PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.02. Atendimento ao Agente de Mercado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCEDIMENTO DE MERCADO AM.02. Atendimento ao Agente de Mercado"

Transcrição

1 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO PROCEDIMETO DE MERCADO AM.02 ao Agente de Mercado Responsável pelo PM: Acompanhamento do Mercado COTROLE DE ALTERAÇÕES Versão Data Descrição da Alteração Elaborada por Aprovada por PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 1 de 8 04/10/02

2 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO 1. PROCESSO ORIGEM Cadeia de Valor Processos Chave Registrar Agentes Estabelecer Preços Registrar Contratos Inserir Dados de Medição Processar Contabilização Divulgar Resultados Efetuar Liquidação Financeira AG PE CO ME CZ DR LF Processos de Apoio Acompanhar o Mercado Prover Suporte Técnico ao Mercado AM DM Coordenar Projetos Especiais Auditar o Mercado Gerenciar Finanças / RH / Administrativo Gerenciar Tecnologia da Prover Consultoria Jurídica ao Mercado Macro Processo: Acompanhar o Mercado 2. OME E CÓDIGO DO PROCEDIMETO DE MERCADO ao Agente de Mercado AM PÚBLICO ALVO 3.1. Agentes de Mercado Público em Geral 4. OBJETIVO Estabelecer os procedimentos relativos ao do Mercado em geral, via Central de da, desde a solicitação até a solução final do problema, diferenciando o atendimento aos Agentes de Mercado. 5. ASPECTOS REGULATÓRIOS EVOLVIDOS ão aplicável PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 2 de 8 04/10/02

3 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO 6. DEFIIÇÕES 6.1. Agente de Mercado: Qualquer Agente Participante, conforme previsto no art. 1º do Anexo à Resolução AEEL nº 102, de 1º de Março de du: Dias úteis : Registro e Acompanhamento de Chamados, utilizado pela. 7. FERRAMETAS DE SUPORTE FERRAMETA DESCRIÇÃO Sistema onde são registradas as dúvidas e solicitações feitas para a, assim como todo o histórico do processo de resolução das mesmas. 8. PREMISSAS 8.1. Os contatos dos Agentes de Mercado com a devem ser realizados através da Central de da, pelo telefone , pelo pelo fax ou carta, no endereço Alameda Santos, 745-9º andar Cerqueira César - São Paulo SP CEP: Todos os contatos serão registrados no e um código será gerado e fornecido ao solicitante, para facilitar o acompanhamento / identificação do chamado em contatos futuros Caso não seja possível resolver um chamado até +2 du, a irá contatar o solicitante para informar sobre a situação do chamado, e fornecer a previsão de resolução. este caso, o chamado continuará em aberto até que a pendência de informação seja solucionada, e o solicitante será informado sobre a situação do chamado periodicamente, até que o mesmo seja encerrado O prazo de 2 dias úteis para encerrar o chamado ou passar uma posição para o solicitante é um prazo máximo, podendo ser antecipado As Senhas de são exclusivas aos Agentes de Mercados. Tais senhas são geradas pela e enviadas aos Representantes dos Agentes no momento de sua adesão Caso o responsável tenha dúvidas ou necessite de maiores esclarecimentos sobre o questionamento feito, esse solicitará à Central de da que entre em contato com o solicitante para esclarecer o questionamento Os prazos constantes neste Procedimento de Mercado estão apresentados em dias úteis. PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 3 de 8 04/10/02

4 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO 9. FLUXOGRAMA + 2 du Pendências de Solucionadas AM AM AM Agente de Mercado ecessidade de Contato com o MAE Contatar Central de da Fornecer Senha de, caso ecessário Receber Confirmação de Registro do Chamado AM AM AM AM AM Identificar Solicitante e Solicitação Registrar Solicitação no Resolver Solicitação Informar Solução, caso o Chamado Tenha Sido Resolvido AM Encerrar Chamado no AM AM FIM Informar Status do Chamado, caso Existam Pendências de Solucionar Chamado com Pendência de Encerrar Chamado no Produtos Gerados Contato com a realizado. Solicitante e solicitação identificados. Senha de fornecida, no caso de solicitação de informação exclusiva para os Agentes de Mercado. Chamado registrado no. Registro do chamado no confirmado ao Agente de Mercado. Solicitação resolvida ou encaminhada para o responsável. Resolução do chamado informada ao solicitante. Posicionamento sobre o status do chamado informado ao solicitante. Posição do chamado atualizada no. Chamado com pendências de informação solucionado. Posição do chamado atualizada no. Legenda: Data do Contato. du Dias úteis. PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 4 de 8 04/10/02

5 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO 10. MATRIZ DE OPERACIOALIZAÇÃO ATIVIDADE CÓDIGO RESPOSÁVEL DETALHAMETO FERRAMETA PRODUTOS GERADOS PRAZO Entrar em contato com a Central de da através de: Contatar Central de da AM Agente de Mercado Telefone: Fax: Telefone, e- mail, fax ou carta Contato com a do MAE realizado. Carta: Alameda Santos, 745-9º andar Cerqueira César - São Paulo SP CEP: Identificar Solicitante e Solicitação AM Identificar o solicitante, e o atendimento e o tipo de informação. Solicitante e solicitação identificados. Fornecer Senha de, caso ecessário AM Agente de Mercado Fornecer a senha ao atendente da. Para informações gerais, não é necessário senha; para informações específicas dos Agentes de Mercado, é solicitada a senha de atendimento. Senha de fornecida, no caso de solicitação de informação exclusiva para os Agentes de Mercado. Registrar Solicitação no AM Registrar as solicitações no sistema Chamado registrado no. Receber Confirmação de Registro do Chamado AM Agente de Mercado Receber da a confirmação de registro do chamado, com o código do mesmo. Este código será utilizado para consultas futuras referentes a este chamado. Registro do chamado no confirmado ao Agente de Mercado. Resolver Solicitação AM Resolver a solicitação, ou redirecionar os chamados. Solicitação resolvida ou encaminhada para o responsável. +2 du Informar Solução, caso o Chamado Tenha Sido Resolvido AM Informar ao solicitante a solução do chamado. Telefone, e- mail ou fax Resolução do chamado informada ao solicitante. +2 du PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 5 de 8 04/10/02

6 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO ATIVIDADE CÓDIGO RESPOSÁVEL DETALHAMETO FERRAMETA PRODUTOS GERADOS PRAZO Informar Status do Chamado, caso Existam Pendências de AM Informar ao solicitante o status da resolução da solicitação, nos casos onde a solicitação demorar mais de dois dias para ser solucionada. Registrar no o contato realizado. Telefone, e- mail ou fax; Posicionamento sobre o status do chamado informado ao solicitante. +2 du Solucionar Chamado com Pendência de AM Resolver chamado, após obtenção das informações que estavam pendentes. Chamado com pendências de informação solucionado. Pendência de Solucionada Encerrar Chamado no AM Registrar no a resolução do chamado, alterando o status do mesmo para Encerrado. Posição do chamado atualizada no. Pendências de Solucionada Legenda: Data do Contato. du Dias úteis. PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 6 de 8 04/10/02

7 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO 11. CROOGRAMA GERAL PRODUTO GERADO CROOGRAMA Contato com a realizado. Solicitante e solicitação identificados. Senha de fornecida, no caso de solicitação de informação exclusiva para os Agentes de Mercado. Chamado registrado no. Registro do chamado no confirmado ao Agente de Mercado. Solicitação resolvida ou encaminhada para o responsável. +2 du Resolução do chamado informado ao solicitante. +2 du Posicionamento sobre status do chamado informado ao solicitante. +2 du Posição do chamado atualizada no. +2 du Chamado com pendências de informação solucionado. Posição do chamado atualizada no. Pendência de Solucionada Pendência de Solucionada Legenda: Data do Contato. du Dias úteis. PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 7 de 8 04/10/02

8 PROCEDIMETO DE MERCADO 3.0 ATEDIMETO AO AGETE DE MERCADO 12. AEXOS ão aplicável PM.AM.02 - ao Agente_9 (MIUTA 8).doc Página 8 de 8 04/10/02

REGISTRO, TRATAMENTO E APURAÇÃO DE INDISPONIBILIDADES DE USINAS HIDRÁULICAS NÃO DESPACHADAS CENTRALIZADAMENTE E PARTICIPANTES DO MRE

REGISTRO, TRATAMENTO E APURAÇÃO DE INDISPONIBILIDADES DE USINAS HIDRÁULICAS NÃO DESPACHADAS CENTRALIZADAMENTE E PARTICIPANTES DO MRE Procedimento de Comercialização REGISTRO, TRATAMENTO E APURAÇÃO DE INDISPONIBILIDADES DE USINAS HIDRÁULICAS NÃO DESPACHADAS CENTRALIZADAMENTE E PARTICIPANTES DO MRE Versão: 1 Início de Vigência: XX/XX/200X

Leia mais

Versão: 2 Início de Vigência: XX. XX.2006 Instrumento de Aprovação:

Versão: 2 Início de Vigência: XX. XX.2006 Instrumento de Aprovação: Procedimento de Comercialização MANUTENÇÃO DE CADASTRO DE AGENTES DA CCEE E USUÁRIOS DO SCL Versão: 2 Início de Vigência: XX. XX.2006 Instrumento de Aprovação: ÍNDICE 1. APROVAÇÃO...3 2. HISTÓRICO DE REVISÕES...3

Leia mais

REGISTRO, TRATAMENTO E APURAÇÃO DE INDISPONIBILIDADES DE USINAS HIDRÁULICAS NÃO DESPACHADAS CENTRALIZADAMENTE E PARTICIPANTES DO MRE

REGISTRO, TRATAMENTO E APURAÇÃO DE INDISPONIBILIDADES DE USINAS HIDRÁULICAS NÃO DESPACHADAS CENTRALIZADAMENTE E PARTICIPANTES DO MRE Procedimento de Comercialização REGISTRO, TRATAMENTO E APURAÇÃO DE INDISPONIBILIDADES DE USINAS HIDRÁULICAS NÃO DESPACHADAS CENTRALIZADAMENTE E PARTICIPANTES DO MRE Versão: 1 Início de Vigência: REGISTRO,

Leia mais

PROCEDIMENTO DE MERCADO PE.01 Estabelecer Preços do MAE

PROCEDIMENTO DE MERCADO PE.01 Estabelecer Preços do MAE PROCEDIMENTO DE MERCADO PE.01 Estabelecer Preços Responsável pelo PM: Gerência de Contabilização CONTROLE DE ALTERAÇÕES Versão Data Descrição da Alteração Elaborada por Aprovada por PM PE.01 - Estabelecer

Leia mais

Versão: 3 Início de Vigência: xx.xx.2006 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nºxxxx, de xxx de xxxxx de 2006

Versão: 3 Início de Vigência: xx.xx.2006 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nºxxxx, de xxx de xxxxx de 2006 Procedimento de Comercialização Versão: 3 Início de Vigência: xx.xx.2006 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nºxxxx, de xxx de xxxxx de 2006 ÍNDICE 1. APROVAÇÃO...3 2. HISTÓRICO DE REVISÕES...3 3.

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

Versão: 3 Início de Vigência: 01.10.2008 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 3.042, de 14 de agosto de 2008

Versão: 3 Início de Vigência: 01.10.2008 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 3.042, de 14 de agosto de 2008 Procedimento de Comercialização MANUTENÇÃO DE CADASTRO DE AGENTES DA CCEE E USUÁRIOS DO SCL Versão: 3 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 3.042, de 14 de agosto de 2008 ÍNDICE

Leia mais

Submódulo 1.1 Adesão à CCEE. Módulo 6 Penalidades. Submódulo 6.2 Notificação e gestão do pagamento de penalidades

Submódulo 1.1 Adesão à CCEE. Módulo 6 Penalidades. Submódulo 6.2 Notificação e gestão do pagamento de penalidades Submódulo 1.1 Adesão à CCEE Módulo 6 Penalidades Submódulo 6.2 Notificação e gestão do Revisão 1.0 Vigência 16/10/2012 1 Submódulo 6.2 Notificação e gestão do ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 2. OBJETIVO 3. PREMISSAS

Leia mais

Versão: 1 Início de Vigência: XX/XX/2005 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº XX, de XX de Mês de 200X

Versão: 1 Início de Vigência: XX/XX/2005 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº XX, de XX de Mês de 200X Procedimento de Comercialização Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº XX, de XX de Mês de 200X ÍNDICE 1. APROVAÇÃO...3 2. HISTÓRICO DE REVISÕES...3 3. PROCESSO ORIGEM...4

Leia mais

pdc_me_05_versao2 Página 1 de 21 Versão: 2 Início de Vigência: 23.02.2010 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 391, de 22 de fevereiro de 2010

pdc_me_05_versao2 Página 1 de 21 Versão: 2 Início de Vigência: 23.02.2010 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 391, de 22 de fevereiro de 2010 pdc_me_05_versao2 Página 1 de 21 Procedimento de Comercialização Versão: 2 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 391, de 22 de fevereiro de 2010 CÓDIGO ÍNDICE 1. APROVAÇÃO...

Leia mais

pdc_me_05 Página 1 de 28 Versão: 1 Início de Vigência: 11.03.2008 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 934, de 07 de março de 2008.

pdc_me_05 Página 1 de 28 Versão: 1 Início de Vigência: 11.03.2008 Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 934, de 07 de março de 2008. pdc_me_05 Página 1 de 28 Procedimento de Comercialização Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 934, de 07 de março de 2008. CÂMARA DE COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS INFORMATIVO SOBRE OS PROCEDIMENTOS DE FÉRIAS NA UFPB O presente informativo tem como objetivo disseminar e divulgar

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

Cadastro de Pessoa Jurídica

Cadastro de Pessoa Jurídica Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo Cadastro de Pessoa Jurídica CADASTRAMENTO NO NOVO SISTEMA Novembro/2012 2 Índice 1 Introdução 03 2 Entrando no sistema de cadastro 03 3 Cadastramento eletrônico

Leia mais

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio Fundap Fundação do Desenvolvimento Administrativo Programa de Estágio Programa de Estágio Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio Plano de Estágio Julho de 2008 SABE - Sistema

Leia mais

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 04

Procedimento Operacional N⁰ do procedimento: PO 04 1/ 6 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão e adequação integral do PO 02 Revisão na íntegra do PO Demais envolvidos na análise e aprovação Área / Processo Responsável

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE VISITAS RELATÓRIO DE VISITAS

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE VISITAS RELATÓRIO DE VISITAS 22/03/203. INTRODUÇÃO A Política de Visitas Divisão Institucional tem por objetivo controlar e auditar as visitas dos consultores em nossos clientes, as ações de manutenções tomadas e comprovar a presença

Leia mais

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E.

Ferramenta de Pré-agendamento Online Tutorial de Utilização para Usuários TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. TUTORIAL P R É A G E N D A M E N T O O N L I N E. P á g i n a 1 26 Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A SEED Business Group traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Manual do Usuário Sistema APR Web Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Belo Horizonte Novembro de 2015 SUMÁRIO APR Web 1 Introdução... 5 2 Objetivo... 5 3 Acessar o sistema

Leia mais

nº 0299 Regras de Negócios 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA

nº 0299 Regras de Negócios 1. OBJETIVO 2. ABRANGÊNCIA DATA DA PUBLICAÇÃO 17/10/2012 REVISÃO 01 17/10/2012 nº 0299 1 Regras de Negócios Macro Processo: Vendas/Comercial Processo: Gerenciamento/ direcionamento de canais Tipo: Procedimento 1. OBJETIVO Estabelecer

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio

Manual do Sistema de Apoio Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli SISTEMA DE APOIO O Sistema

Leia mais

Matrícula: as dúvidas mais frequentes dos alunos da RETEC

Matrícula: as dúvidas mais frequentes dos alunos da RETEC Matrícula: as dúvidas mais frequentes dos alunos da RETEC 1. Qual o período da matrícula? O período de matrícula compreende o período de 23 de julho a 3 de agosto. A partir de 7 de agosto, poderá haver

Leia mais

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS Este manual foi criado com o objetivo de facilitar o gerenciamento de suas contas de e-mail. Com ele, o administrador poderá criar e excluir e-mails, alterar senha, configurar redirecionamento de contas,

Leia mais

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web

Manual do Usuário Sistema APR Web. Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Manual do Usuário Sistema APR Web Aprovação de Projeto Elétrico e Análise de Carga na Rede via Web Belo Horizonte Março de 2015 SUMÁRIO APR Web 1 Introdução... 5 2 Objetivo... 5 3 Acessar o sistema APR

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ ASSESSORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ ASSESSORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ ASSESSORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Orientações para cadastro, aprovação e prorrogação de Projetos de Pesquisa Os tópicos abaixo

Leia mais

Portabilidade Consignado (Resolução 4.292 BACEN)

Portabilidade Consignado (Resolução 4.292 BACEN) Versão Data de publicação Área(s) responsável (is) Classificação Código 0.204 07/05/204 Produtos Consignado Público 3-SCOM02.06 Portabilidade Consignado (Resolução 4.292 BACEN) APROVAÇÕES Elaboração Análises

Leia mais

Política de Atendimento Técnico, Suporte e Assistência aos softwares SiplanControl-M

Política de Atendimento Técnico, Suporte e Assistência aos softwares SiplanControl-M Política de Atendimento Técnico, Suporte e Assistência aos softwares SiplanControl-M 1. Introdução a política 2. Quem está elegível para solicitar suporte? 3. Horário de atendimento 4. Que tempo de resposta

Leia mais

Manual para Registro de FIDC [30/06/2014]

Manual para Registro de FIDC [30/06/2014] Manual para Registro de FIDC [30/06/2014] ABRANGÊNCIA O presente manual visa detalhar os procedimentos descritos no Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas de Fundos de Investimento ( Código ) para

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA-GERAL

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA-GERAL MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 11 DE MAIO DE 2015. Dispõe sobre fluxos, métodos e procedimentos de governança do Sistema Único. O SECRETÁRIO-GERAL DO MINISTÉRIO

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

Guia de Referência 0800net

Guia de Referência 0800net Guia de Referência 0800net 1. Apresentação: Com o intuito de melhorar cada vez mais os serviços de atendimento, o Grupo GCI, disponibiliza a Central de Atendimento, através do endereço http://0800net.gci.com.br/.

Leia mais

SISTEMA DE MONITORAMENTO DE OBRAS- SISMOB COMPONENTE REFORMA

SISTEMA DE MONITORAMENTO DE OBRAS- SISMOB COMPONENTE REFORMA Sistema de Monitoramento de Obras SISTEMA DE MONITORAMENTO DE OBRAS- SISMOB COMPONENTE REFORMA PASSO A PASSO ATENÇÃO O município deverá acessar o sistema a cada 30 dias para informar a sua situação, mesmo

Leia mais

PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 7

PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 7 PO - Procedimento Operacional Revisão: 02 Folha: 1 de 7 1. OBJETIVO Orientar a condução dos processos de Coordenação e controle de obras, executadas pela Brookfield Incorporações S/A, de forma a garantir

Leia mais

MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO

MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador na Confirmação de Atendimento e Lista

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: CAPTAÇÃO E RELACIONAMENTO COM CLIENTES CORPORATIVOS. SETOR RESPONSÁVEL: COMERCIAL

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: CAPTAÇÃO E RELACIONAMENTO COM CLIENTES CORPORATIVOS. SETOR RESPONSÁVEL: COMERCIAL S CORPORATIVOS. PÁGINA: 1 de 8 1.0 - OBJETIVO: Identificar clientes potenciais e efetuar a captação destes clientes, realizando análise do perfil e requisitos de atendimento a fim de oferecer serviços

Leia mais

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores

Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Contas a Pagar - Política de Pagamentos a Fornecedores Setembro / 2013 Bem vindo ao sistema de consultas de pagamentos da TOTVS S/A. Aqui você encontrará informações sobre condições de pagamentos, bem

Leia mais

FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR

FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR FUNCIONALIDADES DA ABA CEP NA PLATBR Versão 4.0 Histórico de Revisão do Manual Versão Autor Data Descrição Equipe suporte Criação do 1.0 Plataforma Brasil 14/09/2012 Documento 1.1 2.0 3.0 4.0 Equipe suporte

Leia mais

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3);

4. Na tela de Atualização de Cadastro, altere a senha, atualize os dados e clique em Atualizar Cadastro (Figura 3); 1. Digite em seu navegador de Internet (Google Chrome, Mozilla Firefox, Internet Explorer, etc) o endereço eletrônico s2id.integracao.gov.br; 2. Clique em Registro e Reconhecimento (Figura 1); Figura 1

Leia mais

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento.

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento. PÁGINA: 1 de 6 1 1.0 OBJETIVO: Analisar e controlar as solicitações de reembolso dos bilhetes aéreos não utilizados quando de sua contratação e providenciar o reembolso devido ao cliente, desde que, observadas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS AVENIDA DESEMBARGADOR VITOR LIMA, N.º 222 TRINDADE CEP: 88.040-400 - FLORIANÓPOLIS

Leia mais

Norma para Registro de Projetos de Pesquisa - UNIFEI-

Norma para Registro de Projetos de Pesquisa - UNIFEI- Norma para Registro de Projetos de Pesquisa - UNIFEI- Página 1 / 8 TÍTULO I Das definições Art. 1º - Projeto de Pesquisa constitui-se em um conjunto de ações que geram conhecimento científico e/ou tecnológico,

Leia mais

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário

Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas SESAU Coordenadoria Setorial de Gestão a Informática - CSGI Sistema de HelpDesk da SESAU Guia do Usuário Maceió 06/02/2012 Técnico Responsável: Bruno Cavalcante

Leia mais

Análise e Tramitação de Projetos nos Comitês de Ética em Pesquisa

Análise e Tramitação de Projetos nos Comitês de Ética em Pesquisa Análise e Tramitação de Projetos nos Comitês de Ética em Pesquisa Versão 3.0 1 Histórico de Revisão Versão Autor Data Descrição Equipe suporte Criação do 1.0 Plataforma Brasil 01/11/2011 Documento 1.1

Leia mais

SISTEMA PARA ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário

SISTEMA PARA ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário SISTEMA PARA ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário 1 Apresentação... 3 1- Introdução... 4 2- Acessando GLPI:... 5 3- Abrindo chamado:... 6 3.1-

Leia mais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais

SIGECORS. Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais SIGECORS Sistema de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industriais Outubro 2008 Índice 1. Registrando Usuários 2. Acesso ao Sistema 3. Logar no Sistema 4. Esquecimento de Senha 5. Alteração de Senha 6.

Leia mais

SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS

SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS SIPESQ Sistema de Pesquisas da PUCRS Abril de 2014 Versão 1 Página 1 de 17 Apresentação O Sistema de Pesquisas da PUCRS (SIPESQ) tem por objetivo fazer o mapeamento das estruturas e projetos de pesquisa

Leia mais

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS

1. A SPECTOS GERAIS 1.1 APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS C A P Í T U L O I - C A D A S T R O D E P A R T I C I P A N T E S E I N V E S T I D O R E S 1. A SPECTOS GERAIS A CBLC administra dois sistemas de cadastro: o Sistema de Cadastro de Participantes e o Sistema

Leia mais

MANUAL RECURSO DE GLOSA

MANUAL RECURSO DE GLOSA MANUAL RECURSO DE GLOSA Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Recurso de Glosa no Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador, bem como estabelecer normas de atuação que facilitem

Leia mais

Processo de Abertura de Projetosescritorio. Bizagi Process Modeler

Processo de Abertura de Projetosescritorio. Bizagi Process Modeler Processo de Abertura de Projetosescritorio Bizagi Process Modeler Índice PROCESSO DE ABERTURA DE PROJETOS-ESCRITORIO...1 BIZAGI PROCESS MODELER...1 1 PROCESSO DE ABERTURA DE PROJETOS...5 1.1 PROCESSO

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE. Assistência Técnica Transformadores / Secionadores

ATENDIMENTO AO CLIENTE. Assistência Técnica Transformadores / Secionadores ATENDIMENTO AO CLIENTE Assistência Técnica Transformadores / Secionadores No presente documento, iremos apresentar a atual estrutura e principais atividades desenvolvidas pela Seção de Assistência Técnica

Leia mais

Instrução Normativa PROEX/IFRS nº 13, de 17 de dezembro de 2013.

Instrução Normativa PROEX/IFRS nº 13, de 17 de dezembro de 2013. Instrução Normativa PROEX/IFRS nº 13, de 17 de dezembro de 2013. Estabelece o fluxo e os procedimentos para o registro, a análise e o acompanhamento das ações de extensão do IFRS e dá outras providências.

Leia mais

Projeto Manual utilização Protocolo Online

Projeto Manual utilização Protocolo Online Projeto Manual utilização Protocolo Online Site- CREA-ES Protocolo Online Página 1 Sumário Introdução... 3 Cadastrar Usuário não registrado no CREA-ES (Pessoa Jurídica / Pessoa Física)... 4 Recuperar senha

Leia mais

ANEXO III MODELO DE POP PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP Nº X.XX.XXX.XX

ANEXO III MODELO DE POP PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP Nº X.XX.XXX.XX Nº ANEXO III MODELO DE POP PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP Nº X.XX.XXX.XX MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ REITORIA DEPARTAMENTO NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIVISÃO

Leia mais

Gerenciamento de Incidentes

Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Incidentes Os usuários do negócio ou os usuários finais solicitam os serviços de Tecnologia da Informação para melhorar a eficiência dos seus próprios processos de negócio, de forma que

Leia mais

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Fundamentação legal: A entidade estará obrigada a atualizar no CNPJ qualquer alteração referente aos seus dados cadastrais até o último dia útil

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: ATENDIMENTO A CLIENTES CORPORATIVOS. SETOR RESPONSÁVEL: OPERACIONAL

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: ATENDIMENTO A CLIENTES CORPORATIVOS. SETOR RESPONSÁVEL: OPERACIONAL PÁGINA: 1 de 6 1.0 OBJETIVO: Atender os clientes corporativos em suas solicitações de serviços de viagens a negócios, identificar suas necessidades, analisar criticamente as solicitações (seleção de fornecedores

Leia mais

Índice Objetivo do Manual...3 Siglas e Abreviações...3 Papel do Coordenador Institucional...3 Cadastramento e Substituição de Homologadores...

Índice Objetivo do Manual...3 Siglas e Abreviações...3 Papel do Coordenador Institucional...3 Cadastramento e Substituição de Homologadores... Índice 1. Objetivo do Manual...3 2. Siglas e Abreviações...3 3. Papel do Coordenador Institucional...3 4. Cadastramento e Substituição de Homologadores...4 4.1 Passo-a-passo para Acessar o Acordo de Adesão...6

Leia mais

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores

Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN. Contadores Passo a Passo para utilização do Sistema de Registro Integrado REGIN Contadores Janeiro / 2010 1 Índice ÍNDICE... 2 INTRODUÇÃO... 3 PEDIDO DE VIABILIDADE MATRIZ... 4 PEDIDO DE VIABILIDADE FILIAL... 10

Leia mais

Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005

Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho ANEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005 Procedimento de Comercialização Versão: 1 Início de Vigência: Instrumento de Aprovação: Despacho AEEL nº 1.578, de 14 de outubro de 2005 CÓDIGO ÍDICE 1. APROVAÇÃO...3 2. HISTÓRICO DE REVISÕES...3 3. PROCESSO

Leia mais

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: EVENTOS

DOCUMENTO OPERACIONAL PROCESSO: DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: EVENTOS SETOR RESPONSÁVEL: PÁGINA: 1 de 8 1.0 OBJETIVO: Identificar e analisar as solicitações de clientes na modalidade eventos, selecionar fornecedores que possam atender aos requisitos solicitados, efetuar

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS. RH Online Campus de Botucatu Sistema de Recursos Humanos SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS RH Online Mônica Cristina Fumis do Carmo Faculdade de Medicina de Botucatu Seção Técnica de Desenv. Adm de RH / Serviço Técnico

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos padronizados necessários para utilização do Help Desk da Coco do Vale.

Estabelecer critérios e procedimentos padronizados necessários para utilização do Help Desk da Coco do Vale. Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos padronizados necessários para utilização do Help Desk da Coco do Vale. Responsabilidades As informações neste tópico são as responsabilidades, descritas de

Leia mais

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail:

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail: 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento, siga o passo a passo abaixo. Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. O sistema só irá funcionar perfeitamente se for acessado pelo

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online Manual do Usuário Introdução O Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online permite ao Criador e ao Inspetor proceder a todas providencias para que um

Leia mais

Novo Procedimento de Matrícula Pós Graduação Plano de Incentivo Seu Vendedor Vale 100%

Novo Procedimento de Matrícula Pós Graduação Plano de Incentivo Seu Vendedor Vale 100% 1. Premissas: A 1ª Parcela (Matrícula) terá seu valor fixo sem descontos; Área de Educação: R$150,00. Área de Administração: R$195,00. Para os matriculados nos CAs Independentes (Parceiros), a matrícula

Leia mais

SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários

SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários SophiA Biblioteca - Treinamento Cadastro de Usuários Para realizar um cadastro de usuário, clique na aba USUÁRIOS e em seguida no botão. Aba Dados Nome: cadastro do nome do novo usuário. Código: É possível

Leia mais

Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul. Manual: Sistema de Controle Patrimonial Inventário

Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul. Manual: Sistema de Controle Patrimonial Inventário Secretaria da Educação do Estado do Rio Grande do Sul Manual: Sistema de Controle Patrimonial Inventário Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessar o Controle Patrimonial Web... 4 2.1. Login... 4 3. Inventário...

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 2. Tela Inicial... 2 3. Abrindo uma nova Solicitação... 3 4. Acompanhando as solicitações abertas... 4 5. Exibindo Detalhes da Solicitação... 6 6.

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA BAIXA CADASTRAL ELETRÔNICA

ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA BAIXA CADASTRAL ELETRÔNICA ESTADO DO PIAUÍ SECRETARIA DA FAZENDA BAIXA CADASTRAL ELETRÔNICA MANUAL DO CONTRIBUINTE Junho/2013 1. Apresentação O sistema da Baixa Cadastral Eletrônica foi desenvolvido com o intuito de facilitar a

Leia mais

Aos Fundos exclusivos ou restritos, que prevejam em seu regulamento cláusula que não obriga a adoção, pela TRIAR, de Política de Voto;

Aos Fundos exclusivos ou restritos, que prevejam em seu regulamento cláusula que não obriga a adoção, pela TRIAR, de Política de Voto; Política de Exercício de Direito de Voto em assembleias gerais de fundos de investimento e companhias emissoras de valores mobiliários que integrem as carteiras dos fundos de investimento geridos pela

Leia mais

Título da apresentação. Solicitações SPA

Título da apresentação. Solicitações SPA Título da apresentação Solicitações SPA Solicitações disponíveis no SPA Opção SAC & SDC Solicitação de usuários Pancred Saldo Bcsul Reapresentação de TED e OP Alteração dados cadastrais ( nome, endereço,

Leia mais

Como obter Ajuda e Suporte

Como obter Ajuda e Suporte Como obter Ajuda e Suporte Durante a utilização dos Sistemas comercializados pela Domínio Sistemas, você e sua equipe poderão ter dúvidas sobre algum processo ou alguma tela em específico. Estas dúvidas

Leia mais

Manual Instrutivo Saque para Cartão Emitido / Complementar

Manual Instrutivo Saque para Cartão Emitido / Complementar Título da apresentação Manual Instrutivo Saque para Cartão Emitido / Complementar Solicitação de serviços Cartão emitido Solicitação de Serviços Cartão Emitido O sistema deve ser acessado pelo site do

Leia mais

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO]

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Premissas... 4 4. Acesso ao Sistema de Seguros... 4 5. Página principal do sistema...

Leia mais

Manual do sistema SMARsa WEB

Manual do sistema SMARsa WEB Manual do sistema SMARsa WEB Módulo Solicitação/Ouvidoria SMARsa WEB Solicitação/Ouvidoria Versão 2.7 1 Sumário INTRODUÇÃO...4 OBJETIVOS...4 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo solicitação/ouvidoria...5

Leia mais

CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS

CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS Para a prefeitura foi definido dois tipos de usuários: Usuário máster e Usuário Final. O cadastramento para acesso ao CadÚnico V7 é feita

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

MANUAL DE MOVIMENTAÇÃO WEB POR FORMULÁRIO

MANUAL DE MOVIMENTAÇÃO WEB POR FORMULÁRIO Este manual tem o objetivo de orientar o preenchimento do formulário de Movimentação Web disponibilizado na área de Movimentação de beneficiários por formulário que fica na área restrita da empresa no

Leia mais

Sistema de Prestação de Contas Siprec

Sistema de Prestação de Contas Siprec Sistema de Prestação de Contas Siprec Manual de Utilização Perfil Beneficiário Versão 1.3.4 Agosto de 2013 1 SUMÁRIO Manual do Usuário... 3 1. Objetivo do manual... 3 2. Sobre o sistema... 3 3. Quem deve

Leia mais

FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes)

FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes) FAQ SIDEC (perguntas mais freqüentes) 1 - Como proceder para lançar um Aviso de Licitação? 2 - Como proceder quando um Aviso de Licitação está na situação de Pendente? 3 - Como proceder para incluir ou

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS DE SADT ELETIVO (FASCÍCULO DO SADT ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto Curitiba de Saúde ICS - Plano Padrão ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

Formulários Eletrônicos e Processos para o esocial

Formulários Eletrônicos e Processos para o esocial Formulários Eletrônicos e Processos para o esocial 1. Objetivos 2. Definições dos Formulários Eletrônicos 3. Validações Automáticas de Dados 4. Relatórios de Inconsistências 5. Definição e Regras Gerais

Leia mais

Apresentação do UniSAC

Apresentação do UniSAC Apresentação do UniSAC Serviço de Atendimento ao Cliente Software: Softdesk Última atualização deste manual: 16/02/2015 A ferramenta O Softdesk é o software escolhido pelo Unimestre para a gestão de todos

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI PERFIL TÉCNICO Versão 2.0 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E TELECOMUNICAÇÕES PREFEITURA DE GUARULHOS SP 1 Objetivo: Esse manual tem como objetivo principal instruir os

Leia mais

Documentação do site de imóveis e parcerias RIO ONLINE

Documentação do site de imóveis e parcerias RIO ONLINE Documentação do site de imóveis e parcerias RIO ONLINE Índice 1) Painel de Imóveis...3 1.1) Filtrar...3 1.2) Incluir Imóvel...3 1.3) Alterar Imóvel...4 1.3.1) Não publicar imóvel no site...4 1.4) Fotos

Leia mais

Bruna Galinde 29.10.2014 Acesso WEB ÍNDICE

Bruna Galinde 29.10.2014 Acesso WEB ÍNDICE Manual 2.1 01/25 ÍNDICE Título Página ATENDIMENTO... 2 PRIMEIRO ACESSO... 3 ALTERAÇÃO DE SENHA... 4 DADOS CADASTRAIS... 5 FALE CONOSCO... 6 EXTRATO DE CONTRIBUIÇÃO... 7 DOWNLOAD... 8 EMPRÉSTIMO... 9 SIMULADOR

Leia mais

EMAS JR. CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CAMPUS PAMPULHA EDITAL. Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02

EMAS JR. CONSULTORIA EMPRESA JÚNIOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS CAMPUS PAMPULHA EDITAL. Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02 EDITAL Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02 EDITAL Processo Seletivo Emas Jr. Consultoria 2015/02 A EMAS Empresa Júnior de Meio Ambiente e Saneamento / UFMG ( Emas Jr. ) faz saber aos interessados

Leia mais

SISTEMA DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DE INFORMÁTICA SMSI TUTORIAL

SISTEMA DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DE INFORMÁTICA SMSI TUTORIAL SISTEMA DE MANUTENÇÃO E SUPORTE DE INFORMÁTICA SMSI TUTORIAL Pequeno tutorial para ajudá-lo a conhecer e trabalhar com o sistema SMSI. Quaisquer dúvidas e/ou sugestões que porventura possam advir após

Leia mais