COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2015 MATRÍCULAS: DE 25 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2015 MATRÍCULAS: DE 25 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO"

Transcrição

1 COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2015 MATRÍCULAS: DE 25 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

2 LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Prof.ª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio Pedro Fabro, Sala 303 Unidade de Ensino II Sala 314 Desenvolver, no aluno, as quatro habilidades compreensão auditiva, expressão oral, compreensão leitora, expressão escrita. O método utilizado segue uma abordagem comunicativa em que a língua alemã é apresentada e praticada da mesma maneira que é usada na vida diária. Aulas dinâmicas, dando ênfase ao aprofundamento da conversação. De 09 de março a 27 de UNIDADE DE ENSINO I Segunda-feira e quarta-feira Educação Infantil (alunos da Educação Infantil I, II e III, 1º ano) 08h12min às 08h59min 16h18min às 17h05min Nível 1 10h58min às 11h45min 10h11min às 10h58min Nível 2 15h09min às 15h56min 14h22min às 15h09min Alunos da Educação Infantil e alunos do Ensino Fundamental I e II (1º a 9º ano) Unidade de Ensino I Mínimo de 07 alunos para abrir turma e máximo de 12 alunos. Unidade de Ensino II Mínimo de 10 alunos para abrir turma e máximo de 15 alunos. **Matrícula: R$ 50,00 **9 parcelas de 110,00 (março a ) O Livro estará disponível na Biblioteca do CC. Terça-feira e quinta-feira Nível 1 15h09min às 15h56min 14h22min às 15h09min Educação Infantil e Ensino Fundamental I: 01 hora-aula de 47 minutos, duas vezes por semana. Ensino Fundamental II: 01 hora-aula de 47 minutos, duas vezes por semana. 01h34min. Nível 2 10h58min às 11h45min 10h11min às 10h58min UNIDADE DE ENSINO II Nível I (alunos de 6º, 7º e 8º ano) Segunda-feira e quarta-feira 13h25min às 14h22min ou Terça-feira e quinta feira 08h59min às 09h46min Nível II (alunos que já frequentam 5º a 7º ano) Segunda-feira e quarta-feira 08h59min às 09h46min Nível II (alunos que já frequentam 7º a 9º ano) Quinta-feira 16h18min às 17h52min OBS: Nível I alunos que nunca tiveram aulas de Alemão. Nível II alunos que já frequentaram as oficinas de Alemão. Nível III alunos avançados nas oficinas.

3 LÍNGUA ESTRANGEIRA FRANCÊS Aliança Francesa Unidade de Ensino II Sala 405 Os cursos da Aliança Francesa são classificados segundo o Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas (CECR), que oferece uma base internacional comum para a elaboração de cursos de idiomas, exames, materiais, etc. Para o primeiro ano, alcançaremos o nível A1, ou seja: - Compreender e utilizar expressões cotidianas e frases simples; - apresentar a si e aos outros; - formular perguntas e respostas básicas sobre família, moradia, estudo, profissão, tempo livre, etc.; - comunicar-se de forma simples, com interlocutores que falem clara e pausadamente. De 09 de março a 27de Quinta-feira Ensino Fundamental II (alunos de 6º a 9º ano) 10h às 11h34min Ensino Fundamental II (alunos de 6º a 9º ano) 14h às 15h34min Ensino Médio (alunos de 1ª a 3ª série) 16h30min às 18h04min Alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio Mínimo de 10 alunos Máximo de 15 alunos ** Matrícula: R$ 50,00 ** 9 parcelas de 110,00 (março a ) ** O valor do material será informado no 1º dia de aula. 01h34min.

4 OFICINA BAÚ DE CIÊNCIAS Sr. Thiago Farias De 09 de março a 27 de Alunos do Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio ** 9 parcelas de 142,00 (março a ) Unidade de Ensino II Sala 404 Proporcionar atividades de aprendizagem e formação através de dinâmicas, experiências e atividades que fomentem a curiosidade das crianças e dos adolescentes em uma perspectiva científica. Gerar, nas oficinas, desafios cognitivos e lúdicos, para que possam ser trabalhados e resolvidos em equipe. Quinta-feira 14h às 15h30min (alunos do Fundamental II 6º e 8º ano) 18h45min às 20h15min (alunos do Fundamental II 3º e 5º ano) Mínimo de 08 alunos Máximo de 15 alunos ** Material 40,00 (no ato da matrícula) 1h30min.

5 OFICINA DE ROBÓTICA Sr. Dalberti Unidade de Ensino I Sala 207 Promover o desenvolvimento integral do aluno (cognitivo e psicossocial), por meio da utilização da tecnologia como ferramenta de ensino e aprendizagem. As oficinas visam a desenvolver, nos alunos, a pró-atividade na solução de problemas e tomada de decisões no mundo atual. Os participantes se envolvem em atividades dinâmicas que fazem parte de um programa no qual, utilizando a experiência própria, eles passam a protagonizar o processo de aprendizagem. A abordagem dos programas é baseada em situações-problema por meio das quais eles aprenderão a trabalhar em equipe, a fim de encontrar soluções criativas e ideias novas para os desafios propostos. Esse cenário desafiador disponibilizará ferramentas e uma importante base para a aquisição de várias competências, habilidades e qualidades pessoais, necessárias para viver neste novo mundo. O formato inovador das atividades das oficinas de robótica cria condições para que o aprendizado seja mais envolvente, criativo e motivador, ocorrendo em um ambiente que favoreça a cooperação e estimule a iniciativa e a flexibilidade na resolução das situações-problema apresentadas. De 09 de março a 27 de Robótica Genius Segunda-feira 10h30min às 12h (alunos do Ensino Fundamental I de 06 a 09 anos) 13h30min às 15h (alunos do Ensino Fundamental I de 06 a 09 anos) Robótica Líder Terça-feira 10h30min às 12h (alunos do Ensino Fundamental II de 10 a 14 anos) 13h30min às 15h (alunos do Ensino Fundamental II de 10 a 14 anos) Alunos do Ensino Fundamental I e II Mínimo de 08 alunos Máximo de 15 alunos ** 9 parcelas de 125,00 (março a ) ** Material 149,00 (no ato da matrícula) 1h30min.

6 OFICINA DE REDAÇÃO Prof.ª Maria Aparecida L. Heitich Unidade de Ensino II Sala 315 A oficina de Redação visa a capacitar os estudantes para a produção de textos claros e objetivos, enfatizando o uso de elementos importantes na elaboração de textos, aprimorando, assim, sua capacidade de comunicação. Na oficina, o aluno será acompanhado por um profissional que lhe dará o suporte e as orientações necessárias para a produção de textos de vários gêneros e com diversificadas intencionalidades. A oficina se destina aos alunos de 1ª a 3ª série do Ensino Médio e tem por objetivo desenvolver bons hábitos de escrita, contribuindo para a melhoria do domínio da modalidade escrita da língua, desde a questão ortográfica ao uso de vocabulário preciso e à construção de estruturas sintáticas organizadas. De 09 de março a 27 de Sexta-feira 14h22min às 15h56min (alunos da 3ª série do Ensino Médio) 16h18min às 17h52min (alunos de 1ª e 2ª série do Ensino Médio) Alunos do Ensino Médio Mínimo de 25 alunos Máximo de 50 alunos ** 9 parcelas de 180,00 (março a ) 1h34min.

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO

COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO COORDENAÇÃO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES OFICINAS 2014 MATRÍCULAS: DE 27 DE FEVEREIRO A 06 DE MARÇO LÍNGUA ESTRANGEIRA ALEMÃO Profª Lourdes Sufredini Profª Luciane Probst Unidade de Ensino I Prédio João

Leia mais

Faculdade CNEC Gravataí (Facensa) IDIOMAS. Inscrições Abertas! Você pronto para dialogar com o mundo.

Faculdade CNEC Gravataí (Facensa) IDIOMAS. Inscrições Abertas! Você pronto para dialogar com o mundo. Faculdade CNEC Gravataí (Facensa) IDIOMAS Inscrições Abertas! Você pronto para Os Diferenciais - O estudante aprende a Língua Inglesa em turmas reduzidas e ainda pode continuar praticando depois das aulas

Leia mais

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO 2014 / 2015. PORTUGUÊS 5.º e 6.º Anos

CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO 2014 / 2015. PORTUGUÊS 5.º e 6.º Anos Disciplina: PORTUGUÊS 5.º e 6.º Anos - Responsabilidade: (6%) assiduidade/pontualidade (2%) material (2%) organização do caderno diário (2%) - Comportamento: (5%) cumpre as regras estabelecidas - Empenho/Participação:

Leia mais

Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo. Critérios de Avaliação em Língua Estrangeira. (1º ciclo)

Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo. Critérios de Avaliação em Língua Estrangeira. (1º ciclo) Escola Básica 1,2,3/JI de Angra do Heroísmo Critérios de Avaliação em Língua Estrangeira (1º ciclo) Departamento de Línguas Estrangeiras Ano Letivo 2015/2016 1 Considerações Gerais 1. Pretende-se que a

Leia mais

PRÉ-VESTIBULAR SOLIDÁRIO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO

PRÉ-VESTIBULAR SOLIDÁRIO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO PRÉ-VESTIBULAR SOLIDÁRIO FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO 1 IDENTIFICAÇÃO: NOME COMPLETO ESTADO CIVIL: CPF: DATA DE NASCIMENTO: / / RG: ÓRGÃO EMISSOR: COR: Etnia: ( ) afro-descendente ( ) indígena ( ) outros FILIAÇÃO

Leia mais

Biotecnologia Ambiental

Biotecnologia Ambiental Ambiental 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) //Marco //Marco Ambiental 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

AS DROGAS COMO TEMA GERADOR PARA CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA

AS DROGAS COMO TEMA GERADOR PARA CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA AS DROGAS COMO TEMA GERADOR PARA CONTEXTUALIZAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA Rafaela Alves de Andrade (1) ; Anderson Savio de Medeiros Simões (1); Kelvin Costa de Araújo (2); José Vieira da Silva (3); Oziel

Leia mais

PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA

PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA MANUAL DO PROJETO PEDAGÓGICO PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA PRÁTICAS CURRICULARES MATEMÁTICA LICENCIATURA Ribeirão Pires Missão da FIRP Alcançar a oferta e a prática de uma educação solidária, possibilitando

Leia mais

Plano Anual de Actividades 2007 / 2008

Plano Anual de Actividades 2007 / 2008 Plano Anual de Actividades 2007 / 2008 Colaboração na Dinamização da Biblioteca Escolar Colaboração no Jornal Escolar Teatro Professores, alunos, toda a comunidade escolar. - Animar a Biblioteca Escolar

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Pé Leve, Liliana Patrícia Monteiro Morada(s) Rua dos Pé Leves nº 46, Vale Mansos, 2100-049 Coruche (Portugal) Telefone(s) 243660191

Leia mais

ESCOLA DOMINGOS SÁVIO REGIMENTO ESCOLAR

ESCOLA DOMINGOS SÁVIO REGIMENTO ESCOLAR ESCOLA DOMINGOS SÁVIO REGIMENTO ESCOLAR Título VI Da Organização Pedagógica Capítulo IV Do Sistema de Avaliação Art.61- No Ensino Fundamental a verificação do rendimento escolar compreende a avaliação

Leia mais

Biotecnologia Agroalimentar/Agroindustrial

Biotecnologia Agroalimentar/Agroindustrial /Agroindustrial 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) II: II: /Agroindustrial 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS - PROVA ESCRITA e ORAL 2016 Prova 16 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012 de 5 de julho) O presente documento divulga informação relativa

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2015-16

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2015-16 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2015-16 Critérios de : Disciplina de Instrumento Departamento de Sopros, Canto e Percussão Critérios Gerais Critérios Específicos Instrumentos Indicadores de reflexo no domínio dos

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso null - null. Ênfase. Disciplina 0003805A - Metodologia da Pesquisa em Arte

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso null - null. Ênfase. Disciplina 0003805A - Metodologia da Pesquisa em Arte Curso null - null Ênfase Identificação Disciplina 0003805A - Metodologia da Pesquisa em Arte Docente(s) Joedy Luciana Barros Marins Bamonte Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL. Silvia Helena Vieira Cruz

A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL. Silvia Helena Vieira Cruz A FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL Silvia Helena Vieira Cruz INTRODUÇÃO Os ganhos decorrentes das experiências vividas pelas crianças em creches e pré-escolas dependem diretamente

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e comunicação CURSO: Técnico em Informática FORMA/GRAU:( x )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

CURSO: Agente Comunitário de Saúde Santa Cruz de Minas. Turma: 2º semestre/2015

CURSO: Agente Comunitário de Saúde Santa Cruz de Minas. Turma: 2º semestre/2015 CURSO: Agente Comunitário de Saúde Santa Cruz de Minas Turma: 2º semestre/2015 Início do curso: 19/10/2015 Término do curso: 30/05/2016 Período: 19/10/2015 a 23/10/2015 (1ª semana) 19:00 às 20:00 20:00

Leia mais

PROFISSÕES A ESCOLHA CERTA

PROFISSÕES A ESCOLHA CERTA PROFISSÕES A ESCOLHA CERTA Sala 15 Temas Diversificados EM Integral E.E. PROFESSOR MILTON DA SILVA RODRIGUES Professores Apresentadores: CLEONICE PAES DE BARROS CLAUDIO ROMUALDO Realização: Justificativa

Leia mais

A prova é constituída por duas partes, prova escrita e prova oral, a ter lugar em datas distintas.

A prova é constituída por duas partes, prova escrita e prova oral, a ter lugar em datas distintas. 2015/2016 ANO DE ESCOLARIDADE: 9º ANO DURAÇÃO DA PROVA ESCRITA: 90 minutos TOLERÂNCIA: 00 minutos DURAÇÃO DA PROVA ORAL: ± 15 MINUTOS INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA 3.º CICLO - 1.ª e 2.ª

Leia mais

Nome: Sexo: ( )F ( )M. 1. Você cursou ou cursa Inglês em uma escola de idiomas ou com professor particular? Sim ( ) Não ( )

Nome: Sexo: ( )F ( )M. 1. Você cursou ou cursa Inglês em uma escola de idiomas ou com professor particular? Sim ( ) Não ( ) 1º Questionário para coleta de dados Nome: Sexo: ( )F ( )M 1. Você cursou ou cursa Inglês em uma escola de idiomas ou com professor particular? Sim ( ) Não ( ) 2. Por quanto tempo? Menos de 1 ano ( ) Entre

Leia mais

Espanhol Nara. Prod. Texto. Jullyana

Espanhol Nara. Prod. Texto. Jullyana Horário de aulas do 6 Ano Ensino Fundamental ao 3ª Ensino Médio Segunda- feira Segunda - feira Ed. Ed. 4 aula Ed. Ed. Ed. Terça- feira - Terçafeira Ed. Ed. 4 aula Ed. Ed. Ed. Quarta-feira Quartafeira Ed.

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores METODOLOGIA CIENTÍFICA Redes de Computadores Metodologia e Introdução à Pesquisa AULA Inaugural AGENDA EMENTA OBJETIVOS GERAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA COMPETÊNCIAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS

Leia mais

Trabalho final. Acção de formação 01-2 Ensino e aprendizagem com TIC na Educação Pré-escolar e no 1.º ciclo do Ensino Básico

Trabalho final. Acção de formação 01-2 Ensino e aprendizagem com TIC na Educação Pré-escolar e no 1.º ciclo do Ensino Básico Trabalho final Acção de formação 01-2 Ensino e aprendizagem com TIC na Educação Pré-escolar e no 1.º ciclo do Ensino Básico (19 a 23 de Julho de2010) Formador: Hugo Monteiro Formanda: Maria da Conceição

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-escolar da Nazaré

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-escolar da Nazaré Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-escolar da Nazaré Projeto: Ano letivo 2014-2015 Docente: Ana Neves Índice INTRODUÇÃO... 3 CARATERIZAÇÃO DA TURMA... 4 OBJETIVOS DO CLUBE... 5 METAS / ATIVIDADES / CALENDARIZAÇÃO...

Leia mais

CURSO VOCACIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO DE AQUICULTURA COMUNICAR EM INGLÊS 11º 13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. SABER Interpretação e Produção de Texto

CURSO VOCACIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO DE AQUICULTURA COMUNICAR EM INGLÊS 11º 13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. SABER Interpretação e Produção de Texto CURSO VOCACIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO TÉCNICO DE AQUICULTURA COMUNICAR EM INGLÊS 11º 13 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOMÍNIOS CRITÉRIOS INDICADORES INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO Eficácia na aquisição e aplicação

Leia mais

GÊNEROS TEXTUAIS: O CARTEIRO CHEGOU

GÊNEROS TEXTUAIS: O CARTEIRO CHEGOU PRODUÇÃO b DE TEXTOS E GÊNEROS TEXTUAIS: O CARTEIRO CHEGOU Profª. Ms. Rafaela C. Beleboni Coordenação Pedagógica da Formação Continuada NAME http://ww2.itau.com.br/itaucrianca/index.htm ROTEIRO DAS AULAS

Leia mais

Informação sobre a Prova de Exame de Equivalência à Frequência

Informação sobre a Prova de Exame de Equivalência à Frequência Informação sobre a Prova de Exame de Equivalência à Frequência Prova de Francês LEII 3º Ciclo do Ensino Básico Duração da Prova: 90 minutos (escrita); 15 minutos (oral) 1.Objeto de avaliação A prova a

Leia mais

CURSOS DE EXTENSÃO - 2º SEMESTRE DE 2013

CURSOS DE EXTENSÃO - 2º SEMESTRE DE 2013 CURSOS DE EXTENSÃO - 2º SEMESTRE DE 13 Pág. 1 de 5 001-13 Luminária de Materiais Expressivos Lúcio Magalhães h 3ª feira 5 dias /09 a 08/ 14 às 18h OBJETIVOS: Oferecer aos alunos informações básicas para

Leia mais

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO

EDITAL No. 418 - PROCESSO DE SELEÇÃO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GEOLOGIA DO QUATERNÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO QUINTA DA BOA VISTA S/N. SÃO CRISTÓVÃO CEP 20940-040 RIO DE JANEIRO, RJ BRASIL Tel: (21) 3938-1179 geoquater@mn.ufrj.br

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 70, DE 2015

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 70, DE 2015 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 70, DE 2015 Altera a redação dos arts. 32 e 36 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), para inserir novas disciplinas obrigatórias

Leia mais

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática

Objetivo. tica 3º ano EM. Oficina de Matemática Oficina de Matemática tica 3º ano EM Objetivo Análise, interpretação e utilização dos resultados do SAEPE para promoção da equidade e melhoria da qualidade da educação dos estudantes pernambucanos. Prof

Leia mais

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996

Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996 Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional Lei n.º 9.394 de 20 de dezembro de 1996 Tramitação 1988 Promulgação da Constituição Federal 1988 a 1991 Início de discussão do projeto Jorge Hage na Câmara

Leia mais

Educação Matemática. Profª. Andréa Cardoso MATEMÁTICA - LICENCIATURA 2015/2

Educação Matemática. Profª. Andréa Cardoso MATEMÁTICA - LICENCIATURA 2015/2 Educação Matemática Profª. Andréa Cardoso MATEMÁTICA - LICENCIATURA 2015/2 UNIDADE II: TENDÊNCIAS EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Para construção de uma nova 2 O Índice Global de Habilidades Cognitivas e Realizações

Leia mais

SALA DE APOIO À APRENDIZAGEM DE PORTUGUÊS PARA OS 6ºS ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL: ESPAÇO COMPLEMENTAR DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

SALA DE APOIO À APRENDIZAGEM DE PORTUGUÊS PARA OS 6ºS ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL: ESPAÇO COMPLEMENTAR DE ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA (X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE

Leia mais

ANO LETIVO 2012/2013 AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS DO PRÉ-ESCOLAR

ANO LETIVO 2012/2013 AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS DO PRÉ-ESCOLAR ANO LETIVO 2012/2013 AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS DO PRÉ-ESCOLAR 1º PERÍODO Lamego, 14 de janeiro de 2013 INTRODUÇÃO Para uma eficaz monitorização das competências esperadas para cada criança, no final

Leia mais

ENRIQUECIMENTO ESCOLAR

ENRIQUECIMENTO ESCOLAR ENRIQUECIMENTO ESCOLAR Cristina Delou, Psicóloga; Doutora em Educação Professora Associado da Faculdade de Educação da UFF Presidente do ConBraSD Conselho Brasileiro para Superdotação By PresenterMedia.com

Leia mais

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Abril / 2016 25 Segunda-feira 17h, e 19h 25 e 26/04 27 Quarta-feira 17h, e 19h 27 e 28/04 29 Sexta-feira 17h, e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Maio / 2016 02 Segunda-feira 17h, e 19h 02 e 03/05 04 Quarta-feira

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURRÍCULOS DOS CURSOS - 2006 CURSO DE PSICOLOGIA CURRÍCULO PLENO - BACHARELADO 1º ANO T P CH/S CH/A Antropologia 03 0 03 120 Estatística I 02 0 02 80 Filosofia da Ciência I 02 0 02 80 Fisiologia 02 02

Leia mais

PROGRAMAS De 14 de junho a 22 de julho

PROGRAMAS De 14 de junho a 22 de julho 2016 PROGRAMAS De 14 de junho a 22 de julho O Verão MAIS consiste na dinamização de vários programas lúdico/pedagógicos, que decorrem entre o final das aulas e a partida para férias. Através das atividades

Leia mais

Júlio Furtado

Júlio Furtado Avaliação de competências: da teoria à prática Júlio Furtado www.juliofurtado.com.br www.juliofurtado.com.br 1 As desaprendizagens necessárias O que é Mediar a aprendizagem? É colocar-se, intencionalmente,

Leia mais

EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais. Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR

EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais. Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR EDUCAÇÃO, PEDAGOGOS E PEDAGOGIA questões conceituais Maria Madselva Ferreira Feiges Profª DEPLAE/EDUCAÇÃO/UFPR EDUCAÇÃO prática social NÃO-ESCOLAR - fábrica - igreja - mídia - partido político - ONGs -

Leia mais

O uso de jogos didáticos como instrumento motivador para o ensino de química: o jogo Banco Atômico Químico Ana Beatriz Francelino Jota Universidade

O uso de jogos didáticos como instrumento motivador para o ensino de química: o jogo Banco Atômico Químico Ana Beatriz Francelino Jota Universidade O uso de jogos didáticos como instrumento motivador para o ensino de química: o jogo Banco Atômico Químico Ana Beatriz Francelino Jota Universidade Federal do Rio Grande do Norte Programa Institucional

Leia mais

Exame de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada

Exame de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada Exame de Equivalência à Frequência 2011/2012 Escola Secundária da Ramada Ensino Básico INGLÊS INFORMAÇÃO-EXAME Ciclo 3º Ciclo do Ensino Básico Legislação Dec. Lei n.º6/2001, de 18 de janeiro Data 11 de

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ SECRETARIA DA EDUCAÇÃO EDITAL N 019/2015 Dispõe sobre os procedimentos de matrícula e rematrícula para atualização de dados dos alunos e abre as inscrições para as novas matrículas na rede pública municipal de ensino para o

Leia mais

BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL PARA CRIANÇAS DE 6 MESES A 2 ANOS DE IDADE

BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL PARA CRIANÇAS DE 6 MESES A 2 ANOS DE IDADE 1 BERNADETE LOURDES DE SOUSA BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL PARA CRIANÇAS DE 6 MESES A 2 ANOS DE IDADE SINOP 2010 2 BERNADETE LOURDES DE SOUSA BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Leia mais

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro..

Deve ainda ser tido em consideração o Despacho Normativo n.º 24-A/2012, de 6 de dezembro, bem como o Despacho n.º 15971/2012, de 14 de dezembro.. PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho Prova Escrita de Físico-Química 9º Ano de Escolaridade Prova 11 / 1ª Fase Duração da Prova: 90 minutos. Informações da prova INTRODUÇÃO

Leia mais

INTEGRAR ESCOLA E MATEMÁTICA

INTEGRAR ESCOLA E MATEMÁTICA INTEGRAR ESCOLA E MATEMÁTICA BONFIM, Isabela Prado 1 NETTO, Geisson Fernandes 2 SILVA, Élida Alves da 3 CUNHA, Juliana Bernardes Borges da 4 PALAVRAS-CHAVE: Educação, Matemática, Oficinas, Laboratório.

Leia mais

EDITAL PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS À VAGA ESCOLAR-2016 - INSCRIÇÃO E MATRÍCULA

EDITAL PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS À VAGA ESCOLAR-2016 - INSCRIÇÃO E MATRÍCULA EDITAL PARA O PROCESSO DE ADMISSÃO DE CANDIDATOS À VAGA ESCOLAR-2016 - INSCRIÇÃO E MATRÍCULA A Diretoria do Colégio São José de Ensino Fundamental e Médio informa e divulga o processo de inscrição e matrícula

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA O LIVRO DIDÁTICO NO CONTEXTO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE 09 ANOS maio de 2009. Ministério da Educação Ensino fundamental de 09 anos Lei nº 11.274, de 06/02/2006:

Leia mais

1º Ciclo. Componentes do currículo Áreas disciplinares de frequência obrigatória (a):

1º Ciclo. Componentes do currículo Áreas disciplinares de frequência obrigatória (a): 1º Ciclo Componentes do currículo Áreas disciplinares de frequência obrigatória (a): Áreas não disciplinares (b): Português Matemática Estudo do Meio Expressões: Artísticas Físico-motoras Área de projeto

Leia mais

Boas situações de Aprendizagens. Atividades. Livro Didático. Currículo oficial de São Paulo

Boas situações de Aprendizagens. Atividades. Livro Didático. Currículo oficial de São Paulo Atividades Boas situações de Aprendizagens Livro Didático Currículo oficial de São Paulo LÓGICA NUMA CONCEPÇÃO QUE SE APOIA EXCLUSIVAMENTE EM CONTEÚDOS E ATIVIDADES Enfoque fragmentado, centrado na transmissão

Leia mais

INFORMAÇÃO SOBRE A PROVA ESCRITA

INFORMAÇÃO SOBRE A PROVA ESCRITA INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Inglês (Prova Escrita + Prova Oral) 2016 Prova 06 ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Tipo de Prova: Escrita e Oral

Tipo de Prova: Escrita e Oral INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 2016 Prova 06 Tipo de Prova: Escrita e Oral 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 17/2016, de 4 de abril) Introdução O presente documento visa

Leia mais

PLANO SEMANAL DE 29 DE FEVEREIRO A 04 DE MARÇO PRÉ-ESCOLA I PLANO SEMANAL DE 29 DE FEVEREIRO A 04 DE MARÇO PRÉ-ESCOLA I

PLANO SEMANAL DE 29 DE FEVEREIRO A 04 DE MARÇO PRÉ-ESCOLA I PLANO SEMANAL DE 29 DE FEVEREIRO A 04 DE MARÇO PRÉ-ESCOLA I PLANO SEMANAL DE 29 DE FEVEREIRO A 04 DE MARÇO PRÉ-ESCOLA I Arte: Pintura Livre Música borboletinha. (Livro Atividade Lúdica). Português (2):As vogais. (Atividade no Livro e no caderno). Matemática (2):

Leia mais

REACT PROGRAMA DE INVESTIGAÇÃO NO CANCRO DA PRÓSTATA

REACT PROGRAMA DE INVESTIGAÇÃO NO CANCRO DA PRÓSTATA REACT PROGRAMA DE INVESTIGAÇÃO NO CANCRO DA PRÓSTATA No seguimento das várias atividades formativas que a SPO tem vindo a desenvolver e que visam o aperfeiçoamento das competências necessárias para melhorar

Leia mais

Ricardo Jorge Subtil Sousa

Ricardo Jorge Subtil Sousa Curriculum Vitae INFORMAÇÃO PESSOAL Rua Adelaide Cabete Nº 6 3º B, 2660-208 Santo António dos Cavaleiros Lisboa (Portugal) +351914716097 ricardosubtilsousa@gmail.com http://ricardosousa.netthrilldesigns.com/

Leia mais

PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE

PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE PROJETO DE INCENTIVO A LEITURA BIBLIOTECA ITINERANTE LIVRO VIAJANTE "Viajar pela leitura sem rumo sem direção só para viver aventura que é ter um livro nas mãos" 1. 1. APRESENTAÇÃO O Projeto de Incentivo

Leia mais

Curso de Especialização em GESTÃO E PROJETOS EM TURISMO

Curso de Especialização em GESTÃO E PROJETOS EM TURISMO Curso de Especialização em GESTÃO E PROJETOS EM TURISMO ÁREA DO CONHECIMENTO: Administração. Turismo. NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Gestão e Projetos em Turismo. OBJETIVO

Leia mais

PORTARIA Nº 078-R, DE 28 DE JUNHO DE 2016. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe foi conferida pela Lei Nº. 3.

PORTARIA Nº 078-R, DE 28 DE JUNHO DE 2016. O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso da atribuição que lhe foi conferida pela Lei Nº. 3. PORTARIA Nº 078-R, DE 28 DE JUNHO DE 2016. Dispõe sobre o Calendário Escolar/2º semestre letivo 2016 do ensino fundamental e médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, nas unidades escolares

Leia mais

AÇÃO: REVISITANDO OS GÊNEROS NARRATIVOS A PARTIR DE PRÁTICAS TEATRAIS

AÇÃO: REVISITANDO OS GÊNEROS NARRATIVOS A PARTIR DE PRÁTICAS TEATRAIS (TURMAS DE 1º E 3º anos/ Duração: 04 aulas) CONTEÚDO: GÊNERO PORTFÓLIO DE REGISTRO DE APRENDIZAGEM Depreender o gênero portfólio de registros de aprendizagem, incluindo seus aspectos funcionais, composicionais

Leia mais

Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde Departamento de Saúde Comunitária. Professor: Walfrido Kühl. Svoboda MÉTODOS E MEIOS DE

Universidade Federal do Paraná. Setor de Ciências da Saúde Departamento de Saúde Comunitária. Professor: Walfrido Kühl. Svoboda MÉTODOS E MEIOS DE Universidade Federal do Paraná Setor de Ciências da Saúde Departamento de Saúde Comunitária Disciplina: Saúde Pública P I (MS052) Professor: Walfrido Kühl Svoboda MÉTODOS E MEIOS DE EDUCAÇÃO SANITÁRIA

Leia mais

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS (LE II) COMPONENTE ESCRITA

INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS (LE II) COMPONENTE ESCRITA INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA FRANCÊS (LE II) COMPONENTE ESCRITA PROVA 16 2016 3.º CICLO DO ENSINO BÁSICO (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho)» INTRODUÇÃO O presente documento visa

Leia mais

OTIC- IPS Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento

OTIC- IPS Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento INSTITUTO POLITÉCNICO DE SETÚBAL OTIC- IPS Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento 28 de Novembro de 2006 Agenda Como surgiu Missão Objectivos Estrutura organizativa Principais linhas de

Leia mais

NAPE. Núcleo de Apoio PsicoEducativo. Divisão de Assuntos Sociais

NAPE. Núcleo de Apoio PsicoEducativo. Divisão de Assuntos Sociais NAPE Núcleo de Apoio PsicoEducativo Divisão de Assuntos Sociais Missão A missão do NAPE centra-se no combate ao insucesso e abandono escolar com intervenção dirigida preferencialmente aos alunos do pré-escolar

Leia mais

CURRICULUM WEB PARA O LETRAMENTO DIGITAL NA EDUCAÇÃO UNIVERSITÁRIA: EM BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS E NOVOS PÚBLICOS ATRAVÉS DA EAD.

CURRICULUM WEB PARA O LETRAMENTO DIGITAL NA EDUCAÇÃO UNIVERSITÁRIA: EM BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS E NOVOS PÚBLICOS ATRAVÉS DA EAD. 1 CURRICULUM WEB PARA O LETRAMENTO DIGITAL NA EDUCAÇÃO UNIVERSITÁRIA: EM BUSCA DE NOVOS DOMÍNIOS E NOVOS PÚBLICOS ATRAVÉS DA EAD Maio de 2007 Eveline Katia de Souza Pontual Cavalcante Universidade Santa

Leia mais

Concurso de Livro de Contos Infantis Histórias da Ajudaris: Pequenos Gestos Grandes Corações. Regulamento. Artigo 1º Apresentação

Concurso de Livro de Contos Infantis Histórias da Ajudaris: Pequenos Gestos Grandes Corações. Regulamento. Artigo 1º Apresentação Concurso de Livro de Contos Infantis Histórias da Ajudaris: Pequenos Gestos Grandes Corações Regulamento Artigo 1º Apresentação A Ajudaris, a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e o Plano Nacional de Leitura

Leia mais

EDITAL Nº 001/2016.1 UEA-ESAT

EDITAL Nº 001/2016.1 UEA-ESAT EDITAL Nº 001/2016.1 UEA-ESAT A COORDENADORA DO PROJETO DE EXTENSÃO MUSICANDO DA ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E TURISMO torna pública a inscrição para seleção de novos alunos para o referido Projeto, na forma

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Direito Civil III Direito A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades programadas

Leia mais

CAPACITAÇÃO PARA DOCENTES DA ÁREA DA SAÚDE

CAPACITAÇÃO PARA DOCENTES DA ÁREA DA SAÚDE CAPACITAÇÃO PARA DOCENTES DA ÁREA DA SAÚDE Ministrante: Simulação:, Luciano Reolon, Jacqueline Schaurich, Rafaela Jarros e Hericka Dias Ministrante: Ativa na área da Saúde: Edson Rodrigues Pereira Ministrante:

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO SERVIÇO TÉCNICO DE ATIVIDADES OCUPACIONAIS

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO SERVIÇO TÉCNICO DE ATIVIDADES OCUPACIONAIS Centro de Atividades Ocupacionais de Santa Cruz Camacha Horta e Jardinagem INTRODUÇÃO O manuseamento de hortas e jardins constitui-se numa atividade didático pedagógica quando é desenvolvido com base para

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I

UNIVERSIDADE PAULISTA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA. MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I UNIVERSIDADE PAULISTA CURSOS SUPERIORES DE TECNOLOGIA MANUAL ESPECÍFICO Projeto Integrado Multidisciplinar I PIM I Este manual atende todos os cursos de gestão 1º semestre, turmas ingressantes em fevereiro

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PAOLA RATOLA DE AZEVEDO. Plano de aula

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PAOLA RATOLA DE AZEVEDO. Plano de aula UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO PAOLA RATOLA DE AZEVEDO Plano de aula Setembro 2012 PAOLA RATOLA DE AZEVEDO Plano de aula Plano de aula apresentado à Faculdade de Educação da Universidade

Leia mais

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Língua Portuguesa para Estrangeiros: língua e cultura

Aprovação do curso e Autorização da oferta. PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC de Língua Portuguesa para Estrangeiros: língua e cultura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO

Leia mais

Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Santa Maria Sintra

Centro Novas Oportunidades da Escola Secundária de Santa Maria Sintra Sabia que Nunca é tarde para aprender? Aprende ao longo da vida e em diversos contextos? O que aprende fora da escola também é válido para a obtenção de uma qualificação? Num Centro Novas Oportunidades

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SUL-3

DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SUL-3 DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO SUL-3 INSCRIÇÕES PARA CEL EDITAL 2015 O Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino Região Sul-3, em atendimento às disposições da Resolução SE 03, de 28/01/2011, Resolução

Leia mais

3.º ano. Venha conhecer os novos projetos de Língua Portuguesa e Estudo do Meio.

3.º ano. Venha conhecer os novos projetos de Língua Portuguesa e Estudo do Meio. Coleção 3.º ano Venha conhecer os novos projetos de Língua Portuguesa e Estudo do Meio. Oo Projeto de Língua Portuguesa 4 Projeto de Estudo do Meio 6 e-manual Premium 8 Torso humano 9 Alfakit do Professor

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE ACADÊMICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PARA AS ATIVIDADES DO PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO COMER,

EDITAL DE SELEÇÃO DE ACADÊMICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PARA AS ATIVIDADES DO PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO COMER, EDITAL DE SELEÇÃO DE ACADÊMICO DO CURSO DE NUTRIÇÃO PARA AS ATIVIDADES DO PROJETO DE PESQUISA E EXTENSÃO COMER, COMER PARA PODER CRESCER DA FACULDADE CIÊNCIAS DA VIDA 02/2016 A Faculdade Ciências da Vida

Leia mais

Actividade: Tradução e Ordenação de um diálogo

Actividade: Tradução e Ordenação de um diálogo Apêndice 4 A Nota Explicativa Actividade: Tradução e Ordenação de um diálogo A aprendizagem de Línguas Estrangeiras é regra geral uma área onde os alunos apresentam elevados níveis de insucesso. De modo

Leia mais

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. A) Competências COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS

INGLÊS PROVA ESCRITA. 1. Introdução. 2. Objeto de avaliação. A) Competências COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Informação - Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de COLÉGIO LICEAL DE SANTA MARIA DE LAMAS Prova de Exame de Equivalência à Frequência do Ensino Básico de: Prova 21 1ª Fase 2013 9º Ano

Leia mais

Ministério da Educação - MEC. Universidade Federal de Pelotas - UFPel. Centro de Letras e Comunicação CLC. Câmara de Extensão CaExt

Ministério da Educação - MEC. Universidade Federal de Pelotas - UFPel. Centro de Letras e Comunicação CLC. Câmara de Extensão CaExt Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Pelotas - UFPel Centro de Letras e Comunicação CLC Câmara de Extensão CaExt Núcleo de Extensão em Letras - NEL EDITAL EXTENSÃO n 002/2013 Por decisão

Leia mais

Curso de Formação de Professores de Português Língua Estrangeira

Curso de Formação de Professores de Português Língua Estrangeira Curso de Formação de Professores de Português Língua Estrangeira Curso em nível de extensão universitária com 180 horas, 25 vagas, destinado à formação de professores de português a alunos de várias nacionalidades.

Leia mais

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA

CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA Este documento contempla as linhas gerais de orientação, para uniformização

Leia mais

NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Madalena Mota Margarida Roque (Escola Secundária de Pinhal Novo)

NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. Madalena Mota Margarida Roque (Escola Secundária de Pinhal Novo) A INTERDISCIPLINARIDADE DOS SIG NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Madalena Mota Margarida Roque (Escola Secundária de Pinhal Novo) SUMÁRIO 1-Os SIG no ensino 1.1-Vantagens dos SIG no ensino e a formação dos professores

Leia mais

REUNIÃO DE ESTUDOS. Introdução a Administração

REUNIÃO DE ESTUDOS. Introdução a Administração Curso de Graduação Tecnológica em Processos Gerenciais REUNIÃO DE ESTUDOS Introdução a Administração Questão 1 O que é Administração? Administração é o processo de planejar, organizar, dirigir e controlar

Leia mais

PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ESPANHOL 1 Área: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Disciplina: Língua Espanhola carga horária: 90 horas

PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ESPANHOL 1 Área: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Disciplina: Língua Espanhola carga horária: 90 horas MINISTERIO DA DEFESA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXERCITO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO PREPARATÓRIA E ASSISTENCIAL PLANO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ESPANHOL 1 Área: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 175. MATEMÁTICA Bacharelado. COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2013 175. MATEMÁTICA Bacharelado. COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 175 MATEMÁTICA Bacharelado COORDENADORA Rosane Soares Moreira Viana rsmviana@ufv.br 176 Currículos dos Cursos UFV Bacharelado ATUAÇÃO O bacharel em Matemática está apto para

Leia mais

ESPANHOL Abril de 2015. Prova 15 2015

ESPANHOL Abril de 2015. Prova 15 2015 INFORMAÇÃO PROVA FINAL DE CICLO ESPANHOL Abril de 2015 Prova 15 2015 3.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho) 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características

Leia mais

A CARREIRA DE ENGENHEIRO... Aula 02

A CARREIRA DE ENGENHEIRO... Aula 02 A CARREIRA DE ENGENHEIRO... Aula 02 DEPOIS DO SUFOCO!!!! PREPARANDO PARA O VÔO. Instruções aos PILOTOS. Começa uma nova etapa na vida e esse caminho deve ser trilhado com determinação e esforço, é como

Leia mais

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO

INFORMAÇÃO -PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DO ENSINO BÁSICO EDUCAÇÃO MUSICAL - 2º CICLO 1. INTRODUÇÃO O presente documento visa divulgar as características da prova de equivalência à frequência do ensino básico, a realizar em 2013 pelos alunos que se encontram

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC DE NOVA ODESSA Código: 234 Município: Nova Odessa Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA IDIOMAS APLICADOS A SERVIÇO DE TURISMO

EDITAL DE EXTENSÃO Nº 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA IDIOMAS APLICADOS A SERVIÇO DE TURISMO EDITAL DE EXTENSÃO Nº 02/2016 PROCESSO SELETIVO PARA O CURSO DE FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA IDIOMAS APLICADOS A SERVIÇO DE TURISMO A Pró-Reitora de Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

CENTRO MUNICIPAL DE APOIO AO DEFICIENTE CEMAD DEFICIÊNCIA MENTAL

CENTRO MUNICIPAL DE APOIO AO DEFICIENTE CEMAD DEFICIÊNCIA MENTAL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA. CENTRO MUNICIPAL DE APOIO AO DEFICIENTE CEMAD FICHA DE ACOMPANHAMENTO DO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIRETORA: PROFESSORA: ALUNO (A): Nº TURMA:

Leia mais

O SOFTWARE R EM AULAS DE MATEMÁTICA

O SOFTWARE R EM AULAS DE MATEMÁTICA O SOFTWARE R EM AULAS DE MATEMÁTICA Renata Teófilo de Sousa (autora) Graduanda - Curso de Matemática UVA Arlécia Albuquerque Melo (co-autora) Graduanda - Curso de Matemática UVA Nilton José Neves Cordeiro

Leia mais

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

CAPÍTULO II DOS OBJETIVOS DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Versão final MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA O ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA UNOESC CAPÍTULO I DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Art. 1º O Estágio Curricular Supervisionado

Leia mais

Fornecimento de Refeições Escolares às crianças do Pré Escolar. Normas de Utilização do Serviço

Fornecimento de Refeições Escolares às crianças do Pré Escolar. Normas de Utilização do Serviço Fornecimento de Refeições Escolares às crianças do Pré Escolar Normas de Utilização do Serviço Considerando a necessidade de adaptar os tempos de permanência das crianças nos estabelecimentos de ensino

Leia mais

Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação.

Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação. GESTÃO COMERCIAL Entidade Proponente: IEL/NR Minas Gerais e SEBRAE Minas Público Alvo: Empresas de micro e pequeno porte do setor de Tecnologia da Informação. OBJETIVOS Geral: Apresentar abordagens integradas

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO MANUAL DO ALUNO. APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS (8º/7º semestres)

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: ADMINISTRAÇÃO MANUAL DO ALUNO. APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS (8º/7º semestres) INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO CURSO: MANUAL DO ALUNO APS - ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS (8º/7º semestres) SDE SIMULAÇÃO DE ESTRATÉGIA DISCIPLINA-ÂNCORA GESTÃO MERCADOLÓGICA SÃO PAULO

Leia mais

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação. Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Universidade Anhanguera-Uniderp Pró-Reitoria de Graduação Curso: PSICOLOGIA PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Disciplina ou Módulo: Estágio em Psicologia Organizacional I Série/Semestre: Período Letivo: 2011.

Leia mais