Inteligência de Negócios

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Inteligência de Negócios"

Transcrição

1 Conteúdo do Trabalho: Definição da Proposta e da Equipe (até 3 pessoas) Modelagem do Banco de Dados e Dicionário de Dados A entrega será realizada em um documento Word, PDF ou Access

2 1 Produção de filmes nacionais O Brasil vive hoje um momento muito especial no desenvolvimento de sua cultura. Por isso, o Ministro da Cultura resolveu desenvolver um software para gerenciar a captação de recursos dos filmes nacionais, bem como as pessoas envolvidas na montagem dos filmes. As informações que ele julgou relevantes são: - uma empresa pode patrocinar vários filmes; deve existir, portanto, a quantia patrocinada por cada empresa. - um filme é patrocinado por várias empresas e possui várias pessoas envolvidas (atores, diretor, câmeras, etc.). - uma pessoa pode participar de vários filmes. Selecionar os dados dos filmes em ordem alfabética; Selecionar o código e o nome das empresas patrocinadoras; Selecionar o papel das pessoas em cada filme; Dados dos filmes produzidos até a década de 50.

3 2 Laboratório de Análises Clínicas Um laboratório de Análises Clínicas da cidade de Niterói realiza diversos testes em amostras que são levadas pelos seus clientes. Estas amostras possuem um código identificador e uma descrição. Dos testes que podem ser realizados, são armazenados o seu código e a sua descrição. Os dados armazenados dos clientes são o seu nome e o seu endereço. Assim que um cliente chega no laboratório com a sua amostra, ele recebe um número que o identifica, caso ainda não esteja cadastrado no sistema. Ao final da realização dos testes, é liberado um laudo de cada amostra, ou seja, cada amostra possui apenas um laudo. Este laudo contém um código que permite a sua rápida identificação, bem como uma descrição dos resultados. Selecionar os dados das amostras dos testes realizados em 2011; Selecionar o código e o nome dos testes realizados; Código, nome e telefone dos clientes; Dados dos clientes que já realizaram algum teste por estado (UF).

4 3 Controle de Obras de Arte Um museu de arte possui uma coleção de objetos de arte. Cada objeto de arte possui uma única identificação, um artista, um ano (quando foi criado) um título e uma descrição. Os objetos de artes são categorizados com base no seu tipo. Existem dois tipos principais: pintura e escultura, além de um outro tipo para acomodar objetos que não se inserem em nenhum dos três tipos principais. Uma pintura possui um tipo (óleo, aquarela,...), o material no qual foi pintado (papel, tela, madeira,...) e estilo (moderno, abstrato,...). Uma escultura possui um material no qual foi criada (madeira, pedra,...), altura, peso e estilo. Objetos que não se encaixam nas duas categorias principais possui um tipo (gravura, fotografia,...) e estilo. Objetos de artes também possuem informações que descrevem o seu país/cultura (italiana, egípcia, americana, indiana,...) e época (renascentista, moderno, antigo,...). O museu acompanha informações sobre os artistas, tais como, nome, data de nascimento, data de falecimento (caso não esteja mais vivo), país de origem, época, estilo dominante e descrição. O nome é suposto como sendo único. Selecionar os dados das obras criadas em 1950; Selecionar a quantidade de obras por material de criação; Selecionar nome das obras, o tipo, o estilo, ordenadas pela data de criação.

5 4 Controle de Encomendas O diretor responsável pela FEDEX no Brasil resolveu desenvolver um software para facilitar a entrega de encomendas em todo território nacional. Uma das grandes dificuldades atuais é retornar, a partir de um CEP específico, o logradouro, o bairro, a cidade e o estado do CEP consultado. Atualmente, a FEDEX possui vários centros de entrega, espalhados por todo Brasil. Nestes centros, os funcionários são divididos por áreas de atuação. Para facilitar a distribuição, cada encomenda é encaminhada ao centro de acordo com a UF, ou seja, cada centro cobre uma ou mais unidades federativas. Selecionar as cidades a partir do ; Selecionar o centro a partir da Unidade Federativa RJ. Selecionar os dados dos logradouros do Sudeste;

6 5 Controle de Documentação A empresa Fidelense Contabilidade possui vários softwares de controle contábil, entretanto, o diretor geral da empresa, Sr. Carlos Dias, ainda encontra-se insatisfeito com o controle de documentos do escritório. Segundo o Sr. Carlos, os softwares que empresa possui não contemplam eficazmente a organização de documentos que sua empresa necessita. Atualmente, o escritório possui um diretório virtual que contém todos os documentos, sem a menor categorização ou aplicabilidade definida. Desta forma, ele propõe um novo software específico para tal aplicação. O sistema será totalmente on line e deverá abordar apenas o cadastro de documentos, contendo: nome do documento, descrição formal, caminho virtual, data de cadastro, situação lógica (ativo / inativo) e o tipo de documento (planilha financeira, memorando, apresentação de custos, etc.). A aplicação deve armazenar ainda, um código que identifica cada documento. Além disto, o controle de versões de cada documento será igualmente abordado, contendo o código do documento, sua data de atualização e o código do responsável. Não há necessidade de um cadastro de funcionários dado que esta aplicação tem acesso a estas informações a partir de outras aplicações. Selecionar as informações dos documentos com data de 20/05/2011; Selecionar os documentos inativos, ordenados pelo nome Selecionar os dados dos documentos atualizados entre 1981 a 2000;

NACIONALIDADE: PIS (ou número de Inscrição do Contribuinte Individual junto a Previdência Social):

NACIONALIDADE: PIS (ou número de Inscrição do Contribuinte Individual junto a Previdência Social): EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NA GALERIA DE ARTES DO SESC LONDRINA 2013 FICHA DE INSCRIÇÃO NOME COMPLETO/RAZÂO SOCIAL: REPRESENTANTE LEGAL: NOME ARTÍSTICO:

Leia mais

CADASTRO DE CLIENTES

CADASTRO DE CLIENTES CADASTRO DE CLIENTES 1. INTRODUÇÃO No Softpharma há o Cadastro de Convênio, nele estão vinculados os clientes que fazem parte do convênio e podem usufruir dos descontos e demais benefícios negociados entre

Leia mais

MANUAL PRÁTICO PARA ENCOMENDAS

MANUAL PRÁTICO PARA ENCOMENDAS MANUAL PRÁTICO PARA ENCOMENDAS Bento Gonçalves 06 de Agosto de 2013 Introdução A ferramenta de ENCOMENDAS é uma função inteligente, evitando anotações em papéis, pois ela lança direto no pedido de compras,

Leia mais

15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos

15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos PREFEITURA DE GUARULHOS SECRETARIA DE CULTURA DEPARTAMENTO DE ATIVIDADES CULTURAIS SEÇÃO ADMINISTRATIVA DE ARTES VISUAIS 15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos Regulamento O Secretário de Cultura,

Leia mais

Optiview Dermatologia Software Sistema Especialista para Dermatologistas

Optiview Dermatologia Software Sistema Especialista para Dermatologistas Optiview, software médico, sistema para dermatologia, captura de imagens médicas, sistema médico, gerenciamento de clínicas médicas, laudo médico, imagem médica, dermatologia, congresso médico, duosistem,

Leia mais

PROJETO DE BANCO DE DADOS LISTA 002 Projeto Conceitual

PROJETO DE BANCO DE DADOS LISTA 002 Projeto Conceitual LISTA DE EXERCÍCIOS 002 6. AGÊNCIA DE TURISMO Faça a modelagem de dados de uma agência de turismo, que tenha: controle de clientes, com todas as informações detalhadas; controle de companhias aéreas que

Leia mais

Manual do Usuário - Cliente Externo

Manual do Usuário - Cliente Externo Versão 3.0 SGCL - Sistema de Gestão de Conteúdo Local SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O MANUAL... 4 3. FUNCIONALIDADES GERAIS DO SISTEMA... 5 3.1. Acessar a Central

Leia mais

DOCUMENTO DE REQUISITOS

DOCUMENTO DE REQUISITOS 1/38 DOCUMENTO DE REQUISITOS GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Versão 1.1 Identificação do Projeto CLIENTE: NOME DO CLIENTE TIPO DO SISTEMA OU PROJETO Participantes Função Email Abilio Patrocinador

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

EDITAL 2011 DE ARTES VISUAIS

EDITAL 2011 DE ARTES VISUAIS EDITAL 2011 DE ARTES VISUAIS A Superintendência de Bibliotecas Públicas de Minas Gerais torna pública a abertura do processo de seleção de propostas de exposição de artes visuais para o ano de 2011, para

Leia mais

CE-240 ListEx 1. Lista de Exercícios 1. Relatório

CE-240 ListEx 1. Lista de Exercícios 1. Relatório CE-240 ListEx 1 Lista de Exercícios 1 Relatório Autor: Daniela América Da Silva Data: 10/04/2007 Versão 2.0 Página 1 de 5 1. Objetivo da Listex 1 Este relatório descreve a execução de operações básicas

Leia mais

EXEMPLO DE COMO FAZER UMA MALA DIRETA

EXEMPLO DE COMO FAZER UMA MALA DIRETA EXEMPLO DE COMO FAZER UMA MALA DIRETA OBS: Para esta nota de aula foi utilizada como referência: Apostila Mala Direta Santos, Jorge Rodrigues dos. Foram adaptados os comando para utilizar mala direta no

Leia mais

Software automatizado para controle de consultas da clínica de fisioterapia

Software automatizado para controle de consultas da clínica de fisioterapia Software automatizado para controle de consultas da clínica de fisioterapia Jeverson Siqueira 1, Wallace Caldeira 1, Jorge Aikes Junior 1 1 Ciência da Computacão Faculdades Anglo Americano de Foz do Iguaçu

Leia mais

PROJETOS PARA OS CENTROS CULTURAIS DO BANCO DO BRASIL

PROJETOS PARA OS CENTROS CULTURAIS DO BANCO DO BRASIL PROJETOS PARA OS CENTROS CULTURAIS DO BANCO DO BRASIL Os Centros Culturais Banco do Brasil estão localizados nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Qualquer pessoa física

Leia mais

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional

Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Aplicativo web para definição do modelo lógico no projeto de banco de dados relacional Juarez Bachmann Orientador: Alexander Roberto Valdameri Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Modelo Entidade - Relacionamento (ER ou MER) Parte 3

Modelo Entidade - Relacionamento (ER ou MER) Parte 3 Modelo Entidade - Relacionamento (ER ou MER) Parte 3 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS DE FLORIANÓPOLIS CURSO TÉCNICO T DE METEOROLOGIA DASS - Departamento Acadêmico

Leia mais

25º SALÃO JOVEM ARTE MATO GROSSENSE 2016 REGULAMENTO

25º SALÃO JOVEM ARTE MATO GROSSENSE 2016 REGULAMENTO Diário Oficial Número: 26706 Data: 27/01/2016 Título: EXTRATO DO TERMO DE CONVÊNIO N 060/2015/SEC, ref. ao processo n 676976/2015 Categoria:» PODER EXECUTIVO» SECRETARIAS» CULTURA» EXTRATO Url para acesso

Leia mais

Microsoft Access XP Módulo Um

Microsoft Access XP Módulo Um Microsoft Access XP Módulo Um Neste primeiro módulo de aula do curso completo de Access XP vamos nos dedicar ao estudo de alguns termos relacionados com banco de dados e as principais novidades do novo

Leia mais

PROGRAMA MAIS CULTURA - EDITAL MICROPROJETOS TERRITÓRIOS DE PAZ ANEXO 3 FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA TÍTULO: ÁREA

PROGRAMA MAIS CULTURA - EDITAL MICROPROJETOS TERRITÓRIOS DE PAZ ANEXO 3 FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA TÍTULO: ÁREA 1 PROGRAMA MAIS CULTURA - EDITAL MICROPROJETOS TERRITÓRIOS DE PAZ ANEXO 3 FORMULÁRIO PESSOA JURÍDICA 1. IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA TÍTULO: ÁREA: ÁREA Artes Visuais Artes Cênicas Música Literatura Audiovisual

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jataí Secretaria de Cultura Museu de Arte Contemporânea

Prefeitura Municipal de Jataí Secretaria de Cultura Museu de Arte Contemporânea Prefeitura Municipal de Jataí Secretaria de Cultura Museu de Arte Contemporânea 1- DOS OBJETIVOS EDITAL 2016 15º SALÃO NACIONAL DE ARTE JATAÍ - GO REGULAMENTO 1.1- O 15º Salão Nacional de Arte é uma realização

Leia mais

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA

Manual do Usuário. Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Livro Super Simples Manual do Usuário Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquota e Antecipação - DeSTDA Secretarias de Fazenda Estaduais, do Distrito Federal e Comitê Gestor do Simples

Leia mais

1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp)

1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp) SUMÁRIO 1 SOBRE O PORTAL TRANSPES (e-transp)... 3 2 REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA... 4 3 ACESSO AO SISTEMA (ATORES: TRANSPES/ CLIENTE)... 5 4 PRIMEIROS PASSOS (CADASTROS)... 7 4.1 Cadastros de

Leia mais

REGULAMENTO DO 44º SALÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LUIZ SACILOTTO

REGULAMENTO DO 44º SALÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LUIZ SACILOTTO REGULAMENTO DO 44º SALÃO DE ARTE CONTEMPORÂNEA LUIZ SACILOTTO O Secretário de Cultura e Turismo no uso de suas atribuições legais e considerando as disposições da Lei Municipal nº 5.901/82 e posteriores

Leia mais

ACESSO AO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES APRESENTAÇÃO

ACESSO AO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES APRESENTAÇÃO Tutorial de Pesquisa do Portal de Periódicos da CAPES Manaus 2014 ACESSO AO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES APRESENTAÇÃO A Biblioteca Aderson Dutra da Universidade Nilton Lins disponibiliza um moderno conjunto

Leia mais

Guia Portal de Periódicos CAPES

Guia Portal de Periódicos CAPES Guia Portal de Periódicos CAPES Manaus, abril de 2010 ACESSO AO PORTAL CAPES DE PERIÓDICOS APRESENTAÇÃO A Biblioteca Aderson Dutra do Centro Universitário Nilton Lins disponibiliza um moderno conjunto

Leia mais

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Especificação de Requisitos do Software Sistema de Gerenciamento de Restaurantes IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Equipe: Jacinto Filipe -

Leia mais

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual

Escritório Virtual - Apresentação. Acesso ao Portal do Escritório Virtual Página2 Escritório Virtual - Apresentação O escritório Virtual visa uma aproximação entre o escritório e seus clientes, possibilitando encurtar caminhos para envio e recebimento de arquivos e informações

Leia mais

SISTEMA GERENCIADOR DE AMBIENTE LABORATORIAL - MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA GERENCIADOR DE AMBIENTE LABORATORIAL - MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GERENCIADOR DE AMBIENTE LABORATORIAL MANUAL REVISÃO 08 IPB-LACEN/RS GAL SISTEMA GERENCIADOR DE AMBIENTE LABORATORIAL - MANUAL DO USUÁRIO MÓDULO BIOLOGIA MÉDICA HUMANA Av. Ipiranga,

Leia mais

SocialDB Social Digital Library

SocialDB Social Digital Library Social Digital Library Laboratório L3P NARRATIVA DO PROJETO SOCIALDB 06/2015 Gestor de uma coleção "Sou produtor cultural (ou fotógrafo) e quero criar um lugar na internet com uma seleção de obras artísticas

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período:

Disciplina: Unidade III: Prof.: E-mail: Período: Encontro 08 Disciplina: Sistemas de Banco de Dados Unidade III: Modelagem Lógico de Dados Prof.: Mario Filho E-mail: pro@mariofilho.com.br Período: 5º. SIG - ADM Relembrando... Necessidade de Dados Projeto

Leia mais

Aula 1: Noção Básica e Criação de Tabelas.

Aula 1: Noção Básica e Criação de Tabelas. Aula 1: Noção Básica e Criação de Tabelas. Introdução Olá! Seja bem-vindo a apostila de Microsoft Access 2010. Access 2010 é um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados da Microsoft, distribuído no pacote

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

UM NOVO CONCEITO EM ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS

UM NOVO CONCEITO EM ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS UM NOVO CONCEITO EM ORGANIZAÇÃO DE ACERVOS Descubra como o SophiA Acervo pode ajudar sua instituição na catalogação, organização e recuperação de acervos dos mais diversos tipos, sejam eles objetos da

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING

EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING 1 EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARTES VISUAIS PARA REALIZAÇÃO DE EXPOSIÇÕES NO CENTRO CULTURAL BOULEVARD LONDRINA SHOPPING Regulamento editado pelo Boulevard Londrina Shopping, inscrito sob CNPJ 09.191.802/0002-81,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER CNE/CES 1.304/2001 - HOMOLOGADO Despacho do Ministro em 4/12/2001, publicado no Diário Oficial da União de 7/12/2001, Seção 1, p. 25. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO:

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc.

2. O cadastro é composto por quatro passos, sendo que, no primeiro, serão cadastrados dados pessoais, como: CPF, RG etc. Procedimento 1.1. Passo a Passo - Cadastro de Beneficiários 1. Primeiramente, deverá ser efetuado o cadastro do TITULAR do benefício. Somente após este preenchimento, será permitido cadastrar os dependentes.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO REDE CREDENCIADA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO REDE CREDENCIADA MANUAL DE UTILIZAÇÃO REDE CREDENCIADA PÁGINA INICIAL PARA BUSCA DE REDE CREDENCIADA PESQUISAR REDE CREDENCIADA - INSTRUÇÕES DE USO: Na figura abaixo, estão ilustradas e identificadas as funcionalidades

Leia mais

XVI MARATONA CULTURAL ACESC CONCURSO DE ARTES PLÁSTICAS (2014)

XVI MARATONA CULTURAL ACESC CONCURSO DE ARTES PLÁSTICAS (2014) XVI MARATONA CULTURAL ACESC CONCURSO DE ARTES PLÁSTICAS (2014) REGULAMENTO Capítulo I DA INSCRIÇÃO E ENTREGA DOS DOCUMENTOS DO CONCURSO DE ARTES PLÁSTICAS Art. 1º. As inscrições dos sócios deverão ser

Leia mais

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015

Di gitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Digitação de Eventos Versão 2.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 PLATAFORMA SAGE... 3 1.1 Primeiro Acesso... 4 1.2 Conhecendo a Plataforma... 5 1.3 Seleção da Empresa de Trabalho... 5 1.4 Sair do Sistema... 6

Leia mais

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO

10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO 10 DICAS DE TECNOLOGIA PARA AUMENTAR SUA PRODUTIVIDADE NO TRABALHO UMA DAS GRANDES FUNÇÕES DA TECNOLOGIA É A DE FACILITAR A VIDA DO HOMEM, SEJA NA VIDA PESSOAL OU CORPORATIVA. ATRAVÉS DELA, ELE CONSEGUE

Leia mais

Modelagem Conceitual Exercício resolvido 02 Modelagem Conceitual

Modelagem Conceitual Exercício resolvido 02 Modelagem Conceitual Modelagem Conceitual Exercício resolvido 02 Modelagem Conceitual Vitor Valerio de Souza Campos (adaptado do material de um curso de modelagem de dados da Oracle) Uma pequena locadora de vídeos possui ao

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA II BANCO DE DADOS

INFORMÁTICA APLICADA II BANCO DE DADOS INFORMÁTICA APLICADA II BANCO DE DADOS Professor:. Carga horária semanal: 4 HA Resumo dos assuntos abordados: - Teoria de banco de dados; - Modelagem de dados; - MS-Access; - Linguagem SQL; - PostgreSQL;

Leia mais

COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net

COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net COMENTÁRIO PROVA DE INFORMÁTICA SERGIO ALABI LUCCI FILHO www.alabi.net ~ concurso@alabi.net CARGO: TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO ÁREA: APOIO TÉCNICO E ADMINISTRATIVO ESPECIALIDADE: TÉCNICA ADMINISTRATIVA

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes)

imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes) Page 1 of 30 Impressao Oficial de justiça De PJe - Manual imprimir (http://pje.csjt.jus.br/manual/index.php?title=impressao_oficial_de_justiça&printable=yes) Tabela de conteúdo 1 Manual do Oficial de Justiça

Leia mais

Sistema de Atendimento Hospitalar Resumo de Funcionalidades

Sistema de Atendimento Hospitalar Resumo de Funcionalidades Sistema de Atendimento Hospitalar Resumo de Funcionalidades Tela Login : O usuário deve inserir seu usuário e senha previamente cadastrados para acesso às funcionalidades. Tela Agendamento de Consultas

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO CADASTRO DE FUNCIONÁRIOS SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Cadastro de Funcionários,

Leia mais

Procedimento para licenciamento de software

Procedimento para licenciamento de software Procedimento para licenciamento de software O processo de licenciamento de software representa a aquisição, junto à empresa fabricante ou a um fornecedor/representante, de um conjunto de licenças de software.

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Contadores Maio / 2008 Índice Introdução... 3 Pedido de Consulta da Viabilidade... 4 Acompanhamento do Pedido de Viabilidade... 11 Registro

Leia mais

RESOLUÇÃO SEC Nº 201 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2008.

RESOLUÇÃO SEC Nº 201 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2008. RESOLUÇÃO SEC Nº 201 DE 01 DE DEZEMBRO DE 2008. RESTABELECE O RECEBIMENTO DE PROJETOS CULTURAIS CUJA REALIZAÇÃO ESTEJA PREVISTA PARA O PERIODO COMPREENDIDO ENTRE JANEIRO E ABRIL DE 2009, E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

Banco de Dados. Microsoft Access

Banco de Dados. Microsoft Access Banco de Dados Microsoft Access PARTE 01 edição 2007 Índice 01-) Conceito... 2 02) Sistema Gerenciador de Banco de Dados Relacional (SGBDR)... 3 03) Access... 3 04) Etapas para elaboração de um Banco de

Leia mais

Regulamento MOSTRA 16. Capítulo I (Definição) Capítulo II (Objectivos) Capítulo III (Princípios Gerais)

Regulamento MOSTRA 16. Capítulo I (Definição) Capítulo II (Objectivos) Capítulo III (Princípios Gerais) Regulamento MOSTRA 16 Capítulo I (Definição) A MOSTRA é um evento artístico português, que apresenta a 3ª edição em 2016. A MOSTRA é uma plataforma onde a comunidade artística, o mercado e o público se

Leia mais

Dicas Logycware Utilizando o E-commerce vinculado ao Gestor Comercial. Copyright Logycware Sistemas de Informática 2011 Todos os Direitos Reservados

Dicas Logycware Utilizando o E-commerce vinculado ao Gestor Comercial. Copyright Logycware Sistemas de Informática 2011 Todos os Direitos Reservados 1 Dicas Logycware Utilizando o E-commerce vinculado ao Gestor Comercial Copyright Logycware Sistemas de Informática 2011 Todos os Direitos Reservados 2 Sumário Tutorial de Utilização do Gestor e-commerce...

Leia mais

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DAS SECRETARIAS DE OBRAS E AGRICULTURA PROJETO DE TRABALHO

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DAS SECRETARIAS DE OBRAS E AGRICULTURA PROJETO DE TRABALHO SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DAS SECRETARIAS DE OBRAS E AGRICULTURA PROJETO DE TRABALHO INTRODUÇÃO O avanço da tecnologia trouxe inúmeros benefícios à população. Quando usada de maneira saudável e inteligente,

Leia mais

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG 2015 Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Cliente Institucional e Atualizado em: 11 de setembro de 2015 Sumário 1. Conceito do software... 1 2. Abertura de

Leia mais

Questionário do Mapeamento de Residências Artísticas

Questionário do Mapeamento de Residências Artísticas 1 Questionário do Mapeamento de Residências Artísticas Este questionário é dividido em partes. Na medida em que o respondente vai preenchendo cada parte, a seguinte é disponibilizada, neste caso, ele poderá

Leia mais

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5

1. Escritório Virtual... 5. 1.1. Atualização do sistema...5. 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1 2 Índice 1. Escritório Virtual... 5 1.1. Atualização do sistema...5 1.2. Instalação e ativação do sistema de Conexão...5 1.3. Cadastro do Escritório...5 1.4. Logo Marca do Escritório...6...6 1.5. Cadastro

Leia mais

Tutorial para inscrição de trabalhos a serem apresentados no Festival de Arte e Cultura

Tutorial para inscrição de trabalhos a serem apresentados no Festival de Arte e Cultura Tutorial para inscrição de trabalhos a serem apresentados no Festival de Arte e Cultura As inscrições de participantes e trabalhos no Festival de Arte e Cultura da Rede Federal de Educação Profissional,

Leia mais

Módulo 4: Gerenciamento de Dados

Módulo 4: Gerenciamento de Dados Módulo 4: Gerenciamento de Dados 1 1. CONCEITOS Os dados são um recurso organizacional decisivo que precisa ser administrado como outros importantes ativos das empresas. A maioria das organizações não

Leia mais

Business Intelligence - BI Jurisprudência da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão

Business Intelligence - BI Jurisprudência da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão Business Intelligence - BI Jurisprudência da 2ª Câmara de Coordenação e Revisão MANUAL DE UTILIZAÇÃO Ministério Público Federal Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação Coordenadoria de Dados

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Manual do Aplicativo de Configurações J INTRODUÇÃO Este manual visa explicar a utilização do software embarcado do equipamento Prisma. De fácil utilização e com suporte a navegadores de internet de todos

Leia mais

Pag: 1/20. SGI Manual. Controle de Padrões

Pag: 1/20. SGI Manual. Controle de Padrões Pag: 1/20 SGI Manual Controle de Padrões Pag: 2/20 Sumário 1 Introdução...3 2 Cadastros Básicos...5 2.1 Grandezas...5 2.2 Instrumentos (Classificação de Padrões)...6 3 Padrões...9 3.1 Padrão Interno...9

Leia mais

Manual do usuário (v 1.2.0) E-commerce

Manual do usuário (v 1.2.0) E-commerce Manual do usuário (v 1.2.0) E-commerce Sumário Acessando o sistema gerencial... 1 Enviando logomarca, banners e destaques... 1 Logomarca... 1 Destaques... 2 Banners... 3 Cadastrando produtos... 4 Embalagem...

Leia mais

Índice. Sistema BioMarc IVB - Homologação

Índice. Sistema BioMarc IVB - Homologação Manual de Sistema Índice 1 - Acessando o Sistema... 4 2 Resultados... 5 2.1 Consultar Laudo... 6 2.2 Gerar Pacote... 6 2.3 Limpar... 7 3 Solicitação... 7 3.1 Solicitação de Material... 7 3.2 Solicitação

Leia mais

Modelo de interações no processo de desenvolvimento

Modelo de interações no processo de desenvolvimento Modelo de interações no processo de desenvolvimento Modelo de interações no processo de desenvolvimento Em um processo incremental e iterativo, os modelos evoluem em conjunto. Embora estes modelos representem

Leia mais

PROJETO: PRODUTO 3 RELATÓRIO PARCIAL DO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES

PROJETO: PRODUTO 3 RELATÓRIO PARCIAL DO DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES Nome da Empresa: DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SÓCIO-ECONÔMICOS (DIEESE) PROJETO: PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA BRA/IICA/03/005 PARTICIPAÇÃO SOCIAL NÚMERO DO CONTRATO: 205037 TEMA:

Leia mais

MANUAL DO SERVICE DESK SYSTEM

MANUAL DO SERVICE DESK SYSTEM Manual do Sumário Conhecendo o SERVICE DESK SYSTEM... 3 - A tela de Acesso ao sistema:... 3 - A tela do sistema após o acesso(exemplo):... 3 OCORRÊNCIAS... 4 - Abertura de chamados:... 4 - Atendendo um

Leia mais

Sistema de ISSQN Digital Declaração Municipal On-line

Sistema de ISSQN Digital Declaração Municipal On-line Sistema de ISSQN Digital Declaração Municipal On-line ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 FUNCIONALIDADES... 3 1. INÍCIO DA DECLARAÇÃO... 3 2. DADOS DO CONTRIBUINTE... 4 3. ENDEREÇO FISCAL... 5 4. TELEFONE PARA CONTATO...

Leia mais

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná Curso de Bacharelado em Informática Estudo de Requisitos CASCAVEL 2009

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná Curso de Bacharelado em Informática Estudo de Requisitos CASCAVEL 2009 Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Informática Curso de Bacharelado em Informática Estudo de Requisitos Alunos: Professor: Disciplina:

Leia mais

Projeto Manual utilização Protocolo Online

Projeto Manual utilização Protocolo Online Projeto Manual utilização Protocolo Online Site- CREA-ES Protocolo Online Página 1 Sumário Introdução... 3 Cadastrar Usuário não registrado no CREA-ES (Pessoa Jurídica / Pessoa Física)... 4 Recuperar senha

Leia mais

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Universidade Federal Rural de Pernambuco Bacharelado em Sistemas de Informação Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Docente: Rodrigo Aluna: Thays Melo de Moraes Diagramas do Projeto

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SACI LIVRE SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE CONTEÚDO INSTITUCIONAL

Leia mais

Adequação do Ponto Eletrônico à Portaria MTE nº 1.510

Adequação do Ponto Eletrônico à Portaria MTE nº 1.510 Adequação do Ponto Eletrônico à Portaria MTE nº 1.510 Produto : Ponto Eletrônico - versão P10 País : BRASIL Data : 16/12/2009 A TOTVS S.A., na condição de desenvolvedora e provedora do sistema empresarial

Leia mais

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: Transversalidades

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: Transversalidades EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: Transversalidades A Associação Riograndense de Artes plásticas Francisco Lisboa e o Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul apresentam o regulamento para seleção

Leia mais

Categorias Padrão de Chamados Colméia

Categorias Padrão de Chamados Colméia Categorias Padrão de Chamados Colméia O principal objetivo deste material é orientar a abertura correta dos chamados relacionados ao sistema colméia dentro do modulo de DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA visando

Leia mais

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos:

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos: Access 1 Tela Inicial: 2 ÁREA DE TRABALHO. Nosso primeiro passo consiste em criar o arquivo do Access (Banco de Dados), para isto utilizaremos o painel de tarefas clicando na opção Banco de Dados em Branco.

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 94p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm.

Sistemas Gerenciadores de Bancos de Dados. / NT Editora. -- Brasília: 2013. 94p. : il. ; 21,0 X 29,7 cm. Autor Ismael Sousa Araujo Pós-graduado em Gerência de Projetos PMBOK UNICESP. Graduado em Tecnologia em Segurança da Informação UNICESP. Professor de concurso da área de informática e consultor em EAD.

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

EMISSÃO DE GUIAS PARA PAGAMENTO DO SEGURO DPVAT

EMISSÃO DE GUIAS PARA PAGAMENTO DO SEGURO DPVAT EMISSÃO DE GUIAS PARA PAGAMENTO DO SEGURO DPVAT INSTITUIÇÕES ISENTAS DE IOF * * * Rio de Janeiro 2016 * * * * * * OBJETIVO Definir procedimentos para a Emissão de Guias de Pagamento do Seguro DPVAT, utilizando

Leia mais

1. Desenvolva o Diagrama Entidade-Relacionamento para as seguintes situações:

1. Desenvolva o Diagrama Entidade-Relacionamento para as seguintes situações: 1. Desenvolva o Diagrama Entidade-Relacionamento para as seguintes situações: Um aluno realiza vários trabalhos. Um trabalho é realizado por um ou mais alunos. Um diretor dirige no máximo um departamento.

Leia mais

CST em Redes de Computadores

CST em Redes de Computadores CST em Redes de Computadores Serviços de Rede Aula 02 Virtualização e Instalação de Servidores Linux Prof: Jéferson Mendonça de Limas Introdução O que é Virtualização? Recurso que permite utilizar diversos

Leia mais

FUNCEXDATA 2.0. Manual do Usuário. Maio/2012. Ajudando o Brasil a expandir fronteiras

FUNCEXDATA 2.0. Manual do Usuário. Maio/2012. Ajudando o Brasil a expandir fronteiras Ajudando o Brasil a expandir fronteiras FUNCEXDATA 2.0 Manual do Usuário Maio/2012 Funcex Av. Rio Branco, 120, Gr. 707, Centro 20040-001 Rio de Janeiro RJ Instituída em 12 de março de 1976 CNPJ 42.580.266/0001-09.

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Manual do Sistema 1 Índice Apresentação... 3 Entrada no sistema... 4 Manual da NFe de Serviços Módulo Tomador... 5 Consultar RPS Recibo Provisório de Serviços... 6 Verificar a Autenticidade de Nota Fiscal... 7 Geração de

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

Introdução à Banco de Dados. Definição

Introdução à Banco de Dados. Definição Universidade Federal da Bahia Departamento de Ciência da Computação (DCC) Disciplina: Banco de Dados Profª. Daniela Barreiro Claro Introdução à Banco de Dados Definição Um banco de dados é uma coleção

Leia mais

Sistema de Informação de Nascidos Vivos. Ajuda do sistema Agosto/2009 Versão 2.1

Sistema de Informação de Nascidos Vivos. Ajuda do sistema Agosto/2009 Versão 2.1 Sistema de Informação de Nascidos Vivos Agosto/2009 Versão 2.1 Conteúdo Sistema de Informação de Nascidos Vivos... 1 1 - Acesso ao sistema... 4 2 - Configuração da data do sistema... 5 3 - Barra de ferramentas...

Leia mais

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: LIBERDADE CONTEMPORÂNEA

EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: LIBERDADE CONTEMPORÂNEA EDITAL PARA EXPOSIÇÃO ARTE + ARTE: LIBERDADE CONTEMPORÂNEA A Associação Riograndense de Artes plásticas Francisco Lisboa e o Instituto Estadual de Artes Visuais apresentam o regulamento para seleção de

Leia mais

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS

Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Criação de Consultas e Relatórios no Access CRIAÇÃO DE CONSULTAS E RELATÓRIOS NO ACCESS Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Consultas... 5 3. Relatórios... 8 4. Conclusões... 11

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Página 1 de 9 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes básicas pertinentes ao tratamento e manutenção de acervos arquivísticos ou bibliográficos, sejam administrativos, técnicos ou especializados nas instalações

Leia mais

GERENCIAMENTO DO CONTEÚDO INFORMATIVO Utilizando O Sistema Web Contábil IDEAL. Atendimento: Tel : (11) 3857-9007 - e-mail: suporte@webcontabil.

GERENCIAMENTO DO CONTEÚDO INFORMATIVO Utilizando O Sistema Web Contábil IDEAL. Atendimento: Tel : (11) 3857-9007 - e-mail: suporte@webcontabil. GERENCIAMENTO DO CONTEÚDO INFORMATIVO Utilizando O Sistema Web Contábil 2010 IDEAL Última Atualização: 01/2010 Atendimento: Tel : (11) 3857-9007 - e-mail: suporte@webcontabil.com Módulo Calendário.:. Aba

Leia mais

Plano Brasil Medalhas Rio 2016 Plano Esportivo Comentado - 2014

Plano Brasil Medalhas Rio 2016 Plano Esportivo Comentado - 2014 Plano Brasil Medalhas Rio 2016 Plano Esportivo Comentado - 2014 Dados do Atleta Nome: Nome completo do atleta Escolaridade: Cidade: Especificar o nível de escolaridade do atleta Cidade onde reside e receberá

Leia mais