VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE."

Transcrição

1 VOCÊ QUER SABER? A FUNDAÇÃO RESPONDE. ACESSO WEB QUEM PODE ENTRAR NA ÁREA RESTRITA ATRAVÉS DO SITE FBSS? Participantes Ativos Assistidos (Aposentados e Pensionistas) Importante: Dependentes e pessoas que recebem apenas pensão alimentícia não têm acesso à área restrita. COMO FAÇO PARA ENTRAR NA ÁREA RESTRITA? 1. Estando no site no canto superior direito da tela você irá visualizar a caixa de Acesso Restrito. 2. Identifique-se como usuário (informe seu código funcional, se Ativo ou números da matrícula, localizados no seu contracheque, se você é Aposentado ou pensionista). 3. Na dúvida, digite o seu CPF seguido de senha. Clique no botão OK.

2 NÃO SEI A MINHA SENHA PARA ENTRAR NA ÁREA RESTRITA. COMO FAÇO? 1. No canto superior direito da tela você irá visualizar a caixa de Acesso Restrito. Clique sobre a orientação Esqueci minha senha! 2. Siga o primeiro passo a passo e valide seus dados. 3. Preencha os campos do segundo passo a passo e clique em Visualizar senha. 4. Para sua segurança, os dados de validação são variáveis a cada novo acesso.

3 SEGUNDA VIA DO CONTRACHEQUE PERGUNTAS FREQUENTES SOU APOSENTADO/PENSIONISTA E NÃO SEI COMO FAÇO PARA OBTER MINHA SEGUNDA VIA DO CONTRACHEQUE 1. Entre na área restrita e escolha a opção EXTRATOS/CONSULTAS. Após, clique sobre a opção Contracheque. 2. Clique no mês/ano desejado. Será exibido o contracheque. IMPRIMA.

4 APOSENTADO OU PENSIONISTA, ENTENDA SEU CONTRACHEQUE QUANDO O CONTRACHEQUE É ENVIADO PARA MINHA RESIDÊNCIA? A Fundacão Banrisul envia o contracheque, via correio simples, para o endereço residencial cadastrado na entidade. SAIBA O QUE REPRESENTA CADA CAMPO E AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NO CONTRACHEQUE QUE A FUNDAÇÃO ENVIA AOS SEUS ASSISTIDOS ATENÇÃO: NESTE CAMPO VOCÊ SABERÁ O REAL VALOR QUE SERÁ CREDITADO OU DEBITADO EM SUA FOLHA.

5 1 Campo destinado às INFORMAÇÕES ADICIONAIS, variáveis conforme o perfil do Assistido. Ex.: Quantidade de Dependentes IR; Salário de Contribuição IR; Salário de Contribuição FB; Valor do INSS, etc. 2 Campo destinado à informações relativas a OUTROS DESCONTOS VIA FOLHA, variáveis conforme às despesas praticada pelo Assistido. Ex.: Seguros, Farmácia, Contribuição PAM (dependentes indiretos), etc. 3 Identificação do Assistido pelo nº de matrícula. 4 Identificação do Assistido pelo nome completo. 5 Mês e ano de referência. 6 Informa a nomenclatura do benefício ao qual o Assistido está vinculado. 7 Este campo informa o valor que o Assistido recebe no benefício. 8 Este campo informa contribuições e outros descontos via folha. Ex.: Contribuição FB; Contribuição FB Extraordinária; Contribuição AFABAN; Imposto de Renda, etc. 9 Esta coluna informa os valores referentes aos descontos lançados no campo 8 10 Valor total do benefício. 11 Valor dos descontos relativos às informações prestadas no campo Informa o nº do Banco em que será efetuado o crédito. 13 Informa o nº e nome da Agência em que será efetuado o crédito. 14 Informa o nº da conta-corrente do Assistido, na qual será efetuado o crédito. 15 Informa o resultado da subtração entre Proventos e Descontos. PARA OUTRAS INFORMAÇÕES: Contate Central de Atendimento FBAtende. ATENDIMENTO: De segunda a sexta-feira, das 08h30min às 17h30min. Telefones: (51) (restrito ligações de tel. fixo)

6 EMPRÉSTIMOS O crédito mútuo se constitui em uma das modalidades de investimento do patrimônio dos planos de benefícios PBI, PBSaldado, FBPREV e FBPREVII. É subordinado às diretrizes governamentais e à Política de Investimentos traçada pela Entidade. REGRAMENTOS PLANO DE BENEFÍCIOS CIRCULAR GERAL FB Plano de Benefícios I Nº 655, de 01/10/2014 Plano de Benefícios Saldado Nº 656, de 01/10/2014 Plano de Benefícios FBPREV II Nº 657, de 01/10/2014 Plano de Benefícios FBPREV Nº 659, de 30/12/2014 O EMPRÉSTIMO É UM BENEFÍCIO? Não, o empréstimo é uma aplicação de recursos do Fundo Previdenciário (Fundo que paga os benefícios) e a taxa de juros praticada deve ter um retorno compatível com o mínimo de rentabilidade exigido atuarialmente. QUAIS AS MODALIDADES DISPONÍVEIS? Empréstimo Simples Empréstimo Saúde QUEM PODE SOLICITAR O EMPRÉSTIMO SIMPLES OU SAÚDE? Somente o Participante ou o Assistido (aposentado ou pensionista). QUANDO O EMPRÉSTIMO PODE SER SOLICITADO? Em qualquer tempo, desde que abertas as concessões pela Diretoria e tendo o participante ou o assistido, condições para a tomada de crédito. A data do crédito será sempre 03 (três) dias úteis, após a chegada da documentação, estando ela em conformidade.

7 COMO FAÇO PARA SOLICITAR UM EMPRÉSTIMO SIMPLES? 1. Entre na área restrita e escolha a opção Formulários 2. Clique na opção Solicitação de Empréstimo. Abrirá uma janela de impressão. Clique em ok e aguarde. Preencha todos os campos Para uso do Participante. OBSERVE e marque a modalidade do empréstimo: SIMPLES. Date, assine em MUTUÁRIO e envie para a Fundação. Em caso de dúvidas no preenchimento, contate FBAtende ( ).

8 3. Passo seguinte, clique na opção Contrato de Empréstimo e imprima. ATENÇÃO: O Contrato deverá ser assinado SOMENTE no campo MUTUÁRIO e não deverá ser datado. Envie juntamente com o formulário de Solicitação para a Fundação Banrisul A/C FBAtende. 4. Se você necessitar aditar seu contrato, proceda da mesma forma, clicando da opção Aditamento de Contrato de Empréstimo. Imprima, assine SOMENTE no campo MUTUÁRIO. Não coloque data. Envie para a Fundação Banrisul A/C FBAtende.

9 COMO FAÇO PARA OBTER UM EMPRÉSTIMO SAÚDE? Siga o mesmo procedimento da concessão do empréstimo simples porém, OBSERVE e marque a modalidade do empréstimo: SAÚDE. Date, assine em Mutuário e envie para a Fundação. Em caso de dúvidas no preenchimento, contate FBAtende ( ). É NECESSÁRIO APRESENTAR ALGUM DOCUMENTO? SIM. Para concessões de crédito até 10 salários mínimos, você deverá apresentar cópia simples de notas fiscais ou recibos médicos, observado o prazo de até 90 (noventa) dias da emissão; Para concessões com valor superior a 10 salários mínimos, recibos ou notas fiscais devem estar acompanhados de orçamento com a especificação do procedimento, observado o prazo de até 90 (noventa) dias da emissão; Obs.: Procedimentos estéticos de todo o gênero NÃO ESTÃO CONTEMPLADOS na concessão do empréstimo saúde. ONDE O EMPRÉSTIMO É CREDITADO? O empréstimo é depositado somente na conta corrente do participante, a qual deve estar cadastrada na Fundação. Em caso de aposentado ou pensionista, o crédito se dará na mesma conta de depósito da suplementação do benefício. COMO SABER DOS LIMITES DE CONCESSÃO, CÁLCULO DE PARCELAS, QUITAÇÕES, RENEGOCIAÇÃO E OUTRAS DÚVIDAS RELACIONADAS A EMPRÉSTIMOS? Contatando com a Fundação Banrisul, através da Central de Atendimento FBAtende. ATENDIMENTO: De segunda a sexta-feira, das 08h30min às 17h30min. Telefones: (51) (restrito ligações de tel. fixo)

10 PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR O QUE É E COMO FUNCIONA A PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR? Previdência complementar (ou previdência privada) é uma maneira inteligente e flexível de investir no seu futuro financeiro e de complementar o benefício de aposentadoria pago pelo INSS. A previdência complementar visa a acumulação de recursos durante a época em que a pessoa está trabalhando, a fim de garantir uma aposentadoria tranquila no futuro. Seu funcionamento é bem simples: de acordo com a sua remuneração mensal você faz contribuições mensais para o plano e, quando cumprir as exigências para aposentar-se (de acordo com o que está estipulado no regulamento do plano), passa a receber uma renda mensal. AO FAZER UM PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR, VOU DEIXAR DE RECEBER A APOSENTADORIA PAGA PELA PREVIDÊNCIA SOCIAL? Não. Como a própria denominação indica, a Previdência Complementar é um investimento que tem como objetivo garantir uma renda suplementar na aposentadoria, complementando o benefício que você receberá pelo INSS. QUAIS AS GARANTIAS QUE O PARTICIPANTE TEM AO CONTRIBUIR PARA UM PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR? As Entidades de Previdência Complementar são regulamentadas e fiscalizadas pelo governo. As aplicações relativas aos planos são controladas e fiscalizadas pela Secretaria de Previdência Complementar, do Ministério da Previdência Social.

11 INGRESSO NA FUNDAÇÃO BANRISUL PERGUNTAS FREQUENTES POR QUE INGRESSAR NA FUNDAÇÃO BANRISUL? Você conta com a parceria da Fundação Banrisul na constituição de um patrimônio que deverá garantir o seu futuro através do pagamento de benefícios suplementares à Previdência Oficial; Assegura a manutenção do seu padrão de remuneração no futuro; O custo do plano é menor do que os planos oferecidos no mercado (previdência aberta com fins lucrativos); As suas contribuições são dedutíveis do imposto de renda. COMO TORNAR-SE PARTICIPANTE DO PLANO DE BENEFÍCIOS DA FUNDAÇÃO BANRISUL Atualmente a Fundação Banrisul dispõe de um único plano para novas adesões. Para aderir ao Plano de Benefícios FPREV da Fundação Banrisul é necessário ser empregado ou administrador de um de seus Patrocinadores, e a eles permanecer vinculado. Observada esta condição, basta acessar o site clicar na aba PRODUTOS Previdência e selecionar o Plano de Benefícios FBPREV. Imprimir e preencher os formulários: o Pedido de Inscrição PI o Opção da Parcela Básica o Opção da Parcela Adicional o Politicamente Exposto o Opção Regime de Tributação Não poderão se inscrever, concomitantemente, como Participantes do FBPREV os empregados e administradores que estiverem efetuando contribuições normais para outros planos de benefícios administrados pela Fundação. ( 3º do Art. 4º do Regulamento do PB FBPREV)

12 Acaso o interessado esteja vinculado ao Patrocinador em tempo superior a data da solicitação de ingresso à Fundação deverá, também, preencher o formulário Autorização de Débito Parcelamento da Taxa de Adesão. Os formulários, preenchidos e assinados, devem ser encaminhados à Fundação Banrisul, A/C Central de Atendimento FBAtende. PARA OUTRAS INFORMAÇÕES ou EM CASO DE DÚVIDA: Contate Central de Atendimento FBAtende De segunda a sexta-feira, das 08h30min às 17h30min. Telefones: (51) (restrito ligações de tel. fixo)

13 GOVERNANÇA QUAIS OS MEMBROS QUE COMPÕEM A FUNDAÇÃO BANRISUL? (Art. 5º do Estatuto Social). Patrocinadores Instituidores Destinatários, que abrangem: o Participantes e Assistidos. QUEM SÃO OS PATROCINADORES DA FUNDAÇÃO BANRISUL? (Art. 5º 1º do Estatuto Social) Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. Caixa de Assistência dos Empregados do Banco do Estado do Rio Grande do Sul Banrisul Cartões S.A. Badesul Desenvolvimento S.A. Agência de Fomento/RS Fundação Banrisul de Seguridade Social QUAIS OS ÓRGÃOS DE CONTROLE, FISCALIZAÇÃO E DIREÇÃO DA FUNDAÇÃO BANRISUL? Conselho Deliberativo Conselho Fiscal Diretoria Executiva QUAIS OS ÓRGÃOS LIGADOS AO GOVERNO FEDERAL AOS QUAIS A FUNDAÇÃO BANRISUL É SUBORDINADA? Ministério da Previdência e Assistência Social MPAS e Secretaria de Previdência Complementar - PREVIC.

14 PLANOS DE BENEFÍCIOS QUAIS AS MODALIDADES E PLANOS QUE A FUNDAÇÃO BANRISUL ADMINISTRA? A Fundação administra quatro planos de benefícios, nas modalidades Benefício Definido BD e Contribuição Variável CV. São eles: PLANO CNPB 1 MODALIDADE Plano de Benefícios I PBI Benefício Definido Plano de Benefícios FBPREV Contribuição Variável Plano de Benefícios Saldado - PBSaldado Benefício Definido Plano de Benefícios FBPREV II Contribuição Variável 1 CNPB Cadastro Nacional de Planos de Benefícios. Estabelecido na Resolução CGPC 14/2004 e na IN SPC 04/2004, o CNPB procura dar identidade própria a cada plano, fortalecendo o necessário controle dos valores envolvidos, a segregação dos recursos e a independência patrimonial. QUEM PODE PARTICIPAR DO PLANO DE BENEFÍCIOS DA FUNDAÇÃO BANRISUL? Todos os empregados e administradores dos Patrocinadores ou Instituidores. QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS QUE OS PARTICIPANTES TÊM DIREITO? BENEFÍCIOS PBI SALDADO FBPREV FBPREVII Aposentadoria por Invalidez Aposentadoria Normal ou Antecipada Aposentadoria por Idade Aposentadoria Tempo Contribuição Aposentadoria Especial Auxílio-Doença Abono Anual Proporcional Diferido Proporcional Benefício Mínimo Temporário

15 QUEM SÃO OS BENEFICIÁRIOS? Para a Pensão Esposa(o) ou companheira(o) mediante designação do INSS; Filhos até 21 anos ou inválidos de qualquer idade. QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS QUE OS PBENEFICIÁRIOS TÊM DIREITO? BENEFÍCIOS PBI SALDADO FBPREV FBPREVII Abono Anual Auxílio-Funeral Auxílio-Reclusão Pensão por Morte O QUE É PLANO DE BENEFÍCIO DEFINIDO? O participante tem o conhecimento prévio do valor do benefício que receberá no futuro. Nessa modalidade o equilíbrio atuarial é fundamentado no coletivo, em que há total solidariedade entre os participantes. Os participantes e patrocinadores contribuem para formar um fundo único, que será usado para pagar os benefícios previstos no regulamento, cujos valores são calculados de acordo com as regras definidas nesse mesmo regulamento, em função dos salários de contribuição, tempo de previdência, idade e outros dados dos participantes. O QUE É PLANO DE CONTRIBUIÇÃO VARIÁVEL? É um plano de natureza misto que combina duas modalidades: Contribuição Definida (CD) e Benefício Definido (BD). A Contribuição Definida proporciona ao participante, por acumulação de contribuições, um montante de dinheiro que no momento da aposentadoria se transformará em benefício calculado, segundo as regras estabelecidas no Regulamento do Plano. O Benefício Definido atende cada participante ao se aposentar com um benefício prédeterminado no Regulamento do Plano. Muitas vezes ele é CD na fase de acumulação de recursos e BD na fase de pagamento do benefício.

16 O QUE É CONTRIBUIÇÃO? São os valores vertidos pelas patrocinadoras e pelos participantes, de caráter obrigatório e definida anualmente no plano de custeio, destinada à constituição de reservas com a finalidade de prover o pagamento de benefícios de caráter previdenciário. ONDE O DINHEIRO DAS MINHAS CONTRIBUIÇÕES É INVESTIDO? Os recursos recebidos são investidos no mercado financeiro no segmento de renda fixa, renda variável, investimentos estruturados, imóveis e operações com participantes, conforme determinado em legislação e na Política de Investimentos, aprovada pelo Conselho Deliberativo. Os recursos dos participantes são totalmente segregados dos recursos das empresas patrocinadoras, estando inclusive custodiados em separado, não havendo possibilidade legal destas empresas obterem de volta o que já contribuíram. Os fundos de pensão são 100% independentes dos patrocinadores.

17 QUER SABER MAIS?... ACESSE A ÁREA RESTRITA E CLIQUE SOBRE O ÍCONE DO ATENDIMENTO CLIQUE SOBRE O INDICATIVO DE NOVA MENSAGEM

18 IMEDIATAMENTE ABRIRÁ UMA CAIXA DE MENSAGEM. SELECIONE O DESTINATÁRIO FBATENDE FAÇA SUA PERGUNTA EM ATÉ 600 CARACTERES E ENVIE. SUA DÚVIDA SERÁ RESPONDIDA VIA SISTEMA E CONFORME A RELEVÂNCIA, ABASTECERÁ NOSSA BASE DE DADOS PARA AS PRÓXIMAS ATUALIZAÇÕES. DESEJANDO, CONTATE NOSSA CENTRAL DE ATENDIMENTOS FBATENDE De segunda a sexta-feira, das 08h30min às 17h30min. Telefones: (51) (restrito ligações de tel. fixo)

Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções

Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções Planos de Aposentadoria Básico e Suplementar Contribuição Definida Guia do Participante - Desligamento Como proceder no desligamento da Rhodia O plano não termina aqui: confira as opções (documento completo

Leia mais

Manual. Conheça neste manual mais detalhes sobre a SICOOB PREVI

Manual. Conheça neste manual mais detalhes sobre a SICOOB PREVI Manual Conheça neste manual mais detalhes sobre a SICOOB PREVI O melhor da vida é feito em parceria O Plano de Benefícios Previdenciários da SICOOB PREVI é uma importante ferramenta de planejamento financeiro

Leia mais

Guia PCD. Conheça melhor o Plano

Guia PCD. Conheça melhor o Plano Guia PCD Conheça melhor o Plano Índice De olho no Futuro...3 Quem é a Fundação Centrus?...5 Conhecendo o Plano de Contribuição Definida - PCD...6 Contribuições do Participante...7 Saldo de Conta...8 Benefícios

Leia mais

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida

Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil. Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Contribuição definida Plano de Previdência ArcelorMittal Brasil Este folheto contém as principais características do Plano de Previdência Complementar da ArcelorMittal

Leia mais

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!

SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! SAIBA TUDO SOBRE O PLANO III DE PREVIDÊNCIA PRIVADA! Prezado participante, 2 Brasil Foods Sociedade de Previdência Privada Cartilha Plano III Um dos grandes objetivos da política de recursos humanos de

Leia mais

Cartilha Plano A. Índice

Cartilha Plano A. Índice Cartilha Plano A Cartilha Plano A Índice Apresentação A Previnorte Histórico Patrimônio Plano de Benefícios e Plano de Custeio Salário Real de Contribuição Jóia Requisitos exigidos para filiação à PREVINORTE

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV...

CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 2 FUNDO PARANÁ... 3 PATRIMÔNIO... 4 SEGURANÇA... 4 BENEFÍCIO FISCAL... 5 ASFUNPAR... 6 PLANO DENTALUNIPREV... 7 CONHEÇA O PLANO DENTALUNIPREV... 8 PARTICIPANTES... 9 Participante

Leia mais

Participantes. Passo a Passo Icatu Online -

Participantes. Passo a Passo Icatu Online - Participantes Passo a Passo Icatu Online - Participantes, Sejam bem vindos ao Icatu Online. Para a sua ajuda, formulamos esse passo a passo para que você navegue pelo nosso site com a máxima facilidade.

Leia mais

Fundação COELCE de Seguridade Social - FAELCE

Fundação COELCE de Seguridade Social - FAELCE Fundação COELCE de Seguridade Social - FAELCE MANUAL DO PREVSYSTEM WEB Índice Objetivo... 2 Iniciando... 2 Menu de Opções... 3 Opção Participantes... 3 Opção Benefícios... 4 Opção Empréstimos... 4 Opção

Leia mais

PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO PODER EXECUTIVO

PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO PODER EXECUTIVO Universidade Federal de Mato Grosso Pró-Reitoria Administrativa Secretaria de Gestão de Pessoas PLANO DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO FEDERAL DO PODER EXECUTIVO Cuiabá-MT Abril/2014 O QUE

Leia mais

Revisado em 15/08/2011

Revisado em 15/08/2011 CARTILHA DO PLANO MISTO DE BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Nº 001 Revisado em 15/08/2011 Esta cartilha foi estruturada com perguntas e respostas para apresentar e esclarecer aos Participantes as informações

Leia mais

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev.

Esta Cartilha vai ajudar você a entender melhor o Fundo Paraná de Previdência Multipatrocinada e o seu Plano de Benefícios ACPrev. ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO ACPREV... 8 PARTICIPANTES... 8 Participante Ativo... 8 Participante Assistido...

Leia mais

AASP Associação dos Advogados de São Paulo MATERIAL EXPLICATIVO AASP PREVIDÊNCIA. Plano administrado pelo HSBC Instituidor Fundo Múltiplo.

AASP Associação dos Advogados de São Paulo MATERIAL EXPLICATIVO AASP PREVIDÊNCIA. Plano administrado pelo HSBC Instituidor Fundo Múltiplo. AASP Associação dos Advogados de São Paulo MATERIAL EXPLICATIVO AASP PREVIDÊNCIA Plano administrado pelo HSBC Instituidor Fundo Múltiplo. Introdução Através deste Material Explicativo você toma conhecimento

Leia mais

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial)

Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Programa de Assistência Médica para Aposentados CargillPrev (Plano Assistencial) Material Explicativo Encontre aqui as informações

Leia mais

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA

MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA MANUAL DO APOSENTADO E PENSIONISTA PLANO SGC PREV PLANO DE BENEFÍCIOS DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DA SOCIEDADE GOIANA DE CULTURA SUMÁRIO Qual é o significado de aposentado e pensionista?...3 Quando é realizado

Leia mais

Material Explicativo Centrus

Material Explicativo Centrus Material Explicativo Centrus De olho no futuro! É natural do ser humano sempre pensar em situações que ainda não aconteceram. Viagem dos sonhos, o emprego ideal, casar, ter filhos, trocar de carro, comprar

Leia mais

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011

Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Plano de Benefícios Visão Telesp Maio/2011 Índice Quem Somos Estrutura do plano Importância da Previdência Privada. Quanto antes melhor! As regras do plano Canais Visão Prev 2 Visão Prev Entidade fechada

Leia mais

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA...

CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... ÍNDICE CARTILHA EXPLICATIVA... 3 FUNDO PARANÁ... 4 PATRIMÔNIO... 5 SEGURANÇA... 5 BENEFÍCIO FISCAL... 6 ASFUNPAR... 7 PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 8 CONHEÇA O PLANO JMALUCELLI PREVIDÊNCIA... 9 PARTICIPANTES...

Leia mais

PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA

PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA PLANO DE PREVIDÊNCIA DA MÚTUA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS PROFISSIONAIS DO CREA Mensagem ao Associado Caro Associado, A maior preocupação do profissional que compõe o Sistema Confea / Crea / Mútua talvez

Leia mais

FAQ. Participante Ativo Alternativo

FAQ. Participante Ativo Alternativo FAQ Participante Ativo Alternativo O que mudou na Previdência do Servidor Público Federal? A previdência do servidor público passou por mudanças nos últimos anos a partir da emenda 41, da Constituição

Leia mais

Plano TELOS Contribuição Variável - I

Plano TELOS Contribuição Variável - I Plano TELOS Contribuição Variável - I A sua empresa QUER INVESTIR NO SEU FUTURO, E VOCÊ? A sua empresa sempre acreditou na importância de oferecer um elenco de benefícios que pudesse proporcionar a seus

Leia mais

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev

Manual Explicativo. Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev Manual Explicativo Beleza é viver o futuro que você sempre sonhou. Boticário Prev 1. MANUAL EXPLICATIVO... 4 2. A APOSENTADORIA E VOCÊ... 4 3. PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR: O que é isso?... 4 4. BOTICÁRIO

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Credito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1

PLANO SUPLEMENTAR. Material Explicativo Plano Suplementar 1 PLANO SUPLEMENTAR Material Explicativo 1 Introdução A CitiPrevi oferece planos para o seu futuro! Recursos da Patrocinadora Plano Principal Benefício Definido Renda Vitalícia Programa Previdenciário CitiPrevi

Leia mais

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão

O que é A SISTeL? O que é O CPqD PReV? Benefícios de risco Auxílio-doença Aposentadoria por invalidez, reversível em pensão O que é A SISTEL? A Fundação Sistel de Seguridade Social foi criada em 1977 e possui expressiva experiência em Planos de Previdência Privada. A Sistel atua no desenvolvimento de soluções previdenciais

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas.

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criou este material para ajudar você com as

Leia mais

Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas

Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas Simuladores de benefícios Saiba como ficará sua projeção de aposentadoria com as taxas de juros reduzidas Passo a passo Para ajudá-lo na simulação, preparamos um passo a passo do preenchimento do simulador

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 03/03/2010 Pág.: 1/18 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no Portal de Operações

Leia mais

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e,

Introdução. Nesta cartilha, você conhecerá as principais características desse plano. O tema é complexo e, Introdução O Plano Prodemge Saldado está sendo criado a partir da cisão do Plano Prodemge RP5-II e faz parte da Estratégia Previdencial. Ele é uma das opções de migração para participantes e assistidos.

Leia mais

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO D FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO D Cartilha - Plano D INTRODUÇÃO Você está recebendo a Cartilha do Plano D. Nela você encontrará um resumo das principais características do plano. O Plano D é um plano moderno e flexível

Leia mais

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK

ACESSAR: www.bmgconsig.com.br. Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ROTEIRO OPERACIONAL ACESSAR: www.bmgconsig.com.br Digite seu Usuário e Senha Digite os algarismos Clique em OK ACESSO A DIGITAÇAO Clique em Proposta no Menu Selecione Nova IDENTIFICAR A OPERAÇÃO Entidade:

Leia mais

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD

MATERIAL. EXPlICatIvo. Plano BAYER CD MATERIAL EXPlICatIvo Plano BAYER CD 1 Prezado Colaborador! você, que está sendo admitido agora ou ainda não aderiu ao Plano de Previdência oferecido pelo Grupo Bayer, tem a oportunidade de conhecer, nas

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante FACEAL Fundação Ceal de Assistência Social e Previdência Cartilha do Participante Manual de Perguntas e Respostas Plano Faceal CD Prezado leitor, A FACEAL apresenta esta cartilha de perguntas e respostas

Leia mais

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PLANO ACRICELPREV

CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PLANO ACRICELPREV CARTILHA DE PROCEDIMENTOS PLANO ACRICELPREV Prezado Participante, O presente instrumento tem como objetivo ajudá-lo(a) nas principais solicitações do Plano Acricel de Aposentadoria AcricelPrev, mostrando

Leia mais

1. CONSULTA DE DADOS PARA ACESSO AO PORTAL... 2 2. INSCRIÇÃO DO CANDIDATO (ALUNOS DO LICEU FRANCO)... 3 3. INSCRIÇÃO NOVO CANDIDATO...

1. CONSULTA DE DADOS PARA ACESSO AO PORTAL... 2 2. INSCRIÇÃO DO CANDIDATO (ALUNOS DO LICEU FRANCO)... 3 3. INSCRIÇÃO NOVO CANDIDATO... Pág. 1 Este manual tem o objetivo de orientar o responsável no processo de Inscrições do aluno nos cursos ofertados no Centro Cultural Liceu Franco Brasileiro. 1. CONSULTA DE DADOS PARA ACESSO AO PORTAL...

Leia mais

Curso Semipresencial de Licenciatura em Ciências 2015

Curso Semipresencial de Licenciatura em Ciências 2015 CURSO SEMIPRESENCIAL Informe nº 01/2015 11.07.2014 Curso Semipresencial de Licenciatura em Ciências 2015 Vestibular para o Curso de Licenciatura em Ciências - Modalidade EaD (semipresencial) - 2015, oferecido

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred

ROTEIRO OPERACIONAL - PORTOCRED EMPRÉSTIMO PESSOAL COM GARANTIA DE CHEQUE I - Site Portocred I - Site Portocred Para acessar o site Portocred, devemos entrar no link: extranet.portocred.com.br/cp e após clicar na opção Crédito Pessoal Perto Check. *Lançar o usuário e a senha que serão informadas

Leia mais

Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG

Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG PUBLICO ALVO Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG Para os casos de analfabetos e deficientes visuais, devemos seguir a regra abaixo: Até

Leia mais

Bruna Galinde 29.10.2014 Acesso WEB ÍNDICE

Bruna Galinde 29.10.2014 Acesso WEB ÍNDICE Manual 2.1 01/25 ÍNDICE Título Página ATENDIMENTO... 2 PRIMEIRO ACESSO... 3 ALTERAÇÃO DE SENHA... 4 DADOS CADASTRAIS... 5 FALE CONOSCO... 6 EXTRATO DE CONTRIBUIÇÃO... 7 DOWNLOAD... 8 EMPRÉSTIMO... 9 SIMULADOR

Leia mais

Para cada valor depositado pelo participante a título de contribuição básica a Patrocinadora depositará valor idêntico.

Para cada valor depositado pelo participante a título de contribuição básica a Patrocinadora depositará valor idêntico. Apresentação Este é o MANUAL DO PARTICIPANTE da PRECE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR, material explicativo que descreve, em linguagem simples e precisa, as características gerais do Plano CD, com o objetivo

Leia mais

Seu futuro está em nossos planos!

Seu futuro está em nossos planos! 1/8 CONHEÇA O PLANO DE BENEFÍCIOS CD-METRÔ DF Seu futuro está em nossos planos! 2014 2/8 1 Quem é a REGIUS? A REGIUS Sociedade Civil de Previdência Privada é uma entidade fechada de previdência privada,

Leia mais

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03

REGIUS SOCIEDADE CIVIL DE PREVIDÊNCIA PRIVADA. Regulamento de Empréstimos Plano CV- 03 1/6 TÍTULO: CLASSIFICAÇÃO: REFERENCIAL NORMATIVO: ASSUNTO: GESTOR: ELABORADOR: APROVAÇÃO: Documento Executivo Resolução CMN nº 3456/2007 PO-GEREL-002_Solicitação de Empréstimo Estabelece as regras para

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS

SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DIVISÃO DE CADASTRO DE RECURSOS HUMANOS Março/2008 Sumário Sistema Automatizado de Consignação...3 PRconsig...3 Orientações

Leia mais

CARTILHA PLANO CELPOS CD

CARTILHA PLANO CELPOS CD CARTILHA PLANO CELPOS CD ORIGINAL PLUS O QUE É O PLANO CELPOS CD? O Plano Misto I de Benefícios CELPOS CD é um plano de previdência complementar cujo benefício de aposentadoria programada é calculado de

Leia mais

FIES Fundo de Financiamento ao Estudante ORIENTAÇÕES E PASSO A PASSO Para solicitar o financiamento, o estudante deverá se inscrever pelo sistema informatizado do FIES no endereço eletrônico: http://sisfiesportal.mec.gov.br

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES - CV

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES - CV SUMÁRIO 1. DEFINIÇÕES... 2 2. FINALIDADE... 3 3. DESTINATÁRIOS... 3 4. DOCUMENTAÇÃO... 4 5. VALOR MÁXIMO... 4 6. PRAZOS... 4 7. ENCARGOS E ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA... 5 8. GARANTIAS... 5 9. CONDIÇÕES GERAIS...

Leia mais

Rua Bernardo Guimarães, 63 Funcionários Belo Horizonte MG Cep 30140-080 Telefones (31) 3284-8407 3284-2625 Fax: 3284-8931 E-mail: casfam@fiemg.com.

Rua Bernardo Guimarães, 63 Funcionários Belo Horizonte MG Cep 30140-080 Telefones (31) 3284-8407 3284-2625 Fax: 3284-8931 E-mail: casfam@fiemg.com. MATERIAL EXPLICATIVO DO PLANO DE BENEFÍCIOS SISTEMA FIEMG Outubro / 2013 A CASFAM A CASFAM é uma Entidade Fechada de Previdência Complementar (EFPC), sociedade civil patrocinada pelo Sistema FIEMG, com

Leia mais

Cartilha do Participante

Cartilha do Participante Benefício definido (Eletra 01) BENEFICIO DEFINIDO Cartilha do Participante Introdução A ELETRA Fundação Celg de Seguros e Previdência é uma entidade fechada de previdência privada, de fins previdenciários

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES

Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES SOLICITANDO O CARTO BNDES NO PORTAL DE OPERAÇÕES DO BNDES CARTO Solicitando o Cartão BNDES no Portal de Operações do BNDES - Cartão BNDES Formatados: Marcadores e numeração C:\BNDES - SOLICITACAO DE CARTAO.doc

Leia mais

Apresentação. Lembrando que esta cartilha não substitui o regulamento do Plano BD Eletrobrás, recomendamos a leitura atenta do referido regulamento.

Apresentação. Lembrando que esta cartilha não substitui o regulamento do Plano BD Eletrobrás, recomendamos a leitura atenta do referido regulamento. Apresentação A Lei Nº 11.053, de 29.12.2004, faculta aos participantes de Planos de Previdência Complementar, estruturados na modalidade de Contribuição Definida (CD), como é o caso do novo Plano CD Eletrobrás,

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Treinamento Proposta Online

Treinamento Proposta Online Treinamento Proposta Online 03 Procedimentos para preenchimento da Proposta Preenchendo a Proposta Online Digitalizando os documentos 06 20 26 Status das Propostas 02 Procedimentos para preenchimento da

Leia mais

Manual do Servidor Sistema Curitiba Consig

Manual do Servidor Sistema Curitiba Consig PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA Manual do Servidor Sistema Curitiba Consig www.zetrasoft.com.br www.curitiba.pr.gov.br Manual do Servidor Sistema Curitiba Consig A Prefeitura Municipal de Curitiba implantou

Leia mais

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel

Sistel. É bom para você, é bom para a Sistel! Novas regras para a concessão do seu empréstimo. Novo. Novo. Sistel Novo Novo SETEMBRO 2009 Novas regras para a concessão do seu empréstimo É bom para você, é bom para a! A lança em 1 o /10/2009 novas regras para concessão do seu empréstimo. O empréstimo é uma modalidade

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

Cooperativismo. Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO

Cooperativismo. Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO Cooperativismo Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO GESTÃO: Samuel José dos Santos Diretor Presidente Marco Antonio da C.Guimarães - Diretor Operacional João Gonçalves dos Santos Diretor

Leia mais

Introdução. pensionistas). usufruir dos mesmos. Regulamento.

Introdução. pensionistas). usufruir dos mesmos. Regulamento. Introdução A Faelce elaborou esta cartilha, numa linguagem simples e objetiva, exclusivamente para seus participantes assistidos (aposentados e pensionistas). Nela estão inseridas informações relevantes

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES

REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DE EMPRÉSTIMO SIMPLES SUMÁRIO 1. DEFINIÇÕES... 2 2. FINALIDADE... 3 3. DESTINATÁRIOS... 3 4. DOCUMENTAÇÃO... 4 5. VALOR MÁXIMO E MÍNIMO... 5 6. PRAZOS... 5 7. ENCARGOS E ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA... 6 8. GARANTIAS... 7 9. CONDIÇÕES

Leia mais

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada.

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. Adesão Característica do contrato de previdência privada, relativa ao ato do proponente aderir ao plano de previdência. Administradores

Leia mais

demonstração da Mutação do ativo Líquido

demonstração da Mutação do ativo Líquido Período: dezembro de 2010 R$ mil demonstração da Mutação do ativo Líquido Visão ATelecom Descrição 2010 A) Ativo Líquido - Início do Exercício 2.207 1. Adições 4.979 (+) Contribuições 4.727 (+) Resultado

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [08.071.645/0001-27] CIASPREV - CENTRO DE INTEGRACAO E ASSISTENCIA AOS SERVIDORES PUBLICOS PREVIDENCIA PRIVADA PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2005.0049-11] PREVINA ENCERRAMENTO

Leia mais

Guia prático de bolso PSC e Portal RH

Guia prático de bolso PSC e Portal RH Guia prático de bolso PSC e Portal RH O QUE É PSC? O PSC (Positivo Serviços Compartilhados) é um sistema de gestão que centraliza todos os processos administrativos do Positivo. Tem como principal objetivo

Leia mais

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car...

ÍNDICE. Operações com o Cartão Ticket Car... ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... POS Ticket Car :... Funções... Mensagens... Terminal TEF: Ticket Car Novo... Funções... Mensagens... Transação de Venda Manual... Procedimento... Obter boleto...

Leia mais

CARTILHA DO PLANO C FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT

CARTILHA DO PLANO C FUNDAÇÃO DE SEGURIDADE SOCIAL BRASLIGHT CARTILHA DO PLANO C Cartilha do Plano C APRESENTAÇÃO O plano de benefícios previdenciários conhecido como Plano C foi implantado em 1997. O regulamento do Plano C foi adaptado à Lei Complementar nº 109,

Leia mais

Roteiro Operacional - Banco

Roteiro Operacional - Banco Regime de Contratação (Vínculo) Categoria (Situação) Efetivo 1. PÚBLICO ALVO Todas as Secretarias Condição Estatutário Aposentado Pensionista Todas as Secretarias Todas as Secretarias Público que não atenderemos

Leia mais

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil?

2. O que a Funpresp Exe traz de modernização para o sistema previdenciário do Brasil? Perguntas Frequentes 1. O que é a Funpresp Exe? É a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo, criada pelo Decreto nº 7.808/2012, com a finalidade de administrar

Leia mais

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS

Roteiro Operacional de Refinanciamento de Empréstimo Consignado - INSS 1. OBJETIVO Refinanciamento de dívida de Empréstimos vinculados a Consignação em Folha de Pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS, contraídas com o Banco Industrial. 2. REGRAS OPERACIONAIS O Banco

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2015 Isenção/Redução de Taxa de Inscrição

CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2015 Isenção/Redução de Taxa de Inscrição CONCURSO VESTIBULAR FUVEST 2015 Isenção/Redução de Taxa de Inscrição Informe nº 02/2015 16/06/2014 Deliberação sobre isenção / redução de taxa de inscrição para o Concurso Vestibular FUVEST 2015 O Vice-Reitor,

Leia mais

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS

Cartilha Plano EPE DOCUMENTOS INSTITUCIONAIS ELETROS Cartilha Plano EPE Esta cartilha foi criada com o intuito de oferecer informações objetivas sobre previdência, o plano CV EPE e a importância de poupar para garantir um futuro mais tranqüilo. Os pontos

Leia mais

2º Semestre de 2010 2

2º Semestre de 2010 2 1 2 2º Semestre de 2010 O objetivo deste material é abordar os pontos principais do Plano de Benefícios PreviSenac e não substitui o conteúdo do regulamento. 3 4 Índice PreviSenac para um futuro melhor

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [00.469.585/0001-93] FACEB - FUNDACAO DE PREVIDENCIA DOS EMPREGADOS DA CEB PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [2006.0068-11] CEBPREV ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2013 Atuário

Leia mais

Encontro com Representantes e Gestão de Pessoas. Agosto/2015

Encontro com Representantes e Gestão de Pessoas. Agosto/2015 Encontro com Representantes e Gestão de Pessoas Agosto/2015 O que administramos? A Prevdata é entidade de Previdência Complementar, que administra planos de benefícios previdenciários e plano de gestão

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 13/09/2013 Pág.: 1/15 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no Portal de Operações

Leia mais

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K

Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K Meu interesse está no futuro, pois é lá que vou passar o resto de minha vida C K A principal função do OABPrev-SC é auxiliar o advogado a criar uma poupança previdenciária para dar suporte aos riscos

Leia mais

REGULAMENTO DO PLANO PREVIDENCIAL DOS PARTICIPANTES VINCULADOS AO INSTITUTO MINEIRO DE AGROPECUÁRIA - IMA REGULAMENTO ESPECÍFICO - RP6 CAPÍTULO I

REGULAMENTO DO PLANO PREVIDENCIAL DOS PARTICIPANTES VINCULADOS AO INSTITUTO MINEIRO DE AGROPECUÁRIA - IMA REGULAMENTO ESPECÍFICO - RP6 CAPÍTULO I DOS PARTICIPANTES VINCULADOS AO INSTITUTO MINEIRO DE AGROPECUÁRIA - REGULAMENTO ESPECÍFICO - RP6 CAPÍTULO I DAS PRESTAÇÕES PREVIDENCIAIS Art. 1º - O Regulamento Específico - RP6 disciplina a concessão

Leia mais

Confira as respostas às principais dúvidas sobre o PIDV PORTAL PETROS

Confira as respostas às principais dúvidas sobre o PIDV PORTAL PETROS Confira as respostas às principais dúvidas sobre o PIDV PORTAL PETROS 19 ABR 19 de abril de 2016 Os técnicos da Petros estão preparando uma ferramenta de simulação completa com tudo que os empregados da

Leia mais

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil

Roteiro Operacional do Crédito Consignado Exército do Brasil 1. DEFINIÇÃO DO PRODUTO Operação de Crédito Consignado em Folha de Pagamento para os Militares do Exército (ativos e pensionistas), abrangendo o Comando do Exército do, mediante convênio com o Banco Industrial.

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens

Material Explicativo. Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Material Explicativo Plano de Aposentadoria CD da Previ-Siemens Sumário Plano CD - Tranqüilidade no futuro 3 Conheça a previdência 4 A entidade Previ-Siemens 6 Como funciona o Plano CD da Previ-Siemens?

Leia mais

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO

REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO REGULAMENTO DE EMPRÉSTIMO Art. 1º Este documento, doravante denominado Regulamento de Empréstimo, estabelece os direitos e as obrigações da Boticário Prev, dos Participantes e Assistidos, para a concessão

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

PLANO DE SAÚDE DO SERVIDOR CASU/UFMG INFORMAÇÕES PARA OS DOCENTES SOBRE O PROCESSO DE ADESÃO AO PLANO IFES III

PLANO DE SAÚDE DO SERVIDOR CASU/UFMG INFORMAÇÕES PARA OS DOCENTES SOBRE O PROCESSO DE ADESÃO AO PLANO IFES III PLANO DE SAÚDE DO SERVIDOR CASU/UFMG INFORMAÇÕES PARA OS DOCENTES SOBRE O PROCESSO DE ADESÃO AO PLANO IFES III Com esta mensagem, a Pró-Reitoria de Recursos Humanos da Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL

DEMONSTRAÇÃO ATUARIAL ENTIDADE: [07.083.033/0001-91] CABEC-CAIXA DE PREVIDENCIA PRIVADA DO BEC PLANO DE BENEFÍCIOS: MOTIVO: DATA DA AVALIAÇÃO: [1979.0019-11] BD ENCERRAMENTO DE EXERCÍCIO 31/12/2011 Atuário Responsável VICENTE

Leia mais

O sistema possui 5 módulos para registros:

O sistema possui 5 módulos para registros: ÍNDICE 1 DESCRIÇÃO...4 2 ACESSO...6 3 DADOS CADASTRAIS...7 3.1 ATUALIZAR CADASTRO...7 3.2 TROCAR SENHA...8 4 GRUPO DE USUÁRIO...9 4.1 INCLUIR...9 4.2 ATUALIZAR...9 5 FUNCIONÁRIOS...10 5.1 INCLUIR...10

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

Procedimentos para Adesão à Previdência Complementar PREVCOM - RP

Procedimentos para Adesão à Previdência Complementar PREVCOM - RP Procedimentos para Adesão à Previdência Complementar PREVCOM - RP Versão: V0_0_2 Data: 11 de abril de 2014 Diretoria Geral de Recursos Humanos - DGRH Site: http://www.dgrh.unicamp.br 2/13 GARANTIAS E RESTRIÇÕES

Leia mais

PASSO A PASSO LOJA VIRTUAL. 1º Passo Acessar o site do Bom Jesus (www.bomjesus.br).

PASSO A PASSO LOJA VIRTUAL. 1º Passo Acessar o site do Bom Jesus (www.bomjesus.br). 1º Passo Acessar o site do Bom Jesus (www.bomjesus.br). Figura 1. Acessando site do Bom Jesus. 2º Passo Selecionar a opção Responsável On-line. Inserir Usuário e Senha e clicar no botão OK. Para realizar

Leia mais

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP

Material Explicativo. Plano de Benefícios HP Material Explicativo Plano de Benefícios HP Janeiro - 2015 1 As informações deste material visam cumprir a legislação aplicável e dar aos participantes uma idéia geral e resumida das alterações promovidas

Leia mais

Regulamento - Perfil de Investimentos

Regulamento - Perfil de Investimentos Regulamento - Perfil de Investimentos 1. Do Objeto Este documento estabelece as normas gerais aplicáveis ao Programa de Perfil de Investimentos (Multiportfólio) da CargillPrev. O programa constitui-se

Leia mais

Demonstrações Financeiras. SOCIEDADE CIVIL FGV DE PREVIDÊNCIA PRIVADA (Em milhares) Exercícios findos em 31 de dezembro de 2002 e 2001

Demonstrações Financeiras. SOCIEDADE CIVIL FGV DE PREVIDÊNCIA PRIVADA (Em milhares) Exercícios findos em 31 de dezembro de 2002 e 2001 Demonstrações Financeiras SOCIEDADE CIVIL FGV DE PREVIDÊNCIA PRIVADA Exercícios findos em 31 de dezembro de 2002 e 2001 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Índice Balanço Patrimonial... Quadro 1 Demonstração do

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 2 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Material Explicativo

Material Explicativo Material Explicativo Material Explicativo Índice Introdução 4 Sobre o Plano Previplan 5 Adesão 5 Benefícios do Plano 6 Entenda o Plano 7 Rentabilidade 8 Veja como funciona a Tributação 9 O que acontece

Leia mais

Plano D. Material Explicativo

Plano D. Material Explicativo Plano D Material Explicativo 2 Material Explicativo Previ Novartis Índice Pág. 4 Introdução Pág. 6 A Previdência no Brasil Pág. 10 A Previdência e o Plano de Benefício D Pág. 24 Questões 3 Material Explicativo

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO

ENTIDADE DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO FOLHA DE ENCAMINHAMENTO DO 1 ENTIDADE 4- NÚMERO DE PLANOS: 3 5- PLANOS 6- APROVAÇÃO 7- INÍCIO DADOS DOS PLANOS 8- ÚLTIMA ALTERAÇÃO 9- VALOR DE RESGATE 10- NÚMERO DE EMPREGADOS 11- FOLHA SALÁRIO DA PATROCINADORA

Leia mais

Plano de Contribuição Definida

Plano de Contribuição Definida Plano de Contribuição Definida Gerdau Previdência CONHEÇA A PREVIDÊNCIA REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR Oferecido pelo setor privado, com adesão facultativa, tem a finalidade de proporcionar uma proteção

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais