Projeto Curricular de Escola

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto Curricular de Escola"

Transcrição

1 Projeto Curricular de Escola QUADRIÉNIO

2 Somos aquilo que comemos. Hipócrates Cooperativa de Ensino A Colmeia 2

3 Índice Introdução... 4 Identificação do Problema... 5 Objetivos... 6 Estratégias/Atividades... 7 As 10 recomendações das abelhinhas... 8 Avaliação... 9 Cooperativa de Ensino A Colmeia 3

4 Introdução O nosso projeto, Hábitos de vida saudáveis A problemática da obesidade infantil, surgiu com a necessidade de promover hábitos alimentares que, aprendidos durante a infância, determinam os comportamentos alimentares na idade adulta. Na idade escolar e nas restantes fases de crescimento e desenvolvimento infantil, incentivar para uma alimentação saudável é essencial para a promoção da saúde, prevenindo o aparecimento de doenças associadas à má alimentação, tal como, a obesidade infantil, que se poderá perpetuar na idade adulta. Assim sendo, é necessário ir ao encontro das necessidades diárias das crianças proporcionandolhes as porções indicadas dentro de cada grupo da Roda dos Alimentos. Para se poder desenvolver as atividades escolares de forma adequada, a criança deve, aliada à alimentação saudável, desenvolver uma atividade física com alguma periodicidade. Este projeto visa uma interação entre toda a comunidade escolar, tendo educadores, professores e responsáveis do estabelecimento de ensino, um papel complementar ao dos pais, na educação alimentar dos nossos alunos. Pretende, igualmente, identificar, compreender e atuar sobre os problemas a nível alimentar que surgem no quotidiano, mais especificamente, no que diz respeito aos lanches e a algumas ementas disponibilizadas pelo catering. Acreditamos que é da nossa responsabilidade, enquanto educadores, formar os nossos alunos para serem cidadãos saudáveis, ativos e conscientes na interiorização de boas práticas alimentares. Pretende-se que as ações desenvolvidas pelas crianças, e também pela comunidade educativa, proporcionem a tomada de consciência de que simples atitudes individuais podem, no seu conjunto, melhorar a saúde e o bem-estar geral. Deste modo, pretende-se que as crianças se habituem a participar nos processos de decisão e a tomarem consciência da importância da alimentação no dia-a-dia da sua vida pessoal, familiar e comunitária. Cooperativa de Ensino A Colmeia 4

5 Identificação do Problema Sentiu-se a necessidade de abordar as questões relacionadas com os hábitos de vida saudáveis, uma vez que os nossos alunos, na maioria das vezes, trazem lanches de valor nutricional pouco adequado, privilegiando alimentos açucarados e com muita gordura, como bolos, leites achocolatados, refrigerantes, bolachas recheadas, entre outros. Para uma alimentação saudável é necessário que as crianças comecem desde cedo a compreender a importância de realizarem 5 a 6 refeições por dia, distribuindo os alimentos de forma equilibrada e, preferencialmente, com intervalos não superiores a 3 horas. Outro aspeto fundamental é a importância do pequeno-almoço, como sendo a primeira refeição do dia e uma das mais importantes. Esta fornece-lhes a energia necessária para desenvolver as atividades durante o período escolar. Como os alunos passam a maior parte do seu dia na escola, este é o local privilegiado para se fomentar uma educação alimentar saudável, tanto a nível de orientações teóricas como de práticas efetivas. Assim sendo, a escola deve incutir nas crianças a prática de lanches mais saudáveis e estas, por sua vez, sensibilizarem os pais na preparação dos mesmos. Os melhores exemplos para a transmissão de uma alimentação saudável são, efetivamente, os colegas, os professores e os pais. Então, se as crianças compreenderem que existem regras alimentares a serem cumpridas, mais facilmente, aceitarão as sugestões saudáveis e equilibradas. Cooperativa de Ensino A Colmeia 5

6 Objetivos Objetivos gerais: - Promover a consciência de uma alimentação saudável que vise um crescimento e desenvolvimento equilibrado; - Fomentar a interiorização de valores e de práticas de exercício físico que promovam uma melhor qualidade de vida; - Sensibilizar a comunidade educativa para a problemática da alimentação e do sedentarismo; - Dar a conhecer aos alunos os benefícios de uma alimentação saudável e de uma prática de atividade física moderada. Objetivos específicos: - Conhecer os princípios orientadores da Roda dos Alimentos; - Relacionar a qualidade da alimentação com a qualidade de saúde; - Explorar de forma lúdica o tema; - Praticar exercício físico regularmente; - Adquirir novos conceitos. Cooperativa de Ensino A Colmeia 6

7 Atividades/Estratégias As atividades delineadas neste projeto têm um caráter geral, na medida em que permitem um conjunto de aprendizagens formais e informais que irão proporcionar uma visão mais consciente e ativa dos alunos. Estas estratégias/atividades propostas irão ser desenvolvidas nas diferentes turmas de diversas maneiras consoante as capacidades e as necessidades de cada grupo de trabalho. Objetivos Alertar a comunidade para a importância de hábitos de vida saudáveis Identificar os alunos em risco de obesidade Construir uma Roda dos Alimentos Criar o gosto e perceber a importância da atividade física no desenvolvimento da criança Criar um hino temático Promover o gosto pela ingestão de alimentos saudáveis Fazer um panfleto/cartaz de recomendações Sensibilizar para os comportamentos alimentares através da aprendizagem do saber comer Estratégias/Atividades Investigação sobre o tema Escrita de textos Ilustração de textos Elaboração de cartazes Medição do índice de massa corporal Sensibilização por uma equipa de profissionais de saúde Realização de um projeto Recolha dos materiais necessários Construção da Roda dos Alimentos Dinamização de Jogos Desportivos Escolares Marcha Abelhas Saudáveis Escrita de um hino Cultivo de uma horta pedagógica Confeção de uma sopa e salada para os alunos Lanche saudável Semana Coma bem, viva melhor Pesquisa sobre o tema Levantamento de curiosidades Divulgação à comunidade educativa Dinamização de sessões de sensibilização dos alunos para os pais Cooperativa de Ensino A Colmeia 7

8 As 10 recomendações das abelhinhas 1. Começar o dia com um pequeno-almoço saudável; 2. Fazer 5 a 6 refeições diárias; 3. Não fazer intervalos, entre as refeições, superiores a 3 horas; 4. Comer cerca de 3 peças de fruta por dia; 5. Incluir sempre ao almoço e ao jantar sopa, legumes e hortaliças; 6. Mastigar os alimentos devagar; 7. Ter um ambiente calmo aquando das refeições; 8. Evitar o consumo de produtos açucarados e com muita gordura (bolos, doces, refrigerantes, chocolates, batatas fritas, aperitivos, etc.); 9. Beber muita água; 10. Aliar uma alimentação saudável a uma prática diária de atividade física. Cooperativa de Ensino A Colmeia 8

9 Avaliação A avaliação é um processo que deve acompanhar todo o trabalho, de modo a identificar a pertinência dos objetivos, das atividades, das estratégias, bem como fazer uma análise dos interesses e motivações dos alunos. Deste modo, torna-se necessário equacionar formas de avaliação que estejam em consonância com o trabalho que se pretende desenvolver. Assim, pretende-se avaliar este projeto através da observação, tendo em conta a eficácia, a coerência, a conformidade e a pertinência do mesmo. Como este projeto tem a duração de 4 anos, será avaliado no final de cada ano letivo e sujeito às alterações necessárias. Cooperativa de Ensino A Colmeia 9

Cooperativa de Ensino A Colmeia. Projeto Curricular de Escola

Cooperativa de Ensino A Colmeia. Projeto Curricular de Escola Cooperativa de Ensino A Colmeia Projeto Curricular de Escola TRIÉNIO 2010-2013 É preciso que toda a sociedade se consciencialize que ambiente é o conjunto de tudo o que envolve o Homem, incluindo o próprio

Leia mais

Newsletter n.º 19 Outubro 2013

Newsletter n.º 19 Outubro 2013 Sistema de Planeamento e Avaliação de Refeições Escolares Newsletter n.º 19 Outubro 2013 A Direcção-Geral da Saúde (DGS), em parceria com a Direcção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular (DGIDC)

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ISABEL MARQUES DIETISTA DO SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO E DIETÉTICA DO CHTV, E.P.E. 30 DE NOVEMBRO DE 2011 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Uma alimentação equilibrada proporciona uma quantidade correcta

Leia mais

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos.

Programa 5 ao Dia. Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. Programa 5 ao Dia Um Alimentação Saudável está nas nossas mãos. O que é o Programa 5 ao Dia? Enquadramento Conceito Objectivos e Destinatários Associação 5 ao Dia Desenvolvimento Enquadramento Mudança

Leia mais

Alimentação Saudável E.E. Ludovina Credidio Peixoto Sala 11 Sessão 2

Alimentação Saudável E.E. Ludovina Credidio Peixoto Sala 11 Sessão 2 Alimentação Saudável E.E. Ludovina Credidio Peixoto Sala 11 Sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Ivana Grandino Vanessa Ribeiro Vilma Nascimento Realização: Foco Projeto interdisciplinar visando às

Leia mais

Dicas para uma alimentação saudável

Dicas para uma alimentação saudável Dicas para uma alimentação saudável NECESSIDADE FISIOLÓGICA ATO DE COMER SOCIABILIZAÇÃO Comida Japonesa PRAZER CULTURAL Alimentação aliada à saúde Hábitos alimentares pouco saudáveis desde a infância,

Leia mais

DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E NOVAS TECNOLOGIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FISICAS E NATURAIS

DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E NOVAS TECNOLOGIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FISICAS E NATURAIS Governo dos Açores Escola Básica e Secundária de Velas DEPARTAMENTO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E NOVAS TECNOLOGIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FISICAS E NATURAIS Ano Letivo: 2014/2015

Leia mais

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil APCOI lança 4ª edição do projeto que incentiva os alunos a comer mais fruta no lanche escolar Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil Depois do sucesso das edições anteriores

Leia mais

Os + Crescidos também gos tam de saber +

Os + Crescidos também gos tam de saber + Os + Crescidos também gos tam de saber + Compilação de textos da secção + crescidos da revista de Festa do Leite Mimosa Documento para Pais e Encarregados de Educação Dar prioridade ao que é mais importante

Leia mais

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil APCOI lança 5ª edição do projeto que incentiva os alunos a comer mais fruta no lanche escolar Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil Depois do sucesso das edições anteriores

Leia mais

Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes

Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes Projeto Novos Talentos Escola: Escola Municipal Rural Sucessão dos Moraes Oficina: Comer bem, para viver melhor! Cristiane da Cunha Alves Tatiane Garcez Bianca Maria de Lima Danielle Costa INTRODUÇÃO/JUSTIFICATIVA

Leia mais

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES. Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES Vale Mourão 2014 / 2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA PRÉ-ESCOLAR PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular que permitirá distinguir e recriar

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

1. Introdução. 2. O que é a Roda dos Alimentos?

1. Introdução. 2. O que é a Roda dos Alimentos? 1. Introdução Educar para uma alimentação saudável é essencial na tentativa de ajudar os jovens a tornar as escolhas saudáveis escolhas mais fáceis. Educar para comer bem e de uma forma saudável, constitui

Leia mais

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil No ano letivo 2013-2014, a APCOI lançou 3ª edição do projeto que incentiva os alunos a comer mais fruta no lanche escolar Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil Depois do sucesso

Leia mais

Nutrição Infantil. Paula Veloso / Nutricionista

Nutrição Infantil. Paula Veloso / Nutricionista Nutrição Infantil Paula Veloso / Nutricionista Relação alimentação/saúde é para toda a vida! A mulher grávida preocupa-se com a alimentação. Relação alimentação/saúde é para toda a vida! Os pais preocupam-se

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE CUBA

AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE CUBA AGRUPAMENTO DE ESCOLA DE CUBA Ano letivo MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO DO ALENTEJO CENTRO DE ÁREA EDUCATIVA DO BAIXO ALENTEJO E ALENTEJO LITORAL Escola Básica Fialho de Almeida Introdução

Leia mais

1. Identificação 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação 1

1. Identificação 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação 1 1. Identificação Agrupamento de Escolas Zona Urbana de Viseu Nº de crianças e idades abrangidas: 20 (3 aos 6 anos) Ano letivo: 2012/2013 2. Contextualização/Caracterização do grupo/justificação da planificação

Leia mais

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO. Projeto do. CLUBE É-TE=igual? Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz

AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO. Projeto do. CLUBE É-TE=igual? Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto do CLUBE É-TE=igual? Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz Uma ação educativa de abertura para a comunidade Ano letivo 2014/2015 Índice 1. Introdução

Leia mais

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de

O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de O desafio hoje para o Pediatra e também para sociedade é cuidar das crianças que vão viver 100 anos ou mais e que precisam viver com qualidade de vida. A infância e adolescência são idades ideais para

Leia mais

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós

Trabalho elaborado por: 5/29/2007 USF Valongo. Enf. Anabela Queirós Trabalho elaborado por: Enf. Anabela Queirós O que é a diabetes? Uma doença que dura toda vida Provocada pela ausência ou perda de eficácia da insulina; Provoca a subida de açúcar no sangue A diabetes

Leia mais

Atividades do Projeto Educação para a Saúde

Atividades do Projeto Educação para a Saúde Atividades do Projeto Educação para a Saúde A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera que a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, não consistindo somente numa ausência de

Leia mais

Projeto Saúde Escolar

Projeto Saúde Escolar Agrupamento de Escolas de Eixo PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - 2013/2014 Projeto Saúde Escolar PROJETOS E ATIVIDADES A DESENVOLVER AO LONGO DO ANO META/ OBJETIVO do P.E. NOME DO PROJETO /ATIVIDADE SÍNTESE

Leia mais

FUNDAÇÃO CARGILL. OBJETO Seleção de projetos como foco em alimentação segura, saudável, sustentável e acessível

FUNDAÇÃO CARGILL. OBJETO Seleção de projetos como foco em alimentação segura, saudável, sustentável e acessível FUNDAÇÃO CARGILL EDITAL n 01/2013 OBJETO Seleção de projetos como foco em alimentação segura, saudável, sustentável e acessível PERÍODO DE RECEBIMENTO DE PROPOSTAS 16/10/2013 a 04/11/2013 ENVIO DE PROPOSTAS

Leia mais

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL

PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VOUZELA PLANO EDUCATIVO MUNICIPAL 2014/2015 Designação da Formação Toxicodependências Programa de Respostas Integradas As Crianças Marcam a Diferença! Natação 1º Ciclo Prolongamento de Horário

Leia mais

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final

15/08/2013. Acelerado crescimento e desenvolvimento: IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL NESSA FASE. Atinge 25% da sua altura final Laís Cruz Nutricionista CRN 3 18128 2013 Período de transição entre infância e vida adulta (dos 10 aos 19 anos de idade) Muitas transformações físicas, psicológicas e sociais Acelerado crescimento e desenvolvimento:

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2010 Institui diretrizes para a promoção da alimentação saudável nas escolas de educação infantil, fundamental e de nível médio das redes pública e privada, em âmbito nacional.

Leia mais

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz

Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho, Figueira da Foz PLANO ANUAL DE TRABALHO 05/06 8ºAno Código 070 Educação para a Cidadania Ano Letivo: 05 / 06 Plano Anual Competências a desenvolver Conteúdos Temas/Domínios Objetivos Atividades / Materiais 3 Períodos

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1. TÍTULO DO PROGRAMA As Histórias do Senhor Urso 2. EPISÓDIO(S) TRABALHADO(S): O pé de maçã 3. SINOPSE DO(S) EPISÓDIO(S) ESPECÍFICO(S) O episódio O pé de maçã faz parte

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA

EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA Ano lectivo 2014/2015 Introdução A Educação para a Cidadania é um processo ao longo da vida. Começa em casa e no meio próximo das crianças com as questões da identidade, relações

Leia mais

ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL

ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL Formação sobre Promoção de Estilos de Vida Saudáveis em Contexto Escolar, Familiar e Envolvente Julho de 2009 ALIMENTAÇÃO E PESO SAUDÁVEL TERESA SOFIA SANCHO Gabinete de Nutrição Departamento de Saúde

Leia mais

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O

P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O P R E F E I T U R A M U N I C I P A L D E B A U R U E s t a d o d e S ã o P a u l o S E C R E T A R I A D A E D U C A Ç Ã O E. M. E. F. P R O F ª. D I R C E B O E M E R G U E D E S D E A Z E V E D O P

Leia mais

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO EM OBESIDADE INFANTIL. Centro de Saúde da Marinha Grande Ana Laura Baridó

PROGRAMA DE INTERVENÇÃO EM OBESIDADE INFANTIL. Centro de Saúde da Marinha Grande Ana Laura Baridó PROGRAMA DE INTERVENÇÃO EM OBESIDADE INFANTIL Centro de Saúde da Marinha Grande Ana Laura Baridó 1 A obesidade é considerada a epidemia do séc. XXI (OMS) Em Portugal tem vindo a aumentar vertiginosamente

Leia mais

Plano Anual de Atividades de Educação Ambiental 2014-2015. Divisão de Ambiente Energia e Mobilidade

Plano Anual de Atividades de Educação Ambiental 2014-2015. Divisão de Ambiente Energia e Mobilidade Plano Anual de Atividades de Educação Ambiental 2014-2015 Divisão de Ambiente Energia e Mobilidade Introdução e objetivos As atividades abordam as diferentes temáticas ambientais, sempre com o objetivo

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS

PROJETO PEDAGÓGICO DO PROGRAMA DE FERIAS DESPORTIVAS E CULTURAIS 1. APRESENTAÇÃO PRINCÍPIOS E VALORES Acreditamos pela força dos factos que o desenvolvimento desportivo de um Concelho ou de uma Freguesia, entendido na sua vertente quantitativa e qualitativa, exige uma

Leia mais

Este trabalho possui como objetivo a aplicação prática dos

Este trabalho possui como objetivo a aplicação prática dos 22 Proposta de Intervenção em Empresa de Desenvolvimento de Tecnologias de Informática com Programa de Reeducação Alimentar Márcia Martino Especialista em Gestão da Qualidade de Vida na Empresa - UNICAMP

Leia mais

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES

COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA JARDIM DE INFÂNCIA Nº1 PROJETO EDUCATIVO / PLANO DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2014/2015 PROJETO: CHUVA DE CORES INTRODUÇÃO «Será a emergência do sentido e conteúdo curricular

Leia mais

O Currículo das Séries Iniciais e a Educação para a Saúde

O Currículo das Séries Iniciais e a Educação para a Saúde Nas séries iniciais do ensino fundamental, o currículo enfatiza a assimilação de conceitos e busca desenvolver as estruturas cognitivas. Ele procura fornecer aos alunos condições necessárias para aprendizagens

Leia mais

PROJETO 2 EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ALIMENTAR COM A HORTA ESCOLAR

PROJETO 2 EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ALIMENTAR COM A HORTA ESCOLAR PROJETO 2 EDUCAÇÃO AMBIENTAL E ALIMENTAR COM A HORTA ESCOLAR JUSTIFICATIVA Uma vez que a sobrevivência da sociedade dependerá da alfabetização cultural, social e ecológica e, sendo a Terra nossa casa maior,

Leia mais

alimentação criada a pensar em si

alimentação criada a pensar em si alimentação criada a pensar em si SNACKS REFEIÇÕES BEBIDAS e BATIDOS GELATINAS adequada hiperproteica fácil de preparar saciante saborosa variada prática dieta3passos www.dieta3passos.pt pequeno-almoço

Leia mais

Considerações Finais. Resultados do estudo

Considerações Finais. Resultados do estudo Considerações Finais Tendo em conta os objetivos definidos, as questões de pesquisa que nos orientaram, e realizada a apresentação e análise interpretativa dos dados, bem como a sua síntese final, passamos

Leia mais

Para uma gestão integrada da biblioteca escolar do agrupamento

Para uma gestão integrada da biblioteca escolar do agrupamento Para uma gestão integrada da biblioteca escolar do agrupamento orientações [setembro de 2011] Rede Bibliotecas Escolares Sumário Nota introdutória... 2 Orientações Diretor... 3 Professor bibliotecário...

Leia mais

A roda dos alimentos. A antiga roda dos alimentos

A roda dos alimentos. A antiga roda dos alimentos Ano: 2010/2011 Disciplina: Educação Física Professora: Rita Marques Trabalho realizado por: Andreia Cipriano Catarina Silva Jéssica Pereira Mónica Algares Patrícia Martinho A roda dos alimentos Para se

Leia mais

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR)

Nota Introdutória. Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Nota Introdutória Objetivos da Biblioteca Escolar (de acordo com o MANIFESTO IFLA/UNESCO PARA BIBLIOTECA ESCOLAR) Apoiar e promover os objetivos educativos definidos de acordo com as finalidades e currículo

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES

ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES ANÁLISE DOS INQUÉRITOS SOBRE OS HÁBITOS ALIMENTARES Os inquéritos foram realizados junto de alunos do 6º ano da Escola EB 2,3 de Matosinhos, durante o mês de Novembro de 24. Responderam ao inquérito 63

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

PROJETO: HÁBITOS ALIMENTARES EM NOSSA ESCOLA

PROJETO: HÁBITOS ALIMENTARES EM NOSSA ESCOLA PREFEITURA MUNICIPAL DE SOBRAL ESCOLA CORONEL ARAÚJO CHAVES PROJETO: HÁBITOS ALIMENTARES EM NOSSA ESCOLA Prof. Francisco Junielison Correia Lopes (Educação Física) Colaboração: Prof. Gleidson Mendes Melo

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Moita. Plano de Melhoria. P r o v i s ó r i o P p P r o. Ano letivo 2013-14

Agrupamento de Escolas da Moita. Plano de Melhoria. P r o v i s ó r i o P p P r o. Ano letivo 2013-14 Agrupamento de Escolas da Moita Plano de Melhoria P r o v i s ó r i o P p P r o Ano letivo 2013-14 Moita, 22 de abril de 2015 A COMISSÃO DE AUTOAVALIAÇÃO o Célia Romão o Hélder Fernandes o Ana Bela Rodrigues

Leia mais

PROJETO CONVIVÊNCIA E VALORES

PROJETO CONVIVÊNCIA E VALORES PROJETO CONVIVÊNCIA E VALORES Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos, e esquece-se da urgência de deixar filhos melhores para o nosso planeta PROJETO: CONVIVÊNCIA

Leia mais

S I 1º E 2º ANO DO ENSINO BÁSICO

S I 1º E 2º ANO DO ENSINO BÁSICO S I 1º E 2º ANO DO Tema 1 E tu, conheces os alimentos? S I Objetivos: Após o desenvolvimento das atividades propostas para o Tema 1, as crianças deverão adquirir conhecimentos sobre: Os alimentos e os

Leia mais

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES. NEI João Machado da Silva

PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES. NEI João Machado da Silva PROJETO EDUCANDO COM A HORTA: CORES AROMAS E SABORES NEI João Machado da Silva Justificativa Aproveitar racionalmente a pequena disponibilidade de espaço de terra do NEI João Machado da Silva na produção

Leia mais

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular,

Leia mais

Alimentação Saudável. 2008 Teresa Bilhastre - CSCR

Alimentação Saudável. 2008 Teresa Bilhastre - CSCR Ministério da Saúde O Programa de Saúde Escolar insere-se no Plano Nacional de Saúde 2004-2010 Pretende: Reforçar as acções de promoção da saúde e prevenção da doença em ambiente escolar. Ministério da

Leia mais

GUIA PARA OS PAIS - EDUCAÇÃO INFANTIL

GUIA PARA OS PAIS - EDUCAÇÃO INFANTIL GUIA PARA OS PAIS - EDUCAÇÃO INFANTIL O QUE É? É um processo educativo que oscila entre a inserção e a autonomia. É uma etapa do sistema de educação que tem como objectivo proporcionar às crianças experiências

Leia mais

Plano de Atividades. Objetivos gerais

Plano de Atividades. Objetivos gerais Alimentação Plano de Atividades Campanha mensal de recolha de alimentos nos centros da FOSRDI Campanha de recolha de caixas herméticas Oportunidades de Voluntariado na distribuição de cabazes e refeições

Leia mais

EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA

EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA EDUCANDO COM A HORTA ESCOLAR PEDAGÓGICA Sabrina Sgarbi Tibolla 1 ;Sabrina dos Santos Grassi 2 ; Gilson Ribeiro Nachtigall 3 INTRODUÇÃO A horta escolar é uma estratégia de educar para o ambiente, para a

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família. Brasília, 08 de Agosto de 2008 Oficina de Promoção da Alimentação Saudável para Agentes Comunitários de Saúde III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família IV Seminário Internacional de Atenção Primária/ Saúde da Família Brasília,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa

ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE EIXO. çzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopa qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçz xcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbn mqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjkl

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS... um guia para a escolha alimentar diária! 1-3 3-5 2-3 1,5-4,5 1-2 3-5 4-11 COMA BEM, VIVA MELHOR! O QUE É UMA PORÇÃO?* POR DIA quantas são necessárias? ** Cereais e derivados, tubérculos

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SACAVÉM E PRIOR. Projeto Pedagógico e de Animação de Campos de Férias

JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SACAVÉM E PRIOR. Projeto Pedagógico e de Animação de Campos de Férias JUNTA DE FREGUESIA DA UNIÃO DE FREGUESIAS DE SACAVÉM E PRIOR Projeto Pedagógico e de Animação de Campos de Férias ÍNDICE 2 Introdução Pág. 3 Princípios e Valores Pág. 3 Objetivos Gerais Pág. 4 Objetivos

Leia mais

Departamento de Psicologia e de Educação Especial

Departamento de Psicologia e de Educação Especial Departamento de Psicologia e de Educação Especial 1- Avaliação e acompanhamento psicológico Avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico individual (promoção da autoestima e comportamentos

Leia mais

A Educação Ambiental no Ensino Fundamental de escolas municipais de Pesqueira-PE

A Educação Ambiental no Ensino Fundamental de escolas municipais de Pesqueira-PE A Educação Ambiental no Ensino Fundamental de escolas municipais de Pesqueira-PE Autor(a): Josineide Braz de Miranda Coautor(es): Anderson Carlos Maia da Silva, Josefa Sandra de Almeida Silva, kelren Jane

Leia mais

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL DICA PEDAGÓGICA EDUCAÇÃO INFANTIL 1 TÍTULO DO PROGRAMA Balinha e Dentinho. 2 EPISÓDIO TRABALHADO Um punhado de sementes mágicas. 3 SINOPSE DO EPISÓDIO ESPECÍFICO O episódio Um punhado de sementes mágicas

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS

EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS INSPEÇÃO-GERAL DA EDUCAÇÃO E CIÊNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO EDUCAÇÃO ESPECIAL RESPOSTAS EDUCATIVAS RELATÓRIO Agrupamento de Escolas Levante da Maia 2014-2015 RELATÓRIO DE ESCOLA Agrupamento de Escolas

Leia mais

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO Como tudo começou A EMEI Guia Lopes possui uma área verde privilegiada e a criação de uma horta era uma vontade

Leia mais

GUIA DIETA ONLINE UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL DIETA ONLINE. por Nutricionista Dr.ª Joana Carido. Dr.ª Joana Carido

GUIA DIETA ONLINE UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL DIETA ONLINE. por Nutricionista Dr.ª Joana Carido. Dr.ª Joana Carido GUIA DIETA ONLINE DIETA ONLINE Dr.ª Joana Carido VISITE A MINHA PÁGINA NO FACEBOOK UM DIA COM UMA ALIMENTAÇÂO SAUDÁVEL por Nutricionista Dr.ª Joana Carido Relembro que este plano alimentar é apenas orientativo

Leia mais

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo

NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA. Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo NUTRIÇÃO INFANTIL E AS CONSEQUENCIAS NOS CICLOS DA VIDA Profª Ms. Ana Carolina L. Ottoni Gothardo Infância -Promoção e consolidação dos hábitos alimentares - Incremento das necessidades nutricionais para

Leia mais

Atividades de educação ambiental

Atividades de educação ambiental 1213 Centro Atividades de educação ambiental Ambiental da Pena 1 Introdução / Com vista à preservação e gestão equilibrada dos recursos naturais existentes no nosso planeta e face às alterações que o mesmo

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Ano letivo O constitui-se como um documento orientador das actividades desenvolvidas 2014/2015 ao longo do ano lectivo. Desta forma, nas páginas que

Leia mais

AEC PROJETOS LÚDICO EXPRESSIVOS. Proposta de Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC PROJETOS LÚDICO EXPRESSIVOS. Proposta de Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2013/2014 AEC PROJETOS LÚDICO EXPRESSIVOS Proposta de Planificação 1.º Ciclo do Ensino Básico PLE Proposta de Plano Anual 2013/2014 1. Introdução A atividade

Leia mais

Alimentix 2. O teu jogo dos Alimentos. Jogar. Como Jogar?

Alimentix 2. O teu jogo dos Alimentos. Jogar. Como Jogar? Alimentix 2 O teu jogo dos Alimentos Jogar Como Jogar? Olá amigo! O Alimentix 2 é um jogo extraordinário onde vais poder explorar o fantástico mundo dos alimentos. Estás pronto? 1. O Alimentix 2 é composto

Leia mais

Ficha 01 ALIMENTA ÇÃO. O dia é feito de hábitos QUERES MELHORAR? QUERES MELHORAR? Tema 3

Ficha 01 ALIMENTA ÇÃO. O dia é feito de hábitos QUERES MELHORAR? QUERES MELHORAR? Tema 3 Ficha 01 O dia é feito de hábitos :: Analisa o teu dia e os momentos em que te cruzas com alimentos. Quais são os teus hábitos? O que concluis? Lê as pistas para melhorares o teu desempenho. 7h30m Pequeno-almoço

Leia mais

PES Promoção e Educação para a Saúde

PES Promoção e Educação para a Saúde (A PREENCHER PELA COMISSÃO DO PAA) Atividade Nº AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO Projeto PES Promoção e Educação para a Saúde Equipa Dinamizadora: Alice Gonçalves e Rosa Rêgo Ano letivo 2014/2015

Leia mais

Caracterização do Projecto

Caracterização do Projecto Caracterização do Projecto http://www.cm-lousa.pt/educacao/alimbem_crscsaud.htm O Projecto "Alimenta-te bem, Cresce saudável" tem a sua base na preocupação da Autarquia em garantir a todas as crianças

Leia mais

Pré-Projeto de Educação Ambiental

Pré-Projeto de Educação Ambiental Pré-Projeto de Educação Ambiental Vamos Descobrir e Valorizar o Alvão Ano 2014/15 Centro de Informação e Interpretação Lugar do Barrio 4880-164 Mondim de Basto Telefone: 255 381 2009 ou 255 389 250 1 Descobrir

Leia mais

Assunto: Restrição da oferta de doces e preparações doces na alimentação escolar.

Assunto: Restrição da oferta de doces e preparações doces na alimentação escolar. Nota Técnica nº 01/2014 COSAN/CGPAE/DIRAE/FNDE Assunto: Restrição da oferta de doces e preparações doces na alimentação escolar. A Coordenação de Segurança Alimentar e Nutricional COSAN do Programa Nacional

Leia mais

EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR O QUE SABEMOS

EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR O QUE SABEMOS EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR O QUE SABEMOS O QUE SABEMOS UMA METODOLOGIA DE PROJETO PARA A EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR O QUE É O TRABALHO DE PROJETO? Os projetos da coleção «O Que Sabemos» enquadram-se numa metodologia

Leia mais

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência

ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência ENVELHECER COM SABEDORIA Alimente-se melhor para Manter a sua Saúde e Independência 1. ALIMENTE-SE MELHOR Prevê-se que em 2025 1, só na Europa, o grupo etário mais idoso (acima dos 80 anos), passe de 21,4

Leia mais

PROJETO ESCOLA DO SABOR

PROJETO ESCOLA DO SABOR PROJETO ESCOLA DO SABOR COMPANHIA DE ENTREPOSTOS E ARMAZÉNS GERAIS DE SÃO PAULO CEAGESP 2012 1. INTRODUÇÃO A alimentação infantil escolar deve ser nutricionalmente equilibrada, confeccionada com alimentos

Leia mais

Carta do Conselho da Europa sobre a Educação para a Cidadania Democrática e a Educação para os Direitos Humanos

Carta do Conselho da Europa sobre a Educação para a Cidadania Democrática e a Educação para os Direitos Humanos Carta do Conselho da Europa sobre a Educação para a Cidadania Democrática e a Educação para os Direitos Humanos Introdução A educação desempenha um papel essencial na promoção dos valores fundamentais

Leia mais

Perguntas frequentes. 20142015 Rede de Bibliotecas Escolares Plano Nacional de Leitura Direção Geral da Saúde

Perguntas frequentes. 20142015 Rede de Bibliotecas Escolares Plano Nacional de Leitura Direção Geral da Saúde Perguntas frequentes 20142015 Rede de Bibliotecas Escolares Plano Nacional de Leitura Direção Geral da Saúde lista de perguntas Projeto SOBE Trabalhar no projeto Saúde Oral, Bibliotecas Escolares (SOBE)

Leia mais

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO. Orientações Pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2015/2016 AEC ALE LIGAÇÃO DA ESCOLA COM O MEIO Orientações Pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular,

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7

Leia mais

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade:

Art. 2º - São diretrizes da Política Municipal de Educação Alimentar e Combate à Obesidade: PROJETO DE LEI N. 426/2013 ESTADO DO AMAZONAS ESTABELECE diretrizes para a Política Municipal de Educação Alimentar Escolar e Combate à Obesidade, e dá outras providências. Art.1º - O Poder Público Municipal,

Leia mais

ACTOS PROFISSIONAIS GIPE. Gabinete de Inovação Pedagógica

ACTOS PROFISSIONAIS GIPE. Gabinete de Inovação Pedagógica ACTOS PROFISSIONAIS GIPE Gabinete de Inovação Pedagógica Cooptécnica Gustave Eiffel, CRL Venda Nova, Amadora 214 996 440 910 532 379 Março, 2010 APOIO À INFÂNCIA 1 GIPE - Gabinete de Inovação Pedagógica

Leia mais

ALIMENTAÇÃO HUMANA: PROPOSTA E AVALIAÇÃO DE UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NO 6º ANO DE ESCOLARIDADE

ALIMENTAÇÃO HUMANA: PROPOSTA E AVALIAÇÃO DE UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NO 6º ANO DE ESCOLARIDADE ALIMENTAÇÃO HUMANA: PROPOSTA E AVALIAÇÃO DE UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NO 6º ANO DE ESCOLARIDADE Maria da Conceição Duarte, cduarte@iep.uminho.pt Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho,

Leia mais

CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Projecto Pedagógico 2007/2008 Sala 9- Sala Aventura Estão habituadas à convivência com outras crianças e adultos não pertencentes à família. Aprenderam

Leia mais

Desejamos a todos um excelente ano letivo!

Desejamos a todos um excelente ano letivo! O Museu Municipal de Loulé apresenta o programa Visita Brincando, para o ano letivo 2014/2015. Este programa é construído em torno do nosso Património Cultural e pretende contribuir para despertar o olhar,

Leia mais

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias

II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade. Tema: Uso Sustentável da Água. Regulamento do Concurso de Ideias II Edição do Concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade Tema: Uso Sustentável da Água Regulamento do Concurso de Ideias (Aberto a todos os cidadãos) 1. O que é? O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade

Leia mais

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012

Plano de Acção. Rede Social 2011/2012 Plano de Acção - Rede Social Plano de Acção Rede Social Conselho Local da Acção Social de Figueira de Castelo Plano de Acção Rede Social Acções a desenvolver Objectivos Resultados esperados Calendarização

Leia mais

CONSTRUÇÃO DO REFERENCIAL

CONSTRUÇÃO DO REFERENCIAL Programa de Apoio à Avaliação do Sucesso Académico DIMENSÃO DE CONSTRUÍDO (Avaliação Formativa) MATRIZ DE CONSTRUÇÃO DO REFERENCIAL Página 1 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO ESCOLAR Agrupamento de Escolas

Leia mais

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO

Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO 1 Calendarização Atividade Objetivos Responsáveis Destinatários 1º PERÍODO Setembro Acolhimento das crianças - Integração e adaptação das crianças ao Centro Infantil Setembro Reunião de Pais e Encarregados

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA

ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA ESCOLA SECUNDÁRIA MARIA AMÁLIA VAZ DE CARVALHO PLANO DE MELHORIA 2012-2015 PLANO DE MELHORIA (2012-2015) 1. CONTEXTUALIZAÇÃO DO PROCESSO Decorreu em finais de 2011 o novo processo de Avaliação Externa

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO MÉDIO INTRODUCÃO

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO MÉDIO INTRODUCÃO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO MÉDIO Docente: André Luiz Sponhardi ANO:2013 INTRODUCÃO Há muitos benefícios provenientes das aulas de educação física para os alunos

Leia mais

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes

Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Minuta do Capítulo 8 do PDI: Políticas de Atendimento aos Discentes Elaborada pela Diretoria de Assuntos Estudantis 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa e Extensão nos dias

Leia mais

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015

Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Programa de Educação para a Sustentabilidade 2014/2015 Plano de Atividades Programa de Educação para a Sustentabilidade O Programa de Educação para a Sustentabilidade para o ano letivo 2014/2015 integra

Leia mais