Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n : Data: 03 a 08 Maio Professor: Rolamento. Nadar em corredeira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n : Data: 03 a 08 Maio Professor: Rolamento. Nadar em corredeira"

Transcrição

1 Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n : Data: 03 a 08 Maio Rolamento. Nadar em corredeira Fazer com que os alunos possam vivenciar e ter os primeiros contatos com a água branca ( corredeiras) Local amplo para acomodação dos alunos, coletes salva vidas, capacete, saco de resgate, barcos e remos. Apresentação: explicar aos alunos como devem se comportar na corredeira e primeiro contato com exercicios de rolamento ( virar e desvirar o barco com técnica ) Apresentação do tema: colocar aos alunos a necessidade de aprenderem a se comportar dentro da água. O objetivo desta aula é, fazer com que os alunos despertem para a necessidade de aprender a nadar na corredeira e tambem a necessidade de se ter controle da embarcação. Avaliação da aula: Sobre a avaliação da aula questinar sobre as dificuldades encontradas Reunir os alunos e explicar os principais movimentos de defesa acaso precisem nadar na pista e primeiros movimentos de aprendizado na técnica do rolamento. Cada aluno deve separar seu material de acordo com aqueles especificos de treino e colocar em pratica técnicas especificas de defesa na agua corrente. Ao iniciar as atividades levar os alunos primeiro a conhecer a área de natação onde deverão aprender os primeiros fundamentos de técnica de flutuação em aguas brancas. - o professor deverá demostrar a maneira correta de nadar em corredeiras em decubito dorsal, e os membros superiores sempre a frente na correnteza. - analisar quais alunos podem descer sozinhos um percurso limitado de rio nadando com a flutuação de coletes salva vidas, e qual deles precisam de ajuda no percurso. - separar por idade ou tamanho a turma a fim de que possam realizar exercicioas distintos em pontos diferentes da pista exemplo enquanto alguns descem o rio nadando outros estarão realizando exercicios na primeira bacia da pista. Estar certo que todos os alunos receberam as informações e que possam ter realizado os ecercicos colocados Tempo de Execuçã o Minutos

2 durante as aulas. Volta calma /desaquecimento: Ao final da aula reunir a todos e encaminhar as escolas 5 respectivas. Tempo Total 1 h 20

3 Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n : Data: 10 a 13 MAIO Remada ré paralela às balizas Controle da embarcação enclinada remando sentido a ré. Local amplo para acomodação dos alunos, coletes salva vidas, capacete, saco de resgate, barcos e remos. Apresentação: Em círculo apresentar aos alunos a atividade, explicar a necessidade de se controlar o barco enclinado Apresentação do tema: o objetivo é que o aluno entenda os fundamentos de navegação de forma inclinada com o barco. Reunir os alunos e pedir para que não fiquen disperços durante as explicações. Conversar a fim de tirar duvidas sobre a aula. Técnicas de navegação com remada ré inclinada. Avaliação da aula: Sobre a avaliação da aula questinar as dificuldades encontradas, e procurar entender uma forma de atender a todos com eficiência. - Iniciar aos alunos técnicas e exercicios na agua parada com o barco enclinado a fim de futuramente desenvolverem o exercicio em corredeiras. - colocar objetivos onde precisem andar com o barco enclinado deslizando a frente, utilizando balizas como objetivos de trajetorias. - mostrar em dvd a maneira correta de utilizar a embarcação enclinada e explicar pontos de apoio, colocar o peso em distintos lugares. Estar certo que todos os alunos receberam as informações visto que possam ter alguns que tenham faltado um dia ou outro, orientar sobre guarda de material e limpeza do local. Minutos Ao final da aula reunir a todos e encaminhar 5 as escolas respectivas. Tempo Total 1 h 20

4 Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n :18 Data: 14 A 22 MAIO Rotação Completa Colocar aos alunos a necessidade de girar o barco 360⁰ Local amplo para acomodação dos alunos, coletes salva vidas, capacete, saco de resgate, barcos e remos. Apresentação: em circulo explicar sobre a aula em si programada. Apresentação do tema: explicação detalhada dos pontos abordados para ser trabalhado, explicar os motivos e necessidades de girar o barco de forma eficiente. Apresentação de Forma Objetiva sob forma de explanação dos tópicos relacionados. Os alunos deverão aprender a girar o barco de diferentes maneiras, com remada reversa, circulares e leme de proa. Avaliação da aula: Sob forma de questionamentos abertos à turma. Verificando de forma subjetiva o interesse e entendimento adquirido, buscando saber se alguns deles ficaram com medo ou não. Breve apresentação do tema, seguido de um pequeno aquecimento e alongamento para preparação do corpo para a atividade, aproximadamente 5 corrida seguido de oito para alongamentos.. Cada aluno deve aprender de maneira pratica com o auxilio do material de navegação e remo a qual cada um utiliza seguindo suas categorias, sendo caiaques ou canoas. - utilizar o lago para que os launos possa, entender os movimentos de giro de barco seja com remada ré ou leme de proa. - ensinar a manter o barco enclinado para que possa cortar a lamina de agua e girar sem balançar. - demonstrar como deve ser uma negociação em balizas utilizando o giro completo e quais seus beneficios. - montar uma pista onde precisem girar o barco utlizando as técnicas anteriores citadas. - treinar o giro completo a fim de futuramente colocar em pratica na pista de aguas brancas. Aplicação dos exercícios práticos, e adaptação ao meio liquido, buscar de maneira descontaida que todos façam os exercicios cuidando para aqueles que tenham ainda receio de brincar na agua. Em círculo, conversa sobre o desporto de forma aberta, ouvindo os interesses e 10 Minutos 5

5 dúvidas que surgiram. Tempo Total 1 h 20

6 Identificação: Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Itaipu Binacional Plano de aula n : 19 Data: 24 A 25 MAIO REFORÇO DE AULA Buscar pontos a serem abordados visto que alguns tenham ainda algumas dificuldades. Separar por grupos e cada professor aplica uma materia necessaria. Local amplo para acomodação dos alunos, coletes salva vidas,capacete, barcos, remos, saco de resgate. Apresentação: explicar a cada aluno a necessidade de voltar a treinar algusn exercicios e separar por grupos. Apresentação do tema: colocar aos alunos a necessidade de retirar duvidas e treinar exercicios de natação na pista ou giro ou inclinação de barco. a aula em si deve ser um complemento as atividades anteriores sendo mais um fonte de conhecimento em buscar equilibrio e facilitar a entrada do aluno na corredeira. Avaliação da aula: Sob forma de questionamentos abertos à turma. Verificando de forma subjetiva o interesse e entendimento adquirido. Breve apresentação do tema, seguido de um pequeno aquecimento e alongamento para preparação do corpo para a atividade, aproximadamente 5 corrida seguido de oito para alongamentos. Separar os alunos em grupos e cada professor se encarregara de acompanhar os exercicios, podendo ser em partes distintas de treino diferentes. - separar por grupos onde cada grupo poderá realizar uma atividade diferenciada de acordo com sua necessidade. - na pista até a primeira bacia aplicar técnicas de nataão em aguas brancas com o auxilio de coletes. - no lago aplicar técnicas de giro de barco, 360⁰, com remada reversa e circulares e leme de proa. - utilizar as balizas como ponto de referencia para realizar a técnica de remada ré inclinada. - demonstrar a cada aluno que questione para que seu entendimento seja imediato. Questionar o que ainda é de maior dificuldade a cada grupo. Em círculo, conversa sobre o desporto de forma aberta, ouvindo os interesses e dúvidas que surgiram. E encaminhar a suas respectivas escolas. 5

7 Tempo Total 1 h 20

8 Identificação: Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n : Data: 26 A 27 MAIO Preparação para avaliação Preparar os lunos para um avaliação com balizas. Local Amplo para acomodação dos alunos, coletes, capacetes e remos para todos, saco de resgate. Apresentação: Em forma de círculo conversar com o grupo a fim de ajudar a tirar duvidas e auxiliar para a avaliação. Apresentação do tema: Apresentação breve sobre os temas que serão abordados nesta aula. Em seguida posicionar e dividir os alunos nas embarcações. Apresentação de Forma Objetiva sob forma de explanação dos tópicos relacionados os alunos deverão estar equipados com material adequado para a pratica da canoagem slalom. Avaliação da aula: Sob forma de questionamentos abertos à turma. Verificando de forma subjetiva o interesse e entendimento adquirido. Breve apresentação do tema, seguido de um pequeno aquecimento e alongamento para preparação do corpo para a atividade, aproximadamente 5 corrida seguido de oito para alongamentos. Uma apresentação em forma de questionamento sobre o que falta a equipe, questionando sobre alguns itens... - montar uma pista proxima da realidade onde deverão realizar repetições a fim de se tornar facil o entendimento e raciocinio para a competição futura de avaliação. - organizar em filas e embarcações a fim de que todos possam treinar na pista com balizas no lago. - colocar portas de remontas e frente num total de no maximo dez portas. Questionar quais maneiras seriam mais faceis de trabalhar com o embarcação durante a negociação das balizas Em círculo, conversa sobre o desporto de 5 forma aberta, ouvindo os interesses e dúvidas que surgiram. Tempo Total 1 h

9 Identificação: Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Itaipu Binacional Plano de aula n : 21 Data: 28 E 29 MAIO PISTA 03 AVALIAÇÃO técnica Competição entre as turmas a fim de compor o ranquing municipal e avaliar o crescimento. Local Amplo para acomodação dos alunos, coletes, capacetes e remos para todos, saco de resgate. Apresentação: explicar aos alunos o objetivo e motivos de analise e competição. Apresentação do tema: os professores deverão demonstrar e explicar detalhadamente a foma correta de negociar as balizas. Breve apresentação do tema, seguido de um pequeno aquecimento e alongamento para preparação do corpo para a atividade, aproximadamente 5 corrida seguido de oito para alongamentos. Deixar que questionem as melhores maneiras e técnicas por cada um adquirida. 10 avaliação em forma de competição sendo realizada duas repetições de pista com dez portas no total, no lago. - entregar os numerais para que possam saber sua ordem de largada. - demontrar a pista algumas vezes a fim de tirar as duvidas de todos. - cada atleta deverá repetir uma pista delimitada por duas vezes, sendo a melhor guardada como parametro de analise do seu desenvolvimento. - dividir o trabalho entre, largada chegada e arbitragem. Avaliação da aula: Sob forma de questionamentos abertos à turma. Verificar se já conseguiram realizar com maior facilidade a competição interna. Parabenizar a todos pela competição. 10 Após as provas encaminhar a todos a sua 5 respectiva escola. Tempo Total 1 h 20

Instituto Meninos do Lago IMEL.

Instituto Meninos do Lago IMEL. Identificação: Itaipu Binacional Plano de aula n : 31 Data: 01/02/04/05 de Julho 2011. Giro Padrão Remonta (contra corrente). Trabalhar o giro de embarcação nas balizas contra corrente, com entradas paralelas.

Leia mais

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional.

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Local: Plano de aula n : Data: 02 a 07 agosto 2010. Turma: T1/T2/T5/T6 Professor: T3/T4/T7/T8 Objetivo Geral: Pista Inteira Objetivo Específico:

Leia mais

Instituto Meninos do Lago IMEL.

Instituto Meninos do Lago IMEL. Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Local: Plano de aula n : Data: 01.02 de Agosto 2011 Turma: Professor: Objetivo Geral: Objetivo Específico: Recursos Materiais: Treinar com

Leia mais

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional.

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula: Semana15 Professor (a): Fundamento da Semana: Objetivo Geral: Recursos Materiais: Turma: Faixa Amarela Ciclo de remada com

Leia mais

K1 Técnica de remada inclinada

K1 Técnica de remada inclinada Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Local: ITAIPU Plano de aula:semana 41 Data: Turma: Faixa Verde Professor: Fundamento da Semana: Técnica de remada Objetivo Geral: Recursos

Leia mais

D S T Q Q S S. 4ª SEMANA e 5ª SEMANA RECESSO NATAL E PASSAGEM DE ANO

D S T Q Q S S. 4ª SEMANA e 5ª SEMANA RECESSO NATAL E PASSAGEM DE ANO ATUALIZAÇÃO 16/09/2009 1ª SEMANA local escola Profs. Heros, Antonio, Valdecir e Mayara 01- Retorno às escolas parceiras para entrega das carteirinhas 02- Revisão final e Planejamento Anual 03- Revisão

Leia mais

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n :16 Data: 01 A 04 MARÇO 2010. Professor: Conhecer os locais de treino.

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n :16 Data: 01 A 04 MARÇO 2010. Professor: Conhecer os locais de treino. Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Plano de aula n :16 Data: 01 A 04 MARÇO 2010. Conhecer os locais de treino. Levar aos alunos a conhecer os locais de treino e explicar suas

Leia mais

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Turma: Faixa Verde. ÁGUAS CALMAS Técnica de remada DVD NÍVEL 1

Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Turma: Faixa Verde. ÁGUAS CALMAS Técnica de remada DVD NÍVEL 1 Plano de aula: Semana 02 Professor (a): Fundamento da Semana: 02 Objetivo Geral: Recursos Materiais: Projeto Meninos do Lago Núcleo de Iniciação Itaipu Binacional. Turma: Faixa Verde ÁGUAS CALMAS Técnica

Leia mais

I DA PARTICIPAÇÃO FAIXA ETÁRIA II DA CONVOCAÇÃO

I DA PARTICIPAÇÃO FAIXA ETÁRIA II DA CONVOCAÇÃO I DA PARTICIPAÇÃO FAIXA ETÁRIA Art. 1º - Todo e qualquer atleta com idade entre 08 a 23 anos e em perfeitas condições físicas para a prática de exercício em água, residente nos municípios margeados pelo

Leia mais

Campeonato Goiano de Triathlon. Promoção. Federação Goiana de Triatlo - FEGOTRI Acáciosport.

Campeonato Goiano de Triathlon. Promoção. Federação Goiana de Triatlo - FEGOTRI Acáciosport. Campeonato Goiano de Triathlon. Promoção. Federação Goiana de Triatlo - FEGOTRI Acáciosport. Percurso 750 m natação + 20,0 km ciclismo + 5,0km corrida Junior Masculino: 16-20 Feminino: 16-20 Adulto Masculino:

Leia mais

Plano de aula n : 10 Data: 21/22/23/25 de janeiro 2010. Professor:

Plano de aula n : 10 Data: 21/22/23/25 de janeiro 2010. Professor: Plano de aula n : 10 Data: 21/22/23/25 de janeiro 2010. Técnica de remada inclinada Demonstrar aos alunos a maneira correta de utilização e ajustes do material em beneficio de uma maior segurança, iniciando

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO REMO

REGULAMENTO ESPECÍFICO REMO REGULAMENTO ESPECÍFICO REMO 2014-2017 Índice 1. Introdução 2 2. Participação 2 3. Escalões Etários 2 4. Competições Encontros/Escolares 2 5. Regulamento Técnico 5 6. Casos Omissos 5 Regulamento Específico

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO REMO (Revisto em setembro de 2015)

REGULAMENTO ESPECÍFICO REMO (Revisto em setembro de 2015) REGULAMENTO ESPECÍFICO REMO 2014-2017 (Revisto em setembro de 2015) Índice 1. Introdução 2 2. Participação 2 3. Escalões Etários 2 4. Competições Encontros/Escolares 2 5. Regulamento Técnico 5 6. Casos

Leia mais

Professor: Natação com coletes salva vidas.

Professor: Natação com coletes salva vidas. Plano de aula n : 01 Data: 07/08/ dezembro Natação com coletes salva vidas. Demonstrar aos alunos a maneira correta de utilização e ajustes do material em beneficio de uma maior segurança. Local amplo

Leia mais

Parceria. Iniciativa. Coordenação Técnica. Apoio

Parceria. Iniciativa. Coordenação Técnica. Apoio Apoio Parceria Coordenação Técnica Iniciativa AQUECIMENTO Objetivo principal: Integrar participantes de um grupo e esquentar para o trabalho que se inicia. A História do seu nome Em círculo, todos sentados

Leia mais

Duck no Jacaré. Experiência extrema em águas brancas. Brotas/SP OPERADORA

Duck no Jacaré. Experiência extrema em águas brancas. Brotas/SP OPERADORA Duck no Jacaré Brotas/SP OPERADORA Experiência extrema em águas brancas. Definição O ducking consiste na descida de rios em caiaques infláveis para dois integrantes. O participante tem acompanhamento de

Leia mais

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores.

Palavras-chave: Subprojeto PIBID da Licenciatura em Matemática, Laboratório de Educação Matemática, Formação de professores. 00465 A IMPLANTAÇÃO DE UM LABORATÓRIO DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA EM UMA ESCOLA PÚBLICA Regina Helena Munhoz Professora Adjunta Departamento de Matemática UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina RESUMO

Leia mais

II TRAVESSIA BAÍA DE TODOS OS SANTOS

II TRAVESSIA BAÍA DE TODOS OS SANTOS II TRAVESSIA BAÍA DE TODOS OS SANTOS REGULAMENTO 2016 Artigo 1. A 2ª TRAVESSIA BAÍA DE TODOS OS SANTOS é uma realização do Yacht Clube da Bahia, com o Permit e Arbitragem da Federação Baiana de Desportos

Leia mais

DISCIPLINA: ESTAFETAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

DISCIPLINA: ESTAFETAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ESTAFETAS 192 DOMÍNIO DAS TÉCNICAS III FASE - APERFEIÇOAMENTO TÉCNICO B FASES / NÍVEIS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS I- Ensino / Aprendizagem - Aquisição da noção de transmissão, através de jogos. - Aquisição

Leia mais

7.1. Discussão teórica A aula foi produzida a partir dos tópicos presentes no currículo nacional do Ensino Médio.

7.1. Discussão teórica A aula foi produzida a partir dos tópicos presentes no currículo nacional do Ensino Médio. 1. Escola: Aníbal de Freitas 2. Bolsista Aline Chinalia 3. Data: 05/08/2015 4. Atividade: Aula Tema: Equações do Segundo Grau 5. Duração: 1h20 min 6. Objetivo: O objetivo desta atividade é trabalhar um

Leia mais

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL

7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL 7 DICAS PARA CRIAR UM FILHO RESPONSÁVEL É preciso ensinar o filho a ter responsabilidade desde cedo: O quarto do seu filho é uma bagunça sem fim? Ele vive perdendo os materiais escolares ou quebrando seus

Leia mais

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador

1ª edição Projeto Timóteo Como Pregar Mensagens Bíblicas Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Apostila do Orientador Como Pregar Mensagens Bíblicas Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza

Leia mais

GÊNERO: SEMINÁRIO 5º ANO / TRABALHAR. 1. Apresentação de uma situação de interação

GÊNERO: SEMINÁRIO 5º ANO / TRABALHAR. 1. Apresentação de uma situação de interação GÊNERO: SEMINÁRIO 5º ANO / TRABALHAR GIASSON, Rosangela Maria NATH-BRAGA, Margarete Aparecida ZUCCO, Adriana 1. Apresentação de uma situação de interação Conversar com os alunos sobre a importância de

Leia mais

750m natação / 20km ciclismo / 5km corrida PROGRAMAÇÃO, INFORMAÇÕES E REGULAMENTO:

750m natação / 20km ciclismo / 5km corrida PROGRAMAÇÃO, INFORMAÇÕES E REGULAMENTO: 750m natação / 20km ciclismo / 5km corrida CAMPEONATO GOIANO GOIÂNIA-GO, 26 DE NOVEMBRO DE 2016. PROGRAMAÇÃO, INFORMAÇÕES E REGULAMENTO: 25 DE NOVEMBRO SEXTA Entrega de kits e numeração dos atletas Local:

Leia mais

Após um dia longo no trabalho, os pais ainda se veem diante de mais um compromisso: apoiar os filhos na realização da lição de casa. E o cansaço que s

Após um dia longo no trabalho, os pais ainda se veem diante de mais um compromisso: apoiar os filhos na realização da lição de casa. E o cansaço que s Após um dia longo no trabalho, os pais ainda se veem diante de mais um compromisso: apoiar os filhos na realização da lição de casa. E o cansaço que surge neste momento faz muitos se perguntarem por que,

Leia mais

RACE BOOK BMS MINI 19K- MANUAL DO ATLETA

RACE BOOK BMS MINI 19K- MANUAL DO ATLETA RACE BOOK BMS MINI 19K- MANUAL DO ATLETA RESUMO DE PROVA HORÁRIO LOCAL PERCURSO MODALIDADE 6h00 8h30 9h30 Abertura do Parque Ecológico Dom Bosco Abertura do AT Bikes na Arena BMS LARGADA PC 07 ( à esquerda)

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Cuidando de mim, do outro e do meio Mês: Novembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover atividades e dinâmicas que estimulem os alunos a valorizar os

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSU Nº 008/2016

RESOLUÇÃO CONSU Nº 008/2016 RESOLUÇÃO CONSU Nº 008/2016 (Alteração da Resolução CONSU Nº 001/2015) Estabelece Normas para Funcionamento e Execução do Projeto Integrador Componente da Matriz Curricular 2011 e 2014 A Diretora Geral

Leia mais

AVENTURA MULTISPORT DO LAGO LIMPO

AVENTURA MULTISPORT DO LAGO LIMPO A CANUÍ - Centro de Canoagem do Clube Naval de Brasília, com o apoio da Federação Brasiliense de Canoagem FEBRACAN, estarão presentes na SEMANA do LAGO LIMPO, evento realizado pela ADASA e parceiros, que

Leia mais

Benefícios da Leitura

Benefícios da Leitura Ler a par Benefícios da Leitura Proporciona à criança informação e conhecimento sobre o mundo. Apresenta à criança situações e ideias novas Estimulando a curiosidade, o pensamento crítico, e ainda a consciência

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

47ª MARATONA DE NATAÇÃO 14 BIS TRAVESSIA BERTIOGA GUARUJÁ DESCRITIVO

47ª MARATONA DE NATAÇÃO 14 BIS TRAVESSIA BERTIOGA GUARUJÁ DESCRITIVO 47ª MARATONA DE NATAÇÃO 14 BIS TRAVESSIA BERTIOGA GUARUJÁ DESCRITIVO Data da Prova: 1 de novembro de 2014. Horário: Chegada dos atletas a partir das 6:00h, com largada às 8:00h. Local: Forte São João,

Leia mais

QUAL É O NOSSO CAMPO DE ATUAÇÃO?

QUAL É O NOSSO CAMPO DE ATUAÇÃO? QUEM SOMOS? Caros jovens participantes do Jovens em Ação, para ajudar o grupo na realização do seu empreendimento social, o projeto entregará a vocês, em partes, algumas propostas de atividades que contribuirão

Leia mais

jéssica super Entrevista

jéssica super Entrevista Entrevista Adoro a liberdade que me dá, o espaço para estar sozinha e os bonitos países que vi. super jéssica A atleta olímpica partilha consigo um pouco da sua experiência e oferece alguns conselhos para

Leia mais

Métodos de Ensino. Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 7) Péricles Miranda

Métodos de Ensino. Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 7) Péricles Miranda Métodos de Ensino Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 7) Péricles Miranda Objetivos desta aula Apresentar métodos de ensino para educadores de cursos de computação. Discutir as vantagens e desvantagens

Leia mais

Nome: 2) Entender e praticar a boa educação no campo, em relação à preservação da natureza. Verdadeiro ou Falso.

Nome: 2) Entender e praticar a boa educação no campo, em relação à preservação da natureza. Verdadeiro ou Falso. Prova Acampamento I (Atividades Recreativas 01) Nome: 1) Ter pelo menos 10 anos, ou estar no mínimo na quinta série. 2) Entender e praticar a boa educação no campo, em relação à preservação da natureza.

Leia mais

2º TriUSP Triathlon Rápido da USP Ribeirão Preto

2º TriUSP Triathlon Rápido da USP Ribeirão Preto 2º TriUSP Triathlon Rápido da USP Ribeirão Preto - 2015 REGULAMENTO 1. DATA E LOCAL: O 2º TriUSP será realizado no dia 15 de Novembro de 2015, no Campus da USP de Ribeirão Preto (Av. Bandeirantes, 3.900,

Leia mais

ANEXO V AO EDITAL CBMERJ Nº 001/2015 TESTE DE CAPACIDADE FÍSICA E TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA

ANEXO V AO EDITAL CBMERJ Nº 001/2015 TESTE DE CAPACIDADE FÍSICA E TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA ANEXO V AO EDITAL CBMERJ Nº 001/2015 TESTE DE CAPACIDADE FÍSICA E TESTE DE HABILIDADE ESPECÍFICA Os Teste de Capacidade Física e de Habilidade Específica têm o objetivo de selecionar os candidatos cuja

Leia mais

Alto Juquiá Sítio Canoar Juquitiba/SP

Alto Juquiá Sítio Canoar Juquitiba/SP Rafting no OPERADORA Alto Juquiá Sítio Canoar Juquitiba/SP Alto Juquiá. Opção de mais emoção no rio Juquiá. Definição O Rafting consiste na descida de rios em botes infláveis. Os participantes remam conduzidos

Leia mais

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA 2 ºCICLO PATINAGEM:

DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA 2 ºCICLO PATINAGEM: (Currículo Regional do Ensino 5,8,9,10 e 14 - Compreender e valorizar a prática da patinagem como factor de desenvolvimento pessoal e de melhor qualidade de vida; - Conhecer as características da Patinagem

Leia mais

Você sabe quanto vai pagar e receber no próximo mês? Tem surpresas diárias e fica desesperado tentando saber como pagará as contas a cada dia?

Você sabe quanto vai pagar e receber no próximo mês? Tem surpresas diárias e fica desesperado tentando saber como pagará as contas a cada dia? Bem-vindo(a) ao módulo 2: Cuidando das contas a pagar e a receber. Aqui estudaremos sobre como praticar o preenchimento das planilhas de contas a receber, contas a pagar e caixa futuro, também estudaremos

Leia mais

www. iguatemy.com.br LEMBRETE: CONFORME CALENDÁRIO ESCOLAR NÃO HAVERÁ AULA DIA 13/10. MOTIVO: ANTECIPAÇÃO DO DIA DO PROFESSOR.

www. iguatemy.com.br LEMBRETE: CONFORME CALENDÁRIO ESCOLAR NÃO HAVERÁ AULA DIA 13/10. MOTIVO: ANTECIPAÇÃO DO DIA DO PROFESSOR. www. iguatemy.com.br COMUNICADO 31-03 de Outubro de 2014 Ed. Infantil / Berçário / Integral LEMBRETE: CONFORME CALENDÁRIO ESCOLAR NÃO HAVERÁ AULA DIA 13/10. MOTIVO: ANTECIPAÇÃO DO DIA DO PROFESSOR. Semana

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO DE PEDAGOGIA LITORAL NORTE/OSÓRIO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO DE PEDAGOGIA LITORAL NORTE/OSÓRIO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL CURSO DE PEDAGOGIA LITORAL NORTE/OSÓRIO PROGRAMA DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID Acadêmicas: Claines Kremer e Genisele Oliveira Data: Setembro 2015 PLANO

Leia mais

Objetivo geral: Desenvolver nos alunos uma forma melhor de se orientarem no espaço geográfico.

Objetivo geral: Desenvolver nos alunos uma forma melhor de se orientarem no espaço geográfico. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS, LETRAS E ARTES. DEPARTAMENTO DE GEOGRAFIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) I. Plano de Aula: 34 Data:

Leia mais

Torneio das Habilidades

Torneio das Habilidades Torneio das Habilidades de maio de 2016 10:45 h Regulamento Torneio das Habilidades O torneio das habilidades decorrerá no Complexo Desportivo de Amarante, no dia a partir das 10:15h. Este torneio é destinado

Leia mais

HISTÓRIA Profº Maurício POETA

HISTÓRIA Profº Maurício POETA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA PADRONIZAÇÃO DOS TRABALHOS ESCOLARES. Este manual tem por objetivo orientar a produção dos trabalhos escolares feitos pelos alunos da Escola Estadual Poeta Domingos Bauer Leite,

Leia mais

Tempo de aula: minutos Tempo de preparação: 10 minutos

Tempo de aula: minutos Tempo de preparação: 10 minutos 3 NOME DA AULA: Pensamento computacional Tempo de aula: 45 60 minutos Tempo de preparação: 10 minutos Objetivo principal: apresentar o modelo de pensamento computacional como uma forma de preparar problemas

Leia mais

Aprendendo a revisar os textos produzidos

Aprendendo a revisar os textos produzidos a revisá-los. A partir do momento em que a criança começa a produzir textos, precisa também aprender Essa prática deve começar nas séries iniciais, pois é assim que as crianças começam a incorporar, sem

Leia mais

Plano de Intervenção

Plano de Intervenção INTERVENÇÃO AULA PRÁTICA SOLOS Plano de Intervenção AUTOR: Luiz Felipe Ribeiro CONTEXTUALIZAÇÃO A variação dos solos depende da posição em que os solos estão em uma determinada paisagem, bem como o conteúdo

Leia mais

Rafting no Jacaré. O mais divertido percurso do rafting paulista. Brotas/SP OPERADORA

Rafting no Jacaré. O mais divertido percurso do rafting paulista. Brotas/SP OPERADORA Rafting no Jacaré Brotas/SP OPERADORA O mais divertido percurso do rafting paulista. Definição O rafting consiste na descida de rios em botes infláveis. Os participantes remam conduzidos por um instrutor,

Leia mais

Apelamos ao esprito colaborativo e ao necessário bom senso de todos os clubes/participantes na gestão e utilização do espaço.

Apelamos ao esprito colaborativo e ao necessário bom senso de todos os clubes/participantes na gestão e utilização do espaço. ACESSOS 1 Hangares; 2 Parque de carrinhas e atrelados; Sentido circulação de carrinhas e atrelados; 3 Acesso Público a pé; 4 Hangares: 5 Reunião de Delegados e Apoio Médico; 6 Balneários; 7 Resultados

Leia mais

XXXXXXX. Todos os técnicos responsáveis pelas atividades de inspeção em indústrias de medicamentos.

XXXXXXX. Todos os técnicos responsáveis pelas atividades de inspeção em indústrias de medicamentos. NOME DO X 1/6 // 1 INTRODUÇÃO O passo seguinte à aprovação de um documento do sistema de qualidade, para que ele possa realmente se tornar efetivo, é o treinamento de todos os envolvidos na execução das

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Gratidão e celebração Mês: Dezembro Habilidade Sócio emocional: Este projeto visa promover o encerramento do ano de 2016, em que os alunos terão a oportunidade de resgatar

Leia mais

CORTA MATO ESCOLAR. AEmaximinos 2012/2013 REGULAMENTO DA PROVA

CORTA MATO ESCOLAR. AEmaximinos 2012/2013 REGULAMENTO DA PROVA CORTA MATO ESCOLAR REGULAMENTO DA PROVA APRESENTAÇÃO DA ATIVIDADE O Corta Mato fase escolar, desde sempre foi considerado como o ex-líbris do Desporto Escolar. Desta forma, e tratando-se da festa do Desporto

Leia mais

METODOLOGIA DO ENSINO DO FUTEBOL DE SALÃO. Osvaldo Tadeu da Silva Junior

METODOLOGIA DO ENSINO DO FUTEBOL DE SALÃO. Osvaldo Tadeu da Silva Junior METODOLOGIA DO ENSINO DO FUTEBOL DE SALÃO Osvaldo Tadeu da Silva Junior MÉTODOS/ESTILOS DE ENSINO FERREIRA (1986): do grego méthodos, "caminho para chegar a um fim". Caminho pelo qual se atinge um objetivo.

Leia mais

Rafting Elite. Mais emoção nas corredeiras do rio Jacaré. Brotas/SP OPERADORA

Rafting Elite. Mais emoção nas corredeiras do rio Jacaré. Brotas/SP OPERADORA Rafting Elite Brotas/SP OPERADORA Mais emoção nas corredeiras do rio Jacaré. Definição O rafting consiste na descida de rios em botes infláveis. Os participantes remam conduzidos por um condutor, responsável

Leia mais

3. SENTADO SEM SUPORTE PARA AS COSTAS MAS COM OS PÉS APOIADOS SOBRE O CHÃO OU SOBRE UM BANCO

3. SENTADO SEM SUPORTE PARA AS COSTAS MAS COM OS PÉS APOIADOS SOBRE O CHÃO OU SOBRE UM BANCO Escala de Equilíbrio de Berg 1.SENTADO PARA EM PÉ INSTRUÇÕES: Por favor, fique de pé. Tente não usar suas mãos como suporte. ( ) 4 capaz de permanecer em pé sem o auxílio das mãos e estabilizar de maneira

Leia mais

3. QUAL É A FUNÇÃO DA MOEDA SOCIAL?

3. QUAL É A FUNÇÃO DA MOEDA SOCIAL? Mini Guia Mercado de Trocas Solidárias - MTS 1. O QUE É O MERCADO DE TROCAS SOLIDÁRIAS EM UMA FEIRA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA? É um espaço onde as pessoas trocam entre elas produtos, serviços e saberes sem

Leia mais

OPERADORA. Rafting no Juquiá. Sítio Canoar Juquitiba/SP. Rio Juquiá. O rafting no Brasil começou aqui.

OPERADORA. Rafting no Juquiá. Sítio Canoar Juquitiba/SP. Rio Juquiá. O rafting no Brasil começou aqui. Rafting no Juquiá OPERADORA Sítio Canoar Juquitiba/SP Rio Juquiá. O rafting no Brasil começou aqui. Definição O Rafting consiste na descida de rios em botes infláveis. Os participantes remam conduzidos

Leia mais

Como usar o Manual das Práticas CAPÍTULO. cap4.indd 1 27/05/13 18:02

Como usar o Manual das Práticas CAPÍTULO. cap4.indd 1 27/05/13 18:02 4 Como usar o Manual das Práticas CAPÍTULO cap4.indd 1 27/05/13 18:02 cap4.indd 2 27/05/13 18:02 CONSIDERAÇÕES COMO USAR O MANUAL DAS PRÁTICAS Como usar o Manual das Práticas Pablo Juan Greco Siomara A.

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo AFOGAMENTO Afogamento é a aspiração de líquido, causado por submersão. Infelizmente, é uma ocorrência constante e recorrente. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS),

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS APRESENTAÇÃO

INFORMAÇÕES GERAIS APRESENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS APRESENTAÇÃO O evento: Primeira Corrida Tá Voando, tem a finalidade de estimular a prática desportiva como elemento da promoção da saúde, da qualidade de vida. Serão beneficiados diretamente

Leia mais

Regras da Classe e de Regata

Regras da Classe e de Regata ! Regras da Classe e de Regata 2014 Regras da Classe Descrição geral: Comprimento total = 800 mm Casco: Monocasco Velas: Vela grande e estai 1. Padrões: 1. Casco, patilhão e leme O casco será tipo monocasco,

Leia mais

São Silvestre de Almada 2016 [ REGULAMENTO ]

São Silvestre de Almada 2016 [ REGULAMENTO ] São Silvestre de Almada 2016 [ REGULAMENTO ] 1 O CLUBE DE ATLETISMO AMIGOS DO PARQUE DA PAZ, em parceria com a Associação Desportiva O Mundo da Corrida e com o apoio da Câmara Municipal de Almada, vai

Leia mais

Como escrever ou realizar os exercícios de aquecimento

Como escrever ou realizar os exercícios de aquecimento Como escrever ou realizar os exercícios de aquecimento Considerações 1-O alfabeto da Ergonomografia foi desenvolvido para ser utilizado nas folhas padronizadas dos cadernos escolares. 2-Daí as letras que

Leia mais

REGULAMENTO DA CORRIDA CONTRA I CRACK A REALIZAR NO Dia 31 de Julho no Centro da Cidade de Senador Canedo, Local: Praça Criativa

REGULAMENTO DA CORRIDA CONTRA I CRACK A REALIZAR NO Dia 31 de Julho no Centro da Cidade de Senador Canedo, Local: Praça Criativa REGULAMENTO DA CORRIDA CONTRA I CRACK A REALIZAR NO Dia 31 de Julho no Centro da Cidade de Senador Canedo, Local: Praça Criativa INICIATIVA COM CARATER ESPORTIVO E SOCIAL O evento CORRIDA CONTRA O CRACK

Leia mais

Rafting no Jacaré. O mais divertido percurso do rafting paulista. Brotas/SP OPERADORA

Rafting no Jacaré. O mais divertido percurso do rafting paulista. Brotas/SP OPERADORA Rafting no Jacaré Brotas/SP OPERADORA O mais divertido percurso do rafting paulista. Definição O rafting consiste na descida de rios em botes infláveis. Os participantes remam conduzidos por um instrutor,

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS XII CORTA MATO DO C.I.C.

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS XII CORTA MATO DO C.I.C. COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS XII CORTA MATO DO C.I.C. DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTO OUTUBRO DE 2008 Regulamento do Corta Mato 2008/2009 do Colégio Internato dos Carvalhos Organização do

Leia mais

MATRIZ A Prova Global do Agrupamento

MATRIZ A Prova Global do Agrupamento Compor e realizar Ginástica. Destrezas elementares de solo e aparelhos (Plinto e mini trampolim), em esquemas individuais, aplicando os critérios de correcção técnica e apreciando os esquemas de acordo

Leia mais

Deve ser nomeado um Coordenador de Estágio, de preferência o Diretor do Curso, neste caso o Professor José Barros.

Deve ser nomeado um Coordenador de Estágio, de preferência o Diretor do Curso, neste caso o Professor José Barros. REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DE GRAU I (Resumo) 1. Carga Horária O Curso de Treinadores de Atletismo de Grau I passa a englobar na sua componente curricular, para além das matérias gerais do treino desportivo

Leia mais

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO

CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO CENTRO DE CONVIVÊNCIA ESCOLA BAIRRO ESTRUTURA DE TRABALHO Os CCEB atendem a comunidade escolar no contra turno com oficinas diversificadas que atendem os alunos da faixa etária de 6 à 12 anos que estudam

Leia mais

Biblioteca Escolar António Bento Franco MANUAL DE UTILIZADOR WINDOWS LIVE MOVIE MAKER

Biblioteca Escolar António Bento Franco MANUAL DE UTILIZADOR WINDOWS LIVE MOVIE MAKER MANUAL DE UTILIZADOR WINDOWS LIVE MOVIE MAKER Criar o vídeo - início Para iniciar a criação de um filme, devemos em primeiro lugar criar uma pasta, onde colocaremos todos os objetos que pretendemos inserir

Leia mais

Problemas : Sistema de numeração decimal. Operações com números naturais (problemas) - Compreender o sistema de numeração decimal

Problemas : Sistema de numeração decimal. Operações com números naturais (problemas) - Compreender o sistema de numeração decimal Título da Sequência: Área Temática: Conteúdos: Problemas : Sistema de numeração decimal COLECÇÃO DE TURMA : TAMPINHAS Matemática Operações com números naturais (problemas) - Compreender o sistema de numeração

Leia mais

Seu Método DE VENDAS CONSTRUA O PASSO A PASSO RESUMIDO PARA PADRONIZAR O ATENDIMENTO E AUMENTAR AS VENDAS DE SUA EQUIPE.

Seu Método DE VENDAS CONSTRUA O PASSO A PASSO RESUMIDO PARA PADRONIZAR O ATENDIMENTO E AUMENTAR AS VENDAS DE SUA EQUIPE. Seu Método DE VENDAS CONSTRUA O PASSO A PASSO RESUMIDO PARA PADRONIZAR O ATENDIMENTO E AUMENTAR AS VENDAS DE SUA EQUIPE. introdução: Vender é como fazer um café ou um bolo: se você não sabe os passos corretos

Leia mais

Caderno de apoio Alunos e Pais

Caderno de apoio Alunos e Pais Caderno de apoio Alunos e Pais ÍNDICE Apresentação... 3 Aprofunde os conteúdos vistos em sala de aula... 4 Amplie as fontes de pesquisas... 4 Aprenda com recursos interativos e linguagens diferenciadas...

Leia mais

A - MODALIDADE: Trata-se de uma travessia na qual os nadadores percorrerão 1km ou 3,8km no mar, em um percurso formado por boias.

A - MODALIDADE: Trata-se de uma travessia na qual os nadadores percorrerão 1km ou 3,8km no mar, em um percurso formado por boias. REGULAMENTO TÉCNICO BEACH & MOUNTAIN CHALLENGE NATAÇÃO DISTÂNCIA: 1km e 3,8km LOCAL: Florianópolis LARGADA: Praia do Pântano do Sul. CHEGADA: Praia do Pântano do Sul. DATA: 02 de Maio de 2015 HORÁRIO DA

Leia mais

O que é Defesa Pessoal?

O que é Defesa Pessoal? DEFESA PESSOAL O que é Defesa Pessoal? Habilitação de tácticas e técnicas sistematizadas e acessíveis a qualquer pessoa pelo treino, dotando-a de mecanismos necessários e suficientes a parar qualquer acção

Leia mais

Instituto Mestre Allan 09/2010

Instituto Mestre Allan 09/2010 Instituto Mestre Allan 09/2010 1 Bem estruturada Qualidade técnica e experiência do Mestre Professores qualificados Profissionalismo (citado várias vezes) Ambiente harmonioso, e instrutor competente (habilidade

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2010/01 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: METODOLOGIA DA PESQUISA PROFESSOR: JULIANA FERRARI DE OLIVEIRA TURMA: 3BM

Leia mais

PISCINA MUNICIPAL DE VAGOS

PISCINA MUNICIPAL DE VAGOS Condições gerais das modalidades Documentação necessária para crianças: Fotocópia do B.I. e Cartão de contribuinte/c.c. do encarregado de educação Fotocópia do Boletim de nascimento/b.i./c.c. da criança/jovem

Leia mais

Trabalhando com o material dourado ou similares

Trabalhando com o material dourado ou similares Essa atividade com o material dourado tem por objetivo facilitar a compreensão do aluno de forma concreta em relação ao sistema de numeração decimal. Composto por cubinhos, barrinhas e placas, esse material

Leia mais

PROJETO: OPERAÇÕES COM NÚMEROS DECIMAIS

PROJETO: OPERAÇÕES COM NÚMEROS DECIMAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) ESCOLA MUNICIPAL HERMANN GMEINNER Bolsistas: Jacqueline Cristina de Medeiros Supervisora: Patrícia

Leia mais

CNE -Agrupamento 1100 Parque das Nações Alcateia 128 Santa Maria do Mar ORIGEM DOS KAYAKS/CANOAS

CNE -Agrupamento 1100 Parque das Nações Alcateia 128 Santa Maria do Mar ORIGEM DOS KAYAKS/CANOAS ORIGEM DOS KAYAKS/CANOAS A canoa é originária dos índios da América do Norte e as primeiras referências a estas embarcações datam do séc. XVI, no Canadá. Apresentam dentro da forma base várias dimensões,

Leia mais

REGULAMENTO do GRUPO DISCIPLINAR EDUCAÇÃO FÍSICA. Ano Letivo 2013/2014

REGULAMENTO do GRUPO DISCIPLINAR EDUCAÇÃO FÍSICA. Ano Letivo 2013/2014 REGULAMENTO do GRUPO DISCIPLINAR EDUCAÇÃO FÍSICA Ano Letivo 2013/2014 Tendo como referência as normas que são comuns aos vários sectores que integram a estrutura pedagógica e administrativa da Escola,

Leia mais

Curso de Administração Trabalho Integrado. Roteiro 2010/1 1º., 3º. e 5º. semestres 1. INTRODUÇÃO

Curso de Administração Trabalho Integrado. Roteiro 2010/1 1º., 3º. e 5º. semestres 1. INTRODUÇÃO Curso de Administração Trabalho Integrado Roteiro 2010/1 1º., 3º. e 5º. semestres 1. INTRODUÇÃO Trabalhar a interdisciplinaridade tem sido um desafio para muitos cursos de graduação. Outra questão é a

Leia mais

Bóia Cross no Jacaré. A mais tradicional atividade de aventura em Brotas. Brotas/SP OPERADORA

Bóia Cross no Jacaré. A mais tradicional atividade de aventura em Brotas. Brotas/SP OPERADORA Bóia Cross no Jacaré Brotas/SP OPERADORA A mais tradicional atividade de aventura em Brotas. Definição O Bóia Cross é a descida de rios utilizando uma bóia como instrumento de navegação. Com o desenvolvimento

Leia mais

Introdução à ginástica artística

Introdução à ginástica artística Introdução à ginástica artística A GA foi a primeira modalidade de competição da FIG e a primeira dos Jogos Olímpicos. Presente desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, realizada em

Leia mais

PROVAS A Performance B Participação 1) ATLETISMO Caminhada 25 metros - B Corrida 100 metros A

PROVAS A Performance B Participação 1) ATLETISMO Caminhada 25 metros - B Corrida 100 metros A PROVAS 1) Atletismo 2) Futsal 3) Voleibol Especial 4) Natação 5) Cabo de Guerra 6) Provas de Habilidade 7) Tênis de Mesa A Performance B Participação 1) ATLETISMO Caminhada 25 metros - B - Nesta prova

Leia mais

KARTISMO. Único monoposto que se aproxima de um F-1 é o Kart Ayrton Senna

KARTISMO. Único monoposto que se aproxima de um F-1 é o Kart Ayrton Senna KARTISMO O KART é a modalidade do automobilismo que muitos chamam de categoria de BASE, sendo que muitos atletas iniciaram nessa categoria como: Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi, Ayrton Senna, Rubens

Leia mais

A NOVELA DA PANELA UM DRAMA QUASE COMPLETO, QUASE TOTALMENTE ESCRITO E DESENHADO POR

A NOVELA DA PANELA UM DRAMA QUASE COMPLETO, QUASE TOTALMENTE ESCRITO E DESENHADO POR TEXTO E ILUSTRAÇÕES ANGELA LAGO A NOVELA DA PANELA UM DRAMA QUASE COMPLETO, QUASE TOTALMENTE ESCRITO E DESENHADO POR ANGELA LAGO SUGESTÕES PARA O PROFESSOR ELABORAÇÃO: ANA PAULA TORRES LAROCA NEUZA SANCHEZ

Leia mais

O PIBID COMO DIVISOR DE ÁGUAS PARA UMA PEDAGOGIA LIVRE E CRIATIVA

O PIBID COMO DIVISOR DE ÁGUAS PARA UMA PEDAGOGIA LIVRE E CRIATIVA O PIBID COMO DIVISOR DE ÁGUAS PARA UMA PEDAGOGIA LIVRE E CRIATIVA Laurena Fragoso Martinez Blanco Acadêmica do Curso de Pedagogia da UNICENTRO Irati e bolsista do Programa Institucional de Iniciação á

Leia mais

Manual de navegação do Usuário

Manual de navegação do Usuário Manual de navegação do Usuário Câmara Municipal De Barra de São Miguel- PB APRESENTAÇÃO Este é o Manual de Navegação da Câmara Municipal de Barra de São Miguel - PB. Tem linguagem simples e é ilustrado

Leia mais

O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO

O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO O FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL NA TOMADA DE DECISÃO Fernanda Zorzi 1 Catherine Chiappin Dutra Odir Berlatto 2 INTRODUÇÃO Esta pesquisa apresenta como tema principal a gestão financeira através

Leia mais

Nesse artigo falaremos sobre:

Nesse artigo falaremos sobre: Este conteúdo faz parte da série: Excel Dicas Avançadas Ver 11 posts dessa série Nesse artigo falaremos sobre: Deadline para controle de datas Outras funções avançadas Formatação Condicional Tabelas Dinâmicas

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Alimentação saudável Mês: Abril Habilidade Sócio emocional: Consciência em ação organização e responsabilidade Período: 11 a 15 de Abril Duração: 1h Público: Creches

Leia mais

A aplicação do método se resume em algumas partes: Apostila escrita e desenvolvida por Renan Cerpe Versão 1.0

A aplicação do método se resume em algumas partes: Apostila escrita e desenvolvida por Renan Cerpe Versão 1.0 Introdução: O método Bindfolded, traduzido como "olhos vendados", é um dos maiores desafios para um Speed Cuber. Solucionar o Cubo Mágico com os olhos vendados parece ser algo impossível e que impressiona

Leia mais

EMEF PROFESSORA MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID. Plano de aula 4 Abril de Ângulos

EMEF PROFESSORA MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID. Plano de aula 4 Abril de Ângulos EMEF PROFESSORA MARIA MARGARIDA ZAMBON BENINI PIBID Plano de aula 4 Abril de 2015 Ângulos Bolsistas: Mévelin Maus, Patrícia Lombelo, Natacha Subtil. Supervisora: Marlete Basso Roman Disciplina: Matemática

Leia mais

Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços. Senac Jundiaí

Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços. Senac Jundiaí Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços Senac Jundiaí Aprendizagem em Comércio de Bens e Serviços Senac Jundiaí 1997 Início do Programa de Aprendizagem em Jundiaí (1 turma) 2000 Parceria com Secretaria

Leia mais

Agrupamento de Escolas da Amadora 3 ESCOLA SECUNDÁRIA FERNANDO NAMORA 2014/2015. Plano de aula

Agrupamento de Escolas da Amadora 3 ESCOLA SECUNDÁRIA FERNANDO NAMORA 2014/2015. Plano de aula Parte Introdutória Plano de aula Etapa: 4ª Etapa Unidade de Ensino: 12ª UE Aula nº: 53 e 54 Ana Lares Data: 11/05/2015 14/05/2015 Turma: 7ºano Duração da aula: 45 90 Nº previsto de alunos: 28 Material:

Leia mais

Duração da Prova: 60 minutos com 30 minutos de tolerância. EXEMPLO

Duração da Prova: 60 minutos com 30 minutos de tolerância. EXEMPLO Prova de Aferição de Expressões Físico-Motoras Prova 28 2.º Ano de Escolaridade 2017 Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril Guião da Prova Duração da Prova: 60 minutos com 30 minutos de tolerância. 8 Páginas

Leia mais