Manual Operacional Agenda Regulada. Unidades Solicitantes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Operacional Agenda Regulada. Unidades Solicitantes"

Transcrição

1 Manual Operacional Agenda Regulada Unidades Solicitantes Prefeito: Gilberto Kassab Secretária: Maria Aparecida Orsini de Carvalho Secretário Adjunto: Ailton Ribeiro de Lima Assessor de TI: Cláudio Giulliano Alves da Costa São Paulo, Março de 2007

2 SUMÁRIO 1. COMO ENTRAR NO SISTEMA Cadastrando o profissional de Saúde no CMES Acessando o SIGA Fazendo LOGIN Como fazer um agendamento na agenda regulada Buscando VAGAS Realizando o agendando Imprimindo o comprovante de agendamento Visualizando CONSULTAS AGENDADAS Aprendendo a usar os botões da Tela de agendamento COMO RE-AGENDAR UM PACIENTE APÓS CANCELAMENTO DO AGENDAMENTO FILA DE ESPERA REGULADA Enviando para a fila de espera regulada Agendando a partir da fila de espera ENCAMINHAR PARA AVALIAÇÃO DO REGULADOR CONSULTANDO OS ENCAMINHAMENTOS FEITOS PARA A REGULAÇÃO Status : Agendados pela regulação Status : Devolvido Status: Pendente de regulação...22 Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 2

3 1. COMO ENTRAR NO SISTEMA 1.1. Cadastrando o profissional de Saúde no CMES O gerente da unidade, ou profissional responsável, deverá atualizar os dados do profissional no CMES ou inseri-lo pela primeira vez Acessando o SIGA O Gerente, ou profissional responsável, deverá enviar o nome do profissional cadastrado no CMES, o No. CNS, CPF, função e módulos que o profissional terá acesso. para solicitando Login e Senha de acesso ao sistema. Para acessar o Módulo Regulação o profissional deverá solicitar sua vinculação à Central de Marcação de consultas enviando um para: informando o nome do profissional, login, número CNS, CPF, função que desempenhará junto à regulação Fazendo LOGIN Entramos com o login do Usuário e com a Senha. A senha do primeiro acesso para todos os usuários é mudar123. Lembre-se de alterá-la. Clicamos no botão Confirmar. Selecionamos o Estabelecimento de Saúde no qual o operador irá trabalhar. Se o operador estiver vinculado a mais de uma Unidade de Saúde, o sistema abre uma tela com a relação destas Unidades. Se estiver vinculado a apenas uma Unidade, entra direto no menu principal. Clicamos no botão Continuar. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 3

4 2. COMO FAZER UM AGENDAMENTO NA AGENDA REGULADA. Entramos no menu principal do sistema. No Menu Principal, clicamos em Agendamento Buscando VAGAS No Menu lateral, clicamos em Agenda / Agendamento. Na tela de Agendamento preenchemos os critérios de busca para localizar uma vaga. Os campos com asteriscos (*) são de preenchimento obrigatório. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 4

5 Para todo agendamento realizado, o sistema atribui um Código, que fica gravado no comprovante de agendamento do paciente. Quando queremos localizar um determinado agendamento que já foi realizado, podemos pesquisar pelo campo Nro. do Agendamento. Selecionamos agenda Regulada, que é a agenda das vagas disponibilizadas pelas Unidades Executantes. Informamos: O Status da vaga: No caso, estamos procurando vagas livres. Período no qual queremos visualizar as vagas. Podemos pesquisar pela Hora, ou seja, pelo horário das vagas. Tipo de Atendimento: Primeira Vez, Retorno ou Reserva técnica, a visualização do tipo depende do tipo de unidade logada no sistema: Unidades Executantes, solicitante, Regulação Procedimento: Campo obrigatório na Agenda Regulada Especialidade: Campo obrigatório na Agenda Regulada. Podemos selecionar também a Unidade Executante, ou seja, de qual Unidade de Saúde queremos visualizar as vagas. Marcamos a caixa de seleção dos Dias da Semana que queremos visualizar as vagas. Se quisermos visualizar as vagas já preenchidas para um determinado paciente, informamos o Número do Cartão dele. Depois de definir os critérios de busca, clicamos no botão Consultar. A tela abaixo mostra o resultado da busca de vagas livres. O sistema traz todas as vagas livres da Região. O sistema mostra a agenda, de acordo com os critérios especificados. As vagas vêm listadas em ordem crescente pelo dia e horário. Se forem muitos registros, navegamos pelas páginas usando os botões de navegação 3 e 4. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 5

6 Se quisermos vagas somente de uma determinada Unidade Executante usamos o filtro de pesquisa Unidade Executante na tela de busca Realizando o agendando Com as opções de vagas livres na tela selecionamos uma vaga disponível e clicamos no link (novo) ou no botão Agendar no final da página. A vaga selecionada fica reservada para a Unidade por 15 minutos. Se o agendamento não for completado nesse período, o sistema libera a vaga. Se a vaga selecionada já estiver sendo preenchida por outra Unidade Solicitante, no alto da página aparece um aviso em vermelho: Essa vaga já está em uso por outra estação. Nesse caso, selecionamos outra vaga e clicamos no link (novo). Ao clicar no link (novo) o sistema trará a tela Pesquisa de Usuário. Clicamos na lupa ao lado do campo Número do Cartão. A pesquisa recomendada é pelo nome completo e data de nascimento, pois os outros dados poderão estar em branco no cadastro do paciente. Temos a opção de utilizar a leitora de código de barras ou digitarmos o nome e data de nascimento Clicamos no botão Consultar. Selecionamos o paciente que queremos agendar e clicamos no botão Selecionar. Se o cadastro desse paciente estiver incompleto, o sistema traz uma mensagem: Trazer documentos para preenchimento dos dados. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 6

7 A tela de agendamento é carregada com os dados de cadastro do usuário pesquisado. Completamos o campo Profissional Solicitante, quem solicitou o agendamento ou quem autorizou o agendamento fazendo a busca na e selecionando o Profissional da base de cadastro. Clicamos no botão Confirmar O preenchimento do CID com a Hipótese Diagnóstica do Paciente é obrigatório para realizar o agendamento regulado. Clicamos na lupa de pesquisa do CID, informamos o Código do CID ou Nome do CID e clicamos no botão Consultar. Selecionamos o CID correspondente e clicamos no botão Confirmar. Retornando à tela principal, clicamos no botão Adicionar. Clicamos no botão Gravar. O sistema informa: O agendamento foi realizado com sucesso! e apresenta três botões: Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 7

8 Se o paciente precisar agendar uma consulta de outra especialidade ou outro procedimento, clicamos no botão Agenda Outros Procedimentos. O sistema mostra a tela de busca de vagas; preenchemos os campos que obedecem aos critérios da vaga que desejamos encontrar e clicamos no botão Consultar. Selecionamos uma vaga disponível e clicamos no link (novo) ou no botão Agendar no final da página. Ao abrir a tela do agendamento, os dados do paciente já vêm preenchidos. Seguimos o passo a passo agendando um usuário novamente Imprimindo o comprovante de agendamento clique em Comprovante de Agendamento OBSERVAÇÕES: As Unidades Solicitantes só podem agendar consultas de Primeira Vez. As Unidades Executantes agendam Primeira Vez ou Retorno. Somente o Regulador pode agendar consulta nos horários de Reserva Técnica. As vagas não utilizadas são disponibilizadas como Vagas de Reaproveitamento para serem utilizadas por qualquer Unidade por um período pré-configurado no sistema. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 8

9 2.4. Visualizando CONSULTAS AGENDADAS Para visualizar as consultas agendadas, selecionamos o Status da vaga: Ocupada e clicamos no botão Consultar. Podemos consultar vagas ocupadas de Primeira Vez, Retorno ou Reserva Técnica. O sistema mostra, na última coluna, o nome da Unidade Executante e o nome da Unidade que agendou a consulta. Se a consulta foi agendada pelo Regulador Regional, o sistema mostra entre parênteses qual a Unidade Reguladora responsável pelo agendamento. Para visualizar os dados completos do paciente, clicamos no link do nome do paciente. Para visualizar o nome do profissional que marcou a consulta clicamos no sinal de, ao lado do nome do paciente Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 9

10 3. APRENDENDO A USAR OS BOTÕES DA TELA DE AGENDAMENTO Consultar Agendamento Esta consulta é para vagas ocupadas. Selecionamos o agendamento e clicamos no botão Consultar Agendamento. O Sistema traz a tela com informações referentes ao agendamento. Esta funcionalidade não permite alteração no agendamento, é apenas uma simples consulta. Clicamos no botão Voltar e retornamos à Agenda. Emissão de 2a.via do comprovante de agendamento Selecionamos o usuário e clicamos no botão Emitir comprovante agendamento. O sistema abre uma janela com a visualização do comprovante de agendamento, e abre também a janela de impressão. Basta clicarmos no botão Imprimir. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 10

11 Cancelamento de agendamento Buscamos as vagas ocupadas e selecionamos o usuário a ser cancelado. Clicamos no botão Cancelar Agendamento. Selecionamos o Motivo do cancelamento. É obrigatório o preenchimento deste campo. Clicamos no botão Confirmar. A vaga estará disponível para outro agendamento. Remarcar agendamento A consulta poderá ser remarcada para a agenda de um outro profissional, desde que seja da mesma especialidade e seja para o mesmo procedimento. Buscamos o usuário agendado: Tela Agenda/Agendamento e selecionamos vagas ocupadas e informamos o período de agendamento ou buscamos o agendamento informando o nome do paciente. Selecionamos o agendamento(usuário a ser remarcado) e clicamos no botão Origem ou Remarcar Agendamento; O agendamento que selecionamos é levado para o final da página, abaixo do botão Origem. Fazemos uma consulta da agenda procurando por um horário Livre: rolamos o cursor para o topo da pagina e selecionamos o Status Livre das vagas, informamos o período desejado. O sistema trará as vagas livres do período selecionado Selecionamos um horário em livre, e clicamos no botão Destino; O horário que selecionamos como destino também é levado para o final da página e não aparece o nome do paciente. Clicamos no botão Confirmar Remarcação. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 11

12 O horário em que a consulta estava marcada volta a ficar disponível, e o horário que selecionamos como destino fica com o status ocupado, com o nome do paciente. Se, após clicar no botão Destino, a vaga selecionada como destino não for copiada para o final da página, ocorreu algum erro na remarcação do paciente. Subimos até o início da página, e uma mensagem em vermelho explica o que impossibilitou a operação. Por exemplo: Visualizar histórico de vaga Selecionamos o agendamento e clicamos no botão Visualizar histórico de vaga. O Sistema traz a tela com informações referentes histórico da vaga. Clicamos no botão Voltar e retornamos à Agenda. Criar uma vaga Para agenda regulada este botão está desabilitado Confirmar presença Buscar as vagas ocupadas, preencher os campos obrigatórios. O sistema trará as vagas ocupadas. Selecionar o usuário e clicar em confirmar presença. Agendar Para realizar um agendamento temos duas opções : após busca de vagas livres clicar em novo ou selecionar a vaga e clicar em agendar. Os dois processos nos traz a pagina de agendamento. Alterar agendamento Para agenda regulada este botão está desabilitado. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 12

13 4. COMO RE-AGENDAR UM PACIENTE APÓS CANCELAMENTO DO AGENDAMENTO. No menu lateral, clicamos em Agenda / Encaminhamentos No menu lateral, clicamos em Agenda / Encaminhamentos Fazemos a busca de vagas canceladas informando a especialidade, o período e demais filtros. O sistema já trará preenchido a unidade logada. Selecionamos o usuário a ser reagendado. XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX A última coluna à direita mostra um sinal de. Ao clicar nele teremos as informações de endereço, telefone e idade do paciente. Essas informações são importantes para comunicar ao paciente que a consulta foi remarcada. Para reagendar selecionamos o usuário e clicamos no botão abaixo Remarcar agendamento. O sistema abre a tela de Agendamento e leva o usuário selecionado ao final da página. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 13

14 Buscamos os horários livres. O sistema já traz os critérios de busca preenchidos com as mesmas especificações do agendamento inicial. Selecionamos o horário desejado e clicamos no botão Destino. O horário que selecionamos como destino também é levado para o final da página sem o nome do paciente. Clicamos no botão Confirmar Remarcação. O horário que selecionamos como destino fica com o status ocupado, com o nome do paciente. 5. FILA DE ESPERA REGULADA 5.1. Enviando para a fila de espera regulada O sistema habilitará o botão enviar para fila de espera quando não encontrar vaga livre para agendamento. Clicando no botão Enviar para a Fila de Espera. O sistema trará a tela a seguir, encaminhar para fila de espera. Informamos os dados conforme solicitação. Os campos com (*) são obrigatórios. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 14

15 Buscamos o paciente Clicando na lupa ao lado do campo Número do Cartão. Selecionamos o paciente que queremos agendar e clicamos no botão Selecionar. O preenchimento do campo Profissional do Perfil da Agenda (como na figura abaixo) restringi o agendamento pelo regulador. O agendamento do paciente nestes casos só é possível para o profissional ou equipamento selecionado. O campo Profissional Solicitante é obrigatório. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 15

16 O Campo prioridade é obrigatório. O preenchimento dos campos Data Requerida, Hora Inicial Requerida, Hora Final Requerida e Unidade Executante Requerida pode restringir o agendamento. Só será possível agendar o paciente em vagas que obedeçam aos critérios informados. Se não encontrar, não será possível agendar o paciente, por exemplo, em outra data ou horário. É obrigatório o preenchimento do CID com a Hipótese Diagnóstica do Usuário. Fazemos a pesquisa informando o código ou o nome do CID. Clicamos no botão Consultar. Selecionamos o CID correspondente e clicamos no botão Confirmar. Retornando à tela principal, clicamos no botão Adicionar. Preenchidas todas as informações, enviamos para a fila de espera clicando no botão Gravar. O sistema volta para a tela do Agendamento e mostra uma mensagem de confirmação no alto da página Agendando a partir da fila de espera No menu lateral, clicamos em Fila de Espera / Consultar / Regulada Fazemos a pesquisa dos pacientes que estão na fila de espera informando os critérios de busca e clicamos no botão Consultar. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 16

17 Selecionamos o paciente clicamos no botão Agendar. O Sistema abre a tela do Agendamento, já com os critérios de busca preenchidos de acordo com os critérios informados quando enviamos o paciente para a Fila de Espera. Clicamos no botão Consultar. Selecionamos uma vaga disponível e clicamos no link (novo) ou no botão Agendar no final da página. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 17

18 Todos os campos para preenchimentos virão preenchidos: nome do paciente, nome do profissional para qual foi marcada a consulta, o nome do Profissional Solicitante e o CID. Clicamos no botão Gravar. O sistema emite a mensagem: O agendamento foi realizado com sucesso! e habilita dois botões: Emitir comprovante de agendamento e novo agendamento. 6. ENCAMINHAR PARA AVALIAÇÃO DO REGULADOR O sistema habilitará o botão encaminhar para avaliação do Regulador quando não encontrar vaga livre para agendamento.. O Sistema trará a tela abaixo ao Clicar no botão Enviar para Avaliação do Regulador Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 18

19 Buscamos o usuário a ser encaminhado para avaliação clicando na lupa ao lado do campo Número do Cartão. Passamos o cartão SUS na leitora de código de barras ou fazemos a pesquisa do paciente. Selecionamos o paciente que queremos encaminhar e clicamos no botão Selecionar. O preenchimento do campo Profissional do Perfil da Agenda (como na figura abaixo) pode restringir o agendamento pelo regulador. O Regulador só poderá agendar o paciente em vagas que obedeçam aos critérios informados. Se o profissional informado não tiver horário livre, não será possível agendar com outro profissional. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 19

20 Os campos com (*) são obrigatórios. Apesar de não ser obrigatório, o campo Justificativa é importante, pois é através da justificativa e do CID que o Regulador vai avaliar a prioridade do atendimento. O preenchimento dos campos Data Requerida, Hora Inicial Requerida, Hora Final Requerida e Unidade Executante Requerida pode restringir o agendamento. O Regulador só poderá agendar o paciente em vagas que obedeçam aos critérios informados. Se não encontrar, não será possível agendar o paciente, por exemplo, em outra data ou horário. É obrigatório o preenchimento do CID com a Hipótese Diagnóstica do Usuário. Depois de preenchidas as informações, enviamos a solicitação clicando no botão Gravar. O sistema volta para a tela do Agendamento e, no alto da página, informa: 7. CONSULTANDO OS ENCAMINHAMENTOS FEITOS PARA A REGULAÇÃO Essa funcionalidade serve para consultarmos o status de um paciente que enviamos para avaliação do Regulador Regional, isto é, se o paciente foi ou não agendado pelo Regulador. Esta funcionalidade deve ser utilizada diariamente pelas unidades que fizeram encaminhamentos para avaliação do regulador. No menu lateral, clicamos em Agenda / Encaminhamento. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 20

21 Podemos consultar os encaminhamentos pelos seguintes status: Agendados pela Regulação: o Regulador realizou o agendamento solicitado. A unidade solicitante deverá informar o paciente do local, data e horário da consulta Devolvido: o Regulador não agendou o paciente e não agendará por vários motivos e está devolvendo para a Unidade Solicitante. Pendente de Regulação Regional: o Regulador Regional ainda não realizou o agendamento. Pendente de Regulação Central: o Regulador Regional ainda não realizou o agendamento Status : Agendados pela regulação Informamos os critérios de busca e selecionamos o status Agendado pela Regulação e clicamos no botão Consultar. + A Data/Hora que aparece na primeira coluna é a Data em que o paciente foi encaminhado para a Regulação. Para saber em que data o Regulador fez o Agendamento, clicamos no sinal de + na última coluna. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 21

22 O Sistema mostra a data e o horário em que o paciente deverá comparecer à consulta, o nome do médico que irá atendê-lo, o nome da Unidade Marcadora, isto é, qual Regulação Regional fez o agendamento e o nome da Unidade Executante. Podemos imprimir clicando no botão Emitir Comprovante de Agendamento Status : Devolvido Informamos os critérios de busca e selecionamos o status Devolvido e clicamos no botão Consultar. O Sistema mostrará a data e o horário em que o paciente foi avaliado e devolvido Status: Pendente de regulação Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 22

23 Informamos os critérios de busca e selecionamos o status Pendente de Regulação Regional ou Pendente de Regulação Central e clicamos no botão Consultar. O Sistema mostrará somente os dados do paciente. Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 23

24 Secretaria Municipal da Saúde -SMS Agenda Regulada Unidades Solicitantes 24

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Agendamento Regulado Unidades Solicitantes Manual de Operação

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento

Atendimento WEB IAMSPE CEAMA v20120524.docx. Manual de Atendimento Manual de Atendimento ÍNDICE INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA)... 3 ACOMPANHAMENTO DE PEDIDO... 8 2 INCLUIR PEDIDO (SOLICITAÇÃO DE SENHA) Utilizado para solicitação de senha para procedimentos pré-autorizados.

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa AMG Manual de Operação Conteúdo 1. Sumário 3 2. Programa

Leia mais

Manual de Utilização e-rh para Servidor em Geral

Manual de Utilização e-rh para Servidor em Geral UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA UEPB PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS P.R.R.H Manual de Utilização e-rh para Servidor em Geral (Módulo Recadastramento) 1 SUMÁRIO 1. SEÇÃO - INFORMAÇÕES INICIAIS... 3 1.1.

Leia mais

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a

Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das. Lotacional, com o propósito de facilitar o controle mediante a Apresentação Novas formas de trabalhar estão se desenvolvendo a partir do uso das tecnologias de comunicação. A Diretoria de Material e Patrimônio vem disponibilizar o Manual de Gestão Patrimonial para

Leia mais

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas

Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas 2013 Cadastro de Usuários e Agendamento de Consultas Cris Podologia 1 Conteúdo 1) Cadastro... 3 2) Agendamento... 8 3) Atualização e Complemento do Cadastro... 13 a) Perfil... 15 b) Endereço... 15 4) Recuperação

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0)

Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária (SIS 1.0) Parte:Manual Atualização: OriginalPágina 1 Manual de Instalação e Utilização do Sistema Integrado de Secretária () Instalação Se houver alguma versão do FireBird Instalada na máquina desinstale antes de

Leia mais

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC

e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC e-sus Atenção Básica Manual de Utilização do Sistema Prontuário Eletrônico do Cidadão - PEC PERFIL ENFERMEIRO Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ORIENTAÇÕES GERAIS... 4 3. CIDADÃO... 6 3.1 Visualizar prontuário...

Leia mais

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS

AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas SISTEMA AGHOS Versão 01.2011 ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 1. O SISTEMA...4 1.1 Acesso ao Sistema AGHOS:...4 1.2 Teclas de funções do Sistema:...5 1.3

Leia mais

Manual de Procedimentos. Acesso pelo Produtor -AGRODEFESA- GTI-

Manual de Procedimentos. Acesso pelo Produtor -AGRODEFESA- GTI- Manual de Procedimentos Acesso pelo Produtor -AGRODEFESA- GTI- 1 Sumário SUMÁRIO... 2 1. SISTEMA DE DEFESA AGROPECUÁRIA DE GOIÁS (SIDAGO)... 3 1.1. Endereço de Acesso... 3 1.2. Criação de Login e Senha

Leia mais

SISTEMA AGHOS. Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas

SISTEMA AGHOS. Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas AGHOS - GESTÃO E REGULAÇÃO ASSISTENCIAL E FINANCEIRA DE SAÚDE MÓDULO DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL DE CONSULTAS ESPECIALIZADAS ESPECIALIZADAS Manual de Regulação Ambulatorial de Consultas Especializadas SISTEMA

Leia mais

Sistema Integrado de Atendimento

Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento Sistema Integrado de Atendimento. Um sistema moderno, completo e abrangente que modifica a realidade do atendimento de sua empresa, proporcionando maior segurança na tomada

Leia mais

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Sobre o site... 2 Segurança -Trocar Senha... 4 Segurança Cadastrarusuários... 5 Configurações Preços... 6 Configurações Dados de Contato... 7 Configurações Assinatura

Leia mais

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa

Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Passo-a-passo Oi Torpedo Empresa Índice Logando no Oi Torpedo Empresa...2 Termo de Adesão ao Serviço...5 Página de Entrada no Oi Torpedo Empresa...6 Cadastramento de Usuário (Funcionalidade Somente Disponível

Leia mais

Manual Portal da Empresa

Manual Portal da Empresa Manual Portal da Empresa 1. INTRODUÇÃO... 3 2. COMO ACESSAR O PORTAL DA EMPRESA... 4 3. COMO OBTER UM LOGIN DE ACESSO... 4 4. COMO RESGATAR SENHA... 5 5. COMO INFORMAR UMA ADMISSÃO... 5 6. COMO VISUALIZAR

Leia mais

1 PASSO Acesse o link: http://www.siapec.emdagro.se.gov.br/siapecest/. Abrirá a tela de login a seguir:

1 PASSO Acesse o link: http://www.siapec.emdagro.se.gov.br/siapecest/. Abrirá a tela de login a seguir: MANUAL DE EMISSÃO DE e-gta PELO PRODUTOR Caro Produtor, para acessar o SIAPEC primeiro é necessário que você tenha o Nº do seu CPF e uma senha cadastrada no sistema. O cadastro é feito pelo órgão de defesa.

Leia mais

CONVÊNIO TJ-SC 10/2014

CONVÊNIO TJ-SC 10/2014 1 CONVÊNIO TJ-SC 10/2014 Sumário Acesso à aplicação... 3 Termo de Uso do Sistema... 3 Alteração de Senha... 3 Consultas Cadastrais e de crédito... 4 Histórico de Alterações Cadastrais... 4 Declarações/Jurídico...

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line

Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso Supervisão de Informática Departamento de Desenvolvimento Sistema Declaração On Line. Declaração On Line Declaração On Line Manual de Apoio à Utilização do Sistema Manual do Usuário Versão 1.0 INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICANDO-SE NO SISTEMA... 4 EM CASO DE ESQUECIMENTO DA SENHA... 5 ALTERANDO A SENHA DE ACESSO

Leia mais

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado

SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado SIGA Sistema de Gestão de Almoxarifado Como acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Clicar no Link destacado e será exibida a tela de login do Guardião.

Leia mais

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras

SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço. Passo a Passo Gestor de Compras SRP Sistema de Controle de Ata de Registro de Preço Passo a Passo Gestor de Compras Como acessar Como Acessar O acesso ao Sistema se faz através da página da SEPLAG Clicando no Link destacado Como Acessar

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED Sistema Obras Online Módulo Pedido Julho - 2013 Secretaria da Educação do Paraná Av. Água Verde, 2140 - Vila Isabel 80240-900 - Curitiba - PR 41 3340-1500 e Superintendência

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS. ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI

MANUAL DO USUÁRIO. SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS. ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI MANUAL DO USUÁRIO SISPASS Gestão de Criadores de Passeriformes Silvestres SISPASS ANILHAS CAPRI Sistema de Pedidos de Anilha CAPRI IBAMA INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVAVÉIS

Leia mais

Manual de Orientação GCT Gestão de Contratação. Secretaria de Estado da Fazenda Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão Versão 0.

Manual de Orientação GCT Gestão de Contratação. Secretaria de Estado da Fazenda Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão Versão 0. Manual de Orientação GCT Gestão de Contratação Versão 0.1 SUMÁRIO 1. CATÁLOGO DE MATERIAIS E SERVIÇOS...3 1.1. CONSULTA AO CATÁLOGO POR DIGITAÇÃO...5 1.2. CONSULTA AO CATÁLOGO POR LISTAGEM...8 2. CATÁLOGO

Leia mais

Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T. Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS

Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T. Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS Ministério da Saúde Manual de utilização do Sistema de Informação em Ciência e Tecnologia - SISC&T Perfil: consultor ad-hoc Avaliação do projeto PPSUS Brasília, 28 de abril de 2009 Índice: Informações

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO AMBIENTAL SIGAM MANUAL REQUERIMENTO ON LINE 2009 Fundação Instituto de Administração FIA Página Inicial Ao acessar a tela inicial, clique sobre a frase: Inicie o Requerimento

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO

MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE EMISSÃO DE PARECER TÉCNICO CADASTRO NO SISTEMA 1 INÍCIO Para dar início ao cadastro de solicitação, digite o número do CNPJ da

Leia mais

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008.

Manual. Cadastro de Usuários. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. www.anvisa.gov.br Brasília, 27 de fevereiro de 2008. ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária Manual Cadastro de Usuários Gerência-Geral de Gestão de Tecnologia da Informação Gerência de Desenvolvimento de Sistemas www.anvisa.gov.br Brasília, 27

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO SIEF SISTEMA DE ESPAÇO FÍSICO MANUAL DO USUÁRIO Vrs. 2.1 UFMT / SETEMBRO / 2010 SUMÁRIO Sumário... 1 1 - OBJETIVOS

Leia mais

COINF. Roteiro de Treinamento 0800Net. Versões e Revisões deste Documento. Índice. 1. Nome do Projeto. 2. Roteiro. Roteiro Treinamento Solicitante

COINF. Roteiro de Treinamento 0800Net. Versões e Revisões deste Documento. Índice. 1. Nome do Projeto. 2. Roteiro. Roteiro Treinamento Solicitante Versões e Revisões deste Documento Data Comentário FEV/2009 Roteiro Treinamento Solicitante Autor Índice 1. Nome do Projeto...1 2. Roteiro...1 Entrando no sistema...1 Menu de Opções Meu Cadastro...2 Tela

Leia mais

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5

MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 MANUAL DE GABINETES SAJ/SG5 Seção de Implantação de Sistemas Divisão de Sistemas Judiciais de Segundo Grau Diretoria de Tecnologia da Informação DTI/TJSC suporte: saj2grau@tjsc.jus.br Índice: Página 1.

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo:

GUIA DE ORIENTAÇÃO. 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: GUIA DE ORIENTAÇÃO 1- Para acessar o sistema é necessário seguir os passos abaixo: 1.1 - ACESSAR O SITE DA PREFEITURA: 1.2 - CLICAR NA OPÇÃO: SERVIÇOS >> NOTA FISCAAL ELETRÔNICA 1.3 - Aguarde carregar

Leia mais

Guia Rápido ClaireAssist

Guia Rápido ClaireAssist Guia Rápido ClaireAssist Informações do Evento Nossa equipe de Operações enviará por email todos os dados para o evento. Você receberá dois numeros de acesso, um para moderador e outro para os participantes,

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL. Portal Wissen

PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL. Portal Wissen PORTAL WISSEN OPERADORA 2011 GUIA PRÁTICO OPERACIONAL Portal Wissen Onde encontro? INTRODUÇÃO...3 Acessando o Sistema...4 Pagina Inicial do sistema...5 FUNCIONAMENTO DO SISTEMA...6 Iniciando um File (Compra

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Julho -2012 Conteúdo Sumário... 2... 3 Consultar Registros... 4 Realizar Atendimento... 9 Adicionar Procedimento... 11 Não Atendimento... 15 Novo Atendimento... 16 Relatórios Dados Estatísticos...

Leia mais

TUTORIAL PARA O TUTOR VALIDAR BOLSA DE SUPERVISOR

TUTORIAL PARA O TUTOR VALIDAR BOLSA DE SUPERVISOR PROJETO MAIS MÉDICOS PARA O BRASIL TUTORIAL PARA O TUTOR VALIDAR BOLSA DE SUPERVISOR Brasília/DF, 17 de novembro de 2015. 1 APRESENTAÇÃO Prezado (a) Tutor (a) participante do PROJETO MAIS MÉDICO PARA O

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE MENSAGERIA EXPRESSA DOS CORREIOS

MANUAL DO SISTEMA DE MENSAGERIA EXPRESSA DOS CORREIOS VIG: XX.XX.XXXX 1 MANUAL DO SISTEMA DE MENSAGERIA 1 ACESSO 1.1 Digitar na barra de endereço: https://apps.correios.com.br/simex e realizar o login com o nome de usuário e senha enviados. 2 PREPARAR POSTAGEM

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Instrução de Trabalho Registro de chamado no sistema OCOMON

Instrução de Trabalho Registro de chamado no sistema OCOMON Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário criticamente por 1. OBJETIVOS Orientar os atendentes que usam o sistema de controle e registro de ocorrências

Leia mais

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes

CeC. Cadastro Eletrônico de Contribuintes CeC Cadastro Eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Usuário Externo Março/2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Objetivos... 3 3. Solicitação de CeC... 4 3.1. Cadastro de pessoas físicas... 5 3.1.1. Cadastro

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.0

Manual SAGe Versão 1.0 Manual SAGe Versão 1.0 Emissão de Parecer de Assessoria (após a versão 12.14.00) Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Recebimento do e-mail de solicitação de parecer... 3 3. Operações no sistema SAGe... 4 3.1

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015

Passo a Passo para Rematrícula Online 2015 1. Entrar no site do Colégio: www.riobranco.org.br a) Digitar o Login, que é o número da Matrícula do Aluno (Seta 1) Dica: O número da matrícula pode ser localizado na carteirinha, boletim do aluno, ou

Leia mais

SERVIÇOS REQUERIMENTO

SERVIÇOS REQUERIMENTO Certidão e Reimpressão de Documentos 1 / 17 todos os direitos reservados. ÍNDICE Introdução... 3 Acesso Restrito... 4 Cadastro... 4 Serviços Requerimento... 6 Certidão Web... 7 Certidão Simplificada...

Leia mais

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno

Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Portal de Aprendizado Tutorial do Aluno Índice 1 Acessando o Portal... 2 1.1 Verificação do Browser... 2 1.2 Entre em contato... 3 1.3 Portal Autenticado... 5 2 Meus Cursos... 6 2.1 Matriculando-se em

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE

1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE 2 1 ACESSO PARA SECRETÁRIA... 4 2 - CONFIGURAR HORÁRIOS DE ATENDIMENTO... 4 2.1 BLOQUEANDO E HABILITANDO HORÁRIOS... 5 3 PRÉ-DEFININDO PARÂMETROS DE ATENDIMENTO... 6 4 - A TELA AGENDA... 7 4.1 - TIPOS

Leia mais

Passos para se inscrever no processo seletivo referente ao edital EDITAL Nº. 17/2014/NUPE/UFTM DE 24 DE JULHO DE 2014. Turma 2015.

Passos para se inscrever no processo seletivo referente ao edital EDITAL Nº. 17/2014/NUPE/UFTM DE 24 DE JULHO DE 2014. Turma 2015. Passos para se inscrever no processo seletivo referente ao edital EDITAL Nº. 17/2014/NUPE/UFTM DE 24 DE JULHO DE 2014 Turma 2015. Inicialmente será necessário se cadastrar (Criar Usuário) no sistema, para

Leia mais

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI

Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Documentação de Sistemas Gestão Unificada de Recursos Institucionais GURI Módulo de Protocolo Versão 1.17.0 Última revisão: 26/11/2015 2015 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos

Leia mais

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO

GUIA DO PORTAL MAXIPAGO GUIA DO PORTAL MAXIPAGO Versão 1.1.1 Sumário 1. Introdução... 4 2. Glossário... 5 3. Acesso ao Portal... 6 4. Mudando o Idioma do Portal... 6 5. Utilizando as Credenciais de Teste para Acesso ao Portal...

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB

MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB MANUAL OPERACIONAL DE AUTORIZAÇÃO VIA WEB Fortaleza 2014 Pag:1 GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ Governador Cid Ferreira Gomes Vice Governador Domigos Gomes de Aguiar Filho SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

Leia mais

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO. 07 4 PROTOCOLOS PENDENTES. 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO

ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO. 04 2 ACESSO. 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO. 07 4 PROTOCOLOS PENDENTES. 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO. 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 04 2 ACESSO... 05 3 CONSULTA DE PROTOCOLO... 07 4 PROTOCOLOS PENDENTES... 08 5 CONFIRMAÇÃO DE RECEBIMENTO... 09 6 ANDAMENTO DE PROTOCOLO... 10 1 INTRODUÇÃO SISTEMA DE CONTROLE DE

Leia mais

Manual Operacional SIGA

Manual Operacional SIGA SMS - ATTI Maio -2013 Conteúdo Sumário... 2 PPD -IPD... 3 Adicionar Paciente... 4 Laudo Médico... 6 Avaliação do Enfermeiro... 11 Visita Domiciliar... 14 Dados do Paciente no Programa... 16 Histórico do

Leia mais

Manual de Inclusão e Exclusão de Disciplinas Online

Manual de Inclusão e Exclusão de Disciplinas Online Apresentação Este manual apresenta o processo de inclusão e exclusão de disciplinas que o aluno poderá realizar através do Espaço do Aluno. Inclusão/Exclusão Durante todo processo o aluno poderá alterar

Leia mais

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas

Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares Locais, Tradicionais e Crioulas Ministério do Desenvolvimento Agrário Secretaria da Agricultura Familiar Departamento de Financiamento e Proteção da Produção Seguro da Agricultura Familiar Manual do Sistema de Cadastro de Cultivares

Leia mais

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br

TUTORIAL PMS CARD. Acesse o site: www.pmscard.com.br TUTORIAL PMS CARD Acesse o site: www.pmscard.com.br FAÇA O LOGIN Para fazer o login digite o seu e-mail e senha e clique em entrar. SELECIONE A EMPRESA Selecione a empresa na qual deseja utilizar clicando

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Usuário Anônimo CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Usuário Anônimo Versão 1.2 13/10/2010 Sumário Apresentação... 3 Objetivo... 3 1. Solicitação de CeC... 4 1.1. Cadastro de Pessoas Físicas... 6 1.1.1 Cadastro de

Leia mais

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS

Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Manual de Operacionalização do Módulo de Prestação de Contas PCS Versão Fevereiro/2013 Índice PCS - Módulo de Prestação de Contas...3 Acesso ao Módulo PCS...3 1. Contas financeiras...5 1.1. Cadastro de

Leia mais

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e

Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO - SEA Sistema de Gestão de Protocolo Eletrônico Cadastro de Usuário e/ou Troca de Lotação no SGP-e Apresentação Este documento tem como objetivo auxiliar os usuários

Leia mais

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2

Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Monitor de Comercialização - Proponente MT-212-00056-2 Última Atualização: 08/01/2015 Índice I Como acessar um Leilão II Informações básicas III Anexos IV Painel de Lances V Envio de Lances VI Prorrogação

Leia mais

INFORME TÉCNICO Nº 04: INSTRUÇÕES PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO MÓDULO GRUPO GESTOR DO SISTEMA BPC NA ESCOLA

INFORME TÉCNICO Nº 04: INSTRUÇÕES PARA OPERACIONALIZAÇÃO DO MÓDULO GRUPO GESTOR DO SISTEMA BPC NA ESCOLA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME SECRETARIA NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO DE BENEFICIÁRIOS INFORME TÉCNICO

Leia mais

Tutorial WEB Soluço es Click.

Tutorial WEB Soluço es Click. Tutorial WEB Soluço es Click. Sumário Sumário... 1 1. Acesso ao site:... 2 2. Login:... 3 3. Página Principal:... 4 4. Navegando sobre o menu:... 4 5. Opção Chamado:... 5 5.1 Tela de Chamados:... 6 5.1.1

Leia mais

INSCRIÇÃO ON- LINE REVEZAMENTOS A PARTIR DE 2015 INDICADO PARA TÉCNICOS

INSCRIÇÃO ON- LINE REVEZAMENTOS A PARTIR DE 2015 INDICADO PARA TÉCNICOS INSCRIÇÃO ON- LINE REVEZAMENTOS A PARTIR DE 2015 INDICADO PARA TÉCNICOS 2015 ABMN Escrito por Julian Romero jromero@abmn.org.br Revisão: 8 March 2015 CARACTERÍSTICAS DO SISTEMA O ACESSO É ATRAVÉS DE LOGIN

Leia mais

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO

MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO MANUAL DATAPRONERA INSTRUÇÕES DE USO Versão 1.0 - Preliminar Setembro / 2012 Índice ACESSO AO DATAPRONERA... 3 Navegadores Compatíveis... 3 LOGIN NO DATAPRONERA... 3 CADASTROS... 4 Pessoa Física... 4 CURSOS...

Leia mais

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC

CeC. Cadastro eletrônico de Contribuintes. Manual CeC CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Manual CeC Atualizado em 21/02/2013 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Orientações para Cadastramento com Certificado Digital no sistema de Visualização de Autos do TST

Orientações para Cadastramento com Certificado Digital no sistema de Visualização de Autos do TST Secretaria de Tecnologia da Informação Coordenadoria de Suporte Técnico aos Usuários no sistema de Visualização de Autos do TST (Versão 1.0 Atualizado em 20/02/2015) Orientações para Cadastramento com

Leia mais

Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta

Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta Manual de Operação do CADSUS WEB Modo Consulta Agosto/2014 Sumário Sistema CADSUS WEB... 3 Orientações para Navegadores... 4 Acesso ao Sistema... 4 Página para Consulta... 5 Alteração de senha... 7 Perda

Leia mais

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas:

As pessoas jurídicas deverão promover a solicitação de mais de um cadastramento. O qual deverá ser realizado em duas etapas: CeC Cadastro eletrônico de Contribuintes Versão 1.0 Atualizado em 16/01/2012 APRESENTAÇÃO Este manual apresenta a estrutura e a forma de utilização do módulo Cadastro eletrônico de Contribuintes CeC, o

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15

MANUAL. Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE. Versão 2.2.15 MANUAL Certificado de Origem Digital PERFIL ENTIDADE Versão 2.2.15 Sumário 1. Inicializando no sistema... 4 2. Perfil de Emissores do Sistema... 4 3. Analisando os certificados emitidos... 5 3.1. Certificados

Leia mais

Intercâmbio Eletrônico Manual Detalhado Consulta TISS

Intercâmbio Eletrônico Manual Detalhado Consulta TISS Intercâmbio Eletrônico Manual Detalhado Consulta TISS 1. Objetivos Melhorar a comunicação das solicitações de autorizações através do WAC (Portal Unimed) para atendimentos de beneficiários de outras Unimeds,

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1

Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente. Versão 1.1 Ajuda On-line - Sistema de Relacionamento com o Cliente Versão 1.1 Sumário Sistema de Relacionamento com Cliente 3 1 Introdução... ao Ambiente do Sistema 4 Acessando... o Sistema 4 Sobre a Tela... do Sistema

Leia mais

FALE CONOSCO TUTORIAL

FALE CONOSCO TUTORIAL FLE CONOSCO TUTORIL Índice 1. Como acessar a ferramenta... 2 Figura 1 Link de acesso para a ferramenta Fale Conosco... 2 Figura 2 cesso ao Fale Conosco... 3 Figura 4 Esqueci minha senha... 4 Figura 5 Tela

Leia mais

* COMO ACESSAR O SISTEMA?

* COMO ACESSAR O SISTEMA? * OBJETIVO: Possibilitar que os usuários autorizados da SEDUC PA, cadastrem processos e/ou documentos acompanhando o andamento dos mesmos até a sua finalização ou cancelamento. Através deste módulo haverá

Leia mais

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro

COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro COMO SOLICITAR O CADASTRO DE UM ITEM SSA Central de Cadastro Índice 1. Fluxo de Solicitação 2. Acesso ao Aplicativo 3. Alteração de Senha 4. Opções do Menu 5. Pesquisar um item já existente 6. Como criar

Leia mais

idcorreios idcorreios Segurança de Acesso ao Portal dos Correios

idcorreios idcorreios Segurança de Acesso ao Portal dos Correios 1 Segurança de Acesso ao Portal dos Correios MANUAL DO USUÁRIO 2015 2 Apresentação: O é um mecanismo de autenticação e autorização única de usuários para acesso ao Portal Correios e seus serviços. O serviço

Leia mais

DHL IMPORT EXPRESS ONLINE

DHL IMPORT EXPRESS ONLINE DHL IMPORT EXPRESS ONLINE GuIa DE usuário RaPIDaMENTE VOCÊ PODE PREPaR E CONTROLaR SuaS REMESSaS COM TODOS OS DETaLHES E VISIBILIDaDE DO ENVIO COM a FERRaMENTa DHL IMPORT EXPRESS. DHL IMPORT EXPRESS é

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR MANUAL DO USUÁRIO PORTAL DO PROFESSOR ACESSANDO O PORTAL DO PROFESSOR Para acessar o portal do professor, acesse o endereço que você recebeu através da instituição de ensino ou acesse diretamente o endereço:

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO USO DE SERVIÇOS DISPONIVEIS NO SITE DA ALIANÇA ADMINISTRADORA

MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO USO DE SERVIÇOS DISPONIVEIS NO SITE DA ALIANÇA ADMINISTRADORA MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO USO DE SERVIÇOS DISPONIVEIS NO SITE DA ALIANÇA ADMINISTRADORA SERVIÇOS AO CLIENTE DISPONIVÉIS NO SITE Este material serve para orientar os parceiros da Aliança sobre os serviços

Leia mais

Portal do Fornecedor ANGELONI. Manual do usuário. (versão 1.1)

Portal do Fornecedor ANGELONI. Manual do usuário. (versão 1.1) Portal do Fornecedor ANGELONI Manual do usuário (versão 1.1) 1. Objetivo Este manual explica como funciona o Portal do Fornecedor ANGELONI. Todos os procedimentos para visualizar pedidos, gerar e enviar

Leia mais

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário

Manual do Usuário do Produto EmiteNF-e. Manual do Usuário Manual do Usuário Produto: EmiteNF-e Versão: 1.2 Índice 1. Introdução... 2 2. Acesso ao EmiteNF-e... 2 3. Configurações Gerais... 4 3.1 Gerenciamento de Usuários... 4 3.2 Verificação de Disponibilidade

Leia mais

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF

Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car. Operações via POS/TEF Manual de Treinamento Serviços de Manutenção Ticket Car Operações via POS/TEF Cartão Ticket Car CIU - Cartão de Identificação do Usuário ÍNDICE Operações com o Cartão Ticket Car... 04 POS Ticket Car :

Leia mais

Manual do Fornecedor Versão 7.3.1.0

Manual do Fornecedor Versão 7.3.1.0 Manual do Fornecedor Versão 7.3.1.0 Utilidades e Suporte REQUISITOS MÍNIMOSM Máquina com Processador 1 Núcleo, N 1 GHZ,, 2GB Memória. Link Internet: Mínimo: M 1Mbps. CONFIGURAÇÕES O Navegador precisa estar

Leia mais

Manual do Módulo de PC Online

Manual do Módulo de PC Online do Módulo de PC Online Agilis Conteúdo Introdução... 4 Acesso à Funcionalidade... 5 1. Internet Explorer 6.x... 7 2. Internet Explorer 7.x... 9 3. Netscape Navigator 7.x... 10 4. Netscape Navigator 7.2x...

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE EAD (Educação a Distância) ÍNDICE FORMAS DE ACESSO AO AMBIENTE EAD... 2 O AMBIENTE EAD... 2 TERMO DE COMPROMISSO... 3 CONHECENDO A HOME PAGE DO TREINAMENTO EAD... 3 ETAPAS

Leia mais

Manual do Usuário. Consultor. Versão 2.3

Manual do Usuário. Consultor. Versão 2.3 Manual do Usuário Consultor Versão 2.3 1 Essa é a tela de login do Sistema de Atendimento Online, clique aqui para acessar o site e siga o passo-apasso abaixo. Se esse é o seu primeiro acesso, clique em

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000.

MANUAL DO USUÁRIO. Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. MANUAL DO USUÁRIO Primeiramente deve-se digitar o login e senha de acesso para acessar o Jurídico 2000. O Jurídico 2000 exibe o cadastro de Processos assim que é inicializado. A partir dessa tela você

Leia mais

UnionWeb Condominium

UnionWeb Condominium UnionWeb Condominium Esse manual contém explicações técnicas de configuração e manutenção administrativa. Não deve ser repassado para moradores, é para utilização da Administradora ou responsável para

Leia mais

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE

MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE MANUAL DE ACESSO AO MYSUITE A Ferramenta de Atendimento Online MySuite é a nova forma de atendimento utilizada pela Gerpos. Por meio dela, é possível solicitar atendimentos do Suporte Técnico e de outros

Leia mais

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site.

Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Orientações para os procedimentos de cadastro e inscrição em nosso site. Atenção: Os dados que aparecem nas imagens abaixo, são meramente ilustrativos, naturalmente os dados que devem ser visualizados,

Leia mais

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações

Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Nota Fiscal Cidadã Manual do Registro de Reclamações Versão 6 Objetivo do Manual Orientar sobre os procedimentos necessários para comunicação à SEFA da ocorrência de infrações à legislação do Programa

Leia mais

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação

WEB COLABORADOR. Envio e Recebimento de arquivos de consignação TUTORIAL Envio e Recebimento de arquivos de consignação Para acessar o Web Colaborador e transferir arquivos de consignação, entre com os dados de CNPJ, usuário e senha, nos campos correspondentes. Regras

Leia mais

Manual de Utilização do PDV Klavix

Manual de Utilização do PDV Klavix Manual de Utilização do PDV Klavix Página 1/20 Instalando a partir do CD Se você recebeu um CD de instalação, rode o programa Instalador que se encontra no raiz do seu CD. Ele vai criar a pasta c:\loureiro

Leia mais