Resultados 4T12 / 2012

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados 4T12 / 2012"

Transcrição

1 Abril Educação encerrou o ano de 2012 com uma receita líquida de R$ 883,5 milhões, um crescimento de 14% sobre O EBITDA consolidado, expurgado o ajuste extraordinário, foi de R$ 274,6 milhões em 2012, um avanço de 26% sobre São Paulo, 11 de março de A Abril Educação S.A. (BM&FBOVESPA: ABRE11) divulga seus resultados do 4º trimestre de 2012 (4T12) e do ano findo em 31 de dezembro de 2012 (2012). Os comentários aqui incluídos referem-se aos resultados consolidados em IFRS, cujas comparações têm como base o mesmo período de 2011, conforme indicado. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS DADOS SOCIETÁRIOS TRIMESTRE Variação (%) ACUMULADO Variação (%) (R$ mm) 4T12 4T11 4T12/4T /2011 Receita Líquida 394,2 364,2 8% 883,5 772,1 14% (-) CMV (147,3) (151,9) -3% (316,6) (298,0) 6% (=) Lucro Bruto 247,0 212,2 16% 567,0 474,1 20% Margem Bruta (%) 63% 58% 5 p.p. 64% 61% 3 p.p. (-) Despesas com vendas, gerais e administrativas (124,5) (115,4) 8% (380,6) (323,3) 18% (=) Lucro (prejuízo) Operacional 122,5 96,9 26% 186,3 150,8 24% Margem Operacional (%) 31% 27% 4 p.p. 21% 20% 1 p.p. (-) Resultado Financeiro (7,7) (12,4) -38% (33,6) (61,5) -45% (=) Lucro antes do IR e CS 114,8 84,5 36% 152,7 89,4 71% (-) IR e CS (47,9) (27,3) 75% (54,6) (41,7) 31% (=) Lucro (prejuízo) Líquido antes da participação dos minoritários 66,9 57,2 17% 98,1 47,7 106% (+) Participação de minoritários 0,0 0,5-2,0 0,6 - (=) Lucro (prejuízo) Líquido após da participação dos minoritários 66,9 57,6 16% 100,1 48,3 107% Margem Líquida (%) 17% 16% 1 p.p. 11% 6% 5 p.p. Reconciliação do Lucro Líquido 4T12 4T11 4T12/4T /2011 (=) Lucro (prejuízo) Líquido após da participação dos minoritários 66,9 57,6 16% 100,1 48,3 107% (-) Destruição de livros 0,0 0,0-0,0 0,0 - (+) Ajuste de inventário (6,9) 0,0-13,4 0,0 - (=) Lucro (prejuízo) Líquido Ajustado 60,0 57,6 4% 113,5 48,3 135% Margem Líquida Ajustada (%) 15% 16% -1 p.p. 13% 6% 7 p.p. Reconciliação do EBITDA 4T12 4T11 4T12/4T /2011 (=) Lucro (prejuízo) Operacional 122,5 96,9 26% 186,3 150,8 24% (+) Depreciação e Amortização 10,6 8,4 26% 37,3 31,4 19% (+) Amortização Investimento Editorial 15,5 18,4-16% 30,7 36,0-15% (=) EBITDA 148,6 123,7 20% 254,3 218,2 17% Margem EBITDA (%) 38% 34% 4 p.p. 29% 28% 1 p.p. Itens não recorrentes 0,0 0,0-20,3 0,0 - (+) Ajuste de inventário 0,0 0,0-20,3 0,0 - (=) EBITDA Ajustado 148,6 123,7 20% 274,6 218,2 26% Margem EBITDA Ajustada (%) 38% 34% 4 p.p. 31% 28% 3 p.p. Para a análise, tanto financeira quanto operacional, é necessário levar em consideração os períodos de aquisição e as participações societárias de cada negócio, bem como suas respectivas contribuições no que se refere às receitas e às despesas. As Escolas e o Curso Preparatório ph, as Escolas Técnicas do Brasil (ETB) foram adquiridos em abril de 2011, o Sistema de Ensino Maxi em outubro de 2011, a Escola Satélite em fevereiro de 2012 e o Sistema de Ensino GEO, a Escola de Idiomas Red Balloon e a Alfacon Concursos Públicos, adquiridos em junho, julho e novembro de 2012, respectivamente. Os ativos dessas operações passaram a ser reconhecidos nas demonstrações financeiras consolidadas da Companhia a partir das respectivas datas de aquisição. Consequentemente, a evolução do desempenho da Abril Educação do trimestre e do ano de 2011 para os mesmos períodos de 2012 está influenciada pelos aspectos acima. De acordo com a Instrução CVM 527/12, a definição de EBITDA (LAJIDA) é Lucro Antes dos Juros, Impostos sobre Renda incluindo Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, Depreciação e Amortização Nesse conceito, de acordo com essa instrução, o EBITDA em 2011 seria de R$ 182,2 milhões e de R$ 223,6 milhões em EBITDA Ajustado é calculado com base no lucro operacional incluindo os valores referentes a depreciação e amortização e também incluindo a amortização do investimento editorial (R$ 30,7 milhões em 2012 e R$ 36 milhões em 2011). De acordo com a Instrução CVM 527/12, a companhia pode optar por divulgar os valores do LAJIDA excluindo os resultados líquidos vinculados às operações descontinuadas, como especificadas no Pronunciamento Técnico CPC 31 Ativo Não Circulante Mantido para Venda e Operação Descontinuada, e ajustado por outros itens que contribuam para a informação sobre o potencial de geração bruta de caixa. 1

2 DESTAQUES A receita líquida consolidada totalizou R$ 394,2 milhões no 4T12, representando um crescimento de 8% em relação à receita líquida do 4T11. No ano de 2012, a receita líquida foi de R$ 883,5 milhões, 14% superior ao reportado em A contribuição orgânica de nossos negócios existentes, em conjunto, somaram R$ 863,2 milhões, um crescimento de 10% sobre 2011 (R$ 787,8 milhões). As aquisições realizadas ao longo de 2012 (Escola Satélite, GEO, Red Balloon e Alfacon) adicionaram R$ 20,3 milhões à receita de Os Sistemas de Ensino no 4T12 tiveram uma receita líquida de R$ 35,2 milhões, 84% acima do 4T11. Em bases comparáveis, excluindo-se os efeitos (i) da aquisição do GEO que acrescentou R$ 8,5 milhões na receita; (ii) da receita de livros feita pelo Sistema Anglo ao PNBE; (iii) do programa de incentivo ao crescimento oferecido às escolas parceiras do Anglo com contratos de longo prazo; e (iv) da postergação de parte da receita do 4º pedido para o 4T12; os sistemas de ensino apresentaram um crescimento de 11%. No ano, a receita líquida de sistemas de ensino totalizou R$ 211,9 milhões, 40% acima do reportado em Esse crescimento inclui o efeito da aquisição do Sistema de Ensino GEO (+R$ 11,8 milhões) e do Maxi (+R$ 19,2 milhões). Em bases comparáveis, desconsiderando os efeitos mencionados anteriormente, os sistemas de ensino cresceram 25%, decorrente do crescimento de, também 25% no Anglo e no SER. Os Sistemas de Ensino da companhia encerraram o ano com 529 mil alunos matriculados em escolas adotantes, um aumento de 14% em relação aos 462 mil alunos registrados em dezembro de Nesse total de alunos estão incluídos 12 mil alunos do sistema de ensino ph, lançado ao final de 2011, bem como os 76 mil alunos matriculados em escolas públicas. As Editoras tiveram no 4T12 uma receita líquida de R$ 316,1 milhões, um crescimento de 3% em relação ao 4T11. Em bases comparáveis, incluindo a receita de livros feita pelo Sistema Anglo ao PNBE e pela Abril Educação ao PAIC, as Editoras cresceram 4%, totalizando R$ 319,2 milhões no 4T12. No ano, a receita líquida das editoras totalizou R$ 506,2 milhões, estável em relação a Ao considerarmos o mesmo efeito das receitas do PNBE e do PAIC, societariamente reconhecidas pelo Sistema Anglo e pela Abril Educação, a receita total em 2012 foi de R$ 510,5 milhões, +1% superior a É importante mencionar que, em 2012 houve o reconhecimento integral da receita do PNLD 2013 (R$ 258,1 milhões) enquanto que em 2011 houve um escorregamento de parte da receita do PNLD 2012 para o 1T12, no valor de R$ 27 milhões. Escolas e Cursos Preparatórios apresentaram no 4T12 uma receita líquida de R$ 41,8 milhões, 10% superior ao reportado no 4T11. Em 2012, a receita alcançou R$ 164,1 milhões, um crescimento de 44% em comparação a 2011, quando as receitas do Grupo ph e ETB foram incluídas a partir de abril. Em conjunto, as Escolas e Cursos Preparatórios (Anglo+Siga, ph e ETB) encerraram o período com 21,2 mil alunos matriculados em 19 unidades, um crescimento de 4% vs. dezembro de

3 No 4T12, o Custo das Mercadorias Vendidas consolidado (CMV) totalizou R$ 147,3 milhões, uma redução de 3% sobre 4T11. O CMV no ano de 2012 totalizou R$ 316,6 milhões, um aumento de 6% em relação a 2011, inferior ao crescimento da receita no ano de 14%. Esse montante considera o efeito extraordinário da correção da baixa de inventário de anos anteriores ocorrido no 2T12 conforme explicado no release do respectivo trimestre, no valor de R$ 20,3 milhões. Ao expurgarmos esse montante, o CMV no ano de 2012 teria recuado 1%, levando a uma melhora na margem bruta de 5 pontos percentuais, de 61% para 66%. As despesas com vendas gerais e administrativas no 4T12 cresceram 8% sobre o 4T11 de R$ 115,4 milhões para R$ 124,5 milhões. Em 2012, o crescimento foi de 18% sobre 2011, passando de R$ 323,3 milhões para R$ 380,6 milhões, um aumento no ano de R$ 57,3, divididos da seguinte forma: (a) melhora de R$ 4,3 milhões relacionados ao plano de opção de ações atrelado ao IPO; (b) R$ 1,9 milhão referente à amortização da mais valia sem efeito no caixa da Companhia; (c) R$ 26,3 milhões associados ao aumento de despesas pelo efeito proforma dos negócios adquiridos (ph, ETB, Maxi, GEO, Escola Satélite, Alfacon e Red Balloon); (d) R$ 14,3 milhões (+5%) de expansão orgânica (Editoras, Anglo Sistema e Cursinho, SER, Maxi, ph e ETB); (e) R$ 4,8 milhões de despesas com as novas frentes de negócios, que ainda não geraram receita no período; (f) R$ 14,3 milhões de aumento dos gastos de Gestão Corporativa, relacionados às despesas da Holding Abril Educação e de gastos incorridos pelas Editoras e Sistemas de Ensino atrelados a serviços típicos de uma Holding mas alocados nas unidades. Em 27 novembro de 2012, nossos acionistas aprovaram em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) o Plano de Opção de Compra de Ações, correspondente a 1,3% do capital social da Companhia, ou opções, com vesting a partir de 2014 e prazo de 5 anos. O limite máximo permitido para fins de diluição é de 3% do capital social, sendo 1,3% do programa aprovado em 27/11/12 e 1,7% do programa especial de incentivos aos executivos aprovado em 24/05/11. O programa aprovado em maio de 2011, registrou um impacto negativo no EBITDA, no valor de R$ 9,4 milhões, dos quais R$ 5,3 milhões não tiveram efeito no caixa da Companhia. O EBITDA consolidado da empresa no 4T12 cresceu 20% em relação ao 4T11, alcançando R$ 148,6 milhões. A margem EBITDA no período passou de 34% para 38%. No ano, o crescimento foi de 17%, totalizando R$ 254,3 milhões, apesar do efeito do ajuste extraordinário no CMV efetuado no 2T12 de R$ 20,3 milhões. Ao ajustarmos o EBITDA do ano, expurgando aquele efeito, o EBITDA seria de R$ 274,6 milhões, +26% vs com margem EBITDA de 31%, 3 pontos percentuais acima da margem de 28% reportada em No 4T12, o lucro líquido, após a participação dos minoritários, foi de R$ 66,9 milhões, frente ao lucro registrado em 2011 de R$ 57,6 milhões, um crescimento de 16%. Contribuíram positivamente para o melhor desempenho no período: (i) a melhora no lucro operacional, de R$ 96,9 milhões no 4T11 para R$ 122,5 milhões no 4T12; e (ii) a melhora do resultado financeiro, passando de -R$ 12,4 milhões para -R$ 7,7 milhões no 4T11. No ano, a Companhia apresentou um lucro líquido, após a participação dos minoritários, de R$ 100,1 milhões ante o lucro de R$ 48,3 milhões reportados em 2011, um crescimento de R$ 51,8 milhões ano contra ano. O lucro 3

4 líquido apresentado incorpora o efeito extraordinário da correção da baixa de inventário de anos anteriores no valor de R$ 13,4 milhões. Ao expurgarmos esse montante, o lucro líquido no ano de 2012 teria sido de R$ 113,5 milhões, um crescimento de 135% frente ao ano anterior. Em 8 de fevereiro de 2013, conforme Fato Relevante divulgado na mesma data, a Abril Educação celebrou um contrato para a aquisição de 100% do Grupo OMETZ, detentor da marca Wise Up, atualmente uma das líderes no ensino de inglês no Brasil na exploração de franquias de sistema próprio de ensino, associadas ao licenciamento de marcas próprias, a produção, edição, distribuição e comercialização de materiais didáticos. A aquisição está sujeita a condições precedentes relacionadas a aprovação pelas autoridades concorrenciais brasileiras (CADE) nos termos da legislação aplicável e à resolução de outras condições precedentes. RECEITA LÍQUIDA Foi dada continuidade ao processo de diversificação da receita no período, contribuindo para atenuar a sazonalidade dos negócios de Editoras. A Companhia tem focado em aquisições e ações de crescimento em linhas de negócios com receitas mais regulares ao longo do ano. 4T11 R$ 364,2 milhões 4T12 R$ 394,2 milhões Escolas e Cursos Prep. 38,0 11% Sistemas de Ensino 19,1 5% Editoras 307,2 84% Sistemas de Ensino Complementar 35,2 2,4 9% 1% Escolas e Cursos Prep. 41,8 10% Idiomas 3,3 1% Holding 0,8 0% Editoras 316,1 79% *Eliminações (0,2) *Eliminações (5,3) Sistema de Ensino 151,8 20% 2011 R$ 772,1 milhões Sistema de Ensino 211,9 24% 2012 R$ 883,5 milhões Idiomas 3,3 0% Holding 1,1 0% Escolas e Cursos Prep. 114,3 15% Editoras 506,3 65% Complementar 5,3 1% Escolas e Cursos Prep. 164,1 18% Editoras 506,2 57% *Eliminações (0,2) *Eliminações (8,4) Nota: Os dados demonstrados acima não consideram eliminações entre empresas, a exemplo: vendas do SER para o GEO, do Anglo para o ph e do SER para ETB. 4

5 Editoras: No 4T12, a receita foi de R$ 316,1 milhões. Se considerarmos a receita da venda de livros feita pelo Sistema Anglo ao PNBE e pela Abril Educação ao PAIC (R$ 3,1 milhões), a receita de Editoras teria avançado 4% no 4T12, totalizando R$ 319,2 milhões. O crescimento é decorrente da combinação de uma queda de 2% no mercado público, passando de R$ 244,4 milhões para R$ 239,1 milhões, e do crescimento de 28% no mercado privado, passando de R$ 62,8 milhões para R$ 80,1 milhões no 4T12. Comparativamente a 2011, houve uma antecipação do ciclo de pedidos do mercado privado para o 4T12, em decorrência do carnaval mais cedo em 2013, o que contribuiu para o crescimento das receitas nesse segmento. Dessa forma, é prematuro concluir que o crescimento registrado no mercado privado no 4T12 seja indicativo de aumento de market share das Editoras nesse segmento durante o ciclo 2012/2013. É importante ressaltar que no 4T12, foi reconhecida a receita integral do PNLD 2013 (R$ 232,5 milhões), enquanto que no 4T11, foram reconhecidos apenas 82% da receita do programa daquele ano, sendo R$ 26,7 milhões no 3T11 e R$ 244,5 milhões no 4T11. Os R$ 27,0 milhões restantes escorregaram para o resultado 1T12. No ano, em bases comparáveis, excluindo-se o escorregamento da receita do PNLD 2012 para o 1T12, a receita das Editoras seria de R$ 483 milhões, uma queda de 9% frente a também ajustada receita de 2011 (R$ 533 milhões), compatível com o ciclo de vendas menor do PNLD no ano de Ensino Fundamental I (1ª a 5ª série) -, em comparação ao ano de 2011 cujo PNLD foi do Ensino Médio (1º ao 3º ano). Abaixo, um histórico da receita societária das Editoras, demonstrando a sazonalidade do negócio: ,3 506,2 426,1 307,2 316,1 298,0 98,6 143,7 143,6 13,0 15,5 6,8 16,5 39,8 39,9 1T 2T 3T 4T Ano 5

6 Sistemas de Ensino: De forma consolidada, a receita de Sistemas de Ensino totalizou R$ 35,2 milhões no 4T12, um crescimento de 84% versus 4T11. Em bases comparáveis, excluindo-se os efeitos (i) da maior antecipação da receita do SER do 1T13 para o 4T12 (R$ 1,3 milhão); (ii) da receita de livros feita pelo Sistema Anglo ao PNBE (R$ 2,3 milhões); (iii) do programa de incentivo ao crescimento oferecido às escolas parceiras do Anglo com contratos de longo prazo (redução da receita em R$ 0,5 milhão); e (iv) da postergação de parte da receita do 4º pedido para o 4T12 (R$ 2,5 milhões); e (v) da aquisição do GEO que acrescentou R$ 8,5 milhões na receita; os Sistemas de Ensino apresentaram um crescimento de 11%, passando de R$ 19,1 milhões no 4T11 para R$ 21,2 milhões no 4T12. No ano, a receita total de Sistemas de Ensino foi de R$ 211,9 milhões, um crescimento de 40% em relação ao ano de Nesse montante estão incluídas as receitas oriundas dos sistemas Maxi e GEO, adquiridos em outubro de 2011 e junho de 2012, respectivamente, que em conjunto, adicionaram R$ 31 milhões à receita anual de Sistemas de Ensino. Em bases comparáveis, excluindo-se os efeitos mencionados anteriormente, a receita total de Sistemas de Ensino, foi de R$ 186,9 milhões, + 25% vs (R$ 149,7 milhões). A receita líquida do sistema de ensino Anglo foi de R$ 10,6 milhões no 4T12, um avanço de 86% sobre o 4T11. Nesse montante está incluída a receita de R$ 0,5 milhão do sistema com a marca ph, lançado no final de 2011, que foi incorporada à receita do Anglo. Em bases comparáveis, considerando os seguintes ajustes: (i) R$ 2,5 milhões referente à postergação da receita do 3T12 para o 4T12, quando parte da receita do 4º pedido, que geralmente ocorre em setembro migrou para o último trimestre; (ii) o impacto do programa de incentivo ao crescimento, explicado em releases anteriores, que reduziu a receita em R$ 0,5 milhão; e (iii) a receita de livros feita pelo Sistema Anglo ao PNBE de R$ 2,3 milhões, o crescimento na receita foi de 12% no 4T12 sobre o 4T11. Em 2012, a receita líquida do sistema de ensino Anglo, em bases comparáveis, totalizou R$ 139,9 milhões, 25% acima dos R$ 112,2 milhões em Contribuíram para esse crescimento o avanço no número de alunos de 16%, de 257,0 mil alunos em 2011 para 298,1 mil em 2012, e o aumento da receita líquida por aluno de 9% no período. O sistema de ensino SER registrou um crescimento de 18% na receita líquida, passando de R$ 12,5 milhões no 4T11 para R$ 14,8 milhões no 4T12. No ano, a receita líquida do SER totalizou R$ 39,5 milhões, um avanço de 5% em relação a 2011 de R$ 37,5 milhões. Conforme ressaltado nos últimos releases, desde 2011 alteramos o ciclo comercial do SER, antecipando parte da receita do 1T para o 4T o que fez com que o ano de 2011 tivesse um reconhecimento de receita relativamente maior do que o ano de 2012, pois além de um ciclo anual completo teve a adição da parte antecipada do 1T12. 6

7 Quando ajustamos os dois anos em bases comparáveis, o crescimento foi de 25%, resultado de um crescimento de 16% em número de alunos (de 119,7 mil em 2011 para 138,5 mil alunos em 2012), e do aumento da receita líquida por aluno de 9% no período. As contribuições dos sistemas Maxi e GEO, adquiridos em outubro de 2011 e junho de 2012, respectivamente, adicionaram uma receita total de R$ 9,8 milhões no 4T12 e de R$ 31,0 milhões em Crescimento Receita Líquida Sistemas de Ensino Societário (R$ mm) Crescimento Receita Líquida Sistemas de Ensino Bases Comparáveis (R$ mm) +84% 35,2 8,5 19,1 0,9 +11% 21,2 1,3 19,1 0,9 +45% +18% 1,3 14,8 12,5 +45% +8% 13,6 12,5 5,7 +86% 10,6 +12% 5,7 6,4 4T11 4T12 4T11 4T12 Anglo SER Maxi GEO Anglo SER Maxi Crescimento Receita Líquida Sistemas de Ensino Societário (R$ mm) 151,8 0,9 37,5 +40% +5% 211,9 11,8 19,2 39,5 Crescimento Receita Líquida Sistemas de Ensino Bases Comparáveis (R$ mm) 149,7 37,5 +25% +25% 186,9 47,0 113,4 +25% 141,4 112,2 +25% 139, Anglo SER Maxi GEO Anglo SER Escolas e Cursos Preparatórios: Em conjunto, o negócio de Escolas e Cursos Preparatórios (Anglo+Siga, ph e ETB) encerraram o 4T12 com 21,2 mil alunos matriculados em 19 unidades, um crescimento de 4% em alunos em relação a 2011, quando havia 20,4 mil alunos matriculados. A receita com o negócio de Escolas e Cursos Preparatórios no 4T12 foi de R$ 41,8 milhões, 10% superior à do mesmo período em No ano a receita foi de R$ 164,1 milhões, um 7

8 crescimento de 44%. Vale destacar que as receitas do Grupo ph e da ETB passaram a ser consolidadas a partir de abril de No 4T12, a receita dos Cursos Preparatórios Anglo foi de R$ 15,0 milhões, 0,5% inferior à receita do 4T11 (R$ 15,1 milhões). No ano de 2012, a receita líquida totalizou R$ 50,7 milhões, em linha com os R$ 50,6 milhões registrados em A manutenção das receitas, tanto no 4T12 quanto no ano de 2012, pode ser explicada pelos efeitos negativos decorrentes dos descontos mais elevados concedidos no inicio do ano, para os cursos extensivos, e que foram, parcialmente, compensados pela boa captação das turmas de cursos intensivos, cuja concentração é no final do ano. No entanto, vale destacar que a boa captação das turmas de cursos intensivos, ainda assim, não compensaram o ticket médio maior do curso extensivo. O Grupo ph (Escolas e Cursos Preparatórios) reportou uma receita de R$ 25,2 milhões no 4T12, um aumento de 16% em relação ao mesmo período de Em número de alunos, o crescimento foi maior na quantidade de alunos dos Cursos Preparatórios (+30%), do que no número de alunos nas Escolas (+10%). O efeito combinado foi um crescimento de 18% no número total de alunos. Houve uma mudança no calendário de vestibulares, do Rio de Janeiro que antecipou a realização das provas para novembro de 2012, e, consequentemente, o encerramento das aulas dos cursos preparatórios um mês antes do término do ano. Esse efeito contribuiu para uma redução relativa da receita, proveniente dos Cursos Preparatórios, frente a No ano, a receita líquida do Grupo ph totalizou R$ 107,5 milhões, um crescimento de 79% em relação a O avanço reportado na receita é resultado do maior número de alunos matriculados no colégio ph (+10%), cujo ticket médio é maior em comparação ao do curso preparatório ph. Vale mencionar que o Grupo ph foi adquirido em abril de 2011, portanto as comparações entre períodos mencionados estão afetadas de forma significativa por terem contabilidade integral nos respectivos períodos de 2012 e parcial em O ano de 2012 encerrou com 8,3 mil alunos matriculados no Grupo ph, um crescimento de 18% em relação a 2011 com 7,0 mil alunos. A ETB encerrou o 4T12 com uma receita de R$ 1,6 milhão e com 2,5 mil alunos, comparada a uma receita de R$ 1,2 milhão e 2,4 mil alunos no 4T11, um crescimento de 33% e 2%, respectivamente. No total da receita do 4T12, está incluída a receita do Sistema de Ensino Técnico de R$ 0,4 milhão, que passou a ser comercializado a partir do 2T12, com 14 cursos técnicos. Em bases comparáveis, a receita ficou em linha com o 4T11. No ano, a receita líquida totalizou R$ 6,0 milhões vs. R$ 3,6 milhões em 2011, um crescimento de 67%. Vale mencionar que a ETB foi adquirida em abril de 2011, portanto ao ajustarmos as bases, a receita líquida avançaria 19%, saindo de R$ 3,6 milhões em 2011 para R$ 4,3 milhões 8

9 em No total da receita anual, está incluída a receita de R$ 0,6 milhão referente ao Sistema de Ensino Técnico. CUSTO DA MERCADORIA VENDIDA E LUCRO BRUTO No 4T12, o Custo das Mercadorias Vendidas (CMV) consolidado foi R$ 147,3 milhões ou 3% inferior ao reportado no 4T11 de R$ 151,9 milhões. O lucro bruto cresceu 16% em relação ao 4T11, alcançando uma margem bruta de 63%, 5 pontos percentuais acima do registrado no 4T11. O CMV do ano de 2012 totalizou R$ 316,6 milhões, um aumento de 6% em relação a 2011, consequentemente, o lucro bruto consolidado de R$ 567,0 milhões cresceu 20% vs alcançando margem bruta de 64%, 3 pontos percentuais acima dos 61% reportados em O CMV do ano foi impactado pelo evento extraordinário da correção da baixa de inventário de anos anteriores reportado no 2T12, no montante de R$ 20,3 milhões. Não fosse esse efeito, o CMV teria recuado 1%, levando a uma melhora na margem bruta de 5 pontos percentuais, de 61% para 66%. Abril Educação - Bases Comparáveis (R$ mm) % 883,5 772,1 +20% +6% 567,0 474,1 298,0 316,6 Abril Educação - Ajustado por itens não recorrentes (R$ mm) % 883,5 772,1 +24% -1% 587,3 474,1 298,0 296,3 Receita Líquida CMV Lucro Bruto Receita Líquida CMV Lucro Bruto Editoras: O CMV das Editoras diminuiu 15% de R$ 133,8 milhões no 4T11 para R$ 114,1 milhões no 4T12. Os principais fatores que contribuíram para esta redução foram: (i) o menor custo de papel e serviços gráficos, decorrentes das melhores negociações com fornecedores e aumento do volume de vendas, bem como melhor planejamento de produção de livros (R$ 11,5 milhões); (ii) mudança do reconhecimento de despesas editoriais administrativas, anteriormente alocadas como CMV e que foram alocadas para despesas com vendas, gerais e administrativas (R$ 3,0 milhões); e (iii) melhora em gastos operacionais como frete e material de embalagem (R$ 1,7 milhão). No ano, o CMV totalizou R$ 203,2 milhões, uma queda de 5,0% em relação a 2011, cujo CVM foi de R$ 213,5 milhões. Em 2012, o montante inclui a correção da baixa de inventário de anos anteriores de R$ 20,3 milhões, conforme já explicado no 2T12; e no ano de 2011, o CVM inclui R$ 8,0 milhões referente à baixa de investimento editorial para o custo de livros não aprovados no PNLD Ao expurgarmos os efeitos, o CMV teria recuado 11%, totalizando R$ 182,9 milhões. 9

10 EDITORAS - Societário (R$ mm) EDITORAS - Bases Comparáveis (R$ mm) ,3 506,2 +3% 506,3 506,2 +7% 213,5-5% 203,2 292,8 303,0 205,5-11% 182,9 300,8 323,3 Receita Líquida CMV Lucro Bruto Receita Líquida CMV Lucro Bruto Sistemas de Ensino: O CMV do Anglo registrou um crescimento de R$ 7,3 milhões, saindo de um saldo positivo de R$ 2,1 milhões no 4T11, para um custo de R$ 5,2 milhões no 4T12. Contribuíram para essa variação: (i) a mudança na classificação das despesas com direitos autorais no valor de R$ 1,7 milhão, que em 2011 eram alocadas como CMV e passaram a ser reconhecidas como despesas com vendas, gerais e administrativas; (ii) a reversão não recorrente da provisão de estoque obsoleto, ocorrida no 4T11, conforme mencionado no release daquele trimestre, no valor de R$ 2,9 milhões, que combinada à provisão de R$ 0,5 milhão ocorrida no 4T12, gerou um efeito líquido de R$ 3,4 milhões; e (iii) o maior reconhecimento da amortização de investimento editorial no período, com efeito líquido de R$ 0,8 milhões. No 4T12, em bases comparáveis, o CMV do sistema de ensino manteve-se estável em R$ 2,9 milhões nos períodos. Consequentemente, a margem bruta melhorou 6 pontos percentuais de 49% para 55%, decorrente do aumento no número de alunos, eficiência logística e manutenção do custo do papel. 5,7 +86% 10,6 ANGLO - Societário (R$ mm) 4T11 4T12-31% +348% 7,8 5,2 5,4 5,7 +12% ANGLO - Bases Comparáveis (R$ mm) 6,4 4T11 4T12 2,9 2,9 2,8 +25% 3,5-2,1 Receita Líquida CMV Lucro Bruto Receita Líquida CMV Lucro Bruto Em 2012, o CMV em bases comparáveis totalizou R$ 22,3 milhões no Anglo, 14% acima dos R$ 19,5 milhões reportados em 2011, porém, abaixo do crescimento da receita de 25% no período. A margem bruta avançou 1 ponto percentual totalizando 84%. 10

11 ANGLO - Societário (R$ mm) ANGLO - Bases Comparáveis (R$ mm) +25% % ,4 141,4 95,4 +21% 115,2 112,2 139,9 92,7 +27% 117,6 +45% +14% 18,0 26,2 19,5 22,3 Receita Líquida CMV Lucro Bruto Receita Líquida CMV Lucro Bruto No 4T12, o CMV do SER apresentou uma redução de 21%, passando de R$ 5,3 milhões para R$ 4,2 milhões, mesmo com crescimento de 18% da receita líquida. Essa variação se deve a fatores já explicados em releases anteriores como a mudança no ciclo comercial do SER e a adoção das melhores práticas operacionais encontradas no sistema de ensino Anglo tais como a racionalização do processo de produção. Em bases comparáveis, o CMV do SER apresentou uma redução de 10%, saindo de R$ 5,3 milhões para R$ 4,8 milhões. SER - Societário (R$ mm) SER - Bases Comparáveis (R$ mm) +18% 4T11 4T12 +8% 4T11 4T12 12,5 14,8 5,3-21% 4,2 7,2 +47% 10,6 12,5 13,6 5,3-10% 4,8 7,2 +22% 8,8 Receita Líquida CMV Lucro Bruto Receita Líquida CMV Lucro Bruto Em 2012, o CMV do SER, em bases comparáveis, totalizou R$ 14,1 milhões, 16% abaixo dos R$ 16,8 milhões reportados em 2011, em decorrência dos efeitos já comentados acima. SER - Societário (R$ mm) SER - Bases Comparáveis (R$ mm) +5% % ,5 39,5-30% 16,8 11,7 +34% 27,8 20,7 37,5 47,0-16% 16,8 14,1 +59% 20,7 32,9 Receita Líquida CMV Lucro Bruto Receita Líquida CMV Lucro Bruto 11

12 No 4T12, o CMV do sistema de ensino GEO totalizou R$ 5,7 milhões, resultando em um lucro bruto de R$ 2,8 milhões e margem de 33%. No ano, o CMV foi de R$ 7,7 milhões, com um lucro bruto de R$ 4,0 milhões e margem de 34%. O Sistema de Ensino GEO foi adquirido em junho de O CMV do sistema de ensino Maxi totalizou R$ 0,4 milhão, resultando em um lucro bruto de R$ 0,9 milhão e margem de 69% no 4T12. No ano, o CMV do Maxi somou R$ 4,3 milhões, gerando um lucro bruto de R$ 14,9 milhões e margem de 78%. Vale destacar que a comparação entre 2011 e 2012 não é exata, visto que o sistema de ensino Maxi foi adquirido em outubro de 2011, tendo contribuído parcialmente para o período. Escolas e Cursos Preparatórios: No 4T12, o CMV dos Cursos Preparatórios Anglo foi de R$ 7,2 milhões, um aumento de 7% em relação ao 4T11. Em 2012, o CMV apresentou redução de 4%, de R$ 26,5 milhões para R$ 25,5 milhões. No 4T12, o CMV do Grupo ph avançou 49%, passando de R$ 7,2 milhões para R$ 10,7 milhões, crescimento superior em relação ao crescimento da receita no período (+16%). Essa variação é decorrente dos seguintes fatores: (i) aumento na quantidade de horas/aula e de horas/monitoria, em relação ao ano anterior, por conta do aumento de 30% no número de alunos dos cursos preparatórios e da limitação do numero de alunos por turma nas séries iniciais das Escolas (ii) concentração de eventos acadêmicos e pedagógicos do colégio no último trimestre (R$ 0,3 milhão); e (iii) reajuste do plano de saúde do corpo docente para adequação ao mercado, bem como implantação de vale alimentação que não existia no 4T11, (R$ 0,6 milhão). No ano, o CMV do Grupo ph totalizou R$ 37,7 milhões, + 82% em relação ao ano de 2011 (R$ 20,7 milhões). Em 2012, o ph passou a consolidar o custo da compra do material didático do sistema de ensino ph (R$ 2,2 milhões), o que não era feito em Ainda é importante destacar que, a comparação entre 2011 e 2012 não é exata, visto que o ph foi adquirido em abril de 2011, tendo contribuído parcialmente para o período. No 4T12, o CMV da ETB foi de R$ 0,8 milhão, uma redução de 11% vs. 4T11 e também inferior ao crescimento da receita de 33% no período. No ano, o CMV totalizou R$ 3,0 milhões, +17% em relação a 2012, no entanto, é importante lembrar que a ETB foi adquirida em abril de 2011, portanto as comparações entre períodos mencionados estão afetadas de forma significativa por terem contabilidade integral nos respectivos períodos de 2012 e parcial em

13 Abaixo demonstramos as margens brutas em bases comparáveis* por linhas de negócios: Margem Bruta - Bases Comparáveis 4T11 4T12 58% 63% 64% 56% 83% 55% 65% 69% 49% 58% 33% 67% 57% 55% 58% 50% 25% AE Editoras Anglo (Sistemas) SER Maxi GEO Anglo (Cursos) Grupo ph ETB Editoras Sistemas de Ensino Escolas e Cursos Margem Bruta - Bases Comparáveis % 61% 59% 64% 83% 84% 55% 70% 77% 34% 37% 35% 65% 50% AE Editoras Anglo (Sistemas) SER Maxi GEO Anglo (Cursos) Grupo ph ETB Editoras Sistemas de Ensino Escolas e Cursos (*) Apenas para fins de ilustrar as margens, inserimos nas bases comparáveis do trimestre o GEO, e do ano o Maxi, GEO, PH e ETB. DESPESAS COM VENDAS, GERAIS E ADMINISTRATIVAS E LUCRO OPERACIONAL As despesas com vendas gerais e administrativas do 4T12 cresceram 8% sobre 4T11 refletindo o processo de estruturação da empresa e de seus controles corporativos, bem como investimentos em novos negócios. Para melhor compreensão da natureza desses aumentos, segregamos a evolução do 4T11 para 4T12 e 2011 para 2012, nos seguintes grupos: 13

14 115,4 0,9 0,0 3,4 (0,9) (5,4) Orgânico -1,6 0,7 0,8 Gestão Corporativa 4,8 2,2 3,0 4,5 (0,5) (0,6) 1,6 (0,4) 124,5 4T11 Plano de Ações Mais Valia Efeito Proforma Editoras Anglo (Sistema de Ensino) SER Anglo (Curso Prep.) PH ETB Maxi Novas Alocadas Frentes de no Anglo Negócio Alocadas AE & CAEP nas Editoras 4T12 323,3 (4,3) 1,9 26,3 Orgânico 14,3 1,9 0,2 1,6 6,3 4,7 0,3 (0,6) Gestão Corporativa 14,3 4,8 1,2 10,4 2,7 380, Plano de Ações Mais Valia Efeito Proforma Editoras Anglo (Sistema de Ensino) SER Anglo (Curso Prep.) PH ETB Maxi Novas Alocadas Frentes de no Anglo Negócio Alocadas AE & CAEP 2012 nas Editoras (a) Plano de Ações: impacto de R$ 0,9 milhão no 4T12, referente ao plano de ações aos executivos, implementados no segundo semestre de (b) Efeito Pro-forma: crescimento de R$ 3,4 milhões associados às despesas dos negócios adquiridos (GEO, Escola Satélite, Alfacon e Red Balloon); em bases pro-forma. (c) Orgânico: redução de R$ 1,6 milhões nas despesas dos negócios correntes (Editoras, Anglo Sistema e Cursinho, SER, Maxi, ph e ETB). A queda nas despesas orgânicas foi decorrente da redução das despesas do segmento de Sistemas de Ensino, mais que compensando o aumento nas despesas das Escolas e Cursos Preparatórios. Contribuíram para a redução nas despesas de Sistemas de Ensino (-37%), a melhora no Anglo, cuja despesa recuou 70%, em função da combinação dos seguintes fatores: (i) mudança na classificação de despesas com direitos autorais, anteriormente reconhecidas como CMV (R$ 1,7 milhão); (ii) venda da folha de pagamento dos funcionários do Anglo para instituição financeira, gerando uma receita com efeito positivo nas despesas (R$ 1,0 milhão); e (iii) efeito líquido de redução na provisão para devedores duvidosos no período (R$ 1,0 milhão). 14

15 Por outro lado, o aumento nas despesas das Escolas e Cursos Preparatórios (+33%) pode ser explicado, principalmente, (i) pela abertura de novas unidades tanto no Anglo quanto no ph (+ 2 novas unidades), (ii) pelo aumento nas despesas de marketing no ph para captação de novos alunos e também (iii) pela amortização do direito de uso do nome do reconhecido professor Roquette, para coordenar os cursos preparatórios para o IME e ITA. Orgânico 4T12 4T11 Var. Abs. Var.% Editoras (70,7) (71,6) 0,9-1% Sistemas de Ensino (9,0) (14,4) 5,3-37% Anglo (2,3) (7,7) 5,4-70% SER (5,0) (4,3) (0,7) 16% Maxi (1,8) (2,4) 0,6-26% Escolas e Cursos Preparatórios (18,6) (14,0) (4,7) 33% Anglo (Curso Preparatório) (4,8) (4,1) (0,8) 19% ph (13,0) (8,6) (4,4) 51% ETB (0,8) (1,3) 0,5-38% TOTAL (98,4) (100,0) 1,6-2% (d) Novas frentes de negócios: crescimento de R$ 1,6 milhão nas despesas relacionadas aos investimentos em projetos que ainda não geraram receita nesse trimestre. O sistema de ensino ETB para 14 cursos técnicos tais como enfermagem, segurança, contador, eletricista entre outros, começou a ser comercializado no 2T12. Até o momento, a ETB assinou contratos com 52 instituições de ensino para 200 cursos. Edumobi Foi criada no 2T12 para distribuir e comercializar conteúdo educacional no celular através de sua plataforma proprietária e por intermédio das operadoras de telefonia móvel. No 3T12 foi assinado contrato de integração com a operadora VIVO e as negociações com outras operadoras estão em estágio avançado. O lançamento comercial está previsto para março de 2013, com 5 cursos, no modelo de matrícula com renovação semanal debitada automaticamente em qualquer celular VIVO em todo o Brasil. O Líder em Mim Já temos o programa implantado em 16 unidades de escolas dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, dentre as quais três unidades do ph. O mix de escolas e o número máximo de unidades foram definidos de forma a garantir um bom teste piloto do programa, maximizando sua probabilidade de sucesso a longo prazo. Em outubro, mais de 20 educadores dessas escolas visitaram os EUA, a convite da Abril Educação, para conhecerem, na prática, algumas instituições que já usam o O Líder em Mim. Demais Iniciativas (i) Pre-Enem: curso preparatório para o Enem desenvolvido pelos professores da Abril Educação e oferecido nas modalidades telepresencial (via satélite) e pela internet; (ii) Ei Você: empresa de e-learning com o propósito de oferecer treinamento profissionalizante e cursos livres através de ferramenta de LMS (Learning Management System). O primeiro curso deverá ser lançado ao longo do 2T13; e (iii) 15

16 Livemocha: ensino de 38 idiomas online com a combinação da autoinstrução com um sistema de aprendizado colaborativo. Alunos brasileiros aprendem idiomas estrangeiros com falantes nativos através da correção assíncrona de exercícios orais, escritos, além de chats ao vivo com estrangeiros. (e) Gestão Corporativa: crescimento de R$ 4,8 milhões no 4T12 nas despesas da Holding Abril Educação e nos gastos incorridos pelas Editoras e Sistemas de Ensino relacionados a serviços típicos de uma Holding mas prestados por aquelas unidades e nelas alocados. Esses acréscimos estão associados ao aumento da exigibilidade de controles e reportes pela abertura de capital e ao aumento da estrutura necessária para gestão de um portfolio muito mais diversificado de negócios. São exemplos desses acréscimos, a estruturação da área de Relações com Investidores (contratações em Janeiro de 2012), a criação de um Conselho Fiscal (a partir de maio de 2012), bem como a criação de uma Diretoria de Vendas Governamentais (a partir de outubro de 2012). O aumento desses gastos também está associado à criação de estruturas que eram compartilhadas com o Grupo Abril como, por exemplo, a área de contabilidade, a Diretoria Jurídica e a Diretoria de Recursos Humanos que foram total ou parcialmente internalizadas na Abril Educação, bem como a efetivação da cobrança de serviços prestados pelo grupo que até 2011 eram objeto apenas de rateio. Abaixo as margens operacionais em bases comparáveis* dos negócios no período: 31% 27% 40% 32% Margem Operacional - Bases Comparáveis 4T11 4T12 23% 28% 30% 27% 10% 22% 6% -29% -6% -60% AE Editoras Anglo (Sistemas) -62% -185% SER Maxi GEO Anglo (Cursos) Grupo ph -83% ETB Editoras Sistemas de Ensino Escolas e Cursos 16

17 Margem Operacional - Bases Comparáveis % 13% 14% 25% 64% 60% 42% 30% 11% 6% 13% 8% 26% -25% AE Editoras Anglo (Sistemas) SER Maxi GEO Anglo (Cursos) Grupo ph ETB Editoras Sistemas de Ensino Escolas e Cursos (*) Apenas para fins de ilustrar as margens, inserimos nas bases comparáveis do trimestre o GEO, e do ano o Maxi, GEO, PH e ETB. EBITDA Em 2012, o EBITDA, ajustado pelos eventos extraordinários, avançou 17%, passando de R$ 218,2 milhões para R$ 254,3 milhões, um crescimento absoluto de R$ 36,1 milhões. A margem EBITDA no período saiu de 28% para 29% em 2012, um avanço de 1 ponto percentual. O crescimento orgânico do EBITDA das linhas de negócios, em 2012 foi de R$ 46,3 milhões ou superior em 18%, passando de R$ 250,2 milhões para R$ 296,5 milhões em Esse aumento é reflexo das contribuições provenientes, das Editoras (+R$ 25,5 milhões), do Anglo, SER e Maxi (+R$ 21,2 milhões), e PH (+R$ 0,5 milhão), mais que compensando a evolução negativa da ETB (-R$ 0,9 milhão). Vale destacar que nesse montante estão expurgados as despesas relativas à construção da Holding e às novas iniciativas, que estavam consideradas nos negócios, bem como os efeitos dos eventos extraordinários do 2T12. A contribuição dos negócios adquiridos (efeito pro-forma do Maxi, ETB, ph, GEO, Escola Satélite, Alfacon e Red Balloon) para o EBITDA em 2012 foi de R$ 22,3 milhões. É importante mencionar ainda que as despesas associadas ao processo de estruturação da empresa e de seus controles corporativos reduziu o EBITDA do ano de 2012 em R$ 9,2 milhões. Nesse montante está incluído o impacto da construção da Holding, mitigado pelo efeito positivo do stock option de +R$ 4,3 milhões. 17

18 Evolução EBITDA (R$ mm) 218,2 46,3 22,3 (20,3) (9,2) (3,0) 254, Orgânico Efeito Proforma Evento Extraordinário Gestão Corporativa Novas Frentes de Negócio 2012 LUCRO (PREJUÍZO) LÍQUIDO O lucro líquido, após a participação dos minoritários, no trimestre foi de R$ 66,9 milhões, 16% superior ao lucro líquido de R$ 57,6 milhões reportados no mesmo período do ano anterior. A redução de 38% no resultado financeiro contribuiu positivamente para o avanço no lucro líquido do 4T12. No 4T12, o lucro líquido foi impactado pela amortização da mais valia de intangíveis relacionadas às aquisições recentes, no valor de R$ 6,2 milhões, e pelo imposto de renda/contribuição social diferido do Anglo e do ph, referente aos efeitos da amortização do ágio fiscal das duas operações no valor de R$ 8,8 milhões. Nenhum desses dois efeitos tem impacto no caixa da Companhia. Não fossem esses efeitos sem desembolso caixa, a Companhia teria registrado um lucro líquido de R$ 81,9 milhões no 4T12, comparativamente ao lucro líquido reportado de R$ 66,9 milhões. No ano, o lucro líquido, após a participação de minoritários, totalizou R$ 100,1 milhões comparados ao lucro líquido de R$ 48,3 milhões reportados em 2011, impactado positivamente pelo melhor resultado financeiro. Ainda em 2012, o lucro líquido foi negativamente impactado pela amortização da mais valia de intangíveis relacionadas às aquisições recentes, no valor de R$ 25,6 milhões, e pelo imposto de renda/contribuição social diferido do Anglo e do ph, referente aos efeitos da amortização do ágio fiscal das duas operações no valor de R$ 37,0 milhões. Nenhum desses dois efeitos tem impacto no caixa da Companhia. Não fossem esses efeitos sem desembolso caixa, a Companhia teria registrado lucro líquido de R$ 162,7 milhões em 2012, comparativamente ao lucro líquido reportado de R$ 100,1 milhões. 18

19 Lucro Líquido (R$ mm) Lucro Líquido (R$ mm) IR/CS (R$ mm) IR/CS (R$ mm) LAIR (R$ mm) LAIR (R$ mm) Resultados 4T12 / T12 152,7 178,3 114,8 121,0 6,6 6,6 25,6 6,2 LAIR reportado T12 Amortização mais valia de (54,6) intangíveis LAIR ajustado pela mais valia de intangiveis LAIR reportado - 4T12 Amortização mais valia de intangíveis LAIR ajustado pela mais valia de intangiveis (54,6) 98,1 37,0 (17,6) (47,9) 8,8 (39,1) 6,6 IR/CS IR/CS Diferido do Anglo e ph IR/CS ajustado pela parcela diferida do Anglo e ph IR/CS - 4T12 IR/CS Diferido do Anglo e ph IR/CS ajustado pela parcela diferida do Anglo e ph 100,1 162,7 66,9 81,9 Lucro Líquido Reportado Lucro Líquido Ajustado Lucro Líquido Reportado - 4T12 Lucro Líquido Ajustado - 4T12 Nota: Lucro Líquido reportado, após a participação dos minoritários. O lucro líquido apresentado incorpora o efeito extraordinário da correção da baixa de inventário de anos anteriores no valor de R$ 13,4 milhões. Ao expurgarmos esse montante, o lucro líquido no ano de 2012 teria sido de R$ 113,5 milhões, um crescimento de 135% frente ao ano anterior. Diferente do que foi informado no 2T12, o efeito líquido do benefício fiscal da Destruição de Inventário Obsoleto estimado inicialmente em R$ 11,7 milhões foi nulo na medida em que o crédito oriundo da destruição, que de fato ocorreu, foi negativamente compensado pela reversão de uma provisão existente que não foi considerada nas análises apresentadas no referido release. DIVIDENDOS O Conselho de administração manifestou-se favoravelmente à distribuição de R$ 23,8 milhões sob a forma de dividendos, o que representa 25% do lucro líquido do período, após a constituição de reserva legal de 5%, de acordo com as demonstrações financeiras de A proposta de distribuição do resultado de 2012 será aprovada em Assembleia Geral que deverá ocorrer em abril de INVESTIMENTOS CONSOLIDADOS Com base no demonstrativo de fluxo de caixa, os investimentos consolidados da Abril Educação no ano de 2012 foram destinados à: Aquisições da Escola Satélite, Sistema de Ensino GEO, Alfacon Preparatórios para Concursos e Red Balloon, líquido do caixa adquirido (R$ 53,2 milhões); 19

20 Pagamento da parcela anual de valor principal de R$ 85,5 milhões, associada às partes financiadas das aquisições; e Aquisições de ativos imobilizados (veículos e equipamentos de computação) e intangíveis (sistemas de computação e softwares) no montante de R$ 21,6 milhões ou 2,4% da receita líquida de Em 2012, o investimento editorial foi de R$ 44,8 milhões, 10% acima do desembolsado em 2011 (R$ 40,7 milhões). Esses recursos foram destinados às produções de novas coleções, reformulação e atualizações de coleções e materiais das editoras e dos sistemas de ensino, bem como finalização da produção do material do sistema de ensino ph. CONTAS A RECEBER CONSOLIDADAS As características dos negócios da Abril Educação e o perfil de seus clientes estão normalmente associados a baixos níveis de inadimplência das Contas a Receber. No 4T12, o valor para a provisão para créditos de liquidação duvidosa reconhecido nos resultados foi de R$ 0,3 milhão e R$1,3 milhão em Esses valores representam apenas cerca de 0,1% da receita líquida. No negócio de sistemas de ensino, as vendas são faturadas às escolas clientes. A entrega do material didático respectivo, por sua vez, é trimestral. No caso da escola eventualmente inadimplir, as entregas subsequentes são suspensas e as operações nas escolas afetadas. Nas escolas próprias da Abril Educação, em função do valor das mensalidades, os alunos são mais frequentemente provenientes das classes A/B, de maior poder aquisitivo. As vendas das editoras são destinadas ao mercado público e privado. O Governo Federal tem um sólido histórico de pagamentos nos prazos previstos. O mercado privado é composto de (i) distribuidores, que são exclusivos, com histórico de inadimplência praticamente inexistente e bastante proximidade operacional com a Companhia, e de (ii) livrarias e escolas, cuja gestão de crédito é feita de modo rigoroso. GERAÇÃO DE CAIXA CONSOLIDADA A geração de caixa pelas operações no 4T12 foi de R$ 90,2 milhões, uma melhora de R$ 49,0 milhões em relação ao mesmo período de 2011, quando a geração foi de R$ 41,2 milhões. Em 2012, a geração de caixa pelas operações totalizou R$ 231,1 milhões vs. R$ 187,4 milhões em A variação positiva na geração de caixa decorre (i) do efeito positivo na variação do EBITDA, quando encerramos o ano em linha com os principais drivers econômicos dos negócios; e (ii) da redução de estoque de papel em 2012, retornando a patamares normais de operação. Em 2011, encerramos o ano com estoque de papel acima do patamar, por conta de um aproveitamento de uma venda spot e ao longo de 2012 passamos a consumir o estoque contribuindo para a melhor geração. 20

21 ESTRUTURA DE CAPITAL CONSOLIDADA Em dezembro de 2012, o endividamento consolidado líquido da Abril Educação era de R$ 231,6 milhões, equivalente à dívida bruta de R$ 537,5 milhões, líquida de disponibilidades de caixa de R$ 305,9 milhões. Do total da dívida, 75% correspondiam a dívidas de longo prazo. Ao final de dezembro de 2012, o Patrimônio Líquido da empresa era de R$ 1.045,7 milhões. Com o ingresso dos recursos da oferta pública de ações realizada em julho último, a empresa foi significativamente recapitalizada e alcançou confortável posição financeira, a qual lhe permite implementar seu plano de desenvolvimento. (R$mm) Dez 11 Mar 12 Jun 12 Set 12 Dez 12 Divida Bancária 280,1 284,5 270,3 298,5 290,1 Dívida com Vendedores 303,4 314,7 323,9 251,8 247,4 Total 583,5 599,2 594,2 550,3 537,5 Caixa/Aquisições 305,6 379,5 365,3 280,8 305,9 Dívida Líquida 277,8 219,7 228,9 269,5 231,6 Patrimonio Líquido 959, ,7 996,9 996, ,7 Total do Capital 1.236, , , , ,3 Nota: Dívida com Vendedores: dívida com ex-controladores das empresas adquiridas. Estrutura de Capital - R$ mm Patrimonio Líquido Dívida Líquida 277,8 219,7 228,9 269,5 231,6 18% 18% 19% 21% 22% 1.015, ,7 959,0 996,9 996,8 78% 78% 82% 81% 79% 82% Dez 11 Mar 12 Jun 12 Set 12 Dez 12 21

22 Preço Ação - R$ R$ em Milhões Resultados 4T12 / 2012 DESEMPENHO DA AÇÃO As UNITS da Abril Educação são listadas no Nível 2 de Governança Corporativa da BMF&BOVESPA. Cada UNIT corresponde a uma ação ordinária (ON) da Companhia, combinada a duas de suas ações preferenciais (PN). Até o dia 8 de março de 2013 as UNITS da Abril Educação tiveram uma valorização de 142%, sobre o preço do fechamento do IPO, ante uma variação de -1,5% do Índice Bovespa, em igual período. 60 Preço (R$) vs. Volume (R$ mm) (26/07/2011 a 08/03/2013) , ,00* jul 13-set 31-out 19-dez 6-fev 26-mar 14-mai 29-jun 16-ago 3-out 23-nov 15-jan 6-mar *Preço *Preço na abertura na abertura de de capital. Baseado Baseado no preço no preço de de fechamento. Volume (R$) Preço Desde o IPO até 31/12/2012 Valores em R$, exceto quando especificado* Valores Valores em R$, exceto quando especificado Valores Cotação no início de período 18,50 Cotação no início de período 18,50 Máxima 40,46 Máxima 50,18 Média 26,53 Média 28,61 Mínimo 13,63 Mínimo 13,63 Cotação ao final do período 40,01 Cotação ao final do período 48,39 Volume médio diário (R$ milhões) 2,03 Volume médio diário (R$ milhões) 2,24 Quantidade de ações (mil)¹ Quantidade de ações (mil)¹ ¹ Considera quantidade de ações ao final do período *Com base no preço de fechamento das ações Desde o IPO até 08/03/

23 DADOS SOCIETÁRIOS POR NEGÓCIO EDITORAS DADOS SOCIETÁRIOS ÁTICA E SCIPIONE (R$ mm) 4T12 4T11 var var. Receita Líquida 316,1 307,2 3% 506,2 506,3 0,0% (-) CMV (114,1) (133,8) -15% (203,2) (213,5) -5% (=) Lucro Bruto 202,0 173,4 17% 303,0 292,8 3% Margem Bruta (%) 64% 56% 8 p.p. 60% 58% 2 p.p. (-) Despesas com vendas, gerais e administrativas (77,9) (74,5) 5% (198,5) (183,5) 8,2% (=) Lucro (prejuízo) Operacional 124,1 98,9 26% 104,5 109,3-4,4% Margem Operacional (%) 39% 32% 7 p.p. 21% 22% -1 p.p. (+) Depreciação e Amortização 1,8 1,6 14% 7,3 6,2 17,9% (+) Amortização Investimento Editorial 13,7 17,5-22% 24,9 32,5-23,4% (=) EBITDA 139,6 118,0 18% 136,6 148,0-7,7% Margem EBITDA (%) 44% 38% 6 p.p. 27% 29% -2 p.p. 8,9 (0,1) 21,7 SISTEMA DE ENSINO DADOS SOCIETÁRIOS ANGLO SER MAXI GEO (R$ mm) 4T12 4T11 var var. 4T12 4T11 var var. 4T12 4T11 var var. 4T12 4T Receita Líquida 10,6 5,7 86% 141,4 113,4 25% 14,8 12,5 18% 39,5 37,5 5% 1,3 0,9 45% 19,2 0,9 2036% 8,5-11,8 - (-) CMV (5,2) 2,1 348% (26,2) (18,0) 45% (4,2) (5,3) -21% (11,7) (16,8) -30% (0,4) (0,2) 159% (4,3) (0,2) 2687% (5,7) - (7,7) - (=) Lucro Bruto 5,4 7,8-31% 115,2 95,4 21% 10,6 7,2 47% 27,8 20,7 34% 0,9 0,7 21% 14,9 0,7 1901% 2,8-4,0 - Margem Bruta (%) 51% 137% -86 p.p. 81% 84% -3 p.p. 72% 58% 14 p.p. 70% 55% 15 p.p. 69% 83% -14 p.p. 78% 83% -5 p.p. 33% - 34% - (-) Despesas com vendas, gerais e administrativas (3,2) (8,5) -62% (29,0) (27,1) 7% (5,0) (4,2) 19% (18,4) (16,8) 10% (1,7) (2,4) -29% (6,8) (2,4) 182% (1,9) - (3,3) - (=) Lucro (prejuízo) Operacional 2,2 (0,7) 412% 86,2 68,3 26% 5,6 3,0 87% 9,4 3,9 141% (0,8) (1,7) 52% 8,1 (1,7) 586% 0,8-0,7 - Margem Operacional (%) 21% -12% 33 p.p. 61% 60% 1 p.p. 38% 24% 14 p.p. 24% 10% 14 p.p. -62% -185% 123 p.p. 42% -185% 227 p.p. 10% - 6% - (+) Depreciação e Amortização 0,1 0,1-0,3 0,3 17% 0,1 0,0 102% 0,3 0,1 277% 0,1 0,1-3% 0,4 0,1 288% 0,0-0,1 - (+) Amortização Investimento Editorial 1,1 0,3 271% 3,8 0,8 401% 0,7 0,6 17% 2,0 2,7-26% 0,0 0,0-0,0 0,0-0,0-0,0 - (=) EBITDA 3,4 (0,3) 1225% 90,3 69,3 30% 6,4 3,6 75% 11,7 6,8 73% (0,7) (1,6) 55% 8,5 (1,6) 644% 0,9-0,8 - Margem EBITDA (%) 32% -5% 37 p.p. 64% 61% 3 p.p. 43% 29% 14 p.p. 30% 18% 12 p.p. -54% -174% 120 p.p. 44% -174% 218 p.p. 10% - 7% - ESCOLAS E CURSOS DADOS SOCIETÁRIOS ANGLO PH ETB (R$ mm) 4T12 4T11 var var. 4T12 4T11 var var. 4T12 4T11 var var. Receita Líquida 15,0 15,1-0,5% 50,7 50,6 0,2% 25,2 21,7 16% 107,5 60,1 79% 1,6 1,2 33% 6,0 3,6 67% (-) CMV (7,2) (6,7) 7% (25,5) (26,6) -4% (10,7) (7,2) 49% (37,7) (20,7) 82% (0,8) (0,9) -11% (3,0) (2,5) 17% (=) Lucro Bruto 7,8 8,4-7% 25,2 24,0 5% 14,5 14,5 0% 69,8 39,4 77% 0,8 0,3 167% 3,0 1,0 189% Margem Bruta (%) 52% 56% -4 p.p. 50% 47% 3 p.p. 58% 67% -9 p.p. 65% 66% -1 p.p. 50% 25% 25 p.p. 50% 29% 21 p.p. (-) Despesas com vendas, gerais e administrativas (4,8) (4,2) 14% (21,0) (14,8) 42% (13,0) (8,6) 51% (42,2) (25,1) 68% (0,9) (1,3) -31% (4,5) (2,4) 88% (=) Lucro (prejuízo) Operacional 3,0 4,2 28% 4,1 9,3 55% 1,5 5,9 75% 27,6 14,3 93% (0,1) (1,0) 90% (1,5) (1,4) 11% Margem Operacional (%) 20% 28% -8 p.p. 8% 18% -10 p.p. 6% 27% -21 p.p. 26% 24% 2 p.p. -6% -83% 77 p.p. -25% -38% 13 p.p. (+) Depreciação e Amortização 0,2 0,1 68% 0,5 0,4 23% 1,9 0,2 850% 2,5 0,6 314% 0,0 0,0-0,0 0,0 - (+) Amortização Investimento Editorial 0,0 0,0-0,0 0,0-0,0 0,0-0,0 0,0-0,0 0,0-0,0 0,0 - (=) EBITDA 3,2 4,3 26% 4,6 9,7 52% 3,4 6,1 44% 30,1 14,9 102% (0,1) (1,0) 90% (1,5) (1,4) 9% Margem EBITDA (%) 21% 28% -7 p.p. 9% 19% -10 p.p. 13% 28% -15 p.p. 28% 25% 3 p.p. -6% -83% 77 p.p. -25% -38% 13 p.p. 23

Resultado 1T12. Resultados 2T12 / 1S12

Resultado 1T12. Resultados 2T12 / 1S12 Resultado 1T12 Resultados / 1S12 15 de agosto de 2012 Eventos Extraordinários Correção da Baixa de Inventário de Anos Anteriores (R$ 20,3 milhões) Destruição de Obsoletos (R$ 34,4 milhões) (+) (-) (-)

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS - CONSOLIDADA

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS - CONSOLIDADA ABRIL EDUCAÇÃO APRESENTA RECEITA DE R$ 224,9 MILHÕES E EBITDA DE R$ 85,1 MILHÕES. INÍCIO TARDIO DAS AULAS, MUDANÇAS NO TRATAMENTO CONTÁBIL E NA GESTÃO DO CAPITAL DE GIRO AFETAM TEMPORALMENTE AS RECEITAS

Leia mais

Resultados 2T12 / 1S12

Resultados 2T12 / 1S12 Abril Educação encerrou o 2T12 com uma receita líquida de R$ 102,5 milhões e crescimento de 28% sobre 2T11. São Paulo, 14 de agosto de 2012 - A Abril Educação S.A. (BM&FBOVESPA: ABRE11) divulga seus resultados

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11

Apresentação de Resultados 2T11 Apresentação de Resultados 2T11 Aviso Legal Aviso Legal Encontra-se em curso a distribuição pública inicial primária e secundária de certificados de depósitos de ações ( Units ) de emissão da Abril Educação

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 14 de Maio de 2013 Resultados Resultados 4T13/2013 13 de Maio de 2014 28 de Fevereiro de 2014 Destaques do Período Receita Líquida - R$ mm EBITDA ajustado & Margem (%) - R$ mm

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 14 de Maio de 2013 Resultados / 13 de Agosto de 2013 Destaques 1 2 3 4 5 6 7 Geração de Caixa de R$ 78,0 milhões no, um crescimento de 26% vs. 2T12. No semestre, o total

Leia mais

EBITDA SOBE 23% NO ANO, QUE SE ENCERRA COM FORTE CAPTAÇÃO EM SISTEMAS DE ENSINO E CRESCIMENTO DO GRUPO OMETZ

EBITDA SOBE 23% NO ANO, QUE SE ENCERRA COM FORTE CAPTAÇÃO EM SISTEMAS DE ENSINO E CRESCIMENTO DO GRUPO OMETZ EBITDA SOBE 23% NO ANO, QUE SE ENCERRA COM FORTE CAPTAÇÃO EM SISTEMAS DE ENSINO E CRESCIMENTO DO GRUPO OMETZ São Paulo, 27 de fevereiro de 2014 - A Abril Educação S.A. (BM&FBOVESPA: ABRE11) divulga seus

Leia mais

RECEITA LÍQUIDA ALCANÇA R$ 374,7 MILHÕES NO 1T15

RECEITA LÍQUIDA ALCANÇA R$ 374,7 MILHÕES NO 1T15 RECEITA LÍQUIDA ALCANÇA R$ 374,7 MILHÕES NO 1T15 São Paulo, 11 de maio de 2015 - A Abril Educação S.A. (BM&FBOVESPA: ABRE3) divulga seus resultados do 1º trimestre de 2015 (1T15). Os comentários aqui incluídos

Leia mais

Apresentação Institucional Novembro 2014

Apresentação Institucional Novembro 2014 Apresentação Institucional Novembro 2014 O Mercado de Educação Mercado Potencial da ABRE O segmento de Ensino Básico é muito maior que o segmento de Ensino Superior... 84% dos estudantes do Brasil estão

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

Expansão do Foco para consolidar a liderança

Expansão do Foco para consolidar a liderança Novembro, 2012 Expansão do Foco para consolidar a liderança Longa tradição em Educação Novo foco Spin-off Spin-off da Abril S.A., 100% controlada pela Família Civita Abril S.A. adquire as editoras Ática

Leia mais

BTG Pactual V LatAm CEO Conference Outubro 2014

BTG Pactual V LatAm CEO Conference Outubro 2014 BTG Pactual V LatAm CEO Conference Outubro 2014 O Mercado de Educação Mercado Potencial da ABRE O segmento de Básico é muito maior que o segmento de Superior... 84% dos estudantes do Brasil estão no Básico

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS - CONSOLIDADA

DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS - CONSOLIDADA ABRIL EDUCAÇÃO ENCERRA SEGUNDO TRIMESTRE COM RECEITA DE R$ 164,7 MILHÕES COM AVANÇO DE 61%, EM RELAÇÃO AO MESMO TRIMESTRE DE 2012, E EBITDA DE R$ 24,8 MILHÕES. São Paulo, 12 de agosto de 2013 - A Abril

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T11

Apresentação de Resultados 3T11 Apresentação de Resultados 3T11 Aviso Legal Aviso Legal O presente documento não deve em nenhuma circunstância, ser considerado uma recomendação de investimento nas Units. Antes de investir nas Units,

Leia mais

Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas em 31 de dezembro de 2012 e Relatório dos Auditores Independentes

Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas em 31 de dezembro de 2012 e Relatório dos Auditores Independentes Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas em 31 de dezembro de 2012 e Relatório dos Auditores Independentes ABRIL EDUCAÇÃO S.A. Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro

Leia mais

Reunião APIMEC / Abril Educação

Reunião APIMEC / Abril Educação Reunião APIMEC / Abril Educação Aviso Legal Aviso Legal O presente documento não deve em nenhuma circunstância, ser considerado uma recomendação de investimento nas Units. Antes de investir nas Units,

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Resultados 2T15 17 de Agosto de 2015

Resultados 2T15 17 de Agosto de 2015 Resultados 17 de Agosto de 2015 Destaques Estratégicos Destaques do Período Eventos Subsequentes 18 de Junho de 2015 Assinatura do contrato de aquisição da Saraiva Educação. A aquisição está sujeita a

Leia mais

Comentários de Desempenho ITR 2T/11 Mensagem da Administração O segundo trimestre de 2011 encerrou-se com importantes avanços no desenvolvimento da Abril Educação e na execução de sua estratégia de diversificação

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Raízen Combustíveis S.A.

Raízen Combustíveis S.A. Balanço patrimonial consolidado e condensado (Em milhares de reais, exceto quando indicado de outra forma) Ativo 30.06.2014 31.03.2014 Passivo 30.06.2014 31.03.2014 Circulante Circulante Caixa e equivalentes

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões

Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões 2T07 Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões Rio de Janeiro, de 2007 A Estácio Participações (BOVESPA: ESTC11), maior organização

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11)

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11) QUALICORP REGISTRA CRESCIMENTO DO TRIMESTRE NO NÚMERO DE BENEFICIÁRIOS DE 18,5%, RECEITA LÍQUIDA DE 43,9%, EBITDA AJUSTADO DE 36,6% EM RELAÇÃO AO 2T10 1 São Paulo, 12 de agosto de 2011. A QUALICORP S.A.

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do exercício encerrado

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos.

O Lucro Líquido do 1T12 foi de R$2,5 MM, superior em R$10,7 MM ao prejuízo do 1T11, de R$8,2 MM negativos. São Paulo, 13 de maio de 2013 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do primeiro trimestre de 2012 (). As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00

RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 1T10 156.512.000,00 RELATÓRIO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES RESULTADOS 156.512.000,00 Resultados do RESULTADOS São Paulo, 14 de maio de 2010 A BRADESPAR [BM&FBOVESPA: BRAP3 (ON), BRAP4 (PN); LATIBEX: XBRPO (ON), XBRPP (PN)]

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 3T14 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS (R$ MILHÕES) 3T13 3T14 Var.% 9M13 9M14 Var.% RECEITA LÍQUIDA 315,8 342,8 8,5% 858,4 937,5 9,2% EBITDA AJUSTADO¹ 67,1 78,3 16,7% 157,5

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

Unidade II ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

Unidade II ESTRUTURA DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS Unidade II DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA (DFC) 3 INTRODUÇÃO 1 2 A demonstração dos fluxos de caixa (DFC), a partir de 01/01/08, passou a ser uma demonstração obrigatória, conforme estabeleceu a lei

Leia mais

Earnings Release 4T14

Earnings Release 4T14 Santo André, 05 de fevereiro de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo da América Latina, informa aos seus acionistas e demais participantes

Leia mais

Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2014

Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2014 Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2014 Barueri, 04 de março de 2014. Apresentação de Resultados 4T14 A Tempo Participações S.A. (BM&FBovespa: TEMP3; Reuters: TEMP3.SA; Bloomberg: TEMP3 BZ),

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais

Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas em 31 de dezembro de 2013 e Relatório dos Auditores Independentes

Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas em 31 de dezembro de 2013 e Relatório dos Auditores Independentes Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras Individuais e Consolidadas em 31 de dezembro de 2013 e Relatório dos Auditores Independentes ABRIL EDUCAÇÃO S.A. Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2011 e Relatório dos Auditores Independentes

Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2011 e Relatório dos Auditores Independentes Abril Educação S.A. Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2011 e Relatório dos Auditores Independentes ABRIL EDUCAÇÃO S.A. Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2011 e Relatório dos Auditores

Leia mais

Receita bruta de Serviços Logísticos recorde de R$ 3.659,8 (+19,0%) e EBITDA da JSL Consolidada de R$ 713,6 (+16,9%), cumprimento do guidance 2013

Receita bruta de Serviços Logísticos recorde de R$ 3.659,8 (+19,0%) e EBITDA da JSL Consolidada de R$ 713,6 (+16,9%), cumprimento do guidance 2013 Mogi das Cruzes, 25 de fevereiro de 2014 A JSL (BM&FBOVESPA: JSLG3 e ADR Nível 1: JSLGY), empresa com o mais amplo portfólio de serviços logísticos do Brasil e líder em seu segmento em termos de receita

Leia mais

Demonstrativo de Preço

Demonstrativo de Preço 11:24 1/13 Demonstrativo de Preço 1. Sumário das Análises Apresentadas Nas análises apresentadas nesse documento demonstramos: (i) Como foi atingido o valor implícito da Telemig Celular (Operadora) (ii)

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA CAPÍTULO 33 Este Capítulo é parte integrante do Livro Contabilidade Básica - Finalmente Você Vai Entender a Contabilidade. 33.1 CONCEITOS A demonstração dos fluxos de caixa evidencia as modificações ocorridas

Leia mais

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 Resultados 1º Trimestre 2015 13.05 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 RECEITA LÍQUIDA ATINGE R$ 68,5 MILHÕES NO 1T15, CRESCIMENTO DE 7,1% EM RELAÇÃO AO 1T14. EBITDA CONSOLIDADO ATINGE R$ 7,8 MILHÕES, QUEDA

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Maratona Fiscal ISS Contabilidade geral

Maratona Fiscal ISS Contabilidade geral Maratona Fiscal ISS Contabilidade geral 1. Em relação ao princípio contábil da Competência, é correto afirmar que (A) o reconhecimento de despesas deve ser efetuado quando houver o efetivo desembolso financeiro

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1T12

EARNINGS RELEASE 1T12 São Paulo, 16 de maio de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do 1º trimestre

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T15

Apresentação de Resultados 1T15 Apresentação de Resultados 1T15 1 Destaques do Período Início da operação comercial de quatro parques do LEN A-3 2011 Início da operação comercial: 04 de março de 2015 Os outros 5 parques serão conectados

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do exercício encerrado

Leia mais

Vamos, então, à nossa aula de hoje! Demonstração de Fluxo de Caixa (2.ª parte) Método Indireto

Vamos, então, à nossa aula de hoje! Demonstração de Fluxo de Caixa (2.ª parte) Método Indireto Olá, pessoal! Aqui estou eu de novo, para continuar o assunto da aula passada: Fluxo de Caixa e Demonstração do Fluxo de Caixa. Assunto da maior importância, que está sendo cobrado nos atuais concursos

Leia mais

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques

1T05. Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005. Resultado do 1 o trimestre de 2005. Principais Destaques Celesc apresenta lucro líquido de R$ 23 milhões no 1 o trimestre de 2005 Divulgação Imediata Cot. da Ação PNB CLSC6) em 31/03/05: R$ 0,90/ação Valoriz. No 1T05: -16% Valor de Mercado R$ : 694 milhões US$

Leia mais

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09

GERDAU S.A. Informações consolidadas 1T09 07/05/09 Visão Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. Missão A Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que busca satisfazer as necessidades dos clientes e criar valor para os

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 1º Trimestre de 2013 . São Paulo, 13 de maio de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set

Evolução do lucro líquido (em milhões de reais) - jan fev mar abr mai jun jul ago set DISCUSSÃO E ANÁLISE PELA ADMINISTRAÇÃO DO RESULTADO NÃO CONSOLIDADO DAS OPERACÕES: PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2001 COMPARATIVO AO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2000 (em milhões de reais, exceto

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2013 . São Paulo, 31 de outubro de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga

Leia mais

METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2011

METANOR S.A. Metanol do Nordeste Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2011 METANOR S.A. Camaçari - Bahia - Brasil Relatório da Administração de 2011 Senhores Acionistas, Em conformidade com as disposições legais e estatutárias, a administração da METANOR S.A. submete à apreciação

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T14

EARNINGS RELEASE 2T14 Receita Bruta de R$ 241,8 milhões no e R$ 533,9 milhões no 1S14 Ebitda de R$ 21,2 milhões no e R$ 51,4 milhões no 1S14 São Paulo, 13 de agosto de 2014 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa

Leia mais

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007

Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007. 11 de março de 2007 Apresentação de Resultados 4º Trimestre de 2007 11 de março de 2007 Aviso Reorganização Societária e Apresentação das Demonstrações Financeiras As informações financeiras do ano de 2006 aqui apresentadas

Leia mais

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000

A TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. DIVULGA O RESULTADO DO QUARTO TRIMESTRE DE 2000 E DO ANO DE 2000 TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. João Cox Vice Presidente de Finanças e Diretor de Relações com Investidores jcox@telepart.com.br 0XX61-429-5600 Leonardo Dias Gerente de Relações com Investidores

Leia mais

ABDE Associação Brasileira de Desenvolvimento

ABDE Associação Brasileira de Desenvolvimento TAX ABDE Associação Brasileira de Desenvolvimento Ativo diferido de imposto de renda da pessoa jurídica e de contribuição social sobre o lucro líquido aspectos fiscais e contábeis Outubro de 2014 1. Noções

Leia mais

Divulgação de Resultados 3T05

Divulgação de Resultados 3T05 Localiza Anuncia EBITDA de R$70,8 milhões no 3T05 Receita Líquida cresce 49,1% e EBITDA cresce 31,1% Belo Horizonte, 8 de novembro de 2005 - A Localiza Rent A Car S.A. (Bovespa: RENT3), a maior rede de

Leia mais

Apresentação dos Resultados 3T06

Apresentação dos Resultados 3T06 Apresentação dos Resultados 3T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

Curso Extensivo de Contabilidade Geral

Curso Extensivo de Contabilidade Geral Curso Extensivo de Contabilidade Geral Adelino Correia 4ª Edição Enfoque claro, didático e objetivo Atualizado de acordo com a Lei 11638/07 Inúmeros exercícios de concursos anteriores com gabarito Inclui

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

INVESTCO S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

INVESTCO S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO INVESTCO S.A. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Aos Srs. Acionistas Investco S.A. Anexo I - Comentários dos Diretores da Companhia Contas dos Administradores referentes ao exercício social encerrado em 31.12.2012.

Leia mais

As informações não contábeis da Profarma não foram revisadas pelos auditores independentes.

As informações não contábeis da Profarma não foram revisadas pelos auditores independentes. Earnings Release 1T14 Earnings Release e ano Earnings Release Earnings Releases e ano 1T14 Receita bruta consolidada atinge R$ 4,0 bilhões em, com destaque para a divisão Distribuição Farma, com crescimento

Leia mais

Dividendos a Receber A Ações de Controladas Cia B 100.000,00

Dividendos a Receber A Ações de Controladas Cia B 100.000,00 Bom dia, caros colegas! Mais uma vez é um enorme prazer conversar com vocês sobre contabilidade avançada. Desta vez trago as questões de contabilidade avançada do concurso de Auditor Fiscal de Tributos

Leia mais

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC Contabilidade Avançada Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Prof. Dr. Adriano Rodrigues Normas Contábeis: No IASB: IAS 7 Cash Flow Statements No CPC: CPC 03 (R2) Demonstração dos Fluxos de Caixa Fundamentação

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 São Paulo, Brasil, 15 de maio de 2008 - A Le Lis Blanc Deux Comércio

Leia mais

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016.

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016. RELEASE DE RESULTADOS Relações com Investidores Marcelo Moojen Epperlein Diretor-Presidente e de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brinsurance.com.br Ana Carolina Pires Bastos Relações com

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Análise Setorial. Sabesp // Minerva // Suzano //CPFL // CESP SABESP (SBSP3)

Análise Setorial. Sabesp // Minerva // Suzano //CPFL // CESP SABESP (SBSP3) Análise Setorial Sabesp // Minerva // Suzano //CPFL // CESP SABESP (SBSP3) A Sabesp divulgou ontem (09/05/2013, após o encerramento do mercado, seus números referentes ao primeiro trimestre de 2013. O

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações financeiras do exercício

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 13

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 13 Resultados Janeiro Março / 2011 ÍNDICE MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO 1 DESTAQUES 2 RECEITAS OPERACIONAIS 4 GASTOS OPERACIONAIS 6 DADOS FINANCEIROS 8 NOTAS ADICIONAIS 11 MERCADO DE CAPITAIS 13 DIVIDENDOS E

Leia mais

GTD PARTICIPAÇÕES S.A.

GTD PARTICIPAÇÕES S.A. GTD PARTICIPAÇÕES S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS REFERENTES AOS EXERCÍCIOS FINDOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2009 E 2008 E PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES GTD PARTICIPAÇÕES S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

Leia mais

Resultados 2T13 e 1S13

Resultados 2T13 e 1S13 Resultados 2T13 e 1S13 Relações com Investidores RSID3: R$ 2,87 por ação OTC: RSRZY Total de ações: 428.473.420 Valor de mercado: R$ 1,3 bilhão Teleconferência 15 de Agosto de 2013 Em Português com Tradução

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº. 1.265/09. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO CFC Nº. 1.265/09. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, NOTA - A Resolução CFC n.º 1.329/11 alterou a sigla e a numeração desta Interpretação de IT 12 para ITG 12 e de outras normas citadas: de NBC T 19.1 para NBC TG 27; de NBC T 19.7 para NBC TG 25; de NBC

Leia mais

Operadora: Alexandre Dias:

Operadora: Alexandre Dias: Operadora: Boa tarde, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência de resultados do 3T da Anhanguera Educacional. Hoje nós temos a presença do Sr. Alexandre Dias, CEO da Companhia, Sr. Ricardo

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 Divulgação de Resultados 3T09 DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 - VENDAS CONTRATADAS DE R$242,7 MILHÕES NO 3T09, COM VSO 45% - - EBITDA DE R$35,0 MILHÕES, COM 31,1% DE MARGEM EBITDA

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 11 de fevereiro de 2010. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Relatório de Resultados 2T 2015

Relatório de Resultados 2T 2015 MMX - Resultados Referentes ao 2º trimestre de 2015 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2015 A MMX Mineração e Metálicos S.A. ( Companhia ou MMX ) (Bovespa: MMXM3) anuncia seus resultados referentes ao 2º

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

Capital/Bolsa Capital/ Balcão. Mesmas informações para os 2 últimos exercícios

Capital/Bolsa Capital/ Balcão. Mesmas informações para os 2 últimos exercícios Identificação das pessoas responsáveis pelo formulário Capital/Bolsa Capital/ Balcão Declaração do Presidente e do Diretor de Relação com Investidores Dívida / Investimento Coletivo IAN Apenas informações

Leia mais