MANUAL DO USUÁRIO Consulta Pública

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO USUÁRIO Consulta Pública"

Transcrição

1 MANUAL DO USUÁRIO Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde Versão 2008 Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 1

2 MINISTÉRIO DA SAUDE Secretaria-Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Coordenação-Geral de Planejamento Coordenação de Monitoramento e Avaliação Esplanada dos Ministérios, bloco G, Edifício Sede, 3.o andar, sala 339 CEP: Brasília DF Tels: (61) / Fax: (61) Home page: Coordenação Wilson Marques Júnior (Coordenador) Equipe de Desenvolvimento Flávia Pereira de Souza (Gestora) Herley Barros Meireles (Datasus) Jean Pierre Ernest Küng (Datasus) Juliana Paz Goldschmidt (Datasus) Marcelo Araújo Pinheiro (Datasus) Marcelo Duarte (Datasus) Sérgio Araújo Moraes (Datasus) Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 2

3 ÍNDICE 1 Apresentação Introdução Objetivos e produtos Objetivo geral Objetivos específicos Principais Produtos Contexto Usuários e perfis Acessando o sistema e senhas Visitante Logando no sistema Nova senha de acesso Alterando a senha Menu Fluxo de Trabalho (Fases) Estrutura do Sistema Trabalhando com as Fases Fase de Consulta em Andamento Fase de Consulta Encerrada FAQ s Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 3

4 1 Apresentação Este manual foi elaborado com o intuito de auxiliar os usuários do Sistema de Consulta Pública do SUS no entendimento das suas funcionalidades básicas. Este manual é composto pelos seguintes tópicos: Introdução: o que é o Sistema de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde. Objetivos e produtos: objetivos gerais e específicos do sistema, bem como seus principais produtos. Contexto: A Consulta Pública no âmbito do Ministério da Saúde. Acesso, usuários e perfis: formas de acesso à Consulta Pública, perfis de usuários e visualização das informações. Acessando o sistema: instruções para o usuário acessar a Consulta Pública. Fluxo de trabalho: demonstra o fluxo de trabalho da Consulta Pública. Consulta em fase Não Publicadas: instruções para a utilização do sistema na fase não publicadas. Consulta em fase de Andamento: instruções para a utilização do sistema na fase de andamento. Consulta em fase Encerrada: instruções para a utilização do sistema na fase encerrada. As sugestões para o aperfeiçoamento deste manual, bem como quaisquer dúvidas, poderão ser encaminhadas à equipe de gestão do sistema através do 2 Introdução O Sistema Único de Saúde SUS utiliza um mecanismo de Consultas Públicas para colher contribuições, tanto de setores especializados quanto da sociedade em geral, sobre as políticas e os instrumentos legais que irão orientar as diversas ações no campo da saúde no país. A ferramenta de consulta pública abre a possibilidade de uma ampla discussão sobre diversos temas na área de saúde, permitindo que você participe e contribua na construção do Sistema de Saúde Brasileiro. Por meio da consulta publica o processo de elaboração do documento é democrático e transparente para a sociedade. As consultas públicas estão divididas por assunto, os documentos são públicos e para contribuir com as mesmas, solicita-se o seu cadastro prévio, o que possibilita uma comunicação posterior, se necessário, visando esclarecimentos e ou retirada de dúvidas acerca de sua contribuição. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 4

5 3 Objetivos e produtos Podemos classificar os objetivos da Consulta Pública do SUS em geral e específicos, conforme descrito nos parágrafos seguintes. Neste capítulo, também serão mostrados os principais produtos do sistema. 3.1 Objetivo geral O objetivo do Sistema de Consulta Pública do SUS é discutir sobre diversos temas na área de saúde, permitindo que o usuário, participe e contribua na construção do Sistema da Saúde Brasileira, conseqüentemente o processo de elaboração do documento será democrático e transparente para a sociedade. 3.2 Objetivos específicos Possibilitar o acompanhamento sistemático das Consultas Públicas. Buscar eficiência, eficácia e transparência nas publicações das Consultas Públicas do Sistema Único de Saúde. Autonomia e facilidade do usuário para visualizar e imprimir documentos (Consultas Públicas) relacionados ao âmbito da Saúde. Pesquisar documentos sobre assuntos relacionados à competência do Ministério da Saúde. Colaborar com as Consultas Públicas através de críticas, sugestões e retificações dos documentos já postados na fase de andamento. Contribuir na construção do Sistema Brasileiro de Saúde. Publicação de consultas, tanto de setores especializados, quanto da sociedade em geral, sobre as políticas e instrumentos legais que irão orientar as diversas ações no campo da saúde no país. Possibilidade de uma ampla discussão sobre diversos temas na área de saúde. Facilitar o acesso às informações em saúde produzidas pelas diversas frentes de trabalho.. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 5

6 3.3 Principais Produtos Promover a publicação de documentos na ferramenta de Consulta Pública que perpassa todas as fases, de monitoramento, avaliação estruturada, até a divulgação dos documentos aperfeiçoados, devido às contribuições cedidas pelos usuários. Acompanhamento de atividades exclusivas do MS, em forma de Consulta Pública. Publicação de documentos da competência do Ministério da Saúde. Visualização e impressão de documentos na fase de Consultas em andamento e encerrada sem a necessidade de um cadastro prévio. 4 Contexto A ferramenta de Consulta Pública dos SUS - Sistema Único de Saúde - foi construída para facilitar o acesso às informações em saúde produzidas pelas diversas frentes de trabalho. Na barra de menu fixo estão todos os itens necessários para usabilidade da ferramenta. 5 Usuários e perfis Usuários não registrados (visitantes) poderão ter acesso ao sistema de Consulta Pública, ferramenta do Sistema Único de Saúde, entretanto o usuário, com este perfil, não terá permissão para fazer sua(s) respectiva(s) contribuição (ões) ao documento publicado. Para que o cadastro do usuário seja realizado é necessário que o mesmo entre no menu Cadastro e logo após preencha os dados solicitados no formulário (Nome Completo, , Senha, Instituição/Órgão, UF, DDD e telefone). Antes de inserir os respectivos dados no formulário, recomendamos que usuário leia as Observações, as Normas Gerais da Ferramenta de Consulta Pública do SUS e o Termo de Responsabilidade do Usuário. As mesmas são regras e restrições para que o usuário esteja ciente de seus direitos e deveres dentro da ferramenta de Consulta Pública. Cada usuário deve estar associado a um perfil, que irá determinar os itens de menu que poderão ser acessados pelo mesmo. O perfil do usuário logado será exibido no menu, ao lado do seu nome. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 6

7 Os perfis existentes no sistema são os seguintes: Administrador: usuário que tem acesso geral ao sistema. Pode acessar dados cadastrais, cadastrar e dar permissões aos usuários e administradores de área, alterar perfis dos usuários, incluir, avaliar, monitorar, excluir, alterar, imprimir, publicar e despublicar documentos em todas as fases (nãopublicada, andamento e encerrada), visualizar e emitir relatório de contribuições. Administrador de Área: usuário que tem acesso geral ao sistema, porém, somente o que está relacionado à sua área Ex: Fulano Beltrano é Administrador área da DAE / SAS, poderá visualizar somente, os documentos relacionados a esta área. Possui permissão para: incluir, avaliar, monitorar, excluir, alterar, imprimir, publicar e despublicar documentos em todas as fases (não-publicada, andamento e encerrada), visualizar e emitir relatório de contribuições, visualizar usuários do sistema, porém, não poderá mudar o perfil desses. Lembre-se só poderá ter acesso a essas tarefas somente o administrador de sua área especifica. Usuário: insere contribuições (comentários) visualizar e imprimir consulta.. Visitante: visualizar e imprimir consulta. 6 Acessando o sistema e senhas A ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde não precisa de instalação prévia, pois seu acesso se dá via internet pelo endereço 6.1 Visitante Primeiramente, antes de elucidarmos o procedimento para acessar o sistema, falaremos sobre quais as permissões que o visitante (usuário não logado) possui no sistema. A ferramenta de Consulta Pública não obriga o usuário a se cadastrar no sistema, porém o mesmo não terá acesso a algumas funcionalidades, a principal delas é a de contribuição (comentários de cada parágrafo publicado) aos documentos em fase de andamento. O visitante somente terá permissão de visualizar e imprimir os documentos na fase de andamento e os documentos já publicados. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 7

8 6.2 Logando no sistema Para logar no sistema, o usuário precisa clicar no menu Cadastro, preencher os campos (Nome Completo, , Senha, Instituição/Órgão, UF, DDD, Telefone) e, logo após, clicar no botão Entrar. É importante lembrar que uma vez efetuado o cadastro, você terá um prazo de 30 dias para realizar a sua primeira contribuição, caso esta não ocorra neste prazo, deverá efetuar o cadastro novamente. Observações: O número a ser inserido no campo Telefone não será o de uso pessoal do usuário, mas sim o da lotação ou unidade onde trabalha 6.3 Nova senha de acesso O usuário poderá gerar uma nova senha de acesso ao sistema caso tenha esquecido a atual, o mesmo enviará um para com seus dados cadastrais, Nome Completo e E- mail, semelhante aos respectivos dados que foram cadastrados. Uma senha padrão , será enviada para o informado, para que o usuário possa logar no sistema devendo alterá-la após o 1º passo após o primeiro acesso. 6.4 Alterando a senha Para trocar a senha de acesso, o usuário deve seguir os seguintes passos: a) No menu do sistema, clique na opção Dados Cadastrais. b) Digite a nova senha no campo senha do formulário. Após ter preenchido o campo acima, clique no botão Enviar para confirmar a alteração da senha, quando for alterada com sucesso exibirá a seguinte mensagem acima do formulário, Alteração realizada com sucesso. Observações: Os procedimentos citados acima somente serão válidos se o usuário já estiver logado no sistema. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 8

9 7 Menu Após digitar o endereço, no seu navegador, o usuário poderá visualizar, a figura abaixo ilustra a tela inicial do sistema. Figura 1 Tela inicial da ferramenta de consulta do SUS Nesta figura acima, podemos identificar um sucinto texto descrevendo sobre a definição e alguns objetivos do sistema. Existe um menu situado acima do título, Bem Vindo à ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único, onde será descrito as funcionalidades de seus itens. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 9

10 Inicial: é a tela descrita na figura acima. Informações: descreve as informações gerais sobre as ferramentas e algumas perguntas freqüentes que o usuário poderá fazer ao suporte. Escolha da Consulta: mostra as fases das consultas, dependo do perfil, são exibidas as três fases, não publicadas, em andamento e encerradas (Administrador e o Administrador de Área), já, para os perfis usuário e visitante só será possível visualizar a duas últimas fases (em andamento e encerradas). Cadastro: exibe um formulário para o preenchimento de um novo usuário. Contato: exibe endereços para o acesso ao sistema e um em caso de dúvidas. 8 Fluxo de Trabalho (Fases) O fluxo de trabalho da ferramenta de Consulta Pública do SUS divide-se atualmente em três fases: Consulta não publicada, Consulta em andamento e Consulta encerrada, logo abaixo serão descritas em detalhes. Na figura abaixo, pode-se observar as fases que fazem parte do fluxo de trabalho da ferramenta de Consulta Pública do SUS. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 10

11 Consultas Públicas Fluxo de Trabalho (Fases) 1ª Fase 2ª Fase 3ª Fase Consultas não Publicadas Consultas em andamento Consultas Encerradas Nesta fase, o administrador poderá cadastrar os títulos e parágrafos do documento. Também irá visualizar e verificar se os dados do documento a ser publicado estão preenchidos corretamente. Se isto ocorrer, o mesmo poderá ser direcionado para a fase de andamento. Esta fase é onde os usuários cadastrados poderão inserir suas contrições. Também poderão visualizar e imprimir os documentos que estejam nessa fase. Na fase que ocorre após o prazo de validade do documento, o mesmo passa a ser publicado e a consulta será encerrada sem mais a possibilidade de contribuir. Figura 2 Fluxo de Trabalho da ferramenta de Consulta Pública do SUS Cada uma das fases possui pré-requisitos para passar para a próxima fase. Por exemplo, para passar da fase não publicada para a fase em andamento alguns requisitos devem ser obrigatoriamente preenchidos, neste caso especifico para que essa mudança aconteça o campo descrito como Número do Diário Oficial da União é um dos requisitos para que aconteça essa mudança de fase, logo a baixo iremos detalhar essas fases. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 11

12 8.1 Estrutura do Sistema O programa está estruturado da seguinte forma: Fase de Consultas não publicadas: Esta fase somente é acessível para os administradores (Sistema e de Área). È a fase de inclusão de documento, onde o administrador do sistema vai verificar se os dados inseridos pelo o administrador de área estão corretos e se possui os mínimos requisitos para passar para próxima fase. Fase de Consultas em andamento: Nesta fase, é onde as contribuições são monitoradas e inseridas. Uma consulta estará em andamento se a data atual não estiver passado do prazo final definido pelo administrador do sistema. No período em que estiver em andamento, todos os usuários com cadastro ativo poderão incluir suas contribuições a respeito dos parágrafos publicados. Fase de Consultas encerradas: Nesta qualquer usuário logado ou não, poderá visualizar e imprimir os documentos, porém não poderá mais incluir contribuições no mesmo. 9 Trabalhando com as Fases O Sistema de Consulta Pública possui três fases: Não-Publicada, Andamento e Encerramento. A seguir serão descrita as informações e funcionalidades. A fase de Consulta Não Publicada não será descrita nesse manual, pois esta fase é de competência dos administradores. 9.1 Fase de Consulta em Andamento Essa fase se caracteriza pelas contribuições (comentários). È bom ressaltar que estas contribuições são criadas por parágrafos e não por títulos. Um exemplo disso é se o usuário Fulano de Tal incluiu um documento com um título Identidade da Saúde Brasileira com parágrafos Criança o alvo da Saúde e outro parágrafo Terceira idade cuidando da Saúde o usuário não poderá contribuir com o titulo e sim com o(s) parágrafo(s) descrito como Criança o alvo da Saúde e/ou Terceira idade cuidando da Saúde referente a este exemplo. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 12

13 Figura 3 Tela de consulta em andamentos. Na figura acima, a letra (A) corresponde ao número total de contribuições (comentários) e novas contribuições, esta localizada ao lado direito, dentro do retângulo vermelho e aquela ao lado esquerdo. A letra (B) corresponde ao ícone para inserir uma contribuição e a letra (C) corresponde ao ícone para impressão da contribuição. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 13

14 Figura 4 Tela de inserir contribuição Serão descritas abaixo as funcionalidades representadas pelas letras em destaque: Letra A : ao clicar no botão corresponde a esta letra, o usuário será direcionado para a próxima página, corresponde à próxima figura. Letra B : correspondem as novas contribuições. Letra C : esse campo tem como objetivo, identificar se o usuário que está realizando a contribuição deseja ou não que seu nome seja visualizado pelos demais usuários do sistema. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 14

15 Figura 5 Tela de Inserção de contribuição. Abaixo, serão descritas as funcionalidades representadas pelas letras em destaque: Letra A : este campo destina-se a descrição do comentário. Letra B : este campo destina-se a justificativa do comentário, isto é, qual o motivo para a inclusão da contribuição. Letra C : esse campo tem como objetivo, o usuário escolher, se deseja ou não que seu nome seja visualizado para outros usuários visualizarem em contribuições realizadas. Letra D : mostra o conteúdo da contribuição já realizada Letra F : mostra o conteúdo da justificativa da contribuição já concluída. Letra G : nesse campo, representado pelo o ícone ( ), tem o objetivo de editar a contribuição já realizada, porém as mesmas, só poderão ser visualizadas e editadas somente pelo o autor da contribuição. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 15

16 9.2 Fase de Consulta Encerrada Essa fase é caracterizada pela publicação com todas as contribuições relevantes, pronta para a visualização e a impressão do documento, não existindo restrições, relacionado ao acesso, para esses dois últimos procedimentos, (visualização e impressão). Figura 6 Tela da fase de Consultas Encerradas. Perfil: Administrador e Administrador de Área. Como visto na figura 11, o usuário somente possui a opção de impressão do documento com todos os comentários relevantes incluídos. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 16

17 10 FAQ s 1. Como efetuar o cadastro? Para contribuir em um documento em consulta pública solicitamos efetuar o cadastro, preenchendo as informações solicitadas. Este cadastramento visa esclarecimentos e ou retirada de dúvidas, quando necessário, acerca da sua colaboração. No menu, clique na opção Cadastro e preencha as informações exigidas. 2. O que muda quando entro no sistema? Em Usuários estão listados, por ordem alfabética de nome, todos os usuários que se cadastraram e contribuíram na ferramenta de consulta pública. Clique na letra desejada e encontrará o nome, , detalhes e quantidade de contribuições de cada usuário por consulta publicada. Se clicar em detalhes encontrará os dados de contato destes usuários. 3. Como contribuir em uma consulta? Se você já efetuou o cadastro basta clicar em Escolha da consulta e escolher a consulta que deseja contribuir. Depois aparecerá uma tela de acesso à ferramenta onde se preenche os dados de e senha para entrar no sistema e contribuir nas consultas em andamento. Na tela de contribuição aparecerá o espaço para incluir uma nova contribuição e também a contribuição dos outros usuários neste parágrafo. Ao contribuir você tem a opção de se identificar ou não, isso quer dizer que seu nome aparecerá logo abaixo da sua contribuição. A identificação é opcional por cada contribuição e mesmo depois de efetuada pode ser alterada a qualquer momento. 4. Como disponibilizar um texto em consulta pública? IMPORTANTE: A colocação do documento na ferramenta de consulta pública exige que o mesmo seja previamente publicado no Diário Oficial da União, em cumprimento do inciso II do art. 34 do Decreto de 28 de março de a) Ter ou solicitar um institucional para uso de administração do trabalho na ferramenta de consulta publica. b) Dispor de profissionais que treinados, incluam os documentos e administrem a área de trabalho. c) Organizar de forma objetiva a documentação a ser incluída na consulta pública, pois a visualização das informações é essencial para que as pessoas contribuam sem se perderem nos assunto. A responsabilidade das informações do documento em consulta publica são da área que administra o trabalho. Manual do Usuário Consulta Pública Ferramenta de Consulta Pública do Sistema Único de Saúde 17

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Versão 1.0 18/01/2013 Sempre consulte por atualizações deste manual em nossa página. O Cotação Web está em constante desenvolvimento, podendo ter novas funcionalidades adicionadas

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Consignado 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Consignado ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3

Leia mais

Sistema de Chamados Protega

Sistema de Chamados Protega SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZANDO ACESSO AO SISTEMA DE CHAMADOS... 4 2.1 DETALHES DA PÁGINA INICIAL... 5 3. ABERTURA DE CHAMADO... 6 3.1 DESTACANDO CAMPOS DO FORMULÁRIO... 6 3.2 CAMPOS OBRIGATÓRIOS:...

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio Fundap Fundação do Desenvolvimento Administrativo Programa de Estágio Programa de Estágio Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio Plano de Estágio Julho de 2008 SABE - Sistema

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA A UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ORDEM DE SERVIÇO (SOSI) STI Unesp - Campus Experimental de Ourinhos

PROCEDIMENTOS PARA A UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ORDEM DE SERVIÇO (SOSI) STI Unesp - Campus Experimental de Ourinhos PROCEDIMENTOS PARA A UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ORDEM DE SERVIÇO (SOSI) STI Unesp - Campus Experimental de Ourinhos 1 SISTEMA DE ORDEM DE SERVIÇO DE INFORMÁTICA Este documento tem o objeto

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Tutorial para cadastro de serviço

Tutorial para cadastro de serviço Tutorial para cadastro de serviço Sumário Introdução...1 Acessar o sistema de edição...2 Criar um serviço...2 Editar serviço já existente...4 Enviar rascunho para revisão...4 Sugerir melhoria...5 Moderar...5

Leia mais

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1

Manual do Usuário Central de Agendamento. Versão 1.1 Manual do Usuário Central de Agendamento Versão 1.1 Maio, 2014 Central de Agendamento Manual de utilização Tribunal de Justiça do Estado da Bahia Setor: Coordenação de Sistemas - COSIS Histórico de Revisões

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line

Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line Tutorial do Sistema de Requerimentos On-line Atenção: Os requerimentos de segunda oportunidade, matrícula em disciplina, rematrícula, matrícula em dependência e trabalhos orientados só poderão ser abertos

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários

Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Secretaria De Estado de Fazenda Superintendência de Gestão da Informação Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários Unidade Gestora de Integração de Sistemas Tributários DECLARAÇÃO DE COMPRA

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

MANUAL PORTAL ACADÊMICO

MANUAL PORTAL ACADÊMICO MANUAL PORTAL ACADÊMICO Sumário Sumário... 2 1. Apresentação... 3 2. Navegação no site da Escola do Legislativo... 4 3. Ministrante... 6 3.1.Cadastro de ministrante... 6 3.2. Preencher os campos... 7 3.3

Leia mais

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE GOIÁS GERÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE GOIÁS GERÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DE GOIÁS GERÊNCIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Antes de começar a utilizar o sistema, recomenda-se uma leitura atenta deste manual para conhecer todas as suas funcionalidades.

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO]

[SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Câmara de Dirigentes Lojistas [SISTEMA DE SEGUROS MANUAL DO USUÁRIO] Sumário 1. Controle de versão... 3 2. Objetivo... 4 3. Premissas... 4 4. Acesso ao Sistema de Seguros... 4 5. Página principal do sistema...

Leia mais

INTEGRAÇÃO SISREG - CADSUS WEB DOCUMENTO ORIENTADOR

INTEGRAÇÃO SISREG - CADSUS WEB DOCUMENTO ORIENTADOR INTEGRAÇÃO SISREG - CADSUS WEB DOCUMENTO ORIENTADOR SUMÁRIO 1 - IDENTIFICANDO O PACIENTE... 3 2 - PESQUISANDO PACIENTE NO CADSUSWEB... 5 3 ALTERANDO DADOS OU CADASTRANDO UM NOVO USUÁRIO... 7 O objetivo

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO. 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO. 08 5 PROTOCOLO PENDENTE. 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO.

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO. 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO. 08 5 PROTOCOLO PENDENTE. 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO... 05 3 ABERTURA DE PROTOCOLO... 06 4 CONSULTA DE PROTOCOLO... 08 5 PROTOCOLO PENDENTE... 10 6 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO... 11 7 ANDAMENTO DE PROTOCOLO... 12 8 RELATÓRIOS,

Leia mais

Manual do sistema SMARsa WEB

Manual do sistema SMARsa WEB Manual do sistema SMARsa WEB Módulo Solicitação/Ouvidoria SMARsa WEB Solicitação/Ouvidoria Versão 2.7 1 Sumário INTRODUÇÃO...4 OBJETIVOS...4 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo solicitação/ouvidoria...5

Leia mais

Manual do sistema SMARsa Web

Manual do sistema SMARsa Web Manual do sistema SMARsa Web Módulo Gestão de atividades RS/OS Requisição de serviço/ordem de serviço 1 Sumário INTRODUÇÃO...3 OBJETIVO...3 Bem-vindo ao sistema SMARsa WEB: Módulo gestão de atividades...4

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

Manual de utilização Sistema de Gestão de Serviço de Segurança e Saúde do Trabalho SESI/DR/AC

Manual de utilização Sistema de Gestão de Serviço de Segurança e Saúde do Trabalho SESI/DR/AC Justificativa: Tendo em vista o SESI/DR/AC fortalecer a implantação do Modelo SESI em SST (Segurança e Saúde do Trabalho) através do Sistema Informatizado Sistema S4, cria esse Manual para auxiliar as

Leia mais

CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES

CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES CRIANDO O SEU CURRÍCULO LATTES Aprenda a cadastrar e construir seu currículo Lattes Abra o navegador de internet Mozilla Firefox. Para isso, clique no Menu Iniciar/Programas/Mozilla Firefox e clique no

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

e- SIC Manual do SIC

e- SIC Manual do SIC e- SIC Manual do SIC Sumário Introdução.. 3 O e-sic.. 4 Primeiro acesso.. 5 Perfis de usuário.. 6 Cadastro de usuário no e-sic.. 7 Alteração de dados de usuários.. 9 Atualização de dados do SIC.. 11 Registro

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

1.1 Objetivo 1 1.2 Características 1

1.1 Objetivo 1 1.2 Características 1 Introdução 1. INTRODUÇÃO 1 1.1 Objetivo 1 1.2 Características 1 2. AUTORIZAÇÃO DE ACESSO A SISTEMA 2 2.1 Endereço WEB do SCPA Módulo Sistema 2 2.2 Pré-requisitos para acesso: 2 2.3 Tela inicial: 3 2.4

Leia mais

SISCOF - Manual do Usuário

SISCOF - Manual do Usuário SISCOF - Manual do Usuário SERPRO / SUPDE / DECTA / DE901 SISTEMA DE CONTROLE DE FREQUÊNCIA Versão 1.2 Sumário SISCOF Sistema de Controle de Frequência 1. Login e Senha... 2 1.1 Como Efetuar Login No Sistema...

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11

ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 MANUAL DE USO DO SISTEMA GOVERNO DIGITAL ÍNDICE ANALÍTICO: 1.0. CADASTRO DE CONTABILISTAS... 4 1.1. Primeiro Acesso... 4 1.2. Visão Geral... 11 2.0. SOLICITAÇÕES DE AIDF E AUTORIZAÇÃO DE EMISSÃO DE NOTA

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

Manual Telemetria - RPM

Manual Telemetria - RPM Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria RPM... 4 Pré-requisitos necessários para utilizar o menu Telemetria RPM... 5 Faixas RPM... 11 Configura Faixa do Veículo... 15 Acumulado

Leia mais

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS

CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA CONTRA CONTROLE DE ACESSOS E MODULARIZADOR DE SISTEMAS MANUAL

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Acessos: TUTORIAL Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Via site do CRCMG: http://www.crcmg.org.br Link direto: http://cadastro.crcmg.org.br/curso_presencial ACESSO AO SISTEMA No primeiro

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: SETEMBRO/2010 SUMÁRIO Introdução...

Leia mais

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Projeto SIGA-EPT Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão setembro/2010 Requisição de Almoxarifado Introdução Requisição é uma solicitação feita

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA DE CADASTRO INTRANET I Sumário 1. Objetivo do Documento... 1 2. Início... 1 3. Cadastro de Pessoa Física... 3 3.1. Preenchimentos Obrigatórios.... 4 3.2. Acesso aos Campos

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

Sumário 1. PORTAL DE ACESSO ALUNO... 2 1.1 Associe-se... 2 1.1.1 Cadastro:... 2 1.2 Login / Minha área... 3 1.2.1 Alterar dados cadastrais... 4 1.2.

Sumário 1. PORTAL DE ACESSO ALUNO... 2 1.1 Associe-se... 2 1.1.1 Cadastro:... 2 1.2 Login / Minha área... 3 1.2.1 Alterar dados cadastrais... 4 1.2. Sumário 1. PORTAL DE ACESSO ALUNO... 2 1.1 Associe-se... 2 1.1.1 Cadastro:... 2 1.2 Login / Minha área... 3 1.2.1 Alterar dados cadastrais... 4 1.2.2 Meus endereços... 6 1.2.3 Downloads de materiais...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE MANUAL DO USUÁRIO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE Introdução: Esporte é saúde. As pessoas que praticam esporte vivem melhor e mais. Esporte previne e combate doenças do corpo e da mente, torna as pessoas

Leia mais

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões

Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI. Secretaria Nacional de Missões Sistema de Gerenciamento Missionário SENAMI Secretaria Nacional de Missões Manual do Usuário Apresentamos a seguir um guia básico contendo informações gerais para utilização do Sistema de Gerenciamento

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO RM Agilis Manual do Usuário Ouvidoria, Correspondência Interna, Controle de Processos, Protocolo Eletrônico, Solicitação de Manutenção Interna, Solicitação de Obras em Lojas,

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

Tribunal Regional Federal da 1 a Região

Tribunal Regional Federal da 1 a Região Tribunal Regional Federal da 1 a Região Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais e-proc Manual do Usuário 1 1. Disposições Provisórias O Sistema de Transmissão Eletrônica de Atos Processuais

Leia mais

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES

DIRETRIZES DE USO DA MATRIZ DE SISTEMATIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento Turístico Coordenação Geral de Regionalização PROGRAMA DE REGIONALIZAÇÃO DO TURISMO Roteiros do Brasil

Leia mais

Manual para Envio de Petição Inicial

Manual para Envio de Petição Inicial Manual para Envio de Petição Inicial 1. Após abrir a página do PROJUDI, digite seu usuário e senha 1.1. Para advogados o usuário é o cpf.adv (ex: 12345678900.adv) 1.2. Após digitar os dados (login e senha),

Leia mais

MÓDULO EXTERNO SISTEMA DE EMISSÃO DE LICENÇAS - CITES IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVAVÉIS

MÓDULO EXTERNO SISTEMA DE EMISSÃO DE LICENÇAS - CITES IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVAVÉIS MANUAL DO USUÁRIO MÓDULO EXTERNO SISTEMA DE EMISSÃO DE LICENÇAS - CITES IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVAVÉIS Elaborado por Soraya Silva Revisado por Naiana Lima

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs

GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET. [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs GUIA PASSO A PASSO PARA REALIZAR A VOTAÇÃO VIA INTERNET [SISTEMA DE VOTAÇÃO ON-LINE CFC/CRCs] Sistema para eleições dos CRCs Sumário PROCEDIMENTOS PARA EFETUAR O PROCESSO DE VOTAÇÃO... 3 1. TROCA DE SENHA

Leia mais

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha...

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha... Sumário Objetivo... 3 Primeiro acesso (Cadastro de senha)... 4 Recuperação de senha... 5 Acessando a Área Restrita... 7 Sessão... 8 Painel do Participante... 8 Menu... 8 Atualizações... 9 Navegação e usabilidade...

Leia mais

MANUAL DE USUÁRIO - PRESTADORES

MANUAL DE USUÁRIO - PRESTADORES MANUAL DE USUÁRIO - PRESTADORES ÍNDICE Conteúdo ACESSO AO SISTEMA WEB... 2 AUTORIZAÇÃO PARA CONSULTA MÉDICA... 5 AUTORIZAÇÃO PARA EXAMES E PROCEDIMENTOS... 10 PROCEDIMENTOS COM TAXAS, MATERIAIS OU MEDICAMENTOS...

Leia mais

Sumário. Manual Multi Portal

Sumário. Manual Multi Portal Sumário Apresentação...2 Home...2 Definição do Idioma...3 Cadastros gerais...3 Empresas...4 Pessoas...9 Dispositivos...15 Veículos...18 Login...22 Criação de Usuário...22 Tipos de usuário...24 Busca por

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS

PAINEL GERENCIADOR DE E-MAILS Este manual foi criado com o objetivo de facilitar o gerenciamento de suas contas de e-mail. Com ele, o administrador poderá criar e excluir e-mails, alterar senha, configurar redirecionamento de contas,

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS Área de Operações Indiretas - AOI SUMÁRIO 1 ENTRADA NO SISTEMA... 1 2 UTILIZAÇÃO DO AUTOSERVIÇO DE TROCA DE SENHAS... 7 3 MODALIDADES

Leia mais

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Instituto Ambiental do Paraná. Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Instituto Ambiental do Paraná. Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos Instituto Ambiental do Paraná SGA Sistema de Gestão Ambiental Manual do Usuário Funções do Módulo Requerimento de Mudas Nativas Outubro 2014 Equipe: CELEPAR

Leia mais

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço

Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço VALPARAÍSO DE GOIÁS quarta-feira, 28 de outubro de 2014 Manual NFSe - Prestadores e Tomadores de Serviço ÍNDICE Legislação Cadastrando A Senha Eletrônica Acessando O Sistema De Nfs- E Pela Primeira Vez

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br

SISTEMA DE GESTÃO DE CREDENCIADOS - SGC MANUAL DO CANDIDATO CREDENCIADOS. 0800 570 0800 / www.sebrae.com.br SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC MANUAL DO CANDIDATO SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC PESSOA JURÍDICA SISTEMA DE GESTÃO DE - SGC Identificação do Edital Para fazer a inscrição, o candidato (Representante Legada da

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento

Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Sistema de Controle de Solicitação de Desenvolvimento Introdução O presente documento descreverá de forma objetiva as principais operações para abertura e consulta de uma solicitação ao Setor de Desenvolvimento

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014

MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 MANUAL DE INSTRUÇÕES SISTEMA OPERACIONAL MÉTODO QUANTUM 2014 ÍNDICE Apresentação Principais Botões Login Usúario Resultado Método Quantum Preencher Método Quantum Extrato On-Line Engenharia de Função Grupos

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

SCP - Sistema de Controle de Processo

SCP - Sistema de Controle de Processo SCP - Sistema de Controle de Processo Módulo PTS Versão do produto: 1.0 Edição do documento: Julho de 2010 Série A. Normas e Manuais Técnicos MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria Executiva Departamento de Informática

Leia mais

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail:

1 Cadastre-se Mozilla Firefox. AQUI Esqueci a senha Login Senha. Esqueci a senha E-mail Login Enviar Solicitação OBS: Nome: Login: E-mail: 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento, siga o passo a passo abaixo. Se esse é o seu primeiro cadastro, clique em Cadastre-se. O sistema só irá funcionar perfeitamente se for acessado pelo

Leia mais

MANUAL DE SISTEMA. SisFies FIES Pós-graduação. Página1. Manual de Adesão

MANUAL DE SISTEMA. SisFies FIES Pós-graduação. Página1. Manual de Adesão SisFies FIES Pós-graduação Manual de Adesão Página1 Sumário 1 Configurações recomendadas... 3 2 Objetivos... 3 3 Acesso ao sistema... 4 3.1. Acessar com certificado digital 5 3.2. Acessar com CPF/CNPJ

Leia mais

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade Versão 01 Ficha de Oportunidade HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 24/11/2011 01 Desenvolvimento do manual do usuário baseado nas informações do sistema junto com apoio dos técnicos de implantação.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1

MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento. Toledo PR. Versão 2.0 - Atualização 26/01/2009 Depto de TI - FASUL Página 1 MANUAL DO USUÁRIO SORE Sistema Online de Reservas de Equipamento Toledo PR Página 1 INDICE 1. O QUE É O SORE...3 2. COMO ACESSAR O SORE... 4 2.1. Obtendo um Usuário e Senha... 4 2.2. Acessando o SORE pelo

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS

PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS PROGRAMAS E PROJETOS SOCIAIS Click Intranet https://intranet.unifesp.br/ Você deve acessar a Intranet com seu login (Nome escolhido para entrar no sistema) Coloque sua senha Caso você não seja cadastrado

Leia mais

MÓDULO SITUAÇÃO DO ALUNO

MÓDULO SITUAÇÃO DO ALUNO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE INFORMAÇÕES E TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMAÇÕES EDUCACIONAIS DIRETORIA DE INFORMAÇÕES EDUCACIONAIS INSTRUÇÕES DE

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico - Tópicos ACESSANDO O AMBIENTE VIRTUAL (AVA) MATERIAL DE APOIO FÓRUM

Leia mais

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação.

Será exibido um painel de opções com 3 possibilidades: Cadastrar Cliente, Listagem de Cliente e Gerar Chave de Instalação. ATIVAÇÃO DA LICENÇA A partir do momento em que a revenda torna-se parceira comercial do produto ela pode efetuar compras de licenças no site e ativar essas licenças em seus usuários. O UNICO até pode ser

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0

MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS. Versão 1.0 MANUAL PARA INSCRIÇÃO online EM EDITAIS Versão 1.0 1 >> 1º Passo: Para acessar o SalicWeb Para inscrever a sua iniciativa cultural nos editais do Ministério da Cultura acesse o Sistema SalicWeb no endereço

Leia mais

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania

Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Manual de Publicaça o no Blog da Aça o TRIBOS nas Trilhas da Cidadania Sumário Objetivos do Blog... 2 Log-in... 3 Esqueci minha senha... 4 Utilizando o Blog... 5 Encontrando seu Blog... 5 Conhecendo o

Leia mais

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO - Windows MANUAL DO USUÁRIO DPSISTEMAS www.dpsistemas.com.br 1. Registrando o programa... 3 2. Entrando no programa Login... 5 3. Tela Principal do Sistema... 6 4. Utilizando os botões de navegação...

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

Clique no botão para iniciar o treinamento TAREFAS CONTRAT OS RELACIO NAMENT CONFIGURAÇÕES. A ideia é usar os próprios ícones do CGW.

Clique no botão para iniciar o treinamento TAREFAS CONTRAT OS RELACIO NAMENT CONFIGURAÇÕES. A ideia é usar os próprios ícones do CGW. Script CGW Módulo Tarefas Parte I Menu: Clique no botão para iniciar o treinamento ÁREA DE TRABALHO GERAL TAREFAS CONTRAT OS PORTAL DE RELACIO NAMENT FATURAM ENTO FINANCEI RO RELACIO NAMENT O CONFIGU RAÇÕES

Leia mais

Secretaria da Fazenda

Secretaria da Fazenda Secretaria da Fazenda Coordenação da Administração Financeira Centro de Apoio ao Usuário SIAFEM.NET Versão Mai/2013 Folha de Pagamento Manual de Utilização Página 1 de 20 Manual de utilização do sistema

Leia mais

Apresentação...2. 1. Como acessar o sistema...3

Apresentação...2. 1. Como acessar o sistema...3 Índice: Apresentação...2 1. Como acessar o sistema...3 1.1. Já estando cadastrado... 3 1.2. Não estando cadastrado... 4 1.2.1 Como cadastrar um Consultor... 4 1.2.2 Salvando o cadastro... 8 1.2.3 Inserindo

Leia mais