Grupo Nestlé em Portugal

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grupo Nestlé em Portugal"

Transcrição

1 Dossier de Imprensa Grupo Nestlé em Portugal Maio de 2012

2 Com sede em Vevey, na Suíça, o Grupo Nestlé é líder mundial no mercado da alimentação humana e animal. Companhia Mundial de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar, uma preocupação reflectida no nosso posicionamento Good Food, Good Life, procuramos proporcionar aos nossos consumidores os melhores alimentos ao longo de toda a sua vida, combinando o gosto e o prazer, a segurança e a qualidade com uma mais valia nutricional. O exercício físico desempenha um papel essencial em conjunto com uma alimentação rica e equilibrada Henri Nestlé A Nestlé surge, em 1866, pela mão de Henri Nestlé, químico suíço e inventor da Farinha Láctea Henri Nestlé, um produto que, após várias combinações de leite de vaca com farinha e açúcar e contendo os nutrientes essenciais para a alimentação, viria revolucionar os hábitos alimentares infantis por toda a Europa. Preocupado com os elevados índices de mortalidade infantil, estudou e produziu, com enorme sucesso, uma farinha láctea que se revelou eficaz na alimentação das crianças nos primeiros meses de vida. Em 1905 deu-se a fusão da Anglo-Swiss Condensed Milk Company com a Sociedade Henri Nestlé. A partir deste momento o Grupo NESTLÉ inicia uma expansão sem limites, chegando a numerosos países, onde instala novas unidades operacionais, adquire ou junta-se a empresas locais e desenvolve inúmeros produtos novos. A Nestlé, Companhia Mundial de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar Hoje, a Nestlé é a Companhia Mundial de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar, dedicando-se a proporcionar aos seus consumidores os melhores alimentos ao longo de toda a sua vida. Operando nos cincos continentes, com fábricas em 83 países, a Nestlé emprega cerca de 327,000 colaboradores e, em 2011, atingiu um volume de negócios anual de 83,642 milhões de francos suíços (69,642 mil milhões de EUR). A Nestlé possui cerca de 461 fábricas onde são processadas as matérias-primas básicas: leite, café, cacau, cereais, carne, vegetais, frutas, transformando-as em produtos bastante conhecidos de todos nós. Nestlé Portugal, S.A. No início do século, tal como no resto da Europa, também Portugal sofreu uma grave crise ao nível da alimentação infantil. Ciente destas dificuldades, o Professor Egas Moniz, mais tarde Prémio Nobel da Medicina (1949), impulsionou a indústria leiteira do nosso país, criando a primeira fábrica de leite em pó, em Avanca, no ano de 1923 a Sociedade de Produtos Lácteos, Lda. que viria a ser o berço da NESTLÉ em Portugal. A Fábrica de Avanca foi muito bem aceite por pediatras e dietistas que acolheram da melhor forma possível estas inovações tecnológicas. Com o apoio permanente do Prof. Egas Moniz, que foi acompanhando a par e passo a vida e obra de Henri Nestlé, a Sociedade de Produtos Lácteos, Lda. obtém em 1933 o exclusivo de fabricação e comercialização dos produtos com a marca NESTLÉ. Através de aquisições locais e/ou internacionais, a Nestlé soube implementar-se na comunidade envolvente, adequando os seus produtos globais aos gostos locais. Actualmente, a Nestlé Portugal emprega colaboradores e está presente nos mercados da nutrição infantil e clínica, bebidas quentes, cafés torrados, achocolatados, chocolates, ultracongelados, culinários, cereais de pequeno-almoço, gelados, águas e alimentação para animais de companhia. Oferece ao consumidor uma ampla gama de produtos alimentares que o acompanham ao longo de toda

3 a sua vida. Em 2011, atingiu um volume de negócios na ordem dos 624 milhões de euros e é líder na maioria das categorias onde estão presentes os seus produtos. Estrutura A sede da Nestlé Portugal, S.A. está localizada em Linda-a-Velha, no concelho de Oeiras. Internamente, a empresa está dividida em Direcções que englobam Unidades. A área corporativa é constituída por Finanças, Relações Corporativas, Recursos Humanos, Produção, Serviços Corporativos e Comunicação enquanto que a área operacional é constituída pelas Direcções Marketing Alimentação, Vendas Alimentação, Cafés Torrados/Nestlé Professional e Gelados. Dentro do universo Nestlé existem ainda estruturas de negócio que pela sua definição a nível internacional, possuem uma gestão verticalizada a nível ibérico ou europeu. A Nestlé Nutrition, o negócio de nutrição infantil e clínica, a Nestlé Purina PetCare, o negócio de alimentação para animais de Companhia, a Nespresso, o negócio de café em cápsulas, e a Nestlé Waters Direct, o negócio de água engarrafada para escritórios e lar. Existem ainda duas joint ventures criadas para a exploração conjunta de um mesmo negócio. A Cereal Partners Worldwide resultou de uma parceria a 50/50 entre a Nestlé e a General Mills para o mercado dos cereais de pequenoalmoço. Já em 2006, nasceu a parceria entre a Lactalis e a Nestlé que deu origem à Lactalis Nestlé Produits Frais para o mercado dos iogurtes e sobremesas lácteas. Presença em Portugal A Nestlé, em Portugal, possui quatro fábricas e dezanove centros de distribuição. As fábricas encontram-se distribuídas pelo Norte e Sul do País. A fábrica localizada no Porto encontra-se vocacionada para a produção exclusiva de café torrado em grão. A fábrica de Avanca localizada no concelho de Estarreja é um modelo de excelência no universo Nestlé no que diz respeito à produção de cereais de pequeno-almoço (Estrelitas, Chocapic, Nesquik e Trio) e cereais infantis (Cerelac e Nestum) bem como achocolatados e leite em pó, misturas de café e sucedâneos de café solúveis, produtos direccionados à restauração e natas refrigeradas. A fábrica de Lagoa, situada na ilha de S. Miguel, Açores, está vocacionada para a produção de leite em pó. A fábrica de águas da Nestlé Waters Direct localiza-se em Coruche. Os centros de distribuição encontramse localizados um pouco por todo o País: Braga, Matosinhos, Vila Real, Porto, Avanca, Oliveira de Azeméis, Viseu, Coimbra, Castelo Branco, Leiria, S. João da Talha, Abrunheira, Carnaxide, Montemor-o-Novo, Seixal, Coruche, Tunes, Loulé e Madeira. Volume de Negócios 1 Em 2011, o volume de negócios do Grupo Nestlé em Portugal ascendeu aos 624 milhões de Euros enquanto as exportações alcançaram os 80 milhões de Euros, o que representa um crescimento de 27,3% em relação ao ano anterior. Os principais países para os quais exportamos são Espanha, Itália, Grécia, França, Reino Unido, Holanda, Rússia, Ucrânia, Roménia, Cabo Verde e Angola. Os produtos mais exportados foram leites, cereais infantis, bebidas, cereais de pequeno-almoço, cafés torrados e baby foods. No total das suas vendas a inovação contribuiu com 14% (84 milhões de euros) e as exportações representaram 12,8% do volume de negócios. 1.O volume de negócios inclui as vendas relativas às empresas Nestlé Portugal, S.A; Prolacto Lacticínios de São Miguel, S.A; Cereal Associados Portugal, AEIE e Nestlé Waters Direct Portugal, S.A.

4 Pilares Nestlé Inovação & Renovação Com uma forte tradição na pesquisa e no desenvolvimento de novos produtos e novas fórmulas, a Nestlé investe por ano cerca de mil milhões de euros em pesquisa no campo das ciências da nutrição, cujos resultados são incorporados nos produtos que produzimos e nas actividades que desenvolvemos. Como Companhia de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar, baseada na investigação científica, a Nestlé tem vindo a desenvolver, desde há largos anos, acções concretas no sentido de melhorar o perfil nutricional dos alimentos que produz e comercializa. A título de exemplo: - Cereais de Pequeno-Almoço: Todas as marcas de cereais de pequeno-almoço têm na sua composição cereais integrais oferecendo aos consumidores, crianças e adultos, uma mais-valia nutricional uma vez que o cereal integral mantém os nutrientes naturais como as vitaminas B e E, os antioxidantes, as proteínas e os hidratos de carbono complexos, para além da fibra, conservando o mesmo sabor de sempre dos cereais da Nestlé. - BOLERO, uma bebida à base de cereais (cevada, chicória e centeio), sem café e que contém 18% de fibra, foi enriquecida com inulina, uma fibra vegetal solúvel (pré-biótico), que ajuda à regulação do funcionamento do organismo uma vez que contribui para o bom funcionamento intestinal, estimula a absorção do cálcio e favorece o controlo de peso e dos níveis de colesterol. - A Nestlé desenvolveu novas fórmulas infantis (NAN PREMIUM) graças a um novo processo tecnológico patenteado pela Nestlé que permite uma maior aproximação à composição do leite materno. Também na gama de refeições e frutas para bebés têm sido lançadas variedades sem qualquer adição de açúcar, optimizando a sua qualidade nutricional. Qualidade A qualidade é um pilar básico e fundamental na política Nestlé. Desde a aquisição das matériasprimas até ao produto final que chega às mãos do consumidor, todos as etapas na cadeia de produção são cumpridas com o máximo rigor com vista a assegurar os mais elevados padrões de segurança alimentar, para que o produto resultante seja seguro e de elevada qualidade nutricional. Nutrição, Saúde e Bem-Estar Companhia de Alimentação, Nutrição, Saúde e Bem-Estar, a Nestlé acredita que o bem-estar físico e mental passa por um estilo de vida saudável onde o exercício físico desempenha um papel fundamental em conjunto com uma alimentação variada, completa e equilibrada. Acreditamos que numa dieta equilibrada, não há bons nem maus alimentos, mas sim estilos de vida mais ou menos saudáveis, uma vez que todos os alimentos desempenham um papel importante na nossa alimentação. A Nestlé está comprometida com a promoção de estilos de vida activos e saudáveis e de dietas equilibradas. Esta dimensão, enquanto preocupação corporativa, está bem reflectida no nosso posicionamento Good Food, Good Life. É compromisso da Nestlé proporcionar aos seus consumidores um veículo que lhes permita fazer escolhas nutricionalmente acertadas. Assim, a Nestlé desenvolveu uma nova forma de apresentação da informação nutricional dos produtos ajudando o consumidor a fazer uma escolha mais adequada às suas necessidades e portanto mais saudável: o Compasso Nutricional Nestlé está implementado em todos os seus produtos. Desta forma, o consumidor

5 pode consultar facilmente a tabela de informação nutricional mas também perceber como deve integrar esse alimento no seu estilo de vida, adequando-o à sua realidade. Consumidores A Nestlé é uma Companhia orientada para o consumidor que adapta os seus produtos globais os gostos e desejos locais dos países onde se encontra. Estamos comprometidos a ouvir os nossos consumidores e a interagir com centenas de milhares de consumidores por ano através das nossas linhas de serviço ao consumidor, web sites, mailings e outros meios de contacto. Estamos comprometidos com a resposta às preferências dos consumidores e levamos a cabo exaustivos estudos de mercado dos nossos produtos envolvendo os consumidores, de forma a assegurar que estes preferem os nossos produtos aos da concorrência. A Comunicação da Nestlé com o Consumidor é baseada em Princípios Básicos definidos nos Nestlé Consumer Communication Principles e que se encontram plasmados nos nossos Nestlé Corporate Business Principles. Estes Princípios Básicos preconizam, entre outros, uma publicidade moderada no que diz respeito ao consumo alimentar e o não encorajamento do consumo excessivo, a apresentação sempre que possível de crianças em actividades saudáveis e energéticas, o desenvolvimento de uma comunicação adequada a uma dieta saudável e equilibrada e o não menosprezo da autoridade dos pais e/ou tutores na sua comunicação. Aquando da comunicação de benefícios dos produtos da Nestlé, uma sólida base científica é um requerimento imperativo. A Nestlé subscreveu, em Setembro de 2005, o Código de Boas Práticas na Comunicação Comercial para Menores da Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN). Os deveres e obrigações aos quais estamos vinculados neste momento através do Código de Boas Práticas na Comunicação Comercial para Menores da APAN encontram-se na mesma linha de orientação daqueles já seguidos pela Nestlé vindo apenas a enfatizar a nossa forte orientação para o consumidor, para as crianças e para uma comunicação responsável com as mesmas, bem como na promoção de estilos de vida saudáveis através de uma dieta equilibrada. Colaboradores A Nestlé considera os seus colaboradores o activo mais valioso da Companhia. O envolvimento a todos os níveis baseia-se numa comunicação transparente e no estímulo para a emissão de sugestões e propostas de melhoria. A Nestlé aposta largamente no desenvolvimento dos seus recursos humanos e coloca ao seu alcance todos os instrumentos para a sua concretização efectiva. A formação assume-se, pois, de importância crucial para a Nestlé pois permite assegurar uma aprendizagem de qualidade ao longo da carreira dos seus colaboradores no sentido do desenvolvimento das suas competências e na melhoria do seu desempenho, gerando uma maior motivação. Responsabilidade Social Criação de Valor Partilhado O conceito Nestlé de Responsabilidade Social Corporativa (RSC) é o resultado de um estudo pedido pela Nestlé à Foundation Strategy Group e teorizado pelos Professores Michael Porter (Harvard University) e Mark Kramer (Harvard University / Foundation Strategy Group) após uma análise profunda das práticas da Nestlé em todo o mundo, com especial incidência na América Latina. Com base nessa análise, os Professores Michael Porter e Mark Kramer segmentam a cadeia de valor da Nestlé em três fases distintas agricultura e aprovisionamento; produção e

6 distribuição; produtos e consumidores e desenvolvem uma estrutura que reflecte o impacto e o contributo das actividades da Nestlé em cada uma dessas fases, concluindo que a Nestlé não se limita apenas à prática do negócio, mas procura que o resultado dos impactos gerados pelas suas actividades se traduza numa partilha sustentada do valor criado por todos os stakeholders envolvidos: consumidores, clientes, fornecedores, colaboradores, accionistas e comunidade em geral. Operando numa perspectiva de longo prazo, pretendemos ultrapassar o modelo convencional de RSC, criando valor acrescentado em cada etapa da nossa cadeia de valor e fazendo da partilha desse valor um factor de competitividade da empresa a longo prazo. Trata-se de um conceito inovador, pois não responde a critérios ou a padrões standard na área da RSC mas é intrínseco a todo o negócio da Nestlé, dado que é nosso compromisso fazer com que todas as actividades da Nestlé sejam potencialmente geradoras de benefícios sociais. O Relatório da Nestlé sobre a Criação de Valor Partilhado, lançado em Março de 2008, é o primeiro relato global de responsabilidade social corporativa da Nestlé cujas áreas centrais da criação de valor partilhado são medidas por indicadores de desempenho. Também pela primeira vez a Nestlé auscultou a opinião de alguns stakeholders relativamente à sua própria estratégia de criar e partilhar valor, das temáticas prioritárias, da comunicação e do reporte. Este Relatório reflecte as áreas focadas e para as quais foram definidos indicadores de desempenho: a agricultura, a produção, a cadeia de aprovisionamento as pessoas, os produtos, os consumidores e a comunicação. Gestão Ambiental A Nestlé aderiu à Carta das Empresas para o Desenvolvimento Sustentável da Câmara de Comércio Internacional (CIC). Esta Carta requer o estabelecimento de políticas, programas e práticas que assegurem a condução das operações com respeito pelo meio ambiente. Em 2002, e em conjunto com outras empresas do sector alimentar, a Nestlé, como membro fundador, aderiu à Iniciativa Agrícola Sustentável (IAS), tendo por objectivo implementar standards de produção sustentada comuns, no que diz respeito às melhores práticas agrícolas e à cadeia de aprovisionamento. Internamente, a Nestlé criou a Iniciativa Agrícola Sustentável da Nestlé, uma plataforma específica que diz respeito à cadeia de aprovisionamento de matériasprimas. Procura, através da mesma, assegurar os requisitos de segurança alimentar e a qualidade dos seus produtos desde a origem até ao consumidor. Uma vez que a Nestlé não se envolve em actividades agrícolas próprias, apoia sistemas de produção agrícola que sejam economicamente viáveis, socialmente aceitáveis e ecologicamente saudáveis e, em consequência, incentivem práticas agrícolas sustentáveis. O Grupo Nestlé, a nível mundial, dispõe de um sistema de gestão ambiental denominado NEMS Nestlé Environmental Management System cujos objectivos são: assegurar o respeito da legislação e das políticas ambientais da Nestlé, melhorar de forma contínua a performance ambiental da Nestlé, contribuir para o desenvolvimento sustentável e alinhamento com a norma ISSO O NEMS aplica-se, de forma mandatória, a todas as actividades da Nestlé que possam ter impacto directo ou indirecto sobre o meio-ambiente. Cada gota conta... Desde o início da sua actividade a Nestlé compromete-se com práticas empresariais sustentáveis e tem investido consideravelmente nesta área. Um exemplo dessa dedicação é a gestão dos recursos hídricos, indispensáveis à nossa sobrevivência. Como Companhia líder em alimentação e bebidas, a Nestlé considera a água uma prioridade chave para a fabricação dos seus produtos alimentares e para a confecção dos mesmos pelos seus consumidores. Na prática, em que se traduz esta preocupação?

7 Por todo o Mundo, a Nestlé dispõe de cerca de 160 Estações de Tratamento de Águas Residuais e impõe corporativamente o objectivo de reduzir, por ano, 3% na quantidade de água utilizada por cada quilo de produto fabricado, ao mesmo tempo que procura promover a gestão sustentável da água através da partilha das suas boas práticas com os agricultores. Envolve-se directamente em projectos que possibilitem o acesso a água potável a comunidades rurais bem como veicula água potável para zonas atingidas por desastres humanitários. Desenvolve não só pesquisa científica, relacionando água e obesidade, abordando o potencial da água como parte integrante de uma dieta saudável e equilibrada bem como promove o debate em torno da gestão dos recursos hídricos através do relacionamento que estabelece com grupos de interesse por todo o Mundo. A Nestlé investe na gestão sustentada da água procurando limitar o seu consumo e desperdício. The Nestlé Water Management Report, publicado em 2007, vem reforçar a importância do recurso natural mais valioso do planeta: a Água. Os dados apresentados neste Relatório demonstram o forte compromisso assumido pela Nestlé na gestão sustentada dos recursos hídricos através da redução do consumo de água resultante da sua actividade. A Nestlé investe na gestão sustentada da água procurando limitar o seu consumo e desperdício.

Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental

Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental A Nestlé, na qualidade de Companhia líder em Nutrição, Saúde e Bem-Estar, assume o seu objectivo

Leia mais

CRIAR E PARTILHAR VALOR

CRIAR E PARTILHAR VALOR CRIAR E PARTILHAR VALOR Brochura Corporativa Nestlé Portugal 2013 Criar e Partilhar Valor Nutrição Good Food, Good Life, é o posicionamento que traduz a preocupação da Nestlé com a Nutrição, Saúde e Bem-Estar,

Leia mais

APOGOM. Compromissos da indústria alimentar sobre Alimentação, Actividade Física e Saúde

APOGOM. Compromissos da indústria alimentar sobre Alimentação, Actividade Física e Saúde APOGOM Compromissos da indústria alimentar sobre Alimentação, Actividade Física e Saúde É hoje amplamente reconhecido que o aumento significativo de certas doenças não transmissíveis (tais como as doenças

Leia mais

CRIAR E PARTILHAR VALOR

CRIAR E PARTILHAR VALOR CRIAR E PARTILHAR VALOR Brochura Corporativa Nestlé Portugal 2015 Criação de Valor Partilhado Nutrição Good Food, Good Life é o posicionamento que traduz a preocupação da Nestlé com a Nutrição, Saúde e

Leia mais

Energy Target Setting

Energy Target Setting Energy Target Setting 1 A mudança comportamental está na base de toda e qualquer alteração que queiramos provocar, seja no contexto empresarial ou outro. No caso específico da eficiência energética é crítico

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Gestão de Santarém. Plano de Marketing

Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Gestão de Santarém. Plano de Marketing Plano de Marketing Curso: Marketing e Publicidade Cadeira: Marketing II Docente: Dr. Fernando Gaspar Discente: Alexandra Marujo_9006 Ano lectivo: 2007/2008 1 Índice Introdução.pg 3 Macro ambiente..pg 3

Leia mais

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR

POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR POLÍTICAS DE COMPETITIVIDADE PARA O SECTOR AGRO-ALIMENTAR Prioridades Estratégicas Indústria Portuguesa Agro-Alimentar Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares XI LEGISLATURA 2009-2013 XVIII

Leia mais

Plano de Sustentabilidade da Unilever

Plano de Sustentabilidade da Unilever Unilever Plano de Sustentabilidade da Unilever Eixo temático Governança Principal objetivo da prática Para a Unilever, o crescimento sustentável e lucrativo requer os mais altos padrões de comportamento

Leia mais

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA

EDP. PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA EDP PREPARAR A ECONOMIA DO CARBONO Eficiência energética em alerta vermelho EMPRESA O Grupo EDP Energias de Portugal centra as suas actividades na produção, distribuição e comercialização de energia eléctrica,

Leia mais

28-06-2011. Onde? Como? O quê? Fórum Exportações AÇORES. - Caracterização e Potencial das Exportações Regionais - 1. Internacionalização

28-06-2011. Onde? Como? O quê? Fórum Exportações AÇORES. - Caracterização e Potencial das Exportações Regionais - 1. Internacionalização Fórum Exportações AÇORES Caracterização e Potencial das Exportações Regionais Gualter Couto, PhD Ponta Delgada, 27 de Junho de 2011 1. Internacionalização Internacionalização: Processo Estrutura Organizacional

Leia mais

Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal

Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal Primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde arranca em Portugal É hoje apresentada publicamente a primeira Unidade Empresarial de Serviços Partilhados em Saúde a funcionar em Portugal.

Leia mais

IBEROL SOCIEDADE IBÉRICA DE BIOCOMBUSTÍVEIS E OLEAGINOSAS, SA

IBEROL SOCIEDADE IBÉRICA DE BIOCOMBUSTÍVEIS E OLEAGINOSAS, SA IBEROL SOCIEDADE IBÉRICA DE BIOCOMBUSTÍVEIS E OLEAGINOSAS, SA APRESENTAÇÃO A IBEROL foi constituída em 1967, na altura com a denominação social de IBEROL Sociedade Ibérica de Oleaginosas, SARL. Tinha por

Leia mais

boas práticas da indústria

boas práticas da indústria boas práticas da indústria ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS BEBIDAS REFRESCANTES NÃO ALCOÓLICAS 1 A indústria das bebidas refrescantes não alcoólicas está consciente dos desafios que actualmente envolvem as sociedades

Leia mais

Relatório de Monitorização do Regime de Fruta Escolar. Ano lectivo 2010/2011

Relatório de Monitorização do Regime de Fruta Escolar. Ano lectivo 2010/2011 Relatório de Monitorização do Regime de Fruta Escolar Ano lectivo 2010/2011 Apreciação Geral A aplicação do Regime de Fruta Escolar (RFE) em Portugal tem os seguintes objectivos gerais: Saúde Pública:

Leia mais

Certificar para Ganhar o Futuro. Orador: Carla Pinto

Certificar para Ganhar o Futuro. Orador: Carla Pinto Certificar para Ganhar o Futuro Agenda APCER Quem Somos? Porquê Certificar para Ganhar o Futuro? Região da Beira Baixa como Mercado com Potencial Acções Previstas Quem Somos Início de actividade em 1996;

Leia mais

Gestão e tecnologia para PME s

Gestão e tecnologia para PME s www.sage.pt Gestão e tecnologia para PME s Sage Porto Sage Lisboa Sage Portugal A longa experiência que temos vindo a acumular no desenvolvimento de soluções integradas de software de gestão para as pequenas

Leia mais

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm

Para informação adicional sobre os diversos países consultar: http://europa.eu.int/information_society/help/links/index_en.htm Anexo C: Súmula das principais iniciativas desenvolvidas na Europa na área da Sociedade de Informação e da mobilização do acesso à Internet em banda larga Para informação adicional sobre os diversos países

Leia mais

POLÍTICA DE AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA

POLÍTICA DE AMBIENTE, QUALIDADE E SEGURANÇA HOMOLOGAÇÃO: José Eduardo Carvalho 14-03- Pág. 2 de 5 A Tagusgás subscreve a Política AQS da Galp Energia. A Política AQS da Tagusgás foi definida tendo em consideração os Objectivos Estratégicos do Grupo

Leia mais

ACQUALIVEEXPO. Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA

ACQUALIVEEXPO. Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA ACQUALIVEEXPO Painel A INTERNACIONALIZAÇÃO DO SECTOR PORTUGUÊS DA ÁGUA EVOLUÇÃO DO SECTOR DA ÁGUA NOS BALCÃS: O EXEMPLO DA SÉRVIA Lisboa, 22 de Março de 2012 1 1. Introdução A diplomacia económica é um

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE

MINISTÉRIO DO AMBIENTE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DO AMBIENTE O Ministério do Ambiente tem o prazer de convidar V. Exa. para o Seminário sobre Novos Hábitos Sustentáveis, inserido na Semana Nacional do Ambiente que terá

Leia mais

Breve Apresentação do Negócio

Breve Apresentação do Negócio CELEIRO-DIETA Breve Apresentação do Negócio DADOS DE CARACTERIZAÇÃO Designação Comercial Celeiro Dieta N.º Colaboradores N.º de Estabelecimentos 25 Dispersão Geográfica Nacional Facturação em 2010 Facturação

Leia mais

Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações

Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações Contributo do Balanced Scorecard para Competitividade Sustentável das Organizações Rita Almeida Dias 18 Setembro de 2012 2012 Sustentare Todos os direitos reservados Anterior Próximo www.sustentare.pt

Leia mais

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite para participar neste debate e felicitar os organizadores pela importância desta iniciativa. Na minha apresentação irei falar brevemente da

Leia mais

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto Estratégia Empresarial Capítulo 4 Missão e Objectivos João Pedro Couto ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pensamento Estratégico Análise do Meio Envolvente Análise da Empresa Análise Estratégica Missão, Objectivos

Leia mais

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados;

Permanente actualização tecnológica e de Recursos Humanos qualificados e motivados; VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos e electrónicos, oferecendo

Leia mais

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME

NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME NewVision Enquadramento do projecto de Qualificação e Internacionalização de PME 15.06.2010 Institucional \ Breve Introdução A NEWVISION é uma empresa Portuguesa de base tecnológica, que tem como objectivo

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

Nossa História. Ajudando o mundo a produzir os alimentos de que precisa

Nossa História. Ajudando o mundo a produzir os alimentos de que precisa Nossa História Ajudando o mundo a produzir os alimentos de que precisa O desafio é imenso: acabar com a fome, dobrar a produção de alimentos até 2050 e ajudar a reduzir o impacto ambiental da agricultura

Leia mais

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência 1. ALIMENTE-SE MELHOR Prevê-se que em 2025 1, só na Europa, o grupo etário mais idoso (acima dos 80 anos), passe de 21,4

Leia mais

INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO

INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO Janeiro 2004 INICIATIVA ESTRATÉGICA CONHECIMENTO E INOVAÇÃO 1 - OBJECTIVOS O Conhecimento é fonte de Desenvolvimento. A criação e transmissão do Conhecimento

Leia mais

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA

MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA MISSÃO, VISÃO, VALORES E POLÍTICA VISÃO Ser a empresa líder e o fornecedor de referência do mercado nacional (na área da transmissão de potência e controlo de movimento) de sistemas de accionamento electromecânicos

Leia mais

Parcerias com selo de excelência

Parcerias com selo de excelência Parcerias com selo de excelência I. Apresentação do Grupo Promor II. Rações III. Produção Animal IV. Indústria de Carnes V. Selecção Genética Parcerias com selo de excelência I. Apresentação do Grupo

Leia mais

01 - Apresentação QUEM SOMOS

01 - Apresentação QUEM SOMOS 2 01 - Apresentação QUEM SOMOS A Star Extras Line é uma empresa que fabrica e comercializa acessórios para o mercado automóvel after-market nas vertentes de 4X4, BODY PARTS e ACESSÓRIOS TUNING e OPCIONAIS.

Leia mais

INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050

INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050 INOVAR com SUSTENTABILIDADE ENERGIA IBERO-AMERICANA 2050 Lisboa, 26 de Novembro 2009 1. EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 2. MOBILIDADE SUSTENTÁVEL 3. EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO 4. DOUTORAMENTO EM MEIO EMPRESARIAL 5. OPEN

Leia mais

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ

DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ DATA: 05/05 AUDITÓRIO: OPERAÇÕES TEMA: SUSTENTABILIDADE NAS ORGANIZAÇÕES BRASILEIRAS: ONDE ESTAMOS? PALESTRANTE: NATHAN HERSZKOWICZ Planejamento Boa Gestão Consciência Política Sustent bilidade Participação

Leia mais

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com

Moçambique. Agenda EVENTOS 2013 NEW!! INSCREVA-SE EM. Também in Company. inscrip@iirportugal.com. VISITE www.iirportugal.com Moçambique Agenda EVENTOS 2013 NEW!! Também in Company INSCREVA-SE EM inscrip@iirportugal.com VISITE www.iirportugal.com INOVAÇÃO Estimado cliente, Temos o prazer de lhe apresentar em exclusiva o novo

Leia mais

Inovação e Organização. Professora Doutora Maria José Sousa

Inovação e Organização. Professora Doutora Maria José Sousa Inovação e Organização Professora Doutora Inovação 2 O CONCEITO Sumário 3 I - INTRODUÇÃO 1. Os conceitos de inovação e de inovação organizacional 2. A inovação no contexto actual das organizações A Inovação

Leia mais

Acreditamos que o seu sucesso é o nosso sucesso: Porque o todo é maior que a soma das partes.

Acreditamos que o seu sucesso é o nosso sucesso: Porque o todo é maior que a soma das partes. Acreditamos que o seu sucesso é o nosso sucesso: Porque o todo é maior que a soma das partes. Com 17 anos de história a Onebiz representa 6 áreas de negócio Conjunto de marcas Serviços especializados Liderança

Leia mais

O contributo de Jerónimo Martins para a saúde pública

O contributo de Jerónimo Martins para a saúde pública O contributo de Jerónimo Martins para a saúde pública 1 O contributo de Jerónimo Martins para a saúde pública Após a crise financeira de 2008, o consumidor da distribuição alimentar passou a estar mais

Leia mais

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020

Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 30 de julho de 2014 Resumo do Acordo de Parceria para Portugal, 2014-2020 Informações gerais O Acordo de Parceria abrange cinco fundos: Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional

Leia mais

Preferências alimentares individuais; Disponibilidade dos alimentos no mercado; Influência das propagandas no mercado, na televisão.

Preferências alimentares individuais; Disponibilidade dos alimentos no mercado; Influência das propagandas no mercado, na televisão. Nutrição na Infância e Adolescência A alimentação e a nutrição constituem requisitos básicos para a promoção e a proteção da saúde, possibilitando a afirmação plena do potencial de crescimento e desenvolvimento

Leia mais

SEMINÁRIO MAXIMIZAÇÃO DO POTENCIAL DA DIRETIVA SERVIÇOS

SEMINÁRIO MAXIMIZAÇÃO DO POTENCIAL DA DIRETIVA SERVIÇOS SEMINÁRIO MAXIMIZAÇÃO DO POTENCIAL DA DIRETIVA SERVIÇOS Eliminação de Barreiras à livre Prestação de Serviços Confederação do Comércio e Serviços de Portugal Esquema 1. PORTUGAL- UMA ESPECIALIZAÇÃO COM

Leia mais

Política da Nestlé sobre Saúde e Segurança no Trabalho

Política da Nestlé sobre Saúde e Segurança no Trabalho Política da Nestlé sobre Saúde e Segurança no Trabalho A Segurança não é negociável Na Nestlé, acreditamos que o sucesso sustentável apenas poderá ser alcançado através dos seus Colaboradores. Nenhum

Leia mais

driven by innovation first-global.com

driven by innovation first-global.com company profile driven by innovation Missão Contribuir para a melhoria dos processos e para o aumento de produtividade dos nossos clientes, adaptando as melhores tecnologias às necessidades reais do mercado.

Leia mais

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes:

O presente documento suporta a apreciação do ponto 3 da Agenda da reunião da Comissão de Acompanhamento de 13/11/07, sendo composto por duas partes: EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME (SI QUALIFICAÇÃO PME) O presente documento suporta a apreciação do ponto 3

Leia mais

FORTIFIQUE O FUTURO. Pré-misturas personalizadas de nutrientes Fortitech

FORTIFIQUE O FUTURO. Pré-misturas personalizadas de nutrientes Fortitech FORTIFIQUE O FUTURO Pré-misturas personalizadas de nutrientes Fortitech A Fortitech foi pioneira, aperfeiçoou e continua avançando em pré-misturas personalizadas de nutrientes. Nos mercados de todo o mundo,

Leia mais

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012

Apoio à Internacionalização. CENA 3 de Julho de 2012 Apoio à Internacionalização CENA 3 de Julho de 2012 Enquadramento Enquadramento Comércio Internacional Português de Bens e Serviços Var. 13,3% 55,5 68,2 57,1 73,4 48,3 60,1 54,5 66,0 67,2 61,7 Exportação

Leia mais

O que é o Banco Europeu de Investimento?

O que é o Banco Europeu de Investimento? O que é o Banco Europeu de Investimento? O BEI é o banco da União Europeia. Como primeiro mutuário e mutuante multilateral, proporciona financiamento e conhecimentos especializados a projectos de investimento

Leia mais

Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013

Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013 Encontro Investigação, Desenvolvimento e Inovação Lisboa, 07de Outubro de 2013 1 PROBLEMA Como responder às crescentes exigências económicas e ambientais, às alterações permanentes e aos diversos estilos

Leia mais

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé

Política Corporativa Setembro 2012. Política de Recursos Humanos da Nestlé Política Corporativa Setembro 2012 Política de Recursos Humanos da Nestlé Autoria/Departamento Emissor Recursos Humanos Público-Alvo Todos os Colaboradores Aprovação Concelho Executivo, Nestlé S.A. Repositório

Leia mais

Percepção de Portugal no mundo

Percepção de Portugal no mundo Percepção de Portugal no mundo Na sequência da questão levantada pelo Senhor Dr. Francisco Mantero na reunião do Grupo de Trabalho na Aicep, no passado dia 25 de Agosto, sobre a percepção da imagem de

Leia mais

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO

PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO PRESSUPOSTOS BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO NO ALENTEJO ÍNDICE 11. PRESSUPOSTO BASE PARA UMA ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO 25 NO ALENTEJO pág. 11.1. Um sistema regional de inovação orientado para a competitividade

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade

Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade Alimentos de Soja - Uma Fonte de Proteína de Alta Qualidade Documento de posição do Comité Consultivo Científico da ENSA Introdução As proteínas são um importante nutriente necessário para o crescimento

Leia mais

Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores,

Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores, Boa tarde Senhora Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Maria da Conceição Saraiva da Silva Costa Bento Senhoras e Senhores, Deixem-me dizer-vos que é para mim uma honra participar, na

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP

THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP Soluções integradas para a Indústria do turismo empresarial THE NEXT GENERATION IS NOW MANAGEMENT & CONSULTING GROUP A equipa da XYM Hospitality e os seus parceiros possuem vastos conhecimentos sobre a

Leia mais

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt

Portugal 2020. Pedro Gomes Nunes. Director Executivo. Lisboa, Fevereiro 2014. www.risa.pt Pedro Gomes Nunes Director Executivo Lisboa, Fevereiro 2014 RISA - Apresentação ÁREAS DE NEGÓCIO Estudos e Projectos + 20 anos de experiência + 1.500 candidaturas a Fundos Comunitários aprovadas. + 1,6

Leia mais

INOVAÇÃO E SOCIEDADE DO CONHECIMENTO

INOVAÇÃO E SOCIEDADE DO CONHECIMENTO INOVAÇÃO E SOCIEDADE DO CONHECIMENTO O contexto da Globalização Actuação Transversal Aposta no reforço dos factores dinâmicos de competitividade Objectivos e Orientações Estratégicas para a Inovação Estruturação

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Certificar para Ganhar o Futuro

Certificar para Ganhar o Futuro Certificar para Ganhar o Futuro Loulé, 9 de Novembro 2007 José Leitão CEO APCER www.apcer.pt AGENDA APCER: Quem Somos Porquê Certificar para Ganhar o Futuro? Região do Algarve como Mercado Estratégico

Leia mais

Dos resíduos às matérias-primas rentáveis

Dos resíduos às matérias-primas rentáveis Dos resíduos às matérias-primas rentáveis 1 Dos resíduos às matérias-primas rentáveis O aumento da população e do nível de vida previstos para as próximas décadas, pressupõem um acréscimo na procura de

Leia mais

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho

ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho ITIL v3 melhora Gestão de Serviço de TI no CHVNG/Espinho Sumário País Portugal Sector Saúde Perfil do Cliente O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho envolve

Leia mais

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY

ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY ILIMITADOS THE MARKETING COMPANY _ CURRICULUM Composta por uma equipa multidisciplinar, dinâmica e sólida, Sobre Nós A ilimitados - the marketing company é uma empresa de serviços na área do Marketing,

Leia mais

Adenda aos Critérios de Selecção

Adenda aos Critérios de Selecção Adenda aos Critérios de Selecção... Critérios de Selecção SI Qualificação PME EIXO I COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO INSTRUMENTO: SISTEMA DE INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DE

Leia mais

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar!

GRUPO ROLEAR. Porque há coisas que não podem parar! GRUPO ROLEAR Porque há coisas que não podem parar! INOVAÇÃO COMO CHAVE DO SUCESSO Desde 1979, com sede no Algarve, a Rolear resulta da oportunidade identificada pelo espírito empreendedor do nosso fundador

Leia mais

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010 Apresentação de Resultados 2009 10 Março 2010 Principais acontecimentos de 2009 Conclusão da integração das empresas adquiridas no final de 2008, Tecnidata e Roff Abertura de Centros de Serviços dedicados

Leia mais

Exemplos de Práticas de Responsabilidade Social da PepsiCo

Exemplos de Práticas de Responsabilidade Social da PepsiCo Exemplos de Práticas de Responsabilidade Social da PepsiCo Maio 2012 Introdução PepsiCo Document Title Goes Here 2 O que vos vêm à cabeça quando pensamos em PepsiCo? 3.000 produtos em todo o Mundo 19 Mega

Leia mais

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental

Política Obrigatória Fevereiro 2013. A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 A Política da Nestlé sobre Sustentabilidade Ambiental Política Obrigatória Fevereiro 2013 Autor/ Departamento Segurança, Saúde e Sustentabilidade Ambiental Público-alvo

Leia mais

MBA especialização em GesTão De projectos

MBA especialização em GesTão De projectos MBA especialização em GESTão DE projectos FORMEDIA Instituto Europeu de Empresários e Gestores FORMEDIA e INSTITUTO EUROPEO DE POSGRADO FORMEDIA - Instituto Europeu de Empresários e Gestores A FORMEDIA

Leia mais

A REFORMA DA PAC E O APOIO À ACTIVIDADE DE RESINAGEM. Francisco Avillez (Prof. Emérito do Isa/UTL e Coordenador Científico da AGROGES)

A REFORMA DA PAC E O APOIO À ACTIVIDADE DE RESINAGEM. Francisco Avillez (Prof. Emérito do Isa/UTL e Coordenador Científico da AGROGES) A REFORMA DA PAC E O APOIO À ACTIVIDADE DE RESINAGEM Francisco Avillez (Prof. Emérito do Isa/UTL e Coordenador Científico da AGROGES) Esquema da apresentação: Objectivos da PAC pós-2013 Orientações propostas

Leia mais

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS NO ÂMBITO DO QREN ABERTURA DE CONCURSOS

INCENTIVOS ÀS EMPRESAS NO ÂMBITO DO QREN ABERTURA DE CONCURSOS INCENTIVOS ÀS EMPRESAS NO ÂMBITO DO QREN ABERTURA DE CONCURSOS SISTEMA DE INCENTIVOS À INOVAÇÃO (SI INOVAÇÃO) - INOVAÇÃO PRODUTIVA Objectivos e Prioridades O presente concurso destina-se a apoiar investimentos

Leia mais

A VIEIRA DE CASTRO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DA SUA MARCA

A VIEIRA DE CASTRO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DA SUA MARCA A VIEIRA DE CASTRO E A INTERNACIONALIZAÇÃO DA SUA MARCA MOTIVAÇÕES PARA A INTERNACIONALIZAÇÃO: procura de novos mercados; aumento das economias de escala da estrutura produtiva; busca de conhecimentos/aprendizagem;

Leia mais

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária

Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Abril de 2008 Bashen Agro Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária 1 Bashen Agro Um projecto Consultoria e sistemas de gestão AgroPecuária Parceria FZ AGROGESTÃO Consultoria em Meio Rural, Lda Av.

Leia mais

TEMA 1 Contabilidade na Gestão da actividade Agrícola - Contabilidade de Gestão - O Impacto da Contabilidade e Fiscalidade na Agricultura II

TEMA 1 Contabilidade na Gestão da actividade Agrícola - Contabilidade de Gestão - O Impacto da Contabilidade e Fiscalidade na Agricultura II PORTUGAL TEMA 1 Contabilidade na Gestão da actividade Agrícola - Contabilidade de Gestão - O Impacto da Contabilidade e Fiscalidade na Agricultura II Santarém, 5 de Junho de 2012 Plano da Apresentação:

Leia mais

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores

PLANO DE MARKETING. Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20. TAG 4/2010 17 Valores 0366 PLANO DE MARKETING Trabalho realizado por: Vera Valadeiro, nº20 TAG 4/2010 17 Valores Índice Introdução Diagnóstico Análise do Mercado Análise da Concorrência Análise da Empresa Análise SWOT Objectivos

Leia mais

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia:

- PERFIL DO GRUPO - O Portfólio de negócios, obedece a um critério de maturidade e geração de valor, no qual o Grupo, concilia: GRUPO FERREIRA A GFH, é um Grupo sólido e inovador, detendo um curriculum de projectos de qualidade reconhecida, com um portfólio de negócios diversificado, e que aposta no processo de internacionalização,

Leia mais

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos

Os Desafios da Fileira da Construção. As Oportunidades nos Mercados Externos Os Desafios da Fileira da Construção As Oportunidades nos Mercados Externos Agradeço o convite que me foi dirigido para participar neste Seminário e felicito a AIP pela iniciativa e pelo tema escolhido.

Leia mais

Powered by. Desenvolvimento

Powered by. Desenvolvimento Desenvolvimento de Sistemas Sustentáveis 1 Urbancraft Energia, S.A. FDO INVESTIMENTOS E PARTICIPAÇÕES, SGPS, S.A. ALEXANDRE BARBOSA BORGES, SGPS, S.A. 50% 50% A URBANCRAFT ENERGIA, S.A é uma sociedade

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

Sustentabilidade e mercado de capitais. Luís d Eça Pinheiro Direcção de Relações com Investidores, Comunicação e Sustentabilidade

Sustentabilidade e mercado de capitais. Luís d Eça Pinheiro Direcção de Relações com Investidores, Comunicação e Sustentabilidade Sustentabilidade e mercado de capitais Luís d Eça Pinheiro Direcção de Relações com Investidores, Comunicação e Sustentabilidade Brisa e mercado de capitais Título Brisa 2000-2004 Dividendo por acção Cêntimos

Leia mais

Balança alimentar portuguesa evidencia desequilíbrio da roda dos alimentos. Figura 1

Balança alimentar portuguesa evidencia desequilíbrio da roda dos alimentos. Figura 1 BALANÇA ALIMENTAR PORTUGUESA 14 de Dezembro de 26 - CONSUMO DE PROTEÍNAS E GORDURAS EM PORTUGAL É TRÊS VEZES SUPERIOR AO RECOMENDADO CONSUMO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS DIMINUI 16% EM 14 ANOS E É ULTRAPASSADO

Leia mais

GUIA BIOTRAINING A SUA EMPRESA BIOTECNOLÓGICA MAIS PRÓXIMA

GUIA BIOTRAINING A SUA EMPRESA BIOTECNOLÓGICA MAIS PRÓXIMA GUIA BIOTRAINING A SUA EMPRESA BIOTECNOLÓGICA MAIS PRÓXIMA 1 BIOTECNOLOGIA... 3 2 BIOTRAINING... 4 O QUE É?... 4 OBJECTIVOS... 4 A QUEM SE DIRIGE?... 5 QUE POSSO OBTER PARTICIPANDO EM BIOTRAINING?... 5

Leia mais

2014-2020. Perspectivas para o. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.

2014-2020. Perspectivas para o. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves. 2014-2020 Perspectivas para o Desenvolvimento da Agricultura M. Patrão Neves Agricultura 2020: perspectivas 1. O sector do leite no presente e no futuro 1.1. europeu 1.2. nacional 1.3. regional 2. A agricultura

Leia mais

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE CLUSTER ENERGÉTICO DE BEJA OPORTUNIDADES SUSTENTABILIDADE ENERGÉTICA E CRESCIMENTO ECONÓMICO A sustentabilidade energética e climática é um desígnio estratégico duplo significado. Por um lado, desenvolvimento

Leia mais

1. Introdução. 2. O que é a Roda dos Alimentos?

1. Introdução. 2. O que é a Roda dos Alimentos? 1. Introdução Educar para uma alimentação saudável é essencial na tentativa de ajudar os jovens a tornar as escolhas saudáveis escolhas mais fáceis. Educar para comer bem e de uma forma saudável, constitui

Leia mais

Informação para a Imprensa

Informação para a Imprensa SIG Combibloc Informação para a Imprensa drinksplus, da SIG Combibloc, se consolida como sucesso mundial A tecnologia de envase com pedaços se mostra ideal para o lançamento de novas categorias de produtos,

Leia mais

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012

Human Resources Human Resources. Estudos de Remuneração 2012 Human Resources Human Resources Estudos de Remuneração 2012 3 Michael Page Page 4 Apresentamos-lhe os Estudos de Remuneração 2012, realizados pela Michael Page. O objectivo dos nossos Estudos de Remuneração

Leia mais

RESPONSABILIDADE CORPORATIVA DESEMPENHO POR PAÍS PORTUGAL

RESPONSABILIDADE CORPORATIVA DESEMPENHO POR PAÍS PORTUGAL 2008 RESPONSABILIDADE CORPORATIVA DESEMPENHO POR PAÍS PORTUGAL Sonae Sierra em Portugal A Sonae Sierra é a especialista internacional em centros comerciais, apaixonada por introduzir inovação e emoção

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

T&E Tendências & Estratégia

T&E Tendências & Estratégia FUTURE TRENDS T&E Tendências & Estratégia Newsletter número 1 Março 2003 TEMA deste número: Desenvolvimento e Gestão de Competências EDITORIAL A newsletter Tendências & Estratégia pretende ser um veículo

Leia mais

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução

Bom dia, Senhoras e Senhores. Introdução Bom dia, Senhoras e Senhores Introdução Gostaria de começar por agradecer o amável convite que o Gabinete do Parlamento Europeu em Lisboa me dirigiu para participar neste debate e felicitar os organizadores

Leia mais

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo

Performance com Propósito. A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Performance com Propósito A promessa da PepsiCo Na PepsiCo, Performance com Propósito significa gerar crescimento sustentável através do investimento em

Leia mais

Caracterização do Projecto

Caracterização do Projecto Caracterização do Projecto http://www.cm-lousa.pt/educacao/alimbem_crscsaud.htm O Projecto "Alimenta-te bem, Cresce saudável" tem a sua base na preocupação da Autarquia em garantir a todas as crianças

Leia mais

Código de Conduta. Os nossos cinco princípios fundamentais: O benefício e a segurança do doente estão no centro de tudo o que fazemos

Código de Conduta. Os nossos cinco princípios fundamentais: O benefício e a segurança do doente estão no centro de tudo o que fazemos O nosso compromisso de cuidar e curar Código de Conduta Os nossos cinco princípios fundamentais: Doentes O benefício e a segurança do doente estão no centro de tudo o que fazemos Colaboradores Tratamos

Leia mais

Empresas e as mudanças climáticas

Empresas e as mudanças climáticas Empresas e as mudanças climáticas O setor empresarial brasileiro, por meio de empresas inovadoras, vem se movimentando rumo à economia de baixo carbono, avaliando seus riscos e oportunidades e discutindo

Leia mais

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO

Case study. Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA ENVOLVIMENTO Case study 2010 Novo Conceito de Hotelaria SUSTENTABILIDADE 360 NA HOTELARIA EM PORTUGAL EMPRESA A Inspira, uma joint-venture formalizada em 2006 entre o grupo Blandy, com sede na Madeira e larga experiência

Leia mais

XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011. Diogo Gaspar Ferreira

XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011. Diogo Gaspar Ferreira XXXVII Congresso Nacional APAVT - Turismo: Prioridade Nacional Viseu, 01 a 04 de Dezembro de 2011 Diogo Gaspar Ferreira 1. PONTOS FRACOS E FORTES DO TURISMO RESIDENCIAL PORTUGUÊS 2. PLANO ESTRATÉGICO A

Leia mais

Inovação e Responsabilidade Social

Inovação e Responsabilidade Social Inovação e Responsabilidade Social Moçambique CONTACTOS: Manuela Costa manuela.costa@sdo-mocambique.com (+258) 82 671 51 31 Margarida Ferreira dos Santos Margarida.ferreirasantos@sdo-mocambique.com 1 (+258)

Leia mais