PROJETO GERAL NA SAÚDE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO GERAL NA SAÚDE"

Transcrição

1 PROJETO GERAL NA SAÚDE 2ª Fase Relatório Final março a dezembro de 2014 O relatório final é uma oportunidade de avaliar o que foi alcançado em termos do previsto e do realizado. No processo de implementação do programa Geral na Saúde, os dados qualitativos são complementares e relevantes. Interessa o desenvolvimento das estratégias, a ampliação e consolidação das parcerias, o alcance das ações e a capacidade de promover saúde por meio de um modelo de participação no qual o jovem torna-se um produtor de conteúdo, um reeditor em sua família e escola e não mais um mero consumidor de informação cujo conteúdo e formato podem ser de difícil assimilação. 1

2 META 1. Ampliar e consolidar em 12 UBS e 12 escolas. Em relação a nossa presença em escolas, elas foram atingidas por meio de parceiros. Os estudantes dos programas de aprendizagem estão disseminados em 16 unidades do Espro e são necessariamente matriculados. Somente os jovens do Abrace do Hospital Sírio Libanês frequentam 6 escolas públicas da região central. No Espro houve uma expansão não prevista para 8 capitais no Brasil: Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife e Fortaleza. O mesmo acontece com os aprendizes do SENAC que são provenientes de diferentes escolas das zonas Oeste e Norte de São Paulo, e com os 4 CCAs do CRAS da Cidade Ademar. Com a Secretaria municipal de Educação, dentro do programa Imprensa Jovem e Nas Ondas do Rádio, foram iniciadas as atividades em uma escola da Zona Sul (EMEF Teodomiro Toledo Piza), que já gerou o treinamento de professores em uma escola estadual próxima (EE Samuel Wainer). O processo de adesão das demais escolas está em fase inicial de conversação. Três novas UBS geridas pela Associação Saúde da Família aderiram ao projeto e realizaram oficinas: Jardim Orion, Barragem, Capela do Socorro. As equipes da Estratégia Saúde da Família do Centro vinculadas ao Hospital Sírio- Libanês estão também em fase de adesão do programa. 2

3 META 2. Parceria com o Hospital Geral do Grajaú A equipe do Hospital Geral do Grajaú é uma parceira atuante e colaborativa. Para intensificar a produção de posts foi realizada mobilização presencial intensiva da Oficina de Ideias, devido à curta permanência hospitalar dos internos e à idade dos pacientes, em sua maioria crianças com escolaridade elementar. Estas características exigem interação da equipe com futuros correspondentes para mostrar o site, convidar para o cadastramento e estimular o depoimento por escrito. A frequência de posts aumentou de modo significativo, tendo passado de apenas 1 texto na primeira etapa do projeto para 21 nesta segunda etapa, sendo 16 deles motivados pela nossa mobilização presencial. A presença do Geral na Saúde é reconhecida pela equipe. Houve mobilização da própria equipe do hospital nas comemorações de aniversário do Hospital, destinadas a promover a adesão de funcionários, familiares e pacientes. Na ocasião, reservaram uma sala para apresentar o Geral e estimular a participação de colaboradores. O acesso ao blog tem acontecido por meio de 2 notebooks e 2 tabletes colocados pela Oficina de Ideias na brinquedoteca. As funcionárias da brinquedoteca estimulam a adesão com apoio da responsável por mobilização, e são frequentes as reuniões e interações com a coordenação e a direção do Hospital, a equipe de comunicação interna e a coordenação de humanização. Os duzentos acessos à Nuvem de Livros doados na parceria com a Editora Gol estão sendo distribuídos aos correspondentes escritores e à equipe de saúde participante. 3

4 META 3. Estabelecer parceria com o Programa São Paulo Carinhosa e Secretarias Municipais de Educação e Saúde do município de São Paulo Capital. META 4. Aproximar o Geral na Saúde de programas de Educomunicação, visando à sustentabilidade e universalidade em rede de ensino. Em relação ao São Paulo Carinhosa, a participação direta do gabinete do Prefeito e de diversas secretarias municipais determinou uma pausa em função do período eleitoral. Este campo da parceria com o governo municipal deverá ser retomado em No entanto, em relação à Secretaria Municipal de Educação, o piloto foi desenhado e iniciado em escola definida junto à coordenação dos programas Imprensa Jovem e Nas Ondas do Rádio, a EMEF Teodomiro Toledo Piza (Parque Grajaú). O processo já começou, por meio de reuniões técnicas com dirigentes regionais, direção escolar e apresentação para educadores. O foco desta parceria é a permanência e reinclusão de adolescentes grávidas nas escolas, bem como sensibilização de gestores e educadores na luta pela permanência de meninas e meninos impactados negativamente pela gravidez. A Diretoria Regional da Penha está mobilizada para levar a proposta do Geral na Saúde às 37 escolas municipais diretamente vinculadas a esta DRE. A pedido do Secretario Municipal de Educação, a Coordenadora do Geral na Saúde participou de seminário contra o trabalho infantil e representou a Secretaria em debate junto ao Ministério Publico do Trabalho. A nosso ver, esta representação ilustra a qualidade do diálogo e trabalho conjunto que o Geral na Saúde construiu com a SME em O piloto da parceria com a SME está em andamento e a formalização da parceria depende apenas de um anexo com a apresentação do plano para A adesão da DRE da Penha antecipa a expansão que está prevista para o próximo ano. Foram realizadas reuniões dom o diretor regional Professor Marcos Mendonça e a equipe de coordenadores de programas. Com a aprovação deste colegiado, em 2015 as 37 escolas da região serão convidadas a participar do Geral na Saúde. Uma adesão regional permitirá avaliar o indicador relacionado com a permanência e retorno de adolescentes grávidas à escola pela introdução do tema num conjunto significativo de escolas. 4

5 META 5. Indicadores Indicador 1: Adesão e participação REDE DO GERAL NA SAÚDE Na segunda etapa, a rede do Geral na Saúde se estendeu a pessoas, assim distribuídas: Categoria Número Correspondente espontâneo 16 Educadores 89 Jovem 580 Jovem Aprendiz 1420 Parceiro (outros) 62 Parceiro ASF/ DA/ HGG / ISSL 53 Parceiro Interfarma 78 Equipes UBS 149 Outros 24 5

6 Aplicando a estes grupos fatores de reedição potencial em suas redes de convivência, estimamos que o Geral na Saúde atinja , assim distribuídas conforme a categoria dos reeditores: CADASTRAMENTO Durante a segunda etapa foram cadastrados 1550 usuários do blog Geral na Saúde habilitados a enviarem textos para publicação, 6 vezes mais que os 210 cadastrados na etapa inicial do projeto. PRODUÇÃO DOS CORRESPONDENTES O Geral na Saúde conta hoje com um total de postagens depositadas no site. Materiais em fase de edição 266 Materiais em fase inicial de elaboração 613 Postagens publicadas 153 6

7 As postagens feitas por correspondentes ou oriundas de materiais por eles enviados cresceram 151%: As categorias disponíveis para navegação temática no site foram utilizadas nos posts publicados com a seguinte frequência (em ordem decrescente): 7

8 As 64 etiquetas mais atribuídas às postagens foram as seguintes: cuidado 60 Instruções 12 bairrografia 6 tireoide 3 aprendizado 43 meio ambiente 12 idosos 6 festa 3 responsabilidade 43 educação 11 escrever 5 passeio 3 desafios 33 saúde infantil 11 hipertensão 5 câncer 3 espro 24 cidade 11 acidentes 5 pulmão 3 saúde masculina 22 gravidez na adolescência 10 Vila Marcelo 4 dengue 2 Desafio de Saúde Masculina 22 #UBS 9 formação 4 Vizinho Legal 2 #HGG 21 resiliência 9 higiene 4 gaivotas 2 crianças 20 orientações 8 saúde feminina 4 #outubrorosa #câncer de mama 2 hospital 19 futuro 8 palhaço 6 fotografia 2 zicas 19 dúvidas 7 bebê 4 música 2 mobilização 16 Doutores da Alegria 7 medicamentos 4 saúde ocular 2 prevenção 16 bora fazer 7 diabetes 4 vídeos hepatite 2 CCA 16 oficina 7 pauta 3 vacina 2 relacionamento 15 arte 6 besteirologia 3 informação 2 Cidade Ademar 13 Marsilac 6 próstata 3 asma 2 8

9 FACEBOOK No dia 7 de dezembro o Geral na Saúde atingiu seguidores no Facebook. Seguem abaixo quadros comparativos das duas etapas: 9

10 AUDIÊNCIA Segundo o Google Analytics, desde o lançamento do site, em 4 de setembro de 2013, até o dia 7 de dezembro de 2013, o geralnasaude.com.br recebeu visitas, a partir de usuários de IP, totalizando visualizações de página. 1ª etapa do Geral na Saúde 2ª etapa do Geral na Saúde Sessões Usuários Visualizações Na primeira etapa do projeto Geral na Saúde, o site esteve no ar durante 177 dias, entre 4 de setembro e 28 de fevereiro. Na segunda etapa, de março até o dia 7 de dezembro o site esteve no ar durante 282 dias. Comparando as médias diárias de cada etapa, obtemos os seguintes valores: 1ª Etapa: Média diária 2ª Etapa: Média diária Crescimento Sessões 23,72 38,09 60,53% Usuários 14,67 25,37 72,95% Visualizações 74,89 163,04 117,68% Curva de audiência acumulada do site Geral na Saúde (2ª etapa) 10

11 Indicador 2. Ampliação da presença no Hospital Geral do Grajaú e adesão das crianças Este é um trabalho em construção. O relato da doença tem sido mais forte do que o valor do brincar na recuperação, segundo as 21 postagens publicadas esta etapa. Indicador 3. Redução da evasão escolar de adolescentes grávidas Ainda depende da atuação conjunta entre SME e Geral na Saúde, que está em fase de contratação para o início de oficinas de comunicação nas escolas parceiras. Depende também de parceria com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, com a perspectiva de atuarmos por meio de um gênero musical que atinge especialmente o nosso público o funk. Está previsto para 2015, um desafio que gere músicas com cantigas de ninar de mães que retornam ou não saem da escola, a serem incluídas em um CD e um show junto com Prefeitura. Indicador 4. Logística reversa O tema tem sido apresentado em oficinas, mas ainda não está no centro de atividades dos correspondentes nem das UBS em termos de iniciativas inovadoras. O fato de essa questão ser objeto de regulamentação de segurança ambiental e sanitária faz com que iniciativas de mobilização exijam uma grande articulação entre vários atores. Observações gerais A frequência de posts publicados e materiais em andamento aumentou exponencialmente da primeira para a segunda fase: de 184 para 1031, porém ainda não permite medir a incidência em termos dos indicadores definidos para o projeto, porque a correlação depende de foco compartilhado com parceiros em públicos definidos o que acontece, por exemplo, em relação às jovens grávidas nas escolas municipais parceiras. Por enquanto, o indicador de adesão e participação é positivo e fundamental para os demais. Os demais indicadores exigem mudança de atitude e trabalho articulado entre saúde, educação e igualdade racial. Os passos dados trabalham pela viabilização das ações que antecedem os resultados e os indicadores. 11

12 META 6. Execução Orçamentária Os valores previstos foram suficientes. Alguns ajustes referentes a pessoal foram realizado. A presença de estagiários foi substituída pela contratação de empresa terceirizada com dois profissionais, um de mobilização e outro para apoio na enorme demanda de oficinas. Tais alterações sempre foram apresentadas à Interfarma e justificadas pelo desenvolvimento das ações. Fornecedores de base de dados e de estrutura do site foram alterados devido à demanda oriunda da ampliação da participação e aprimoramento fundamental de ferramentas. Tais fornecedores ainda estão trabalhando nos ajustes para a finalização do período. 12

13 ATIVIDADES REALIZADAS NA 2ª ETAPA DO PROJETO 71 oficinas para jovens Aprendizes Espro 37 Aprendizes Senac 12 Jovens dos CCAs Cidade Ademar 5 Aprendizes das associadas Interfarma 3 Grupos de adolescentes UBS 5 Atividades HGG 6 Alunos em escolas públicas 3 18 sessões de apresentação e capacitação para educadores multiplicadores Educadores e supervisores Espro 7 Casa do Zezinho 1 Professores de escolas públicas 4 Atividades com equipe HGG 6 13

14 35 reuniões com parceiros do Geral na Saúde Comitê de Responsabilidade Social Interfarma 2 Humanização HGG 3 Rede de parceiros das associadas Interfarma 8 Associação Saúde da Família 3 Secretaria Municipal de Educação 4 Espro 4 Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial 3 CRAS Cidade Ademar 2 SENAC 2 Reunião Nuvem de Livros 3 Educar DPaschoal 1 São Paulo, 11 de dezembro de Cenise Monte Vicente 14

15 Anexo Imagens da 2ª etapa do Geral na Saúde Desenho enviado por criança frequentadora do CCA São Carlos para Hugo Sávio, auto do texto Picado pelo carrapato estrela Paulo Henrique de Sousa, um dos ganhadores do Desafio de Saúde Masculina, ao retirar suas camisas do Brasil na Interfarma acompanhado do pai (ver texto aqui) 15

16 Oficina do Geral na Saúde na unidade do Espro Casa Nina (Guarulhos) Oficina no Espro Matriz (Praça da República) 16

17 Oficina do Geral na Saúde no CCA Jardim São Carlos Oficina do Geral na Saúde no CCA Vida e ConvivÊncia 17

Educação Integral Desafios para a implementação

Educação Integral Desafios para a implementação Educação Integral Desafios para a implementação Educação Integral: uma demanda da sociedade Enfrentamento da desigualdade social: Garantia de direitos Ampliação das redes de proteção para crianças e adolescentes

Leia mais

VALID / Relatório de Sustentabilidade / 2011. Gestão

VALID / Relatório de Sustentabilidade / 2011. Gestão 54 VALID / Relatório de Sustentabilidade / 2011 8. Gestão VALID / Relatório de Sustentabilidade / 2011 55 8. Gestão PÚBLICOS DE RELACIONAMENTO A Valid desenvolve seus relacionamentos com os públicos de

Leia mais

Canal Minas Saúde: Rede multimídia; Inovar para educar

Canal Minas Saúde: Rede multimídia; Inovar para educar Canal Minas Saúde: Rede multimídia; Inovar para educar Belo Horizonte: 19/04/2012 Adriana Oliveira dos Santos, Canal Minas Saúde comunicação@portalminassaude RESUMO O Canal Minas Saúde é uma rede estratégica

Leia mais

1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA. 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido?

1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA. 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido? 1 - Nome do projeto de responsabilidade social: Fundação CNA 2 De que forma e por qual área da empresa o projeto é conduzido? O projeto nasceu em 2002, por iniciativa do presidente do CNA, Luiz Nogueira

Leia mais

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras

Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras VAMOS ACABAR COM A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES NAS RODOVIAS BRASILEIRAS parceria estratégica parceria técnica Manual dos Indicadores de Acompanhamento do Pacto Empresarial Contra Exploração

Leia mais

Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância na Cidade de São Paulo

Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância na Cidade de São Paulo VIVER A CIDADE QUE A GENTE AMA. FAZER A SÃO PAULO QUE A GENTE QUER. Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância na Cidade de São Paulo A importância da primeira infância O desenvolvimento

Leia mais

Logo do Alto Tietê, subcomitê e do 5 Elementos. Título do projeto em outra capa

Logo do Alto Tietê, subcomitê e do 5 Elementos. Título do projeto em outra capa Logo do Alto Tietê, subcomitê e do 5 Elementos Título do projeto em outra capa Bacia Hidrográfica do Alto Tietê com destaque para a Sub-bacia Pinheiros-Pirapora Fortalecimento do Subcomitê Pinheiros-Pirapora

Leia mais

PROJETO TV CEDRO ROSA: A GRANDE SÃO PAULO VISTA PELOS OLHARES DOS PEQUENOS 1 Marcelo Augusto Pereira dos Santos 2

PROJETO TV CEDRO ROSA: A GRANDE SÃO PAULO VISTA PELOS OLHARES DOS PEQUENOS 1 Marcelo Augusto Pereira dos Santos 2 PROJETO TV CEDRO ROSA: A GRANDE SÃO PAULO VISTA PELOS OLHARES DOS PEQUENOS 1 Marcelo Augusto Pereira dos Santos 2 Resumo Este artigo aborda o projeto TV Cedro Rosa, desenvolvido na Escola Municipal de

Leia mais

Sumário. Aids: a magnitude do problema. A epidemia no Brasil. Característica do Programa brasileiro de aids

Sumário. Aids: a magnitude do problema. A epidemia no Brasil. Característica do Programa brasileiro de aids Sumário Aids: a magnitude do problema A epidemia no Brasil Característica do Programa brasileiro de aids Resultados de 20 anos de luta contra a epidemia no Brasil Tratamento Prevenção Direitos humanos

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES. 41 anos: cuidando das pessoas e da Terra!

RELATÓRIO DE ATIVIDADES. 41 anos: cuidando das pessoas e da Terra! RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 41 anos: cuidando das pessoas e da Terra! Avenida João Batista Medina, 358 Embu - SP - CEP 06840-000 (11) 4781.6837 - www.seaembu.org SOCIEDADE ECOLÓGICA - SEAE 41 anos cuidando

Leia mais

O Planejamento na Administração Municipal. - Plano Plurianual Participativo 2010 2013 -

O Planejamento na Administração Municipal. - Plano Plurianual Participativo 2010 2013 - O Planejamento na Administração Municipal - Plano Plurianual Participativo 2010 2013 - Informação é Cidadania Março - 2013 Orçamento = Planejamento Programa de Governo Planejamento Estratégico Situacional

Leia mais

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1

Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial e aos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial - 1 Carta de Adesão à Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial e à sua agenda de trabalho expressa nos 10 Compromissos da Empresa com a Promoção da Igualdade Racial 1. Considerando que a promoção da igualdade

Leia mais

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO: CONCEPÇÕES E A CONSTRUÇÃO DE SABERES DOS LICENCIANDOS EM MÚSICA NA CIDADE DE NATAL/RN

PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO: CONCEPÇÕES E A CONSTRUÇÃO DE SABERES DOS LICENCIANDOS EM MÚSICA NA CIDADE DE NATAL/RN PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO: CONCEPÇÕES E A CONSTRUÇÃO DE SABERES DOS LICENCIANDOS EM MÚSICA NA CIDADE DE NATAL/RN Gislene de Araújo Alves Universidade Federal do Rio Grande do Norte gislene_artes@hotmail.com

Leia mais

MANUAL DO CEPED CENTRO DE ESTUDOS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS- CURSO DE PEDAGOGIA

MANUAL DO CEPED CENTRO DE ESTUDOS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS- CURSO DE PEDAGOGIA MANUAL DO CEPED CENTRO DE ESTUDOS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS- CURSO DE PEDAGOGIA Professora Eliane Maria Freitas Monken (org) Belo Horizonte 2013 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 03 2 OBJETIVOS... 04 2.1 Objetivo

Leia mais

Embarque nesta aventura pelos mares do mundo!

Embarque nesta aventura pelos mares do mundo! Concurso Escola Sustentável Embarque nesta aventura pelos mares do mundo! O município de Itajaí tem recebido megaeventos náuticos internacionais e no ano de 2012 foi reconhecido por suas ações desenvolvidas

Leia mais

EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA

EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE CULTURA APRESENTAÇÃO DOS 04 (QUATRO) EIXOS A SEREM DISCUTIDOS NA CONFERÊNCIA EIXO I - IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Foco Nacional: Impactos da Emenda Constitucional

Leia mais

2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES

2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, desenvolvimento da comunidade e formação de jovens fazem parte da história do Instituto.

Leia mais

Relatório Abril 2016

Relatório Abril 2016 Relatório Abril 2016 Dados Gerais Data 30 e 31 de Março de 2016. Local Hotel Boulevard Plaza - Av. Getúlio Vargas, 1640 - Funcionários - Belo Horizonte - MG. Público Alvo Analistas das Superintendências

Leia mais

PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016

PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016 PROGRAMA DE GOVERNO DUQUE BACELAR 2013/2016 UM DUQUE PARA TODOS SAÚDE Proposta de ação: - Estabelecer parceria com as redes de hospitais do SUS, para melhor atendimento da população Bacelarense. - Ampliar

Leia mais

Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008

Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008 A SAÚDE PÚBLICA NA CIDADE DE SÃO PAULO 1º Fórum Nossa São Paulo Propostas para uma Cidade Justa e Sustentável Januario Montone Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008 Visão Geral de São Paulo Área:

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MANDAGUARI Secretaria Municipal de Assistência Social

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE MANDAGUARI Secretaria Municipal de Assistência Social PRÊMIO GESTOR PÚBLICO PARANÁ PGP/PR DADOS CADASTRAIS Ano/Edição: 2015 Município: Mandaguari - PR Função de Governo: III - Assistência Social CNPJ: 76285345-0001/09 Endereço: Avenida Amazonas, 500 - Centro

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE TERESINA Rua Lizandro Nogueira, 1536 - Centro. Telefone: (0xx86)3215-7639 CEP.: 64.000-200 - Teresina Piauí E-Mail: semec.cme@teresina.pi.gov.br PARECER CME/THE Nº. 002/2009

Leia mais

CRI R AN A ÇA Ç SEGURA R Safe Kids Bras B il il 2009

CRI R AN A ÇA Ç SEGURA R Safe Kids Bras B il il 2009 CRIANÇA SEGURA Safe Kids Brasil 2009 CRIANÇA SEGURA Organização sem fins lucrativos presente no Brasil desde 2001, com atuação nacional. Missão: Promover a prevenção de acidentes com crianças e adolescentes

Leia mais

POR QUE UMA NOVA ESCOLA NO CAMPO?

POR QUE UMA NOVA ESCOLA NO CAMPO? 1 POR QUE UMA NOVA ESCOLA NO CAMPO? O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural SENAR e o Instituto CNA, integrantes do Sistema CNA, o primeiro responsável pelo desenvolvimento de ações de Formação Profissional

Leia mais

Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual:

Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual: Inclusão Social da Pessoa com Deficiência Intelectual: Educação Especial no Espaço da Escola Especial Trabalho, Emprego e Renda Autogestão, Autodefesa e Família APAE : INTEGRALIDADE DAS AÇÕES NO CICLO

Leia mais

FILANTROPIA ESTADUAL / 2011 SEJA UM DEMOLAY TRANSFORMADOR

FILANTROPIA ESTADUAL / 2011 SEJA UM DEMOLAY TRANSFORMADOR FILANTROPIA ESTADUAL / 2011 SEJA UM DEMOLAY TRANSFORMADOR ORDEM DeMOLAY Este Manual foi desenvolvido pela Secretaria Estadual de Filantropia do GCEMG Brasil, para apoiar os Capítulos jurisdicionados ao

Leia mais

Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público

Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público Regulamento da 1ª Edição do StartupGov: o Desafio do Serviço Público 1. SOBRE O STARTUPGOV: O StartupGov: O Desafio do Serviço Público é um espaço para debate com o objetivo de aproximar o governo de especialistas

Leia mais

TELESSAÚDE BRASIL REDES NA ATENÇÃO BÁSICA

TELESSAÚDE BRASIL REDES NA ATENÇÃO BÁSICA MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA TELESSAÚDE BRASIL REDES NA ATENÇÃO BÁSICA MANUAL INSTRUTIVO Sumário Introdução... 3 Atividades a serem desenvolvidas dentro

Leia mais

Investimento a serviço da transformação social

Investimento a serviço da transformação social Investimento a serviço da transformação social Objetivo Central Formular, implantar e disseminar metodologias voltadas à melhoria de políticas públicas na área educacional e à avaliação de projetos sociais.

Leia mais

Palestras e Oficinas realizadas em 2009. Palestra/ Oficinas Data Local Organização

Palestras e Oficinas realizadas em 2009. Palestra/ Oficinas Data Local Organização Palestras e Oficinas realizadas em 2009 Palestra/ Oficinas Data Local Organização Gestão e liderança de sistemas de ensino com foco na melhoria da aprendizagem dos alunos 18/02/2009 São Paulo - SP SINESP

Leia mais

GINCANA DE REORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO ADOLESCENTE EM

GINCANA DE REORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO ADOLESCENTE EM GINCANA DE REORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DO ADOLESCENTE EM SOBRAL CE Autores: Noraney Alves Lima; Francisca Júlia dos Santos Sousa; Indhira Sherlock Melo; Juliana Rodrigues Pinto; Francisco

Leia mais

Mobilização Nacional contra o Aedes aegypti. Atividades realizadas nas empresas Eletrobras no dia 11 de março de 2016

Mobilização Nacional contra o Aedes aegypti. Atividades realizadas nas empresas Eletrobras no dia 11 de março de 2016 Mobilização Nacional contra o Aedes aegypti Atividades realizadas nas empresas Eletrobras no dia 11 de março de 2016 Eletrobras holding: Envio de e-mail no dia 10/3/2016 com mensagem do presidente da Eletrobras

Leia mais

EIXO I Conselhos dos Direitos da Mulher Movim entos feministas e de mulheres

EIXO I Conselhos dos Direitos da Mulher Movim entos feministas e de mulheres EIXO I Contribuição dos Conselhos dos Direitos da Mulher e dos Movimentos feministas e de mulheres para a efetivação da igualdade de direitos e oportunidades para as mulheres em suas diversidades e especificidades:

Leia mais

À Comissão Julgadora do Prêmio Destaque ABF-AFRAS de Responsabilidade Social

À Comissão Julgadora do Prêmio Destaque ABF-AFRAS de Responsabilidade Social São Paulo, 11 de abril de 2008 À Comissão Julgadora do Prêmio Destaque ABF-AFRAS de Responsabilidade Social É com grande satisfação que o CNA participa do Prêmio Destaque ABF-AFRAS de Responsabilidade

Leia mais

Manuais ISGH Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa CEPEP

Manuais ISGH Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa CEPEP Manuais ISGH Coordenadoria de Educação Permanente, Ensino e Pesquisa CEPEP Página 1 ELABORAÇÃO Assessoras Técnicas da Educação Permanente ISGH Ana Karine Girão Lima Társia Vitoria de Araujo Joaquim Nogueira

Leia mais

Fórum Nacional de Prevenção e erradicação do Trabalho Infantil. Estratégias para o Enfrentamento ao Trabalho Infantil em 2016

Fórum Nacional de Prevenção e erradicação do Trabalho Infantil. Estratégias para o Enfrentamento ao Trabalho Infantil em 2016 Fórum Nacional de Prevenção e erradicação do Trabalho Infantil Estratégias para o Enfrentamento ao Trabalho Infantil em 2016 FNPETI Criado em 1994 é um movimento permanente de articulação, mobilização

Leia mais

DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO IPIRANGA Gabinete

DIRETORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO IPIRANGA Gabinete São Paulo, 06 de janeiro de 2014. Circular nº 01/DRE Ipiranga/2014 Dirigida: a todas as Unidades Educacionais "Sejamos como a primavera que renasce cada dia mais bela... Exatamente porque nunca são as

Leia mais

Dicas para a Transição no seu Município

Dicas para a Transição no seu Município Dicas para a Transição no seu Município 1. Cartilha Brasil Sem Miséria Para auxiliar a gestão municipal na superação da extrema pobreza, o MDS construiu a cartilha Brasil Sem Miséria no seu Município.

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. e Alexsandro da Silva. 1 Andréa Carla Agnes e Silva é dinamizadora do Programa "Escola Aberta", sob orientação de Telma Ferraz Leal

1. INTRODUÇÃO. e Alexsandro da Silva. 1 Andréa Carla Agnes e Silva é dinamizadora do Programa Escola Aberta, sob orientação de Telma Ferraz Leal TÍTULO: OFICINA DE LEITURA: UMA PROPOSTA DINÂMICA PARA FORMAÇÃO DE LEITORES AUTORA: Andréa Carla Agnes e Silva 1 INSTITUIÇÃO: Universidade Federal de Pernambuco Escola Aberta ÁREA TEMÁTICA: Educação 1.

Leia mais

ESPRO - Associação de Ensino Social Profissionalizante. Associação de Ensino Social Profissionalizante

ESPRO - Associação de Ensino Social Profissionalizante. Associação de Ensino Social Profissionalizante Associação de Ensino Social Profissionalizante O ESPRO é uma organização do 3 o setor Estado Terceiro setor (Organizações sem fins lucrativos) Empresas Privadas A proposta do ESPRO Educação gratuita Aprendizagem

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Fundação Euclides da Cunha FEC/Data UFF Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério

Leia mais

Políticas Pública de Saúde METAS VIVER SEM LIMITE

Políticas Pública de Saúde METAS VIVER SEM LIMITE Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas ÁREA TÉCNICA SAÚDE DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA Políticas Pública de Saúde METAS VIVER SEM LIMITE Organização

Leia mais

TOTAL 13.755 19.805 1 1 1.554 0 35.116

TOTAL 13.755 19.805 1 1 1.554 0 35.116 O Programa Bolsa Família (PBF) reconhecido nacional e internacionalmente como um dos programas de transferência condicionada de renda de maior êxito, atende hoje aproximadamente 110 mil famílias pobres

Leia mais

- PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego);

- PRONATEC Seguro Desemprego (Ministério do Trabalho e Emprego); Orientações de pacutação Prefeitura/MDS PRONATEC O que é o PRONATEC? Informamos que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC)

Leia mais

ASSESSORAMENTO TÉCNICO-PEDAGÓGICO AOS MUNICÍPIOS QUE ADERIRAM AO PROINFÂNCIA: DEMANDAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL

ASSESSORAMENTO TÉCNICO-PEDAGÓGICO AOS MUNICÍPIOS QUE ADERIRAM AO PROINFÂNCIA: DEMANDAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL 01097 ASSESSORAMENTO TÉCNICO-PEDAGÓGICO AOS MUNICÍPIOS QUE ADERIRAM AO PROINFÂNCIA: DEMANDAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Maria Luiza Rodrigues Flores (UFRGS) Simone Albuquerque (UFRGS) O artigo apresenta alguns

Leia mais

REGIÃO CENTRO OESTE. Grupo 1 TRABALHO INFORMAL Políticas Envolvidas. Assistência Social. Saúde. Educação. Esporte e Lazer

REGIÃO CENTRO OESTE. Grupo 1 TRABALHO INFORMAL Políticas Envolvidas. Assistência Social. Saúde. Educação. Esporte e Lazer REGIÃO CENTRO OESTE Eixos de Atuação 1. Informação e Mobilização Planejamento das Ações Intersetoriais 1.1 Conscientizar os envolvidos sobre o que é trabalho infantil e quais suas consequências. Grupo

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO DOU de 06/07/2012 (nº 130, Seção 1, pág.

PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO DOU de 06/07/2012 (nº 130, Seção 1, pág. PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 883, DE 5 DE JULHO DE 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO DOU de 06/07/2012 (nº 130, Seção 1, pág. 24) Dispõe sobre a IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo

Leia mais

Há 40 anos, dedicamos ao bem mais precisoso: A vida.

Há 40 anos, dedicamos ao bem mais precisoso: A vida. Há 40 anos, dedicamos ao bem mais precisoso: A vida. A cada ano, mais de 600 jovens participam de várias oficinas de formação e produção cultural, nas áreas de literatura, artesanato, teatro, dança, música

Leia mais

difusão de idéias QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Um processo aberto, um conceito em construção

difusão de idéias QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Um processo aberto, um conceito em construção Fundação Carlos Chagas Difusão de Idéias janeiro/2007 página 1 QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Um processo aberto, um conceito em construção Maria Lucia Machado e Maria Malta Campos: Na maioria dos países

Leia mais

Gestão Democrática e Participativa uma parceria a base do Diálogo

Gestão Democrática e Participativa uma parceria a base do Diálogo Gestão Democrática e Participativa uma parceria a base do Diálogo E.M.E.F.I PROFª ARACY LEAL BERNARDI Sala 8 2ª sessão Professor(es) Apresentador(es): Maria Inês Leme Ferreira Regiane Fátima Groto da Silva

Leia mais

PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA GUIA OPERACIONAL. 6ª Edição

PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA GUIA OPERACIONAL. 6ª Edição PROGRAMA PRÓ-EQUIDADE DE GÊNERO E RAÇA GUIA OPERACIONAL 6ª Edição Dilma Rousseff Presidenta da República Nilma Lino Gomes Ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos Eleonora Menicucci

Leia mais

PROGRAMA EU SORRIO PARA O APRENDIZ

PROGRAMA EU SORRIO PARA O APRENDIZ PROGRAMA EU SORRIO PARA O APRENDIZ JUSTIFICATIVA Um dos grandes desafios enfrentados em nossa sociedade está ligado à profissionalização e empregabilidade. As mudanças, o desenvolvimento, a informatização

Leia mais

Indicadores técnicos e de percepção

Indicadores técnicos e de percepção Indicadores técnicos e de percepção Observatório Cidadão Nossa São Paulo Banco virtual que disponibiliza um conjunto de indicadores sociais, ambientais, econômicos, políticos e culturais sobre a cidade

Leia mais

DST/Aids e Rede Básica : Uma Integração Necessária. Programa Estadual de DST/AIDS de São Paulo

DST/Aids e Rede Básica : Uma Integração Necessária. Programa Estadual de DST/AIDS de São Paulo DST/Aids e Rede Básica : Uma Integração Necessária Programa Estadual de DST/AIDS de São Paulo DST/AIDS E ATENÇÃO BÁSICA O Sistema Único de Saúde ( SUS ) preconiza a descentralização,hierarquização e territorialização

Leia mais

ações de cidadania Atendimento direto ECE-SP recebe a comunidade com equipe qualificada e atividades orientadas Revista Linha Direta

ações de cidadania Atendimento direto ECE-SP recebe a comunidade com equipe qualificada e atividades orientadas Revista Linha Direta ações de cidadania Atendimento direto ECE-SP recebe a comunidade com equipe qualificada e atividades orientadas Valéria Araújo Quando crianças, adolescentes, jovens e familiares do distrito da Brasilândia

Leia mais

Articula mais de 200 organizações, movimentos e redes brasileiras. É a articulação mais plural no campo da Educação Básica no Brasil.

Articula mais de 200 organizações, movimentos e redes brasileiras. É a articulação mais plural no campo da Educação Básica no Brasil. Projeto Acesso, permanência, aprendizagem e conclusão da Educação Básica na idade certa Direito de todas e de cada uma das crianças e adolescentes 4º Fórum Nacional Extraordinário da Undime Bahia, 1º de

Leia mais

Edição XI Ano IV Novembro de 2015. Pela. infância

Edição XI Ano IV Novembro de 2015. Pela. infância Edição XI Ano IV Novembro de 2015 Pela infância 1 editorial Por Misael Elias, integrante do CDC O ano de 2015 vai chegando ao fim e demonstra o quanto foi produtivo para o CDC de Pedro Leopoldo. O investimento

Leia mais

Educação Ambiental INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Luis Eduardo Salvatore. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

Educação Ambiental INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Luis Eduardo Salvatore. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Educação Ambiental Luis Eduardo Salvatore O Instituto Brasil Solidário IBS é uma OSCIP Organização da Sociedade Civil de Interesse Público - e desenvolve formação continuada em Educação em comunidades

Leia mais

O BRASIL E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO

O BRASIL E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO O BRASIL E OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO DO MILÊNIO SECRETARIA NACIONAL DE RELAÇÕES POLÍTICO-SOCIAIS SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA APRESENTAÇÃO Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Leia mais

1. Dados da Organização

1. Dados da Organização 1. Dados da Organização Nome: Obra Social da Paróquia São Mateus Apóstolo Presidente: Raquel Morgante Lima. Vice Presidente: José Porfírio Sobrinho CNPJ - 43.623.693/0001-81 Endereço: Rua Antonio Previato,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DA FACULDADE DE MANTENA 2010-2014 Mantena-MG INTRODUÇÃO A Faculdade de Mantena FAMA - é um estabelecimento particular de ensino superior, que visa a atender

Leia mais

OFICINA DE APRENDIZAGEM SOBRE EDUCAÇÃO SEXUAL: UMA ABORDAGEM METODOLÓGICA NO CONTEXTO ESCOLAR

OFICINA DE APRENDIZAGEM SOBRE EDUCAÇÃO SEXUAL: UMA ABORDAGEM METODOLÓGICA NO CONTEXTO ESCOLAR OFICINA DE APRENDIZAGEM SOBRE EDUCAÇÃO SEXUAL: UMA ABORDAGEM METODOLÓGICA NO CONTEXTO ESCOLAR Ana Laysla da Silva Lemos Universidade Estadual da Paraíba (UEPB/PIBID/CAPES) anallemosk@gmail.com Profa. Ms.

Leia mais

(Assessoria de Comunicação Social/MEC) INSTRUMENTO DIAGNÓSTICO PAR MUNICIPAL 2011-2014. (6ª versão maio 2011) Ministério da Educação

(Assessoria de Comunicação Social/MEC) INSTRUMENTO DIAGNÓSTICO PAR MUNICIPAL 2011-2014. (6ª versão maio 2011) Ministério da Educação (Assessoria de Comunicação Social/MEC) INSTRUMENTO DIAGNÓSTICO PAR MUNICIPAL 2011-2014 (6ª versão maio 2011) Ministério da Educação Instrumento Diagnóstico - PAR Municipal 2011-2014 A gestão que prioriza

Leia mais

"Este filme foi realizado com a assistência financeira da União Européia. Todavia, o seu conteúdo

Este filme foi realizado com a assistência financeira da União Européia. Todavia, o seu conteúdo "Este filme foi realizado com a assistência financeira da União Européia. Todavia, o seu conteúdo é de responsabilidade exclusiva da Prefeitura Municipal de Guarulhos, não n o podendo, em caso algum, considerar-se

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE UMA REDE SOCIAL COMO PROPOSTA DE APRENDIZAGEM E PARTICIPAÇÃO PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO

A UTILIZAÇÃO DE UMA REDE SOCIAL COMO PROPOSTA DE APRENDIZAGEM E PARTICIPAÇÃO PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO A UTILIZAÇÃO DE UMA REDE SOCIAL COMO PROPOSTA DE APRENDIZAGEM E PARTICIPAÇÃO PARA ALUNOS DE CURSO TÉCNICO Curitiba - PR - 05/2015 Claudia Fernanda Santos Centro Universitário UNINTER claudiabiologa@gmail.com

Leia mais

O COORDENADOR PEDAGÓGICO COMO FORMADOR: TRÊS ASPECTOS PARA CONSIDERAR

O COORDENADOR PEDAGÓGICO COMO FORMADOR: TRÊS ASPECTOS PARA CONSIDERAR Título do artigo: O COORDENADOR PEDAGÓGICO COMO FORMADOR: TRÊS ASPECTOS PARA CONSIDERAR Área: Gestão Coordenador Pedagógico Selecionadora: Maria Paula Zurawski 16ª Edição do Prêmio Victor Civita Educador

Leia mais

3º Prêmio de Reabilitação e Readaptação Profissional

3º Prêmio de Reabilitação e Readaptação Profissional Instituição: SENAC Comunidade Categoria: Escolas de Educação Profissional Trabalho Eliminando barreiras, construindo pontes: A experiência do SENAC Comunidade na inclusão de pessoas com deficiência intelectual

Leia mais

PLANO DE TRABALHO 2007

PLANO DE TRABALHO 2007 PLANO DE TRABALHO 2007 1. INTRODUÇÃO A Fundação Stickel por decisão de seu Conselho Curador e em conformidade à sua atualização estatutária, iniciou em 2004 o redirecionamento e focalização de sua atuação.

Leia mais

CICLO DE OFICINAS DE QUALIFICAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA: Ênfase na Implantação do Acolhimento. PROPOSTA METODOLÓGICA Março/2013

CICLO DE OFICINAS DE QUALIFICAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA: Ênfase na Implantação do Acolhimento. PROPOSTA METODOLÓGICA Março/2013 CICLO DE OFICINAS DE QUALIFICAÇÃO DA ATENÇÃO BÁSICA: Ênfase na Implantação do Acolhimento PROPOSTA METODOLÓGICA Março/2013 PNAB PEAB PNH DIRETRIZES GERAIS Acolhimento como diretriz nacional do SUS Cuidado

Leia mais

iii encontro nacional

iii encontro nacional educação - leitura - educomunicação - cultura - meio ambiente - saúde APRESENTAÇÃO O Encontro Nacional está em sua 3ª edição e tem como foco a troca de experiências e culturas entre os municípios atendicos

Leia mais

Meio: Jornal Dez Minutos. Editoria: Economia Caderno: Seu Bolso Data: 12/08/15

Meio: Jornal Dez Minutos. Editoria: Economia Caderno: Seu Bolso Data: 12/08/15 Meio: Jornal Dez Minutos Editoria: Economia Caderno: Seu Bolso Data: 12/08/15 Meio: Diário do Amazonas Editoria: Economia Caderno: - Data: 12/08/15 Meio: Portal do Holanda Editoria: Amazonas Hora: 15:57h

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação Diretoria de Extensão e Políticas de Inclusão

Leia mais

MUNICÍPIO DE BOM PRINCÍPIO Estado do Rio Grande do Sul

MUNICÍPIO DE BOM PRINCÍPIO Estado do Rio Grande do Sul ANEXO III DESCRIÇÃO DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS DO MAGISTÉRIO CARGO: COORDENADOR DO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO INFANTIL Coordenar as atividades específicas da área, participando do planejamento e

Leia mais

Incentivar a comunidade escolar a construir o Projeto político Pedagógico das escolas em todos os níveis e modalidades de ensino, adequando o

Incentivar a comunidade escolar a construir o Projeto político Pedagógico das escolas em todos os níveis e modalidades de ensino, adequando o SELO DE EDUCAÇÃO PARA IGUALDADE RACIAL ANEXO 1: METAS NORTEADORAS DO PLANO NACIONAL DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA EDUCAÇÃO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS E PARA O ENSINO DE HISTÓRIA E CULTURA

Leia mais

Projeto Grêmio em Forma. relato de experiência

Projeto Grêmio em Forma. relato de experiência Projeto Grêmio em Forma relato de experiência Instituto Sou da Paz Organização fundada em 1999, a partir da campanha dos estudantes pelo desarmamento. Missão: Contribuir para a efetivação, no Brasil, de

Leia mais

www.aamparaautismo.org.br - aamparaautismo@yahoo.com.br (41) 8416-9537 Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 598 Centro Curitiba PR

www.aamparaautismo.org.br - aamparaautismo@yahoo.com.br (41) 8416-9537 Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 598 Centro Curitiba PR www.aamparaautismo.org.br - aamparaautismo@yahoo.com.br (41) 8416-9537 Rua Pres. Carlos Cavalcanti, 598 Centro Curitiba PR ROSIMERE BENITES Dados Pessoais: Casada: Reinaldo Benites Filha: Beatriz Benites

Leia mais

Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará. Relatório de Atividades de 2010

Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará. Relatório de Atividades de 2010 Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará Relatório de Atividades de 2010 Avenida Oliveira Paiva, 2621 Seis Bocas Fortaleza, Ceará, CEP: 60.822-131 Tel: (85) 4006.4058 Fax: (85)

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social Casa Básica Comércio Ltda Nome fantasia FOM Data de fundação 2002 Número

Leia mais

PROJETOS. Caucaia - Fortaleza

PROJETOS. Caucaia - Fortaleza PROJETOS Caucaia - Fortaleza Núcleo de Desenvolvimento Social Acolher Criado em 2006, o projeto Acolher, agora chamado de Núcleo de Desenvolvimento Social Acolher, tem como objetivo geral atuar, de maneira

Leia mais

Agendas Estaduais de Desenvolvimento Integrado de Alfabetização e de Educação de Jovens e Adultos

Agendas Estaduais de Desenvolvimento Integrado de Alfabetização e de Educação de Jovens e Adultos Agendas Estaduais de Desenvolvimento Integrado de Alfabetização e de Educação de Jovens e Adultos PROGRAMA BRASIL ALFABETIZADO As Agendas Estaduais de Desenvolvimento Integrado de Alfabetização e Educação

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Resgate da Cidadania: uma questão de direito

Mostra de Projetos 2011. Resgate da Cidadania: uma questão de direito Mostra de Projetos 2011 Resgate da Cidadania: uma questão de direito Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: (Campo

Leia mais

Apresentação. Objetivos do Programa

Apresentação. Objetivos do Programa Diálogo Jovem 0 Índice Assunto Pagina Apresentação 2 Objetivos do Programa 2 Resultados esperados 3 Demandas do Programa 3 Por que investir 4 Origem dos Recursos 5 Metodologia 6 Roteiro do Primeiro encontro

Leia mais

Fundação SEADE. www.seade.gov.br

Fundação SEADE. www.seade.gov.br Agosto de 0 N o 0 Fecundidade continua em queda em São Paulo A taxa de fecundidade, no Estado de São Paulo, chegou a, fi lho por mulher, em 009, o que representa metade da registrada em 980 (3, fi lhos

Leia mais

Teotônio Vilela II reforma parques pág. 3. Festa da criança no CEI São Rafael pág. 3. Nesta edição: CEI Vila Maria 2. CAA São Camilo II 2

Teotônio Vilela II reforma parques pág. 3. Festa da criança no CEI São Rafael pág. 3. Nesta edição: CEI Vila Maria 2. CAA São Camilo II 2 Abrigos da esperança Os abrigos Ipiranga e Capela do Socorro são referência em educação de crianças e jovens em situação de risco. Ambos atendem a 20 jovens, contam com 17 colaboradores cada e desenvolve

Leia mais

META NACIONAL 15: garantir, em regime de colaboração entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, no prazo de 1 (um) ano de vigência deste PNE, política nacional de formação dos profissionais

Leia mais

RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS

RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS RELATÓRIO DA REDE DE ENFRENTAMENTO AO TRÁFICO DE PESSOAS Nome do Responsável: Valdir Monteiro Silva Cargo do Responsável: Coordenador da Comissão Eecutiva de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas Contatos

Leia mais

2015 para a Escola de Dados em números:

2015 para a Escola de Dados em números: RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2015 Índice 1. Apresentação 3 2. Atividades 5 2.1. Cursos e workshops 6 2.2. Participação em eventos 8 2.3. On-Line 11 3. Comunicação 12 4. Parcerias Estratégicas 14 2 APRESENTAÇÃO

Leia mais

Comunicado de 1-9-2010 Aos Dirigentes Regionais, Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores O Secretário de Estado da Educação,

Comunicado de 1-9-2010 Aos Dirigentes Regionais, Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores O Secretário de Estado da Educação, Comunicado de 1-9-2010 Aos Dirigentes Regionais, Supervisores de Ensino, Diretores de Escola e Professores O Secretário de Estado da Educação, considerando o Acordo de Cooperação celebrado entre o Governo

Leia mais

INCENTIVO FISCAL PROAC ICMS (abatimento de 100% do imposto devido)

INCENTIVO FISCAL PROAC ICMS (abatimento de 100% do imposto devido) INCENTIVO FISCAL PROAC ICMS (abatimento de 100% do imposto devido) O PROJETO O projeto SP Demo Fest tem como enfoque e objetivo principal, o fomento e incentivo da musicalização de jovens músicos da cidade

Leia mais

Impacto das Mídias Sociais à marca Cartão BOM.

Impacto das Mídias Sociais à marca Cartão BOM. Impacto das Mídias Sociais à marca Cartão BOM. 1 Débora Cristina Zanquet; 2 Roberto Sganzerla. 1 UDC União Dinâmica de Faculdades Cataratas Graduação em Publicidade e Propaganda, UFPR Universidade Federal

Leia mais

Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 424, DE 19 DE MARÇO DE 2013(*)

Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 424, DE 19 DE MARÇO DE 2013(*) ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 424, DE 19 DE MARÇO DE 2013(*) Redefine as diretrizes para a organização

Leia mais

1. Garantir a educação de qualidade

1. Garantir a educação de qualidade 1 Histórico O Pacto pela Juventude é uma proposição das organizações da sociedade civil, que compõem o Conselho Nacional de Juventude, para que os governos federal, estaduais e municipais se comprometam

Leia mais

SE VOCÊ ESTÁ LENDO ESSA APRESENTAÇÃO, VOCÊ É A PROVA QUE A INTERNET ESTÁ PRESENTE NA SUA VIDA

SE VOCÊ ESTÁ LENDO ESSA APRESENTAÇÃO, VOCÊ É A PROVA QUE A INTERNET ESTÁ PRESENTE NA SUA VIDA VERSÃO 1.0 SE VOCÊ ESTÁ LENDO ESSA APRESENTAÇÃO, VOCÊ É A PROVA QUE A INTERNET ESTÁ PRESENTE NA SUA VIDA Assim como está na de 52% da população brasileira, que soma mais de 105 milhões de pessoas conectadas

Leia mais

Parcerias Público-Privadas (PPP) Acadêmicos no fornecimento de desenvolvimento da primeira infância

Parcerias Público-Privadas (PPP) Acadêmicos no fornecimento de desenvolvimento da primeira infância Parcerias Público-Privadas (PPP) Acadêmicos no fornecimento de desenvolvimento da primeira infância CONFERÊNCIA GLOBAL SOBRE DESENVOLVIMENTO NA PRIMEIRA INFÂNCIA Fundação Maria Cecília Souto Vidigal FMCSV

Leia mais

Gestão da Qualidade em Projetos

Gestão da Qualidade em Projetos Gestão da Qualidade em Projetos Definição do Escopo Escopo O escopo do projeto define o que precisa ser feito. Isso se refere a todo o trabalho que deve ser realizado com a finalidade de produzir todas

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ORIENTADORES ARTÍSTICOS EM TEATRO PARA O PROJETO ADEMAR GUERRA Edição 2013

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ORIENTADORES ARTÍSTICOS EM TEATRO PARA O PROJETO ADEMAR GUERRA Edição 2013 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE ORIENTADORES ARTÍSTICOS EM TEATRO PARA O PROJETO ADEMAR GUERRA Edição 2013 PROJETO ADEMAR GUERRA Conceito e Eixo Curatorial I-Apresentação O Governo do Estado de São

Leia mais

UNIVERSIDADE ABERTA PARA A TERCEIRA IDADE: A INCLUSÃO DA TERCEIRA IDADE NO ESPAÇO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO

UNIVERSIDADE ABERTA PARA A TERCEIRA IDADE: A INCLUSÃO DA TERCEIRA IDADE NO ESPAÇO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE ABERTA PARA A TERCEIRA IDADE: A INCLUSÃO DA TERCEIRA IDADE NO ESPAÇO PEDAGÓGICO UNIVERSITÁRIO OLIVEIRA, Rita de Cássia (UEPG / FAFIT-FACIC) O envelhecimento da população apresenta-se hoje

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Curso: Pedagogia - vespertino Disciplina: EDM0323 - Metodologia do ensino de português: a alfabetização. Docente: Prof.ª Nilce da Silva Aluna (nºusp): Flávia

Leia mais