Caminhos de crescimento de marcas globais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Caminhos de crescimento de marcas globais"

Transcrição

1 Caminhos de crescimento de marcas globais 27/11/2014 1

2 1. Caminhos de crescimento de marcas globais 2. Alpargatas nos próximos 4 anos 3. Resultados 9M2014

3 1. Caminhos de crescimento de marcas globais

4 A Alpargatas constrói seu lugar no futuro Seremos uma empresa global de marcas desejadas nos segmentos de calçados, vestuário e acessórios Receita líquida 2013 (US$ bilhões) Nike Inditex H&M Adidas 20,6 19,7 19,2 25,3 Empresa Global GAP Kering Uniqlo VF 15,6 12,9 12,6 11,4 Marketing Mercados Ralph Lauren PVH Puma Asics 6,9 6,0 3,9 3,1 Empresas globais de grande porte Produtos Processos Mizuno Quiksilver Fifth&Pacific Billabong Anta Crocs Li Ning 2,0 1,8 1,2 1,1 1,1 1,1 0,9 Empresas globais de médio porte Executivos Vantagem competitiva replicada globalmente Alpargatas Grendene Vulcabras Arezzo 2,0 1,0 0,6 0,5 Empresas nacionais Think globally, act locally Fonte: Bloomberg

5 Empresa consolidadora de marcas nas seguintes plataformas PLATA- PLATAFORMAS FORMAS MARCAS ATUAÇÃO VAREJO EXCLUSIVO CALÇADOS DE MODA Global Local Global Plano 2015 ARTIGOS ESPORTIVOS Regional Local Global VESTUÁRIO LIFESTYLE Local Local Global

6 Os caminhos para nos tornarmos uma empresa global compreendem 3 pilares estratégicos Modelo de geração de valor Caminhos de crescimento Responsabilidade socioambiental Fortalecer nossa vocação para marcas Gerar outros casos de sucesso Estruturar competências para replicar nosso conhecimento Evoluir capacitações de gestão de negócios Desenvolver talentos com visão global Avançar na internacionalização de Sandálias Expandir Havaianas em novas categorias Conquistar posição de destaque em Artigos Esportivos na América Latina Produtos com destinação de recursos a causas ambientais Ações sociais do Instituto Alpargatas vinculadas às marcas Recuperação de resíduos e ações de economia de energia nas fábricas Grande meta: logística reversa para produtos descartados Adquirir empresas com alto potencial global de geração de valor Objetivo: criar um modelo sustentável de crescimento e rentabilidade

7 A partir do ano 2000 Havaianas inicia sua trajetória internacional via exportação a distribuidores Volume exportado por região (YTD Set/14) Hoje Havaianas está presente em 107 países 14% 18% 23% 45% América Central, Caribe e México Ásia América do Sul África & Pacífico

8 Em 2007 e 2008 a conquista de mercados estratégicos começa com a abertura das subsidiárias nos EUA e Europa Escritório Sede: Nova York Início da operação: empregados diretos Centro de distribuição: Ohio Principais clientes: Macy s, Saks, Nordstrom Bloomingdale s 4,3 mil portas Crescimentos: 9M14 x 9M13 Loja em Nova York Publicidade Gwyneth Paltrow Volume: 6% Receita em US$: 14% Vitrine Macy s Bradley Cooper

9 Em 2007 e 2008 a conquista de mercados estratégicos começa com a abertura das subsidiárias nos EUA e Europa Escritório Publicidade Sede: Madri Operação direta em 10 países: ESP, GB, FR, IT, PT, AL, AU, HOL, BEL, LUX Início da operação: empregados Centro de distribuição: Marselha Principais clientes: Selfridges, Galleries Lafayette, El Corte Inglês, Decathlon 13 mil portas Lojas em Paris e Roma Crescimentos: 9M14 x 9M13 Volume: 27% Receita em euros: 24% Selfridges

10 Como vamos avançar com Sandálias no mercado externo? Abertura de escritório na Ásia para sourcing e vendas/marketing Aumento do investimento em marketing/brand awareness Abertura de mais lojas exclusivas nos EUA e na Europa Implementação de modelo de lojas Havaianas na Ásia e nos mercados de exportação Contínuo crescimento nos mercados de exportação

11 Novas categorias Objetivo: posicionar Havaianas como uma marca lifestyle Visão Aspiração Conceito do lifestyle Tornar-se uma lifestyle brand O jeito espontâneo do brasileiro levar a vida Trazer ao mercado um estilo que combina conforto e cores com leveza, liberdade e modernidade. Um novo jeito de vestir e sentir-se livre! Um novo jeito de viver Havaianas o tempo todo!

12 A construção de uma marca lifestyle Sandálias Havaianas Extensão de benefício Produtos Complementares Lifestyle de Sandálias Pé na areia Lifestyle de Sandálias Espírito de verão Sandálias Sandálias Sneakers Alpargatas Bolsas Óculos Relógios Roupa de banho Moda praia Loungewear Moda Casual Brazilian-inspired

13 Soul Collection Diminuir o efeito da sazonalidade nas vendas: Ampliação do uso para outono/inverno Sinergia com os canais de distribuição Know how interno

14 Feedback do consumidor Categorias Vestuário Foram testados diferentes conceitos para avaliar qual seria o mais apropriado Design for fun Summer spirit praia Summer spirit praia + cidade no verão Summer spirit praia + cidade no ano todo Design não percebido no DNA da marca Oferta de acessórios ampla demais, diluindo a marca Oferta percebida como muito limitada (EU/EUA), por considerar somente a praia Rejeição a alguns acessórios Conceito percebido como a evolução natural da marca, mais próximo ao DNA Roupa casual serve também para o verão na cidade Pode ser o conceito target, mas como um segundo passo da marca, depois de ganhar legitimidade na roupa casual

15 Vestuário Canais de venda: 2014: lojas próprias 2015: lojas próprias + Brasil 2016: Lojas próprias + Brasil + Europa Revista Claudia Revista Crescer Revista Estilo de Gente

16 Vestuário Lançamento do vestuário em 19 de maio de 2014

17 A aquisição da Alpargatas Argentina tem o objetivo de fortalecer nossa presença no mercado de artigos esportivos da América Latina Pontos fortes Maior empresa de calçados da Argentina Proprietária da marca Topper no mundo Topper: líder em artigos esportivos no mercado argentino Ganhos de escala Sinergias Sourcing Benefícios Aumento das exportações de Topper para países vizinhos Viabilizar a expansão de Mizuno no país AR$ MM 9M14 9M13 Var. Receita líquida % Lucro Bruto % EBITDA % Margem bruta 25% 20% +5 p.p. Margem EBITDA 12% 5% +7 p.p. Fábrica em Tucuman

18 A força de Topper faz com que a marca tenha a maior participação de mercado na Argentina % de market share volume S14 Topper Nike Adidas Reebok Olympikus Puma

19 Footprint na América Latina Distribuição no Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia e Peru: 1,1 milhão de unidades/ano 2015: entrada na Colômbia e no Equador Aumentar a comunicação e a distribuição para fortalecer a marca na Argentina Lojas Topper na Argentina

20 Por que a Osklen? Objetivo: consolidar a maior plataforma brasileira de marcas globais desejadas no segmento lifestyle Aquisição de marcas desejadas com potencial de crescimento Ampliação de atuação em vestuário e varejo Aquisição de competências Aporte de gestão pela Alpargatas Sinergias Pilares estratégicos + Pilares operacionais Uma das marcas brasileiras com maior prestígio internacional Potencial para manter o crescimento dos últimos anos Receita: 64% vestuário e acessórios 36% calçados 83 lojas 76 no Brasil 7 no exterior Design e desenvolvimento de produtos reconhecidos mundialmente Transferência de melhores práticas Implementação de processos Acelerar a expansão internacional da Osklen Sinergias operacionais

21 A evolução da Osklen 9M14 x 9M13 Receita líquida +12,4% Lucro Bruto +22,5% EBITDA +21,3% nº lojas + 7 Volume +9,7%

22 Acessibilidade Acessibilidade A Osklen iniciará sua expansão internacional pelos EUA, para depois ingressar na Europa Regiões prioritárias Países prioritários EUA 3.0 EUA Reino Unido Europa Ásia Japão França Itália China Coréia Alemanha Atratividade Atratividade Fonte: Roland Berger Strategy Consultants

23 Índice de preço A Osklen atuará no mercado de luxo acessível (design contemporâneo) MARCAS QUE OS CLIENTES ALVO DA OSKLEN COMPRARIAM Alto luxo Luxo acessível Premium fashion Mercado de massa Fonte: Roland Berger Strategy Consultants

24 Atuará no exterior inicialmente por três canais Lojas exclusivas Multimarca E-commerce Principais cidades do circuito da moda Melhores pontos de venda Forte conceito de loja Forte RP/marketing Lojas de departamento de alto padrão Localização premium dentro das lojas Lojas conceito de novas tendências Forte RP/ marketing Via sites de terceiros até estar operacionalmente apta a ter o próprio comércio eletrônico Forte controle do visual merchandising

25 Osklen + Topper Desfile

26 Por que a Alpargatas? Resiliência do modelo de negócio Eficiência operacional, free cash flow, receita multimoedas e gestão do capital humano Brand awareness Marcas líderes de mercado no Brasil e no exterior, que alavancam resultados e valorizam a Empresa Líder regional em sandálias e artigos esportivos Havaianas é líder de mercado no Brasil e Topper na Argentina Sourcing flexível Vantagem de poder fabricar no Brasil e/ou no exterior Receita líquida (R$ MM) EBITDA (R$ MM) Margem EBITDA Estimativas 2015 Bradesco Itaú Safra ,4% 13,6% 13,8% Presença no varejo Atuação direta no varejo: 628 lojas, em fase de expansão P/E 10,5x 8,5x 10,9x Geração de caixa Modelo de negócio com vocação para a geração de caixa Target price R$ 10,50 R$ 12,90 R$ 11,30 Solidez do balanço Alta capacidade de alavancagem financeira

27 2. A Alpargatas nos próximos 4 anos

28 Anotações sobre o tema

29 3. Resultados 9M2014

30 Receita líquida Aumentos do volume de vendas e da receita líquida, em reais e em moedas estrangeiras RECEITA LÍQUIDA CONSOLIDADA (R$ milhões) + 7,7% 2.651,2 Fatores que impactaram a receita Crescimento dos volumes: Sandálias no Brasil e no exterior Mizuno e Timberland no Brasil Topper na Argentina Vestuário e acessórios no Brasil Câmbio: variação das receitas em moedas estrangeiras 2.461,1 9M13 9M14 3T 9M US$ 6,6% EUR 24,4% AR$ 47,1%

31 Receita líquida R$ milhões 74,9 209,2 6,2 35,9 7,3 46,0 (189,4) 2.461,1 13,6% 2.794, ,2 7,7% Receita Líquida 9M13 Operações Nacionais Alpargatas Argentina Alpargatas USA Alpargatas EMEA Exportação Receita Líquida 9M14 sem Variação Cambial Variação Cambial Pesos Variação Cambial Euros/Dólares Receita Líquida 9M14 com Variação Cambial

32 Receita líquida RECEITA LÍQUIDA CONSOLIDADA POR NEGÓCIO RECEITA LÍQUIDA CONSOLIDADA POR REGIÃO 9M13 9M14 9M13 9M14 6% 5% 13% 16% 42% 52% 40% 55% 18% 69% 18% 66% Sandálias Artigos Esportivos Têxteis Argentina Sandálias Artigos Esportivos Têxteis Argentina Brasil Argentina Sandálias Internacional Brasil Argentina Sandálias Internacional

33 EBITDA Fatores que impactaram a margem EBITDA 9M14 x 9M13 EBITDA CONSOLIDADO (R$ milhões) Margem: % RL - 4,4% Commodities Queda de 3% no preço da borracha em dólar Alta de 20% no preço do algodão em pesos Câmbio Aumento das matérias-primas e dos produtos acabados importados. Custo da borracha aumentou cerca de 6% em reais Valorização do dólar e do euro x real 358,2 342,4 25,0 Produtividade Valorização do real x peso argentino Despesas extraordinárias 14,6% 12,9% 9M13 9M14 Ajustado Despesa extraordinária com Copa do Mundo e lançamento do vestuário Havaianas Modernização do parque industrial têxtil e adequação da MOD na Argentina Maior diluição dos custos fixos por aumento de produção na Argentina Ramp up da fábrica de Montes Claros (menor diluição de custos fixos Copa do Mundo e lançamento do vestuário Havaianas

34 Lucro líquido Fatores que impactaram o lucro LUCRO LÍQUIDO CONSOLIDADO (R$ milhões) - 17,7% 237,4 195,3 Reestruturação na Argentina Marketing com Copa do Mundo e lançamento do vestuário Havaianas Ramp up de Montes Claros Variação cambial 9M13 9M14 Margens 9,6% 7,4%

35 Posição financeira líquida R$ milhões 747,5 814,4 835,1 670,5 539,6 226,1 257,6 309,7 269,3 140,1 (521,4) (556,8) (525,4) (401,2) (399,5) set/13 dez/13 mar/14 jun/14 set/14 Caixa Dívida Consolidada Posição Financeira Líquida Consolidada

36 Remuneração dos acionistas R$ milhões 117,8 84,3 13,9 24,0 23,5 22,9 JCP Pagamento em 17/12 8/10 3/7 16/ Payout 38% 43% do LL acumulado nos 9M14

37

38 Informações complementares* * Não será apresentado

39 Nosso portfólio de produtos inovadores atende a todas as classes sociais

40 O varejo é um pilar de sustentação das marcas e de conhecimento do consumidor Varejo exclusivo (outubro/ 14) Brasil Exterior Total Total

41 Concept Store São Paulo

42 Lojas Havaianas nos principais centros consumidores do mundo aumentam o conhecimento da marca Londres Paris Paris Roma Madri Miami Miami Nova York Lisboa

43 Rio de Janeiro São Paulo Buenos Aires Montes Claros

44 Franquias Havaianas aumentam a experiência dos consumidores com a marca 372 franquias (outubro de 2014) Quantidade de franquias Norte 6% Nordeste 15% 279 Centro Oeste: 8 % Sudeste 63% Sul 8% 25

45 Franquia São Paulo

46 Distribuição global e capilaridade levam nossos produtos a milhares de consumidores Havaianas é comercializada em 107 países Pontos de venda BRASIL ~150 mil ARGENTINA ~2 mil TOTAL ~200 mil SANDÁLIAS MUNDO ~50 mil

47 Temos escritórios comerciais nos EUA e na Europa. Nossos calçados são fabricados no Brasil, na Argentina e importados da Ásia Campina Grande - PB ( sandálias ) Santa Rita - PB (calçados) Carpina PE (sandálias) Montes Claros - MG ( sandálias ) Chaco (têxteis) Tucumán (calçados) Corrientes (têxteis) Catamarca - (2 fábricas) (calçados e têxteis) San Luis (calçados) Buenos Aires (calçados e têxteis) (escritório) La Pampa (calçados) São Paulo - SP ( sede ) BRASIL 4 fábricas ARGENTINA 8 fábricas Capacidade instalada Sandálias: 2013: 255 milhões de pares/ano 2015: ~360 milhões de pares/ano Calçados esportivos: 6,5 milhões de pares/ano Calçados esportivos: 13 milhões de pares/ano

48 Montes Claros é um investimento estratégico que suportará o crescimento das vendas de Havaianas no mundo

49 Relações com Investidores: José Roberto Lettiere (11) José Sálvio Moraes (11) Mariane Weger (11)

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14 Conference Call Resultados do 2T14 e 1S14 11/8/2014 Resumo do trimestre Operações nacionais Sandálias 1. Estreia de Havaianas no vestuário em maio contribuiu para o bom desempenho do varejo exclusivo.

Leia mais

Conference Call Resultados 2011 19 de março de 2012 17h00

Conference Call Resultados 2011 19 de março de 2012 17h00 Conference Call Resultados 2011 19 de março de 2012 17h00 Márcio Utsch 2 4T11 Preço e mix alavancam a Receita Volume de Vendas Consolidado Calçados, Vestuário e Acessórios (milhões de unidades) Receita

Leia mais

Conference Call. Resultado do 2T15. Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 10/08/2015

Conference Call. Resultado do 2T15. Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 10/08/2015 Conference Call Resultado do 2T15 Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 10/08/2015 Márcio Utsch CEO Destaques das marcas Resultado consolidado 2 Destaques das marcas Havaianas Lançamento da coleção

Leia mais

Conference Call. Resultado do 3T15. Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 09/11/2015

Conference Call. Resultado do 3T15. Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 09/11/2015 Conference Call Resultado do 3T15 Márcio Utsch CEO Fabio Leite de Souza CFO 09/11/2015 Márcio Utsch CEO Destaques das marcas Resultado consolidado 2 Destaques das marcas Havaianas MI Aumento dos volumes

Leia mais

Resultados do 4T14 e 2014 09/03/2015

Resultados do 4T14 e 2014 09/03/2015 Conference Call Resultados do 4T14 e 2014 09/03/2015 Receita líquida R$ milhões RECEITA LÍQUIDA CONSOLIDADA (R$ milhões) 148,1 277,77 93 9,3 34,44 (0,3) (237,2) 53,2 + 13,7% 3.426,0 3.895,2 3.711,2 +83%

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2010 1. Mercado de Capitais Cotações: (14/05/2010) ALPA3 R$ 6,10 ALPA4 R$ 5,95 Valore de Mercado: R$ 2,1 bilhões 2. Teleconferência Data: 18/05/2010 às 16h00

Leia mais

Principais Destaques das Marcas

Principais Destaques das Marcas Resultados do 1T13 2 Principais Destaques das Marcas 3 MERCADO INTERNO Uma das marcas mais valiosas do País de acordo com ranking da IstoÉ Dinheiro Prêmio A marca mais amada do Brasil concedido pela revista

Leia mais

AGENDA EMPRESA DE MARCAS AMBIENTE DE NEGÓCIOS. 50 anos e de casa nova DESEMPENHO FINANCEIRO POR QUE ALPARGATAS?

AGENDA EMPRESA DE MARCAS AMBIENTE DE NEGÓCIOS. 50 anos e de casa nova DESEMPENHO FINANCEIRO POR QUE ALPARGATAS? 1 AGENDA EMPRESA DE MARCAS AMBIENTE DE NEGÓCIOS HAVAIANAS 50 anos e de casa nova DESEMPENHO FINANCEIRO POR QUE ALPARGATAS? 2 3 EMPRESA DE MARCAS Somos uma empresa de marcas relevantes... Marca brasileira

Leia mais

Conference Call Resultados 3T13 e 9M13

Conference Call Resultados 3T13 e 9M13 Conference Call Resultados 3T13 e 9M13 2 Pontos de atenção no Negócios Internacionais Negócios Nacionais USA,Europa e Exportações resultado da Alpargatas Márcio Utsch 3 Atualmente, os pontos de atenção

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 12 de novembro de 2014 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representam expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Visão apresentada na reunião Apimec em 2014

Visão apresentada na reunião Apimec em 2014 7/12/2016 Visão apresentada na reunião Apimec em 2014 Receita líquida 2013 (US$ bilhões) Nike Inditex H&M Adidas 25,3 20,6 19,7 19,2 GAP Kering Uniqlo VF Ralph Lauren PVH Puma Asics 6,9 6,0 3,9 3,1 15,6

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam

Leia mais

Conference Call Resultados 4T13 e 2013

Conference Call Resultados 4T13 e 2013 Conference Call Resultados 4T13 e 2013 1 Juros 2013 Inflação * : Geral: 5,91% Serviços: 8,75% Desvalorização do Real Em um ano complexo para os negócios, especialmente para calçados, a Alpargatas cresce

Leia mais

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14

Conference Call. Resultados do 2T14 e 1S14 Conference Call Resultados do 2T14 e 1S14 11/8/2014 Resumo do trimestre Operações nacionais Sandálias 1. Estreia de Havaianas no vestuário em maio contribuiu para o bom desempenho do varejo exclusivo.

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

2ª APRESENTAÇÃO PÚBLICA: Visão de Futuro. Reforço da Competitividade do APL de Moda Íntima de Juruaia

2ª APRESENTAÇÃO PÚBLICA: Visão de Futuro. Reforço da Competitividade do APL de Moda Íntima de Juruaia 2ª APRESENTAÇÃO PÚBLICA: Visão de Futuro Reforço da Competitividade do APL de Moda Íntima de Juruaia Juruaia, 16/09/2010 SEDE Secretária de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais Reforço da Competitividade

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T14

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 1T14 TELECONFERÊNCIA Data: 12/05/2014 às 17h00 Telefone: (55 11) 3193-1001 (55 11) 2820-4001 Senha: Alpargatas Slides: http://ri.alpargatas.com.br Palestrantes: Márcio Utsch Diretor-Presidente José Roberto

Leia mais

APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009

APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009 APIMEC-MG Belo Horizonte 26 de agosto de 2009 1 1 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

RESULTADOS DO 4T14 E DE 2014

RESULTADOS DO 4T14 E DE 2014 TELECONFERÊNCIA Data: 9/3/2015 às 17h00 hs Telefone: (55 11) 3193-1001 (55 11) 2820-4001 Senha: Alpargatas Slides: http://ri.alpargatas.com.br Palestrantes: Márcio Utsch Diretor-Presidente José Roberto

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 1T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

terceiro trimestre de 2005

terceiro trimestre de 2005 apresentação institucional terceiro trimestre de 2005 1 1panorama da empresa 2 panorama da empresa Empresa de cosméticos, fragrâncias e higiene pessoal com receita bruta de R$2,5 bilhões no 2004 (9M05:

Leia mais

Panorama Mundial (2013)

Panorama Mundial (2013) Panorama Mundial (2013) Produção mundial alcançou US$ 444 bilhões em 2013; Mesmo com os efeitos da crise internacional, registra 85% de crescimento desde 2004, a uma taxa média de 7% ao ano; 54% da produção

Leia mais

Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional

Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional Valorização e Globalização da Marca Brasil Plano Aquarela, Megaeventos e Marketing Turístico Internacional Tribunal de Contas da União, 17 de agosto de 2011 Plano Aquarela Desde 2005 é a base metodológica

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011

TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 TELECONFERÊNCIA DOS RESULTADOS 4T11 & 2011 1 Ressalvas Sobre Declarações Futuras Esta apresentação contém informações futuras. Tais informações não são fatos históricos, mas refletem as metas e expectativas

Leia mais

Financiamento de Veículos Posicionamento

Financiamento de Veículos Posicionamento Financiamento de Veículos Posicionamento Market Share de Produção em % Ranking Novos Financiamentos (3º Trim 14) 15,5% 1º 13,8% 14,5% 2º 2º 3º 1ºT 14 2ºT 14 3ºT 14 Pesados Autos Novos Motos Autos Usados

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 3T09

Teleconferência de Resultados do 3T09 Teleconferência de Resultados do 3T09 2 Destaques do trimestre O forte resultado do 3T09 demonstrou nossa confortável posição competitiva na indústria de proteínas e confirmou os resultados esperados de

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 3T13 e 9M13 MERCADO DE CAPITAIS. Cotações: 08/11/2013. ALPA3 R$ 13,79 ALPA4 R$ 15,35 Valor de Mercado: R$ 6,1 bilhões

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 3T13 e 9M13 MERCADO DE CAPITAIS. Cotações: 08/11/2013. ALPA3 R$ 13,79 ALPA4 R$ 15,35 Valor de Mercado: R$ 6,1 bilhões MERCADO DE CAPITAIS Cotações: 08/11/2013 ALPA3 R$ 13,79 ALPA4 R$ 15,35 Valor de Mercado: R$ 6,1 bilhões TELECONFERÊNCIA Data: 11/11/2013 às 17h00 Telefone: (55 11) 4688-6361 Senha: Alpargatas Slides: http://ri.alpargatas.com.br

Leia mais

CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013

CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013 CENÁRIOS 2013: PERSPECTIVAS E O SETOR DE BKs 19/03/2013 CENÁRIO GLOBAL Crescimento global de 3,4 % em 2013 O mundo retoma a média histórica de crescimento (3,4% a.a) Zona do Euro sai da recessão Os EEUU

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - ALPARGATAS SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - ALPARGATAS SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 5 Demonstração do Resultado 8 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14

Estar Mais Próximo do Cliente. Divulgação dos Resultados 4T14 Estar Mais Próximo do Cliente Divulgação dos Resultados 4T14 CONQUISTAS DO ANO DE 2014 Anúncio Aumento de Capital R$ 2,38 Bi Divulgação 1T14 +30% RB Lançamento Marketplace Americanas.com Conclusão Aumento

Leia mais

Reunião Pública 2013 Safra 13/14

Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Reunião Pública 2013 Safra 13/14 Grupo São Martinho 300.000 ha Área agrícola de colheita 4 usinas São Martinho, Iracema, Santa Cruz e Boa Vista 21 milhões de tons Capacidade de processamento de cana de

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12

B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 B2W Companhia Global do Varejo Divulgação de Resultados - 3T12 TELECONFERÊNCIA 3T12 Quarta-feira, 14 de novembro de 2012 Horário: 13:00 p.m. (Brasil) - 10:00 a.m. (US EST) Telefone: +55 (11) 4688.6361

Leia mais

SALINAS NO MUNDO SALINAS NO BRASIL. * A Salinas tem hoje 43 lojas no Brasil e está presente em mais de 300 multimarcas.

SALINAS NO MUNDO SALINAS NO BRASIL. * A Salinas tem hoje 43 lojas no Brasil e está presente em mais de 300 multimarcas. INTRODUÇÃO A praia carioca sempre foi a grande fonte inspiradora dos biquínis da Salinas. A marca, que surgiu em 1982 e se consagrou por suas criações confortáveis, cheias de humor e descontração, hoje

Leia mais

106 anos de história

106 anos de história 1 106 anos de história Nasce a São Paulo Alpargatas I Guerra Mundial 1914-1918 1907 1913 Torna-se uma sociedade anônima de capital aberto 2 Coluna Prestes Crise de 1929 1925 3 Era Vargas: industrialização

Leia mais

Seminário GVcev Franquias: Modelo de Negócio para o Varejo. Expansão de Franquias, por Gabriel Spaniol

Seminário GVcev Franquias: Modelo de Negócio para o Varejo. Expansão de Franquias, por Gabriel Spaniol Seminário GVcev Franquias: Modelo de Negócio para o Varejo Expansão de Franquias, por Gabriel Spaniol Video Iniciar com video Carmen Steffens Worldwide Introdução 137 Franquias no Brasil e 17 internacionais

Leia mais

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo FRANQUIA A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo A rede de franquia com maior volume de vendas nos EUA. (Real Trends 500 2011) Primeiro sistema de franquias imobiliárias da América do Norte

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 3T12 Destaques do trimestre 1 Empresa integrada é líder no índice de satisfação do cliente 2 Líder indiscutível nos segmentos de maior receita com foco na geração de valor 3 Melhora sequencial

Leia mais

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA

1. THE GROUP TODAY INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 1 INDEX 1. O GRUPO HOJE 2. VISÃO ESTRATÉGICA 3. PRIORIDADES ESTRATÉGICAS 3.1 Concretizar o Potencial da Biedronka 3.2 Assegurar o Crescimento de Longo Prazo 1. THE GROUP TODAY 4. EXPLORAR TODO O POTENCIAL

Leia mais

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%)

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%) 103 Contexto Operacional A seguir seguem os comentários sobre o desempenho da S.A. referentes ao exercício de 2014. Com intuito de proporcionar a visibilidade anual dos resultados, tais comentários são

Leia mais

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores

Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Ricardo Setubal Diretor de Relações com Investidores Agenda Perfil da Empresa Investimentos Estratégicos Ações Desenvolvidas no Período Desempenho das Áreas Informações Financeiras Consolidadas Governança

Leia mais

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco

Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco O que é o NTCPE? O Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco/NTCPE é uma associação de direito privado, sem fins lucrativos.

Leia mais

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13

B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Estar Mais Próximo do Cliente B2W Companhia Digital Divulgação de Resultados 1T13 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

ATUAÇÃO INTERNACIONAL DA PETROBRAS E AS OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA

ATUAÇÃO INTERNACIONAL DA PETROBRAS E AS OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA PROMINP - 2o WORKSHOP NACIONAL ATUAÇÃO INTERNACIONAL DA PETROBRAS E AS OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA BRASILEIRA ÁREA DE NEGÓCIO INTERNACIONAL Cláudio Castejon Vitória, 28 de outubro de 2004 O portfolio

Leia mais

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014.

Resultados 3T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Novembro de 2014. Resultados 3T14_ Novembro de 2014. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

Destaques do Trimestre

Destaques do Trimestre Resultados do 2T12 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up

Fevereiro de 2013. Aquisição da Wise Up Fevereiro de 2013 Aquisição da Wise Up Agenda SEÇÃO 1 Sumário da Transação SEÇÃO 2 Visão Geral da Wise Up 2 Seção 1: Sumário da Transação Sumário da Transação A Transação Aquisição de 100% do Grupo Ometz

Leia mais

Estratégia Internacional

Estratégia Internacional Estratégia Internacional Professor: Claudemir Vasconcelos Aluno: Sergio Abreu Estratégia Internacional A internacionalização não se limita somente ao Comércio exterior (importação & exportação); é operar

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Março de 205 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4 2 Sumário A VIA VAREJO EM RESUMO B POSICIONAMENTO DA VIA VAREJO C DESTAQUES DO 4T4

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2013 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO INDICE

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA 2013 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO INDICE INDICE COMENTÁRIOS DOS DIRETORES... P. 2 PROPOSTA DA DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO DE 2012... P.66 ELEIÇÃO DOS DOS MEMBROS DO CONSELHO FISCAL... P.73 PROPOSTA DE REMUNERAÇÃO DOS ADMINISTRADORES... P.80 ORÇAMENTO

Leia mais

PRESENÇA GLOBAL 010 L 2 A U N IO A R Ó T A L E R EUROPA EURÁSIA AMÉRICA DO SUL

PRESENÇA GLOBAL 010 L 2 A U N IO A R Ó T A L E R EUROPA EURÁSIA AMÉRICA DO SUL RELATÓRIO ANUAL 2010 RECEITA Em milhões de CHF VENDAS LÍQUIDAS por REGIÃO - 2010 2700 2400 2100 1800 1500 1200 900 600 300 0 +51 % +34 % +9% +13% +10% 2006 2007 2008 2009 2010 Europa 12 % África 7 % Eurásia

Leia mais

APIMEC. 23 de outubro de 2008

APIMEC. 23 de outubro de 2008 APIMEC 23 de outubro de 2008 1 Importante As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração e informações

Leia mais

COMENTÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO

COMENTÁRIOS DA ADMINISTRAÇÃO A Alpargatas encerrou o exercício de 26 mais sólida, saudável e rentável. A receita de vendas cresceu 14,3% e somou R$ 1,6 bilhão. O LAJIDA de R$ 293, milhões aumentou 43,2% São Paulo, 2 de março de 27

Leia mais

Tereos Internacional Resultados do Primeiro Trimestre 2014/15

Tereos Internacional Resultados do Primeiro Trimestre 2014/15 Tereos Internacional Resultados do Primeiro Trimestre 20 São Paulo 12 de agosto de 2014 Principais Iniciativas e Destaques do Operacional 2 Cana-de-açúcar Brasil: Aumento dos benefícios do programa Guarani

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ALUNO: RONNY COSTA DA SILVA MATRÍCULA: 06010001201 E- MAIL: ALUNO: DENNIS WILLIAM CARDOSO FERREIRA MATRÍCULA: 06010007301 E- MAIL: denniswilliamx@hotmail.com 2º SEM/2009 Página

Leia mais

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013.

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013. Internet de Todas as Coisas (IoE). 10 principais descobertas da Pesquisa Índice de valor da IoE da Cisco com 7.500 responsáveis pela tomada de decisão em 12 países Joseph Bradley Jeff Loucks Andy Noronha

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 2T13 e 1S13 MERCADO DE CAPITAIS. Cotações: (09/08/2013) ALPA3 R$ 11,80 ALPA4 R$ 13,80 Valor de Mercado: R$ 5,4 bilhões

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 2T13 e 1S13 MERCADO DE CAPITAIS. Cotações: (09/08/2013) ALPA3 R$ 11,80 ALPA4 R$ 13,80 Valor de Mercado: R$ 5,4 bilhões MERCADO DE CAPITAIS Cotações: (09/08/2013) ALPA3 R$ 11,80 ALPA4 R$ 13,80 Valor de Mercado: R$ 5,4 bilhões TELECONFERÊNCIA Data: 12/08/2013 às 16h00 Telefone: (55 11) 4688-6361 Senha: Alpargatas Slides:

Leia mais

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS.

MIZUNO, TOPPER, RAINHA, HAVAIANAS, TIMBERLAND, DUPÉ E SETE LÉGUAS. SOBRE A ALPARGATAS Quem nunca usou um Bamba? Ou uma calça US Top, um tênis Rainha, uma sandália Havaianas, ou jogou com uma bola Topper? A Alpargatas e suas marcas estiveram e estarão sempre presentes

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e

Leia mais

RESULTADOS DO 1T15. Receita líquida 948,9 873,1 8,7% Lucro Bruto 423,5 368,6 14,9% Margem Bruta 44,6% 42,2% 2,4 p.p. EBITDA 161,0 139,1 15,7%

RESULTADOS DO 1T15. Receita líquida 948,9 873,1 8,7% Lucro Bruto 423,5 368,6 14,9% Margem Bruta 44,6% 42,2% 2,4 p.p. EBITDA 161,0 139,1 15,7% TELECONFERÊNCIA Data: 11/5/2015 às 17h00 Telefone: (55 11) 3193-1001 (55 11) 2820-4001 Senha: Alpargatas Slides: http://ri.alpargatas.com.br Palestrantes: Márcio Utsch Diretor-Presidente e CFO RI jsalvio@alpargatas.com.br

Leia mais

Análise Financeira de Balanço

Análise Financeira de Balanço UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Contabilidade Gerencial EPR 30 Análise Financeira de Balanço Juliano Jun Tatsumi nº11462 Marina Carvalho Brandão nº11466 Itajubá,

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE

INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE INTERNACIONALIZAÇÃO E COMPETITIVIDADE BELO HORIZONTE EXPORTAR É UM MOVIMENTO NATURAL DE CRESCIMENTO EXISTEM MAIS DE 200 PAÍSES ESPERANDO PELO SEU PRODUTO A EXPORTAÇÃO ABRE UM UNIVERSO DE OPORTUNIDADES

Leia mais

Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference

Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference Metals & Mining and Pulp & Paper Credit Suisse Conference Aviso Geral Algumas afirmações nesta apresentação podem ser projeções ou afirmações sobre expectativas futuras. Tais afirmações estão sujeitas

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2012

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2012 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Maio 2012 As exportações em maio apresentaram aumento de +39,13% em relação a abril, continuando a superar a marca de US$ 1 bilhão, agora pela décima-sexta vez

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO Teleconferência e Webcast de Resultados Sexta-feira, 5 de novembro de 2010 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) 10:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 Código:

Leia mais

Apresentação para Investidores. Março, 2009

Apresentação para Investidores. Março, 2009 Apresentação para Investidores Março, 2009 1 Filosofia Gerdau VISÃO Ser uma empresa siderúrgica global, entre as mais rentáveis do setor. MISSÃO O Grupo Gerdau é uma empresa com foco em siderurgia, que

Leia mais

SUMÁRIO EXECUTIVO. Novembro 2009

SUMÁRIO EXECUTIVO. Novembro 2009 SUMÁRIO EXECUTIVO Novembro 2009 1 Introdução A Biomm se dedica ao desenvolvimento de processos de produção baseados na biotecnologia, área em que a sua equipe foi pioneira no Brasil desde os anos 1970.

Leia mais

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2011. Relações com Investidores

Reunião Pública com Analistas e Investidores 2011. Relações com Investidores Reunião Pública com Analistas e Investidores 2011 Relações com Investidores A Tenaris Sobre a Tenaris Líder global na produção de tubos de aço e serviços para a indústria energética, automotiva e aplicações

Leia mais

Assim é a Telefónica. Distribuição do EBITDA por países em 2001

Assim é a Telefónica. Distribuição do EBITDA por países em 2001 Assim é a Telefónica A aquisição da Lycos, aliada ao fato de a nova empresa Terra Lycos operar em 43 países, permitiu, por um lado, uma maior penetração nos Estados Unidos e no Canadá. Por outro lado,

Leia mais

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 18 de Novembro de 2015

SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 18 de Novembro de 2015 SPRINGS GLOBAL INVESTOR DAY 18 de Novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003

Brasil Telecom. Café da Manhã com Investidores Unibanco. Fevereiro 2003 Brasil Telecom Café da Manhã com Investidores Unibanco Fevereiro 2003 1 Estratégia 2 Mercado Metas Metas Garantir a liderança na Região II, focando nos clientes de alto valor. Garantir a liderança na Região

Leia mais

Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12

Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12 Teleconferência e Webcast de Resultados 2T12 Quarta-feira, 15 de agosto de 2012 Horário: 12:00 p.m. (Brasil) - 11:00 a.m. (US EDT) Telefone: +55 (11) 4688.6361 - Código: B2W Webcast: www.b2winc.com/webcast2t12

Leia mais

Estudo Grendene - jmeloblog - h3p://jmeloblog.wordpress.com - Jean Melo RELATÓRIO DE AÇÕES

Estudo Grendene - jmeloblog - h3p://jmeloblog.wordpress.com - Jean Melo RELATÓRIO DE AÇÕES RELATÓRIO DE AÇÕES EMPRESA: GRENDENE CÓDIGO: GRND3 Quantidade de ações: 300.720.000 SETOR: CALÇADOS PREÇO ATUAL: R$ 8,88 MÁXIMA 52 SEM: R$9,84 MÍNIMA 52 SEM: R$6,93 RECOMENDAÇÃO: WATCH LIST Atividade Principal

Leia mais

O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior

O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior O País que Queremos Ser Os fatores de competitividade e o Plano Brasil Maior Alessandro Golombiewski Teixeira Secretário-Executivo São Paulo, agosto de 2012 Introdução 1 Contexto Econômico Internacional;

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

22 de novembro de 2007. Apresentação dos Resultados 4T07

22 de novembro de 2007. Apresentação dos Resultados 4T07 22 de novembro de 2007 Apresentação dos Resultados 4T07 Aviso Importante Declarações contidas nesta apresentação relativas às perspectivas dos negócios da Companhia, projeções de resultados operacionais

Leia mais

NUTRIPLANT ON (NUTR3M)

NUTRIPLANT ON (NUTR3M) NUTRIPLANT ON (NUTR3M) Cotação: R$ 1,79 (18/06/2014) Preço-Alvo (12m): R$ 2,10 Potencial de Valorização: 18% 4º. Relatório de Análise de Resultados (1T14) Recomendação: COMPRA P/L 14: 8,0 Min-Máx 52s:

Leia mais

Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015

Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015 Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015 PRESIDENTE: Marciano Gianerini Freire EQUIPE TÉCNICA: Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: Heike Duske César Melo

Leia mais

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2013

Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2013 Desempenho do Comércio Exterior Paranaense Março 2013 As exportações em março apresentaram aumento de +27,85% em relação a fevereiro. O valor exportado superou novamente a marca de US$ 1 bilhão, atingindo

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR Situação Atual do Setor Têxtil e de Confecção Aguinaldo Diniz Filho Presidente da Abit Brasília, 19 de junho de 2013 PERFIL DO SETOR ESTRUTURA DA CADEIA TEXTIL E DE CONFECÇÃO

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

Nome da área, ex.: Departamento Comercial. Assunto da apresentação MZM Store

Nome da área, ex.: Departamento Comercial. Assunto da apresentação MZM Store Nome da área, ex.: Departamento Comercial Assunto da apresentação MZM Store Morena Rosa Group: Uma das Empresas Líderes no Setor de Moda Feminina MORENA ROSA Group Principais números do Morena Rosa Group

Leia mais

Conference Call. Resultados do 3T14 e 9M14

Conference Call. Resultados do 3T14 e 9M14 Conference Call Resultados do 3T14 e 9M14 10/11/2014 Destaques do trimestre Aumentos do volume de vendas e da receita líquida, em reais e em moedas estrangeiras Variações dos volumes de vendas (milhões

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS MERCADO DE CAPITAIS Cotações: (10/05/2013) ALPA3 R$ 11,85 ALPA4 R$ 13,73 Valor de Mercado: R$ 5,4 bilhões TELECONFERÊNCIA Data: 13/05/2013 às 16h00 Telefone: (55 11) 4688-6361 Senha: Alpargatas Slides:

Leia mais

CAMINHO PARA O CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL

CAMINHO PARA O CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL CAMINHO PARA O CRESCIMENTO SUSTENTÁVEL QUEM SOMOS PERFIL UMA DAS MAIORES EMPRESAS DE MINERAÇÃO DO BRASIL ENTRE OS MAIS COMPETITIVOS PRODUTORES DE ALUMÍNIO, NÍQUEL E ZINCO QUEM SOMOS NOSSA ENERGIA 33

Leia mais

27/09/2011. Integração Econômica da América do Sul: Perspectiva Empresarial

27/09/2011. Integração Econômica da América do Sul: Perspectiva Empresarial 27/09/2011 Integração Econômica da América do Sul: Perspectiva Empresarial Estrutura da apresentação Perspectiva empresarial Doing Business 2011 Investimentos Estrangeiros e Comércio Exterior Complementaridade

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

Reunião Apimec RIO 05 de Dezembro de 2013 s

Reunião Apimec RIO 05 de Dezembro de 2013 s Reunião Apimec RIO 05 de Dezembro de 2013 s 1 Provedora de soluções completas para automação comercial nas verticais de Varejo, Lojas, Restaurantes e Hotéis; R$ 400 milhões ROL; 22% EBITDA; 51.568.270

Leia mais