1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL"

Transcrição

1 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É LINDO COMO O CÉU DE ANIL. (REFRÃO 2 ESTROFES) (REFRÃO 2 ESTROFES) Solo longo. COM O DESCOBRIMENTO O AMOR NASCEU O BRASIL GOSTOU DO QUE ACONTECEU. O POVO DA TERRA HOJE COMEMORA A DATA HISTÓRICA E A SUA GLÓRIA. MEU CORAÇÃO GOSTOU NUNCA MAIS CHOROU HOJE PALPITA CHEIO DE AMOR

2 2-POLUIÇÃO EM ALTO MAR LUGAR: P. SEGURO (BA) DATA: 04/11/2008 ESTILO: XOTE TOM: D+ (RÉ MAIOR) GRAVADO: 25/09/2010 NA AREIA DO MAR NÃO POSSO ME DEITAR A POLUIÇÃO TOMOU O MEU LUGAR. O QUE VOU FAZER PARA TE LEVAR O QUE VOU FAZER PARA TE AMAR. (SOLO) É ÓLEO NA TERRA É ÓLEO NO MAR NÃO VEJO MAIS SEU CORPO PARA ACARICIAR. A POLUIÇÃO JÁ VIROU PRESSÃO MAS QUERO VOCÊ NO MEU CORAÇÃO.

3 3-ELA ME AMA LUGAR: BELMONTE (BA) DATA: 25/08/2008 ESTILO: FORRÓ ARRASTA PÉ TOM: F+ (FÁ MAIOR) GRAVADO: 10/10/2010 ELA ME AMA NÃO POSSO NEGAR ELA TEM DIREITO TAMBÉM DE AMAR. O AMOR É PURO VEM DO CORAÇÃO CADA UM PERCEBE PELA EMOÇÃO. ELA TEM DIREITO DE SER FELIZ COM A PESSOA CERTA QUE ELA SEMPRE QUIS. (SOLO) SE O MUNDO TODO SÓ TIVESSE AMOR NUNCA HAVERIA SOFRIMENTO E DOR. ELA ME AMA DE BOM CORAÇÃO ELA TEM DIREITO A ESSA DECISÃO.

4 4-AMOR DO ANEL RODOVIÁRIO LUGAR: F DE SANTANA(BA) DATA: 11/11/2008 ESTILO: XOTE PÉ DE SERRA TOM: E+ (MI MAIOR) GRAVADO: 04/10/10 ESTAVA LÁ SENTADO NO ANEL RODOVIÁRIO QUANDO ELA PASSOU E ME VIU TÃO SOLITÁRIO. ME DEU UMA CARONA ME FALOU DO SEU AMOR E EU SENTI QUE ELA SARAVA A MINHA DOR. FALOU DA SUA VIDA DO SEU SENTIMENTO COMPARTILHEI COM ELA NAQUELE MOMENTO. LOGO EU SENTI GRANDE EMOÇÃO QUE FOI CORRESPONDIDA PELO SEU CORAÇÃO. (SUBIDA) FOI O SUFICIENTE PRA GENTE SE ENTENDER AMOR CORRESPONDIDO É CHEIO DE PRAZER. NO ANEL RODOVIÁRIO TE DEI MEU CORAÇÃO ELA TIROU DE VEZ MINHA TRISTE SOLIDÃO. (Retorna ao início)

5 5-GAROTA DA PITUBA LUGAR: SALVADOR(BA) DATA: 15/11/2007 ESTILO: FORRÓ TOM: D+ (RÉ MAIOR) GRAVADO:25/02/2010 A GAROTA DA PITUBA MORA BEM PERTO DO MAR GOSTA DE JOGAR VÔLEI PEGAR ONDE E NAMORAR. (REFRÃO) ELA AMA A VIDA BOA E GOSTA DE PASSEIAR O SEU JEITO TÃO MANHOSO DESPERTA O MEU OLHAR. A GAROTA DA PITUBA... (REFRÃO) É AMANTE DO LASER GOSTA DE SOL DE VERÃO A GAROTA DA PITUBA AGE SÓ PELA RAZÃO. A GAROTA DA PITUBA... (REFRÃO) (SOLO BREVE) SÓ VIAJA DE AVIÃO NÃO GOSTA DO QUE É VULGAR A GAROTA DA PITUBA GOSTA MESMO É DE AMAR. A GAROTA DA PITUBA... (REFRÃO) GOSTA DOS BELOS MOMENTOS DO PERFURME E DA FLOR MAS O QUE MAIS QUER NA VIDA É TER SEMPRE UM GRANDE AMOR. A GAROTA DA PITUBA... (REFRÃO)

6 6-NÃO TE DEIXAREI LUGAR: CARAVELAS (BA) DATA: 18/12/2008 ESTILO: FORRÓ TOM: F+ (FÁ MAIOR) GRAVADO: 10/10/10 NÃO TE DEIXAREI NÃO TE DEIXAREI VOCÊ É A PESSOA QUE TANTO SONHEI QUANDO ESTAVA SÓ VOCÊ ME ALEGROU HOJE SOU FELIZ COM O SEU AMOR. AGORA É SÓ AMOR AMOR E EMOÇÃO VOCÊ SATISFAZ O MEU CORAÇÃO. O QUE VOCÊ QUISER EU QUERO TAMBÉM TUDO DE DAREI NA VIDA, MEU BEM.

7 7-AMOR DA QUARTA IDADE LUGAR: URUÇUCA(BA) DATA: 18/05/2006 ESTILO: FORRÓ TOM: D+ (RÉ MAIOR) GRAVADO: 25/09/2010 TENHO OITENTA ANOS AINDA QUERO AMAR MAS A MINHA VELHA NÃO QUER NAMORAR. NÃO SEI O QUE FAÇO NESSA SOLIDÃO ESTOU SOFRENDO TANTO NO MEU CORAÇÃO. ELA JÁ MANDOU EU PAQUERAR NA RUA MAS EU NÃO QUERO, NÃO VIVER DE AVENTURA. ELA ME DISSE NÃO SINTO CALOR MAS EU SÓ QUERO É SEU AMOR. SEM SUA ATENÇÃO NÃO POSSO VIVER SEM O SEU CARINHO SEI QUE VOU MORRER. TENHO OITENTA ANOS AINDA QUERO AMAR MAS A MINHA VELHA NÃO QUER NAMORAR. (REFRÃO EM 2 ESTROFES) (REFRÃO EM 2 ESTROFES) (Retorna ao início)

8 8-CASAMENTO EM CRISE LUGAR: ITACARÉ(BA) DATA: 04/11/2005 ESTILO: FORRÓ TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/2010 UM DIA, SIM UM DIA, NÃO EU NÃO CONCORDO COM ESSA DECISÃO. VOCÊ NÃO QUIS MAIS ME AMAR POR ISSO EU FUI ME EMBORA DE LÁ. VOCÊ PRÁ LÁ E EU PRÁ CÁ CASAMENTO ASSIM NÃO PODE VINGAR. A VIDA É ASSIM O AMOR TAMBÉM QUANDO NÃO DÁ CERTO NINGUÉM É DE NINGUÉM. (3 VEZES)

9 9-NA VELOCIDADE LUGAR: ILHÉUS(BA) DATA: 31/12/2008 ESTILO: XOTE TOM: C//+ (DÓ SUST MAIOR) GRAVADO: 25/09/2010 NA VELOCIDADE VOU A CEM POR HORA VOU VER MEU AMOR QUE VAI CHEGANDO AGORA. O CORAÇÃO DISPARA NA VELOCIDADE SÓ QUERO AMOR E FELICIDADE. VOU DEPRESSA, VOU VOU VER MEU AMOR NÃO POSSO FICAR SEM O SEU CALOR. QUANDO ELA CHEGA ACABA A SOLIDÃO SINTO MUITA PAZ NO MEU CORAÇÃO. NA VELOCIDADE VOU A CEM POR HORA VOU VER MEU AMOR QUE VAI CHEGANDO AGORA.

10 10-AMOR CORRESPONDIDO LUGAR: URUÇUCA(BA) DATA: 25/12/2004 ESTILO: FORRÓ TOM: Am (LÁ MENOR) GRAVADO: 22/03/2011 EU TE AMEI VOCÊ ME AMOU VOCÊ PRA MIM É UMA FLOR. (3 VEZES) SOLO NUM ABRAÇO PERFEITO NUM MOMENTO CORRETO SENTI A TERNURA DO SEU AFETO. EU TE AMEI VOCÊ SENTIU AMOR CORRESPONDIDO É COMO CÉU DE ANIL. SOLO VEM POR ATRAÇÃO VEM POR EMOÇÃO AMOR VERDADEIRO VEM DO CORAÇÃO. (3 VEZES)

11 11-MULHER ESBELTA LUGAR: CANAVIEIRAS (BA) DATA: 07/06/2008 ESTILO: SAMBA DE RODA TOM: E+ (MI MAIOR) GRAVADO: 10/10/2010 MULHER ESBELTA CHEIA DE PAIXÃO MULHER ESBELTA CHEIA DE EMOÇÃO. ME PÕE NO COLO BEIJA E ABRAÇA COMO UMA CRIANÇA QUE ELA FAZ GRAÇA. DEPOIS ME AMA COMO NUNCA MAIS PORQUE VER EM MIM UM HOMEM CAPAZ. ME DÁ VALOR COM TODA RAZÃO POIS O MEU AMOR VEM DO CORAÇÃO. EU SATISFAÇO SUA EMOÇÃO MULHER ESBELTA AMA DE CORAÇÃO.

12 12-VIVO COM ELA LUGAR: MUCURI(BA) DATA: 21/08/2005 ESTILO: FORRÓ TOM: F+ (FÁ MAIOR) GRAVADO:15/10/10 VIVO COM ELA PORQUE GOSTO DELA ELA ME AMA E EU AMO ELA. (3 VEZES) (SOLO) A SUA ATRAÇÃO FAZ A EMOÇÃO ELA É QUEM MANDA NO MEU CORAÇÃO. ELA QUER VIVER EM PAZ E AMOR UMA VIDA BOA COM TODO ARDOR. (SOLO) É A PESSOA CERTA NESSA MULTIDÃO ELA TIROU DE VEZ A MINHA SOLIDÃO. VIVER SEM ELA É DECEPÇÃO É MORRER NO TEMPO E NA ILUSÃO.

13 13-TUDO SOB CONTROLE LUGAR: ARRAIAL DA AJUDA (BA) DATA: 05/12/2008 ESTILO: LAMBADA TOM: F+ (FÁ MAIOR) GRAVADO: 10/10/2010 TUDO SOB CONTROLE ENTRE NÓS DOIS NÃO VOU MAIS LEMBRAR DO TEMPO QUE SE FOI. TANTA DESAVENÇA NOS PREJUDICOU NA FASE BOA DO NOSSO AMOR. (SOLO) AGORA EU APRENDI NÃO VOU MAIS BRIGAR QUERO SER FELIZ E PODER AMAR. VAMOS RECUPERAR O TEMPO PERDIDO E RECONSTRUIR O NOSSO PARAÍSO. (Retorna ao início)

14 14-RAINHA DO EXTREMO SUL LUGAR: ITAMARAJU(BA) DATA: 10/02/2001 ESTILO: LAMBA SUING TOM: E+ (MI MAIOR) GRAVADO:19/04/2008 QUE SAUDADE EU SINTO AGORA DA RAINHA DO EXTREMO SUL TODA VEZ QUE EU LEMBRO DELA ME LEMBRO DE ITAMARAJU (SOLO) ENCONTREI EM PORTO SEGURO NO PÉ DO MONTE PASCOAL MAS FOI NO MONTE PESCOÇO QUE ELA MUDOU MEU IDEAL. NOSSO NAMORO DUROU POUCO A LEMBRANÇA NÃO SE APAGOU TODA VEZ QUE EU LEMBRO DELA FICO MORRENDO DE AMOR. QUE SAUDADE EU SINTO AGORA DA RAINHA DO EXTREMO SUL TODA VEZ QUE EU LEMBRO DELA ME LEMBRO DE ITAMARAJU

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU

MULHER SOLTEIRA. Marcos O BILAU MULHER SOLTEIRA REFRÃO: Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir Ei, quem tá aí Se tem mulher solteira dá um grito que eu quero ouvir (Essa música foi feita só prás mulheres

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana

HINOS DE DESPACHO. www.hinarios.org 01 O DAIME É O DAIME. O Daime é o Daime Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana HINOS DE DESPACHO Tema 2012: Flora Brasileira Estrela D Alva www.hinarios.org 1 2 01 O DAIME É O DAIME O é o Eu estou afirmando É o divino pai eterno E a rainha soberana O é o O professor dos professores

Leia mais

Visite nossa biblioteca! Centenas de obras grátis a um clique! http://www.portaldetonando.com.br

Visite nossa biblioteca! Centenas de obras grátis a um clique! http://www.portaldetonando.com.br Sobre a digitalização desta obra: Esta obra foi digitalizada para proporcionar de maneira totalmente gratuita o benefício de sua leitura àqueles que não podem comprá-la ou àqueles que necessitam de meios

Leia mais

História: Vocês querem que eu continue contando a história do Natal? Maria e José seguiam para Belém,

História: Vocês querem que eu continue contando a história do Natal? Maria e José seguiam para Belém, Data: 13/12/2015 Texto Bíblico: Lucas 2:7; 8-20 e Mateus 2:1-12 Versículo para memorizar: Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu único Filho, para que todo aquele que Nele crê não morra,

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

FICHA DE AVALIAÇÃO TÉCNICA DOS SAMBAS. Autor Samba Melodia Letra Enredo Total

FICHA DE AVALIAÇÃO TÉCNICA DOS SAMBAS. Autor Samba Melodia Letra Enredo Total FICHA DE AVALIAÇÃO TÉCNICA DOS SAMBAS Autor Samba Melodia Letra Enredo Total Cosminho Santa Marta Grupo Bom Clima Jorginho, Luizão e Paulo Sunga Mauro Montezuma e Tota Nego Wando e Sidimar Paulo e Rafael

Leia mais

Luís Norberto Pascoal

Luís Norberto Pascoal Viver com felicidade é sucesso com harmonia e humildade. Luís Norberto Pascoal Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-131-6 9 788576 941316 Era uma vez um pássaro que

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava

Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava O Príncipe das Histórias Era uma vez um príncipe que morava num castelo bem bonito e adorava histórias. Ele gostava de histórias de todos os tipos. Ele lia todos os livros, as revistas, os jornais, os

Leia mais

Mostra Cultural 2015

Mostra Cultural 2015 Mostra Cultural 2015 Colégio Marista João Paulo II Eu e as redes sociais #embuscadealgumascurtidas Uma reflexão sobre a legitimação do eu através das redes sociais. Iago Faria e Julio César V. Autores:

Leia mais

KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15

KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15 KIT CÉLULA PARA CRIANÇAS: 28/10/15 A mentira não agrada a Deus Principio: Quando mentimos servimos o Diabo o Pai da mentira. Versículo: O caminho para vida é de quem guarda o ensino, mas o que abandona

Leia mais

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:...

ALEGRIA ALEGRIA:... TATY:... ALEGRIA PERSONAGENS: Duas amigas entre idades adolescentes. ALEGRIA:... TATY:... Peça infanto-juvenil, em um só ato com quatro personagens sendo as mesmas atrizes, mostrando a vida de duas meninas, no

Leia mais

I ANTOLOGIA DE POETAS LUSÓFONOS. Fantasias

I ANTOLOGIA DE POETAS LUSÓFONOS. Fantasias Fantasias Acordar dos sonhos, Se é que se chama sonho. Pois, nas noites de insônia tudo é verdadeiro, Na tortura, na incerteza Uma fantasia dentro de um veleiro. Sonhos na madrugada nevando, A loucura

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO

Roteiro para curta-metragem. Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO Roteiro para curta-metragem Nathália da Silva Santos 6º ano Escola Municipalizada Paineira TEMPESTADE NO COPO SINOPSE Sérgio e Gusthavo se tornam inimigos depois de um mal entendido entre eles. Sérgio

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Desafio para a família

Desafio para a família Desafio para a família Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja um

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Chantilly, 17 de outubro de 2020.

Chantilly, 17 de outubro de 2020. Chantilly, 17 de outubro de 2020. Capítulo 1. Há algo de errado acontecendo nos arredores dessa pequena cidade francesa. Avilly foi completamente afetada. É estranho descrever a situação, pois não encontro

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

sinal de tristeza. Sinal de morte!

sinal de tristeza. Sinal de morte! CULTO FAMÍLIA: Reflexão sobre a morte e o luto Acreditamos que todos nós já sofremos a perda de alguém, seja familiar, amigo, vizinho ou apenas conhecido. Nos sentimos impotentes, indefesos, medrosos diante

Leia mais

coleção Conversas #11 - agosto 2014 - n a h u e s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #11 - agosto 2014 - n a h u e s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #11 - agosto 2014 - Não quero s o a negra a m e pr s s eu e n ta min Respostas r pais. So perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. h u a n ra a m cis o t r a a?

Leia mais

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME

ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME ENTRE FERAS CAPÍTULO 16 NOVELA DE: RÔMULO GUILHERME ESCRITA POR: RÔMULO GUILHERME CENA 1. HOSPITAL. QUARTO DE. INTERIOR. NOITE Fernanda está dormindo. Seus pulsos estão enfaixados. Uma enfermeira entra,

Leia mais

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. www.hinarios.org. Glauco Villas Boas 1 01 HÓSPEDE

HINÁRIO. Glauco O CHAVEIRÃO. www.hinarios.org. Glauco Villas Boas 1 01 HÓSPEDE HINÁRIO O CHAVEIRÃO Tema 2012: Flora Brasileira Allamanda blanchetii Glauco Glauco Villas Boas 1 www.hinarios.org 2 01 HÓSPEDE Padrinho Eduardo - Marcha Eu convidei no meu sonho Meu mestre vamos passear

Leia mais

ENTRE FRALDAS E CADERNOS

ENTRE FRALDAS E CADERNOS ENTRE FRALDAS E CADERNOS Entre Fraldas e Cadernos Proposta metodológica: Bem TV Educação e Comunicação Coordenação do projeto: Márcia Correa e Castro Consultoria Técnica: Cláudia Regina Ribeiro Assistente

Leia mais

Escola Municipal Professora Zezé Ribas. Premio Afago de Literatura. A política brasileira

Escola Municipal Professora Zezé Ribas. Premio Afago de Literatura. A política brasileira Aluno: Camila Aparecida Pinto Serie: 7º ano A política brasileira Na política brasileira, existe uma grande chaga aberta e crescente já se tornou grande praga. Doença maldita, domina e contamina a toda

Leia mais

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Revisão Nome:

3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Revisão Nome: 3 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Revisão Nome: Vamos entender um pouco mais sobre ética. Leia este texto atentamente. ÉTICA Ética é um conjunto de valores morais, costumes

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo.

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Sonhos Pessoas Para a grande maioria das pessoas, LIBERDADE é poder fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Trecho da música: Ilegal,

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 3 o ano Unidade 1 5 Unidade 1 Compreensã de texto Nome: Data: A carta é uma forma de comunicação escrita que pode ser endereçada a uma ou a várias

Leia mais

Uma história de amor. Elisa Tiegs Gnewuch

Uma história de amor. Elisa Tiegs Gnewuch Uma história de amor Elisa Tiegs Gnewuch Capa TSA - sobre arquivo livre do banco de imagens Morguille (morguefile.com) Todos os direitos desta obra são exclusivos da autora. As mais lindas palavras de

Leia mais

Paródia 1ªA. Música Fugidinha Michel Teló. Cheguei na escola não consegui entender. Mas depois de um tempo tudo foi se resolver

Paródia 1ªA. Música Fugidinha Michel Teló. Cheguei na escola não consegui entender. Mas depois de um tempo tudo foi se resolver Paródia 1ªA Música Fugidinha Michel Teló Cheguei na escola não consegui entender Mas depois de um tempo tudo foi se resolver Tudo dando certo eu vou ficar esperto E vestibular eu vou fazer Sempre tem aquele

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães

Estórias de Iracema. Maria Helena Magalhães. Ilustrações de Veridiana Magalhães Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães 2 Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se pode imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012.

MALDITO. de Kelly Furlanetto Soares. Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. MALDITO de Kelly Furlanetto Soares Peça escritadurante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR.Teatro Guaíra, no ano de 2012. 1 Em uma praça ao lado de uma universidade está sentado um pai a

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Caridade quaresmal. Oração Avé Maria. Anjinho da Guarda. S. João Bosco Rogai por nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Bom dia a todos!

Caridade quaresmal. Oração Avé Maria. Anjinho da Guarda. S. João Bosco Rogai por nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Bom dia a todos! 2ª feira, 09 de março: Dar esmola Esta semana iremos tentar aprender a dar. A dar aos que mais precisam. E vamos ver que Dar é BRU TAL!!!! Um dia, uma mulher vestida de trapos velhos percorria as ruas

Leia mais

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses?

INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por ser filho de pais portugueses? Transcrição da entrevista: Informante: nº15 Célula: 5 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 2ª Idade: 35 Sexo: Masculino Tempo de gravação: 10.24 minutos INQ Já alguma vez se sentiu discriminado por

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

Peça de Teatro Sinopse Argumento

Peça de Teatro Sinopse Argumento 1 Peça de Teatro Sinopse Duas crianças da comunidade...(comunidade local onde será encenada a peça) se encontram, conversam à respeito de limpar a rua e ser útil de alguma forma para o meio em que habitam.

Leia mais

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates

Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates Respostas dos alunos para perguntas do Ciclo de Debates 1º ano do Ensino Fundamental I O que você gosta de fazer junto com a sua mã e? - Dançar e jogar um jogo de tabuleiro. - Eu gosto de jogar futebol

Leia mais

Ernest Hemingway Colinas como elefantes brancos

Ernest Hemingway Colinas como elefantes brancos Ernest Hemingway Colinas como elefantes brancos As colinas do outro lado do vale eram longas e brancas. Deste lado, não havia sombra nem árvores e a estação ficava entre duas linhas de trilhos sob o sol.

Leia mais

1º Plano de Aula. 1- Citação: Guardar raiva é o mesmo que, beber veneno e querer que o outro morra. 2- Meditação: Meditação da Compaixão

1º Plano de Aula. 1- Citação: Guardar raiva é o mesmo que, beber veneno e querer que o outro morra. 2- Meditação: Meditação da Compaixão 1º Plano de Aula 1- Citação: Guardar raiva é o mesmo que, beber veneno e querer que o outro morra. 2- Meditação: Meditação da Compaixão 3- História Perdoar Sempre 4- Música Uma Luz Dentro de mim. Vol:

Leia mais

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia)

Vamos adorar a Deus. Jesus salva (Aleluia) Vamos adorar a Deus //: SI LA SOL LA SI SI SI LA LA LA SI SI SI SI LA SOL LA SI SI SI LA LA SI LA SOOL SOOL :// Vamos adorar a Deus, Meu Senhor e Salvador Vamos adorar a Deus, com o nosso louvor. B I S

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1

JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 1 JOSÉ DE SOUZA CASTRO 1 ENTREGADOR DE CARGAS 32 ANOS DE TRABALHO Transportadora Fácil Idade: 53 anos, nascido em Quixadá, Ceará Esposa: Raimunda Cruz de Castro Filhos: Marcílio, Liana e Luciana Durante

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

Iracema estava na brinquedoteca

Iracema estava na brinquedoteca Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema estava na brinquedoteca com toda a turma quando recebeu a notícia de que seu sonho se realizaria. Era felicidade que

Leia mais

Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias

Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias 1/35 Pai, Estou Te Esperando Uma Conexão Visual entre Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar, no Brasil, e Suas Famílias Fotos de Emma Raynes, 2007 2/35 Retratos dos Trabalhadores da Lavoura de Cana-de-Açúcar

Leia mais

meu jeito de dizer que te amo

meu jeito de dizer que te amo Anderson Cavalcante meu jeito de dizer que te amo Dedicatória A Tabata, minha esposa, mulher, amante e melhor amiga, que com muito charme, carinho e um pouco de paciência compartilha comigo as descobertas

Leia mais

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares

BOLA NA CESTA. Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares BOLA NA CESTA Roteiro para curta-metragem de Marcele Linhares 25/04/2012 SINOPSE Essa é a história de Marlon Almeida. Um adolescente que tem um pai envolvido com a criminalidade. Sua salvação está no esporte.

Leia mais

Frequentemente você utiliza certos termos que não

Frequentemente você utiliza certos termos que não 10 Não se distraia demais Frequentemente você utiliza certos termos que não dão o mínimo problema na hora da fala, mas que, na escrita, podem fazê-lo oscilar entre uma forma ou outra. Ainda há muita gente

Leia mais

Revista Veja 18 de Fevereiro de 2009 Efésios 6. 1-4! Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo. Honra teu pai e tua mãe este é o primeiro mandamento com promessa para que tudo te corra

Leia mais

CIFRAS - CUKA FRESCA

CIFRAS - CUKA FRESCA INTRODUÇÃO: D9 A/C# Bm7/11 G7+ D9 A/C# G7+ G/A A/C# CIFRAS - CUKA FRESCA EU VOU TE AMAR Bm7/11 G7+ G/A A/C# QUANDO SENTIR TRISTEZA E NÃO PUDER TE ACALMAR Bm7/11 G7+ G/A QUANDO HOUVER UM VAZIO QUE NÃO POSSA

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

Índice Geral. Índice de Autores

Índice Geral. Índice de Autores Victor Fernandes 1 Índice Geral A perua-galinha 3 A vida de um porco chamado Ricky 4 Um burro chamado Burro 5 O atrevido 6 O Burro que abandonou a família por causa de uma rã 7 A burra Alfazema 8 Índice

Leia mais

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor.

O que procuramos está sempre à nossa espera, à porta do acreditar. Não compreendemos muitos aspectos fundamentais do amor. Capítulo 2 Ela representa um desafio. O simbolismo existe nas imagens coloridas. As pessoas apaixonam-se e desapaixonam-se. Vão onde os corações se abrem. É previsível. Mereces um lugar no meu baloiço.

Leia mais

A nossa missão profissional é eternizar a sua história e o nosso desejo pessoal é conhecer aquela parte incrível que mora em você.

A nossa missão profissional é eternizar a sua história e o nosso desejo pessoal é conhecer aquela parte incrível que mora em você. A nossa missão profissional é eternizar a sua história e o nosso desejo pessoal é conhecer aquela parte incrível que mora em você. Muito prazer, nós somos a Old Love Somos fotógrafos de casais em sintonia,

Leia mais

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI)

Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) Sinopse II. Idosos não institucionalizados (INI) II 1 Indicadores Desqualificação Não poder fazer nada do que preciso, quero fazer as coisas e não posso ; eu senti-me velho com 80 anos. Aí é que eu já

Leia mais

Homens. Inteligentes. Manifesto

Homens. Inteligentes. Manifesto Homens. Inteligentes. Manifesto Ser homem antigamente era algo muito simples. Você aprendia duas coisas desde cedo: lutar para se defender e caçar para se alimentar. Quem fazia isso muito bem, se dava

Leia mais

Meu filho, não faça isso

Meu filho, não faça isso Meu filho, não faça isso Família é ideia de Deus, geradora de personalidade, melhor lugar para a formação do caráter, da ética, da moral e da espiritualidade. O sonho de Deus para a família é que seja

Leia mais

Areias 19 de Janeiro de 2005. Querida Mãezita

Areias 19 de Janeiro de 2005. Querida Mãezita Areias 19 de Janeiro de 2005 Querida Mãezita Escrevo-te esta carta para te dizer o quanto gosto de ti. Sem ti, eu não teria nascido, sem ti eu não seria ninguém. Mãe, adoro- -te. Tu és muito importante

Leia mais

E quando Deus diz não?

E quando Deus diz não? E quando Deus diz não? 1 Cr 17:1-27 Como é ruim ouvir um não! Enquanto ouvimos sim, enquanto as coisas estão acontecendo ao nosso favor, enquanto Deus está aprovando ou permitindo o que fazemos, enquanto

Leia mais

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br

Alô, alô. www.bibliotecapedrobandeira.com.br Alô, alô Quero falar com o Marcelo. Momento. Alô. Quem é? Marcelo. Escuta aqui. Eu só vou falar uma vez. A Adriana é minha. Vê se tira o bico de cima dela. Adriana? Que Adriana? Não se faça de cretino.

Leia mais

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS

Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Capítulo II O QUE REALMENTE QUEREMOS Neste inicio de curso de Formação em Coaching e Mentoring do Sistema ISOR, eu quero fazer a seguinte pergunta: o que vocês mais querem da vida hoje? Alguém pode começar?

Leia mais

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Nome:

4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Nome: 4 o ano Ensino Fundamental Data: / / Atividades de Língua Portuguesa Nome: Olá, amiguinho! Já estamos todos encantados com a sua presença aqui no 4 o ano. Vamos, agora, ler uma história e aprender um pouco

Leia mais

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança.

Material: Uma copia do fundo para escrever a cartinha pra mamãe (quebragelo) Uma copia do cartão para cada criança. Radicais Kids Ministério Boa Semente Igreja em células Célula Especial : Dia Das mães Honrando a Mamãe! Principio da lição: Ensinar as crianças a honrar as suas mães. Base bíblica: Ef. 6:1-2 Texto chave:

Leia mais

Título: O senhor do seu nariz e outras histórias Texto: 2006, Álvaro Magalhães Ilustração: 2010, João Fazenda 2010, Edições ASA II, S.A.

Título: O senhor do seu nariz e outras histórias Texto: 2006, Álvaro Magalhães Ilustração: 2010, João Fazenda 2010, Edições ASA II, S.A. Título: O senhor do seu nariz e outras histórias Texto: 2006, Álvaro Magalhães Ilustração: 2010, João Fazenda 2010, Edições ASA II, S.A. Portugal ISBN 9789892311340 Reservados todos os direitos Edições

Leia mais

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens Arthur de Carvalho Jaldim e Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Atividade: Leitura e interpretação de texto Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Orientações: 1- Leia o texto atentamente. Busque o significado das palavras desconhecidas no dicionário. Escreva

Leia mais

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM

Roteiro para curta-metragem. Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM Roteiro para curta-metragem Aparecida dos Santos Gomes 6º ano Escola Municipalizada Paineira NÃO ERA ASSIM SINOPSE José é viciado em drogas tornando sua mãe infeliz. O vício torna José violento, até que

Leia mais

Distrito 4570 RELATÓRIO DE INTERCAMBISTA BRASILEIRO NO EXTERIOR (Outbound)

Distrito 4570 RELATÓRIO DE INTERCAMBISTA BRASILEIRO NO EXTERIOR (Outbound) Distrito 4570 RELATÓRIO DE INTERCAMBISTA BRASILEIRO NO EXTERIOR (Outbound) Nome do Intercambista: Julia Albuquerque da Silva Romaguera Louro Data: 16.11.14 Patrocinado no Brasil pelo Rotary Club de: Rotary

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

A.C. Ilustrações jordana germano

A.C. Ilustrações jordana germano A.C. Ilustrações jordana germano 2013, O autor 2013, Instituto Elo Projeto gráfico, capa, ilustração e diagramação: Jordana Germano C736 Quero-porque-quero!! Autor: Alexandre Compart. Belo Horizonte: Instituto

Leia mais

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT

Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Entrevista exclusiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, ao SBT Brasília-DF, 30 de outubro de 2006 Jornalista Ana Paula Padrão: Então vamos às perguntas, agora ao vivo, com

Leia mais

Amar Dói. Livro De Poesia

Amar Dói. Livro De Poesia Amar Dói Livro De Poesia 1 Dedicatória Para a minha ex-professora de português, Lúcia. 2 Uma Carta Para Lúcia Querida professora, o tempo passou, mas meus sonhos não morreram. Você foi uma pessoa muito

Leia mais

OS DIREITOS DA CRIANÇA. Fanny Abromovich (O mito da Infância Feliz)

OS DIREITOS DA CRIANÇA. Fanny Abromovich (O mito da Infância Feliz) OS DIREITOS DA CRIANÇA Fanny Abromovich (O mito da Infância Feliz) Nós crianças, pedimos que os adultos pensem um pouco nos direitos que temos de viver de um jeito legal com mais atenção para aquilo que

Leia mais

FUGA de Beatriz Berbert

FUGA de Beatriz Berbert FUGA de Beatriz Berbert Copyright Beatriz Berbert Todos os direitos reservados juventudecabofrio@gmail.com Os 13 Filmes 1 FUGA FADE IN: CENA 1 PISCINA DO CONDOMÍNIO ENTARDECER Menina caminha sobre a borda

Leia mais

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE

TALVEZ TE ENCONTRE AO ENCONTRAR-TE TALVEZ TE ENCONTRE Vivaldo Terres Itajaí /SC Talvez algum dia eu te encontre querida Para renovarmos momentos felizes, Já que o nosso passado foi um passado lindo, Tão lindo que não posso esquecer Anseio

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público

PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público PEDRO, TIAGO E JOÃO NO BARQUINHO ISRC BR MKP 1300330 Domínio Público Pedro, Tiago, João no barquinho Os três no barquinho no mar da Galiléia Jogaram a rede Mas não pegaram nada Tentaram outra vez E nada

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta O ENGANADOR

Bíblia para crianças. apresenta O ENGANADOR Bíblia para crianças apresenta JACÓ O ENGANADOR Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot; Lazarus Adaptado por: M Kerr; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por: Bible for Children

Leia mais

JESUS. rosto divino do homem, rosto humano de DEUS. Projeto: Luciano Mancuso. Equipe: André Figueiredo Keyla Gripp João Paulo (JP) Luciano Mancuso

JESUS. rosto divino do homem, rosto humano de DEUS. Projeto: Luciano Mancuso. Equipe: André Figueiredo Keyla Gripp João Paulo (JP) Luciano Mancuso JESUS rosto divino do homem, rosto humano de DEUS Projeto: Luciano Mancuso Equipe: André Figueiredo Keyla Gripp João Paulo (JP) Luciano Mancuso Distribuidor de balões da Artlatex www.cerradolatex.com.br

Leia mais

Aquecimento inespecífico: Os participantes devem andar pela sala não deixando nenhum espaço vazio, andando cada um no seu ritmo.

Aquecimento inespecífico: Os participantes devem andar pela sala não deixando nenhum espaço vazio, andando cada um no seu ritmo. DINÂMICA DO ESPELHO Embrulha o espelho com papel de presente, mas dentro o espelho deve ser embrulhado com outro papel e colado a seguinte frase: Há pessoas que querem ser bonitas pra chamar a atenção,

Leia mais

COMPOSITOR CÍCERO BAHIA

COMPOSITOR CÍCERO BAHIA CORAÇÃO PARTIDO Local: São Félix (BA) Data: 05/05/2010 Estúdio:14/02/12 /Arrocha Ô MEU AMOR PORQUE VOCÊ DEIXOU MEU CORAÇÃO PARTIDO CHORANDO DE DOR. NOITES SEM DORMIR PASSEI DO SEU LADO COM MIL PROJETOS

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

Seis dicas para você ser mais feliz

Seis dicas para você ser mais feliz Seis dicas para você ser mais feliz Desenvolva a sua Espiritualidade A parte espiritual é de fundamental importância para o equilíbrio espiritual, emocional e físico do ser humano. Estar em contato com

Leia mais

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53

Para início de conversa 9. Família, a Cia. Ltda. 13. Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35. Cardápio de lembranças 53 Rio de Janeiro Sumário Para início de conversa 9 Família, a Cia. Ltda. 13 Urca, onde moro; Rio, onde vivo 35 Cardápio de lembranças 53 O que o homem não vê, a mulher sente 75 Relacionamentos: as Cias.

Leia mais

Portuguese Poetry / 14-30 lines HS 5-6

Portuguese Poetry / 14-30 lines HS 5-6 Ai quem me dera 1. Ai, quem me dera, terminasse a espera 2. Retornasse o canto simples e sem fim, 3. E ouvindo o canto se chorasse tanto 4. Que do mundo o pranto se estancasse enfim 5. Ai, quem me dera

Leia mais

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #14 - outubro 2014 - e r r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. não Eu Não r que o f existe coleção Conversas #14 - outubro 2014 - a z fu e r tu r uma fa o para c ul m d im ad? e. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção

Leia mais