Como alinhar TI ao Negócio com Indicadores de Desempenho

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como alinhar TI ao Negócio com Indicadores de Desempenho"

Transcrição

1 Como alinhar TI ao Negócio com Indicadores de Desempenho Walfrido Brito Diretor da BI Gestão & TI 2017

2 Nosso Objetivo! Entender como uma Arquitetura de Indicadores de Desempenho bem estruturado e alinhado às expectativas do Negócio, ajuda a TI a entregar e comprovar seu Valor para a Organização.

3 Como a TI entrega Valor

4 Maturidade da Função de TIC Provedor do Conhecimento Visão do Negócio sobre a TI! V Futuro Negócio dentro do Negócio Gerenciamento do Valor IV Atual Parceiro Estratégico III 2010 Governança de TI Provedor de Serviço II 2000 Gerenciamento do Serviço Provedor de Tecnologia I 1990 Gerenciamento da Infraestrutura Tempo

5 Como gerenciar o Valor na TI? Planejando e Executando a sua Estratégia, Controlando e Monitorando os seus Riscos e Resultados. Entrega do Valor de TI Alinhamento Estratégico da TI Direcionadores de Valor dos Stakeholders Gerencimento do Risco Medição do Desempenho

6 Por onde começamos? Alinhando a TI com o Negócio através do PETI/PDTI

7 Como alinhamos a TI às expectativas do Negócio? Planejamento Estratégico do Negócio Diretrizes do Negócio Planejamento Estratégico da TI C O B I T IT BSC Como estamos? O que queremos? VITEC Plano de Ação da TI GRC Operações Desenvolvimento Segurança Projetos ITIL/ISO CMMI/MPS-BR ISO/NBR PMBOK Métricas de Desempenho da TI O que vamos fazer? Como vamos gerenciar os resultados?

8 Exemplo de uma Arquitetura de Métricas de Desempenho da TI Valor para o Negócio Estratégia de TI Comitês CIO e Executivos Gerenciamento dos Serviços Proprietários dos Processos e Clientes Gerenciamento da Infraestrutura Técnicos e Operadores Tecnologia

9 Quem são os Usuários da Informação? Nível Estratégico (Planejamento) - Por quê e Quando fazer? Presidente, Sócios e Diretores Nível Tático (Execução) - Onde e Como fazer? Nível Operacional (Controle) - O Quê estamos fazendo? Gestor Gerente e Coordenador Executor nas Áreas Técnicas & Administrativas

10 Indicadores na TI

11 Para que serve a Medição? Caracterizar um Desempenho de um Produto, Serviço, Processo, Projeto ou Equipamento; Monitorar a sua Execução; Aperfeiçoar os Resultados Predizer o seu Comportamento futuro A quanto estamos do desempenho desejado? Borda do Copo = Desempenho Esperado a = Diferença entre o Desempenho Atual e o Esperado b = Desempenho Atual

12 Tipos de Medições existentes... Para Visibilidade: Visualizar o desempenho atual frente a dados semelhantes. Para Controle: Controlar o desempenho atual em relação a um padrão estabelecido (meta). Para Melhoria: Comparar a implantação de uma melhoria em relação á meta estabelecida.

13 O que é um Indicador de Desempenho... É um Índice ou Taxa que pode ser expresso sob a forma de Percentagem ou Razão. Índice- Razões entre 2 grandezas diferentes. Ex. N. de Reclamações/Total de Clientes Taxa - Razão entre o número de ocorrências e o número total. Ex. Número de Devoluções/Total de Entregas. Tem como função Medir um aspecto do Desempenho visando comparar esta medida com metaspreestabelecidas.ècapaz de "revelar" uma situação que não é aparente por si só. Podem ser Informações de natureza Qualitativas (Ex. Satisfação) e/ou Quantitativas (Ex. MTBF), que registram e retratam o comportamento de uma atividade, processo ou de toda uma organização. São representados por VALORES e GRANDEZAS MENSURÁVEIS, que variam no tempo e/ou espaço.

14 Vale lembrar: Medida não é Indicador Total de Reclamações recebidas (Medida) TR = N. de Reclamações recebidas Total de Reclamações Solucionadas (Medida) TRS = N. de Reclamações solucionadas Taxa de Solução de Reclamações (Indicador) TRS TS = x 100 TR

15 Tipos de Métricas de Gestão Métricas Estratégicas: Indicadores de Ocorrência ou Outcomes. Sinalizam o alcance dos resultados planejados. Indicadores de Tendência ou Drivers. Sinalizam o esforço de realização das Ações planejadas para o alcance dos resultados. Métricas Gerenciais e Operacionais: Indicadores de Controle. Avaliam a evolução do desempenho esperado dos processos e atividades. Indicadores de Verificação. Avaliam o esforço no cumprimento do desempenho esperado dos processos e atividades.

16 Indicadores de Desempenho tem nome! Balanced Scorecard ISO KGI Key GoalIndicator(Metas Globais) KSI Key Strategic Indicator (Indicadores Estratégicos) Visãode Negócio KRI Key Result Indicator (Indicadores Gerenciais) Value Performance Indicators (VPI ) KPI Key Performance Indicator (Medidas Operacionais)

17 Fundamentos para uma boa Arquitetura de Indicadores na TI 1. Métricas devem ser Derivadas da Estratégia da TI alinhada com a Estratégia do Negócio; 2. Monitorar e Gerenciar o Desempenho global da TI (estratégico, tático e operacional); 3. As métricas devem ser desdobradas em todos os níveis hierárquicos da TI; 4. Todos os Colaboradores da TI devem ser Treinados em Indicadores de Desempenho e cobrados pelos seus Resultados.

18 Modelo de Arquitetura de Indicadores FORMULAÇÃO ESTRATÉGICA Planejamento ORÇAMENTO ~5 anos ~1 ano Melhorias Gerencia mento das Melhorias Objetivos Estratégicos da TI Mapa Estratégico da TI Objetivos Gerenciais dos Processos da TI Metas Anuais Recursos Gerencia mento de Recursos Inovações Gerencia mento da Inovação Gerenciamento de Projetos Execução da Estratégia Objetivos Operacionais das Atividades-Chaves ~1 dia Métricas RESULTADOS Operação

19 Precisamos antes conhecer qual a Cadeia de Valor dos Processos da TI Processos de Negócio da TI Estratégia, Planejamento e Gestão de TIC Políticas, Praticas e Processos de RH Direcionadores Estratégicos Rentabilidad Expansão de Mercado Satisfação do Cliente Inovação Melhoria dos Processos Retenção de Talentos Produtividade Atend Usuários Prover lnfra de TI Desenvolver/ Manter Sis Sup Gestão administrativa, financeira e RH Gestão do Planejamento e GRC Gestão da Arquitetura Tecnológica Gestão da Segurança da Informação Gestão de Contratos e Fornecedores Escritório de Projetos (PMO) Desenvolver/ Manter Sist Neg Gerenciar Serviços Resultados da Área de TI (Serviços) Estrutura e TIC Processos de Apoio ou Suporte do RH

20 Fontes de Métricas para TI

21 Fontes de Métricas para TI Meu Livro Gerenciamento de Serviços de TI na Prática (2007)

22 Painel de Indicadores

23 A visualização em Painéis de Indicadores é fundamental para... Monitorar Diagnosticar Resolver Principais Barreiras Executive Dashboard Executive Dashboard Executive Dashboard Verificar Indicadores Isolar o Problema Diagnosticar a Causa Tomar as Providências Ajuda a Estabelecer Metas e Planos de Ação - Planejamento, na Verificação e Análise dos Resultados e adoção de medidas corretivas e de melhoria de resultados.

24 Tipos de Painéis! Scorecardsfornecem uma representação Visual das Métricas e Informações-chaves de Desempenho de um Projeto, Serviço, Setor ou Equipamento. Ex. Painéis de Gestão à Vista. Dashboards fornecem uma representação Ilustrada e com Informações para Tomada de Decisão. Ex. Soluções de Business Intelligence.

25 Encerramento

26 Benefícios de uma Arquitetura de Indicadores de Desempenho na TI Focalizar a atenção para o alcance dos resultados importantes para a organização e seus stakeholders ; Fornecer informação oportuna e freqüente para os membros da TI e da Organização; Ajudar a estabelecer os objetivos e as metas mais importantes; Fornecer aos gestores a oportunidade de identificar e agir rapidamente para corrigir os pontos fracos; Apoiar uma agenda de geração de valor da TI para a organização.

27 Obrigado!!! Walfrido Brito Diretor BI Gestão & TI . Skype. wbritopjr Tel: SP

3) Qual é o foco da Governança de TI?

3) Qual é o foco da Governança de TI? 1) O que é Governança em TI? Governança de TI é um conjunto de práticas, padrões e relacionamentos estruturados, assumidos por executivos, gestores, técnicos e usuários de TI de uma organização, com a

Leia mais

BSC. deve contar a história da estratégia, começando. relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas em relação aos

BSC. deve contar a história da estratégia, começando. relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas em relação aos BSC Para KAPLAN & NORTON (1997), o Scorecard deve contar a história da estratégia, começando pelos objetivos financeiros a longo prazo e relacionando-se depois à seqüência de ações que precisam ser tomadas

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Novembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Finalizar o conteúdo da Disciplina Governança de

Leia mais

Gestão de Negócios (8)

Gestão de Negócios (8) Gestão de Negócios (8) Modelo: BALANCED SCORECARD Prof. Dr. Hernan E. Contreras Alday A grande idéia O Balanced Scorecard (painel balanceado de controle) usa, essencialmente, a medição integral de desempenho

Leia mais

João Telles Corrêa Filho Abril de 2011

João Telles Corrêa Filho Abril de 2011 Durante o último mês de março foram publicados dois importantes artigos nas seções de economia / negócios dos jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo. O primeiro fala sobre o aquecimento do mercado,

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Desenvolvimento de Negócios Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Gestão Estratégica Para quê? Por Quê? Para fazer acontecer e trazer

Leia mais

Tema 3. Planejamento Estratégico na Administração Pública. Ricardo Naves Rosa

Tema 3. Planejamento Estratégico na Administração Pública. Ricardo Naves Rosa Tema 3 Planejamento Estratégico na Administração Pública Ricardo Naves Rosa Planejamento Estratégico na Administração Pública Balanced Scorecard Ricardo Naves Rosa Gerente de Gestão Estratégica - AGR Engenheiro

Leia mais

OBJETIVOS DETERMINAM OS ALVOS QUE A EMPRESA PRETENDE ATINGIR E SÃO DEFINIDOS EM TERMOS QUANTITATIVOS. OBJETIVOS:

OBJETIVOS DETERMINAM OS ALVOS QUE A EMPRESA PRETENDE ATINGIR E SÃO DEFINIDOS EM TERMOS QUANTITATIVOS. OBJETIVOS: Por: Dorival Paula Trindade, Prof. Ms. GESTÃO versus OBJETIVOS e METAS OBJETIVOS DETERMINAM OS ALVOS QUE A EMPRESA PRETENDE ATINGIR E SÃO DEFINIDOS EM TERMOS QUANTITATIVOS. OBJETIVOS: Exemplos de uma empresa

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL. Estudo de Caso

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL. Estudo de Caso PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DA ESTRATÉGIA NO VITÓRIA APART HOSPITAL Estudo de Caso Sobre o Vitória Apart Hospital Institucional Desde a sua fundação, em 2001, o Vitória Apart Hospital atua com o objetivo de

Leia mais

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS Slide 1 BALANCED SCORECARD PRODUTIVIDADE CRESCIMENTO MAIS RESULTADOS Ms. RICARDO RESENDE DIAS BALANCED SCORECARD Slide 2 BSC CONCEITO FINALIDADE APLICAÇÃO PRÁTICA ESTRATÉGIA - BSC Slide 3 Ativos Tangíveis

Leia mais

Administração Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Administração Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Administração Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cronograma das Aulas. Hoje você está na aula Semana Tema 01 Apresentação do PEA. Fundamentos

Leia mais

Indicadores de Desempenho

Indicadores de Desempenho Indicadores de Desempenho 1 Conceito Características mensuráveis de processos, produtos ou serviços, utilizadas pela organização para acompanhar, avaliar e melhorar o seu desempenho. OS INDICADORES NECESSITAM

Leia mais

Processos Mapeamento, Análise e Normatização. Métricas de mensuração dos processos. Métricas de Mensuração. Aula 03. Prof.

Processos Mapeamento, Análise e Normatização. Métricas de mensuração dos processos. Métricas de Mensuração. Aula 03. Prof. Processos Mapeamento, Análise e Normatização Métricas de mensuração dos processos Aula 03 Prof. Frank Pizo Métricas de Mensuração Mensurar: 1. Determinar a medida de; medir. 2. Determinar a extensão ou

Leia mais

Gestão Por Processos. Prof. Me. Silvio Mota Fone:

Gestão Por Processos. Prof. Me. Silvio Mota Fone: Gestão Por Processos Prof. Me. Silvio Mota Fone: 55 11 3285 6539 contato@daryus.com.br Biografia Mestre em Administração de Empresas, Pós Graduado em Análise de Sistemas, atua no mercado prestando consultoria

Leia mais

Projeto Físico e Lógico de Redes de Processamento. Kleber A. Ribeiro

Projeto Físico e Lógico de Redes de Processamento. Kleber A. Ribeiro Projeto Físico e Lógico de Redes de Processamento Kleber A. Ribeiro Um pouco sobre o PMI PMI - Project Management Institute PMI Instituição internacional sem fins lucrativos criada em 1969 Desenvolve normas,

Leia mais

Gestão de pessoas e desempenho organizacional

Gestão de pessoas e desempenho organizacional Aula 12 Gestão de pessoas e desempenho organizacional Agenda 1 Seminário 2 Medindo a performance do RH 1 Seminário 5 Competing on talent analytics. Davenport, Harris & Shapiro. Harvard Business Review,

Leia mais

Núcleo de Apoio ao Planejamento e Gestão da Inovação. Junho de 2006

Núcleo de Apoio ao Planejamento e Gestão da Inovação. Junho de 2006 Núcleo de Apoio ao Planejamento e Gestão da Inovação Junho de 2006 NUGIN: Núcleo de Gestão da Inovação Missão Promover a geração de ambientes inovadores, fomentando e apoiando as empresas na gestão da

Leia mais

GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS. CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP)

GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS. CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP) GOVERNANÇA E GERENCIAMENTO DO PORTFÓLIO DE PROJETOS CARLOS MAGNO DA SILVA XAVIER (Doutor, PMP) O Papel dos Projetos nas Empresas PENSAMENTO ESTRATÉGICO ESTRATÉGIAS IDENTIFICAÇÃO DE PROJETOS PROJETOS DEFININDO

Leia mais

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria

GUIA. Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria GUIA Como maximizar a aprovação dos novos projetos de TI para a diretoria INTRODUÇÃO A área de tecnologia das organizações vem tendo um aumento de visibilidade significativa nos últimos anos. A TI tem

Leia mais

Workshop de Gestão de Recursos Humanos Objetivos Gerais Dotar os participantes de técnicas, métodos e instrumentos que vão fazer melhorar o planeamento, o acompanhamento e a Gestão dos Recursos Humanos.

Leia mais

Responsabilidade da Direção

Responsabilidade da Direção 5 Responsabilidade da Direção A gestão da qualidade na realização do produto depende da liderança da alta direção para o estabelecimento de uma cultura da qualidade, provisão de recursos e análise crítica

Leia mais

Projeto G7 Implantando o gerenciamento de serviços de TI no BACEN

Projeto G7 Implantando o gerenciamento de serviços de TI no BACEN Projeto G7 Implantando o gerenciamento de serviços de TI no BACEN Marcelo Garrido de Oliveira Chefe Adjunto do Deinf - BACEN AGENDA ALGUMAS PREMISSAS O DEINF O PROJETO G7 PRÓXIMOS PASSOS 2 ALGUMAS PREMISSAS

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE

QUALIDADE DE SOFTWARE QUALIDADE DE SOFTWARE SSC-546 Avaliação de Sistemas Computacionais Profa. Rosana Braga (material profas Rosely Sanches e Ellen F. Barbosa) Agenda Visão Geral de Qualidade Qualidade Aplicada ao Software

Leia mais

1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: Recife-PE 22/11/2013

1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia. LOCAL: Recife-PE 22/11/2013 DIVISÃO DE CONSULTORIA 1º SEMINÁRIO: Gestão Estratégica para Departamentos Jurídicos e Escritórios de Advocacia LOCAL: Recife-PE 22/11/2013 TEMA DA PALESTRA: Gestão de Fluxos de Trabalho e Indicadores

Leia mais

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013

1ª Jornada Internacional da Gestão Pública. O caso MDIC. BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 1ª Jornada Internacional da Gestão Pública O caso MDIC BRASÍLIA (DF), 13 de março de 2013 ANTECEDENTES INÍCIO DE 2011 Contexto de mudança de Governo; Necessidade de diagnóstico organizacional; Alinhamento

Leia mais

As visões de Negócio. Analista de Negócio 3.0. Segundo Módulo: Parte 2

As visões de Negócio. Analista de Negócio 3.0. Segundo Módulo: Parte 2 Segundo Módulo: Parte 2 As visões de Negócio 1 Quais são visões de Negócio? Para conhecer o negócio o Analista de precisa ter: - Visão da Estratégia - Visão de Processos (Operação) - Visão de Valor da

Leia mais

COBIT (Control Objectives for Information and Related Tecnology)

COBIT (Control Objectives for Information and Related Tecnology) COBIT (Control Objectives for Information and Related Tecnology) Mestrado em Gestão estratégicas de Organizações Disciplina: Sistemas de Informação e Novas Tecnologias Organizacionais Professor: M.Sc.

Leia mais

Ementário EMBA em Gestão de Projetos

Ementário EMBA em Gestão de Projetos Ementário EMBA em Gestão de Projetos Grade curricular Disciplina MATEMÁTICA FINANCEIRA - N FUNDAMENTOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS E GERENCIAMENTO DE ESCOPO - N GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS GESTÃO

Leia mais

FAMEBLU Engenharia Civil

FAMEBLU Engenharia Civil Disciplina LOGÍSTICA EMPRESARIAL FAMEBLU Engenharia Civil Aula 8: Indicadores Conceito Indicadores de Desempenho KPI Como implantar indicadores Professor: Eng. Daniel Funchal, Esp. Indicadores Indicadores

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico IV Desenho de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto desenho de serviço desenho de serviço Objetivo: desenhar e especificar serviços novos ou alterados para

Leia mais

QUADRO DE DISCIPLINAS

QUADRO DE DISCIPLINAS QUADRO DE DISCIPLINAS Disciplinas 1 Horas- Aula 2 1. Fundamentos do Gerenciamento de Projetos 24 2. Gerenciamento do Escopo em Projetos 24 3. Gerenciamento da Qualidade em Projetos 12 4. Gerenciamento

Leia mais

MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO APSUS - 2012

MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO APSUS - 2012 MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO APSUS - 2012 REFLEXÃO INICIAL "Não é possível gerir o que não se pode medir...e, se não se pode gerir, não se poderá melhorar " (William Hewlett) Se você não mede, você não gerencia!

Leia mais

Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva

Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva AMM Paraná 1 Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva, PMP AMM Paraná 2 A população mundial está crescendo e a produção de alimentos

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Prof. Marcelo Mello Unidade IV GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS Gerenciamento de serviços Nas aulas anteriores estudamos: 1) Importância dos serviços; 2) Diferença entre produtos x serviços; 3) Composto de Marketing

Leia mais

Gestão da Produção. Análise SWOT Balanced Scorecard Mapa Estratégico. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira Empresas Classe Mundial

Gestão da Produção. Análise SWOT Balanced Scorecard Mapa Estratégico. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira Empresas Classe Mundial Gestão da Produção Análise SWOT Balanced Scorecard Mapa Estratégico Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Empresas Classe Mundial ESTRATÉGIA PRODUTIVIDADE QUALIDADE Balanced ScoreCard Lean

Leia mais

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5

Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 Sumário Introdução, 1 Parte I Dimensões do Uso de Tecnologia de Informação, 5 1 Direcionadores do Uso de Tecnologia de Informação, 7 1.1 Direcionadores de mercado, 8 1.2 Direcionadores organizacionais,

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS D I S C U S S ÃO B AS E A D A N O P M I

GESTÃO DE PROJETOS D I S C U S S ÃO B AS E A D A N O P M I GESTÃO DE PROJETOS D I S C U S S ÃO B AS E A D A N O P M I DEFINIÇÃO DE PROJETO Empreendimento temporário realizado de forma progressiva para criar um produto ou serviço único. (Project Management Institute

Leia mais

Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR

Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR Project Builder: Apoio a Gestão de Projetos do Nível G ao C do MPS.BR Bernardo Grassano 1, Analia Irigoyen Ferreiro Ferreira 2, Mariano Montoni 3 1 Project Builder Av. Rio Branco 123, grupo 612, Centro

Leia mais

III Fórum de Governança de TI. Governança de TI nos Correios

III Fórum de Governança de TI. Governança de TI nos Correios III Fórum de Governança de TI Governança de TI nos Correios Outubro / 2016 COBIT 5: Governança e Gestão de TI Governança Corporativa Governança de TI Gestão de TI Vice-Presidência Corporativa - Áreas Composição

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2012 2013 APRESENTAÇÃO O Planejamento Estratégico tem como objetivo descrever a situação desejada de uma organização e indicar os caminhos para

Leia mais

Workshop: Gerenciamento de Portfólio Instrutor: Luis Augusto dos Santos, MSc,PMP

Workshop: Gerenciamento de Portfólio Instrutor: Luis Augusto dos Santos, MSc,PMP Workshop: Gerenciamento de Instrutor: Luis Augusto dos Santos, MSc,PMP Agenda Introdução ao Gerenciamento de Identificar e Categorizar Lista de programas e projetos Os programas, projetos e operações alinhados

Leia mais

Inteligência Empresarial

Inteligência Empresarial SOLUÇÕES WK Inteligência Empresarial A Solução para da WK Sistemas contempla um conjunto de ferramentas que permitem integrar através de Dashboards e Relatórios personalizados informações das diversas

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico Planejamento Estratégico Unidade 4: Implementação e controle do planejamento estratégico 1 SEÇÃO 4.1 A ESTRUTURA E A CULTURA ORGANIZACIONAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA ESTRATÉGIA 2 Estrutura organizacional Especifica

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

Business Case (Caso de Negócio)

Business Case (Caso de Negócio) Terceiro Módulo: Parte 5 Business Case (Caso de Negócio) AN V 3.0 [54] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com 1 Business Case: Duas

Leia mais

Introdução 03. O que são KPIs 05. A importância dos KPIs na gestão de projetos 08. Como definir os KPIs de um projeto 11

Introdução 03. O que são KPIs 05. A importância dos KPIs na gestão de projetos 08. Como definir os KPIs de um projeto 11 O GUIA COMPLETO Introdução 03 O que são KPIs 05 A importância dos KPIs na gestão de projetos 08 Como definir os KPIs de um projeto 11 Os principais KPIs de um projeto 15 Como monitorar os KPIs de um projeto

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Esp. Fabiano Taguchi fabianotaguchi@gmail.com http://fabianotaguchi.wordpress.com ANTIGAMENTE... Administradores não precisam saber muito como a informação era coletada, processada

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas Rev. 00 de Março/2013 1/208 1/ 42 Rodrigo Sousa Atuação: Instrutor de treinamentos Consultor e Auditor em Sistemas de Gestão da Qualidade

Leia mais

Entre das grandes conclusões do estudo destacamos:

Entre das grandes conclusões do estudo destacamos: A meritocracia avança nas empresas em operação no Brasil Pesquisa da Pricewaterhousecoopers indica a gestão de desempenho como prática cada vez mais utilizada em grandes empresas no Brasil A importância

Leia mais

Desafios para manter a iniciativa de BPM alinhada com a estratégia empresarial

Desafios para manter a iniciativa de BPM alinhada com a estratégia empresarial Desafios para manter a iniciativa de BPM alinhada com a estratégia empresarial Marlene Silva YPÊ Curitiba 05/12/12 Quem Somos Marca líder no segmento de higiene e limpeza no Brasil, a Ypê possui uma linha

Leia mais

Razões de Fracasso e Sucesso de Projetos

Razões de Fracasso e Sucesso de Projetos Razões de Fracasso e Sucesso de Projetos Agenda Filme O Reino Perdido Contexto Atual - CHAOS Report Conceitos Fundamentais Projeto Projeto versus Operação Gerenciamento de Projetos Stakeholders Sucesso

Leia mais

WEBINAR. Curso: Gestão por Processos (BPM) Tema: Operacionalizando as culturas de Compliance através dos processos. Profa. Renata Wada.

WEBINAR. Curso: Gestão por Processos (BPM) Tema: Operacionalizando as culturas de Compliance através dos processos. Profa. Renata Wada. WEBINAR Curso: Gestão por Processos (BPM) Tema: Operacionalizando as culturas de Compliance através dos processos Profa. Renata Wada BIOGRAFIA Pós Graduada em Investigação de Fraudes e Forense Computacional.

Leia mais

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul

Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Desdobrando o Mapa Estratégico da Justiça Federal do Rio Grande do Sul Marcelo De Nardi Porto Alegre, 04 de julho de 2011. CONTEXTUALIZAÇÃO Poder Judiciário no Contexto da Gestão Pública Nacional Processos

Leia mais

Políticas Organizacionais

Políticas Organizacionais Políticas Organizacionais Versão 1.4 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 11/10/2012 1.0 Revisão das políticas EPG 26/11/2012 1.1 Revisão do Item de customização EPG 24/10/2013 1.2 Revisão

Leia mais

AO aula 12 GESTÃO E BENCHMARKING. Prof. Wilson LAPO

AO aula 12 GESTÃO E BENCHMARKING. Prof. Wilson LAPO AO aula 12 GESTÃO E BENCHMARKING Prof. Wilson LAPO 1 Excelência é uma habilidade que se conquista com treinamento e prática. Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um ato,

Leia mais

Tipos de Indicadores. Conceito. O que medir... 25/08/2016

Tipos de Indicadores. Conceito. O que medir... 25/08/2016 Tipos de Indicadores 1 Conceito Características mensuráveis de processos, produtos ou serviços, utilizadas pela organização para acompanhar, avaliar e melhorar o seu desempenho ; OS INDICADORES NECESSITAM

Leia mais

Program Model Canvas: Uma abordagem prática para o gerenciamento de programas estratégicos

Program Model Canvas: Uma abordagem prática para o gerenciamento de programas estratégicos Program Model Canvas: Uma abordagem prática para o gerenciamento de programas estratégicos André T Arrivabene MBA, PMP, PgMP, SCPM, MSP O que é um Programa? 1 QUEM 3 O QUÊ 4 COMO Gerentes de Programas

Leia mais

MELHORIA DO DESEPENHO A PARTIR DA GESTÃO POR INDICADORES DE DESEMPENHO. Alexandre Fanfa Ribas Sócio

MELHORIA DO DESEPENHO A PARTIR DA GESTÃO POR INDICADORES DE DESEMPENHO. Alexandre Fanfa Ribas Sócio MELHORIA DO DESEPENHO A PARTIR DA GESTÃO POR INDICADORES DE DESEMPENHO Alexandre Fanfa Ribas Sócio alexandrefanfa@falconi.com Pensamento Sistêmico Indicadores de Desempenho Lacunas e Metas Planos de Ação

Leia mais

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Agenda Objetivos da G. Desempenho Conceitos estruturantes O Modelo concebido para o grupo Águas do Brasil Relato da Experiência e dos Resultados

Leia mais

Gerenciamento de Riscos Corporativos

Gerenciamento de Riscos Corporativos Gerenciamento de Riscos Corporativos Cristiano Correa de Barros Superintendência de Gestão de Finanças Corporativas Apresentador: Jorge Luiz Carvalho Brandão Belo Horizonte, maio/06 1 Gerenciamento de

Leia mais

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP

BALANCED SCORECARD. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP BALANCED SCORECARD Prof. Dr. Adilson de Oliveira Doutor em Engenharia de Computação Poli USP Mestre em Ciência da Informação PUCCAMP Gestão Estratégica e BSC Balanced Scoredcard GESTÃO ESTRATÉGICA GESTÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO MODELO DE GESTÃO Estratégia de Governança Digital 1. OBJETIVO

Leia mais

Gestão Negócios OBJETIVO NESTA AULA. Gestão eficaz - Aula 18

Gestão Negócios OBJETIVO NESTA AULA. Gestão eficaz - Aula 18 eficaz - Aula 18 Utilizar os diferentes conhecimentos adquiridos até aqui em de para planejar e implantar um modelo de gestão eficaz. OBJETIVO NESTA AULA Conhecimento científico A universidade que queremos

Leia mais

Gestão Por Processos (BPM): instrumento para redução dos custos e melhoria da qualidade

Gestão Por Processos (BPM): instrumento para redução dos custos e melhoria da qualidade Gestão Por Processos (BPM): instrumento para redução dos custos e melhoria da qualidade Prof. Me. Silvio Mota Fone: 55 11 3285 6539 contato@daryus.com.br Biografia Mestre em Administração de Empresas,

Leia mais

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL *

GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TI BASEADO EM ITIL * Alex SILVA 1 ; Marcelo Stehling de CASTRO 2 1 Dicente do curso de pós-graduação lato sensu EMC/UFG alexf16@hotmail.com; 2 Docente do curso de Especialização

Leia mais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Uma visão sobre a gestão de riscos socioambientais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Uma visão sobre a gestão de riscos socioambientais Sustentabilidade nas instituições financeiras Uma visão sobre a gestão de riscos socioambientais Como as instituições financeiras devem tratar a gestão de riscos socioambientais? O crescente processo de

Leia mais

Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento das Partes Interessadas (PMBoK 5ª ed.) Este é o capítulo 13 do PMBoK e é uma área muito importante para o PMI, pois antes de levar em consideração o cumprimento dos prazos, orçamento e qualidade,

Leia mais

Planejamento e Gestão Estratégica: uso do BSC

Planejamento e Gestão Estratégica: uso do BSC Planejamento e Gestão Estratégica: uso do BSC Maurício Fernandes Pereira www.mauriciofpereira.com.br www.facebook.com/mauriciofernandespereira1 mfpcris@gmail.com Prof. Dr. Maurício Fernandes Pereira 4

Leia mais

Gerência de Projetos de TI

Gerência de Projetos de TI Gerência de de TI Experiência da COPEL SIMPROS 2001 Paulo Henrique Rathunde phr@copel.com Agenda Introdução Gerência de Definição dos Processos Implantação Reflexões 2/33 São Paulo, Brasil 17-20/09/2001

Leia mais

Gestão de Talentos Tupy RH -Projetos e Processos

Gestão de Talentos Tupy RH -Projetos e Processos Gestão de Talentos Tupy RH -Projetos e Processos Joinville, Fevereiro de 2013 Responsáveis: Equipe Gestão de Talentos 0 Guia para criação de metas Este Guia Rápido tem por objetivo ajudá-lo no alinhamento

Leia mais

Balanced Scorecard. Daciane de Oliveira Silva. Referências: Livro Estratégias de Empresas: Lobato et.al (Cap. 7)

Balanced Scorecard. Daciane de Oliveira Silva. Referências: Livro Estratégias de Empresas: Lobato et.al (Cap. 7) Balanced Scorecard Daciane de Oliveira Silva Referências: Livro Estratégias de Empresas: Lobato et.al (Cap. 7) Ferramenta de implementação e controle das estratégias, com enfoque financeiro e não financeiro.

Leia mais

Balanced Scorecard A Estratégia em Ação

Balanced Scorecard A Estratégia em Ação Balanced Scorecard A Estratégia em Ação Definições O que é o Balanced Scorecard? É uma ferramenta que permite tangibilizar as estratégias das empresas através de objetivos e indicadores, facilitando sua

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO

PLANO ESTRATÉGICO PLANO ESTRATÉGICO 2015 2018 Líderes : Autores do Futuro Ser líder de um movimento de transformação organizacional é um projeto pessoal. Cada um de nós pode escolher ser... Espectador, Ator, ou Autor. AGENDA

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 OBJETIVOS O que é Qualidade Entender o ciclo PDCA Apresentar técnicas para garantir a qualidade de software Apresentar ferramentas para

Leia mais

Balanced Scorecard: Projetando o futuro através de indicadores de desempenho

Balanced Scorecard: Projetando o futuro através de indicadores de desempenho Balanced Scorecard: Projetando o futuro através de indicadores de desempenho Em meados de 1990 diversas organizações perceberam que os atuais métodos de mensuração de resultados que utilizavam já não eram

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais, PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 38/2016 Define a Política de Gerenciamento da Central de Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

Os processos de segurança da informação devem assegurar a integridade, a disponibilidade e a confidencialidade dos ativos de informação da Apex.

Os processos de segurança da informação devem assegurar a integridade, a disponibilidade e a confidencialidade dos ativos de informação da Apex. 1 POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Disposições Gerais Os sistemas de informação, a infraestrutura tecnológica, os arquivos de dados e as informações internas ou externas, são considerados importantes

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS

GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS GERENCIAMENTO DE INTEGRAÇÃO PROF. BARBARA TALAMINI VILLAS BÔAS 9 ÁREAS DE CONHECIMENTO DE GP / PMBOK / PMI DEFINIÇÃO O Gerenciamento de Integração do Projeto envolve os processos necessários para assegurar

Leia mais

Tendências em Sistemas de Informação

Tendências em Sistemas de Informação Prof. Glauco Ruiz Tendências em Sistemas de Informação Os papéis atribuídos à função dos SI têm sido significativamente ampliados no curso dos anos. De 1950 a 1960 Processamento de Dados Sistemas de processamento

Leia mais

Administrando Organizações & Negócios através de Indicadores (KPIs)

Administrando Organizações & Negócios através de Indicadores (KPIs) KPIs? KPIs? KPIs? KPIs? Administrando Organizações & Negócios através de Indicadores (KPIs) Uma nova visão de gestão, controle e crescimento organizacional A nova dinâmica dos Negócios Em um cenário que

Leia mais

Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos

Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos slide 1 Capítulo 3 Estratégia e análise de recursos humanos slide 2 Objetivos de aprendizagem 1. Explicar por que o planejamento estratégico é importante para todos os gestores. 2. Explicar com exemplos

Leia mais

Gerenciando Obras de Engenharia de Forma Eficaz

Gerenciando Obras de Engenharia de Forma Eficaz Gerenciando Obras de Engenharia de Forma Eficaz 08/07/15 Vinícius Bravim, MBA, PMP Palestrante Vinícius Bravim, MBA, PMP Especialista em Gerenciamento de Projetos pela FGV, certificado PMP (Project Management

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS Atualizado em 27/10/2015 CONCEITOS BÁSICOS Administração, em seu conceito tradicional, é definida como um conjunto de atividades, princípios, regras, normas que têm

Leia mais

Marcelo Henrique dos Santos

Marcelo Henrique dos Santos Marcelo Henrique dos Santos Mestrado em Educação (em andamento) MBA em Marketing e Vendas (em andamento) Especialista em games Bacharel em Sistema de Informação Email: marcelosantos@outlook.com TECNOLOGIA

Leia mais

Introdução a Gerencia de Projetos

Introdução a Gerencia de Projetos MBA EM GERENCIA DE PROJETOS Introdução a Gerencia de Projetos Rogério Santos Gonçalves 1 Agenda 1. Introdução ao Curso de Gerencia de Projetos 2. Conceitos Básicos sobre Gerenciamento de Projetos. 1. O

Leia mais

Reduções de Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos

Reduções de Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos Reduções de Custos Logísticos na Cadeia de Suprimentos Ricardo Amadeu Da Silva Coordenador Comitê de Logística CEISE Br Diretor Presidente - TransEspecialista 1 Gestão de Suprimentos A gestão da cadeia

Leia mais

BUSINESS AREA FORMULAÇÃO DA ESTRATÉGIA E SEUS DESDOBRAMENTOS SAFER, SMARTER, GREENER

BUSINESS AREA FORMULAÇÃO DA ESTRATÉGIA E SEUS DESDOBRAMENTOS SAFER, SMARTER, GREENER BUSINESS AREA FORMULAÇÃO DA ESTRATÉGIA E SEUS DESDOBRAMENTOS SAFER, SMARTER, GREENER 02 Página Formulação da Estratégia e seus desdobramentos ORGANIZAÇÃO ORIENTADA PARA A ESTRATÉGIA O Sistema de Gestão

Leia mais

OSM - PROCESSOS ORGANIZACIONAIS BPM / BPMN

OSM - PROCESSOS ORGANIZACIONAIS BPM / BPMN OSM - PROCESSOS ORGANIZACIONAIS BPM / BPMN BPM - BUSINESS PROCESS MANAGEMENT (GERENCIAMENTO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO) Os princípios fundamentais de BPM enfatizam a visibilidade, a responsabilidade e a capacidade

Leia mais

Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide

Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide Curso de Pós-Graduação Lato-Sensu Gestão de Projetos: Práticas PMBoK Guide Autor & Coordenador da Nova Proposta Prof. Dr. Edson Coutinho da Silva Departamento de Administração O Curso O curso de pós-graduação

Leia mais

Práticas ambientais desenvolvidas pela empresa Artecola Indústrias Químicas Fabiano de Quadros Vianna

Práticas ambientais desenvolvidas pela empresa Artecola Indústrias Químicas Fabiano de Quadros Vianna Práticas ambientais desenvolvidas pela empresa Artecola Indústrias Químicas Fabiano de Quadros Vianna Engenheiro Ambiental e de Segurança do Trabalho Coordenador de SMS nas Empresas Artecola Nossos negócios

Leia mais

Gerência de Redes Turma : V

Gerência de Redes Turma : V Gerência de Redes Turma : 20171.5.01405.1V Fundamentos do Gerenciamento de Redes Prof. Thiago Dutra Agenda n Administrar x Gerenciar n Contexto Atual n O Gerente de Rede n Gerenciamento

Leia mais

7ª Conferência da Qualidade de Software e Serviços

7ª Conferência da Qualidade de Software e Serviços 7ª Conferência da Qualidade de Software e Serviços Principais Alterações e Benefícios da ISO 9001:2015 Sócio-Diretor da ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade. Formado em Eng. Mecânica pela FEI e Pós-graduado

Leia mais

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof.

WEBINAR. Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS. Pós-graduação Gestão de Serviços em TI. Prof. WEBINAR Pós-graduação Gestão de Serviços em TI Tema: GESTÃO DE SERVIÇOS DE TI: OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E PROCESSOS Prof. Ademar Albertin Ademar Luccio Albertin Mais de 10 anos de experiência em Governança

Leia mais

Gestão Estratégica da Qualidade

Gestão Estratégica da Qualidade UNIVERSIDADE DE SOROCABA Curso Gestão da Qualidade Gestão Estratégica da Qualidade Aula Revisão 06/09 Professora: Esp. Débora Ferreira de Oliveira Questões 1 Como pode ser definida a 1ª fase da qualidade?

Leia mais

Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck

Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck Gerenciamento de Processos de Negócio - BPM Marcos Sganderlla Henrique Brodbeck Agosto, 2013 Modelos de negócio Processos de negócio Modelos de processos de negócio 2 Modelo de negócio Descrição formal

Leia mais

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014

NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014 NÚCLEO DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL 2014 WORKSHOPS CH DATA HORÁRIO INVESTIMENTO CONTEÚDO 1. Mudança nas relações com clientes em vendas. 2. Vendedor consultor: Gestor de negócio. 3. Planejamento em vendas.

Leia mais

Gerenciamento da Qualidade

Gerenciamento da Qualidade Gerenciamento da Qualidade Aula 09 Prof. Ewerton Monti Objetivo principal das empresas: Satisfação das necessidades das pessoas. Incluindo consumidores, empregados, acionistas, sociedade, fornecedores

Leia mais

Negociação Comercial

Negociação Comercial Negociação Comercial Aula 6-17/02/09 1 Negociação Comercial CONCEITOS BSC - BALANCE SCORECARD 2 O QUE É BALANCE SCORECARD O BSC é uma nova abordagem para administração estratégica, desenvolvida por Robert

Leia mais

Como fazer o Balanced Scorecard. O que é Balanced Scorecard (Conceito) Este conteúdo faz parte da série: Balanced Scorecard Ver 2 posts dessa série

Como fazer o Balanced Scorecard. O que é Balanced Scorecard (Conceito) Este conteúdo faz parte da série: Balanced Scorecard Ver 2 posts dessa série Este conteúdo faz parte da série: Balanced Scorecard Ver 2 posts dessa série O que é: O Balanced Scorecard, também conhecido como BSC, é uma das ferramentas de gestão que consiste em um método que mede

Leia mais