Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor."

Transcrição

1 Impressionismo

2 Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor. O artista rompeu definitivamente com os valores clássicos da antiguidade; apesar de não se considerar um impressionista e não fazer parte do grupo, foi em torno dele que os artistas se reuniram para dar continuidade ao movimento, pois encontraram em Manet algumas das suas preocupações estéticas. Publicamente eclode em O movimento é considerado o marco inicial da arte moderna.

3 Um Bar no Folies-Bergère (1.882), Édouard Manet

4 Retrato de Berthe Morisot (1.872), Édouard Manet

5 O nome Impressionismo, foi cunhado pejorativamente por críticos de arte, tendo como base uma tela do artista Claude Monet - Impressão, sol nascente.

6 Impressão, sol nascente (1.872), Claude Monet

7 Principais Características do Movimento: 1. Não existe cor local; a cor é modificada pela luz nas diversas horas do dia. Catedral de Rouen (1.892/1.893), Claude Monet.

8 As diferentes telas pintadas da mesma Catedral em diferentes horas do dia.

9 2. As figuras não devem ter contornos nítidos. Mulher com uma sombrinha (1.875), Monet.

10 No jardim em Maurecourt (1.883), Berthe Morisot.

11 Menina com regador (1.876), Renoir.

12 3. O preto é excluído da paleta, as sombras devem ser luminosas e coloridas. O balanço (1.876), Renoir.

13 4. A cor não é misturada na paleta. O artista trabalha a tela colocando as cores justapostas. A fusão ótica é feita na retina do observador. Bailarinas azuis (1.895), Edgar Degas.

14 Boulevard des Italiens ( ), Camille Pissarro.

15 5. Os contrastes de luz e sombras são feitos de acordo com a lei das cores complementares, ou seja, cores opostas entre si no círculo cromático.

16 Regata em Argenteuil (1.872), Monet.

17 6. Os artistas saem dos ateliês para pintar no exterior. Exemplo de como os artistas saíam para pintar no exterior. (Ambiente recriado no Museu Grand Palais, em Paris, França)

18 Jardim da propriedade de Monet, em Giverny, França.

19 A ponte japonesa (1.899 ), Monet.

20 As ninféias no lago de Giverny.

21 Série ninféias (1.893), Monet.

22 Jardim de Giverny.

23 Jardim de Giverny.

24 7. Pintura instantânea (tentam capturar o momento), recorrendo inclusive à fotografia (ambas as artes se influenciaram). Ensaio de ballet (1.876), Degas.

25 Detalhe da obra anterior.

26 Duas irmãs no terraço (1.881), Renoir.

27 Le moulin de la Galette (1.876), Renoir.

28 No baile (s.d.), Berthe Morisot.

29 Jovem mãe costurando (1.900), Mary Cassatt.

30 Principais Artistas:

31 Claude Monet ( ) Considerado o fundador do Impressionismo; foi um pesquisador dos ideais impressionistas, como a representação de um mesmo objeto em diferentes horas do dia. Papoulas perto de Argenteuil (1.873), Monet.

32 Camille Monet e criança no jardim (1,875), Monet.

33 Pierre-Auguste Renoir ( ) Seus quadros são caracterizados pelas cores expressivas, pela alegria e exuberância. Muito sensível, pintou o corpo feminino de diversas formas e dedicou muitas de suas telas às mulheres. O tema da maternidade esteve muito presente em sua obra. Ao piano (1.892), Renoir.

34 O esquife (1.875), Renoir.

35 Edgar Degas ( ) Pintor das bailarinas, o mais conservador do grupo, aliava às cores aos desenhos, que para ele eram importantes também. Pintou muito cavalos, e juntamente com suas bailarinas, foi o artista que mais captou o momento como num instantâneo de fotografia. Duas bailarinas no palco (1.874), Edgar Degas.

36 Quatro bailarinas em cena (1.895), Edgar Degas.

37 Camille Pissarro ( ) - artista que trabalhou as formulações teóricas do movimento, estudando precisamente a luz em suas paisagens. Boulevard Montmartre: manhã de inverno (1.887), Camille Pissarro.

38 Paisagem em Chaponval (1.880), Camille Pissarro.

39 Berthe Morisot ( ) cunhada de Manet, pintora de obras elegantes, com pinceladas mais longas e suaves. Menina lendo (1.888), Berthe Morisot.

40 Dia de verão (1.879), Berthe Morisot.

41 Mary Cassatt ( ) junto com Morisot, eram as duas mulheres do grupo, suas pinturas tinham como temas o cotidiano burguês feminino e a representação de mães e filhos. Chá (1.879), Mary Cassatt.

42 Jovem mãe no jardim (s.d.), Mary Cassatt.

O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do

O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do Impressionismo Impressionismo O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX; O termo impressionismo foi imprimido

Leia mais

Nome: N.º. Praia Grande, de outubro de O impressionismo

Nome: N.º. Praia Grande, de outubro de O impressionismo Nome: N.º 1ª série do Ensino Médio. Praia Grande, de outubro de 2016. ProfªVivian O impressionismo O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes

Leia mais

Arte da cor. Se no desenho o que mais se utiliza é o traço, na pintura o mais importante é a cor

Arte da cor. Se no desenho o que mais se utiliza é o traço, na pintura o mais importante é a cor O tom da cor Arte da cor. Se no desenho o que mais se utiliza é o traço, na pintura o mais importante é a cor Ao escrever, cada pessoa tem uma maneira própria de fazer as letras. O mesmo acontece com a

Leia mais

HISTÓRIA das ARTES VISUAIS

HISTÓRIA das ARTES VISUAIS Origens Características Pintura de Constable e Turner e o Realismo de Manet Descoberta das qualidades Físicas da Luz, realizadas por Chevreul Exposição dos Artistas Recusados 1863 Paris, Centro cultural

Leia mais

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos.

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos. Impressionismo Questão 01 - Como os artistas realistas, que com a ciência haviam aprendido a utilizar determinados conhecimentos, os impressionistas se viram na necessidade de interpretar com maior vivacidade

Leia mais

Percursos do Impressionismo Os pintores da vida moderna

Percursos do Impressionismo Os pintores da vida moderna Percursos do Impressionismo Os pintores da vida moderna A pintura impressionista resulta da forma singular e espontânea como cada artista, através da cor, reproduz sobre a tela as sensações ópticas do

Leia mais

Impressionismo. Unidade I - O movimento Impressionista foi o ponto inicial para o surgimento do que, hoje, conhecemos como Arte Moderna.

Impressionismo. Unidade I - O movimento Impressionista foi o ponto inicial para o surgimento do que, hoje, conhecemos como Arte Moderna. Unidade I - Impressionismo O movimento Impressionista foi o ponto inicial para o surgimento do que, hoje, conhecemos como Arte Moderna. Impressão, nascer do sol Monet, 1872. No final do século 19, numa

Leia mais

MÉDIUM: JOSÉ MEDRADO

MÉDIUM: JOSÉ MEDRADO MÉDIUM: JOSÉ MEDRADO Brasileiro, baiano, nascido em Salvador em 1961; Diplomado em Letras Vernáculas pela Universidade Católica do Salvador, onde também cursou filosofia; Funcionário público federal concursado

Leia mais

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE Fonte: http://www.musee-orsay.fr/fr/collections/catalogue-des-oeuvres/resultatcollection.html?no_cache=1&zoom=1&tx_damzoom_pi1%5bzoom%5d=0&tx_da mzoom_pi1%5bxmlid%5d=001089&tx_damzoom_pi1%5bback%5d=fr%2fcollec

Leia mais

SÉRIE/ANO: E.M. TURMA(S): A B C D DISCIPLINA: ARTE 18/10/2016 IMPRESSIONISMO

SÉRIE/ANO: E.M. TURMA(S): A B C D DISCIPLINA: ARTE 18/10/2016 IMPRESSIONISMO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: E.M. TURMA(S):

Leia mais

O Impressionismo surgiu na França, nos primeiros anos da década de 1860, em Paris, centro cultural da Europa. Época de grandes transformações

O Impressionismo surgiu na França, nos primeiros anos da década de 1860, em Paris, centro cultural da Europa. Época de grandes transformações Impressionismo O Impressionismo surgiu na França, nos primeiros anos da década de 1860, em Paris, centro cultural da Europa. Época de grandes transformações industriais, econômicas, políticas e tecnológicas.

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Modernidade. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Modernidade. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Modernidade 1 Professor Isaac Antonio Camargo Modernismo e Modernidade Modernismo e Modernidade são dois termos usados para identificar as obras de arte que ocorrem a partir do final do

Leia mais

CAESP - Artes Aula 20-19/10/2016 IMPRESSIONISMO: IMPRESSÃO PASSAGEIRA NA RETINA

CAESP - Artes Aula 20-19/10/2016 IMPRESSIONISMO: IMPRESSÃO PASSAGEIRA NA RETINA CAESP - Artes Aula 20-19/10/2016 IMPRESSIONISMO: IMPRESSÃO PASSAGEIRA NA RETINA O Impressionismo nasce no furor do século XIX, com todas as suas transformações e contradições imanentes. As revoluções tecnológicas

Leia mais

Impressão: nascer do sol

Impressão: nascer do sol IMPRESSIONISMO França 1860 a 1886. Os impressionistas representavam sensações visuais imediatas através da cor e da luz. Seu objetivo principal era apresentar uma impressão ou as percepções iniciais registradas

Leia mais

A MODA FEMININA NAS PINTURAS IMPRESSIONISTAS

A MODA FEMININA NAS PINTURAS IMPRESSIONISTAS A MODA FEMININA NAS PINTURAS IMPRESSIONISTAS Camila Cardoso, Especialização em Artes CA/UFPel camiila.cardoso@hotmail.com Carlos Alberto Ávila Santos, Centro de Artes/UFPel betosant@terra.com.br Resumo

Leia mais

Impressionismo e Pós Impressionismo

Impressionismo e Pós Impressionismo Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo Barreto Pigari Baptista Impressionismo e Pós Impressionismo Taquarussu - Agosto de 2009. Escola Estadual Dr.Martinho Marques Edna Terezinha Perigo

Leia mais

Professor Hudson Oliveira

Professor Hudson Oliveira Professor Hudson Oliveira A revolução na pintura Tempo: segunda metade do século XIX. Espaço / origem: França. Contexto: Revolução Industrial 2ª fase. Novas Ideias: Liberalismo, Nacionalismo, Socialismo

Leia mais

Obras Clássicas. Temas Clássicos beleza; perfeição; nobreza; retratos; mitologia (a maior parte das mitologias estão atadas a pelo menos uma religião)

Obras Clássicas. Temas Clássicos beleza; perfeição; nobreza; retratos; mitologia (a maior parte das mitologias estão atadas a pelo menos uma religião) Obras Clássicas Temas Clássicos beleza; perfeição; nobreza; retratos; mitologia (a maior parte das mitologias estão atadas a pelo menos uma religião) As Meninas, de Diego Rodriguez de Silva y Velázquez,

Leia mais

VANGUARDAS EUROPEIAS

VANGUARDAS EUROPEIAS VANGUARDAS EUROPEIAS Impressionismo (1870-1890) Briga com a Academia; Cotidiano comum; Impressão: o que o olho vê, luz natural, jogo de sombras com cores complementares, ausência de contornos. Claude Monet,

Leia mais

Sumário do Volume. Arte

Sumário do Volume. Arte 2 Arte Sumário do Volume Arte 1. 5 2. Pós- 17 3. Expressionismo 35 4. Fauvismo 37 5. Cubismo 39 5.1 Cubismo analítico 39 5.2 Cubismo sintético 39 6. Futurismo 42 7. Arte Abstrata 45 7.1 Introdução 45 7.2

Leia mais

Décadas do design

Décadas do design Décadas do design 1880-2000 INTRODUÇÃO O Catalogo nome do catalogo apresenta alguns dos movimentos de arte que influenciaram o design brasileiro entre os anos 1880 a 2000. Aqui você poderá encontrar uma

Leia mais

Material protegido pelas leis de direito autoral Proibida qualquer tipo de divulgação sem à devida autorização ou citada a fonte de forma correta.

Material protegido pelas leis de direito autoral Proibida qualquer tipo de divulgação sem à devida autorização ou citada a fonte de forma correta. Qual a definição de desenho? Desenho é a representação artística de sentimentos, situações cotidianas, ideias, enfim, de qualquer coisa, situação ou sensação que o ser humano seja capaz de perceber. Por

Leia mais

PROVA DE AVALIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E COMPETÊNCIAS HISTÓRIA DAS ARTES VISUAIS - 2015

PROVA DE AVALIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E COMPETÊNCIAS HISTÓRIA DAS ARTES VISUAIS - 2015 PROVAS DESTINADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR DOS MAIORES DE 23 ANOS PROVA DE AVALIAÇÃO DOS CONHECIMENTOS E COMPETÊNCIAS HISTÓRIA DAS ARTES VISUAIS - 2015 Nome Cotações:

Leia mais

Arthur Hill Gilbert

Arthur Hill Gilbert - 051 - Arthur Hill Gilbert 1893-1970 Arthur Hill Gilbert, nascido em Mount Vernon, Illinois (EUA), no dia 10 de junho de 1893 e falecido no mês de abril de 1970, foi um pintor do Impressionismo americano,

Leia mais

MESTRES DAS ARTES SUPLEMENTO DIDÁTICO. Elaborado por

MESTRES DAS ARTES SUPLEMENTO DIDÁTICO. Elaborado por MESTRES DAS ARTES CLAUDE MONET De Mike Venezia (Formado em Belas-Artes pelo Instituto de Artes de Chicago, EUA. Desde 1978 escreve e ilustra livros sobre arte, música e história para crianças e jovens.

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 7ª Ensino Fundamental Professora: Ione Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 9 / 2016 Valor: xxx pontos Aluno(a): Nº: Turma: Vamos rever nosso

Leia mais

Para começar esse passo a passo, temos que falar primeiramente sobre os materiais usados na produção dessa tela:

Para começar esse passo a passo, temos que falar primeiramente sobre os materiais usados na produção dessa tela: Neste trabalho o objetivo é fazer uma apresentação de todas as fases da pintura espatulada do tema ARARA VERMELHA de uma forma descontraída para que os artistas participantes possa observar todos os recursos

Leia mais

No virar do século a Noruega vivia um dos seus períodos mais conturbados e interessantes. A capital, Cristiânia (mais tarde Oslo), fervilhava com uma

No virar do século a Noruega vivia um dos seus períodos mais conturbados e interessantes. A capital, Cristiânia (mais tarde Oslo), fervilhava com uma No virar do século a Noruega vivia um dos seus períodos mais conturbados e interessantes. A capital, Cristiânia (mais tarde Oslo), fervilhava com uma vasta turba de intelectuais e artistas que partilhavam

Leia mais

Cores. Misturando apenas essas três cores, em proporções e intensidades variadas, podemos obter todas as outras, mesmo as que não estão no

Cores. Misturando apenas essas três cores, em proporções e intensidades variadas, podemos obter todas as outras, mesmo as que não estão no Cores A cor é uma sensação provocada pela luz sobre o órgão da visão, isto é, sobre nossos olhos. A cor-luz pode ser observada através dos raios luminosos. Cor-luz é a própria luz que pode se decompor

Leia mais

Holanda: ladrões roubam obras de Picasso, Monet e outros famosos

Holanda: ladrões roubam obras de Picasso, Monet e outros famosos Holanda: ladrões roubam obras de Picasso, Monet e outros famosos Mulher diante de uma janela aberta, de Paul Gauguin, é um dos quadros que foram roubados do museu Kunsthal. Foto: AP Sete quadros de grande

Leia mais

VIAGEM CULTURAL A FRANÇA

VIAGEM CULTURAL A FRANÇA VIAGEM CULTURAL A FRANÇA DA ARTE IMPRESSIONISTA DE MONET À FEIRA CONTEMPORÂNEA JOURNÉE DES PLANTES "RIEN A U M O N D E M'IN T É R E S S E Q U E M A P E I N T U R E ET M E S F L E U RS». C L A U D E MONET

Leia mais

André Derain

André Derain - 029 - André Derain 1880-1954 André Derain, nascido em Chatou, comunidade a 20 km a Leste de Paris, no dia 10 de julho de 1880 e falecido em Garches (15 km a Oeste de Paris) foi um pintor, escultor, impressor

Leia mais

Todo o conteúdo desta publicação está protegido pelos direitos de autor que assistem a www.amopintar.com A cópia ou reprodução total ou parcial de

Todo o conteúdo desta publicação está protegido pelos direitos de autor que assistem a www.amopintar.com A cópia ou reprodução total ou parcial de O propósito deste glossário de termos técnicos e artísticos, é ajudar aos amantes da pintura, artistas e amadores que seguem as nossas lições on-line ou através das publicações Amopintar, a se familiarizarem

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 4.2 Conteúdo: Romantismo Realismo Impressionismo

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 4.2 Conteúdo: Romantismo Realismo Impressionismo Aula 4.2 Conteúdo: Romantismo Realismo Impressionismo 1 Habilidades: Reconhecer diferentes funções da arte, do trabalho de produção dos artistas em seus meios culturais. 2 Romantismo Designa uma tendência

Leia mais

- Desenvolveu ao lado da crescente industrialização da sociedade

- Desenvolveu ao lado da crescente industrialização da sociedade Realismo - Desenvolveu ao lado da crescente industrialização da sociedade - O homem europeu, que tinha aprendido a utilizar o conhecimento científico e a técnica para interpretar e dominar a natureza,

Leia mais

CRUZ E SOUSA, J. Poesia completa. Florianópolis: Fundação Catarinense de Cultura / Fundação Banco do Brasil, 1993.

CRUZ E SOUSA, J. Poesia completa. Florianópolis: Fundação Catarinense de Cultura / Fundação Banco do Brasil, 1993. Revisão ENEM 1. (ENEM 2009) Cárcere das almas Ah! Toda a alma num cárcere anda presa, Soluçando nas trevas, entre as grades Do calabouço olhando imensidades, Mares, estrelas, tardes, natureza. Tudo se

Leia mais

JOGOS E BRINCADEIRAS EM GOYA II. A análise de quadros de Goya produzidos entre 1775 e 1790, basicamente dentre os

JOGOS E BRINCADEIRAS EM GOYA II. A análise de quadros de Goya produzidos entre 1775 e 1790, basicamente dentre os JOGOS E BRINCADEIRAS EM GOYA II Ademir Gebara Unimep/Unicamp A análise de quadros de Goya produzidos entre 1775 e 1790, basicamente dentre os conhecidos cartões para tapeçaria, busca estabelecer conexões

Leia mais

Matéria: literatura Assunto: pintura - tarsila do amaral Prof. IBIRÁ

Matéria: literatura Assunto: pintura - tarsila do amaral Prof. IBIRÁ Matéria: literatura Assunto: pintura - tarsila do amaral Prof. IBIRÁ Literatura TARSILA DO AMARAL Introdução Tarsila do Amaral foi uma das mais importantes pintoras brasileiras do movimento modernista.

Leia mais

Classificação da Fotografia I Prof. Dr. Isaac A. Camargo

Classificação da Fotografia I Prof. Dr. Isaac A. Camargo Classificação da Fotografia I Prof. Dr. Isaac A. Camargo a- As primeiras fotografias: suas categorias e funções b- Desenvolvimento e classificação dos gêneros As primeiras fotografias: suas categorias

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SANTO ANTÔNIO ESTUDO DIRIGIDO DE ARTE. Ensino Fundamental II - 9º ano MANHÃ. Aluno(a): Turma:

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SANTO ANTÔNIO ESTUDO DIRIGIDO DE ARTE. Ensino Fundamental II - 9º ano MANHÃ. Aluno(a): Turma: INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SANTO ANTÔNIO PROFESSORA ARILENE RODRIGUES ZICHTL ESTUDO DIRIGIDO DE ARTE Ensino Fundamental II - 9º ano MANHÃ Aluno(a): Turma: Caro aluno, Visando aumentar seu conhecimento e em

Leia mais

ÓCULOS RALPH LAUREN COLEÇÃO PRIMAVERA/VERÃO 2016

ÓCULOS RALPH LAUREN COLEÇÃO PRIMAVERA/VERÃO 2016 ÓCULOS RALPH LAUREN COLEÇÃO PRIMAVERA/VERÃO 2016 A coleção de óculos Primavera/Verão 2016 apresenta uma seleção de estilos masculinos e femininos inspirados na herança da marca Ralph Lauren. Com linhas

Leia mais

O RETRATO DA MODA PELO IMPRESSIONISMO. Karen Gonçalves Alhanati

O RETRATO DA MODA PELO IMPRESSIONISMO. Karen Gonçalves Alhanati O RETRATO DA MODA PELO IMPRESSIONISMO Karen Gonçalves Alhanati Niterói, agosto de 2013 UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE ARTES E COMUNICAÇÃO SOCIAL GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO CULTURAL Karen Gonçalves

Leia mais

Jean Puy

Jean Puy - 101 - Jean Puy 1876-1960 Jean Puy, nascido em Ruan, 130 km ao Noroeste de Paris (local histórico onde morreu Joana D Arc), no dia 8 de novembro de 1876 e falecido na mesma cidade em 6 de março de 1960,

Leia mais

CARTÃO-POSTAL REVITALIZADO - Prefeitura entrega Centro Cultural Estação Paulista Sex, 22 de Setembro de 2006 14:39

CARTÃO-POSTAL REVITALIZADO - Prefeitura entrega Centro Cultural Estação Paulista Sex, 22 de Setembro de 2006 14:39 O prédio central da Estação da Paulista, um dos principais cartões-postais de Piracicaba transformado pela Prefeitura de Piracicaba em centro cultural será entregue à população neste sábado (23), às 16

Leia mais

PARIS - SIGHTSEEING TOURS 2014-15

PARIS - SIGHTSEEING TOURS 2014-15 Verão: de 01 de Abril a 31 de Outubro Nome do Tour PARIS - SIGHTSEEING TOURS 2014-15 Validade: 01 de Abril de 2014 a 31 de Março de 2015 Inverno: de 01 de Novembro a 31 de Março Pontos de : Pyramides:

Leia mais

Arte 1º. Ano do Ensino Médio

Arte 1º. Ano do Ensino Médio Conteúdo Avaliativo 3º. Trimestre: Arte 1º. Ano do Ensino Médio 1. A transição do século XVIII XIX: Neoclassicismo/Romantismo/Realismo. 2. Impressionismo/Fotografia. 3. Vanguardas Europeias: Expressionismo/Cubismo/Surrealismo/Dadaísmo.

Leia mais

Em busca do tempo perdido

Em busca do tempo perdido Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

Revisão/ 2 Ano/Arte. Neoclassicismo/ Romantismo/ Realismo/ Impressionismo/Pósimpressionismo/Neoimpressionismo/ Art noveau

Revisão/ 2 Ano/Arte. Neoclassicismo/ Romantismo/ Realismo/ Impressionismo/Pósimpressionismo/Neoimpressionismo/ Art noveau Revisão/ 2 Ano/Arte Neoclassicismo/ Romantismo/ Realismo/ Impressionismo/Pósimpressionismo/Neoimpressionismo/ Art noveau Neoclassicismo: Novo clássico. Novo resgate do vocabulário e das ideias que surgiram

Leia mais

Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura

Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura Plínio Santos Filho, Ph.D. CE 04 - Autoretrato 01 Caderno de Exercícios CE 04 O autoretrato é feito para marcar a passagem do tempo. É o momento em que

Leia mais

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano

EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano EDUCAÇÃO VISUAL 9º ano 2016/2017 Projecto 1: IDENTIFICAÇÂO DA CAPA INDIVIDUAL Objetivo Geral: Com o recurso de uma foto do estudante e uma imagem de gosto pessoal através da técnica da colagem resultará

Leia mais

Colégio Drummond/Anglo Cultura Artística e Literária 8º ano HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES

Colégio Drummond/Anglo Cultura Artística e Literária 8º ano HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES HARMONIA DE CORES OU ESQUEMA DE CORES As cores harmoniosas são aquelas que funcionam bem em conjunto ou justapostas, e que produzem um esquema de cores atrativo. O círculo cromático ou roda das cores pode

Leia mais

CONCURSO VESTIBULAR 2008 e PISM III UFJF Prova de Habilidade Específica Curso de Artes

CONCURSO VESTIBULAR 2008 e PISM III UFJF Prova de Habilidade Específica Curso de Artes TEXTO 1 Deus Pai todo poderoso, com fé te rogo, em nome de Cristo teu Filho, Jesus de Nazaré, que me concedas a presença do Espírito Santo na galeria durante minha exposição. Cria para mim um ambiente

Leia mais

VIDA COTIDIANA NO SÉCULO XIX Belle Époque

VIDA COTIDIANA NO SÉCULO XIX Belle Époque VIDA COTIDIANA NO SÉCULO XIX Belle Époque Curso: Ensino Médio Integrado Prof. Msc. Manoel dos Passos da Silva Costa 1 Vida cotidiana I INTRODUÇÃO Os governos liberais europeus tentaram garantir a instrução

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 6ª - Ensino Fundamental Professora: Ione A. Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 23 / 05 / 2016 Aluno(a): N o.: Turma: ORIENTAÇÕES:

Leia mais

ANEXO I. QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I

ANEXO I. QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I ANEXO I QUADRO DE OFICINAS INTEGRANTES DOS PROGRAMAS DE FORMAÇÃO ARTÍSTICA DO CUCA (COM EMENTAS) Categoria I Desemho básico Desemho intermediário Desemho básico de observação Desenho de observação Fotografia

Leia mais

Instituto Politécnico de Santarém. Escola Superior de Educação. Docente: Clara Silva Brito EXPRESSÕES CONTEMPORÂNEAS (EDUCAÇÃO BÁSICA)

Instituto Politécnico de Santarém. Escola Superior de Educação. Docente: Clara Silva Brito EXPRESSÕES CONTEMPORÂNEAS (EDUCAÇÃO BÁSICA) Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Educação Docente: Clara Silva Brito EXPRESSÕES CONTEMPORÂNEAS (EDUCAÇÃO BÁSICA) EXPRESSÕES ARTÍSTICAS CONTEMPORÂNEAS (EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO MULTIMÉDIA)

Leia mais

Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores. Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES. Professora Arq.

Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores. Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES. Professora Arq. Colégio Técnico Educáre Curso Técnico de Design de Interiores Modulo 1 - CORES NOS AMBIENTES TEORIA DAS CORES Professora Arq. SIMONE CAMILLO A cor A ciência que estuda a medida das cores é chamada de colorimetria.

Leia mais

ARTES. 4 o Bimestre 1. Instrumentos musicais 2. Classificação dos instrumentos musicais (sopro, percussão, cordas, eletrônico)

ARTES. 4 o Bimestre 1. Instrumentos musicais 2. Classificação dos instrumentos musicais (sopro, percussão, cordas, eletrônico) PREFEITURA MUNICIPAL DE POMERODE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO EMPREENDEDORA CNPJ 83.102.251/0001-04 Fone: (47) 3395-6300 E-mail: educacao@pomerode.sc.gov.br Rua 15 de Novembro, 649 Bairro Centro 89107-000

Leia mais

Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. 1 Habilidades: Reconhecer características e produções artísticas dos períodos denominados: Barroca Europeia

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Arte Turma: 9º Ano Ensino Fundamental Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Abertura terça, 31 de maio, h00

Abertura terça, 31 de maio, h00 Abertura terça, 31 de maio, 2016 19-22h00 Exposição 1 abril - 26 julho, 2016 segunda - sexta > 10-19h00 sábado > 11-15h00 Galeria Nara Roesler Rio de Janeiro Rua Redentor 241, Rio de Janeiro, RJ +55 21

Leia mais

Prof. a Graciela Campos

Prof. a Graciela Campos Blog Design com Poesia [ http://gracicampos.wordpress.com/ ] Facebook GracicamposDesign [www.facebook.com/gracicamposdesign ] Prof. a Graciela Campos Prof. a Graciela Campos Link aulas / plano de aula

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

1 - Cubismo (Introdução)

1 - Cubismo (Introdução) 1 - Cubismo (Introdução) Este movimento artístico surgiu no século XX e é considerado o mais influente deste período. Com as suas formas geométricas representadas na maioria das vezes, por cubos e cilindros,

Leia mais

Expressionismo EDUARDO CARLETTO JUNIOR EDUARDO FALCHETTI SOVRANI GIAN CARLOS MENCATTO PAULO ROBERTO MASCARELLO VILMAR IBANOR BERTOTTI JUNIOR

Expressionismo EDUARDO CARLETTO JUNIOR EDUARDO FALCHETTI SOVRANI GIAN CARLOS MENCATTO PAULO ROBERTO MASCARELLO VILMAR IBANOR BERTOTTI JUNIOR Expressionismo ALUNOS: EDUARDO CARLETTO JUNIOR EDUARDO FALCHETTI SOVRANI GIAN CARLOS MENCATTO PAULO ROBERTO MASCARELLO VILMAR IBANOR BERTOTTI JUNIOR DEFINIÇÃO E PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS Movimento heterogêneo

Leia mais

A arte do século XIX

A arte do século XIX A arte do século XIX Índice Introdução ; Impressionismo ; Romantismo ; Realismo ; Conclusão ; Bibliografia. Introdução Durante este trabalho irei falar e explicar o que é a arte no século XIX, especificando

Leia mais

Design da Informação. Aula 08 Usando. Prof. Dalton Martins

Design da Informação. Aula 08 Usando. Prof. Dalton Martins Design da Informação Aula 08 Usando cores Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Faculdade de Informação e Comunicação Universidade Federal de Goiás Círculo cromático Um círculo cromático

Leia mais

Pós - Impressionismo. (1880 a 1905 = França Paris) 8ºs Anos 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juventino

Pós - Impressionismo. (1880 a 1905 = França Paris) 8ºs Anos 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juventino Pós - Impressionismo (1880 a 1905 = França Paris) 8ºs Anos 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juventino Não foi um Movimento Não houve um grupo de artistas que se reuniam para debates acadêmicos. Eram artistas

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO - 2º Ano EF- JULHO/ º ANO: DATA DE ENTREGA: Atividade de Férias

ESTUDO DIRIGIDO - 2º Ano EF- JULHO/ º ANO: DATA DE ENTREGA: Atividade de Férias 1 NOME: Nº: 2º ANO: DATA DE ENTREGA: Atividade de Férias O primeiro semestre está chegando ao final. As férias se aproximam e o merecido descanso vem em boa hora! Período de descontração, lazer e cultura.

Leia mais

MOVIMENTOS DE VANGUARDA

MOVIMENTOS DE VANGUARDA MOVIMENTOS DE VANGUARDA Séc. XIX Séc. XX Parte 1 História da Arte História do Mobiliário Aplicado Profª Natalia Pieroni MOVIMENTOS DE VANGUARDA LINHA DO TEMPO - HISTORIOGRAFIA Período PRÉ-HISTÓRIA Origens

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 8ª - Ensino Fundamental Professora: Michelle Fialho Atividades para Estudos Autônomos Data: 23 / 5 / 2016 Nome: _ Nº Turma: INTRODUÇÃO

Leia mais

Bloco Dois. 2º Semestre de 2007 p.30

Bloco Dois. 2º Semestre de 2007 p.30 A sequência de uras 13 abcd, refere-se ao Espaço de Mirante, um lugar dentro da escola que foi sendo constituído por vários nichos, a saber: o painel da árvore do mirante, cuja ura 13 a, mostra a mão de

Leia mais

Vanguardas europeias

Vanguardas europeias APOSTILA COMPLEMENTAR - ARTES - 3º TRIM Nome: Ano: 2 º A / B Nº: / /2015 Profº Silvia Curso: Ensino Médio Vanguardas europeias NOTA: As vanguardas europeias foram manifestações artístico-literárias surgidas

Leia mais

Manual de. Identidade Visual

Manual de. Identidade Visual Manual de Identidade Visual Introdução A construção e manutenção de uma identidade visual consistente representam um dos principais fatores para o sucesso de uma organização, pois reforçam sua credibilidade

Leia mais

Gabrielle Toledo Cordova- gabitc@yahoo.com.br Iluminação e Design de Interiores Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG Curitiba/junho/2013

Gabrielle Toledo Cordova- gabitc@yahoo.com.br Iluminação e Design de Interiores Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG Curitiba/junho/2013 Resumo Análise de pinturas noturnas impressionistas, neoimpressionistas e pós-impressionistas através de um paralelo com a realidade tecnológica da Europa do século XIX Gabrielle Toledo Cordova- gabitc@yahoo.com.br

Leia mais

Centro Universitário de Brasília UNICEUB FATECS. Lucas Ribeiro Reis. Impressionismo e Fotografia: Um diálogo contemporâneo

Centro Universitário de Brasília UNICEUB FATECS. Lucas Ribeiro Reis. Impressionismo e Fotografia: Um diálogo contemporâneo Centro Universitário de Brasília UNICEUB FATECS Lucas Ribeiro Reis Impressionismo e Fotografia: Um diálogo contemporâneo Brasília 2015 Lucas Ribeiro Reis Impressionismo e Fotografia: Um diálogo contemporâneo

Leia mais

Zika Vírus e Gravidez

Zika Vírus e Gravidez Gravidez e o Zika Vírus Zika Vírus e Gravidez Impacto da doença no planejamento familiar Julho, 2016 Metodologia e Objetivos O objetivo da pesquisa foi medir o nível de preocupação das mulheres em relação

Leia mais

RIF Ensaio Fotográfico

RIF Ensaio Fotográfico RIF Ensaio Fotográfico Mirim Santos: o artista de Ouro Preto Elaine Schmitt 1 As fotografias que compõem esse ensaio fotográfico foram feitas na cidade de Ouro Preto, Minas Gerais, em frente à Igreja Católica

Leia mais

Alto-contraste Laboratório de Fotografia em Filme Gráfico

Alto-contraste Laboratório de Fotografia em Filme Gráfico Alto-contraste Laboratório de Fotografia em Filme Gráfico por Rochele Zandavalli Todos os direitos reservados a Fluxo - Escola de Fotografia Expandida Alto-contraste Laboratório de Fotografia em Filme

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa 2013. Ano: 9 Turma: 91/92

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa 2013. Ano: 9 Turma: 91/92 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: ARTE Professor (a): JANAINA Ano: 9 Turma: 91/92 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

A insustentável leveza do ser

A insustentável leveza do ser Compilação de Paulo Victorino Traduzido da Wlkiipedia em francês, inglês, espanhol e italiano, com apoio de várias outras fontes A insustentável leveza do ser Mary Stevenson Cassatt, nascida na Pensilvânia

Leia mais

Ementa: São sete obras de dimensões grandes, com conteúdo adulto cujos temas trafegam pela medicina e sociedade: doença e saúde, comportamento e

Ementa: São sete obras de dimensões grandes, com conteúdo adulto cujos temas trafegam pela medicina e sociedade: doença e saúde, comportamento e Ementa: São sete obras de dimensões grandes, com conteúdo adulto cujos temas trafegam pela medicina e sociedade: doença e saúde, comportamento e política. Pelo forte conteúdo ligado a Medicina, essa exposição

Leia mais

Casa-Museu Abel Salazar. Serviços Educativos 2016

Casa-Museu Abel Salazar. Serviços Educativos 2016 Casa-Museu Abel Salazar Serviços Educativos 2016 O Programa Escola na Casa-Museu, inserido na programação de serviços educativos da Casa-Museu Abel Salazar, converge no sentido de promover maior interação

Leia mais

se desenvolveu entre 1300 e 1650

se desenvolveu entre 1300 e 1650 RENASCIMENTO se desenvolveu entre 1300 e 1650 ocorreram nesse período muitos progressos e incontáveis realizações no campo das artes, da literatura e das ciências. a valorização do Humanismo e da natureza,

Leia mais

CARLOS BRACHER FAZ PERFORMANCE AO VIVO NO CCBB BH

CARLOS BRACHER FAZ PERFORMANCE AO VIVO NO CCBB BH CARLOS BRACHER FAZ PERFORMANCE AO VIVO NO CCBB BH Enviado por ÁRVORE DE COMUNICAÇÃO 05-Dez-2014 PQN - O Portal da Comunicação ÁRVORE DE COMUNICAÇÃO - 05/12/2014 Além das 86 obras de Carlos Bracher em exposição

Leia mais

Manual de identidade visual

Manual de identidade visual Manual de identidade visual Secretaria-Geral da Presidência da República Secretaria Nacional de Juventude Manual de identidade visual Agosto de 2013 3 Símbolo e logotipo Em impressos de parceiros, deve-se

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Ano letivo O Plano Anual de Actividades constitui-se como um documento orientador das actividades desenvolvidas 2015/2016 ao longo do ano lectivo. Desta forma, nas páginas que

Leia mais

Objetivos. Curso: Filosofia 6/9/2012. A dissolução do objeto de arte. Profº João Epifânio Regis Lima. Theodor W. Adorno

Objetivos. Curso: Filosofia 6/9/2012. A dissolução do objeto de arte. Profº João Epifânio Regis Lima. Theodor W. Adorno Curso: Filosofia Profº João Epifânio Regis Lima A dissolução do objeto de arte Objetivos Explorar o processo de dissolução do objeto de arte enquanto busca dos elementos que o definem como pertencente

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Reflexão. Física. Aprendizagem. Introdução

PALAVRAS-CHAVE Reflexão. Física. Aprendizagem. Introdução 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO

Leia mais

ABSTRACIONISMO. Wassily Kandinski, é indicado como o iniciador desse movimento, com a obra: Batalha, de 1910.

ABSTRACIONISMO. Wassily Kandinski, é indicado como o iniciador desse movimento, com a obra: Batalha, de 1910. ABSTRACIONISMO A arte abstrata tende a suprimir toda a relação entre a realidade e o quadro, entre as linhas e os planos, as cores e a significação que esses elementos podem sugerir ao espírito. Quando

Leia mais

Plano Curricular Expressão Plástica Expressão Dramática - 1º Ciclo -

Plano Curricular Expressão Plástica Expressão Dramática - 1º Ciclo - Plano Curricular Expressão Plástica Expressão Dramática - 1º Ciclo - EXPRESSÃO PLÁSTICA BLOCO 1 DESCOBERTA E ORGANIZAÇÃO PROGRESSIVA DE VOLUMES MODELAGEM E ESCULTURA Explorar e tirar partido da resistência

Leia mais

O retrato oval. de Edgar Allan Poe. Manual pp

O retrato oval. de Edgar Allan Poe. Manual pp O retrato oval de Edgar Allan Poe Manual pp. 126-129 1. Assinala, em cada alínea, a opção que, segundo o conto, é verdadeira. 1.1. O narrador pernoitou num castelo dos Apeninos devido à iniciativa do seu

Leia mais

Culminância de atividades e projetos desenvolvidos pelo Curso de Pedagogia 2016/2 24, 25 e 26/11/2016 Campus de Ceilândia

Culminância de atividades e projetos desenvolvidos pelo Curso de Pedagogia 2016/2 24, 25 e 26/11/2016 Campus de Ceilândia Culminância de atividades e projetos desenvolvidos pelo Curso de Pedagogia 2016/2 24, 25 e 26/11/2016 Campus de Ceilândia 24/11/2016 (quinta-feira) Manhã EXPOSIÇÕES Educação Infantil Prof.ª Adjanira Educação

Leia mais

ROTEIRO PARA NORMANDIA DE PEDRO MOBILIO

ROTEIRO PARA NORMANDIA DE PEDRO MOBILIO ROTEIRO PARA NORMANDIA DE PEDRO MOBILIO A Normandia fica no litoral do Canal da Mancha, no estuário do Sena. Foi o teatro de uma história particularmente rica, a Guerra dos Cem Anos, século 15 e que resultou

Leia mais

A Inocência da fotografia

A Inocência da fotografia Jorge José da Costa 1 A Inocência da fotografia Resumo Aborda a influência da fotografia sobre a temática pictórica no século XIX, discutindo a noção contemporânea de que a pintura abandonou a representação

Leia mais

Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região CREF4/SP. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00104/2015

Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região CREF4/SP. Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00104/2015 15/01/2016 COMPRASNET O SITE DE COMPRAS DO GOVERNO Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região CREF4/SP Termo de Homologação do Pregão Eletrônico Nº 00104/2015 Às 13:03 horas do dia 12 de janeiro

Leia mais

Claude Monet 1840-1926. A Ponte Japonesa, 1899 Coleção Particular, Japão

Claude Monet 1840-1926. A Ponte Japonesa, 1899 Coleção Particular, Japão Claude Monet 1840-1926 A Ponte Japonesa, 1899 Coleção Particular, Japão BIBLIOGRAFIA BORTOLATTO, Lugina Rossi. L opera completa di Claude Monet. Milano, Ed: Rizzoli, 1978 CANTZ, Hatje. Monet s Garden.

Leia mais