do timer do SILENCIAR tiver terminado..6 Resetando o Sistema Para resetar o sistema pressione o botão RESET, todos os dispositivos avisadores de alarme (FAD) devem ser silenciados/desativados usando o botão SILENCIAR ALARMES. Por outro lado a operação reset será rejeitada sem nenhum efeito no comportamento do sistema..7 Desabilitamento de Alarme (AlarmDisable) Se há pontos dentro de uma zona de operação ainda sinalizando um alarme de incêndio, um desabilitamento de alarme dará resultado. O desabilitamento pode ou não ser requerer confirmação (configurável). Se a confirmação não for requerido, todos os pontos ainda sinalizando um alarme de incêndio, são desabilitadas automaticamente. Se a confirmação for requerida, uma lista de pontos em alarme é apresentada no display. Para confirmar desabilitamento automático, o botão ENTER ( ) deve ser pressionado dentro de 5 segundos (configurável). Todos os detectores desabilitados podem ser habilitados nesse ponto apertando o dígito, Que representará REATIVAR. Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 15

18 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio.8 Diferentes Tipos de Zonas de Detecção.8.1 Introdução Quando manuseando eventos no Modo Operação, é importante estar atento as diferenças relativas à configuração da zona de detecção (configurou usando a Ferramenta de Configuração AutroSafe). O tipo de detecção específica Zonas bem como o tipo de ponto (detector ou ponto de chamada de manual) determinará como o sistema responde ao sinal - com respeito a ação. O sistema tem os seguintes tipos de zonas de detecção: zona de detecção de Ação Imediata zona de detecção de Ação Coincidente. zona de detecção de Ação Atrasada zona de detecção de Coincidência Atrasada zona de detecção SOLAS (Segurança de Vida em Mar).8.2 Zonas de Detecção de Ação Imediata Um sinal de uma zona de detecção de Ação Imediata, iniciará todas as ações, sem qualquer demora, imediatamente. Ação imediata aplica: Dispositivos Avisadores de Alarme (FAD) Equipamento de Proteção contra incêndio (FPE).8. Zona de Detecção de Ação Coincidente Um sinal de alarme de fogo de um único detector em uma Zona de Detecção de Ação Coincidente, não iniciará nenhuma ação, i.e. não haverá nenhuma atuação de saída para; Dispositivos Avisadores de Alarme (FAD) Equipamento de Proteção contra incêndio (FPE) No display, o número do alarme para uma zona de detecção irá permanecer fixo até um novo ponto seja inserido no mesmo alarme estado. No exemplo abaixo, a zona de detecção 2 CANTINA é configurada como uma Zona de ação coincidente. Página 16

19 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio Número 2 aceso se apenas um detector desta zona estiver em alarme FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP Número 2 piscando se vários Pontos ou Acionadores manuais Na mesma zana de detecção FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP Figure -7indicação da zona de detecção coincidente.8.4 Zonas de Detecção de Ação Retardada Quando o painel operador recebe um sinal de alarme de incêndio de um ponto em uma zona de detecção de Ação Retardada (configurável), o acionamento das saídas para os FADs pode ser atrasado. Em uma situação de alarme, o acionamento das saídas será atrasado quando; a zona de detecção foi definida como uma Zona de detecção de Ação Retardada. o ponto(s) nesta Zona for fixado para indicar demora ON. A operação de atraso de saída para Dispositivos Avisadores de Alarme (FAD) inclui: detectores e/ou acionadores manuais e/ou sinais de zonas específicas Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 17

20 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio A demora é dividida em dois períodos de demora, demora Inicial, T1 (configurável) e Demora Prolongada, T2 (configurável). O período de demora (T1) é iniciado quando um sinal de Alarme de Incêndio de um ponto é recebido. Serão iniciadas ações depois que o período T1 de demora expirou. Pressionar o Dígito 4 que representará DEMORA PROLONGADA, e encerrará T1 e o atraso do período T2 começará. Se uma ou mais zonas de detecção de Ação Retardadas entraram no estado de Alarme de Incêndio e estiveram nos períodos T1 ou T2 deles/delas, as ações retardadas podem ser iniciadas imediatamente apertando o dígito 2 que representa ATIVADO.A ativação de um acionador manual com a Zona de Operação também dará ação imediata. Indicação de atraso de ação ( ) FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP FIRST DELAYED OUTPUTS ACTIVATES 19:40 2: ACTIVATE 4: SHOW SUPPR. INFO Após pressionar o botão ENTER ( ) e selecionando a zona de detecção retardada, você pode; pressionar o dígito 1 para mostrar os pontos em alarme pressionar o dígito 2 para ativar o alarme ou pressionar o dígito 4 para prolongar o atraso. FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP DELAYED OUTPUTS ACTIVATES 19:40 1: SHOW POINTS 2: ACTIVATE 4: PROLONG DELAY Dígitos Figura -8: Zona de Detecção de Ação Retardada Página 18

21 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio.8.5 Zonas de Detecção de Atraso Coincidentes Zonas de detecção configuradas como Zonas de detecção com atraso coincidente tem as seguintes propriedades: Em modo diurno, saídas que estão configuradas para ser ativadas por estas zonas de detecção irão operar de acordo com sua configuração atual como o seguinte: Quando um sinal de alarme de incêndio do primeiro detector em alarme é recebido, o seguinte irá ocorrer. 1. A zona de detecção em estado de alarme em todas as saídas FPE configuradas para ser ativadas no alarme silencioso serão ativadas. O período de atraso T1 iniciará. 2. Quando o tempo de atraso T1 expirar, a zona de detecção entrará no estado de Pequeno Alarme. Todas as saídas FPEs configuradas para ser ativadas no Alarme Fraco. O período de atraso T2 irá iniciar.. Quando o período de atraso T2 expirar, a Zona de detecção entrará em estado de Alarme Forte. Todas as saídas FPE configuradas para serem ativadas em Alarme Forte irão operar. Note quem a qualquer instante, se um alarme de um segundo detector dentro da mesma zona é recebido, a zona de detecção sempre entrará em estado de alarme Forte. Isto significará que todas as FPEs configuradas para iniciar em alarme Silencioso, Fraco,e Forte irão disparar. Pressionando o botão reset durante um período de atraso fará com que este seja terminado.(t1 ou T2) Em modo noturno, as saídas são sempre ativadas no primeiro detector em alarme e o sistema sempre entrara em estado de alarme Forte. Em situação de alarme, o acionamento de saídas irá se comportar com o descrito abaixo: a zona de detecção foi definida como uma zona de detecção de atraso coincidente e o(s) ponto(s) nesta Zona foram configurados para indicar atraso LIGADO. Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 19

22 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio 4. No Caso de um Alarme de Incêndio 4.1 Indicações no Caso de um Alarme de Incêndio O seguinte mostra as indicações no Painel Operador no caso de alarme de incêndio dentro de uma zona de operação do painel O texto indica as zonas de detecção em estado de alarme e suas localidades. As seguintes informações são mostradas no menu de operações: -informação zonal detalhada -informação de pontos específicos em alarme O indicador de alarme vermelho está piscando ALARM Fault O indicador da brigada de incêndio tem luz vermelha piscando. Function Disabled Function Delayed Fire Brig. Signalled Power Testing Fire Brig. Disabled Fire Brig. Fault More Events Mute Panel Silence Alarms Reset System A sirene interna está ativada System Fault Alarms Disabled Alarms Fault 7 C Funcionamento padrão do sonorizador: 1 seg. ON, 1 seg. OFF i Funcções ativadas: Uma mensagem é enviada a brigada de incêndio. A condição de alrme de incêmdio ativa os FADs. Página 20

23 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio 4.2 Ações a serem tomadas em caso de um alarme de incêndio Passo Ações a serem tomadas Indicação do Display Indicação Sonora 1 Siga todas as instruções,com precaução, no lugar do incêndio. Passo a passo. FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP A sirene interna no painel operador é ligada. 2 Para silenciar a sirene interna, pressione o botão de silenciar Preto FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP A sirene interna desliga Pressione e observe a(a) zona(s) em estado de alarme. FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP 4 Investigue as cenas e tome as atitudes necessárias FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP 5 Para selecionar as zonas, mova com o botão FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP 6PQR ou 9YZ 6 Para visualizar informações detalhadas aperte 7 Para ver pontos em alarme aperte (SHOW POINTS). 8 Para voltar dois passos aperte duas vezes. 9 Para silenciar todos os alarmes aperte o botão FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP SILENCE Info : Completed FIRE ALARMS WORKSHOP Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 21

24 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio Passo Ações a serem tomadas Indicação do Display Indicação Sonora FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP 1: R E S OUND 10 Aperte o botão verde de Reset. RESET Todos os indicadores de som são desligados. Info : Completed Se ainda há pontos sinalizando alarme após o Reset vá a próxima página Os pontos que ainda estão em alarme estão mostrados no display. RESET POINTS IN ALARM P6 Se você quiser desabilitar os pontos - por exemplo, em um detector ainda sinalizando alarme vá ao passo 11. Pres s E NTE R to disable all points. 11 Para desabilitar todos os pontos ainda em alarme aperte ALARM DISABLE RESET DISABLEMENT 1 DISABLED POINTS 1 1 P6 : REACTIVATE 12 Para reativar todos os pontos aperte o Dígito REACTIVATE A sirene interna do painel irá acionar Página 22

25 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio Passo Ações a serem tomadas Indicação do Display Indicação Sonora 1 Para resetar o sistema repita os passos 1a 9. FIRE ALARMS 1 OFFICES 2 CANTEEN WORKSHOP SILENCE RESET Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 2

26 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio 5. No Caso de Falhas 5.1 Indicações no Caso de Falhas A figura seguinte mostra as indicações no painel operador no caso de falhas dentro da zona de operação do painel. Luz piscando. Existe aviso de falha não aceito Luz acesa Todas as falhas foram acesas. O texto indica a natureza da falha. ALARM A luz verde se apagará caso haja falta de energia Fault Function Disabled Function Delayed Fire Brig. Signalled Power More Events Mute Panel Silence Alarms Reset System Testing Fire Brig. Disabled Fire Brig. Fault O indicador amarelo de Falha no Sistema acende caso ela ocorra System Fault Alarms Disabled Alarms Fault 7 C i Indicador amarelo de Falha de Alarme A sirene interna está ativada. Definição do som: Sistema: constantemente ON. Falha: 0,5 seg. ON,,5 seg. OFF Falha de Energia: 0,75 seg. ON,,25 seg. OFF 1. Funções Ativadas: - A linha de saída do equipamento de controle e indicação está ativada. Página 24

27 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio 5.2 Ações a Serem Tomadas no Caso de Falhas Passo Ações a serem tomadas Indicação do Display Indicação Sonora 1 Notificar pessoal FAULT WARNINGS técnico/serviço DZ FAULTS 1 OFFICES OTHER FAULTS 1 LOOP (2) Sirene interna ligada. 2 Para silenciar a sirene interna aperte o botão DZ FAULTS 1 OFFICES OTHER FAULTS 1 LOOP (2) FAULT WARNINGS A sirene interna é desligada. Aperte e observe o aviso de falhas no display. 4 Faça com que o pessoal técnico investigue a cena e tome as providências necessárias 5 Para selecionar o aviso de falha, utilize o botão o 6PQR ou 9YZ 6 Para ver informação detalhada sobre a falha aperte FAULT WARNINGS DZ FAULTS 1 OFFICES OTHER FAULTS 1 LOOP (2) FAULT WARNINGS DZ FAULTS 1 OFFICES OTHER FAULTS 1 LOOP (2) FAULT WARNINGS DZ FAULTS 1 OFFICES OTHER FAULTS 1 LOOP (2) FAULT INFO UNIT IN FAULT: OFF IC E TYPE: DATA OPERABILITY DATA: 0 (R E POR TE D B Y (F/L/S ): 0001/687/ : S HOW POINTS 7 Para visualizar os pontos em aviso de falha na zona selecionada utilize o Dígito 1. SHOW STATUS FAULTS (points) OFFICES Received: :50 POINT: P5 P6 P2 Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 25

28 Resmat Parsch Sistemas Contra Incêndio Passo Ações a serem tomadas Indicação do Display Indicação Sonora 8 Selecione o ponto a ser aceito e então pressione FAULT INFO UNIT IN FAUL T: POINT TYPE: Point Point not responding (R E POR TE D B Y (F/L/S ): : ACCEPT FAULT WARN. 9 Para aceitar o ponto selecionado aperte o Dígito 1 ACCEPT FAULT SHOW STATUS FAULTS (points) OFFICES Received: :50 POINT: P5 P6 P2 Página 26

29 Resmat Parsch - Sistemas Contra Incêndio 6. Modo de Menu 6.1 Como Entrar no Modo de Menu Para entrar no Modo de Menu a partir do Modo de Operação, o botão ( ) deve ser pressionado. O menu tem 7 seleções de menu diferentes, incluindo SHOW STATUS, DISABLE, ENABLE, LOG, TEST, SYSTEM and SERVICE 6.2 O Display do Modo de Menu No Modo de Menu o display só necessita de uma janela para mostrar a opção selecionada. O campo de informações na parte mais baixa do display está reservada para dar ao operador informações nas diferentes ações que podem ser tomadas do teclado alfanumérico. Este campo estará sempre aceso. Se há uma condição de alarme, o último alarme detectado e o número total de alarmes presentes será mostrado abaixo do campo de informações. MENU 1 SHOW STATUS 2 DISABLE ENABLE 4 LOG 5 TEST 6 SYSTEM 7 SERVICE FIRE ALARMS CANTEEN Último Alarme Detectado Informação Operador Nº total de alarmes Figure 6-1:Display do Modo de Menu Painel Operador,, ASAFE-FO/FE Rev. B, 00015, Página 27

FireNET Plus Sistema de Alarme de Incêndio Analógico

FireNET Plus Sistema de Alarme de Incêndio Analógico FireNET Plus Sistema de Alarme de Incêndio Analógico Manual de Operação PROLINE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS LTDA. MANUAL DE OPERAÇÃO PORT. REV 1.0 Seção 1 Operações e programação básicas do painel frontal...4

Leia mais

CURSO OPERACIONAL TOPOLOGIA SISTEMA SIGMA 485-E

CURSO OPERACIONAL TOPOLOGIA SISTEMA SIGMA 485-E SIGMA Sistema Integrado de Combate a Incêndio CURSO OPERACIONAL TOPOLOGIA SISTEMA SIGMA 485-E CABO BLINDADO (SHIELD) 4 VIAS 2X2,50 MM + 2X0,75 MM IHM Possibilidade de até 95 loops. LOOP LOOP LOOP CABO

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964

CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101. Versão 1.03, Agosto 2006 ERP:30303964 1 CENTRALNGSG101.DOC CENTRAL DE ALARME DE incêndio MODELO NGSG101 Manual de Instalação e de Operação INDICE 1. Generalidades 2. Especificações técnicas 3. Estrutura e configuração 3.1 Aspecto exterior

Leia mais

W-R2000nl Guia de instalação

W-R2000nl Guia de instalação W-R2000nl Guia de instalação Sumário Introdução...3 Instalação...5 Configurando seu computador...6 Acessando a tela de configurações...7 Configuração de Roteamento...8 Trocando senha de sua rede sem fio...13

Leia mais

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01

PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 PAINEL DE ALARME VERSÃO 01 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes; 95 usuários, 3 usuários temporários, além

Leia mais

DVR 9 Canais ATX 209

DVR 9 Canais ATX 209 DVR 9 Canais ATX 209 Índice Introdução ao DVR 2 Painel frontal 3 Painel traseiro 4 Ligando a unidade 5 Visualização de tela 6 Guia de operação: Menu principal 7 Guia de operação: Seleção de câmera 7 Guia

Leia mais

Manual de instalação e operação

Manual de instalação e operação Manual de instalação e operação Central de alarme de incêndio endereçável INC 2000 Central de alarme de incêndio INC 2000 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Engesul.

Leia mais

Manual do Usuário. TVA Digital

Manual do Usuário. TVA Digital Manual do Usuário TVA Digital AF_Manual_TV_SD_8.indd 1 AF_Manual_TV_SD_8.indd 2 Parabéns por escolher a TVA Digital! Além de optar por uma excelente programação, você terá uma série de recursos e interatividade.

Leia mais

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO

PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO PAINEL DE ALARME GUIA DE INSTALAÇÃO Active 20 GPRS Rev00 23/04/2009 1- CARACTERÍSTICAS GERAIS 8 Zonas duplas programáveis, mais 1 zona por teclado; 4 Teclados endereçáveis com programações independentes;

Leia mais

Global Security Network GSN Brasil. 1

Global Security Network GSN Brasil. 1 Global Security Network GSN Brasil. 1 Operação Básica O teclado Spectra 1689 e o Teclado 1641 (cristal liquido) funcionam da mesma maneira, Mas não oferecem a mesma visualização. Nesta seção veremos suas

Leia mais

www.mundialsecurity.com.br - Rua André de almeida, 1961 São Mateus - São Paulo SP - CEP. 03950-000 + 55 11 5641-1618

www.mundialsecurity.com.br - Rua André de almeida, 1961 São Mateus - São Paulo SP - CEP. 03950-000 + 55 11 5641-1618 Manual de Instalação ÍNDICE...... 3 GLOSSÁRIO DE TERMOS...... 4 Entendendo as luzes... 5 Luz Armado...... 5 BYPASS LUZ...... 5 CANCELAR LUZ...... 5 SINAL DE LUZ...... 5 De saída da luz...... 5 LUZ DE INCÊNDIO......

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO

MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO MANUAL DE INSTRUÇÕES USUÁRIO SISTEMA DE SEGURANÇA TERMINAL DSC INSTRUÇÕES DE USO: PARA INIBIR ZONAS (#), (*), (1), (Senha de acesso), (nº da zona: 01 a 16), a zona selecionada acende no teclado. (#) para

Leia mais

MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018

MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018 MANUAL ALARME DIGITAL INTELBRAS AMT-2010/AMT-2018 PARABÉNS! Você acaba de adquirir um equipamento ímpar em qualidade, tecnologia, precisão e segurança! Mas para que você tenha o máximo aproveitamento de

Leia mais

Teclados 624 e 640 Manual do Usuário

Teclados 624 e 640 Manual do Usuário Teclados 624 e 640 624 640 Manual do Usuário Sumário 1. Operação Básica... 2 2. Códigos de Acesso... 4 3. Armando e Desarmando...5 4. Zonas de Pânico... 10 5. Programação com Tecla de Acesso...11 6. Características

Leia mais

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006 SOLUTION Painel Convencional de Alarme de Incêndio TABELA DE CONTEÚDO Capitulo 1: Descrição do Produto... 2 1.1: Características...2 1.2: Especificações...2 Capitulo 2: Lógica de Detecção e Alarme de Incêndios...

Leia mais

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E Descrição dos Leds PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E O módulo de Internet tem cinco LEDs (5) vermelhas ao longo da frente do bordo e mais dois no módulo SIM. Esses LEDs fornecem valiosas informações sobre o estado

Leia mais

GC2 Painel Guia do Usuário

GC2 Painel Guia do Usuário GC2 Painel Guia do Usuário V1.14 Firmware SISTEMA DE SEGURANÇA WIRELESS ATENÇÃO: AVISO DE INSTRUÇÕES DO PROPRIETÁRIO Não deve ser removido por ninguém, exceto ocupante CONTENIDO Visão geral do sistema.........................................................

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL INTELBRÁS

GUIA RÁPIDO DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL INTELBRÁS Especificações técnicas GUIA RÁPIDO DE PROGRAMAÇÃO CENTRAL INTELBRÁS Características Alimentação AC 90 a 265 V Suporte a 2 chips (cartões SIM) de celular (somente AMT 2018 EG). Alimentação DC Bateria de

Leia mais

Guia de configuração

Guia de configuração Guia de configuração Este guia fornece informações para configurar uma conexão de rede para a impressora. Conexão de rede Conexão sem fio Preparação para a conexão Configuração da impressora Seleção do

Leia mais

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável

Manual Utilização. Central Detecção Incêndio. JUNIOR-NET CSA v.4. Sistema Analógico Endereçável Manual Utilização Central Detecção Incêndio JUNIOR-NET CSA v.4 Sistema Analógico Endereçável Modelo com aprovação das normas EN54PT2 e PT4 1999 GFE 1/5 Legenda da Central: 1 33 32 2 3 31 30 4 10 5 29 28

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX

MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX MANUAL DO USUÁRIO PARADOX 728EX 1 Principais Características: Visual 2 partições. Na prática, duas centrais em uma; Memória dos 120 últimos eventos, com data e hora; Relógio Real Time com auto arma; 48

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D

MANUAL DO USUÁRIO CENTRAL MC 4D 12 Manual do Usuário Intrusos podem entrar em zonas sem proteção, ou ter sofisticação para isolar um sensor ou desconectar dispositivos de aviso de alarme; Central, detectores, sensores só funcionam quando

Leia mais

Manual para configuração. Linksys/Sipura SPA-2102

Manual para configuração. Linksys/Sipura SPA-2102 Manual para configuração Linksys/Sipura SPA-2102 Indice Guia de Instalação Sipura - Modelo SPA-2102... 3 Conhecendo o SPA... 4 Conectando a SPA... 5 Instruções para conectar a SPA... 5 Usando o menu interativo

Leia mais

DVR 4 Canais ATX 204

DVR 4 Canais ATX 204 DVR 4 Canais ATX 204 Índice Introdução ao DVR 2 Painel frontal 3 Painel traseiro 4 Instalação do sensor 5 Instalação do alarme 6 Ligando a unidade 7 Display 8 Menu principal 9 Seleção de Câmera 9 Modo

Leia mais

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR 1- Conectar a câmera à rede com internet via cabo de rede 2- Conectar a fonte de energia a câmera 3- Aguardar pelo menos

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728

MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO STK 728 MANUAL DE Nossos produtos possuem o certificado norte americano FCC, e são projetados de modo a não emitir ondas que possam prejudicar a sua saúde se instalados e operados conforme estas instruções. Graças

Leia mais

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015

M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR. v1.0 REV. 10/2015 M150SP MANUAL DO UTILIZADOR / INSTALADOR v1.0 REV. 10/2015 00. CONTEÚDO 01. AVISOS DE SEGURANÇA ÌNDICE 01. AVISOS DE SEGURANÇA NORMAS A SEGUIR 02. O DISPOSITIVO CARACTERISTICAS TÉCNICAS ASPETO VISUAL LEGENDA

Leia mais

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10

GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 GUIA DE PROGRAMAÇÃO ESPIRIT SOFTWARE VERSÃO 3.10 RESET DA CENTRAL O Código do instalador deve estar destrancado (endereço 058: qualquer valor diferente de 147) Para Resetar Remova a bateria e desligue

Leia mais

- Esse ícone indica que o USB Phone GiConnect está conectado e funcionando corretamente, pronto para o uso.

- Esse ícone indica que o USB Phone GiConnect está conectado e funcionando corretamente, pronto para o uso. Internet http://www.qiconn.com/showlistitem.asp?dynamiccontentid=848 Guia do Usuário Quando o aplicativo Gateway GiConnect estiver rodando, um dos ícones abaixo irão aparecer na bandeja do sistema, normalmente

Leia mais

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação

Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Central de Detecção de Incêndio 4 Zonas Manual de Instalação Características Quatro zonas com capacidade de teste/isolamento. Dois circuitos de alarme com possibilidade de isolamento. Fonte de alimentação

Leia mais

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680 Prezado cliente, Muito obrigado por escolher o alarme residencial TPS-100: você adquiriu um produto de alta qualidade, confiabilidade e sofisticação. Por favor leia todas as instruções relacionadas ao

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR

Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR Como Conectar e configurar Câmera Wireless FS-IPH02W FullSec -ACESSO VIA CELULAR 1- Conectar a câmera à rede com internet via cabo de rede 2- Conectar a fonte de energia a câmera 3- Aguardar pelo menos

Leia mais

WR-3454G 54M WIRELESS ROUTER WR-3454G MANUAL DE INSTALAÇÃO

WR-3454G 54M WIRELESS ROUTER WR-3454G MANUAL DE INSTALAÇÃO WR-3454G MANUAL DE INSTALAÇÃO 1 - Conteúdo do Kit Os seguintes conteúdos encontram-se na caixa: Um roteador WR-3454G Uma Antena Uma fonte de Alimentação de 9V 0,8A Observação: Se algum dos itens acima

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

PROJETOR DE DADOS XJ-UT310WN. Guia de Funções de Rede

PROJETOR DE DADOS XJ-UT310WN. Guia de Funções de Rede PROJETOR DE DADOS XJ-UT310WN PT Guia de Funções de Rede Leia sem falta as Precauções de segurança e as Precauções relativas à operação no documento Guia de Configuração que acompanha o Projetor de Dados,

Leia mais

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 Atualizado em 13/11/06

LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 Atualizado em 13/11/06 LINEAR-HCS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 Atualizado em 13/11/06 MANUAL DE PROGRAMAÇÃO DO MÓDULO GUARITA HCS 2005 - Versão 4.04 Bem vindo ao guia rápido

Leia mais

s em Me d iç USB Agronegócio Transporte Laboratórios Alimentos Processo Aquecimento Refrigeração Klimalogg Smart Industrial Termo-higrômetro

s em Me d iç USB Agronegócio Transporte Laboratórios Alimentos Processo Aquecimento Refrigeração Klimalogg Smart Industrial Termo-higrômetro es u çõ In s tr Soluç s em Me ão d iç õe USB Agronegócio Transporte O TE RM Laboratórios KL -H IG RÔ IM A M ET SM LO RO AR GG T M l a u an de Alimentos Termo-higrômetro Klimalogg Smart Processo Aquecimento

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO Ver 1.5 CENTRAL DE ALARME MONITORADA EX-10 Índice Características... 4 Instalação... 5 Rede AC... 5 Bateria... 5 Terminais Auxiliares... 6 Linha telefônica... 6 Sirene...

Leia mais

Bem-vindo ao melhor do entretenimento.

Bem-vindo ao melhor do entretenimento. Manual do usuário Bem-vindo ao melhor do entretenimento. Agora, com a Vivo TV, você tem alta qualidade de som e imagem para assistir a uma programação completa com canais infantis, seriados, programas

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL FÊNIX-20L MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO CARACTERÍSTICAS GERAIS... 3 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 3 PAINEL... 4 FUNÇÕES DO PAINEL... 4 FUNÇÕES INTERNAS PLACA DE CONTROLE... 6 FUNÇÕES INTERNAS

Leia mais

Data da última revisão 20 de Março de 2001 Criador: Danilo José Pino Quintiliano Departamento de Engenharia de Aplicações. Moeller Electric Ltda

Data da última revisão 20 de Março de 2001 Criador: Danilo José Pino Quintiliano Departamento de Engenharia de Aplicações. Moeller Electric Ltda Programação easy IEC / EN 60947 Programação easy Data da última revisão 20 de Março de 2001 Criador: Danilo José Pino Quintiliano Departamento de Engenharia de Aplicações Moeller Electric Ltda Rua Wallace

Leia mais

Teclado de Alarme STK 636 TECLADO DE ALARME STK 636. www.samtek.com.br SAMTEK

Teclado de Alarme STK 636 TECLADO DE ALARME STK 636. www.samtek.com.br SAMTEK TECLADO DE ALARME STK 636 www.samtek.com.br Agradecemos a sua preferência por nossos produtos. Nossos produtos possuem vários certificados nacionais e internacionais sendo projetados de modo a oferecer

Leia mais

Manual para configuração. Linksys RT31P2

Manual para configuração. Linksys RT31P2 Manual para configuração Linksys RT31P2 Indice Guia de Instalação ATA Linksys RT31P2... 3 Conhecendo o ATA... 4 Antes de Iniciar... 6 Analisando o seu acesso à Internet... 6 Configuração... 9 Configuração

Leia mais

manual DE OPERAÇÃO SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO ENDEREÇAVEL SOLARA125

manual DE OPERAÇÃO SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO ENDEREÇAVEL SOLARA125 manual DE OPERAÇÃO SISTEMA DE ALARME DE INCÊNDIO ENDEREÇAVEL SOLARA125 INDICE 1 COMANDOS E SINALIZAÇÕES DA CENTRAL... 3 1.1 DISPOSITIVOS DE INDICAÇÃO... 4 1.2 NIVEIS DE ACESSO AO TECLADO... 5 1.3 TECLAS

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DSC - Manual Prático de Operação

CENTRAL DE ALARME DSC - Manual Prático de Operação MANUAL DO USUÁRIO INDICE 1.0 - Descrição Geral do Sistema............ 3 2.0 - Teclado............... 4 3.0 - Código Principal............... 4 4.0 - Ligando o Sistema............ 5 4.1 - LED Inibição............

Leia mais

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final)

CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) 1 - INTRODUÇÃO: CENTRAL DE ALARME DE INCÊNDIO MULTIPLEX Série AIM48 (Final) Trata-se de uma sistema de alarme de incêndio para utilização onde há somente acionadores manuais e sirenes convencionais, não

Leia mais

Ricoh MP 2550. Guia do usuário. Fax

Ricoh MP 2550. Guia do usuário. Fax Ricoh MP 2550 Guia do usuário Fax Índice Mapa da impressora...3 Mapa do painel...5 Funções Envio de fax automático...9 Envio de fax manual...10 Outros métodos de fax...11 Múltiplos envios de fax...12 Recebimento

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES www.esxxi.pt Departamento Técnico Instruções de Utilização Avançadas A seguir é apresentado a descrição e significado das luzes do teclado: ALARM: Sempre que o sistema tenha gerado

Leia mais

ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ DSL-2740E GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA

ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ DSL-2740E GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CONTEÚDO DA EMBALAGEM CONTEÚDO ROTEADOR WIRELESS N 300 ADSL2+ ADAPTADOR DE ENERGIA ADAPTADOR CABO ETHERNET (CABO RJ-45) CONECTE O MODEM NO COMPUTADOR

Leia mais

PROJETOR DE DADOS XJ-A147/XJ-A247/XJ-A257 XJ-M146/XJ-M156 XJ-M246/XJ-M256. Série XJ-A. Série XJ-M. Guia de Funções de Rede

PROJETOR DE DADOS XJ-A147/XJ-A247/XJ-A257 XJ-M146/XJ-M156 XJ-M246/XJ-M256. Série XJ-A. Série XJ-M. Guia de Funções de Rede PROJETOR DE DADOS PT Série XJ-A XJ-A147/XJ-A247/XJ-A257 Série XJ-M XJ-M146/XJ-M156 XJ-M246/XJ-M256 Guia de Funções de Rede Neste manual, Série XJ-A e Série XJ-M referem-se apenas aos modelos específicos

Leia mais

Teclado de Controle Manual do Usuário

Teclado de Controle Manual do Usuário Teclado de Controle Manual do Usuário Índice 1. PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA...1 2. CARACTERÍSTICAS...2 2. LISTA DE ITENS DA EMBALAGEM...3 4. NOME E FUNÇÃO DE CADA PARTE...4 4.1 Painel Frontal...4 4.2 Painel

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

Índice. 1. Características técnicas

Índice. 1. Características técnicas Termo de garantia A ELETROPPAR - Indústria Eletrônica Ltda., localizada na rua Carlos Ferrari nº 2651, Distrito Industrial, Garça/SP, CEP 17400-000, CNPJ 02.748.434/0001-08, IE 315.026.341.111 garante

Leia mais

Powered By: IMPORTANTE:

Powered By: IMPORTANTE: Powered By: IMPORTANTE: Este manual contém informações seguras de operação. Por favor, leia e siga as instruções desse manual. Falhas podem resultar em ferimentos pessoais, morte, e/ou danos no Delphi

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

10.2.1.7 Lab - Proteção de Contas, Dados e do Computador no Windows 7

10.2.1.7 Lab - Proteção de Contas, Dados e do Computador no Windows 7 IT Essentials 5.0 10.2.1.7 Lab - Proteção de Contas, Dados e do Computador no Windows 7 Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você irá aprender a como proteger contas, dados e o computador

Leia mais

Cópia. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Cópia. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Cópia Este capítulo inclui: Cópia básica na página 3-2 Ajustando as opções de cópia na página 3-4 Configuração básica na página 3-5 Ajustes de imagem na página 3-9 Ajustes de posicionamento de imagem na

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO PAP2 www.ivoz.net

MANUAL DE CONFIGURAÇÃO PAP2 www.ivoz.net Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 MANUAL DE CONFIGURAÇÃO PAP2 www.ivoz.net Sumário Como Configurar o PAP2...03 Como acessar a página Web de configuração do PAP2...04

Leia mais

Compacta e de fácil programação possuindo:

Compacta e de fácil programação possuindo: '(6&5,d (6*(5$,66/$; Sua central de alarme 6/ ± $;, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), controle remoto e discador telefônico,

Leia mais

TECLADO VIAWEB TOUCH

TECLADO VIAWEB TOUCH TECLADO VIAWEB TOUCH GUIA DE USUÁRIO V1.0 R1.00 Julho 2013 Teclado Touch - 1 2 - Guia do Usuário Teclado VIAWEB TOUCH Sumário INDICAÇÕES DO TECLADO...3 MENU DE PROGRAMAÇÃO...4 ACESSAR MENU...5 OPÇÕES PARA

Leia mais

Controles e funções. Painel frontal. Painel traseiro. Capítulo 2 >> Controles e funções. Botão OK Confirma a seleção.

Controles e funções. Painel frontal. Painel traseiro. Capítulo 2 >> Controles e funções. Botão OK Confirma a seleção. HDPV-C20CV Capítulo 2 >> Controles e funções Controles e funções Painel frontal 1 2 1 2 3 3 4 5 Botão Power ( ) Liga/desliga seu receptor. Botão MENU Exibe o menu. Sai do menu atual ou vai para o menu

Leia mais

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT

DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT DESCRIÇÕES GERAIS SL A X 4 - MT Sua central de alarme SL AX4 - MT, é microcontrolada, com quatro setores independentes, com fios ou sem fios (dependendo dos opcionais instalados), com opções monitoráveis

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - MANUAL DO UTILIZADOR

Central Analógica Endereçável GST200 - Manual do utilizador - MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR 1 Índice Índice... 2 1. GST200 Estrutura e configuração do painel de controlo... 3 1.1.Descrição da estrutura interna e configuração típica... 3 1.2. Estrutura do painel frontal da

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO Receptor Móvel de TV Digital Full HD I INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA... 5 II INTRODUÇÃO... 6 III MENU DE OPERAÇÃO... 8

MANUAL DO USUÁRIO Receptor Móvel de TV Digital Full HD I INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA... 5 II INTRODUÇÃO... 6 III MENU DE OPERAÇÃO... 8 Sumário I INSTRUÇÃO DE SEGURANÇA... 5 II INTRODUÇÃO... 6 II.2. Características...6 III MENU DE OPERAÇÃO... 8 III.2. - EPG...10 III.3. Pesquisa de canal...11 III.4. Pesquisa automática...11 III.5 Pesquisa

Leia mais

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP):

Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Configurando o Adaptador de Telefone na interface WEB para conexões de IP dinâmico (DHCP): Abaixo segue informações com os passos a serem tomados, bem como os campos a serem preenchidos na interface web

Leia mais

TECLADO STK 636 TECLADO STK 636

TECLADO STK 636 TECLADO STK 636 TECLADO STK 636 1.0 OPERAÇÃO BASICA 1.1 Visual Os números, símbolos, leds e chaves no teclado informam o status do sistema como descrito abaixo. Figure 1: Figura do teclado STK 636 1- Led verde aceso :

Leia mais

ESET SMART SECURITY 7

ESET SMART SECURITY 7 ESET SMART SECURITY 7 Microsoft Windows 8.1 / 8 / 7 / Vista / XP / Home Server 2003 / Home Server 2011 Guia de Inicialização Rápida Clique aqui para fazer download da versão mais recente deste documento

Leia mais

TECLADO VIAWEB TOUCH

TECLADO VIAWEB TOUCH TECLADO VIAWEB TOUCH Manual de Programação e Instalação V1.0 R1.09 Dezembro 2013 1 - Manual de Programação Teclado Viaweb Touch - 2 Índice Características Técnicas...7 Conectando o Teclado Touch ao sistema

Leia mais

Monicel Módulo Assinante GPRS.pmd CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA ÍNDICE

Monicel Módulo Assinante GPRS.pmd CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA ÍNDICE 1 2 ÍNDICE Introdução... 03 Supervisão Total... 03 Comunicação Segura... 04 Fácil instalação e programação... 04 1 - Instalação... 04 Aviso Importante... 06 2 - Medidor de Sinal... 08 3 - Programação...

Leia mais

Manual do usuário do Sistema de mensagens expressas de correio de voz Unity 2.3 da Cisco

Manual do usuário do Sistema de mensagens expressas de correio de voz Unity 2.3 da Cisco Manual do usuário do Sistema de mensagens expressas de correio de voz Unity 2.3 da Cisco Revisão: 1º de agosto de 2006, OL-10499-01 Primeira publicação: 1º de agosto de 2006 Data da última atualização:

Leia mais

Caso você possua cadastro no Twitter, selecione a opção Logar com meu usuário, e insira seu nome de usuário e senha do serviço:

Caso você possua cadastro no Twitter, selecione a opção Logar com meu usuário, e insira seu nome de usuário e senha do serviço: Tópicos 1. Efetuando login 2. Componentes da tela principal 2.1. Barra de ferramentas 2.2. Painel de atualizações 2.3. Rede de contatos do usuário 2.3.1. Controles de mouse e teclado 2.3.2. Entendendo

Leia mais

Manual de Utilizador

Manual de Utilizador Manual de Utilizador Revisão 1.0 Tabela de Símbolos: Zonas 1-24 OFF Zona está fechada Central Desarmada ON Zona está aberta Central Armada Mostra estado da Zona Mostra Alarme Individual de Tamper Mostra

Leia mais

Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2. Guia de Instalação Rápida para Redes

Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2. Guia de Instalação Rápida para Redes Painéis de Incêndio Endereçáveis Analógicos FPA-1000-V2 pt Guia de Instalação Rápida para Redes FPA-1000-V2 Preparação pt 3 1 Preparação PERIGO! Os painéis de incêndio são dispositivos de proteção à vida.

Leia mais

CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B

CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B MANUAL DE INSTRUÇÕES Rev.03 Sumário: 1. CARACTERÍSTICAS 2 2. INSTALAÇÃO DO CONVERSOR 2 ALIMENTAÇÃO DS100 COM CENTRAL DE ALARME... 3 ALIMENTAÇÃO DS100 COM PAINEL

Leia mais

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2

Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2 Página 1 de 14 Guia de Instalação ATA (Adaptador de Terminal Analógico) Modelo PAP2-NA Este guia irá ajudá-lo a instalar o seu ATA,

Leia mais

5 Botão de seta para a direita. Salvar definições. 7 Botão de seta para esquerda. 8 Botão Voltar Retornar à tela anterior.

5 Botão de seta para a direita. Salvar definições. 7 Botão de seta para esquerda. 8 Botão Voltar Retornar à tela anterior. Referência rápida Aprender sobre a impressora usando o painel de controle 3 9 8 7 6 5 4 Utilize Para Botão Menus Abrir os menus. Esses menus só ficam disponíveis quando a impressora está no estado Pronto.

Leia mais

MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4. Guia de Programação. Sempre Armado, Nunca Desarmado

MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4. Guia de Programação. Sempre Armado, Nunca Desarmado , MG5000 V2.4 MG5050 V2.4 SP5500 V2.4 SP6000 V2.4 SP7000 V2.4 Sempre Armado, Nunca Desarmado Guia de Programação Tabela de Conteúdos Entrando no Modo de Programação... 2 Códigos e Reset do Painel... 2

Leia mais

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330.

BLOCKGAS. Sistema de Monitoração e Alarme de vazamento de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás SB330. Este módulo é parte integrante do sistema de detecção de gás. É composto por um circuito inteligente (microcontrolado) que recebe o sinal gerado por um sensor eletrônico de gás, processa sua calibração

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO

MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO MANUAL TÉCNICO DA CENTRAL E DO SISTEMA DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIO A EQUIPEL assegura ao proprietário deste aparelho garantia de 01 ano contra qualquer defeito de peça ou de fabricação desde que,

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Start me quick! Português

Start me quick! Português Start me quick! Português Descrição do dispositivo de instalação: Conteudo do kit: Para instalar a câmera, siga os passos abaixo: Sensor de luz Lâmpada-indicador Lente da câmera Lâmpada de iluminação infravermelha

Leia mais

Manual de Operação dos Painéis de Alarme de Incêndio da Série 2X-F

Manual de Operação dos Painéis de Alarme de Incêndio da Série 2X-F Manual de Operação dos Painéis de Alarme de Incêndio da Série 2X-F P/N 501-405021-2-20 REV 2.0 ISS 04MAY11 Copyright Marcas comerciais e patentes Fabricante Versão Certificação Directivas da União Europeia

Leia mais

LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET.

LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET. LUXVISION HÍBRIDO VER AS IMAGENS ATRAVÉS DO INTERNET EXPLORER. Abra o INTERNET EXPLORER, vá em FERRAMENTAS, OPÇÕES DA INTERNET. Clique na guia SEGURANÇA, NÍVEL PERSONALIZADO. Ir até os ActiveX ( desenho

Leia mais

Manual de Operação da série 2X

Manual de Operação da série 2X Manual de Operação da série 2X P/N 00-3250-505-0021-04 ISS 04MAY15 Copyright Marcas comerciais e patentes Fabricante Versão Certificação 2015 UTC Fire & Security. Todos os direitos reservados. A série

Leia mais

Central de alarme de incêndio sem fios VIT01 Manual de instruções

Central de alarme de incêndio sem fios VIT01 Manual de instruções Central de alarme de incêndio sem fios VIT01 Manual de instruções Revisão 8/10.13 Conteúdo 1. Introdução... 6 2. Terminologia... 6 3. Características técnicas... 7 3.1. Dispositivos / Zonas... 7 3.2. Parâmetros

Leia mais

Segurança 24, Lda VIDEOGRAVADOR DIGITAL EM DISCO DURO TRANSMISOR POR TCP-IP SERVIDOR WEB MANUAL DO UTILIZADOR

Segurança 24, Lda VIDEOGRAVADOR DIGITAL EM DISCO DURO TRANSMISOR POR TCP-IP SERVIDOR WEB MANUAL DO UTILIZADOR VIDEOGRAVADOR DIGITAL EM DISCO DURO TRANSMISOR POR TCP-IP SERVIDOR WEB MANUAL DO UTILIZADOR Capítulo 4 Guia Básico de Operação 4.1 Ligar o DVR Nota: Certifique-se que liga correctamente os conectores de

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

SCHWEITZER ENGINEERING LABORATORIES, COMERCIAL LTDA.

SCHWEITZER ENGINEERING LABORATORIES, COMERCIAL LTDA. Monitoramento do banco de baterias utilizando LEDs tricolores e mensagens no display Rafael Cardoso 1. INTRODUÇÃO: Os atuais relés de proteção incorporam diversas funções de controle, medição e monitoramento,

Leia mais

1. Como faço para configurar e instalar a minha Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi?

1. Como faço para configurar e instalar a minha Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi? Índice 1. Como faço para configurar e instalar a minha Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi?... 2 2. Quais são os requisitos mínimos de sistema para a Babá Eletrônica com Câmera Wi-Fi? 11 3. Como posso me

Leia mais

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001

PHONE. manual do usuário Version 1.1 FPP 011001 Version 1.1 FPP 011001 CONTEÚDO DO KIT FLIP ESPECIFICAÇÃO FUNÇÕES DO TERMINAL COMO INSTALAR O TERMINAL ANEXO I ANEXO II ANEXO III ÍNDICE 5 5 6 9 12 17 18 3 CONTEÚDO DO KIT FLIP Terminal FLIP Phone ESPECIFICAÇÃO

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

Manual de Referência e Instalação T-700. Manual de Referência e Instalação

Manual de Referência e Instalação T-700. Manual de Referência e Instalação Manual de Referência e Instalação T-700 Manual de Referência e Instalação Índice 1. Introdução...3 1.1 Prefácio...3 1.2 Lista de Peças...3 1.3 Aparência...4 2 Preparativos Para Antes do Uso...5 2.1 Alimentação...5

Leia mais