INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena"

Transcrição

1 INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena Trabalho Experimental Sistema de Gestão Hoteleira 1. Objetivo Este trabalho tem o objetivo de consolidar o conhecimento sobre UML e garantir uma boa transição da fase de projeto para a de implementação de um sistema. 2. Visão Geral do Sistema O sistema de gestão hoteleira objetiva o gerenciamento de entradas (check-in), saídas (check-out) e reservas de clientes cadastrados. O administrador do sistema é o usuário responsável pela manutenção de todas as informações do sistema. O hotel possui 10 apartamentos. Eles são classificados em quatro categorias, as quais variam em capacidade e valor da diária. A tabela a seguir relaciona as diferentes categorias de apartamentos. Em todos os apartamentos pode ser adicionada uma cama extra, acomodando mais um hóspede, sendo cobrado 30% a mais do valor da tarifa. Apartamentos e Categorias Categoria Valor da Diária Capacidade Standard R$ Apartamento Vista Bosque R$ Apartamento Vista Vale R$ Suíte R$ Ao chegar no hotel, o cliente deve procurar um funcionário para dar entrada (check-in) em sua hospedagem. Caso o cliente não possua uma reserva, devem ser informados ao sistema o código do cliente, o código do apartamento, a data de entrada, a data de previsão de saída e o número de hóspedes que ocupará o quarto. Para completar o check-in com sucesso, o sistema deve validar as seguintes regras: (1) o quarto deve estar disponível no período entre a data de entrada e a data de saída; (2) o período de permanência no hotel deve ser de pelo menos um dia; (3) período de permanência no hotel não deve conflitar com as reservas existentes; e (4) o número de hóspedes não deve exceder a capacidade do quarto mais um (no caso do cliente solicitar uma cama extra). Se o cliente tiver uma reserva, o número da reserva deve ser fornecido, os dados confirmados e o check-in validado. Neste caso, a reserva deixará de existir. Quando o cliente deixa o hotel, ele deve fazer o check-out. Para isso, é necessário apenas o fornecimento do número do quarto. Assim, o sistema armazenará a data de saída e calculará o valor da estadia, de acordo com o número de diárias, valor da diária e a necessidade ou não de cama extra. Após, será exibido o relatório de estadia do cliente. Um cliente pode também efetuar a reserva de um quarto para um dado período. Para isso, o administrador insere os mesmos dados necessários para a realização de check-in, com a diferença de que a data de entrada será uma data de entrada prevista. As regras de validação também são as mesmas. Caso o cliente não apareça na data de entrada

2 prevista, a reserva deve ser removida do sistema, não aparecendo como uma reserva válida. Situações não mencionadas aqui, como clientes que desejem cancelar a reserva não ocorrem. 3. Requisitos Funcionais 1. O sistema deve permitir a realização de check-in dos hóspedes. Devem ser fornecidos os dados necessários para a realização do check-in (código do cliente, código do quarto, data de entrada, data de previsão de saída e número de hóspedes que ocupará o quarto) e validadas as regras mencionadas no texto. 2. O sistema deve permitir a realização de check-out dos hóspedes. Ao final, deve ser exibido o relatório da estadia do cliente, contendo as seguintes informações: a. Nome e código do cliente b. Número do quarto, tipo e valor da diária c. Data de entrada d. Data de saída e. Número de hóspedes f. Número de diárias g. Valor total da estadia. 3. O sistema deve permitir a realização de reservas de quartos. A reserva somente é feita por clientes já cadastrados no sistema. 4. O sistema deve permitir as seguintes consultas a. Por cliente. Deve ser exibido o nome, código e telefone de contato do cliente, bem como suas reservas e ocupações realizadas por ele. b. Por quarto. Devem ser exibidos o tipo, valor da diária e capacidade do quarto, bem como se ele se encontra ocupado, suas reservas e histórico de ocupações. 5. O sistema deve fornecer um relatório do hotel contendo as seguintes informações: a. Número total de quartos; b. Número de quartos ocupados; c. Valor total recebido no mês (a cada check-out, o valor total da estadia é o valor recebido); d. Número de hospedes total do mês; e. Número de reservas com entrada na data atual. 4. Critérios de Avaliação O projeto será avaliado de acordo com os seguintes critérios: 1. Modelagem a. Diagrama de casos de uso i. Conformidade com a descrição do trabalho 1. Os casos de uso atendem os requisitos? 2. Todas as tarefas previstas estão modeladas? ii. Uso correto de UML 1. Relacionamentos (extends, includes,...) 2. Generalização 3. Atores

3 iii. Descrição dos casos de uso b. Diagrama de classes i. Aplicação correta dos conceitos de OO 1. Herança 2. Polimorfismo 3. Associações (Composição, Agregação,...) 4. Relacionamentos redundantes / cíclicos 5. Gerenciadores de objetos (OO) ii. Conformidade com a descrição do trabalho iii. Uso correto de UML: 1. Multiplicidade 2. Navegabilidade 3. Papéis, nomes de relacionamentos, sentido de leitura 4. Dependências 5. Geral: a. Classes soltas b. Classes sem métodos e/ou atributos c. Diagrama de seqüência i. Conformidade com os diagramas de caso de uso e de classe 1. Há pelo menos um diagrama de seqüência para cada caso de uso? 2. Todos os objetos usados no diagrama de seqüência são instâncias de classes do diagrama de classes? 3. Todos os métodos estão representados no diagrama de classes? 4. Nas chamadas de métodos, as navegabilidades estão respeitadas? ii. Uso correto de UML: 1. Iteração 2. Criação e destruição de objetos 3. Atores 2. Implementação a. Conformidade com todos os diagramas, especialmente com o de classes. b. Todas as classes no código fonte (com exceção da API Java) estão representadas na modelagem? Serão utilizados alguns casos de teste para verificar se o sistema desenvolvido atende aos mesmos. Portanto, é MUITO importante que os dados de teste sejam utilizados. Caso os dados de teste não sejam utilizados, os casos de teste falharão e a sua nota será prejudicada. 6. Quanto à Entrega do Trabalho O dia da entrega do trabalho é 05/05/2008. O trabalho deve ser feito individualmente. Os programas devem ser redigidos em Java. Não será aceita nenhuma outra linguagem de programação. Devem ser entregues em meio impresso:

4 Diagrama de casos de uso e descrição dos casos de uso; Diagrama de classes; Diagramas de seqüência; Manual de instalação do sistema. Caso as instruções do manual de instalação sejam seguidas e seu sistema não funcione, sua nota será prejudicada. Obs.: os diagramas devem estar legíveis. Devem ser entregues em meio digital: Arquivos fonte e arquivos compilados para instalação do sistema; Arquivos contendo os modelos. 7. Dados de Teste Clientes Código: 101 Nome: Reginaldo Farias Contato: (51) Código: 102 Nome: Samanta Souza Contato: (21) Código: 103 Nome: Augusto Santos Contato: (81) Código: 104 Nome: Cláudio Silva Contato: (48) Código: 105 Nome: Mariano Santana Contato: (11) Quartos Número: 1 Tipo: Standard Número: 2 Tipo: Standard Número: 3

5 Número: 4 Número: 5 Número: 6 Número: 7 Número: 8 Número: 9 Tipo: Suíte Número: 10 Tipo: Suíte Ocupações Código do Cliente: 104 Número do Quarto: 1 Data de Entrada: Data Atual Data Prevista de Saída: Data Atual + dois dias Número de Hóspedes: 3 Código do Cliente: 101 Número do Quarto: 4 Data de Entrada: Data Atual um dia Data Prevista de Saída: Data Atual + três dias Número de Hóspedes: 4 Reservas Código do Cliente: 103 Número do Quarto: 10 Data de Entrada: Data Atual + cinco dias Data de Saída: Data Atual + sete dias Número de Hóspedes: 2

INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena

INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena INF 2125 PROJETO DE SISTEMAS DE SOFTWARE Prof. Carlos J. P. de Lucena Trabalho Experimental Sistema de Biblioteca 1. Objetivo Este trabalho tem o objetivo de consolidar o conhecimento sobre UML e garantir

Leia mais

ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens

ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens ViajarFácil Sistema de Reserva de Viagens Modelagem Estática UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas Especialização Engenharia de Software - INF318/2011 Equipe Aline Gomes André Rodrigues Fonseca Diego

Leia mais

Processo de Engenharia de Software II

Processo de Engenharia de Software II UNIOESTE - Universidade Estadual do Oeste do Paraná CCET Centro de ciências Exatas e Tecnológicas Colegiado de Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Processo de Engenharia

Leia mais

Sumário. Uma visão mais clara da UML

Sumário. Uma visão mais clara da UML Instituto Federal de Santa Catarina Câmpus Chapecó Ensino Médio Integrado em Informática Módulo V Unidade Curricular: Engenharia de Software Professora: Lara P. Z. B. Oberderfer Uma visão mais clara da

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Rogério Eduardo Garcia (rogerio@fct.unesp.br) Bacharelado em Ciência da Computação Aula 05 Material preparado por Fernanda Madeiral Delfim Tópicos Aula 5 Contextualização UML Astah

Leia mais

Especificação do 3º Trabalho

Especificação do 3º Trabalho Especificação do 3º Trabalho I. Introdução O objetivo deste trabalho é abordar a prática da programação orientada a objetos usando a linguagem Java envolvendo os conceitos de classe, objeto, associação,

Leia mais

Engenharia de Requisitos Estudo de Caso

Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Auxiliadora Freire Fonte: Engenharia de Software 8º Edição / Ian Sommerville 2007 Slide 1 Engenharia de Requisitos Exemplo 1 Reserva de Hotel 1. INTRODUÇÃO Este

Leia mais

Sistema Gerenciador de Hotel. Adriano Douglas Girardello. Ana Paula Fredrich. Tiago Alexandre Schulz Sippert

Sistema Gerenciador de Hotel. Adriano Douglas Girardello. Ana Paula Fredrich. Tiago Alexandre Schulz Sippert UNIOESTE Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Informática Curso de Bacharelado em Informática Sistema Gerenciador de Hotel Adriano Douglas Girardello

Leia mais

Versão <1.0> Documento de Requisitos. Documento de Requisitos. Equipe:

Versão <1.0> Documento de Requisitos. Documento de Requisitos. Equipe: Versão Documento de Requisitos Documento de Requisitos Equipe: Bruno Harada (bhhc) Edilson Augusto Junior (easj) José Ivson Soares da Silva (jiss) Pedro Rodolfo da Silva Gonçalves (prsg) Raphael

Leia mais

71 3263 9999 www.vilagale.com.br

71 3263 9999 www.vilagale.com.br TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013 FUNCEF - R$ - NET VILA GALE FORTALEZA * Fortal (mín. de 3 noites) Apartamento Duplo R$ 198,75 R$ 236,55 R$ 236,55 R$ 370,00 Apartamento Single R$ 178,88 R$ 212,63

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Prof. M.Sc. Ronaldo C. de Oliveira ronaldooliveira@facom.ufu.br FACOM - 2011 Exemplo de Diagrama de Caso de Uso Sistema de Locadora de Filmes Sistema de Vídeo Locadora Você foi contratado para desenvolver

Leia mais

Unified Modeling Language UML - Notações

Unified Modeling Language UML - Notações Unified Modeling Language UML - Notações Prof. Ms. Elvio Gilberto da Silva elvio@fmr.edu.br UML Ponto de Vista É gerada com propósito geral de uma linguagem de modelagem visual usada para especificar,

Leia mais

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013-2014 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013-2014 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2013-2014 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA Período do Fortal 01/02/2014 a Feriados, período de 09/06 à 06/07/2014 e Fortal 4 Noites 5 Noites Apartamento

Leia mais

Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre ESL2/2008. Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML

Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre ESL2/2008. Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML Projeto Agenda Saúde Requisitos e Modelagem UML Histórico de Revisão Versão 0.1 Data 01/06/09 Revisor Descrição Versão inicial Sumário 1. Introdução...4 1.1 Visão geral deste documento...4 1.2 Módulos

Leia mais

UML. Diagrama de Seqüência

UML. Diagrama de Seqüência UML Diagrama de Seqüência Introdução Diagramas de Seqüência apresentam a interação entre um grupo de objetos (ou classes) de um sistema, através de mensagens ou controles, em um determinado Cenário. Servem

Leia mais

Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático

Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático Estudo de Caso Sistema de Caixa Automático Curso de Especialização DEINF - UFMA Desenvolvimento Orientado a Objetos Prof. Geraldo Braz Junior Referências: Notas de Aula Ulrich Schiel Notas de Aula Ariadne

Leia mais

E-Commerce Master. Versão: 1.0 Data: 05/06/2013 Identificador do documento: EM

E-Commerce Master. Versão: 1.0 Data: 05/06/2013 Identificador do documento: EM E-Commerce Master Versão: 1.0 Data: 05/06/2013 Identificador do documento: EM Histórico de revisões Versão Data Autor Descrição Localização 1.0 05/06/2013 Thyago Ferreira 1.0 05/06/2013 Vilmar de Sousa

Leia mais

Curso de Licenciatura em Informática

Curso de Licenciatura em Informática Curso de Licenciatura em Informática Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Professor: Rafael Vargas Mesquita EXERCÍCIOS SOBRE MODELAGEM DE CASOS DE USO Exercício 1: construa um Diagrama de Casos de

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

2 Diagrama de Caso de Uso

2 Diagrama de Caso de Uso Unified Modeling Language (UML) Universidade Federal do Maranhão UFMA Pós Graduação de Engenharia de Eletricidade Grupo de Computação Assunto: Diagrama de Caso de Uso (Use Case) Autoria:Aristófanes Corrêa

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Trabalho 1 Modelagem Estática do Sistema ViajarFácil.com.br Disciplina: INF318 - Modelagem Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira Equipe 5 Jeniffer

Leia mais

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br Java Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br 3. Considere as instruções Java abaixo: int cont1 = 3; int cont2 = 2; int cont3 = 1; cont1 += cont3++; cont1 -= --cont2; cont3 = cont2++; Após a

Leia mais

Processo de Desenvolvimento Unificado

Processo de Desenvolvimento Unificado Processo de Desenvolvimento Unificado Processo de Desenvolvimento de Software? Conjunto de atividades bem definidas; com responsáveis; com artefatos de entrada e saída; com dependências entre as mesmas

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Trabalho 2 Modelagem Dinâmica do Sistema ViajarFácil.com.br Disciplina: INF318 - Modelagem Orientada a Objetos e Projeto Arquitetural Profa. Dra. Cecília M. F. Rubira Equipe 5 Jeniffer

Leia mais

Engenharia de Requisitos. Estudo de Caso

Engenharia de Requisitos. Estudo de Caso Engenharia de Requisitos Estudo de Caso Engenharia de Requisitos Exemplo 1 Reserva de Hotel 1. INTRODUÇÃO Este documento especifica os requisitos do sistema Controle de Reserva de Hotel, fornecendo aos

Leia mais

UML: Unified Modeling Language. Graduação em Informática 2008 Profa. Itana Gimenes

UML: Unified Modeling Language. Graduação em Informática 2008 Profa. Itana Gimenes UML: Unified Modeling Language Graduação em Informática 2008 Profa. Itana Gimenes Unified Modelling Language (UML) Não é uma linguagem de programação. Linguagem de modelagem visual utilizada para especificar,

Leia mais

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com ANÁLISE E PROJETO ORIENTADO A OBJETOS Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Análise Descrição do problema a ser implementado Descrição dos objetos e classes que fazem parte do problema, Descrição

Leia mais

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas

IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Centro de Informática - Universidade Federal de Pernambuco Especificação de Requisitos do Software Sistema de Gerenciamento de Restaurantes IF-718 Análise e Projeto de Sistemas Equipe: Jacinto Filipe -

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação

Leia mais

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2014-2015 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA

TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2014-2015 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA TARIFÁRIO VILA GALE HOTÉIS BRASIL 2014-2015 ASSOCIADOS FUNCEF - TARIFA NET VILA GALE FORTALEZA Exceto Reveillon e Carnaval Exceto feriados citados 5 Noites Apartamento Duplo R$ 318,00 R$ 318,00 R$ 240,00

Leia mais

TARIFA ACORDO * 02 a 05/04/2015 * 17 a 21/04/2015 * 30/04 a 03/05/2015 * 03 a 07/05/2015 * 04 a 07/09/2015 * 09 a 12/10/2015 * 30/10 a 02/11/2015

TARIFA ACORDO * 02 a 05/04/2015 * 17 a 21/04/2015 * 30/04 a 03/05/2015 * 03 a 07/05/2015 * 04 a 07/09/2015 * 09 a 12/10/2015 * 30/10 a 02/11/2015 VILA GALÉ ECO RESORT DO CABO ENDEREÇO: AV. BEIRA MAR, 750 - VILA SUAPE CABO DE STO. AGOSTINHO - PE FONE: 55 (81) 3016-2000 TARIFÁRIO PARA HOSPEDAGEM ENTRE 21/12/2014 E 20/12/2015 CATEGORIA TARIFA BALCÃO

Leia mais

DOCUMENTO DE REQUISITOS

DOCUMENTO DE REQUISITOS 1/38 DOCUMENTO DE REQUISITOS GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Versão 1.1 Identificação do Projeto CLIENTE: NOME DO CLIENTE TIPO DO SISTEMA OU PROJETO Participantes Função Email Abilio Patrocinador

Leia mais

Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil

Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil UFCG Introdução Diagramas de Casos de Uso Diagramas de Classes Estoque Fácil Arthur Silva Freire Caio César Meira Paes Carlos Artur Nascimento Vieira Matheus de Araújo Maciel Tiago Brasileiro Araújo Engenharia

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

O Processo Unificado: Captura de requisitos

O Processo Unificado: Captura de requisitos O Processo Unificado: Captura de requisitos Itana Gimenes Graduação em Informática 2008 Captura de Requisitos Modelagem do negócio: Visão de negócios Modelo de objetos de negócio de negócio Especificação

Leia mais

QUESTÃO 2: A respeito do diagrama de caso de uso apresentado, assinale a alternativa correta.

QUESTÃO 2: A respeito do diagrama de caso de uso apresentado, assinale a alternativa correta. CURSO DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008/1 4º PERÍODO 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A4 DATA 22/10/2009 ENGENHARIA DE SOFTWARE 2009/2 GABARITO COMENTADO QUESTÃO 1: Podemos definir UML

Leia mais

MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB

MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB MANUAL DE CADASTRAMENTO DO CORRETOR NO PORTAL DE SERVIÇOS CHUBB Versão Junho/2014 Índice 1. Objetivo do Manual... 3 2. Efetuando o Primeiro Acesso... 3 2.1 Passo 1: Entrar site Chubb... 3 2.2 Passo 2:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 08 APRESENTAÇÃO Na aula de hoje vamos apresentar e discutir como definir

Leia mais

UML 04. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan.

UML 04. Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan. Faculdade INED UML 04 Curso Superior de Tecnologia em Banco de Dados Disciplina: Projeto de Banco de Dados Relacional 1 Prof.: Fernando Hadad Zaidan Referências BARBIERI, Carlos. Análise e Programação

Leia mais

CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS

CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS CONSULTA AO MERCADO RFI REQUEST FOR INFORMATION CONSOLIDAÇÃO DE DÚVIDAS APRESENTADAS 1. Dúvidas Gerais Pergunta: Os processos e metodologias de avaliação de riscos do Banco estão definidos e implantados?

Leia mais

Felipe Denis M. de Oliveira. Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet)

Felipe Denis M. de Oliveira. Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet) UML Felipe Denis M. de Oliveira Fonte: Alice e Carlos Rodrigo (Internet) 1 Programação O que é UML? Por quê UML? Benefícios Diagramas Use Case Class State Interaction Sequence Collaboration Activity Physical

Leia mais

Documento de Análise e Projeto VideoSystem

Documento de Análise e Projeto VideoSystem Documento de Análise e Projeto VideoSystem Versão Data Versão Descrição Autor 20/10/2009 1.0 21/10/2009 1.0 05/11/2009 1.1 Definição inicial do documento de análise e projeto Revisão do documento

Leia mais

Questões de Concursos Públicos sobre Orientação a Objetos e UML

Questões de Concursos Públicos sobre Orientação a Objetos e UML Análise Orientada a Objetos Professora Lucélia Oliveira Questões de Concursos Públicos sobre Orientação a Objetos e UML 1. (BNDES) Analise as seguintes afirmações relativas à Programação Orientada a Objetos:

Leia mais

Análise e Projeto Orientados por Objetos

Análise e Projeto Orientados por Objetos Análise e Projeto Orientados por Objetos Aula 02 Análise e Projeto OO Edirlei Soares de Lima Análise A análise modela o problema e consiste das atividades necessárias para entender

Leia mais

AUTO ATENDIMENTO MÓDULO HOTEL

AUTO ATENDIMENTO MÓDULO HOTEL AUTO ATENDIMENTO MÓDULO HOTEL Sumário Pág. Apresentação 3 Pagina inicial 4 Altere sua senha 4 Gerencie seus usuários 5 Usuário novo/perfil 6 Resumo do Ambiente 8 Reservas aguardando confirmação 9 Como

Leia mais

Apresentação da disciplina

Apresentação da disciplina Sistemas de Informação I Apresentação da disciplina Nazareno Andrade Objetivo Discutir técnicas avançadas de Análise e Projeto de Software empregadas no desenvolvimento de software focando em melhorar

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso! Um modelo funcional

Modelagem de Casos de Uso! Um modelo funcional Modelagem de Casos de Uso Diagrama de Casos de Uso Especificação de Cenários! Um modelo funcional! Mostra como os valores são processados, sem preocupações com:! ordenamento (seqüência) das ações;! as

Leia mais

A linguagem UML. UML e Diagramas de Casos de Uso e Classes. Por que usar UML? O que é modelagem?

A linguagem UML. UML e Diagramas de Casos de Uso e Classes. Por que usar UML? O que é modelagem? UML e Diagramas de Casos de Uso e Classes Prof. Ms. Luiz Alberto Contato: lasf.bel@gmail.com A linguagem UML UML (Unified Modeling Language) Linguagem de Modelagem Unificada É uma linguagem de modelagem

Leia mais

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos

Ricardo Roberto de Lima UNIPÊ 2008.1 APS-I. Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Históricos e Modelagem Orientada a Objetos Histórico Diversas metodologias e métodos surgiram para apoiar OO. Evolução a partir de linguagens C++ e SmallTalk. Anos 80 Anos 80-90: diversidade de autores.

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva

Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva Modelagem de Sistemas Prof. Marcos Roberto e Silva Diagrama de Casos de Uso Demonstra o comportamento externo do sistema, através de uma linguagem simples. Apresentando o sistema sobre a perspectiva do

Leia mais

PROJETO DE BANCO DE DADOS

PROJETO DE BANCO DE DADOS 1 UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO PROJETO DE BANCO DE DADOS RESORT SYSTEM Recife 2012 2 UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO PROJETO DE BANCO DE DADOS

Leia mais

Unisant Anna Gestão Empresarial com ERP 2014 Modelagem de Sistemas - UML e MER

Unisant Anna Gestão Empresarial com ERP 2014 Modelagem de Sistemas - UML e MER Objetivo dessa aula é descrever as características e a simbologia dos diagramas UML e MER na modelagem de sistemas de informação de uma forma a permitir a comunicação entre técnicos e gestores. Modelagem

Leia mais

Documento de Visão REPOSITÓRIO DE ARQUIVOS V1.0

Documento de Visão REPOSITÓRIO DE ARQUIVOS V1.0 Documento de Visão REPOSITÓRIO DE ARQUIVOS V1.0 Macaíba/2014 1 REPOSITÓRIO DE ARQUIVOS Histórico Data Versão Descrição Autor 11/06/2014 1.0 Fim do levantamento de requisitos e casos de uso Renan Farias

Leia mais

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema.

É uma forma do engenheiro de requisitos especificar os limites e as funcionalidades do sistema. Definindo o Escopo: Modelo de Caso de Uso Agradei-me, particularmente, da possibilidade de que Joshua estivesse tão preso ao seu modo clássico de pensar que me permitisse realizar o incrível feito de chegar

Leia mais

Roteiro 2 Conceitos Gerais

Roteiro 2 Conceitos Gerais Roteiro 2 Conceitos Gerais Objetivos: UC Projeto de Banco de Dados Explorar conceitos gerais de bancos de dados; o Arquitetura de bancos de dados: esquemas, categorias de modelos de dados, linguagens e

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE Pág. 1 0. ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...2 2. OBJETIVOS....2 3. ESTIMATIVAS DO PROJETO....4 4. RISCOS DO PROJETO....5 4.1. Identificação e Análise dos Riscos....5 4.1.1. Riscos de Projeto...6 4.1.2. Riscos Técnicos....6

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Modelagem de Casos de Uso (Parte 2) Roteiro (1) Método para Modelagem de Casos De Uso Estudo de Caso: Sistema de Controle para Videolocadora Levantamento Inicial dos Casos de Uso Identificação dos Casos

Leia mais

Hotéis Credenciados 4ª Convenção Nacional Lojacorr S.A.

Hotéis Credenciados 4ª Convenção Nacional Lojacorr S.A. NOSSA MISSÃO É PROTEGER. Hotéis Credenciados 4ª Convenção Nacional Lojacorr S.A. 20 e 21 de Março de 2015 - Curitiba - PR 01 ÍNDICE INFORMAÇÕES IMPORTANTES...03 HOTEL GOLDEN PARK...04 HOTEL IBIS BUDGET...06

Leia mais

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação

Universidade Federal Rural de Pernambuco. Bacharelado em Sistemas de Informação. Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Universidade Federal Rural de Pernambuco Bacharelado em Sistemas de Informação Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas de Informação Docente: Rodrigo Aluna: Thays Melo de Moraes Diagramas do Projeto

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO MÓDULO FRONT OFFICE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO MÓDULO FRONT OFFICE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO MÓDULO FRONT OFFICE FELIPE DENIS M. DE OLIVEIRA Todos os Direitos reservados (e-mail: felipe@novastecnologias.net msn: fdenis_natal@hotmail.com) O Gerhotel é um sistema de gerenciamento

Leia mais

Simulador de Pagamento

Simulador de Pagamento Simulador de Pagamento Versão: VS01 Data: 10/03/13 Identificador do documento: Wytor, Náthilla, Pedro Náthilla 1 Histo rico de reviso es Versão Data Autor Descrição Localização VS01 05/006/2013 Wytor Náthilla

Leia mais

2 a Lista de Exercícios

2 a Lista de Exercícios Projeto de Sistemas 2011/2 2 a Lista de Exercícios (1) Um importante aspecto do projeto da camada de Lógica de Negócio (LN) diz respeito à organização das classes e distribuição de responsabilidades entre

Leia mais

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos. Centro Tecnológico. Universidade Federal do Espírito Santo

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos. Centro Tecnológico. Universidade Federal do Espírito Santo Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Disciplina: INF 02810 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 1. Introdução 2. Processo de Software 3. Gerência de

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

Sistemas para internet e software livre

Sistemas para internet e software livre Sistemas para internet e software livre Metodologia de modelagem de aplicações WEB Image: FreeDigitalPhotos.net Domínio: Elementos de aplicação WEB Páginas Web Scripts Formulários Applets e ActiveX Motivação

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Curso de Desenvolvimento de Software Prof. Alessandro J de Souza ajdsouza@cefetrn.br 1 Rational Unified Process RUP Fase Elaboração 2 VISÃO GERAL Fase Elaboração. Visão Geral 3

Leia mais

( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007

( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007 Tutorial JUDE ( JUDE Community 5.1 2006/2007 ) Por Denize Terra Pimenta Outubro/2007 Ferramenta CASE UML Índice Introdução... 2 Download e Instalação... 2 Apresentação da Ferramenta... 2 Salvando o Projeto...

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa. Nele, nossos clientes poderão acessar

Leia mais

Processo De Engenharia de Software II

Processo De Engenharia de Software II UNIOESTE Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Processo De Engenharia de Software

Leia mais

Cobrança e Módulo Cedente

Cobrança e Módulo Cedente Processo n.5 Processos de Produtos e Serviços Procedimento n. 5.7 Cobrança e Módulo Cedente 2 Sumário SEÇÃO 1 -COBRANÇA E MÓDULO CEDENTE... 4 CAPÍTULO 1 - DIRETRIZES... 4 1. Referência Normativa... 5 2.

Leia mais

CASO DE USO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

CASO DE USO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com CASO DE USO Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Caso de Uso Descreve o modelo funcional (comportamento) do sistema Técnica de especificaçao de requisitos Especifica um serviço que o sistema

Leia mais

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas.

Palavras-Chaves: estoque, modelagem, requisitos, UML, vendas. UTILIZAÇÃO DA UML NO DESENVOLVIMENTO DE SISTEMA DE CONTROLE DE VENDAS E ESTOQUE GILBERTO FRANCISCO PACHECO DOS SANTOS Discente da AEMS Faculdades Integradas de Três Lagoas JACKSON LUIZ ARROSTI Discente

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica

Pontifícia Universidade Católica Pontifícia Universidade Católica Curso de Professor Rodrigues Neto Trabalho de Modelagem 2003.3 Turma A (Centro) Gerenciamento das Atividades da Pet Shop Boys Grupo: Evaldo Porto evaldoporto@ig.com.br

Leia mais

Codificar Sistemas Tecnológicos

Codificar Sistemas Tecnológicos Codificar Sistemas Tecnológicos Especificação dos Requisitos do Software Sistema de gestão para a Empresa Cliente SlimSys Autor: Equipe Codificar Belo Horizonte MG Especificação dos Requisitos do Software

Leia mais

Rock In Rio - Lisboa

Rock In Rio - Lisboa Curso de Engenharia Informática Industrial Rock In Rio - Lisboa Elaborado por: Ano Lectivo: 2004/05 Tiago Costa N.º 4917 Turma: C Gustavo Graça Patrício N.º 4757 Turma: C Docente: Professora Maria Estalagem

Leia mais

TARIFA ACORDO 21/12/2013 a 31/01/2014 Exceto Reveillon TARIFA ACORDO * 01/02 A 20/12/2014, EXCETO CARNAVAL, FERIADOS E PERIDO DE: * 09/06 A 01/07/2014

TARIFA ACORDO 21/12/2013 a 31/01/2014 Exceto Reveillon TARIFA ACORDO * 01/02 A 20/12/2014, EXCETO CARNAVAL, FERIADOS E PERIDO DE: * 09/06 A 01/07/2014 VILA GALÉ ECO RESORT DO CABO ENDEREÇO: AV. BEIRA MAR, 750 - VILA SUAPE CABO DE STO. AGOSTINHO - PE FONE: 55 (81) 3016-2000 TARIFÁRIO PARA HOSPEDAGEM ENTRE 21/12/2013 E 20/12/2014 CATEGORIA TARIFA BALCÃO

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Guia de Geração

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Guia de Geração Certificação Digital CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Guia de Geração Guia CD-19 Público Página 1 Conteúdo 1. Pré-requisitos para a geração do.... 3 2. Email com as informações necessárias

Leia mais

Diagrama de Caso de Uso e Diagrama de Sequência

Diagrama de Caso de Uso e Diagrama de Sequência Diagrama de Caso de Uso e Diagrama de Sequência Milena Alexandre dos Santos Baesso (Mestranda em Engenharia Elétrica) Agenda Ciclo de Vida de um Sistema A Fase de Análise Análise Orientada à Objetos Diagramas

Leia mais

Modelagem de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D.

Modelagem de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D. UML Diagramas Um diagrama é a apresentação gráfica de um conjunto de elementos, onde os vértices são ITENS e os arcos RELACIONAMENTOS UML 2.0 possui os seguintes diagramas: Diagrama de Classes (Class Diagram)

Leia mais

DMS Documento de Modelagem de Sistema. Versão: 1.4

DMS Documento de Modelagem de Sistema. Versão: 1.4 DMS Documento de Modelagem de Sistema Versão: 1.4 VERANEIO Gibson Macedo Denis Carvalho Matheus Pedro Ingrid Cavalcanti Rafael Ribeiro Tabela de Revisões Versão Principais Autores da Versão Data de Término

Leia mais

Módulo e-rede OSCommerce v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OSCommerce v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OSCommerce v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Instruções iniciais 4 4.2 Instalação

Leia mais

QUESTÃO 01 - DIAGRAMA DE SEQUENCIA (CONCEITOS)

QUESTÃO 01 - DIAGRAMA DE SEQUENCIA (CONCEITOS) Campus Cachoeiro de Itapemirim Disciplina: Análise e Projeto de Sistemas Curso Técnico em Informática Professor: Rafael Vargas Mesquita Bimestre 02 - Avaliação 03 - Assunto: Diagrama de Sequência Aluno:

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO

ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO ESPECIFICAÇÕES DE CASOS DE USO CASO DE USO: INCLUIR CLIENTE Sumário: este caso de uso se inicia quando o usuário precisa incluir um cliente no sistema. Atores: Atendente Pré-condições: Documentação do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03, DE 10 DE MAIO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 03, DE 10 DE MAIO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 03, DE 10 DE MAIO DE 2011 Disciplina os procedimentos a serem adotados relativos à comercialização e utilização do Alojamento da ENAP. O PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO NACIONAL

Leia mais

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná Curso de Bacharelado em Informática Estudo de Requisitos CASCAVEL 2009

Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná Curso de Bacharelado em Informática Estudo de Requisitos CASCAVEL 2009 Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS Colegiado de Informática Curso de Bacharelado em Informática Estudo de Requisitos Alunos: Professor: Disciplina:

Leia mais

Tarifários especiais Vestibular Medicina - Petrópolis

Tarifários especiais Vestibular Medicina - Petrópolis Tarifários especiais Vestibular Medicina - Petrópolis Hostel 148 End.: Rua Alberto Torres nº 148 - Centro (24) 2246-5848 contato@hostel148.com.br www.hostel148.com.br Tarifas em dormitório coletivo: 02

Leia mais

Opções de hospedagem para o I Congresso Brasileiro de Farmácia Comunitária, de 01 a 03/11/2012, no Centro de Convenções de Goiânia.

Opções de hospedagem para o I Congresso Brasileiro de Farmácia Comunitária, de 01 a 03/11/2012, no Centro de Convenções de Goiânia. Opções de hospedagem para o I Congresso Brasileiro de Farmácia Comunitária, de 01 a 03/11/2012, no Centro de Convenções de Goiânia. Importante: as tarifas a seguir foram negociadas diretamente no hotel

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto Locadora de Vídeo Passatempo Especificação de Requisitos 1. Introdução Este documento contém a especificação de requisitos e a modelagem de análise para o projeto de informatização da vídeo-locadora

Leia mais

r.biondi@enotel.com.br Data: 13/07/2015 GCOM: 0000/2015 Tarifa Acordo 2016

r.biondi@enotel.com.br Data: 13/07/2015 GCOM: 0000/2015 Tarifa Acordo 2016 Hotel: Enotel Acqua Club Porto de Galinhas Empresa: Operadora Incoming Especial Categoria: Resort - All Inclusive Mercado: Operadora Mercado Internacional Responsável: Regina Biondi Responsável: Depto.

Leia mais

09/09/2013. Roteiro. Aula 2 Revisão 2:Diagrama de Sequência. Diagrama de Sequência. Diagrama de Sequência. Biblioteca. Atributos

09/09/2013. Roteiro. Aula 2 Revisão 2:Diagrama de Sequência. Diagrama de Sequência. Diagrama de Sequência. Biblioteca. Atributos Aula 2 Revisão 2:Diagrama de Sequência UML Roteiro Diagrama Sequência Mostra: a evolução de uma dada situação em determinado momento do software uma dada colaboração entre duas ou mais classes a interação

Leia mais

A Linguagem de Modelagem Unificada (UML)

A Linguagem de Modelagem Unificada (UML) Aécio Costa A Linguagem de Modelagem Unificada (UML) Percebeu-se a necessidade de um padrão para a modelagem de sistemas, que fosse aceito e utilizado amplamente. Surge a UML (Unified Modeling Language)

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1)

Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Modelagem de Casos de Uso (Parte 1) Roteiro Introdução Descrição: Sistema de Ponto de Vendas Casos de Usos Atores Fluxo de Eventos Cenários Formato de Documentação de Casos de Uso Diagramas de Casos de

Leia mais

Universidade Federal de Roraima Diretoria de Tecnologia da Informação SIG Software e Consultoria em T.I

Universidade Federal de Roraima Diretoria de Tecnologia da Informação SIG Software e Consultoria em T.I SIGRH PLANO DE SAÚDE Manual de Adesão ao Plano de Saúde 1. Permissões para o Usuário Servidor Comum: Qualquer servidor ativo da Instituição. 2. Funcionalidades 2.1. Solicitação de Adesão ao Plano de Saúde

Leia mais

Palavras-Chaves: Arquitetura, Modelagem Orientada a Objetos, UML.

Palavras-Chaves: Arquitetura, Modelagem Orientada a Objetos, UML. MODELAGEM ORIENTADA A OBJETOS APLICADA À ANÁLISE E AO PROJETO DE SISTEMA DE VENDAS ALTEMIR FERNANDES DE ARAÚJO Discente da AEMS Faculdades Integradas de Três Lagoas ANDRE LUIZ DA CUNHA DIAS Discente da

Leia mais

Tópicos Especiais em Sistemas de Telecomunicações IV

Tópicos Especiais em Sistemas de Telecomunicações IV Sumário Tópicos Especiais em Sistemas de Telecomunicações IV Modelagem de Sistemas de Software Departamento de Engenharia de Telecomunicações Escola de Engenharia Universidade Federal Fluminense Setembro

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 4 a série Programação Orientada a Objetos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem

Leia mais