Resultado do 3 o Trimestre de 2016

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultado do 3 o Trimestre de 2016"

Transcrição

1 Resultado do 3 o Trimestre de 2016 Teleconferência - 11/11/2016 João Silveira - CEO Marcus Martino - CFO e Diretor de RI

2 Disclaimers Esta apresentação contém informações sobre os negócios da Par Corretora, seus projetos, suas estratégias futuras, suas coligadas e controladas e seus parceiros comerciais. As declarações citadas na apresentação refletem o entendimento dos administradores a respeito do futuro da Companhia, que podem envolver riscos e imprevisibilidades inerentes ao mercado. As informações apresentadas seguem o padrão contábil IFRS, exceto quando mencionado durante a apresentação. A Par Corretora não se responsabiliza pela atualização de qualquer estimativa contida nesta apresentação. Nos gráficos e tabelas, as somatórias e percentuais de crescimento consideram todas as casas decimais dos valores que nesta apresentação se encontram com arredondamento.

3 Agenda Destaques do período Performance por produto Destaques financeiros

4 Destaques Operacionais e Financeiros Produtos de Bancassurance na greve Mesmo com a greve dos bancários no mês de setembro, que acarretou em 28% de dias úteis a menos de produção nas agências CAIXA, os produtos de Bancassurance cresceram 12,1% no 3T16 quando comparados ao 3T15. O incremento na originação dos contratos de crédito Habitacional na linha MCMV e a constante evolução de nosso estoque de receitas contratadas, que apresentou um aumento de 19,3% no período, foram os principais responsáveis pelo bom resultado do trimestre. Inauguração do Canal Remoto PAR Demos início à nossa nova central remota de vendas, localizada em SP, com funcionários próprios PAR Corretora, já 100% integrada ao Salesforce.com, que foi especialmente customizada para esse canal. A operação é responsável pelas atividades de venda e renovação. Acreditamos que esse movimento consolida ainda mais a nossa estratégia comercial, amparada em gente e tecnologia, além de proporcionar ganhos em custos e alavancagem de produtividade, com uma melhor e mais focada gestão operacional. Governança Corporativa Dando continuidade ao processo de melhoria das estruturas de governança corporativa da Companhia, o Conselho de Administração aprovou a criação de um Comitê de Auditoria composto por 3 membros, sendo 2 deles independentes. Este Comitê tem natureza consultiva e estará vinculado ao Conselho de Administração da Companhia. Neste trimestre também foi instituída uma nova Diretoria de Compliance, responsável por instituir e monitorar um Programa de Integridade. As atividades da Diretoria de Compliance serão supervisionadas pelo Comitê de Auditoria. 4

5 Sumário de Resultados Principais indicadores financeiros Indicador (R$ milhões) 3T16 3T15 YoY 9M16 9M15 YoY Receita Bruta R$ milhões +10,3% Receita Bruta 115,8 102,0 13,5% 327,1 296,5 10,3% Receita Líquida 102,8 94,6 8,6% 293,9 274,9 6,9% 296,5 327,1 Custos e despesas 1 (47,3) (45,0) 5,2% (135,5) (130,4) 4,0% +13,5% EBITDA 1 55,4 49,6 11,8% 158,4 144,5 9,6% Margem EBITDA 54,0% 52,5% 1,5pp 53,9% 52,6% 1,3pp Lucro líquido 1 38,5 33,7 14,4% 112,6 98,8 14,0% Margem líquida 37,5% 35,6% 1,9pp 38,3% 35,9% 2,4pp EBITDA e margem EBITDA R$ milhões; % 102,0 95,8 99,9 111,4 115,8 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 9M15 9M16 Caixa e dividendos R$ milhões yoy 52,5% 50,0% 52,2% 55,4% 54,0% 52,6% 53,9% 5,2 31,7 0,0 2 64,1 39,1 50,7 103,2 49,6 44,5 48,5 54,5 55,4 144,5 158,4 103,9 101,1 137,7 110,8 106,7 103,9 106,7 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 9M15 9M16 EBITDA Margem EBITDA 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 9M15 9M16 Saldo de caixa Dividendos 5 Nota: (1) Custos e despesas, EBITDA e Lucro Líquido excluindo despesas não recorrentes do IPO, para maiores detalhes vide slide14. (2) Dividendos do 4T15 foram pagos em abril de 2016.

6 Agenda Destaques do período Performance por produto Destaques financeiros

7 Performance por Produto Receita bruta por produto Produtos (R$ milhões) 3T16 3T15 YoY 9M16 9M15 YoY Vida 34,8 34,7 0,1% 100,1 96,2 4,1% Habitacional 28,1 22,1 27,2% 79,4 75,7 4,8% Breakdown da receita 3T16 x 3T15 Bancassurance Tradicional Outros 4,5% 16,7% Prestamista 16,8 14,4 16,6% 50,4 42,3 18,9% Patrimoniais 11,6 10,2 13,9% 31,2 27,6 13,2% Bancassurance 91,3 81,4 12,1% 261,0 241,8 7,9% Auto 4,4 4,4-0,1% 13,3 12,7 5,3% Riscos Especiais 10,2 8,9 14,9% 26,2 21,3 22,8% 3T16 R$115,8MM 78,9% Saúde 4,7 2,8 67,4% 12,5 7,8 60,1% Tradicionais 19,3 16,1 20,0% 52,0 41,8 24,5% Previdência 3,0 2,6 18,0% 8,3 7,5 10,6% Demais Produtos 2,2 1,9 12,6% 5,8 5,4 7,2% Outros produtos 5,2 4,5 15,7% 14,1 12,9 9,2% Receita Bruta 115,8 102,0 13,5% 327,1 296,5 10,3% 15,8% 4,4% 3T15 R$102,0MM 79,8% 7

8 Receita de Estoque Abertura da Receita de Estoque 1 Receita (R$ milhões) 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 % Receita total 1 3T16 x 3T15 Vida 20,7 22,0 22,3 23,5 23,5 67,6% 13,6% Habitacional 17,4 18,7 21,0 19,0 20,4 72,7% 17,3% Residencial 2,1 2,1 2,0 2,2 2,5 32,8% 15,7% MR Empresarial 2,2 1,8 1,9 2,3 2,1 52,4% -1,4% Auto 3,5 3,3 3,4 3,6 3,4 78,8% -0,7% Riscos Especiais 2,2 2,5 2,6 2,4 3,3 32,3% 52,0% Saúde 1,6 1,4 2,4 3,9 4,0 84,2% 144,7% Receita Estoque 49,7 51,8 55,6 57,0 59,2 51,2% 19,3% 8 Note: (1) O detalhamento do estoque da receita não é uma informação financeira auditada e foi estruturada com base em relatórios internos da Par Corretora, considerando o fluxo de comissão. Não considera a linha de Outros Produtos pela sua menor relevância. A racional de cálculo do estoque está descrito no glossário deste release.

9 Receita de Vida e Habitacional Vida +0,1% +4,1% 96,2 100,1 Vidas seguradas 1 (em milhões) 2,4 2,4 2,5 2,5 2,6 2,6 34,7 34,8 33,0 34,7 32,7 30,3 35,1 34,8 3T15 3T16 9M15 9M16 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 Habitacional Vidas seguradas +4,8% Originação (em milhares de contratos por mês) +27,2% 75,7 79,4 24,5 18,4 27,9 16,6 16,5 29,1 37,4 37,6 12,1 14,2 13,2 28,1 22,1 51,2 61,0 4,6 7,5 17,5 20,6 3T15 3T16 9M15 9M16 Comissão 2 Agenciamento 26,9 22,1 24,3 25,9 25,4 28,1 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 Receita bruta (em R$ MM) Originação média mensal 3 9 Note: (1) Não considera o produto Amparo (bilhete de assistência funeral) vendido na rede de lotéricas. (2) Considera alíquota de comissão vigente a partir de outubro de 2009 e as novas condições comerciais vigentes. (3) A Partir do 1T16 considera MCMV na curva de originação. Originação no 3T16: SBPE+FGTS+MCMV = 37,6k contratos; somente SBPE+FGTS totalizam 13,2k contratos, média mensal.

10 Receita de Prestamista e Patrimoniais Prestamista Penetração 1 (em %) +18,9% +16,6% 42,3 50,4 31% 29% 27% 35% 31% 32% 14,4 16,8 16,2 14,4 13,1 16,0 17,5 16,8 3T15 3T16 9M15 9M16 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 Patrimoniais (Residencial e Multirrisco Empresarial) Penetração Financeira +13,2% Itens segurados (em milhares) 31,2 +13,9% 27, ,8 11,1 10,2 10,9 11,6 8,8 8,3 8,7 10,2 11,6 3,6 4,0 4,1 4,1 3,4 3,6 4,0 4,1 16,4 19,4 5,2 6,2 4,9 5,1 6,8 7,5 6,2 7,5 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 3T15 3T16 9M15 9M16 Residencial Multirrisco Empresarial Receita Residencial Receita Multirrisco Emp Carteira de Itens 10 Note:(1)Penetração do seguro prestamista na rede de agências da CAIXA (considera somente o mercado endereçável de atuação).

11 Receita de Auto e Riscos Especiais Auto -0,1% +5,3% 12,7 13,3 Itens segurados (em milhares) ,4 4,4 4,3 4,4 4,2 4,4 4,6 4,4 3T15 3T16 9M15 9M16 Riscos Especiais 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 Itens segurados +22,8% +14,9% 26,2 21,3 8,9 7,5 3,3 8,9 10,2 2,7 3,0 1,4 13,8 13,9 6,2 5,8 3T15 3T16 9M15 9M16 10,3 10,2 8,9 2,7 4,4 3,0 6,7 6,8 7,5 1,4 2,4 2,2 3,4 1,6 6,2 0,3 4,2 4,6 5,8 4,3 3,8 2T15 3T15 4T15 1T16 2T16 3T16 Garantia e Rural Outros RCPM Garantia e Rural Outros RCPM 11

12 Agenda Destaques do período Performance por produto Destaques financeiros

13 Custos Abertura do Custo Indicador (R$ milhões) 3T16 3T15 YoY 9M16 9M15 YoY Pessoal (23,3) (21,8) 6,7% (70,7) (63,7) 11,1% Breakdown do custo no 3T16 Balcão Canais remotos Backoffice 7,1% 12,0% Viagens e reemb. (0,6) (0,9) -33,0% (1,7) (2,3) -25,2% Outros (2,0) (1,1) 75,9% (3,4) (3,3) 1,5% Balcão (25,9) (23,9) 8,3% (75,8) (69,2) -12,6% R$32,0mm Call center (1,5) (3,5) -56,7% (8,5) (10,6) -19,4% 80,8% Pessoal (1,3) (0,5) 140,2% (1,9) (1,7) 14,9% Outros (1,1) (0,1) 712,6% (1,5) (0,2) 681,8% Breakdown do headcount 3T15 3T16 Canais remotos (3,9) (4,1) -6,5% (12,0) (12,5) -3,6% -0,4% Pessoal (1,9) (1,6) 19,7% (6,0) (4,4) 34,7% Outros (0,4) (0,2) 70,4% (1,0) (0,7) 49,2% +10,1% +650,0% Backoffice (2,3) (1,8) 26,2% (6,9) (5,1) 36,6% Custos (32,0) (29,8) 7,4% (94,7) (86,8) 9,2% Balcão Backoffice Canais remotos 13

14 Despesas Operacionais Abertura das Despesas Breakdown das despesas administrativas (3T16) Pessoal Tecnologia e Telecom Indicador (R$ milhões) Pessoal 3T16 3T15 YoY (10,1) (8,8) 14,6% 9M16 9M15 YoY (27,3) (24,7) 10,4% Serviços de terceiros 6,7% 13,1% Outros Ocupação Serviços de terceiros (1,1) (1,5) -28,8% (2,9) (3,5) -17,7% 6,9% R$15,8mm Ocupação Tecnologia e telecom (1,1) (0,7) 53,4% (1,5) (1,7) -9,6% (3,1) (1,9) 64,2% (4,3) (4,7) -9,0% 9,7% 63,5% Outros (2,1) (1,4) 49,2% (5,0) (5,3) -4,5% Headcount administrativo Gerais e administrativas (15,8) (14,1) 12,2% (42,6) (40,1) 6,2% +12,5% Outras despesas 1 0,6 (1,0) -154,5% 1,8 (3,5) -151,2% 189 Despesas operacionais 1 (15,3) (15,1) 1,0% (40,8) (43,6) -6,5% 168 (1) Líquidas das despesas com o processo de preparação do IPO: 3T15: R$1,1 milhões e 9M15: R$32,3 milhões 3T15 3T16 14

15 Fluxo de Caixa Bridge do fluxo de caixa no 2T16 38,5 1,2 5,9 39,1 110,8 106,7 2,4 Saldo de caixa 2T16 Lucro 1 Capital de giro Capex Dividendos Outros 2 Saldo de caixa 3T16 Indicador (R$ milhões) 3T16 2T16 Lucro líquido contábil 38,5 40,2 Depreciação e amortização 1,2 1,1 Capital de giro 3,5 (0,4) Capex (5,9) (3,7) Geração de caixa operacional 37,4 37,3 Investimentos Dividendos (39,1) (64,1) Outros (2,4) (0,1) Fluxo de caixa (4,1) (26,9) 9M16 112,7 3,1 7,4 (11,3) 111,9 (103,2) (3,1) 5,6 15 Note: (1) Lucro líquido contábil; (2) Considera a depreciação e amortização, outros e investimentos.

16 Obrigado! Relações com Investidores Contatos: Guilherme Aguiar Superintendente de RI Telefone: +55 (61)

17 ANEXOS

18 Reconciliação do EBITDA e Lucro Líquido EBITDA (R$ MM) 3T16 2T16 9M16 3T15 2T15 9M15 Receita líquida 102,8 98,4 293,9 94,6 95,3 274,9 Custos (32,0) (31,2) (94,7) (29,8) (28,6) (86,8) Despesas (15,3) (12,7) (40,8) (15,1) (46,4) (75,9) EBITDA contábil 55,4 54,5 158,4 48,5 20,3 112,2 Despesas não recorrentes - 1,1 30,2 32,3 EBITDA 55,4 54,5 158,4 49,6 50,5 144,5 Margem EBITDA 54,0% 55,4% 53,9% 52,5% 53,0% 52,6% Lucro líquido (R$ MM) 3T16 2T16 9M16 3T15 2T15 9M15 EBITDA contábil 55,4 54,5 158,4 48,5 20,3 112,2 Depreciação e amortização (1,2) (1,1) (3,1) (0,7) (0,5) (1,6) Resultado financeiro 3,6 7,8 14,6 2,6 2,7 7,9 IR e CSLL (19,4) (21,0) (57,3) (17,4) (16,8) (49,5) Lucro líquido contábil 38,5 40,2 112,6 33,0 5,7 69,0 Despesas não recorrentes - 1,1 30,2 32,3 Tax shield - (0,4) (1,7) (2,5) Lucro líquido 38,5 40,2 112,6 33,7 34,2 98,8 Margem líquida 37,5% 40,9% 38,3% 35,6% 35,9% 35,9% 18

Resultado do 1 o Trimestre de 2016

Resultado do 1 o Trimestre de 2016 Resultado do 1 o Trimestre de 2016 Teleconferência - 12/05/2016 João Silveira - CEO João Villas - CFO e Diretor de RI Disclaimers Esta apresentação contêm informações sobre os negócios da Par Corretora,

Leia mais

Press Release Resultados - 2º Trimestre de /08/2016. Earnings Release 2T16 1

Press Release Resultados - 2º Trimestre de /08/2016. Earnings Release 2T16 1 Press Release Resultados - 2º Trimestre de 2016 10/08/2016 Earnings Release 2T16 1 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Evolução do nosso estoque

Leia mais

Comentário de desempenho 3T15

Comentário de desempenho 3T15 Comentário de desempenho 3T15 04/11/2015 1 Comentário de desempenho Senhoras e Senhores Acionistas, Submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações financeiras da FPC Par Corretora de Seguros S.A.,

Leia mais

Press Release Resultado do Exercício de /03/2016. Earnings Release [2015] 1

Press Release Resultado do Exercício de /03/2016. Earnings Release [2015] 1 Press Release Resultado do Exercício de 2015 02/03/2016 Earnings Release [2015] 1 Sumário 1. Destaques do período... 5 2. Sumário de resultados... 6 3. Receita bruta... 7 3.1 Evolução do nosso estoque

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

Apresentação Institucional. Março de 2015

Apresentação Institucional. Março de 2015 Apresentação Institucional Março de 2015 Apresentação Institucional Sobre a Par Corretora Mercado de Seguros em 2014 Diferenciais competitivos Programa Tem Mais Caixa Par Corretora é a corretora exclusiva

Leia mais

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16

Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16 Apresentação do Roadshow Teleconferência de Resultados 2T16 1 Nota Importante As declarações a respeito de perspectivas futuras sobre os negócios e projeções de resultados operacionais e financeiros da

Leia mais

AGENDA MERCADO SEGURADOR GRUPO SEGURADOR DESAFIOS E DIRECIONADORES

AGENDA MERCADO SEGURADOR GRUPO SEGURADOR DESAFIOS E DIRECIONADORES AGENDA MERCADO SEGURADOR GRUPO SEGURADOR DESAFIOS E DIRECIONADORES TRANSFORMAÇÃO DO MERCADO SEGURADOR BRASILEIRO Saúde Vida 6% 12% RE 44% Auto 38% Saúde 39% 7% Capitalização Participação Consolidada acima

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro 2016

Apresentação da Companhia. Setembro 2016 Apresentação da Companhia Setembro 2016 1 Gestores Nome & Cargo Experiência Raphael Rezende Neto Diretor-Presidente Ingressou na Caixa Econômica Federal em 1989 Bacharelado em Contabilidade pela Associação

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

Apresentação. Presentation de novembro de H07 9 de novembro de 2007

Apresentação. Presentation de novembro de H07 9 de novembro de 2007 Apresentação Apresentação dos dos Resultados Resultados do do 3T07 3T07 Presentation de novembro de 2007 1H07 9 de novembro de 2007 1 As Demonstrações Financeiras são de caráter pro-forma, abrangendo demonstrações

Leia mais

Resultados 2T08 15 DE AGOSTO DE 2008

Resultados 2T08 15 DE AGOSTO DE 2008 Apresentação Resultados 2T08 15 DE AGOSTO DE 2008 Participantes Jorge Cury - Diretor Presidente Marco Mattar - Diretor Vice Presidente Financeiro e Diretor Técnico Rebeca Ouro-Preto - Diretora de Relações

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2009 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 5 de novembro de 2009 Teleconferência

Leia mais

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI

Resultados 4T10. CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI Resultados 4T10 CONTATOS: Flávio Rocha Presidente da Riachuelo e Diretor de RI Tulio Queiroz Controller e RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T16

Apresentação de Resultados 3T16 Estação de Tratamento de Esgoto Arrudas Apresentação de Resultados 3T16 11 de Novembro de 2016 AVISO Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de

Leia mais

Resultados Título da apresentação

Resultados Título da apresentação Resultados 2015 Título da apresentação Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros do Banco Pan. Essas declarações estão baseadas

Leia mais

2T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras. Grupo Copobras

2T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras. Grupo Copobras Destaques Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 23 de julho de 2014 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do segundo trimestre de 2014. O Grupo Copobras compreende as empresas

Leia mais

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões

Destaques Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Reunião Pública com APIMEC - SP Resultados 2010 e 4T10 06 de Abril de 2011 Destaques 2010 Abertura de Capital, 100% primária e listagem no Novo Mercado, com captação bruta de R$ 477,9 milhões Receita Bruta

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 14 de Maio de 2013 Resultados 4T13/2013 28 de Fevereiro de 2014 Destaques do Período Receita Líquida R$ mm EBITDA Ajustado R$ mm Geração Op. de Caixa R$ mm 1 A receita líquida

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T16. 6 de maio de Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 6 de maio de 2016 Magazine Luiza Destaques Vendas E-commerce Margem Bruta EBITDA e Lucro Líquido Capital de Giro Endividamento Luizacred Aumento da receita bruta de 3% totalizando

Leia mais

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015

Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Teleconferência de Resultados do 2T15 14 de agosto, 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer

Leia mais

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas

AGENDA. Destaques. Desempenho Operacional. Desempenho Econômico- Financeiro. Perspectivas Disclaimer Nossas estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, expectativas atuais e projeções sobre eventos futuros e tendências financeiras que afetam ou podem afetar o nosso

Leia mais

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09;

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09; Apresentação Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day

Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day Você espera o melhor. A gente faz. Locamerica Day SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2015/16 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY Maior disciplina financeira

Leia mais

AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS

AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS Bovespa (São Paulo) NYSE (Nova Iorque) AMBV4 Preferenciais AMBV3 Ordinárias ABV Preferenciais ABVc Ordinárias AMBEV DIVULGA INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NÃO AUDITADAS DE 2008 EM IFRS São Paulo, 30 de junho

Leia mais

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de Destaques Financeiros 1T Comentários da Administração

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de Destaques Financeiros 1T Comentários da Administração Resultado do 1º trimestre de 2016 São Paulo, 22 de junho de 2016 A CAMBUCI (BM&FBOVESPA: CAMB4), divulga o resultado acumulado em 1º trimestre de 2016. A s informações são apresentadas de forma consolidada

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores

Teleconferência de Resultados 3T de Novembro de 2016 Relações com Investidores Teleconferência de Resultados 11 de Novembro de 2016 Relações com Investidores 1 Disclaimer Este material constitui uma apresentação de informações gerais sobre a Marfrig Global Foods S.A. e suas controladas

Leia mais

2T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras

2T15 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números Copobras. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 15 de julho de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do segundo trimestre de 2015. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A)

IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A) IN 371/2002 Estudo de Viabilidade (Claro Telecom Participações S.A) São Paulo, SP 30 de Setembro de 2014 1 IN CVM 371/2002 CPC 32 Planos de Longo Prazo 2014-2024 Ativos Fiscais Diferidos Realização Ativos

Leia mais

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015

Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Resultados do 3T15 13 de Novembro de 2015 Disclaimer O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer informações,

Leia mais

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes

Grande base de clientes, com CRM visando a fidelização e retenção de clientes 1 Pilares Estratégicos 1 Forte cultura corporativa, cujo principal foco é a valorização das pessoas 2 Plataforma de vendas integrada, com múltiplos canais de venda 3 Grande base de clientes, com CRM visando

Leia mais

Apresentação dos Resultados 4T13 e Relações com Investidores

Apresentação dos Resultados 4T13 e Relações com Investidores Apresentação dos Resultados 4T13 e 2013 Relações com Investidores Índice Abertura e Planejamento Estratégico: Leonardo Nogueira Diniz CEO Desempenho Operacional: Rodrigo Martins Diretor Comercial Desempenho

Leia mais

Banco do Brasil. Divulgação do Resultado 1T09

Banco do Brasil. Divulgação do Resultado 1T09 Banco do Brasil Divulgação do Resultado 1 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16

Divulgação de Resultados 1T16 São Paulo - SP, 29 de Abril de 2016. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

Resultados 4T de Março de 2011

Resultados 4T de Março de 2011 Resultados 4T10 22 de Marçode 2011 1 AGENDA DESTAQUES Providência USA RESULTADOS PERSPECTIVAS 2 DESTAQUES Conclusão do projeto da primeira planta da Companhia nos Estados Unidos, com uma linha de produção

Leia mais

Resultados do 4T15 e 2015

Resultados do 4T15 e 2015 Resultados do 4T15 e 2015 Rogério Melzi Presidente Virgílio Gibbon Diretor Financeiro e DRI Destaques 2015 Crescimento base de alunos (+15,2%) e Receita Líquida Recorrente (+23,4%) Crescimento sustentável

Leia mais

WEBCAST Teleconferência

WEBCAST Teleconferência São Paulo Avenida Cidade Jardim WEBCAST Teleconferência 08-11-2007 Goiânia Avenida 85 APRESENTAÇÃO RESULTADOS - 3º TRIMESTRE 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Julho, 2009 1 Divisão de aluguel de carros Receita líquida (R$ milhões) 197,1 271,3 CAGR: 31,3% 357,2 442,7 585,7 278,6 4,8% 291,9

Leia mais

Teleconferência dos Resultados do 1T10 Ano Safra 2009/2010

Teleconferência dos Resultados do 1T10 Ano Safra 2009/2010 Teleconferência dos Resultados do 1T10 Ano Safra 2009/2010 DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções

Leia mais

Divulgação de Resultados. Alteração no Agrupamento de Custos e Despesas e Revisão da Forma e Conteúdo do Demonstrativo de Fluxo de Caixa

Divulgação de Resultados. Alteração no Agrupamento de Custos e Despesas e Revisão da Forma e Conteúdo do Demonstrativo de Fluxo de Caixa Divulgação de Resultados Alteração no Agrupamento de Custos e Despesas e Revisão da Forma e Conteúdo do Demonstrativo de Fluxo de Caixa Objetivos e documentos impactados Objetivo: Agrupamento de Custos

Leia mais

Rentabilidade, eficiência e controle da inadimplência como direcionadores do resultado

Rentabilidade, eficiência e controle da inadimplência como direcionadores do resultado Resultado 3T15 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias futuras sobre

Leia mais

4T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras

4T14 RELEASE TRIMESTRAL. Destaques. Grandes Números. Resultados. Grupo Copobras Grupo Copobras São Ludgero, 16 de janeiro de 2015 O Grupo Copobras, apresenta seus resultados não auditados do quarto trimestre de 2014. O Grupo Copobras compreende as empresas abaixo: - Copobras S/A Indústria

Leia mais

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy 3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy São Paulo, 13 de novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado

Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado Dezembro 2005 www.cyrela.com.br Time Cyrela Brazil Realty Diretor Financeiro e de RI Luis Largman Diretor de Controle e Planej. Financeiro

Leia mais

Resultados do ano de 2008

Resultados do ano de 2008 Resultados do ano de 2008 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

4T15 Apresentação de Resultados

4T15 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 02 de Fevereiro de 2016 Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia

Leia mais

O BB no Sistema Financeiro Nacional. Performance do BB. BB: Empresa socialmente responsável. Premiações recentes. BB: uma boa opção de investimento

O BB no Sistema Financeiro Nacional. Performance do BB. BB: Empresa socialmente responsável. Premiações recentes. BB: uma boa opção de investimento Banco do Brasil Outubro 2004 1 agenda O BB no Sistema Financeiro Nacional Performance do BB BB: Empresa socialmente responsável Premiações recentes BB: uma boa opção de investimento 2 maior conglomerado

Leia mais

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A.

ULTRAPAR PARTICIPAÇÕES S.A. MD&A - ANÁLISE DOS RESULTADOS CONSOLIDADOS Primeiro Trimestre 2012 (1) Informações financeiras selecionadas: (R$ milhões) 1º Tri 12 1º Tri 11 4º Tri 11 Variação 1T12 X 1T11 Variação 1T12 X 4T11 Receita

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

Comentário do Desempenho

Comentário do Desempenho Gerdau S.A. Comentário do Desempenho Controladora 1T16 Desempenho no 1º trimestre Controladora A Gerdau S.A. é uma sociedade anônima de capital aberto, com sede no Rio de Janeiro, capital. A Companhia

Leia mais

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M.

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M. RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.340,9 5.128,2 4,1 4.923,2 8,5 15.574,6 14.326,7 8,7 Receita de serviço móvel 5.078,2 4.959,7 2,4 4.697,9 8,1 14.962,1 13.535,4 10,5 Franquia e utilização

Leia mais

O Mercado Drivers de Demanda

O Mercado Drivers de Demanda Apresentação dos Resultados 4T12 15/03/2013 O Mercado Drivers de Demanda Crescimento Populacional (bilhões de indivíduos) Soja (Milhões de toneladas) China 6,5 6,9 7,7 8,3 8,8 9,3 Urbana Rural 187,6%*

Leia mais

Teleconferência e Webcast

Teleconferência e Webcast Teleconferência e Webcast Divulgação dos Resultados 3T13 19 de Novembro de 2013 Aviso Legal Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos e/ou resultados futuros

Leia mais

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15

2T15. Comentários de Desempenho. DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS 2T15 e 1S15 São Paulo, 03 de Agosto de 2015 - A Unidas S.A. ( Companhia ou Unidas ) anuncia os seus resultados do segundo trimestre de 2015 (2T15) e do primeiro semestre de 2015 (1S15). As informações financeiras

Leia mais

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores acionistas, A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A., ( CVC ou Companhia ) apresenta a seguir seu Relatório da Administração e as informações contábeis intermediárias

Leia mais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais

Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. Balanço Patrimonial Consolidado em 31 de dezembro de 2014 Em milhares de reais Ativo Passivo e Patrimônio Líquido Circulante R$ Circulante R$ Caixa e equivalentes

Leia mais

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Resultado Consolidado 2010 Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas

Leia mais

SMILES S.A. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 1T de maio de 2016

SMILES S.A. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 1T de maio de 2016 SMILES S.A. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 1T16 05 de maio de 2016 Aviso Importante O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos

Leia mais

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS

2º TRIMESTRE DE 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS fg 2º TRIMESTRE DE 2016 Retomada do crescimento de vendas totais e mesmas lojas, aliada a ganho consistente de market share no mercado total a. A receita líquida totalizou R$4,3 bilhões no 2T16, com retomada

Leia mais

Divulgação de Resultado 1T15

Divulgação de Resultado 1T15 Divulgação de Resultado 1T15 1 Dados de mercado em 07/05/2015 Cotação: R$2,35 Valor de Mercado: R$155.302.955,40 T e l e c o n f e r ê n c i a 1T15 Teleconferência em português 08 de maio de 2015 Sexta-feira,

Leia mais

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de 2014

CAMBUCI S.A. Resultado do 1º trimestre de 2014 Resultado do 1º trimestre de 2014 São Paulo, 09 de Maio de 2014 A CAMBUCI (BM&FBOVESPA: CAMB4), divulga o resultado acumulado do 1º trimestre de 2014. As informações são apresentadas de forma consolidada

Leia mais

31 de outubro de OdontoPrev Bom resultado no 3T13, em linha com as expectativas

31 de outubro de OdontoPrev Bom resultado no 3T13, em linha com as expectativas Bom resultado no 3T13, em linha com as expectativas Após a divulgação dos resultados do 3T13 e da teleconferência realizada pela, iniciamos nosso preço justo de R$ 11,00 por ação ODPV3, com base em modelos

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Apresentação Corporativa PÁG 2 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e tendências

Leia mais

Release de Resultados 1T de abril de 2016

Release de Resultados 1T de abril de 2016 Release de Resultados 1T16 27 de abril de 2016 Ressalvas As informações e declarações sobre eventos futuros estão sujeitas a riscos e incertezas, as quais têm como base estimativas e suposições da Administração

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T14 e 9M14

Apresentação de Resultados 3T14 e 9M14 Apresentação de Resultados 3T14 e 9M14 Highligts i. Geração de caixa. Geração de caixa nos nove primeiros meses de R$ 169,0 milhões (proporcional) e de R$ 86,9 milhões no trimestre, crescimento significativo

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T14 e 1S14

Apresentação de Resultados 2T14 e 1S14 Apresentação de Resultados 2T14 e 1S14 Destaques do Período Geração de caixa. Geração de caixa no semestre de R$ 82 milhões (proporcional) e R$ 64 milhões (IFRS). Redução de alavancagem no semestre. Dívida

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T14

Teleconferência de Resultados 3T14 Teleconferência de Resultados 3T14 André B. Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO André Pires de Oliveira Dias Vice-Presidente e Diretor de RI Construção de planta de perfis estruturais no México

Leia mais

* Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores. Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015

* Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores. Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015 * Sujeito à aprovação dos Órgãos Reguladores Aquisição do HSBC Brasil * 03 de Agosto de 2015 Destaques da transação Ativo único 5,0 milhões de correntistas e mais de R$61 bilhões em depósitos Presença

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO/2016

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO/2016 APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL JUNHO/2016 AVISO LEGAL As informações contidas nesta apresentação e eventuais declarações que possam ser feitas durante esta teleconferência, relativas às perspectivas de negócios,

Leia mais

Resultados Brasil Brokers 4º. Trimestre 2007

Resultados Brasil Brokers 4º. Trimestre 2007 Resultados Brasil Brokers 4º. Trimestre 2007 Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro instrumento financeiro,

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO NET FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES IBOVESPA

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO NET FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES IBOVESPA LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O BRADESCO NET FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM AÇÕES IBOVESPA 14.104.106/0001-40 Informações referentes a Junho de 2016 Esta lâmina contém

Leia mais

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012 Relações com Investidores Áudio Conferência Maio 2012 1T12 Performance EBITDA Pro-forma 1T11 1T12 4T11 1T12 2.012 29,6% 2.012 29,6% 1.985 28,6% 1.838 26,4% EBITDA e Margem EBITDA apresentam crescimento

Leia mais

NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.758,7 6.086,3 (5,4) 5.636,3 2,2 Receita de serviço móvel 5.446,1 5.762,7 (5,5) 5.270,5 3,3 Franquia e utilização 2.833,7 2.891,4 (2,0)

Leia mais

Resultados do Terceiro Trimestre de 2005

Resultados do Terceiro Trimestre de 2005 Resultados do Terceiro Trimestre de 2005 28 de outubro de 2005 Mensagem do Panorama do Mercado Resultados Financeiros Ambiente Regulatório Conclusão Mensagem do A TIM Participações está crescendo em um

Leia mais

JBS S.A. JBS S.A. Resultado do 3º Trimestre de Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009

JBS S.A. JBS S.A. Resultado do 3º Trimestre de Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009 Resultado do 3º Trimestre de 2009 Reunião Pública com Analistas e Investidores 16 de novembro de 2009 JBS S.A. JBS S.A. Confiamos em Deus, respeitamos a natureza Apresentadores Joesley Mendonça Batista

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

A TRAJETÓRIA DE CRESCIMENTO CONTINUA NO 3T2006 COM AUMENTOS DE 12,9% NA RECEITA E 26,4% NO LAJIDA.

A TRAJETÓRIA DE CRESCIMENTO CONTINUA NO 3T2006 COM AUMENTOS DE 12,9% NA RECEITA E 26,4% NO LAJIDA. A TRAJETÓRIA DE CRESCIMENTO CONTINUA NO 3T2006 COM AUMENTOS DE 12,9% NA RECEITA E 26,4% NO LAJIDA. São Paulo, 10 de novembro de 2006 A São Paulo Alpargatas S.A. (Bovespa: ALPA3 e ALPA4), empresa listada

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE As informações a seguir estão apresentadas de forma consolidada. Os valores estão apresentados de acordo com as normas expedidas pela CVM Comissão de

Leia mais

Liderança e Inovação, com foco em adição de valor

Liderança e Inovação, com foco em adição de valor Liderança e Inovação, com foco em adição de valor Agenda de hoje Diferenciais estratégicos Desempenho financeiro Inovação e adição de valor Cenário competitivo 2 1 Diferenciais estratégicos OdontoPrev:

Leia mais

ReuniãoAPIMEC. São Paulo, 8 de dezembro, 2010

ReuniãoAPIMEC. São Paulo, 8 de dezembro, 2010 ReuniãoAPIMEC São Paulo, 8 de dezembro, 2010 Visão geral da Companhia QUEM SOMOS Líder mundial na fabricação de produtos têxteis de cama e banho para o lar Fundada em 1967 Líder no mercado brasileiro de

Leia mais

UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T14

UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T14 UNIPAR CARBOCLORO ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1T14 São Paulo, 15 de maio de 2014 A UNIPAR CARBOCLORO S.A. (BM&FBOVESPA: UNIP3, UNIP5 e UNIP6), empresa brasileira líder de mercado na Região Sudeste na fabricação

Leia mais

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias

Receita Líquida Consolidada de Mercadorias 2 Nota Importante Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas de crescimento da Guararapes

Leia mais

Div i u v lg l a g çã ç o o d os o s R e R s e u s lt l a t dos o s do o 3º Trimestre de 2009

Div i u v lg l a g çã ç o o d os o s R e R s e u s lt l a t dos o s do o 3º Trimestre de 2009 Divulgação dos Resultados do 3º Trimestre de 2009 Aviso Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócio da Companhia, projeções e metas operacionais

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2005

Apresentação dos Resultados 2005 Apresentação dos Resultados 2005 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Contabilidade CRISE. Planejamento Financeiro 25/08/2016. Escreve, oficializa É a ciência que registra os

Contabilidade CRISE. Planejamento Financeiro 25/08/2016. Escreve, oficializa É a ciência que registra os CRISE Contabilidade Escreve, oficializa É a ciência que registra os Possuem denominador financeiro comum acontecimentos verificados no patrimônio de uma entidade Conjunto de bens direitos e obrigações

Leia mais

TEMPO ASSIST Apresentação Institucional

TEMPO ASSIST Apresentação Institucional TEMPO ASSIST Apresentação Institucional 0 Agenda Introdução e Visão Geral Unidades de Negócio 1. Assistência 2. BSS 3. TMA Fluxo de Caixa LTM 1 Introdução e Visão Geral Histórico Corporativo Gama Saúde

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016

Divulgação de Resultados 1T16. 06 de Maio de 2016 Divulgação de Resultados 06 de Maio de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações

Leia mais

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016

RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 RESULTADOS 1T16 13 DE MAIO DE 2016 AVISO LEGAL 2 Esta apresentação contém declarações acerca de eventos futuros. Todas as declarações exceto aquelas relativas a fatos históricos contidas nesta apresentação

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ETHICAL AÇÕES / Informações referentes a Dezembro de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ETHICAL AÇÕES / Informações referentes a Dezembro de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ETHICAL AÇÕES 04.616.277/0001-02 Informações referentes a Dezembro de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SANTANDER FUNDO

Leia mais

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T12

Divulgação Resultados 1T09. Conference Call 2T12 Divulgação Resultados 1T09 Conference Call 2T12 Agenda Highlights Overview Iguatemi Projetos em Andamento- Resultados Guidance 2 Destaques Gerais 2T 2012 EBITDA de R$ 82,4 milhões com margem de 84,9% (+

Leia mais

FATO RELEVANTE CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: / COMPANHIA ABERTA

FATO RELEVANTE CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: / COMPANHIA ABERTA CENTRAIS ELETRICAS BRASILEIRAS S/A CNPJ: 00.001.180/0001-26 COMPANHIA ABERTA Centrais Elétricas Brasileiras S/A ( Companhia ou Eletrobras ) esclarece aos seus acionistas e ao mercado em geral que, conforme

Leia mais

Divulgação de Resultados de Fevereiro de 2016

Divulgação de Resultados de Fevereiro de 2016 Divulgação de Resultados 2015 18 de Fevereiro de 2016 Aviso Importante Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 1T16 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e

Leia mais

Receita Líquida Móvel 5.540, ,3 (1,7) 5.128,3 8, , ,0 9,2

Receita Líquida Móvel 5.540, ,3 (1,7) 5.128,3 8, , ,0 9,2 NEGÓCIO MÓVEL RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.540,4 5.636,3 (1,7) 5.128,3 8,0 11.176,7 10.234,0 9,2 Receita de serviço móvel 5.219,2 5.270,5 (1,0) 4.959,8 5,2 10.489,7 9.884,2 6,1 Franquia

Leia mais

Restoque inicia o ano com crescimento de 38% na receita líquida e 38% em Ebitda

Restoque inicia o ano com crescimento de 38% na receita líquida e 38% em Ebitda Restoque inicia o ano com crescimento de 38% na receita líquida e 38% em Ebitda São Paulo, Brasil, 14 de maio de 2012 - A Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Companhia ) (LLIS3), empresa de

Leia mais

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006

Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 Confab Anuncia Resultados para o Segundo Trimestre de 2006 São Paulo, 03 de agosto de 2006. Confab Industrial S.A. (BOVESPA:CNFB4), uma empresa Tenaris, anunciou hoje os resultados correspondentes aos

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo Informações referentes a Agosto de 2016. Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o SUMITOMO MITSUI PLATINUM PLUS FIC DE FI RENDA FIXA

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T07

Teleconferência Resultados 3T07 Teleconferência Resultados 3T07 Destaques no trimestre Crescimento orgânico da receita bruta de 31,4% no 3T07 e 36,6% nos12 mesesatésetembrode 2007 Impulsionado pelo crescimento de vendas no MI de 58,4%

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 4T06 e 2006. 06 de Março de 2007

TIM Participações S.A. Resultados do 4T06 e 2006. 06 de Março de 2007 TIM Participações S.A. Resultados do 4T06 e 2006 06 de Março de 2007 1 Destaques Desempenho do Mercado Estratégia Comercial Desempenho Financeiro 2 4T06: Forte crescimento e sólida performance financeira

Leia mais