Povos americanos: Primeiros habitantes da América do SUL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Povos americanos: Primeiros habitantes da América do SUL"

Transcrição

1 Povos americanos: Primeiros habitantes da América do SUL

2 Nicho Policrômico. Toca do Boqueirão da Pedra Fiurada. Serra da Capivara Piauí- Brasil Ruínas as cidade inca Machu Picchu - Peru Código de escrita dos maias, México. Fragmentos cerâmicos Konduri Parintins, Amazonas.

3 Quem foram os primeiros habitantes do continente americano?

4 Volte a segunda lâmina e observe cada imagem...depois tente responder as perguntas... Que vestígios são esses e a que povos eles pertencem? Você já ouviu falar em algum desses povos? O que você sabe sobre eles? Em que locais da América esses povos viveram? Será que eles viveram todos numa mesma época?

5 Confira as respostas... Pintura rupestre de um povo desconhecido.imagem ou desenho de um povo maia. Restos de cerâmica do povo Konduri e ruínas de uma cidade inca. Resposta pessoal. Esses povos habitavam o continente americano, analise o mapa. Os que fizeram a pintura rupestre e a cerâmica viviam no Brasil. Os que fizeram a ilustração (maias), no México e os que viveram na cidade inca de Machu Picchu, no Peru. Não, eles não viveram na mesma época: as imagens relativas ao Brasil, possuem traços semelhantes aos primeiros agrupamentos humanos, ou seja, dos povos primitivos. As imagens relativas ao povo inca e aos maias mostram características dos povos das primeiras civilizações, principalmente os egípcios (escrita, construções...)

6 Um pouco de história: Quando se fala sobre os primeiros habitantes da América, pensamos logo nos povos que viviam aqui na época da chegada dos navegadores europeus. Mas eles não foram os primeiros a habitar este território; antes deles outros povos viveram aqui.

7 Os vestígios mostrados no painel foram encontrados na parte do continente americano conhecida como América Latina.

8 Os países onde foram encontrados os vestígios foram: Brasil México Peru

9 Como os homens chegaram à América? Você já sabe que os primeiros seres humanos surgiram no continente africano e se deslocaram para outras regiões do planeta. Nesse processo de deslocamento, que demorou milhares e milhares de anos, eles chegaram a América.

10 Mas qual foi o caminho que eles percorreram? O mapa a seguir mostra duas possíveis rotas que esses homens poderiam ter percorrido até chegar ao continente americano.

11 Os primeiros habitantes do Brasil. Não se sabe ao certo quando foi que os primeiros seres humanos chegaram ao Brasil, mas, com certeza, isso foi há milhares de anos, num período em que não existia a escrita. Sendo, assim, os historiadores precisariam da ajuda dos arqueólogos para estudarem os vestígios deixados por esses homens nos locais em viveram: restos de objetos, instrumentos de trabalho, moradias, armas, ornamentos, pinturas, etc. Os locais onde esses vestígios estão concentrados são chamados de SÍTIOS ARQUEOLÓGICOS.

12 Bragard/BBC O crânio de Luzia e seu rosto reconstituído: surpresa Um dos destaques de VEJA nesta semana é uma notícia de mais de 100 séculos. É a reportagem sobre Luzia, a primeira brasileira de que se tem conhecimento nas pesquisas arqueológicas. Ela viveu há cerca de anos nas savanas que dominavam a região onde hoje é o Aeroporto Internacional de Confins, perto de Belo Horizonte. Seu crânio, localizado em 1975 no fundo de uma caverna e coberto por 13 metros de detritos minerais, é o mais antigo fóssil humano já descoberto nas Américas. Há poucas semanas, cientistas da Universidade de Manchester, na Inglaterra, conseguiram reconstituir em argila os traços anatômicos do rosto de Luzia. O resultado desse trabalho, que VEJA publica em primeira mão no Brasil, é espantoso.

13 Luzia tinha traços tipicamente negróides e em nada parecidos com os dos atuais índios brasileiros, supostamente descendentes dos primeiros colonizadores da América. De onde teria vindo Luzia? Ao tentar responder a essa pergunta, os cientistas estão formulando uma nova e revolucionária teoria sobre a ocupação do continente americano. Segundo eles, Luzia descende de uma leva de colonizadores que chegou à América há cerca de anos, pelo menos três milênios antes do que se imaginava até algum tempo atrás. Esses primeiros habitantes, parentes dos atuais aborígines australianos, teriam sido completamente dizimados por uma leva migratória posterior, vinda da região da Mongólia esta, sim, ancestral dos índios de hoje. Além de mostrar o rosto da mais antiga brasileira, a reportagem lança mão de mapas, ilustrações e gráficos para mostrar em que ponto da evolução humana esse fóssil se situa, como os primeiros colonizadores chegaram à América e como era o Brasil há onze milênios. Acompanhar as últimas novidades no mundo científico e traduzi-las de forma compreensível para os leitores é preocupação permanente de VEJA. Luzia é a prova de que uma notícia de anos pode ser tão sensacional quanto o relato dos fatos mais importantes da semana passada.

14 Os sítios arqueológicos: A maior parte dos sítios arqueológicos brasileiros encontra-se em locais que possuem muitas cavernas e grutas; outras são no litoral. Alguns são muito antigos; outros mais recentes. Sabemos muito pouco sobre os primeiros agrupamentos humanos brasileiros, mas os estudos arqueológicos mostram que poderíamos agrupá-los da seguinte forma...

15 Povos caçadores e coletores: Eram ótimos fabricantes de instrumentos de pedra lascada. Sobreviviam da caça de animais e da coleta de tudo o que fosse comestível. Eram nômades e abrigavamse em cavernas. Viveram em regiões de campos e grutas no interior do Brasil.

16 Povos das conchas: Construíam moradias em montanhas de conchas acumuladas, chamadas de SAMBAQUIS. Alimentavam-se basicamente dos recursos que o mar oferecia (peixes, ostras, mexilhões,etc...) Fixavam-se por muitos e muitos anos num mesmo lugar. Viveram no litoral do Brasil entre o Espírito Santo e o Rio Grande do Sul.

17 Povos agricultores e ceramistas: Dominavam a técnica de fabricação de objetos de cerâmica, sendo considerados grandes artistas. Plantavam e colhiam vegetais e raízes, principalmente as plantas medicinais, a palmeira e a mandioca. Construíam grandes moradias, que abrigavam muitas pessoas.. Eram sedentários e viveram às margens dos rios amazônicos e na Ilha de Marajó.

18 Povos americanos. Conteúdo - 3º Trimestre Colégio Alpis Veredas Série: 3º ano Fund. I Professora: Sibele

Povos americanos: Maias, Incas e Astecas

Povos americanos: Maias, Incas e Astecas Povos americanos: Maias, Incas e Astecas Nicho Policrômico. Toca do Boqueirão da Pedra Fiurada. Serra da Capivara Piauí- Brasil Ruínas as cidade inca Machu Picchu - Peru Código de escrita dos maias, México.

Leia mais

Aula 3 de 4 Versão Aluno

Aula 3 de 4 Versão Aluno Aula 3 de 4 Versão Aluno As Comunidades Indígenas Agora vamos conhecer um pouco das características naturais que atraíram essas diferentes ocupações humanas ao longo dos séculos para a Região da Bacia

Leia mais

Recuperação - 1ª Etapa Ensino Fundamental II

Recuperação - 1ª Etapa Ensino Fundamental II 1 HISTÓRIA 6º ANO ENS. FUNDAMENTAL II PROFESSOR (A): SEBASTIÃO ABICEU NOME: Nº QUESTÃO 01: O que a História estuda? Responda com suas palavras. QUESTÃO 02: O que são fontes históricas? QUESTÃO 03: Dê exemplos

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 6 o ano Unidade 2

Sugestões de avaliação. História 6 o ano Unidade 2 Sugestões de avaliação História 6 o ano Unidade 2 5 Nome: Data: Unidade 2 Recomendação ao aluno: Utilizar lápis de cor. 1. Observe o mapa e responda às questões. Fonte: NAQUET-VIDAL, Pierre; BErtiN, Jacques.

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO.

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À PARTE COM ESTA EM ANEXO. ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos do 6º Ano 1º/2º Bimestre 2015 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Fernanda Data: / /2015 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara História Resultado

Leia mais

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 10.2 Conteúdo Sociedades indígenas da Amazônia antiga

Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 10.2 Conteúdo Sociedades indígenas da Amazônia antiga Unidade III Conceitos sobre Era Medieval e Feudalismo. Aula 10.2 Conteúdo Sociedades indígenas da Amazônia antiga Habilidades: Compreender as principais características dos povos originais da Amazônia

Leia mais

Brasil. Dos Primeiros habitantes da América à chegada dos Portugueses. Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com

Brasil. Dos Primeiros habitantes da América à chegada dos Portugueses. Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com Brasil Dos Primeiros habitantes da América à chegada dos Portugueses Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com Os Brasileiros... É como associarmos a formação do povo brasileiro com base nos

Leia mais

Os aparelhos de GPS (Sistema de Posicionamento Global) se tornaram

Os aparelhos de GPS (Sistema de Posicionamento Global) se tornaram GPS Os aparelhos de GPS (Sistema de Posicionamento Global) se tornaram ferramentas importantes para nos localizarmos com mais facilidade. Agora imagine que você pudesse ter um GPS que, além de lhe fornecer

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 01

LISTA DE EXERCÍCIOS 01 LISTA DE EXERCÍCIOS 01 01 - (Unicamp 2014) Desde o período neolítico, os povos de distintas partes do mundo desenvolveram sistemas agrários próprios aproveitando as condições naturais de seus habitats

Leia mais

OS PRIMEIROS POVOADORES DA TERRA

OS PRIMEIROS POVOADORES DA TERRA OS PRIMEIROS POVOADORES DA TERRA Criacionismo: modelo de explicação para a origem de tudo que existe no universo. Seus defensores, acreditam que a vida e todas as coisas existentes foram criadas por um

Leia mais

Arte da Pré-História

Arte da Pré-História ALUNO(A) Nº SÉRIE: 6º. Ano TURMA: DATA: / /2013 Profª Ana Lúcia Leal - DISCIPLINA: ARTE Ficha de Aula - III Trimestre Arte da Pré-História As primeiras expressões artísticas As mais antigas figuras feitas

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE A PRÉ-HISTÓRIA BRASILEIRA

EXERCÍCIOS SOBRE A PRÉ-HISTÓRIA BRASILEIRA EXERCÍCIOS SOBRE A PRÉ-HISTÓRIA BRASILEIRA TESTANDO SUA ATENÇÃO À AULA 1. O que defende a Teoria do Estreito de Bering? A. Que o homem veio para a América atravessando uma ponte de gelo entre a Ásia e

Leia mais

PROJETO DE HISTÓRIA: CAMINHOS DA HISTÓRIA

PROJETO DE HISTÓRIA: CAMINHOS DA HISTÓRIA PROJETO DE HISTÓRIA: CAMINHOS DA HISTÓRIA VIAGEM PARA A SERRA CAPIVARA PI ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL II 7º AO 9º ANO. COLÉGIO DÍNAMO 2011 PROFESSORES: * MARCOS MURILO DE OLIVEIRA SILVA * SEMIRAMES ARAÚJO

Leia mais

BRASIL: UM PAÍS DE MUITAS ESPÉCIES

BRASIL: UM PAÍS DE MUITAS ESPÉCIES Nome: Data: / / 2015 ENSINO FUNDAMENTAL Visto: Disciplina: Natureza e Cultura Ano: 1º Lista de Exercícios de VC Nota: BRASIL: UM PAÍS DE MUITAS ESPÉCIES QUANDO OS PORTUGUESES CHEGARAM AO BRASIL, COMANDADOS

Leia mais

Prova bimestral. história. 4 o Bimestre 3 o ano. 1. Leia o texto e responda.

Prova bimestral. história. 4 o Bimestre 3 o ano. 1. Leia o texto e responda. Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino fundamental Publicado em 2012 Prova bimestral 4 o Bimestre 3 o ano história 1. Leia o texto e responda. As evidências mais antigas da amizade entre

Leia mais

Os primeiros habitantes da Amazônia foram divididos em 5 grandes grupos:

Os primeiros habitantes da Amazônia foram divididos em 5 grandes grupos: Os primeiros habitantes da Amazônia foram divididos em 5 grandes grupos: 01. Caçadores-coletores Pré-cêramicos. (10.000-1.000 a.c.) Viviam da caça de animais de pequeno e médio portes e da coleta de frutos

Leia mais

1 O número concreto. Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número

1 O número concreto. Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número Página 1 de 5 1 O número concreto Como surgiu o número? Contando objetos com outros objetos Construindo o conceito de número Como surgiu o número? Alguma vez você parou para pensar nisso? Certamente você

Leia mais

PROVA DE HISTÓRIA 2 o TRIMESTRE 2012

PROVA DE HISTÓRIA 2 o TRIMESTRE 2012 PROVA DE HISTÓRIA 2 o TRIMESTRE 2012 PROFa. FLÁVIA N ME N o 6 o ANO Nos anos 80 quando esta professora tinha a sua idade! passava na televisão um seriado chamado Viajantes do Tempo. A ideia do seriado

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Artes Visuais

Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Artes Visuais Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Campus São Cristóvão II Coordenador Pedagógico de disciplina: Shannon Botelho 6º ano. TURMA 603 NOME: nº ARTE DA PRÉ-HISTÓRIA As primeiras manifestações artísticas

Leia mais

Prova bimestral 4 o ANO 2 o BIMESTRE

Prova bimestral 4 o ANO 2 o BIMESTRE Prova bimestral 4 o ANO 2 o BIMESTRE HISTÓRIA Escola: Nome: Data: / / Turma: Pedro Álvares Cabral foi o comandante da primeira expedição portuguesa que chegou ao território que mais tarde receberia o nome

Leia mais

A PRÉ-HISTÓRIA. Período que vai do aparecimento dos seres humanos à invenção da escrita.

A PRÉ-HISTÓRIA. Período que vai do aparecimento dos seres humanos à invenção da escrita. A PRÉ-HISTÓRIA Período que vai do aparecimento dos seres humanos à invenção da escrita. PERÍODO PALEOLÍTICO OU IDADE DA PEDRA LASCADA No começo de sua trajetória, o homem usou sobretudo a pedra (além do

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 6 o ano Unidade 1

Sugestões de avaliação. História 6 o ano Unidade 1 Sugestões de avaliação História 6 o ano Unidade 1 5 Nome: Data: Unidade 1 1. Existem vários modos de explicar as origens da humanidade. As imagens a seguir mostram duas formas bem distintas e conhecidas.

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES. História

CADERNO DE ATIVIDADES. História COLÉGIO ARNALDO 2015 CADERNO DE ATIVIDADES História Aluno (a): 4º ano: Turma: Professor (a): Valor: 20 pontos Conteúdo de Recuperação O que é História. Identificar a História como ciência. Reconhecer que

Leia mais

Conteúdo: Aula 1: A América antes de Colombo As primeiras civilizações da Mesoamérica Aula 2: Os Maias Os Astecas Os Incas FORTALECENDO SABERES

Conteúdo: Aula 1: A América antes de Colombo As primeiras civilizações da Mesoamérica Aula 2: Os Maias Os Astecas Os Incas FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA INTERATIVA I Conteúdo: Aula 1: A América antes de Colombo As primeiras civilizações da Mesoamérica Aula 2: Os Maias Os Astecas Os Incas CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: ( x ) Fundamental ( ) Médio SÉRIE: _5ª_ TURMA: TURNO: DISCIPLINA: HISTÓRIA PROFESSOR(A): Equipe de História Roteiro e Lista de recuperação

Leia mais

Rodrigo Simas Aguiar. Catálogo. da Arte Rupestre da Ilha de Santa Catarina

Rodrigo Simas Aguiar. Catálogo. da Arte Rupestre da Ilha de Santa Catarina Rodrigo Simas Aguiar Catálogo da Arte Rupestre da Ilha de Santa Catarina Texto e Fotos: Rodrigo Simas Aguiar Título: Catálogo da Arte Rupestre da Ilha de Santa Catarina Autor: Rodrigo Luiz Simas de Aguiar

Leia mais

A ASTRONOMIA NAS CULTURAS DA AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA

A ASTRONOMIA NAS CULTURAS DA AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA A ASTRONOMIA NAS CULTURAS DA AMÉRICA PRÉ-COLOMBIANA Astronomia Fundamental Caroline F. Dorneles Abril, 2011 Civilizações pré-colombianas MAIAS ASTECAS INCAS Civilizações pré-colombianas Estas civilizações

Leia mais

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Sociedades do antigo Oriente Próximo. São Paulo: Ática, 1986. p. 56.

CARDOSO, Ciro Flamarion S. Sociedades do antigo Oriente Próximo. São Paulo: Ática, 1986. p. 56. Disciplina: HISTÓRIA Nome: Nº: Ensino Fundamental 2 Prova: P - TARDE Código da Prova: 1206205770 Data: / /2012 Ano: 6º Bimestre: 2º NOTA: Algumas dicas para fazer uma boa prova: 1 - Leia a prova na íntegra

Leia mais

Terra à vista! Nesta aula, utilizaremos os mapas para situar

Terra à vista! Nesta aula, utilizaremos os mapas para situar A U A U L L A Terra à vista! Nesta aula, utilizaremos os mapas para situar o lugar em que vivemos na superfície da Terra. Vamos verificar que os lugares são agrupados em grandes conjuntos chamados de continentes,

Leia mais

MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA?

MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA? MAS O QUE É A NATUREZA DO PLANETA TERRA? A UNIÃO DOS ELEMENTOS NATURAIS https://www.youtube.com/watch?v=hhrd22fwezs&list=plc294ebed8a38c9f4&index=5 Os seres humanos chamam de natureza: O Solo que é o conjunto

Leia mais

Lista de Recuperação de Arte 6º ANO

Lista de Recuperação de Arte 6º ANO 1 Nome: nº Data: / /2012 ano bimestre Profa.: Denise Lista de Recuperação de Arte 6º ANO Nota: 1) A arte fez parte da vida do homem desde a pré-história ( período anterior ao surgimento da escrita ) que

Leia mais

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES HISTÓRIA DESAFIO DO DIA. Conteúdo: A civilização cretense Os primeiros povos gregos

FORTALECENDO SABERES CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES HISTÓRIA DESAFIO DO DIA. Conteúdo: A civilização cretense Os primeiros povos gregos CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA Conteúdo: A civilização cretense Os primeiros povos gregos CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA Habilidades: Compreender o processo de formação da civilização grega.

Leia mais

A CIÊNCIA DAS INVASÕES BIOLÓGICAS O Papel do Homem e sua História. FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Marcia Chame

A CIÊNCIA DAS INVASÕES BIOLÓGICAS O Papel do Homem e sua História. FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Marcia Chame A CIÊNCIA DAS INVASÕES BIOLÓGICAS O Papel do Homem e sua História FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Marcia Chame Os fósseis de pré-hominídeos são africanos, com datações de mais de 5.000.000 anos. Todas as espécies

Leia mais

A IMPRENSA E A QUESTÃO INDÍGENA NO BRASIL

A IMPRENSA E A QUESTÃO INDÍGENA NO BRASIL FACULDADE SETE DE SETEMBRO INICIAÇÃO CIENTÍFICA CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA ALUNA: NATÁLIA DE ARAGÃO PINTO ORIENTADOR: PROF. DR. TIAGO SEIXAS THEMUDO A IMPRENSA

Leia mais

CURSO DE HISTÓRIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG

CURSO DE HISTÓRIA ANTIGA. Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG CURSO DE HISTÓRIA ANTIGA Professor Sebastião Abiceu 7º ano Colégio Marista São José Montes Claros - MG POVOS PRÉ-COLOMBIANOS ASTECAS MAIAS INCAS Principais fontes para estudo dos povos americanos: 1º Fontes

Leia mais

ARTE NA PRÉ-HISTÓRIA HISTÓRIA DA ARTE. Colégio Einstein. A evolução do conhecimento. Aluno (a): 9º ano: A [ ] B [ ] Professor: Lucas Salomão

ARTE NA PRÉ-HISTÓRIA HISTÓRIA DA ARTE. Colégio Einstein. A evolução do conhecimento. Aluno (a): 9º ano: A [ ] B [ ] Professor: Lucas Salomão HISTÓRIA DA ARTE Aluno (a): Professor: Lucas Salomão Data: / /2015 9º ano: A [ ] B [ ] ARTE NA PRÉ-HISTÓRIA Há milhares de anos os povos antigos já se manifestavam artisticamente. Embora ainda não conhecessem

Leia mais

A PRÉ-HISTÓRIA PROF. MARCOS ROBERTO

A PRÉ-HISTÓRIA PROF. MARCOS ROBERTO A PRÉ-HISTÓRIA PROF. MARCOS ROBERTO A PERIODIZAÇÃO HISTÓRICA Paleolítico: Pedra Lascada Mesolítico: Pedra Polida Neolítico: Idade dos Metais UTENSÍLIOS DE PEDRA LASCADA Lascas cortantes UTENSÍLIOS DE PEDRA

Leia mais

Ciências Humanas. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

Ciências Humanas. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo Ciências Humanas baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS HUMANAS Elementary School 2 K5 Conteúdos Gerais Conteúdos Específicos Habilidades

Leia mais

OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA. Profª Regina Brito Fonseca

OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA. Profª Regina Brito Fonseca OS EUROPEUS CHEGAM À AMÉRICA Profª Regina Brito Fonseca Quando os europeus chegaram ao Continente Americano, no final do século XV, já o encontraram ocupado por vários povos. Alguns deles desenvolveram

Leia mais

História/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano

História/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano História/15 6º ano Turma: 2º trimestre Nome: Data: / / 6ºhis302r RECUPERAÇÃO FINAL 2015 HISTÓRIA 6º ano Aluno(a), Seguem os conteúdos trabalhados no 2º trimestre. Como base neles você deverá iniciar seus

Leia mais

COLÉGIO SANTO ANDRÉ. EXERCÍCIOS DE HISTÓRIA 6º Ano - 1º TRIMESTRE. PROFª Ms ROSANE T. PETRORÓSSI DE FIGUEIREDO

COLÉGIO SANTO ANDRÉ. EXERCÍCIOS DE HISTÓRIA 6º Ano - 1º TRIMESTRE. PROFª Ms ROSANE T. PETRORÓSSI DE FIGUEIREDO COLÉGIO SANTO ANDRÉ EXERCÍCIOS DE HISTÓRIA 6º Ano - 1º TRIMESTRE PROFª Ms ROSANE T. PETRORÓSSI DE FIGUEIREDO REFLITA A PARTIR DE ESTUDOS EM SALA DE AULA E TAREFAS DIRIGIDAS E RESPONDA ÀS SEGUINTES QUESTÕES

Leia mais

Pré história. Criação: Ana Cláudia B.Sanches

Pré história. Criação: Ana Cláudia B.Sanches Pré história Pré-história Paleolítico inferior 500.000 a.c. Paleolítico superior 30.000 a.c. Idade da pedra lascada / cortante Primeiras manifestações artísticas Pedra lascada Paleolítico 30.000 a.c. Idade

Leia mais

HISTÓRIA PRÉ-HISTÓRIA

HISTÓRIA PRÉ-HISTÓRIA Grupo 1 Universo A Pré-História Professor Carlos HISTÓRIA PRÉ-HISTÓRIA Para começarmos é importante saber como os historiadores conceituam a Pré-História: A Pré-História é conceituada como o período que

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

A IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA A IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA A IMPORTÂNCIA DAS VIAGENS NA NOSSA VIDA PARA SABERMOS VER MELHOR A VIDA PERCEBERMOS O NOSSO PAPEL NO MUNDO PARA ENTENDERMOS O PRESENTE PARA SABERMOS COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI VINDOS

Leia mais

Prova bimestral 3o ANO 2o BIMESTRE

Prova bimestral 3o ANO 2o BIMESTRE rova bimestral 3o 2o Ó scola: ata: ome: / / urma: mportância dos grandes rios no desenvolvimento da sociedade oi nas margens de grandes e importantes rios que as civilizações sedentárias começaram a surgir,

Leia mais

BIOLOGIA IACI BELO. Como duas espécies distintas podem evoluir para formas idênticas?

BIOLOGIA IACI BELO. Como duas espécies distintas podem evoluir para formas idênticas? BIOLOGIA IACI BELO www.iaci.com.br ASSUNTO: EVOLUÇÃO CONVERGENTE Série: 3EM Como duas espécies distintas podem evoluir para formas idênticas? por Joshua Clark - traduzido por HowStuffWorks Brasil Há cerca

Leia mais

LUGARES E PAISAGENS DO PLANETA TERRA

LUGARES E PAISAGENS DO PLANETA TERRA LUGARES E PAISAGENS DO PLANETA TERRA AS ÁGUAS DE SUPERFÍCIE Os rios são cursos naturais de água doce. Eles podem se originar a partir do derretimento de neve e de geleiras, de um lago ou das águas das

Leia mais

Sumário A GENTE A GENTE QUE VEIO DA METRÓPOLE... 39 PELO GELO... 8 A GENTE QUE VEIO PELO MAR... 13 A GENTE QUE VEIO DA ÁFRICA...

Sumário A GENTE A GENTE QUE VEIO DA METRÓPOLE... 39 PELO GELO... 8 A GENTE QUE VEIO PELO MAR... 13 A GENTE QUE VEIO DA ÁFRICA... Sumário QUE VEIO PELO GELO... 8 Chegando até aqui... 10 Navegando no tempo O império inca... 12 O que você aprendeu... 12 QUE VEIO PELO MAR... 13 Chegam novos povoadores... 14 Na América... 15 Navegando

Leia mais

E.E.I.E.F SÃO FRANCISCO ROTEIRO DO CURTA METRAGEM TEMA: A LENDA DA PEDRA DA BATATEIRA- MITO E REALIDADE 1ª PARTE

E.E.I.E.F SÃO FRANCISCO ROTEIRO DO CURTA METRAGEM TEMA: A LENDA DA PEDRA DA BATATEIRA- MITO E REALIDADE 1ª PARTE E.E.I.E.F SÃO FRANCISCO ROTEIRO DO CURTA METRAGEM TEMA: A LENDA DA PEDRA DA BATATEIRA- MITO E REALIDADE 1ª PARTE De inicio nos reunimos com alguns monitores do Programa Mais Educação para realizarmos a

Leia mais

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I CONTEÚDO E HABILIDADES HISTÓRIA. Conteúdo:

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA I CONTEÚDO E HABILIDADES HISTÓRIA. Conteúdo: Conteúdo: Aula 1: A origem dos primeiros povos americanos Os períodos da Pré-História Americana Aula 2: Diferentes modos de vida Quem chegou primeiro ao território brasileiro? Habilidades: Aula 1: Conhecer

Leia mais

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova

Os animais. Eliseu Tonegawa mora com a família - a. www.interaulaclube.com.br. nova A U A UL LA Os animais Atenção Eliseu Tonegawa mora com a família - a esposa, Marina, e três filhos - num pequeno sítio no interior de São Paulo. Para sobreviver, ele mantém algumas lavouras, principalmente

Leia mais

1º Período UNIDADE 1. Exercícios; A aventura de navegar

1º Período UNIDADE 1. Exercícios; A aventura de navegar 1º Período UNIDADE 1 A aventura de navegar Produtos valiosos Navegar em busca de riquezas Viagens espanholas Viagens portuguesas Ampliação O dia a dia dos marinheiros Conhecer as primeiras especiarias

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

Três grandes impérios, além de dezenas de outros povos, que encontravam-se subjugados aos grandes centros populacionais, viviam nas regiões almejadas

Três grandes impérios, além de dezenas de outros povos, que encontravam-se subjugados aos grandes centros populacionais, viviam nas regiões almejadas América Espanhola O que os Espanhóis encontraram aqui na América... Três grandes impérios, além de dezenas de outros povos, que encontravam-se subjugados aos grandes centros populacionais, viviam nas regiões

Leia mais

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS

AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS AMÉRICA: ASPECTOS NATURAIS E TERRITORIAIS Tema 1: A América no mundo 1. Um continente diversificado A América possui grande extensão latitudinal e, por isso, nela encontramos diversas paisagens. 2. Fatores

Leia mais

DATA: 06 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: %

DATA: 06 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 06 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

Entrevistas de moradores e familiares das comunidades sobre a localização e existência de um local onde se faziam enterros de escravos.

Entrevistas de moradores e familiares das comunidades sobre a localização e existência de um local onde se faziam enterros de escravos. 4.3.3 Programa de Monitoramento Arqueológico O Programa de Monitoramento Arqueológico, conforme consta no Plano Básico Ambiental prevê a catalogação de amostras nas áreas de construção da Estrada Parque,

Leia mais

EIXO TEMÁTICO I: HISTÓRIAS DE VIDA, DIVERSIDADE POPULACIONAL E MIGRAÇÕES.

EIXO TEMÁTICO I: HISTÓRIAS DE VIDA, DIVERSIDADE POPULACIONAL E MIGRAÇÕES. EIXO TEMÁTICO I: HISTÓRIAS DE VIDA, DIVERSIDADE POPULACIONAL E MIGRAÇÕES. Tema 1: Histórias de vida, diversidade populacional (étnica, cultural, regional e social) e migrações locais, regionais e intercontinentais

Leia mais

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza).

É o estudo do processo de produção, distribuição, circulação e consumo dos bens e serviços (riqueza). GEOGRAFIA 7ª Série/Turma 75 Ensino Fundamental Prof. José Gusmão Nome: MATERIAL DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL A GEOGRAFIA DO MUNDO SUBDESENVOLVIDO A diferença entre os países que mais chama a atenção é

Leia mais

Caatinga: exclusivamente brasileira

Caatinga: exclusivamente brasileira Caatinga: exclusivamente brasileira Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Biodiversidade e Florestas Departamento de Conservação da Biodiversidade Parque Nacional da Serra da Capivara - PI Caatinga:

Leia mais

DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA

DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DIRETORIA DE ENSINO/GERÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA Autores: Ana Cláudia Cerini Trevisan Leandro Henrique Magalhães Ilustrações: Sassá MATERIAL INTERDISCIPLINAR ELABORADO PELAS ASSESSORAS DA EQUIPE DE

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC

Sistema de Ensino CNEC 1 SUMÁRIO VOLUME 1 "O homem é um pedaço do Universo cheio de vida." Ralph Waldo Emerson Capítulo 1 O Tempo não para 5 Capítulo 2 Você percebendo-se como sujeito histórico 20 Capítulo 3 O Universo que nos

Leia mais

ORIGENS DO SER HUMANO E POVOS ÁGRAFOS: descobrindo mais sobre nós mesmos. Prof. Renata Fernandes Maia de Andrade

ORIGENS DO SER HUMANO E POVOS ÁGRAFOS: descobrindo mais sobre nós mesmos. Prof. Renata Fernandes Maia de Andrade ORIGENS DO SER HUMANO E POVOS ÁGRAFOS: descobrindo mais sobre nós mesmos. Prof. Renata Fernandes Maia de Andrade ORIGENS DO SER HUMANO 2 Evolucionismo Criacionismo Desenvolvida principalmente por Charles

Leia mais

Mas nem sempre o Homem habitou a terra...

Mas nem sempre o Homem habitou a terra... A Pré-História abarca um período de tempo muito longo, desde há mais de 4 milhões de anos até cerca de 4000 a.c., quando surgiu a escrita nas primeiras civilizações. Mas nem sempre o Homem habitou a terra...

Leia mais

RELATÓRIO GERAL DO CENTRO DE CIÊNCIAS DE SEABRA

RELATÓRIO GERAL DO CENTRO DE CIÊNCIAS DE SEABRA Universidade Federal da Bahia Instituto de Biologia Departamento de Zoologia Campus Universitário de Ondina, Salvador - Bahia, Brasil 40.170-210 # (071) 3263-6564, FAX (071) 3263-6511 e-mail: 1 RELATÓRIO

Leia mais

I Introdução. II Desenvolvimento

I Introdução. II Desenvolvimento I Introdução Nos tempos primitivos não havia documentos escritos sobre a vida nem sobre o homem. Esse período é chamado de pré-história e o que se conhece a seu respeito baseia-se nos objetos que restam

Leia mais

Anexo II.5.3-4 Ficha de Sítios Cadastrados por Daivisson Santos Durante a Etapa de Campo para Confecção do Diagnóstico Arquelógico do Gasoduto do

Anexo II.5.3-4 Ficha de Sítios Cadastrados por Daivisson Santos Durante a Etapa de Campo para Confecção do Diagnóstico Arquelógico do Gasoduto do Anexo II.5.3-4 Ficha de Sítios Cadastrados por Daivisson Santos Durante a Etapa de Campo para Confecção do Diagnóstico Arquelógico do Gasoduto do Pará Nome do sítio: Ilha da Montanha Outras designações

Leia mais

Um lugar de muitas Histórias

Um lugar de muitas Histórias Texto publicado no site Arqueologia e Pré-História: http://arqueologiaeprehistoria.com/2015/02/06/um-lugar-de-muitas-historias-o-museuarqueologico-do-rio-grande-do-sul/ Luísa d Avila 1 (Fevereiro de 2015)

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 2014-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no Mundo

Sistema de Ensino CNEC. 2014-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no Mundo TRABALHO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA Aluno: n o Data para entrega: _11/07/ Créditos distribuídos: 6 pontos / Créditos obtidos: 4º ano do Ensino Fundamental Turma: 1-09a-20s-tg-09 Trabalho de Geografia Eu no

Leia mais

AS ORIGENS DO SER HUMANO

AS ORIGENS DO SER HUMANO AS ORIGENS DO SER HUMANO A evolução do ser humano O ser humano faz parte do processo de formação e evolução que criou toda a vida do planeta. A VIDA NA TERRA- Existe algo em comum entre uma baleia e uma

Leia mais

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA

HISTÓRIA 7 O ANO FUNDAMENTAL. PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA 7 O ANO FUNDAMENTAL PROF. ARTÊMISON MONTANHO PROF. a ISABEL SARAIVA Unidade III Cidadania e Movimentos Sociais Aula 14.2 Conteúdos Os maias Os incas 2 Habilidades Conhecer as principais características

Leia mais

www.geoturismobrasil.com Geoturismo em Tibagi Antonio Liccardo DEGEO - UEPG

www.geoturismobrasil.com Geoturismo em Tibagi Antonio Liccardo DEGEO - UEPG www.geoturismobrasil.com Geoturismo em Tibagi Antonio Liccardo DEGEO - UEPG Relação da população com a natureza e território Geoturismo Atividade multidisciplinar Forte subsídio para turismo cultural,

Leia mais

Viagem ao litoral. www.interaulaclube.com.br

Viagem ao litoral. www.interaulaclube.com.br A UU L AL A Viagem ao litoral Arlindo e alguns amigos tinham programado para o feriado uma visita à praia. Arlindo não via o mar desde criança, e estava ansioso para viajar. - Finalmente, chegou o carnaval!

Leia mais

Avaliação de História 7º ano FAF *Obrigatório

Avaliação de História 7º ano FAF *Obrigatório 08/06/2015 Avaliação de História 7º ano FAF Avaliação de História 7º ano FAF *Obrigatório 1. Nome Completo: * 2. Número: * 3. Série: * Marcar apenas uma oval. 7º ano A 7º ano B https://docs.google.com/forms/d/1dtnymvuwphyjir3jtixampwwgy3_cdrmt8

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Trabalho de Filosofia Nome: Créditos distribuídos: 6 pontos Créditos obtidos:

Sistema de Ensino CNEC. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Trabalho de Filosofia Nome: Créditos distribuídos: 6 pontos Créditos obtidos: 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Trabalho de Filosofia Nome: Créditos distribuídos: 6 pontos Créditos obtidos: ROCA, Núria. Diversidade. São Paulo: IBEP, 2011. -06a-27s-tf-05 Filosofia (valores humanos);

Leia mais

Os primeiros habitantes e colonizadores do território brasileiro

Os primeiros habitantes e colonizadores do território brasileiro Os primeiros habitantes e colonizadores do território brasileiro Cíntia Jalles de Carvalho de Araujo Costa * Quando historiadores da Ciência abordam temas diversos assim como os de Ciências, Natureza e

Leia mais

Mapa. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz

Mapa. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz Mapa CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz SINOPSE geral da série Chico, 6 anos, adora passar as tardes na estamparia de fundo de quintal do seu avô. Nela, Vô Manu construiu um Portal por onde

Leia mais

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos Gravataí RS. Cohab B

Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos Gravataí RS. Cohab B Campanha Nacional de Escolas da Comunidade Colégio Cenecista Nossa Senhora dos Anjos Gravataí RS Cohab B Data: 29/04/2015 Pedro Lima, Gabriel Landal, Lorenzo Silveira e Leonardo Souza. Turma 101 A COHAB

Leia mais

MATÉRIA. Magela. Troca-se. Vendem-se. Pedaços de ruínas do Império romano, do ano de 302, ou seja, século

MATÉRIA. Magela. Troca-se. Vendem-se. Pedaços de ruínas do Império romano, do ano de 302, ou seja, século Valores eternos. TD Recuperação ALUNO(A) MATÉRIA História PROFESSOR(A) Magela ANO SEMESTRE DATA 6º 1º Julho/2013 TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS ---- ---- 1. O trabalho do historiador é semelhante ao

Leia mais

Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE

Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE Expedição 1. 7º ANO_ PROFª BRUNA ANDRADE O Brasil é considerado um país de dimensões CONTINENTAIS, pois sua área de 8.514.876 Km² é quase igual a do Continente Oceânico. Ele é o 5º país em extensão territorial

Leia mais

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA?

Projeto. Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? Projeto Pedagógico QUEM MEXEU NA MINHA FLORESTA? 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro tem como tema o meio ambiente em que mostra o homem e a destruição da natureza,

Leia mais

Tudo começou em África

Tudo começou em África Tudo começou em África (Expresso: 25-04-1998) Análises do D A confirmam a origem africana da espécie humana, uma ideia já defendida no século passado por Charles Darwin e Thomas Henry. A nossa árvore genealógica

Leia mais

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos)

Geografia QUESTÕES de 01 a 06 INSTRUÇÕES: Questão 01 (Valor: 15 pontos) Geografia QUESTÕES de 01 a 06 LEIA CUIDADOSAMENTE O ENUNCIADO DE CADA QUESTÃO, FORMULE SUAS RESPOSTAS COM OBJETIVIDADE E CORREÇÃO DE LINGUAGEM E, EM SEGUIDA, TRANSCREVA COMPLETAMENTE CADA UMA NA FOLHA

Leia mais

História. Programação 3. bimestre. Temas de estudo

História. Programação 3. bimestre. Temas de estudo História Olá, pessoal! Vamos conhecer, entre outros fatos, como era o trabalho escravo no Brasil? CHIQUINHA GONZAGA Programação 3. bimestre Temas de estudo O trabalho escravo na formação do Brasil - Os

Leia mais

3º BIMESTRE 2ª Avaliação Área de Ciências Humanas Aula 148 Revisão e avaliação de Humanas

3º BIMESTRE 2ª Avaliação Área de Ciências Humanas Aula 148 Revisão e avaliação de Humanas 3º BIMESTRE 2ª Avaliação Área de Ciências Humanas Aula 148 Revisão e avaliação de Humanas 2 Tipos de vegetação Vegetação é caracterizada como o conjunto de plantas de uma determinada região. Em razão da

Leia mais

Lindo e Triste Brasil

Lindo e Triste Brasil SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 07 / / 0 II AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 5.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA:

Leia mais

Estudo aponta que cão domesticado surgiu no Oriente Médio

Estudo aponta que cão domesticado surgiu no Oriente Médio Estudo aponta que cão domesticado surgiu no Oriente Médio Pesquisadores analisaram DNA de cachorros e lobos para desmistificar origem asiática 18 de março de 2010 15h 47 Reuters Os ancestrais dos cachorros

Leia mais

Colégio Visconde de Porto Seguro

Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Visconde de Porto Seguro Unidade I 2011 AULA 1 Ensino Fundamental e Ensino Médio Atividade de Recuperação Contínua Nome do (a) Aluno (a): Atividade de Recuperação Contínua de Ciências Nível I Classe:

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE LÍNGUA

Leia mais

2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA

2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 24/03/2012 Nota: Professor(a): Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número de

Leia mais

ATIVIDADE DE ESTUDOS SOCIAIS 3ª S SÉRIES A-B-C-D

ATIVIDADE DE ESTUDOS SOCIAIS 3ª S SÉRIES A-B-C-D Nome: n.º 3ª série Barueri, / / 2009 Disciplina: ESTUDOS SOCIAIS 1ª POSTAGEM ATIVIDADE DE ESTUDOS SOCIAIS 3ª S SÉRIES A-B-C-D Querido aluno, segue a orientação para esta atividade. - Ler com atenção, responder

Leia mais

Questão 02 - A distância média de Goiânia a Taguatinga é de 200 km. Se um automóvel gasta 2,5h para fazer a viagem, sua velocidade média será de:

Questão 02 - A distância média de Goiânia a Taguatinga é de 200 km. Se um automóvel gasta 2,5h para fazer a viagem, sua velocidade média será de: Questão 01 - Uma estrela emite radiação que percorre a distância de 1 bilhão de anos-luz até chegar à Terra e ser captada por um telescópio. Isto quer dizer que: a) A estrela está a 1 bilhão de km da Terra.

Leia mais

A ÁGUA FACTOR DE CIVILIZAÇÃO

A ÁGUA FACTOR DE CIVILIZAÇÃO ÁREA ESCOLA HISTÓRIA 1992/1993 MEMÓRIAS DOS ALUNOS E PROFESSORES DO 7º ANO QUE ESTIVERAM ENVOLVIDOS NO PROJECTO A ÁGUA FACTOR DE CIVILIZAÇÃO INDICE 1 PROJECTO 2 TEXTO MOTIVAÇÃO 3 SOCIEDADES RECOLECTORAS

Leia mais

Meu Azerbaijão. Firuza MURADOVA, Doutor em ciências históricas. Arte rupestre de Gobustan. 4 www.irs-az.com

Meu Azerbaijão. Firuza MURADOVA, Doutor em ciências históricas. Arte rupestre de Gobustan. 4 www.irs-az.com Meu Azerbaijão Firuza MURADOVA, Doutor em ciências históricas Arte rupestre de Gobustan 4 www.irs-az.com 2(3), VERÃO 2014 SABE-SE QUE O AZERBAIJÃO PERTENCE ÀS REGIÕES DA EXPANSÃO INICIAL E ASSENTAMENTO

Leia mais

A LENDA DO COFRINHO EM FORMA DE PORQUINHO

A LENDA DO COFRINHO EM FORMA DE PORQUINHO A LENDA DO COFRINHO EM FORMA DE PORQUINHO Darcicley Lopes A lenda do cofrinho em forma de porquinho Página 1 Desde pequenino eu perguntava ao meu pai por que os cofrinhos tinham forma de porco. Meu pai

Leia mais

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233

Apostila 2. Capítulo 7. A evolução da capacidade energética do ser humano. Página 233 Apostila 2 Capítulo 7 Página 233 A evolução da capacidade energética do ser humano A vantagem energética Nosso antepassados criaram um método para as caçadas, que lhes dava certa vantagem energética sobre

Leia mais

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO

FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO É claro que o Brasil não brotou do chão como uma planta. O Solo que o Brasil hoje ocupa já existia, o que não existia era o seu território, a porção do espaço sob domínio,

Leia mais