IFSC Campus Lages. Tradução. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IFSC Campus Lages. Tradução. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri"

Transcrição

1 IFSC Campus Lages Tradução Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri

2 Relação DNA RNA Proteína

3 Estrutura das proteínas

4 Gene - Proteína Hipótese Gene - Proteina Os genes são responsáveis pelo funcionamento das enzimas e, cada gene aparentemente controla uma enzima.

5 Experimento de Beadle e Tatum

6 Hemoglobina humana

7 Tradução O mrna é a receita que deverá ser traduzido em aminoácidos, pelo ribossomo A tradução é realizada pelo trna, que é apto a reconhecer e ligar aminoácidos a cadeia de mrna. CÓDON 3 nucleotídeos de mrna ANTICÓDON 3 nucleotídeos de trna

8 Vários códons para um aminoácido Existe 20 aminoácidos que formam a estrutura protéica Se a combinação fosse 2 a 2 (4 2 ) = 16 arranjos Se 3 a 3 (4 3 ) = 64 arranjos A leitura é feita em trincas

9 Código genético

10 Estrutura dos trnas trna transfere a informação contida no genoma para uma sequência de aminoácidos; Deve existir, pelo menos, um trna para cada aminoácido presente na célula; Os trnas de eucariotos e procariotos apresentam uma estrutura secundária de folha de trevo, mantida por sequências complementares na própria molécula; Em sua estrutura, apresentam 4 braços principais, contendo regiões pareadas (hastes) e regiões de fita simples (alças), e um braço variável.

11 trna

12

13 Aminoacil-tRNA sintetase Enzima que sintetiza a ligação do trna com o aminoácido (existem, pelo menos, 20 sintetases); Ativação do aminoácido: reage com ATP e libera pirofosfato (PPi); O aminoácido ativado é transferido, então, para o trna, formando a aminoacil-trna; A enzima aminoacil-trna sintetase tem um mecanismo de correção de erro, para evitar a incorporação de um aminoácido incorreto no trna.

14

15

16 Estrutura dos Ribossomos Estrutura compacta de ribonucleoproteínas com 2 subunidades. Cada subunidade é formada por proteínas associadas a moléculas de rrnas; Ribossomos são organelas assimétricas, compostas por uma região de base e outra contendo uma cabeça, ou protuberância.

17 Subunidades Ribossomais Procariotos: Subunidade 50S: maior Subunidade 30S: menor 70S Eucariotos: Subunidade 60S: maior Subunidade 40S: menor 80S

18

19 Sítios Ativos dos Ribossomos Sítio A: subunidades 50S ou 60S; liga-se com o aminoacil-trna; Sítio P: subunidades 30S ou 40S; liga-se peptidil-trna; Sítio E: sítio de saída das novas proteínas sintetizadas. ao

20

21 Códon de iniciação e trna iniciador Em procariotos, o início da síntese proteica é definida pelo códon iniciador AUG (metionina); Nesse caso, o trna iniciador está ligado a uma metionina; Esse trna é utilizado somente como iniciador;

22 Tradução Durante a síntese de proteínas, os ribossomos deslocam-se ao longo do mrna, possibilitando um pareamento entre esse e os trnas que carregam os diferentes aminoácidos que irão compor as proteínas; Os ribossomos deslocam-se ao longo do mrna, na direção 5 3, Um mesmo mrna é traduzido por diferentes ribossomos

23 Início Complexo de iniciação: ribossomo, mrna e aminoacil-trna inicial 1º - liga-se a subunidade menor 30S no sítio do mrna, seguido pelo aminoacil-trna inicial, formando o complexo de iniciação; 2º - adição de 50S formando o ribossomo completo. No sítio P está o trna fmet e no A o códon do aminoácido seguinte Em eucariotos, a subunidade 40S reconhece o 5 e desloca-se até o primeiro AUG. Após, liga-se o aminoacil-trna inicial no sítio P, formando o complexo de iniciação. Por fim, a subunidade 60S une-se ao complexo, formando o ribossomo completo.

24 Alongamento Os aminoácidos são adicionados isoladamente, devendo ocorrer o processo de forma cíclica; Dessa forma, sempre o aminoacil-trna a ser incorporado estará no sítio A e o peptídeo localizado no sítio P; O peptídeo ligado no sítio P é transferido para o aminoacil-trna do sítio A pela peptidil-transferase, localizada na subunidade maior do ribossomo (50S ou 60S); O trna fica sem aminoácido ligado no sítio P e o peptidil-trna no sítio A.

25 Fig 9.17

26 Translocação O ribossomo avança 3 nucleotídeos no mrna: O trna não carregado é liberado do sítio P; O peptidil-trna move-se do sítio A para o sítio P; Um novo códon é exposto no sítio A, o qual está preparado para receber o aminoacil-trna correspondente; O alongamento será sempre seguido pela translocação e assim por diante; Ambos eventos não acontecem simultaneamente.

27 Terminação Aparece no sítio A um dos códons de terminação UAG, UGA, ou UAA; Tais códons não são reconhecidos por trnas, mas sim por proteínas; A peptidil-transferase libera o peptídeo do trna; O trna é liberado do ribossomo; O peptídeo é liberado através do sítio E; As subunidades dos ribossomos são dissociadas.

28 Fig 9.18 Terminação

29 Proteína Ribossomo Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly aa livre trna 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A His Molécula de mrna códon Direção do avanço do ribossomo

30 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

31 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

32 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

33 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

34 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

35 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

36 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys 5 3 A U G G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A

37 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu 5 3 G C A U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A A A A

38 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu Met 5 3 U G C G A C G A A U U C G G A C A C A U A A A A U U A

39 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu Met Asn 5 3 G A C G A A U U C G G A C A C A U A A A A U U A A U G

40 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu Met Asn Pro 5 3 G A A U U C G G A C A C A U A A A A U U A A U G A A C

41 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu Met Asn Pro Gln 5 3 U U C G G A C A C A U A A A A U U A A U G A A C C C A

42 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu Met Asn Pro Gln 5 3 G G A C A C A U A A A A U U A A U G A A C C C A C A A

43 Met Ala Cys Asp Glu Phe Gly His Ile Lys Leu Met Asn Pro Gln 5 STOP 3 C A C A U A A A A U U A A U G A A C C C A C A A U A A

44 Ala Cys Asp Glu Phe Met Gly His Ile Lys Leu Met Asn Pro Gln 5 STOP 3 A U A A A A U U A A U G A A C C C A C A A U A A A A A

45 Ala Cys Asp Glu Phe Met Gly His Ile Lys Leu Met Asn Pro Gln 5 STOP 3 A U A A A A U U A A U G A A C C C A C A A U A A T A C

46 Ala Cys Asp Glu Phe Met Gly His Ile Gln Lys Pro Leu Asn Met 5 3 A U A A A A U U A A U G A A C C C A C A A U A A T A C

47 VARIAÇÃO GENÉTICA = MUTAÇÃO E POLIMORFISMO Ala Cys Asp Glu Phe Met Gly His Ile Gln Lys Pro Leu Asn Met 5 3 A U A A A A U U A A U G A A C C C A C A A U A A T A C Ala Cys Asp Glu Phe Met Gly His Ile Gln Lys Pro Leu Asn CYS Muda a forma e função 5 3 A U A A A A U U A A U G A A C AA A C A A U A A T A C

RNA transportador. Bruna Antonioli L. Flinto Leticia Jordao Marques de Oliveira : Michele Maria de Souza

RNA transportador. Bruna Antonioli L. Flinto Leticia Jordao Marques de Oliveira : Michele Maria de Souza RNA transportador Bruna Antonioli L. Flinto : Leticia Jordao Marques de Oliveira : 8063197 Paloma Cunha Ferraz : 9006058 Michele Maria de Souza : 8928490 Roteiro Introdução Estrutura do DNA (1ª, 2ª e 3ª)

Leia mais

Tradução. 3 tipos de RNA estao envolvidos no processo da traducao:

Tradução. 3 tipos de RNA estao envolvidos no processo da traducao: Tradução Tradução: refere-se a todo o processo pelo qual a sequência de bases de um mrna é usada como molde para unir aminoácidos para a formação de uma proteína. O DNA guarda as informações para a síntese

Leia mais

Dra. Maria Izabel Gallão. Síntese de proteínas

Dra. Maria Izabel Gallão. Síntese de proteínas Síntese de proteínas DNA RNAm proteína - citoplasma 20 aa formar uma pt RNAt específico subunidades do ribossomos precarregada com fatores protéicos auxiliares. a síntese protéica começa quando todos estes

Leia mais

Síntese de RNA e Proteínas

Síntese de RNA e Proteínas Síntese de RNA e Proteínas BCM I T.04 Transcrição e tradução são os meios da célula expressar as instruções génicas o fluxo de informação genética é do DNA para o RNA para as Proteínas Os genes podem ser

Leia mais

21/08/2017 DOGMA DA BIOLOGIA MOLECULAR TRADUÇÃO TRADUÇÃO TRADUÇÃO FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA. Profª. Dra. Patrícia Bellon.

21/08/2017 DOGMA DA BIOLOGIA MOLECULAR TRADUÇÃO TRADUÇÃO TRADUÇÃO FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA. Profª. Dra. Patrícia Bellon. FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA DOGMA DA BIOLOGIA MOLECULAR NÚCLEO Profª. Dra. Patrícia Bellon. CITOPLASMA Agosto/2017 O que é tradução? Processo pelo qual a informação genética transcrita em RNAm

Leia mais

Biotecnologia Geral TRANSCRIÇÃO E TRADUÇÃO

Biotecnologia Geral TRANSCRIÇÃO E TRADUÇÃO Biotecnologia Geral TRANSCRIÇÃO E TRADUÇÃO DNA Replicação DNA Trasncrição Reversa Transcrição RNA Tradução Proteína Transcrição É o processo pelo qual uma molécula de RNA é sintetizada a partir da informação

Leia mais

26/04/2015. Tradução. José Francisco Diogo da Silva Junior Mestrando CMANS/UECE. Tradução em eucarióticos e procarióticos. Eventos pós transcricionais

26/04/2015. Tradução. José Francisco Diogo da Silva Junior Mestrando CMANS/UECE. Tradução em eucarióticos e procarióticos. Eventos pós transcricionais Tradução José Francisco Diogo da Silva Junior Mestrando CMANS/UECE Tradução em eucarióticos e procarióticos Eventos pós transcricionais 1 Processo de síntese de proteínas mrna contém o código do gene trna

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS TIJUCA II. DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS COORD.: PROFa. CRISTIANA LIMONGI

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS TIJUCA II. DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS COORD.: PROFa. CRISTIANA LIMONGI COLÉGIO PEDRO II CAMPUS TIJUCA II DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA E CIÊNCIAS COORD.: PROFa. CRISTIANA LIMONGI 1º & 2º TURNOS 3ª SÉRIE / ENSINO MÉDIO REGULAR & INTEGRADO ANO LETIVO 2015 PROFESSORES: FRED & PEDRO

Leia mais

Estágio Docência. Vanessa Veltrini Abril Doutoranda em. Março de 2007

Estágio Docência. Vanessa Veltrini Abril Doutoranda em. Março de 2007 Ação Gênica Estágio Docência Vanessa Veltrini Abril Doutoranda em Genética e Melhoramento Animal Março de 2007 Qual é a função do DNA? Como a informação genética é transportada? Genes TRANSFERÊNCIA DE

Leia mais

Professora Priscila F Binatto

Professora Priscila F Binatto Professora Priscila F Binatto Característica 5 3 AUTODUPLICAÇÃO (Replicação) Ocorre em presença da enzima DNA polimerase Molécula DNA As pontes de hidrogênio se rompem H Nucleotídeos LIVRES encaixam se

Leia mais

Do DNA à Proteína: Síntese protéica. Profa. Dra. Viviane Nogaroto

Do DNA à Proteína: Síntese protéica. Profa. Dra. Viviane Nogaroto Do DNA à Proteína: Síntese protéica TRADUÇÃO: informação genética em moléculas de mrna é traduzida nas sequências de aminoácidos de proteínas de acordo com especificações do código genético. DO DNA À PROTEÍNA

Leia mais

Do DNA à Proteína: Síntese proteica. Prof. Dr. Marcelo Ricardo Vicari

Do DNA à Proteína: Síntese proteica. Prof. Dr. Marcelo Ricardo Vicari Do DNA à Proteína: Síntese proteica Do DNA à proteína Resumo das etapas que vão do gene até a proteína Estrutura da proteína Fórmula geral dos aminoácidos Estrutura das proteínas Principais ligações Tradução

Leia mais

Código Genético. Bianca Zingales

Código Genético. Bianca Zingales Código Genético Bianca Zingales zingales@iq.usp.br Um gene - uma enzima Beadle & Tatum (1930 1940) Experimentos de genética com o fungo Neurospora. Mutações induzidas com raios X. Mutações em um único

Leia mais

Síntese Proteica e Modificação Pós-Traducionais

Síntese Proteica e Modificação Pós-Traducionais Disciplina de Métodos Purif. e Anál. de Proteínas Curso de Ciências Biológicas Síntese Proteica e Modificação Pós-Traducionais Prof. Marcos Túlio de Oliveira mtoliveira@fcav.unesp.br www.fcav.unesp.br/mtoliveira

Leia mais

Transcrição: Síntese de RNA Tradução: Síntese Proteica

Transcrição: Síntese de RNA Tradução: Síntese Proteica Transcrição: Síntese de RNA Tradução: Síntese Proteica A estrutura química da molécula de RNA apresenta pequenas diferenças em relação ao DNA. http://www.nature.com/scitable/learning-path/theelaboration-of-the-central-dogma-701886#url

Leia mais

IFSC Campus Lages. Transcrição. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri

IFSC Campus Lages. Transcrição. Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri IFSC Campus Lages Transcrição Biologia Molecular Prof. Silmar Primieri RNA - estrutura Semelhante ao DNA, com ribose como glicídio e uracila como base nitrogenada, no lugar da timina do DNA. RNA é unifilamentar

Leia mais

Organização estrutural e funcional do núcleo. Professor Otaviano Ottoni Netto

Organização estrutural e funcional do núcleo. Professor Otaviano Ottoni Netto Organização estrutural e funcional do núcleo Professor Otaviano Ottoni Netto Núcleo Celular Estrutura do Núcleo Alberts et al., 1994 - págs 335 e 345 _Tráfego de proteínas entre núcleo e citoplasma_

Leia mais

DNA RNA Proteínas. Organização estrutural e funcional do núcleo 04/04/2017. Processamento (Splicing) Tradução (citoplasma) Replicação.

DNA RNA Proteínas. Organização estrutural e funcional do núcleo 04/04/2017. Processamento (Splicing) Tradução (citoplasma) Replicação. Organização estrutural e funcional do núcleo DNA RNA Proteínas Replicação Transcrição Processamento (Splicing) Tradução (citoplasma) Cromatina - Eucromatina - Heterocromatina Cromossomo - Mitose 1 DNA

Leia mais

Fluxo da informação genética

Fluxo da informação genética UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE SETOR DE GENÉTICA E BIOLOGIA MOLECULAR Fluxo da informação genética Profa. Dra. Nívea Macedo DNA 5 3 Do DNA ao RNA A estrutura

Leia mais

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Bacharelado em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 7

Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Bacharelado em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 7 Universidade Estadual do Rio Grande do Sul Bacharelado em Gestão Ambiental Biologia Aplicada Aula 7 Professor Antônio Ruas 1. Créditos: 60 2. Carga horária semanal: 4 3. Semestre: 1 4. Assunto: (i) Síntese

Leia mais

MECANISMOS GENÉTICOS BÁSICOS: DO DNA À PROTEINA

MECANISMOS GENÉTICOS BÁSICOS: DO DNA À PROTEINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DA VIDA DCV MED049 - BIOLOGIA E BIOQUIMICA MECANISMOS GENÉTICOS BÁSICOS: DO DNA À PROTEINA Polyanna Carôzo 2016 Replicação Transcrição Tradução

Leia mais

14/02/2017. Genética. Professora Catarina

14/02/2017. Genética. Professora Catarina 14/02/2017 Genética Professora Catarina 1 A espécie humana Ácidos nucleicos Tipos DNA ácido desoxirribonucleico RNA ácido ribonucleico São formados pela união de nucleotídeos. 2 Composição dos nucleotídeos

Leia mais

Genética de microrganismos. Disciplina: Princípios de Microbiologia Professor: José Belasque Junior Monitora: Gislâine Vicente dos Reis

Genética de microrganismos. Disciplina: Princípios de Microbiologia Professor: José Belasque Junior Monitora: Gislâine Vicente dos Reis Genética de microrganismos Disciplina: Princípios de Microbiologia Professor: José Belasque Junior Monitora: Gislâine Vicente dos Reis Piracicaba, outubro 2014 Histórico 1868- Primeiro a estudar o núcleo

Leia mais

DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA MOLECULAR

DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA MOLECULAR Transcrição do DNA DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA MOLECULAR Replicação DNA Transcrição RNA Tradução PROTEÍNA Transcrição Processo pelo qual o DNA é copiado numa molécula de RNA (mrna, rrna e trna). Todos os

Leia mais

Prof. João Carlos Setubal

Prof. João Carlos Setubal Prof. João Carlos Setubal QBQ 102 Aula 3 (biomol) Transcrição e tradução Replicação Dogma Central da Biologia Molecular Transcrição RNA mensageiro Usa Uracila ao invés de Timina Tradução de mrnas Ocorre

Leia mais

Princípios Básicos de Genética Molecular Parte II. Profª Ana Claudia 17/02/2017

Princípios Básicos de Genética Molecular Parte II. Profª Ana Claudia 17/02/2017 Princípios Básicos de Genética Molecular Parte II Profª Ana Claudia 17/02/2017 Estrutura do material genético Estrutura de Genomas e variabilidade Replicação Transcrição Tradução Regulação da Expressão

Leia mais

Seminário Bioquímica II

Seminário Bioquímica II Seminário Bioquímica II RNA transportador estrutura e função Professor: Júlio Borges Grupo: Ana Paula Faria: 8624640 Rafael Godoy: 6784142 Vitória Grando: 8523471 Sumário Introdução Estrutura primária

Leia mais

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Nucleotídeos É a unidade formadora dos ácidos nucléicos: DNA e RNA. É composto por um radical fosfato, uma pentose (ribose RNA e desoxirribose DNA) e uma base nitrogenada

Leia mais

Professoras responsáveis Profa. Dra. Maria Tercília. Vilela de Azeredo Oliveira

Professoras responsáveis Profa. Dra. Maria Tercília. Vilela de Azeredo Oliveira Professoras responsáveis veis: : Profa. MSc.. Rosana Silistino de Souza Pós Graduanda: : Bruna Victorasso Jardim Profa. Dra. Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira Nosso organismo é composto por células

Leia mais

Profa. Dra. Viviane Nogaroto

Profa. Dra. Viviane Nogaroto ESTRUTURA DO GENE GENE: Região do DNA capaz de ser transcrita a fim de produzir uma molécula de RNA funcional ou uma proteína -inclui sequências codificadoras e regulatórias transcrição tradução DNA RNA

Leia mais

TRADUÇÃO SÍNTESE PROTEICA

TRADUÇÃO SÍNTESE PROTEICA TRADUÇÃO SÍNTESE PROTEICA Formação do Aminoacil-tRNA Durante a formação do aminoacil-trna, o aminoácido é primeiramente ativado, reagindo com o ATP. Após, é transferido do aminoacil-amp para a extremidade

Leia mais

Duplicação do DNA & Síntese de proteínas

Duplicação do DNA & Síntese de proteínas Duplicação do DNA & Síntese de proteínas Aula de Biologia Tema: Duplicação do DNA & Síntese Protéica Daniel Biólogo Planetabiologia.com ÁCIDOS NUCLÉICOS 1) Conceito: Os Ácidos Nucléicos são macromoléculas,

Leia mais

Profº André Montillo

Profº André Montillo Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É um polímero, ou seja, uma longa cadeia de nucleotídeos. Estrutura Molecular dos Nucleotídeos: Os nucleotídeos são constituídos por 3 unidades: Bases

Leia mais

Aula 2. Replicação, Transcrição, Tradução e Regulação

Aula 2. Replicação, Transcrição, Tradução e Regulação Aula 2 Replicação, Transcrição, Tradução e Regulação Dogma Central da Biologia Molecular Replicação Replicação é o processo de duplicação de uma molécula de DNA que antecede a divisão celular. Semiconservativa

Leia mais

EXERCÍCIOS DE VESTIBULAR

EXERCÍCIOS DE VESTIBULAR EXERCÍCIOS DE VESTIBULAR PRÉ-VESTIBULAR BIOLOGIA PROF. MARCONI 1º Bimestre 01. (Ufal 2006) Como as células vivas não conseguem distinguir os elementos radioativos dos não radioativos, elas incorporam ambos

Leia mais

Aula de Bioquímica II. Tema: Tradução. Prof. Dr. Júlio César Borges

Aula de Bioquímica II. Tema: Tradução. Prof. Dr. Júlio César Borges Aula de Bioquímica II Tema: Tradução Prof. Dr. Júlio César Borges Depto. de Química e Física Molecular DQFM Instituto de Química de São Carlos IQSC Universidade de São Paulo USP E-mail: borgesjc@iqsc.usp.br

Leia mais

Aulas Multimídias Santa Cecília. Profa. Renata Coelho

Aulas Multimídias Santa Cecília. Profa. Renata Coelho Aulas Multimídias Santa Cecília Profa. Renata Coelho Duplicação, transcrição e tradução DNA Modelo de Watson e Crick, proposto em 2 de abril de 1953: DNA é formado por 2 fitas (dupla hélice) Cada filamento

Leia mais

Transcrição e Processamento de RNA

Transcrição e Processamento de RNA Transcrição e Processamento de RNA Profa. Dra. Aline Maria da Silva Instituto de Química- USP Bibliografia: Genes VII - Benjamin Lewin Biologia Molecular Básica-Arnaldo Zaha Lenhinger Principles of Biochemistry

Leia mais

objetivos Fluxo da informação genética tradução III AULA

objetivos Fluxo da informação genética tradução III AULA Fluxo da informação genética tradução III AULA 28 objetivos Nesta aula, você terá a oportunidade de: Descrever cada uma das etapas da tradução: iniciação, alongamento e terminação. Relatar alguns mecanismos

Leia mais

Site:

Site: Código Genético É o conjunto dos genes humanos. Neste material genético está contida toda a informação para a construção e funcionamento do organismo humano. Este código está contido em cada uma das nossas

Leia mais

Biologia Molecular TEXTO 7 SÍNTESE DE PROTEÍNAS. A Síntese de Proteínas

Biologia Molecular TEXTO 7 SÍNTESE DE PROTEÍNAS. A Síntese de Proteínas A Síntese de Proteínas O RNA e a Síntese de Proteínas O papel do RNAt e das sintetases do aminoacil-rnat O emparelhamento códon-anticódon O papel do RNAm e dos ribossomos Etapas da Síntese de Proteínas

Leia mais

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 16 Genética

Prof. Marcelo Langer. Curso de Biologia. Aula 16 Genética Prof. Marcelo Langer Curso de Biologia Aula 16 Genética FUNCIONAMENTO DO GENE Um gene não funciona em todas as células, mas somente em um tipo de célula, onde tem relação à sua função. Isso ocorre devido

Leia mais

DNA: Replicação e Transcrição. Professora: MSc Monyke Lucena

DNA: Replicação e Transcrição. Professora: MSc Monyke Lucena EXTRA, EXTRA Se a mãe for (DD) e o pai (D), nenhum dos descendentes será daltónico nem portador. Se a mãe (DD) e o pai for (d), nenhum dos descendentes será daltônico, porém as filhas serão portadoras

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E BIOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Monitoria da disciplina de Biologia Molecular (CBI 613) Monitor responsável: Bruno Jhônatan Costa Lima (13.2.2032) Assunto: Síntese proteica e regulação da expressão gênica GENES E CROMOSSOMOS 1. Identifique

Leia mais

- Ácido ribonucléico (ARN ou RNA): participa do processo de síntese de proteínas.

- Ácido ribonucléico (ARN ou RNA): participa do processo de síntese de proteínas. 1- TIPOS DE ÁCIDO NUCLÉICO: DNA E RNA Existem dois tipos de ácidos nucléicos: - Ácido desoxirribonucléico (ADN ou DNA): é o principal constituinte dos cromossomos, estrutura na qual encontramos os genes,

Leia mais

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS. Telmo Giani Fonte: Internet

Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS. Telmo Giani Fonte: Internet Duplicação do DNA e Síntese de PROTEÍNAS Telmo Giani Fonte: Internet OS ÁCIDOS NUCLEICOS DNA Ácido fosfórico Desoxirribose Bases Púricas: A e G Bases Pirimídicas: C e T Dupla fita RNA Ácido fosfórico Ribose

Leia mais

LEMBRANDO O DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA E CONTROLE DA EXPRESSÃO GÊNICA

LEMBRANDO O DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA E CONTROLE DA EXPRESSÃO GÊNICA LEMBRANDO O DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA E CONTROLE DA EXPRESSÃO GÊNICA O QUE EXISTE EM COMUM ENTRE OS ORGANISMOS? O QUE FAZ UM ORGANISMO DIFERENTE DO OUTRO? TODOS VIERAM DE UM MESMO ANCESTRAL COMUM A MAQUINARIA

Leia mais

Aula 2 - Revisão DNA RNA - PROTEÍNAS

Aula 2 - Revisão DNA RNA - PROTEÍNAS Aula 2 - Revisão DNA RNA - PROTEÍNAS Estudo Dirigido Aula 2 - Revisão 1. Características comuns a todos os organismos vivos; 2. Domínios da Vida e tipos celulares, principais diferenças dos tipos celulares;

Leia mais

Aula 6: Síntese protéica

Aula 6: Síntese protéica Aula 6: Síntese protéica 3 RNAs são necessários para efetuar a síntese protéica: mrna (RNA mensageiro) processado: carrega a informação (ou seja, a seqüência de bases) para a sintese da proteina rrna

Leia mais

TRADUÇÃO PROTEICA. Tradução é o processo de leitura da seqüência de mrna e sua conversão em uma seqüência de aminoácidos.

TRADUÇÃO PROTEICA. Tradução é o processo de leitura da seqüência de mrna e sua conversão em uma seqüência de aminoácidos. TRADUÇÃO PROTEICA Tradução é o processo de leitura da seqüência de mrna e sua conversão em uma seqüência de aminoácidos. A tradução ocorre no citoplasma e ocorre em organelas citoplasmáticas chamadas ribossomos.

Leia mais

Biologia. Código Genético. Professor Enrico Blota.

Biologia. Código Genético. Professor Enrico Blota. Biologia Código Genético Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Biologia CÓDIGO GENÉTICO NÚCLEO E SÍNTESE PROTEICA O núcleo é de fundamental importância para grande parte dos processos que

Leia mais

Aminoácidos peptídeos e proteínas

Aminoácidos peptídeos e proteínas Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Aminoácidos peptídeos e proteínas Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc mackswendhell@gmail.com Algumas funções de proteínas A luz produzida

Leia mais

REVISÃO LEMBRANDO O DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA. Aula 2

REVISÃO LEMBRANDO O DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA. Aula 2 REVISÃO LEMBRANDO O DOGMA CENTRAL DA BIOLOGIA Aula 2 LGN0232 Genética molecular Maria Carolina Quecine Departamento de Genética mquecine@usp.br O QUE EXISTE EM COMUM ENTRE OS ORGANISMOS? O QUE FAZ UM

Leia mais

Aula 5: O código genético

Aula 5: O código genético Aula 5: O código genético O dogma central da biologia: Decifrando códigos:.............................................. A professora é legal ACUCAUGAAACCGAGGCUUGUCACGAACGUAUUAGCGGAAGAGAAGCAACG Thr-His-Glu-Thr-Glu-Ala-Cys-His-Glu-Arg-Ile-Ser-Gly-Arg-Glu-Ala-Thr

Leia mais

REVISÃO: Terceira Unidade Nutrição

REVISÃO: Terceira Unidade Nutrição REVISÃO: Terceira Unidade Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto JUL/2011 HISTÓRICO 1957 CRICK e GAMOV Dogma Central da Biologia Molecular A Célula DIFERENCIAÇÃO Núcleo: DNA CRESCIMENTO

Leia mais

Figura 1. Exemplo da estrutura de um nucleotídeo

Figura 1. Exemplo da estrutura de um nucleotídeo 2 - ÁCIDOS NUCLÉICOS Na natureza há dois tipos de ácidos nucléicos: DNA ou ácido desoxirribonucléico e RNA ou ácido ribonucléico. Analogamente a um sistema de comunicação, essas informações são mantidas

Leia mais

Disciplina : Biologia Molecular: conceitos e Técnicas. Professora. Dra. Andrea Soares da Costa Fuentes

Disciplina : Biologia Molecular: conceitos e Técnicas. Professora. Dra. Andrea Soares da Costa Fuentes Disciplina : Biologia Molecular: conceitos e Técnicas Professora. Dra. Andrea Soares da Costa Fuentes Revisão Geral Sumário História da Genética Molecular DNA e RNA Dogma Central Replicação Transcrição

Leia mais

Estrutura e Função de Ácidos Nucléicos

Estrutura e Função de Ácidos Nucléicos UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DQMC BIOQUÍMICA BIO0001 Estrutura e Função de Ácidos Nucléicos Prof Karine P. Naidek Novembro/2016 O RNA

Leia mais

Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto

Nutrição. Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto Nutrição Prof. João Ronaldo Tavares de Vasconcellos Neto JUN/2011 Princípios Básicos As proteínas são vinculo entre genótipo e fenótipo; A expressão gênica é o processo pelo qual o DNA coordena a síntese

Leia mais

Direção da Síntese DNA mrna Proteínas

Direção da Síntese DNA mrna Proteínas Direção da Síntese DNA mrna Proteínas Discentes: Ana Carolina Q. D. Medina 9215722 Carlos S. Vasconcellos 8928552 Celso A. de Souza Júnior 8928718 Orlando Campovilla 8523404 Docente: Júlio César Borges

Leia mais

3 Nucleotídeos e Ácidos Nucléicos

3 Nucleotídeos e Ácidos Nucléicos 1 3 Nucleotídeos e Ácidos Nucléicos - São compostos ricos em energia - Funcionam como sinais químicos - São reservatórios moleculares da informação genética a) Nucleotídeos - São encontrados polimerizados

Leia mais

A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica

A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica BG 11 EPM 14/15 A síntese proteica envolve várias fases, que culminam na síntese de proteínas nos ribossomas, tendo como base a informação genética do DNA. Classifica como Verdadeira (V) ou Falsa (F) cada

Leia mais

Tradução Modificando o alfabeto molecular. Prof. Dr. Francisco Prosdocimi

Tradução Modificando o alfabeto molecular. Prof. Dr. Francisco Prosdocimi Tradução Modificando o alfabeto molecular Prof. Dr. Francisco Prosdocimi Tradução em eukarya e prokarya Eventos pós-transcricionais Processo de síntese de proteínas RNAm contém o código do gene RNAt é

Leia mais

Aula de Bioquímica II. Tema: O Código Genético. Prof. Dr. Júlio César Borges

Aula de Bioquímica II. Tema: O Código Genético. Prof. Dr. Júlio César Borges Aula de Bioquímica II Tema: O Código Genético Prof. Dr. Júlio César Borges Depto. de Química e Física Molecular DQFM Instituto de Química de São Carlos IQSC Universidade de São Paulo USP E-mail: borgesjc@iqsc.usp.br

Leia mais

Introdução à Bioquímica

Introdução à Bioquímica Introdução à Bioquímica Nucleotídeos e Ácidos Nucléicos Dra. Fernanda Canduri Laboratório de Sistemas BioMoleculares. Departamento de Física.. UNESP São José do Rio Preto - SP. Genoma! O genoma de um organismo

Leia mais

Anabolismo Nuclear e Divisão Celular

Anabolismo Nuclear e Divisão Celular 1. (UFRN) Uma proteína X codificada pelo gene Xp é sintetizada nos ribossomos, a partir de um RNAm. Para que a síntese aconteça, é necessário que ocorram, no núcleo e no citoplasma, respectivamente, as

Leia mais

Núcleo. Vera Andrade Robert Brown (1833) descreveu o núcleo celular

Núcleo. Vera Andrade  Robert Brown (1833) descreveu o núcleo celular Vera Andrade http://histologiavvargas.wordpress.com/ Núcleo Robert Brown (1833) descreveu o núcleo celular Nux (grego) = semente, por ser considerado tão importante para a célula quanto a semente é para

Leia mais

Transcrição e Processamento

Transcrição e Processamento transcrição do DNA maturação do RNA AAAA AAAA AAAA tradução em proteína NÚCLEO CITOPLASMA Transcrição e Processamento RNAs adotam estruturas terciárias complexas RNA carregado RNA transportador aminoácido

Leia mais

Como genes codificam proteínas QBQ102

Como genes codificam proteínas QBQ102 Como genes codificam proteínas QBQ102 Prof. João Carlos Setubal Como DNA permite A atividade da vida? A reprodução da vida? Hoje vamos ver a parte da atividade da vida Atividade da vida significa basicamente

Leia mais

BIOQUÍMICA I 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011

BIOQUÍMICA I 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 BIOQUÍMICA I 1º ano de Medicina Ensino teórico 2010/2011 7ª aula teórica 11 Outubro 2010 Proteínas estruturais e funcionais Organização estrutural das proteínas Estrutura e diferentes funções de proteínas

Leia mais

QBQ 0102 Educação Física. Carlos Hotta. Código Genético e Tradução 16/06/15

QBQ 0102 Educação Física. Carlos Hotta. Código Genético e Tradução 16/06/15 QBQ 0102 Educação Física Carlos Hotta Código Genético e Tradução 16/06/15 Previously... replicação DNA transcrição RNA tradução proteína RNAm possuem informação para gerar novas proteínas A RNA polimerase

Leia mais

Armazenamento da informação genética

Armazenamento da informação genética Universidade Federal do Pampa Curso de Nutrição Biologia celular e molecular Armazenamento da informação genética Profª Ms. Vanessa Retamoso Prof Ms. Vanessa Retamoso NÚCLEO INTERFÁSICO: é o núcleo da

Leia mais

Soluções para Conjunto de Problemas 1

Soluções para Conjunto de Problemas 1 Soluções para 7.012 Conjunto de Problemas 1 Pergunta 1 a) Quais são os quatro principais tipos de moléculas biológicas discutidas na palestra? Cite uma função importante para cada tipo de molécula biológica

Leia mais

Transcrição é a primeira etapa da expressão do gene. Envolve a cópia da sequência de DNA de um gene para produzir uma molécula de RNA

Transcrição é a primeira etapa da expressão do gene. Envolve a cópia da sequência de DNA de um gene para produzir uma molécula de RNA TRANSCRIÇÃO - Pontos Principais: Transcrição é a primeira etapa da expressão do gene. Envolve a cópia da sequência de DNA de um gene para produzir uma molécula de RNA A transcrição é realizada por enzimas

Leia mais

Estrutura do DNA HISTÓRICO HISTÓRICO ÁCIDOS NUCLÉICOS JAMES WATSON e FRANCIS CRICK. 1953: Watson and Crick GREGOR MENDEL

Estrutura do DNA HISTÓRICO HISTÓRICO ÁCIDOS NUCLÉICOS JAMES WATSON e FRANCIS CRICK. 1953: Watson and Crick GREGOR MENDEL ISTÓI Estrutura do DA 1953: Watson and rick 1865 - GEG MEDEL Estudou cruzamento entre diferentes tipos de ervilhas demonstrando que certas características físicas dessas plantas eram transmitidas de geração

Leia mais

EVENTOS CO e PÓS TRADUCIONAIS

EVENTOS CO e PÓS TRADUCIONAIS EVENTOS CO e PÓS TRADUCIONAIS EVENTOS CO e PÓS TRADUCIONAIS Enovelamento natural e assistido (Chaperonas e HSPs) Ubiquitinação e degradação via proteassomo de proteínas não enoveladas Endereçamento (peptídeo

Leia mais

Ácidos Nucleicos: Nucleotídeos, DNA e RNA. Bianca Lobão - nº USP: Caio Lourenço - nº USP: Giulia Santos - nº USP:

Ácidos Nucleicos: Nucleotídeos, DNA e RNA. Bianca Lobão - nº USP: Caio Lourenço - nº USP: Giulia Santos - nº USP: Ácidos Nucleicos: Nucleotídeos, DNA e RNA Bianca Lobão - nº USP: 9370841 Caio Lourenço - nº USP: Giulia Santos - nº USP: 9370726 Nucleotídeos Compõem a estrutura das moléculas de DNA e RNA; São compostos

Leia mais

Seminário de Bioquímica II Prof. Dr. Júlio C. Borges

Seminário de Bioquímica II Prof. Dr. Júlio C. Borges Seminário de Bioquímica II Prof. Dr. Júlio C. Borges Tema: Direção da síntese de polímeros biomoleculares DNA mrna Proteína Alunos: José Augusto M. Burgarelli Rafael da Fonseca Lameiro Seiti Inoue Venturini

Leia mais

BIOQUÍMICA GERAL. Prof. Dr. Franciscleudo B. Costa UATA/CCTA/UFCG. Aula 7 Ácidos Nucleicos. Definição NUCLEOTÍDEO (RNA)

BIOQUÍMICA GERAL. Prof. Dr. Franciscleudo B. Costa UATA/CCTA/UFCG. Aula 7 Ácidos Nucleicos. Definição NUCLEOTÍDEO (RNA) Universidade Federal de Campina Grande Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar Unidade Acadêmica de Tecnologia de Alimentos BIOQUÍMICA GERAL Definição Importância e aplicações Estrutura Geral Função

Leia mais

AU10. Princípios Básicos de Genética Molecular 2: Regulação da Expressão Gênica. Juliana da Silveira Schauren

AU10. Princípios Básicos de Genética Molecular 2: Regulação da Expressão Gênica. Juliana da Silveira Schauren AU10 Princípios Básicos de Genética Molecular 2: Regulação da Expressão Gênica Juliana da Silveira Schauren Doutoranda PPG-GEN julianaschauren@gmail.com Resumo Introdução: revisão transcrição e tradução

Leia mais

genética molecular genética clássica DNA RNA polipeptídio GENÉTICA Exercícios 1. Julgue os itens que se seguem.

genética molecular genética clássica DNA RNA polipeptídio GENÉTICA Exercícios 1. Julgue os itens que se seguem. GENÉTICA clássica molecular DNA RNA polipeptídio Exercícios 1. Julgue os itens que se seguem. 01. As cadeias de RNA mensageiros são formadas por enzimas que complementam a sequência de bases de um segmento

Leia mais

Composição química celular

Composição química celular Natália Paludetto Composição química celular Proteínas Enzimas Ácidos nucléicos Proteínas Substâncias sólidas; Componente orgânico mais abundante da célula. Podem fornecer energia quando oxidadas, mas

Leia mais

Princípios de Sistemática Molecular

Princípios de Sistemática Molecular ! Ciências teóricas e sistemática biológica "! DNA, genes, código genético e mutação! Alinhamento de seqüências! Mudanças evolutivas em seqüências de nucleotídeos! Otimização em espaços contínuos e discretos!

Leia mais

MEDICINA VETERINÁRIA. Disciplina: Genética Animal. Prof a.: D rd. Mariana de F. Gardingo Diniz

MEDICINA VETERINÁRIA. Disciplina: Genética Animal. Prof a.: D rd. Mariana de F. Gardingo Diniz MEDICINA VETERINÁRIA Disciplina: Genética Animal Prof a.: D rd. Mariana de F. Gardingo Diniz TRANSCRIÇÃO DNA A transcrição é o processo de formação de uma molécula de RNA a partir de uma molécula molde

Leia mais

Transcrição e Tradução

Transcrição e Tradução Disciplina: Fundamentos de Genética e Biologia Molecular Turma: Fisioterapia (1 o Ano) Transcrição e Tradução Docente: Profa. Dra. Marilanda Ferreira Bellini E-mail: marilanda_bellini@yahoo.com Blog: http://marilandabellini.wordpress.com

Leia mais

Introdução à Bioquímica Celular

Introdução à Bioquímica Celular Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Introdução à Bioquímica Celular Prof. Msc. Macks Wendhell Gonçalves mackswendhell@gmail.com O que é Biologia Celular? É o ramo da ciência

Leia mais

ESTRUTURA E FUNÇÃO DOS GENES E CROMOSSOMOS

ESTRUTURA E FUNÇÃO DOS GENES E CROMOSSOMOS Faculdade Ciência da Vida Disciplina: Genética Básica Aula 2 ESTRUTURA E FUNÇÃO DOS GENES E CROMOSSOMOS PROFESSORA: Fernanda Guimarães E-MAIL: guimaraes.biologia@gmail.com NÚCLEO Abriga do material genético

Leia mais

Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo Universidade de São Paulo Instituto de Química de São Carlos Tema 17: Direcionamento Termodinâmico para a Síntese da Ligação Peptídica e Fosfodiéster SQM0416- Bioquímica II Prof. Dr. Júlio César Borges

Leia mais

Transcrição do DNA. Dogma central. O fluxo da informação é unidirecional. Refutação definitiva da herança dos caracteres adquiridos 26/04/2015

Transcrição do DNA. Dogma central. O fluxo da informação é unidirecional. Refutação definitiva da herança dos caracteres adquiridos 26/04/2015 Transcrição do DNA José Francisco Diogo da Silva Junior Mestrando CMANS/UECE Dogma central O fluxo da informação é unidirecional Refutação definitiva da herança dos caracteres adquiridos 1 A iniciação

Leia mais

Estrutura e Função de proteínas. Continua...

Estrutura e Função de proteínas. Continua... Estrutura e Função de proteínas Continua... Estrutura Quaternária Descreve o número e as posições relativas das subunidades nas proteínas multiméricas; O nível + alto da estrutura são os arranjos macromoleculares...

Leia mais

((lambda (h q) (list h (list q h) (list q q))) (quote (lambda (h q) (list h (list q h) (list q q)))) (quote quote))

((lambda (h q) (list h (list q h) (list q q))) (quote (lambda (h q) (list h (list q h) (list q q)))) (quote quote)) The depressing truth Ultimately, it all comes down to 3 facts: 1.All things eventually disappear. 2.Making copies can delay this. 3.With limited resources, what is left is that which makes good copies

Leia mais

ÁCIDOS NUCLEÍCOS RIBOSSOMO E SÍNTESE PROTEÍCA

ÁCIDOS NUCLEÍCOS RIBOSSOMO E SÍNTESE PROTEÍCA ÁCIDOS NUCLEÍCOS RIBOSSOMO E SÍNTESE PROTEÍCA ÁCIDOS NUCLÉICOS: Moléculas orgânicas complexas, formadas polimerização de nucleotídeos (DNA e RNA) pela Contêm a informação que determina a seqüência de aminoácidos

Leia mais

O fluxo da informação é unidirecional

O fluxo da informação é unidirecional Curso - Psicologia Disciplina: Genética Humana e Evolução Resumo Aula 3- Transcrição e Tradução Dogma central TRANSCRIÇÃO DO DNA O fluxo da informação é unidirecional Processo pelo qual uma molécula de

Leia mais

CÉLULAS 2/14/2017 FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA COMPOSIÇÃO MOLECULAR DAS CÉLULAS COMPOSIÇÃO QUÍMICA DAS CÉLULAS COMPOSIÇÃO MOLECULAR DAS CÉLULAS

CÉLULAS 2/14/2017 FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA COMPOSIÇÃO MOLECULAR DAS CÉLULAS COMPOSIÇÃO QUÍMICA DAS CÉLULAS COMPOSIÇÃO MOLECULAR DAS CÉLULAS 2/14/2017 FACULDADE EDUCACIONAL DE MEDIANEIRA CÉLULAS Células são estruturas complexas e diversas; São capazes de autoreplicação; Realizam uma ampla variedade de papeis especializados em organismos multicelulares:

Leia mais

BASES MOLECULARES DA HERANÇA

BASES MOLECULARES DA HERANÇA BASES MOLECULARES DA HERANÇA INDÚSTRIA DE INFORMAÇÃO A Fábrica A Célula O Manual de Instruções DNA O Dogma Central DNA-RNA-Proteínas Os Operários Proteínas Erros de Programação Doenças MOLÉCULAS NAS CÉLULAS

Leia mais

Biologia Ensino Médio 2º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº

Biologia Ensino Médio 2º ano classe: Prof. Cesinha Nome: nº PRIMEIR LETR TEREIR LETR Biologia Ensino Médio 2º ano classe: Prof. esinha Nome: nº Valor: 10 Nota:. Lista de ExercíciosTarefa- Segundos nos prof. esinha 2015 1. (ff 2010) figura a seguir representa um

Leia mais

Aminoácidos (aas) Prof.ª: Suziane Antes Jacobs

Aminoácidos (aas) Prof.ª: Suziane Antes Jacobs Aminoácidos (aas) Prof.ª: Suziane Antes Jacobs Introdução Pequenas moléculas propriedades únicas Unidades estruturais (UB) das proteínas N- essencial para a manutenção da vida; 20 aminoácidos-padrão -

Leia mais

Regulação da expressão gênica em Procariotos. John Wiley & Sons, Inc.

Regulação da expressão gênica em Procariotos. John Wiley & Sons, Inc. Regulação da expressão gênica em Procariotos Cada célula tem todos os genes, mas em um tecido apenas parte deles está ativa REGULAÇÃO DA EXPRESSÃO GÊNICA Diferenciação celular: diferentes tipos celulares

Leia mais

2. Resposta: C Comentário: Ribonucleases são enzimas que digerem moléculas de RNA, principais componentes de estruturas como ribossomos e nucléolos.

2. Resposta: C Comentário: Ribonucleases são enzimas que digerem moléculas de RNA, principais componentes de estruturas como ribossomos e nucléolos. 1. A Comentário: Cada 3 bases nitrogenadas no RNAm constituem uma unidade denominada códon, que uma vez traduzida, codifica um certo aminoácido no peptídio. Assim, se a proteína em questão contém 112 aminoácidos,

Leia mais