EMPREENDEDORISMO FEMININO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EMPREENDEDORISMO FEMININO"

Transcrição

1 EMPREENDEDORISMO FEMININO Março

2 APRESENTAÇÃO As mulheres representam 51% da população brasileira e em Minas Gerais já são aproximadamente 10 milhões. A participação do empreendedorismo feminino vem aumentando e já representa quase metade dos empreendedores iniciais. As mulheres administram cerca de 33% das micro e pequenas empresas mineiras. Apesar de toda essa evolução, encontram-se indicativos de que os empreendimentos geridos pelas mulheres são, em linhas gerais, de menor porte. Em média, as empresas comandadas por mulheres têm 5 funcionários e as dirigidas por homens possuem 7 colaboradores. Além disso, há maior parcela de estabelecimentos com faturamento anual de até R$180 mil administrados por mulheres (83%, contra 72% dos administrados por homens). Não se verificam diferenças significativas entre a distribuição etária dos empresários, com maior predominância nas faixas de 31 a 50 anos em ambos os gêneros. Já em relação à escolaridade, percebe-se maior concentração de decisores do sexo feminino com curso superior ou pós graduação. Embora a taxa de empreendedorismo por oportunidade seja maior entre os homens, as características de gestão são muito próximas. Em ambos os gêneros a maior parte das micro e pequenas empresas de Minas Gerais não possui planos estruturados para os próximos 3 anos, mas possuem mecanismos de controle administrativo e de produção. O principal mercado de atuação das micro e pequenas empresas é o local. Entre 2011 e 2012, a venda para outras cidades aumentou em cerca de 2 dos estabelecimentos. Em termos dos resultados aferidos em 2012, novamente se observam similaridades entre os dois grupos de empresas. A percepção de endividamento é outro aspecto que não se difere entre os gêneros. Igual parcela dos gestores (5) afirma que a empresa não está endividada. Já em termos das formas de financiamento adotadas são observadas pequenas diferenças entre os dois grupos. Por exemplo, em 2012, entre as empresas geridas por mulheres, 59% foram financiadas com recursos do proprietário, enquanto este percentual foi de 53% entre os estabelecimentos administrados por homens. Há sinalizações de que as mulheres estão mais otimistas em relação ao desempenho de seus estabelecimentos em Também é observada diferença de comportamento dos empresários quanto a ações de cunho ambiental. A parcela de empresas que adotam medidas dessa natureza é ligeiramente superior quando administradas por mulheres, sobretudo em relação a compra de produtos orgânicos e reutilização de produtos. A diferença entre estes dois grupos foram, respectivamente de 12 e 7 pontos percentuais. 1

3 PRINCIPAIS RESULTADOS 2

4 PERFIL DO DECISOR Grau de escolaridade, segundo gênero do decisor Distribuição etária, segundo gênero do decisor Pós-graduação 3% 2 Superior completo 33% 8% Superior incompleto 9% Ensino médio completo 41% 4 Ensino médio incompleto 6% Ensino fundamental completo 9% Ensino fundamental incompleto Não estudou 1% % 13% Até 24 anos De 25 a 30 anos 27% De 31 a 40 anos % De 41 a 50 anos 9% 9% De 51 a 60 anos 1% Acima de 60 anos Existe maior parcela de dicisores do sexo feminino com curso superior completo ou pós graduação (36%), se comparado com os empresários do sexo masculino (31%). A distribuição dos empreendedores segundo faixa etária é similar entre os gêneros. 3

5 PERFIL DA EMPRESA Faixa de funcionários da empresa, segundo gênero do decisor Média de faturamento por empresa, segundo gênero do decisor 7 7 Não respondeu 4% 2% 6 5 Acima de R$ ,00 até R$ ,00 4% 3% Acima de R$ ,00 até ,00 Acima de R$ ,00 até R$ ,00 Acima de R$ até R$ ,00 Acima de R$ ,00 até R$ ,00 Acima de R$ ,00 até R$ ,00 Até R$ ,00 2% 2% 1% % 8% 3 39% 43% 44% Os resultados sinalizam que as empresas comandadas por mulheres são de menor porte

6 DESEMPENHO DA EMPRESA EM 2012 FRENTE A 2011 Comportamento do faturamento em 2012 frente a 2011, segundo gênero do decisor Comportamento das vendas em 2012 frente a 2011, segundo gênero do decisor % 4 43% % 44% % Aumentou Manteve-se estável Diminuiu em 2012 Comportamento dos custos em 2012 frente a 2011, segundo gênero do decisor % Aumentou Manteve-se estável Diminuiu em % 56% 41% 37% 3 Não se observa diferença expressiva no desempenho das empresas em 2012 frente a 2011, quando se avalia o gênero do decisor % 3% Aumentou Manteve-se estável Diminuiu em

7 CARACTERÍSTICAS DE GESTÃO Comportamento das vendas para outras cidades, segundo gênero do decisor 57% 6 Adoção de mecanismos para controle administrativo, segundo gênero do decisor % 19% 18% 29% 41% % 5 27% 22% 28% 21% 1 Aumentou Manteve-se estável 8% Diminuiu em 2012 Não vende para outras cidades 1% Ns/ Nr Existência de planos ou objetivos estratégicos para os próximos três anos, segundo gênero do decisor Sim Em parte/ parcialmente 68% 63% Não Eventualmente em função do menor porte, há maior parcela de empresas comandadas por mulheres que não vende para outras cidades. Já em termos das formas de gestão, não são evidenciadas diferenças entre os gêneros dos decisores % 19% Sim 13% 12% Em parte/ parcialmente Não Ns/ Nr 6

8 PERSPECTIVAS PARA A EMPRESA EM 2013 FRENTE A 2012 Previsão para o faturamento, segundo gênero do decisor Previsão para o número de clientes, segundo gênero do decisor % 78% 19% 13% 3% 3% 2% % 82% 1 1 1% 2% 1% 1% Vai aumentar Vai permanecer igual a 2012 Vai diminuir Ns/ Nr Vai aumentar Vai permanecer igual a 2012 Vai diminuir Ns/ Nr Previsão para o lucro, segundo gênero do decisor Os resultados sugerem que as mulheres estão relativamente mais otimistas quando ao desempenho dos negócios em A diferença de percepção é mais intensa nos aspectos relacionados com número de clientes e lucros (6 pontos percentuais) % 7 Vai aumentar 21% 11% Vai permanecer igual a % 2% 1% Vai diminuir Ns/ Nr 7

9 ESTRATÉGIAS PREVISTAS PARA 2013 Parcela de empresas que deverão adotar (com toda certeza) as seguintes estratégias em 2013, segundo gênero do decisor Estratégia Redução de custos 63% 62% Revisão das finanças da empresa 56% 54% Adoção de medidas para solidificação da marca da empresa no mercado 59% 57% Focalização dos negócios em segmentos de mercado 54% 51% Adoção de mecanismos de controle de qualidade dos produtos/serviços 69% 67% Lançamento de produtos diferentes 46% 47% Reforçando a percepção anteriormente apresentada de que o gênero do decisor não modifica as características gerais de gestão das empresas, notam-se percentuais similares de empresários que pretendem adotar em 2013 as estratégias abordadas. Conforme será demonstrado a seguir, há maior parcela de empresas que adotam medidas de sustentabilidade ambiental entre aquelas geridas por mulheres, sobretudo nos aspectos compra de produtos orgânicos e reutilização de produtos. 8

10 ADOÇÃO DE METIDAS DE SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL Adoção de medidas de sustentabilidade ambiental, segundo gênero do decisor Medida Redução do consumo de água 82% 8 Redução do consumo de energia 81% 78% Coleta seletiva de lixo 52% 48% Redução da geração de resíduos sólidos 62% 63% Dar preferência sempre que possível a produtos que agridem menos ao meio ambiente, mesmo que um pouco mais caros 77% 73% Compra de produtos orgânicos sempre que possível 58% 46% Reutilização de produtos como sobras, copos e embalagens sempre que possível Plantação de árvores e/ou cuidados de áreas verdes na empresa e/ou na comunidade 6 53% 34% 32% 9

11 METODOLOGIA 10

12 METODOLOGIA Amostragem Foi utilizada uma amostragem probabilística por conveniência, por cotas, uma técnica amplamente utilizada em estudos de mercado por sua efetividade. As cotas foram divididas entre as oito regionais de planejamento do SEBRAE. A amostra ficou assim distribuída: Regional Frequência Percentual Centro ,8% Jequitinhonha e Mucuri ,2% Noroeste 122 9,9% Norte , Rio Doce ,4% Sul , Triângulo , Zona da Mata ,6% Minas Gerais , 11

CAPACITAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE MINAS GERAIS

CAPACITAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE MINAS GERAIS 1 CAPACITAÇÃO NAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE MINAS GERAIS Fevereiro 2014 2014. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais - SEBRAE TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A reprodução não autorizada

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS MINEIRAS. Outubro 2012

EVOLUÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS MINEIRAS. Outubro 2012 EVOLUÇÃO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS MINEIRAS Outubro 2012 REPRESENTATIVIDADE AS MPE MINEIRAS - 2010 99,2% dos empreendimentos formais 55,8% da força de trabalho 42,9% da massa salarial Aproximadamente

Leia mais

PERFIL DO MICROEMPREENDEDOR

PERFIL DO MICROEMPREENDEDOR PERFIL DO MICROEMPREENDEDOR do Rio de Janeiro NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, DEZEMBRO DE 2011 06 2011 PANORAMA GERAL Os microempreendedores

Leia mais

A crise econômica sob a ótica do jovem empreendedor

A crise econômica sob a ótica do jovem empreendedor A crise econômica sob a ótica do jovem empreendedor Otimismo e autoconfiança são marcas do jovem empreendedor no Brasil. Percepção da crise é menor quando empresários olham para o próprio negócio A pesquisa

Leia mais

Plano de Pesquisa. Aplicação da Pesquisa. Metodologia de Pesquisa: Via telefone (C.A.T.I) Quantitativa. Universo

Plano de Pesquisa. Aplicação da Pesquisa. Metodologia de Pesquisa: Via telefone (C.A.T.I) Quantitativa. Universo 1 Plano de Pesquisa Metodologia de Pesquisa: Aplicação da Pesquisa Quantitativa Via telefone (C.A.T.I) Cnae: 4781-4/00 Amostra Universo 5.746 265.510 Período de Coleta de 05 de agosto a 21 de agosto 2015

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI ISSN 237-702 Ano Número 26 Agosto de 20 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Crise econômica III - Inflação e consumo 26 Crise econômica muda hábitos de consumo das famílias 90% dos brasileiros

Leia mais

OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, FEVEREIRO DE 2013

OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, FEVEREIRO DE 2013 NOTA CONJUNTURAL FORMALIZAÇÃO DOS PEQUENOS NEGÓCIOS no Estado do Rio de Janeiro OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, FEVEREIRO DE 2013 20 2013 PANORAMA GERAL No Brasil,

Leia mais

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF

EXPEDIENTE INSTITUTO FECOMÉRCIO/DF SUMÁRIO Expediente... 3 1. Identificação da Pesquisa... 4 2. Apresentação... 4 3. Perfil do Consumidor... 6 3.1 Faixa Etária... 6 3.2 Faixa de Renda... 7 3.3 Escolaridade... 8 3.4 Local de moradia... 9

Leia mais

Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2017

Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2017 O perfil do consumidor e resultado de intenção de compras para o período de volta às

Leia mais

CAMINHOS DA INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA GAÚCHA PRONEX PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA

CAMINHOS DA INOVAÇÃO NA INDÚSTRIA GAÚCHA PRONEX PROGRAMA DE APOIO A NÚCLEOS DE EXCELÊNCIA Dado que as atividades de inovação podem estar tanto reunidas como espalhadas pelas mais diversas áreas da empresa, concentramos nossa atenção em quatro áreas: (1) Desenvolvimento, (2) Operações, (3) Administração,

Leia mais

Pesquisa de Perspectivas de Final de Ano

Pesquisa de Perspectivas de Final de Ano Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Pesquisa de Perspectivas de Final de Ano Conteúdo Introdução...3 Perfil dos entrevistados:...4 Gênero...4 Faixa etária...4 Escolaridade...4 Ocupação...5

Leia mais

PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS

PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS PEQUENAS EMPRESAS E PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS TENDÊNCIAS E PRÁTICAS ADOTADAS PELAS EMPRESAS BRASILEIRAS EMENTA O presente estudo tem por finalidade abordar o comportamento recente das pequenas empresas na

Leia mais

Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2015

Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Intenção de Compras para o período de volta às aulas 2015 O perfil do consumidor e resultado de intenção

Leia mais

Sondagem conjuntural dos Pequenos Negócios BR. junho de 2017

Sondagem conjuntural dos Pequenos Negócios BR. junho de 2017 Sondagem conjuntural dos Pequenos Negócios BR junho de 2017 Sondagem conjuntural dos pequenos negócios Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Conhecer as expectativas

Leia mais

Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa 2012: análise dos principais resultados de Goiás

Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa 2012: análise dos principais resultados de Goiás Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa 2012: análise dos principais resultados de Goiás A 5ª edição do Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa é um dos produtos elaborados por meio da parceria

Leia mais

Um retrato do empreendedor do varejo brasileiro

Um retrato do empreendedor do varejo brasileiro Um retrato do empreendedor do varejo brasileiro Julho 2012 METODOLOGIA Plano amostral Público alvo: Comércio Varejista de todas as Capitais do Brasil. Tamanho amostral da Pesquisa: 605 casos, gerando um

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2015

Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2015 O perfil do

Leia mais

Perfil do Empreendedor

Perfil do Empreendedor 2015/2016 Perfil do Empreendedor de Caxias do Sul Descrição da pesquisa O empreendedorismo é um tema bastante presente no cotidiano político e econômico do país. Você pode ser um empreendedor corporativo

Leia mais

IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO

IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO Fevereiro 2016 IMPACTO DA CRISE ECONÔMICA NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS DO BRASILEIRO 53,3% Não tiveram sobras financeiras no

Leia mais

RELACIONAMENTO COM A POLÍCIA MILITAR GUTO/LEVS-FINEP

RELACIONAMENTO COM A POLÍCIA MILITAR GUTO/LEVS-FINEP RELACIONAMENTO COM A POLÍCIA MILITAR GUTO/LEVS-FINEP Tabelas Índice de Tabelas Tabela 1. Distribuição das Entrevista por Setor... 3 Tabela 2 Conhece algum Policial que patrulha o bairro por tempo de Residência......

Leia mais

GEM SÃO PAULO 2016 GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR. Agosto/2017

GEM SÃO PAULO 2016 GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR. Agosto/2017 GEM SÃO PAULO 2016 GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR Agosto/2017 A pesquisa é realizada desde 1999. O Brasil passou a fazer parte do projeto GEM em 2000. 65 países em 2016-69% da população global e 84% do

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2016

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2016 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ELEIÇÕES 2016 DEZEMBRO DE 2015 JOB1629 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O principal objetivo desse projeto é levantar opiniões sobre as eleições municipais

Leia mais

Conflitos no Rio de Janeiro. novembro de 2010

Conflitos no Rio de Janeiro. novembro de 2010 Conflitos no Rio de Janeiro novembro de 2010 1 Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo Geral Levantar a percepção

Leia mais

Pirataria. Opinião do consumidor. Área de Estudos Econômicos

Pirataria. Opinião do consumidor. Área de Estudos Econômicos Pirataria Opinião do consumidor Área de Estudos Econômicos Pirataria O crime de falsificação e violação de propriedade intelectual e de direitos autorais, popularmente conhecido como pirataria, causa prejuízos

Leia mais

Taxa de desemprego de 15,0%

Taxa de desemprego de 15,0% 14 de agosto de 2012 Estatísticas do Emprego (versão corrigida em 17-08-2012, às 11.10H) 2º trimestre de 2012 Retificação, no Quadro 3, da informação relativa a inativos à procura de emprego mas não disponíveis

Leia mais

POPULARIDADE DA INTERNET

POPULARIDADE DA INTERNET POPULARIDADE DA INTERNET Inayara Soares da Silva Atualmente, a população encontra grande facilidade no acesso à internet. Tal facilidade e popularização da rede vem atraindo de jovens a idosos, que não

Leia mais

bancodopovo.sp.gov.br

bancodopovo.sp.gov.br Dinheiro fácil e barato para quem quer produzir O que é o Banco do Povo Paulista? O Banco do Povo Paulista é o programa de microcrédito produtivo desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo e executado

Leia mais

Empreendedorismo feminino A força das mulheres na economia

Empreendedorismo feminino A força das mulheres na economia Sustentabilidade RELATÓRIO DE INTELIGÊNCIA DEZEMBRO 2014 Empreendedorismo feminino A força das mulheres na economia Nos últimos anos se tornou notável o aumento da participação feminina no mercado de trabalho

Leia mais

A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1%

A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1% 09 de maio de 2014 Estatísticas do Emprego 1º trimestre de 2014 A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1 A taxa de desemprego estimada para o 1º trimestre de 2014 foi 15,1. Este

Leia mais

CORONEL JOÃO PESSOA 1 DADOS GERAIS 2 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS

CORONEL JOÃO PESSOA 1 DADOS GERAIS 2 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS 1 DADOS GERAIS - Data de emancipação: 19/12/1963 - Distância da capital: 453 km - Área: 117 Km 2 - Localização Mesorregião: Oeste Potiguar Microrregião: Serra de São Miguel - População: 4.827 (IBGE/2007)

Leia mais

A taxa de desemprego estimada foi de 16,4%

A taxa de desemprego estimada foi de 16,4% 7 de agosto de 2013 Estatísticas do Emprego 2º trimestre de 2013 A taxa de desemprego estimada foi de 16,4% A taxa de desemprego estimada para o 2º trimestre de 2013 foi de 16,4%. Este valor é superior

Leia mais

Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 -

Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 - Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 - 2 Objetivo Metodologia Perfil da amostra Programa A Voz do Brasil Transmissão em horário fixo / flexível Importância

Leia mais

Avaliação Econômica do Projeto de Microcrédito para a população da Zona Norte de Natal/RN

Avaliação Econômica do Projeto de Microcrédito para a população da Zona Norte de Natal/RN FUNDAÇÃO ITAÚ SOCIAL CENTRO DE APOIO AOS MICROEMPREENDEDORES Avaliação Econômica do Projeto de Microcrédito para a população da Zona Norte de Natal/RN Equipe: Iraê Cardoso, Isabela Almeida, Lilian Prado,

Leia mais

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Rio de Janeiro Balanço de 2011

GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Rio de Janeiro Balanço de 2011 GERAÇÃO DE EMPREGOS FORMAIS no Rio de Janeiro Balanço de 2011 NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, FEVEREIRO DE 2012 08 2012 O ano de 2011 foi marcado

Leia mais

Relatório de Resultado de vendas do Natal 2012

Relatório de Resultado de vendas do Natal 2012 Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas do Natal 2012 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período de Natal em Santa Catarina. Conteúdo Introdução...

Leia mais

Intenção de compras para o Dia dos Pais 2013

Intenção de compras para o Dia dos Pais 2013 Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Intenção de compras para o Dia dos Pais 2013 Conteúdo Introdução...3 Perfil dos consumidores...4 Gênero...4 Faixa etária...4 Escolaridade...4 Ocupação...5

Leia mais

Resultado de Vendas do Dia das Crianças 2017

Resultado de Vendas do Dia das Crianças 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Resultado de Vendas do Dia das Crianças 2017 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período do Dia das Crianças em Santa

Leia mais

A taxa de desemprego estimada foi de 15,6%

A taxa de desemprego estimada foi de 15,6% 7 de novembro de 2013 Estatísticas do Emprego 3º trimestre de 2013 A taxa de desemprego estimada foi de 15,6% A taxa de desemprego estimada para o 3º trimestre de 2013 foi de 15,6%. Este valor é inferior

Leia mais

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA AMBIENTE ECONÔMICO

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA AMBIENTE ECONÔMICO PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA AMBIENTE ECONÔMICO OBJETIVO: Outubro/2010 Esta pesquisa tem como objetivo avaliar o efeito do atual ambiente econômico sobre o desempenho das s industriais paulistas.

Leia mais

Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação

Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação Planejamento Estratégico de Uma Pequena Empresa do Ramo de Panificação Bruno da Costa Feitosa bcfeitosa@gmail.com Resumo Este documento apresenta o planejamento estratégico de uma pequena empresa do ramo

Leia mais

2.2 Ambiente Macroeconômico

2.2 Ambiente Macroeconômico Por que Ambiente Macroeconômico? Fundamentos macroeconômicos sólidos reduzem incertezas sobre o futuro e geram confiança para o investidor. A estabilidade de preços é uma condição importante para processos

Leia mais

PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura:

PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: PESQUISA: Relação da população de Natal com a leitura: Uma Abordagem A construção Quantitativa participativa do Objetivos Conhecer o perfil do público leitor da cidade de Natal; Conhecer as práticas de

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA A Socioambiental (PRSA) substitui a Política Corporativa pela Sustentabilidade (2011), e incorpora a contribuição das partes interessadas

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Consumidor

Pesquisa de Opinião do Consumidor O Dia dos Namorados é a data fundamental no calendário do varejo. Comemorada no dia 12 junho, destaca-se por movimentar as vendas de artigos feminino e masculino. A data é considerada a terceira melhor

Leia mais

Perfil dos consumidores

Perfil dos consumidores Conteúdo Introdução... 4 Perfil dos consumidores... 5 Gênero... 5 Faixa etária... 5 Escolaridade... 5 Ocupação... 6 Renda média mensal familiar... 6 Intenção de compras para o Dia das Mães 2014... 7 Conclusão...

Leia mais

Relatório de Intenção de Compras para o Dia das Crianças 2014

Relatório de Intenção de Compras para o Dia das Crianças 2014 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Relatório de Intenção de Compras para o Dia das Crianças 2014 O perfil

Leia mais

46% dos inadimplentes não têm condições financeiras de pagar as dívidas em atraso nos próximos três meses, mostra SPC Brasil

46% dos inadimplentes não têm condições financeiras de pagar as dívidas em atraso nos próximos três meses, mostra SPC Brasil 46% dos inadimplentes não têm condições financeiras de pagar as dívidas em atraso nos próximos três meses, mostra SPC Brasil Em um ano, valor total das pendências diminuiu 34% e chega a R$ 3.544 mil. Perda

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CREDITÁ S.A. Crédito, Financiamento e Investimento SUMÁRIO 1. Propósito 2. Abrangência 3. Política 3.1 Princípios Fundamentais 3.2 Diretrizes Socioambientais

Leia mais

Pesquisa de Opinião Pública sobre Energia Elétrica

Pesquisa de Opinião Pública sobre Energia Elétrica Pesquisa de Opinião Pública sobre Energia Elétrica METODOLOGIA DA PESQUISA O objetivo principal da pesquisa é levantar a opinião dos brasileiros sobre a situação da energia elétrica no país e a percepção

Leia mais

Intenção de Compras do Dia das Crianças 2017

Intenção de Compras do Dia das Crianças 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Intenção de Compras do Dia das Crianças 2017 O perfil do consumidor e a intenção de compras para o Dia das Crianças em Santa Núcleo de Pesquisas

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO DO CONSUMIDOR: PIRATARIA BELO HORIZONTE - AGOSTO/2016

PESQUISA DE OPINIÃO DO CONSUMIDOR: PIRATARIA BELO HORIZONTE - AGOSTO/2016 PESQUISA DE OPINIÃO DO CONSUMIDOR: PIRATARIA BELO HORIZONTE - AGOSTO/2016 Pirataria O crime de falsificação e violação de propriedade intelectual e de direitos autoriais, popularmente conhecido como pirataria,

Leia mais

DIAGNÓSTICO DO SISTEMA DE PRODUÇÃO DE MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS EM MG

DIAGNÓSTICO DO SISTEMA DE PRODUÇÃO DE MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS EM MG Universidade Federal de Lavras UFLA Departamento de Ciências Florestais DIAGNÓSTICO DO SISTEMA DE PRODUÇÃO DE MUDAS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS EM MG Antonio Claudio Davide ABORDAGENS PARA A RESTAURAÇÃO

Leia mais

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2016

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2016 O perfil do empresário e

Leia mais

Presença feminina nas empresas em Portugal

Presença feminina nas empresas em Portugal Presença feminina nas empresas em Portugal 4ª Edição, Março 2014 ESTUDO INFORMA D&B A Informa D&B, como especialista no conhecimento da informação sobre o tecido empresarial, tem vindo a acompanhar esta

Leia mais

Hábitos de Consumo e Meio Ambiente

Hábitos de Consumo e Meio Ambiente Hábitos de Consumo e Meio Ambiente Roberta Atherton Diante da consciência de que os recursos naturais são bens finitos e de valor inestimável, temos o desafio de compatibilizar a promoção do crescimento

Leia mais

Profa. Cleide de Freitas. Unidade II PLANO DE NEGÓCIOS

Profa. Cleide de Freitas. Unidade II PLANO DE NEGÓCIOS Profa. Cleide de Freitas Unidade II PLANO DE NEGÓCIOS O que vimos na aula anterior Ideias e Oportunidades Oportunidades x Experiência de mercado O que é um plano de negócios? Identificação e análise de

Leia mais

Rede de Negócios: um panorama da cadeia do leite no Brasil. urielrotta@pensa.org.br

Rede de Negócios: um panorama da cadeia do leite no Brasil. urielrotta@pensa.org.br Rede de Negócios: um panorama da cadeia do leite no Brasil Uriel Antonio Superti Rotta urielrotta@pensa.org.br O SAG do leite no Brasil O sistema agroindustrial do leite reúne importantes segmentos da

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS ECONÔMICOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS ECONÔMICOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS ECONÔMICOS MAIO DE 2015 JOB1845-5 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA O estudo tem por objetivo geral levantar o sentimento do consumidor em relação

Leia mais

Mulheres apresentaram 42% das solicitações de financiamento à FAPESP em 2010

Mulheres apresentaram 42% das solicitações de financiamento à FAPESP em 2010 1 Mulheres apresentaram 42% das solicitações de financiamento à FAPESP em 2010 Pesquisadoras já são 43% do total de cientistas em SP Proponentes das solicitações de apoio à pesquisa Em 2010 a FAPESP deliberou

Leia mais

LEI ANTIFUMO. Luciana Ghidetti de Oliveira

LEI ANTIFUMO. Luciana Ghidetti de Oliveira LEI ANTIFUMO Luciana Ghidetti de Oliveira No dia 4 de setembro, foi publicado no Diário Oficial o decreto que regulamenta a Lei Antifumo no estado do Espírito Santo. Com isso, a Futura foi às ruas conhecer

Leia mais

Relatório de Resultado de vendas de Dia dos Pais 2014

Relatório de Resultado de vendas de Dia dos Pais 2014 Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Resultado de vendas de Dia dos Pais 2014 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período de Dia dos Pais em Santa Catarina. Conteúdo

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI ISSN 7-70 Ano 5 Número 5 Agosto de 05 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Crise econômica II - Renda e endividamento 5 Brasileiros sofrem com endividamento e perda de poder de compra Como

Leia mais

PEDRA PRETA 1 DADOS GERAIS 2 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS

PEDRA PRETA 1 DADOS GERAIS 2 PERFIL DOS EMPREENDIMENTOS 1 DADOS GERAIS - Data de emancipação: 19/01/1963 - Distância da capital: 149 km - Área: 295 Km 2 - Localização Mesorregião: Central Potiguar Microrregião: Angicos - População: 2.659 (IBGE/2007) - Número

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENERGIA ELÉTRICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENERGIA ELÉTRICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ENERGIA ELÉTRICA MAIO DE 2017 JOB0372 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O principal objetivo da pesquisa é levantar a opinião dos brasileiros sobre a situação

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas no Peru. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas no Peru. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas no Peru Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios A Lei peruana define as Pequenas e Micro Empresas (PMEs) como: "... a unidade econômica

Leia mais

ANEXO 1 QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 QUESTIONÁRIO ANEXOS ANEXO 1 QUESTIONÁRIO QUESTIONÁRIO GRUPO I - Dados pessoais 1 - Idade: anos 2 - Género: Masculino Feminino 3 - Ano de conclusão da formação em Serviço Social: 4 - Habilitações Literárias: 4.1 - Serviço

Leia mais

A GESTÃO DA INFORMAÇÃO NO VAREJO 1

A GESTÃO DA INFORMAÇÃO NO VAREJO 1 A GESTÃO DA INFORMAÇÃO NO VAREJO 1 Lucas Schallenberger 2, Gabriela Cappellari 3, Darles Assmann 4, Charles Schmidt 5, Luciano Zamberlan 6. 1 Pesquisa realizada no curso curso de Administração da Unijuí

Leia mais

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2017

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2017 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2017 O perfil do empresário e resultado de vendas para o período do Dia dos Namorados em Santa

Leia mais

2. COMPARAÇÃO DE PERFIL ENTRE ADIMPLENTES E INADIMPLENTES

2. COMPARAÇÃO DE PERFIL ENTRE ADIMPLENTES E INADIMPLENTES PERFIL DO CONSUMIDOR COM E SEM DÍVIDAS NO BRASIL 1. PESQUISA Pesquisa inédita realizada pela CNDL e SPC Brasil buscou avaliar o perfil dos brasileiros adimplentes e inadimplentes, sendo consideradoscomo:

Leia mais

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA MOVIMENTO DO FINAL DO ANO E PAGAMENTO DO 13º SALÁRIO Outubro/2015 SUMÁRIO A expectativa da indústria paulista com relação ao final de 2015 está bastante pessimista:

Leia mais

ENDIVIDAMENTO E INCUMPRIMENTO NO CRÉDITO BANCÁRIO AO CONSUMO

ENDIVIDAMENTO E INCUMPRIMENTO NO CRÉDITO BANCÁRIO AO CONSUMO ENDIVIDAMENTO E INCUMPRIMENTO NO CRÉDITO BANCÁRIO AO CONSUMO UM ESTUDO DE CASO CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS DA FACULDADE DE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Fevereiro de 2002 Índice Introdução... 1 1.

Leia mais

Pequenas e Médias Empresas na Irlanda. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios

Pequenas e Médias Empresas na Irlanda. Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios Pequenas e Médias Empresas na Irlanda Pequenos Negócios Conceito e Principais instituições de Apoio aos Pequenos Negócios A Irlanda segue a definição padrão da União Europeia (UE) de uma Pequena e Média

Leia mais

Nível de expectativas do consumidor de Chapecó no inicio de 2016 faz índice aumentar 1,68%

Nível de expectativas do consumidor de Chapecó no inicio de 2016 faz índice aumentar 1,68% Publicação Mensal do Curso de Ciências Econômicas da Unochapecó Ano: 01 v. 1 Janeiro 2016 Índice de Confiança do Consumidor Chapecoense ICC/UNO Fábio Júnior Piccinini Mestre em Políticas Sociais e Dinâmicas

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas de Dia das Crianças 2014

Relatório de Resultado de Vendas de Dia das Crianças 2014 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas de Dia das Crianças 2014 O perfil do

Leia mais

INFORME ETENE. INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA NO NORDESTE 2ª Edição 1. INTRODUÇÃO

INFORME ETENE. INVESTIMENTOS EM INFRAESTRUTURA NO NORDESTE 2ª Edição 1. INTRODUÇÃO Ano V Maio de 2011 Nº 8 INFORME ETENE Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste - ETENE Ambiente de Estudos, Pesquisas e Avaliação-AEPA Célula de Estudos e Pesquisas Macroeconômicas, Industriais

Leia mais

Cta. PRESI nº Brasília, de janeiro de 1997.

Cta. PRESI nº Brasília, de janeiro de 1997. Cta. PRESI nº Brasília, de janeiro de 1997. Ilmo. Sr. DIRETOR-SUPERINTENDENTE SEBRAE/UF ASSUNTO: IV Sondagem Balcão/96. Prezado Senhor: Encaminho, anexo, para conhecimento de V. Sa., relatório referente

Leia mais

Análise dos resultados do GEM 2016 por faixa etária

Análise dos resultados do GEM 2016 por faixa etária Análise dos resultados do GEM 16 por faixa etária Abril/17 1 17. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Sebrae Todos os direitos reservados A reprodução não autorizada desta publicação,

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Presidente da República DILMA ROUSSEFF MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Ministro de Estado da Justiça JOSÉ EDUARDO CARDOZO Secretária-Executiva MÁRCIA PELEGRINI DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO

Leia mais

Estabelecimentos e Empregos nas Micro e Pequenas Empresas 1

Estabelecimentos e Empregos nas Micro e Pequenas Empresas 1 Estabelecimentos e Empregos nas Micro e Pequenas Empresas 1 Neste texto é analisada exclusivamente a base de dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), com destaque para algumas características

Leia mais

Sustentabilidade no Setor Público, A3P e Planos de Logística Sustentável

Sustentabilidade no Setor Público, A3P e Planos de Logística Sustentável Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental SAIC Departamento de Produção e Consumo Sustentável DPCS Sustentabilidade no Setor Público, A3P e Planos de Logística

Leia mais

3 - Marque um "X" na quantidade de bens existentes no local que você mora.

3 - Marque um X na quantidade de bens existentes no local que você mora. FORMULÁRIO SOCIOECONÔMICO 2014/1 1- IDENTIFICAÇÃO DO ESTUDANTE: Nome: Curso: Turno: CPF: RG: Endereço: Bairro: Ponto de referência: Telefones: Residência: Celular: Recado: E-mail: Data do Nascimento: Sexo:

Leia mais

Mercado de Trabalho da Grande Vitória: Principais Características da Última Década ( ) RELATÓRIO DE SETEMBRO/2008

Mercado de Trabalho da Grande Vitória: Principais Características da Última Década ( ) RELATÓRIO DE SETEMBRO/2008 Mercado de Trabalho da Grande Vitória: Principais Características da Última Década (1998-2007) RELATÓRIO DE SETEMBRO/2008 OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DO ESPÍRITO SANTO Contrato de

Leia mais

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO 1 CASA É A PREFERÊNCIA DOS SOTEROPOLITANOS PARA MORADIA Roberta Atherton Conforme pesquisa realizada pela Futura em março de 2012, a casa própria permeia

Leia mais

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Luciana Zamprogne Em outubro deste ano, o senador Ivo Cassol (PP) anunciou em Plenário a apresentação do Projeto de Decreto Legislativo

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS ABRIL DE 2011 JOB604 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar informações sobre o contexto pré-eleitoral do município

Leia mais

Relatório de Resultado de Vendas Páscoa 2015

Relatório de Resultado de Vendas Páscoa 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Relatório de Resultado de Vendas Páscoa 2015 O perfil do empresário e

Leia mais

O constante crescimento no uso de cartão de crédito e a importância de conciliar

O constante crescimento no uso de cartão de crédito e a importância de conciliar O constante crescimento no uso de cartão de crédito e a importância de conciliar O MERCADO DE CARTÕES DE CRÉDITO E DÉBITO Principais características do mercado de cartão de crédito e débito. A importância

Leia mais

A METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO EM UMA EMPRESA DE MÓVEIS PLANEJADOS 1

A METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO EM UMA EMPRESA DE MÓVEIS PLANEJADOS 1 A METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO EM UMA EMPRESA DE MÓVEIS PLANEJADOS 1 Aline Guarda 2, Ana Paula De Moura Da Silva 3, Giana Luiza Parnoff 4, Blener Vitório De Oliveira Rígoli 5, Marisandra Da Silva Casali

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS NOVEMBRO/ DEZEMBRO DE 2013 JOB2726-13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Trata-se de uma pesquisa de acompanhamento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIAO PUBLICA SOBRE TORCIDAS DE FUTEBOL MINAS GERAIS OUTUBRO DE 1998 OPP 586 IBOPE

PESQUISA DE OPINIAO PUBLICA SOBRE TORCIDAS DE FUTEBOL MINAS GERAIS OUTUBRO DE 1998 OPP 586 IBOPE SOBRE TORCIDAS DE FUTEBOL OUTUBRO DE 1998 OPP 586 E S P E C I F I C A C O E S =========================== OBJETIVO - LEVANTAR JUNTO A POPULACAO DA AREA EM ESTUDO OPINIOES RELACIONADAS A FUTEBOL. LOCAL

Leia mais

Perfil Demográfico da População Idosa do COREDE do Vale do Rio Pardo Anos de 2000 e 2010

Perfil Demográfico da População Idosa do COREDE do Vale do Rio Pardo Anos de 2000 e 2010 Perfil Demográfico da População Idosa do COREDE do Vale do Rio Pardo Anos de 2000 e 2010 Para realizar uma análise dos censos demográficos dos anos de 2000 e 2010, é importante salientar que, de acordo

Leia mais

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA:

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: Curitiba, 09 de dezembro de 2016. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Brasil, com o objetivo de consultar à população sobre avaliação de uma possível intervenção

Leia mais

na Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro

na Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro EMPREGOS E SALÁRIOS na Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, AGOSTO DE 2012 14 2012 A geração de empregos

Leia mais

Relatório de Intenção de Compras do Dia dos Pais 2015

Relatório de Intenção de Compras do Dia dos Pais 2015 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Relatório de Intenção de Compras do Dia dos Pais 2015 O perfil do consumidor e a intenção de compras para o período do Dia dos Pais em

Leia mais

Intenção de compras para a Páscoa de 2014

Intenção de compras para a Páscoa de 2014 Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Intenção de compras para a Páscoa de 2014 Conteúdo Introdução...4 Perfil dos consumidores...5 Gênero...5 Faixa etária...5 Escolaridade...5 Ocupação...6

Leia mais

EMPREENDEDORISMO Mestrados (5)

EMPREENDEDORISMO Mestrados (5) EMPREENDEDORISMO Mestrados (5) Título: Empreendedorismo social: uma abordagem sobre a questão de gênero no Brasil Ano: 2007 - MESTRADO Autor: Renata da Conceição Cruz Resumo: Atualmente, temas como o terceiro

Leia mais

Intenção de Consumo Dia das Crianças 2016

Intenção de Consumo Dia das Crianças 2016 Intenção de Consumo Dia das Crianças 2016 http://www.istockphoto.com/br/foto/crian%c3%a7as-brincando-com-brinquedos-de-madeira-gm474413898-64594791?st=_p_dia%20das%20crianas Área de Estudos Econômicos

Leia mais

Intenção de Compras para o período de Páscoa 2016

Intenção de Compras para o período de Páscoa 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Intenção de Compras para o período de Páscoa 2016 O perfil do consumidor

Leia mais

no mercado de trabalho

no mercado de trabalho A Desigualdade de Gênero no mercado de trabalho Eugenia Troncoso Leone 1 Agradeço ao GT Gênero da Abep a oportunidade de participar desta mesa redonda e agradeço, principalmente, a Moema Guedes que me

Leia mais

Relatório de Pesquisa. Ex-achievers edição 2014

Relatório de Pesquisa. Ex-achievers edição 2014 Relatório de Pesquisa Ex-achievers edição 2014 Destaques O Programa Miniempresa, segundo os Ex-achievers Motiva a iniciar a carreira profissional a estabelecer novos objetivo para a vida Desenvolve Trabalho

Leia mais