Saúde Pública como Área de Residência em Medicina Veterinária

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Saúde Pública como Área de Residência em Medicina Veterinária"

Transcrição

1 Saúde Pública como Área de Residência em Medicina Veterinária Prof. Ass. Dr. José Paes de Almeida Nogueira Pinto Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia UNESP, campus de Botucatu

2 Ideias O Veterinário está habituado a proteger a população contra enfermidades coletivas. A formação veterinária está em harmonia com o conceito de saúde pública. Abordagem de todos os fatores que determinam a saúde coletiva. Não se limita às necessidades do indivíduo.

3 Quantos tetos têm uma cabra?

4

5 Resíduos praguicidas na gordura do leite

6 Adição de hormônios em ração para frangos

7 A descoberta da tomografia computadorizada

8 Efetivo dos rebanhos brasileiros (cabeças) 2008 (IBGE) AVES SUÍNOS BOVINOS CAPRINOS OVINOS

9 Produção de carne e leite Brasil 2009 (IBGE) Carne bovina Carne de frango Carne suína Produção de leite 8,935 milhões de toneladas 11,021 milhões de toneladas 3,1 milhões de toneladas 27,6 bilhões de litros

10 FoodNet (USA) - Incidência dos diferentes agentes etiológicos de infecções diagnosticadas no período de Patógeno Campylobacter 12,6 12,9 12,72 12,71 12,79 L. monocytogenes 3,3 2,7 0,3 0,31 0,27 Salmonella 14,5 14,7 14,55 14,81 14,92 Shigella 7,3 5,1 4,67 6,09 6,26 STEC O157 1,1 0,9 1,06 1,31 1,2 Vibrio 3,0 2,8 0,27 0,34 0,24 Yersinia 4,0 3,9 0,36 0,36 0,36 Cryptosporidium 10,9 13,2 12,95 1,91 2,67 Cyclospora 0,3 0,3 0,15 0,09 0,03 10

11 Surto de DTA por Agente Etiológico, Brasil, Nº Surtos de DTA Ignorado Salmonella spp Staphylococcus aureus Hepatite A Escherichia coli Bacillus cereus Salmonella Enteritidis Clostridium perfringens Rotavirus Shigella sonnei Shigella spp Salmonella Typhi Clostridium botulinum Shigella flexneri Vibrio cholerae O1 El Tor Salmonella Paratyphi Giardia Aeromonas hidrophila Cryptosporidium sp Klebsiela Psedomonas sp Enterotoxinas Agente Etiológico Secretaria de Vigilância em Saúde SVS / Ministério da Saúde MS Centers for Disease Control and Prevention (CDC), Atlanta, USA 11

12 Surtos por agentes mais freqüentes - Brasil * Agente etiológico Nº surtos % Salmonella spp ,2 Staphylococcus sp ,2 Bacillus cereus 193 6,8 Clostridium perfringens 130 4,6 Salmonella Enteritidis 115 4,1 Shigella sp. 82 2,9 Outros ,3 Total ,0 *Fonte: COVEH/CGDT/DEVEP/SVS/MS 12

13 Surtos por agentes menos freqüentes - Brasil * Agente etiológico Nº surtos % Clostridium botulinum 16 0,6 Salmonella Typhi 14 0,5 Cryptosporidium sp. 12 0,4 Norovirus 9 0,3 Vibrio cholerae O1 6 0,2 Toxoplasma gondii 4 0,1 Campylobacter. 4 0,1 Trypanossoma cruzii 1 0,03 Total ,0 13 *Fonte: COVEH/CGDT/DEVEP/SVS/MS

14 Alimentos mais freqüentes envolvidos* Alimentos Nº surtos % Com ovos crus e mal cozidos ,6 Mistos ,2 Carnes vermelhas ,6 Sobremesas ,9 Água 333 8,6 Leite e derivados 276 7,1 Outros ,9 Total ,0 *Fonte: COVEH/CGDT/DEVEP/SVS/MS 14

15 Aves Salmonella Enteritidis 15

16 Sorovares de Salmonella de origem humana, isolados em São Paulo durante o período de Sorotipo Nº 1 - S. Typhimurium S. Agona S. Typhi S. Infantis S. Enteritidis 115 Fonte: TAUNAY et. al, Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, v.38, p ,

17 Sorovares de Salmonella de origem humana, isolados em São Paulo durante o período de Sorovar Total S. Enteritidis S. Typhimurium S. Agona S. Infantis Fonte: TAVECHIO et. al, Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, v.38, p ,

18 18

19 Salmonella Javiana 19

20 Surto de Salmonelose: USA, 1985 Alimento implicado: N de casos N de óbitos Leite Pasteurizado

21 Surto de E.coli O157:H7: República de Camarões, 1998 Alimento implicado: N de casos N de óbitos Carne defumada

22 Surto de listeriose: Canadá, 1981 Alimento implicado: N de casos N de óbitos Repolho cru 41 (7 adultos e 34 gestantes) 2 adultos e 16 fetos

23 23

24 From Farm to Table 24

25 Projeção do crescimento da proporção da população idosa (IBGE, 2008)

26

27 Formação do Médico Veterinário Residente em Saúde Pública (1) Que tenha sólidos s conhecimentos de microbiologia e parasitologia Que tenha sólidos s conhecimentos de epidemiologia (estatística) stica) Que tenha sólidos s conhecimentos de doenças infecciosas, especialmente as de caráter zoonótico Que tenha uma boa prática laboratorial (técnicas moleculares) microbiologia clínica e de alimentos 27

28 Formação do Médico Veterinário Residente em Saúde Pública (2) Que tenha capacidade de investigar surtos de doenças infecciosas, inclusive os de origem alimentar Que tenha capacidade de elaborar programas de controle de patógenos, especialmente na produçã ção primária ria 28

29 PERIGOS Prions H1N1 29

30 OBRIGADO!!! 30

Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmitidas por Alimentos VE-DTA

Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmitidas por Alimentos VE-DTA MINISTÉRIO DA SAÚDE - MS SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE SVS DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA - DEVIT COORDENAÇÃO GERAL DE DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS - CGDT Vigilância Epidemiológica das Doenças

Leia mais

DOENÇAS MICROBIANAS DE ORIGEM ALIMENTAR. Palavras chaves: alimento, infecção alimentar, intoxicação alimentar, bactérias, manipuladores.

DOENÇAS MICROBIANAS DE ORIGEM ALIMENTAR. Palavras chaves: alimento, infecção alimentar, intoxicação alimentar, bactérias, manipuladores. 1 DOENÇAS MICROBIANAS DE ORIGEM ALIMENTAR Ana Flávia Machado Teixeira Resumo As doenças microbianas de origem alimentar são transmitidas por ingestão de alimentos e água contaminados por microrganismos

Leia mais

SEGURANÇA ALIMENTAR E DTAS. Ana Paula Haas. Nutricionista - CRN2 8431

SEGURANÇA ALIMENTAR E DTAS. Ana Paula Haas. Nutricionista - CRN2 8431 SEGURANÇA ALIMENTAR E DTAS Ana Paula Haas Nutricionista - CRN2 8431 Segurança Alimentar Objetivos: Garantir acesso ao alimento em quantidade e qualidade adequadas, de forma permanente; Aproveitar ao máximo

Leia mais

Flora microbiana natural dos alimentos

Flora microbiana natural dos alimentos 1 Flora microbiana natural dos alimentos 2 Produtos cárneos crus e prontos a comer carcaças contêm diversos tipos de m.o., sobretudo bactérias bactérias patogénicas entéricas presentes, em pequeno número

Leia mais

INTEGRANDO SEGURANÇA DO ALIMENTO E VIGILÂNCIA EM SAÚDE ANIMAL

INTEGRANDO SEGURANÇA DO ALIMENTO E VIGILÂNCIA EM SAÚDE ANIMAL INTEGRANDO SEGURANÇA DO ALIMENTO E VIGILÂNCIA EM SAÚDE ANIMAL Claudia Valéria Gonçalves Cordeiro de Sá Fiscal Federal Agropecuário, Médica Veterinária, D.Sc. Cuiabá, 22 de outubro de 2015 Sumário 1.Introdução

Leia mais

Outbreak Alert! Tendências dos surtos de doenças transmitidas por alimentos nos Estados Unidos (1990 2005)

Outbreak Alert! Tendências dos surtos de doenças transmitidas por alimentos nos Estados Unidos (1990 2005) 5ª. REUNIÃO DA COMISSÃO PAN-AMERICANA DE INOCUIDADE DOS ALIMENTOS (COPAIA) Rio de Janeiro, Brasil, 10 de junho de 2008 Item 5 da ordem do dia provisória COPAIA5/5 (Port.) 06 Junho de 2008 ORIGINAL: INGLÊS

Leia mais

Critérios rios Diagnósticos e Indicadores Infecção do Trato Urinário ITU Infecção Gastrointestinal IGI. Hospitais de Longa Permanência.

Critérios rios Diagnósticos e Indicadores Infecção do Trato Urinário ITU Infecção Gastrointestinal IGI. Hospitais de Longa Permanência. Critérios rios Diagnósticos e Indicadores Infecção do Trato Urinário ITU Infecção Gastrointestinal IGI Hospitais de Longa Permanência ncia 2011 Premissas 1.Todos os sintomas devem ser novos ou com piora

Leia mais

Espectro da Vigilância de Doenças Provenientes de Alimentos

Espectro da Vigilância de Doenças Provenientes de Alimentos Espectro da Vigilância de Doenças Provenientes de Alimentos Romulo Colindres, MD, MPH GSS Nível 1 Rio de Janeiro, Setembro 2005 Objetivos Revisar pontos básicos da vigilância Definição Passos Propósito

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DAS DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS

ASPECTOS GERAIS DAS DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS ASPECTOS GERAIS DAS DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS Aspectos epidemiológicos O perfil epidemiológico das doenças transmitidas por alimentos no Brasil ainda é pouco conhecido. Somente alguns estados

Leia mais

SANIDADE EM MALACOCULTURA. Métodos de Depuração

SANIDADE EM MALACOCULTURA. Métodos de Depuração SANIDADE EM MALACOCULTURA Métodos de Depuração Essencial para Sustentação da vida e Meio ambiente Papel importante no desenvolvimento econômico e social do país. Principal fator limitante Fatores que afetam

Leia mais

Monitoramento da resistência antimicrobiana em enteropatógenos

Monitoramento da resistência antimicrobiana em enteropatógenos Monitoramento da resistência antimicrobiana em enteropatógenos Dalia dos Prazeres Rodrigues Lab. Ref. Nacional de Enteroinfecções Bacterianas Laboratório de Enterobacterias e-mail: dalia@ioc.fiocruz.br

Leia mais

OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTAs) NO ESTADO DO PARANÁ BRASIL, NO PERÍODO DE 1978 A 2000

OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTAs) NO ESTADO DO PARANÁ BRASIL, NO PERÍODO DE 1978 A 2000 LEVANTAMENTO Levantamento de DE dados DADOS epidemiológicos EPIDEMIOLÓGICOS relativos à ocorrências/surtos... RELATIVOS À OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS (DTAs) NO ESTADO DO PARANÁ

Leia mais

REV NET - DTA ESTUDOS RELATÓRIO COMENTÁRIOS. Uma Revista Eletrônica de Epidemiologia das Doenças Transmitidas por Alimentos

REV NET - DTA ESTUDOS RELATÓRIO COMENTÁRIOS. Uma Revista Eletrônica de Epidemiologia das Doenças Transmitidas por Alimentos REV NET - DTA Online REV NET - DTA REVISTA NET - DTA DIVISÃO DE DOENÇAS DE TRANSMISSÃO HÍDRICA E ALIMENTAR Uma Revista Eletrônica de Epidemiologia das Doenças Transmitidas por Alimentos Vol. 2, No. 1,

Leia mais

Doenças de Transmissão Alimentar

Doenças de Transmissão Alimentar Doenças de Transmissão Alimentar Norma S. Lázaro nslazaro@ioc.fiocruz.br LABENT/IOC/FIOCRUZ- RJ Perigos microbiológicos aos alimentos fungos, vírus, v bactérias, parasitas Importância dos microrganismos

Leia mais

Sanidade animal e seus impactos na inocuidade dos alimentos

Sanidade animal e seus impactos na inocuidade dos alimentos Sanidade animal e seus impactos na inocuidade dos alimentos Prof. Luís Augusto Nero Departamento de Veterinária, Universidade Federal de Viçosa Tópicos Brasil: produtor e exportador Cadeias de produção

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Folha:

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Folha: 1 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO Número: Revisão: Folha: POP 09/10/2014 1/10 039/2014 Elaboração: 28/04/2014 Próxima revalidação: --------------- Título: INVESTIGAÇÃO DE SURTO POR DOENÇAS DIARREICAS AGUDAS

Leia mais

ALERTAS A SAÚDE EM ÉPOCA DE COPA DO MUNDO HEALTH ALERTS IN THE WORLD CUP SEASON

ALERTAS A SAÚDE EM ÉPOCA DE COPA DO MUNDO HEALTH ALERTS IN THE WORLD CUP SEASON ALERTAS A SAÚDE EM ÉPOCA DE COPA DO MUNDO HEALTH ALERTS IN THE WORLD CUP SEASON EVANDRO ANGELI BROLEZI¹, LILIAN CRISTINA BREMMER MARTINEZ² 1 - Discente do 9º semestre do Curso de Enfermagem do Centro Universitário

Leia mais

ARTIGO DE REVISÃO DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS, PRINCIPAIS AGENTES ETIOLÓGICOS E ASPECTOS GERAIS: UMA REVISÃO

ARTIGO DE REVISÃO DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS, PRINCIPAIS AGENTES ETIOLÓGICOS E ASPECTOS GERAIS: UMA REVISÃO ARTIGO DE REVISÃO DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS, PRINCIPAIS AGENTES ETIOLÓGICOS E ASPECTOS GERAIS: UMA REVISÃO FOODBORNE DISEASES, MAIN ETIOLOGIC AGENTS AND GENERAL ASPECTS: A REVIEW RESUMO Ana Beatriz

Leia mais

Escherichia coli Enterohemorrágica O157:H7

Escherichia coli Enterohemorrágica O157:H7 Escherichia coli Enterohemorrágica O157:H7 Nomes populares Diarreia sanguinolenta, Colite hemorrágica, Agente causador Bacilo Gram-negativo - Famíla Enterobacteriacea - Escherichia coli produtora de verotoxinas

Leia mais

HIGIENE PÚBLICA. Confirmação

HIGIENE PÚBLICA. Confirmação HIGIENE PÚBLICA Análises de medicamentos veterinários em animais e produtos de origem animal Urina, músculo, fígado Pesquisa de resíduos de agonistas beta-adrenérgicos - Triagem Pesquisa de resíduos de

Leia mais

PLANO DE SEGURANÇA DA ÁGUA PARA EDIFICAÇÕES E INDÚSTRIAS

PLANO DE SEGURANÇA DA ÁGUA PARA EDIFICAÇÕES E INDÚSTRIAS PLANO DE SEGURANÇA DA ÁGUA PARA EDIFICAÇÕES E INDÚSTRIAS Desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir

Leia mais

Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana

Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana IV CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE DO LEITE Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana Perigo (hazard): agente biológico, químico ou físico, ou propriedade do alimento

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E MEIO AMBIENTE Tab 220 - Censo Agropecuário 2006 - Resultados Preliminares Descrição Valor Unidade Número de estabelecimentos agropecuários 2052 Estabelecimentos Área dos estabelecimentos agropecuários Número de estabelecimentos

Leia mais

NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS DE SURTOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS OCORRIDAS EM NÚCLEOS RECEPTORES TURISTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO

NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS DE SURTOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS OCORRIDAS EM NÚCLEOS RECEPTORES TURISTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS DE SURTOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS OCORRIDAS EM NÚCLEOS RECEPTORES TURISTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO Araraquara - SP 2007 NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS

Leia mais

Microbiologia Clínica

Microbiologia Clínica Microbiologia Clínica A descoberta dos microrganismos Lentes 200 a 300 X As primeiras observações: Leeuwenhoek (em 1677) 1 Leeuwenhoek: microrganismos ("animálculos ) Pasteur (1822-1895) 2 A geração espontânea

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS DISCIPLINA UNIDADE PRÉ-REQUISITO CH SEMANAL CH SEMESTRAL TEO PRA TEO PRA 1. Administração Rural EA Economia Rural 2 1 32 16 48

Leia mais

BENTO GONÇALVES RELATÓRIO EPIDEMIOLÓGICO DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO SOBRE INTOXICAÇÕES - SININTOX

BENTO GONÇALVES RELATÓRIO EPIDEMIOLÓGICO DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO SOBRE INTOXICAÇÕES - SININTOX DADOS NUMÉRICOS BENTO GONÇALVES RELATÓRIO EPIDEMIOLÓGICO DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÃO SOBRE INTOXICAÇÕES - SININTOX 1998 a 2012 Rio Grande do Sul Bento Gonçalves Secretaria

Leia mais

F I C H A T É C A. Autor. Editor. Projecto Gráfico e Design. Forvisão - Consultoria em Formação Integrada, Lda., 2003, 1ª Edição, 300 Exemplares

F I C H A T É C A. Autor. Editor. Projecto Gráfico e Design. Forvisão - Consultoria em Formação Integrada, Lda., 2003, 1ª Edição, 300 Exemplares F I C "OS PERIGOS PARA A SEGURANÇA ALIMENTAR NO PROCESSAMENTO DE ALIMENTOS" Autor Editor PAULO BAPTISTA ARMANDO VENÂNCIO FORVISÃO CONSULTORIA EM FORMAÇÃO INTEGRADA, LDA. Largo Navarros de Andrade, nº1,

Leia mais

Matriz I Acreditação Flexível Intermédia - Lista de Ensaios Acreditados

Matriz I Acreditação Flexível Intermédia - Lista de Ensaios Acreditados 1 Águas de consumo e Determinação de ph Potenciometria PTL/0036 (2009-04-24) 0 2 Determinação de Condutividade Conductimetria PTL/0037 (2009-04-24) 0 3 Determinação de Alcalinidade Volumetria com deteção

Leia mais

Qualidade da Água e Saúde Pública

Qualidade da Água e Saúde Pública Qualidade da Água e Saúde Pública Principais doenças de origem microbiana difundidas através de águas contaminadas Doença Agente Causa da doença Origem Bactérias Cólera Vibrio cholerae Enterotoxina.ingestão

Leia mais

Manual de Boas Práticas Agropecuárias e Sistema APPCC

Manual de Boas Práticas Agropecuárias e Sistema APPCC Manual de Boas Práticas Agropecuárias e Sistema APPCC Série Qualidade e Segurança dos Alimentos Manual de Boas Práticas Agropecuárias e Sistema APPCC CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI CONSELHO

Leia mais

Área de Atividade/Produto Classe de Ensaio/Descrição do Ensaio

Área de Atividade/Produto Classe de Ensaio/Descrição do Ensaio Folha: 1 de 12 Área de Atividade/Produto Classe de Ensaio/Descrição do Ensaio Norma e/ou Procedimento ALIMENTOS LÁCTEOS ENSAIO QUÍMICO Determinação de Ceftiofur e seus metabólitos expressos como Desfuroilceftiofur

Leia mais

POLUIÇÃO HÍDRICA CIÊNCIAS DO AMBIENTE - CAP. -11.1

POLUIÇÃO HÍDRICA CIÊNCIAS DO AMBIENTE - CAP. -11.1 POLUIÇÃO HÍDRICA CIÊNCIAS DO AMBIENTE - CAP. -11.1 CONCEITO POLUIÇÃO HÍDRICA é qualquer alteração nas características físicas, químicas e/ou biológicas das águas, que possa constituir prejuízo à saúde,

Leia mais

Educação Médica Continuada Curso de Antibioticoterapia 2013. Danise Senna Oliveira HSPE São Paulo

Educação Médica Continuada Curso de Antibioticoterapia 2013. Danise Senna Oliveira HSPE São Paulo Educação Médica Continuada Curso de Antibioticoterapia 2013 DIARRÉIA AGUDA Danise Senna Oliveira HSPE São Paulo Desafio 1. Sexo masculino, 47 anos, 1 semana com diarréia, fezes com sangue visível nos últimos

Leia mais

Integrando Vigilância em Saúde Animal e Segurança do Alimento. Carlos Henrique Pizarro Borges DSA/SDA/Mapa

Integrando Vigilância em Saúde Animal e Segurança do Alimento. Carlos Henrique Pizarro Borges DSA/SDA/Mapa Integrando Vigilância em Saúde Animal e Segurança do Alimento Carlos Henrique Pizarro Borges DSA/SDA/Mapa Coordinating surveillance policies in animal health and food safety: from farm to fork. Scientific

Leia mais

http:// www.insa.pt _ consumo de água de nascentes naturais Um problema de saúde pública. _DSA Departamento de Saúde Ambiental 2010 _Nascentes Naturais 01 _Introdução A convicção, ainda hoje frequente

Leia mais

Forum Segurança Alimentar

Forum Segurança Alimentar Forum Segurança Alimentar Animais + Humanos Uma Única Saúde APIFARMA Laurentina Pedroso Cerca de 1,461 doenças hoje reconhecidas no homem aproximadamente 60% são devido a patogeneos que circulam entre

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste CICLO DE FUNDAMENTAÇÃO 1º. Semestre Semestre 442 h/ semanal 26 h EIXO TEMÁTICO Eixo DISCIPLINAS disciplinas Tipo INTRODUÇÃO A ATIVIDADE

Leia mais

NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS DE SURTOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS OCORRIDAS EM NÚCLEOS RECEPTORES TURISTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO

NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS DE SURTOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS OCORRIDAS EM NÚCLEOS RECEPTORES TURISTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS DE SURTOS DE DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS OCORRIDAS EM NÚCLEOS RECEPTORES TURISTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO Araraquara - SP 2007 NÁDIA PIZZOLITTO CARACTERES EPIDEMIOLÓGICOS

Leia mais

World Gastroenterology Organisation Practice Guidelines: Diarréia Aguda em Adultos

World Gastroenterology Organisation Practice Guidelines: Diarréia Aguda em Adultos World Gastroenterology Organisation Practice Guidelines: Diarréia Aguda em Adultos Seções: 1. Definições 2. Patogênese 3. Fatores de Risco 4. Diagnóstico & Diagnóstico Diferencial 5. Estratégias de Tratamento

Leia mais

DIVISÃO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DAS DOENÇAS DE TRANSMISSÃO HÍDRICA E ALIMENTAR MARIA BERNADETE DE PAULA EDUARDO

DIVISÃO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DAS DOENÇAS DE TRANSMISSÃO HÍDRICA E ALIMENTAR MARIA BERNADETE DE PAULA EDUARDO MONITORIZAÇÃO DAS DOENÇAS DIARRÉICAS AGUDAS NORMAS E INSTRUÇÕES 2ª Edição CENTRO DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA "Prof. Alexandre Vranjac" São Paulo 2008 ANO 2008 GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO JOSE SERRA

Leia mais

SEGURANÇA DOS ALIMENTOS PRODUZIDOS EM UMA FÁBRICA DE EMBUTIDOS LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE ÁGUA CLARA-MS

SEGURANÇA DOS ALIMENTOS PRODUZIDOS EM UMA FÁBRICA DE EMBUTIDOS LOCALIZADA NO MUNICÍPIO DE ÁGUA CLARA-MS INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO QUALITTAS CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM HIGIENE E INSPEÇÃO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL (HIPOA) SEGURANÇA DOS ALIMENTOS PRODUZIDOS EM UMA FÁBRICA DE

Leia mais

第 107/2007 號 社 會 文 化 司 司 長 批 示

第 107/2007 號 社 會 文 化 司 司 長 批 示 1702 48 2007 11 26 科 目 種 類 學 分 1 " 1 " 1 " 1 " 1 " 1 " 1 " 1 " 1 Disciplinas Tipo Unidades de crédito Introdução ao Cantonês (II) Optativa 1 Língua Portuguesa (I)» 1 Língua Portuguesa (II)» 1 Língua Portuguesa

Leia mais

Alguns aspectos relacionados com a segurança alimentar no concelho de Lisboa

Alguns aspectos relacionados com a segurança alimentar no concelho de Lisboa Alguns aspectos relacionados com a segurança alimentar no concelho de Lisboa MARIA DO ROSÁRIO NOVAIS MARIA ISABEL SANTOS CRISTINA BELO CORREIA O Laboratório de Microbiologia dos Alimentos do Instituto

Leia mais

O MANIPULADOR COMO FATOR DE RISCO DE CONTAMINAÇÃO ALIMENTAR NO SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA NO AMBIENTE HOSPITALAR

O MANIPULADOR COMO FATOR DE RISCO DE CONTAMINAÇÃO ALIMENTAR NO SERVIÇO DE NUTRIÇÃO E DIETÉTICA NO AMBIENTE HOSPITALAR UECE Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Centro de Estudos Sociais Aplicados Mestrado Profissional em Planejamento em Políticas Públicas Germania Alves Martins O MANIPULADOR COMO FATOR DE RISCO DE

Leia mais

08/09/2014 BASTONETES GRAM NEGATIVOS FERMENTADORES. Familia Enterobacteriaceae

08/09/2014 BASTONETES GRAM NEGATIVOS FERMENTADORES. Familia Enterobacteriaceae BASTONETES GRAM NEGATIVOS FERMENTADORES Família Enterobacteriaceae Prof. Vânia Lúcia da Silva CARACTERÍSTICAS GERAIS Morfologia e fisiologia: Bastonetes Gram negativos não formadores de esporos; Anaeróbios

Leia mais

DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ÁGUA E ALIMENTOS 1

DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ÁGUA E ALIMENTOS 1 DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ÁGUA E ALIMENTOS 1 TERMOS CORRESPONDENTES : Doenças Transmitidas por Água e Alimentos (DTAs); Doenças Veiculadas por Água e Alimentos; Enfermidades Veiculadas por Água e Alimentos;

Leia mais

Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmitidas por Alimentos no Brasil

Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmitidas por Alimentos no Brasil Ministério da Saúde Secretaria de Vigilância em Saúde Coordenação de Vigilância das Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmitidas por Alimentos no Brasil

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA-SDA COORDENAÇÃO GERAL DE APOIO LABORATORIAL-CGAL

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA-SDA COORDENAÇÃO GERAL DE APOIO LABORATORIAL-CGAL LABOR TRÊS Nome Empresarial: LABOR TRÊS LABORATÓRIOS E CONSULTORIA TÉCNICA LTDA. CNPJ: 02.021.076/0001-29 Endereço: Av. Damasceno Vieira, 542 Bairro: Vila Mascote CEP: 04363-040 Cidade: São Paulo-SP Fone:

Leia mais

Revista Brasileira de Biociências Brazilian Journal of Biosciences ARTIGO

Revista Brasileira de Biociências Brazilian Journal of Biosciences ARTIGO Revista Brasileira de Biociências Brazilian Journal of Biosciences Instituto de Biociências UFRGS ARTIGO ISSN 1980-4849 (on-line) / 1679-2343 (print) Análise microbiológica dos alimentos envolvidos em

Leia mais

A A transversalidade da Saúde Ambiental na formação do Médico Veterinário

A A transversalidade da Saúde Ambiental na formação do Médico Veterinário XIX Seminário Nacional de Ensino de Medicina Veterinária A A transversalidade da Saúde Ambiental na formação do Médico Veterinário Dr. Luciano Menezes Ferreira Comissão Nacional de Saúde Ambiental (CNSA)

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Nutrição Trabalho de Conclusão de Curso

Pró-Reitoria de Graduação Curso de Nutrição Trabalho de Conclusão de Curso Pró-Reitoria de Graduação Curso de Nutrição Trabalho de Conclusão de Curso LEVANTAMENTO DE DADOS EPIDEMIOLÓGICOS DE OCORRÊNCIAS/ SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS NO DISTRITO FEDERAL (2008 a

Leia mais

Avaliação de Requisitos de Segurança Alimentar em Estabelecimentos de Ensino Público de um Concelho em Portugal

Avaliação de Requisitos de Segurança Alimentar em Estabelecimentos de Ensino Público de um Concelho em Portugal Carla Sofia Caniça Matos Fernandes Licenciada em Saúde Ambiental Avaliação de Requisitos de Segurança Alimentar em Estabelecimentos de Ensino Público de um Concelho em Portugal Dissertação para obtenção

Leia mais

Vigilância epidemiológica de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA)

Vigilância epidemiológica de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) Vigilância epidemiológica de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) Geraldine Madalosso Vigilância Epidemiológica das Doenças Transmitidas por Alimentos Centro de Controle de Doenças Coordenação de Vigilância

Leia mais

TABELA DE EXAMES BIOMOLECULARES EM AVES

TABELA DE EXAMES BIOMOLECULARES EM AVES AGOSTO -2012 TABELA DE EXAMES BIOMOLECULARES EM AVES DE ESTIMAÇÃO PARA CRIADORES O que é evolução pra gente, é segurança e tranqüilidade para você em exames! PAINÉIS ECONÔMICOS Checkup do Plantel (Chlamydophila

Leia mais

SERVIÇOS LABORATORIAIS. Artigo 102º - Análise microbiológica (individualizadas) 1. Bactérias totais 30,00. 2. Coliformes totais 70,00

SERVIÇOS LABORATORIAIS. Artigo 102º - Análise microbiológica (individualizadas) 1. Bactérias totais 30,00. 2. Coliformes totais 70,00 SERVIÇOS LABORATORIAIS Artigo 102º - Análise microbiológica (individualizadas) 1. Bactérias totais 30,00 2. Coliformes totais 70,00 3. Coliformes fecais 70,00 4. Pesquisa de E. Coli 180,00 5. Estreptococos

Leia mais

Tempo, Clima e Hospital: Sazonalidade e Determinantes das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS)

Tempo, Clima e Hospital: Sazonalidade e Determinantes das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) Tempo, Clima e Hospital: Sazonalidade e Determinantes das Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS) Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza Professor Adjunto / Disciplina de Moléstias Infecciosas

Leia mais

Diarreicas Agudas e CóleraC

Diarreicas Agudas e CóleraC Superintendência ncia de Vigilância em Saúde Gerência de Vigilância Epidemiológica de Doenças Transmissíveis Coordenaçã ção o de Controle de Doenças de Transmissão o Hídrica H e Alimentar Doenças Diarreicas

Leia mais

Síntese do Documento. The European Union summary report on trends and sources of zoonoses, zoonotic agents and food-borne outbreaks in 2015

Síntese do Documento. The European Union summary report on trends and sources of zoonoses, zoonotic agents and food-borne outbreaks in 2015 Síntese do Documento The European Union summary report on trends and sources of zoonoses, zoonotic agents and food-borne outbreaks in 2015 A EFSA e o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças apresentaram

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO PARA OS ESTABELECIMENTOS QUE MANIPULAM ALIMENTOS.

A IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO PARA OS ESTABELECIMENTOS QUE MANIPULAM ALIMENTOS. 263 A IMPORTÂNCIA DAS BOAS PRÁTICAS DE MANIPULAÇÃO PARA OS ESTABELECIMENTOS QUE MANIPULAM ALIMENTOS. Regiane Pandolfo Marmentini 1 Ludimilla Ronqui 2 Verônica Ortiz Alvarenga 2 RESUMO Nos últimos anos,

Leia mais

!"!"!! #$ % $ % & ' ()# * * '* + "!! (, -./. (!!0"!"!!!% (0 "!0"!!12

!!!! #$ % $ % & ' ()# * * '* + !! (, -./. (!!0!!!!% (0 !0!!12 !"!"!! #$ % $ % & ' ()# * * '* + "!! (, -./. (!!0"!"!!!% (0 "!0"!!12 !"+RDC Nº 274, de 22/09/2005, estabelece o regulamento técnico para águas envasadas e gelo #$%!RDC Nº 275, de 22/09/2005, estabelece

Leia mais

USO RACIONAL DE ANTIMICROBIANOS NA PRODUÇÃO ANIMAL Renata Magalhães Casadei :

USO RACIONAL DE ANTIMICROBIANOS NA PRODUÇÃO ANIMAL Renata Magalhães Casadei : USO RACIONAL DE ANTIMICROBIANOS NA PRODUÇÃO ANIMAL Renata Magalhães Casadei : Nos últimos anos, a ocorrência de bactérias resistentes aos principais compostos antibióticos tem aumentado, havendo inclusive

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MICROBIOLOGIA

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MICROBIOLOGIA 1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MICROBIOLOGIA Amália Nazário Búrigo de Luca Glaura Maria Damiani Koerich PERFIL EPIDEMIOLÓGICO

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO POP - SCIH 09 Página 1/8 PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO MEAC Tarefa: Selecionar o tipo de precaução a ser adotada, segundo tipo de condição clínica, infecção e microorganismo Executante: Profissionais

Leia mais

MICRORGANISMOS DE INTERESSE EM ALIMENTOS

MICRORGANISMOS DE INTERESSE EM ALIMENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA MICROBIOLOGIA DE ALIMENTOS MICRORGANISMOS DE INTERESSE EM ALIMENTOS Profª. Drª. Caroline Costa Moraes BAGÉ 2010 Técnicas microbiológicas aplicadas a microbiologia de alimentos.

Leia mais

UFRRJ INSTITUTO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DISSERTAÇÃO

UFRRJ INSTITUTO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DISSERTAÇÃO UFRRJ INSTITUTO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DISSERTAÇÃO AVALIAÇÃO DAS PRÁTICAS SANITÁRIAS LIGADAS À BIOSSEGURANÇA DE SUPRIMENTO DE ÁGUA, SERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO

Leia mais

Revista Eletrônica Acervo Saúde/ Electronic Journal Collection Health ISSN 2178-2091

Revista Eletrônica Acervo Saúde/ Electronic Journal Collection Health ISSN 2178-2091 545 Perfil epidemiológico de surtos de doenças transmitidas por alimentos ocorridos no Brasil Epidemiological profile outbreaks of foodborne illness occurred in Brazil Brotes perfil epidemiológico de las

Leia mais

Food safety: Knowledge and Practices of Portuguese consumers

Food safety: Knowledge and Practices of Portuguese consumers Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Segurança dos Alimentos: Conhecimentos e Práticas dos consumidores Portugueses Food safety: Knowledge and Practices of Portuguese consumers Ana Rita dos

Leia mais

28.10.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 281/7

28.10.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 281/7 28.10.2011 Jornal Oficial da União Europeia L 281/7 REGULAMENTO (UE) N. o 1086/2011 DA COMISSÃO de 27 de Outubro de 2011 que altera o anexo II do Regulamento (CE) n. o 2160/2003 do Parlamento Europeu e

Leia mais

DOENÇAS RELACIONADAS À ÁGUA OU DE TRANSMISSÃO HÍDRICA Perguntas e Respostas e Dados Estatísticos

DOENÇAS RELACIONADAS À ÁGUA OU DE TRANSMISSÃO HÍDRICA Perguntas e Respostas e Dados Estatísticos Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo SES/SP Coordenadoria de Controle de Doenças CCD Centro de Vigilância Epidemiológica CVE/CCD Divisão de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar DDTHA/CVE DOENÇAS

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Data de atualização: 23.07.2014

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Data de atualização: 23.07.2014 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Data de atualização: Secretaria de Defesa Agropecuária SDA LABORATÓRIO DE MICROBIOLOGIA DA UNESC Nome Empresarial: FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE CRICIÚMA CNPJ:

Leia mais

Código Sanitário para Animais Terrestres - 2008 Versão em português baseada na versão original em inglês de 2007 - Versão não oficial (OIE)

Código Sanitário para Animais Terrestres - 2008 Versão em português baseada na versão original em inglês de 2007 - Versão não oficial (OIE) OUTRAS DOENÇAS CAPÍTULO 2.10.1 Zoonoses Transmissíveis por Primatas não Humanos Artigo 2.10.1.1. Introdução Há cerca de 180 espécies diferentes de primatas não humanos pertencentes a duas subordens divididas

Leia mais

SURTOS ALIMENTARES DE ORIGEM BACTERIANA. Mestrando(a), Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Brasil

SURTOS ALIMENTARES DE ORIGEM BACTERIANA. Mestrando(a), Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Brasil SURTOS ALIMENTARES DE ORIGEM BACTERIANA Julierme José de Oliveira 1*, Cíntia Silva Minafra Rezende 2, Aline Pedrosa de Oliveira 3, Natália Menezes Moreira 1, Fernanda Antunha de Freitas 1 1 Mestrando(a),

Leia mais

MARCOS DE BARROS VALADÃO

MARCOS DE BARROS VALADÃO Ministério da Abastecimento Data de atualização: Secretaria de Defesa Agropecuária SDA LABORATÓRIO ALAC Nome Empresarial: LABORATÓRIO ALAC LTDA. CNPJ: 94.088.952/0001-52 Endereço: Rua David Sartori, nº

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CENTRO DE PESQUISA AGGEU MAGALHÃES CPqAM DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA NESC

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CENTRO DE PESQUISA AGGEU MAGALHÃES CPqAM DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA NESC FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ CENTRO DE PESQUISA AGGEU MAGALHÃES CPqAM DEPARTAMENTO DE SAÚDE COLETIVA NESC ANÁLISE DOS SURTOS DE DOENÇAS TRANSMITIDAS POR ALIMENTOS OCORRIDOS NO DISTRITO SANITÁRIO III, NA CIDADE

Leia mais

MEMO-FICHA 7 DOENÇAS ASSOCIADAS A ALIMENTOS Principais Patogénicos e Alimentos Associados Alimento Microrganismos Queijo Staphyloccocus aureus, Listeria spp, Salmonella spp, Escherichia coli, Pseudomonas,

Leia mais