Fundamentos de Gestão de TI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fundamentos de Gestão de TI"

Transcrição

1 Fundamentos de Gestão de TI Tópico I Governança Corporativa e de TI

2 agenda Mercado de TI Governança Corporativa Governança de TI Frameworks e Modelos

3 um conto conhecido Em Alice no País das Maravilhas (Lewis Carroll) Alice: O senhor poderia me dizer, por favor, qual o caminho que devo tomar para sair daqui? Gato de Cheshire: Isso depende muito de para onde você quer ir. Alice: Não me importo muito para onde... Gato de Cheshire: Então não importa o caminho que você escolha. Alice: Contanto que dê em algum lugar. Gato de Cheshire: Você pode ter certeza que vai chegar Se você caminhar bastante.

4 profissional de ti Onde você espera estar daqui a 5 anos? a) Desenvolvendo sistemas corporativos de alta qualidade. b) Ser um analista conceituado e chamado para prestar consultorias. c) Liderar uma equipe motivada de projetos de sistemas. d) Ser um profissional capaz de alinhar a TI aos objetivos da empresa ou órgão. e) Não sei, e não me preocupo com isso. Só não deixe a TI ser um mundo nas suas costas.

5 profissional de ti Se sua escolha (espontânea) foi a alternativa (d), suas chances de entender o valor da Gestão de TI e das práticas de Governança de TI, aumentam de maneira considerável; A TI (ou TIC) é estratégica para a eficiência e eficâcia da empresa ou órgão, em qualquer área; O alinhamento estratégico é fundamental entre a TI, e o negócio e as operações da empresa.

6 profissional de ti Então, qual o reconhecimento dado ao Profissional de TI, se a sua área não for vista como vital para agregar Valor ao Negócio?

7 crise existencial na ti O que responderia um técnico de TI ao ser perguntando sobre seu papel na empresa? Que trabalha configurando o servidor de acesso a internet. Configura o acesso dos usuários e atende chamada técnicas de suporte a equipamentos. Que trabalha dando suporte a sistemas de informação e tecnologias que são somente ferramentas de apoio aos processos empresariais e facilitadores da tomada de decisão.

8 crise existencial na ti Na maioria das empresas, acontece assim A área de TI acha que sua razão de ser é puramente técnica, e esquece que seu objetivo é apoiar o negócio da empresa; O nível de maturidade é voltado a apagar incêndio, e o processo dominante é o caos ; Usam-se abordagens reativas e sem processo de trabalho, em detrimento de abordagens proativas e eficientes.

9 mercado de ti O Gartner Group divulgou estudo onde prevê que os investimentos em TI totalizarão US$ 3,6 trilhões em 2011, um aumento de 5.1%, em relação ao ano passado; A América Latina será o segundo maior destino desses investimentos; Metas para o investimento em TI: Melhoria dos processos de negócios; Reduzir custos das corporações e órgãos; Melhorar o uso e a análise da informação; Aumentar a eficiência da força de trabalho.

10 quando a ti fracassa Grandes fracassos em projetos de TI 1998 / AT&T - Uma atualização da versão de um sistema durou 26 hs (eram previstas 6 hs). Custou US$ 40M devido ao nãocumprimento de contratos; 1999 / ebay Indisponibilidade de 22 hs devido a falha no sistema. Custo estimado entre US$ 3 e 5M em receitas e queda de 26% no valor das ações / Aeroporto Int. de Denver Um projeto subestimado de software, iniciado em 1995, para automação do controle e distribuição de bagagens, foi abandonado em com custo de manutenção de US$ 1M por mês. Custo total: US$ 560M / Sydney Water A modernização do sistema de gerenciamento de usuários, tem atraso de 18 meses e custo superior a 100% do orçado. A previsão do retorno de investimento é de 37 anos. Fonte: Catalogue of Catastrophe Why Technology Projects Fail

11 governança corporativa Definição do IBGC "Governança corporativa é o sistema que assegura aos sócios-proprietários o governo estratégico da empresa e a efetiva monitoração da diretoria executiva. A relação entre propriedade e gestão se dá através do conselho de administração, a auditoria independente e o conselho fiscal, instrumentos fundamentais para o exercício do controle. A boa governança corporativa garante eqüidade aos sócios, transparência e responsabilidade pelos resultados (accountability)."

12 governança corporativa O que contempla a Governança Corporativa? Performance: Melhorar o lucro, a eficiência, a efetividade, e o crescimento; Conformidade: Aderir à legislação, políticas internas e requisitos de auditoria. Objetiva, principalmente: Fornecer um direcionamento estratégico; Garantir que os objetivos sejam alcançados; Estabelecer que os riscos sejam gerenciados; Garantir que os recursos da empresa sejam usados com responsabilidade.

13 lei sarbanes-oxley (sox) Criada em 2002 por Paul Sarbanes e Michael Oxley, após escândalos financeiros com corporações americanas; Impõe padrões mais elevados de Governança Corporativa: Auditoria e controle interno Segurança Transparência

14 governança corporativa para ti

15 governança de ti Definição I: A governança de TI é de responsabilidade da alta administração (incluindo diretores e executivos), na liderança, nas estruturas organizacionais e nos processos que garantem que a TI da empresa sustente e estenda as estratégias e objetivos da organização. (IT Governance Institute)

16 governança de ti Definição II: Especificação dos direitos decisórios e do framework de responsabilidades para estimular comportamentos desejáveis na utilização da TI. (Weill and Ross)

17 governança de ti Definição III: Capacidade organizacional exercida pelo conselho, pela administração executiva e pela administração de TI para controlar a formulação e implementação da estratégia de TI e, com isso, assegurar a fusão entre os negócios e a TI. (Van Grembergen)

18 governança de ti Apesar das empresas investirem grandes quantias de dinheiro na TI muitas vezes a TI é uma área nebulosa e isolada dentro da empresa; E decisões de TI envolvem diversas áreas. A tomada de decisão, aliás, passa a margem da área; O alinhamento estratégico entre TI e negócio pode ser um elemento fundamental para o sucesso da organização.

19 pilares da governança de ti A governança requer liderança; As políticas definem o que é certo; Os processos reforçam as políticas; Os indicadores e as métricas fornecem visibilidade e verificam reforços das políticas; A empresa deve estabelecer uma cultura que suporta a governança.

20 objetivos da governança de ti Promover a integração entre o Negócio e a TI; Otimizar e melhorar as operações e/ou serviços de TI; Facilitar e dar suporte a tomada de decisão de TI; Estabelecer e manter relacionamento com clientes e fornecedores; Estabelecer e manter a conformidade com as leis, regulamentos e contratos; Gestão de risco (identificar, analisar e mitigar); Otimizar custos totais de TI; Gerar valor para empresa.

21 para implantar governança de ti Tá certo! Governança de TI é legal, é interessante, é benéfico Mas e aí, como isso pode funcionar na minha empresa? Para onde queremos ir? Onde estamos? Como chegaremos lá? Como saberemos se chegamos lá? Continuidade dos serviços de TI! Utilizar as melhores práticas, padrões e frameworks.

22 padrões e frameworks O termo Governança de TI não é novo, na sua essência; Pode ser considerado, sob uma determinado prisma, equivalente a algo já nominado como: processos de TI, modelos de maturidade, guia de melhores práticas, etc. Atualmente, podemos enxergar alguns frameworks de apoio a Governança de TI: Balanced Scorecard; CMMi, MPS-Br, CobIT, ITIL, dentro outros.

23 bsc Balanced Scorecard: Desenvolvido por Robert Kaplan e David Norton; Traduz a missão e a visão das empresas em um conjunto abrangente de medidas de desempenho que serve de base para um sistema de medição e gestão estratégica ; Quatro perspectivas de tradução: Financeiro, Processos Internos e de Negócio, Aprendizado e Crescimento, Cliente.

24 bsc

25 cmmi Capability Maturity Model Integration, gerido pela SEI (Software Engineering Institute); É um guia destinado a melhorar os processos organizacionais e o gerenciamento do desenvolvimento, da aquisição e da manutenção de produtos e serviços; São cinco níveis de maturidade que indicam uma sequência lógica para que os processos evoluam na medida em que estes satisfaçam as exigências do modelo.

26 cmmi

27 cobit CobIT Control Objectives for Information and related Technology, regulado pela ISACA; Versão vigente: 4.1 (2007); Modelo de processos dividido em 4 domínios: Planejamento e Organização, Aquisição e e Implementação, Entrega e Suporte, Monitoramento e Avaliação; Possui 34 processos e um objetivo de controle para cada processo.

28 cobit

29 cobit

30 itil IT Infrastrucure Library, publicado (v1) em 1990 pelo Depto. de Comércio do Governo do Reino Unido; O núcleo do ITIL consiste de cinco publicações, com boas práticas aplicáveis a serviços de TI voltados ao negócio: Estratégia, Desenho, Transição, Operação e Melhoria Continuada de serviços; É iterativo e multidimensional.

31 itil

32 Atribuição-Uso Não-Comercial 2.5 Brasil

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

Governança de TI. O desafio de gerenciar recursos de TI no Século XXI. Mauricio Lyra, PMP

Governança de TI. O desafio de gerenciar recursos de TI no Século XXI. Mauricio Lyra, PMP Governança de TI O desafio de gerenciar recursos de TI no Século XXI O que é Governança? Tipos de Governança Governança Corporativa é o sistema pelo qual as sociedades são dirigidas e monitoradas, envolvendo

Leia mais

Governança em TI PROFA. DRA. ELISA YUMI NAKAGAWA. SSC 531 Gestão de Sistemas de Informação. 2. Semestre de 2016

Governança em TI PROFA. DRA. ELISA YUMI NAKAGAWA. SSC 531 Gestão de Sistemas de Informação. 2. Semestre de 2016 SSC 531 Gestão de Sistemas de Informação Governança em TI PROFA. DRA. ELISA YUMI NAKAGAWA 2. Semestre de 2016 SSC0531 - Gestão de Sistemas de Informação 2 Roteiro Introdução Governança corporativa Motivação

Leia mais

GOVERNANÇA EM TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Escrito por Alexandre Luna Thaysa Paiva

GOVERNANÇA EM TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO. Escrito por Alexandre Luna Thaysa Paiva GOVERNANÇA EM TIC TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Escrito por Alexandre Luna {alexluna@mangve.org} Thaysa Paiva {thaysasuely@gmail.com} ROTEIRO i. INTRODUÇÃO ii. MODELOS DE GESTÃO iii. iv. ITIL

Leia mais

As visões de Negócio. Analista de Negócio 3.0. Segundo Módulo: Parte 2

As visões de Negócio. Analista de Negócio 3.0. Segundo Módulo: Parte 2 Segundo Módulo: Parte 2 As visões de Negócio 1 Quais são visões de Negócio? Para conhecer o negócio o Analista de precisa ter: - Visão da Estratégia - Visão de Processos (Operação) - Visão de Valor da

Leia mais

GRC e Continuidade de Negócios. Claudio Basso

GRC e Continuidade de Negócios. Claudio Basso GRC e Continuidade de Negócios Claudio Basso claudio.basso@sionpc.com.br Governança um atributo de administração dos negócios que procura criar um nível adequado de transparência através da definição clara

Leia mais

Marcelo Henrique dos Santos

Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Mestrado em Educação (em andamento) MBA em Marketing e Vendas (em andamento) Especialista em games Bacharel em Sistema de Informação Email: marcelosantos@outlook.com TECNOLOGIA

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Novembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Finalizar o conteúdo da Disciplina Governança de

Leia mais

Governança aplicada à Gestão de Pessoas

Governança aplicada à Gestão de Pessoas Governança de pessoal: aperfeiçoando o desempenho da administração pública Governança aplicada à Gestão de Pessoas Ministro substituto Marcos Bemquerer Brasília DF, 15 de maio de 2013 TCU Diálogo Público

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Unidade VI Planejamento Estratégico de TI. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Unidade VI Planejamento Estratégico de TI. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático 6.1 Governança de tecnologia da Informação 6.2 Planejamento e Controle da TI 6.3 O Papel Estratégico da TI para os Negócios 6.4

Leia mais

Governança de TI. O que realmente importa? Clayton Soares

Governança de TI. O que realmente importa? Clayton Soares Governança de TI O que realmente importa? Clayton Soares clayton@clayton.pro.br Curriculo Acadêmico Profissional Cursos e Certificações Agenda Afinal, o que realmente importa? Qual o papel da TI nessa

Leia mais

Alessandro Almeida 17/10/ Semestre de 2013 SIN-NA8

Alessandro Almeida  17/10/ Semestre de 2013 SIN-NA8 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 17/10/2013 2 Semestre de 2013 SIN-NA8 Como a Gestão da Tecnologia da Informação pode ser definida? Liste quatro disciplinas e habilidades que devem ser observadas

Leia mais

Governança de TI. Mestrado em Gestão estratégicas de Organizações Disciplina: Sistemas de Informação e Novas Tecnologias Organizacionais

Governança de TI. Mestrado em Gestão estratégicas de Organizações Disciplina: Sistemas de Informação e Novas Tecnologias Organizacionais Governança de TI Mestrado em Gestão estratégicas de Organizações Disciplina: Sistemas de Informação e Novas Tecnologias Organizacionais Professor: Carlos Oberdan Rolim V070717_01 80% de downtime não planejado

Leia mais

Diretor de Sistemas e Informação

Diretor de Sistemas e Informação Controladoria-Geral da União Implantação do COBIT na CGU José Geraldo Loureiro Rodrigues José Geraldo Loureiro Rodrigues Diretor de Sistemas e Informação A escolha do COBIT 4.1 Maior abrangência Integração

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

Acordo de Acionistas Política da de CPFL Sustentabilidade do Grupo CPFL Energia. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A.

Acordo de Acionistas Política da de CPFL Sustentabilidade do Grupo CPFL Energia. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. Acordo de Acionistas Política da de CPFL Sustentabilidade Energia S.A. do Grupo CPFL Energia Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. 1 Sumário 1. Introdução 3 2. Objetivo 4 3. Âmbito de

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Agosto de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Apresentação do Programa Introdução a Governança

Leia mais

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL. Estudo de Caso

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL. Estudo de Caso PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL Estudo de Caso Sobre o Vitória Apart Hospital Institucional Desde a sua fundação, em 2001, o Vitória Apart Hospital atua com o objetivo de

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Visão Geral dos O é fundamental para o gerenciamento de um ambiente de TI, uma vez que a eficácia é seriamente comprometida se uma organização não souber quais ativos de software ela possui, onde estão

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Modelos de Melhores Práticas e o Modelo de Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 4 1 COBIT Control Objectives for Information and Related Technology. Abrangente

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL *

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * Alex SILVA 1 ; Marcelo Stehling de CASTRO 2 1 Dicente do curso de pós-graduação lato sensu EMC/UFG alexf16@hotmail.com; 2 Docente do curso de Especialização

Leia mais

COBIT (Control Objectives for Information and Related Tecnology)

COBIT (Control Objectives for Information and Related Tecnology) COBIT (Control Objectives for Information and Related Tecnology) Mestrado em Gestão estratégicas de Organizações Disciplina: Sistemas de Informação e Novas Tecnologias Organizacionais Professor: M.Sc.

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 4: Implementação e controle do planejamento estratégico 1 SEÇÃO 4.1 A ESTRUTURA E A CULTURA ORGANIZACIONAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA 2 Estrutura organizacional Especifica

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2012 2013 APRESENTAÇÃO O Planejamento Estratégico tem como objetivo descrever a situação desejada de uma organização e indicar os caminhos para

Leia mais

Profª Valéria Castro V

Profª Valéria Castro V Profª Valéria Castro Críticas Sistemas tradicionais de mensuração de desempenho devido ao foco em medidas financeiras de curto prazo. Dificultam a criação de valor econômico para o futuro. BSC propõe o

Leia mais

Estudo sobre o efeito da Crise Econômica nos Investimentos em Tecnologia de Informação

Estudo sobre o efeito da Crise Econômica nos Investimentos em Tecnologia de Informação A Tecnologia de Informação (TI) é recurso organizacional e como tal recebe investimentos, que são afetados pela situação econômica e da própria organização. O momento atual da economia brasileira afeta

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Agosto de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Continuação do Domínio de Processos PO (PO4, PO5

Leia mais

GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA

GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 AFINAL, O QUE É UMA CONTROLADORIA ESTRATÉGICA? 6 COMO ELA FUNCIONA NA PRÁTICA? 10 O QUE FAZ UM CONTROLLER? 14 COMO FAZER UMA CONTROLARIA DA MELHOR

Leia mais

Prof. Charles Pantoja Esteves. Administrador de Empresas Analista de Sistemas Msc. PNL e Inteligência Emocional

Prof. Charles Pantoja Esteves. Administrador de Empresas Analista de Sistemas Msc. PNL e Inteligência Emocional Prof. Charles Pantoja Esteves Administrador de Empresas Analista de Sistemas Msc. PNL e Inteligência Emocional Planejamento Estratégico Idalberto Chiaventao Arão Sapiro Editora Campus Manual do Planejamento

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico IV Desenho de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto desenho de serviço desenho de serviço Objetivo: desenhar e especificar serviços novos ou alterados para

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 06. Luiz Leão

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Lista de Exercícios 06. Luiz Leão Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 01 O que é governança Corporativa? Questão 01 - Resposta O que é governança Corporativa? É o conjunto de processos, costumes, políticas, leis,

Leia mais

OBJETIVOS E INDICADORES ESTRATÉGICOS

OBJETIVOS E INDICADORES ESTRATÉGICOS OBJETIVOS E INDICADORES ESTRATÉGICOS PERSPECTIVA: TRE/RN e Sociedade Objetivo 1: Primar pela satisfação do cliente de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) Descritivo: Conhecer e ouvir o cliente

Leia mais

Melhores Práticas em TI

Melhores Práticas em TI Melhores Práticas em TI Referências Implantando a Governança de TI - Da Estratégia à Gestão de Processos e Serviços - 2ª Edição Edição - AGUINALDO ARAGON FERNANDES, VLADIMIR FERRAZ DE ABREU. An Introductory

Leia mais

III Fórum de Governança de TI. Governança de TI nos Correios

III Fórum de Governança de TI. Governança de TI nos Correios III Fórum de Governança de TI Governança de TI nos Correios Outubro / 2016 COBIT 5: Governança e Gestão de TI Governança Corporativa Governança de TI Gestão de TI Vice-Presidência Corporativa - Áreas Composição

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Desenvolvimento de Negócios Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Gestão Estratégica Para quê? Por Quê? Para fazer acontecer e trazer

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS Informação Pública 13/5/2016 ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 PRINCÍPIOS... 3 4 REFERÊNCIAS... 4 5 CONCEITOS... 4 6 PRERROGATIVAS... 4 7 DIRETRIZES... 5 8 RESPONSABILIDADES...

Leia mais

Administração de Redes. Prof. Marcos Argachoy

Administração de Redes. Prof. Marcos Argachoy Gerenciamento e Administração de Redes Prof. Marcos Argachoy Conteúdo Programático: 1. Elementos de Controle e Avaliação: Falhas; Contabilização; Configuração; Desempenho; Segurança; 2. Metodologias de

Leia mais

PROGRAMA DE COMPLIANCE

PROGRAMA DE COMPLIANCE PROGRAMA DE COMPLIANCE VERSÃO 1.0 SETEMBRO/2016 1. NOME DO PROGRAMA Programa de Compliance criado em 30.09.2015 2. OBJETIVO Mitigar os riscos das operações e os negócios atuais e futuros, sempre em conformidade

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015

PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 REVISÃO 4.0 DE 09/09/2015 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador,

Leia mais

MBA em Tecnologia da Informação Empresarial (MTIE)

MBA em Tecnologia da Informação Empresarial (MTIE) MBA em Tecnologia da Informação Empresarial (MTIE) CATEGORIA: Curso de Pós-Graduação Latu-Senso - MBA ÁREA BÁSICA: Tecnologia da Informação ÁREAS DE CONHECIMENTO: Empresarial DEPARTAMENTO: Departamento

Leia mais

Analista de Negócio 3.0

Analista de Negócio 3.0 Analista de 3.0 Análise Corporativa: Analise Corporativa Esta a área de conhecimento descreve as atividades de análise de negócio necessárias para identificar uma necessidade do negócio, problema ou oportunidade.

Leia mais

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 05/03/2013. 1 Semestre de 2013

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 05/03/2013. 1 Semestre de 2013 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 05/03/2013 1 Semestre de 2013 A importância da TI não é igual em todas as empresas Em algumas, faz parte do core Em outras, é somente uma área de suporte A

Leia mais

Boas Práticas de Governança Corporativa. Treinamento Palestra para a ANS 06/02/2013. Gilberto Mifano

Boas Práticas de Governança Corporativa. Treinamento Palestra para a ANS 06/02/2013. Gilberto Mifano Boas Práticas de Governança Corporativa Subtítulo Agregam Valor ou Módulo de Treinamento Palestra para a ANS 06/02/2013 Gilberto Mifano O que é Governança Corporativa? Conflitos entre sócios? A defesa

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com INTRODUÇÃO Durante muito tempo a Tecnologia da Informação foi tratada apenas como um pequeno

Leia mais

Elementos Fundamentais para a Melhoria da Qualidade de Software nas Organizações de TI

Elementos Fundamentais para a Melhoria da Qualidade de Software nas Organizações de TI Elementos Fundamentais para a Melhoria da Qualidade de Software nas Organizações de TI Ana Cervigni Guerra Eduardo Paulo de Souza Projeto Reconhecido na Categoria Serviços Tecnológicos Brasília, 31 de

Leia mais

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS Slide 1 BALANCED SCORECARD PRODUTIVIDADE CRESCIMENTO MAIS RESULTADOS Ms. RICARDO RESENDE DIAS BALANCED SCORECARD Slide 2 BSC CONCEITO FINALIDADE APLICAÇÃO PRÁTICA ESTRATÉGIA - BSC Slide 3 Ativos Tangíveis

Leia mais

Política de Sustentabilidade. Junho /2010. PI Rev. A

Política de Sustentabilidade. Junho /2010. PI Rev. A Junho /2010 PI.034.00000001 Rev. A SUMÁRIO 1. SUSTENTABILIDADE : ESSÊNCIA DA CAB AMBIENTAL 2. MISSÃO 3.VISÃO 4. OBEJTIVO 5. SUSTENTABILIDADE NA PRÁTICA 6. COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO CHAVES PARA O SUCESSO

Leia mais

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof.

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof. WEBINAR Pós-graduação Gestão de Serviços em TI Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Prof. Ademar Albertin Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança

Leia mais

EAD SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TI - PETI. Prof. Sérgio Luiz de Oliveira Assis

EAD SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TI - PETI. Prof. Sérgio Luiz de Oliveira Assis H3 EAD - 5736 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PLANO ESTRATÉGICO DE TI - PETI Prof. Sérgio Luiz de Oliveira Assis sergioassis@usp.br 02 Agenda 1. Plano Estratégico de TI Etapas de execução ALINHAMENTO ESTRATÉGICO

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais, PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 38/2016 Define a Política de Gerenciamento da Central de Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

MEDIÇÃO DE DESEMPENHO VIA BSC

MEDIÇÃO DE DESEMPENHO VIA BSC MEDIÇÃO DE DESEMPENHO VIA BSC Quais indicadores podem ser utilizados para avaliar um sistema operacional? Alguns Exemplos de Indicadores Qualidade; Eficiência Operacional; Grau de Inovação; Superávit;

Leia mais

Como fazer o Balanced Scorecard. O que é Balanced Scorecard (Conceito) Este conteúdo faz parte da série: Balanced Scorecard Ver 2 posts dessa série

Como fazer o Balanced Scorecard. O que é Balanced Scorecard (Conceito) Este conteúdo faz parte da série: Balanced Scorecard Ver 2 posts dessa série Este conteúdo faz parte da série: Balanced Scorecard Ver 2 posts dessa série O que é: O Balanced Scorecard, também conhecido como BSC, é uma das ferramentas de gestão que consiste em um método que mede

Leia mais

Universidade de São Paulo Faculdade de Economia Administração e Contabilidade. Balanced Scorecard

Universidade de São Paulo Faculdade de Economia Administração e Contabilidade. Balanced Scorecard Universidade de São Paulo Faculdade de Economia Administração e Contabilidade Prof. Dra. Bernadete de Lourdes Marinho Monitora: Heloiza Hirano Agenda Introduzindo o BSC Funcionamento da Ferramenta Implementação

Leia mais

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP BALANCED SCORECARD Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP Gestão Estratégica e BSC Balanced Scoredcard GESTÃO ESTRATÉGICA GESTÃO

Leia mais

Por Carolina de Moura 1

Por Carolina de Moura 1 O desenvolvimento sistemático para a gestão de risco na empresa envolve um processo evolutivo. Nos últimos anos tenho testemunhado um forte interesse entre organizações, e as suas partes interessadas,

Leia mais

UMA PROPOSTA DE POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI RESUMO

UMA PROPOSTA DE POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI RESUMO UMA PROPOSTA DE POSICIONAMENTO DA ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO NO GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI Maurício Rocha Lyra Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) Cláudio Gottschalg Duque RESUMO A Information

Leia mais

Gestão Por Processos. Prof. Me. Silvio Mota Fone:

Gestão Por Processos. Prof. Me. Silvio Mota Fone: Gestão Por Processos Prof. Me. Silvio Mota Fone: 55 11 3285 6539 contato@daryus.com.br Biografia Mestre em Administração de Empresas, Pós Graduado em Análise de Sistemas, atua no mercado prestando consultoria

Leia mais

Gestão da Produção. Análise SWOT Balanced Scorecard Mapa Estratégico. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira Empresas Classe Mundial

Gestão da Produção. Análise SWOT Balanced Scorecard Mapa Estratégico. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira Empresas Classe Mundial Gestão da Produção Análise SWOT Balanced Scorecard Mapa Estratégico Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Empresas Classe Mundial ESTRATÉGIA PRODUTIVIDADE QUALIDADE Balanced ScoreCard Lean

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE TI

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE TI MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA COMISSÃO DE ELABORAÇÃO DO PLANO ESTRATÉGICO DE TI Plano de Trabalho Elaboração do Plano Estratégico de Tecnologia

Leia mais

A RELEVÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA PARA O GESTOR

A RELEVÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA PARA O GESTOR A RELEVÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA PARA O GESTOR Rodrigo Stigger Dutra CGE TOP A DIFÍCIL VIDA DE UM GESTOR A DIFÍCIL VIDA DE UM GESTOR Todo dia é dia de gestão de crise! A DIFÍCIL VIDA DE UM GESTOR Não

Leia mais

Responsabilidade da Direção

Responsabilidade da Direção 5 Responsabilidade da Direção A gestão da qualidade na realização do produto depende da liderança da alta direção para o estabelecimento de uma cultura da qualidade, provisão de recursos e análise crítica

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI do MEC

Planejamento Estratégico de TI do MEC Planejamento Estratégico de TI do MEC Merched Cheheb de Oliveira Diretor Diretoria de Tecnologia da Informação Secretaria Executiva Ministério da Educação MEC E mail: merched.oliveira@mec.gov.br Outubro

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE DEFINIÇÕES / RESUMO. Apostilas de NORMAS, disponíveis no site do professor. Prof. Celso Candido ADS / REDES / ENGENHARIA

QUALIDADE DE SOFTWARE DEFINIÇÕES / RESUMO. Apostilas de NORMAS, disponíveis no site do professor. Prof. Celso Candido ADS / REDES / ENGENHARIA DEFINIÇÕES / RESUMO Apostilas de NORMAS, disponíveis no site do professor. 1 NORMAS VISÃO GERAL Qualidade é estar em conformidade com os requisitos dos clientes; Qualidade é antecipar e satisfazer os desejos

Leia mais

GOVERNANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof.: Andre Moura - Governança em Tecnologia da Informação - Aula 01

GOVERNANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Prof.: Andre Moura - Governança em Tecnologia da Informação - Aula 01 1 GOVERNANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 2 GOVERNANÇA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO A01 - INTRODUÇÃO À A02 - ALINHAMENTO DE TI À GOV. CORPORATIVA A03 - PROCESSO DE DECISÃO NA GOV. DE TI A04 - CONTROLES PARA

Leia mais

CONTROLADORIA II MBA Estácio 26/06/2017

CONTROLADORIA II MBA Estácio 26/06/2017 CONTROLADORIA II MBA Estácio 26/06/2017 Prof. Lucas S. Macoris PLANO DE AULA CONTROLADORIA II Aula 1 Boas Vindas e Introdução Aula 5 Orçamento Empresarial Aula 2 Valor de Empresas: Conceitos Básicos Aula

Leia mais

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ALINHAMENTO ESTRATÉGICO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. Conhecimento em TI: O que

Leia mais

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Escritório de Gestão de Processos

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Escritório de Gestão de Processos - ANVISA Escritório de Gestão de Processos III Congresso Paraibano da Qualidade IV Seminário em Busca da Excelência João Pessoa - PB 25/08/2010 Cenário Desejado Cumprimento efetivo de sua missão Agência

Leia mais

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 1ª Jornada Internacional da Gestão Pública O caso MDIC BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 ANTECEDENTES INÍCIO DE 2011 Contexto de mudança de Governo; Necessidade de diagnóstico organizacional; Alinhamento

Leia mais

POLÍTICA DE RISCO OPERACIONAL DOS FUNDOS E CARTEIRAS GERIDOS PELO SICREDI

POLÍTICA DE RISCO OPERACIONAL DOS FUNDOS E CARTEIRAS GERIDOS PELO SICREDI POLÍTICA DE RISCO OPERACIONAL DOS FUNDOS E CARTEIRAS GERIDOS PELO SICREDI Versão: outubro/2016 1. OBJETIVO Em concordância com as diretrizes da Política de Gerenciamento de Riscos dos Fundos e Carteiras

Leia mais

Gestão Por Processos (BPM): instrumento para redução dos custos e melhoria da qualidade

Gestão Por Processos (BPM): instrumento para redução dos custos e melhoria da qualidade Gestão Por Processos (BPM): instrumento para redução dos custos e melhoria da qualidade Prof. Me. Silvio Mota Fone: 55 11 3285 6539 contato@daryus.com.br Biografia Mestre em Administração de Empresas,

Leia mais

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva

Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Dinamizar e Implementar a Estratégia Gabriel Silva Tempos de Mudança Mercados Tecnologia Pessoas Papel do Estado Escassez de Recursos Úteis no Longo Prazo Desdobramento dos Recursos 1 Missão Porque é que

Leia mais

GOVERNANÇA DE TI: uma pesquisa quantitativa com empresas brasileiras

GOVERNANÇA DE TI: uma pesquisa quantitativa com empresas brasileiras GOVERNANÇA DE TI: uma pesquisa quantitativa com empresas brasileiras Prof. Paulo Henrique S. Bermejo, Dr. Prof. André Luiz Zambalde, Dr. Adriano Olímpio Tonelli, MSc. Pamela A. Santos LabGTI Laboratório

Leia mais

O papel da Auditoria quanto a. Seminário Regional Norte de Auditoria Interna AUDIBRA 27 de agosto de Belém (PA)

O papel da Auditoria quanto a. Seminário Regional Norte de Auditoria Interna AUDIBRA 27 de agosto de Belém (PA) 1 O papel da Auditoria quanto a Segurança da Informação Seminário Regional Norte de Auditoria Interna AUDIBRA 27 de agosto de 2010 - Belém (PA) Sistema Financeiro Nacional 2 Fonte: Banco Central do Brasil

Leia mais

Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior

Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior Desenvolvimento de um Conjunto de Processos de Governança de Tecnologia de Informação para uma Instituição de Ensino Superior Ângela F. Brodbeck (Escola de Administração) Jussara I. Musse (Centro de Processamento

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO

PLANO ESTRATÉGICO PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador, Ator, ou Autor. AGENDA

Leia mais

Governança Corporativa e Governança Governamental no Contexto do Poder Judiciário

Governança Corporativa e Governança Governamental no Contexto do Poder Judiciário Governança Corporativa e Governança Governamental no Contexto do Poder Judiciário Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT, CRISC Universidade Católica de Brasília Vice-Presidente do Capítulo Brasília da ISACA Agenda

Leia mais

Governança de TIC. CobiT 4.1

Governança de TIC. CobiT 4.1 Governança de TIC CobiT 4.1 Conceitos Governança: A expressão governar tem origem na expressão navegar... E o que quem navega faz? Ele faz um mapa, dá a direção, faz as regras de convivência. Tomáz de

Leia mais

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras KPMG Risk & Compliance Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras Conteúdo 1. Contexto geral 6. Estrutura e funcionamento do Conselho

Leia mais

Balanced Scorecard A Estratégia em Ação

Balanced Scorecard A Estratégia em Ação Balanced Scorecard A Estratégia em Ação Definições O que é o Balanced Scorecard? É uma ferramenta que permite tangibilizar as estratégias das empresas através de objetivos e indicadores, facilitando sua

Leia mais

UMA VISÃO SOBRE A GOVERNANÇA DE TI ALINHADA AO NEGÓCIO

UMA VISÃO SOBRE A GOVERNANÇA DE TI ALINHADA AO NEGÓCIO UMA VISÃO SOBRE A GOVERNANÇA DE TI ALINHADA AO NEGÓCIO Leicivane Moura Alves Felipe Medeiros de Lacerda Joseneuza Julita Pimenta de Aguiar Rogério Oliveira da Silva Resumo: Após a crise financeira mundial

Leia mais

Av. Princesa Isabel, Fone (51) CEP Porto Alegre - RS - Brasil.

Av. Princesa Isabel, Fone (51) CEP Porto Alegre - RS - Brasil. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DO - 2016/2018 Apresentação da Técnica de Planejamento Estratégico Adotada O Cremers estará em 2016 dando segmento na implantação de seu Planejamento Estratégico segundo a filosofia

Leia mais

Glossário Acordo entre sócios/acionistas Administração Agenda de reunião

Glossário Acordo entre sócios/acionistas Administração Agenda de reunião Glossário Acordo entre sócios/acionistas Regula os direitos e obrigações entre sócios/acionistas, as condições que regem as transferências de ações de emissão da organização, o exercício dos direitos políticos,

Leia mais

PERFIL CORPORATIVO CTIS

PERFIL CORPORATIVO CTIS PERFIL CORPORATIVO CTIS PERFIL CORPORATIVO Sobre a CTIS A CTIS foi fundada em 1983. Ela iniciou sua trajetória com dois sócios, um office- boy e uma secretária, ocupando uma área de apenas 27m². Hoje,

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA

GOVERNANÇA CORPORATIVA GOVERNANÇA CORPORATIVA AULA 2 Prof. Wellington www.maestrocarreira.com.br A Sociedade Anônima regida pela Lei 6.404, de 15 de dezembro de 1976 (Lei das SA) possui o capital dividido em partes iguais chamadas

Leia mais

Projeto G7 Implantando o gerenciamento de serviços de TI no BACEN

Projeto G7 Implantando o gerenciamento de serviços de TI no BACEN Projeto G7 Implantando o gerenciamento de serviços de TI no BACEN Marcelo Garrido de Oliveira Chefe Adjunto do Deinf - BACEN AGENDA ALGUMAS PREMISSAS O DEINF O PROJETO G7 PRÓXIMOS PASSOS 2 ALGUMAS PREMISSAS

Leia mais

A ATUAÇÃO DO CONSELHEIRO. Romildo Gouveia Pinto CURITIBA, 6 DE JULHO DE 2016

A ATUAÇÃO DO CONSELHEIRO. Romildo Gouveia Pinto CURITIBA, 6 DE JULHO DE 2016 A ATUAÇÃO DO CONSELHEIRO Romildo Gouveia Pinto CURITIBA, 6 DE JULHO DE 2016 Fundado em 27 de novembro de 1995, o IBGC associação de âmbito nacional, sem fins lucrativos é uma organização exclusivamente

Leia mais

Política de Gestão Estratégica de Riscos e Controles Internos CELESC

Política de Gestão Estratégica de Riscos e Controles Internos CELESC Política de Gestão Estratégica de Riscos e Controles Internos CELESC Política de Gestão Estratégica de Riscos e Controles Internos CELESC SUMÁRIO SUMÁRIO... 1 INTRODUÇÃO... 2 OBJETIVOS... 3 CONCEITOS...

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 OBJETIVOS O que é Qualidade Entender o ciclo PDCA Apresentar técnicas para garantir a qualidade de software Apresentar ferramentas para

Leia mais

Introdução. Governança de TI. José Humberto Cruvinel. Contato: Site:

Introdução. Governança de TI. José Humberto Cruvinel. Contato: Site: Introdução Aula 04 - CoBiT Tópicos Avançados em Tecnologia da Informação Governança de TI José Humberto Cruvinel Contato: jhcruvinel@jhcruvinel.com Site: www.jhcruvinel.com Agenda CoBiT Governança de TI

Leia mais

A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo.

A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo. A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo. A DMA acredita que um profissional capacitado e potencializado

Leia mais

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A.

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE 35300010230 RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO GESTÃO INTEGRADA DE RISCO OPERACIONAL, CONTROLES INTERNOS E COMPLIANCE Objetivo Este documento

Leia mais

Gestão de Negócios (8)

Gestão de Negócios (8) Gestão de Negócios (8) Modelo: BALANCED SCORECARD Prof. Dr. Hernan E. Contreras Alday A grande idéia O Balanced Scorecard (painel balanceado de controle) usa, essencialmente, a medição integral de desempenho

Leia mais

Governança Corporativa Transparência e Sustentabilidade

Governança Corporativa Transparência e Sustentabilidade FECOMERCIO - 21/11 SÃO PAULO Governança Corporativa Transparência e Sustentabilidade LUIZ DE LUCA Coordenador Comissão GC em Saúde - IBGC Superintendente Corporativo Hospital Samaritano Governança Corporativa

Leia mais

Qualidade de Software: Visão Geral. SSC 121-Engenharia de Software 1 Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa

Qualidade de Software: Visão Geral. SSC 121-Engenharia de Software 1 Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa Qualidade de : Visão Geral SSC 121-Engenharia de 1 Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 2 o semestre de 2012 Qualidade de Qualidade é um termo que pode ter diferentes interpretações Existem muitas definições

Leia mais

POLÍTICA DA CENTRAL DE SERVIÇO DE TI. Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DA CENTRAL DE SERVIÇO DE TI. Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DA CENTRAL DE SERVIÇO DE TI Versão 1.0 GERÊNCIA CORPORATIVA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVOS... 3 3. ABRANGÊNCIA DA CENTRAL DE SERVIÇO... 3 4. FERRAMENTA UTILIZADA

Leia mais

Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto

Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto Padrões que auxiliam no gerenciamento da qualidade e segurança da informação de uma organização, a figura do profissional qualificado neste contexto e como obter a qualificação para atender esta demanda.

Leia mais

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações

CobIT. Eduardo Mayer Fagundes. Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações CobIT Um framework para a eficiência das organizações de Tecnologia da Informação e Telecomunicações Eduardo Mayer Fagundes Copyright(c)2008 por Eduardo Mayer Fagundes 1 Agenda 1. Princípio de Gestão Empresarial

Leia mais

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria GUIA Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria INTRODUÇÃO A área de tecnologia das organizações vem tendo um aumento de visibilidade significativa nos últimos anos. A TI tem

Leia mais

Você sabe fazer a nova auto-avaliação? Conheça os atalhos Marcelo Kós Diretor Técnico de Assuntos Industriais - Abiquim

Você sabe fazer a nova auto-avaliação? Conheça os atalhos Marcelo Kós Diretor Técnico de Assuntos Industriais - Abiquim Você sabe fazer a nova auto-avaliação? Conheça os atalhos Marcelo Kós Diretor Técnico de Assuntos Industriais - Abiquim A Estrutura do Atuação Responsável Elemento Visão Missão Valores Princípios Diretrizes

Leia mais

Integração do Desenvolvimento Ágil com a Governança Corporativa de TI Usando Métricas Funcionais

Integração do Desenvolvimento Ágil com a Governança Corporativa de TI Usando Métricas Funcionais Integração do Desenvolvimento Ágil com a Governança Corporativa de TI Usando Métricas Funcionais Carlos Eduardo Vazquez FATTO Consultoria e Sistemas Brasília Novembro/2014 www.fattocs.com 1 Queda do Muro

Leia mais