GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Ata Nº 14/2014 Data: 06/05/2014 LOCAL: Sala Comedi

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Ata Nº 14/2014 Data: 06/05/2014 LOCAL: Sala Comedi"

Transcrição

1 Ata Nº 14/2014 Data: 06/05/2014 LOCAL: Sala Comedi Farm. Elizabeth Magalhães Farm. Raquel Valente Ausências justificadas: Farm. Luciane Lindenmeyer, Farm. Raquel Petry 1 Lidas e aprovadas as atas 37 e 38/ MEDICAMENTOS MANIPULADOS: Revista a tabela envida para troca de grupo. Existe a demanda para exclusão de produtos, troca de grupo e inclusão na descrição do produto do prazo de validade mínimo no momento do recebimento pelo Almoxarifado. Tabela vai ser revisada pelos farmacêuticos da COMEDI. 3 SORO GLICO-FISIOLÓGICO: Farm. HNSC traz demanda da emergência sobre o soro glicofisiológico pois atualmente esse soro é preparado a partir de soro glicosado 5% 1000 ml e 2 ampolas de cloreto de sódio 20% 20 ml, o que resulta em uma concentração inferior a 0,8% de cloreto. Considerando o risco, COMEDI discute o assunto e decide solicitar pesquisa de mercado e realizar estimativa de consumo na Emergência do HNSC. ( Enviada pesquisa de mercado à gerência de materiais) 4 METILFENIDATO: Recebida duas solicitações do medicamento não padronizado Metilfenidato para pacientes do HCR. Pacientes com déficit de atenção. Tratamentos autorizados. 5 ADESIVO DE NICOTINA: Recebido três solicitações do medicamento não paronizado Adesivo de nicotina para pacientes do HCR. Pacientes com sindrome de abstinência e afecções neurológicas (TCE e aneurisma cerebral) que contraindicam o uso de sedativos. Tratamentos autorizados. 6 ACETATO DE RETINOL, AMINOÁCIDOS, METIONINA e CLORANFENICOL: Prescrito epitezan contendo acetato de retinol ( UI/g), aminoácidos (25 mg/g), metionina (5 mg/g) e cloranfenicol (5 mg/g).para paciente da unidade de Queimados do HCR. Medicamento foi autorizado. COMEDI acompanha o caso. 7 TRAMADOL: Recebida a solicitação do medicamento Tramadol, para a paciente da Gastroenterologia do HNSC com sedação excessiva com codeína. Paciente Cirrótica + Plaquetopenia + Alergia a dipirona + Hernia Lombar. Tratamento foi autorizado. 8 - SULFATO DE ZINCO: Recebida a solicitação do medicamento Sulfato de zinco, para o paciente da UTI do HCC. Tratamento foi autorizado.

2 Ata Nº 14/2014 Data: 06/05/2014 LOCAL: Sala Comedi 9 - RITUXIMABE: Recebidas quatro solicitações do medicamento não padronizado Rituximabe, para pacientes do HNSC. Pacientes com Linfoma não-hodgkin difuso de grandes células B, Células do Manto e linfoma de zona marginal esplênico. Tratamentos foram autorizados CALCITONINA: Recebida solicitação do medicamento Calcitonina para a paciente da Endocrinologia HNSC, paciente. Tratamento foi autorizado MEXILETINE: Recebida solicitação do medicamento Mexiletine para a paciente da U.T.I do HNSC. Paciente com cardiopatia isquêmica. Tratamento foi autorizado ALTEPLASE: Recebida solicitação do medicamento Alteplase para o paciente de cirurgia vascular do HNSC. Medicamento fora da restrição de uso BETAESTINA: Recebida solicitação do medicamento Betaestina para a paciente da neurologia do HNSC, paciente com vertigem. Tratamento foi autorizado QUETIAPINA: Recebida solicitação do medicamento Quetiapina 25mg, para o paciente do CAPS do HNSC. Tratamento foi autorizado TERLIPRESSINA: Recebida solicitação do medicamento Terlipressina para o paciente da gastroenterologia do HNSC. Paciente com síndrome hepatorrenal. Tratamento foi autorizado. Próxima reunião: Plenária em 13/05/2014 Sala 1 GEP

3 Ata Nº 15/2014 Data: 13/05/2014 LOCAL: Sala 1 - GEP Farm. Raquel Soldatelli Valente Farm. Elizabeth Magalhães Ausências justificadas: Farm. Luciane Lindenmeyer (mestrado); Farm. Raquel Petry (reunião externa) 1 - TRIÓXIDO DE ARSÊNIO: Considerando a falta de quórum e a ausência de consultores, decidimos deixar a discussão da padronização para a próxima reunião. Próxima reunião: 20/05/2014 Sala Hospital Sentinela

4 Ata Nº 16/2014 Data: 20/05/2014 LOCAL: Sala 1 GEP Farm. Raquel Soldatelli Valente Farm Elizabeth Magalhães Farm. Fabiane da Silva Fraga Ausências justificadas: Farm. Luciane Lindenmeyer (mestrado) 1 - Lidas e aprovadas as atas 22/2013 e 09/ ALBUMINA: Por solicitação da Gerência de Materiais, rediscutimos a questão da Albumina Humana 20% sol inj 50 ml (376) que não necessita de refrigeração. Considerando o alto custo do medicamento, labilidade do produto, as questões de recebimento, armazenamento, fluxo e a necessidade de manutenção da temperatura entre 15 e 30 C do produto Alburex 20 da CSL Behring, decidimos manter o parecer técnico emitido em agosto/ METACOLINA: Laboratório de função pulmonar solicita padronização do cloreto de metacolina 100 mg em pó. Produto era preparado pela Farmácia semi-industrial e foi excluído por falta de uso em 2009 (insumo: e metacolina a 6,4% sol aquosa: 25764). Comedi discute o assunto, aprova o uso e solicitará ao laboratório de função pulmonar detalhes sobre o preparo das diluições. 4 - SOLUÇÃO GLICO-FISIOLÓGICA: Estimado o consumo no HNSC e foram 1200 prescrições/mês na Emergência de SG 5% 1000 ml e 2 ampolas NaCL 20% 20 ml. Pesquisa de mercado será solicitada. 5 - ADESIVO DE NICOTINA: Solicitado adesivo de nicotina para paciente do HCR com tumor cerebral, com síndrome de abstinência, que não poderia receber medicamento sedativo. Tratamento autorizado por 15 dias. 6 - DIPIRONA: Estamos recebendo dipirona 1g/2 ml da Hypofarma, e a identificação é de difícil leitura, pois a letra é marrom em frasco âmbar. Além disso as ampolas vem recobertas com pó. Laboratório foi contatado e problema resolvido. 7 - SACCHAROMYCES BOULARDII: Recebida a solicitação do medicamento Saccharomyces boulardii pó para a paciente da UTI do HNSC com ileíte. Tratamento foi autorizado. 8 - MONTELUCASTE: Recebida solicitação do medicamento Montelucaste para a paciente da hematologia do HCC com sibilância refratária. Tratamento foi autorizado.

5 9 - VITAMINA E: Recebida solicitação do medicamento Vitamina E para pacientes da UTI do HCC com colestase. Tratamento foi autorizado mas um deles foi transferido para o HCSA TRAVOPROSTA COLÍRIO: Recebida solicitação do medicamento Travoprosta para a paciente da infectologia do HNSC, paciente com glaucoma. Tratamento foi autorizado. Próxima reunião: 27/05/2014 Local: Sala Hospital Sentinela

6 Ata Nº 17/2014 Data: 27/05/2015 LOCAL: Sala Hospital Sentinela Farm. Raquel Petry Farm. Raquel Valente Farm. Elizabeth Magalhães Ausências justificadas: Farm. Luciane Lindenmeyer (mestrado) 1 - Lidas e aprovadas as atas 10 e 11/ UNITARIZADOS: Revisando a legislação, o número serial não será uma exigência na embalagem primária, e precisa ser retirado esse termo da descrição dos medicamentos unitarizados com datamatrix. Documento será encaminhado a Gerência de Materiais. 3 - ZIDOVUDINA 10 mg/20 ml: Solicitada a exclusão do cadastro da zidovudina (18885) do grupo 11, pois o que se consome é proveniente da Secretaria de Saúde do Estado. 4 - INTERFERON ALFA 2B: Recebidas duas solicitações do medicamento Interferon alfa 2b para pacientes da Neurocirurgia do HCR com craniofaringioma cístico. Tratamentos foram autorizados. 5 CLOBAZAM: Recebida solicitação do medicamento clobazam para a paciente do HCC com tumor cerebral. Tratamento não autorizado. Próxima reunião: 03/06/2014 Sala Hospital Sentinela

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Ata Nº 22/2014 Data: 03/07/2014 LOCAL: Sala Hospital Sentinela

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Ata Nº 22/2014 Data: 03/07/2014 LOCAL: Sala Hospital Sentinela Ata Nº 22/2014 Data: 03/07/2014 LOCAL: Sala Hospital Sentinela Dr. Mário Tavares Farm. Fabiana Fraga Farm. Raquel Soldatelli Valente Ausências justificadas: Farm. Luciane Lindenmeyer (mestrado); Farm.

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. ATA Nº 02/2012 DATA: 10/02/2012 LOCAL: Sala 01 GEP- HNSC. Dra Imarilde Giusti

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. ATA Nº 02/2012 DATA: 10/02/2012 LOCAL: Sala 01 GEP- HNSC. Dra Imarilde Giusti GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS ATA Nº 02/2012 DATA: 10/02/2012 LOCAL: Sala 01 GEP- HNSC Dr. Mário Tavares Farm. Marlene Loebens Ausências Justificadas: Farm Cátia

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Ata Nº 09/2014 Data: 01/04/2014 LOCAL: Sala Comedi

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Ata Nº 09/2014 Data: 01/04/2014 LOCAL: Sala Comedi Ata Nº 09/2014 Data: 01/04/2014 LOCAL: Sala Comedi Farm. Elizabeth Magalhães Farm. Luciana Gomes Ausências justificadas: Farm. Luciane Lindenmeyer, Farm. Raquel Valente 1 - Lidas e aprovadas as atas 07

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Data: 05/07/2012 LOCAL: Sala Comedi HNSC

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. Data: 05/07/2012 LOCAL: Sala Comedi HNSC Ata Nº 23/2012 Data: 05/07/2012 LOCAL: Sala Comedi HNSC Farm. Raquel Valente Farm. Sharon Manssur Ausência Justificada: Farm. Luciane Lindenmeyer 1- Lidas e aprovadas atas 21 e 22/2012. 2- ÁLCOOL 70 1000mL:

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS ATA Nº 19 / 2009 DATA: 02 / 06 / 2009 LOCAL: COMEDI - HNSC Dr. Renato Gutierrez Convidada: Farm. Paula Stoll. 1. SAMÁRIO 153: Recebida solicitação encaminhada pelo Serviço de Dor e Cuidados Paliativos

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. ATA Nº 14/2010 DATA: 04/05/2010 LOCAL: Sala Comedi HNSC ASSUNTOS TRATADOS

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS. ATA Nº 14/2010 DATA: 04/05/2010 LOCAL: Sala Comedi HNSC ASSUNTOS TRATADOS GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO ATA DE REUNIÃO DA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS ATA Nº 14/2010 DATA: 04/05/2010 LOCAL: Sala Comedi HNSC Dr. Mário Tavares Farm Fabiana Hennigen Farm. Luciane Lindenmeyer Farm Helena

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DA FARMÁCIA AGHU

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DA FARMÁCIA AGHU MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DA FARMÁCIA AGHU Pré- requisitos: - Perfil de acesso do funcionário - Cadastro do funcionário na farmácia que poderá ocorrer a dispensação. - Cadastro das unidades de internação.

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO GERENCIAMENTO DE MEDICAMENTOS DE ALTO RISCO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO GERENCIAMENTO DE MEDICAMENTOS DE ALTO RISCO 1-8 1. OBJETIVO Utilizar um processo controlado de dispensação, armazenagem e administração de medicamentos de alto risco para aumentar a segurança do paciente no uso destes medicamentos no hospital, reduzindo

Leia mais

I M P L E M E N TA Ç Ã O D O C Ó D I G O B I D I M E N S I O N A L D A T A M A T R I X

I M P L E M E N TA Ç Ã O D O C Ó D I G O B I D I M E N S I O N A L D A T A M A T R I X I M P L E M E N TA Ç Ã O D O C Ó D I G O B I D I M E N S I O N A L D A T A M A T R I X T E C N O L O G I A D A I N F O R M A Ç Ã O C Ó D I G O B I D I M E N S I O N A L D A T A M A T R I X PROCESSOS E

Leia mais

1 de 6 10/10/2015 02:57

1 de 6 10/10/2015 02:57 1 de 6 10/10/2015 02:57 Nome do POP / Sinonímia Nome do responsável pelo POP Fluxo 40921/15 - Reposição e Controle de Medicamentos no Centro Obstétrico *Que receberá, por exemplo, a tarefa de revisão do

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFA)

MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFA) U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE) MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFA) Concurso

Leia mais

ZINCOLOK ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA

ZINCOLOK ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA ZINCOLOK ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Frasco plástico gotejador contendo 10 ml de solução oftálmica estéril de sulfato de zinco e cloridrato de nafazolina APRESENTAÇÃO Solução Oftálmica Estéril

Leia mais

Ata Parcial. Item 0001

Ata Parcial. Item 0001 Ata Parcial Às 09:00 horas do dia 13 de janeiro de 2012, reuniu-se o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Juiz de Fora e respectivos membros da Equipe de apoio, designados pela portaria Portaria

Leia mais

Nota Técnica GAF/CCTIES nº 03, de 23 de janeiro de 2015

Nota Técnica GAF/CCTIES nº 03, de 23 de janeiro de 2015 Nota Técnica GAF/CCTIES nº 03, de 23 de janeiro de 2015 Assunto: Orientações para programação dos medicamentos rituximabe 100 mg e 500 mg para o tratamento de Linfoma Difuso de Grandes Células B e Linfoma

Leia mais

U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE)

U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE) U N I V E R S I D A D E D E B R A S Í L I A (UnB) CENTRO DE SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS (CESPE) MINISTÉRIO DA DEFESA SECRETARIA DE ORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL HOSPITAL DAS FORÇAS ARMADAS (HFA) Concurso

Leia mais

cloridrato de betaxolol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução Oftálmica Estéril Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda.

cloridrato de betaxolol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução Oftálmica Estéril Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. cloridrato de betaxolol Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução Oftálmica Estéril Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. MODELO DE BULA PARA O PACIENTE 1 IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO cloridrato

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Alburex 20 albumina humana

IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Alburex 20 albumina humana IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Alburex 20 albumina humana APRESENTAÇÃO Alburex 20: embalagem contendo 1 frasco-ampola com 50 ml de solução hiperoncótica de albumina humana para infusão (20%). VIA INTRAVENOSA

Leia mais

GABARITO. Resposta: Cálculo da superfície corporal para dose de gencitabina 1 m 2 --- 1000 mg 1,66 m 2 --- X mg X = 1660 mg

GABARITO. Resposta: Cálculo da superfície corporal para dose de gencitabina 1 m 2 --- 1000 mg 1,66 m 2 --- X mg X = 1660 mg GABARITO 1 - Sr José, 65 anos, apresenta dor abdominal intensa há dois meses. Após solicitação de ultrasonografia pelo médico assistente chegou-se ao diagnóstico de câncer de pâncreas. O tratamento proposto

Leia mais

HOSPITAL FÊMINA. Administração de Medicamentos

HOSPITAL FÊMINA. Administração de Medicamentos HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO HOSPITAL FÊMINA COMISSÃO DE MEDICAMENTOS COMISSÃO DE GERENCIAMENTO DE RISCO SERVIÇO DE FARMÁCIA Administração de Medicamentos Farmª Luciane Lindenmeyer Farmª Raquel

Leia mais

FRESHCLEAR ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. cloridrato de fenilefrina 0,12% álcool polivinílico 1,4%

FRESHCLEAR ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. cloridrato de fenilefrina 0,12% álcool polivinílico 1,4% FRESHCLEAR ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Solução Oftálmica Estéril cloridrato de fenilefrina 0,12% álcool polivinílico 1,4% BULA PARA O PACIENTE APRESENTAÇÕES Solução Oftálmica Estéril Frasco plástico

Leia mais

PRESMIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. betaxolol (cloridrato) 5,6 mg/ml

PRESMIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. betaxolol (cloridrato) 5,6 mg/ml PRESMIN LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril betaxolol (cloridrato) 5,6 mg/ml COLÍRIO PRESMIN betaxolol 0,5% MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 21, DE 28 DE MARÇO DE 2012

Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 21, DE 28 DE MARÇO DE 2012 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Agência Nacional de Vigilância Sanitária RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA - RDC Nº 21, DE 28 DE MARÇO DE

Leia mais

Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades:

Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades: Vagas e requisitos Para a Categoria Funcional de Nível Superior, nas seguintes áreas/especialidades: Áreas/Especialidades Vagas Pré-Requisitos Análises Clínicas (Biologia) 01 a) Formação Superior Completa

Leia mais

Excipientes: albumina humana, cloreto de sódio, cloridrato de arginina, citrato de sódio.

Excipientes: albumina humana, cloreto de sódio, cloridrato de arginina, citrato de sódio. Haemocomplettan P fibrinogênio APRESENTAÇÃO Haemocomplettan P 1g: embalagem contendo 1 frasco-ampola com 1 g de pó liofilizado para solução injetável e infusão. VIA INTRAVENOSA USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Leia mais

SELEÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE MÉDICOS Edital n. 01/2009. ACUPUNTURA Código 101. Gabarito

SELEÇÃO PARA COOPERAÇÃO DE MÉDICOS Edital n. 01/2009. ACUPUNTURA Código 101. Gabarito ACUPUNTURA Código 101 Questão 01: D Questão 19: B Questão 37: D Questão 55: D Questão 02: D Questão 20: D Questão 38: B Questão 56: B Questão 03: D Questão 21: A Questão 39: C Questão 57: A Questão 04:

Leia mais

EPITEZAN ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril

EPITEZAN ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril EPITEZAN ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril APRESENTAÇÃO Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril

Leia mais

SICLOM Estoque. 1 Estoque. Manual de utilização do menu de Estoque. Versão: 2013. SICLOM Operacional

SICLOM Estoque. 1 Estoque. Manual de utilização do menu de Estoque. Versão: 2013. SICLOM Operacional 1 Estoque SICLOM Estoque Manual de utilização do menu de Estoque SICLOM Operacional Versão: 2013 2 Estoque 3 Estoque Índice Estoque................... 5 Entrada...................... 5 Nova entrada..........................

Leia mais

1 de 5 17/01/2015 06:21

1 de 5 17/01/2015 06:21 1 de 5 17/01/2015 06:21 Dados do POP - Procedimento Operacional Padrão Nome do POP / Sinonímia Fluxo 25590/14 - Dispensação de Prescrições de Medicamentos sob Controle Especial e Reposição de Estoque Nome

Leia mais

TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO E HIPERTENSÃO INTRACRANIANA

TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO E HIPERTENSÃO INTRACRANIANA TRAUMA CRANIOENCEFÁLICO E HIPERTENSÃO INTRACRANIANA Yuri Andrade Souza Serviço de Neurocirurgia Hospital São Rafael Hospital Português INTRODUÇÃO Lesão primária x lesão secundária Atendimento inicial Quando

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS POP n.º: I 29 Página 1 de 5 1. Sinonímia Pesquisa de anticorpos frios. 2. Aplicabilidade Bioquímicos e auxiliares de laboratório do setor de Imunologia. 3. Aplicação clínica As Crioaglutininas são anticorpos

Leia mais

ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA

ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA PILOCARPINA ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Solução Oftálmica Estéril cloridrato de pilocarpina 1% / 2% / 4% BULA PARA O PACIENTE APRESENTAÇÃO Solução Oftálmica Estéril Frasco plástico conta-gotas

Leia mais

ANESTÉSICO ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. cloridrato de tetracaína 1% cloridrato de fenilefrina 0,1%

ANESTÉSICO ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Solução Oftálmica Estéril. cloridrato de tetracaína 1% cloridrato de fenilefrina 0,1% ANESTÉSICO ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Solução Oftálmica Estéril cloridrato de tetracaína 1% cloridrato de fenilefrina 0,1% BULA PARA O PACIENTE anestésico cloridrato de tetracaína 1% cloridrato

Leia mais

Segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Segunda-feira, 19 de dezembro de 2011 RESOLUÇÃO - RE Nº 5.684, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2011 Art. 1º Deferir registro de medicamento, conforme relação anexa; ACHÉ LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS S.A. 1.00573-9 DICLORIDRATO DE BETAISTINA ANTIVERTIGINOSOS

Leia mais

Novas Regras para Rotulagem Medicamentos

Novas Regras para Rotulagem Medicamentos XV ENCONTRO TÉCNICO E XI ENCONTRO EMPRESARIAL - ABRASP Novas Regras para Rotulagem Medicamentos RESOLUÇÃO-RDC Nº 71/2009 Carolina K. Rodrigues 21/09/2010 RESOLUÇÃO-RDC Nº 71/2009 DOU de 23/12/2009 Estabelece

Leia mais

MANUAL DE EMBALAGENS DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE EMBALAGENS DE MEDICAMENTOS MANUAL DE EMBALAGENS DE MEDICAMENTOS Ministério da Saúde 1 MANUAL Medicamentos 205x180.indd 1 1/26/12 6:45 PM 2 Manual de Identidade Visual para Embalagens MANUAL Medicamentos 205x180.indd 2 sumário medicamentos

Leia mais

BULA. RUBRANOVA injetável. Solução injetável. Cartucho com 1 ampola com 5.000 mcg/2 ml ou 15.000 mcg/2 ml.

BULA. RUBRANOVA injetável. Solução injetável. Cartucho com 1 ampola com 5.000 mcg/2 ml ou 15.000 mcg/2 ml. BULA RUBRANOVA injetável RUBRANOVA cloridrato de hidroxocobalamina 5.000 e 15.000 mcj Injetável FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES: Solução injetável. Cartucho com 1 ampola com 5.000 mcg/2 ml ou 15.000

Leia mais

COMPOSIÇÃO Cada frasco ampola contém 100 mg de azacitidina e 100 mg de manitol como excipiente.

COMPOSIÇÃO Cada frasco ampola contém 100 mg de azacitidina e 100 mg de manitol como excipiente. Vidaza azacitidina FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Vidaza pó liofilizado para injeção, está disponível em frasco ampola com 100 mg de azacitidina. USO SUBCUTÂNEO USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada frasco ampola

Leia mais

Manual de Logística ISGH

Manual de Logística ISGH Manual de Logística ISGH Página 1 ELABORAÇÃO Juniana Torres Costa Gerente do Núcleo de Logística ISGH FORMATAÇÃO Comunicação Visual ISGH DATA Novembro de 2014 Manual de Logística ISGH Página 2 SUMÁRIO

Leia mais

COLÍRIO GEOLAB. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Solução Oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL

COLÍRIO GEOLAB. Geolab Indústria Farmacêutica S/A Solução Oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL COLÍRIO GEOLAB Geolab Indústria Farmacêutica S/A Solução Oftálmica 0,15mg/mL + 0,3mg/mL MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE MEDICAMENTOS E FÓRMULAS NUTRICIONAIS ESPECIAIS

INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE MEDICAMENTOS E FÓRMULAS NUTRICIONAIS ESPECIAIS INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE MEDICAMENTOS E FÓRMULAS NUTRICIONAIS ESPECIAIS Os Medicamentos Especiais são de responsabilidade de aquisição e fornecimento da Secretaria Estadual

Leia mais

Atuação do Enfermeiro na Coordenação de Sala, Perfusão e Acondicionamento de Enxertos

Atuação do Enfermeiro na Coordenação de Sala, Perfusão e Acondicionamento de Enxertos Curso Prático de Extração, Perfusão e Acondicionamento de Múltiplos Órgãos para Transplantes Atuação do Enfermeiro na Coordenação de Sala, Perfusão e Acondicionamento de Enxertos Fluxo da Captação Atuações

Leia mais

AVALIAÇÃO ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO 2013/262 AUXILIAR DE FARMÁCIA

AVALIAÇÃO ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO 2013/262 AUXILIAR DE FARMÁCIA AVALIAÇÃO ESPECÍFICA PROCESSO SELETIVO 2013/262 AUXILIAR DE FARMÁCIA 1. Entende-se por seleção de medicamentos: a) o conjunto de procedimentos técnicos e administrativos que envolvem as atividades de recepção/recebimento

Leia mais

FARMÁCIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE. Farm. Corina Keller 23ª GESAU Blumenau 2014

FARMÁCIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE. Farm. Corina Keller 23ª GESAU Blumenau 2014 FARMÁCIA EM SERVIÇOS DE SAÚDE Farm. Corina Keller 23ª GESAU Blumenau 2014 Lei nº 5991/73: Art. 4º, Inciso X - Farmácia - estabelecimento de manipulação de fórmulas magistrais e oficinais, de comércio de

Leia mais

Portaria n.º 541/GM Em 14 de março de 2002. O Ministro de Estado da Saúde no uso de suas atribuições legais,

Portaria n.º 541/GM Em 14 de março de 2002. O Ministro de Estado da Saúde no uso de suas atribuições legais, Portaria n.º 541/GM Em 14 de março de 2002. O Ministro de Estado da Saúde no uso de suas atribuições legais, Considerando a Lei nº 9.434, de 04 de fevereiro de 1997, que dispõe sobre a remoção de órgãos,

Leia mais

MODELO DE RÓTULO COLLATAMP EG Esponja de colágeno absorvível

MODELO DE RÓTULO COLLATAMP EG Esponja de colágeno absorvível MODELO DE RÓTULO COLLATAMP EG Esponja de colágeno absorvível RÓTULO PARA EMBALAGEM PRIMÁRIA Collatamp EG Esta embalagem contém 1 esponja de 5cm X 5cm X 0,5cm Composição: 70mg de colágeno e 50mg de sulfato

Leia mais

Gestão de Redes Assistenciais e o Impacto no Custeio da Assistência. Irene Minikovski Hahn

Gestão de Redes Assistenciais e o Impacto no Custeio da Assistência. Irene Minikovski Hahn Gestão de Redes Assistenciais e o Impacto no Custeio da Assistência Irene Minikovski Hahn novas tecnologias remuneração pela doença transição demográfica falta de incentivo para avaliação de qualidade

Leia mais

MEDICAMENTO DE ALTO RISCO

MEDICAMENTO DE ALTO RISCO 1 de 7 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta inicial CESC, FA, LAS, RFC. 1 Objetivo Promover práticas seguras para a utilização dos

Leia mais

PORTARIA Nº 2.600, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 [...] ANEXO VI NORMAS PARA AUTORIZAÇÃO DE EQUIPES ESPECIALIZADAS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

PORTARIA Nº 2.600, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 [...] ANEXO VI NORMAS PARA AUTORIZAÇÃO DE EQUIPES ESPECIALIZADAS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE PORTARIA Nº 2.600, DE 21 DE OUTUBRO DE 2009 Aprova o Regulamento Técnico do Sistema Nacional de Transplantes. [...] ANEXO VI NORMAS PARA AUTORIZAÇÃO DE EQUIPES ESPECIALIZADAS E ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE

Leia mais

Total de Atendimento Realizados Núcleo de Especialidades Janeiro 2013

Total de Atendimento Realizados Núcleo de Especialidades Janeiro 2013 Janeiro 2013 232 1258 714 595 2 345 113 428 232 250 113 30 54 509 66 240 46 437 30 186 180 31 32 5 Fevereiro 2013 53 501 81 393 23 752579 18636 426 154 69 8 215 32 535 288 1296 173 217 215 572 4 Marįo

Leia mais

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85

VAGAS e INSCRITOS por GRUPO 39 85 01 - ÁREAS BÁSICAS COM ACESSO DIRETO 1 ANESTESIOLOGIA - 3 ANOS 15 165 11,0 2 CIRURGIA GERAL - 2 ANOS 46 211 4,6 3 CLÍNICA MÉDICA - 2 ANOS 54 275 5,1 4 DERMATOLOGIA - 3 ANOS 5 88 17,6 5 INFECTOLOGIA - 3

Leia mais

Fluimare HT cloreto de sódio 3%

Fluimare HT cloreto de sódio 3% Fluimare HT cloreto de sódio 3% Forma farmacêutica e apresentações Solução nasal estéril, hipertônica de cloreto de sódio. Frascos de 50 ml com válvula pump (micronebulizador). USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Leia mais

RETIFICAÇÃO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO HOSPITAL METROPOLITANO DOUTOR CÉLIO DE CASTRO EDITAL Nº 08/2014

RETIFICAÇÃO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO HOSPITAL METROPOLITANO DOUTOR CÉLIO DE CASTRO EDITAL Nº 08/2014 RETIFICAÇÃO SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO HOSPITAL METROPOLITANO DOUTOR CÉLIO DE CASTRO EDITAL Nº 08/2014 O Secretário Municipal Adjunto de Recursos Humanos, no uso de suas atribuições legais, comunica as alterações

Leia mais

CÁLCULOS PARA ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS

CÁLCULOS PARA ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS CÁLCULOS PARA ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS SEMIOLOGIA E SEMIOTÉCNICA Unidades de medida Grama: unidade de medida de peso; sua milésima parte é o miligrama(mg), logo 1g corresponde a 1000mg e 1000g correspondem

Leia mais

P O D E R E X E C U T I V O

P O D E R E X E C U T I V O Município de Marataízes Esta Espírito Santo Cria pela Lei Municipal Nº. 872/2005 Distribuição Gratuita Extrato de Ata de Registro de Preços EXTRATO DE ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Ata de Registro de Preços

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA MANIPULAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E INTERCORRÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA MANIPULAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E INTERCORRÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA MANIPULAÇÃO, ADMINISTRAÇÃO E INTERCORRÊNCIAS NA UTILIZAÇÃO DE DIETAS ENTERAIS 2ª edição SUMÁRIO Nutrição Enteral: definição 1. Cuidados no preparo da Nutrição Enteral Higiene

Leia mais

ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA

ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA LACRIL ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Solução Oftálmica Estéril álcool polivinílico 1,4% BULA PARA O PACIENTE Lubrificante Ocular APRESENTAÇÃO Solução Oftálmica Estéril Frasco plástico conta-gotas

Leia mais

sulfato de terbutalina

sulfato de terbutalina sulfato de terbutalina União Química Farmacêutica Nacional S.A. Solução injetável 0,5 mg/ml sulfato de terbutalina Medicamento genérico, Lei nº 9.787, de 1999 Solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO

Leia mais

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO

PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO PROTOCOLO DE ACESSO A EXAMES DE TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA GRUPO 35 SUBGRUPO NOBEMBRO 2007 1 A TOMOGRAFIA COMPUTADORIZADA (TC) CARACTERIZA-SE POR SER EXAME DE ALTA COMPLEXIDADE E CUSTO ELEVADO, PORTANTO

Leia mais

REGIMENTO DA COMISSÃO DE PADRONIZAÇÃO E QUALIDADE DE MATERIAIS MÉDICO-HOSPITALARES - CPQMMH DO HUJM.

REGIMENTO DA COMISSÃO DE PADRONIZAÇÃO E QUALIDADE DE MATERIAIS MÉDICO-HOSPITALARES - CPQMMH DO HUJM. REGIMENTO DA COMISSÃO DE PADRONIZAÇÃO E QUALIDADE DE MATERIAIS MÉDICO-HOSPITALARES - CPQMMH DO HUJM. Artigo. 1 o O presente Regimento estabelece o funcionamento da Comissão de Padronização e Qualidade

Leia mais

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO DEPENDÊNCIA: FATEC - FATEC - (RS) LICITAÇÃO: (Ano: 2011/ FATEC / Nº Processo: 95387-01) Às 09:14:58 horas do dia 28/04/2011 no endereço RUA Q PREDIO 66 CAMPUS UFSM, bairro

Leia mais

MODELO DE BULA. USO ADULTO E PEDIÁTRICO (crianças acima de dois anos de idade)

MODELO DE BULA. USO ADULTO E PEDIÁTRICO (crianças acima de dois anos de idade) MODELO DE BULA Logo Novartis Lacrigel TM A palmitato de retinol 10 mg/g Lágrima artificial estéril Forma farmacêutica e apresentação Gel oftálmico: cada tubo contém 10 g de gel. USO ADULTO E PEDIÁTRICO

Leia mais

Hipoglós. Procter & Gamble do Brasil S.A. Pomada Dermatológica

Hipoglós. Procter & Gamble do Brasil S.A. Pomada Dermatológica Hipoglós Procter & Gamble do Brasil S.A Pomada Dermatológica retinol 5000 UI/g colecalciferol 900 UI/g óxido de zinco 150 mg/g óleo de fígado de bacalhau 86,6 mg/g Hipoglós_Bula_Paciente Página 1 de 7

Leia mais

NOTIFICAÇÕES DE EVENTOS ADVERSOS VIA SISTEMA

NOTIFICAÇÕES DE EVENTOS ADVERSOS VIA SISTEMA GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO GERÊNCIA DE UNIDADES DE INTERNAÇÃO Comissão de Gerenciamento de Risco NOTIFICAÇÕES DE EVENTOS ADVERSOS VIA SISTEMA 2012 Luciane Lindenmeyer,

Leia mais

Aos bioquímicos, técnicos de laboratório e estagiários do setor de imunologia e hematologia.

Aos bioquímicos, técnicos de laboratório e estagiários do setor de imunologia e hematologia. POP n.º: I70 Página 1 de 5 1. Sinonímia Teste rápido Anti-, VIKIA Biomeriéux. 2. Aplicabilidade Aos bioquímicos, técnicos de laboratório e estagiários do setor de imunologia e hematologia. 3. Aplicação

Leia mais

Lista de Medicamentos do Componente Especializado

Lista de Medicamentos do Componente Especializado Lista de Medicamentos do Componente Especializado *Medicamentos financiados exclusivamente com recursos estaduais ITEM MEDICAMENTO APRESENTAÇÃO 1 Ácido Ursodesoxicólico 150 mg* comprimido 2 Acitretina

Leia mais

Jaba B12 5 mg/2ml Pó e solvente para solução injectável

Jaba B12 5 mg/2ml Pó e solvente para solução injectável Folheto informativo: Informação para o utilizador Jaba B12 5 mg/2ml Pó e solvente para solução injectável Cobamamida Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 10:28 horas do dia 10 de maio de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo, designado pela portaria 147/2011 após analise da documentação do Pregão Eletrônico

Leia mais

ADEFORTE. palmitato de retinol colecalciferol acetato de racealfatocoferol

ADEFORTE. palmitato de retinol colecalciferol acetato de racealfatocoferol ADEFORTE palmitato de retinol colecalciferol acetato de racealfatocoferol Forma farmacêutica e apresentações Solução oleosa oral. Caixa com 1, 3, 25 e 50 ampolas com 3 ml. Solução oral. Frasco com 15 ml.

Leia mais

Conteúdo. Data: 24/04/2013 NOTA TÉCNICA 54/2013. Medicamento x Material Procedimento Cobertura

Conteúdo. Data: 24/04/2013 NOTA TÉCNICA 54/2013. Medicamento x Material Procedimento Cobertura NOTA TÉCNICA 54/2013 Solicitante Juíza Sabrina da Cunha Peixoto Ladeira Processo número: 0512.13.002867-7 Data: 24/04/2013 Medicamento x Material Procedimento Cobertura TEMA: Interferon, Oxsoralen 10 mg,

Leia mais

APRESENTAÇÃO Comprimidos: embalagem contendo 30 comprimidos de 25 mg. Xarope: embalagem contendo 1 frasco de 120 ml de 2 mg/ml.

APRESENTAÇÃO Comprimidos: embalagem contendo 30 comprimidos de 25 mg. Xarope: embalagem contendo 1 frasco de 120 ml de 2 mg/ml. Hixizine cloridrato de hidroxizina Uso adulto e pediátrico Uso oral APRESENTAÇÃO Comprimidos: embalagem contendo 30 comprimidos de 25 mg. Xarope: embalagem contendo 1 frasco de 120 ml de 2 mg/ml. COMPOSIÇÃO

Leia mais

DDAVP Hemo Laboratórios Ferring acetato de desmopressina. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO DDAVP Hemo acetato de desmopressina

DDAVP Hemo Laboratórios Ferring acetato de desmopressina. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO DDAVP Hemo acetato de desmopressina DDAVP Hemo Laboratórios Ferring acetato de desmopressina IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO DDAVP Hemo acetato de desmopressina APRESENTAÇÕES Solução Injetável de 15 mcg/ml de acetato de desmopressina disponível

Leia mais

Instituto Sócrates Guanaes

Instituto Sócrates Guanaes Instituto Sócrates Guanaes Instituição de direito privado sem fins lucrativos; Fundado em 13 de julho de 2000; Qualificado como Organização Social; Reconhecido como instituição de utilidade pública municipal

Leia mais

OTO-XILODASE. Apsen Farmacêutica S.A. Solução Otológica 100 UTR + 50 mg + 5 mg / 1 ml

OTO-XILODASE. Apsen Farmacêutica S.A. Solução Otológica 100 UTR + 50 mg + 5 mg / 1 ml OTO-XILODASE Apsen Farmacêutica S.A. Solução Otológica 100 UTR + 50 mg + 5 mg / 1 ml OTO-XILODASE cloridrato de lidocaína + sulfato de neomicina + hialuronidase APSEN FORMAS FARMACÊUTICAS Solução otológica

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 02/2015 EBSERH/HE-UFPEL EDITAL N 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ

CONCURSO PÚBLICO 02/2015 EBSERH/HE-UFPEL EDITAL N 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ Gabarito Preliminar CONCURSO PÚBLICO 02/2015 EBSERH/HE-UFPEL EDITAL N 02 - EBSERH - ÁREA MÉDICA NÍVEL SUPERIOR - MANHÃ MÉDICO - ALERGIA E IMUNOLOGIA D A B E C D D C A B C C E A E E B B E B D A C D A MÉDICO

Leia mais

Fortaleza, 17 e 18 de junho de 2010.

Fortaleza, 17 e 18 de junho de 2010. Fracionamento de medicamentos para dispensadores Parcerias: Defensoria Pública do Estado do Ceará; Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA Conselho Regional de Farmácia - CRF- CE Sindicato do

Leia mais

Bula com informações ao Paciente soro anticrotálico

Bula com informações ao Paciente soro anticrotálico soro anticrotálico solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO soro anticrotálico APRESENTAÇÃO O soro anticrotálico, heterólogo e hiperimune, é apresentado em ampolas contendo 10 ml de solução injetável

Leia mais

FLUTINOL LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Suspensão Oftálmica Estéril. acetato de fluormetolona 1 mg/ml BULA PARA O PACIENTE

FLUTINOL LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Suspensão Oftálmica Estéril. acetato de fluormetolona 1 mg/ml BULA PARA O PACIENTE FLUTINOL LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Suspensão Oftálmica Estéril acetato de fluormetolona 1 mg/ml BULA PARA O PACIENTE COLÍRIO Flutinol acetato de fluormetolona 0,1% APRESENTAÇÃO: Suspensão

Leia mais

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO

ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO ATA DA SESSÃO PÚBLICA DO PREGÃO DEPENDÊNCIA: PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS - PM CANOAS - LICITACOES - (RS) LICITAÇÃO: (Ano: 2009/ PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS / Nº Processo: 424/2009) Às 14:10:57 horas

Leia mais

considerando as conseqüências da indisponibilidade de produtos constantes da relação anexa;

considerando as conseqüências da indisponibilidade de produtos constantes da relação anexa; 1 de 6 24/11/2008 14:32 Portaria nº 783, de 1º de outubro de 1998 (*) O Secretário de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, no uso de suas atribuições legais, e tendo em vista o disposto no Parágrafo

Leia mais

Nota Técnica Conjunta SESA N 02/2014 1

Nota Técnica Conjunta SESA N 02/2014 1 Nota Técnica Conjunta SESA N 02/2014 1 Assunto: Fluxo para solicitação, distribuição e dispensação do medicamento Palivizumabe para o tratamento profilático do Vírus Sincicial Respiratório (VSR) no Estado

Leia mais

Sulfato de Terbutalina. Hipolabor Farmacêutica Ltda. Solução Injetável. 0,5mg/mL

Sulfato de Terbutalina. Hipolabor Farmacêutica Ltda. Solução Injetável. 0,5mg/mL Sulfato de Terbutalina Hipolabor Farmacêutica Ltda. Solução Injetável 0,5mg/mL 1 sulfato de terbutalina Medicamento genérico Lei 9.787, de 1999 NOME GENÉRICO: Sulfato de terbutalina FORMA FARMACÊUTICA:

Leia mais

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Myograf filgrastim

MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Myograf filgrastim MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Myograf filgrastim IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO APRESENTAÇÕES Solução injetável Myograf 300 mcg/ml: Embalagens contendo 5 frascos-ampola com 1 ml USO SUBCUTÂNEO / INFUSÃO

Leia mais

Tem por objetivo garantir a existência contínua de um estoque organizado, de modo a não faltar nenhum dos itens necessários à produção.

Tem por objetivo garantir a existência contínua de um estoque organizado, de modo a não faltar nenhum dos itens necessários à produção. Resumo aula 3 Introdução à gestão de materiais A gestão de materiais é um conjunto de ações destinadas a suprir a unidade com materiais necessários ao desenvolvimento das suas atribuições. Abrange: previsão

Leia mais

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 11 Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 4 ), para que a água esteja em conformidade com

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA 1 de 26 16/11/2010 18:54 CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1845/2008 (Publicada no D.O.U. de 15 Jul 2008, Seção I, p. 72) (Republicada com anexo no D.O.U. 16 Jul 2008, Seção I, p.164-168) (Modificada

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INFORMAÇÕES GERAIS 1 - A Residência em Medicina constitui modalidade de ensino de pós-graduação, destinada

Leia mais

COTAÇÃO ELETRÔNICA N 15/2014 CONDIÇÕES GERAIS DA CONTRATAÇÃO

COTAÇÃO ELETRÔNICA N 15/2014 CONDIÇÕES GERAIS DA CONTRATAÇÃO COTAÇÃO ELETRÔNICA N 15/2014 1. OBJETO 1 CONDIÇÕES GERAIS DA CONTRATAÇÃO 1.1. A presente licitação tem por objeto a aquisição de materiais de consumo odontológico e de materiais para uso ambulatorial para

Leia mais

Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 41366

Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 41366 Página 1 de 5 DETALHAMENTO DO FLUXO Fluxo de elaboração e aprovação de POP s v.1 - Cód. 41366 POP: Dispensação de Material Médico e Medicamento Requisitante: PASSO A PASSO DO FLUXO Cód. Tarefa Início Conclusão

Leia mais

4438 FINEP/CEB/Ultra-Som Diagnóstico 221/2012 Engenheiro

4438 FINEP/CEB/Ultra-Som Diagnóstico 221/2012 Engenheiro Convênios Vigentes 2012 com Órgãos Públicos N.º Convênio 4321 CNPq-SICONV/HEMOCENTRO/INCT do Sangue 169/2012 Biologista 4438 FINEP/CEB/Ultra-Som Diagnóstico 221/2012 Engenheiro 186/2012 Auxiliar de Manutenção

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF REGIMENTO INTERNO DA COMISSÂO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (CCIH) E SERVIÇO DE CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR (SCIH) DO HU/UFJF CAPÍTULO I DA DENOMINAÇÃO Artigo 1º Atendendo à Portaria de número

Leia mais

Difenidrin (cloridrato de difenidramina)

Difenidrin (cloridrato de difenidramina) Difenidrin (cloridrato de difenidramina) Cristália Prod. Quím. Farm. Ltda. Solução injetável 50 mg/ml ampola de 1 ml MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: DIFENIDRIN cloridrato

Leia mais

1. INTRODUÇÃO...3 2. TIPOS DE TRANSPORTE...3. 2.1 Transporte intra-hospitalar:...4. 2.2Transporte inter-hospitalar:...6

1. INTRODUÇÃO...3 2. TIPOS DE TRANSPORTE...3. 2.1 Transporte intra-hospitalar:...4. 2.2Transporte inter-hospitalar:...6 1 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. TIPOS DE TRANSPORTE...3 2.1 Transporte intra-hospitalar:...4 2.2Transporte inter-hospitalar:...6 3. SEGURANÇA E CONTRA-INDICAÇÕES...7 4. CONSIDERAÇÕES...9 5. CRITICIDADE DE

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA RESOLUÇÃO CFM Nº 1.973/2011 (Publicada no D.O.U. de 1º de agosto de 2011, Seção I, p. 144-147) Dispõe sobre a nova redação do Anexo II da Resolução CFM nº 1.845/08, que celebra

Leia mais

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal

OSMAR DE LIMA MAGALHÃES Secretário do Governo Municipal PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 1663, DE 02 DE JULHO DE 2012. Aprova o detalhamento das funções/especialidades dos cargos do Quadro Permanente da Função Saúde da Administração Pública

Leia mais

Solução Glicofisiológica

Solução Glicofisiológica Solução Glicofisiológica Solução injetável cloreto de sódio + glicose 9 mg/ml + 50 mg/ml 1 Forma farmacêutica e apresentações: Solução injetável MODELO DE BULA Solução Glicofisiológica cloreto de sódio

Leia mais

EPITEZAN ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril

EPITEZAN ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA. Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril EPITEZAN ALLERGAN PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril APRESENTAÇÃO Pomada Oftálmica Estéril Tubo contendo 3,5 g de pomada oftálmica estéril

Leia mais

LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER

LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER LIVRETO EXPLICATIVO DO PLAM MASTER INDIVIDUAL FAMILIAR OPERADORA Plano de Assistência Médica Mineira Ltda PLAM Inscrição na Agência Nacional de Saúde ANS nº 38.228-1 OPERADORA - Plano de Assistência Médica

Leia mais

Rinofluimucil. Zambon Laboratórios Farmacêuticos Ltda Solução Nasal 10 mg acetilcisteína + 5 mg tuaminoeptano

Rinofluimucil. Zambon Laboratórios Farmacêuticos Ltda Solução Nasal 10 mg acetilcisteína + 5 mg tuaminoeptano Rinofluimucil Zambon Laboratórios Farmacêuticos Ltda Solução Nasal 10 mg acetilcisteína + 5 mg tuaminoeptano I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Rinofluimucil acetilcisteína sulfato de tuaminoeptano APRESENTAÇÕES

Leia mais

considerando a necessidade de implementar ações que venham contribuir para a melhoria da qualidade da assistência à saúde;

considerando a necessidade de implementar ações que venham contribuir para a melhoria da qualidade da assistência à saúde; Resolução - RDC nº 132, de 29 de maio de 2003 D.O.U de 02/06/2003 Dispõe sobre o registro de medicamentos específicos. A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária no uso da atribuição

Leia mais