Grandes empresas familiares brasileiras Uma análise da publicação VALOR 1000

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Grandes empresas familiares brasileiras Uma análise da publicação VALOR 1000"

Transcrição

1 Grandes empresas familiares brasileiras Uma análise da publicação VALOR 1000 VALOR 1000 é uma publicação anual do jornal Valor Econômico Copyright 2004 Prosperare

2 SUMÁRIO EXECUTIVO INTRODUÇÃO PANORAMA GERAL COMPARANDO AS EMPRESAS FAMILIARES E AS NÃO FAMILIARES 2

3 Sumário executivo Essa breve pesquisa identificou que 1/3 das 1000 maiores empresas do país são familiares. Alguns setores tem uma concentração maior de empresas familiares do que outras. Os setores intensivos em capital como, por exemplo, telecomunicações, mineração e energia elétrica, tem menor presença de empresas familiares. Quanto maior é o faturamento, menor tende a ser a participação das empresas familiares, e maior a das estrangeiras. No entanto, as empresas familiares cresceram mais rápido que as demais empresas em quase todos os setores no período analisado. 3

4 SUMÁRIO EXECUTIVO INTRODUÇÃO PANORAMA GERAL COMPARANDO AS EMPRESAS FAMILIARES E AS NÃO FAMILIARES 4

5 Introdução Esta pesquisa teve como objetivo analisar a participação das empresas familiares brasileiras entre as 1000 maiores empresas do país, segundo o ranking da revista anual do Valor Econômico. Nessa pesquisa, conceituou-se empresa familiar, como sendo:...empresas onde a maioria do capital votante está, em última instância, sob o controle de um indivíduo ou de uma família.... Empresa brasileira não familiar = empresa de capital nacional, que não se enquadre na definição de empresa familiar utilizada nesse estudo. Podendo ser, portanto, ser controlada pelo governo (estatal), por um grupo de amigos, por fundos de pensão, por investidores, etc. Não foi possível identificar o tipo de controle de apenas 6% das 1000 empresas pesquisadas. As fontes utilizadas nessa pesquisa foram: Revista Valor ed. 2005, Relatórios da Serasa do tipo Relato, e em alguns casos, as próprias empresas. 5

6 SUMÁRIO EXECUTIVO INTRODUÇÃO PANORAMA GERAL COMPARANDO AS EMPRESAS FAMILIARES E AS NÃO FAMILIARES 6

7 Cerca de 1/3 das empresas listadas no Valor 1000 são familiares. % das 1000 empresas listadas % do total 100% empresas R$ 1,1 Trilhão Familiares BR 34% Familiares BR 21% 60 Não familiares BR 25% Não familiares BR 34% Estrangeiras 35% Não Identif. 6% Estrangeiras 43% Não Identif. 2% 0 Quantidade de Empresas Receita Liq. Consolidada Fonte: Pesquisa Prosperare junto as empresas e Serasa. Valor 1000 Ed

8 Quase 60% das maiores empresas familiares do Brasil estão localizadas na região sudeste Localização das Empresas Familiares Sul 24% Sudeste 59% Nordeste 10% Centroeste 5% Norte 2% Fonte: Pesquisa Prosperare junto as empresas e Serasa. Valor 1000 Ed

9 As 47 empresas familiares com receita superior a R$ 1 bilhão faturam mais que todas as demais 296 juntas % do total de empresas familiares 100% 343 empresas R$ 228 Bilhões Qtde. de empresas Receita Liq Consolidada Faturamento > R$ 1 Bi Faturamento < R$ 1 Bi Fonte: Pesquisa Prosperare junto as empresas e Serasa Valor 1000 Ed

10 Os cinco segmentos com MAIOR participação das empresas familiares Participação empresas familiares no setor (entre as empresas da lista do Valor 1000) Têxtil, Couro e Vestuário 87% Açucar e Alcool 81% Construção 78% Comunicação e Gráfica 75% Comércio Varejista 70% % Fonte: Pesquisa Prosperare junto as empresas e Serasa Valor 1000 Ed

11 Os cinco segmentos com MENOR participação das empresas familiares Participação empresas familiares no setor (entre as empresas da lista do Valor 1000) Mineração 7% Energia Elétrica 6% Agricultura 3% Água e Saneamento 0% Lazer e Turismo 0% % Fonte: Pesquisa Prosperare junto as empresas e Serasa Valor 1000 Ed

12 As 10 maiores empresas familiares, por receita líquida, são: Empresa Setor Receita Líquida 2004 (Em R$ Bilhões) Sede Família Principal Ipiranga Comércio Atacadista 15,8 RJ Gouveia Vieira Gerdau Açominas Siderurgia 10,0 MG Gerdau CSN Siderurgia 8,1 RJ Steinbruch Casas Bahia Comércio Varejista 6,9 SP Klein Sadia Alimentos 6,1 SC Fontana TAM Transportes e Logística 4,4 SP Rolim Rede Globo Comunicação e Gráfica 3,8 RJ Marinho Odebrecht Construção e Engenharia 3,2 RJ Odebrecht Ipiranga Distribuidora Comércio Atacadista 2,9 RS Gouveia Vieira Klabin Papel e Celulose 2,7 SP Klabin 12

13 SUMÁRIO EXECUTIVO INTRODUÇÃO PANORAMA GERAL COMPARANDO AS EMPRESAS FAMILIARES E AS NÃO FAMILIARES 13

14 Quanto maior é o faturamento, menor é a participação das empresas familiares e maior a das estrangeiras Qtd de empresas por faixa de faturamento Tipo de controle ( Base receita líquida 2004) 100% 80 Estrangeiras 60 Nacionais - Não familiares Nacionais - Familiares 0 R$ 200MM R$ 300MM R$ 400MM R$ 500MM R$ 1Bi > R$ 1 Bi Fonte: Pesquisa Prosperare junto as empresas e Serasa Valor 1000 Ed

15 No entanto, o crescimento das empresas com controle familiar foi superior ao das demais empresas Variação da receita de 2003 para 2004 Tipo de controle Familiar - BR 29.4% Estrangeira 24.0% Não familiares - BR 21.3% % Fonte: Revista Valor 1000, Ed. 2005; SERASA; Análise Prosperare Nota: A análise foi baseada em uma lista de 797 empresas que constavam na lista em ambos os anos e que divulgaram o valor da receita líquida. 15

16 Em quase todos os setores, as empresas de controle familiar apresentaram um crescimento superior 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% Crescimento da Receita ( ) 80% 59% 58% 49% 51% 44% 46% 41% 40% 37% 31% 28% 30% 32% 23% 24% 21% 12% 7% Empresas familiares Total do setor 36% 16% 17% 10% 7% 7% Siderurgia Plásticos e Borracha Veículos e Peças Metalurgia Mineração Mecânica Comércio Exterior Eletroeletrônica Alimentos Farmacêutica e Cosméticos Construção e Engenharia Tecnologia da Informação Serviços Médicos Química e Petroquímica Transportes e Logística Serviços Especializados Comunicação e Gráfica Bebidas e Fumo Açúcar e Álcool Comércio Varejista Energia Elétrica Têxtil, Couro e Vestuário Comércio Atacadista Papel e Celulose Mat. de Constr. e Decoração Fonte: Revista Valor 1000, Ed. 2005; SERASA; Análise Prosperare Nota: A análise foi baseada em uma lista de 797 empresas que constavam na lista em ambos os anos e que divulgaram o valor da receita líquida. 16

17 A PROSPERARE A Prosperare é uma organização de capital nacional, que presta consultoria a empresas e famílias empresárias com o objetivo de valorizar seu negócio e de fortalecer sua família. Com mais de dez anos de experiência no segmento, nossos profissionais compreendem os desafios e as peculiaridades da empresa familiar, e têm se diferenciado por realizar um trabalho objetivo, de fácil entendimento, discreto e integrado, envolvendo comportamento organizacional, relacionamento familiar e gestão do negócio. Atuando sobre esses três pilares, nossos consultores trabalham, individual ou coletivamente, junto ao cliente e a seus assessores, para compreender sua situação atual e desenvolver e implementar ações para promover o sucesso e a longevidade de sua empresa. Algumas dessas ações são: Planejar a sucessão da gestão da empresa e do patrimônio da família Organizar e proteger o patrimônio da família Criar e estruturar conselhos de administração, consultivos e familiares Organizar encontros familiares para fortalecer a comunicação e o vínculo familiar Treinar e desenvolver sócios, gestores e herdeiros Definir o norte da empresa e da família planejamento estratégico integrado Organizar e estruturar a empresa para impulsionar seu crescimento Preparar a empresa e a família para a entrada de novos sócios ou abertura de capital Realizar reestruturações societárias Recrutar executivos não familiares Reestruturar a empresa e recuperar seu desempenho financeiro e operacional O trabalho é acompanhado de um sólido investimento na comunicação entre os membros familiares visando à avaliação de suas reais necessidades, a promoção de um maior alinhamento e o avanço na direção desejada. A Prosperare investe, ainda, em estudos e pesquisas com o intuito de promover um maior debate sobre esse tema e buscar soluções inovadoras que melhor atendam seus clientes. 17

18 CONTATO Prosperare Rua Helena 285 7º andar São Paulo SP Brasil Fone: Site: Desenvolvendo a empresa familiar e a família empresária 18

Balanço Mercado de Trabalho 2014

Balanço Mercado de Trabalho 2014 Balanço Mercado de Trabalho 2014 x Resultados Fevereiro/2015 Apresentação Respondentes: 1016 profissionais do LinkedIn Período: de 15/jan/2015 a 10/fev/2015 Público:participantes dos seguintes grupos de

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS c Custos Logísticos no Brasil - 2014 - Apresentação O tema custos é uma preocupação recorrente dos executivos de logística no Brasil. Por isso, de dois em dois anos, o ILOS vai

Leia mais

Pesquisa Nacional Práticas e Resultados da Educação Corporativa 2009

Pesquisa Nacional Práticas e Resultados da Educação Corporativa 2009 Pesquisa Nacional Práticas e Resultados da Educação Corporativa 2009 Apresentação e discussão dos resultados do Setor Financeiro 1º Congresso Latino-Americano de Educação Financeira São Paulo,21 de outubro

Leia mais

PESQUISA de HONORÁRIOS e TENDÊNCIAS da CONSULTORIA no BRASIL 11ª edição- 2011 / 2012

PESQUISA de HONORÁRIOS e TENDÊNCIAS da CONSULTORIA no BRASIL 11ª edição- 2011 / 2012 Member of ICMCI International Council of Management Consulting Institutes PESQUISA de HONORÁRIOS e TENDÊNCIAS da CONSULTORIA no BRASIL 11ª edição 2011 / 2012 Av. Paulista, 326 Conj. 77 Bela Vista CEP 01310902

Leia mais

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE

DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE DESEMPENHO DA INDÚSTRIA CATARINENSE SANTA CATARINA e BRASIL Desempenho econômico em 2013 INDICADOR SANTA CATARINA BR % % acumulado 2013/2012 % acumulado 2012/2011 acumulado 2013/2012 Produção Ind. (jan-ago)

Leia mais

Incentivos Fiscais à Inovação Tecnológica: MCT divulga relatório anual (ano base 2009)

Incentivos Fiscais à Inovação Tecnológica: MCT divulga relatório anual (ano base 2009) Incentivos Fiscais à Inovação Tecnológica: MCT divulga relatório anual (ano base 2009) Ao todo, 635 formulários foram enviados, sendo que 542 empresas foram efetivamente beneficiadas pelos incentivos,

Leia mais

Termômetro da Consultoria Organizacional e Pesquisa Rápida de Honorários. 9ª edição

Termômetro da Consultoria Organizacional e Pesquisa Rápida de Honorários. 9ª edição Termômetro da Consultoria Organizacional e Pesquisa Rápida de Honorários 9ª edição Av Paulista, 6 Conj 77 Bela Vista CEP -9 São Paulo SP Fone/Fax: 89-5/6 897 ibco@ibcoorgbr - wwwibcoorgbr Agosto de 8 Índice

Leia mais

A REVISTA QUE GERA NEGÓCIOS. www.ps.com.br

A REVISTA QUE GERA NEGÓCIOS. www.ps.com.br A REVISTA QUE GERA NEGÓCIOS www.ps.com.br 97,58% dos leitores da P&S têm participação no processo de compras de suas empresas dos leitores compram produtos e 49,10% serviços após a leitura da P&S Fonte:

Leia mais

SENAI. Historia Criado em 1942, para apoiar o lançamento da indústria brasileira. Necessidade de mão-de-obra qualificada.

SENAI. Historia Criado em 1942, para apoiar o lançamento da indústria brasileira. Necessidade de mão-de-obra qualificada. SENAI Missão Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. Historia Criado

Leia mais

Consultoria em RH ENCANTAR COM OPORTUNIDADES DE REALIZAR SONHOS CONTECTANDO GLOBALMENTE TALENTOS IDEAIS COM ORGANIZAÇÕES

Consultoria em RH ENCANTAR COM OPORTUNIDADES DE REALIZAR SONHOS CONTECTANDO GLOBALMENTE TALENTOS IDEAIS COM ORGANIZAÇÕES Consultoria em RH ENCANTAR COM OPORTUNIDADES DE REALIZAR SONHOS CONTECTANDO GLOBALMENTE TALENTOS IDEAIS COM ORGANIZAÇÕES A EMPRESA LOUPE CONSULTORIA EM RH ESPECIALIZADA EM GESTÃO DE PESSOAS A Loupe Consultoria

Leia mais

FRATTINI. Associados. Econômico. Agosto/14

FRATTINI. Associados. Econômico. Agosto/14 Agosto/14 Sumário ECONOMIA MELHORES & MAIORES 2014 ECONOMIA Inflação PIB Fonte: Veja, Julho 2014 Fonte: Veja, Julho 2014 Inflação Inflação continua preocupando em 2015. Fonte: Itaú BBA, Julho/14 Inflação

Leia mais

PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA

PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA São Paulo 2009 CONTEÚDO 1. PERFIL DO SETOR DA ARQUITETURA E ENGENHARIA CONSULTIVA... 3 1.1 O segmento... 3 1.2 As empresas... 6 1.3 - Postos de trabalho

Leia mais

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Nossos Serviços 07. 3 Atuação 10. 4 Credenciais 14. 5 Equipe 22

Conteúdo. 1 Institucional 03. 2 Nossos Serviços 07. 3 Atuação 10. 4 Credenciais 14. 5 Equipe 22 Conteúdo 1 Institucional 03 2 Nossos Serviços 07 3 Atuação 10 4 Credenciais 14 5 Equipe 22 2 1. Institucional Institucional Somos uma consultoria com foco em finanças corporativas. Temos soluções às decisões

Leia mais

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Ações MEI Políticas de caráter horizontal (incentivos fiscais, crédito, melhoria de marcos regulatórios); Políticas para setores estratégicos;

Leia mais

Principais características da inovação na indústria de transformação no Brasil

Principais características da inovação na indústria de transformação no Brasil 1 Comunicado da Presidência nº 5 Principais características da inovação na indústria de transformação no Brasil Realização: Marcio Pochmann, presidente; Marcio Wohlers, diretor de Estudos Setoriais (Diset)

Leia mais

PERFIL DAS EMPRESAS APOIADAS PELO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA 2006 A 2009

PERFIL DAS EMPRESAS APOIADAS PELO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA 2006 A 2009 2011 Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) Diretoria de Inovação (DRIN) Departamento de Acompanhamento (DAC) PERFIL DAS EMPRESAS APOIADAS PELO PROGRAMA DE SUBVENÇÃO ECONÔMICA 2006 A 2009 Janeiro/2011

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/2015 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho Segue Demitindo

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/2015 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho Segue Demitindo GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS - JULHO/215 1. Geração de Empregos no Brasil - Mercado de Trabalho Segue Demitindo O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados

Leia mais

ATENÇÃO. Apresentação

ATENÇÃO. Apresentação Apresentação O tema logística reversa vem crescendo em importância entre as empresas desde a regulamentação da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Com as novas exigências, as empresas precisam buscar

Leia mais

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: GOIÁS

Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: GOIÁS MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO Características do Emprego Formal RAIS 2014 Principais Resultados: GOIÁS O número de empregos formais no estado alcançou 1,514 milhão em dezembro de 2014, representando

Leia mais

Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação

Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação Institutos SENAI de Tecnologia e Inovação AS INDÚSTRIAS NECESSITAM IN O VAR PARA SEREM MAIS COMPETITIVAS + Educação Tecnologia + Inovação = Competitividade INSTITUTOS SENAI DE TECNOLOGIA (60) MA Construção

Leia mais

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna Estudo ABERJE 2012 JULHO DE 2012 20 2012 ABERJE Pesquisa 2012 Associação Brasileira de Comunicação Empresarial Concepção e planejamento: Prof. Dr. Paulo Nassar Coordenação: Carlos A. Ramello Desenvolvimento:

Leia mais

21 a 23. novembro 2012. 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br

21 a 23. novembro 2012. 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br 21 a 23 novembro 2012 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br Promoção Organização 70 Feiras profissionais por ano, em média 30 mil expositores e mais de 5 milhões de visitantes Comunicação

Leia mais

Financiadora de Estudos e Projetos. Agência Brasileira de Inovação

Financiadora de Estudos e Projetos. Agência Brasileira de Inovação Financiadora de Estudos e Projetos Agência Brasileira de Inovação Missão da FINEP Promover e financiar a Inovação e a Pesquisa científica e tecnológica em: Empresas; Universidades; Centros de pesquisa;

Leia mais

Brochura - Panorama ILOS

Brochura - Panorama ILOS Brochura - Panorama ILOS Planejamento no Supply Chain - 2015 - Apresentação As empresas devem garantir que suas cadeias de suprimento estejam preparadas para um mercado em constante modificação. Planejar

Leia mais

Formação da Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação

Formação da Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação Formação da Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação Como Ação Estruturante do Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira SENAI Departamento Nacional Brasília, 18 de Setembro

Leia mais

Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil e Suas Ações Afirmativas - 2010

Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil e Suas Ações Afirmativas - 2010 Perfil Social, Racial e de Gênero das 500 Maiores Empresas do Brasil e Suas Ações Afirmativas - 1 2 Objetivos & Metodologia Objetivo Levantar o perfil social, racial e sexo do quadro de funcionários das

Leia mais

Tabelas anexas Capítulo 7

Tabelas anexas Capítulo 7 Tabelas anexas Capítulo 7 Tabela anexa 7.1 Indicadores selecionados de inovação tecnológica, segundo setores das indústrias extrativa e de transformação e setores de serviços selecionados e Estado de São

Leia mais

Brasil Free Report - Junho de 2013. Sumário Executivo. Brasil Reputation Pulse 2013: Panorama da reputação de setores e empresas no país

Brasil Free Report - Junho de 2013. Sumário Executivo. Brasil Reputation Pulse 2013: Panorama da reputação de setores e empresas no país Brasil Free Report - Junho de 2013 Sumário Executivo Brasil Reputation Pulse 2013: Panorama da reputação de setores e empresas no país Sumário Executivo Presente em mais de 30 países e fundado em 1997,

Leia mais

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E A ESTRATÉGIA DO SENAI PARA APOIAR A COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA BRASILEIRA Inovação é o que distingue um líder de um seguidor. Steven Paul Jobs Grandes ideias mudam o mundo. Missão

Leia mais

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES

PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES PROFILE RESUMIDO LIDERANÇA DAS EQUIPES A Prima Consultoria A Prima Consultoria é uma empresa regional de consultoria em gestão, fundamentada no princípio de entregar produtos de valor para empresas, governo

Leia mais

A evolução do uso dos incentivos fiscais à inovação tecnológica

A evolução do uso dos incentivos fiscais à inovação tecnológica Radar Inovação - Março de 2010 A evolução do uso dos incentivos fiscais à inovação tecnológica Bruna Soly, Carina Leão, Manuela Soares e Pollyana Souza A EVOLUÇÃO DO USO DOS INCENTIVOS FISCAIS À INOVAÇÃO

Leia mais

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO. Resumo Executivo Pesquisa 2013

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO. Resumo Executivo Pesquisa 2013 PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO Resumo Executivo Pesquisa 2013 APRESENTAÇÃO Em ação conjunta para o melhor conhecimento das capacidades do mercado brasileiro da construção em aço, o CBCA Centro

Leia mais

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira

Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Programa SENAI de apoio à competitividade da indústria brasileira Energia Ambiente Mobilidade Saúde Segurança Comunicações O SENAI E SUA CAPACIDADE ATUAL DE ATENDIMENTO O SENAI é a maior rede privada

Leia mais

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL

PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Políticas de Inovação para o Crescimento Inclusivo: Tendências, Políticas e Avaliação PRIORIDADES E DESAFIOS PARA POLÍTICAS EM NÍVEL SUB-NACIONAL Rafael Lucchesi Confederação Nacional da Indústria Rio

Leia mais

Empresa #1. O que a empresa busca no Brasil. Parceiros

Empresa #1. O que a empresa busca no Brasil. Parceiros Empresa #1 A empresa oferece a gama completa de serviços de engenharia, do design ao fornecimento de peças de protótipos. Entre os serviços prestados, estão o desenvolvimento e a construção, simulação,

Leia mais

Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste Ministério da Integração Nacional

Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste Ministério da Integração Nacional Fundo de & Incentivos Fiscais Finalidade Assegurar recursos para investimentos na área de atuação da SUDENE, em infra-estrutura e serviços públicos e em empreendimentos produtivos com grande capacidade

Leia mais

Panel I - Formación e innovación para la mejora de la productividad y la competitividad. 42ª Reunión de la Comisión Técnica (OIT/Cinterfor)

Panel I - Formación e innovación para la mejora de la productividad y la competitividad. 42ª Reunión de la Comisión Técnica (OIT/Cinterfor) Panel I - Formación e innovación para la mejora de la productividad y la competitividad 42ª Reunión de la Comisión Técnica (OIT/Cinterfor) Principais obstáculos à ampliação da produtividade do trabalho

Leia mais

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a 2014 MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. São 165 unidades

Leia mais

Comentários gerais. desta publicação. 5 O âmbito de atividades da pesquisa está descrito com maior detalhamento nas Notas técnicas

Comentários gerais. desta publicação. 5 O âmbito de atividades da pesquisa está descrito com maior detalhamento nas Notas técnicas Comentários gerais Pesquisa Anual de Comércio - PAC investiga a estrutura produtiva do A segmento empresarial do comércio brasileiro, sendo os resultados referentes a 2012 divulgados neste volume. A pesquisa

Leia mais

Adicionando valor na produção

Adicionando valor na produção Adicionando valor na produção Em um mercado global altamente competitivo e em constantes transformações, a otimização do resultado dos processos de produção é fundamental. Pressões ambientais e de custo,

Leia mais

OS INCENTIVOS FISCAIS À

OS INCENTIVOS FISCAIS À DECOMTEC OS INCENTIVOS FISCAIS À INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DA LEI Nº 11.196/2005 Departamento de Competividade e Tecnologia - DECOMTEC São Paulo, 08 de outubro de 2012 Principais incentivos da Lei do Bem (Cap.

Leia mais

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê?

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? O profissional mais estratégico que a empresa precisa ter: O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? Diagnostica. Avalia. Cria. Planeja. Resolve. O Economista é um profissional imprescindível

Leia mais

O cenárioeconômicoe as MPE. Brasília, 1º de setembro de 2010. Luciano Coutinho

O cenárioeconômicoe as MPE. Brasília, 1º de setembro de 2010. Luciano Coutinho O cenárioeconômicoe as MPE Brasília, 1º de setembro de 2010 Luciano Coutinho O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento A economia brasileira pode crescer acima de 5% a.a. nos próximos cinco

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL Contrato de Empréstimo IPEA/BID nº 1841/OC-BR Projeto: Dinâmica do Sistema Produtivo Brasileiro perspectivas

Leia mais

Departamento Nacional do SENAI

Departamento Nacional do SENAI Departamento Nacional do SENAI Rede SENAI Ferramentaria Luiz Eduardo Leão Inovação e Tendências Moldes ABM 0º Encontro da Cadeia de Ferramentas, Moldes e Matrizes São Paulo 09 de agosto de 202 Desafio

Leia mais

21 a 23. novembro 2012. 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br

21 a 23. novembro 2012. 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br 21 a 23 novembro 2012 13h00 20h30 São Paulo - Brasil www.itechfair.com.br O Grupo Cipa Fiera Milano O Grupo A organização da itech - Feira Internacional de Tecnologia da Informação, é do Grupo Cipa Fiera

Leia mais

AUD. Audiência Pública: PRONATEC

AUD. Audiência Pública: PRONATEC AUD Audiência Pública: PRONATEC SENAI Missão Promover a educação profissional i e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria

Leia mais

Inovações organizacionais e de marketing

Inovações organizacionais e de marketing e de marketing Pesquisa de Inovação 2011 Tabela 1.1.22 -, total e as que não implementaram produto ou processo e sem projetos, com indicação das inovações e gás - Brasil - período 2009-2011 (continua)

Leia mais

A agenda de inovação das micro e pequenas empresas e o desenvolvimento da cadeia de fornecedores

A agenda de inovação das micro e pequenas empresas e o desenvolvimento da cadeia de fornecedores A agenda de inovação das micro e pequenas empresas e o desenvolvimento da cadeia de fornecedores Reunião da Mobilização Empresarial pela Inovação São Paulo 05.11.2010 Micro e Pequenas Empresas no Brasil

Leia mais

AVALIAÇÕES E PERSPECTIVAS ESTRATÉGIAS PARA OS PROJETOS IV SEMINÁRIO NACIONAL DO PNCF

AVALIAÇÕES E PERSPECTIVAS ESTRATÉGIAS PARA OS PROJETOS IV SEMINÁRIO NACIONAL DO PNCF AVALIAÇÕES E PERSPECTIVAS ESTRATÉGIAS PARA OS PROJETOS IV SEMINÁRIO NACIONAL DO PNCF Crédito Fundiário no combate a pobreza rural: Sustentabilidade e qualidade de vida 2011 PROGRAMA NACIONAL DE CRÉDITO

Leia mais

Segurança, Privacidade e Gestão da Reputação no Novo Mundo

Segurança, Privacidade e Gestão da Reputação no Novo Mundo Segurança, Privacidade e Gestão da Reputação no Novo Mundo Marcus Vinícius Dias 2013 Reputation Institute All Rights Reserved O que é Reputação Corporativa Reputação Corporativa é a percepção coletiva

Leia mais

ANÁLISE DO USO DOS INCENTIVOS FISCAIS À INOVAÇÃO EM 2012

ANÁLISE DO USO DOS INCENTIVOS FISCAIS À INOVAÇÃO EM 2012 Fevereiro 2014 Um olhar da Inventta: ANÁLISE DO USO DOS INCENTIVOS FISCAIS À INOVAÇÃO EM 2012 Maria Carolina Rocha, Marina Loures e Otávio Vianna 1. Introdução A Lei do Bem, cujo principal objetivo é promover

Leia mais

Carga horária Carga horária de 24 horas presenciais.

Carga horária Carga horária de 24 horas presenciais. 1 Características Sobre o curso O curso Avaliação de Empresas apresenta as mais eficientes ferramentas e técnicas de análise do valor das empresas, discutindo quais fatores influenciam a sua criação. São

Leia mais

Pós-Venda Internacional. Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013

Pós-Venda Internacional. Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013 Pós-Venda Internacional Programa Brazil Machinery Solutions Setembro de 2013 POR QUE COLÔMBIA? Por que Colômbia? A Colômbia é um dos países mais promissores da América do Sul na atualidade. Com uma perspectiva

Leia mais

Análise de Empresas Brasileiras Certificadas em Sistema de Gestão Ambiental por Categoria de Complexidade

Análise de Empresas Brasileiras Certificadas em Sistema de Gestão Ambiental por Categoria de Complexidade Análise de Empresas Brasileiras Certificadas em Sistema de Gestão Ambiental por Categoria de Complexidade Luiz Carlos de Martini Junior luizcarlosdemartini@gmail.com UERJ Elmo Rodrigues da Silva elmorodrigues@yahoo.com.br

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL A- NOVEMBRO 2013 INSTITUIÇÃO FINANCEIRA REGULADA PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL A Brickell CFI é uma instituição financeira, regulada pelo Banco Central do Brasil, com sede em

Leia mais

Soluções sustentáveis em eficiência energética para a indústria

Soluções sustentáveis em eficiência energética para a indústria Soluções sustentáveis em eficiência energética para a indústria PROGRAMA SENAI + COMPETITIVIDADE INSTITUTOS SENAI DE TECNOLOGIA (60) MA Construção Civil CE EletroMetalmecânica Energias Renováveis RN Petróleo

Leia mais

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008

Resultados do 1T08. 14 de maio de 2008 Resultados do 1T08 14 de maio de 2008 Destaques do Trimestre Desenvolvimento dos Negócios Início dos desembolsos das operações de FINAME e BNDES Automático Bim Promotora de Vendas fase piloto das operações

Leia mais

AS MELHORES OPORTUNIDADES DE EMPREGO NO SETOR DE SERVIÇOS

AS MELHORES OPORTUNIDADES DE EMPREGO NO SETOR DE SERVIÇOS AS MELHORES OPORTUNIDADES DE EMPREGO NO SETOR DE SERVIÇOS O setor de serviços é, tradicionalmente, a principal porta de entrada no mercado de trabalho. Responsável por aproximadamente 60% do produto interno

Leia mais

Perfil 15,1% 19,7% SUL 6,7% 51,5% 7,0% Revista. Mais informação, mais conteúdo, TUDO AO SEU ALCANCE NORDESTE NORTE

Perfil 15,1% 19,7% SUL 6,7% 51,5% 7,0% Revista. Mais informação, mais conteúdo, TUDO AO SEU ALCANCE NORDESTE NORTE Revista Perfil Mais informação, mais conteúdo, TUDO AO SEU ALCANCE A REVISTA Com uma linha editorial moderna e abrangente, SANEAMENTO AMBIENTAL atende às necessidades de leitura de todos os profissionais

Leia mais

Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor Petróleo e Gás

Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor Petróleo e Gás Desenvolvimento de Fornecedores para o Setor Petróleo e Gás Santos Offshore Alfredo Renault Santos, 10 de abril de 2014. Sumário I PERSPECTIVAS E INVESTIMENTOS DO SETOR II A CADEIA DE FORNECEDORES III

Leia mais

WBA Business Intelligence Catálogo de Produtos

WBA Business Intelligence Catálogo de Produtos WBA Business Intelligence Catálogo de Produtos SOBRE A WBA A WBA é uma empresa nacional, especializada no desenvolvimento de softwares corporativos e consultoria de gestão de negócios. Desde 1989 no mercado,

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Sumário 1. A Empresa i. Nossas Crenças O Grupo Voitto i Método de Trabalho iv. Nossos Diferenciais v. Nossos Clientes vi. Equipe Societária 2. Mercado de Consultoria no Brasil

Leia mais

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO

PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO PERFIL DOS FABRICANTES DE ESTRUTURAS DE AÇO Resumo Executivo Pesquisa 2014 APRESENTAÇÃO Pelo terceiro ano consecutivo, o CBCA Centro Brasileiro da Construção em Aço e a ABCEM Associação Brasileira da Construção

Leia mais

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão

Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Questionário de desempenho ambiental, social e de governança para as empresas participadas e investidas pelos Fundos de Pensão Atuação da Organização 1. Qual(is) o(s) setor(es) de atuação da empresa? (Múltipla

Leia mais

midiakit2012 A cadeia da construção merece uma revista de grande visibilidade

midiakit2012 A cadeia da construção merece uma revista de grande visibilidade construção, infraestrutura e sustentabilidade midiakit2012 A cadeia da construção merece uma revista de grande visibilidade www.grandesconstruções.com.br conjunto de mídias que funcionam Revista proposta

Leia mais

Resultados da Pesquisa Inovações Ambientais

Resultados da Pesquisa Inovações Ambientais Núcleo Bradesco de Inovação Resultados da Pesquisa Inovações Ambientais Encontro CRI- MG 4 de Outubro de 2012 Apoio: Objetivo da Pesquisa Compreender como ocorrem as inovações ambientais nas empresas brasileiras;

Leia mais

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014)

YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) YK Risk Consultoria em Gestão Empresarial Ltda. Apresentação Institucional v.3 (2014) Quem somos? Uma empresa com foco na geração de valor com serviços em Gestão de Riscos associados à Sustentabilidade.

Leia mais

FRAGILIDADE FISCAL DE PARTE DAS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA

FRAGILIDADE FISCAL DE PARTE DAS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA OBSERVATÓRIO DE GOVERNANÇA TRIBUTÁRIA: FRAGILIDADE FISCAL DE PARTE DAS EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA Gilberto Luiz do Amaral João Eloi Olenike Letícia Mary Fernandes do Amaral Fernando Steinbruch 15 de

Leia mais

SUMÁRIO EMPRESÔMETRO CENSO DAS EMPRESAS E ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS BRASILEIRAS. 3 QUANTIDADE DE EMPREENDIMENTOS EM ATIVIDADE NO BRASIL...

SUMÁRIO EMPRESÔMETRO CENSO DAS EMPRESAS E ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS BRASILEIRAS. 3 QUANTIDADE DE EMPREENDIMENTOS EM ATIVIDADE NO BRASIL... 1 SUMÁRIO EMPRESÔMETRO CENSO DAS EMPRESAS E ENTIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS BRASILEIRAS. 3 QUANTIDADE DE EMPREENDIMENTOS EM ATIVIDADE NO BRASIL... 4 QUANTIDADE DE EMPREENDIMENTOS POR ESTADO... 4 QUANTIDADE

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES

A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES A economia brasileira e as perspectivas do investimento Luciano Coutinho Presidente do BNDES O Brasil ingressa em um novo ciclo de desenvolvimento A economia brasileira continuarácrescendo firmemente nos

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo

Indústria do Esporte. Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Indústria do Esporte Análise de Faturamento FIFA Copa do Mundo Fevereiro 2013 Com a proximidade da Copa do Mundo no Brasil, a BDO RCS fez um levantamento sobre a evolução da receita da FIFA desde a sua

Leia mais

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP

2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP 2ª Conferência de Investimentos Alternativos: FIDC, FII E FIP São Paulo, 21 de Agosto de 2013 Hotel Caesar Park Patrocínio Investimentos Alternativos 10 de Junho de 2.010 2ª. Conferência de Investimentos

Leia mais

PROCOMPI Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias. 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília - DF

PROCOMPI Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias. 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília - DF PROCOMPI Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília - DF Dezembro de 2013 OBJETIVO Promover a competitividade das micro e pequenas empresas

Leia mais

Valor das marcas de 23 clubes do Brasil

Valor das marcas de 23 clubes do Brasil Valor das marcas de 23 clubes do Brasil Edição de 2013 Valor das marcas de 23 clubes do Brasil Pelo quinto ano consecutivo a BDO publica seu estudo avaliando as marcas dos maiores clubes de futebol do

Leia mais

Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES

Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 1 Ângelo Monteiro GERENCIAMENTO DE RISCOS EM TRANSPORTES 2 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL 3 SEGURO DE TRANSPORTES NO BRASIL POUCAS SEGURADORAS OPERANDO POUCOS CORRETORES ESPECIALIZADOS SINISTRALIDADE

Leia mais

Seminário ENQUALAB_RESAG / DEMANDAS EMPRESARIAIS DE TECNOLOGIA

Seminário ENQUALAB_RESAG / DEMANDAS EMPRESARIAIS DE TECNOLOGIA Seminário ENQUALAB_RESAG / DEMANDAS EMPRESARIAIS DE TECNOLOGIA Formação da Rede Nacional de Institutos SENAI de Inovação Como Ação Estruturante do Programa SENAI de Apoio à Competitividade da Indústria

Leia mais

Valor das marcas dos 17 clubes mais valiosos do Brasil

Valor das marcas dos 17 clubes mais valiosos do Brasil Valor das marcas dos 17 clubes mais valiosos do Brasil Edição de 2012 Valor das marcas dos 12 clubes mais valiosos do Brasil Pelo quarto ano consecutivo a BDO publica seu estudo avaliando as marcas dos

Leia mais

Artigo publicado. na edição 17. www.revistamundologistica.com.br. Assine a revista através do nosso site. julho e agosto de 2010

Artigo publicado. na edição 17. www.revistamundologistica.com.br. Assine a revista através do nosso site. julho e agosto de 2010 Artigo publicado na edição 17 Assine a revista através do nosso site julho e agosto de 2010 www.revistamundologistica.com.br :: artigo 2010 Práticas Logísticas Um olhar sobre as principais práticas logísticas

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Resultado da Pesquisa Corporate Recovery

Resultado da Pesquisa Corporate Recovery CORPORATE RECOVERY Resultado da Pesquisa Corporate Recovery ADVISORY Resultado da Pesquisa Corporate Recovery 3 Apresentação A KPMG tem a satisfação de lhe entregar a primeira edição da Pesquisa de Mercado

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

Plano de negócio. Conceitos, Importância e estrutura Aula 6

Plano de negócio. Conceitos, Importância e estrutura Aula 6 Plano de negócio Conceitos, Importância e estrutura Aula 6 Estrutura do plano de negócio Capa Sumário 1. Sumário executivo 2. Analise estratégica 3. Descrição da empresa 4. Produtos e serviços 5. Plano

Leia mais

Conceitos. Empreendedor M E T O D O L O G I A. Atividade Empreendedora. Empreendedorismo. * Fonte: OCDE

Conceitos. Empreendedor M E T O D O L O G I A. Atividade Empreendedora. Empreendedorismo. * Fonte: OCDE METODOLOGIA M E T O D O L O G I A Conceitos Empreendedor Atividade Empreendedora Empreendedorismo * Fonte: OCDE M E T O D O L O G I A Conceitos Empreendedor Indivíduo que tenciona gerar valor através da

Leia mais

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR Situação Atual do Setor Têxtil e de Confecção Aguinaldo Diniz Filho Presidente da Abit Brasília, 19 de junho de 2013 PERFIL DO SETOR ESTRUTURA DA CADEIA TEXTIL E DE CONFECÇÃO

Leia mais

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012

B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Estar Mais Próximo do Cliente B2W DIGITAL Divulgação de Resultados 4T12/2012 Considerações Gerais Considerações referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros,

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Desde sua fundação, muitos vieram fazer parte da Família Cootravale. Transportando não só cargas, mas qualidade e satisfação.

APRESENTAÇÃO. Desde sua fundação, muitos vieram fazer parte da Família Cootravale. Transportando não só cargas, mas qualidade e satisfação. APRESENTAÇÃO Uma empresa projetada para o futuro. Assim é a administração da Cootravale, desde sua fundação em 1995. Sua constituição é fruto do sonho de um grupo de transportadores do município de Videira

Leia mais

Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa

Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa Tema: Responsabilidade Social Objetivos: Apresentar uma empresa modelo em Responsabilidade Social (Promon Engenharia) com analise dos 7P s da empresa e proposta de melhoria de pelo menos 2P s. Tópicos:

Leia mais

Guia VOCÊ S/A As Melhores Empresas para Você Trabalhar

Guia VOCÊ S/A As Melhores Empresas para Você Trabalhar Guia VOCÊ S/A As Melhores Empresas para Você Trabalhar VEM AÍ A 16ª EDIÇÃO DA MAIOR PESQUISA DO MUNDO SOBRE CLIMA ORGANIZACIONAL Fonte de leitura e consulta para presidentes de empresas, líderes de RH

Leia mais

Confederação Empresarial da CPLP. Fazer Negócios na Língua Portuguesa

Confederação Empresarial da CPLP. Fazer Negócios na Língua Portuguesa Confederação Empresarial da CPLP Quem Somos? 9 Países 81 Associados 23 Parceiros 350 visitas diárias ao portal (em média) Estruturas em Angola, Brasil, Guiné Equatorial e Portugal Vantagens em ser associado

Leia mais

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos

Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Quem sou eu? Marcelo Salomão Guimarães Casado a 8 anos 1 filha de 7 anos Diretor de negócios Gigatron Franchising Diretor CTRA Centro Tecnológico da Região de Araçatuba Diretor ABRADI-isp Associação Brasileira

Leia mais

A LOCAMERICA SEMINOVOS

A LOCAMERICA SEMINOVOS A LOCAMERICA A Locamerica é uma companhia especializada em locação de frotas customizadas para empresas. Desde 13 no mercado, a locadora ocupa o segundo lugar no ranking das maiores do setor em número

Leia mais

Plano Brasil Maior 2011/2014. Inovar para competir. Competir para crescer.

Plano Brasil Maior 2011/2014. Inovar para competir. Competir para crescer. Plano Brasil Maior 2011/2014 Inovar para competir. Competir para crescer. Foco e Prioridades Contexto Dimensões do Plano Brasil Maior Estrutura de Governança Principais Medidas Objetivos Estratégicos e

Leia mais

Profissionalização e Sucessão em. Empresas Familiares

Profissionalização e Sucessão em. Empresas Familiares Profissionalização e Sucessão em Empresas Familiares 2 www.nbs.com.br Soluções eficazes em Gestão de Negócios. Nossa Visão Ser referência em consultoria de desenvolvimento e implementação de estratégias,

Leia mais

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 O saneamento básico no Brasil não condiz com o país que é a 7ª. economia do mundo da população não possui coleta

Leia mais

Otimismo desenvolvedoras de softwares

Otimismo desenvolvedoras de softwares Otimismo nas nuvens Ambiente favorável alavanca negócios das empresas desenvolvedoras de softwares, que investem em soluções criativas de mobilidade e computação em nuvem para agilizar e agregar flexibilidade

Leia mais

NOVAS ESTIMATIVAS DO MODELO DE GERAÇÃO DE EMPREGOS DO BNDES* Sheila Najberg** Roberto de Oliveira Pereira*** 1- Introdução

NOVAS ESTIMATIVAS DO MODELO DE GERAÇÃO DE EMPREGOS DO BNDES* Sheila Najberg** Roberto de Oliveira Pereira*** 1- Introdução NOVAS ESTIMATIVAS DO MODELO DE GERAÇÃO DE EMPREGOS DO BNDES* Sheila Najberg** Roberto de Oliveira Pereira*** 1- Introdução O Modelo de Geração de Empregos do BNDES 1 (MGE) estima o número de postos de

Leia mais

MidiaKit. Nossa indústria também produz visibilidade. Período 2012/2013

MidiaKit. Nossa indústria também produz visibilidade. Período 2012/2013 MidiaKit Nossa indústria também produz visibilidade Período 2012/2013 - 2 - Transforme visibilidade em oportunidades de negócio As publicações da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina -

Leia mais