Concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO ANEXO ao Regulamento Guião de Base para desenvolvimento de app

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO ANEXO ao Regulamento Guião de Base para desenvolvimento de app"

Transcrição

1 Concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO ANEXO ao Regulamento Guião de Base para desenvolvimento de app 1.º ECRÃ Começa este percurso de exploração CONSTRÓI O TEU FUTURO! ONDE ESTOU? ESTOU NO ENSINO BÁSICO ESTOU NO ENSINO SECUNDÁRIO NO SECUNDÁRIO POSSO IR PARA UM CURSO CIENTÍFICO- HUMANÍSTICO IR PARA UM CURSO DO ENSINO PROFISSIONAL ESTUDAR UM ANO NO ESTRANGEIRO QUANDO TERMINAR O 12.º ANO POSSO IR PARA CURSO TÉCNICO SUPERIOR PROFISSIONAL IR PARA O ENSINO SUPERIOR FAZER UM ESTÁGIO COMEÇAR A TRABALHAR ESTUDAR NO ESTRANGEIRO 1 2.º ECRÃ JÁ PENSASTE?... Nos cursos que gostarias de escolher nas atividades que mais gostas naquilo em que és melhor naquilo que menos gostas 3.º ECRÃ

2 Algumas DICAS O que sei de mim O que sei das profissões e dos cursos INTERESSES (Quando ativado, aparece ecrã 4) TALENTOS (Quando ativado, aparece ecrã 5) 4.º ECRÃ Assinala as atividades que gostas ou que pensas que têm a ver contigo 2 Vê o teu perfil de interesses (Direciona para ECRÃ 3 e ativa a palavra TALENTOS)

3 5.º ECRÃ Eu penso que sou Os outros dizem que eu sou Muito Pouco Nada Muito Pouco Nada Organizado Estudioso Pontual Independente Alegre Responsável Ponderado Atencioso Persistente Empreendedor Minucioso Otimista Autónomo Assertivo Simpático Prestável Comunicativo Introvertido Vê o resultado! * 3 * Aparece gráfico de linhas (uma para o eu e outra os outros. Muito: 5; Pouco: 3; Nada: 0) Direciona para o Ecrã 3 e ativa Botão O que sei das Profissões e dos Cursos. Quando se clicar nesse botão, direciona para Ecrã 6 que é diferenciado de acordo com o que foi assinalado no Ecrã 1 e no perfil de interesse.

4 6.º ECRÃ ESTUDAR Vê quais as coordenadas das escolas e organismos onde podes recolher informação sobre os cursos que te podem interessar. Em cada um ativa a cache acumula informação e pontos! NOTA: Ecrã a preparar para finalização posterior, conforme planta do evento. 7.º ECRÃ Permite duas alternativas: 1.Se houver stands, cujas coordenadas foram assinaladas no ecrã anterior, que não tiverem sido visitados: Tens a certeza que já tens toda a informação que precisas? 4 Ainda há escolas que não visitaste. Continua! 2. Se todos os stands, cujas coordenadas foram assinaladas no ecrã anterior, tiverem sido visitados: Boa! Chegaste ao fim desta etapa. Conseguiste pontos!** Dirige-te ao stand do POCH para participares no sorteio. Muitas surpresas esperam por ti. Mas antes ainda te falta. Em cada um ativa a cache acumula informação e pontos! ** Por cada stand visitado é acumulado um ponto. Cada stand só é contabilizado uma vez.

5 8.º ECRÃ A MINHA OPINIÃO sim não - Gostei da visita à Qualifica/evento - Recolhi informação útil sobre cursos e escolas - As minhas dúvidas ficaram esclarecidas - Esta app apoiou-me na organização da visita - Fiquei a saber mais sobre mim - Consegui encontrar os stands que precisava - Estou mais preparado para decidir sobre o meu futuro 5

6 ANEXO ao Guião de Base Realistas Pessoas que preferem, geralmente, lidar mais com objetos ou animais do que com pessoas. Apreciam, por exemplo, trabalhar com materiais como a madeira e os metais, lidar com máquinas e ferramentas, produzir objetos ou conceber e construir equipamentos ou máquinas. Intelectuais Pessoas que apreciam, geralmente, atividades ou tarefas nas quais seja fundamental o estudo e a exploração, a observação sistemática, a análise cuidadosa de questões ou problemas e a sua solução e domínio. Artísticos Pessoas que dão preferência, frequentemente, a atividades em que possam produzir objetos criativos a partir de diversos materiais, representar ou criar algo de artístico ou orientar outras pessoas nas produções artísticas. Apreciam atividades que permitem a criação de algo ou a expressão artística da própria pessoa. Sociais Pessoas que preferem, geralmente, atividades relacionadas com a comunicação, o ensino, a formação e os cuidados ou tratamento de pessoas. Os seus interesses situam-se na área das relações interpessoais. 6 Empreendedores Pessoas que preferem, geralmente, atividades através das quais possam influenciar os outros, através do discurso ou de outra forma de persuasão. Apreciam liderar equipas ou projetos, organizar eventos, orientando e gerindo a atividade de outras pessoas, tendo em vista alcançar objetivos estabelecidos. Convencionais Pessoas que preferem, geralmente, atividades que requerem uma observação rigorosa e sistemática de dados ou objetos, como por exemplo, fazer e ordenar registos, organizar dados de acordo com diretrizes dadas, arquivar, memorizar, consultar ou fazer processamento de dados/informação. Este tipo de pessoas adapta-se com facilidade a profissões com tarefas de natureza rotineira e que exigem uma atuação metódica e rigorosa.

Concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO Regulamento

Concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO Regulamento Concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO Regulamento O Programa Operacional Capital Humano (POCH), no âmbito do quadro da programação Portugal 2020, promove o concurso CONSTRÓI O TEU FUTURO, que visa a criação de

Leia mais

...9º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher.

...9º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher. ...9º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher. http://aecc.ccems.pt/index.php/spo spo@aecoelhocastro.pt http://www.facebook.com/spo.fiaes Atualizado em 28.10.2016 9º ano

Leia mais

9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014

9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014 9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014 Percursos possíveis para o ensino secundário O Cursos científico-humanísticos Vocacionados para o prosseguimento

Leia mais

Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos

Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos Ficha Técnica Titulo À DESCOBERTA Editor Direção-Geral de Educação Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos Conceção Direção de Serviços de Educação Especial e de Apoios Socioeducativos

Leia mais

Para fazeres um trabalho de pesquisa, há 6 etapas a percorrer:

Para fazeres um trabalho de pesquisa, há 6 etapas a percorrer: ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO Aluno(s) Professor Disciplina Realização do trabalho Início Fim Apresentação do trabalho Data Tempo Entrega do trabalho Data Público-alvo Turma/Ano Para fazeres um trabalho de

Leia mais

Gustv Eiffel Centro Novas Oportunidades

Gustv Eiffel Centro Novas Oportunidades COOPTÉCNICA GUSTAVE EIFFEL Gustv Eiffel Centro Novas Oportunidades FICHA 1 CALENDARIZAÇÃO DAS SESSÕES Nome Nº de Documento de Identificação Etapa Sessão Tipo de Actividade Data Hora Duração Prevista Acolhimento

Leia mais

Dicas EPIS ALUNOS. Balanço e Resultados Escolares Dica 1/3

Dicas EPIS ALUNOS. Balanço e Resultados Escolares Dica 1/3 Janeiro Balanço e Resultados Escolares Balanço e Resultados Escolares Dica 1/3 Aproveita o início deste período para fazeres um balanço do teu comportamento e dos teus resultados escolares no 1º Período.

Leia mais

1º Tomar consciência da decisão a tomar (envolve definição de objectivos pessoais). 2º Procurar informação pertinente (auto-conhecimento e informação

1º Tomar consciência da decisão a tomar (envolve definição de objectivos pessoais). 2º Procurar informação pertinente (auto-conhecimento e informação Intervenção Vocacional no 9º Ano Serviço de Psicologia, Externato da Luz 2008/2009 1º Tomar consciência da decisão a tomar (envolve definição de objectivos pessoais). 2º Procurar informação pertinente

Leia mais

Conheça o Drive. Encontre arquivos facilmente com o Drive e mantenha todos os seus documentos protegidos.

Conheça o Drive. Encontre arquivos facilmente com o Drive e mantenha todos os seus documentos protegidos. Conheça o Drive Com o Google Drive, você pode armazenar arquivos na nuvem, compartilhá-los com membros da sua equipe ou parceiros externos e acessá-los de qualquer local. Encontre arquivos facilmente com

Leia mais

Guião de pesquisa de. informação

Guião de pesquisa de. informação Volume 2 LITERACIA DE INFORMAÇÃO Guião de pesquisa de informação PLUS 1 Guião de pesquisa de informação. Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação. PLANIFICAR o trabalho LOCALIZAR

Leia mais

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo Preencha este horário segundo a distribuição de tempo que você tem a intenção de fazer: Pinte de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinte

Leia mais

1. Você já conhecia todo o Memorial da América Latina? sim não

1. Você já conhecia todo o Memorial da América Latina? sim não 1. Você já conhecia todo o Memorial da América Latina? sim não só uma parte 11 25 15 só uma parte 29% sim 22% não 49% 2. Já tinha ouvido falar ou estudado a obra de Oscar Niemeyer? sim não 31 20 não 39%

Leia mais

CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS

CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS OFERTA FORMATIVA NÍVEL SECUNDÁRIO CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS Os Cursos Científicos- Humanísticos destinam -se a jovens com o 9º ano de escolaridade ou equivalente que desejam prosseguir estudos 2 CURSO

Leia mais

4º Ano Ensino Fundamental

4º Ano Ensino Fundamental 4º Ano Ensino Fundamental Eixo 1 Avalição Introdução 01 aula -Ler o texto; -Valorizar os sentidos -Texto: Dentro de casa ; Dentro de casa -Explorar as palavras novas do texto; -Pesquisa sobre a vida do

Leia mais

Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação.

Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação. Modelo PLUS: uma estratégia para a pesquisa e uso da informação. PLANIFICAR o trabalho LOCALIZAR a melhor informação USAR com eficácia a informação AUTO-AVALIAR o trabalho PLANIFICAR: 1ª parte, o que pretendo?

Leia mais

Gerir o tempo e as tarefas (Outlook)

Gerir o tempo e as tarefas (Outlook) Gerir o tempo e as tarefas (Outlook) Índice Revisão diária: gerir o tempo e as tarefas... 3 Dizer não... 3 Gestão do calendário... 3 Formas de criar tarefas... 3 Formas de gerir tarefas... 4 Utilize o

Leia mais

Mirar. Nichos.

Mirar. Nichos. Mirar Nichos 1 MIRAR IDENTIFICANDO SEU NICHO Nicho é Sobre Paixão e Negócios O ideal é que você tenha um nicho claro, mas você até pode trabalhar com dois: a) O Nicho Ganha Pão b) O Nicho Paixão Que fique

Leia mais

...9º ano, o ano antes da grande mudança! Optar por um Curso Científico Humanístico.

...9º ano, o ano antes da grande mudança! Optar por um Curso Científico Humanístico. ...9º ano, o ano antes da grande mudança! Optar por um Curso Científico Humanístico. http://aecc.ccems.pt/index.php/spo spo@aecoelhocastro.pt http://www.facebook.com/spo.fiaes Atualizado em 29.01.2015

Leia mais

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL. Alunos do 8º e 9º ano Formandos do CEF

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL. Alunos do 8º e 9º ano Formandos do CEF ORIENTAÇÃO VOCACIONAL Alunos do 8º e 9º ano Formandos do CEF 1 O QUE QUERO SER? Projeto de vida Projeto profissional - Que profissão pretendo vir a ter? - Tenho condições para fazer o percurso escolar

Leia mais

Configuração do Agenda para administradores

Configuração do Agenda para administradores Configuração do Agenda para administradores Neste guia 1. de compartilhamento de agendas 2. Importar sua agenda antiga 3. e outros recursos 4. Configurar recursos empresariais básicos Você precisará de:

Leia mais

FERRAMENTAS DA QUALIDADE FOLHA DE VERIFICAÇÃO

FERRAMENTAS DA QUALIDADE FOLHA DE VERIFICAÇÃO FERRAMENTAS DA QUALIDADE FOLHA DE VERIFICAÇÃO FOLHA DE VERIFICAÇÃO A Folha de Verificação é utilizada para permitir que um grupo registre e compile sistematicamente dados de fontes com experiência na área

Leia mais

Entrevista Carreira Correio Braziliense

Entrevista Carreira Correio Braziliense Entrevista Carreira Correio Braziliense 1. Por que as habilidades pessoais (ou socioemocionais) são cada vez valorizadas? As pessoas são contratadas por seu currículo, ou seja, pela formação acadêmica

Leia mais

O grande livro da Natureza está escrito em caracteres matemáticos Galileu PROCESSOS E MÉTODOS CIENTÍFICOS

O grande livro da Natureza está escrito em caracteres matemáticos Galileu PROCESSOS E MÉTODOS CIENTÍFICOS O grande livro da Natureza está escrito em caracteres matemáticos Galileu PROCESSOS E MÉTODOS CIENTÍFICOS PROCESSOS E MÉTODOS CIENTÍFICOS EM CIÊNCIAS SOCIAIS Método Experimental: O método experimental

Leia mais

O L A. Questionário OLA. Avaliação de Liderança Organizacional. Versão Portuguesa. Instruções Gerais

O L A. Questionário OLA. Avaliação de Liderança Organizacional. Versão Portuguesa. Instruções Gerais O L A Questionário OLA Avaliação de Liderança Organizacional Versão Portuguesa Instruções Gerais O propósito deste instrumento é permitir que organizações descubram como suas práticas e crenças sobre liderança

Leia mais

Este programa tem o patrocínio exclusivo do Millenium BCP.

Este programa tem o patrocínio exclusivo do Millenium BCP. Duração: 15-20 semanas Público-Alvo: 18-30 anos Descrição: Com o apoio e orientação de professores e voluntários/consultores de negócio, o programa Start-Up fornece uma formação empreendedora a alunos

Leia mais

PARTE 1. (3 a 16 de janeiro) Começe 2017 em ponto de bala!

PARTE 1. (3 a 16 de janeiro) Começe 2017 em ponto de bala! Começe 2017 em ponto de bala! PARTE 1 (3 a 16 de janeiro) 1. Sente-se confortavelmente e respire fundo algumas vezes, relaxando os ombros. Pense quais serão os seus planos pra esse novo ano. Responda abaixo

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM MIT APP INVENTOR 2

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM MIT APP INVENTOR 2 PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM MIT APP INVENTOR 2 Dinamização Daniel Vieira Aluno do C. P. Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Caldas da Rainha, dezembro de 2016 Constrói um jogo que consista

Leia mais

Avalie o seu perfil empreendedor

Avalie o seu perfil empreendedor Notícias Idegi n⁰6 Avalie o seu perfil empreendedor Você possui perfil empreendedor? O próprio negócio é o desejo de muitos profissionais, independente da faixa etária. Obter a independência profissional,

Leia mais

PROTOCOLO DA ENTREVISTA

PROTOCOLO DA ENTREVISTA [Legitimação da entrevista] Ent. Em relação ao primeiro bloco, o objetivo específico é conhecer as razões e motivações que levam a educadora a utilizar a metodologia do trabalho de projeto. A primeira

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE Publicado no Boletim do Trabalho do Emprego (BTE) nº 4 de 29 de janeiro de 2013 com entrada em vigor a 29 de janeiro de 2013. Publicação

Leia mais

O que significa ser um estudante do ISPTEC? 02/03/2015

O que significa ser um estudante do ISPTEC? 02/03/2015 O que significa ser um estudante do ISPTEC? 02/03/2015 Índice Ø Bem vindo ao ISPTEC Ø Perfil do Estudante Ø Actividades de Apoio ao Estudante Ø A importância da Autonomia Ø Método de Estudo Ø Objectivos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM MIT APP INVENTOR 2

PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM MIT APP INVENTOR 2 PROGRAMAÇÃO DE JOGOS EM MIT APP INVENTOR 2 Dinamização Daniel Vieira Aluno do C. P. Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos Caldas da Rainha, dezembro de 2016 Constrói um jogo que consista

Leia mais

O perfil do profissional de Lazer

O perfil do profissional de Lazer O perfil do profissional de Lazer Objetivo Compreender quais os principais elementos que tornam completo um profissional de Lazer. 1.Quem é o Profissional de Lazer? Para falarmos sobre o profissional de

Leia mais

Como recrutar a pessoa certa para a função certa? Como recrutar a pessoa certa para a função certa?

Como recrutar a pessoa certa para a função certa? Como recrutar a pessoa certa para a função certa? Como recrutar a pessoa certa para a função certa? Essa é uma pergunta que parece torturar departamentos de recursos humanos e líderes envolvidos no processo de decisão na contratação de colaboradores.

Leia mais

Então, preenchemos umas fichas com os dados pessoais( ) ( ) os meus hobbies, como eu passava os meus tempos livres( )

Então, preenchemos umas fichas com os dados pessoais( ) ( ) os meus hobbies, como eu passava os meus tempos livres( ) Categoria Sub-categoria Unidades de registo Ent. Actividades Sessões individuais para responderam a questões sobre: -A vida pessoal Depois posteriormente, quando nos mandaram cá vir, é que fomos recebidas

Leia mais

Direitos da Criança. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela 1

Direitos da Criança. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela 1 Direitos da Criança Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela Jovens de Vizela 1 Convenção Internacional dos Direitos das Crianças Jovens de Vizela 2 Artigo 1.º Todas as pessoas com menos de

Leia mais

Deve ser nomeado um Coordenador de Estágio, de preferência o Diretor do Curso, neste caso o Professor José Barros.

Deve ser nomeado um Coordenador de Estágio, de preferência o Diretor do Curso, neste caso o Professor José Barros. REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DE GRAU I (Resumo) 1. Carga Horária O Curso de Treinadores de Atletismo de Grau I passa a englobar na sua componente curricular, para além das matérias gerais do treino desportivo

Leia mais

GUIA PARA ESPECIAL CONCURSO PÚBLICO APROVAÇÃO EM. Autor: Augusto Prado GGHHGHGHGHGHGGGGGGNHGJHJGHKHGKBBBHHMNJGJHKGHK

GUIA PARA ESPECIAL CONCURSO PÚBLICO APROVAÇÃO EM. Autor: Augusto Prado GGHHGHGHGHGHGGGGGGNHGJHJGHKHGKBBBHHMNJGJHKGHK GUIA GGHHGHGHGHGHGGGGGGNHGJHJGHKHGKBBBHHMNJGJHKGHK ESPECIAL PARA APROVAÇÃO EM CONCURSO PÚBLICO Autor: Augusto Prado Muito obrigado por ter solicitado este guia! E parabéns por ter tomado essa decisão que

Leia mais

SONDAGEM (SURVEY) Metodologia de Investigação I Docente: Profª ª Dra. Isabel Chagas Discentes: Nélida Filipe Fernanda Catita Cláudia Louro 2004/05

SONDAGEM (SURVEY) Metodologia de Investigação I Docente: Profª ª Dra. Isabel Chagas Discentes: Nélida Filipe Fernanda Catita Cláudia Louro 2004/05 SONDAGEM (SURVEY) Metodologia de Investigação I Docente: Profª ª Dra. Isabel Chagas Discentes: Nélida Filipe Fernanda Catita Cláudia Louro 1) Distinção entre população e amostra Definição (população):

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Workshop de Fotografia da Natureza

Workshop de Fotografia da Natureza Workshop de Fotografia da Natureza Professor: Yuri Fanchini Messas Currículo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=k4421411t0 E-mail: contato@yurimessas.com.br Website: www.yurimessas.com.br

Leia mais

Anexo 1 Versão Provisória do Questionário. Questionário Corpo, Dança e Comunidade.

Anexo 1 Versão Provisória do Questionário. Questionário Corpo, Dança e Comunidade. Anexo 1 Versão Provisória do Questionário Questionário Corpo, Dança e Comunidade. Este questionário faz parte de um estudo de Doutorado em Dança associado à Faculdade de Motricidade Humana (Lisboa, Portugal)

Leia mais

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula

MBA em Gerenciamento de Projetos. Teoria Geral do Planejamento. Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula MBA em Gerenciamento de Projetos Teoria Geral do Planejamento Professora: Maria Erileuza do Nascimento de Paula SOBRAL - CE 2014 O que é Planejamento É um processo contínuo e dinâmico que consiste em um

Leia mais

FERRAMENTAS DA QUALIDADE GRÁFICO DE PARETO

FERRAMENTAS DA QUALIDADE GRÁFICO DE PARETO FERRAMENTAS DA QUALIDADE GRÁFICO DE PARETO Pareto foi um grande estudioso dos padrões de riqueza e saúde do século XIX, na Inglaterra. Em seu estudo, ele percebeu que grande parte das riquezas se concentrava

Leia mais

VOCÊ SABE. O que faz o formador? Quais os requisitos de acesso à profissão de formador? O que é a habilitação própria para a docência?

VOCÊ SABE. O que faz o formador? Quais os requisitos de acesso à profissão de formador? O que é a habilitação própria para a docência? VOCÊ SABE O que faz o formador? Quais os requisitos de acesso à profissão de formador? O que é a habilitação própria para a docência? Setembro 2014 www.in-formacao.com.pt Formador/a O formador é o técnico

Leia mais

Questionário. Engenharia Eletrônica Primeiro período

Questionário. Engenharia Eletrônica Primeiro período Questionário Engenharia Eletrônica Primeiro período 1. Idade a) Menos de 18 b) 18 c) 19 d) 20 e) Mais de 20 2. Residência a) Campo Mourão. b) Cidade vizinha de Campo Mourão. c) Distante de Campo Mourão.

Leia mais

Como Fazer? Que preciso? COMO DESCOBRIR UM LIVRO SOBRE UM ASSUNTO. - Podes procurar uns livros sobre um assunto de diversas maneiras:

Como Fazer? Que preciso? COMO DESCOBRIR UM LIVRO SOBRE UM ASSUNTO. - Podes procurar uns livros sobre um assunto de diversas maneiras: COMO DESCOBRIR UM LIVRO SOBRE UM ASSUNTO Na biblioteca há muitos livros. Para não te perderes e conseguires encontrar o que precisas sobre um assunto, deves saber como estão arrumados e como podes fazer

Leia mais

Inquérito por Questionário - Professores

Inquérito por Questionário - Professores Inquérito por Questionário - Professores INSTRUÇÕES Este questionário destina-se a recolher informação para um projecto de investigação sobre "Gestão Cooperada do Currículo como mecanismo de desenvolvimento

Leia mais

O HOMEM AGENTE CULTURAL

O HOMEM AGENTE CULTURAL CAPÍTULO 10 O HOMEM AGENTE CULTURAL Fonte: www.afam.com.br/img/jpg/livros-cultural.jpg "O homo culturalis representa a dimensão cultural do próprio homem em sua produção geral, ou seja, a cultura implica

Leia mais

...9º ano, o ano antes da grande mudança! Optar por um Curso Profissional.

...9º ano, o ano antes da grande mudança! Optar por um Curso Profissional. ...9º ano, o ano antes da grande mudança! Optar por um Curso Profissional. http://aecc.ccems.pt/index.php/spo spo@aecoelhocastro.pt http://www.facebook.com/spo.fiaes Atualizado em 29.10.2016 Mundo do Trabalho

Leia mais

PROGRAMA DE OFICINA de ARTES DISCIPLINA DE OFERTA DE ESCOLA

PROGRAMA DE OFICINA de ARTES DISCIPLINA DE OFERTA DE ESCOLA PROGRAMA DE OFICINA de ARTES DISCIPLINA DE OFERTA DE ESCOLA Oficina de Artes é uma disciplina cujo nome releva da noção de ofício, no sentido que lhe é conferido atualmente pelo operador plástico, enquanto

Leia mais

Como utilizar o OA Trigonometria com molas

Como utilizar o OA Trigonometria com molas Como utilizar o OA Trigonometria com molas 1. Uma breve animação, introduzindo o contexto das atividades que serão desenvolvidas é demonstrada. Para iniciar as atividades é necessário clicar no botão indicado

Leia mais

O meu horário de estudo

O meu horário de estudo www.livrosdefisica-jc.com.br O meu horário de estudo Preenche este horário segundo a distribuição de tempo que tencionas fazer: Pinta de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinta de cor de laranja o tempo

Leia mais

Durante os últimos meses, a parceria tem trabalhado nos produtos finais do projecto T-STORY, a saber:

Durante os últimos meses, a parceria tem trabalhado nos produtos finais do projecto T-STORY, a saber: T- Story NEWSLETTER April 2014 June 2013 Edition N. Apresentamos a newsletter oficial do projeto T-Story - Storytelling Aplicado à Educação e Formação, um projeto financiado pela ação transversal Atividade-chave

Leia mais

Existem vários lugares onde você pode iniciar Consultoras. Mas se uma Consultora vem até você e diz que está pensando seriamente em desenvolver um

Existem vários lugares onde você pode iniciar Consultoras. Mas se uma Consultora vem até você e diz que está pensando seriamente em desenvolver um Existem vários lugares onde você pode iniciar Consultoras. Mas se uma Consultora vem até você e diz que está pensando seriamente em desenvolver um time e tornar- se uma Diretora rapidamente e pergunta

Leia mais

OS CINCO GRANDES DESAFIOS DA FORMAÇÃO. Joaquim Dolz

OS CINCO GRANDES DESAFIOS DA FORMAÇÃO. Joaquim Dolz OS CINCO GRANDES DESAFIOS DA FORMAÇÃO DOCENTE DE LÍNGUAS Joaquim Dolz Contexto atual Exigências do mundo econômico em educação e formação (economias emergentes, crise) A atividade docente é um pilar fundamental

Leia mais

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária

Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Conservatório Regional de Palmela Sociedade Filarmónica Humanitária Formação Musical - 2º Ciclo 1. Domínio Cognitivo (80%) Critérios de Avaliação 2015/2016 Capacidades Essenciais* Instrumentos de Avaliação

Leia mais

ROTEIRO DE EXPLORAÇÃO TABELA PERIÓDICA v2.5

ROTEIRO DE EXPLORAÇÃO TABELA PERIÓDICA v2.5 Software/ Aplicação Multimédia Anexo 2 Roteiro de Exploração: Tabela Periódica v2.5 ROTEIRO DE EXPLORAÇÃO TABELA PERIÓDICA v2.5 Aplicação multimédia disponível na Web, designada Tabela Periódica v2.5,

Leia mais

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA Prof. Araken Patusca Linhares UNIDADE I Surgimento do Empreendedorismo Postura e comportamento do Empreendedor A importância do Empreendedor na sociedade Motivação do

Leia mais

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva

Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Como montar uma equipe eficiente de Inteligência Competitiva Apresentação Para praticar Inteligência Competitiva (IC), uma organização deve contar com o apoio de profissionais que priorizam uma administração

Leia mais

Perfil Caliper de Vendas. The Inner Seller Report

Perfil Caliper de Vendas. The Inner Seller Report Perfil Caliper de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Perfil Caliper de Vendas The Inner Seller Report Página 1

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Comunicação Social Habilitação em Publicidade e Propaganda 8ª Série Direção e Finalização de Arte para Meios Impressos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um

Leia mais

Matrícula: 2. A minha matrícula está inativa 3. O CEJA Virtual 4

Matrícula: 2. A minha matrícula está inativa 3. O CEJA Virtual 4 Perguntas frequentes Matrícula: 2 1. Estou tentando fazer a minha pré-matrícula no site, mas está aparecendo a informação de que o meu CPF já está em uso. O que eu faço? 2 2. Quero transferir a minha matrícula

Leia mais

LISTAGENS, CONSULTAS SIMPLES E CRUZADAS

LISTAGENS, CONSULTAS SIMPLES E CRUZADAS LISTAGENS, CONSULTAS SIMPLES E CRUZADAS Após a selecção dos animais que queremos consultar, terá de ser parametrizada uma consulta com os dados dos animais que queremos consultar. Para tal teremos de carregar

Leia mais

CAMINHO. empreendedor

CAMINHO. empreendedor INTELIGÊNCIA EM EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA. A SEMENTE DESENHA E EXECUTA PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DE EMPREENDEDORES. ACREDITAMOS QUE UM BOM PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO É RELEVANTE PARA O EMPREENDEDOR INOVADOR

Leia mais

PESQUISA CIENTÍFICA -Aula 4-

PESQUISA CIENTÍFICA -Aula 4- PESQUISA CIENTÍFICA -Aula 4- Prof. Alexandre Paiva da Silva Pombal PB SUMÁRIO Pesquisa Conceitos Características Objetivos Finalidades Requisitos Qualidades do pesquisador Tipos de pesquisa científica

Leia mais

Novidades IsaMargem 2016

Novidades IsaMargem 2016 Novidades IsaMargem 2016 INDICE 1. Smartphone: mais prático para controlar as suas parcelas... 2 A. Simplifique o registo da mão-de-obra, do equipamento e artigos.... 2 B. Registar as suas equipas, grupos

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 Plano de Ensino e Aprendizagem 2 3 Objetivos CONTEÚDO Se preparar para o inicio de um projeto Acompanhamento projeto Controles Métricas

Leia mais

RESULTADOS DOS INQUÉRITOS ÀS ENTIDADES EMPREGADORAS DE DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE DANÇA

RESULTADOS DOS INQUÉRITOS ÀS ENTIDADES EMPREGADORAS DE DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE DANÇA Tabela 1. Entidades empregadoras Entidades Associações promotoras da dança / artes performativas 2 Companhias de Dança 3 Escolas de Dança 5 IPSS 1 Total 11 Tabela 1. As entidades empregadoras são maioritariamente

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO O RÓMULO - Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, localizado no Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, integrado no

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO FICHA DE AUTO AVALIAÇÃO ASSISTENTE OPERACIONAL

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO FICHA DE AUTO AVALIAÇÃO ASSISTENTE OPERACIONAL AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VIEIRA DE ARAÚJO ESCOLA EB/S VIEIRA DE ARAÚJO VIEIRA DO MINHO SIADAP 3 AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO FICHA DE AUTO AVALIAÇÃO ASSISTENTE OPERACIONAL Avaliado Carreira/Categoria Unidade

Leia mais

O que são e quando utilizá-las:

O que são e quando utilizá-las: Este conteúdo faz parte da série: Excel VBA Ver 6 posts dessa série Trabalhar com Excel é uma tarefa muito comum nos dias atuais, seja para uso pessoal ou profissional. Dentre a infinidade de fórmulas

Leia mais

Inteligências Múltiplas. Gardner

Inteligências Múltiplas. Gardner Gardner Inteligência antigamente era medida através de testes de QI. Baseados em Binet Habilidades: Lógico matemáticas Linguístico verbais Inteligência Um potencial biopsicológico para processar informações

Leia mais

TALENTOS FAE 2011. Andréia de Castro Campos andreia_castro_3@hotmail.com

TALENTOS FAE 2011. Andréia de Castro Campos andreia_castro_3@hotmail.com TALENTOS FAE 2011 ADMINISTRAÇÃO Andréia de Castro Campos andreia_castro_3@hotmail.com Formação: Cursando Administração de Empresas. Ótimos conhecimentos em Informática, em especial em excel. Inglês e espanhol

Leia mais

Configuração do Google Groups for Business para administradores

Configuração do Google Groups for Business para administradores Configuração do Google Groups for Business para administradores Neste guia 1. Descobrir como o Google Groups for Business pode ajudar sua equipe a se comunicar 2. Escolher as configurações recomendadas

Leia mais

Autores: Angelo José Rodrigues Lima Salvador 06 de julho de 2016

Autores: Angelo José Rodrigues Lima Salvador 06 de julho de 2016 A situação dos Comitês de Bacias e a necessidade de monitorar o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos a construção do Observatório da Governança das Águas Autores: Angelo José Rodrigues

Leia mais

Guia de Utilização do Produto

Guia de Utilização do Produto Guia de Utilização do Produto www.ocf.iob.com.br Login: faça o login com seu código de usuário ou e-mail, digite sua senha e clique em Ok. IOB Orientador Contábil Fiscal Online, o melhor provedor de conteúdo

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO. Prof Bruno Tamancoldi

A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO. Prof Bruno Tamancoldi A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO Prof Bruno Tamancoldi META DA AULA Apresentar conceitos sobre o Conhecimento, partindo da Filosofia, distinguindo Ciência e senso comum. OBJETIVOS conceituar lógica e raciocínio;

Leia mais

Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Pinhal de Frades. Questionário sobre actividades a desenvolver no Estudo Acompanhado

Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Pinhal de Frades. Questionário sobre actividades a desenvolver no Estudo Acompanhado 9. Apêndices 47 Apêndice 1 Escola Básica do 2º e 3º Ciclos de Pinhal de Frades Questionário sobre actividades a desenvolver no Estudo Acompanhado Colega, O Estudo Acompanhado é uma área destinada a apoiar

Leia mais

OFICINA. Construindo com tangram. Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 13/08/2011

OFICINA. Construindo com tangram. Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 13/08/2011 OFICINA Construindo com tangram Letícia Fonseca Reis F. Castro Matemática e Livro das Formas 13/08/2011 Matemática Uma das finalidades de estudar matemática é aprender como se resolvem problemas, indo

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Técnicas de Negociação Administração A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

Manual Em Ação CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO: PÚBLICA 1

Manual Em Ação CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO: PÚBLICA 1 Manual Em Ação CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO: PÚBLICA 1 Índice Introdução Pensando e criando ações independentes. Mobilizando voluntários: como aumentar a visibilidade das minhas ações? Compartilhando a

Leia mais

Planificação anual Curso Vocacional de Ensino Secundário Ano letivo 2015 / 2016 CURSO VOCACIONAL DE INFORMÁTICA E TECNOLOGIAS WEB

Planificação anual Curso Vocacional de Ensino Secundário Ano letivo 2015 / 2016 CURSO VOCACIONAL DE INFORMÁTICA E TECNOLOGIAS WEB Planificação anual Curso Vocacional de Ensino Secundário Ano letivo 2015 / 2016 CURSO VOCACIONAL DE INFORMÁTICA E TECNOLOGIAS WEB ANO: CVITW1 DISCIPLINA: APLICAÇÕES INFORMÁTICAS DOCENTE: MICAEL ALVES COMPETÊNCIAS

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio em. Alimentação Escolar

Curso Técnico de Nível Médio em. Alimentação Escolar Curso Técnico de Nível Médio em APRESENTAÇÃO O Projeto Pedagógico do Curso Técnico de Nível Médio em Secretaria, na modalidade a distância, com momentos presenciais, pertencente ao eixo tecnológico Apoio

Leia mais

II.2 - Análise de Tarefas II

II.2 - Análise de Tarefas II Melhor e Pior? II Perceber os Utilizadores e as Tarefas II.2 Análise de Tarefas II HCI, Cap. 15, Alan Dix Task-Centered UI Design, Cap. 1-2 C. Lewis and J. Rieman 2 Resumo Aula Anterior Sumário O que é

Leia mais

Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Há um século, riqueza e sucesso vinham para aqueles que produziam e distribuíam mercadorias manufaturadas. Hoje, riqueza e sucesso vêm para aqueles que utilizam

Leia mais

Sistema Educativo Português 2011/2012

Sistema Educativo Português 2011/2012 Sistema Educativo Português 011/01 Objectivos Promover a auto - exploração (interesses, capacidades e valores profissionais) Auto Conhecimento; Explorar o Mundo das Profissões; Explorar as oportunidades

Leia mais

Alunos que frequentaram o PLANO E em 2013/14 - distribuição por ano - 52% Alunos que frequentaram o PLANO E em 2013/14 - distribuição por serviço -

Alunos que frequentaram o PLANO E em 2013/14 - distribuição por ano - 52% Alunos que frequentaram o PLANO E em 2013/14 - distribuição por serviço - Conclusões gerais 2013/14 BALANÇO QUALITATIVO e QUANTITATIVO No ano letivo de 2013/14 a maioria dos alunos que frequentou o PLANO E eram do 7º ao 9º ano (52%), seguindo-se os de 10º/11º ano (27%). O serviço

Leia mais

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos

C A R T I L H A. - Recursos Humanos Cargos C A R T I L H A - Recursos Humanos Cargos Elaborada por: DIRPD Diretoria de Processamento de Dados Universidade Federal de Uberlândia Maio/2009 Apresentação Esta cartilha foi elaborada para auxiliar os

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PERFIL SOCIOECONÔMICO DOS ALUNOS INGRESSANTES CAMPUS BAGÉ 2014 Equipe Responsável: Alice M. Alves Técnica em Assuntos Educacionais Daviane A. de Azevedo Assistente

Leia mais

Modelagem de Processos de Negócio Aula 1- Apresentação do Curso Andréa Magalhães Magdaleno

Modelagem de Processos de Negócio Aula 1- Apresentação do Curso Andréa Magalhães Magdaleno Modelagem de Processos de Negócio Aula 1- Apresentação do Curso Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br 2016.01 Agenda Apresentações Escopo do curso Motivação Como será o curso? 2 APRESENTAÇÕES Apresentações

Leia mais

Sejam todos BEM-VINDOS! Palestra sobre orientações e geração do Sped Fiscal

Sejam todos BEM-VINDOS! Palestra sobre orientações e geração do Sped Fiscal Sejam todos BEM-VINDOS! Palestra sobre orientações e geração do Sped Fiscal Sistema de escrita fiscal e apuração de impostos SCI Visual Suprema Cliente x Empresa contábil x Governo Analisador Sped Fiscal

Leia mais

Fazendo Matemática...

Fazendo Matemática... Fazendo Matemática...... na MERCEARIA Uma pequena mercearia de bairro, uma feira, um mercado ou uma grande superfície, são locais privilegiados para neles se descobrir e fazer matemática é só questionar,

Leia mais

Reflexão do Curso 1ª Reflexão do Curso Técnico/a de Informática Sistemas Maria João Bastos

Reflexão do Curso 1ª Reflexão do Curso Técnico/a de Informática Sistemas Maria João Bastos 1ª Reflexão do Curso 18-02-2010 Técnico/a de Informática Sistemas Maria João Bastos Formação Base Cidadania e Profissionalidade Na nossa sociedade actual parece-me de extrema importância este tema ser

Leia mais

Galáxias. Chegou o momento de ser um verdadeiro astrónomo! Ana Rita Guerra

Galáxias. Chegou o momento de ser um verdadeiro astrónomo! Ana Rita Guerra Galáxias I Antes de iniciar a sua investigação, é necessário que tenha alguns pré-requisitos relativamente à utilização de um computador, tais como: ligar um sistema computacional; iniciar uma sessão de

Leia mais

Estilo Comportamental

Estilo Comportamental Estilo Comportamental Comunica-se de forma marcante, é persuasivo e encantador. Também é bom ouvinte, tem capacidade de improvisação e dificuldade em dizer não. A calma é uma das principais características.

Leia mais

O valor da legendagem para Surdos

O valor da legendagem para Surdos O valor da legendagem para Surdos Colóquio Caminhos Surdos Coimbra, 5 Junho 2004 josélia neves Um estudo sobre legendagem para Surdos um trabalho científico com implicações pessoais e humanas Valor da

Leia mais

Criando a tabela. Crie gráficos com mudança de cor em relação à meta. Este conteúdo faz parte da série: Excel Gráficos Ver 9 posts dessa série

Criando a tabela. Crie gráficos com mudança de cor em relação à meta. Este conteúdo faz parte da série: Excel Gráficos Ver 9 posts dessa série Este conteúdo faz parte da série: Excel Gráficos Ver 9 posts dessa série Existem vários recursos avançados no Excel que contribuem para uma melhor visualização dos dados em um gráfico. Neste artigo vamos

Leia mais

FICHA DE TRABALHO Identifica e descreve as áreas do editor do Scratch assinaladas com números.

FICHA DE TRABALHO Identifica e descreve as áreas do editor do Scratch assinaladas com números. fantastic Rui Montenegro Manuel Gomes 78 A 1. Identifica e descreve as áreas do editor do Scratch assinaladas com números. 1. 3. 4. 5. 2. 2. Na resposta a cada um dos itens seleciona a única opção correta.

Leia mais