REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DO PRÊMIO 2014"

Transcrição

1 REGULAMENTO DO PRÊMIO

2 ÍNDICE CRONOGRAMA CATEGORIAS REGULAMENTO MANUAL DE INSTRUÇÕES ANEXOS

3 CRONOGRAMA Recebimento das Inscrições Recebimento dos Projetos Divulgação do Resultado Solenidade de Entrega do Prêmio Fundação COGE até 04 de abril até 23 de maio 12 de setembro 28 de novembro Ficha de inscrição disponível no site da Fundação COGE. 3

4 Fundação Comitê de Gestão Empresarial - Fundação COGE, com quinze anos de existência, conta com a participação de 67 empresas do Setor Energético Brasileiro. Sua missão é prover conhecimento e soluções de gestão empresarial que agreguem valor à cultura técnica das organizações, priorizando o Setor Energético, realizando, para isso, atividades de pesquisa, ensino, consultoria e desenvolvimento institucional. A Fundação COGE abriga e estimula 12 Comitês setoriais cuja função é discutir problemas de áreas específicas, gerando produtos que atendam às demandas do setor e promovendo o intercâmbio de conhecimentos e experiências bem sucedidas dentro do Setor Energético. Em consonância com sua missão, a Fundação COGE estimula, promove e divulga ações de interesse da sociedade brasileira. AS EMPRESAS MOSTRANDO SEU COMPROMISSO SOCIAL O Prêmio Fundação COGE reuniu, nestes treze anos, mais de 900 projetos e ações que comprovam a importância do Setor Energético Brasileiro para o desenvolvimento social do país. Está dividido em quatro categorias: - Ações de Responsabilidade Socioambiental (fusão das categorias Social e Ambiental) - Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas - Gestão Empresarial Estratégica (nova) - Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho Este patrimônio deve ser motivo de orgulho para todos, e a Fundação COGE se propõe, com esta premiação, não só reconhecer esse enorme esforço, como contribuir para mostrar a toda sociedade o valor dessas ações realizadas pelas empresas do setor energético. Para participar, os projetos deverão, obrigatoriamente, atender as condições deste Regulamento e seguir as diretrizes do Manual de Instrução. O Regulamento, o Manual de Instruções e a Ficha de Inscrição encontram-se disponíveis no site da Fundação COGE (www.funcoge.org.br). O Prêmio Fundação COGE é um painel importante que ressalta a responsabilidade social e ambiental das empresas do setor energético e a preocupação com a segurança e saúde dos seus trabalhadores, gerando bons exemplos a serem seguidos. 4

5 CATEGORIAS RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Garantir a preservação do meio ambiente, agir para reparar ou minimizar os impactos negativos das ações humanas e difundir a cultura da sustentabilidade são obrigações das empresas responsáveis. Com o IDH no país ainda muito aquém do desejado, as empresas devem assumir parte da responsabilidade pela melhoria das condições de vida, retribuindo o esforço empreendido pelas pessoas e comunidades nas quais estão inseridas. Vamos deixar como legado para as gerações futuras um meio ambiente saudável, num país comprometido com a cidadania e que proporcione condições dignas de vida para toda a sua população. CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS É sinal de inteligência empresarial investir no desenvolvimento de seu patrimônio humano. Fomentar a capacitação de funcionários, colaboradores e parceiros; promover a educação e desenvolver as potencialidades de cada pessoa dentro das empresas faz bem a todos. As empresas ganham em competitividade e em produtividade. As pessoas realizam-se no trabalho e preparam-se para o futuro. GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO A conquista de excelência no trato das questões de segurança e saúde no trabalho tem sido perseguida por empresas responsáveis. É fundamental garantir as melhores condições de trabalho, gerenciando os fatores que possam causar danos à saúde e à segurança do trabalhador e da população. Consciência, pesquisa, treinamento, perseverança e rigor são alguns dos requisitos encontrados em projetos com êxito nessa área. GESTÃO EMPRESARIAL ESTRATÉGICA A gestão empresarial estratégica é um conjunto coerente de prioridades e diretrizes definidas pela direção das empresas que orientam a administração das mesmas, antevendo um futuro de ameaças e oportunidades, preparando a organização para enfrentá-las, no curto, médio e longo prazos, utilizando os seus valores, conhecimentos e habilidades técnicas. 5

6 REGULAMENTO 2014 DA INSTITUIÇÃO A Fundação COGE instituiu, a partir do ano de 2001, o Prêmio Fundação COGE, que nesta 14ª edição será regido pelo presente Regulamento. OBJETIVOS Premiar projetos bem sucedidos nas categorias de Ações de Responsabilidade Socioambiental, Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas, Gestão Empresarial Estratégica e Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho. Estimular as empresas do Setor Energético a aprimorar seus modelos de gestão nestas áreas. Estimular os profissionais responsáveis pelas áreas a apresentar e desenvolver projetos que gerem um aperfeiçoamento constante das suas unidades de gestão. Garantir visibilidade ao exemplo dado pelas empresas e profissionais, divulgando os projetos classificados junto à comunidade do setor e à sociedade como um todo. DOS PARTICIPANTES A participação está aberta a todas as empresas do Setor Energético Brasileiro. INSCRIÇÃO DOS PROJETOS As empresas interessadas em participar do Prêmio Fundação COGE deverão preencher integralmente a Ficha de Inscrição no site da Fundação COGE (www.funcoge.org.br) até o dia 04 de abril de 2014 ENTREGA DOS PROJETOS Os projetos deverão ser encaminhados conforme abaixo: 1. Entregar na Fundação COGE, 01 (uma) via impressa, até o dia 23 de maio de 2014, protocolando o envio através do 2. Remeter 1 (uma) via do projeto, em meio digital, até o dia 23 de maio de 2014, para: 6

7 3. Enviar o Sumário do Projeto, até o dia 23 de maio de 2014, seguindo as orientações contidas no Manual de Instruções, para: Somente poderão concorrer ao Prêmio Fundação COGE - Edição 2014 projetos com implantação iniciada até dezembro de Não poderão participar os projetos que foram vencedores nas edições anteriores (2001 a 2013). Os projetos deverão ser apresentados de acordo com os itens constantes do Manual de Instruções. As empresas poderão inscrever projetos em todas as categorias indicadas. Não há limitação para o número de projetos por empresa. Cada projeto somente poderá ser inscrito em uma categoria. PROJETOS CLASSIFICADOS Após a divulgação do resultado das empresas classificadas do Prêmio, estas se comprometem a enviar à Fundação COGE, no prazo definido no Cronograma, um DVD sobre o projeto classificado, que será exibido na Solenidade de Premiação, conforme orientações a serem divulgadas pela Fundação COGE. O mesmo procedimento deverá ser seguido para o envio dos textos e imagens para a edição do Livro que apresentará os projetos classificados e informações da Solenidade de Premiação. DA COMISSÃO DE JURADOS E AVALIAÇÃO Para o julgamento dos projetos inscritos em cada uma das categorias, será indicada uma Comissão de Jurados, de reconhecido saber nas suas áreas de atuação, convidados pela Fundação COGE. Só serão julgados pela Comissão de Jurados os projetos que preencherem os requisitos citados neste Regulamento e em conformidade com o Manual de Instruções. Os julgamentos da Comissão de Jurados são individuais e somente um representante da Fundação COGE terá conhecimento delas para proceder à tabulação e definição do resultado oficial. A composição da Comissão de Jurados será divulgada por ocasião do Resultado, até o dia 12 de setembro de A Comissão de Jurados é soberana e de seu julgamento não caberá recurso. Durante o processo de julgamento, se necessário, a Comissão de Jurados poderá, através da Fundação COGE, pedir informações complementares sobre os projetos em análise, bem como comprovações dos dados apresentados. A Fundação COGE fará a comunicação oficial dos resultados do julgamento para todas as empresas participantes do Prêmio até o dia 12 de setembro de

8 DA PREMIAÇÃO Serão classificados três projetos em cada categoria e, entre estes, será escolhido um vencedor por categoria, que receberá o Troféu Fundação COGE. Os prêmios serão assim conferidos pela Fundação COGE: 1. Para as empresas vencedoras em cada categoria o Troféu Fundação COGE e uma viagem técnico-cultural, ao exterior para o responsável de cada projeto vencedor. A data e o local da viagem serão definidos pela Fundação COGE. 2. Para todas as empresas classificadas uma placa comemorativa. 3. Para o responsável de cada projeto classificado e seu(s) autor(es) uma placa comemorativa. As placas serão conferidas somente ao(s) autor(es) indicado(s) quando da entrega do projeto, não sendo aceita alteração e adição de nomes posteriormente. A solenidade de premiação será realizada no dia 28 de novembro de 2014, no Hotel Windsor Atlântica, no Rio de Janeiro - RJ. DA DIVULGAÇÃO A Fundação COGE promoverá ampla divulgação do Prêmio Fundação COGE em todas as suas fases, desde o início das inscrições até a apresentação dos premiados em todos os veículos de comunicação ao seu alcance. A Fundação COGE reserva-se no direito de exibir e debater todos os projetos inscritos em Universidades, Faculdades, Seminários, Congressos ou quaisquer eventos, tanto no Brasil como no exterior. Os direitos de divulgação e publicação dos projetos serão doados pelas empresas à Fundação COGE. Estes direitos compreenderão a publicação ou divulgação do todo ou parte desses projetos, em veículos da Fundação COGE ou de terceiros, através de mídia impressa ou eletrônica, no Brasil e no exterior. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Todas as empresas inscritas, bem como os profissionais responsáveis pelos projetos, serão informadas do Resultado até o dia 12 de setembro de As questões não previstas neste Regulamento serão resolvidas pela Fundação COGE. 8

9 MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO Este Manual objetiva fornecer instruções às empresas que se candidatarem ao Prêmio Fundação COGE, sobre: Como elaborar a Apresentação do Projeto a ser analisado pelo júri; Os quesitos de avaliação que nortearão a análise e julgamento dos jurados. Estas informações são complementares ao Regulamento do Prêmio Fundação COGE. É fundamental seguir estas instruções na apresentação do Projeto, bem como no cumprimento das datas constantes neste Regulamento, sem o qual o projeto poderá ser desclassificado pela Fundação COGE. O projeto deverá ser enviado para: Fundação Comitê de Gestão Empresarial - Fundação COGE Produção do Premio Fundação COGE Av. Marechal Floriano, n 19 sala Centro CEP: Rio de Janeiro RJ APRESENTAÇÃO DO PROJETO 1. Capa: - Prêmio Fundação COGE Empresa - Categoria - Título completo do projeto (no máximo 80 caracteres) - Nome completo do(s) responsável (eis) pelo projeto Obs.: Todas as informações acima são obrigatórias. 2. Sumário de apresentação: 2.1 O Sumário de, no máximo, duas páginas deverá descrever a essência do projeto, resultados obtidos, tanto qualitativos quanto quantitativos. Procure cruzar os resultados com os Quesitos de Julgamento, conforme definido adiante neste Manual, de forma que a Fundação COGE e o Corpo de Jurados, lendo-o, tenham uma visão do seu conjunto. 9

10 Obs.: O Sumário deverá ser enviado para o endereço 3. Índice: Colocar os principais itens do projeto e numerar as páginas respectivas. 4. Perfil da empresa: Apresentação resumida da empresa, contendo as seguintes informações: 4.1. Razão social da empresa e endereço comercial completo: (nome, endereço principal, telefone e ); Região de atuação e número total de funcionários; 4.2. Área de atuação (Geração, Transmissão, Distribuição, etc.); 4.3. Breve histórico da empresa (e outras informações relevantes) para a compreensão do projeto, se for o caso. 5. Formatação O Projeto deve ser digitado/impresso em fonte número 12, letra tipo Arial ou Times New Roman, em papel formatado A4. No caso de uso de tabelas, gráficos e figuras, pode-se usar fonte menor que 12, desde que legível. A descrição do projeto, incluindo gráficos/figuras/tabelas, não poderá ultrapassar 50 páginas que deverão ter numeração sequencial, correspondente aos tópicos do Índice do Projeto. É livre o uso de cores nas tabelas, ilustrações, gráficos e/ou fotos no projeto. ANEXOS Serão consideradas formas de apresentação realizadas em outros meios: vídeo, CD-ROM, DVD, CD, publicações, conjunto de fotos, entre outros, a critério de cada empresa, desde que anexadas ao Projeto e enviada em 1 (uma) via. Tais mídias devem servir para facilitar o esclarecimento do Corpo de Jurados, bem como para demonstrar o trabalho de comunicação realizado pelas empresas com relação aos projetos inscritos. EM TODOS OS ANEXOS DEVERÃO CONSTAR: EMPRESA, CATEGORIA E NOME COMPLETO DO PROJETO. AS DESCRIÇÕES DOS PROJETOS DEVERÃO SER FEITAS CONSIDERANDO OS QUESITOS DE JULGAMENTO APRESENTADOS A SEGUIR, CONFORME CADA CATEGORIA, POIS SERÁ OBSERVADO PELO CORPO DE JURADOS PARA EFEITO DE JULGAMENTO. 10

11 QUESITOS DE JULGAMENTO CATEGORIA: AÇÕES DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Ano de implantação do projeto. 2. Objetivos do projeto. 3. Metodologia aplicada. 4. Abrangência. 5. Volume de recursos envolvidos/aplicados. 6. Regiões geográficas envolvidas. 7. Impactos efetivos ocorridos nas áreas escolhidas. 8. Utilização no projeto de tecnologias limpas e inovadoras. 9. Inclusão no projeto de processos de reciclagem ou uso racional de energia e matérias-primas. 10. Inclusão no projeto de programa de recuperação de processo de degradação ambiental. 11. Investimento social aplicado. 12. Quantidade aproximada de beneficiados. 13. Funcionários-voluntários participantes. 14. Impactos efetivos ocorridos na qualidade de vida dos beneficiados pelo projeto em relação à inclusão social obtida. 15. Quesitos de avaliação dos resultados dos projetos sociais em andamento/ implementação de indicadores sociais nos projetos 16. Resultados obtidos. 17. Criatividade nas soluções apresentadas. 11

12 CATEGORIA: CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS 1. Ano de implantação do projeto. 2. Objetivos do projeto. 3. Metodologia aplicada. 4. Abrangência. 5. Participação do projeto no ambiente estratégico da empresa. 6. Aumento da qualidade e produtividade nas áreas envolvidas ou na empresa em geral. 7. Alterações obtidas com o projeto no processo de gestão da empresa. 8. Envolvimento com multiplicadores internos. 9. Benchmarking, quando possível, em relação a outras empresas. 10. Melhorias operacionais obtidas com o projeto. 11. Reforço na capacitação. 12. Processo de comunicação com os públicos internos envolvidos (endomarketing). 13. Resultados obtidos. 14. Criatividade nas soluções apresentadas. CATEGORIA: GESTÃO EMPRESARIAL ESTRATÉGICA 1. Ano de implantação do projeto. 2. Objetivos do projeto. 3. Metodologia aplicada. 4. Abrangência. 5. Benchmarking, quando possível, em relação a outras empresas.. 6. Criatividade nas soluções apresentadas 7. Resultados obtidos com o projeto no processo de gestão da empresa 8. Aumento da qualidade e produtividade nas áreas envolvidas ou na empresa em geral. 9. Volume de recursos envolvidos/aplicados. 10. Melhorias operacionais obtidas com o projeto 11. Impactos no desempenho dos empregados face o projeto implementado. 12. Reflexos na Sustentabilidade empresarial CATEGORIA: GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO 1. Ano de implantação do projeto. 2. Objetivos do projeto. 3. Metodologia aplicada. 4. Abrangência. 5. Utilização de processos de sensibilização/conscientização. 6. Enquadramento do tema nas políticas de segurança da empresa. 7. Inclusão de programa de educação à saúde preventiva. 8. Impactos na produtividade. 9. Benchmarking, quando possível, em relação a outras empresas. 10. Melhorias operacionais obtidas com o projeto. 11. Indicadores internos utilizados quanto a acidentes, uso de equipamentos de segurança, outros. 12. Aplicação adequada de programas de prevenção de acidentes. 13. Resultados obtidos. 14. Criatividade nas soluções apresentadas. 12

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2

Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Índice Cronograma -------------------------------------------------------------------------------------------- 2 Prefácio --------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ

PRÊMIO SER HUMANO ABRH/MA REGULAMENTO 2016 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL / EMPRESA CIDADÃ Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH/MA - Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Empresa Cidadã tem o objetivo de certificar projetos, a seguir denominados de

Leia mais

PRÊMIO APEx APTEL de Excelência REGULAMENTO GERAL 2010

PRÊMIO APEx APTEL de Excelência REGULAMENTO GERAL 2010 1 - O PRÊMIO APEX PRÊMIO APEx APTEL de Excelência REGULAMENTO GERAL 2010 O Prêmio APEX é dedicado a reconhecer e conectar as realizações específicas com os objetivos das empresas que resultam em implementação

Leia mais

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO

REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO REGULAMENTO 5º PRÊMIO APEX-BRASIL DE EXCELÊNCIA EM EXPORTAÇÃO O BRASIL QUE INSPIRA O MUNDO 1 DO PRÊMIO 1.1 Fica estabelecido o 5º Prêmio Apex-Brasil de Excelência em Exportação O Brasil que inspira o mundo,

Leia mais

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013

PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 PORTARIA MMA Nº 202, DE 07 DE JUNHO DE 2013 A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, Decreto nº 6.101, de

Leia mais

O reconhecimento de um trabalho bem realizado Melhoria na empregabilidade. Ter seu nome mencionado na mídia

O reconhecimento de um trabalho bem realizado Melhoria na empregabilidade. Ter seu nome mencionado na mídia MODALIDADE: Gestão de Pessoas CATEGORIA: Acadêmica Objetivo: O PRÊMIO SER HUMANO LUIZ HAMILTON BERTON, categoria Acadêmica, objetiva premiar os trabalhos de natureza científica, referente a qualquer área

Leia mais

A2. A modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica está dividida nas seguintes categorias:

A2. A modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica está dividida nas seguintes categorias: PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2015 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / ACADÊMICA A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Acadêmica premia trabalhos de caráter técnico

Leia mais

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social

REGULAMENTO. 10º Prêmio de Responsabilidade Social REGULAMENTO 10º Prêmio de Responsabilidade Social I DA INSTITUIÇÃO DA PREMIAÇÃO II DAS CATEGORIAS III DAS INSCRIÇÕES IV DOS PROJETOS V DO JULGAMENTO VI DAS DATAS VII DA COORDENAÇÃO I DA INSTITUIÇÃO DA

Leia mais

11º Mostra de Ações Socioambientais 2015 REGULAMENTO

11º Mostra de Ações Socioambientais 2015 REGULAMENTO Centro das Indústrias do Estado de São Paulo Grupo de Trabalho de Meio Ambiente - GTMA Grupo de Trabalho em Responsabilidade Social GTRS Diretoria Regional em Jacareí 11º Mostra de Ações Socioambientais

Leia mais

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES

OBJETIVO DAS INSCRIÇÕES CONSTRUINDO A NAÇÃO 2016 Os Grêmios na Comunidade A Vez dos Municípios OBJETIVO Com o objetivo de conhecer, reconhecer e difundir as práticas de cidadania desenvolvidas por estudantes das escolas públicas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAGÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PRÊMIO PROFESSOR DO ANO 2011. Capítulo I: Do regulamento

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAGÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PRÊMIO PROFESSOR DO ANO 2011. Capítulo I: Do regulamento PREFEITURA MUNICIPAL DE BAGÉ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO PRÊMIO PROFESSOR DO ANO 2011 Capítulo I: Do regulamento ART 1 - O evento Prêmio Professor do Ano é uma promoção da SECRETARIA MUNICIPAL DE

Leia mais

REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS REGULAMENTO CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS apoio: organização: CATEGORIA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS PRÊMIO NACIONAL DE CONSERVAÇÃO E USO RACIONAL DE ENERGIA EDIÇÃO 2009 1 O PRÊMIO Instituído

Leia mais

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2014

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2014 SUMÁRIO ITEM SUMÁRIO 1 1. DOS OBJETIVOS 2 2. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E DA PREMIAÇÃO 2 3. DO PROCEDIMENTO DA INSCRIÇÃO 3 4. DAS CATEGORIAS 3 4.1 Projetos de impacto regional, com foco em ações de

Leia mais

REGULAMENTO. Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Categoria Empresa

REGULAMENTO. Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social Categoria Empresa A. Objetivo O Prêmio Ser Humano Amazonas, Modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social, tem o objetivo de certificar projetos sociais desenvolvidos por empresas, segundo critérios de

Leia mais

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO

REGULAMENTO DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO 1 - NOME: BOVESPA NA ESCOLA - 2005 2 - OBJETIVOS 2.1 Gerais: Possibilitar aos alunos da rede pública estadual o conhecimento do funcionamento do mercado de capitais. Possibilitar

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO 11ª EDIÇÃO

REGULAMENTO DO PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO 11ª EDIÇÃO REGULAMENTO DO PRÊMIO MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO 11ª EDIÇÃO 1. O Prêmio 1.1. O Prêmio Melhores Práticas de Estágio, iniciativa do Fórum de Estágio da Bahia, de periodicidade anual, é destinado a identificar

Leia mais

11º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO

11º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 11º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO Há mais de uma década o Prêmio MASTERINSTAL contribui para ampliar a visibilidade e o aperfeiçoamento da atividade empresarial dedicada à execução, manutenção

Leia mais

22o. Prêmio Expressão de Ecologia

22o. Prêmio Expressão de Ecologia 22o. Prêmio Expressão de Ecologia 2014-2015 Página da Prefeitura Lançando o Selo Verde Apresentação para Empreendedore e Interessados do Selo Verde Página da Prefeitura Lançando o Selo Verde Selo Verde

Leia mais

MANUAL DE INSCRIÇÕES. Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam

MANUAL DE INSCRIÇÕES. Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam Ministério da Cultura, Fundação Abrinq, Novelis do Brasil, Reckitt Benckiser e Consigaz apresentam Orquestra e Fundação Abrinq III MANUAL DE INSCRIÇÕES Patrocínio Realização A Fundação Abrinq Criada em

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO TROTE DA CIDADANIA 2009

REGULAMENTO PRÊMIO TROTE DA CIDADANIA 2009 REGULAMENTO PRÊMIO TROTE DA CIDADANIA 2009 O QUE É? QUEM ORGANIZA? 1. O Prêmio Trote da Cidadania 2009 tem o objetivo de destacar e reconhecer os melhores projetos de trote cidadão em instituições de ensino

Leia mais

PRÊMIO CNI DE ECONOMIA 2014 REGULAMENTO

PRÊMIO CNI DE ECONOMIA 2014 REGULAMENTO PRÊMIO CNI DE ECONOMIA 2014 REGULAMENTO APRESENTAÇÃO Artigo 1º - Idealizado e instituído pela Confederação Nacional da Indústria, o Prêmio CNI de Economia, cuja periodicidade é anual, tem por finalidade

Leia mais

REGULAMENTO PREMIAÇÃO IMPACT AWARDS 2015 A PREMIAÇÃO SERÁ REALIZADA NO DIA 18 DE AGOSTO, DURANTE A 18ª CONFERÊNCIA ANUAL DA ASUG BRASIL

REGULAMENTO PREMIAÇÃO IMPACT AWARDS 2015 A PREMIAÇÃO SERÁ REALIZADA NO DIA 18 DE AGOSTO, DURANTE A 18ª CONFERÊNCIA ANUAL DA ASUG BRASIL REGULAMENTO PREMIAÇÃO IMPACT AWARDS 2015 A PREMIAÇÃO SERÁ REALIZADA NO DIA 18 DE AGOSTO, DURANTE A 18ª CONFERÊNCIA ANUAL DA ASUG BRASIL O Impact Awards é um prêmio tradicional na comunidade da ASUG Brasil.

Leia mais

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO

PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO PRÊMIO ASSESPRO-RJ MELHORES EMPRESAS EDIÇÃO 2015 EDITAL DE RETIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 31 de julho de 2015. www.assespro-rj.org.br/premioempresas Praça Pio X, 55/ 9º andar - Centro 20.070-900 Rio de Janeiro,

Leia mais

A Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, resolve:

A Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, resolve: 33º PRÊMIO CASOS DE SUCESSO - REGULAMENTO 1) CONSIDERAÇÕES GERAIS A Federação das Unimeds do Estado de São Paulo (Fesp), no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Estatuto Social, resolve: 1.1

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS - ORGANIZAÇÃO Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH PB - Modalidade Gestão de Pessoas - Profissional, premia casos de caráter técnico ou organizacional, relacionados à projetos implantados pelo profissional,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO

PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO PROCESSO SELETIVO 2012 GERAÇÃO DE RENDA (NEGÓCIOS INCLUSIVOS) REGULAMENTO Criado em 2006, o é responsável por gerenciar o investimento social do Grupo HSBC Brasil e tem como missão contribuir para o desenvolvimento

Leia mais

Regulamento Concurso Fotográfico CRN-2. #orgulhotnd

Regulamento Concurso Fotográfico CRN-2. #orgulhotnd Regulamento Concurso Fotográfico CRN-2 DA INSTITUIÇÃO #orgulhotnd Artigo 1º - O Concurso Fotográfico de valorização da atuação do Técnico em Nutrição e Dietética (TND), sem fins lucrativos, foi instituído,

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH-PB - Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Organização do Terceiro Setor tem o objetivo de reconhecer e premiar projetos desenvolvidos

Leia mais

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014

ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS - TOP MINIEMPRESA ESCOLA E TOP STARTUP ADENDO DE REGULAMENTO DO TOP DE MARKETING ADVB/RS 2014 PRÊMIOS-INCENTIVO ADVB/RS

Leia mais

REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT

REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT REGULAMENTO XIV PRÊMIOABT O PRÊMIO Dirigido a empresas e profissionais que praticam a excelência em atendimento e relacionamento com o cliente, o PrêmioABT tem como objetivos identificar, reconhecer e

Leia mais

PRÊMIO PROCEL CIDADE EFICIENTE EM ENERGIA ELÉTRICA

PRÊMIO PROCEL CIDADE EFICIENTE EM ENERGIA ELÉTRICA PRÊMIO PROCEL CIDADE EFICIENTE EM ENERGIA ELÉTRICA FICHA DE INSCRIÇÃO 8 ª EDIÇÃO Prefeitura Municipal de Nome do(a) Prefeito(a) Endereço CEP UF Telefone Fax E-mail Responsável pelas informações (nome e

Leia mais

PRÊMIO DE PRÁTICAS EXITOSAS DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SUAS COEGEMAS/CE

PRÊMIO DE PRÁTICAS EXITOSAS DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SUAS COEGEMAS/CE EDITAL COEGEMAS/CE Nº 01/ 2016 PRÊMIO DE PRÁTICAS EXITOSAS DO SISTEMA ÚNICO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL SUAS COEGEMAS/CE A Diretoria Executiva do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social

Leia mais

Regulamento 30º Top de Marketing ADVB/RS

Regulamento 30º Top de Marketing ADVB/RS Regulamento 30º Top de Marketing ADVB/RS REGULAMENTO 30 TOP DE MARKETING ADVB/RS 1. Da Instituição 1.1. Fica instituído, pela Diretoria da ADVB/RS, o 30º TOP DE MARKETING ADVB-RS. 2. Dos Objetivos: 2.1.

Leia mais

Para diferenciar a participação das instituições educacionais, o prêmio é segmentado em dois tipos:

Para diferenciar a participação das instituições educacionais, o prêmio é segmentado em dois tipos: 1. OBJETIVOS O PNGE tem o objetivo de incentivar e valorizar práticas eficazes de gestão educacional no Brasil, destacando e reconhecendo o alto desempenho das instituições de ensino. Ele premia organizações

Leia mais

Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010

Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010 Regulamento Prêmio CNT de Jornalismo 2010 1. Objetivo 1.1. O Prêmio CNT de Jornalismo tem como objetivos estimular, divulgar e prestigiar trabalhos jornalísticos sobre o transporte. Com a finalidade de

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL 5ª EDIÇÃO

REGULAMENTO DO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL 5ª EDIÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica REGULAMENTO DO PRÊMIO PROFESSORES DO BRASIL 5ª EDIÇÃO O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC), por intermédio da Secretaria de Educação Básica (SEB) e com a

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas de Utilities e Telecom e seus fornecedores podem inscrever um ou mais Cases nas categorias:

REGULAMENTO. As empresas de Utilities e Telecom e seus fornecedores podem inscrever um ou mais Cases nas categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART Utilities & Telecom, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom:

Leia mais

Regulamento Prêmio VEM COM A GENTE de Meio Ambiente - 2012

Regulamento Prêmio VEM COM A GENTE de Meio Ambiente - 2012 Regulamento Prêmio VEM COM A GENTE de Meio Ambiente - 2012 1. Objetivos O Prêmio VEM COM A GENTE de Meio Ambiente será realizado, anualmente, e tem como objetivos: 1.1. Promover a divulgação e discussão

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNÍPIO DA CULTURA MUSEU DE ARTE DE SANTA MARIA MASM

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNÍPIO DA CULTURA MUSEU DE ARTE DE SANTA MARIA MASM PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA MARIA SECRETARIA DE MUNÍPIO DA CULTURA MUSEU DE ARTE DE SANTA MARIA MASM XIII SALÃO LATINO-AMERICANO DE ARTES PLÁSTICAS DE SANTA MARIA Santa Maria 2014 REGULAMENTO DESCRIÇÃO:

Leia mais

10.207.232/0001-79, 1970 5 CEP: 04565-907, 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO

10.207.232/0001-79, 1970 5 CEP: 04565-907, 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO REGULAMENTO Realizadora: Instituto Claro, CNPJ: 10.207.232/0001-79, com sede na Rua Flórida, 1970 andar 5 CEP: 04565-907, Cidade Monções São Paulo/SP. 1) PRÊMIO INSTITUTO CLARO 1.1. O Prêmio Instituto

Leia mais

XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA. Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO

XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA. Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO XXIII PRÊMIO JOVEM CIENTISTA Tema: Educação para Reduzir as Desigualdades Sociais REGULAMENTO CAPÍTULO I DO PRÊMIO Art. 1º. O Prêmio Jovem Cientista é uma iniciativa do CNPq, do Grupo Gerdau, da Fundação

Leia mais

Planejar SÃO LUÍS para mais 400 ANOS: FUTURO E SUSTENTABILIDADE DA CIDADE

Planejar SÃO LUÍS para mais 400 ANOS: FUTURO E SUSTENTABILIDADE DA CIDADE INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL DEPARTAMENTO DO MARANHÃO Planejar SÃO LUÍS para mais 400 ANOS: FUTURO E SUSTENTABILIDADE DA CIDADE 1. EVENTO: I Concurso de Planejamento Urbano Premiação Arquiteto destaque

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO MÃOS À OBRA - 2015

REGULAMENTO DO CONCURSO MÃOS À OBRA - 2015 REGULAMENTO DO CONCURSO MÃOS À OBRA - 2015 1. OBJETIVOS O Concurso MÃOS À OBRA tem por objetivo incentivar, aprofundar o debate sobre temas que impactam a competitividade da cadeia produtiva da construção

Leia mais

I Concurso Nacional de Monografias Funenseg/SulAmérica. Regulamento I Concurso Nacional de Monografias Funenseg/SulAmérica

I Concurso Nacional de Monografias Funenseg/SulAmérica. Regulamento I Concurso Nacional de Monografias Funenseg/SulAmérica Regulamento I Concurso Nacional de Monografias Funenseg/SulAmérica A Escola Nacional de Seguros Funenseg, em conjunto com a SulAmérica Seguros, com o intuito de desenvolver e promover o conhecimento do

Leia mais

PRÊMIO DE BOAS PRÁTICAS NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL REGULAMENTO

PRÊMIO DE BOAS PRÁTICAS NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL REGULAMENTO PRÊMIO DE BOAS PRÁTICAS NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL REGULAMENTO A Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), com apoio do: Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência

Leia mais

R E G U L A M E N T O 1

R E G U L A M E N T O 1 R E G U L A M E N T O 1 APRESENTAÇÃO Art. 1 o O PRÊMIO IPEA-CAIXA 2006, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada IPEA e da Caixa Econômica Federal CAIXA, instituído pela Portaria Conjunta n o 01 de

Leia mais

REGULAMENTO. I CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA DOS CORREIOS Vá mais longe 1. OBJETIVO

REGULAMENTO. I CONCURSO NACIONAL DE FOTOGRAFIA DOS CORREIOS Vá mais longe 1. OBJETIVO REGULAMENTO 1. OBJETIVO 1.1 O I Concurso Nacional de Fotografia dos Correios tem como objetivos reunir imagens que representem a atuação dos Correios, especialmente a relação da empresa com a sociedade;

Leia mais

I CONCURSO DE REDAÇÃO DO SENADO FEDERAL A BANDEIRA NACIONAL

I CONCURSO DE REDAÇÃO DO SENADO FEDERAL A BANDEIRA NACIONAL I CONCURSO DE REDAÇÃO DO SENADO FEDERAL A BANDEIRA NACIONAL O I Concurso de Redação sobre a Bandeira Nacional, promovido pelo Senado Federal, com apoio do Ministério da Educação (MEC), do Conselho Nacional

Leia mais

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor.

B2. Os cases poderão ser de autoria individual ou em coautoria, porém será entregue apenas um troféu por case vencedor. PRÊMIO SER HUMANO PAULO FREIRE 2014 MODALIDADE: GESTÃO DE PESSOAS / PROFISSIONAL A. OBJETIVO A1. O Prêmio Ser Humano Paulo Freire Modalidade Gestão de Pessoas / Profissional premia casos de caráter técnico

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO

REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO REGULAMENTO PROGRAMA PARCEIROS EM AÇÃO 1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. As presentes disposições visam regulamentar o Programa Parceiros em Ação, instituído pela Área de Responsabilidade Social do BANCO

Leia mais

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor;

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor; REGULAMENTO 4º Prêmio UNA de SUSTENTABILIDADE Categoria Pós Graduação (Lato Sensu e Stricto Sensu) 1 CARACTERIZAÇÃO 1.1 O Prêmio UNA de SUSTENTABILIDADE tem o propósito de identificar, reconhecer, valorizar

Leia mais

I PRÊMIO DE FOTOJORNALIMO RACCIELE OLIVAS

I PRÊMIO DE FOTOJORNALIMO RACCIELE OLIVAS PRÊMIO DE JORNALISMO OTHELINO NOVA ALVES I PRÊMIO DE FOTOJORNALIMO RACCIELE OLIVAS REGULAMENTO A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão abre inscrições para o Prêmio de Jornalismo JORNALISTA OTHELINO

Leia mais

Regulamento do GREEN PROJECT AWARDS Brasil

Regulamento do GREEN PROJECT AWARDS Brasil Regulamento do GREEN PROJECT AWARDS Brasil A GCI em parceria com o Instituto Nacional de Tecnologia (INT) institui um Prêmio de reconhecimento de boas práticas em projetos que promovam o desenvolvimento

Leia mais

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015

12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 12º PRÊMIO SER HUMANO ABRH-ES EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO A ABRH-ES (Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Espírito Santo) é integrante do Sistema Nacional ABRH e configura-se como instituição

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O PRÊMIO CHICO RIBEIRO SOBRE INFORMAÇÃO DE CUSTOS E QUALIDADE DO GASTO NO SETOR PÚBLICO I. DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Idealizado pelo Instituto Social IRIS, o PRÊMIO CHICO RIBEIRO SOBRE

Leia mais

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL

CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO AGRINHO EDUCAÇÃO ESPECIAL CONCURSO EDUCAÇÃO ESPECIAL CATEGORIA Desenho TEMA: As coisas que ligam o campo e a cidade e nosso papel para melhorar o mundo. O concurso é dirigido aos alunos com necessidades

Leia mais

1º É vedada a participação de funcionários e estagiários do IBGC, dos patrocinadores do prêmio ou dos pesquisadores associados ao IBGC.

1º É vedada a participação de funcionários e estagiários do IBGC, dos patrocinadores do prêmio ou dos pesquisadores associados ao IBGC. Art. 1º Idealizado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, IBGC, o Prêmio IBGC de Trabalhos Acadêmicos em Governança Corporativa ( Prêmio ) será regido pelo presente Regulamento. Art. 2º O

Leia mais

Prêmio. Participantes, Práticas Premiadas e Período de Execução REGULAMENTO PRÊMIO ANAMATRA DE DIREITOS HUMANOS 2014

Prêmio. Participantes, Práticas Premiadas e Período de Execução REGULAMENTO PRÊMIO ANAMATRA DE DIREITOS HUMANOS 2014 1 Prêmio O Prêmio Anamatra de Direitos Humanos 2014 consistirá na entrega de estatueta inspirada no Cilindro de Ciro e premiação em dinheiro para pessoas físicas ou jurídicas cujas ações se destaquem em

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO SINDITÊXTIL-SP INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

REGULAMENTO PRÊMIO SINDITÊXTIL-SP INOVAÇÃO TECNOLÓGICA 1 / 7 1. APRESENTAÇÃO O Prêmio SINDITÊXTIL-SP Inovação Tecnológica foi criado em 2011 pelo Sindicato das Indústrias de Fiação e Tecelagem do Estado de São Paulo SINDITÊXTIL SP com objetivo de homenagear

Leia mais

SELO ASSOHONDA CONCESSIONÁRIA CIDADÃ

SELO ASSOHONDA CONCESSIONÁRIA CIDADÃ REGULAMENTO 1. Da instituição do Prêmio A ASSOHONDA, através da sua Comissão de Responsabilidade Social, estabelece a partir de 1º de janeiro de 2008, o prêmio anual Selo ASSOHONDA Concessionária Cidadã,

Leia mais

Concurso para Professores e Estudantes Universitários

Concurso para Professores e Estudantes Universitários 8ª EDIÇÃO Concurso para Professores e Estudantes Universitários Sobre Responsabilidade Social Empresarial e Desenvolvimento Sustentável REGULAMENTO Introdução O Instituto Ethos, o UniEthos e o jornal Valor

Leia mais

PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO

PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO A palavra SUTENTABILIDADE, derivada de sustentável tem origem no latim "sustentare", que significa sustentar, apoiar, conservar. O conceito de sustentabilidade

Leia mais

EDITAL DO 1º CONCURSO DE IDEIAS E PROJETOS ECONOMIA VERDE

EDITAL DO 1º CONCURSO DE IDEIAS E PROJETOS ECONOMIA VERDE EDITAL DO 1º CONCURSO DE IDEIAS E PROJETOS ECONOMIA VERDE Sumário: 1. Apresentação 2. Finalidade do Prêmio 3. A quem se destina 4. Requisitos de elegibilidade para inscrição 5. Critérios de Avaliação 6.

Leia mais

IV CONCURSO NACIONAL UEB DE FOTOGRAFIA

IV CONCURSO NACIONAL UEB DE FOTOGRAFIA IV CONCURSO NACIONAL UEB DE FOTOGRAFIA O IV Concurso Nacional UEB de Fotografia, é uma iniciativa da União dos Escoteiros do Brasil, aberto à participação de qualquer pessoa associada à União dos Escoteiros

Leia mais

Regulamento do Prêmio Concred Verde

Regulamento do Prêmio Concred Verde Regulamento do Prêmio Concred Verde Brasília-DF, fevereiro de 2012. Para ocorrer desenvolvimento sustentável é preciso comprometimento com uma visão responsável que busca o equilíbrio social e a interação

Leia mais

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE

III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE III CONCURSO DE FOTOGRAFIA FAE REGULAMENTO Um olhar para o futuro I PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A. O Concurso de Fotografia da FAE é uma iniciativa promovida pela Coordenação do Núcleo Cultural do Programa de

Leia mais

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das

O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Apresentação O Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros foi criado, em 2011, pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar

Leia mais

Edital de Seleção Pública de Projetos Sociais

Edital de Seleção Pública de Projetos Sociais Disposições Gerais As inscrições dos projetos serão aceitas com a entrega física do projeto, acompanhado de CD ROM com a versão digitalizada, nos escritórios das Regionais da CEMAR (relação ANEXO I), ou

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5)

REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) REGULAMENTO ESPECÍFICO (apenas modalidade 5) 1. PARTICIPAÇÃO 1.1 Os trabalhos acadêmicos inscritos deverão ter sido implementados nos últimos 02 anos e os autores deverão ser portadores de diplomas de

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO CORREIOS DE JORNALISMO

REGULAMENTO 1º PRÊMIO CORREIOS DE JORNALISMO REGULAMENTO 1º PRÊMIO CORREIOS DE JORNALISMO 1. OBJETIVO O 1º Prêmio Correios de Jornalismo visa reconhecer e estimular a publicação, pela imprensa brasileira, de reportagens que contribuam para a informação

Leia mais

INTREGRAPE PROJETO APE

INTREGRAPE PROJETO APE INTREGRAPE PROJETO APE Ações Preventivas na Escola Atua no fortalecimento e desenvolvimento do Eixo-Saúde no Programa Escola da Família, sistematizando ações de organização social, que qualifique multiplicadores

Leia mais

REGULAMENTO XIII PRÊMIO MÉRITO FITOSSANITÁRIO COOPERATIVAS 2009

REGULAMENTO XIII PRÊMIO MÉRITO FITOSSANITÁRIO COOPERATIVAS 2009 REGULAMENTO XIII PRÊMIO MÉRITO FITOSSANITÁRIO COOPERATIVAS 2009 1. Apresentação O Prêmio Mérito Fitossanitário é o reconhecimento ações de responsabilidade social e ambiental das indústrias de defensivos

Leia mais

EDITAL N.08 DETRAN-MS

EDITAL N.08 DETRAN-MS EDITAL N.08 DETRAN-MS O Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições, de acordo com o disposto no Art. 23, XII e Art. 74 do Código de Trânsito

Leia mais

VI Prêmio Voitto e IV ENEJEPRO

VI Prêmio Voitto e IV ENEJEPRO VI Prêmio Voitto e IV ENEJEPRO 1. DO EDITAL A Voitto Treinamento e Desenvolvimento LTDA e a organização do ENEJEPRO 2014 instituem e divulgam o presente edital de seleção de cases a serem apresentados

Leia mais

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância

Edital. Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância Edital Ações para o desenvolvimento integral na Primeira Infância 1. OBJETIVO 1.1. Este edital tem o objetivo de apoiar financeiramente projetos de extensão universitária voltados a ações para o desenvolvimento

Leia mais

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA"

PRÊMIO DE MARKETING UNIMED DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA PRÊMIO DE MARKETING UNIMED "DR. NILO MARCIANO DE OLIVEIRA" REGULAMENTO 1. O QUE É O PRÊMIO DE MARKETING UNIMED Criado em 1994, pela Unimed do Brasil, o Prêmio de Marketing Unimed "Dr. Nilo Marciano de

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA CRA-MG, Nº 005 de 14 de maio de 2013. Aprova Regulamento do para a concessão do Prêmio CRA-MG na Estrada.

RESOLUÇÃO NORMATIVA CRA-MG, Nº 005 de 14 de maio de 2013. Aprova Regulamento do para a concessão do Prêmio CRA-MG na Estrada. RESOLUÇÃO NORMATIVA CRA-MG, Nº 005 de 14 de maio de 2013. Aprova Regulamento do para a concessão do Prêmio CRA-MG na Estrada. O CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DE MINAS GERAIS, no uso da competência

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.061, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2009

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.061, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2009 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.061, DE 10 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a instituição do Prêmio Experiências Educacionais Inclusivas - A escola aprendendo com as diferenças,

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO (Anexo 1)

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO (Anexo 1) Prezado(a) Professor(a), Visando orientar e otimizar as informações que deverão constar no projeto, elencamos, abaixo, os itens imprescindíveis para compreensão e apresentação da sua proposta ao Prêmio

Leia mais

7 o Prêmio Jovem Jornalista

7 o Prêmio Jovem Jornalista 7 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Regulamento 2015 1. Sobre o Prêmio 1.1 O Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão tem por objetivo incentivar jovens estudantes de Jornalismo

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE EXTENSÃO PARA ATIVIDADES ARTÍSTICAS E CULTURAIS Nº 01/2014

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE EXTENSÃO PARA ATIVIDADES ARTÍSTICAS E CULTURAIS Nº 01/2014 FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE EXTENSÃO PARA ATIVIDADES ARTÍSTICAS E CULTURAIS Nº 01/2014 Regras Gerais do Edital de Extensão para Atividades Artísticas e Culturais Nº 01/2014:

Leia mais

REGULAMENTO PARA O BANCO DE BOAS PRÁTICAS

REGULAMENTO PARA O BANCO DE BOAS PRÁTICAS 1 REGULAMENTO PARA O BANCO DE BOAS PRÁTICAS O Comitê de Fomento a Responsabilidade Social para micro e pequenas empresas da Bahia, resolve publicar no dia 17/10/2008 as condições de participação do BANCO

Leia mais

CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP.

CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP. CONCURSO: AS MELHORES PRÁTICAS DE ESTÁGIO NA PMSP. A Prefeitura do Município de São Paulo - PMSP, por meio da Secretaria Municipal de Gestão - SMG, mantém o Sistema Municipal de Estágios, que é coordenado

Leia mais

10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR

10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 10º PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR R E G U L A M E N T O 1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR 1.1. O PRÊMIO IMPRENSA DE EDUCAÇÃO AO INVESTIDOR é uma iniciativa do Comitê Consultivo

Leia mais

EDITAL 001/2016 APRESENTAÇÃO. A Fundação Municipal de Educação (FME), considerando o

EDITAL 001/2016 APRESENTAÇÃO. A Fundação Municipal de Educação (FME), considerando o EDITAL 001/2016 EDITAL PARA APOIO A PROJETOS EDUCACIONAIS FORMULADOS POR UNIDADES E/OU PROFISSIONAIS DA REDE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, COM O OBJETIVO DE APRIMORAR A QUALIDADE DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS/UFT DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO HUMANO/DDH

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS/UFT DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO HUMANO/DDH SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS/UFT DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO HUMANO/DDH EDITAL DDH/UFT N 08 / 2013 III Concurso Práticas Exitosas dos Servidores da UFT. A Diretoria

Leia mais

EDITAL Nº. 001/2012 4º PRÊMIO SES-MG DE JORNALISMO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS

EDITAL Nº. 001/2012 4º PRÊMIO SES-MG DE JORNALISMO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL Nº. 001/2012 4º PRÊMIO SES-MG DE JORNALISMO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL END: RODOVIA PREFEITO AMÉRICO GIANETTI, S/Nº - BAIRRO SERRA VERDE CEP: 31630-901 -

Leia mais

Art. 3º. As propostas devem ser apresentadas por professores mensalistas do quadro de docentes, nas seguintes condições:

Art. 3º. As propostas devem ser apresentadas por professores mensalistas do quadro de docentes, nas seguintes condições: EDITAL Nº 049/2015 CHAMADA DE PROJETOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA 2016 A Diretoria de Pós graduação e Extensão, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo Regimento Geral do Centro Universitário

Leia mais

15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos

15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos PREFEITURA DE GUARULHOS SECRETARIA DE CULTURA DEPARTAMENTO DE ATIVIDADES CULTURAIS SEÇÃO ADMINISTRATIVA DE ARTES VISUAIS 15º Salão de Arte Contemporânea de Guarulhos Regulamento O Secretário de Cultura,

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DE 13, 14 E 15 DE SETEMBRO DE 2014 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL Nº 001/2014 SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA 1 DA FINALIDADE

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Faculdade de Comunicação Social (Famecos) 23º SET Universitário

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Faculdade de Comunicação Social (Famecos) 23º SET Universitário Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Faculdade de Comunicação Social (Famecos) 23º SET Universitário O SET Universitário é um evento que estimula a troca de experiências entre

Leia mais

1ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO PROFESSOR NOTA 10 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I

1ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO PROFESSOR NOTA 10 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Das Disposições Gerais 1ª EDIÇÃO DO PRÊMIO EXPERIÊNCIAS DE SUCESSO PROFESSOR NOTA 10 REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I Art. 1º - O Prêmio Experiências de Sucesso 2015 Professor Nota 10, é uma promoção da Secretaria

Leia mais

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos.

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos. REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Sugerimos ler atentamente as regras para submissão de trabalhos científicos. APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O X Congresso Brasileiro de Farmácia Hospitalar, realizado

Leia mais

2. O que significam interações estéticas no Ponto de Cultura?

2. O que significam interações estéticas no Ponto de Cultura? BOLSA INTERAÇÕES ESTÉTICAS - RESIDÊNCIAS ARTÍSTICAS EM PONTOS DE CULTURA 2012 ANEXO 6 - PERGUNTAS FREQUENTES 1. O que significa Residência Artística? Os projetos de residência artística consistem no deslocamento

Leia mais

VII Concurso de Fotografia OAB-PR - 2015 REGULAMENTO

VII Concurso de Fotografia OAB-PR - 2015 REGULAMENTO VII Concurso de Fotografia OAB-PR - 2015 REGULAMENTO 1. DESCRIÇÃO GERAL O VII Concurso de Fotografia OAB-PR edição 2015 ( CONCURSO ) é promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Paraná

Leia mais

XIV PRÊMIO FUNDAÇÃO CONRADO WESSEL DE ARTE ENSAIO FOTOGRÁFICO 2015

XIV PRÊMIO FUNDAÇÃO CONRADO WESSEL DE ARTE ENSAIO FOTOGRÁFICO 2015 XIV PRÊMIO FUNDAÇÃO CONRADO WESSEL DE ARTE ENSAIO FOTOGRÁFICO 2015 REGULAMENTO I. Introdução 1. O XIV Prêmio FCW de Arte 2015 é promovido pela Fundação Conrado Wessel, situada à Rua Groenlândia, 1120,

Leia mais

CONCURSO DE FOTOGRAFIA

CONCURSO DE FOTOGRAFIA CONCURSO DE FOTOGRAFIA REGULAMENTO Tema do Concurso: A ÁGUA. E VOCÊ? 1. O CONCURSO 1.1. DA REALIZAÇÃO 1.1.1 O Concurso Nacional de Fotografia do XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos é promovido

Leia mais

1.2.1. O Concurso é aberto a todos os participantes inscritos no Congresso Eventos Brasil, sem limite de idade.

1.2.1. O Concurso é aberto a todos os participantes inscritos no Congresso Eventos Brasil, sem limite de idade. CONCURSO DE FOTOGRAFIA REGULAMENTO Tema do Concurso: A Vida é um Evento 1. O CONCURSO 1.1. DA REALIZAÇÃO 1.1.1 O Concurso de Fotografias da ABEOC Brasil tem caráter exclusivamente cultural, sem qualquer

Leia mais