DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR"

Transcrição

1 PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR COORDENAÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL DISTRITOS SANITÁRIOS BELO HORIZONTE Dezembro de 2004

2 PROTOCOLOS DE ENCAMINHAMENTO PARA A ATENÇÃO SECUNDÁRIA CONSIDERAÇÕES GERAIS Todo encaminhamento deverá ter sua origem na assistência odontológica da unidade básica de saúde. Obs.: os mesmos critérios devem ser adotados para os pacientes encaminhados por outros municípios que participam da Programação Pactuada Integrada (PPI). O cirurgião dentista, a partir da história clínica do paciente, se achar conveniente e necessário, deverá solicitar avaliação médica. Neste caso, os relatórios e resultados de exames deverão ser anexados na guia de encaminhamento. Uma determinada clínica da atenção secundária não deve encaminhar diretamente para outra, e sim para a rede básica que agendará primeira consulta em outra especialidade necessária. Todos os retornos devem ser agendados na própria unidade de atenção secundária. Todos os encaminhamentos, principalmente aqueles que foram considerados inadequados, devem ter a contra referência formal para a unidade básica, por ser esta unidade onde deve-se estabelecer o vínculo usuário/sistema de saúde. (COMUNS A TODAS AS CLÍNICAS) DIZEM RESPEITO ÀS GUIAS DE REFERÊNCIA: OBS.: TODOS OS CAMPOS DA GUIA DEVEM SER PREENCHIDOS DE FORMA CORRETA, COMPLETA E LEGÍVEL (LETRA DE FORMA) DA CLÍNICA: Odontológica ou básica de odontologia PARA CLÍNICA : Escrever o nome da especialidade para qual pretende referenciar o paciente; CÓDIGO DA UNIDADE: Escrever o código SIA/SUS da unidade básica que encaminha NOME DA UNIDADE: Escrever o nome da unidade básica que encaminha PRONTUÁRIO: Escrever o número do prontuário do paciente na unidade básica que encaminha; MOTIVO DO ENCAMINHAMENTO Especificar o elemento dental a ser tratado, usando a codificação internacional ou por quadrante; Especificar história da doença atual, hipótese diagnóstico, procedimentos clínicos realizados e outras informações julgadas necessárias; MÉDICO SOLICITANTE: Assinatura e carimbo do dentista da rede municipal de saúde responsável pelo encaminhamento, que necessariamente deverá ter examinado, avaliado e/ou atendido o paciente; DIZEM RESPEITO AO USUÁRIO: Paciente que passou por um atendimento de urgência deve seguir os mesmos passos citados abaixo; *Exceção ao paciente com elemento dental que sofreu traumatismo e comprovadamente necessite de tratamento endodôntico urgente. Neste caso o agendamento urgente deverá ser solicitado via Serviço de Atenção à Saúde do respectivo distrito sanitário. *Exceção à criança que mostrou-se resistente ao tratamento e não pode ser contornado. Encaminhar radiografia prévia só é obrigatório nos casos de tratamento endodôntico de decíduo e apicetomias. Demais casos somente se houver necessidade ou a radiografia estiver disponível. 2

3 DIZEM RESPEITO AS GUIAS DE CONTRA REFERÊNCIA: PRONTUÁRIO: Escrever número do prontuário do paciente na unidade de atenção secundária UNIDADE: Escrever o nome da unidade de atenção secundária que realizou o atendimento RELATO DA CONSULTA: Observar as informações específicas que este campo deve conter de acordo com cada especialidade Caso o profissional da unidade de atenção secundária deseje encaminhar o paciente para outra especialidade, deverá fazer constar o motivo do encaminhamento, para que seja transcrito para a guia de referência que será elaborada pela unidade básica. ENDODONTIA REQUISITOS BÁSICOS O ENCAMINHAMENTO Paciente que passou por um atendimento de urgência também deve seguir os mesmos passos citados abaixo; *Exceção ao paciente com elemento dental que sofreu traumatismo e comprovadamente necessite de tratamento endodôntico urgente. Regulação deve ser encaminhado ao distrito via Gerência de Atenção à Saúde do respectivo distrito sanitário. Encaminhar radiografia prévia só é obrigatório nos casos de retratamento para apicetomia. Demais casos somente se houver necessidade ou a radiografia estiver disponível. Remoção de todo o tecido cariado do elemento dental a ser tratado, abertura da câmara pulpar, curativo de demora e selamento provisório; Importante: Podem ser encaminhados os casos de: Somente dentes permanentes; Casos com destruição coronária extensa deverão ser selecionados com maior rigor (indispensável função mastigatória, estética ou para retenção de prótese). Nestes casos, é importante que o profissional que encaminha justifique a referência com informações complementares relativas principalmente ao tratamento restaurador que planeja executar. Casos de rizogênese incompleta com necrose pulpar devem ser encaminhados quando houver destruição somente da superfície oclusal, ou quando houver reconstituição com resina fotopolimerizável das demais superfícies comprometidas; Terceiros molares devem ser encaminhados somente quando tenham função indispensável e ofereçam condições de tratamento (prognóstico, anatomia radicular e acesso favoráveis); Retratamento de dentes anteriores e pré-molares. Pulpotomias, pois devem ser realizadas nas unidades básicas de saúde; inclusive nos casos de rizogênese incompleta com vitalidade pulpar; Dentes com lesão de furca; Dentes com raízes seccionadas; Dente com inclinação excessiva que inviabilize prognóstico e/ou tratamento restaurador; Retratamento endodôntico de molares exceto quando for casos de apoio de prótese já existente.lesões de endopério: devem ser encaminhadas inicialmente para periodontia, para avaliar a possibilidade de recuperação periodontal antes de executar o tratamento endodôntico. CONTRA REFERÊNCIA: Especificar tratamento realizado com recomendações que julga necessários; Em caso de negativa de atendimento, enviar por escrito as razões. 3

4 PERIODONTIA Paciente que passou por um atendimento de urgência deve seguir os mesmos passos citados abaixo; Encaminhar radigrafia prévia não é obrigatório, somente se houver necessidade ou a radiografia estiver disponível. Remoção de cálculos e fatores retentivos de placa como excessos marginais de restaurações; Nos dentes indicados para cirurgia de aumento de coroa clínica, utilizar somente ionômero de vidro; PODEM SER ENCAMINHADOS CASOS DE: Persistência de sangramento gengival e bolsa acima de 5 mm, após remoção de tártaro e controle de placa; Gengivoplastias; Lesão de endopério; Periodontite juvenil; Sequelas de guna; Fibrose e hiperplasia gengival; Dentes isolados que apresentem mobilidade com trauma oclusal, somente devem ser encaminhados se o problema permanecer, após a eliminação do contato prematuro. Dentes com extrusão que ultrapassem muito o plano oclusal (sem antagonista / função); Dentes com mobilidade avançada e movimento intrusivo; Paciente cuja terapia necessite tratamento regenerativo (membranas biológicas, enxertos ósseos, enxertos gengivais); Nestes casos encaminhar para cirurgia. CONTRA REFERÊNCIA Tratamento realizado Periodicidade da manutenção periodontal, de acordo com a necessidade de cada paciente, que deverá ser feita na atenção básica com as recomendações necessárias (prescrição de medicamentos, bochechos, etc.) CIRURGIA Paciente que passou por um atendimento de urgência também deve seguir os mesmos passos citados anteriormente; Encaminhar radigrafia prévia só é obrigatório nos casos de apicetomias e inclusos. Demais casos somente se houver necessidade ou a radiografia estiver disponível. Nos casos de apicetomia, o tratamento ou retratamento endodôntico deverá ser realizado previamente. PODEM SER ENCAMINHADOS CASOS DE : Apicetomias Cirurgia de dentes inclusos/semi-inclusos Priorizar casos com com sintomatologia Frenectomia lingual (independente da idade do usuário) Ulectomias Osteotomia corretiva Cirurgia de tecidos duros e moles (torus palatino e mandibulares, cistos,outros) 4

5 NÃO DEVEM SER ENCAMINHADOS Exodontias simples (inclusive para finalidade protética) Raízes residuais Contra referência: Especificar tratamento realizado Em caso de negativa de atendimento, enviar por escrito as razões ODONTOPEDIATRIA POPULAÇÃO ALVO Crianças de 0 A 12 anos que ofereçam resistência ao tratamento odontológico, não superada na unidade básica Crianças com necessidade de tratamento endodôntico em dentes decíduos Paciente que passou por um atendimento de urgência também deve seguir os mesmos passos citados anteriormente; *Exceção ao paciente com elemento dental que sofreu traumatismo e comprovadamente necessite de tratamento endodôntico urgente. Neste caso o agendamento urgente deverá ser solicitado via Serviço de Atenção à Saúde do respectivo distrito sanitário. *Exceção à criança que mostrou resistência ao tratamento e não pode ser contornada. Encaminhar radigrafia prévia só é obrigatório nos casos de tratamento endodôntico de decíduo. Demais casos somente se houver necessidade ou a radiografia estiver disponível. Remoção de todo o tecido cariado do elemento a ser tratado endodonticamente. Informar as tentativas frustradas de atendimento da criança que apresentou resistência ao tratamento, com as respectivas datas. SELEÇÃO DE CASOS Dentes decíduos para tratamento endodôntico: Avaliar rizogênese do dente permanente correspondente, uma vez que dois terços ou mais de raiz formada contraindica o tratamento endodôntico; Avaliar a idade do paciente e a possível erupção do dente homólogo. Crianças que mostraram resistência não superada na atenção básica: Nestes casos, todo o tratamento reabilitador será executado na atenção secundária e o paciente retornará à unidade básica para continuidade do procedimento coletivo. Crianças que embora dentro da faixa etária estipulada, não apresentem problemas de resistência ao atendimento; Dentes decíduos com indicação de pulpotomia realizar na unidade básica de saúde, inclusive casos de rizogênese incompleta com vitalidade pulpar Dentes decíduos a serem tratados endodonticamente em avançado estágio de reabsorção radicular. Frenectomias a princípio deverão ser encaminhadas para cirurgia. CONTRA REFERÊNCIA Informar todo o tratamento realizado Dentes tratados endodonticamente serão selados com ionômero de vidro e o paciente retornará às unidades básicas de saúde para continuidade do tratamento. 5

6 ORTODONTIA POPULAÇÃO ALVO CRIANÇAS DE 3 A 12 ANOS (AINDA COM DENTIÇÃO MISTA); Não é necessário encaminhar radiografia prévia, a menos que esteja disponível. Tratamento cirúrgico restaurador concluído. DEVEM SER ENCAMINHADOS CASOS DE: Perda precoce de dente decíduo mantenedores de espaço Atresia no sentido lateral da maxila ou mandíbula e mordida cruzada superior ou bilateral placas de expansão Incisivos centrais e/ou Incisivos laterais em linguoversão e rizogênese completa e espaço suficiente para descruzamento - plano inclinado de dentes anteriores e superior Protrusão leve dos anteriores superiores(canino a canino) sem apinhamento e restante do arco alinhado placa de Halley Protrusão anterior superior acentuada associada à falta de crescimento da mandíbula placa de Classe II com Pista Oclusal Hábitos viciosos(sucção de dedo, bico e posicionamento lingual placa com grade palatina) NÃO DEVEM SER ENCAMINHADOS Classe III, Classe I com apinhamento primário transitório (elemento dental erupcionou fora da linha do arco mas existe espaço para migração e reposicionamento). Extrações seriadas - Neste caso, o ortodontista encaminhará contra-referência para proceder às extrações seriadas na atenção básica. PATOLOGIA BUCAL SELEÇÃO DE CASOS Lesões de mucosa bucal e estruturas anexas, recorrentes ou não, que não cicatrizam em até 2 semanas, onde seja indicado ou desejado esclarecimento clínico ou exame histopatológico(biopsia). Áreas de mucosa bucal que, mesmo sem ulcerações, apresentam-se esbranquiçadas ou avermelhadas, relacionadas ou não ao uso de próteses. Lesões ósseas de natureza diversa, localizadas na maxila ou na mandíbula. Lembramos que as queixas relativas à atenção básica (restaurações, extrações, limpezas, etc.) não poderão ser encaminhadas para esta especialidade, a menos que se relacionem com os ítens anteriores. CONTRA-REFERÊNCIA Diagnóstico Tratamento Prevenção e diagnóstico precoce de câncer bucomaxilofacial ONDE ENCAMINHAR Convênio HMOB/UFMG 6

7 . Paciente vai direto (não é pela Central de Marcação), com a Guia de Referência Horários Disponíveis:. Observações:. A coleta de material para biopsia será feita no HMOB. Se necessário, o HMOB encaminhará o paciente para o Hospital Mário Pena ou Santa Casa Convênio PUC-MG. Encaminhamento pela Central de Marcação USUÁRIOS COM NECESSIDADES ESPECIAIS - UNE Avaliação médica com laudo e relatório do diagnóstico e avaliação clínica geral (sistêmica) do paciente. SELEÇÃO DE CASOS Portadores de sofrimento mental que apresente dificuldade de atendimento nas unidades básicas de saúde, após duas tentativas frustadas de atendimento**; Paciente deficiente mental com comprometimento da fala e/ou não responde a comandos, não cooperativo, após duas tentativas frustadas de atendimento na rede básica**; Deficientes sensoriais e físicos, quando associados a distúrbios de comportamento, após duas tentativas frustadas de atendimento na unidade básica**; Patologias sistêmicas crônicas, endócrino metabólicas, alterações genéticas e outras quando associada a distúrbio de comportamento; Deficiente neurológico grave (ex.paralisia cerebral) Doenças degenerativas do sistema nervoso central, quando impossibilitados de atendimento no centro de saúde; Paciente autista. **Deve ser informado as datas das tentativas de atendimento na própria guia de referência Criança (0 a 12 anos) deficiente mental moderada com distúrbio de comportamento, após duas tentativas frustadas de atendimento na Atenção Básica deve ser encaminhada à odontopediatria; Doença sistêmica crônica e endocrino-metabólicas (ex.: diabetes e hipertensos); Pacientes aguardando transplante; devem ter prioridade de atendimento (no mínimo para adequação do meio) Pacientes transplantados; priorizar inclusão no programa de promoção de saúde bucal OBS.: Outras situações não contempladas na seleção de casos, quando associadas à distúrbio de comportamento e dificuldade de manejo, o profissional deverá fazer relatório específico e encaminhar à unidade de referência (ex.: epilepsia, paciente irradiado e fissurado, etc) FLUXO DE ENCAMINHAMENTO UNIDADE DE SAÚDE BÁSICA UNIDADE DE REFERÊNCIA ATENÇÃO AO UNE DE B.H. COORDENAÇÃO DE SAÚDE BUCAL HOSPITAIS UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE:. porta de entrada para o atendimento deste usuário. vagas para marcação nas Unidades de Referência serão 7

8 disponibilizadas através da Central de Marcação de Consultas UNIDADE DE REFERÊNCIA:. Atendimento do paciente na Unidade de Referência ou. Encaminhamento para Anestesia Geral (profissional da Unidade de Referência solicita exames précirúrgicos) COORDENAÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL:. Recebe encaminhamento da Unidade de Referência e efetua o seu cadastro. Assim que os exames pré-cirúrgicos do paciente ficarem prontos, o profissional da Unidade de Referência entra em contato com a Coordenação Técnica, quando então é feito o agendamento para Anestesia Geral. HOSPITAIS :. Os pacientes serão agendados para o Hospital Municipal Odilon Behrens sempre às quintas e sextas-feiras (02 vagas para cada dia) OBSERVAÇÕES:. Os usuários com necessidades especiais residentes em outros municípios deverão procurar a Secretaria de Saúde da cidade de origem Somente encaminhar os usuários em condições clínicas para o tratamento, desta forma o usuário deverá ser avaliado pelo serviço médico antes de ser encaminhado para o tratamento odontológico sob anestesia geral. ALGUMAS ORIENTAÇÕES AOS USUÁRIOS Primeira consulta deve sempre ser agendada na rede básica; As consultas de retorno devem sempre ser agendadas na unidade de atenção secundária; Ao fazer tratamento endodôntico, pode haver necessidade que o paciente compareça na unidade de atenção secundária 2 ou 3 vezes em uma única semana; Ao agendar para periodontia, orientar que será realizada uma avaliação para tratamento mais adequado, evitando dizer que está sendo encaminhado para realizar cirurgia. FLUXO AGENDAMENTO CONSULTAS Todas os serviços de atendimento à especialidades deverão ser acessados através da central de marcação de consultas da SMSA. 8

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR 5. PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS 6. ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil 1 DIAGNÓSTICO 1.1 Consulta Clínico 1.2 Consulta Especialista 1.3 Condicionamento em Odontologia para crianças

Leia mais

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA Versão I 2013 PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CEO CISA/IJUI 1. ENDODONTIA 2. PERIODONTIA 3. CIRURGIA ORAL MENOR 4. PACIENTES

Leia mais

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Nome Código Observações Cir.Traum.Buco-Max-Fac Aprofundamento/aumento de vestíbulo 82000190

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO 1 1. PROPÓSITO Efetuar controle da Guias de Encaminhamentos Odontológicos em conformidade com a Circular 006/2007 da DSM e DGPM-401

Leia mais

Atendimento em consultório particular com hora marcada. Sem limite de procedimentos odontológicos.

Atendimento em consultório particular com hora marcada. Sem limite de procedimentos odontológicos. Plano Odontologico CONHEÇA O SEU PLANO O plano oferecido pela sua Empresa junto à Prodent possui ampla cobertura nas principais especialidades odontológicas, para que você e seus dependentes possam cuidar

Leia mais

Atenção: Cobranças com códigos antigos serão aceitas/processadas somente para atendimentos realizados até 21/11/2010.

Atenção: Cobranças com códigos antigos serão aceitas/processadas somente para atendimentos realizados até 21/11/2010. Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2010. PASA/CE 031/10 Assunto: Manual do Credenciado Odontológico do PASA/Vale Prezado(a) credenciado(a), O PASA, visando a melhoria constante do seu fluxo de processamento

Leia mais

Tabela Protocolada. TABELA DE PREÇOS PLANO BELLEFORM Valor Valor

Tabela Protocolada. TABELA DE PREÇOS PLANO BELLEFORM Valor Valor TABELA DE PREÇOS PLANO BELLEFORM Valor Valor 0. DIAGNÓSTICO ORAL Exame inicial oral e diagnóstico 0,00 Consulta urgência (fora do horário de funcionamento da clínica) 20,00 RADIOGRAFIAS Radiografia periapical

Leia mais

Diagnóstico - Primeira Consulta. Radiologia ou Radiografia

Diagnóstico - Primeira Consulta. Radiologia ou Radiografia Diagnóstico - Primeira Consulta Consulta Inicial: É a primeira consulta feita com o cirurgião-dentista, com o objetivo de diagnosticar as patologias presentes e estabelecer o tratamento a ser feito. Exame

Leia mais

BRONZE R$ R$ 11,40 tratamento. Exame histopatológico R$ 50,00

BRONZE R$ R$ 11,40 tratamento. Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO BRONZE R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de R$ 11,40 tratamento. Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Especialidade: ENDODONTIA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Especialidade: ENDODONTIA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados

Leia mais

Doença Periodontal na Infância

Doença Periodontal na Infância Universidade de São Paulo Faculdade de Odontologia Doença Periodontal na Infância Profa. Dra. Ana Estela Haddad Camilla V. Galatti / Dr. Cássio Alencar Doença periodontal é uma afecção da fase adulta?

Leia mais

A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando:

A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: RESOLUÇÃO Nº 295/08 CIB/RS A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: a regionalização dos serviços de saúde no Sistema Único de Saúde conforme PDR/RS; a

Leia mais

Anexo I TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO III UNIODONTO-SC

Anexo I TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO III UNIODONTO-SC Anexo I TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO III UNIODONTO-SC Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS). NOMENCLATURA / PROCEDIMENTO DIAGNÓSTICO

Leia mais

NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE BUCAL

NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE BUCAL PROTOCOLO INTEGRADO DE REFERÊNCIA E CONTRA-REFERÊNCIA PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE BUCAL PROTOCOLO DE REFERÊNCIA E CONTRA-REFERÊNCIA INTEGRADO DE SAÚDE BUCAL DOURADOS/MS

Leia mais

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS OBJETIVO Este manual foi elaborado para orientar o usuário quanto ao preenchimento das fichas de Coleta de Dados Simplificados (CDS). Esse documento visa descrever

Leia mais

Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS

Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS 01.01.01.001-0 Procedimento x CBO ATIVIDADE EDUCATIVA / ORIENTACAO

Leia mais

TIPO DE TRATAMENTO PREÇO ( )

TIPO DE TRATAMENTO PREÇO ( ) 01. CONSULTA Consulta (exame clínico) 39,00 Consulta (exame clínico "Check-up" sem tratamentos) 29,00 02. MEDICINA DENTÁRIA PREVENTIVA Aplicação tópica de fluor c/ moldeiras 10,00 Selante de fissuras p/dente

Leia mais

COBERTURA DA APÓLICE BRADESCO DENTAL SPG 5 A 49 VIDAS

COBERTURA DA APÓLICE BRADESCO DENTAL SPG 5 A 49 VIDAS ANS BRADESCO DENTAL DIAGNÓSTICO CONSULTA INICIAL EXAME HISTOPATOLÓGICO URGÊNCIA/EMERGÊNCIA COLAGEM DE FRAGMENTOS CURATIVO E/OU SUTURA EM CASO DE HEMORRAGIA BUCAL/LABIAL CURATIVO EM CASO DE ODONTALGIA AGUDA

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

Plano de Assistência Odontológica

Plano de Assistência Odontológica Sociedade Meridional de Educação (Some) União Sul Brasileira de Educação e Ensino (USBEE) Plano de Assistência Odontológica NORMA Atualização em 23/09/2015 Todos os empregados das Mantenedoras Sociedade

Leia mais

Rol Mínimo. Cobertura detalhada

Rol Mínimo. Cobertura detalhada Cirurgia Alveoloplastia Amputação radicular com obturação retrógrada Amputação radicular sem obturação retrógrada Apicetomia birradiculares com obturação retrógrada Apicetomia birradiculares sem obturação

Leia mais

Circular 0160/2000 São Paulo, 18 de Maio de 2000.

Circular 0160/2000 São Paulo, 18 de Maio de 2000. [fesehf/cabecalho.htm] Circular 0160/2000 São Paulo, 18 de Maio de 2000. Plano de Saúde Assunto: Rol de Procedimentos Odontológicos para Plano de Saúde Prezado (a) Senhor (a), A Agência Nacional de Saúde

Leia mais

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Plano Integral... TRATAMENTO AMBULATORIAL/DIAGNÓSTICO Consulta EMERGÊNCIA Colagem de fragmentos (consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura,

Leia mais

Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia.

Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia. Linha 1: Resposta biológica nas terapias em Odontologia. Descrição. O entendimento dos processos fisiológicos, celulares e moleculares associados com o uso de diversos materiais, medicamentos e demais

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL UNIODONTO PORTO ALEGRE Modalidade pré-pagamento sem coparticipação, ou seja, o contratante pagará apenas o valor da mensalidade e terá a sua disposição todos os beneficios previstos pela ANS. Atendimento

Leia mais

Tabela de Honorários Odontológicos ABET / PLAMTEL Vigência 01/05/2008 - Edição 01/05/2008

Tabela de Honorários Odontológicos ABET / PLAMTEL Vigência 01/05/2008 - Edição 01/05/2008 Tabela de Honorários Odontológicos ABET / PLAMTEL Vigência 01/05/2008 - Edição 01/05/2008 VALORES REFERENCIA PARA CASOS DE REEMBOLSO DOS PLANOS ODONTO ABET Código Procedimento Valor Avaliação Clínica -

Leia mais

Unimed Odonto ESSENCIAL

Unimed Odonto ESSENCIAL Unimed Odonto ESSENCIAL UPO Valores em reais CÓDIGOS DESCRIÇÃO TUSS Unimed Odonto 0,6 20% 81000421 Radiografia periapical 9 R$ 5,72 R$ 1,14 81000375 Radiografia interproximal - bite-wing 9 R$ 5,72 R$ 1,14

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO Flex 30% GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS R$ 7,62 CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA R$ 10,58

Leia mais

Módulo de Higiene e Prevenção Oral

Módulo de Higiene e Prevenção Oral 1 de 5 16/04/2013 11:16 Módulo de Higiene e Prevenção Oral Actos Médicos Gratuitos Actos Médicos Gratuitos Consulta de Medicina Dentária / Exame Clínico Consulta urgência Consulta de Reavaliação e/ou Revisão

Leia mais

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45 SMILt Tabela de Preços/Descontos Designação Público em geral Comunidade IPLeiria Consulta de Medicina Dentária Consulta de Medicina Dentária 50 45 Consulta de Urgência 50 45 Dentisteria e Estética Restauração

Leia mais

Prezado (a) beneficiário (a):

Prezado (a) beneficiário (a): REABILITAÇÃO COM COROA TOTAL METÁLICA UNITÁRIA - INCLUI PEÇA PROTÉTICA REABILITAÇÃO COM NÚCLEO METÁLICO FUNDIDO / NÚCLEO PRÉ - FABRICADO REABILITAÇÃO COM RESTAURAÇÃO METÁLICA FUNDIDA (RMF) UNITÁRIA - INCLUI

Leia mais

Estrutura Evento Filme Porte UCO PA Total Início Fim

Estrutura Evento Filme Porte UCO PA Total Início Fim Página: 1 65. TUSS - ODONTOLÓGICA 8.10.00.014 Condicionamento em Odontologia 0,00 20,00 0,00 0 20,00 07/10/10 8.10.00.030 Consulta odontológica 0,00 21,00 0,00 0 21,00 07/10/10 8.10.00.049 Consulta odontológica

Leia mais

Planilha1. Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região buco-maxilo-facial

Planilha1. Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região buco-maxilo-facial 81000421 Radiografia periapical CIRURGIA Planilha1 DIAGNÓSTICO 81000065 Consulta odontológica inicial 81000111 Diagnóstico anatomopatológico em citologia esfoliativa na região buco-maxilo-facial 81000138

Leia mais

Incisão e Drenagem extra-oral de abscesso, hematoma e/ou flegmão da região buco-maxilo-facial

Incisão e Drenagem extra-oral de abscesso, hematoma e/ou flegmão da região buco-maxilo-facial CÓDIGO 81000049 81000057 82000468 Diagnóstico, Urgência-Emergência: Noturna, Sábado, Domingo ou Feriado (procedimento abaixo) Consulta odontológica de Urgência (Horário normal das 08:00 horas às 18:00

Leia mais

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. CIRURGIA ORAL MENOR 4. PERIODONTIA

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. CIRURGIA ORAL MENOR 4. PERIODONTIA PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. CIRURGIA ORAL MENOR 4. PERIODONTIA 5. PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS Este protocolo colabora com a organização

Leia mais

ANEXO VIII TABELA DO IMAS COM OS VALORES DOS PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

ANEXO VIII TABELA DO IMAS COM OS VALORES DOS PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS PREFEITURA DE GOIÂNIA Instituto Municipal de Assistência à Saúde e Social dos Servidores Municipais de Goiânia ANEXO VIII TABELA DO IMAS COM OS VALORES DOS PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS Gabinete da Presidência

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ. TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ. TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA ASSEFAZ TISS TROCA DE INFORMAÇÕES EM SAÚDE SUPLEMENTAR Odontologia Brasília/DF - 2007 1 1. Introdução A meta deste trabalho é estruturar e auxiliar no correto preenchimento das

Leia mais

TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master

TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master (ANEXO A - ROL DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS EXIGIDOS PELA ANS)- Tabela Cliente CH = Coeficiente de Honorário Odontológico Valor do CH = R$ USO = Unidade

Leia mais

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Doenças Periodontais Tratamento e Prevenção 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Gengivite e Periodontite Guia para o paciente Aprenda mais sobre as Doenças Periodontais (de gengiva) As doenças

Leia mais

Odontologia 2.004 à 2.007

Odontologia 2.004 à 2.007 Odontologia 2.004 à 2.007 Procedimentos após 10/99 à 12/07 2.004 2.005 2.006 2.007 TOTAL 0301101-PROCEDIMENTOS COLETIVOS (PACIENTE/MES) 3.161 5.145 434-8.740 0301102-ACAO COLETIVA ESCOVACAO DENTAL SUPERVISION

Leia mais

ANEXO I CÓD. C O N S U L T A I N I C I A L QUANT. VALOR. 110 Consulta inicial (exame clínico e plano de tratamento ) 100 22,00

ANEXO I CÓD. C O N S U L T A I N I C I A L QUANT. VALOR. 110 Consulta inicial (exame clínico e plano de tratamento ) 100 22,00 ANEXO I C O N S U L T A I N I C I A L 110 Consulta inicial (exame clínico e plano de tratamento ) 100 22,00 U R G Ê N C I A E E M E R G Ê N C I A 121 Curativo em caso de hemorragia bucal 175 38,50 122

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DO PERIODONTO ESTUDAR COM ATENÇÃO AMPLIAR AS IMAGENS PARA OBSERVAR OS DETALHES O periodonto (peri= em redor de; odontos = dente) compreende a gengiva, o ligamento periodontal,

Leia mais

REGULAMENTO ODONTOLÓGICO

REGULAMENTO ODONTOLÓGICO REGULAMENTO ODONTOLÓGICO Regulamento Vigente REGULAMENTO ODONTOLÓGICO ARTIGO 1º - A Associação dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo - AFRESP - prestará a seus associados inscritos na Administração

Leia mais

Código Estruturado. 79 81000138 Diagnóstico anatomopatológico em material de biópsia. 79 81000154 Diagnóstico anatomopatológico em peça cirúrgica na

Código Estruturado. 79 81000138 Diagnóstico anatomopatológico em material de biópsia. 79 81000154 Diagnóstico anatomopatológico em peça cirúrgica na TUSS Odontologia Código Procedimento US Código Estruturado Especialidade US DIAGNÓSTICO DIAGNÓSTICO 01.01 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL 65 81000065 Consulta odontológica inicial 65 01.05 CONSULTA ODONTOLÓGICA

Leia mais

COBERTURA UNIMED ODONTO

COBERTURA UNIMED ODONTO COBERTURA UNIMED ODONTO ODONTOPEDIATRIA Consulta Odontológica SIM SIM SIM Condicionamento em Odontologia SIM SIM SIM Condicionamento em Odontologia para pacientes com necessidades especiais SIM SIM SIM

Leia mais

Seguro Odontológico O SORRISO DE SEUS COLABORADORES ESTÁ EM NOSSOS PLANOS.

Seguro Odontológico O SORRISO DE SEUS COLABORADORES ESTÁ EM NOSSOS PLANOS. Seguro Odontológico O SORRISO DE SEUS COLABORADORES ESTÁ EM NOSSOS PLANOS. SUTEO Out 2012 Tradição e Solidez Maior seguradora independente do Brasil 119 anos de existência Sede no Rio de Janeiro 90 Filiais

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS Obs. Para encontrar o valor dos serviços prestados pelos dentistas conveniados multiplica-se a quantidade de U.S.O. (Unidade Serviços Odontológicos) pelo valor estabelecido

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO. PRATA R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00

TABELA DE REEMBOLSO. PRATA R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO PRATA R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

Controle de Hemorragia sem Aplicação de Agente Hemostático em região Buco-maxilo-facial 82000484 130

Controle de Hemorragia sem Aplicação de Agente Hemostático em região Buco-maxilo-facial 82000484 130 ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS AGEMED Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição julho/2014 Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS). NOMENCLATURA / PROCEDIMENTO CÓDIGO TUSS RAIO X

Leia mais

TABELA ODONTOLÓGICA DOS CREDENCIADOS - TOTAL

TABELA ODONTOLÓGICA DOS CREDENCIADOS - TOTAL ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DOS MILITARES ESTADUAIS TABELA ODONTOLÓGICA DOS CREDENCIADOS - TOTAL Especialidade CÓDIGOS PROCEDIMNETOS VALORES Ex.Clínico 110 exame clinico R$ 32,00 Ex.Clínico 120 urgência odontológica

Leia mais

O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES EM SAÚDE BUCAL E AS AÇÕES DE CUIDADO DESENVOLVIDAS NAS 11 ESCOLAS ESPECIAIS DE BELO HORIZONTE JUNHO DE 2006

O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES EM SAÚDE BUCAL E AS AÇÕES DE CUIDADO DESENVOLVIDAS NAS 11 ESCOLAS ESPECIAIS DE BELO HORIZONTE JUNHO DE 2006 Sistema Único de Saúde O LEVANTAMENTO DE NECESSIDADES EM SAÚDE BUCAL E AS AÇÕES DE CUIDADO DESENVOLVIDAS NAS 11 ESCOLAS ESPECIAIS DE BELO HORIZONTE JUNHO DE 2006 RESUMO Este estudo descreve como o levantamento

Leia mais

ERRATA 001 AO EDITAL N. 001/2014 (CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO DE PROFESSOR ADJUNTO NÍVEL 1 DA FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE)

ERRATA 001 AO EDITAL N. 001/2014 (CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO DE PROFESSOR ADJUNTO NÍVEL 1 DA FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE) ERRATA 0 AO EDITAL N. 0/24 (CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO DE PROFESSOR ADJUNTO NÍVEL 1 DA FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE) O Reitor da Fesurv-Universidade de Rio Verde, no uso de suas atribuições

Leia mais

N.º 183 - Seção 1, quinta-feira, 23 de setembro de 2010. Ministério da Saúde

N.º 183 - Seção 1, quinta-feira, 23 de setembro de 2010. Ministério da Saúde N.º 183 - Seção 1, quinta-feira, 23 de setembro de 2010 Ministério da Saúde GABINETE DO MINISTRO PORTARIA No- 2.898, DE 21 DE SETEMBRO DE 2010. Atualiza o Anexo da Portaria No- 600/GM, de 23 de março de

Leia mais

Bem-vindo à Dente-Cross Prezado(a) Associado(a) É com muita alegria que recebemos você na Dente Cross Planos Odontológicos, uma empresa voltada

Bem-vindo à Dente-Cross Prezado(a) Associado(a) É com muita alegria que recebemos você na Dente Cross Planos Odontológicos, uma empresa voltada Bem-vindo à Dente-Cross Prezado(a) Associado(a) É com muita alegria que recebemos você na Dente Cross Planos Odontológicos, uma empresa voltada exclusivamente para a saúde bucal e que alia tecnologia ao

Leia mais

Especialidades Odontológicas

Especialidades Odontológicas Especialidades Odontológicas Urubatan Medeiros Doutor (USP) - Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária (UERJ/UFRJ) - Consultor do Ministério da Saúde I - Introdução A Odontologia

Leia mais

ANEXO I COBERTURAS DOS PLANOS ODONTOLÓGICOS PLANO CONVENCIONAL

ANEXO I COBERTURAS DOS PLANOS ODONTOLÓGICOS PLANO CONVENCIONAL ANEXO I COBERTURAS DOS PLANOS ODONTOLÓGICOS PLANO CONVENCIONAL Diagnóstico Diagnóstico 00.001 Consulta Diagnóstico 00.005 Exame histopatológico Emergência Emergência 01.001 Exodontia de Emergência Emergência

Leia mais

TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente,

TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente, TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente, Aconselhamos sempre antes de qualquer ato médico a solicitação de um orçamento. 1 CONSULTA (EXAMES / ATOS MÉDICOS NÃO ÍNCLUIDOS) A1.01.01.01

Leia mais

PREFEITURA DE GOIANIA - IMAS ATUALIZADO EM : 02/08/2010 RELATORIO DE PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS POR ESPECIALIDADE VALOR DO CH ODONTOLOGICO : R$ 0,22

PREFEITURA DE GOIANIA - IMAS ATUALIZADO EM : 02/08/2010 RELATORIO DE PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS POR ESPECIALIDADE VALOR DO CH ODONTOLOGICO : R$ 0,22 PREFEITURA DE GOIANIA - IMAS ATUALIZADO EM : 02/08/2010 RELATORIO DE PROCEDIMENTOS ODONTOLOGICOS POR ESPECIALIDADE VALOR DO CH ODONTOLOGICO : R$ 0,22 ESPECIALIDADE : 001 - PRONTO SOCORRO CODIGO DESCRICAO

Leia mais

Cobertura do Plano Star

Cobertura do Plano Star Cobertura do Plano Star Diagnóstico Consulta inicial Exame histopatológico Condicionamento em odontologia. Urgência Curativo em caso de hemorragia bucal consiste na aplicação de hemostático e sutura no

Leia mais

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073 UNIODONTO BELÉM COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS NOMENCLATURA DOS ATOS PREVENÇÃO R$ 81000073 CONSULTA ODONTOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO TÉCNICA DE AUDITORIA 130,00

Leia mais

Tabela de Preços de Serviços Médicos -2011 HealthIndustry Card

Tabela de Preços de Serviços Médicos -2011 HealthIndustry Card Tabela de Preços de Serviços Médicos -2011 HealthIndustry Card SETEMBRO DE 2011 HEALTHINDUSTRY LX FACTORY Rua Rodrigues Faria 103, Edifício1 2.1 1350-501 LISBOA Telefone e Fax: 212 970 838 E-mail: healthindustrylx@gmail.com

Leia mais

Atendimento Emergencial... Consulta Clinica Geral... Prescrições de Medicamentos... Exames Clínicos Periódicos... RADIOGRAFIAS E EXAMES RADIOLÓGICOS

Atendimento Emergencial... Consulta Clinica Geral... Prescrições de Medicamentos... Exames Clínicos Periódicos... RADIOGRAFIAS E EXAMES RADIOLÓGICOS DESBAN Procedimentos YES EMPRESARIAL SPLIT Cobertura somente na rede credenciada YES EMPRESARIAL SPLIT PLUS Cobertura rede aberta (Reembolso) Atendimento Emergencial...... Consulta Clinica Geral......

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada 85400017 Ajuste Oclusal por acréscimo AJUSTE OCLUSAL 85400025 Ajuste Oclusal por desgaste seletivo AJUSTE OCLUSAL 82000034 Alveoloplastia ALVEOLOPLASTIA Amputação radicular com obturação retrógrada AMPUTAÇÃO

Leia mais

Aula 9: Laudo Radiográfico

Aula 9: Laudo Radiográfico Aula 9: Laudo Radiográfico Autora: Profª. Rosana da Silva Berticelli Edição: Luana Christ e Bruna Reuter Definição: É a interpretação das imagens radiográficas, reconhecendo as estruturas e reparos anatômicos

Leia mais

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas.

! 1. Alterar forma e/ou cor vestibular dos dentes; 2. Realinhar dentes inclinados para lingual. Restaurações estéticas anteriores diretas. Restaurações estéticas anteriores diretas. O crescente desenvolvimento de materiais resinosos e técnicas adesivas, possibilita o planejamento e execução de restaurações de resina composta na dentição anterior.

Leia mais

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC A) TIPOS DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A.1 Consulta Inicial Entende-se como exame clínico,

Leia mais

30/03/2015 CEO O / C / ISA S R A e R gi g o i n o al 2015 Unid i ade I e II 1

30/03/2015 CEO O / C / ISA S R A e R gi g o i n o al 2015 Unid i ade I e II 1 CEO / CISA Regional 2015 Unidade I e II 1 O CEO / CISA teve inicio no dia 08/02/2010, junto ao Hospital de Caridade de Ijuí, onde 4 profissionais trabalhavam divididos em especialidades. Eram atendidos

Leia mais

CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS

CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS Informações ao paciente Contém: 1. Explicação geral sobre cirurgias ortognáticas, 2. Perguntas e respostas, A cirurgia ortognática, também chamada de ortodontia cirúrgica, é um tipo

Leia mais

www.dentaluni.com.br

www.dentaluni.com.br TUSS PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS SUPERIOR EMERGÊNCIA 82000468 Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região bucomaxilofacial coberto 82000484 Controle de hemorragia sem aplicação

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA 1. OBJETIVO 1.1. Disponibilizar a prestação continuada de serviços odontológicos, sem limite financeiro, na forma de Plano Privado de Assistência à Saúde, conforme

Leia mais

ANEXO I TABELA PARA ASSISTIDOS PLANO INDIVIDUAL INTERMEDIÁRIO FAIXA ETÁRIA PLANO INTERMEDIÁRIO

ANEXO I TABELA PARA ASSISTIDOS PLANO INDIVIDUAL INTERMEDIÁRIO FAIXA ETÁRIA PLANO INTERMEDIÁRIO ANEXO I TABELA PARA ASSISTIDOS PLANO INDIVIDUAL INTERMEDIÁRIO FAIXA ETÁRIA PLANO INTERMEDIÁRIO DE 0 A 17 ANOS R$56,00 DE 18 A 29 ANOS R$78,40 DE 30 A 39 ANOS R$100,80 DE 40 A 49 ANOS R$123,20 DE 50 A 59

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS Central Odontológica de Betim Ltda. Registro na ANS: 388742 Segmentação Assistencial do Plano: Odontológico Ref.: Empresarial Coletivo por adesão Número de protocolo SINPAS 417.641/99.3 Área Geográfica

Leia mais

Como a palavra mesmo sugere, osteointegração é fazer parte de, ou harmônico com os tecidos biológicos.

Como a palavra mesmo sugere, osteointegração é fazer parte de, ou harmônico com os tecidos biológicos. PRINCIPAIS PERGUNTAS SOBRE IMPLANTES DENTÁRIOS. O que são implantes osseointegrados? É uma nova geração de implantes, introduzidos a partir da década de 60, mas que só agora atingem um grau de aceitabilidade

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES TÉCNICO ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA. Registro ANS 31547-8

MANUAL DE INSTRUÇÕES TÉCNICO ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA. Registro ANS 31547-8 MANUAL DE INSTRUÇÕES TÉCNICO ADMINISTRATIVAS PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA Registro ANS 31547-8 1 MANUAL DE INSTRUÇÕES TÉCNICAS-ADMINISTRATIVAS DO PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA DA FUNDAÇÃO

Leia mais

Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias

Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias Dr. Marco António Castro Clínicas Médicas e Dentárias Tabela proposta a sócios CCD- V.N.Gaia 01 CONSULTA Consulta de medicina dentária 10 Consulta para apresentação e discussão de plano de tratamento 10

Leia mais

NOVA TABELA DE PROCEDIMENTOS - TUSS PROCEDIMENTOS PLANOS PESSOA JURÍDICA VALOR CÓDIGO DESCRIÇÃO ANEXO 1 ANEXO 2 B1 E E-UN EX JÚNIOR US DIAGNÓSTICO

NOVA TABELA DE PROCEDIMENTOS - TUSS PROCEDIMENTOS PLANOS PESSOA JURÍDICA VALOR CÓDIGO DESCRIÇÃO ANEXO 1 ANEXO 2 B1 E E-UN EX JÚNIOR US DIAGNÓSTICO NOVA TABELA DE PROCEDIMENTOS - TUSS PROCEDIMENTOS PLANOS PESSOA JURÍDICA VALOR CÓDIGO DESCRIÇÃO ANEXO 1 ANEXO 2 B1 E E-UN EX JÚNIOR US 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA X X X X X X X 85 CONTROLE DE HEMORRAGIA

Leia mais

PROPOSTA COMERCIAL UNIMED ODONTO. Coletivo Empresarial e Coletivo por Adesão. Empresa: SINDSEMA - SINDICATRO DOS SERV. DO MIN. PÚBLICO DO MARANHÃO

PROPOSTA COMERCIAL UNIMED ODONTO. Coletivo Empresarial e Coletivo por Adesão. Empresa: SINDSEMA - SINDICATRO DOS SERV. DO MIN. PÚBLICO DO MARANHÃO UNIMED ODONTO PROPOSTA ERCIAL Coletivo Empresarial e Coletivo por Adesão Empresa: SINDA - SINDICATRO DOS SERV. DO MIN. PÚBLICO DO MARANHÃO Data: 07/03/2013 Nome: TALYSSON Consultor/Executivo: ISIDORO VIANA

Leia mais

Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados

Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados Caso Selecionado Excelência estética obtida com diagnóstico, planejamento e tratamento integrados Carlos Eduardo Francischone O caso clínico apresentado mostra resultados estéticos e funcionais excelentes,

Leia mais

Consultas Médicas. Clínica Geral. Ortopedia. Pediatria. Pneumologia/ Alergologia 1ª Consulta. Nutrição. Psicologia

Consultas Médicas. Clínica Geral. Ortopedia. Pediatria. Pneumologia/ Alergologia 1ª Consulta. Nutrição. Psicologia Ficha de Protocolo Resumo do Protocolo Entidade: Clínica de Médico-Dentária São Pedro do Chile, Lda Local: Lisboa Serviços/Produtos: Especialidades de Medicina Dentária, Clínica Geral, Ortopedia, pediatria,

Leia mais

Tabela de Honorários

Tabela de Honorários Tabela de Honorários CONSULTA Código Descrição do Procedimento Quantidade USO Dente/ Área RX Garantia Evento COBERTURA PLANO REGRAS TÉCNICAS 81000065 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL 40 - - 6 MESES TODOS

Leia mais

FINANCIAMENTO DOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Diário Oficial da União Nº 251, Seção 1 31 de dezembro de 2010

FINANCIAMENTO DOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Diário Oficial da União Nº 251, Seção 1 31 de dezembro de 2010 Circular 001/2011 São Paulo, 04 de janeiro de 2011. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) FINANCIAMENTO DOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Diário Oficial da União Nº 251, Seção 1 31 de dezembro de 2010

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 876/2013 REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS (PESSOA JURÍDICA)

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 876/2013 REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS (PESSOA JURÍDICA) RETIFICAÇÃO II EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 876/2013 REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS (PESSOA JURÍDICA) O SESI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna pública RETIFICAÇÃO

Leia mais

Instrução para a promoção da saúde oral Sem Copagamento Instrução e motivação de higiene oral para adulto

Instrução para a promoção da saúde oral Sem Copagamento Instrução e motivação de higiene oral para adulto A1.01.01.01 A1.01.01.02 A1.01.01.03 A1.01.01.04 01 CONSULTA Primeira consulta de medicina dentária Consulta de medicina dentária Consulta para apresentação e discussão de plano de tratamento Consulta de

Leia mais

ROTEIRO DE TÉCNICAS ANESTÉSICAS

ROTEIRO DE TÉCNICAS ANESTÉSICAS ROTEIRO DE TÉCNICAS ANESTÉSICAS Anestesia em anestésico o mais próximo possível do ápice do dente a ser anestesiado. Objetivo : Propiciar o conhecimento das técnicas anestésicas, principalmente as utilizadas

Leia mais

REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS ORTODÔNTICAS

REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS ORTODÔNTICAS REAÇÕES TECIDUAIS ÀS FORÇAS S DENTES ORTODONTIA FORÇA MOVIMENTO -Inicialmente,na Era Cristã, preconizava-se pressões digitais nos dentes mal posicionados visando melhorar a harmonia dos arcos dentários.

Leia mais

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011 Dental Clinic New Generaction www.newgeneraction.com.pt Os sócios, colaboradores e familiares do SIT, poderão usufruir do Plano de Medicina Oral - DentalClinic New Generaction, mediante o pagamento de

Leia mais

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO EM PERIODONTIA 1 - DIAGNÓSTICO 2 - TRATAMENTO PERIODONTAL 3 - ACOMPANHAMENTO

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO EM PERIODONTIA 1 - DIAGNÓSTICO 2 - TRATAMENTO PERIODONTAL 3 - ACOMPANHAMENTO PROTOCOLO DE ATENDIMENTO EM PERIODONTIA 1 - DIAGNÓSTICO 2 - TRATAMENTO PERIODONTAL 3 - ACOMPANHAMENTO 1. DIAGNÓSTICO 1.1- ANAMNESE 1.2- EXAMES COMPLEMENTARES 1.3- AVALIAÇÕES CLÍNICA 1.1. ANAMNESE História

Leia mais

1.0 - ATOS ODONTOLÓGICOS COBERTOS PELO PLANO

1.0 - ATOS ODONTOLÓGICOS COBERTOS PELO PLANO 1.0 - ATOS ODONTOLÓGICOS COBERTOS PELO PLANO A Uniodonto Amapá cobrirá os custos, em conformidade com os limites, prazo de carência e condições estabelecidas no contrato, das despesas de assistência odontológica,

Leia mais

Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC

Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS).

Leia mais

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA Cirurgia Oral A Cirurgia Oral é uma especialidade da Medicina Dentária que inclui o diagnóstico e o tratamento cirúrgico de patologias dos tecidos moles e tecidos duros

Leia mais

MANUAL DE ATENDIMENTO PARA BENEFICIÁRIOS COM FRANQUIA PLANO FÁCIL/AFFINITY

MANUAL DE ATENDIMENTO PARA BENEFICIÁRIOS COM FRANQUIA PLANO FÁCIL/AFFINITY FRANQUIA MANUAL DE ATENDIMENTO PARA BENEFICIÁRIOS COM FRANQUIA PLANO FÁCIL/AFFINITY A franquia é um valor pago pelos beneficiários do Plano Fácil/Affinity pelos serviços odontológicos, efetivamente utilizados.

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

MetLife Cares Dental Serviços Associados de Saúde

MetLife Cares Dental Serviços Associados de Saúde MetLife Cares Dental Serviços Associados de Saúde Cuidamos bem de si. E não é da boca para fora. Ajudamos as pessoas a tirar maior proveito da vida PEANUTS 2014 Peanuts Worldwide Índice - Serviços Associados

Leia mais

UNIODONTO ARARAQUARA NORMAS DE PROCEDIMENTOS EM VIGOR

UNIODONTO ARARAQUARA NORMAS DE PROCEDIMENTOS EM VIGOR UNIODONTO ARARAQUARA NORMAS DE PROCEDIMENTOS EM VIGOR Março/2014 NORMAS DE PROCEDIMENTOS O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS E ESTATUTÁRIAS RESOLVE ALTERAR AS NORMAS DE PROCEDIMENTOS

Leia mais

CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS

CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS CLÍNICA DO SORRISO PREÇÁRIO DAS FAMÍLIAS NUMEROSAS CONSULTAS Consulta de Medicina Dentária (Check-up) Consulta de Urgência (após o horário de funcionamento normal) 30 CIRURGIA ORAL Exodontia simples 25

Leia mais

210 RX Periapical R$ 7,00 220 RX Bite-Wing (Interproximal) R$ 7,00 310 RX Oclusal R$ 14,00 300-490 - 3 URGÊNCIAS/EMERGÊNCIAS ODONTOLÓGICAS

210 RX Periapical R$ 7,00 220 RX Bite-Wing (Interproximal) R$ 7,00 310 RX Oclusal R$ 14,00 300-490 - 3 URGÊNCIAS/EMERGÊNCIAS ODONTOLÓGICAS 1 - DIAGNÓSTICO 100-490 110 Consulta Inicial (Exame Clínico e Orçamento) (VALID. 6 meses) R$ 45,00 120 Urgência odontológica R$ 45,00 130 Exame histopatológico*** (somente clínicas especializadas) ***

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados na

Leia mais