CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A"

Transcrição

1 Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 019/2007. Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO PPOSTA COMERCIAL. Recorrente: ELEACRE ENGENHARIA LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia S/A CEN, formalmente designada por meio da RES- 120/2007, julga e responde ao Recurso Administrativo interposto tempestivamente, pela Licitante Eleacre Engenharia Ltda, com fulcro na Lei 8.666/93, Art. 109, 4º, e demais dispositivos aplicáveis, nos termos a seguir aduzidos: I - DO RECURSO E DAS ALEGAÇÕES Trata-se de recurso administrativo interposto nos termos da alínea b Inciso I, do Art. 109 da Lei 8.666/93, onde a autora, após identificar-se, citar texto da legislação, alega resumidamente que: 1. a firma possui um nome dentro do ramo de engenharia civil, elétrica e mecânica, não existindo qualquer fato que desabone sua conduta ou de seus sócios; 2. a Recorrente possui sede na cidade de Rio Branco/AC, estando dessa forma dentro da base territorial diversa da regulada pelo citado SINTELPES; 3. as normas e convenções firmadas pelo SINTELPES, dento do ponto de vista legal, não podem ser impostas à empresa recorrente, uma vez que a mesma não é filiada a tal entidade e nem poderia sê-lo, dado a sua natureza e a dos serviços prestados pela mesma; 4. a Eleacre Engenharia Ltda é pertencente à base territorial do SINDUSCON/ACRE, e assim é a tal entidade ligada, estando em estrito cumprimento com as normas trabalhista acordadas com o Sindicato representativo de seus empregados; 5. as normas referente ao direito de associação não são de direito administrativo, mas de direito constitucional e, portanto, não existe discricionariedade para a Administração Pública estabelecer, no caso concreto, regras especificas acerca de tais assuntos; 6. não existe disposição legal que obrigue a empresa Recorrente a filiar-se ao SINTELPES ou a qualquer outra entidade. A Comissão de licitação não tem poderes para obrigar a empresa a filiar-se ao SINTELPES ou a qualquer outra entidade; CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 1/8

2 7. o SINTELPES tem legitimidade para representar somente a seus filiados e da mesma forma suas disposições somente a estes se impõe; 8. a legislação constitucional e infraconstitucional claramente determina que as cláusulas das normas coletivas são aplicáveis somente no âmbito das entidades signatárias. 9. o SINDUSCON/ACRE, ao qual a empresa Recorrente é filiada, em momento algum celebrou convenção com o SINTELPES, de forma que é impossível juridicamente que se tenha a Recorrente como obrigada a cumprir determinações contidas em convenção celebrada por entidade à qual não pertence; 10. tal fato agrava quando se tem como condição de participação em processo licitatório tal exigência, ferindo normas e princípios inerentes ao procedimento licitatório; 11. deve a Administração respeitar o Chamado PRINCÍPIO DO PCEDIMENTO FORMAL, segundo o qual impõe-se a vinculação da licitação às prescrições legais que a regem a todos os seus termos e atos. 12. ilegal e abusiva a decisão da Comissão Permanente de Licitação que, em total, desrespeito ao Princípio da Igualdade de tratamento entre licitantes, retira a Recorrente do processo, com base em exigência sem qualquer amparo constitucional ou legal. 13. por consideração de direito e de moral, o ata administrativo não terá que obedecer somente a lei jurídica, mas também a lei ética da própria instituição, porque nem tudo que é legal é honesto; Conclui sua peça recursal, pedindo o provimento do recurso, determinando a modificação da decisão com a classificação da proposta apresentada pela Recorrente. Não conhecendo o pedido que seja decretada a revogação do procedimento licitatório, por descumprimento do procedimento formal estabelecido na lei 8.666/93. II - DAS CONTRA-RAZÕES Chamada a manifestar-se na defesa de seus interesses, nos termos do 3º, Artigo 109 da Lei nº 8.666/93, não houve pronunciamento por parte da licitantes interessadas. III - DOS FATOS CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 2/8

3 No dia 27 de fevereiro de 2008, a Recorrida, após análise da proposta comercial, desclassificou a recorrente, conforme registro em Ata: ELEACRE Engenharia Ltda, compôs a Planilha de Composições CUSTO HORÁRIO E BDI, com salários para as categorias eletricista de alta tensão, auxiliar de eletricista e motorista de veículos leve, abaixo do mínimo garantido em convenção do SINTELPES, vigente desde janeiro de 2008, que garante para os cargos de eletricista o piso salarial de R$ 801,88, auxiliar R$ 508,31 e para motorista de veículos leves R$ 700,94, e ainda, deixou de incluir na sua composição de custos o adicional de periculosidade. Registra-se que salário e o adicional de periculosidade, foram objetos de questionamentos, respondidos através da Nota de Esclarecimento nº 002, expedida em 01/02/008 e Nota de Esclarecimentos nº 004, expedida 11/02/08 onde, após ser indagada, a Administração afirmou Sim, as licitantes que não considerarem na composição de custos salários vigentes, bem como os devidos adicionais, serão desclassificadas. ; (grifo e negrito nosso) O edital, publicado no Diário Oficial da União DOU em 16 de janeiro de 2008, trazia dentre outras, as seguintes condições: 1.4 Os esclarecimentos de dúvidas decorrentes da interpretação do edital e de outros assuntos necessários à apresentação dos documentos de habilitação e proposta, serão encaminhadas/ disponibilizadas em forma de Nota de Esclarecimentos ou Adendo Modificador, através do site ficando as empresas que adquiriram o Edital obrigadas a acessar o referido site para tomas conhecimento dos mesmos 9.12 Após a análise das propostas, serão desclassificadas, as propostas que: Não atenderem às exigências contidas nesta Tomada de Preços, ou imponham condições não previstas no caderno editalício; No dia 01 de fevereiro de 2008, a CEN divulgou a Nota de Esclarecimentos nº 002/08, onde fez constar o seguinte esclarecimento, aos licitantes: Tornamos do conhecimento de todos os interessados no Processo Licitatório, o teor do pedido de esclarecimento, formulado pelo Sr. Raimundo da Silveira, da empresa Eletrotec, bem como a resposta da CPL, nos termos a seguir aduzidos: Solicito informações quanto as tabelas fornecidas pela Ceron, onde o item adicional de periculosidade (30%) não foi incluído, como proceder no preenchimento das mesmas. Raimundo da Silveira Eletrotec RESPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO. CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 3/8

4 A Planilha divulgada pela Administração é exemplificativa, devendo as Licitantes apresentarem suas planilhas onde estejam contempladas todas as obrigações trabalhistas e previdenciárias asseguradas em Leis e por convenção coletiva de trabalho, bem como, todas as despesas e encargos decorrentes da contratação. O item periculosidade poderá ser incluso direto no item salário nominal ou ainda, em campo especifico. Esclarecemos que já está em vigor, desde de 1º de janeiro de 2008, a nova Convenção do SINTELPES, onde fora concedido reajuste de 8% (oito por cento) para as categorias abrangidas pela aquela entidade, que deverão ser considerado no composição de custos da licitante. (grifo e negrito nosso) Ainda sobre assunto, no dia 11 de fevereiro de 2008, a CEN através da Nota de Esclarecimento nº 004/08, novamente esclareceu: 3. Sim, as licitantes que não considerarem na composição de custos salários vigentes, bem como os devidos adicionais, serão desclassificadas. É importante ressaltar que no decorrer da publicação do certame, não houve, qualquer manifestação contrária ao procedimento licitatório, sendo, portanto, aceito pela Recorrente e demais licitantes, as condições estipuladas no Edital, que no ensinamento doutrinário e jurisprudência dominantes é a Lei interna entre as partes, que a Recorrente e demais licitantes sancionaram ao formalizarem suas propostas. Portanto, a decisão de desclassificação da Recorrente, fundou-se me regra previa e amplamente divulgada. Trata-se de restrita obediência ao princípio da vinculação ao instrumento convocatório e as demais regras aplicáveis ao assunto. IV DO MÉRITO Antes da análise de mérito é oportuno destacar que a Recorrente fora desclassificada por dois motivos: primeiro, por compor seus custos com salários abaixo do garantido para as categorias e, segundo, por não incluir o adicional de periculosidade na composição da mão-de-obra. No recurso da Recorrente, ora em análise, não houve qualquer manifestação quanto a não inclusão do adicional de periculosidade na composição de mão-de-obra, sendo o entendimento, conforme ensina a legislação, doutrina e jurisprudência, que a Recorrente reconhece esta omissão. Cabe também destacar que a decisão da Comissão Permanente de Licitação não teve qualquer pretensão de macular o nome da Recorrente ou de seus sócios, não fora feito nenhuma menção que pudesse ser considerada ofensiva e não hão dúvidas que na CEN, continuam a merecer a idoneidade técnica e operacional. CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 4/8

5 Com relação aos salários é certo que a base territorial da Recorrente é o Estado do ACRE, no entanto, está claro em todo o certame, que os serviços serão executados em Rondônia, sendo assim, a Recorrente dever submeterse às regras do estado de Rondônia e do município de Porto Velho. Exemplo disso são os tributos estaduais e municipais, que de certo a Recorrente considerou os de Rondônia e não do ACRE. A Recorrente, ao tentar explicar os salários utilizados na composição de custos da sua empresa, comete um equivoco, pois em nenhum momento a CPL questionou a necessidade da empresa ser filiada ou não a qualquer associação ou sindicato de classe. Veja, não resta qualquer dúvida quanto a empresa ser filiada ou não ao Sindicato da Indústria da Construção Civil - SINDUSCON, aliás isso nem foi objeto de julgamento no certame. O que tem que ser observado é que o SINDUSCON é sindicato patronal, não legisla sobre salário de trabalhador, em especial dos serviços de engenharia elétrica. No estado de Rondônia o Tribunal Regional do Trabalho, através de sentença prolatada no processo 2ªVT/PVH/ , reconheceu como legitimo representante dos trabalhadores nos serviços de iluminação, sinalização, leitura de energia, religação de energia, O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado de Rondônia SINDUR. Em 06 de novembro de 2007, o SINDUR, através da correspondência PRES/399/2007-SINDUR, informou informamos que fica prevalecendo, para efeito de Contratação de Prestação de Serviços, a atual convenção Coletiva do SINTELPES, até a próxima Convenção a ser firmada com nossa entidade. Oficialmente, até a presente data, não se conhece nenhum outro representante da categoria desses profissionais em Rondônia. Esclareça-se novamente que estamos falando de representante da categoria de trabalhadores. Não estamos falando de filiação a este ou aquele sindicato. É oportuno esclarecer que, apesar da Recorrente se apegar ao argumento de ser filiada ao SINDUSCON/ACRE, não apresentou a convenção coletiva da Categoria ou qualquer outro documento, a fim de a Recorrida pudesse comprovar, que em sua proposta, a Recorrente tenha respeitado o piso garantido ou ainda, comprovar se a Convenção SINDUSCON contempla todas as categorias profissionais necessárias a execução dos serviços. Qual é o piso salarial garantido pelo SINDUSCON/ACRE? quais as categorias abrangidas pelo SINDUSCORN, já que trata-se de sindicato da construção civil? De concreto temos que a Recorrente é conhecedora da Convenção do Sindicato dos Trabalhadores nas empresas de Terceirização em Geral, e CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 5/8

6 Prestação de Serviços do Estado de Rondônia SINTELPES/, prova disso que na sua composição de custos, utilizou-se da Convenção 2007, para o item salário, ao informar o valor de R$ 801,88 para o cargo de eletricista, R$ 470,66 para Auxiliar de Eletricista e, R$ 649,00 para motorista veículo leves, esquecendo apenas de considerar o reajuste ocorrido em janeiro de Veja que o SINTELPES, é sindicato do trabalhador, a vontade de ser filiado ou não é ao sindicato é do trabalhador. Assim como a garantia do piso salarial, é garantida na Constituição Federal. A Administração não pode deixar de considerar essa garantia no julgamento de propostas. A Recorrente acerta ao afirmar que não existe disposição legal que a obrigue a filiar-se ao SINTELPES ou a qualquer outra entidade e, conforme já afirmamos essa alegação não foi objeto de julgamento, não consta de nosso edital qualquer exigência a respeito da filiação a entidade de classes, ou seja, a desclassificação da licitante não se deu pelo fato de estar ou não filiada a entidade a ou b. A exigência é cumprir o piso salarial mínimo da categoria, independente de ser filiado ou não a qualquer sindicato. Em consulta recente a Zênite Consultoria, uma das consultorias mais conceituadas no Brasil, no tema licitações e contratos, obtivemos a seguinte orientação: Em suma, não se mostra correto o entendimento de que na licitação menor preço, não cabe desclassificação de proposta por desatendimento ao piso salarial estipulado em Convenção Coletiva de Trabalho da categoria envolvida na execução do objeto. Referido procedimento afrontaria sobremaneira os princípios da legalidade e igualdade encartados no art. 3º, da Lei nº 8.666/93. Também não estaria atendido o contido nos arts. 43, IV e art. 44, 3º, da Lei nº 8.666/93. Nos moldes do art. 3º ora citado, bem como do art. 45, 1º, I, da Lei nº 8.666/93, vê-se que o tipo menor preço não se volta ao alcance do menor preço a qualquer custo. Além do preço, os princípios administrativos e os requisitos do edital devem ser atendidos. Da mesma forma a Consultoria NDJ, não tão menos conceituada, orientou: O fato de a licitação ser do tipo menor preço não afasta o dever de a Administração aferir se as propostas apresentadas estão de acordo com as exigências contidas do ato convocatório da licitação (art. 48, inc. I, da LLC), bem como se compatíveis com os preços de insumos e salários de mercado praticados (art. 48, inc. II, c/c o art. 44, 3º, ambos da LLC). Note-se, inclusive, que a existência de um salário mínimo normativo para a respectiva categoria faz com que os licitantes participantes do certame sejam obrigados a observá- lo, quando da formulação de suas propostas, sob pena de desclassificação, cabendo à Administração, por sua vez, aferir sua compatibilidade, tendo em vista o piso da categoria correlata, desclassificando a empresa que apresentar, no item salário, valores aquém daquele determinado como piso da categoria, quando CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 6/8

7 este existir, à luz dos ditames dos arts. 44, 3º, e 48, inc. II, da Lei nº 8.666/93. Portanto, não existe a obrigatoriedade de filiação, mas há a obrigatoriedade de cumprir o previsto em convenção coletiva do Trabalhador. A Recorrida preza por cumprir a convenção do SINTELPES. A Recorrente, apesar de alegar cumprir a convenção do SINDUSCON/ACRE, não apresentou qualquer comprovação que esteja cumprido a mesma. Nem tão pouco, comprovou poder utilizar-se da mesma em base territorial diferente da base de sua origem. Ao tentar prestar serviços na base territorial de Rondônia, a Recorrente fica obrigada a aceitar as regras existentes. Essa foi a regra para todas as licitantes, que, com exceção da Recorrente, todas apresentaram suas planilhas com salários respeitando o piso contemplado na Convenção do SINTELPES/, mesmo não sendo filiada a tal sindicato. A Administração Pública, não estabelece, apenas cumprir as regras constitucionais e trabalhistas sob pena de responder solidariamente, com a futura contratada. Mais uma vez comente um equivoco a Recorrente, pugnando pela revogação do certame. Primeiro, por que tal atitude já demonstra conhecimento do falha cometida por parte da Recorrente, segundo, que a figura da revogação só têm lugar quando, em razão de fato superveniente à instauração do certame, a contratação do objeto licitado se torne inoportuna e inconveniente ao interesse público, o que não é o caso. Resta demonstrado, que a decisão de desclassificar a Recorrente, não fundou-se em ato contrário aos princípios norteadores dos procedimentos licitatórios, muito menos em ato abusivo como quis fazer provar a Recorrente, pelo contrário, a Recorrida fundou-se na observância dos referidos princípios em especial o princípio da legalidade, da vinculação ao instrumento convocatório e da isonomia, aliados ao princípio da imparcialidade, para prolatar a decisão constante da Ata de Julgamento da Proposta Comercial, datada de 27 de fevereiro de 2008, não havendo reparos a serem feitos. V - DA DECISÃO Considerando o exposto, a legislação aplicável, e, por apresentar no documento as condições mínimas para ser admitido como recurso administrativo, a Comissão decide: Conhecer o Recurso interposto pela Licitante Eleacre Engenharia Ltda, para no mérito negar-lhe provimento total, mantendo a decisão exarada CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 7/8

8 na ata de julgamento da Proposta Comercial fls. 734 dos autos, que desclassificou a Recorrente para o certame. Encaminhar os autos, com as informações pertinentes à autoridade superior na pessoa do Senhor Diretor Presidente, para que sofra o duplo grau de julgamento, com o seu De Acordo, ou querendo, formular opinião própria; Dê-se ciência da decisão à Recorrente e demais interessadas. Porto Velho, 26 de março de Moisés Nonato de Souza Presidente da CPL CEN R. José de Alencar n.º 2613 Baixa da União, térreo, sala Porto Velho - 8/8

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 004/2007 Assunto: Recorrente: JOY ENGENHARIA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA. JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO PROPOSTA COMERCIAL Os membros da Comissão Permanente de Licitação

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 005/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: TAMA ENGENHARIA LTDA A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 004/2007 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO PROPOSTA COMERCIAL Recorrente: COOPERATIVA DOS TRABALHADORES EM PORTARIA, LIMPEZA, CONSERVAÇÃO DE PRÉDIOS COMERCIAIS,

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA.

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO. Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. Processo: CONVITE N.º 007/2008 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO Recorrente: SELL COMÉRCIO SERVIÇOS E CONSTRUÇÕES LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas de Rondônia

Leia mais

Contratação de Empresa Especializada para Fornecimento e Instalação de Piso Elevado, Rede Elétrica e Rede Estrutural para o CPD 3º Andar.

Contratação de Empresa Especializada para Fornecimento e Instalação de Piso Elevado, Rede Elétrica e Rede Estrutural para o CPD 3º Andar. 0Processo: A 06/334 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de Empresa Especializada para Fornecimento e Instalação de Piso Elevado, Rede Elétrica e Rede Estrutural para o CPD 3º Andar.

Leia mais

ATA DE JULGAMENTO DOS RECURSOS

ATA DE JULGAMENTO DOS RECURSOS ATA DE JULGAMENTO DOS RECURSOS REFERENTE AO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS N.º 1119/2013 CPL 04, pelo regime de menor preço por lote. Cujo objeto é Contratação de empresa para prestação de serviços

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 006/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: ATLAS CONSTRUÇÕES ELÉTRICOS LTDA - EPP. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais Elétricas

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 24/2008 Processo: A 08/376 Interessado: Gerência de Recursos Humanos Assunto: Contratação de Empresa Especializada em administração, gerenciamento, emissão, distribuição e fornecimento de documentos de legitimação,

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A - CERON COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A - CERON COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Assunto: JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO. Impetrante: CONSÓRCIO DAIMON ENGENHARIA E SISTEMAS S/S LTDA E MATRIX ENGENHARIA EM ENERGIA LTDA. Processo: TOMADA DE PREÇOS N.º 013/2008. Objeto: Contratação

Leia mais

Memorando nº 16/2015-CVM/SEP Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 2015.

Memorando nº 16/2015-CVM/SEP Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 2015. 1 de 5 27/02/2015 17:50 Memorando nº 16/2015-CVM/SEP Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 2015. PARA: SGE DE: SEP Assunto: Recurso contra aplicação de multa cominatória COMPANHIA DE ÁGUAS DO BRASIL CAB AMBIENTAL

Leia mais

ATA DE ADSSIMIBILIDADE RECURSO ADMINISTRATIVO

ATA DE ADSSIMIBILIDADE RECURSO ADMINISTRATIVO ATA DE ADSSIMIBILIDADE RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO LICITATÓRIO N 128/2015 PREGÃO PRESENCIAL N 072/2015 LICITANTE RECORRENTE: LIFEMED INDUSTRIAL DE EQUIPAMENTOS E ARTIGOS MÉDICOS HOSPITALARES S.A. LICITANTE

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA ESTADO DE MINAS GERAIS

CÂMARA MUNICIPAL DE ITURAMA ESTADO DE MINAS GERAIS JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO LICITATÓRIO Nº. 01/2011 PREGÃO PRESENCIAL Nº. 01/2011 RECORRENTES: SERVIÇOS ESPECIALIZADOS E ADMINSITRAÇÃO PÚBLICA E PROJETOS LTDA SEAP e PERSONA CAPACITAÇÃO

Leia mais

Ref. Processo 2.08.000.00724/2016-20. Assunto: decisão referente ao Pregão Eletrônico n 2/2016. RELATÓRIO

Ref. Processo 2.08.000.00724/2016-20. Assunto: decisão referente ao Pregão Eletrônico n 2/2016. RELATÓRIO Ref. Processo 2.08.000.00724/2016-20 Assunto: decisão referente ao Pregão Eletrônico n 2/2016. RELATÓRIO A Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região expediu instrumento licitatório na modalidade Pregão

Leia mais

JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA

JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA JULGAMENTO DA REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA FEITO: REPRESENTAÇÃO ADMINISTRATIVA REFERÊNCIA: EDITAL DA CONCORRÊNCIA Nº 001/2014 - COMPEL RAZÕES: JULGAMENTO DA PROPOSTA DE PREÇOS OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR ELMO VAZ BASTOS DE MATOS, PRESIDENTE DA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DOS VALES DO SÃO FRANCISCO E DO PARNAÍBA CODEVASF.

ILUSTRÍSSIMO SENHOR ELMO VAZ BASTOS DE MATOS, PRESIDENTE DA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DOS VALES DO SÃO FRANCISCO E DO PARNAÍBA CODEVASF. ILUSTRÍSSIMO SENHOR ELMO VAZ BASTOS DE MATOS, PRESIDENTE DA COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DOS VALES DO SÃO FRANCISCO E DO PARNAÍBA CODEVASF. PROCESSO Nº 59500.000938/2014-45 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 27/2014

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 003/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: CONSÓRCIO FULBRA FUNDAÇÃO ULBRA E SGAM SERVIÇOS DE CONSULTORIA ENERGÉTICA LTDA. A Comissão Permanente

Leia mais

Supremo Tribunal Federal Secretaria de Administração e Finanças Pregoeiro

Supremo Tribunal Federal Secretaria de Administração e Finanças Pregoeiro PREGÃO ELETRÔNICO Nº 118/2009 Processo nº 336.243 IMPUGNAÇÃO. TABELA PRÓPRIA PARA CONVÊNIOS E CREDENCIAMENTOS DO STF- MED. REGULARIDADE. UTILIZAÇÃO DA CODIFICAÇÃO EXISTENTE NA TABELA SIMPRO HOSPITALAR

Leia mais

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF

GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF GILIC/BR Gerência de Filial de Licitações e Contratações SCS Quadra 04 Bloco A lotes 106/136 Edifício Centro Oeste CEP 70304-906 Brasília/DF Ofício nº 1-0020/2009 GILIC/BR - Licitação Brasília, 6 de abril

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS Pregão Eletrônico n. 36/2015 P&P TURISMO LTDA ME, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 5.054 DE 2005 VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO REGIS DE OLIVEIRA

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 5.054 DE 2005 VOTO EM SEPARADO DO DEPUTADO REGIS DE OLIVEIRA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 5.054 DE 2005 Torna obrigatório o exame de ordem para todos os que quiserem inscrever-se como advogado. Autor: Deputado Almir Moura Relator:

Leia mais

IMPUGNAÇÃO Nº 4. Em síntese, a Impugnante alegou o que segue:

IMPUGNAÇÃO Nº 4. Em síntese, a Impugnante alegou o que segue: IMPUGNAÇÃO Nº 4 Considerando a apresentação, por parte da empresa SANTA HELENA URBANIZAÇÃO E OBRAS LTDA., da IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO referente ao Pregão Eletrônico nº 27/2010, cujo objeto

Leia mais

APRECIAÇÃO DE RECURSO APRESENTADO AO PREGÃO PRESENCIAL SRP 1261/2013 CPL 06

APRECIAÇÃO DE RECURSO APRESENTADO AO PREGÃO PRESENCIAL SRP 1261/2013 CPL 06 APRECIAÇÃO DE RECURSO APRESENTADO AO PREGÃO PRESENCIAL SRP 1261/2013 CPL 06 I. HISTÓRICO O Governo do Estado do Acre, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação - 06, foi autorizada a realização

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO Página 1 de 6 JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA Nº 002/2012 Objeto: Contratação de serviços de publicidade, através de agência especializada na prestação de serviços envolvendo o estudo,

Leia mais

FINALIDADE: Solicitação de Parecer Transporte de Resíduos da Área da Saúde

FINALIDADE: Solicitação de Parecer Transporte de Resíduos da Área da Saúde ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANT ANA DO LIVRAMENTO Palácio Moisés Viana Unidade Central de Controle Interno PARECER N 100/2005 ORIGEM: Procuradoria Municipal ASSUNTO: Parecer FINALIDADE:

Leia mais

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO

JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO JULGAMENTO DE IMPUGNAÇÃO Referência: Licitação Concorrência Técnica e Preço Processo Administrativo n : 21221.001621/2012-28 1. Cuida-se de reposta ao Pedido de Impugnação ao Edital interposto pela Sociedade

Leia mais

RESPOSTA A PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO

RESPOSTA A PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO RESPOSTA A PEDIDO DE IMPUGNAÇÃO Trata-se de resposta a pedido de impugnação apresentado pela sociedade empresária INCORP TECHNOLOGY INFORMÁTICA LTDA EPP, referente ao Edital de Pregão Eletrônico n.º 21/2014.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 385/2015

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 385/2015 MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO AUDITORIA INTERNA SECRETARIA DE ORIENTAÇÃO E AVALIAÇÃO PARECER SEORI/AUDIN MPU Nº 385/2015 Referência : Correio eletrônico, de 24/2/2015. Protocolo AUDIN-MPU nº 745/2015. Assunto

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 3ª REGIÃO PREGÃO ELETRÔNICO nº 19/2015 OBJETO: Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva, com reposição integral de peças, de aparelhos de ar condicionado

Leia mais

I - RESUMO DOS FATOS. A decisão de inabilitação foi proferida da seguinte forma:

I - RESUMO DOS FATOS. A decisão de inabilitação foi proferida da seguinte forma: ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DA CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON PREGÃO ELETRÔNICO nº 002/2014 ORGANIZAÇÃO LEVÍN DO BRASIL LTDA., pessoa jurídica de direito privado, com sua sede estabelecida

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 76/2003/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 16 de junho de 2003. REFERÊNCIA: Edital de Pregão nº 09/2003

Leia mais

RELATÓRIO DE JULGAMENTO

RELATÓRIO DE JULGAMENTO RELATÓRIO DE JULGAMENTO PROCESSO Nº 51402.028474/2012-76 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 009/2014 PROPOSTA ANALISADA: IMPERIAL SERVIÇOS EMPRESARIAIS LTDA - EPP. CNPJ: 15.715.620/0001-84 VALOR DO ÚLTIMO LANCE OFERTADO:

Leia mais

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009.

Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL. Em 4 de setembro de 2009. Decisão de Pregoeiro n 0039/2009-SLC/ANEEL Em 4 de setembro de 2009. Processo nº: 48500.000496/2009-53 Licitação: Pregão Eletrônico nº 49/2009 Assunto: Análise do recurso interposto pela Ductbusters Engenharia

Leia mais

DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO

DO BRASIL REPÚBLICA FEDERATIVA CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO ILUSTRÍSSIMO SENHOR(A) REPRESENTANTE LEGAL DA EMPRESA TNL PCS Processo de Licitação nº 142/2012 Pregão Eletrônico nº 018/2012 O CONSELHO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO CRA-ES, entidade de direito público interno,

Leia mais

Resposta ao Pedido de Esclarecimento

Resposta ao Pedido de Esclarecimento PROCESSO LICITATÓRIO nº: 067/2016 PREGÃO PRESENCIAL nº: 046/2016 Resposta ao Pedido de Esclarecimento A empresa CAMPTÉCNICA COMÉRCIO DE RELÓGIOS DE PONTO LTDA, inscrita sob o CNPJ 65.664.955/0001-99 impetrou

Leia mais

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 03/2009

Apreciação de Recurso Administrativo Pregão Eletrônico nº. 03/2009 Processo: A 09/033 Interessado: Assunto: Gerência Administrativa Contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza, asseio e conservação predial, visando a obtenção de adequadas condições de

Leia mais

RESPOSTA A IMPUGNAÇÃO

RESPOSTA A IMPUGNAÇÃO RESPOSTA A IMPUGNAÇÃO Recebida impugnação da Empresa VIVO, a mesma foi submetida a Coordenadoria Jurídica desta Companhia Docas do Ceará, que manifestou-se mediante Parecer nº 152/2012, nos seguintes termos:

Leia mais

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO

JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 011/2016 PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2016 Trata-se de julgamento de recurso de licitação que tem por objeto a aquisição parcelada de

Leia mais

Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS.

Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS. Ao ILMO. PREGOEIRO DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO/SECRETARIA EXECUTIVA/SUBSECRETARIA DE ASSUSNTOS ADMINISTRATIVOS. Sr. Sandoval Luiz de Souza Referência: Pregão N.º 06/2006 VOETUR CARGAS E ENCOMENDAS LTDA.,

Leia mais

ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITANTE RECORRENTE: LOCMED LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA.

ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO LICITANTE RECORRENTE: LOCMED LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA. ANÁLISE DE RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO LICITATÓRIO N 009/2015 PREGÃO ELETRÔNICO N 003/2015 LICITANTE RECORRENTE: LOCMED LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA. OBJETO: REGISTRO DE PREÇO PARA FUTURA E

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 21ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 21ª REGIÃO PROCESSO Nº 009.707/2015 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 016/2013 OBJETO: Registro de preços para eventual contratação de empresa especializada na prestação de serviços de controle sanitário integrado no combate

Leia mais

GERÊNCIA DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES EM BRASÍLIA GILIC/BR

GERÊNCIA DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES EM BRASÍLIA GILIC/BR GERÊNCIA DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES EM BRASÍLIA GILIC/BR ATA DE JULGAMENTO DE RECURSO APRESENTADO CONTRA O RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 33/7855-2010, TIPO MENOR PREÇO GLOBAL CUJO OBJETO É A CONTRATAÇÃO

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL ILMO EXCELENTISSIMO SR. ALCEU RICARDO SWAROWSKI PREFEITO MUNICIPAL DO MUNICIPIO DE RIO NEGRO DO ESTADO DO PARANÁ REFERENTE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 117/2010 IMPUGNAÇÃO AO EDITAL A empresa STERMAX PRODUTOS

Leia mais

CÓPIA. Coordenação Geral de Tributação. Relatório. Fundamentos. Solução de Consulta Interna nº 20 Cosit Data 13 de setembro de 2012 Origem

CÓPIA. Coordenação Geral de Tributação. Relatório. Fundamentos. Solução de Consulta Interna nº 20 Cosit Data 13 de setembro de 2012 Origem Fl. 11 Fls. 1 Coordenação Geral de Tributação Solução de Consulta Interna nº 20 Data 13 de setembro de 2012 Origem COORDENAÇÃO GERAL DE ACOMPANHAMENTO ADMINISTRATIVO E JUDICIAL (COCAJ) Assunto: Normas

Leia mais

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1º CADERNO DE PERGUNSTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 007/07

VALEC: Desenvolvimento Sustentável para o Cerrado Brasileiro 1º CADERNO DE PERGUNSTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 007/07 1º CADERNO DE PERGUNSTAS E RESPOSTAS EDITAL PREGÃO N.º 007/07 1) O ITEM 10.2.5, DO EDITAL, EXIGE DECLARAÇÃO DE VISTORIA A SER FEITA PELA LICITANTE, INFORMANDO NO MESMO ITEM O ENDEREÇO. A VISTORIA SERÁ

Leia mais

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO

Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Pregão Eletrônico nº 04/2013-CGTI/DPF Processo administrativo nº 08206.000881/2012-14 JULGAMENTO DE RECURSO Trata-se do Pregão Eletrônico para Formação de Registro de Preços para futura contratação de

Leia mais

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLÓGICO CNPq

ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLÓGICO CNPq ILUSTRÍSSIMA SENHORA PREGOEIRA DO CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLÓGICO CNPq Ref.: Pregão nº 017/2004 Impugnação a Recurso Administrativo ITAUTEC PHILCO S/A - GRUPO ITAUTEC PHILCO,

Leia mais

Câmara Municipal de Rio Branco do Sul ESTADO DO PARANÁ

Câmara Municipal de Rio Branco do Sul ESTADO DO PARANÁ CÂMARA MUNICIPAL DE RIO BRANCO DO SUL TOMADA DE PREÇOS Nº: 001/2014 OBJETO: CONTRATAÇÃO EMPRESA ESPECIALIZADA NA ELABORAÇÃO E REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO, BEM COMO O PLANEJAMENTO, ORGANIZAÇÃO, REALIZAÇÃO

Leia mais

definidos pelo edital, por meio de especificações usuais no mercado.", conforme

definidos pelo edital, por meio de especificações usuais no mercado., conforme PROCESSO: 059229/2015 INTERESSADO: Divisão de Informática ASSUNTO: Pregão Presencial nº 008/2015 ANULAÇÃO DO PREGÃO PRESENCIAL Nº 008/2015 JUSTIFICATIVA A Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão,

Leia mais

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Nº 55000.000886/2012-25 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2012 RESPOSTA À RECURSO ELETRÔNICO

PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO Nº 55000.000886/2012-25 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2012 RESPOSTA À RECURSO ELETRÔNICO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E RECURSOS HUMANOS COORDENAÇÃO DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO

Leia mais

RELATÓRIO. Dentro do prazo legal, a empresa STE Serviços Técnicos de Engenharia S/A apresentou impugnação ao Edital às fls. 349/375.

RELATÓRIO. Dentro do prazo legal, a empresa STE Serviços Técnicos de Engenharia S/A apresentou impugnação ao Edital às fls. 349/375. RELATÓRIO PROCESSO: 197.001395/2015 INTERESSADO: ADASA. RELATOR: Israel Pinheiro Torres ASSUNTO: Impugnação ao Edital da Concorrência 03/2015, interposta pela empresa STE Serviços Técnicos de Engenharia

Leia mais

ANÁLISE DO RECURSO INTERPOSTO NA FASE DE HABILITAÇÃO

ANÁLISE DO RECURSO INTERPOSTO NA FASE DE HABILITAÇÃO ANÁLISE DO RECURSO INTERPOSTO NA FASE DE HABILITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2010 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 018/2010 OBJETO: Execução integral de obras e serviços de engenharia para a construção da sede

Leia mais

4. A impugnação veio acompanhada da respectiva procuração da signatária.

4. A impugnação veio acompanhada da respectiva procuração da signatária. Decisão de Pregoeiro n 0011/2014-SLC/ANEEL Em 24 de outubro de 2013. Processo: 48500.004544/2014-40 Licitação: Pregão Eletrônico nº 040/2014 Assunto: Análise da IMPUGNAÇÃO AO EDITAL apresentada pela AMIL

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO - DG COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL

DIRETORIA DE GESTÃO - DG COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - CPL Processo: CONCORRÊNCIA N.º 001/2011 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO. Recorrente: PNA PUBLICIDADE LTDA. A Comissão Especial de Licitação - CEL da ELETROBRAS Distribuição Rondônia, formalmente

Leia mais

GERÊNCIA DE FILIAL DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES GILIC/RJ

GERÊNCIA DE FILIAL DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES GILIC/RJ GERÊNCIA DE FILIAL DE LICITAÇÕES E CONTRATAÇÕES GILIC/RJ ATA PARA FINS DE JULGAMENTO DE RECURSO INTERPOSTO CONTRA O RESULTADO DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 053/7031-2006, PARA A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO. Ementa. Das alegações da Impugnante.

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO. Ementa. Das alegações da Impugnante. RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO Processo: Pregão Presencial n.º 132/2015 Objeto: contratação de empresa especializada para prestação de serviços de preparação, conferência, digitalização e indexação de processos,

Leia mais

TCE-RJ PROCESSO Nº 212.955-5/07 RUBRICA: FLS.:

TCE-RJ PROCESSO Nº 212.955-5/07 RUBRICA: FLS.: TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO CONSELHEIRO JOSÉ MAURÍCIO DE LIMA NOLASCO VOTO GC-4 50201/2012 PROCESSO: TCE-RJ Nº 212.955-5/07 ORIGEM: FUNDAÇÃO TEATRO MUNICIPAL TRIANON DE CAMPOS

Leia mais

PARECER JURÍDICO N 0420/2016 - ASJUR

PARECER JURÍDICO N 0420/2016 - ASJUR PROCESSO(S) N(S)º: 63754153/2015 64933051/2016 INTERESSADO: Petrobrás Distribuidora S/A ASSUNTO: Impugnação Pregão Presencial n 001/2016 PARECER JURÍDICO N 0420/2016 - ASJUR Os autos aportaram a esta Assessoria

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 20ª REGIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 20ª REGIÃO PROCESSO N.º 08150-268/10 PREGÃO N.º 10/2010 OBJETO: Contratação de serviços de telefonista, copeiragem, limpeza e auxiliar de serviços gerais. R E L A T Ó R I O S O B R E O S R E C U R S O S 1. DA ANÁLISE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS Belo Horizonte, 19 de outubro de 2015. ASSUNTO: ENCAMINHAMENTO AO PRESIDENTE: DECISÃO DA PREGOEIRA EM RELAÇÃO AO RECURSO ADMINISTRATIVO APRESENTADO

Leia mais

EXAME PRÉVIO DE EDITAL

EXAME PRÉVIO DE EDITAL Expediente: TC-040248/026/11 Representante: Galvão Engenharia S.A. Advogados: Caio Mário da Silva Pereira Neto (OAB/SP nº. 163.211), Joaquim Nogueira Porto Moraes (OAB/SP 163.267), Mateus Piva Adami (OAB/SP

Leia mais

DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO

DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 071/2015 PREGÃO PRESENCIAL Nº 010/2015 RECORRENTE: LAFAIETE PROVEDOR DE INTERNET E TELECOMUNICAÇÕES LTDA. RECORRIDA: OI MÓVEL S/A Em 27 de novembro

Leia mais

Em razão da impugnação apresentada, informo:

Em razão da impugnação apresentada, informo: Proc. nº. 892/2010-GO Pregão Eletrônico nº. 27/2014 Prezado Licitante, Em razão da impugnação apresentada, informo: A empresa BRILHANTE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO LTDA-EPP apresentou, em 30/09/2014, pedido

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO DECRETO Nº 612, DE 16 DE MARÇO DE 2007. Dispõe sobre a implantação do Sistema de Registro de Preços nas compras, obras e serviços contratados pelos órgãos da

Leia mais

I. NECESSIDADE DE CERTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO JUNTO A EMPRESA CREDENCIADA PELO INMETRO:

I. NECESSIDADE DE CERTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO JUNTO A EMPRESA CREDENCIADA PELO INMETRO: AO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO DE LICITAÇÕES Ref. Pregão Eletrônico: Nº 112/2014 At.: Senhor Pregoeiro SMART TRADE IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO LTDA. CNPJ 11.621.176/0001-87 situada

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO Substituto de Conselheiro Josué Romero Tribunal Pleno Sessão: 4/2/2015 46 TC-000598/010/10 - RECURSO ORDINÁRIO Recorrente(s): Prefeitura Municipal de Porto Ferreira e Maurício Sponton Rasi Prefeito à época.

Leia mais

ILMO. SR. PREGOEIRO DA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO.

ILMO. SR. PREGOEIRO DA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO. ILMO. SR. PREGOEIRO DA SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO. PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N.º 003/2012. PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º E-03/012.746/2011. UNIRIO MANUTENÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

Art. 2º Este Ato Normativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Art. 2º Este Ato Normativo entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. ATO NORMATIVO Nº 92 13 de agosto de 2007 Aprova o Regulamento do Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e dá outras providências. O Presidente do TRIBUNAL

Leia mais

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS:

RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: Diário Oficial do Município de Guanambi - Bahia Poder Executivo Ano V Nº 588 11 de Dezembro de 2013 PORTARIAS RESUMO DO DIÁRIO PUBLICAMOS NESTA EDIÇÃO OS SEGUINTES DOCUMENTOS: PORTARIA Nº 03 DE 06 DE DEZEMBRO

Leia mais

CONTRA RAZÃO : À Comissão Permanente de Licitação do DNIT Superintendência Regional de São Paulo/SP.

CONTRA RAZÃO : À Comissão Permanente de Licitação do DNIT Superintendência Regional de São Paulo/SP. Pregão Eletrônico Visualização de Recursos, Contra-Razões e Decisões CONTRA RAZÃO : À Comissão Permanente de Licitação do DNIT Superintendência Regional de São Paulo/SP. O CONSÓRCIO IQS/ICOPLAN vem apresentar

Leia mais

NOTA TECNICA JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO FASE COMPLEMENTAR. Aguiar Feres Auditores Independentes S/S - EPP RECORRIDA:

NOTA TECNICA JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO FASE COMPLEMENTAR. Aguiar Feres Auditores Independentes S/S - EPP RECORRIDA: NOTA TECNICA JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO FASE COMPLEMENTAR TERMO: Decisório FEITO: Recurso Administrativo REFERENCIA: Pregão Eletrônico nº 39/2015 Contratação de empresa especializada em prestação

Leia mais

IMPUGNAÇÃO Nº 2. Sr. Pregoeiro, o Edital em tela conforme previsto no item 1, subitem 1.1, tem como objeto o que abaixo segue, verbis:

IMPUGNAÇÃO Nº 2. Sr. Pregoeiro, o Edital em tela conforme previsto no item 1, subitem 1.1, tem como objeto o que abaixo segue, verbis: 1 IMPUGNAÇÃO Nº 2 Considerando a apresentação, por parte da empresa LYON SERVIÇOS TERCEIRIZADOS LTDA., da IMPUGNAÇÃO AO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO referente ao Pregão Eletrônico nº 27/2010, cujo objeto é

Leia mais

Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO IPASEM-NH

Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO IPASEM-NH Ilustríssima Comissão Permanente de Licitação do INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE NOVO HAMBURGO IPASEM-NH Referente ao PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2013 COMERCIAL DE ELETRODOMÉSTICOS

Leia mais

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PGT/CCR/ICP/2301/2012 ÓRGÃO OFICIANTE: PROCURADORA DO TRABALHO ELEONORA BORDINI COCA INTERESSADO 1: PRT INTERESSADO 2: SINDICATO DOS ENFERMEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO ASSUNTO:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

EGRÉGIA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA ASSEMBL[EIA

EGRÉGIA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA ASSEMBL[EIA EGRÉGIA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA ASSEMBL[EIA LEGISLATIV A DO ESTADO DE TOCANTINS Processo Licitatório: Processo 776/2011 Pregão 0025/2011 DELPHOS ASSESSORIA EM SEGURANÇA LTDA, por seu representante

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE Julgamento de pedido de impugnação de Edital Licitação de referência: Pregão Presencial nº 11/2013 EEFE USP Aquisição de arquivos deslizantes PROCESSO: 2013.1.515.39.4 Impugnante: HUFFIX AMBIENTES INDÚSTRIA

Leia mais

Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013

Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013 Pedido de Impugnação nº 01 Pregão Eletrônico nº 07/2013 Solicitação: ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DE SÃO PAULO EDITAL DE PREGÃO

Leia mais

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO PROCESSO N.º 006/2011 (RETIFICADO) PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011

RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO PROCESSO N.º 006/2011 (RETIFICADO) PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 RESPOSTA À IMPUGNAÇÃO PROCESSO N.º 006/2011 (RETIFICADO) PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 A empresa Serttel Ltda., interessada em participar da licitação indicada em epígrafe, apresentou impugnação ao instrumento

Leia mais

RELATÓRIO. Recurso Administrativo interposto pela SIGMA DATASERV INFORMÁTICA S/A PREGÃO nº 24/2011-TB.

RELATÓRIO. Recurso Administrativo interposto pela SIGMA DATASERV INFORMÁTICA S/A PREGÃO nº 24/2011-TB. RELATÓRIO Assunto: Recurso Administrativo interposto pela SIGMA DATASERV INFORMÁTICA S/A PREGÃO nº 24/2011-TB. INTRODUÇÃO 01. Trata-se de Recurso Administrativo interposto pela empresa SIGMA DATASERV INFORMÁTICA

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME

TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA ME ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO MARCOS RODRIGO LIMA DO NASCIMENTO GOMES DO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2015 DO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 04/2014 TUXON SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo: E-08/005.017/2009 Data: 10/07/2009 Rubrica: Fls.

SERVIÇO PÚBLICO ESTADUAL Processo: E-08/005.017/2009 Data: 10/07/2009 Rubrica: Fls. Trata-se de impugnações apresentadas pelas sociedades empresárias ECCO ENGENHARIA CLINICA CONSULTORIA LTDA, INNOVAMED MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA ME, MEDSYSTEM COMÉRCIO, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

ORIENTAÇÕES ACERCA DA APLICAÇÃO DA LEI 12.994 DE 2014

ORIENTAÇÕES ACERCA DA APLICAÇÃO DA LEI 12.994 DE 2014 ORIENTAÇÕES ACERCA DA APLICAÇÃO DA LEI 12.994 DE 2014 Consultam-nos as secretarias municipais de saúde acerca da aplicabilidade imediata da Lei 12.994/14 que altera a Lei 11.350/06 para instituir o piso

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA REITORIA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA REITORIA Processo nº 23230.000041/2013-10 Interessado: Departamento de Administração e Planejamento Campus Novo Paraíso Assunto: Construção de Almoxarifado do Campus Novo Paraíso DECISÃO Trata-se dos autos do processo

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.434.491 - MG (2012/0121695-4) RELATOR : MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO RECORRENTE : LAPA INCORPORAÇÕES EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS E SERVIÇOS S/A ADVOGADO : RAIMUNDO FREITAS

Leia mais

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL OBRIGATORIEDADE

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL OBRIGATORIEDADE FUNDAMENTAÇÃO LEGAL Os artigos 578 e 579 da CLT preveem que as contribuições devidas aos sindicatos, pelos que participem das categorias econômicas ou profissionais ou das profissões liberais representadas

Leia mais

DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO N 01-PP 011/2014

DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO N 01-PP 011/2014 DECISÃO EM RECURSO ADMINISTRATIVO N 01-PP 011/2014 Assunto: Decisão de Recurso Referência: Pregão Presencial n 011/2014 com formação de Registro de Preços para a contratação de empresa especializada em

Leia mais

DIGNÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS:

DIGNÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS: DIGNÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS: Ref. à T. de Preços 05/05 - Contratação de empresa para construção de salas padrão do Campus de Araguaína.

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL UFFS. Pregão 068/2011 - Processo Administrativo n. 23205.

ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL UFFS. Pregão 068/2011 - Processo Administrativo n. 23205. ILUSTRÍSSIMO SR. PREGOEIRO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL UFFS Pregão 068/2011 - Processo Administrativo n. 23205.008428/2011-14 O SEAC/SC - SINDICATO DAS EMPRESAS DE ASSEIO, CONSERVAÇÃO E SERVIÇOS

Leia mais

Julgamento de Recurso Administrativo (Propostas de Preços)

Julgamento de Recurso Administrativo (Propostas de Preços) Processo nº PRO 4.323.219/2015 Tomada de Preços nº 04/2015 Objeto: Execução de Sistema de Cabeamento Estruturado, da Rede Elétrica Estabilizada e Rede Geral de Baixa Tensão do CREA/RN. Julgamento de Recurso

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DECISÃO DO RECURSO ADMINISTRATIVO IMPETRADO CONTRA JULGAMENTO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DECISÃO DO RECURSO ADMINISTRATIVO IMPETRADO CONTRA JULGAMENTO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DECISÃO DO RECURSO ADMINISTRATIVO IMPETRADO CONTRA JULGAMENTO DAS PROPOSTAS DE PREÇOS REFERÊNCIA : Processo n. 06/2014 - Carta Convite n.01/2014 OBJETO: Contratação de

Leia mais

Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria

Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria Tribunal reforma decisão denegatória de registro de ato de aposentadoria RECURSO DE REVISÃO N. 734.672 EMENTA: Recurso de revisão Autarquia estadual Servidor ocupante de função pública Registro de aposentadoria

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 0044606-60.2014.4.01.0000/GO (d) R E L A T Ó R I O

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO N. 0044606-60.2014.4.01.0000/GO (d) R E L A T Ó R I O 21 100 PODER JUDICIÁRIO R E L A T Ó R I O O Exmo. Sr. Desembargador Federal JIRAIR ARAM MEGUERIAN (Relator): Trata-se de agravo de instrumento interposto pela Associação Aparecidense de Educação, mantenedora

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO Nº 014/2011 CONTRATO DE GESTÃO IGAM Nº 003/2009

ATO CONVOCATÓRIO Nº 014/2011 CONTRATO DE GESTÃO IGAM Nº 003/2009 ATO CONVOCATÓRIO Nº 014/2011 CONTRATO DE GESTÃO IGAM Nº 003/2009 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PARA DISPONIBILIZAR MOTORISTA PROFISSIONAL EM ATENDIMENTO AO COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA

Leia mais

PROJETO JARDIM DO CERRADO: DA CASA AO TERRITÓRIO. Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH

PROJETO JARDIM DO CERRADO: DA CASA AO TERRITÓRIO. Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH PROJETO JARDIM DO CERRADO: DA CASA AO TERRITÓRIO Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH Processo Administrativo nº 001/2015, de 13/02/2015 Processo Seletivo nº 001/2015, de 13/02/2015

Leia mais

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSOS RECURSO CONTRA DECISÃO DA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO

RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSOS RECURSO CONTRA DECISÃO DA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO RELATÓRIO DE INSTRUÇÃO DE RECURSOS ASSUNTO: RECURSO CONTRA DECISÃO DA PREGOEIRA E EQUIPE DE APOIO RECORRENTE: AGÊNCIA DE REVISTAS AEROPORTO DA PAMPULHA COMERCIAL LTDA - ME REF.: PREGÃO PRESENCIAL Nº 131/ADSU/SBNF/2013

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON Processo: CONCORRÊNCIA N.º 006/2006 Assunto: JULGAMENTO RECURSO ADMINISTRATIVO - HABILITAÇÃO Recorrente: EPLAN ENG. PLANEJAMENTO E ELETRICIDADE LTDA. A Comissão Permanente de Licitação - CPL da Centrais

Leia mais

Ao Ilm Senhor Presidente da Comissão Permanente de Licitação do Conselho Federal de Enfermagem COFEN.

Ao Ilm Senhor Presidente da Comissão Permanente de Licitação do Conselho Federal de Enfermagem COFEN. Ao Ilm Senhor Presidente da Comissão Permanente de Licitação do Conselho Federal de Enfermagem COFEN. A CDLJ PUBLICIDADE LTDA. - ME (Yayá Comunicação Integrada), empresa já qualificada nos autos do Processo

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 17/03/2015 ITEM 85

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 17/03/2015 ITEM 85 PRIMEIRA CÂMARA SESSÃO DE 17/03/2015 ITEM 85 TC-001670/006/13 Contratante: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto. Contratada: CODERP Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto. Autoridade

Leia mais