INSTRUÇÕES: LEIA COM MUITA ATENÇÃO. 1. Inicialmente, confira sua prova. Ela deve conter 30 testes, cada um com cinco alternativas.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUÇÕES: LEIA COM MUITA ATENÇÃO. 1. Inicialmente, confira sua prova. Ela deve conter 30 testes, cada um com cinco alternativas."

Transcrição

1 Ensino Fundamental Simulado I Nível 8 Escola: Manhã Nome: Tarde Turma: N o : Noite INSTRUÇÕES: LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Inicialmente, confira sua prova. Ela deve conter 30 testes, cada um com cinco alternativas. 2. Com a prova, você deve receber uma folha de respostas, a qual deve ser preenchida totalmente. 3. Cada teste tem apenas uma alternativa correta. Assinale-a com um X, lembrando-se de não deixar nenhum teste sem resposta, pois não serão descontadas as respostas erradas. 4. SERÁ ANULADA A QUESTÃO NA QUAL FOREM MARCADAS MAIS DE UMA ALTERNATIVA. 5. A duração da prova é de 3 horas. Boa Prova!

2

3 Português Imagem para a questão 1. e)...cidade eterna, Da velha universidade E poetas que marcaram O Penedo da Saudade....das tradições, Onde o luto duma capa, Faz deslumbrar multidões, Do Choupal até a Lapa. (Euclides Cavaco) Texto para as questões 2 e 3. Baby Você precisa saber da piscina Da margarina, da Carolina, da gasolina Você precisa saber de mim (imagens.com) 1. Nas alternativas a seguir, assinale a que corresponde à descrição da figura apresentada. a) Uma cidade opaca de aspecto cinzento É o reflexo do excesso de cimento Mesmo plantando muitos espigões Ela nos remete a um mundo de paixões Nos seus mirantes, cheio de amantes Todos a olhar, estáticos como antes A ver uma cidade que, mesmo poluída Conserva sua arquitetura ainda colorida... b) O teu céu é de um azul diferente As estrelas são confidentes Carregas meus sonhos, minha vida Pelas tuas avenidas a desfilar... És tão bela, minha cidade Que mesmo em lindas viagens Sinto saudades de ti... c) Uma cidade pode ser apenas um rio, uma torre, uma rua com varandas de sal e gerânios de espuma. Pode ser um cacho de uvas numa garrafa, uma bandeira azul e branca, um cavalo de crinas de algodão, esporas de água e flancos de granito. d) O vento frio que vem do mar Deixou à noite solitária E a saudade ainda mais cortante. Na primeira vez que eu vim à praia As cabanas eram lá... onde hoje é mar. (Mário Lopomo) (Rose Felliciano) (Albano Martins, in Castália e Outros Poemas.) (Salomão Alcântara) Baby, baby Eu sei que é assim Você precisa tomar um sorvete Na lanchonete, andar com a gente Me ver de perto Ouvir aquela canção do Roberto Baby, baby Há quanto tempo Você precisa aprender inglês Precisa aprender o que eu sei E o que eu não sei mais Eu sei, comigo vai tudo azul Contigo vai tudo em paz Vivemos na melhor cidade Da América do Sul Da América do Sul Você precisa, você precisa Não sei, leia na minha camisa Baby, baby I love you (Caetano Veloso) 2. De acordo com o texto, assinale a única alternativa que é incorreta. a) As palavras: margarina, Carolina e gasolina são paroxítonas. b) A palavra América é acentuada, pois é proparoxítona. c) A palavra inglês é acentuada porque é oxítona terminada em e. d) A música não apresenta dígrafos. e) A música não contém coletivos. 3. Na música, Caetano Veloso expressa sua opinião sobre a cidade. Qual é a alternativa em que se apresenta essa ideia? a) Você precisa tomar um sorvete. b) Comigo vai tudo azul. c) Ouvir aquela canção do Roberto. d) Você precisa aprender inglês. e) Vivemos na melhor cidade da América do Sul. Simulado I N8 3 1 o Bimestre 2010

4 Tirinha para as questões 4 e 5. OBA, OBA! PRANTANDO UMA ÁRVRE NOVA, CHICO?! ESSA AÍ É DI QUÊ? DI GOIABA? DI JACA? DI MANGA? MAURICIO DE SOUSA PRODUÇÕES BRASIL/2000 NÃO! DI ESPERANÇA... Copyright 2000 Mauricio de Sousa Produções Ltda. Todos os direitos reservados. 4. A fala de Chico Bento no segundo quadrinho tem sentido figurado, ou seja, expressa um sentido não-literal. Podemos relacionar esse uso com qual situação abaixo? a) Chico está plantando uma árvore que tem como fruto a esperança. b) Chico irritou-se com a pergunta de Zé Lelé e por isso respondeu-a expressando sua irritação. c) Chico ficou comovido com o dano à natureza provocado pelo homem, porém ainda acha que há esperança. d) Zé Lelé e Chico são garotos carentes da zona rural e a única maneira que eles têm para sobreviver é plantando árvores de esperança. e) Chico não ficou triste ao ver que os madeireiros derrubaram todas as árvores, já que ele não necessitava delas para se alimentar. 5. De acordo com a tirinha apresentada e com seus conhecimentos de gramática e interpretação, aponte quais das afirmações abaixo estão corretas. I. A omissão e a troca de letras do texto têm a finalidade de reproduzir o discurso característico do caipira, expressando suas marcas de regionalismo. II. No segundo quadrinho, a mudança de contexto da fala de Chico Bento e o cenário apresentado geram uma quebra de expectativa tanto do leitor quanto do outro personagem, Zé Lelé. III. Os erros gramaticais dos textos apresentados nos balões são propositais, pois o autor tem baixo nível de escolaridade e deseja facilitar a compreensão da tirinha pelos leitores. a) I. b) II. d) I e II. c) I e III. e) I, II e III. História 6. As ferramentas de trabalho do historiador são chamadas de fontes históricas. Assinale a alternativa que corresponde, respectivamente, a uma fonte escrita, oral e material. a) Palácio, depoimento e letra de música. b) Documento, entrevista e monumento. c) Túmulo, carta e pintura. d) Fotografia, ferramenta e notícia de jornal. e) Fósseis, narrativa e palácio. 7. Os anos 1567, 322 e 1999 pertencem, respectivamente, aos séculos: a) XV, V e XXI. b) XIV, III e XIX. c) XVI, IV e XX. d) XV, II e XVIII. e) XIV, III e XX. 8. A partir do surgimento das primeiras espécies de hominídeos, há uma clara evolução quanto aos seus aspectos físicos e sociais. No caso do Homo erectus, podemos observar as seguintes características: a) incapacidade de caçar e fabricação de ferramentas de pedra. b) adaptação ao clima frio e ausência de formas de comunicação. c) confecção de instrumentos de argila e sepultamento dos mortos por meio de rituais. d) domínio do fogo e divisão de trabalho, com os homens caçando e as mulheres e crianças coletando raízes e frutas. e) controle do uso da linguagem e vestuário com roupas de pele e couro. 9. A agricultura é um dos eventos mais importantes já ocorridos ao longo da História, alterando profundamente o cotidiano da população e sua maneira de se relacionar com a natureza. Como uma dessas possíveis mudanças, podemos apontar: a) o sedentarismo, pois diminuiu os constantes deslocamentos humanos, já que esses grupos possuíam alimentos para as diferentes épocas do ano. b) o nomadismo, pois não havia alimentos em quantidade suficiente para todos, sendo baixa a produtividade agrícola pela falta de recursos tecnológicos. Simulado I N8 4 1 o Bimestre 2010

5 c) a manutenção das espécies vegetais, pois mesmo com o cultivo de produtos as plantas foram preservadas. d) o mau uso da terra, pois houve um esgotamento do solo pela constante plantação de um mesmo produto. e) a diminuição das aldeias, pois o espaço para o plantio era pequeno e a terra era disputada entre as famílias. 13. Identifique o tipo de paisagem representado a seguir. 10. No continente americano, um importante sítio arqueológico para os historiadores são os sambaquis, que podem ser considerados: a) moradias construídas pelo homem feitas de madeira e que serviam de refúgio para o clima frio. b) grandes habitações feitas de palha e que serviam como armazém para os alimentos. c) aldeias numerosas que ocuparam o interior do continente e que serviam de túmulos para os sepultamentos. d) ferramentas de trabalho da tribo tupi-guarani, que auxiliavam também na obtenção dos alimentos. e) grandes montanhas formadas por restos de conchas que, misturados com a terra e com a areia, se solidificaram, ajudando na constituição das populações litorâneas. Geografia 11. Assinale a alternativa com as palavras que completam o texto a seguir. O que significa estudar geograficamente o mundo ou parte do mundo? A I se propõe a algo mais que descrever II, pois a simples descrição não nos fornece elementos suficientes para uma compreensão global daquilo que pretendemos compreender. As paisagens que vemos são apenas manifestações aparentes de relações III, políticas e econômicas em sua interação com a natureza. I II III a) História territórios naturais b) Geografia paisagens sociais c) Ciência paisagens naturais d) Geografia lugares naturais e) História lugares sociais 12. A humanidade retira da natureza recursos naturais renováveis e não-renováveis. Selecione a alternativa que contenha apenas recursos renováveis quando utilizados de modo sustentável. a) Petróleo, água e solo. b) Alumínio, vegetação e cobre. c) Petróleo, vento e biodiversidade. d) Ferro, petróleo e carvão mineral. e) Água, solo e biodiversidade. a) Urbana. b) Rural. c) Natural. d) Artificial. e) Territorial. 14. Selecione a alternativa que completa o texto. Um projeto de extrativismo vegetal na Amazônia com coleta de produtos da floresta sem destruí-la para a fabricação de cosméticos é uma modalidade de desenvolvimento: a) tecnológico. b) econômico. c) natural. d) sustentável. e) social. 15. Assinale a alternativa que identifica o conceito geográfico que aparece no poema a seguir. Rio da Barra Oh, Deus me manda Pr aquela terrinha Que ela é só minha Quero pra mim só (...) Rio da Barra, vejo ele de cá Pareço estar lá na imaginação Eu amo tanto aquele lugarejo Fecho os olhos e vejo na recordação. Trata-se do conceito de: (CD Pedra de Amolar, da obra de Zé Marcolino. Memorial Musical da Paraíba. V.2. Campina Grande-PB: Prosound Estúdio) a) paisagem, espaço delimitado pelo alcance da visão com elementos naturais e artificiais. b) território, espaço definido pelas relações de poder, sendo apropriado e ocupado por grupos sociais. Simulado I N8 5 1 o Bimestre 2010

6 c) lugar, pois remetem à ideia de espaço vivido no cotidiano, já que as noções de pertencimento e identidade estão presentes. d) região, espaço no qual predominam determinadas características que o distinguem dos outros espaços. e) espaço geográfico, uma vez que se refere ao produto das ações humanas na interação com o meio ambiente. c) 12 d) 15 e) 16 Ciências Matemática 16. Um número possui 5 unidades, 3 dezenas e 2 milhares. Esse número é: a) 235 b) 532 c) 2035 d) 2305 e) O maior número natural de três algarismos que pode ser escrito utilizando os algarismos 1, 2 e 3 (apenas uma vez cada) é: a) 123 b) 231 c) 321 d) 1203 e) Observe as sentenças a seguir: I II III Os sinais que completam, nessa ordem, as sentenças I, II e III são: a) <, < e < b) <, = e < c) >, = e > d) <, > e = e) =, < e > 19. A quantidade de números naturais que são, ao mesmo tempo, maiores que 5 e menores que 10 é: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) Um certo número natural é par, maior que 10 e menor que 14. Esse número só pode ser o: a) 8 b) Leia atentamente as afirmações a seguir. I. Em astronomia, para medir distâncias no espaço, usamos ano-luz, a distância percorrida pela luz, no vácuo, durante um ano. II. Como a luz, o som também se propaga no vácuo, todavia com menor velocidade. III. A luz se propaga no espaço com uma velocidade de 300 mil quilômetros por hora; assim, podemos calcular quanto ela percorre em um ano inteiro. IV. O brilho de uma certa estrela demora 35 minutos para chegar até nossos olhos, pois ela está distante algumas dezenas de milhões de quilômetros da Terra; por isso, ao avistarmos essa estrela, vemos como ela estava 35 minutos antes. São corretas as afirmativas: a) I e III apenas. b) II e IV apenas. c) I e IV apenas. d) I, II e III apenas. e) I, II, III e IV. 22. Defender o heliocentrismo, teoria que colocava todos os planetas, inclusive a Terra, girando em torno do Sol, custou muito caro para I, pois ao discordar de II e concordar com III, ele foi condenado pela Inquisição, um cruel tribunal da Igreja criado no século XIII. Para escapar da morte, mas permanecer preso, negou publicamente o heliocentrismo que ele defendia. Preenchem correta e respectivamente os espaços I, II e III: a) Nicolau Copérnico; Galileu Galilei; Isaac Newton. b) Isaac Newton; Nicolau Copérnico; Claudius Ptolomeu. c) Claudius Ptolomeu; H. G. Wells; Galileu Galilei. d) Galileu Galilei; Claudius Ptolomeu; Nicolau Copérnico. e) Nicolau Copérnico; Isaac Newton; H. G. Wells. 23. A capivara é um mamífero e o maior dos roedores. Sua pelagem é parda, a cabeça é grande, as orelhas são pequenas e não tem rabo. É um animal gregário e pode ser encontrado em grandes varas, em companhia de até 20 indivíduos. Pode ser encontrada nas beiradas das matas, onde encontra alimento, pois é herbívora, e sempre perto de lagos e córregos, pois nada muito bem e assim pode fugir de seus predadores. Os dois trechos em destaque correspondem desse animal. Complete corretamente o espaço: Simulado I N8 6 1 o Bimestre 2010

7 a) ao nicho ecológico. b) ao ecossistema. c) ao habitat. d) à distribuição geográfica. e) aos hábitos. ERVAS CAPIM GAFANHOTO ARANHA LAGARTIXA PÁSSARO 24. Observando as espécies de um bosque, alguns alunos montaram a cadeia alimentar apresentada. O pássaro em questão pode ser um consumidor: a) apenas secundário. b) apenas terciário. c) apenas quaternário. d) secundário e terciário. e) terciário e quaternário. 25. É uma relação interespecífica, isto é, entre espécies diferentes, desarmônica: a) comensalismo. b) amensalismo. c) mutualismo. d) cooperação. e) inquilinismo. Meu passado é que foi trash... Venha provar meu brunch Saiba que eu tenho approach Na hora do lunch Eu ando de ferryboat...(2x) Fica ligado no link Que eu vou confessar my love Depois do décimo drink Só um bom e velho engov Eu tirei o meu green card E fui pra Miami Beach Posso não ser pop-star Mas já sou um noveau-riche... Venha provar meu brunch Saiba que eu tenho approach Na hora do lunch Eu ando de ferryboat...(2x) Eu tenho sex-appeal Saca só meu background Veloz como Damon Hill Tenaz como Fittipaldi Não dispenso um happy end Quero jogar no dream team De dia um macho man E de noite, drag queen... Venha provar meu brunch Saiba que eu tenho approach Na hora do lunch Eu ando de ferryboat...(7x) Inglês Leia o Texto 1 e responda às questões 26 e 27. Texto 1 Samba do approach Venha provar meu brunch Saiba que eu tenho approach Na hora do lunch Eu ando de ferryboat...(2x) Eu tenho savoir-faire Meu temperamento é light Minha casa é hi-tech Toda hora rola um insight Já fui fã do Jethro Tull Hoje me amarro no Slash Minha vida agora é cool (Zeca Baleiro) 26. Essa canção foi composta por Zeca Baleiro e nela podemos encontrar várias palavras em inglês. Estude a letra e escolha a alternativa que melhor define as palavras cool e trash: a) um lixo; legal. b) legal; um lixo. c) feliz; legal. d) infeliz; um lixo. e) um lixo; feliz. 27. Que palavras ou expressões em português auxiliaram a deduzir o significado das palavras cool e trash na questão anterior? a) Provar, confessar. b) Ando, passado. c) Agora, passado. d) Agora, provar. e) Confessar, agora. Simulado I N8 7 1 o Bimestre 2010

8 Leia o Texto 2 e responda às questões 28 a 30. Texto 2 Your Billing Address Name: Address: City: Province: Canadian Postal Code: Please omit spaces in your postal code. Int l Postal Code: Country: Select a Province Select a Country Select Offer: (Canada & Foreign Only) O Canada: 12 issues & 12 CDs for $ O Int l: 12 issues & 12 CDs for $ Select Payment Method: Payment Method: Please Select Credit Card #: Exp. Date (Please note this is a secure site.) Hard-hitting reviews Unique editorials Major exclusives The latest PC gaming news In-depth product previews A monthly disc packed with hot demons and much more! Preferences I would like to receive occasional s about special offers and information from PCGamer Magazine and from partners who offer services or products of interest to me. 28. O objetivo do texto é: a) vender uma assinatura de uma revista de esportes radicais. b) vender uma assinatura de uma revista sobre jogos eletrônicos. c) vender uma assinatura de uma revista de surf. d) vender uma assinatura de uma revista sobre filmes. e) vender uma assinatura de uma revista de história em quadrinhos. 29. Qual é o preço para assinar a revista pelo período de um ano no Brasil? a) US$ b) US$ c) US$ d) US$ 33.96, com 68% de desconto e) US$ 15.98, com 68% de desconto 30. Quais itens acompanham a assinatura da revista? a) Notícias sobre os últimos jogos lançados no mercado e um CD mensal com demos de jogos. b) Notícias sobre os últimos CDs e demos dos jogos lançados a cada dois meses. c) Notícias atualizadas sobre o mercado de jogos e um CD grátis com o último lançamento. d) Resenhas de CDs com demos dos últimos jogos. e) Demos dos jogos mais vendidos durante o último mês. Simulado I N8 8 1 o Bimestre 2010

CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 3) 6º Ano / Ensino Fundamental

CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 3) 6º Ano / Ensino Fundamental Leia atentamente todas as questões e assinale a única alternativa correta. Texto 1 A menina que desenhava 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Centro de Ciências Sociais e Aplicadas - CCSA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Centro de Ciências Sociais e Aplicadas - CCSA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Ciências Sociais e Aplicadas - CCSA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PROVA DE DESENVOLVIMENTO INTEGRADO - PDI 3ª Etapa Matutino E3M Segundo Semestre de 2011 Questão

Leia mais

FORMAÇÃO GERAL LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

FORMAÇÃO GERAL LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. Novembro 2006 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 01 - Você está recebendo o seguinte material: a) este caderno com as questões de múltipla escolha e discursivas, da parte de formação geral, assim distribuídas:

Leia mais

Povos americanos: Primeiros habitantes da América do SUL

Povos americanos: Primeiros habitantes da América do SUL Povos americanos: Primeiros habitantes da América do SUL Nicho Policrômico. Toca do Boqueirão da Pedra Fiurada. Serra da Capivara Piauí- Brasil Ruínas as cidade inca Machu Picchu - Peru Código de escrita

Leia mais

LUGARES E PAISAGENS DO PLANETA TERRA

LUGARES E PAISAGENS DO PLANETA TERRA LUGARES E PAISAGENS DO PLANETA TERRA AS ÁGUAS DE SUPERFÍCIE Os rios são cursos naturais de água doce. Eles podem se originar a partir do derretimento de neve e de geleiras, de um lago ou das águas das

Leia mais

Escola Estadual Dr.Moreira Brandão

Escola Estadual Dr.Moreira Brandão Escola Estadual Dr.Moreira Brandão 32ª Superintendência Regional de Ensino de Pouso Alegre Cidade: Camanducaia Professora Responsável pela Elaboração do Projeto: Ângela Aparecida Carvalho. Ano: 4º ano

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro

Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2011 AULA 1 Ensino Fundamental e Ensino Médio Atividade de Recuperação Contínua Nome do (a) Aluno (a): Atividade de Recuperação Contínua de Ciências Nível I Classe:

Leia mais

Povos americanos: Maias, Incas e Astecas

Povos americanos: Maias, Incas e Astecas Povos americanos: Maias, Incas e Astecas Nicho Policrômico. Toca do Boqueirão da Pedra Fiurada. Serra da Capivara Piauí- Brasil Ruínas as cidade inca Machu Picchu - Peru Código de escrita dos maias, México.

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO

FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Aluno (a): Disciplina GEOGRAFIA Curso Professor ENSINO MÉDIO FERNANDA ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Série 1ª SÉRIE Número: 1 - Conteúdo: Domínios morfoclimáticos - estudar as interrelações

Leia mais

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak

www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak www.jyotimaflak.com Glücks- Akademie mit JyotiMa Flak Academia da felizidade com JyotiMa Flak Entrevista com Ezequiel Quem é você? Meu nome é Ezequiel, sou natural do Rio de Janeiro, tenho 38 anos, fui

Leia mais

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233 Apostila 2 Capítulo 7 Página 233 A evolução da capacidade energética do ser humano A vantagem energética Nosso antepassados criaram um método para as caçadas, que lhes dava certa vantagem energética sobre

Leia mais

Aula 3 de 4 Versão Aluno

Aula 3 de 4 Versão Aluno Aula 3 de 4 Versão Aluno As Comunidades Indígenas Agora vamos conhecer um pouco das características naturais que atraíram essas diferentes ocupações humanas ao longo dos séculos para a Região da Bacia

Leia mais

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de História e Geografia Nome: n o

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de História e Geografia Nome: n o 3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Revisão de História e Geografia Nome: n o 1) Leia esta tirinha de Mauricio de Sousa e divirta-se com ela. Em seguida, resolva a questão proposta. NÃO, CHICO! VOCÊ NÃO

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 2.º ANO/EF - 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

José da Fonte Santa. Magia Alentejana. Poesia e desenhos. Pesquisa e recolha de Isabel Fonte Santa. Edições Colibri

José da Fonte Santa. Magia Alentejana. Poesia e desenhos. Pesquisa e recolha de Isabel Fonte Santa. Edições Colibri José da Fonte Santa Magia Alentejana Poesia e desenhos Pesquisa e recolha de Isabel Fonte Santa Edições Colibri índice Nota Prévia 3 Prefácio 5 O Amor e a Natureza Desenho I 10 A rapariga mais triste do

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Álbum: O caminho é o Céu

Álbum: O caminho é o Céu Álbum: O caminho é o Céu ETERNA ADORAÇÃO Não há outro Deus que seja digno como tu. Não há, nem haverá outro Deus como tu. Pra te adorar, te exaltar foi que eu nasci, Senhor! Pra te adorar, te exaltar foi

Leia mais

Específicas. I. Harmônicas. II. Desarmônicas. I. Harmônicas 1) SOCIEDADE. Estas relações podem ser

Específicas. I. Harmônicas. II. Desarmônicas. I. Harmônicas 1) SOCIEDADE. Estas relações podem ser Relações Ecológicas Os seres vivos mantém constantes relações entre si, exercendo influências recíprocas em suas populações. INTRA ou INTERESPECÍFICAS Estas relações podem ser HARMÔNICAS OU DESARMÔNICAS

Leia mais

INSTRUÇÕES: LEIA COM MUITA ATENÇÃO. 1. Inicialmente, confira sua prova. Ela deve conter 30 testes, cada um com cinco alternativas.

INSTRUÇÕES: LEIA COM MUITA ATENÇÃO. 1. Inicialmente, confira sua prova. Ela deve conter 30 testes, cada um com cinco alternativas. ENSINO FUNDAMENTAL SIMULADO 1 6 o ANO Escola: Manhã Nome: Tarde Turma: N o : Noite INSTRUÇÕES: LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Inicialmente, confira sua prova. Ela deve conter 30 testes, cada um com cinco alternativas.

Leia mais

FORMAÇÃO GERAL QUESTÃO 2 QUESTÃO 1 INDICADORES DE FRACASSO ESCOLAR NO BRASIL ATÉ OS ANOS 90 DADOS DE 2002

FORMAÇÃO GERAL QUESTÃO 2 QUESTÃO 1 INDICADORES DE FRACASSO ESCOLAR NO BRASIL ATÉ OS ANOS 90 DADOS DE 2002 QUESTÃO QUESTÃO 1 INDICADORES DE FRACASSO ESCOLAR NO BRASIL ATÉ OS ANOS 90 DADOS DE 00 Mais da metade (%) dos que iniciavam não conseguiam concluir o Ensino Fundamental na idade correta. Já está em 0%

Leia mais

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA

ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA ATIVIDADES RECUPERAÇÃO PARALELA Nome: Nº Ano: 6º Data: / /2012 Bimestre: 2º Professora: Samanta Disciplina: P1 Orientações para estudo: refaça os exercícios propostos (inclusive folha extra) e as avaliações

Leia mais

Sugestão de avaliação

Sugestão de avaliação Sugestão de avaliação 6 PORTUGUÊS Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao quarto bimestre escolar ou às Unidades 7 e 8 do livro do Aluno. Avaliação - Língua Portuguesa NOME: TURMA: escola:

Leia mais

Os Descobrimentos, a comunicação a nível global e a Conquista do Espaço

Os Descobrimentos, a comunicação a nível global e a Conquista do Espaço Os Descobrimentos, a comunicação a nível global e a Conquista do Espaço Este ponto é aqui. É a nossa casa. Somos nós, numa imagem tirada a partir de 6 mil milhões de quilómetros da Terra pela sonda Voyager

Leia mais

Epígrafe. "O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.

Epígrafe. O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. Epígrafe "O tempo é algo que não volta atrás. Por isso plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. William Shakespeare Poetas desafio dia da criança Alex Kid Anna

Leia mais

of 5 28/10/2015 01:38

of 5 28/10/2015 01:38 O Brasil não terá índios no século XXI. A ideia de congelar o homem no estado primitivo de sua evolução é, na verdade, cruel e hipócrita, afirmou o ex-ministro brasileiro de Ciência e Tecnologia Hélio

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 2) 6º Ano / Ensino Fundamental

CONCURSO DE ADMISSÃO 2012/2013 PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA (Prova 2) 6º Ano / Ensino Fundamental Leia atentamente todas as questões e assinale a única alternativa correta. Texto 1 A menina que desenhava 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35

Leia mais

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos

Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos Brasileira percorre 7 mil quilômetros para contar histórias de refugiados africanos por Por Dentro da África - quarta-feira, julho 29, 2015 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/brasileira-percorre-7-mil-quilometros-para-contar-historias-derefugiados-africanos

Leia mais

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro

Acólitos. São João da Madeira. Cancioneiro Acólitos São João da Madeira Cancioneiro Índice Guiado pela mão...5 Vede Senhor...5 Se crês em Deus...5 Maria a boa mãe...5 Quanto esperei por este momento...6 Pois eu queria saber porquê?!...6 Dá-nos

Leia mais

III BIMESTRE TRABALHO DE BIOLOGIA 2011

III BIMESTRE TRABALHO DE BIOLOGIA 2011 III BIMESTRE TRABALHO DE BIOLOGIA 2011 INSTRUÇÕES 1. Preencha o cabeçalho e com o nome completo de cada aluno da equipe MÉDIA = 2. Todas as respostas deverão ser apresentadas nos espaços apropriados, com

Leia mais

Cao Guimarães: "Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i

Cao Guimarães: Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i Cao Guimarães: "Não conseguir ficar sozinho é a maior solidão i O cineasta mineiro Cao Guimarães, 41, terá seu filme mais recente "Andarilho" (2006) exibido pela primeira vez na Quinzena de Realizadores,

Leia mais

Casa Publicadora Brasileira Editora dos Adventistas do Sétimo Dia

Casa Publicadora Brasileira Editora dos Adventistas do Sétimo Dia TE QUERO VERDE Autoria: Ieda Martins de Oliveira Editora: Casa Publicadora Brasileira Turmas: 3º ao 7º ano Temas: Arte, Geografia, História, Ciências, Língua Portuguesa, Meio Ambiente, Pluralidade Cultural,

Leia mais

REPERTÓRIO CERIMONIAL

REPERTÓRIO CERIMONIAL REPERTÓRIO CERIMONIAL Olá! Essas são as músicas mais executadas em cerimoniais religiosos. Contém músicas religiosas (católicas e evangélicas), populares, internacionais e clássicas. Favor verificar com

Leia mais

Roteiro semanal. 3º ano Matutino. Deus é bom e sua bondade dura para sempre. (Salmos 106:1)

Roteiro semanal. 3º ano Matutino. Deus é bom e sua bondade dura para sempre. (Salmos 106:1) Roteiro semanal 3º ano Matutino De 23 a 27 de fevereiro Colégio Guilherme Ramos. Goiânia, 23 de fevereiro de 2015. Professora: Nome: Turma: 3 ano Ensino Fundamental Segunda-feira 23/02/2015 Português no

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE SILVANA MARIA DE LARA ENSINO RELIGIOSO

ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE SILVANA MARIA DE LARA ENSINO RELIGIOSO ESCOLA MUNICIPAL IRMÃ DULCE SILVANA MARIA DE LARA ENSINO RELIGIOSO O MEIO AMBIENTE É SAGRADO Há quem passe pelo bosque e só veja lenha para a fogueira." Leão Tolstoi SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 2012 ESTE PROJETO

Leia mais

Carlos Neves. Antologia. Raízes. Da Poesia

Carlos Neves. Antologia. Raízes. Da Poesia 1 Antologia Raízes Da Poesia 2 Copyrighr 2013 Editra Perse Capa e Projeto gráfico Autor Registrado na Biblioteca Nacional ISBN International Standar Book Number 978-85-8196-234- 4 Literatura Poesias Publicado

Leia mais

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Prefeitura Municipal de Santos ESTÂNCIA BALNEÁRIA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Equipe Interdisciplinar Módulo II Ciclo I Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos Santos 2003

Leia mais

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA SAUDAÇÃO À BANDEIRA 2009 NOVEMBRO/2009 BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA Assim como nós, cidadãos, temos documentos para sermos identificados onde quer que estejamos, como brasileiros temos nossa

Leia mais

Blog Cantinho do Saber

Blog Cantinho do Saber Escola: Professora: Turma: Turno: Data: / / Duração: Ptojeto Para o Natal 1. Público alvo: Crianças da Educação Infantil 2. Duração: Uma Semana 3. Objetivos Desenvolver a linguagem oral; Estimular a criatividade;

Leia mais

QUESTÃO 1 Leia a tirinha a seguir:

QUESTÃO 1 Leia a tirinha a seguir: Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO EM 2012 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: QUESTÃO 1 Leia a tirinha a seguir: No último quadrinho, Calvin constata

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

PROJETO: ECOLOGIA É VIDA

PROJETO: ECOLOGIA É VIDA PROJETO: ECOLOGIA É VIDA NOME DO ALUNO: ANO: TURMA: DATA: / / PROFESSOR: DISCIPLINA: Maceió - AL PROJETO: ECOLOGIA É VIDA I. APRESENTAÇÃO: - Projeto: Ecologia é Vida - Área do conhecimento: Ciência Naturais

Leia mais

Jimboê. Geografia. Avaliação. Projeto. 3 o ano. 1 o bimestre

Jimboê. Geografia. Avaliação. Projeto. 3 o ano. 1 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao primeiro bimestre escolar ou à Unidade 1 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê Geografia 3 o ano Avaliação 1 o bimestre 1 Avaliação Geografia NOME: ESCOLA:

Leia mais

Patagônia: Torres del Paine e Monte Fitz Roy

Patagônia: Torres del Paine e Monte Fitz Roy Patagônia: Torres del Paine e Monte Fitz Roy Série: Viajando aos Extremos SINOPSE DO PROGRAMA Situada parte no Chile e parte na Argentina, a Patagônia é uma das regiões mais belas do planeta, um terra

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 6 o ano Unidade 2

Sugestões de avaliação. História 6 o ano Unidade 2 Sugestões de avaliação História 6 o ano Unidade 2 5 Nome: Data: Unidade 2 Recomendação ao aluno: Utilizar lápis de cor. 1. Observe o mapa e responda às questões. Fonte: NAQUET-VIDAL, Pierre; BErtiN, Jacques.

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches

Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches 1 Nome: nº Data: 7º ano Profa.:Juliana Sanches Conteúdo: - Predicação Verbal; - Modo e Tempo Verbal; - Vozes Verbais. Trabalho para Recuperação 01. Leia a tira. a) Na oração Queria mandar um alô para o

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

Avaliação Bimestral. 3º ano Turma 1 1º Bimestre/2015. Aluno (a):... 27/04/2015

Avaliação Bimestral. 3º ano Turma 1 1º Bimestre/2015. Aluno (a):... 27/04/2015 Avaliação Bimestral 3º ano Turma 1 1º Bimestre/2015 Aluno (a):... 27/04/2015 Este Caderno de Questões para a Avaliação Bimestral segue as novas diretrizes estabelecidas pela portaria nº 109, emitida em

Leia mais

5º ANO. # MATEMÁTICA * Unidade 5 (págs 172 até 201), caderno e ficha.

5º ANO. # MATEMÁTICA * Unidade 5 (págs 172 até 201), caderno e ficha. 5º ANO * História em quadrinhos; * Emprego das terminações, SSE e ECE ( págs 170 até 173); * Artigos definidos e indefinidos ( págs 182 e 183); * Sinônimos e antônimos ( págs 126 até 129); * Acentuação

Leia mais

Morar no exterior relato de uma imigrante

Morar no exterior relato de uma imigrante Morar no exterior relato de uma imigrante Ms. Josiane Vill - UFSC josivill@hotmail.com A opção de morar no exterior... Morar no exterior nunca esteve presente nos meus objetivos de vida, nem mesmo em meus

Leia mais

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti!

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti! Durante as aulas de Português da turma 10.º 3, foi lançado o desafio aos alunos de escolherem poemas e tentarem conceber todo um enquadramento para os mesmos, o que passava por fazer ligeiras alterações

Leia mais

Rios que voam. Yana Marull

Rios que voam. Yana Marull Rios que voam Yana Marull Yana Marull Drews Yana é jornalista, vive com a família em Brasília e já morou em outros países que também fazem parte da Bacia Amazônica. Ela adora escrever matérias sobre o

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

INDICE Introdução 03 Você é muito bonzinho 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade Pg: 05 Evite pedir permissão

INDICE Introdução 03 Você é muito bonzinho 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade Pg: 05 Evite pedir permissão 1 INDICE Introdução... Pg: 03 Você é muito bonzinho... Pg: 04 Vamos ser apenas amigos dicas para zona de amizade... Pg: 05 Evite pedir permissão... Pg: 07 Não tenha medo de ser você mesmo... Pg: 08 Não

Leia mais

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam.

Convite. Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. Convite Poesia é brincar com palavras como se brinca com bola, papagaio, pião. Só que bola, papagaio, pião de tanto brincar se gastam. As palavras não: quanto mais se brinca com elas mais novas ficam.

Leia mais

e sua turma UMA AVENTURA AMAZONICA

e sua turma UMA AVENTURA AMAZONICA e sua turma UMA AVENTURA AMAZONICA Floresta Amazônica. Você vai ver só, dona Dorothy! Os negócios vão de vento em popa! A venda de animais silvestres vem melhorando a cada dia! E a extração de madeira

Leia mais

ATIVIDADE 02 A PRESERVAÇÃO DO NOSSO PATRIMÔNIO CULTURAL

ATIVIDADE 02 A PRESERVAÇÃO DO NOSSO PATRIMÔNIO CULTURAL ATIVIDADE 02 A PRESERVAÇÃO DO NOSSO PATRIMÔNIO CULTURAL O patrimônio cultural de uma comunidade é o conjunto de referências que compõem o seu dia-a-dia e fazem com que ela tenha uma memória e uma história

Leia mais

Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro

Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro Encarte e letras disponíveis em www.encartedigital.com.br Conheça mais esta inovação da MK Music Uma empresa que pensa no futuro BRUNA KARLA NA ETERNIDADE Eyshila - MK EDIÇÕES ISRC BR MKP 1300644 Quero

Leia mais

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU MULHER SOLTEIRA REFRÃO: Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir (Essa música foi feita só prás mulheres

Leia mais

Meu pássaro de papel

Meu pássaro de papel ALUNO (A): ANO: 3º TURMA: (A) (C) PROFESSOR (A): VALOR DA AVALIAÇÃO: 40 pontos DATA: CENTRO EDUCACIONAL SAGRADA FAMÍLIA 22 / 08 / 2013 TRIMESTRE: 2º NOTA: COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA ENSINO

Leia mais

Vai ao encontro! de quem mais precisa!

Vai ao encontro! de quem mais precisa! Vai ao encontro! 2ª feira, 05 de outubro: Dos mais pobres Bom dia meus amigos Este mês vamos tentar perceber como podemos ajudar os outros. Vocês já ouviram falar das muitas pessoas que estão a fugir dos

Leia mais

ATIVIDADE DE ESTUDOS SOCIAIS 3ª S SÉRIES A-B-C-D

ATIVIDADE DE ESTUDOS SOCIAIS 3ª S SÉRIES A-B-C-D Nome: n.º 3ª série Barueri, / / 2009 Disciplina: ESTUDOS SOCIAIS 1ª POSTAGEM ATIVIDADE DE ESTUDOS SOCIAIS 3ª S SÉRIES A-B-C-D Querido aluno, segue a orientação para esta atividade. - Ler com atenção, responder

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos do 6º Ano 1º/2º Bimestre 2015 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Fernanda Data: / /2015 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara História Resultado

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 1º BIMESTRE 3º ANO

LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 1º BIMESTRE 3º ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 1º BIMESTRE 3º ANO 2010 QUESTÃO 1 Esta notícia apareceu

Leia mais

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA Aluno(a) Data: 14 / 09 / 11 3 o ano 2 a Série Turma: Ensino Fundamental I Turno: Matutino Professoras: Disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais e História/Geografia Eixo Temático Herança

Leia mais

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA LENDA DA COBRA GRANDE Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA CRUZEIRO DO SUL, ACRE, 30 DE ABRIL DE 2012. OUTLINE Cena 1 Externa;

Leia mais

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais!

Vencedores! Ideias de Negócio. Passos para criar. Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Por Rafael Piva Guia 33 Prático Passos para criar Ideias de Negócio Vencedores! Descubra como criar ideias com potencial lucrativo, alinhadas com suas habilidades pessoais! Que bom que você já deu um dos

Leia mais

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves

CAMINHOS. Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves CAMINHOS Caminhos (Prov. 14:12) Paulo Cezar e Jayro T. Gonçalves Posso pensar nos meus planos Pros dias e anos que, enfim, Tenho que, neste mundo, Minha vida envolver Mas plenas paz não posso alcançar.

Leia mais

NOME DO ALUNO: DISCIPLINA: Geografia ANO: 6º TURMA: FII 6 VALOR: 2,0 PROFESSOR(A): Tânia e Rita Aranda DATA: / /2013 NOTA:

NOME DO ALUNO: DISCIPLINA: Geografia ANO: 6º TURMA: FII 6 VALOR: 2,0 PROFESSOR(A): Tânia e Rita Aranda DATA: / /2013 NOTA: NOME DO ALUNO: Nº: DISCIPLINA: Geografia ANO: 6º TURMA: FII 6 VALOR: 2,0 PROFESSOR(A): Tânia e Rita Aranda DATA: / /2013 NOTA: Caro aluno, Com o objetivo de reforçar o conhecimento sobre a criação do Universo,

Leia mais

Leitura em Língua Inglesa

Leitura em Língua Inglesa Luciana Penna Leitura em Língua Inglesa Edição revisada IESDE Brasil S.A. Curitiba 2012 2008 IESDE Brasil S.A. É proibida a reprodução, mesmo parcial, por qualquer processo, sem autorização por escrito

Leia mais

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI)

Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Versículo Biblíco Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Salmos 139:14 (NVI) Objetivos O QUE? (GG): As crianças ouvirão a história de Marcinelo, um boneco de madeira que não se sentia

Leia mais

Português 5º ano Ens. Fund. I. 1. Observe a imagem e assinale a alternativa correta.

Português 5º ano Ens. Fund. I. 1. Observe a imagem e assinale a alternativa correta. Português 5º ano Ens. Fund. I 1. Observe a imagem e assinale a alternativa correta. a) A paisagem mostra uma zona urbana. b) A paisagem representa uma zona rural. c) Essa tela não representa um texto.

Leia mais

GRUPO I 1º BIMESTRE PROVA A

GRUPO I 1º BIMESTRE PROVA A I 1º BIMESTRE A Valor da prova: 3,0 Ordens de grandeza O Atlantis subiu ao espaço na quinta-feira (07/02) com o tipo de missão que justifica sua existência: entregar à Estação Espacial Internacional o

Leia mais

CURSO PREPARATÓRIO - INTENSIVO 2º SIMULADO/2014 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA

CURSO PREPARATÓRIO - INTENSIVO 2º SIMULADO/2014 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA CURSO PREPARATÓRIO - INTENSIVO 2º SIMULADO/2014 LÍNGUA PORTUGUESA E MATEMÁTICA.1. Nome do(a) Aluno(a): Turma: RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES 01) Verifique o total de folhas (13) deste Simulado. Ele contém 08

Leia mais

Aula 3.1 Conteúdo: As grandes regiões naturais. O que é uma paisagem natural? As diversas paisagens naturais da Terra. FORTALECENDO SABERES

Aula 3.1 Conteúdo: As grandes regiões naturais. O que é uma paisagem natural? As diversas paisagens naturais da Terra. FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 3.1 Conteúdo: As grandes regiões naturais. O que é uma paisagem natural? As diversas paisagens naturais da Terra. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE GEOGRAFIA 2015 Nome: Nº 6º ano Data: / /2015 Professor: Nota: (valor: 2.0) A - Introdução Neste ano, sua pontuação foi inferior a 60,0 pontos e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Rio de Janeiro, 10 de junho de 2008 Humberto Cordeiro Carvalho admitido pela companhia em 1 de julho de 1981. Eu nasci em 25 de maio de 55 em Campos do Goytacazes. FORMAÇÃO Segundo grau Escola

Leia mais

Roteiro de Recuperação Paralela Gramática/texto

Roteiro de Recuperação Paralela Gramática/texto Roteiro de Recuperação Paralela Gramática/texto Professora da Disciplina: Maria Inez Data: /09/14 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Ano: 6º Ensino Fundamental Período: Matutino O processo de recuperação começa

Leia mais

A diversidade de vida no planeta. Que animais selvagens você conhece? Em que ambiente natural e continente você acha que eles tem origem?

A diversidade de vida no planeta. Que animais selvagens você conhece? Em que ambiente natural e continente você acha que eles tem origem? A diversidade de vida no planeta Que animais selvagens você conhece? Em que ambiente natural e continente você acha que eles tem origem? Domínios naturais terrestres São extensas áreas geográficas com

Leia mais

AULA 4 FLORESTAS. O desmatamento

AULA 4 FLORESTAS. O desmatamento AULA 4 FLORESTAS As florestas cobriam metade da superfície da Terra antes dos seres humanos começarem a plantar. Hoje, metade das florestas da época em que recebemos os visitantes do Planeta Uno não existem

Leia mais

RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ENSINO FUNDAMENTAL 4º ANO DISCIPLINAS 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE

RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ENSINO FUNDAMENTAL 4º ANO DISCIPLINAS 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE RELAÇÃO DE CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ENSINO FUNDAMENTAL 4º ANO DISCIPLINAS 1º BIMESTRE 2º BIMESTRE MATEMÁTICA Sistema de numeração decimal Sistema de numeração egípcio Sistema de numeração maia Sistema de

Leia mais

1 O número concreto. Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número

1 O número concreto. Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número Página 1 de 5 1 O número concreto Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número Como surgiu o número? Alguma vez você parou para pensar nisso? Certamente você

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL I OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO

PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO SUGESTÕES DE ATIVIDADES Princípio Vital e Os Três Reinos 7 a 12 anos Extraidas da obra: PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO Volume I de Walter Oliveira Alves Editora: IDE 234 TRABALHANDO COM CRIANÇAS DE

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 22/06/2015

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 22/06/2015 Ficha da semana 4º ano A/B/C Instruções: 1. Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte. 2. As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno

Leia mais

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 1ª TURMA:

DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 1ª TURMA: DISCIPLINA: SOCIOLOGIA PROFESSORA: Ana Carolina Maciel NOME COMPLETO: I N S T R U Ç Õ E S DATA: 17/12/2015 VALOR: 20,0 pontos NOTA: ASSUNTO: Trabalho de Recuperação Final SÉRIE: 1ª TURMA: 1. Este trabalho

Leia mais

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO 2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO NOME: Jaguarari, outubro de 2010. CADERNO DO 6º E 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2010 Numa carta de Papai Noel destinada às crianças, ele comunica que não será

Leia mais

APARECIDA DE GOIÂNIA, DE DE 2016

APARECIDA DE GOIÂNIA, DE DE 2016 APARECIDA DE GOIÂNIA, DE DE 2016 ALUNO(A) : SÉRIE: 6º ano TURNO: Matutino PROFESSOR(A): Lindinaldo Torres Lista de Ciências 1º Bimestre Questão 1- A devastação da Mata Atlântica teve início quando: Data

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 3º BIMESTRE 6 ANO

LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 3º BIMESTRE 6 ANO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO LÍNGUA PORTUGUESA PROVA 3º BIMESTRE 6 ANO 2010 QUESTÃO 1 Folheto Publicitário No

Leia mais

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Paróquia de Calheiros, 1 e 2 de Março de 2008 Orientadas por: Luís Baeta CÂNTICOS E ORAÇÕES CÂNTICOS CRISTO VIVE EM MIM Cristo vive em mim, que

Leia mais

O LIVRO SOLIDÁRIO. Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A

O LIVRO SOLIDÁRIO. Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A O LIVRO SOLIDÁRIO Texto: Letícia Soares Ilustração: Hildegardis Bunda Turma 9º A 1 Era uma vez um rapaz que se chamava Mau-Duar, que vivia com os pais numa aldeia isolada no Distrito de Viqueque, que fica

Leia mais

MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA?

MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA? MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA? A UNIÃO DOS ELEMENTOS NATURAIS https://www.youtube.com/watch?v=hhrd22fwezs&list=plc294ebed8a38c9f4&index=5 Os seres humanos chamam de natureza: O Solo que é o conjunto

Leia mais

QUESTÃO 1 Primeiro o cãozinho Bidu, depois o Franjinha, Cebolinha e Cascão... Estava faltando uma menina nessa turma. Então, há 50 anos, em 1963, ela

QUESTÃO 1 Primeiro o cãozinho Bidu, depois o Franjinha, Cebolinha e Cascão... Estava faltando uma menina nessa turma. Então, há 50 anos, em 1963, ela Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 5.O ANO EM 2013 Disciplina: Prova: PoRTUGUÊs desafio nota: Este ano, a personagem mais famosa de Mauricio de Sousa está completando

Leia mais

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades;

Brincar, expressando emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades; INFANTIL II OBJETIVOS GERAIS DA EDUCAÇÃO INFANTIL Desenvolver uma imagem positiva de si, atuando de forma cada vez mais independente, com a confiança em suas capacidades e percepção de suas limitações:

Leia mais

Apoio de Português. 5 Ano. Mico-leão-dourado - A luta para fugir da extinção

Apoio de Português. 5 Ano. Mico-leão-dourado - A luta para fugir da extinção Apoio de Português 5 Ano Leitura do texto Mico-leão-dourado - A luta para fugir da extinção Nem só de más notícias é feita a história da ecologia e do meio ambiente no Brasil. Felizmente, em meio a tantas

Leia mais

A PRÉ-HISTÓRIA. Período que vai do aparecimento dos seres humanos à invenção da escrita.

A PRÉ-HISTÓRIA. Período que vai do aparecimento dos seres humanos à invenção da escrita. A PRÉ-HISTÓRIA Período que vai do aparecimento dos seres humanos à invenção da escrita. PERÍODO PALEOLÍTICO OU IDADE DA PEDRA LASCADA No começo de sua trajetória, o homem usou sobretudo a pedra (além do

Leia mais

Copie as questões abaixo uma a uma e vá respondendo.(deixe espaço para separar as questões)

Copie as questões abaixo uma a uma e vá respondendo.(deixe espaço para separar as questões) Senhores Pais e/ou Responsáveis, Estamos encaminhando as tarefas para realização durante o recesso da Copa, para que seu filho não perca a continuidade do desenvolvimento, tendo em vista que logo teremos

Leia mais