1. Objetivos Breve Descrição PréRequisitos Instalação e Disponibilização da Funcionalidade Anexos...

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. Objetivos... 2. 2. Breve Descrição... 2. 3. PréRequisitos... 2. 4. Instalação e Disponibilização da Funcionalidade... 3. 4.6 Anexos..."

Transcrição

1 SETA DIGITAL SISTEMAS GERÊNCIAIS- SETAERP MANUAL NFE NOTA FISCAL ELETRÔNICA VERSÃO: 1.0 Sumário 1. Objetivos Breve Descrição PréRequisitos Instalação e Disponibilização da Funcionalidade Anexos Anexo I - Passos para implantação da Nota Fiscal Eletrônica Anexo II Perguntas Frequentes Links úteis... 29

2 1. Objetivos Os objetivos desse documento é orientar clientes, usuários e técnicos de suporte quanto à configuração e emissão de notas fiscais eletrônicas pelo sistema SetaERP, alem de levar a todos esses um maior entendimento dos conceitos técnicos e práticos que envolvem essa nova realidade. 2. Breve Descrição Conforme requisitos da SEFAZ, os clientes de determinados ramos de atividades são obrigados a emitir notas fiscais eletrônicas (NF-e), conforme o manual de integração disponível junto a Análise. Devida a complexidade do desenvolvimento e a urgência na disponibilização dessa funcionalidade, após algumas avaliações, decidimos utilizar uma aplicação para auxiliar na geração, assinatura, transmissão e gerenciamento das NF-e s. O sistema de geração e transmissão das NF-e s pelo SETAERP possui um nível de automação muito elevado, ficando transparente para o usuário toda a complexidade que envolve a emissão das Notas, entretanto isso não exime que nós, colaboradores, tenhamos conhecimento sobre os procedimentos e algumas regras que devem ser seguidas pelos clientes e também dentro do SETAERP. Para maior entendimento, o Anexo I desse documento possui um FAQ com as principais duvidas sobre Notas Fiscais Eletrônicas. Nota: Não deixe de ler os Anexos, eles esclarecem de forma muito clara e objetiva as principais duvidas de quem esta iniciando seus trabalhos com a NF-e. 3. PréRequisitos Abaixo estão listados os pré-requisitos para implantação e emissão da NF-e pelo SetaERP. SetaERP: Estar versão ou superior, devidamente configurado para emissão de NF-e. SetaERP: Ter a tabela cepcidades atualizada contendo os códigos do IBGE.

3 Cliente/Contador: Ter dado entrada na solicitação de emissão de NF-e (Modelo 55), junto a SEFAZ. Cliente: Possuir Certificado Digital A1 ou A3 devidamente instalado (vide tópico 3.2) no equipamento emissor de NF-e. Cliente/SetaERP: Ter o ACBRMonitor, versão CAPICOM, devidamente instalado e configurado no equipamento emissor de NF-e. 3.1 Disponibilidade dos arquivos Os arquivos para instalação dos Certificados Digitais e do ACBRMonitor estão disponíveis em nosso repositório de instaladores, na pasta: Repositorio\Instaladores\NFE 4. Instalação e Disponibilização da Funcionalidade 4.1 Instalação do Certificado Digital Para instalação do Certificado Digital no cliente, proceda da seguinte maneira: 1) Identifique o modelo do Certificado Digital, Caso: 2) Certificado fornecido pela SERASA - Modelo A3 Leitora Perto CCID a. Com o leitor desconectado da USB, copie o arquivo Repositorio\Instaladores\NFE\A3-Perto CCID\262.exe e instale no equipamento do cliente, seguindo os passos Proximo-Proximo-Fim. b. Site Serasa-Experian Downloads e atualizações 20(Cart%e3o,%20Leitora%20ou%20Token)/D102

4 3) Certificado fornecido pela CertiSign Modelo A3 Token - PenDrive a. Com o pendrive contendo o Certificado Digital desconectado do equipamento, copiar os arquivos da pasta Repositorio\Instaladores\NFE\A3-PenDrive e instalar conforme a ordem numérica dos mesmos. Segue: i. 1-capicom_dc_sdk.msi ii. 2-dotNetFx35setup.exe iii. 3-aiccertisign.exe b. Notas: i. O Assistente de Instalação Certisign (AIC) é uma ferramenta desenvolvida para auxiliar de maneira prática e eficaz a preparação do equipamento onde será utilizado o certificado digital Certisign. Ele instala os drivers dos hardwares criptográficos, hierarquias de certificação e gerenciadores criptográficos para o perfeito funcionamento do seu certificado. IMPORTANTE: para instalar, siga os passos abaixo. Caso você já possua o Capicom e o.net Framework instalados em seu Windows (componentes Microsoft), vá direto ao Passo III: c. Site Certisign Downloads e atualizações d. Nota Final Certifique-se de selecionar o modelo correto do dispositivo. Os instaladores são muito intuitivos e fáceis de executar, bastando atenção e talvez alguma pesquisa ou consulta a algum colaborador para realizar a tarefa de forma rápida e segura.

5 4.2 ACBRMonitor Para instalação do ACBRMonitor, siga os seguintes passos: 1) Instalando o ACBRMonitor Copie o arquivo Repositorio\Instaladores\NFE\ACBRMonitor\ACBrNFeMonitor-CAPICOM b-Windows-Instalador.exe para o equipamento emissor de NF-e execute o arquivo e siga os passos: Clique em Avançar

6 Selecione Eu aceito os termos do Contrato e clique em Avançar Importante: Mantenha o local sugerido para instalação e clique em Avançar Clique em Avançar

7 Clique novamente em Avançar Clique só mais uma vez em Avançar

8 Ta acabando, clique agora em Instalar Finalizando, clique em Concluir. Logo em seguida será aberto um TXT com um leia-me. Você pode fecha-lo em seguida, ou desmarcar a opção Visualizar Leia-me.txt na tela. Importante: Copie as DLLs da pasta DLLs\Capicom (capicom.dll, msxml5.dll e msxml5r.dll) e as DLLs da pasta DLLs\OpenSSL\(libeay32.dll,ssleay32.dll) para

9 a pasta Windows\System32 ou equivalente no SO, Vá ao botão Iniciar do Windows - Executar e execute os seguinte comandos: regsvr32 capicom.dll regsvr32 msxml5.dll 2) Configurando o ACBRMonitor Após instalado, o ACBRMonitor adiciona um aplicativo na área de inicialização rápida do Windows, que faz com qua e a cada vez que a maquina seja inicializada esse aplicativo fique disponível no TrayIcon (Bandeja de Icones) do Windows. Ao clicar com o botão direito sobre o Icone do ACBRMonitor, um pequeno menu é aberto com as opções Restaurar, Ocultar e Encerrar Monitor. Para configurar o ACBRMonitor, clique em Restaurar. Tela Principal do ACBRMonitor Para realizar as configurações, clique no botão Configurar

10 Configurando a Pagina Monitor Defina o local e nome dos arquivos de Entrada e Saida das NFe s conforme indicado acima: - Marque a opção Arquivo TXT - Entrada: C:\SETAARQUIVOS\NFE.TXT - Saida: C:\SETAARQUIVOS\SAI.TXT

11 Configurando a Pagina Certificado/Software House Preencha o nome da Software House conforme a imagem acima. Clique no Icone a direita do campo Número de Série, nesse momento, caso o certificado digital esteja devidamente instalado, será aberta a seguinte tela. Confirme os dados do cliente e clique em Ok

12 Por fim, digite a senha do Certificado Digital. o Nota: Muito cuidado com a senha do Certificado Digital, pois conforme já vimos, o Certificado Digital é um documento valido, e pode ser utilizado para assinar documentos digitais de diversos âmbitos. Se possível, peça para o usuário responsável digitar a senha.

13 Configurando a Pagina Web Service - Selecione o Estado do Cliente emissor da NFE e o Ambiente de Destino* - Marque a opção Salvar Arquivos de Envio e Resposta, apontando o caminho para C:\ACBrNFeMonitor\Logs - Selecione a Forma de Emissão. o Nota: * Atenção para o ambiente de Destino. É obrigatório que sejam emitidas diversas notas em ambiente de homologação (definido pelo contador do cliente) antes de por a o sistema em ambiente de produção. Certifique-se de que as mesmas foram devidamente emitidas e autorizadas antes da alterar essa opção

14 Configurando a pagina A cada nota emitida é possível que seja enviado ao cliente um contendo o PDF da Danfe e o XML da nota fiscal. Para isso, devemos configurar a conta do cliente com um servidor SMTP valido, usuário e senha.

15 Configurando a Impressora Padrão, pagina DANFE Selecione a impressora padrão para impressão da DANFE.

16 Finalizando, a pagina Testes Após finalizadas as configurações, clique no botão Status Serviço. Caso a mensagem retornada seja a exibida acima, todas as configurações estão prontas e o SETARP pode ser configurado. Ao final, clique em Salvar, e em seguida em Minimizar. O ACBRMonitor será novamente colocado na bandeja do Windows.

17 4.3 Preparando o SETAERP Para disponibilizar a emissão de NF-e no SETARP, devemos realizar algumas configurações, sendo elas: 4.4 Configurações globais e de tabela Config A opção Nota Fiscal Eletrônica deve estar marcada. A série da Nota Fiscal deve ser identificada junto ao contador. Normalmente esse numero é 0 (zero). Banco de dados: o Tabela NewId: Adicionado um novo registro, chamado: NFELote, que é o contador sequencial dos lotes gerados para transmissão das NF-e s. o Tabela NFRegistro, foram adicionados os seguintes campos: NFELote: Registra o numero do lote da respectiva NF-e. NFEAutorizada: Flag que indica se a NF-e foi autorizada pela SEFAZ.

18 NFEXml: Armazena o XML Gerado para transmissão da NFe. NFEChave: Armazena a Chave (id), da NF-e. Obrigatório para consultas, cancelamentos, etc... NFERecibo: Armazena o numero do recibo de entrega da NF-e pelo servidor da SEFAZ. 4.5 Novas Funcionalidades Essas as duas novas telas disponíveis no SETAERP responsáveis pelo gerenciamento das Notas Fiscais Eletronicas Tela de Log de Transmissão de NF-e

19 4.5.2 Tela de Manutenção de NF-e

20 4.6 Anexos Anexo I - Passos para implantação da Nota Fiscal Eletrônica Esse guia objetiva abordar de uma forma prática e direta os principais passos a serem percorridos pelas empresas que, obrigadas ou não, deverão substituir a nota fiscal modelo 1 e 1A pela Nota Fiscal Eletrônica. Esse guia é uma simples referência e não substitui a Legislação em vigor. Maiores detalhes você devera consultar o site da SEFAZ do Paraná (http://www.fazenda.pr.gov.br) ou no Portal Nacional da Nota Fiscal Eletrônica (http://www.nfe.fazenda.gov.br). PASSO 1: Obrigatoriedade Somente seu contador poderá informar se a sua empresa está obrigada ou não a substituir as tradicionais notas (em bloco ou formulário contínuo) pela Nota Fiscal Eletrônica. Fale com ele e tire suas dúvidas. No estado do Paraná, a Receita faz uma espécie de marcação nos CNPJ s obrigados. Seu contador deve entrar na AR.internet e verificar qual a situação da sua empresa. Importante e não possuem qualquer Empresas optantes pelo Simples Nacional estão sujeitas a obrigatoriedade r tipo de tratamento diferenciado com relação à Nota Fiscal Eletrônica. PASSO 2: Certificado Digital Dentre os pré-requisitos para ser um emissor de NF-e, destacamos os seguintes: Possuir acesso à Internet; Possuir um sistema emissor de NFe; Possuir certificado digital no padrão ICP-Brasil; Com certificado digital você assina documentos digitais. Comparando, é como se fosse a Carteira de Identidade da sua empresa. Com ele é possível garantir a segurança, a autenticidade e o sigilo das comunicações e dos dados transmitidos por meio eletrônico.

21 Existem dois tipos de certificados digitais, o A1 e o A3. A diferença entre eles é somente a mídia em que estão armazenados: o A1 é um arquivo que fica no computador enquanto o A3 fica num dispositivo portátil, como um cartão com um chip, por exemplo. Ambos fazem a mesma coisa, porém o certificado do tipo A1 (peça por e-cnpj para NF-e) é, na maioria das vezes, mais adequado para as empresas. Existem várias entidades que vendem esse tipo de certificado. O preço do A1 é mais barato, atualmente um certificado com validade de um ano está entre R$ 160,00 a R$ 250,00. Para realizar a compra, geralmente são necessários os seguintes documentos: Documentos da empresa: Um cartão de CNPJ, impresso pelo site da receita no dia da validação; Cópia simples legível do Contrato social com as alterações, tendo uma consolidada, pode ser a consolidada ate a ultima alteração; Importante: Verificar na ultima alteração a clausula administração, quem assina pela empresa, se é ISOLADAMENTE ou em conjunto, se houver mais de um administrador no contrato os dois devem de ir na data de validação do mesmo (se estiver especificado que será em CONJUNTO a assinatura). Documentos do Representante Legal: Cópia simples legível do CPF e RG; Cópia colorida legível da CNH - carteira de habilitação; onde a mesma não esteja vencida, ou uma foto 3X4 recente; Cópia simples legível do Comprovante de residência (água, luz ou telefone fixo), de no máximo 3 (três) meses no nome do titular do certificado. Se não houver comprovante no nome do titular, o mesmo preenche no ato da validação uma declaração de domicilio; No caso de Mulher, verificar se os documentos estão todos como casada, caso contrario, trazer cópia simples legível da certidão de casamento. Em algumas situações, é necessário fazer alteração junto a Receita para em seguida emitir o certificado digital.

22 Importante: Verifique com seu contador qual entidade ele sugere você adquirir seu certificado digital e quais documentos são necessários, tanto da empresa quanto do representante legal; Os documentos descritos acima são os costumeiramente pedidos, porém essa relação pode sofrer alterações dependendo de cada certificadora; Na ocasião da validação do certificado, leve os originais e as cópias. PASSO 3: Requerimento e Homologação Técnica Nesse ponto do processo, o contador entra no Portal de Serviços da Ar.internet e faz um requerimento que na prática representa a formalização pelo contribuinte de solicitação para emitir NFe. Esse requerimento é apenas virtual. Nesse requerimento o contador deve informar o número máximo de notas possivelmente emitidas pela empresa num dia (pico diário) e a equipe técnica que será responsável pela implantação do processo. Importante: Após a confirmação do Requerimento, os estabelecimentos da empresa já estarão automaticamente habilitados a iniciar os testes de Homologação Técnica. Pergunta: O que são exatamente os testes de Homologação Técnica? Resposta: são os testes mínimos que devem ser feitos objetivando testar o processo de emissão de NF-e. Você deve realizar no mínimo: Emissão de NF-e em quantidade correspondente ao pico diário de emissão de emissão; Cancelamentos de NF-e em quantidade correspondente a um décimo do pico diário de emissão Inutilizações de Numeração de NF-e em quantidade correspondente a um décimo do pico diário de emissão.

23 É recomendável realizar outros testes relacionados a sistemática da NF-e, além dos mínimos requeridos. Importante: as notas fiscais eletrônicas transmitidas para o ambiente de homologação da receita NÃO possuem validade jurídica. Quando finalizam os testes de Homologação Técnica seu contador deve emitir outro documento virtual, no portal da AR.internet, chamado Declaração de Conformidade. Nesse documento, basicamente, dizemos que estamos em total conformidade com as especificações e já podemos emitir NF-e em ambiente de produção. Quando esse documento for emitido o status do contribuinte passa de Em Homologação para Homologado. PASSO 4: Parte final do credenciamento O fato de o contribuinte estar Homologado não significa que ele está Autorizado e que o estabelecimento já pode iniciar a emissão de NF-e em ambiente de produção (NF-e com validade jurídica). Geralmente o contador, nesse momento, leva até a Delegacia da Receita três documentos: 1. Pedido/Comunicação de Uso de Sistema de Processamento de Dados (em três vias, assinadas pelo representante da empresa, com assinatura reconhecida em cartório); 2. Declaração de Utilização de Sistema (em três vias, assinadas pelo representante da empresa e pelo fornecedor do sistema, com as assinaturas reconhecidas em cartório); 3. Cópia da Ficha de Credenciamento de Fornecedor e Termo de Responsabilidade do Sistema (credencial do fornecedor do sistema emissor de NF-e). Esse pedido deve contemplar a finalidade 55 (NF-e) e deve ser deferido pela SEFAZ. Dessa forma, o contribuinte passa do status Homologado para Autorizado.

24 Importante: Antes de a SEFAZ conceder o status de Autorizado para um contribuinte é verificado se existe alguma pendência para aquele CNPJ: caso seja encontrada alguma o contribuinte deve sanar tal pendência para somente então obter a autorização. Exemplos de impedimento são dívidas com o fisco estadual ou pendências relacionadas a registros do SINTEGRA; A SEFAZ também verifica o CPF dos sócios, cujos nomes estão no contrato social da empresa. Da mesma forma, caso seja encontrada alguma pendência a nível estadual para a pessoa física do sócio, esse deve resolver antes de obter a autorização. Exemplos desse tipo de impedimento são IPVA atrasados;

25 4.6.2 Anexo II Perguntas Frequentes O que é NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) como sendo um novo modelo de documento fiscal em formato digital, assinado eletronicamente pela empresa emissora e que substitui as tradicionais notas fiscais tipos 1 e 1A. A validade é jurídica e garantida por meio de assinatura com Certificado Digital. A NF-e substitui o documento impresso, sendo necessário apenas o armazenamento eletrônico para controle e referências futuras Como Funciona a NF-e? De maneira simplificada, a empresa emissora de NF-e gerará um arquivo eletrônico contendo as informações fiscais da operação comercial, o qual deverá ser assinado digitalmente, de maneira a garantir a integridade dos dados e a autoria do emissor. Este arquivo eletrônico, que corresponderá à Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), será então transmitido pela Internet para a Secretaria da Fazenda de jurisdição do contribuinte que fará uma pré-validação do arquivo e devolverá um protocolo de recebimento (Autorização de Uso), sem o qual não poderá haver o trânsito da mercadoria. A NF-e também será transmitida para a Receita Federal, que será repositório nacional de todas as NF-e emitidas (Ambiente Nacional) e, no caso de operação interestadual, para a Secretaria de Fazenda de destino da operação e Suframa, no caso de mercadorias destinadas às áreas incentivadas. As Secretarias de Fazenda e a RFB (Ambiente Nacional), disponibilizarão consulta, através da Internet, para o destinatário e outros legítimos interessados, que detenham a chave de acesso do documento eletrônico. Para acompanhar o trânsito da mercadoria será impressa uma representação gráfica simplificada da Nota Fiscal Eletrônica, intitulado DANFE (Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica), em papel comum, em única via, que conterá impressa, em destaque, a chave de acesso para consulta da NF-e na Internet e um código de barras bi-dimensional que facilitará a captura e a confirmação de informações da NF-e pelas unidades fiscais. O DANFE não é uma nota fiscal, nem substitui uma nota fiscal, servindo apenas como instrumento auxiliar para consulta da NF-e, pois contém a chave de acesso

26 da NF-e, que permite ao detentor desse documento confirmar a efetiva existência da NF-e através do Ambiente Nacional (RFB) ou site da SEFAZ na Internet. O contribuinte destinatário, não emissor de NF-e, poderá escriturar os dados contidos no DANFE para a escrituração da NF-e, sendo que sua validade ficará vinculada à efetiva existência da NF-e nos arquivos das administrações tributárias envolvidas no processo, comprovada através da emissão da Autorização de Uso. O contribuinte emitente da NF-e, realizará a escrituração a partir das NF-e emitidas e recebidas Benefícios O Projeto NF-e instituirá mudanças significativas no processo de emissão e gestão das informações fiscais, trazendo grandes benefícios para os contribuintes e as administrações tributárias, conforme descrito a seguir: Benefícios para o Contribuinte Vendedor (Emissor da NF-e) Redução de custos de impressão; Redução de custos de aquisição de papel; Redução de custos de envio do documento fiscal; Redução de custos de armazenagem de documentos fiscais; Simplificação de obrigações acessórias, como dispensa de AIDF; Redução de tempo de parada de caminhões em Postos Fiscais de Fronteira; Incentivo a uso de relacionamentos eletrônicos com clientes (B2B); Benefícios para o Contribuinte Comprador (Receptor da NF-e) Eliminação de digitação de notas fiscais na recepção de mercadorias; Planejamento de logística de entrega pela recepção antecipada da informação da NF-e; Redução de erros de escrituração devido a erros de digitação de notas fiscais; Incentivo ao uso de relacionamentos eletrônicos com fornecedores (B2B); Benefícios para a Sociedade Redução do consumo de papel, com impacto positivo no meio ambiente; Incentivo ao comércio eletrônico e ao uso de novas tecnologias; Padronização dos relacionamentos eletrônicos entre empresas; Surgimento de oportunidades de negócios e empregos na prestação de serviços ligados à Nota Fiscal Eletrônica. Benefícios para as Administrações Tributárias Aumento na confiabilidade da Nota Fiscal; Melhoria no processo de controle fiscal, possibilitando um melhor intercâmbio e compartilhamento de informações entre os fiscos; Redução de custos no processo de controle das notas fiscais capturadas pela fiscalização

27 de mercadorias em trânsito; Diminuição da sonegação e aumento da arrecadação; Suporte aos projetos de escrituração eletrônica contábil e fiscal da Secretaria da RFB (Sistema Público de Escrituração Digital SPED) O que é Certificado Digital? O certificado digital é um documento eletrônico que contém informações que identificam uma pessoa, uma máquina ou uma instituição na Internet. Para fazer isso, ele usa um software como intermediário - pode ser o navegador, o cliente de ou outro programa qualquer que reconheça essa informação. O certificado digital é emitido a pessoas físicas (cidadão comum) e jurídicas (empresas ou municípios), equipamentos e aplicações. A emissão é feita por uma entidade considerada confiável, chamada Autoridade Certificadora. Alguns exemplos de Autoridades Certificadoras Certisign e Verisign. Empresas terceiras podem realizar a venda desses certificados, as mais comuns são a Serasa, CEF e Cescap Como obter um Certificado Digital? Obter um certificado digital é simples. Basta fazer o pedido no site da Autoridade Certificadora e comparecer a um posto da Autoridade de Registrocredenciada para realizar a autenticação presencial. O comparecimento no posto da AR é a única relação física no caminho do certificado. Veja o caminho da certificação: 1. Faça o pedido no site de uma Autoridade Certificadora (veja abaixo o link com as certificadoras autorizadas pela receita federal), preenchendo um formulário com seus dados de pessoa física ou jurídica. Se a escolha recair sobre um certificado do tipo A3, é necessário, antes da solicitação, adquirir um dispositivo de armazenamento (token ou cartão inteligente) e instalar o driver desse dispositivo no computador. Quando você faz o pedido, são gerados uma senha e um par de chaves. A chave pública é enviada à autoridade certificadora e servirá para identificá-lo em todos os processos relacionados ao certificado, durante o período de validade. Memorize a senha escolhida. Você vai precisar dela para instalar o certificado. 2. Após efetuar a solicitação, imprima 3 cópias do termo de titularidade que é gerado automaticamente na última página do processo de solicitação 3. Escolha uma das formas de pagamento e, de posse do comprovante de pedido/pagamento, dirija-se ao posto da Autoridade de Registro credenciada pela Autoridade Certificadora escolhida, levando duas cópias da documentação exigida e as três cópias do Termo de Titularidade. O termo de titularidade só

28 deverá ser assinado na presença do Agente Registrador, no posto da Autoridade de Registro. O comparecimento no posto da AR é a única relação física no caminho do certificado. Todas as outras transações são realizadas no mundo virtual. É nesta etapa que você receberá sua chave privada, que é pessoal e intransferível. 4. Instale o certificado digital no seu computador, seguindo as orientações do Agente de Registro (variam de acordo com o tipo de certificado) Minha empresa é obrigada a emitir NF-e? Normalmente essa informação é dada pelo contador, porem acessando o endereço podemos ver uma listagem de todos os ramos de atividade e também os prazos limites para iniciar a emissão de NF-e O que é Contingência? O modo de contingência do NF-e é usado situações quando o ambiente da SEFAZ do seu Estado encontra-se inoperante (Contingência SCAN). Contingência SCAN Esporadicamente, os servidores da Secretaria da Fazenda podem permanecer inoperantes por um período de tempo indeterminado. Quando isso ocorre, o envio das notas fiscais pode ser feito através de um sistema de contingência: o SCAN (Sistema de Contingência do Ambiente Nacional). O SCAN é a modalidade de contingência eletrônica que permite que o emissor possa transmitir as NF-e para o Ambiente Nacional administrado pela Receita Federal do Brasil. A contingência é ativada pela Secretaria da Fazenda de origem, ou seja, o SCAN só assume a recepção e autorização das NF-e se ativado pela Secretaria da Fazenda da origem, significando dizer que o uso do SCAN não é uma opção do emissor. Você pode habilitar a modalidade de contingência do Hábil NF-e acessando a opção Configurações (F3) e escolhendo a opção Contingência SCAN no campo Forma Emissão. Clique no botão Salvar Configurações para confirmar a alteração.

29 5. Links úteis Consulta das autoridades certificadoras liberadas pela receita federal: Perguntas mais frequentes sobre certificado digital: 7 Passos Fundamentais para Implantação da Nota Fiscal Eletrônica: Um exemplo de contingência para pequenas empresas Obrigatoriedade da NF-e: Links das perguntas e respostas mais frequentes sobre NF-e: Formulário de Segurança

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Tópicos Avançados II 5º período Professor: José Maurício S. Pinheiro AULA 5: Certificado Digital e Nota

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Volume 4

Nota Fiscal Eletrônica Volume 4 Brasil Nota Fiscal Eletrônica Volume 4 Nota Fiscal Eletrônica A Nota Fiscal Eletrônica já é uma realidade e uma tecnologia conhecida. Mas o projeto é contínuo, sempre com novidades. Uma delas é a maximização

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial.

A Nota Fiscal Eletrônica proporciona benefícios a todos os envolvidos em uma transação comercial. O QUE É A NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-E? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar,

Leia mais

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7

OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 OASyS Informática Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0.7 Manual desenvolvido pela OASyS Informática, baseado na versão 2.0 da Nota Fiscal Eletrônica do SEFAZ. 1 Manual da Nota Fiscal Eletrônica 2.0 Título

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica

Nota Fiscal Eletrônica Nota Fiscal Eletrônica NF-e - Considerações 3,6 bilhões de notas fiscais armazenadas só em SP 26000 campos de futebol 27 voltas ao redor do mundo Podem representar um custo de até 5% no faturamento das

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda

Megasale NFe. 2013 Aob Software Informatica ltda 2 Tabela de Conteúdo Nota Fiscal Eletrônica 3 1 Tela de... Acesso 4 Digitalizando o Pedido 4 1 Preenchendo... o Item 6 2 Recebimento... A Vista 7 3 Recebimento... A Prazo 7 Gerando Proposta Comercial Emissão

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA

Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Nota Fiscal Eletrônica NOTA FISCAL ELETRÔNICA Sistema Tributário Brasileiro (1967) Obrigações acessórias em excesso, muitas vezes redundantes Verificação Fiscal complexa e trabalhosa Altos custos com emissão,

Leia mais

Como se Tornar Emissor de NF-e

Como se Tornar Emissor de NF-e SEFAZ-BA Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia Como se Tornar Emissor de NF-e Manual Versão 1.9 Salvador - Ba, novembro de 2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO...3 2. NF-E INFORMAÇÕES GERAIS...3 2.1. PROJETO

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS

NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS NOTA FISCAL ELETRÔNICA PARA LEIGOS ÍNDICE 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

nota fiscal eletrônica para leigos

nota fiscal eletrônica para leigos nota fiscal eletrônica para leigos índice 03 Capítulo 0 Introdução 04 Capítulo 1 O que é Nota Fiscal Eletrônica? 05 Capítulo 2 Quais são os tipos de Nota Fiscal Eletrônica? 07 14 15 Capítulo 3 Quais as

Leia mais

Copyrigth 2011. ERSystem Sistemas de Informações e Tecnologia. Todos Direitos Reservados. visite nosso site www.ersystem.com.

Copyrigth 2011. ERSystem Sistemas de Informações e Tecnologia. Todos Direitos Reservados. visite nosso site www.ersystem.com. Manual do CT-e. (Conhecimento de Transporte Eletrônico) no SistranNet 3.0 Página 1 Índice Introdução 03 Conceitos do CT-e 04 Histórico do documento fiscal eletrônico 05 Descrição Simplificada do Modelo

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Módulo Comercial. NF-e Nacional

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Módulo Comercial. NF-e Nacional Módulo Comercial NF-e Nacional Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Comercial NF-e Nacional. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no todo ou em partes

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

e-nota NFC-e Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Versão Gratuita

e-nota NFC-e Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Versão Gratuita Página1 e-nota NFC-e Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Versão Gratuita Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é NFC-e?... 03 2. Safeweb enota NFC-e... 04 3. Credenciamento

Leia mais

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ

5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 5ª Delegacia Regional da Receita Guarapuava PR ALTAIR BATISTA DE SOUZA JOSÉ CLODOALDO MUNHOZ 1. O QUE É NF-e? 2. OBJETIVO DA NF-e 3. LEGISLAÇÃO 4. CONTRIBUINTES OBRIGATÓRIOS 5. ADESÃO VOLUNTÁRIA 6. NECESSIDADES

Leia mais

e-nota NFC-e PR Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Versão Gratuita - Paraná

e-nota NFC-e PR Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Versão Gratuita - Paraná Página1 e-nota NFC-e PR Nota Fiscal de Consumidor eletrônica Versão Gratuita - Paraná Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é NFC-e?... 03 2. Safeweb enota NFC-e

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2015 PROCESSO DE BAIXA Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte - e-cac) 1 Como visto anteriormente sobre o processo de baixa de empresa, o procedimento inicial diante

Leia mais

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA

MÓDULO DE NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Introdução... 2 Requisitos para Utilização do Módulo NF-e... 2 Termo de Responsabilidade... 2 Certificados... 2 Criação de Séries... 2 Framework... 3 Teste de Comunicação...

Leia mais

Módulo NF-e. Manual de Utilização

Módulo NF-e. Manual de Utilização Módulo NF-e Manual de Utilização 1 Conteúdo Passo-a-passo para emissão de NF-e... 3 1. Obtendo seu Certificado Digital... 3 2. Registrando-se na Secretaria da Fazenda para Homologação (testes)... 4 3.

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

Introdução. Benefícios para todos

Introdução. Benefícios para todos Introdução Esta cartilha tem a finalidade de guiar as empresas na implantação da Nota Fiscal Eletrônica e demonstrar as facilidades e vantagens do sistema para o contribuinte e para a sociedade A Nota

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Instalação da Aplicação Java...2 Instalação do Emissor...5 Instalação do Framework...7 Instalação das DLL s URL, SCHEMAS, CADEIA DE CERTIFICADO

Leia mais

RESUMO ESPANDIDO QUALITATIVO NOTA FISCAL ELETRÔNICA: MUDANÇAS E REPERCUSSÕES PARA EMPRESAS E ÓRGÃOS FISCALIZADORES

RESUMO ESPANDIDO QUALITATIVO NOTA FISCAL ELETRÔNICA: MUDANÇAS E REPERCUSSÕES PARA EMPRESAS E ÓRGÃOS FISCALIZADORES RESUMO ESPANDIDO QUALITATIVO NOTA FISCAL ELETRÔNICA: MUDANÇAS E REPERCUSSÕES PARA EMPRESAS E ÓRGÃOS FISCALIZADORES Anilton ROCHA SILVA, Carina VIAL DE CANUTO, Carolina CLIVIAN PEREIRA XAVIER, Débora LORAINE

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3 Manual de instalação Certificado Digital A3 ou S3 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª Execute o CD de

Leia mais

Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas

Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas Tutorial de Notas Fiscais Eletrônicas Geração e transmissão de NF-e Após preencher os dados da nota fiscal, se não houver alguma informação faltando, o sistema sugere a geração do arquivo texto necessário

Leia mais

A seguir falaremos sobre os campos que deverão ser preenchidos no Shop Control 8.

A seguir falaremos sobre os campos que deverão ser preenchidos no Shop Control 8. Nota Fiscal Eletrônica Este módulo permite a integração do Shop Control 8 com o site da Secretaria da Fazenda dos Estados e Receita Federal para emitir a Nota Fiscal Eletrônica (NFe) : Este módulo é exclusivo

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito Federal e o

Leia mais

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA GUIA PARA EMITIR A NOTA FISCAL ELETRÔNICA SUMÁRIO >> Introdução... 3 >> O que é a nota fiscal eletrônica?... 6 >> O que muda com esse novo modelo de documento fiscal?... 8 >> O DANFE - Documento Acessório

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3

Manual de. instalação. Certificado Digital A3 ou S3 Manual de instalação Certificado Digital A3 ou S3 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª configuração: Hierarquias

Leia mais

Manual de. instalação. Certificado Digital A1 ou S1

Manual de. instalação. Certificado Digital A1 ou S1 Manual de instalação Certificado Digital A1 ou S1 Sumário O que é? 3 Aplicação 3 Preparando sua máquina 4 1ª configuração: Sistemas Homologados 4 2ª configuração: Perfil de usuário 4 3ª configuração: Hierarquias

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA 1. Comprei mercadoria com NF-e denegada. Qual o procedimento para regularizar essa situação? Resposta: Preliminarmente, temos que esclarecer o que é uma NF-e Denegada:, A Denegação

Leia mais

MANUAL PARA CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PARA EMISSÃO DE NF-e

MANUAL PARA CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PARA EMISSÃO DE NF-e MANUAL PARA CREDENCIAMENTO DE ESTABELECIMENTOS PARA EMISSÃO DE NF-e Este documento tem por objetivo orientar a etapa de Credenciamento para emissão de Nota Fiscal eletrônica (NF-e) por contribuintes paranaenses.

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Cartilha NF-e Nota Fiscal Eletrônica Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Este documento descreve as obrigações e procedimentos no manuseio de NFNF e Nota Fiscal Eletrônica. Conteúdo 1. Introdução...

Leia mais

Ao Salvar a Nota Fiscal, um dos botões que se tornam ativos é o que comanda a rotina de Emissão da NFe Nota fiscal Eletrônica:

Ao Salvar a Nota Fiscal, um dos botões que se tornam ativos é o que comanda a rotina de Emissão da NFe Nota fiscal Eletrônica: Rotinas para Nota Fiscal Eletrônica Considerações... Ao Salvar a Nota Fiscal, um dos botões que se tornam ativos é o que comanda a rotina de Emissão da NFe Nota fiscal Eletrônica: Clicando neste surge

Leia mais

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br

Geraldo Scheibler. Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Geraldo Scheibler Equipe da NF-e no RS nfe@sefaz.rs.gov.br Escrituração Contábil Digital Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica Sistema Público de Escrituração Digital - SPED SPED Subprojetos

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e

NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e NOTA FISCAL ELETRÔNICA - NF-e Informações Gerais 1. O que é a Nota Fiscal Eletrônica NF-e? Podemos conceituar a Nota Fiscal Eletrônica como sendo um documento de existência

Leia mais

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0

Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Cartilha CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico Vale Fertilizantes Janeiro / 2012 Versão 1.0 Este documento descreve as Conhecimento de Transporte Eletrônicos Conteúdo 1. Introdução... 3 2. Papeis

Leia mais

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos...

Índice APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 CADASTROS... 8 PRINCIPAL... 15 NOTAS FISCAIS... 16 2.1. Primeiros Passos... Índice 1. 2. 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. 2.5. 2.6. 3. 3.1. 3.2. 3.3. 3.4. 3.5. 3.6. 3.7. 3.8. 4. 5. 5.1. 5.2. 5.3. APRESENTAÇÃO... 1 CONFIGURAÇÕES DO SAGE ONE... 2 Primeiros Passos... 2 Minha Empresa... 3 Certificado

Leia mais

NFe Nota Fiscal Eletrônica. Helder da Silva Andrade

NFe Nota Fiscal Eletrônica. Helder da Silva Andrade Nota Fiscal Eletrônica Helder da Silva Andrade 23/08/2010 SPED SUBSISTEMAS Escrituração Contábil Digital EFD ECD Escrituração Fiscal Digital Nota Fiscal Eletrônica CTe Conhecimento Transporte Eletrônico

Leia mais

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos

Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos. Luiz Campos Fundamentos da NF-e Exercícios Práticos Luiz Campos 1 Livro de Apuração do IPI - CFOP CFOP DESCRIÇÃO 1.000 ENTRADAS OU AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS DO ESTADO 1.100 COMPRAS PARA INDUSTRIALIZAÇÃO, PRODUÇÃO RURAL,

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA

NOTA FISCAL ELETRÔNICA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Instalação do certificado digital Para cada empresa certificadora existe um manual de instalação. Antes de emitir o certificado no cliente, leia atentamente as instruções do manual.

Leia mais

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER

Manual de Instruções. Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER 1 Manual de Instruções Programa para Baixar Arquivos XML XML CONQUER Sumário Apresentação:... 2 Exigência para funcionalidade do software:... 3 Instalação:... 4 Utilização... 5 Menu NFE/CTE XML... 7 XML

Leia mais

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009

SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Maio/ 2009 SPED NOTA FISCAL ELETRÔNICA Maio/ 2009 NFe - Objetivo Alteração da sistemática atual de emissão da nota fiscal em papel, por nota fiscal de existência apenas eletrônica. NFs Modelos 1 e 1A NFe - Conceito

Leia mais

Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Manual do módulo Hábil NFC-e Emissor de Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica Hábil Empresarial 2014 by Ltda (0xx46) 3225-6234 I Hábil Empresarial NFC-e Índice 1 Cap. I Introdução 1 O que é... o Hábil NFC-e

Leia mais

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos Página1 e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais Eletrônicos Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é o e-nota R?... 03 2. Configurações e Requisitos...

Leia mais

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7)

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Introdução Desde abril de 2008 a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) se tornou obrigatória para diversos setores da economia nacional. A cada 6 meses,

Leia mais

MANUAL SIMPLIFICADO Versão 1.3 (08/02/2014)

MANUAL SIMPLIFICADO Versão 1.3 (08/02/2014) MANUAL SIMPLIFICADO Versão 1.3 (08/02/2014) www.tiranota.com.br para empresas optantes do SIMPLES NACIONAL By Luiz Resende www.acontabilidade.com.br LEGENDA Algumas siglas usadas neste manual NFE = Nota

Leia mais

NF-e e seu impacto prático

NF-e e seu impacto prático NF-e e seu impacto prático Apresentação e Conceito SPED Instituído pelo Decreto n º 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o projeto do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Manual de Utilização Versão 3.10 Sumário 1 Funções do Emissor... 3 1.1 Aba Inicial... 4 1.2 Aba Sistema... 5 1.2.1 Mensagem Sistema... 5 1.2.2 Extras... 6 1.2.3 Contingência... 6 1.2.4 Execução... 7 1.3

Leia mais

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica

e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota C Consulta de Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por Informática Educativa Página2 Índice Nota Fiscal eletrônica... 03 Safeweb e-nota C... 04 Documentos eletrônicos... 08

Leia mais

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O

Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Roteiro de Instalação da NF-e no Sistema CalcExpress S U M À R I O Procedimentos de Configuração no CalcExpress....2 Procedimentos de Configuração no Emissor de Nota Fiscal Eletrônica...3 Gerando Arquivo

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. NF-e e NFS-e

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM http://www.t2ti.com Projeto T2Ti ERP 2.0. Bloco Comercial. NF-e e NFS-e Bloco Comercial NF-e e NFS-e Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre os Módulos NF-e e NFS-e, que fazem parte do Bloco Comercial. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas

Leia mais

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA

MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MANUAL DE IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO NOTA FISCAL ELETRONICA MARKANTY INFORMÁTICA Sistemas para Automação Comercial Gestão Empresarial e Fábrica de Software (Específicos) Princípios de nossos Profissionais:

Leia mais

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos

e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos Página1 e-nota R Sistema de Emissão de Documentos Fiscais eletrônicos Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é o e-nota R?... 03 2. Configurações e Requisitos...

Leia mais

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015

jfisc al Versão 3.0 - Fevereiro/2015 jfiscal Versão 3.0 - Fevereiro/2015 Índice 1 INTRODUÇÃO E VISÃO GERAL... 1 2 INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INICIAL DO JFISCAL... 2 2.1 Download... 3 2.2 Instalação do jfiscal... 3 3 ADQUIRIR UMA LICENÇA DO

Leia mais

Cartilha CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico

Cartilha CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico Cartilha CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico Introdução Esta cartilha tem o objetivo de orientar o contribuinte a implantar o sistema de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) em sua empresa

Leia mais

MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Guia do utilizador

MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA. Guia do utilizador MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA Guia do utilizador Índice MANUAL DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 4 INTRODUÇÃO AO MANUAL... 5 FERRAMENTAS... 6 01 - Atualizar CEP... 7 02 - Corrigir Cadastros... 8 Produtos...

Leia mais

Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora?

Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora? Comprei mercadoria com NF-e denegada. E agora? Tomei conhecimento de um caso bastante comum sobre a Nota Fiscal Eletrônica. Um contador amigo enviou-me seguinte pergunta: Meu cliente recebeu uma mercadoria

Leia mais

Manual de Utilização. Versão 1.0.0

Manual de Utilização. Versão 1.0.0 Manual de Utilização Versão 1.0.0 Sumário 1 Funções do Emissor... 3 1.1 Aba Sistema... 4 1.2 Aba Certificados... 4 1.3 Aba Recebimento de E-mail... 5 1.4 Aba Saída de Dados... 6 1.5 Aba Proxy... 7 1.6

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009

MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009 Simplificando processos, Dinamizando negócios OOBJ-NF-E/CT-E MANUAL DE INSTALAÇÃO NF-e CONNECT - Versão 7 - Outubro/2009 E-Sales Soluções de integração Avenida França, 1162 Porto Alegre, RS Fone: (51)

Leia mais

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010

Vinicius Pimentel de Freitas. Julho de 2010 Nota Fiscal Eletrônica no Rio Grande do Sul Vinicius Pimentel de Freitas Julho de 2010 SPED ECD EFD NF-e CT-e MC-e NFS-e... Contextualizando: Documentos Fiscais Eletrônicos no Brasil Comunicações e Energia

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA. Acesso ao Sistema - Pessoa Física ELETRÔNICA - NFS-e NOTA CARIOCA Acesso ao Sistema - Pessoa Física Página 2 de 36 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES GERAIS... 4 1.1. DEFINIÇÃO... 4 2. REGRAS PARA CADASTRAMENTO... 5 3. SENHA WEB... 6

Leia mais

Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e

Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e Conhecimento de Transporte Eletrônico - CT-e O que é O Conhecimento de Transporte eletrônico (CT-e) é o novo modelo de documento fiscal eletrônico, instituído pelo AJUSTE SINIEF 09/07, de 25/10/2007, que

Leia mais

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.

Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED. Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail. Cenário Atual, Desafios e Perspectivas do Sistema Público de Escrituração Digital SPED Newton Oller de Mello Newton.oller@gmail.com Agenda 1. Visão Geral e Situação Atual dos Projetos integrantes do SPED

Leia mais

Assinatura Digital de Contratos de Câmbio Banrisul Utilização dos certificados digitais para a Assinatura de Contratos de Câmbio Banrisul.

Assinatura Digital de Contratos de Câmbio Banrisul Utilização dos certificados digitais para a Assinatura de Contratos de Câmbio Banrisul. Assinatura Digital de Contratos de Câmbio Banrisul Utilização dos certificados digitais para a Assinatura de Contratos de Câmbio Banrisul. Manual Descritivo Índice 1. Introdução 1.1. Objetivo. 1.2. Escopo.

Leia mais

MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES

MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES MANUAL NOTA FISCAL ELETRÔNICA ESCRITÓRIO CONTÁBIL CAIRES Por: Douglas Adolpho Maicon F. Campos COMO BAIXAR EMISSOR DE NF-e (novo!). Acesse o site da Secretária do Governo do Estado de São Paulo (www.fazenda.sp.gov.br/nfe),

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES NOTA FISCAL DE CONSUMIDOR ELETRÔNICA NFC-e MODELO 65 CARTILHA DE ORIENTAÇÕES Esteja pronto para a maior revolução no varejo dos últimos tempos: A Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica! 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e

Manual da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e Estadual Manual da Nota Fiscal Eletrônica - NF-e MANUAL INFORMATIVO AOS CONTRIBUINTES DO ICMS SOBRE A NOTA FISCAL ELETRÔNICA-NF-e. Versão_PB_ 1.00 2007 Página 2 GOVERNADOR DO ESTADO C Á S S I O C U N H

Leia mais

Sistemas Comerciais e Industriais

Sistemas Comerciais e Industriais 1 Obrigatoriedade 1.1 Quem está obrigado a emitir a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)? Aquelas empresas que praticam as atividades econômicas relacionadas na Norma de Procedimento Fiscal 049/2008. 1.2 O que

Leia mais

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica. Novembro de 2007. Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

Emissor de Nota Fiscal Eletrônica. Novembro de 2007. Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Emissor de Nota Fiscal Eletrônica Novembro de 2007 Equipe Nota Fiscal Eletrônica Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo Índice I - Instalação do Software Emissor NF-e... 3 II Software Emissor NF-e

Leia mais

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica

o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica o GUIA COMPLETO da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica sumário >> Introdução... 3 >> Nota fiscal eletrônica: o começo de tudo... 6 >> Nota fiscal de consumidor eletrônica (NFC-e)... 10 >> Quais as vantagens

Leia mais

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas

Prefeitura de Rio Verde GO. SEFAZ - Secretaria da Fazenda. DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas Prefeitura de Rio Verde GO SEFAZ - Secretaria da Fazenda DMS e Emissão de Notas Fiscais Eletrônicas DMS e Notas Fiscais Eletrônicas Rio Verde, GO, setembro 2009 1 Sumário INTRODUÇÃO... 03 LEGISLAÇÃO...

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE TRIBUTAÇÃO M A N U A L D A NFS-e NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NOTA NATALENSE ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS...4 1. Acesso ao Portal do Sistema...7

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SERGIPE Coordenadoria de Modernização, Suporte, Infraestrutura e Sistema MANUAL DO PROCESSO ELETRÔNICO Processos de Concessão de Benefícios Histórico da Revisão Data Versão

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

Sumário. INSTRUÇÕES IMPORTANTES SOBRE UTILIZAÇÃO NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e)

Sumário. INSTRUÇÕES IMPORTANTES SOBRE UTILIZAÇÃO NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e) Sumário INTRODUÇÃO...2 CRONOGRAMA DE REQUISITOS...3 1ª FASE...3 2ª FASE...4 Perguntas Frequentes...5 a) Existe no site da NF-e informações de perguntas frequentes quanto à NF-e federal?...5 b) Existe algum

Leia mais

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota G... 03 2. O que é XML... 04 3. Acesso e-nota G... 05

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa

Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa 1 Manual para emissão de Nota Fiscal Eletrônica Avulsa NF-e Avulsa Microempreendedor Individual 2014. INTRODUÇÃO A Nota Fiscal Eletrônica Avulsa (NF-e Avulsa)

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Manual de Credenciamento para Emissão do CT-e

Manual de Credenciamento para Emissão do CT-e Manual de Credenciamento para Emissão do CT-e Versão 1.0 Outubro/2009 Manaus/AM Sumário Apresentação... 2 Conceitos Básicos... 3 Requisitos... 5 Credenciamento... 6 Fase de Homologação... 7 o Fase de Testes...

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima

Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é Benefícios Obrigatoriedade Fluxograma Alterações na emissão Armazenamento Recebimento Contingência Inutilização do Mod.1 Nota Fiscal Eletrônica Priscila Lima O que é... Documento de existência

Leia mais

1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ. Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e)

1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ. Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e) 1º SEMANA EMPRESÁRIO EMPREENDEDOR LUZ E REGIÃO SICOOB - CREDILUZ Tema: Novas sistemáticas contábeis (SINTEGRA NF-e) 17 de Novembro de 2009 SPED SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL DECRETO Nº 6.022/07

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Nota Fiscal eletrônica (NF-e) Página 1 de 14

Nota Fiscal eletrônica (NF-e) Página 1 de 14 Nota Fiscal eletrônica (NF-e) Página 1 de 14 Página 2 de 14 SUMÁRIO 1 CONCEITUAL... 3 1.1 SOBRE A NF-e... 3 1.1.1 QUEM PRECISA EMITIR? QUAL A OBRIGATORIEDADE?... 3 1.2 MODELO OPERACIONAL... 3 1.3 BENEFÍCIOS...

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE COMUNICADO IMPORTANTE Rio de Janeiro, 17 de julho de 2009. Sr. Responsável pelo recebimento das Notas Fiscais REF.: NOTA FISCAL ELETRÔNICA (NF-e) Prezado Cliente, Informamos que, a partir do dia 1º de

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

OPERANDO COM A NOTA FISCAL ELETRÔNICA

OPERANDO COM A NOTA FISCAL ELETRÔNICA OPERANDO COM A NOTA FISCAL ELETRÔNICA OPERANDO COM A NOTA FISCAL ELETRÔNICA Como já é de conhecimento de todos, iniciamos nossa operação de faturamento com o novo modelo exigido pelo Governo Federal, de

Leia mais

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia

Outlook XML Reader Versão 8.0.0. Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Outlook XML Reader Versão 8.0.0 Manual de Instalação e Demonstração UNE Tecnologia Add-in para o Outlook 2003, 2007 e 2010 responsável pela validação e armazenamento de notas fiscais eletrônicas. Atenção,

Leia mais

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e)

Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Secretaria de Estado da Fazenda Guia prático para emissão de Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) Para dar mais agilidade e segurança à administração tributária, os Estados brasileiros, o Distrito

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Manual da Nota Fiscal Eletrônica

Manual da Nota Fiscal Eletrônica OASyS Informática (Office Automation System) Manual da Nota Fiscal Eletrônica Manual desenvolvido pela OASyS Informática, baseado na versão 3.10 da Nota Fiscal Eletrônica do SEFAZ. Manual da Nota Fiscal

Leia mais

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário

CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Certificação Digital CERTIFICADO DIGITAL ARMAZENADO NO COMPUTADOR (A1) Manual do Usuário Guia CD-17 Público Índice 1. Pré-requisitos para a geração do certificado digital A1... 3 2. Glossário... 4 3. Configurando

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA DE MATO GROSSO DO SUL

SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE FAZENDA DE MATO GROSSO DO SUL FAQ Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais Pré-requisitos para ser emissor de MDF-e 02 FAQ - 02 { Obrigatoriedade do MDF-e: Para mais informações

Leia mais

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica

e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Página1 e-nota G Módulo de Guarda da Nota Fiscal eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. Safeweb e-nota G... 03 2. O que é NF-e?... 04 3. O que é CT-e?... 05

Leia mais