CAPÍTULO XXII COMPROMISSOS DE ORADOR, REGRAS SOBRE VIAGENS E REEMBOLSO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAPÍTULO XXII COMPROMISSOS DE ORADOR, REGRAS SOBRE VIAGENS E REEMBOLSO"

Transcrição

1 CAPÍTULO XXII COMPROMISSOS DE ORADOR, REGRAS SOBRE VIAGENS E REEMBOLSO Esta norma se aplica aos membros atuais da diretoria internacional, ex-presidentes internacionais, ex-diretores internacionais e ex-governadores de distrito qualificados, que tenham despesas de viagens pagas por Lions Clubs International. A. REUNIÕES AUTORIZADAS A associação oferece reembolso de despesas para dirigentes executivos, diretores internacionais, ex-presidentes internacionais e ex-diretores internacionais representando a associação em reuniões autorizadas. 1. Compromissos de orador autorizados nas suas áreas jurisdicionais, mas fora dos limites de seus respectivos distritos único ou múltiplo Todo distrito (único, subdistrito e múltiplo) poderá ter um orador oficial para sua convenção ou evento similar de âmbito distrital. No evento das convenções de subdistrito ocorrerem em conjunto com a convenção de distrito múltiplo, somente um orador oficial é autorizado. Um distrito múltiplo, incluindo todos os seus subdistritos, ou único poderá oferecer um convite para um dirigente executivo por ano. Circunstâncias especiais, que requerem visitas de mais que um dirigente executivo, podem ser autorizadas com aprovação do presidente internacional. O orador oficial deve residir na respectiva área jurisdicional. Designações fora da área jurisdicional podem ser permitidas mediante aprovação do presidente internacional e de acordo com o orçamento de milhagem do orador. Os oradores eleitos e residentes dos EUA e Afiliados, Bermuda e Bahamas ou Canadá são autorizados a viajar em ambas as áreas jurisdicionais. As despesas de transporte para designações oficiais de orador serão cobradas do orçamento de milhagem do orador. a. Procedimento para convidar (1) Um distrito (único, sub ou múltiplo) poderá apresentar um convite diretamente ao possível orador para uma reunião autorizada. O presidente internacional pode autorizar exceções ao protocolo de formulação de convites. Oradores qualificados, eleitos e residindo na área jurisdicional de onde o convite foi feito devem ser aprovados de acordo com a seguinte ordem de precedência: (a) Presidente Internacional: O presidente internacional pode viajar para qualquer evento Leonístico no mundo, desde que a despesa se enquadre no seu orçamento. Tais funções devem ser representativas do distrito inteiro (único ou múltiplo). (b) Dirigentes Executivos: O ex-presidente internacional imediato e os vicepresidentes internacionais podem viajar para reuniões autorizadas e outras Página 1

2 funções Leonísticas dentro dos limites de suas respectivas áreas jurisdicionais. Viagens para comparecer a funções Leonísticas fora de suas respectivas áreas jurisdicionais devem se enquadrar nos seus respectivos orçamentos e dependem de exame e aprovação prévios do presidente internacional (c) Todo diretor internacional ou, se nenhum estiver disponível, então, (d) Qualquer ex-presidente internacional ou ex-diretor internacional ou, se nenhum estiver disponível, então, (e) Um ex-governador de distrito residente no distrito único ou múltiplo no qual a reunião será realizada. (2) Mediante pedido, o Departamento de Viagens proporciona uma lista de oradores qualificados que estejam disponíveis para as datas do evento, segundo a ordem de precedência acima. (3) O Formulário de Requisição de Orador deve ser preenchido e encaminhado ao Departamento de Viagens com pelo menos sessenta (60) dias de antecedência ao evento. Esta exigência de 60 dias pode ser dispensada no caso de oradores substitutos e para o segundo vice-presidente e diretores de primeiro ano em eventos realizados em julho, agosto e setembro. (4) Quando o orador for selecionado, o Departamento de Viagens confirmará a aceitação do convite. (5) Incentivamos os distritos a realizarem convenções de sexta-feira a domingo para reduzir despesas de viagens. (6) O Departamento de Viagens deverá enviar uma confirmação de todos os convites recebidos para quem formulou o convite e para o orador. b. Atribuições do orador (1) Responsabilidades e Propósitos Gerais Para assegurar que os participantes recebam benefícios significativos de terem um orador oficial, o principal propósito de um orador oficial deverá ser de encorajar o aumento de sócios, promover e despertar a conscientização para programas, normas e realizações relevantes e especialmente para as mais recentes, inclusive de LCIF e seus programas, missão e realizações. O orador é incentivado a relatar tais tópicos de maneira que possam beneficiar, aprimorar ou inspirar clubes e distritos locais que estejam patrocinando a reunião. Os reembolsos de viagens e/ou compromissos futuros de orador não Página 2

3 poderão ser aprovados se um orador discursar sobre programas não afiliados à associação. (2) Reunião de discussão O conselho anfitrião deve programar uma reunião de discussão entre o orador e líderes distritais, como parte da visita oficial. Os propósitos desta reunião deverão ser: (a) Oferecer ao orador uma oportunidade de informar os líderes distritais sobre recentes desenvolvimentos em Lions Clubs International. (b) Permitir que os líderes distritais transmitam informações sobre o Leonismo no distrito, discutam ideias, solucionem problemas, etc. (c) Permitir um intercâmbio pessoal mais estreito sobre quaisquer assuntos relacionados ao Leonismo. (3) Relatório de Visitas Todos os oradores oficiais aos quais Lions Clubs International oferece reembolso de despesas de viagem devem preencher e encaminhar um relatório de visita. O relatório incluirá comentários específicos sobre os pontos fortes e fracos bem como áreas de preocupação especial nos respectivos distritos únicos, subdistritos ou distritos múltiplos. Um relatório de visitas preenchido deverá ser incluído no relatório de despesas para reembolsos. Não haverá reembolso sem a apresentação deste relatório. c. Obrigações do distrito O distrito anfitrião será responsável pelo pagamento das despesas de hotel, refeições e transporte local do orador oficial. Os distritos que deixarem de cumprir estas obrigações não terão o direito de ter oradores no futuro até que o débito seja saldado. Quando o orador se qualificar a um dia extra de descanso, as despesas de hotel e refeições serão reembolsadas segundo as Normas Gerais de Reembolso. d. Orçamento de milhagem (1) Os diretores internacionais recebem um orçamento de milhas por ano fiscal para comparecer a eventos autorizados fora de seus distritos únicos ou múltiplos. O presidente internacional pode aprovar adicionais em circunstâncias especiais. Para grandes áreas geográficas, o presidente internacional pode autorizar milhas adicionais. Página 3

4 Os diretores internacionais se qualificam, mediante convite, a comparecer a reuniões de distrito único ou de conselho de distrito múltiplo fora de seus respectivos distritos únicos ou múltiplos, mas dentro de sua própria área jurisdicional e dentro do seu orçamento de milhas, onde não há nenhum diretor, ou quando exigido por circunstancias especiais. Uma cópia da carta convite ou um formulário de pedido de orador precisa ser recebido junto com o relatório de despesas para que seja feito o pagamento das despesas. (2) Os ex-presidentes internacionais recebem um orçamento de milhas por ano fiscal para comparecer a eventos autorizados fora de seus distritos únicos ou múltiplos. Em circunstâncias especiais o presidente internacional terá a autoridade de aprovar até milhas adicionais. Os ex-presidentes internacionais podem ser aprovados para atuar como oradores em distritos múltiplos adjacentes, independentemente da disponibilidade de um diretor internacional em exercício. As despesas serão cobradas no orçamento de milhagem. (3) Os ex-diretores internacionais recebem um orçamento de milhas por ano fiscal para comparecer a eventos autorizados fora de seus distritos únicos ou múltiplos. Em circunstâncias especiais o presidente internacional terá a autoridade de aprovar até milhas adicionais. Os ex-diretores internacionais podem ser aprovados para atuar como oradores em distritos múltiplos adjacentes, independentemente da disponibilidade de um diretor internacional em exercício. As despesas serão cobradas no orçamento de milhagem. (4) Quando um ex-governador de distrito for o orador, a associação fará o reembolso baseado em despesas reais realizadas. e. Despesas adicionais Os viajantes serão reembolsados pelas despesas adicionais de viagem, tais como lavanderia, telefonemas, gorjetas, manobristas e refeições. Tais despesas devem ser detalhadas no relatório de despesas junto com os recibos quando for o caso ou quando o custo for maior do que US$ 25, a menos que exigido de outra forma pela regulamentação local. f. Verba para presentes Página 4

5 Quando um diretor internacional, ex-presidente internacional ou ex-diretor internacional for designado para viajar a fim de participar de uma função fora do seu distrito único ou distrito múltiplo e dele se espera que ofereça um presente em tal função, ele terá direito a um reembolso pelo preço real do presente cujo custo será de até US$ 50. Deve-se apresentar os recibos. 2. Eventos do distrito (único, sub ou múltiplo), com exceção das designações para orador oficial a. Autorização Não há necessidade de autorização prévia da sede internacional para aceitar um compromisso de orador no distrito único ou múltiplo no qual o orador foi eleito e nele resida. Os gastos com o comparecimento à função distrital serão debitados do orçamento. b. Oradores qualificados Os oradores devem ser convidados para compromisso de orador no seu distrito (único, subdistrito ou múltiplo) de acordo com a seguinte ordem de precedência: (1) Diretores internacionais e ex-presidentes internacionais podem comparecer a funções em seus respectivos distritos únicos ou múltiplos quando as despesas estiverem dentro dos seus respectivos orçamentos. (2) Ex-diretores internacionais qualificados (a) Os dois ex-diretores internacionais mais recentes estão qualificados para aceitar convites para eventos realizados em seus distritos. Para distritos múltiplos de grandes áreas geográficas, o presidente internacional pode aprovar ex-diretores internacionais adicionais para a lista de oradores qualificados. (b) Distritos múltiplos com mais de sócios (conforme reportado no Relatório Cumulativo de 30 de abril anterior) terão os três mais recentes ex-diretores internacionais como oradores qualificados. (c) Distritos múltiplos com mais de sócios (conforme reportado no Relatório Cumulativo de 30 de abril anterior) terão os quatro mais recentes ex-diretores internacionais como oradores qualificados. (d) Os Distritos Múltiplos em que o número de sócios exceda (de acordo com o Relatório Cumulativo anterior de 30 de abril) deve ter os cinco ex-diretores internacionais mais recentes como oradores oficiais qualificados. Página 5

6 (e) No evento de um ex-diretor internacional elegível não usar seu orçamento de distrito no seu ano de mandato, qualquer outro ex-diretor internacional do mesmo distrito múltiplo, não elegível no momento a receber um orçamento, poderá candidatar-se em base anual à Sede Internacional a receber tal orçamento. Esse tipo de solicitação deverá estar acompanhada por uma carta de aprovação, assinada pelo ex-diretor internacional que está abrindo mão do seu orçamento e qualquer outros ex-diretores internacionais intermediários. Caso a aprovação seja negada, o Presidente Internacional, conforme achar apropriado, poderá autorizar a solicitação de realocação de orçamento durante o seu ano presidencial. B. FÓRUNS DE ÁREA 1. Os fóruns de área serão reconhecidos por Lions Clubs International para os fins de: a. promover os princípios e objetivos do Lions Clubs International; b. treinar, educar e motivar os dirigentes de distritos e clubes; c. possibilitar a troca de informações e discussões sobre atividades de serviço, incluindo oportunidades para projetos de serviço cooperativo; d. promover os interesses da Fundação de Lions Clubs International. 2. As datas dos fóruns devem ser coordenadas com o Departamento de Viagens antes da sua confirmação e do local para evitar conflito com as reuniões da diretoria internacional nos anos futuros. As preferências de datas para os fóruns de área deverão ser: EUA/Canadá: segunda ou terceira semana completa de setembro. EUROPA: última semana completa em outubro até a última semana completa de novembro. OSEAL: segunda ou terceira semana completa de novembro. ISAAME: segunda ou terceira semana completa de dezembro. FOLAC: segunda ou terceira semana completa de janeiro. ANZI-pacífico: última semana completa de agosto ou primeira semana completa de setembro. 3. A conduta e operação dos fóruns, incluindo, porém não se restringindo ao planejamento, agenda e conteúdo do programa são da responsabilidade dos membros eleitos da diretoria internacional da área jurisdicional na qual o fórum está sendo realizado. Estes membros da diretoria podem delegar a operação do fórum a tal comissão(ões) conforme necessário, mas serão responsáveis em verificar que os propósitos desta norma da diretoria estão sendo observados. Se houver mais de um atual membro da diretoria servindo na área jurisdicional onde o fórum será realizado, o presidente internacional nomeará um deles para servir na comissão de planejamento. Todas as irregularidades devem ser relatadas ao Comitê Executivo de Lions Clubs International para que sejam tomadas providências no Página 6

7 sentido de atender o que determina esta norma. O membro da diretoria desempenhará as funções de elemento de ligação conforme abaixo relacionado: a. O assessor será o elemento de ligação entre a equipe da sede internacional e o presidente do fórum. Pedidos para local de reuniões ou horários para apresentações devem ser enviados ao assessor para aprovação pelo comitê do fórum. b. O assessor será o elemento de ligação entre os outros diretores da sua área jurisdicional e o comitê do fórum. Ele deverá manter os diretores informados, por escrito, sobre os detalhes do fórum, incluindo todos os pedidos de participação. c. O assessor deve fornecer ao Comitê de Planejamento do Fórum o Protocolo de Lions Clubs International conforme destacado no Capítulo XX do Manual de Normas da Diretoria para assegurar que todos os itens sejam tratados. d. Cada fórum deve ter uma declaração de missão e o diretor deve trabalhar com o presidente do fórum para atualizar esta declaração. e. O assessor trabalhará com a equipe de funcionários do Departamento de Viagens de Lions Clubs International para garantir que todas as informações sejam recebidas para a visita dos dirigentes, diretores e assessores nomeados da diretoria. O assessor deve assegurar que os funcionários tenham as datas dos futuros fóruns assim que disponíveis para permitir que os dirigentes planejem sua viagem para os futuros anos também. f. Na primeira reunião de diretoria após o fórum o assessor deve apresentar um relatório escrito à diretoria. O relatório deve ser uma sinopse dos eventos do fórum e os papéis desempenhados pelos dirigentes e diretores da área onde o fórum foi realizado. Após o fórum, uma cópia do relatório do assessor deve ser enviada ao gabinete do administrador executivo o mais rápido possível para que possa ser traduzido para os membros da diretoria. 4. Todos os fóruns devem ser autofinanciados e qualquer déficit deve ser responsabilidade única do referido fórum. Todos os fóruns são autorizados a cobrar taxas de inscrição num valor apropriado. 5. Todos os Leões da área jurisdicional na qual o fórum é realizado são convidados a participar. 6. Os fóruns devem ser realizados num local onde todos os sócios dos Lions clubes da área jurisdicional possam livremente se inscrever e onde seus distritos e países sejam reconhecidos. 7. O presidente de Lions Clubs International deverá ser convidado. O respectivo fórum fornecerá ao presidente internacional ou ao seu representante: a. A oportunidade de se dirigir a todos os Leões presentes ao fórum; b. A oportunidade de se dirigir a todos os atuais governadores de distrito presentes, em uma reunião separada. Página 7

8 8. Um Leão escolhido pelo presidente deverá apresentar o programa e as metas do presidente internacional em cada fórum. 9. O fórum deverá fornecer uma suíte com um quarto e refeições para o presidente internacional ou seu designado. As refeições e acomodações serão reembolsadas pela associação e cobradas do orçamento de viagem do presidente internacional. 10. O ex-presidente internacional imediato e o primeiro vice-presidente poderão participar de todos os fóruns de área. O segundo vice-presidente poderá participar do seu próprio fórum de área. As refeições e acomodações serão reembolsadas pela associação e cobradas do orçamento de viagem do dirigente. 11. Poderão ser organizados fóruns que incluam Leões de uma área jurisdicional adjacente. 12. Onde existir distritos múltiplos com clubes em duas áreas jurisdicionais e em uma das áreas jurisdicionais não será realizado um fórum, todos os Leões destes distritos múltiplos poderão participar do fórum adjacente como participantes oficiais. 13. Os fóruns de área não: a. infringirão, em sua operação, o Estatuto e Regulamentos Internacionais; b. cobrarão quotas. Contudo, cada fórum tem a autoridade de cobrar taxas de inscrição num valor apropriado; c. envolverão a participação que não seja em base voluntária; d. irão sobrepor ou criar qualquer estrutura governamental acima das organizações regulares de distrito e distrito múltiplo; e. se envolverão em quaisquer atividades não-leonísticas. 14. Os fóruns de área não deverão acarretar em nenhuma despesa para Lions Clubs International, exceto as despesas relacionadas à viagem para diretores internacionais, expresidentes internacionais e assessores nomeados e designados presidenciais (e acompanhantes adultos) da área jurisdicional do respectivo fórum. O designado presidencial ao respectivo comitê de planejamento do fórum deverá ser reembolsado pelas despesas de viagem, hotel e refeições para participar de uma reunião de planejamento do fórum. Página 8

9 C. ORÇAMENTOS Regra de reembolso para diretores internacionais, ex-presidentes internacionais e ex-diretores internacionais qualificados: 1. Todo diretor internacional, ex-presidente internacional e ex-diretores internacionais que se qualifiquem poderão receber reembolso de despesas relacionadas à associação incluindo atividades de distrito ou distrito múltiplo. Os orçamentos anuais serão baseados no seguinte: a. Os diretores internacionais terão um orçamento de US$2.200 mais US$0,15 por associado, conforme reportado no Relatório Cumulativo de 30 de abril do ano anterior, nos seus distritos únicos ou múltiplos sendo o mínimo de US$3.200 e o máximo de US$ b. Ex-presidentes internacionais terão um orçamento de US$ c. Ex-diretores internacionais terão um orçamento de US$0,12 por associado conforme reportado no Relatório Cumulativo de 30 de abril do ano anterior, nos seus distritos únicos ou múltiplos, sendo o mínimo de US$900 e o máximo de US$ Veja o parágrafo A.2.b.(2) para a descrição de ex-diretores internacionais qualificados. [Mudanças destacadas entrarão em vigor em 1º de julho de 2015] 1. Todo diretor internacional, ex-presidente internacional e ex-diretores internacionais que se qualifiquem poderão receber reembolso de despesas relacionadas à associação incluindo atividades de distrito ou distrito múltiplo. Os orçamentos anuais serão baseados no seguinte: a. Diretores internacionais terão um orçamento de US$ mais US$ 0,15 por sócio conforme reportado no Relatório Cumulativo de 30 de abril do ano anterior, nos seus distritos únicos ou múltiplos sendo o mínimo de US$ e o máximo de US$ b. Ex-presidentes internacionais terão um orçamento de US$ c. Ex-diretores internacionais terão um orçamento de US$ 0,12 por sócio conforme reportado no Relatório Cumulativo de 30 de abril do ano anterior, nos seus distritos únicos ou múltiplos sendo o mínimo de US$ 900 e o máximo de US$ Veja o parágrafo A.2.b.(2) para a descrição de ex-diretores internacionais qualificados. 2. Mediante convite, um diretor internacional, ex-presidente internacional e ex-diretor internacional podem comparecer a qualquer evento Leonístico num distrito múltiplo adjacente no qual não seja o orador oficial. As despesas serão cobradas no orçamento de distrito. Uma cópia do convite deve ser enviada junto com o relatório de despesas para reembolso. Página 9

10 D. ATRIBUIÇÕES ESPECIAIS Sob circunstâncias extraordinárias, o presidente internacional pode fazer designações especiais e tais despesas lançadas serão contra um orçamento de atribuições especiais. O presidente eleito apresentará um orçamento para atribuições especiais todo mês de junho. O Comitê de Finanças e Operações da Sede em cada uma das suas reuniões examinará as despesas lançadas neste orçamento. As despesas permitidas serão cobradas no orçamento de atribuições especiais. E. NORMAS GERAIS DE REEMBOLSO As seguintes regras e regulamentos gerais se aplicam às contas de despesas apresentadas em conexão com os compromissos de orador e viagens, pelos diretores internacionais, expresidentes internacionais, ex-diretores internacionais qualificados, outros membros nomeados servindo na diretoria internacional. Nenhuma despesa, exceto aquelas cobertas especificamente nessas regras de reembolso, poderão ser cobradas no nome do indivíduo que estiver viajando em nome da associação, nem cobradas ou pagas pela associação. Os viajantes deverão despender os recursos da associação prudentemente, planejando os custos devidamente para não excederem as limitações orçamentárias. Será da responsabilidade do viajante reportar as despesas reais de viagem de acordo com as regulamentações estabelecidas nesta norma. a. Os relatórios de despesas deverão ser apresentados mensalmente ao Departamento de Auditoria, até o dia 20 do mês seguinte. Os relatórios deverão ser apresentados dentro de 60 dias. O presidente internacional poderá aprovar relatórios de despesas de até US$1.000 após 120 dias do prazo por um período de um ano. [Mudanças destacadas entrarão em vigor a partir de 1 de julho de 2014] Página 10

11 AF Mês Valor devido: Prazo final para envio Julho 20 de agosto 20 de dezembro Agosto 20 de setembro 20 de janeiro Setembro 20 de outubro 20 de fevereiro Outubro 20 de novembro 20 de março Novembro 20 de dezembro 20 de abril Dezembro 20 de janeiro 20 de maio Janeiro 20 de fevereiro 20 de junho Fevereiro 20 de março 20 de julho Março 20 de abril 20 de agosto Abril 20 de maio 20 de setembro Maio 20 de junho 20 de outubro Junho 20 de julho 20 de novembro AF Mês Valor devido: Prazo final para envio Julho 20 de agosto 20 de outubro Agosto 20 de setembro 20 de novembro Setembro 20 de outubro 20 de dezembro Outubro 20 de novembro 20 de janeiro Novembro 20 de dezembro 20 de fevereiro Dezembro 20 de janeiro 20 de março Janeiro 20 de fevereiro 20 de abril Fevereiro 20 de março 20 de maio Março 20 de abril 20 de junho Abril 20 de maio 20 de julho Maio 20 de junho 20 de agosto Junho 20 de julho 20 de setembro Página 11

12 (1) Para obter reembolso de despesas de viagem relacionadas à associação, o viajante deverá apresentar um relatório oficial de reembolso de despesas da associação devidamente assinado. (2) Os recibos originais serão exigidos para despesas de US$25 e superiores a este valor, a menos que exigido de outra forma pelas regulamentação local. (3) Um relatório de visitas preenchido deverá ser incluído no relatório de despesas para reembolsos relacionados aos compromissos oficiais de orador. (4) O itinerário de viagem, comprovante de pagamento e outros tipos de documentação oferecidos pela transportadora deverão ser apresentados para que haja reembolso. b. Transporte Aéreo Os preparativos da viagem devem ser feitos através do agente de viagens escolhido pela associação. No evento da associação não ter um agente de viagens local, o viajante deverá obter aprovação do Departamento de Viagens antes de emitir o bilhete, se o preço exceder US$ A passagem aérea que custe menos de US$1.000 deverá ser reservada ao preço lógico mais baixo, ou tarifa com desconto, pela rota mais direta, na classe de serviço autorizada e prazo de viagem autorizado. Não mais que dois dirigentes executivos ou dois dirigentes administrativos poderão viajar no mesmo voo. Os viajantes deverão ser reembolsados para as seguintes classes de serviço: (1) Membros da diretoria internacional e acompanhantes adultos deverão ser autorizados a viajar de classe econômica. Autoriza-se viagens em classe executiva quando o tempo total de voo de ida e volta exceder 10 (dez) horas, sem contar o tempo despendido em terra com conexões. (2) Ex-Presidentes Internacionais e acompanhantes adultos deverão ser autorizados a viajar de classe executiva. Uma permissão para upgrade está disponível para viagens de ida e volta que excedam dez horas, não incluindo o tempo em aeroportos para voos de conexão. A permissão de upgrade será a diferença do custo real do bilhete menos o menor preço disponível em classe executiva, estando sujeito aos impostos aplicáveis. (3) Os dirigentes administrativos e acompanhantes adultos deverão ser autorizados a viajar de classe econômica. Autoriza-se viagens em classe executiva quando o tempo total de voo de ida e volta exceder 10 (dez) horas, sem contar o tempo despendido em terra com conexões. As passagens serão reembolsadas pelo custo real. As taxas de mudanças no bilhete serão reembolsadas se forem solicitadas e autorizadas antecipadamente pela associação. Os bilhetes eletrônicos serão utilizados quando disponíveis. Os bilhetes aéreos deverão ser solicitados com pelo menos 14 dias de antecedência para que os devidos descontos sejam obtidos das companhias aéreas ou negociados pela associação. Página 12

13 O uso de aviões particulares devem ter a aprovação prévia da associação. Quando a viagem incluir uma conexão de seis horas ou mais, o viajante terá permissão de um pernoite em hotel. O reembolso terá como base uma acomodação em quarto padrão em hotel que não seja de luxo. Estadia de um dia em hotel (veja E.h.) e despesas com refeições serão reembolsadas. As despesas de hotel e refeições serão reembolsadas quando acompanhadas da devida documentação. O viajante também terá o direito a um pernoite caso haja atrasos ou cancelamento de voos que resultem em seis horas ou mais de tempo de espera. c. Outros meios de transporte: O transporte ferroviário ou rodoviário também poderá ser utilizado quando conveniente, e quando for o meio de transporte mais barato disponível. Aprovação antecipada deverá ser obtida para assegurar o reembolso dos gastos. Viagens de taxi serão reembolsadas conforme as despesas reais incorridas, incluindo gorjetas. d. Viagem de automóvel: A taxa de reembolso padrão para milhagem é de US$ 0,41 por milha (US$ 0,25 por quilômetro) US$0,50 por milha (US$0,31 por quilômetro), que leva em consideração despesas reais com o automóvel, combustível, consertos, trocas, pneus, depreciação, seguro, etc. [Mudanças destacadas entrarão em vigor em 1º de julho de 2015]. O viajante deverá dirigir quando for conveniente e quando este for o meio de transporte mais barato disponível. O custo com refeições, alojamento, estacionamento, milhagem, pedágios, taxi, balsas e custos de transporte incorridos quando em trânsito poderão ser reembolsados, caso tais custos não excedam o custo de uma viagem de ida e volta em uma classe autorizada de serviço. Aprovação antecipada deverá ser obtida para assegurar o reembolso dos gastos. e. Aluguel de automóvel Os serviços de aluguel de automóvel poderão ser utilizados quando o custo total for menor que ou equivalente a outros meios de transporte. O custo inclui aluguel, gasolina, pedágios, estacionamentos e outras despesas relacionadas. Tais custos não deverão exceder o custo de uma viagem de ida e volta na classe de serviço autorizada, e viagem de ida e volta ao aeroporto. Reservas antecipadas deverão ser feitas sempre que possível para carros compactos e modelos econômicos. O viajante será responsável por obter o preço melhor possível comensurável com as exigências da viagem e para a compra de cobertura total contra danos físicos (normalmente referida como Seguro Contra Colisão (LDW) ) da empresa de aluguel. Qualquer perda ou dano ao veículo alugado será da responsabilidade do viajante, já que a associação não reembolsará o viajante ou a locadora de veículos pelas despesas incorridas. f. Dia de descanso para viagens prolongadas Quando a viagem for para compromissos de orador, reuniões de diretoria ou convenções internacionais e o tempo de voo de ida e volta exceder dez horas, sem incluir o tempo em aeroportos para voos de conexão, os viajantes terão o direito de Página 13

14 um dia de descanso no local da reunião. Haverá reembolso para um pernoite em hotel (leia E.1.h) e despesas com refeições. g. Transporte de acompanhantes e outros familiares As despesas de transporte de um acompanhante adulto deverão ser reembolsadas de acordo com os parágrafos anteriores, apenas quando a viagem for categorizada como sendo do interesse de Lions Clubs International. Isto significa que as viagens ligadas a convites para compromissos de orador, reuniões de diretoria e convenções internacionais e outras viagens autorizadas especificadas como sendo importantes e significativas para o acompanhante adulto. O reembolso ficará limitado para um acompanhante adulto. h. Hotel A diária de um apartamento duplo será reembolsada quando paga para diretores internacionais, ex-presidentes internacionais e ex-diretores internacionais elegíveis. Os diretores internacionais e ex-presidentes internacionais deverão ser reembolsados pelo custo de um apartamento de hotel tipo suíte durante a sua convenção de distrito único ou múltiplo. i. Refeições O reembolso será feito conforme o valor real gasto, excluindo-se bebidas alcoólicas. O custo de cada refeição será estabelecido no formulário apropriado, fornecido pela associação. Para refeições onde o reembolso for solicitado para convidados, os nomes dos convidados devem ser fornecidos no formulário de despesas ou no recibo anexo. Recibos detalhados serão exigidos para todas as despesas com refeições. j. Despesas pessoais Se a associação pagar pelas despesas pessoais de um dirigente, diretor internacional, ex-presidente internacional, ex-diretor internacional elegível e outros que estejam servindo na diretoria por nomeação, a cobrança será feita a estes Leões. Os pagamentos deverão ser deduzidos do relatório de despesas. Caso o viajante não tenha relatórios de despesas pendentes, uma cobrança será emitida relativa às despesas pessoais. Todas as despesas pessoais deverão ser pagas dentro de 30 dias da data da cobrança. k. Despesas Reembolsadas O reembolso de despesas será feito para os seguintes itens, quando acompanhados da devida documentação, a não ser especificado em contrário. (1) Transporte Tarifa aérea Impostos dos aeroportos Estacionamento Passagem de trem Passagem de ônibus Táxi Página 14

CAPÍTULO XXIXXII COMPROMISSOS DE ORADOR, REGRAS SOBRE VIAGENS E REEMBOLSO

CAPÍTULO XXIXXII COMPROMISSOS DE ORADOR, REGRAS SOBRE VIAGENS E REEMBOLSO CAPÍTULO XXIXXII COMPROMISSOS DE ORADOR, REGRAS SOBRE VIAGENS E REEMBOLSO Esta norma se aplica aos membros atuais da diretoria internacional, ex-presidentes internacionais, ex-diretores internacionais

Leia mais

B. Norma de Reembolso de Despesas do Governador de Distrito

B. Norma de Reembolso de Despesas do Governador de Distrito Anexo B B. Norma de Reembolso de Despesas do Governador de Distrito Os governadores de distrito podem requisitar reembolso das atividades a seguir. Todas as viagens devem ser feitas da forma mais econômica

Leia mais

Política de Viagens e Procedimentos

Política de Viagens e Procedimentos Política de Viagens e Procedimentos A Maxgen desenvolveu uma política de viagens e procedimentos para permitir que cada funcionário possa fazer uma contribuição substancial para a rentabilidade do seu

Leia mais

Guia do anfitrião e de protocolo

Guia do anfitrião e de protocolo Guia do anfitrião e de protocolo Anualmente, dirigentes e diretores internacionais passados e atuais visitam distritos e distritos múltiplos ao redor do mundo para fazer discursos informativos e motivacionais,

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL SCOTTSDALE, ARIZONA, EUA 5 a 8 de OUTUBRO DE 2014

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL SCOTTSDALE, ARIZONA, EUA 5 a 8 de OUTUBRO DE 2014 RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL SCOTTSDALE, ARIZONA, EUA 5 a 8 de OUTUBRO DE 2014 COMITÊ DE AUDITORIA 1. Os demonstrativos financeiros auditados até 30 de junho de 2014 para a Associação

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL VIENA, ÁUSTRIA 18 A 21 DE MARÇO DE 2008

RESUMO EXECUTIVO REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL VIENA, ÁUSTRIA 18 A 21 DE MARÇO DE 2008 REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL VIENA, ÁUSTRIA COMITÊ DE ESTATUTO E REGULAMENTOS 1. Adotada a resolução a ser relatada na Convenção Internacional de 2008 para emendar o Artigo II, Seção 1 dos Regulamentos

Leia mais

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 IDENTIFICAÇÃO Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 Data de efetivação do manual: / / Data da próxima revisão: / / Frequência de revisão: Anual REGISTRO

Leia mais

Serviços Leonísticos para Crianças Programa do Simpósios. Solicitação para o Ano Fiscal de 2014-2015

Serviços Leonísticos para Crianças Programa do Simpósios. Solicitação para o Ano Fiscal de 2014-2015 Serviços Leonísticos para Crianças Programa do Simpósios Solicitação para o Ano Fiscal de 2014-2015 Visão Geral do Programa do Simpósio O Simpósio de Serviços Leonísticos para Crianças permite o reembolso

Leia mais

3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5

3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5 3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5 Revisão: 04 Data: 05/12/05 Página 1 de 5 ÒOWLPD $OWHUDomR Alterado os itens: transporte aéreo, telefonemas e comprovantes. )LQDOLGDGH Estabelecer e manter procedimentos para orientar

Leia mais

POLÍTICA DE VIAGEM PÁGINA: 1/10. Área a que se aplica: Comporte SBC e SP

POLÍTICA DE VIAGEM PÁGINA: 1/10. Área a que se aplica: Comporte SBC e SP POLÍTICA DE VIAGEM PÁGINA: 1/10 Área a que se aplica: Todas Executado por: Colaboradores que utilizam recursos de viagem Unidade: Comporte SBC e SP Autor: Elidia Ribeiro Secretária Executiva Criação 17/06/2011

Leia mais

Lions Clubs International Programa de Subsídio de Liderança Leo. Formulário de pedido de subsídio

Lions Clubs International Programa de Subsídio de Liderança Leo. Formulário de pedido de subsídio Lions Clubs International Programa de Subsídio de Liderança Leo Formulário de pedido de subsídio O Programa de Subsídio de Liderança Leo oferece assistência a um distrito múltiplo, sub ou único (que não

Leia mais

PROGRAMA DE WORKSHOP REGIONAL DO LIONS PARA MULHERES. Guia de Planejamento

PROGRAMA DE WORKSHOP REGIONAL DO LIONS PARA MULHERES. Guia de Planejamento PROGRAMA DE WORKSHOP REGIONAL DO LIONS PARA MULHERES Guia de Planejamento PROGRAMA DE WORKSHOP REGIONAL DO LIONS PARA MULHERES Guia de Planejamento Índice Introdução...3 Propósito...4 Sobre o Workshop...4

Leia mais

CAPÍTULO VIII CONVENÇÃO

CAPÍTULO VIII CONVENÇÃO CONVENÇÃO ÍNDICE A. Procedimentos para Seleção do Local da Convenção B. Inscrição e Alojamento para a Convenção C. Eventos e Atividades da Convenção D. Preparativos Relativos à Família Internacional E.

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL SAN FRANCISCO, CALIFÓRNIA, EUA 13-17 de abril de 2012

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL SAN FRANCISCO, CALIFÓRNIA, EUA 13-17 de abril de 2012 RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL SAN FRANCISCO, CALIFÓRNIA, EUA 13-17 de abril de 2012 COMITÊ DE ESTATUTO E REGULAMENTOS 1. Deu autoridade ao presidente do Comitê de Estatuto e Regulamentos,

Leia mais

CAPÍTULO XXXXI PUBLICAÇÕES

CAPÍTULO XXXXI PUBLICAÇÕES CAPÍTULO XXXXI PUBLICAÇÕES A. PUBLICAÇÕES OFICIAIS A Diretoria Internacional terá jurisdição, controle e supervisão exclusiva sobre todas as publicações oficiais desta associação. B. DESIGNAÇÃO DE "PUBLICAÇÃO

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

CAPÍTULO XIII RELAÇÕES INTERNACIONAIS

CAPÍTULO XIII RELAÇÕES INTERNACIONAIS CAPÍTULO XIII RELAÇÕES INTERNACIONAIS A. RELACIONAMENTO ENTRE LIONS CLUBS INTERNATIONAL E A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (CONSELHO ECONÔMICO E SOCIAL/ECOSOC) O artigo 71 da Carta das Nações Unidas declara

Leia mais

A. NORMAS REFERENTES À MARCA REGISTRADA DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL

A. NORMAS REFERENTES À MARCA REGISTRADA DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL A. NORMAS REFERENTES À MARCA REGISTRADA DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL 1. Normas Gerais sobre Marcas Registradas. Como proteção legal para Lions Clubs International e seus sócios afiliados, clubes e distritos

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO DE 2015-2016

INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO DE 2015-2016 INFORMAÇÕES SOBRE O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO DE 2015-2016 O QUE É O PROGRAMA DE FINANCIAMENTO PARA DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA DE DISTRITO MÚLTIPLO?

Leia mais

CAPÍTULO VII ESTATUTO E REGULAMENTOS. 1. Modelo Padrão para Estatuto e Regulamentos de Distrito e Subdistrito

CAPÍTULO VII ESTATUTO E REGULAMENTOS. 1. Modelo Padrão para Estatuto e Regulamentos de Distrito e Subdistrito CAPÍTULO VII ESTATUTO E REGULAMENTOS A. ESTATUTO 1. Modelo Padrão para Estatuto e Regulamentos de Distrito e Subdistrito FICA RESOLVIDO que a diretoria adotará, e através deste adota, o Modelo Oficial

Leia mais

CAPÍTULO XII SEDE INTERNACIONAL E FUNCIONÁRIOS

CAPÍTULO XII SEDE INTERNACIONAL E FUNCIONÁRIOS CAPÍTULO XII SEDE INTERNACIONAL E FUNCIONÁRIOS A. PROGRAMA DE ADMINISTRAÇÃO DE SALÁRIOS DE LCI LCI administra programas de salários em cada país cumprindo com as normas e/ou costumes locais. O programa

Leia mais

CAPÍTULO II COMITÊS DA DIRETORIA A. COMITÊ CONSULTIVO PARA ANALISAR OS CANDIDATOS AO CARGO DE VICE-PRESIDENTE

CAPÍTULO II COMITÊS DA DIRETORIA A. COMITÊ CONSULTIVO PARA ANALISAR OS CANDIDATOS AO CARGO DE VICE-PRESIDENTE CAPÍTULO II COMITÊS DA DIRETORIA A. COMITÊ CONSULTIVO PARA ANALISAR OS CANDIDATOS AO CARGO DE VICE-PRESIDENTE 1. Objetivo - O objetivo do comitê é avaliar potenciais candidatos à vice-presidente internacional

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade FL. 01 / 08 1 OBJETIVO Este documento tem como objetivo estabelecer critérios para a emissão de bilhete de passagem aérea, reserva de hotel e locação de veículos para Serviço e/ou Treinamento em âmbito

Leia mais

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS NÚMERO CIR.FIN.MAT.0001 Elaborada em: 08/08/2011 Atualizada em: - Quant. Páginas DEPARTAMENTO DE ORIGEM Departamento Finanças 5 1 Objetivo Este documento tem como objetivo

Leia mais

ICANN COMUNIDADE AT-LARGE. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números POLÍTICA SOBRE VIAGENS DA AT-LARGE

ICANN COMUNIDADE AT-LARGE. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números POLÍTICA SOBRE VIAGENS DA AT-LARGE ICANN PT AL/2007/SD/4.Rev1 ORIGINAL: inglês DATA: 6 de junho de 2007 STATUS: FINAL Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números Série de documentos 2007 - Propostas para a equipe COMUNIDADE

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA INTERNACIONAL

SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA INTERNACIONAL FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA INTERNACIONAL Nós nos Preocupamos. Nós servimos. Nós Realizamos. SUBSÍDIO DE ASSISTÊNCIA INTERNACIONAL Visão Geral O programa

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS 1 INTRODUÇÃO A ANEC Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, através de sua estrutura organizacional e de seus colaboradores, tem avançado muito no cumprimento

Leia mais

PORTARIA AD-Nº 362, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2010

PORTARIA AD-Nº 362, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2010 PORTARIA AD-Nº 362, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2010 Ementa: Altera a Norma Interna que trata da concessão de passagens e diárias do Confea. O Vice-Presidente no exercício da Presidência do Conselho Federal de

Leia mais

REVIGORAR RENOVAR REANIMAR REVITALIZAR RECONECTAR Uma série de revisões de orientação de sócios Leões O seu clube, o seu distrito

REVIGORAR RENOVAR REANIMAR REVITALIZAR RECONECTAR Uma série de revisões de orientação de sócios Leões O seu clube, o seu distrito REVIGORAR RENOVAR REANIMAR REVITALIZAR RECONECTAR Uma série de revisões de orientação de sócios Leões O seu clube, o seu distrito A série de revisões é composta de cinco partes que cobrem os seguintes

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS

NORMAS E PROCEDIMENTOS NORMAS E PROCEDIMENTOS 1. FINALIDADE Estabelecer as diretrizes e procedimentos a serem seguidos para reembolso de despesas, contratação de novos colaboradores e prestação de contas decorrentes de viagens

Leia mais

ELABORAR UMA SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO A LCIF PDG MANOEL MESSIAS MELLO DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL

ELABORAR UMA SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO A LCIF PDG MANOEL MESSIAS MELLO DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL ELABORAR UMA SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO A LCIF PDG MANOEL MESSIAS MELLO DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL CAPA DO FORMULÁRIO SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO NOME: DISTRITO LC-5 SÃO PAULO - BRASIL INSTRUÇÕES

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL DE TORONTO, ONTÁRIO, CANADÁ DE 29 DE JUNHO A 3 DE JULHO DE 2014

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL DE TORONTO, ONTÁRIO, CANADÁ DE 29 DE JUNHO A 3 DE JULHO DE 2014 COMITÊ DE AUDITORIA RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL DE TORONTO, ONTÁRIO, CANADÁ DE 29 DE JUNHO A 3 DE JULHO DE 2014 1. Aprovou a criação de uma função de auditoria interna, incluindo

Leia mais

Transporte em ônibus, em caso de não haver número suficiente de participantes, transporte será feito em micro-ônibus ou minivan;

Transporte em ônibus, em caso de não haver número suficiente de participantes, transporte será feito em micro-ônibus ou minivan; Nome do Passageiro, Contratada: ADMIRAL TOURS VIAGENS E TURISMO LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob o nº 31.195.563/0001-06, com sede na Rua Gavião Peixoto nº 70, Sala 1407 - Icaraí - Niterói - RJ, doravante

Leia mais

Guia resumido de seguros e assistências de viagens.

Guia resumido de seguros e assistências de viagens. agosto 2013 Guia resumido de seguros e assistências de viagens. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD PLATINUM E VISA PLATINUM. Serviço de concierge Especialistas

Leia mais

COMO CELEBRAR UM NOVO CLUBE. Guia de Planejamento da Cerimônia de Entrega da Carta Constitutiva

COMO CELEBRAR UM NOVO CLUBE. Guia de Planejamento da Cerimônia de Entrega da Carta Constitutiva COMO CELEBRAR UM NOVO CLUBE Guia de Planejamento da Cerimônia de Entrega da Carta Constitutiva Guia de Planejamento da Cerimônia de Entrega da Carta Constitutiva - Como Celebrar o Novo Lions Clube A cerimônia

Leia mais

Atraso e Cancelamento de Voo e Preterição de Embarque Dicas ANAC

Atraso e Cancelamento de Voo e Preterição de Embarque Dicas ANAC Atraso e Cancelamento de Voo e Preterição de Embarque Dicas ANAC 1 Atraso e Cancelamento de Voo e Preterição de Embarque Nos casos de atraso e cancelamento de voo e preterição de embarque (embarque não

Leia mais

AGOSTo 2013 *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE.

AGOSTo 2013 *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE. AGOSTo 2013 G u i a r e s u m i d o d e s e g u r o s e a s s i s t ê n c i a s d e v i a g e n s. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD BLACK E VISA INFINITE.

Leia mais

Direito do Consumidor Turista. Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná

Direito do Consumidor Turista. Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná Direito do Consumidor Turista Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná No Brasil os direitos do consumidor são regulamentados pelo Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8078/90). A lei é aplicada quando

Leia mais

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - -

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - - HOSPEDAGEM HOTEL DISTÂNCIA DO EVENTO CATEGORIA INDIVIDUAL DUPLO TRIPLO PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PLAZA SÃO RAFAEL 16 km EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - SHERATON

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DE VIAGENS, ESTADIA E ALIMENTAÇÃO - GRUPO EDUCACIONAL UNIS -

NORMATIZAÇÃO DE VIAGENS, ESTADIA E ALIMENTAÇÃO - GRUPO EDUCACIONAL UNIS - NORMATIZAÇÃO DE VIAGENS, ESTADIA E ALIMENTAÇÃO - GRUPO EDUCACIONAL UNIS - OBJETIVO 1ª Revisão em Agosto de 2011. Definir diretrizes gerais para viagens a serviço, dos colaboradores da FEPESMIG e de suas

Leia mais

FUNDAÇÃO NACIONAL PARA A DEMOCRACIA DIRETRIZES DA PROPOSTA DIRETRIZ ADICIONAL

FUNDAÇÃO NACIONAL PARA A DEMOCRACIA DIRETRIZES DA PROPOSTA DIRETRIZ ADICIONAL Utilize este documento como uma ajuda adicional para escrever um orçamento ou narrativa da proposta. Se tiver outras perguntas, queria enviar um email à equipe regional do NED apropriada ou para proposals@ned.org.

Leia mais

Lions-Quest: Um programa de habilidades de vida para a juventude Critérios e Formulário de Pedido de Subsídios Quatro Pontos Básicos

Lions-Quest: Um programa de habilidades de vida para a juventude Critérios e Formulário de Pedido de Subsídios Quatro Pontos Básicos Lions-Quest: Um programa de habilidades de vida para a juventude Critérios e Formulário de Pedido de Subsídios Quatro Pontos Básicos Diretrizes do Programa I. Visão Geral Desde 1984, o Lions tem patrocinado

Leia mais

NOVO DECRETO DE DIÁRIAS DE VIAGEM. Decreto nº. 45.618, de 09 de junho de 2011

NOVO DECRETO DE DIÁRIAS DE VIAGEM. Decreto nº. 45.618, de 09 de junho de 2011 NOVO DECRETO DE DIÁRIAS DE VIAGEM Decreto nº. 45.618, de 09 de junho de 2011 Belo Horizonte, agosto de 2011 Agenda Diretrizes da Alteração Organização da Norma Alterações Principais Outras Alterações O

Leia mais

Portaria nº 37, de 13 de abril de 2009.

Portaria nº 37, de 13 de abril de 2009. Portaria nº 37, de 13 de abril de 2009. Disciplina os procedimentos para concessão de diárias e passagens, no âmbito da Fundação Cultural Palmares. O PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES, no uso das

Leia mais

Processo de Prestação de Contas de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Prestação de Contas de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Prestação de Contas de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 OBJETIVO: Esta política tem por objetivo estabelecer as diretrizes para as Prestações de Contas referentes às despesas ocorridas

Leia mais

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS.

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. SETEMBRO 2013 GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. *As informações contidas neste guia são válidas exclusivamente para cartões MasterCard Platinum e Visa Platinum. SERVIÇO DE CONCIERGE Você

Leia mais

Seguros e assistências do Cartão Personnalité MasterCard Black

Seguros e assistências do Cartão Personnalité MasterCard Black Seguros e assistências do Cartão Personnalité MasterCard Black Central de Atendimento Para você desfrutar os bons momentos de sua viagem e sentir-se sempre protegido, conte com os seguros, serviços e assistências

Leia mais

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS.

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. SETEMBRO 2013 GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. *As informações contidas neste guia são válidas exclusivamente para cartões MasterCard Black e Visa Infinite. SERVIÇO DE CONCIERGE Você

Leia mais

CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 18/2015. Prestação de Serviço Viagens e Hospedagens.

CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 18/2015. Prestação de Serviço Viagens e Hospedagens. CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 18/2015 Prestação de Serviço Viagens e Hospedagens. 1. PREÂMBULO 1.1. A FIDI - Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem torna pública a realização

Leia mais

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007.

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. Regulamenta o uso dos veículos da frota oficial e estabelece normas gerais sobre as atividades de transporte de usuários da FHDSS-Unesp. O Diretor da Faculdade de

Leia mais

Regulamentos e Critérios para Subsídios de Assistência Internacional

Regulamentos e Critérios para Subsídios de Assistência Internacional Regulamentos e Critérios para Subsídios de Assistência Internacional Os Subsídios de Assistência Internacional de LCIF oferecem financiamento para projetos de ajuda humanitária que são esforços de cooperação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CREA-SP

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CREA-SP Instrução nº 2552 Dispõe sobre o ressarcimento de diárias e transporte aos Senhores Funcionários, quando em viagem a serviço, reuniões, eventos e treinamentos dentro e fora do Estado, formalmente convocados

Leia mais

Assistência Pessoas em Viagem Nacional e Internacional

Assistência Pessoas em Viagem Nacional e Internacional ASSISTÊNCIA PESSOAS EM VIAGEM NACIONAL E INTERNACIONAL Serviços destinados a atender o associado/segurado em situações emergenciais decorrentes de acidente pessoal, como assistência médico-hospitalar,

Leia mais

Plano: cobertura de até R$ 5.000,00 para despesas médicas, cirúrgicas e hospitalares, para o associado/segurado em viagem nacional ou internacional.

Plano: cobertura de até R$ 5.000,00 para despesas médicas, cirúrgicas e hospitalares, para o associado/segurado em viagem nacional ou internacional. ASSISTÊNCIA PESSOAS EM VIAGEM NACIONAL E INTERNACIONAL Serviços destinados a atender o associado/segurado em situações emergenciais decorrentes de acidente pessoal, como assistência médico-hospitalar,

Leia mais

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO

REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO REGRAS DE EXECUÇÃO DA DECISÃO N.º 32/2011 RELATIVA AO REEMBOLSO DAS DESPESAS DE VIAGEM DOS DELEGADOS DOS MEMBROS DO CONSELHO Bruxelas, 1 de Março de 2011 SN 1704/11 1. INTRODUÇÃO O presente documento descreve

Leia mais

LITORAL VERDE OPERADORA DE TURISMO LTDA. (RG. EMBRATUR: 19.017699.10.0001-4)

LITORAL VERDE OPERADORA DE TURISMO LTDA. (RG. EMBRATUR: 19.017699.10.0001-4) LITORAL VERDE OPERADORA DE TURISMO LTDA. (RG. EMBRATUR: 19.017699.10.0001-4) CONDIÇÕES GERAIS/CONTRATO DE ADESÃO VIAGENS INTERNACIONAIS MERCOSUL CONCORDÂNCIA E ADESÃO DO USUÁRIO Ao participar de quaisquer

Leia mais

DIRETOR DE ASSOCIADOS DE CLUBES DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL

DIRETOR DE ASSOCIADOS DE CLUBES DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL DIRETOR DE ASSOCIADOS DE CLUBES DISTRITO LC-8 SÃO PAULO - BRASIL CONCEITOS IMPORTANTES (I) Elegibilidade à Afiliação Manual da Diretoria Internacional - obrigações dos clubes constituídos 1. Investigar

Leia mais

Comitê Consultivo Governamental

Comitê Consultivo Governamental Comitê Consultivo Governamental Regras de auxílio viagem do GAC 23 de junho de 2015 Histórico O orçamento da ICANN determinou o auxílio viagem para 30 membros do GAC em cada encontro da ICANN. Esses membros

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO (este contrato deve ser impresso e preenchido de próprio punho e enviado para o endereço de contato em até 5 dias úteis após a confirmação da compra do

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº010/UNIR/PROPLAN/2014 DE 02 DE JUNHO DE 2014. Regulamenta o processo de solicitação, autorização, concessão e prestação de contas de diárias e passagens no âmbito da Fundação Universidade

Leia mais

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.118/2015

RESOLUÇÃO CFM Nº 2.118/2015 RESOLUÇÃO CFM Nº 2.118/2015 (Publicada no D.O.U. de 3 de março 2015, Seção I, p. 135) Normatiza os procedimentos para pagamento de diária nacional e internacional, auxílio de representação e verba indenizatória

Leia mais

Guia Americanas Itaucard Gold com chip

Guia Americanas Itaucard Gold com chip Guia Americanas Itaucard Gold com chip Índice Seu cartão 3 Para desbloquear seu cartão 4 Na hora de comprar 4 Na hora de pagar a fatura 5 Conheça a fatura 7 Mais conveniência para você 9 Itaucard Mail

Leia mais

CAPÍTULO XIX RELAÇÕES PÚBLICAS

CAPÍTULO XIX RELAÇÕES PÚBLICAS CAPÍTULO XIX RELAÇÕES PÚBLICAS A. PUBLICAÇÕES 1. A Divisão de Relações Públicas e Comunicação é encarregada de produzir e manter disponível, seja no site oficial da associação na Internet ou através de

Leia mais

Guia Rápido de Viagem

Guia Rápido de Viagem Guia Rápido de Viagem Habilitação para uso no exterior Para aumentar sua segurança, seu cartão tem um bloqueio para uso no exterior. Antes de iniciar sua viagem para destinos internacionais, habilite-o

Leia mais

ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE LIONS CLUBES- DISTRITO LC1 REGULAMENTO INTERNO VERSÃO DE 18.03.2015 SUMÁRIO CAPÍTULO III DOS ASSOCIADOS ¾

ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE LIONS CLUBES- DISTRITO LC1 REGULAMENTO INTERNO VERSÃO DE 18.03.2015 SUMÁRIO CAPÍTULO III DOS ASSOCIADOS ¾ 1 ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE LIONS CLUBES- DISTRITO LC1 REGULAMENTO INTERNO VERSÃO DE 18.03.2015 SUMÁRIO CAPÍTULO I DA SUPREMACIA DAS NORMAS 2 CAPÍTULO II DAS CARACTERÍSTICAS INSTITUCIONAIS 2 CAPÍTULO

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO RCO

MANUAL DO SEGURADO RCO MANUAL DO SEGURADO RCO A ESSOR Seguros preocupa-se em oferecer-lhe serviços exclusivos, visando sua proteção. Consulte em sua apólice se você tem direito a estes benefícios a seguir, conforme serviços

Leia mais

LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014

LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014 LEI Nº 1326/2014 De 10 de dezembro de 2014 Dispõe sobre concessão de diária aos Vereadores e servidores que menciona e dá outras providências. A Câmara Municipal de Piranguinho aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS

ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS ORIENTAÇÕES SOBRE DIÁRIAS, FORMAS DE DESLOCAMENTO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DIÁRIAS De acordo com a Resolução n. 31/2009-GP, que dispõe sobre a concessão e o valor das diárias a magistrados e servidores. Art.

Leia mais

Fone: 630-468-6924 E-mail: institutes@lionsclubs.org

Fone: 630-468-6924 E-mail: institutes@lionsclubs.org Departamento de Institutos e Seminários INSTITUTO DE PREPARAÇÃO DE INSTRUTORES O Instituto de Preparação de Instrutores (IPI) é dedicado ao desenvolvimento e expansão do corpo docente do Lions. O currículo

Leia mais

REGULAMENTO - PROGRAMA VOCÊ É MUITO MAIS! AVON TOP SELLERS - C07 A 11/2014

REGULAMENTO - PROGRAMA VOCÊ É MUITO MAIS! AVON TOP SELLERS - C07 A 11/2014 REGULAMENTO - PROGRAMA VOCÊ É MUITO MAIS! AVON TOP SELLERS - C07 A 11/2014 1. Público Os Revendedores (as) selecionados (as) para participar deste Incentivo são os 200 Revendedores (as) da Avon Brasil

Leia mais

VALORES ABAIXO EM US$ POR PESSOA

VALORES ABAIXO EM US$ POR PESSOA OCEAN TWO O Ocean Two possui 88 elegantes suítes para você aproveitar e relaxar tudo o que esse hotel pode oferecer: 2 piscinas externas, academia, serviço de bar e massagem na praia, SPA, WI-FI gratuito,

Leia mais

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados.

Cobertura mundial, a partir de 150km da residência, durante o ano inteiro; Unicamente voltado à assistência, não cobre o custo de itens solicitados. Benefícios VISA Serviço oferecido pela Visa à todos os portadores de cartão. Está disponível 24horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e oferece assistência em espanhol, inglês e português.

Leia mais

ASSISTÊNCIA EMERGENCIAL PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS ROYAL CARIBBEAN BRASIL

ASSISTÊNCIA EMERGENCIAL PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS ROYAL CARIBBEAN BRASIL ASSISTÊNCIA EMERGENCIAL PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS ROYAL CARIBBEAN BRASIL é a melhor maneira de você e sua família se prevenirem de imprevistos que podem ocorrer durante a viagem. A assistência emergencial

Leia mais

Campus Catalão Prefeitura do CAC

Campus Catalão Prefeitura do CAC Campus Catalão Prefeitura do CAC ORIENTAÇÕES PARA SOLICITAÇÃO DE DIÁRIAS E PASSAGENS Critérios para liberação de diárias e/ou passagens: Para liberação de diária ou passagem, deve-se dar entrada na Prefeitura

Leia mais

RESOLUÇÃO N 47, DE 9 DE MAIO DE 2013

RESOLUÇÃO N 47, DE 9 DE MAIO DE 2013 RESOLUÇÃO N 47, DE 9 DE MAIO DE 2013 Dispõe sobre os deslocamentos a serviço no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e

Leia mais

CRITÉRIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE UM NOVO CLUBE

CRITÉRIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE UM NOVO CLUBE CRITÉRIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE UM NOVO CLUBE 1. Pedido de Carta Constitutiva O pedido de emissão da carta constitutiva poderá ser feito a esta associação por qualquer grupo, clube ou assembleia que tenha

Leia mais

PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS

PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS Guia Básico de Mentoreamento ÍNDICE Introdução Para o mentoreado 3 Para o mentor 4 Programa de Mentor do Lions Programa Básico de Mentor 5 Programa Avançado de Mentor 5 Sobre

Leia mais

Nova York USA - 2015

Nova York USA - 2015 FICHA DE ADESÃO VIAGEM PEDAGÓGICA INTERNACIONAL ARTE E TECNOLOGIA PARA ESCOLAS DO SEC. XXI Nova York USA - 2015 Todas as páginas devem ser preenchidas e rubricadas. Este documento original deve ser enviado

Leia mais

PORTARIA Nº 979/2009. RESOLVE editar a seguinte Portaria:

PORTARIA Nº 979/2009. RESOLVE editar a seguinte Portaria: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Gabinete da Procuradora Chefe PORTARIA Nº 979/2009 Disciplina, no âmbito da PR/SP, o procedimento de encaminhamento das solicitações de diárias. A PROCURADORA CHEFE DA PROCURADORIA

Leia mais

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. DD MAC MAC RPT 30/03/12

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. DD MAC MAC RPT 30/03/12 1/8 REVISÕES TE: TIPO EMISSÃO A - PRELIMINAR B - PARA APROVAÇÃO C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO E - PARA CONSTRUÇÃO F - CONFORME COMPRADO G - CONFORME CONSTRUÍDO H - CANCELADO Rev. TE Descrição

Leia mais

Estatutos Prescritos para o Rotaract Club

Estatutos Prescritos para o Rotaract Club Estatutos Prescritos para o Rotaract Club Metas Patrocínio de Rotary Club Requisitos para associação ARTIGO I Nome O nome desta organização será Rotaract Club de. ARTIGO II Propósito e Metas O propósito

Leia mais

Princípios Gerais de Atribuição de Despesas de Transporte e Alojamento e de Ajudas de Custo aos Deputados

Princípios Gerais de Atribuição de Despesas de Transporte e Alojamento e de Ajudas de Custo aos Deputados Princípios Gerais de Atribuição de Despesas de Transporte e Alojamento e de Ajudas de Custo aos Deputados Resolução da Assembleia da República n.º 57/2004, de 6 de agosto com as alterações introduzidas

Leia mais

SEDE INTERNACIONAL. Capítulo II

SEDE INTERNACIONAL. Capítulo II Capítulo II SEDE INTERNACIONAL A Sede Internacional é um recurso importante para todos os Leões e os funcionários estão sempre prontos para oferecer assistência e orientação, quando necessário. A comunicação

Leia mais

VALORES ABAIXO EM US$ POR PESSOA

VALORES ABAIXO EM US$ POR PESSOA RANCHO SANTANA Rancho Santana, lugar rodeado da exuberante natureza, é um verdadeiro paraíso. Que oferece muito conforto a você, fazendo da sua viagem inesquecível. O rancho oferece casas espaçosas com

Leia mais

CAPÍTULO XI FINANÇAS

CAPÍTULO XI FINANÇAS CAPÍTULO XI FINANÇAS A. INVESTIMENTO DOS FUNDOS DA ASSOCIAÇÃO As decisões referentes aos investimentos da associação deverão tomar como base as declarações sobre normas de investimentos para o Fundo Geral

Leia mais

FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO

FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO FUNDAÇÃO DE LIONS CLUBS INTERNATIONAL SOLICITAÇÃO DE SUBSÍDIO PADRÃO CRITÉRIOS E REGULAMENTOS DOS SUBSÍDIOS PADRÃO DE LCIF DECLARAÇÃO DE MISSÃO E PRIORIDADES DE FINANCIAMENTO Os subsídios padrão de LCIF

Leia mais

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Honolulu, Havaí, EUA 21 a 25 de junho de 2015

RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Honolulu, Havaí, EUA 21 a 25 de junho de 2015 RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Honolulu, Havaí, EUA 21 a 25 de junho de 2015 AUDITORIA 1. O comitê de Auditoria analisou os detalhes de planejamento de auditoria para a auditoria

Leia mais

Contrato de Aquisição de Programas de Viagens

Contrato de Aquisição de Programas de Viagens Contrato de Aquisição de Programas de Viagens O ATO DE INSCRIÇÃO para participante no programa de viagem ou excursão implica automaticamente na adesão do participante às CONDIÇÕES GERAIS e às CONDIÇÕES

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA VIAGEM AEREA E TERRESTRE NACIONAL E INTERNACIONAL

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA VIAGEM AEREA E TERRESTRE NACIONAL E INTERNACIONAL REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA VIAGEM AEREA E TERRESTRE NACIONAL E INTERNACIONAL 1. OBJETIVO 1.1. Disponibilizar ao participante/ segurado serviço ligado à assistência viagem em caso de sinistro, de acordo

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre o Webinar de Treinamento para Secretários de Clube

Perguntas e Respostas sobre o Webinar de Treinamento para Secretários de Clube Cadastro e acesso ao MyLCI P: Quando o MyLCI estará disponível? R: O MyLCI estará disponível em todos os idiomas oficiais para propósitos de criação de senha e treinamento em 15 de junho de 2012. O site

Leia mais

PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009

PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009 PORTARIA UFERSA/GAB Nº 428/2009, 04 de Maio de 2009 O Reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, no uso das atribuições que lhe confere o Decreto do Ministério da Educação de 30 de julho de 2008,

Leia mais

Regulamento Interno sobre Deslocações em Serviço. 25 de outubro de 2012. (Republicado, com as alterações aprovadas em 11 de novembro de 2013)

Regulamento Interno sobre Deslocações em Serviço. 25 de outubro de 2012. (Republicado, com as alterações aprovadas em 11 de novembro de 2013) Regulamento Interno sobre Deslocações em Serviço 25 de outubro de 2012 (Republicado, com as alterações aprovadas em 11 de novembro de 2013) ÍNDICE ÍNDICE... 2 CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 Artigo

Leia mais

CONDICÕES ESPECÍFICAS DISNEY CRUISE LINE ANEXO

CONDICÕES ESPECÍFICAS DISNEY CRUISE LINE ANEXO CONDICÕES ESPECÍFICAS DISNEY CRUISE LINE ANEXO 1-Passagem e contrato A passagem/bilhete e do contrato do Cruzeiro Disney Cruise (disponível em www.disneycruise.com/cruisecontract). Os formulários necessários

Leia mais

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE TRANSPORTE AÉREO AS NOVAS REGRAS Dia 17 de Fevereiro entra em vigor o Regulamento (CE) n.º 261/2004, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Fevereiro de 2004, que

Leia mais

ANEXO - I PROJETO BÁSICO

ANEXO - I PROJETO BÁSICO ANEXO - I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO: Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços relativos à emissão de passagens aéreas nacionais e internacionais compreendendo a reserva, emissão,

Leia mais

POLÍTICA DE BAGAGEM NA CABINE

POLÍTICA DE BAGAGEM NA CABINE HORÁRIOS DO CHECK-IN Os balcões de check-in da Emirates em todo o mundo abrem no mínimo três horas antes do embarque. Os passageiros da Primeira Classe e da Classe Executiva devem se dirigir aos balcões

Leia mais