Direito Penal Princípios Emerson Castelo Branco Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direito Penal Princípios Emerson Castelo Branco Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor."

Transcrição

1 Direito Penal Princípios Emerson Castelo Branco 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

2 PRINCÍPIOS E CARACTERÍSTICAS DO DIREITO PENAL

3 Reserva legal - Art. 1.º do CP - Art. 5.º, inciso XXXIX, da CF. - Taxatividade - Contravenções penais e medida de segurança - Mandato de Certeza Anterioridade da lei penal

4 Irretroatividade da lei penal mais maléfica e Retroatividade da lei penal mais benéfica - Inc. XL, do art. 5.º, da CF/88; e art. 2.º do CP. - Cuidado! Normas processuais (art. 2.º do CPP) - Toda e qualquer norma que influencie no direito de punir do Estado deve ser considerada de natureza penal -Medidas de segurança -Vacatio legis - Combinação de leis penais

5 Culpabilidade -Ausência de responsabilidade objetiva. -A responsabilidade é pelo fato e não pelo autor. -A culpabilidade é a medida da pena. Dignidade da pessoa humana - Art. 1.º, inciso III, da CF/88; art. 5.º, inciso XLI, da CF/88

6 Humanidade (ou da humanização das penas - Inc. XLVII, do art. 5.º, CF/88. Vedação de penas a) de morte, salvo em caso de guerra declarada, nos termos do art. 84, inciso XIX; b) de caráter perpétuo; c) de trabalhos forçados; d) de banimento; e) cruéis - Inc. XLIX, do art. 5.º, da CF/88: é assegurado aos presos o respeito à integridade física e moral. Pessoalidade (ou personalidade ou intranscendência) - Nenhuma pena passará da pessoa do condenado (Inc. XLV, art.5. CF/88)

7 Individualização das penas - Inc. XLVI, art.5., CF/88: a lei regulará a individualização da pena e adotará, entre outras, as seguintes: a) privação ou restrição da liberdade; b) perda de bens; c) multa; d) prestação social alternativa; e) suspensão ou interdição de direitos. - Três fases: 1. Legislativa 2. Judicial 3. Administrativa

8 Intervenção mínima - Orienta a atividade do legislador - Princípio da subsidiariedade (STJ HC /MS 07/06/2010) Fragmentariedade - Decorre da intervenção mínima - Prega o caráter seletivo do Direito Penal Proporcionalidade das penas

9 Insignificância (da bagatela) - Origina-se dos princípios da humanidade e da dignidade da pessoa humana. - A situação deve possuir o mínimo de relevância. - O delito de menor potencial ofensivo não configura, por si só, o princípio da insignificância. - A existência de condições pessoais desfavoráveis (ex.: reincidência) não impede a aplicação do princípio. - O valor econômico da coisa, por si só, não é o suficiente.

10 - Exclui o fato típico. - Tipicidade formal e tipicidade material. - Pode ser aplicado em relação aos atos infracionais. -Critérios para a aplicação do princípio da insignificância: a) Mínima ofensividade da conduta. b) Inexistência de periculosidade social do ato. c) Reduzido grau de reprovabilidade do comportamento. d) Inexpressividade da lesão provocada.

11 Ofensividade (lesividade) - Efetiva ofensa ao bem jurídico Alteridade - Impede a punição da autolesão. Em regra, as pessoas não podem ser punidas por algo que as atingem exclusivamente. Adequação social - Sentimento social de justiça

12 In dubio pro reo Na dúvida, a interpretação deve ser sempre mais favorável ao réu.

13 Características do Direito Penal Conceito - Formal: Conjunto de normas. - Material: Comportamentos reprováveis. - Objetivo: Conjunto de normas. - Subjetivo: Direito do Estado de aplicar a tutela penal.

14 Características do Direito Penal Características das norma penais a) Exclusividade somente a lei penal pode definir crimes e cominar sanções. b) Anterioridade deve ser anterior ao fato delitivo. c) Imperatividade o seu descumprimento acarreta a imposição da pena. d) Generalidade destina-se a todos. e) Impessoalidade não se refere a pessoas determinadas.

15 Características do Direito Penal Normas penais em branco (cegas ou abertas) - Normas de conteúdo incompleto - Espécies: a) Em sentido lato (homogêneas) b) Em sentido estrito (heterogêneas).

16 Características do Direito Penal Fontes do direito penal a) De produção, material ou substancial. É o Estado. Compete à União legislar sobre direito penal. b) Formal, de cognição ou de conhecimento: Imediata: lei. Mediata: costumes e princípios gerais do direito. Não podem se sobrepor à lei penal.

17 Características do Direito Penal Classificação das normas penais a) Normas penais incriminadoras Descrevem a conduta criminosa e a pena b) Normas penais não incriminadoras: permissivas. Causas de exclusão da ilicitude do fato (arts. 24 e 25 do CP) - exculpantes. Outras causas de exclusão do crime (ex.: coação moral irresistível) ou da punibilidade (ex.: prescrição). - explicativas. Esclarecem o significado de outras normas. Ex: arts. 327 e 150, 4.º, CP - Complementares. Princípios gerais da aplicação da lei penal (art. 59, CP)

18 Características do Direito Penal Analogia - No Direito Penal, não se admite analogia para normas incriminadoras. Deve ser aplicada somente nas normas penais não incriminadoras permissivas e explicativas. - Somente se admite analogia in bonam partem, isto é, em benefício do acusado. - Qual a distinção entre analogia, interpretação extensiva e interpretação analógica?

TEORIA GERAL DA PENA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES

TEORIA GERAL DA PENA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES TEORIA GERAL DA PENA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES 1 - Conceito de Pena: Uma das espécies de sanção penal, ao lado da medida de segurança. É a resposta estatal consistente na privação ou restrição de um

Leia mais

Conceito e Denominações

Conceito e Denominações Prof. Mauro Stürmer Conceito e Denominações Direito Penal - Conceito Formal conjunto de normas jurídicas pelas quais os Estado proíbe determinadas condutas (ação ou omissão), sob a ameaça de determinadas

Leia mais

Interpretação e integração da lei penal Interpretação...11

Interpretação e integração da lei penal Interpretação...11 Sumário Notas Preliminares Finalidade do Direito Penal...2 Bens que podem ser protegidos pelo Direito Penal...2 Códigos do Brasil...3 Código Penal atual...3 Direito Penal...3 Garantismo...3 Garantias...4

Leia mais

Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 Capítulo 2 Aplicação da Lei Penal... 29

Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 Capítulo 2 Aplicação da Lei Penal... 29 Sumário Capítulo 1 Noções Preliminares... 1 1. Introdução... 1 2. Princípios... 4 2.1. Princípio da legalidade... 5 2.2. Princípio da anterioridade da lei penal... 5 2.3. Princípio da irretroatividade

Leia mais

7/4/2014. Multa Qualificada. Paulo Caliendo. Multa Qualificada. Paulo Caliendo. + Sumário. Multa Qualificada. Responsabilidade dos Sócios

7/4/2014. Multa Qualificada. Paulo Caliendo. Multa Qualificada. Paulo Caliendo. + Sumário. Multa Qualificada. Responsabilidade dos Sócios + Multa Qualificada Paulo Caliendo Multa Qualificada Paulo Caliendo + Sumário Multa Qualificada Responsabilidade dos Sócios 1 + Importância da Definição: mudança de contexto Modelo Anterior Sentido Arrecadatório

Leia mais

Multa Qualificada. Paulo Caliendo. Paulo Caliendo

Multa Qualificada. Paulo Caliendo. Paulo Caliendo + Multa Qualificada Paulo Caliendo Multa Qualificada Paulo Caliendo + Importância da Definição: mudança de contexto Modelo Anterior Sentido Arrecadatório Modelo Atual Sentido repressor e punitivo Última

Leia mais

Sumário PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL NORMA PENAL... 33

Sumário PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL NORMA PENAL... 33 CAPÍTULO 1 PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL... 13 1. Noções preliminares...13 2. Peculiaridades dos princípios do Direito Penal...13 3. Princípio da legalidade ou da reserva legal...14 3.1 Abrangência do princípio

Leia mais

1 CONCEITO DE DIREITO PENAL

1 CONCEITO DE DIREITO PENAL RESUMO DA AULA DIREITO PENAL APLICAÇÃO DA LEI PENAL PARTE 01 1 CONCEITO DE DIREITO PENAL; 2 FONTES DO DIREITO PENAL; 3 LEI PENAL; 4 INTERPRETAÇÃO DA LEI PENAL; 5 APLICAÇÃO DA LEI PENAL; 6 QUESTÕES COMENTADAS.

Leia mais

CURSO PRF 2017 DIREITO PENAL. diferencialensino.com.br AULA 002 DIREITO PENAL

CURSO PRF 2017 DIREITO PENAL. diferencialensino.com.br AULA 002 DIREITO PENAL AULA 002 DIREITO PENAL 1 PROFESSOR MÁRCIO TADEU 2 AULA 02 PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL Princípios são imperativos éticos extraídos do ordenamento jurídico. São normas estruturais do direito positivo, que

Leia mais

CURSO TROPA DE ELITE PREPARAÇÃO PARA A GUERRA 1. APLICAÇÃO DA LEI PENAL NO TEMPO E NO ESPAÇO

CURSO TROPA DE ELITE PREPARAÇÃO PARA A GUERRA 1. APLICAÇÃO DA LEI PENAL NO TEMPO E NO ESPAÇO CURSO TROPA DE ELITE PREPARAÇÃO PARA A GUERRA POLÍCIA FEDERAL 2012 AGENTE/ESCRIVÃO PROF. EMERSON CASTELO BRANCO DISCIPLINA: DIREITO PENAL 1. APLICAÇÃO DA LEI PENAL NO TEMPO E NO ESPAÇO 1.1 PRINCÍPIO DA

Leia mais

Sumário FUNDAMENTAIS DO DIREITO ... PENAL ...

Sumário FUNDAMENTAIS DO DIREITO ... PENAL ... Sumário CAPITULO 1 - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO DIREITO PENAL... 1 1.1. Princípio da Legalidade - art. l fi do CP e art. 5 Q, inc. XXXIX, CF... 1 1.1.1. Funções e princípios decorrentes da legalidade ou

Leia mais

SUMÁRIO. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores

SUMÁRIO. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores NOÇÕES DE DIREITO PENAL PARA CONCURSO DA POLÍCIA FEDERAL focada no cespe/unb SUMÁRIO UNIDADE 1 Aplicação da Lei Penal 1.1 Princípios da legalidade e da anterioridade 1.2 Lei penal no tempo e no espaço

Leia mais

SUMÁRIO. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores

SUMÁRIO. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores. Questões de provas anteriores DIREITO PENAL SUMÁRIO UNIDADE 1 Aplicação da Lei Penal 1.1 Princípios da legalidade e da anterioridade 1.2 Lei penal no tempo e no espaço 1.3 Tempo e lugar do crime 1.4 Lei penal excepcional, especial

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL I AULA DIA 06/03/2015. Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA

DIREITO PROCESSUAL PENAL I AULA DIA 06/03/2015. Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA DIREITO PROCESSUAL PENAL I AULA DIA 06/03/2015 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com 7.2 Integração - Enquanto as formas de interpretação partem de textos legais para alcançar,

Leia mais

Direito Penal Carreiras Jurídicas Professor: Christiano Gonzaga Aulas: 01 a 10

Direito Penal Carreiras Jurídicas Professor: Christiano Gonzaga Aulas: 01 a 10 Direito Penal Carreiras Jurídicas Professor: Christiano Gonzaga Aulas: 01 a 10 Página 1 de 7 Apresentação Promotor de Justiça na área criminal no Estado de Minas Gerais; Mestre em Direito; Professor em

Leia mais

Questão 1. Em relação às situações de exculpação, é incorreto afirmar:

Questão 1. Em relação às situações de exculpação, é incorreto afirmar: PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO PENAL P á g i n a 1 Questão 1. Em relação às situações de exculpação, é incorreto afirmar: a) O fato punível praticado sob coação irresistível é capaz de excluir

Leia mais

Vedações Constitucionais

Vedações Constitucionais Das Penas Aula 1 CONCEITO DE PENA A pena é uma consequência jurídica da infração penal. Uma espécie de sanção penal consistente na privação de determinados bens jurídicos, cujos pressuposto é a culpabilidade

Leia mais

Direito Penal para o Cargo de Analista de TI: ADVOCACIA DATAPREV Características e Fontes do Direito Penal.

Direito Penal para o Cargo de Analista de TI: ADVOCACIA DATAPREV Características e Fontes do Direito Penal. Direito Penal para o Cargo de Analista de TI: ADVOCACIA DATAPREV - 2016 Características e Fontes do Direito Penal. 1 de 55 Tópicos da Aula 1. Apresentação... 02 2. Características do Direito Penal... 03

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 25/08/2016 DISCIPLINA DIREITO PENAL PARTE GERAL PROFESSOR FRANCISCO MENEZES

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 25/08/2016 DISCIPLINA DIREITO PENAL PARTE GERAL PROFESSOR FRANCISCO MENEZES CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 25/08/2016 DISCIPLINA DIREITO PENAL PARTE GERAL PROFESSOR FRANCISCO MENEZES MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 01 PRINCÍPIOS E LEIS PENAIS NO TEMPO Ementa

Leia mais

a DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS SUMÁRIO

a DELEGAÇÃO DE SERVIÇOS NOTARIAIS E REGISTRAIS DO RS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Fundamentos do Direito Penal - Introdução... 02 2. Princípios do Direito Penal... 05 3. Fontes do Direito Penal... 13 4. Teoria da norma penal... 16 5. Aplicação da lei penal... 21 6. O conflito

Leia mais

PONTO 1: Ilicitude PONTO 2: Das Causas Legais de Exclusão da Ilicitude

PONTO 1: Ilicitude PONTO 2: Das Causas Legais de Exclusão da Ilicitude 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Ilicitude PONTO 2: Das Causas Legais de Exclusão da Ilicitude OBS: ADPF 130 revogou totalmente a Lei 5.250/67 (Lei de Imprensa). Hoje aplica-se o CC e o CP nesses casos. STF, HC

Leia mais

(D) extinguem a punibilidade. (E) excluem a tipicidade.

(D) extinguem a punibilidade. (E) excluem a tipicidade. Maratona Fiscal ISS Direito penal 1. A regra que veda a interpretação extensiva das normas penais incriminadoras decorre do princípio constitucional da (A) culpabilidade. (B) igualdade. (C) legalidade.

Leia mais

SUMÁRIO I. PRINCÍPIOS. 1. Conceito e amplitude 2. Graduação dos princípios II. PRINCÍPIOS REGENTES

SUMÁRIO I. PRINCÍPIOS. 1. Conceito e amplitude 2. Graduação dos princípios II. PRINCÍPIOS REGENTES SUMÁRIO I. PRINCÍPIOS 1. Conceito e amplitude 2. Graduação dos princípios II. PRINCÍPIOS REGENTES 1. Dignidade da pessoa humana 1.1 Aspectos do crime e a dignidade da pessoa humana 1.2 Aspectos do processo

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A Norma Penal E Sua Técnica De Elaboração Legislativa Lucas Nascimento A NORMA PENAL E SUA TÉCNICA DE ELABORAÇÃO LEGISLATIVA. SUMÁRIO: INTRODUÇÃO. 1. CONCEITO 2. CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Princípio da intervenção mínima Conflito aparente de normas 3.3 Sujeito ativo do crime Sujeito ativo Capacidade penal do

Princípio da intervenção mínima Conflito aparente de normas 3.3 Sujeito ativo do crime Sujeito ativo Capacidade penal do Sumário 1 Introdução 1.1 Conceito de Direito Penal 1.1.1 Nota introdutória 1.1.2 Denominação 1.1.3 Conceito de Direito Penal 1.1.4 Caracteres do Direito Penal 1.1.5 Posição enciclopédica 1.1.6 Direito

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CEAP DIREITO PENAL DA AÇÃO PENAL À EXTINÇÃO DA PUNIBILIDADE 4º DIV 2014 Profº Msc. Sybelle Serrão sybelleserrão@gmail.com DA SANÇÃO PENAL SANÇÃO PENAL PENA E MEDIDA DE

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Sentença Penal. Gustavo Badaró aula de

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Sentença Penal. Gustavo Badaró aula de Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Sentença Penal Gustavo Badaró aula de 04.08.2015 1. Conceito PLANO DA AULA 2. Classificação e denominações 3. Elementos da sentença 4. Sentença penal absolutória

Leia mais

LEGALIDADE EM MATÉRIA PENAL TRIBUNAL DO JÚRI PUNIÇÃO DAS DISCRIMINAÇÕES RETROATIVIDADE DA LEI PENAL BENIGNA RESPONSABILIDADE PESSOAL

LEGALIDADE EM MATÉRIA PENAL TRIBUNAL DO JÚRI PUNIÇÃO DAS DISCRIMINAÇÕES RETROATIVIDADE DA LEI PENAL BENIGNA RESPONSABILIDADE PESSOAL TRIBUNAL DO JÚRI É reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei, assegurados (VIII): a) a plenitude de defesa; b) o sigilo das votações; c) a soberania dos veredictos; d) a competência

Leia mais

TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES

TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES 1 Conceitos Sob o aspecto formal, direito penal é um conjunto de normas que qualifica certos comportamentos humanos indesejados como infrações

Leia mais

Profª Ms. Simone Schroeder SANÇÕES PENAIS

Profª Ms. Simone Schroeder SANÇÕES PENAIS Profª Ms. Simone Schroeder SANÇÕES PENAIS PENAS PRIVATIVAS DE LIBERDADE DO CP Pena privativa de liberdade Art. 33 CP Reclusão CP Detenção CP Prisão Simples Dec. Lei 3688/41 Sanções penais Penas Art. 32

Leia mais

POLÍCIA FEDERAL 2 PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL. AULA Da Legalidade. Nullum crimen nulla poena sine lege 1. DIREITO PENAL.

POLÍCIA FEDERAL 2 PRINCÍPIOS DO DIREITO PENAL. AULA Da Legalidade. Nullum crimen nulla poena sine lege 1. DIREITO PENAL. AULA 01 1. DIREITO PENAL. 1.1 Conceito. 1.2 : objetivo e subjetivo. 2. PRINCÍPIOS DE DIREITO PENAL 2.1 Da Legalidade. 2.2 Da Anterioridade da Lei Penal 2.3 Da Intervenção Mínima 2.4 Da Lesividade 2.5 Da

Leia mais

Conceitos Ab-rogação: é a revogação total de uma lei por outra parte Derrogação: é a revogação parcial de uma lei.

Conceitos Ab-rogação: é a revogação total de uma lei por outra parte Derrogação: é a revogação parcial de uma lei. Conceitos Ab-rogação: é a revogação total de uma lei por outra parte Derrogação: é a revogação parcial de uma lei. Retroatividade pro réu A regra da irretroatividade da lei penal mais gravosa também deve

Leia mais

AP A L P I L CA C Ç A Ã Ç O Ã O DA D A LE L I E P E P N E A N L A Art. 1º ao 12 do CP

AP A L P I L CA C Ç A Ã Ç O Ã O DA D A LE L I E P E P N E A N L A Art. 1º ao 12 do CP APLICAÇÃO DA LEI PENAL Art. 1º ao 12 do CP LEI PENAL NO TEMPO Princípio da Legalidade ou Reserva Legal Art. 5º, inciso XXXIX da CR/88: XXXIX - não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia

Leia mais

DIREITO PENAL. 1) Princípios Penais Fundamentais:

DIREITO PENAL. 1) Princípios Penais Fundamentais: 1 PONTO 1: Princípios Penais Fundamentais: I) Princípios relacionados ao direito penal: - Princípio da insignificância. II) Princípios relacionados ao direito penal: a) princípio da materialização do fato;

Leia mais

Legislação Penal Especial Lei de Tortura Liana Ximenes

Legislação Penal Especial Lei de Tortura Liana Ximenes Lei de Tortura Liana Ximenes 2014 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Lei de Tortura -A Lei não define o que é Tortura, mas explicita o que constitui tortura. -Equiparação

Leia mais

Aula 0. Princípios Constitucioanis do Direito Penal. Professores: Julio Ponte e Lorena L. Nascimento

Aula 0. Princípios Constitucioanis do Direito Penal. Professores: Julio Ponte e Lorena L. Nascimento Aula 0 Direito Penal para Soldado da Polícia Militar de Minas Gerais Princípios Constitucioanis do Direito Penal Professores: Julio Ponte e Lorena L. Nascimento www.pontodosconcursos.com.br 1 de 41 Aula

Leia mais

1. TEORIA CONSTITUCIONALISTA DO DELITO FATO TÍPICO

1. TEORIA CONSTITUCIONALISTA DO DELITO FATO TÍPICO 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Teoria Constitucionalista do Delito PONTO 2: Legítima Defesa PONTO 3: Exercício Regular de Direito PONTO 4: Estrito Cumprimento do Dever Legal 1. TEORIA CONSTITUCIONALISTA DO DELITO

Leia mais

TEORIA GERAL DO DELITO PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES

TEORIA GERAL DO DELITO PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES TEORIA GERAL DO DELITO PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES 1 Introdução 1.1 - Infração penal no Brasil O Brasil é adepto do sistema dualista ou dicotômico, ou seja, divide a infração penal em duas espécies:

Leia mais

Parte Geral ALEXANDRE ARARIPE MARINHO ANDRÉ GUILHERME TAVARES DE FREITAS. 3. a edição revista, atualizada e ampliada STJ

Parte Geral ALEXANDRE ARARIPE MARINHO ANDRÉ GUILHERME TAVARES DE FREITAS. 3. a edição revista, atualizada e ampliada STJ ALEXANDRE ARARIPE MARINHO ANDRÉ GUILHERME TAVARES DE FREITAS I Parte Geral 3. a edição revista, atualizada e ampliada THOMSON REUTERS REVISTADOS TRIBUNAIS'" MANUAL DE DIREITO PENAL PARTE GERAL 3. a edição

Leia mais

PRINCÍPIO DA INTERVENÇÃO MÍNIMA (OU DA ULTIMA RATIO OU DA SUBSIDIARIEDADE) O Direito Penal só deve se preocupar com a proteção dos bens jurídicos

PRINCÍPIO DA INTERVENÇÃO MÍNIMA (OU DA ULTIMA RATIO OU DA SUBSIDIARIEDADE) O Direito Penal só deve se preocupar com a proteção dos bens jurídicos PRINCÍPIO DA INTERVENÇÃO MÍNIMA (OU DA ULTIMA RATIO OU DA SUBSIDIARIEDADE) O Direito Penal só deve se preocupar com a proteção dos bens jurídicos mais importantes e necessários à vida em sociedade. Só

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. NOÇÕES DE DIREITO PENAL

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. NOÇÕES DE DIREITO PENAL APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. NOÇÕES DE DIREITO PENAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA. NOÇÕES DE DIREITO PENAL Decreto-Lei n. 2.848, de 07/12/1940 Código Penal - Parte Geral (arts. 1º ao

Leia mais

SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA. Profa. Luanna Tomaz

SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA. Profa. Luanna Tomaz SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA Profa. Luanna Tomaz INTRODUÇÃO Origem: Surge na França em 1884. Medida judicial que determina o sobrestamento da pena, preenchidos determinados requisitos. Natureza Jurídica:

Leia mais

TEORIA GERAL DO ERRO NO DIREITO PENAL

TEORIA GERAL DO ERRO NO DIREITO PENAL Sumário Nota explicativa da 6ª edição... 13 Parte I TEORIA GERAL DO ERRO NO DIREITO PENAL Considerações iniciais... 17 Capítulo I Erro de tipo... 23 1. Conceito... 23 2. Espécies de erro de tipo... 25

Leia mais

TJ - Exercícios Direito Penal Exercícios Emerson Castelo Branco

TJ - Exercícios Direito Penal Exercícios Emerson Castelo Branco TJ - Exercícios Direito Penal Exercícios Emerson Castelo Branco 2014 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. (CESPE 2013) De acordo com o Código Penal, a incidência da

Leia mais

Direito Penal é o ramo de Direito Público que define as infrações penais, estabelecendo as penas e as medidas de segurança.

Direito Penal é o ramo de Direito Público que define as infrações penais, estabelecendo as penas e as medidas de segurança. DIREITO PENAL Direito Penal é o ramo de Direito Público que define as infrações penais, estabelecendo as penas e as medidas de segurança. I N F R A Ç Ã O P E N A L INFRAÇÃO PENAL Existe diferença entre

Leia mais

DIREITO PENAL 1) INTRODUÇÃO:

DIREITO PENAL 1) INTRODUÇÃO: 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Introdução PONTO 2: Princípios Penais Fundamentais continuação: II) Princípios relacionados ao direito penal: a) Princípio da Materialização do Fato. b) Princípio da Ofensividade.

Leia mais

7 OAB. Direito Penal. 1ª fase. Alexandre Salim Marcelo André de Azevedo. coleção. 3ª edição revista, ampliada e atualizada

7 OAB. Direito Penal. 1ª fase. Alexandre Salim Marcelo André de Azevedo. coleção. 3ª edição revista, ampliada e atualizada 7 OAB 1ª fase coleção Organizadores da Coleção: Leonardo Garcia e Roberval Rocha Direito Penal Alexandre Salim Marcelo André de Azevedo 3ª edição revista, ampliada e atualizada 2017 OAB v7-salim-azevedo-dir

Leia mais

Sumário PARTE GERAL. Capítulo I DA APLICAÇÃO DA LEI PENAL Normas penais em branco... 44

Sumário PARTE GERAL. Capítulo I DA APLICAÇÃO DA LEI PENAL Normas penais em branco... 44 Sumário PARTE GERAL Capítulo I DA APLICAÇÃO DA LEI PENAL... 25 1. Princípio da legalidade penal... 25 2. Outros princípios penais... 26 2.1. Princípio da fragmentariedade... 26 2.2. Princípio da subsidiariedade...

Leia mais

Aula 0. Direito Penal para o Delegado da Polícia Civil do Pará Princípios do Direito Penal. Professores: Julio Ponte e Lorena Nascimento

Aula 0. Direito Penal para o Delegado da Polícia Civil do Pará Princípios do Direito Penal. Professores: Julio Ponte e Lorena Nascimento Aula 0 Direito Penal para o Delegado da Polícia Civil do Pará - 2016 Princípios do Direito Penal Professores: Julio Ponte e Lorena Nascimento 1 de 39 Aula Conteúdo Programático Data 00 Princípios do Direito

Leia mais

PENAL. Direito. Para os concursos de Técnico e Analista ALEXANDRE SALI MARCELO ANDRÉ DE AZEVEDO. 6.ª edição revista, atualizada e ampliada

PENAL. Direito. Para os concursos de Técnico e Analista ALEXANDRE SALI MARCELO ANDRÉ DE AZEVEDO. 6.ª edição revista, atualizada e ampliada ALEXANDRE SALI MARCELO ANDRÉ DE AZEVEDO Coleção TRIBUNAIS e MPU Coordenador HENRIQUE CORREIA Direito PENAL Para os concursos de Técnico e Analista 6.ª edição revista, atualizada e ampliada 2017 00_tribunais

Leia mais

Aula 00 Aula Demonstrativa

Aula 00 Aula Demonstrativa Aula 00 Aula Demonstrativa Caros concursandos de todo Brasil, sejam bem vindos! Caros concursandos de todo Brasil, sejam bem vindos! É com grande felicidade que inicio mais este curso aqui no Ponto, com

Leia mais

2. Distinguir Direito Penal Adjetivo de Direito Penal Substantivo

2. Distinguir Direito Penal Adjetivo de Direito Penal Substantivo UD I DIREITO PENAL MILITAR Assunto 01 A Lei Penal Militar e a Justiça Militar 1. Distinguir Direito Penal de Direito Penal Militar A ordem jurídica militar, que se encontra inserida na ordem jurídica geral

Leia mais

A Reforma do Código Penal Brasileiro ACRIERGS 2012

A Reforma do Código Penal Brasileiro ACRIERGS 2012 A Reforma do Código Penal Brasileiro ACRIERGS 2012 Reforma e Consolidação de Leis Os Ganhos da Consolidação e Atualização das Leis Penais Os riscos do açodamento Omissão de Socorro Art. 394. Deixar de

Leia mais

DIREITO PENAL 24/2/2011 PARTE I INTRODUÇÃO E TEORIA DA LEI PENAL PARTE I INTRODUÇÃO E TEORIA DA LEI PENAL CONCEITO DE DIREITO PENAL

DIREITO PENAL 24/2/2011 PARTE I INTRODUÇÃO E TEORIA DA LEI PENAL PARTE I INTRODUÇÃO E TEORIA DA LEI PENAL CONCEITO DE DIREITO PENAL PARTE I E TEORIA DA DIREITO PENAL Prof. Marcelo André de Azevedo PARTE I E TEORIA DA CONCEITO DE DIREITO PENAL * Conceito formal CONCEITO DE DIREITO PENAL CONCEITO * Conceito social CONCEITO DE DIREITO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CASTRO ALVES BA SENTENÇA

PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE CASTRO ALVES BA SENTENÇA PROCESSO Nº xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx PODER JUDICIÁRIO AUTOR(ES): MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA RÉU(S): xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx SENTENÇA O Ministério Público do Estado da Bahia ofereceu

Leia mais

PLANO DE ENSINO. I Identificação. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 2º. II Ementário

PLANO DE ENSINO. I Identificação. Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 2º. II Ementário I Identificação Disciplina Direito Penal I Código EST0042 Carga horária 72 horas/aula Créditos 4 Semestre letivo 2º II Ementário PLANO DE ENSINO Ordenamento jurídico e o direito penal. Limites constitucionais

Leia mais

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Direito Penal. Princípios. Período

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. Direito Penal. Princípios. Período CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER Direito Penal Período 2010 2016 1) FCC Procurador TCE SP (2011) O princípio constitucional da legalidade em matéria penal a) não vigora na fase de execução penal. b) impede

Leia mais

PREPARATÓRIO RIO EXAME DA OAB 6ª PARTE RIA. Prof. JOSÉ HABLE

PREPARATÓRIO RIO EXAME DA OAB 6ª PARTE RIA. Prof. JOSÉ HABLE PREPARATÓRIO RIO EXAME DA OAB 6ª PARTE LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA RIA Prof. JOSÉ HABLE www.josehable.adv.br johable@gmail.com A Legislação tributária ria A palavra lei, como tantas outras usadas na linguagem

Leia mais

Teoria Geral da Norma Penal

Teoria Geral da Norma Penal Capítulo I Teoria Geral da Norma Penal Sumário 1. Fontes do direito penal: 1.1 Conceito e distinção; 1.2 Fonte material ou de produção; 1.3 Fontes formais ou de cognição ou de conhecimento; 1.3.1 Fonte

Leia mais

TÍTULO I Da Aplicação da Lei Penal Militar - Artigos 1 a 28.

TÍTULO I Da Aplicação da Lei Penal Militar - Artigos 1 a 28. TÍTULO I Da Aplicação da Lei Penal Militar - Artigos 1 a 28. 24 ART.1 - Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal. XXXIX-CF/88 Para Delmanto o enunciado do art. 1º

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL I. Fontes e Princípios Aplicáveis ao Direito Processual Penal... 002 II. Lei Processual Penal e Sistemas do Processo Penal... 005 III. Inquérito Policial... 006 IV. Processo e

Leia mais

Direito Penal 1 (Material de apoio)

Direito Penal 1 (Material de apoio) APLICAÇÃO DA LEI PENAL PRINCÍPIO DA LEGALIDADE (Art. 1º CP e Art 5º, XXXIX, CF) Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal (cláusula pétrea da Constituição Federal

Leia mais

Princípios Norteadores do Direito Penal

Princípios Norteadores do Direito Penal Princípios Norteadores do Direito Penal Da legalidade (reserva legal): não há crime (infração penal), nem pena ou medida de segurança (sanção penal) sem prévia lei (stricto sensu) que defina os respectivos

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO PENAL PARTE GERAL

NOÇÕES DE DIREITO PENAL PARTE GERAL NOÇÕES DE DIREITO PENAL PARTE GERAL LEI PENAL 1 Conceito de Lei Penal: é a fonte imediata do Direito Penal, uma vez que, por expressa determinação constitucional, tem a si reservado, exclusivamente, o

Leia mais

IUS RESUMOS. Interpretação e Integração da Lei Penal. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Interpretação e Integração da Lei Penal. Organizado por: Samille Lima Alves Interpretação e Integração da Lei Penal Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. INTERPRETAÇÃO E INTEGRAÇÃO DA LEI PENAL... 3 1. Entendo o que é a interpretação... 3 1.1 Espécies de interpretação...

Leia mais

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Teoria Geral da Prova. Gustavo Badaró. aulas de

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Teoria Geral da Prova. Gustavo Badaró. aulas de Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo Teoria Geral da Prova Gustavo Badaró aulas de 25.10.2016 01.11.2016 PLANO DA AULA 1. Processo penal e busca da verdade 2. Conceitos e significados 3. Meios

Leia mais

ILICITUDE PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES

ILICITUDE PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES ILICITUDE PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES 1 Ilicitude ou antijuridicidade? Conceito. Há doutrina ensinando que os termos são sinônimos. Ocorre que o CP apenas fala em ilicitude. Isto se dá, pois o FT é um

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-09 PERÍODO: 3 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-09 PERÍODO: 3 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-09 PERÍODO: 3 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I NOME DO CURSO: DIREITO CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 2. EMENTA Introdução:

Leia mais

Super Receita 2013 Direito Penal Teoria Geral do Crime Emerson Castelo Branco

Super Receita 2013 Direito Penal Teoria Geral do Crime Emerson Castelo Branco Super Receita 2013 Direito Penal Teoria Geral do Crime Emerson Castelo Branco 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. TEORIA GERAL DO CRIME CONCEITO DE CRIME O conceito

Leia mais

DIREITO PENAL I. Introdução ao Direito Penal... 003 II. A Lei Penal... 005 III. Teoria Geral do Crime... 020 IV. Concurso de Crime... 027 V. Teoria do Tipo... 033 VI. Ilicitude... 045 VII. Teoria Geral

Leia mais

1. REQUISITOS DO CONCURSO DE PESSOAS 2) RELEVÂNCIA CAUSAL DE CADA UMA DAS AÇÕES 3) LIAME SUBJETIVO ENTRE OS AGENTES

1. REQUISITOS DO CONCURSO DE PESSOAS 2) RELEVÂNCIA CAUSAL DE CADA UMA DAS AÇÕES 3) LIAME SUBJETIVO ENTRE OS AGENTES 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Requisitos do Concurso de Pessoas PONTO 2: Autoria PONTO 3: Autoria Mediata ou Indireta PONTO 4: Formas de Concurso de Pessoas PONTO 5: Punibilidade no Concurso de Pessoas PONTO

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

1. CRIMES QUALIFICADOS OU AGRAVADOS PELO RESULTADO. Art. 19 do CP Agente deve causar pelo menos culposamente.

1. CRIMES QUALIFICADOS OU AGRAVADOS PELO RESULTADO. Art. 19 do CP Agente deve causar pelo menos culposamente. 1 DIREITO PENAL PONTO 1: Crimes Qualificados ou Agravados pelo Resultado PONTO 2: Erro de Tipo PONTO 3: Erro de Tipo Essencial PONTO 4: Erro determinado por Terceiro PONTO 5: Discriminantes Putativas PONTO

Leia mais

S U R S I S SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA

S U R S I S SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA S U R S I S SUSPENSÃO CONDICIONAL DA PENA arts. 77 a 82 do CP e 156 e s. da LEP. Deriva do verbo surseoir (suspender). Quer dizer suspensão. Expressão já utilizada pelo CP/1940. Conceitos: É o ato pelo

Leia mais

Penal I Teoria Geral da Norma Resumo para Provas

Penal I Teoria Geral da Norma Resumo para Provas Penal I Teoria Geral da Norma Resumo para Provas Penal I Teoria Geral da Norma Resumo para Provas Conceito: Sob o aspecto formal (estático): conjunto de normas que qualifica certos comportamentos humanos

Leia mais

(A) não haverá em nenhuma hipótese penas de morte, de caráter perpétuo, de trabalhos forçados, de banimento e cruéis.

(A) não haverá em nenhuma hipótese penas de morte, de caráter perpétuo, de trabalhos forçados, de banimento e cruéis. (Técnico Judiciário Área Administrativa TRF 3ª Região/FCC/2007) No que concerne aos direitos individuais e coletivos, de acordo com a Constituição Federal de 1988, é correto afirmar que (A) não haverá

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A Lei Penal no tempo: "novatio Legis" incriminadora, "abolitio criminis", "novatio legis in pejus" e a "novatio legis in mellius" Trata da lei penal no tempo, e das regras, institutos

Leia mais

ERRO DE TIPO E ERRO DE PROIBIÇÃO

ERRO DE TIPO E ERRO DE PROIBIÇÃO ERRO DE TIPO E ERRO DE PROIBIÇÃO Erro de tipo é o que incide sobre s elementares ou circunstâncias da figura típica, sobre os pressupostos de fato de uma causa de justificação ou dados secundários da norma

Leia mais

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-16 3º 04 Semanal Semestral 04 60

Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-16 3º 04 Semanal Semestral 04 60 Cód. Disciplina Período Créditos Carga Horária D-16 3º 04 Semanal Semestral 04 60 Curso DIREITO Nome da Disciplina / Curso DIREITO PENAL I PARTE GERAL D-07 HERMENÊUTICA JURÍDICA (MATRIZ 2008/01) Introdução:

Leia mais

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA APLICAÇÃO DA PENA FABIANO MAZZONI DO NASCIMENTO 1

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA APLICAÇÃO DA PENA FABIANO MAZZONI DO NASCIMENTO 1 PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA APLICAÇÃO DA PENA FABIANO MAZZONI DO NASCIMENTO 1 RESUMO: O trabalho realizado procura levantar os principais princípios constitucionais penais como solução dos problemas

Leia mais

PLANO DE CURSO TEORIA DA NORMA E DO CRIME (CÓD.: ENEX 60112) ETAPA: 2ª TOTAL DE ENCONTROS:

PLANO DE CURSO TEORIA DA NORMA E DO CRIME (CÓD.: ENEX 60112) ETAPA: 2ª TOTAL DE ENCONTROS: PLANO DE CURSO DISCIPLINA: TEORIA DA NORMA E DO CRIME (CÓD.: ENEX 60112) ETAPA: 2ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

Algumas questões tiveram um nível relativamente elevado, considerando o cargo a que destinadas. Contudo, não vejo possibilidade de recurso.

Algumas questões tiveram um nível relativamente elevado, considerando o cargo a que destinadas. Contudo, não vejo possibilidade de recurso. Olá, pessoal Para quem não me conhece ainda, meu nome é Renan Araujo e sou professor aqui no Estratégia Concursos, lecionando as matérias de Direito Penal, Processual Penal e Legislação aplicada ao MP

Leia mais

SUMÁRIO I TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL

SUMÁRIO I TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL SUMÁRIO I TEORIA GERAL DO DIREITO PENAL CAPÍTULO 1 DIREITO PENAL: NOÇÕES INTRODUTÓRIAS PARTE 1 Noções introdutórias 1 PARTE 2 Noções introdutórias 2 PARTE 3 Noções introdutórias 3 CAPÍTULO 2 PRINCÍPIOS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEÇÃOA CRIMINAL AÇÃO PENAL nº ACUSADO: JOAQUIM JOSE DOS SANTOS ALEXANDRE

TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEÇÃOA CRIMINAL AÇÃO PENAL nº ACUSADO: JOAQUIM JOSE DOS SANTOS ALEXANDRE TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEÇÃOA CRIMINAL AÇÃO PENAL nº. 0034199-92.2013.8.19.0000 ACUSADO: JOAQUIM JOSE DOS SANTOS ALEXANDRE EMENTA: AÇÃO PENAL PORTE DE ARMA POLICIAL MILITAR INCREMENTO DO RISCO ATIPICIDADE

Leia mais

INTERPRETAÇÃO DA LEI PENAL E ANALOGIA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES. É a atividade do intérprete de extrair da lei o seu significado e alcance.

INTERPRETAÇÃO DA LEI PENAL E ANALOGIA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES. É a atividade do intérprete de extrair da lei o seu significado e alcance. INTERPRETAÇÃO DA LEI PENAL E ANALOGIA PROFESSOR: LEONARDO DE MORAES 1 Introdução É a atividade do intérprete de extrair da lei o seu significado e alcance. A natureza jurídica da intepretação é a busca

Leia mais

Aula 00 Aula Demonstrativa

Aula 00 Aula Demonstrativa Aula 00 Aula Demonstrativa Caros concursandos de todo Brasil, sejam bem-vindos! É com grande felicidade que inicio mais este curso aqui no Ponto, com foco total no concurso para ANALISTA DA ÁREA PROCESSUAL

Leia mais

Direito Penal. Tentativa. Professor Joerberth Nunes.

Direito Penal. Tentativa. Professor Joerberth Nunes. Direito Penal Tentativa Professor Joerberth Nunes www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Penal TENTATIVA Art. 14. Diz-se o crime: Crime consumado TÍTULO II Do Crime I consumado, quando nele se reúnem todos

Leia mais

MINISTERIO DA EDUACAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACUDADE DE DIREITO COLEGIADO DO CURSO

MINISTERIO DA EDUACAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACUDADE DE DIREITO COLEGIADO DO CURSO MINISTERIO DA EDUACAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS FACUDADE DE DIREITO COLEGIADO DO CURSO CRITÉRIOS DE REINGRESSO E TRANSFERÊNCIA PARA O ANO LETIVO DE 2015 Os critérios foram aprovados pelo do Colegiado

Leia mais

DIREITO PENAL MILITAR TEORIA E EXERCÍCIOS Aula 01 Noções Introdutórias e Princípios Prof. Pedro Ivo

DIREITO PENAL MILITAR TEORIA E EXERCÍCIOS Aula 01 Noções Introdutórias e Princípios Prof. Pedro Ivo Aula 01 Direito Penal Militar Noções Introdutórias Professor: Pedro Ivo www.pontodosconcursos.com.br 1 Aula 01 Caros combatentes de todo Brasil, sejam bem-vindos! Caros concursandos de todo Brasil, sejam

Leia mais

4.8 Comunicabilidade das condições, elementares e circunstâncias 4.9 Agravantes no concurso de agentes 4.10 Cabeças 4.11 Casos de impunibilidade

4.8 Comunicabilidade das condições, elementares e circunstâncias 4.9 Agravantes no concurso de agentes 4.10 Cabeças 4.11 Casos de impunibilidade Sumário NDICE SISTEMÁTICO EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS DO CÓDIGO PENAL MILITAR 1. DA APLICAÇÃO DA LEI PENAL MILITAR 1.1 O princípio da legalidade e suas funções de garantia 1.2 Abolitio criminis e novatio legis

Leia mais

QUESTÃO 1 ASPECTOS MACROESTRUTURAIS QUESITOS AVALIADOS

QUESTÃO 1 ASPECTOS MACROESTRUTURAIS QUESITOS AVALIADOS QUESTÃO 2. Foro competente (ECA, art. 209) 0.75 2.2 Legitimidade para a propositura da ação civil pública (ECA, art. 20) 0.75 2.3 Cabimento da ação mandamental / objetivo da ação (ECA, art. 22) 0.75 QUESTÃO

Leia mais

Unidade I. Instituições de Direito Público e Privado. Profª. Joseane Cauduro

Unidade I. Instituições de Direito Público e Privado. Profª. Joseane Cauduro Unidade I Instituições de Direito Público e Privado Profª. Joseane Cauduro Estrutura da Disciplina Unidade I Conceitos Gerais de Direito O Direito e suas divisões, orientações e a Lei jurídica Unidade

Leia mais

OAB 2ª FASE (DIREITO PENAL) Profa. Ana Paula Lopes Aula 00 OAB 2ª FASE DIREITO PENAL PROFESSORA ANA PAULA LOPES.

OAB 2ª FASE (DIREITO PENAL) Profa. Ana Paula Lopes Aula 00 OAB 2ª FASE DIREITO PENAL PROFESSORA ANA PAULA LOPES. 00 OAB 2ª FASE DIREITO PENAL PROFESSORA ANA PAULA LOPES 1 CURRÍCULO DA PROFESSORA Ana Paula Lopes Advogada; Professora de Direito Penal; Mestre em Penal, Processo Penal e Criminologia pela UCAM; Doutora

Leia mais

5. ELEMENTO SUBJETIVO 5.1 Crime doloso Conceito Elementos do dolo

5. ELEMENTO SUBJETIVO 5.1 Crime doloso Conceito Elementos do dolo SUMÁRIO Parte Geral 1. PRINCÍPIOS E CARACTERÍSTICAS DO DIREITO PENAL 1.1 Princípios constitucionais do Direito Penal 1.1.1 Princípio da reserva legal e da anterioridade da lei penal 1.1.2 Princípios da

Leia mais

Causas Supralegais de exclusão da culpabilidade

Causas Supralegais de exclusão da culpabilidade REVISÃO: Causas Supralegais de exclusão da culpabilidade a. Cláusula de consciência: muito invocada no caso das testemunhas de Geová, com fundamento na CRFB, art. 5º, inciso VI. b. Desobediência civil:

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 3 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 03 CRÉDITO: 03 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 45 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PENAL I (1ª PARTE- TEORIA DO CRIME) NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Ciências Penais,

Leia mais

UNIDADE = LEI CONCEITO

UNIDADE = LEI CONCEITO UNIDADE = LEI CONCEITO Preceito jurídico (norma) escrito, emanado (que nasce) de um poder estatal competente (legislativo federal, estadual ou municipal ou poder constituinte) com características (ou caracteres)

Leia mais

Objetivos: 1. Definir Infrações Penais, apresentando as diferenças entre o Crime e Contravenção. Distinguir o Crime Doloso do Culposo.

Objetivos: 1. Definir Infrações Penais, apresentando as diferenças entre o Crime e Contravenção. Distinguir o Crime Doloso do Culposo. Assunto: Infrações Penais Objetivos: 1. Definir Infrações Penais, apresentando as diferenças entre o Crime e Contravenção. Distinguir o Crime Doloso do Culposo. Sumário: 1. Introdução 2. Desenvolvimento

Leia mais

Prefeitura do Município de Tejupá CNPJ /

Prefeitura do Município de Tejupá CNPJ / CONCURSO PÚBLICO Nº 01/2016 EDITAL DE ERRATA Nº 07/2016 Valdomiro José Mota, Prefeito Municipal de Tejupá, Estado de São Paulo, torna público na forma prevista no artigo 37 da Constituição Federal, o Edital

Leia mais

1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de Execução Penal

1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de Execução Penal 1. OBJETO E APLICAÇÃO DA LEI DE EXECUÇÃO PENAL 1.1 Direito de Execução Penal 1.2 Pena 1.1.1 Direito de Execução Penal e Direito Penitenciário 1.1.2 Autonomia do Direito de Execução Penal 1.1.3 Antecedentes

Leia mais