Licenciamento Ambiental, Competências Ambientais e a regulamentação do art. 23/CF. Salvador, 18 de maio de 2007.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Licenciamento Ambiental, Competências Ambientais e a regulamentação do art. 23/CF. Salvador, 18 de maio de 2007."

Transcrição

1 Licenciamento Ambiental, Competências Ambientais e a regulamentação do art. 23/CF Salvador, 18 de maio de 2007.

2 Críticas ao Licenciamento Ambiental: lentidão processo de licenciamento ambiental entrave ao crescimento; deficiência dos estudos ambientais e do EIA/RIMA; conflitos/disputas de atribuições entre os órgãos do SISNAMA; judicialização dos licenciamentos ambientais; ausência de integração e informação;

3 Licenciamento Ambiental: principais dispositivos legais Lei nº n 6.938/81 Política Nacional do Meio Ambiente. Estado em regra, é o órgão licenciador; IBAMA licencia empreendimentos de impacto nacional e regional, bem como deve atuar supletivamente; Resolução CONAMA n n 237/97 disciplina os procedimentos do licenciamento ambiental; IBAMA - empreendimentos de impacto direto nacional e regional, localizados em terras indígenas, UCs Federais, mar territorial, plataforma continental; Estado em regra, é o órgão licenciador; Municípios - empreendimentos cujo de impacto direto não extrapole os limites do município pio;

4 Algumas decisões do STF sobre o tema: Ministro(a) NELSON JOBIM RECLTE.(S): ESTADO DO CEARÁ RECLDO.(A/S): MUNICÍPIO DE FORTALEZA INTDO.(A/S): MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL INTDO.(A/S): IBAMA Julgamento..08/02/2006 O MPF ajuizou ação a civil pública, p com pedido de cautelar, contra o ESTADO DO CEARÁ com o objetivo de paralisar as obras de construção do PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO E COMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO COSTA OESTE e suspender os efeitos do licenciamento ambiental concedido pela órgão ambiental estadual. STF - nulidade do licenciamento concedido pela SEMACE, cabendo ao IBAMA o licenciamento em razão da área ser terreno de marinha, pertencente a União;

5 AI / RS - RIO GRANDE DO SUL AGRAVO DE INSTRUMENTO Relator(a)MIN. MARCO AURÉLIO AGTE. : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL AGDO. : MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL Julgamento 10/12/2000 STF - "ROTA DO SOL": RODOVIA ESTADUAL "RS ", cruzando pela Mata Atlântica, patrimônio nacional,, necessidade de licenciamento da obra pelo IBAMA.

6 Agravo de Instrumento /BA Des. Antonio Souza Prudente, do TRF da 1ª Região COMPETÊNCIA PARA A AUTORIZAÇÃO AMBIENTAL DE PROJETO, IMPLANTADO PELA PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR, QUE VISA À REFORMA E CONSTRUÇÃO DE BARRACAS DE PRAIA NA ORLA MARÍTIMA DE SALVADOR/BA - MPF buscou a declaração da competência exclusiva do IBAMA para acerca da instalação das chamadas "barracas de praia. De acordo com o MPF, trata-se de área pública p federal, exigindo portanto autorização do Ibama. - TRF estando as obras de construção do empreendimento localizadas em terrenos da marinha e dentro da zona costeira marítima tima,, elas necessitam de autorização da União e licenciamento do Ibama, pois háh dispositivo constitucional que estabelece a condição de patrimônio nacional à Zona Costeira, portando, a esta deve ser dado tratamento especial de proteção e preservação ambiental.prioritário..

7 Pet 2604 / PA PARA PETIÇÃO Relator(a) MIN. MARCO AURÉLIO Partes REQTE.: UNIÃO REQDO.: TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO INTDO.: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Julgamento 26/10/2002 DECISÃO AÇÃO CIVIL PÚBLICA - MINISTÉRIO PÚBLICO - LIMINAR - USINA HIDRELÉTRICA BELO MONTE - STF - É imprescindível a intervenção do IBAMA nos licenciamentos e estudos prévios relativos a empreendimentos e atividades com significativo impacto ambiental, de âmbito nacional ou regional, que afetarem terras indígenas ou bem de domínio da União.

8 CO 922 MC / SP - SÃO PAULO MEDIDA CAUTELAR NA AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA Relator(a) MIN. CÁRMEN LÚCIA AUTOR(A/S)(ES): MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL REU(É)(S): IBAMA, ESTADO DE SÃO PAULO e EMPRESA BRASILEIRA DE TERMINAIS PORTUÁRIOS S/A Julgamento 01/09/2006 DECISÃO: MEDIDA CAUTELAR EM AÇÃO A CÍVEL C ORIGINÁRIA RIA - CONFLITO FEDERATIVO - AUTORIZAÇÃO PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL - CONSTRUÇÃO DE TERMINAL PORTUÁRIO - LIMINAR CONCEDIDA. STF - determina que o IBAMA que assuma o licenciamento ambiental da construção de terminal portuário rio em Santos/SP por se encontrar evidenciada a existência de impacto no mar territorial e em unidades de conservação da União

9 CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 23 É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios: II- proteger (...) as paisagens naturais notáveis (...); VI- proteger o meio ambiente e combater a poluição em qualquer de suas formas; VII- preservar as florestas, a fauna e a flora;(...) XI- registrar, acompanhar e fiscalizar as concessões de direitos de pesquisa e exploração de recursos hídricos e minerais em seus territórios; (...) Parágrafo único. Leis complementares fixarão normas para a cooperação entre a União e os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, tendo em vista o equilíbrio do desenvolvimento e do bem-estar em âmbito nacional. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 53, de 2006)

10 Necessidade do PLP definição de meios de cooperação entre os entes federativos e das atribuições da U, E, DF, M; estruturação SISNAMA e harmonização dos instrumentos de proteção ambiental; redução das incertezas jurídicas nos licenciamentos ambientais; maior eficácia e agilização da atuação dos membros do SISNAMA; aumento da proteção ambiental;

11 Qual o critério rio adequado para definir o interesse predominante no licenciamento ambiental? 1) a dominialidade dos bens afetados minérios, unidade de conservação); (rios, 2) a abrangência e magnitude dos possíveis impactos ambientais diretos e/ou indiretos 3) a localização da atividade ou empreendimento 4) o tipo de atividade ou empreendimento ;

12

13 Licenciamento um empreendimento no bioma da Mata Atlântica (patrimônio nacional) Quem licencia? UC Estadual UC Municipal

14 No o PLP nº 388/2007 a definição da predominância do interesse para a indicação do órgão competente para a realização do licenciamento ambiental foi fundada em critério misto, tendo por base: 1) os impactos diretos empreendimento; da atividade ou 2) a localização do empreendimento; 3) tipo de atividade ou empreendimento licenciado;

15 UNIÃO XV - promover o licenciamento ambiental das atividades ou empreendimentos, a saber: a) que causem ou possam causar impacto ambiental direto de âmbito nacional ou regional; b) localizados ou desenvolvidas conjuntamente no Brasil e em país limítrofe; c) localizados na plataforma continental, na zona econômica exclusiva, em terras indígenas ou em unidades de conservação da União, exceto em Áreas de Proteção Ambiental - APAs, onde deverá ser observado o critério do impacto ambiental direto das atividades ou empreendimentos; d) destinados a pesquisar, lavrar, produzir, beneficiar, transportar, armazenar e dispor material radioativo, em qualquer estágio, ou que utilizem energia nuclear em qualquer de suas formas e aplicações, mediante parecer da Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN; e e) empreendimentos e atividades militares que servem a defesa nacional, na forma da Lei;

16 ESTADOS E O DISTRITO FEDERAL XIV - promover o licenciamento ambiental das atividades ou empreendimentos, a saber: a) que causem ou possam causar impacto ambiental direto de âmbito estadual; e b) localizados em unidades de conservação do Estado ou do Distrito Federal, exceto em Áreas de Proteção Ambiental - APAs, onde deverá ser observado o critério do impacto ambiental direto das atividades ou empreendimentos; MUNICÍPIOS XIV - promover o licenciamento ambiental das atividades ou empreendimentos, a saber: a) que causem ou possam causar impacto ambiental direto de âmbito local; ; e b) localizados em unidades de conservação do Município, exceto em Áreas de Proteção Ambiental - APAs,, onde deverá ser observado o critério rio do impacto ambiental direto das atividades ou empreendimentos;

17 Segue o PLP definindo: Art. 10. Para os efeitos desta Lei, considera-se: I-impacto ambiental de âmbito nacional ou regional: aquele que afete diretamente, no todo ou em parte, o território de dois ou mais Estados Federados ou cujos impactos ambientais significativos diretos ultrapassem os limites territoriais do País; II - impacto ambiental de âmbito estadual: aquele que afete diretamente, no todo ou em parte, o território de dois ou mais Municípios; e III - impacto ambiental de âmbito local: aquele que afete direta, no todo ou em parte, o território de um município sem ultrapassar o seu limite territorial.

18 Licenciamento Ambiental realizado por um único ente federativo Art. 9 o A construção, instalação, operação e ampliação de estabelecimentos e atividades utilizadoras de recursos ambientais, considerados efetiva e potencialmente poluidores, bem como os capazes, sob qualquer forma, de causar degradação ambiental dependerão de prévias licenças do ente federativo responsável por promover o licenciamento ambiental, nos termos desta Lei Complementar. 1 o Os demais entes federativos interessados poderão se manifestar, de maneira não vinculante, no procedimento de licenciamento ambiental. 2 o A supressão de vegetação decorrente de licenciamentos ambientais será autorizada pelo ente federativo licenciador.

19 Quem licencia deve fiscalizar Assim cabe a União, por exemplo: XIII - exercer o controle e a fiscalização das atividades e empreendimentos cuja competência para licenciar, ambientalmente, for cometida à União; e ainda: Art. 13. Nos casos de iminência ou ocorrência de dano ambiental o ente federativo que tiver conhecimento do fato deverá agir para evitar ou cessá-lo. Parágrafo único. O ente que atuou para evitar ou cessar o dano ambiental comunicará imediatamente o ente federativo responsável, para as providências devidas.

20

Lei Complementar n 140/11. Competências: Licenciamento e Fiscalização

Lei Complementar n 140/11. Competências: Licenciamento e Fiscalização Lei Complementar n 140/11 Competências: Licenciamento e Fiscalização Características Iniciais Fixou normas, nos termos dos incisos III, VI e VI do caput e do parágrafo único do artigo 23 da CF. Cooperação

Leia mais

Preparação para atuação profissional em meio ambiente Simone Paschoal Nogueira

Preparação para atuação profissional em meio ambiente Simone Paschoal Nogueira Preparação para atuação profissional em meio ambiente Simone Paschoal Nogueira São Paulo, 1 de agosto de 2016 ROTEIRO Instituições e Atribuições do Estado Quem faz o que? Constituição Federal Competências

Leia mais

Resolução CONSEPA nº 7 DE 17/11/2015 Norma Estadual - Rondônia Publicado no DOE em 24 nov 2015

Resolução CONSEPA nº 7 DE 17/11/2015 Norma Estadual - Rondônia Publicado no DOE em 24 nov 2015 Resolução CONSEPA nº 7 DE 17/11/2015 Norma Estadual - Rondônia Publicado no DOE em 24 nov 2015 Define a tipologia das atividades que causam ou possam causar impacto ambiental de âmbito local, nos termos

Leia mais

Competência comum em matéria ambiental. Congresso Planeta Verde São Paulo, 04 de junho de 2008.

Competência comum em matéria ambiental. Congresso Planeta Verde São Paulo, 04 de junho de 2008. Competência comum em matéria ambiental Congresso Planeta Verde São Paulo, 04 de junho de 2008. CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 23 É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios:

Leia mais

FICHA DE CARACTERIZAÇÃO DE ATIVIDADE - FCA

FICHA DE CARACTERIZAÇÃO DE ATIVIDADE - FCA MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA DIRETORIA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL - DILIC SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL - SIGA

Leia mais

Competência dos Municípios no Licenciamento Ambiental: A Lei Complementar n. 140/2011 e os Recursos Florestais

Competência dos Municípios no Licenciamento Ambiental: A Lei Complementar n. 140/2011 e os Recursos Florestais Competência dos Municípios no Licenciamento Ambiental: A Lei Complementar n. 140/2011 e os Recursos Florestais RIBAS, L. C. a ; PROSDOCINI, R. de M. b, et BRAUER, A. L. c a. Universidade Estadual Paulista

Leia mais

O licenciamento ambiental portuário

O licenciamento ambiental portuário Ministério do Meio Ambiente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis Diretoria de Licenciamento Ambiental DILIC Brasília, 18 de junho de 2015 Gabriel Magnino Analista Ambiental

Leia mais

O IMPACTO DO EMPREENDIMENTO, E NÃO A TITULARIDADE DOS BENS AFETADOS, COMO PARÂMETRO PARA DEFINIR A COMPETÊNCIA DE UM LICENCIAMENTO AMBIENTAL

O IMPACTO DO EMPREENDIMENTO, E NÃO A TITULARIDADE DOS BENS AFETADOS, COMO PARÂMETRO PARA DEFINIR A COMPETÊNCIA DE UM LICENCIAMENTO AMBIENTAL 1 O IMPACTO DO EMPREENDIMENTO, E NÃO A TITULARIDADE DOS BENS AFETADOS, COMO PARÂMETRO PARA DEFINIR A COMPETÊNCIA DE UM LICENCIAMENTO AMBIENTAL Omar Bradley Oliveira de Souza Procurador Federal Pós-graduado

Leia mais

Os desafios da Fiscalização Ambiental a partir da LC 140/11: um olhar propositivo

Os desafios da Fiscalização Ambiental a partir da LC 140/11: um olhar propositivo Os desafios da Fiscalização Ambiental a partir da LC 140/11: um olhar propositivo Paula Lavratti Escola Superior de Direito Municipal Porto Alegre, 11 de abril de 2012. Objetivos da LC 140 e a fiscalização

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEGISLAÇÕES PERTINENTES

LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEGISLAÇÕES PERTINENTES LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEGISLAÇÕES PERTINENTES O MEIO AMBIENTE NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL Art. 225, CF: Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial

Leia mais

COMPETÊNCIA CONSTITUCIONAL EM MATÉRIA AMBIENTAL

COMPETÊNCIA CONSTITUCIONAL EM MATÉRIA AMBIENTAL COMPETÊNCIA CONSTITUCIONAL EM MATÉRIA AMBIENTAL 1. INTRODUÇÃO 1.1. A Constituição Federal, promulgada em 05 de outubro de 1988, foi o primeiro texto constitucional brasileiro a tratar do tema meio ambiente

Leia mais

O meio ambiente na CF/1988. José Antônio Tietzmann e Silva - Todos os direitos reservados

O meio ambiente na CF/1988. José Antônio Tietzmann e Silva - Todos os direitos reservados O meio ambiente na CF/1988 Japão (1946), Polônia (1952), Tchecho-Eslováquia (1960), Bulgária (1971), Confederação Helvética (1971), Hungria (1972), Panamá (1972), Ioguslávia (1974), Grécia (1975), Cuba

Leia mais

Direito Ambiental Constitucional. Inclui Princípios constitucionais correlatos

Direito Ambiental Constitucional. Inclui Princípios constitucionais correlatos Direito Ambiental Constitucional Inclui Princípios constitucionais correlatos Constituição de 1988 Conceito jurídico de meio ambienteconstituição Art. 3º. Para os fins previstos nesta Lei, entende-se por:

Leia mais

APRESENTAÇÃO. MACHADO, Paulo Affonso Leme. Direito Ambiental Brasileiro. 14. ed. São Paulo: Malheiros, 2006, p

APRESENTAÇÃO. MACHADO, Paulo Affonso Leme. Direito Ambiental Brasileiro. 14. ed. São Paulo: Malheiros, 2006, p APRESENTAÇÃO. Licenciamento ambiental As atividades humanas que utilizam recursos naturais ou das quais resulte alguma modificação adversa que possa causar prejuízo imediato ao meio ambiente, ou em conseqüência

Leia mais

Processo de Manejo Arbóreo em Empreendimentos Metroviários. Victor Bassetti Martinho 20ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA

Processo de Manejo Arbóreo em Empreendimentos Metroviários. Victor Bassetti Martinho 20ª AEAMESP SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA Processo de Manejo Arbóreo em Empreendimentos Metroviários Victor Bassetti Martinho 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA AEAMESP Curriculum vitae 2 Victor Bassetti Martinho Engenheiro Ambiental graduado

Leia mais

ORIENTAÇÃO JURÍDICA NORMATIVA Nº 37/2012/PFE/IBAMA TEMA: COMPETÊNCIA PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA ÁREA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL APA TAPAJÓS

ORIENTAÇÃO JURÍDICA NORMATIVA Nº 37/2012/PFE/IBAMA TEMA: COMPETÊNCIA PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA ÁREA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL APA TAPAJÓS ORIENTAÇÃO JURÍDICA NORMATIVA Nº 37/2012/PFE/IBAMA TEMA: COMPETÊNCIA PARA LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA ÁREA E PRESERVAÇÃO AMBIENTAL APA TAPAJÓS Parecer nº 1051/2011-CONEP/KVBC, expedido no processo administrativo

Leia mais

Lei nº 6.938/81. Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Lei nº 6.938/81. Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos Lei nº 6.938/81 SINOPSE: a) Meio ambiente é PATRIMÔNIO PÚBLICO, devendo ser protegido, tendo em vista o uso coletivo; b) Planejar, fiscalizar e racionalizar o uso dos recursos ambientais; c) Proteger os

Leia mais

PRINCIPAIS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO E CONTROLE DE IMPACTOS AMBIENTAIS

PRINCIPAIS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO E CONTROLE DE IMPACTOS AMBIENTAIS PRINCIPAIS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO E CONTROLE DE IMPACTOS AMBIENTAIS PROF. DR. RAFAEL COSTA FREIRIA E-MAIL: RAFAELFREIRIA@COM4.COM.BR DISCIPLINA: DIREITO AMBIENTAL Instrumentos de Avaliação de Impactos

Leia mais

Diretoria de Meio Ambiente Atividades e ações desenvolvidas pela estrutura municipal

Diretoria de Meio Ambiente Atividades e ações desenvolvidas pela estrutura municipal Diretoria de Meio Ambiente Atividades e ações desenvolvidas pela estrutura municipal Luiz Carlos Seidenfus Gerente de Licenciamento Ambiental LEI COMPLEMENTAR N 140, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2011 Fixa normas

Leia mais

Insegurança Jurídica no Processo de Licenciamento Ambiental. 4º Seminário de Meio Ambiente - CREA e OAB/SC Florianópolis/SC, 11 de maio de 2016

Insegurança Jurídica no Processo de Licenciamento Ambiental. 4º Seminário de Meio Ambiente - CREA e OAB/SC Florianópolis/SC, 11 de maio de 2016 Insegurança Jurídica no Processo de Licenciamento Ambiental 4º Seminário de Meio Ambiente - CREA e OAB/SC Florianópolis/SC, 11 de maio de 2016 Marcos André Bruxel Saes Advogado e Consultor Jurídico RIO

Leia mais

Campo de Golfe na Barra

Campo de Golfe na Barra Campo de Golfe na Barra Ação Civil Pública O Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente (GAEMA) e da 4ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Meio Ambiente da

Leia mais

MUNICIPALIZAÇÃO DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL: RISCOS E PERSPECTIVAS

MUNICIPALIZAÇÃO DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL: RISCOS E PERSPECTIVAS MUNICIPALIZAÇÃO DO LICENCIAMENTO AMBIENTAL: RISCOS E PERSPECTIVAS Tiago Andrade Lima (*), Sônia Valéria Pereira *Associação Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP/OS). tiago80@gmail.com RESUMO No

Leia mais

S UMÁRIO. Capítulo 1 Meio Ambiente Doutrina e Legislação...1. Questões...6 Gabaritos comentados...8

S UMÁRIO. Capítulo 1 Meio Ambiente Doutrina e Legislação...1. Questões...6 Gabaritos comentados...8 S UMÁRIO Capítulo 1 Meio Ambiente...1 1. Doutrina e Legislação...1 1.1. Conceito de meio ambiente... 1 1.2. Classi icação didática do meio ambiente... 3 1.3. O meio ambiente no art. 225 da CF/88... 4 Questões...6

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 41.551 - MA (2013/0068789-3) RELATOR : MINISTRO BENEDITO GONÇALVES RECORRENTE : ABB LTDA E OUTRO ADVOGADOS : PAULO GUILHERME DE MENDONÇA LOPES ULISSES CÉSAR MARTINS DE

Leia mais

MUNICÍPIOS E LICENCIAMENTO AMBIENTAL

MUNICÍPIOS E LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICÍPIOS E LICENCIAMENTO AMBIENTAL SUELY MARA VAZ GUIMARÃES DE ARAÚJO Consultora Legislativa da Área XI Meio ambiente e direito ambiental, desenvolvimento urbano e interior OUTUBRO/2015 Suely Mara Vaz

Leia mais

Licenciamento Ambiental nos Municípios: a Lei Complementar nº 140

Licenciamento Ambiental nos Municípios: a Lei Complementar nº 140 Licenciamento Ambiental nos Municípios: a Lei Complementar nº 140 I Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável Brasília, 29 de março de 2012 SISTEMA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE - SISNAMA O

Leia mais

SISEMA. Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Legislação Ambiental para Engenharia Ambiental e Sanitária - UFJF

SISEMA. Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Legislação Ambiental para Engenharia Ambiental e Sanitária - UFJF SISEMA Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Rolfe Pinho Dias - SUPRAM - NRRA - Juiz de Fora 1 Regularização Ambiental Rolfe Pinho Dias Técnico Ambiental SUPRAM -Zona da Mata NRRA Juiz

Leia mais

COMPETÊNCIA NORMATIVA

COMPETÊNCIA NORMATIVA Turma e Ano: MASTER A -2015 Matéria / Aula: Direito Ambiental Competência normativa, administrativa, jurisidicional Professor: Marcelo Jungstedt Monitora: Kathleen Feitosa Aula 02 COMPETÊNCIA NORMATIVA

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 2.321, DE 2011 (Do Sr. Leopoldo Meyer)

PROJETO DE LEI N.º 2.321, DE 2011 (Do Sr. Leopoldo Meyer) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE LEI N.º 2.321, DE 2011 (Do Sr. Leopoldo Meyer) Estabelece regras de segurança para a implantação e funcionamento de parques de diversão e estabelecimentos similares. DESPACHO:

Leia mais

Licenciamento Ambiental

Licenciamento Ambiental Licenciamento Ambiental - Lilian Ferreira dos Santos - Superintendente de Infra-Estrutura, Mineração, Indústria e Serviços Junho de 2010 O Estado de Mato Grosso Aproximadamente 20000 Empreendimentos cadastrados

Leia mais

TEMA 4: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO

TEMA 4: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO TEMA 4: ORGANIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO ESTADO BRASILEIRO A União não intervirá nos Estados nem no Distrito Federal, exceto para: (...) O Estado não intervirá em seus Municípios, nem a União nos

Leia mais

Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF

Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF Sistema Integrado de Normas Jurídicas do Distrito Federal SINJ-DF DECRETO Nº 36.992, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015 Estabelece a nova tabela de preços cobrados pelos serviços solicitados ao Instituto do Meio

Leia mais

Por: Márcio A. Bezerra

Por: Márcio A. Bezerra Meio Ambiente e Carcinicultura: Nova Legislação, Novos Rumos?... Por: Márcio A. Bezerra Aquicultura Brasileira Um Gigante em Formação... O Brasil tem todos os ingredientes necessários para se tornar o

Leia mais

Manual para Elaboração dos Planos Municipais para a Mata Atlântica

Manual para Elaboração dos Planos Municipais para a Mata Atlântica Manual para Elaboração dos Planos Municipais para a Mata Atlântica Rede de ONGs da Mata Atlântica RMA Apoio: Funbio e MMA Papel do Município no meio ambiente Constituição Federal Art 23 Competência Comum,

Leia mais

É o ramo da biologia que estuda as relações entre os seres vivos e o meio ambiente em que vivem, bem como suas recíprocas influências.

É o ramo da biologia que estuda as relações entre os seres vivos e o meio ambiente em que vivem, bem como suas recíprocas influências. Da Ordem Social: do Meio Ambiente e dos Índios. Cretella Júnior e Cretella Neto Direito Ambiental Prof. Dr. João Miguel da Luz Rivero jmlrivero@gmail.com Do meio ambiente A CF de 1988 consagra o direito

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE BELFORD ROXO GABINETE DO PREFEITO

Estado do Rio de Janeiro PREFEITURA MUNICIPAL DE BELFORD ROXO GABINETE DO PREFEITO LEI COMPLEMENTAR Nº 094 DE 06 DE JANEIRO DE 2009. Dispõe sobre critérios e procedimentos destinados à atividade de Licenciamento Ambiental no Município de Belford Roxo e estabelece a Taxa de Licenciamento

Leia mais

Regulamentação da Lei n o Lei Federal de Florestas Maio de 2013

Regulamentação da Lei n o Lei Federal de Florestas Maio de 2013 Regulamentação da Lei n o 12.651 Lei Federal de Florestas Maio de 2013 Regulamentação da nova Lei Federal de Florestas 1. Porque regulamentar? 2. Fundamentos da regulamentação pelos estados 3. Competências

Leia mais

Lei Estadual nº /2016 Conceituação do novo modelo de licenciamento ambiental

Lei Estadual nº /2016 Conceituação do novo modelo de licenciamento ambiental Lei Estadual nº 21.972/2016 Conceituação do novo modelo de licenciamento ambiental Diagnóstico do Licenciamento Ambiental no Brasil (IBAMA) Incertezas regulatórias; Baixa qualidade de Termos de Referência

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICIPAL E CAPACITAÇÃO DE GESTORES INEA/DIGAT/GEGAM

LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICIPAL E CAPACITAÇÃO DE GESTORES INEA/DIGAT/GEGAM LICENCIAMENTO AMBIENTAL MUNICIPAL E CAPACITAÇÃO DE GESTORES INEA/DIGAT/GEGAM INTRODUÇÃO A Gerência de Apoio à Gestão Ambiental Municipal (GEGAM) atua na articulação com os 92 municípios fluminenses para

Leia mais

JOSÉ SERRA, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais,

JOSÉ SERRA, Governador do Estado de São Paulo, no uso de suas atribuições legais, DECRETO Nº 55.149, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2009 Dá nova redação a dispositivos do Decreto nº 47.400, de 4 de dezembro de 2002, que regulamenta disposições da Lei nº 9.509, de 20 de março de 1997, referentes

Leia mais

CÁLCULO DO VALOR DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL DE ACORDO COM O DECRETO 6.848

CÁLCULO DO VALOR DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL DE ACORDO COM O DECRETO 6.848 CÁLCULO DO VALOR DA COMPENSAÇÃO AMBIENTAL DE ACORDO COM O DECRETO 6.848 Gabriel Teixeira Silva Araújo CEPEMAR - Serviços de Consultoria em Meio Ambiente Ltda. SUMÁRIO 1 OBJETIVO 2 INTRODUÇÃO 3 VALOR DOS

Leia mais

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N o 118, DE 2015 (Do Sr. Adilton Sachetti) Autoriza, nos termos do 3º do art. 231 da Constituição Federal, o aproveitamento

Leia mais

SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES

SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES 1. Direitos de terceira geração 1.1 Introdução 1.2 Direitos difusos 1.3 Direitos coletivos stricto sensu 1.4 Direitos individuais homogêneos 2. Meio ambiente: definição e

Leia mais

Decreto /2013 de São Paulo: mais um capítulo da Guerra Fiscal de ICMS

Decreto /2013 de São Paulo: mais um capítulo da Guerra Fiscal de ICMS Decreto 58.918/2013 de São Paulo: mais um capítulo da Guerra Fiscal de ICMS Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil 21 de março de 2013 Aspectos Constitucionais dos Incentivos Fiscais CF/88 Art.

Leia mais

PROFESSOR : Telma Bartholomeu Silva. Direito Ambiental. Teoria Geral do Direito Ambiental

PROFESSOR : Telma Bartholomeu Silva. Direito Ambiental. Teoria Geral do Direito Ambiental PROFESSOR : Telma Bartholomeu Silva Direito Ambiental Teoria Geral do Direito Ambiental 1 1 2 CONCEITO Direito Ambiental é o ramo do direito que estuda, analisa e regulamenta as questões e os problemas

Leia mais

Simulado IBAMA Rua das Marrecas, 15, Centro CEP Rio de Janeiro RJ / Telefax: / /

Simulado IBAMA Rua das Marrecas, 15, Centro CEP Rio de Janeiro RJ / Telefax: / / Simulado IBAMA 2012 Fala pessoal, tudo certo? A prova tá chegando, hein? Ansiosos? Relaxem, quanto antes vier a prova, antes virá também a nossa vitória... Para revisar aqueles últimos detalhes em constitucional,

Leia mais

SEMANA DO MEIO AMBIENTE LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEI COMPLEMENTAR Nº 140/2011. Ricardo Carneiro Junho/2014

SEMANA DO MEIO AMBIENTE LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEI COMPLEMENTAR Nº 140/2011. Ricardo Carneiro Junho/2014 SEMANA DO MEIO AMBIENTE LICENCIAMENTO AMBIENTAL LEI COMPLEMENTAR Nº 140/2011 Ricardo Carneiro Junho/2014 Constituição da República Art. 23. É competência comum da União, dos Estados, do Distrito Federal

Leia mais

Gestão Ambiental no Município Celso Constantino Marques

Gestão Ambiental no Município Celso Constantino Marques Gestão Ambiental no Município Celso Constantino Marques Ponto de Partida O Meio Ambiente na Constituição Federal/88 Art. 225 Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum

Leia mais

Profa. Me. Larissa Castro

Profa. Me. Larissa Castro Vedações constitucionais impostas à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios Profa. Me. Larissa Castro Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: I -

Leia mais

COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Decisão de Diretoria, nº 025/2014/C/I, de 29-01-2014 Dispõe sobre a disciplina para o licenciamento ambiental das atividades minerárias no território do Estado

Leia mais

Grandes Temas 1. Implantação da LC 140/2011 (define a competência municipal para licenciar as atividades de impacto local. 2. Política de Saneamento B

Grandes Temas 1. Implantação da LC 140/2011 (define a competência municipal para licenciar as atividades de impacto local. 2. Política de Saneamento B CNM Meio Ambiente 2012 Grandes Temas 1. Implantação da LC 140/2011 (define a competência municipal para licenciar as atividades de impacto local. 2. Política de Saneamento Básico. 3. Política de Resíduos

Leia mais

RESOLUÇÃO SMA-15 DE 13 DE MARÇO DE 2008.

RESOLUÇÃO SMA-15 DE 13 DE MARÇO DE 2008. PUBLICADA EM 14/03/88 SEÇÃO I PÁG.36 RESOLUÇÃO SMA-15 DE 13 DE MARÇO DE 2008. Dispõe sobre os critérios e parâmetros para concessão de autorização para supressão de vegetação nativa considerando as áreas

Leia mais

LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas. ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM

LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas. ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM LEGISLAÇÃO MINERÁRIA BRASILEIRA: Avaliação e Perspectivas ANA SALETT MARQUES GULLI Procuradora-Chefe/DNPM Junho/2010 Relevância da atividade mineral A atividade mineral apresenta-se como uma atividade

Leia mais

Perspectivas para a participação da iniciativa privada na geração núcleo-elétrica no Brasil

Perspectivas para a participação da iniciativa privada na geração núcleo-elétrica no Brasil Oportunidades para a cadeia de produção de minerais nucleares Perspectivas para a participação da iniciativa privada na geração núcleo-elétrica no Brasil David A. M. Waltenberg Belo Horizonte, 24 de setembro

Leia mais

Resolução Conama 237/97. Resolução Conama 237/97. Resolução Conama 237/97. Resolução Conama 237/97 7/10/2010

Resolução Conama 237/97. Resolução Conama 237/97. Resolução Conama 237/97. Resolução Conama 237/97 7/10/2010 LICENCIAMENTO AMBIENTAL NA ATIVIDADE DE MINERAÇÃO: ASPECTOS LEGAIS E TÉCNICOS GEÓLOGO NILO SÉRGIO FERNANDES BARBOSA Art. 1º - Para efeito desta Resolução são adotadas as seguintes definições: I - Licenciamento

Leia mais

O PAPEL DO IBAMA NO LICENCIAMENTO LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL

O PAPEL DO IBAMA NO LICENCIAMENTO LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL O PAPEL DO IBAMA NO LICENCIAMENTO LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL NLA-SP Núcleo de Licenciamento Ambiental da Superintendência do Ibama em São Paulo ESTRUTURA DO IBAMA ESTRUTURA REGIMENTAL DECRETO Nº 6.099,

Leia mais

PARECER Nº, DE Relator: Senador JORGE VIANA I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE Relator: Senador JORGE VIANA I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2016 Da COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE, DEFESA DO CONSUMIDOR E FISCALIZAÇÃO E CONTROLE, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 428, de 2015, do Senador Valdir Raupp,

Leia mais

A COMPETÊNCIA AMBIENTAL DOS ENTES FEDERATIVOS PÓS LEI COMPLEMENTAR 140/11 EM FACE DO ARTIGO 23 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL NO CASO DA USINA DE BELO MONTE

A COMPETÊNCIA AMBIENTAL DOS ENTES FEDERATIVOS PÓS LEI COMPLEMENTAR 140/11 EM FACE DO ARTIGO 23 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL NO CASO DA USINA DE BELO MONTE A competência ambiental dos entes... A COMPETÊNCIA AMBIENTAL DOS ENTES FEDERATIVOS PÓS LEI COMPLEMENTAR 140/11 EM FACE DO ARTIGO 23 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL NO CASO DA USINA DE BELO MONTE ENVIRONMENTAL

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL

LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL LICENCIAMENTO AMBIENTAL FEDERAL Núcleo de Licenciamento Ambiental e Escritório Regional de Santos Superintendência do Ibama em São Paulo BASE LEGAL CONSTITUIÇÃO FEDERAL - 1988 Art. 225. Todos têm direito

Leia mais

Considerando que as usinas de açúcar e álcool podem contemplar a atividade de co-geração de energia;

Considerando que as usinas de açúcar e álcool podem contemplar a atividade de co-geração de energia; RESOLUÇÃO SEMAC N. 009 DE 17 DE MAIO DE 2007 Disciplina sobre o procedimento de licenciamento da co-geração de energia nas Usinas de Processamento de Cana-deaçúcar e dá providências. O Secretário de Estado

Leia mais

Resíduos da Construção Civil, Volumosos e Inertes

Resíduos da Construção Civil, Volumosos e Inertes PROPOSTAS INICIAIS PARA DIRETRIZES DE LICENCIAMENTO DE ÁREAS DE MANEJO Resíduos da Construção Civil, Volumosos e Inertes INEXISTÊNCIA DE POLÍTICAS PÚBLICAS PRIORIDADE COLETA CORRETIVA Geradores Empresas

Leia mais

Zoneamento e a Licença Ambiental como Instrumentos Garantidores de uma Cidade Sustentável

Zoneamento e a Licença Ambiental como Instrumentos Garantidores de uma Cidade Sustentável Zoneamento e a Licença Ambiental como Instrumentos Garantidores de uma Cidade Sustentável Qualidade de Vida Goiânia é hoje sinônimo de qualidade de vida e preservação ambiental. Estudos produzidos pela

Leia mais

Compensação Florestal por Supressão de Vegetação no Bioma Mata Atlântica em Minas Gerais.

Compensação Florestal por Supressão de Vegetação no Bioma Mata Atlântica em Minas Gerais. Compensação Florestal por Supressão de Vegetação no Bioma Mata Atlântica em Minas Gerais. Lei Federal nº 11.428/2006 e Deliberação Normativa COPAM nº 73/2004 Breve histórico do Regime Jurídico do Bioma

Leia mais

Disciplina de Impactos Ambientais Professor Msc. Leonardo Pivôtto Nicodemo. O ordenamento do processo de AIA

Disciplina de Impactos Ambientais Professor Msc. Leonardo Pivôtto Nicodemo. O ordenamento do processo de AIA Disciplina de Impactos Ambientais Professor Msc. Leonardo Pivôtto Nicodemo FOGLIATTI, Maria Cristina. Avaliação de impactos ambientais. Rio de Janeiro: Editora Interciência Ltda, 2004. SANCHEZ, Luis Henrique.

Leia mais

DECRETO N.º 189/IX DEFINE O REGIME JURÍDICO DA ASSISTÊNCIA NOS LOCAIS DESTINADOS A BANHISTAS. Artigo 1.º Objecto

DECRETO N.º 189/IX DEFINE O REGIME JURÍDICO DA ASSISTÊNCIA NOS LOCAIS DESTINADOS A BANHISTAS. Artigo 1.º Objecto DECRETO N.º 189/IX DEFINE O REGIME JURÍDICO DA ASSISTÊNCIA NOS LOCAIS DESTINADOS A BANHISTAS A Assembleia da República decreta, nos termos da alínea c) do artigo 161.º da Constituição, para valer como

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Instrumento preventivo de tutela do meio ambiente (art. 9º, IV da Lei nº. 6.938/81)

POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE. Instrumento preventivo de tutela do meio ambiente (art. 9º, IV da Lei nº. 6.938/81) POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 1. LICENCIAMENTO AMBIENTAL 1.1 NATUREZA JURÍDICA: Instrumento preventivo de tutela do meio ambiente (art. 9º, IV da Lei nº. 6.938/81) 1.2 CONCEITO: Segundo o art. 1º,

Leia mais

CONSTITUIÇÃO FEDERAL E MEIO AMBIENTE

CONSTITUIÇÃO FEDERAL E MEIO AMBIENTE CONSTITUIÇÃO FEDERAL E MEIO AMBIENTE 1. INTRODUÇÃO 1.1. A Constituição Federal, promulgada em 05 de outubro de 1988, foi o primeiro texto constitucional brasileiro a mencionar a palavra meio ambiente.

Leia mais

OS LIMITES DO PLANEJAMENTO DA OCUPAÇÃO SUSTENTÁVEL DA ZONA COSTEIRA BRASILEIRA

OS LIMITES DO PLANEJAMENTO DA OCUPAÇÃO SUSTENTÁVEL DA ZONA COSTEIRA BRASILEIRA OS LIMITES DO PLANEJAMENTO DA OCUPAÇÃO SUSTENTÁVEL DA ZONA COSTEIRA BRASILEIRA I SIMPÓSIO DA REDE DE ALTOS ESTUDOS EM ESTADO E INSTITUIÇÕES CAPACIDADES ESTATAIS E TRANSFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS NAS AGENDAS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 1ª Câmara Reservada ao Meio Ambiente

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 1ª Câmara Reservada ao Meio Ambiente Registro: 2016.0000481014 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2096994-03.2016.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante CETESB - COMPANHIA AMBIENTAL

Leia mais

SUMÁRIO 4. A POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

SUMÁRIO 4. A POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE SUMÁRIO 1. NOÇÕES PRELIMINARES 1. Direitos de terceira geração 1.1 Introdução 1.2 Direitos difusos 1.3 Direitos coletivos stricto sensu 1.4 Direitos individuais homogêneos 2. Meio ambiente: definição e

Leia mais

DECRETO Nº 33, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2003.

DECRETO Nº 33, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2003. 1 de 5 15/09/2014 10:14 DECRETO Nº 33, DE 09 DE FEVEREIRO DE 2003. Cria o Parque Natural Municipal de Jacarenema e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE VILA VELHA, Estado do Espírito Santo,

Leia mais

AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL, UM INSTRUMENTO DA POLÍTICA DE MEIO AMBIENTE:

AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL, UM INSTRUMENTO DA POLÍTICA DE MEIO AMBIENTE: AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL, UM INSTRUMENTO DA POLÍTICA DE MEIO AMBIENTE: Lei Federal 6.938 de 31 de Agosto de 1981 Dispõe sobre a Política Nacional de Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação

Leia mais

: MIN. DIAS TOFFOLI CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS JUNTO AO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS

: MIN. DIAS TOFFOLI CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS JUNTO AO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS RECLAMAÇÃO 24.163 DISTRITO FEDERAL RELATOR RECLTE.(S) PROC.(A/S)(ES) RECLDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) INTDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :MINISTÉRIO PÚBLICO JUNTO AO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE GOIÁS

Leia mais

Marcelo Augusto de Barros 1 Janeiro 2010 I. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

Marcelo Augusto de Barros 1 Janeiro 2010 I. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL Supressão de vegetação para edificação em área urbana no Estado de São Paulo aplicação a loteamentos Biomas Cerrado e Mata Atlântica - Quadro comparativo Marcelo Augusto de Barros 1 marcelo@fortes.adv.br

Leia mais

Adendo ao Parecer Único SUPRAM-ASF nº /2014 Processo Administrativo: 17700/2012/001/2012 PARECER ÚNICO Nº /2014

Adendo ao Parecer Único SUPRAM-ASF nº /2014 Processo Administrativo: 17700/2012/001/2012 PARECER ÚNICO Nº /2014 Adendo ao Parecer Único nº 0877292/2014 Processo Administrativo: 17700/2012/001/2012 PARECER ÚNICO Nº 0796568/2014 Processo COPAM Nº: 17700/2012/001/2012 Classe/Porte: 3/M Empreendimento: Água Nova Pesquisas

Leia mais

Avaliação de Impacto Ambiental (AIA) Procedimentos de licenciamento ambiental

Avaliação de Impacto Ambiental (AIA) Procedimentos de licenciamento ambiental Procedimentos de licenciamento ambiental Regulamentação da Política Nacional do Meio Ambiente Decreto 99.274 de 6 de junho de 1990 Art. 17. A construção, instalação, ampliação e funcionamento de estabelecimento

Leia mais

Art. 3º A Fundação Estadual de Meio Ambiente-Pantanal, expedirá as seguintes Licenças Ambientais:

Art. 3º A Fundação Estadual de Meio Ambiente-Pantanal, expedirá as seguintes Licenças Ambientais: Publicada no Diário Oficial nº 5.546, de 10 de julho de 2001. LEI Nº 2.257, DE 9 DE JULHO DE 2001. Dispõe sobre as diretrizes do licenciamento ambiental estadual, estabelece os prazos para a emissão de

Leia mais

Estudo Esquematizado Resumo Direito Ambiental Frederico Amado 1ª para 2ª edição

Estudo Esquematizado Resumo Direito Ambiental Frederico Amado 1ª para 2ª edição Prezado Leitor, os trechos em fonte na cor azul indicam que houve alteração ou acréscimo de texto pelo autor. Os trechos tachados foram excluídos do texto. Os trechos em fonte preta já existiam na edição

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul

Estado do Rio Grande do Sul LEI MUNICIPAL N 2013 Disciplina os procedimentos necessários para emissão de Licenças Ambientais e os valores referentes às Taxas de Licenciamento e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE, no

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL - TENDÊNCIAS - Perspectivas para os Seguros Ambientais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL - TENDÊNCIAS - Perspectivas para os Seguros Ambientais LICENCIAMENTO AMBIENTAL - TENDÊNCIAS - Perspectivas para os Seguros Ambientais ROTEIRO 1. Problemática sobre o Licenciamento 2. Tendências sobre o licenciamento 3. Seguros ambientais: legislação 4. Conclusões

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS

LICENCIAMENTO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS PROCOMPI : (Programa de Apoio a Competitividade das Micro e pequenas Indústrias) Cerâmica Sustentável é mais vida LICENCIAMENTO AMBIENTAL E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS Moisés Vieira Fernandes Eng. Agrônomo

Leia mais

Osvaldo Antonio R. dos Santos Gerente de Recursos Florestais - GRF. Instituto de Meio Ambiente de MS - IMASUL

Osvaldo Antonio R. dos Santos Gerente de Recursos Florestais - GRF. Instituto de Meio Ambiente de MS - IMASUL Osvaldo Antonio R. dos Santos Gerente de Recursos Florestais - GRF Instituto de Meio Ambiente de MS - IMASUL Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico - SEMADE Presidência da República Casa

Leia mais

Legislação Ambiental / EIA RIMA Legislação

Legislação Ambiental / EIA RIMA Legislação Legislação Segundo legislação brasileira considera-se impacto ambiental: "qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente causada por qualquer forma de matéria ou energia

Leia mais

1ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE NOVA LIMA/MG CURADORIA DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE E DA HABITAÇÃO E URBANISMO

1ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE NOVA LIMA/MG CURADORIA DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE E DA HABITAÇÃO E URBANISMO 1ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE NOVA LIMA/MG CURADORIA DE DEFESA DO MEIO AMBIENTE E DA HABITAÇÃO E URBANISMO RECOMENDAÇÃO Nº. 04/2010 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS, por meio de

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL EM MINAS GERAIS

LICENCIAMENTO AMBIENTAL EM MINAS GERAIS LICENCIAMENTO AMBIENTAL EM MINAS GERAIS Gerência de Meio Ambiente Superintendência de Desenvolvimento Empresarial LICENCIAMENTO AMBIENTAL As atividades econômicas e outras das quais possam resultar intervenções

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1.563/16.

LEI MUNICIPAL Nº 1.563/16. LEI MUNICIPAL Nº 1.563/16. Este ato esteve fixado no painel de publicação no período de 31/05/2016 a 30/06/2016. Graziele Natividade Mat. 610 Responsável. Autoriza a contratação temporária de excepcional

Leia mais

A INCONSTITUCIONALIDADE DAS TAXAS DE LICENÇAS AMBIENTAIS INSTITUÍDAS PELOS DECRETOS ESTADUAIS N s E , DE 04 DE DEZEMBRO DE 2002.

A INCONSTITUCIONALIDADE DAS TAXAS DE LICENÇAS AMBIENTAIS INSTITUÍDAS PELOS DECRETOS ESTADUAIS N s E , DE 04 DE DEZEMBRO DE 2002. A INCONSTITUCIONALIDADE DAS TAXAS DE LICENÇAS AMBIENTAIS INSTITUÍDAS PELOS DECRETOS ESTADUAIS N s 47.397 E 47.400, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2002. Os Decretos nº 47.397 e 47.400, ambos de 4 de dezembro de 2002,

Leia mais

Palestra DPC IIDM : Remoção de Destroços e as Ferramentas que o Estado Brasileiro possui para lidar com tais Situações.

Palestra DPC IIDM : Remoção de Destroços e as Ferramentas que o Estado Brasileiro possui para lidar com tais Situações. TRIBUNAL MARÍTIMO JUIZ MARCELO DAVID Palestra DPC IIDM : Remoção de Destroços e as Ferramentas que o Estado Brasileiro possui para lidar com tais Situações. Destroço, em decorrência de um acidente marítimo,

Leia mais

Jean Paz Roza(*) * Universidade Estácio de Sá Vila Velha-ES.

Jean Paz Roza(*) * Universidade Estácio de Sá Vila Velha-ES. APERFEIÇOAMENTO NA ANÁLISE DE PROCESSOS DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL NO MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM-ES ATRAVÉS DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO (SID). Jean Paz Roza(*) * Universidade Estácio

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE TÉCNICOS EM RADIOLOGIA Serviço Público Federal. Minuta de Resolução CONTER Radiologia Industrial

CONSELHO NACIONAL DE TÉCNICOS EM RADIOLOGIA Serviço Público Federal. Minuta de Resolução CONTER Radiologia Industrial Minuta de Resolução CONTER Radiologia Industrial EMENTA: Institui e normatiza as atribuições, competências e funções dos técnicos e tecnólogos em Radiologia no setor Industrial, revoga as Resoluções CONTER

Leia mais

Licenciamento Ambiental e Municipal

Licenciamento Ambiental e Municipal Curso de Treinamento - ABLP Licenciamento Ambiental e Municipal Simone Paschoal Nogueira 14 de outubro de 2008 Sede da ABLP Procedimento pelo qual o órgão ambiental competente permite a localização, instalação,

Leia mais

SUMÁRIO ABREVIATURAS UTILIZADAS... 29

SUMÁRIO ABREVIATURAS UTILIZADAS... 29 SUMÁRIO ABREVIATURAS UTILIZADAS... 29 CAPÍTULO 1 FONTES DO DIREITO AMBIENTAL... 31 1. Introdução... 31 2. Principais questões ambientais contemporâneas (fontes materiais do direito ambiental)... 32 2.1.

Leia mais

Propostas para o Licenciamento Ambiental Por: Julio Cesar Nery Ferreira, Eng. de Minas - Sindiextra Paula Aguiar Advogada Ambiental - FIEMG

Propostas para o Licenciamento Ambiental Por: Julio Cesar Nery Ferreira, Eng. de Minas - Sindiextra Paula Aguiar Advogada Ambiental - FIEMG Propostas para o Licenciamento Ambiental Por: Julio Cesar Nery Ferreira, Eng. de Minas - Sindiextra Paula Aguiar Advogada Ambiental - FIEMG Seminário Mineração, Energia, Petróleo e Gás Belo Horizonte 10.04.2013

Leia mais

L E I n.º /

L E I n.º / L E I n.º 9 1 7 / 2 0 0 5. Dispõe sobre o licenciamento ambiental no Município de Cristal e dá outras providências. Dr. Sérgio Carriconde Schmidt, Prefeito Municipal de Cristal em exercício, Estado do

Leia mais

Licenciamento Ambiental. Conservação da Biodiversidade 2015

Licenciamento Ambiental. Conservação da Biodiversidade 2015 Licenciamento Ambiental Conservação da Biodiversidade 2015 O que é o licenciamento ambiental? MMA - O licenciamento ambiental é uma obrigação legal prévia à instalação de qualquer empreendimento ou atividade

Leia mais

DIRETIVA DO COPAM Nº. 02, DE 26 DE MAIO DE (publicado no dia 02/07/2009)

DIRETIVA DO COPAM Nº. 02, DE 26 DE MAIO DE (publicado no dia 02/07/2009) DIRETIVA DO COPAM Nº. 02, DE 26 DE MAIO DE 2009. (publicado no dia 02/07/2009) Estabelece diretrizes para revisão das normas regulamentares do Conselho Estadual de Política Ambiental COPAM especialmente

Leia mais

S E N T E N Ç A Tipo A

S E N T E N Ç A Tipo A S E N T E N Ç A Tipo A I-RELATÓRIO Cuida-se de ação sob o rito ordinário proposta por EDNILSON JOSÉ DE SANTANA contra o INSTITUTO BRASILEIRO DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS - IBAMA, objetivando

Leia mais

LICENCIAMENTO AMBIENTAL: ASPECTOS GERAIS SOBRE O INSTITUTO E A (IN)EFICAZ LEI COMPLEMENTAR 140/2011.

LICENCIAMENTO AMBIENTAL: ASPECTOS GERAIS SOBRE O INSTITUTO E A (IN)EFICAZ LEI COMPLEMENTAR 140/2011. LICENCIAMENTO AMBIENTAL: ASPECTOS GERAIS SOBRE O INSTITUTO E A (IN)EFICAZ LEI COMPLEMENTAR 140/2011. ENVIRONMENTAL LICENSE: GENERAL ANALYSES ABOUT THE INSTITUTE AND THE (IN)EFFECTIVE COMPLEMENTARY LAW

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO E NORMAS DE COOPERAÇÃO

SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO E NORMAS DE COOPERAÇÃO SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO E NORMAS DE COOPERAÇÃO Audiência Pública em 14/6/16 Na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados Adão Francisco de Oliveira Secretário de Estado da Educação do Tocantins

Leia mais

Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Tipo de aula. Semana

Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: DIREITO AMBIENTAL (ENEX 60150) ETAPA: 10ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos, filmes

Leia mais