gestão empresarial Reflexões sobre temas que podem fazer diferença

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "gestão empresarial Reflexões sobre temas que podem fazer diferença"

Transcrição

1 gestão empresarial Reflexões sobre temas que podem fazer diferença

2 OPINIÕES SOBRE O LIVRO Reflexões sobre temas que podem fazer diferença é um espelho de Paulo Matos, o profissional e a pessoa. Capacidade analítica muito forte com excelente discernimento entre aparência e realidade. É o resultado de um trabalho de alguém que gosta e acredita no que faz. Tem a necessária confiança nos seus conhecimentos e experiência, sem perder a consciência do imenso universo de coisas a conhecer e aprimorar. A meu ver, suas Reflexões sobre temas que podem fazer diferença é trabalho afirmativo que atinge seus objetivos e pode produzir reflexões muito úteis ao leitor. Recomendo com entusiasmo a sua leitura. J. Murillo Valle Mendes Presidente do Grupo Mendes Júnior MG Um livro muito gostoso de se ler esta foi a minha impressão ao folhear as primeiras páginas. À medida que fui tomando contato com as reflexões, com os comentários inteligentes e com os textos para aprofundamento, é que percebi a enorme generosidade do Paulo Matos ao nos presentear com este trabalho que encerra muito da sua experiência como executivo e consultor empresarial de sucesso. Um livro que não pode deixar de ser lido: é a minha opinião agora, ao concluir a leitura. Rijane de Mont Alverne Consultora Organizacional Vice-Presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos A simplicidade deste livro, rico em conceitos a respeito da gestão empresarial, revela a brilhante inteligência e experiência de seu autor, embasado em estudos e em trabalhos nas empresas onde fez consultoria. O livro será sempre de aconselhamento para os que se interessam pela matéria, pois todo ele tem como pré-requisito a valorização da finalidade humana. Inaldo Soares Diretor Presidente da Delta Construções RJ Analogias que fixam conceitos, lições de ética e de congruência, comentários que demovem mitos e crenças erroneamente acumuladas são as mais fortes marcas deste livro. Paulo Matos, usando de linguagem direta, objetiva e contundente, brinda o leitor com reflexões e casos que realmente fazem a diferença. Edina Bom Sucesso Psicóloga e Consultora de Empresas 2

3 Li com muita atenção e interesse estas Reflexões, de Paulo Matos, identificando profundidade, clareza, praticidade e objetividade dos temas, das idéias e das mensagens nelas contidas. O livro atinge amplamente os objetivos a que se propôs: agradável de ser lido; foge dos chavões e lugares comuns; é dirigido, de uma forma bastante original, à gestão empresarial dentro da realidade de nosso país. É uma obra destinada a estar ao alcance fácil e imediato de todo dirigente empresarial moderno. Luiz Augusto de Barros Presidente do SICEPOT-MG Paulo Matos me obriga a, durante uma fugaz semana de férias, ler o último livro que terminou. O que poderia transformar-se em um suplício, na verdade acabou sendo um prazer. O mesmo que foi para mim conhecê-lo e conviver com ele quando, depois de nascer em Muriaé já que ninguém é totalmente perfeito e estudar em Juiz de Fora, veio a aportar na Fundação João Pinheiro, que junto com Columbia, davam talvez o melhor dos MBA s tropicalizados, ainda no início da década de 70. Daí, Paulo foi para a siderurgia como executivo. De lá, pulou para a construção pesada e é, hoje, o consultor em administração mais requisitado pelo setor. O que aprendeu, experimentou, avaliou e recomendou, de lá até a nossa época, é o que o seu novo livro contém. Convido todos ao sacrifício, vale a pena. Luís Márcio Vianna Diretor Acadêmico do Centro de Educação Tecnológica Estácio de Sá de Belo Horizonte Saber lidar, conduzir e liderar pessoas, e enfocá-las para o resultado de um negócio, é o dever e o desafio de cada líder dentro das organizações. Nem todos entendem esse papel. Ainda mais grave: alguns sequer identificam essa necessidade como prioritária. Para qualquer um, no entanto, a leitura destas Reflexões sobre temas que podem fazer diferença deveria ser, em minha opinião, requisito obrigatório. Elas expressam a experiência vivida por Paulo Matos como consultor externo com quem temos tido uma gratificante parceria de trabalho aqui no Chile e sua lida com a arte da gestão empresarial em várias organizações, dos mais diversos tamanhos e campos de negócio. É uma leitura estimulante, pois apesar de tratar de assuntos complexos, faz isso de uma forma pouco usual de se ver: com profundidade e simplicidade. José Jorge R. de Araújo Diretor - Gerente Geral da Mendes Júnior & Associados Chile 3

4 Foi baseado em sua vasta experiência que Paulo Matos decidiu escrever Gestão Empresarial Reflexões sobre temas que podem fazer diferença. De uma maneira simples e muito bem estruturada, mostra-nos sua experiência ao longo de vários anos à frente da Laviola & Matos, cujos trabalhos incluem a implementação da Área Internacional do Grupo Queiroz Galvão, que tenho a honra de dirigir. É um livro que vale a pena ser lido, sendo especialmente recomendado para todo executivo interessado em uma nova visão sobre gestão empresarial. Vale, enfim, por cada página. Malthus Soares Diretor da Área de Negócios Internacionais do Grupo Queiroz Galvão

5 Paulo Matos gestão empresarial Reflexões sobre temas que podem fazer diferença

6 Copyright 2003 by Paulo Matos Todos os direitos reservados Capa Túlio de Oliveira Revisão Ana Emília de Carvalho Composição eletrônica Pablo Guimarães M433g Matos, Paulo. Gestão empresarial : reflexões sobre temas que podem fazer diferença / Paulo Matos. Belo Horizonte: Mazza Edições, p. 1.Gestão de empresas. II. Título. CDD: 658 CDU: 658 Produção gráfico-editorial Mazza Edições Ltda. Rua Bragança, 101 Bairro Pompéia Telefax: (31) Belo Horizonte MG

7 Para Berta, Paula e Bárbara

8

9 Minha homenagem especial à Joseli Laviola, amiga e parceira de todas as horas, com quem tenho tido a honra de compartilhar o desafio gratificante de tornar a Laviola & Matos uma experiência cada vez mais próxima do nosso sonho de empresa e de realização profissional.

10

11 AGRADECIMENTOS Este livro não se tornaria possível sem a colaboração de várias pessoas, às quais agradeço e reverencio pela importância que tiveram, e continuam tendo, em minha vida. Um sincero obrigado a cada um de nossos clientes, pela confiança depositada em nosso trabalho, e pelas oportunidades de aprendizagem que nos geraram com os projetos que ajudamos a desenvolver e implementar. Um abraço fraterno de agradecimento aos consultores e colaboradores da Laviola & Matos, que com seu comprometimento, entusiasmo, competência e lealdade aos nossos princípios e valores, têm compartilhado conosco muitos dos caminhos de aprendizagem que deram sustentação às reflexões feitas neste livro. Minha homenagem grata a Rogério Villas Boas, J. Murillo Valle Mendes, Luís Márcio Vianna, Malthus Soares, Edina Bonsucesso, Luiz Augusto de Barros, Rijane Mont Alverne, José Jorge Araújo e Inaldo Soares, pelas sugestões e pela honra e prestígio que me proporcionaram quando aceitaram formalizar suas opiniões, incorporando-as ao meu trabalho. Meu especial agradecimento aos professores, amigos, parceiros e profissionais da Fundação João Pinheiro, Columbia University, USIMINAS, Grupo MENDES JÚNIOR, Adão Conrado e equipe da AC Consultoria, Escola de Engenharia da PUC-MG e a todas as pessoas com quem convivi e trabalhei ao longo de todos esses anos, usufruindo ensinamentos e amizade. À minha família, um beijo agradecido, pela compreensão e aceitação dos sacrifícios impostos à nossa convivência pelas viagens constantes, inerentes a essa gratificante, mas exaustiva, profissão de consultor.

12

13 APRESENTAÇÃO Este livro reflete minha experiência acumulada ao longo de quase trinta anos de trabalho e, mais especificamente, dos últimos quinze anos em que tenho atuado como consultor empresarial. Escrevê-lo representou um grande e gratificante desafio. Como fugir dos lugares comuns? Como torná-lo agradável de ser lido? A partir dos trabalhos desenvolvidos com um grande número de clientes, dos mais variados portes e segmentos, contando com o estímulo, a competência e a disposição incansáveis de minha sócia Joseli Laviola, e com uma equipe de consultores e parceiros da melhor qualidade, conseguimos consolidar uma metodologia própria de desenvolvimento empresarial TECNOLOGIA LAVIOLA & MATOS DE GESTÃO EMPRE- SARIAL que muito nos orgulha e envaidece pelos resultados que nos tem proporcionado. Sem a pretensão de classificá-la como absolutamente original pois representa, na verdade, a resultante de experiências aprimoradas ao longo do tempo, sendo fruto de uma série de contribuições e análises diversificadas, tenho a segurança de afirmar que representa um esforço muito bem sucedido de adaptação à realidade brasileira do que existe de mais moderno em gestão empresarial. Na base dessa Metodologia alguns pressupostos essenciais estão colocados, tais como: desenvolver soluções específicas à realidade de cada cliente; perseguir com determinação a congruência entre o discurso e a prática, a partir da dimensão estratégica do poder organizacional; focar a visão ampliada dos resultados empresariais a partir da abordagem integrada dos processos e redesenhar a estrutura privilegiando a lógica horizontal de organização, em substituição à forma tradicional de estruturação vertical calcada no organograma. Há, no entanto, um outro pressuposto talvez o principal pelo impacto definitivo que tem representado para o sucesso da implantação de novos modelos de gestão: é

14 o que estabelece como pré-requisito de qualquer iniciativa de mudança o conhecimento e o desenvolvimento da qualidade do patrimônio humano. Há alguns anos, identificamos que a abordagem exclusivamente coletiva de desenvolvimento profissional tem contribuído pouco para o sucesso dos processos de mudança nas empresas. Desde então, temos concentrado esforços na ampliação dos conceitos de abordagens individuais, personalizadas, de conhecimento e desenvolvimento profissional, sempre conjugadas com abordagens coletivas, também essencialmente adaptadas a cada realidade empresarial específica que nos propomos a atender. Os resultados obtidos até o momento não deixam dúvida quanto ao acerto de nossa opção. Eles têm ratificado de forma contundente o que muito se fala e pouco se pratica: cada profissional é único, em termos de gestão emocional, perfil de preferências, necessidades, expectativas, padrão de relação com o mundo, fase da vida, etc., devendo assim ser considerado quando de seu desenvolvimento. O Processo MPP Mapeamento de Perfil Profissional, conjugado com a identificação dos resultados empresariais a serem obtidos, tem sido a base do nosso processo de desenvolvimento empresarial, sempre conduzido por meio do desenvolvimento das pessoas. Tomando como referência no que tenho aprendido a respeito das diferenças entre os perfis profissionais, é que concebi a linha básica deste livro. Logo após esta apresentação, foi inserido um texto que denominei Como ler este Livro, no qual explico a lógica que utilizei na sua composição. Espero que a oportunidade de lê-lo possa despertar tanta satisfação quanto a que vivenciei ao escrevê-lo. Pretensões pessoais à parte, que fique registrado minha mais profunda gratidão a todo aquele que me honrar com sua leitura. Paulo Matos Ville de Montagne, Nova Lima, MG 14/4/2003

15 COMO LER ESTE LIVRO Muitas pessoas, quando lêem um livro, não gostam de longos textos discursivos, preferindo resumos, sínteses, conclusões e frases curtas mais consistentes. Outros já preferem que os temas sejam tratados de forma mais elaborada e dissertativa, com exposições abrangentes e mais explicativas. Se a uns agrada um encadeamento de idéias desenvolvidas ao longo de capítulos seqüenciais interligados, existem aqueles que preferem livros que podem ser abertos em qualquer página, e o conteúdo ali expresso possa ser entendido sem necessidade de leitura das páginas anteriores. Alguns gostam de fazer anotações à medida que lêem, e há aqueles que preferem ir lendo e consultando bibliografias adicionais que proporcionem mais conteúdo e consistência sobre o tema que lhes interessa. Este livro procura conciliar todas essas preferências. Foi dividido em duas partes. A Parte I Reflexões que podem fazer a diferença apresenta idéias sintéticas a respeito de aspectos julgados essenciais de serem analisados por qualquer pessoa envolvida com a tarefa de gerir empresas no Brasil. Subdividi-a em cinco grupos de dez Reflexões, conforme a natureza do assunto a que se referem. Cada Reflexão pode ser lida tanto de forma independente quanto em conjunto com as demais, conforme o interesse ou a necessidade de cada leitor. Ao lado de cada página das Reflexões, foram deixados um espaço livre para anotações e referências bibliográficas complementares para quem se interessar por aprofundar mais cada tema. Procurou-se estabelecer sempre, nas referências bibliográficas, uma correlação do tema tratado com o conteúdo da Parte II, possibilitando um maior aprofundamento da reflexão por meio de material disponibilizado no próprio livro.

16 Na Parte II Textos referenciais para aprofundamento das reflexões, foram consolidados, de maneira coerente com os cinco grupos da Parte I, o acervo de artigos que o autor tem escrito nos últimos três anos, e de onde foram extraídas as 50 reflexões feitas. Cada um deles foi revisto e atualizado. Cuidou-se, contudo, de não alterar sua essência original, mesmo correndo o risco de repetir algumas afirmações e conclusões. São redundâncias que, conforme poderá ser visto, só ajudam a reforçar os pontos primordiais de serem observados para a compreensão da mensagem maior que se pretendeu passar. Se a opção for por uma leitura corrida de todo o livro, será possível obter-se uma visão consistente da TECNOLOGIA LAVIOLA & MA- TOS DE GESTÃO EMPRESARIAL.

17 SUMÁRIO PARTE I REFLEXÕES QUE PODEM FAZER A DIFERENÇA Grupo 1 Fundamentos da liderança empresarial Grupo 2 Situar-se no ecossistema institucional Grupo 3 Princípios, visão ampliada e efetividade Grupo 4 Qualidade das pessoas Grupo 5 Visão integrada dos processos empresariais PARTE II TEXTOS REFERENCIAIS PARA APROFUNDAMENTO DAS REFLEXÕES TEXTO 1 Afinal, o que é excelência empresarial? TEXTO 2 A essência do papel do empresário TEXTO 3 As crises e a necessidade de se ter visão positiva TEXTO 4 Processos de mudança: O impacto do comprometimento do líder TEXTO 5 As seis maiores incongruências da realidade empresarial (Discursos diferentes da prática)

18 TEXTO 6 Uma visão da trajetória empresarial à luz das bases de um perfil profissional TEXTO 7 Identidade estratégica TEXTO 8 A uva, o vinho e a competência de liderança TEXTO 9 Poder inteligente: a consideração da complementaridade na nova dinâmica das organizações TEXTO 10 Por que pessoas inteligentes são, às vezes, tão estúpidas? TEXTO 11 O futebol e a excelência empresarial TEXTO 12 A abordagem cliente x fornecedor interno no foco de processos empresariais TEXTO 13 Arquiteturas horizontais: modismo ou novo paradigma? TEXTO 14 Visão ampliada do papel profissional TEXTO 15 Como conduzir demissões com adequação TEXTO 16 A efetividade da gestão empresarial no segmento da construção pesada no Brasil TEXTO 17 Os propósitos do trabalho e a motivação nas empresas públicas REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (RB)

19 PREFÁCIO Quando a simplicidade faz a diferença Só aos loucos, aos sábios e aos simples de espírito é dada a capacidade de enxergar o óbvio, ou seja, descartar todas as verdades ditas absolutas que lhes foram empurrando vida afora e ver o problema e sua solução em suas formas mais puras, como se os vissem pela primeira vez e pudessem, por conta disso, formar opinião despida de qualquer idéia preconcebida e chutar de bico para bem longe o academicismo desvirtuado, que prioriza a forma em detrimento do conteúdo, e o rigor pseudocientífico de abordagens que se vão mostrando obsoletas com o passar dos tempos e com o florescimento de novas teorias geniais com que nós, administradores, temos que conviver de quando em quando. Como o meu amigo Paulo Matos, ao longo do nosso agradável e proveitoso convívio pessoal e profissional, não se tem demonstrado um louco ou um espírito assim tão simples, resta-me uma conclusão: tratase de um sábio. Não assume a pose nem é dos que se isolam na torre de marfim do conhecimento absoluto, mas é um sábio. Daqueles poucos iluminados que perdoem-me os acadêmicos, cuja erudição, seriedade, aplicação e disciplina respeito e admiro têm certeza de que, muitas vezes, cortes epistemológicos são facilmente curáveis com aplicações sistemáticas de mercúrio cromo. E que, parafraseando Machado de Assis, sabem ser muito melhor cair na realidade do que numa moita de cactus. É a conclusão, também óbvia, a que chegamos depois de ler este seu livro. A facilidade com que ele despreza verdades estabelecidas e nos joga na cara o óbvio é daquelas que nos fazem ficar o tempo todo pensando: Puxa, mas é isso mesmo; como é que eu não pensei nisso antes! Mais que apenas um livro que leve a reflexões que a dureza do embate diário se encarrega de apagar da nossa memória e das nossas boas intenções, é praticamente uma coleção de receitas. Convida a re- 19

20 flexões, sim. Mas está escrito e organizado de forma a permitir que o consultemos toda vez que tenhamos dúvidas sobre como proceder em determinada situação concreta, ajudando-nos (não ensinando, porque, assim como o samba, enxergar o óbvio tambem não se aprende na escola) a escolher os condimentos adequados e suas dosagens, a saber a seqüência em que são processados, a acertar o tempo de cozimento e tomar o rumo certo. Não que tudo seja uma coleção de frases feitas mesmo que por ele construídas com base em sua muito particular visão daquilo que lhe parece óbvio, porque, da forma como o enuncia, seu óbvio rapidamente se transforma no nosso óbvio. Tudo o que ele fala transpira credibilidade, ancorado que está em duas bases muito sólidas: as suas vivência e experiência em resolver problemas e o lastro teórico sobre o qual, mesmo relegando-o a segundo plano, demonstra ter completo domínio e, quando é preciso, usa-o sem a menor cerimônia, como a dizer: Olha aqui, isso tudo aqui é simples, tem conselhos úteis, etc. Mas não é um manual de auto-ajuda! A mim só me cabe, por fim, atestar: Paulo Matos é daqueles que pratica o que prega. Desde 1999, ele e sua equipe vêm aplicando toda essa maneira de abordar e resolver problemas na Companhia Energética de Brasília (CEB), que tenho a honra de presidir. E, até para não me alongar muito, basta dizer que, no ano de 2002, graças a esse trabalho, a CEB foi contemplada com o Prêmio Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas anualmente conferido pela Fundação COGE. Vale pelo prêmio. Mas vale muito mais pelo quanto vem mudando para melhor a Empresa e a vida profissional e pessoal dos nossos empregados. Rogério Villas Boas Teixeira de Carvalho 20

21 Parte I REFLEXÕES QUE PODEM FAZER A DIFERENÇA 21

22 22

23 RELAÇÃO DE REFLEXÕES GRUPO 1 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO 1.1: IDENTIDADE REFLEXÃO 1.2: CONGRUÊNCIA REFLEXÃO 1.3: AUTENTICIDADE...31 REFLEXÃO 1.4: ESPÍRITO EMPREENDEDOR REFLEXÃO 1.5: CONGRUÊNCIA REFLEXÃO 1.6: SABEDORIA REFLEXÃO 1.7: APRENDIZAGEM...39 REFLEXÃO 1.8: SUCESSÃO REFLEXÃO 1.9: SUCESSÃO REFLEXÃO 1.10: DEMISSÃO GRUPO 2 SITUAR-SE NO ECOSSISTEMA INSTITUCIONAL...47 REFLEXÃO 2.1: CRISE REFLEXÃO 2.2: MODISMOS REFLEXÃO 2.3: INOVAÇÃO REFLEXÃO 2.4: PERGUNTAS...55 REFLEXÃO 2.5: LÓGICA REFLEXÃO 2.6: FOCO DO CLIENTE REFLEXÃO 2.7: CRISE REFLEXÃO 2.8: PREVISÕES REFLEXÃO 2.9: PLANEJAMENTO REFLEXÃO 2.10: CONCORRÊNCIA GRUPO 3 PRINCÍPIOS, VISÃO AMPLIADA E EFETIVIDADE REFLEXÃO 3.1: CONGRUÊNCIA REFLEXÃO 3.2: ERRO REFLEXÃO 3.3: ERRO

24 REFLEXÃO 3.4: DIÁLOGO...77 REFLEXÃO 3.5: COMPETÊNCIA REFLEXÃO 3.6: COMPETÊNCIA REFLEXÃO 3.7: VISÃO AMPLIADA REFLEXÃO 3.8: INOVAÇÃO REFLEXÃO 3.9: ERRO REFLEXÃO 3.10: EFETIVIDADE...89 GRUPO 4 QUALIDADE DAS PESSOAS REFLEXÃO 4.1: INDIVIDUALIDADE...93 REFLEXÃO 4.2: LIDERANÇA REFLEXÃO 4.3: SABEDORIA REFLEXÃO 4.4: AUTORIDADE REFLEXÃO 4.5: LIDERANÇA REFLEXÃO 4.6: COMPROMETIMENTO REFLEXÃO 4.7: FOCO DO CLIENTE REFLEXÃO 4.8: AUTOCONHECIMENTO REFLEXÃO 4.9: AUTOCONTROLE REFLEXÃO 4.10: AUTO-ESTIMA GRUPO 5 VISÃO INTEGRADA DOS PROCESSOS EMPRESARIAIS REFLEXÃO 5.1: PROCESSOS REFLEXÃO 5.2: PROCESSOS REFLEXÃO 5.3: EFETIVIDADE REFLEXÃO 5.4: ESTANQUEIDADE REFLEXÃO 5.5: ESTANQUEIDADE REFLEXÃO 5.6: PROCESSOS REFLEXÃO 5.7: PROCESSOS REFLEXÃO 5.8: PROCESSOS REFLEXÃO 5.9: ARQUITETURA ORGANIZACIONAL REFLEXÃO 5.10: PROCESSOS

25 Parte I Grupo 1 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL 25

26 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-8 RB-9 RB-14 RB-27 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 26

27 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.1 IDENTIDADE Você, como empresário, precisa ter claros os limites a partir dos quais nem dinheiro aceita ganhar. Se não os tem claros, clarifique-os! E não deixe de clarificá-los também para toda a sua empresa. Seus colaboradores, sobretudo quando em posições gerenciais, tomam decisões em seu nome, todo o tempo. Como garantir que sejam decisões congruentes com seus propósitos, se seus limites não são claramente entendidos? É fundamental balizar o comportamento empresarial que você deseja que diferencie a sua empresa. Este é um ponto essencial para o processo de consolidação da identidade estratégica de uma empresa forte e vencedora. 27

28 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-4 RB-5 RB-7 RB-8 RB-13 RB-14 RB-15 RB-20 RB-22 RB-27 RB-28 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág. Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 28

29 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.2 CONGRUÊNCIA 1 Os dirigentes mais admirados, em qualquer tipo de atividade, tendem a um comportamento rotineiro que reflete limites claros de não transigência que sempre são respeitados. E o grau de admiração que despertam nem sempre tem que ver com a virtuosidade dos limites que estabelecem. A segurança, a credibilidade e a admiração que geram vêm da irrestrita confiança que seus liderados têm na congruência entre o discurso que fazem e a prática que mostram. 29

30 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-8 RB-9 RB-18 RB-20 RB-26 RB-31 RB-32 RB-34 RB-35 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 30

31 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.3 AUTENTICIDADE O principal acionista-executivo de uma grande empresa contou-nos de sua grande ansiedade no dia em que um de seus diretores (que havia começado na empresa como estagiário) completou vinte anos de casa. Esquecera-se da data e de um presente digno do amigo e da ocasião. Angustiado, sacou de sua caneta uma jóia de estimação, série especial, de produção limitada e redigiu um cartão no qual expressou todo o reconhecimento pelos vinte anos da bela parceria. Ao colocar o cartão no envelope, não se fez de rogado: mandou junto, de presente, sua caneta de estimação! Eis aí um exemplo de liderança inspiradora, marcada pela representatividade de seu propósito e pela autenticidade de sua intenção. 31

32 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-2 RB-8 RB-9 RB-27 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 32

33 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N O 1.4 ESPÍRITO EMPREENDEDOR Servir à empresa ou servir-se dela? A postura percebida no comportamento do líder é o que vai fazer toda a diferença. Existem empresários que colocam a empresa a seu serviço e as pessoas e os recursos à sua disposição, à revelia dos propósitos maiores do negócio que criaram. Quando prosperam, fazem isso às custas da prosperidade empresarial. Por mais que sobrevivam, às vezes ricos e poderosos, não conseguem construir empresas que sobrevivam a eles mesmos, pois não inspiram seguidores. Nenhum profissional sério se dispõe a atuar com comprometimento em um ambiente desses. 33

34 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-4 RB-5 RB-7 RB-8 RB-13 RB-14 RB-15 RB-20 RB-22 RB-27 RB-28 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág. Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 34

35 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.5 CONGRUÊNCIA 2 A congruência percebida no comportamento da direção é condição essencial para o sucesso de qualquer processo de mudança. Este é um dos pontos mais críticos percebidos na prática diária da gestão estratégica das empresas. A facilidade de acesso a programas de atualização em gestão uniformizou o discurso executivo. Talvez, como conseqüência disso, alguns conceitos são colocados, respaldados por grandes gurus, sem contrapartida legítima de um comportamento coerente com o discurso. Daí, vivencia-se na prática a experiência comprovadora da teoria: o fracasso de processos de mudança, gerado por seus principais arautos (empresários, gestores estratégicos, etc.), ao se revelarem, eles mesmos, os símbolos maiores da incongruência relacionada ao que pregam. 35

36 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-27 RB-35 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 36

37 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.6 SABEDORIA 1 Três fatores se mostraram determinantes da predisposição para comportamentos estúpidos em líderes brilhantes, segundo pesquisas científicas: O senso de onisciência; O senso de onipotência; O senso de invulnerabilidade. ONISCIÊNCIA: Sou um gênio e tudo sei. Por isso, sou capaz de decidir melhor sozinho, sobre tudo e sobre todos. ONIPOTÊNCIA: Sou capaz de fazer qualquer coisa que eu queira, e não existe desafio que eu não consiga superar. INVULNERABILIDADE: Tenho completa proteção. Estou imune a qualquer repreensão ou punição, pois estou acima do bem e do mal. O antídoto recomendado para a estupidez: sabedoria e humildade! 37

38 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-1 RB-7 RB-16 RB-18 RB-20 RB-24 RB-27 RB-31 RB-32 RB-34 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 38

39 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N O 1.7 APRENDIZAGEM Líderes empresariais inteligentes são aqueles que aprendem com seus próprios erros. Já os mais sábios aprendem com os erros dos outros. Errar continua sendo um dos mais eficazes instrumentos empresariais de aprendizagem. O segredo, portanto, é: errar, errar e errar! Mas em coisas novas. E cada vez menos, menos e menos! 39

40 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-31 RB-32 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o 6 16 Pág ANOTAÇÕES: 40

41 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N O 1.8 SUCESSÃO 1 Todo processo sucessório precisa ser encarado como uma corrida de revezamento com bastão. Nessa modalidade, quem vai receber o bastão começa a correr bem antes para que, ao recebê-lo, a velocidade já alcançada pelo seu antecessor seja, no mínimo, mantida. Imagine as conseqüências para os resultados de uma equipe, se a recepção do bastão for feita sem sincronia de velocidade! Imagine as conseqüências para um negócio, se um processo sucessório for conduzido dessa mesma forma! 41

42 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-20 RB-26 RB-32 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o 6 16 Pág ANOTAÇÕES: 42

43 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.9 SUCESSÃO 2 Assegurar sucessores competentes é vital para a sobrevivência de qualquer empresa. Este quase dogma é tanto aceito quanto defendido pela esmagadora maioria dos empresários. Impressiona, no entanto, a freqüência com que donos de empresas insistem em acreditar no milagre de transformar herdeiros reconhecidamente inadequados em sucessores competentes. O resultado, nesses casos, costuma ser catastrófico: perde-se a empresa e, também, a família. 43

44 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-18 RB-34 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o 6 16 Pág ANOTAÇÕES: 44

45 FUNDAMENTOS DA LIDERANÇA EMPRESARIAL REFLEXÃO N o 1.10 DEMISSÃO Um processo de demissão precisa considerar duas óticas essenciais: a de quem sai e a de quem fica. É comum preocupar-se só com os demitidos. Os profissionais que permanecem precisam identificar respeito, justiça e positividade na postura da empresa, quando da condução de processos dessa natureza. É humano, natural e previsível que quem fica projete expectativas de como será tratado se, e quando, for vítima da mesma infeliz situação. E a percepção que tenha sempre influenciará seu comportamento no trabalho. Daí, a importância da transparência e da comunicação para se criar um Efeito Orloff Positivo. 45

46 46

47 Parte I Grupo 2 SITUAR-SE NO ECOSSISTEMA INSTITUCIONAL 47

48 PARA REFLEXÕES ADICIONAIS Referências Bibliográficas relacionadas à Reflexão (ver páginas 243 a 246) RB-3 RB-4 RB-6 RB-7 RB-10 RB-11 RB-13 RB-15 RB-19 RB-21 RB-22 RB-24 RB-30 Textos da Parte II Relacionados à Reflexão: Texto n o Pág ANOTAÇÕES: 48

49 SITUAR-SE NO ECOSSISTEMA INSTITUCIONAL REFLEXÃO N o 2.1 CRISE 1 Ouvi de um empresário do setor têxtil a seguinte afirmação: Nós, brasileiros, somos muito competentes para sair das crises; só não conseguimos aprender como não cair nelas! Aprendizado difícil, pois exige: priorizar resultados com visão ampliada de médio e longo prazos; que a criatividade para sair de crises se estenda à gestão dos custos, sobretudo nas vacas gordas ; e parâmetros inteligentes de austeridade que saibam separar custeio de investimento. Mais fundamental, ainda, é que essa postura de austeridade comece dos ocupantes das posições executivas, que, às vezes, gostam de exigir, mas nem sempre se dispõem a ser exemplo de congruência entre o que pregam e o que fazem. 49

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 11 PRIMEIRA PARTE A RELAÇÃO CONSIGO MESMO. 1. AUTOCONHECIMENTO... 15 1.1 Processos... 16 1.2 Dificuldades...

ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 11 PRIMEIRA PARTE A RELAÇÃO CONSIGO MESMO. 1. AUTOCONHECIMENTO... 15 1.1 Processos... 16 1.2 Dificuldades... ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 11 PRIMEIRA PARTE A RELAÇÃO CONSIGO MESMO 1. AUTOCONHECIMENTO... 15 1.1 Processos... 16 1.2 Dificuldades... 19 2. AUTOESTIMA... 23 2.1 Autoaceitação... 24 2.2 Apreço por si... 26

Leia mais

Comunicação e Reputação. 10 dicas para manter o alinhamento e assegurar resultados

Comunicação e Reputação. 10 dicas para manter o alinhamento e assegurar resultados Comunicação e Reputação 10 dicas para manter o alinhamento e assegurar resultados 1 Introdução Ao contrário do que alguns podem pensar, reputação não é apenas um atributo ou juízo moral aplicado às empresas.

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO

Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Comunicação empresarial eficiente: Saiba como gerir uma equipe com essas dicas REALIZAÇÃO Sumário 01 Introdução 02 02 03 A comunicação dentro das empresas nos dias de hoje Como garantir uma comunicação

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado.

claro que o emprego existe enquanto houver trabalho para cada empregado. Automotivação Antes de abordarmos a importância da motivação dentro do universo corporativo, vale a pena iniciarmos esta série de artigos com uma definição sobre esta palavra tão em voga nos dias atuais.

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Proatividade Uma questão de escolha

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Proatividade Uma questão de escolha - GUIA DO EMPRESÁRIO - Proatividade Uma questão de escolha Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/7 Proatividade Uma questão de escolha Você chega sempre atrasado

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

GOVERNANÇA EM TI. Prof. Acrisio Tavares

GOVERNANÇA EM TI. Prof. Acrisio Tavares GESTÃO ESTRATÉGICA DO SUPRIMENTO E O IMPACTO NO DESEMPENHO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS SÉRIE ESPECIAL PCSS A GOVERNANÇA EM TI, SEU DIFERENCIAL E APOIO AO CRESCIMENTO Prof. Acrisio Tavares G GOVERNANÇA EM

Leia mais

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões

8 Passos para o Recrutamento Eficaz. Por Tiago Simões 8 Passos para o Recrutamento Eficaz Por Tiago Simões Uma das coisas que aprendi na indústria de marketing de rede é que se você não tem um sistema de trabalho que comprovadamente funcione, muito provavelmente

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES

OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO EMPRESAS GRANDES Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês seguinte,

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

Os Sete Níveis de Consciência da Liderança

Os Sete Níveis de Consciência da Liderança Os Sete Níveis de Consciência da Liderança Existem sete níveis bem definidos de liderança, que correspondem aos sete níveis de consciência organizacional. Cada nível de liderança se relaciona com a satisfação

Leia mais

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas?

Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? 2 Você já teve a experiência de enviar um email e, em pouco tempo, ver pedidos de orçamento e vendas sendo concretizadas? É SOBRE ISSO QUE VOU FALAR NESTE TEXTO. A maioria das empresas e profissionais

Leia mais

Projeto gestão de demanda http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/projeto-gestao-de-demanda/62517/

Projeto gestão de demanda http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/projeto-gestao-de-demanda/62517/ Projeto gestão de demanda http://www.administradores.com.br/artigos/marketing/projeto-gestao-de-demanda/62517/ Muitas empresas se deparam com situações nas tarefas de previsões de vendas e tem como origem

Leia mais

DESENVOLVENDO PESSOAS ATRAVÉS DO MENTORING ORGANIZACIONAL

DESENVOLVENDO PESSOAS ATRAVÉS DO MENTORING ORGANIZACIONAL DESENVOLVENDO PESSOAS ATRAVÉS DO MENTORING ORGANIZACIONAL Paulo Erlich* O Mentoring (Mentoria) vem sendo reconhecido mundialmente como um dos melhores métodos para desenvolvimento do indivíduo em diversas

Leia mais

Uma trufa e... 1000 lojas depois!

Uma trufa e... 1000 lojas depois! Uma trufa e... 1000 lojas depois! Autor: Alexandre Tadeu da Costa. Aluna: Lays Roberta Caçandro. Turma: 1º Ciências Contábeis. Venda Nova do Imigrante, Maio de 2012. Qual o principal assunto do livro.

Leia mais

O caminho para conquistar Equipes de Alto Desempenho

O caminho para conquistar Equipes de Alto Desempenho 27 O caminho para conquistar Equipes de Alto Desempenho 233 Um líder conquista uma equipe de Alto de Desempenho, primeiramente por meio de suas atitudes como pessoa, e depois conquista pela Visão de um

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

De mãos dadas: RH e marketing

De mãos dadas: RH e marketing De mãos dadas: RH e marketing A união de RH e marketing é um dos melhores caminhos para a sobrevivência de uma empresa - e das próprias áreas Não é incomum, em tempos de turbulência e incertezas econômicas,

Leia mais

2013 setembro Ed. 4 1

2013 setembro Ed. 4 1 2013 setembro Ed. 4 1 Editorial O mundo organizacional está sempre atrás de alguma novidade no mercado. Por vezes, se esquece de que a simplicidade resolve a maior parte dos problemas e quer saber da última

Leia mais

Fundação Libertas. Nova denominação da entidade. Manual de Governança Corporativa

Fundação Libertas. Nova denominação da entidade. Manual de Governança Corporativa Manual de Governança Corporativa Sumário 1. Definição.... Objetivo... 3. Da Contextualização da PREVIMINAS... 3.1. Arcabouço Legal e Regulatório... 3.. A Identidade da PREVIMINAS... A Filosofia Empresarial

Leia mais

Aula Nº 9 Treinamento - Atendimento em Call Center

Aula Nº 9 Treinamento - Atendimento em Call Center Aula Nº 9 Treinamento - Atendimento em Call Center Objetivos da aula: Ao final desta aula, você poderá compreender a importância de um treinamento adequado, que possui, como ferramentas competitivas, a

Leia mais

7 DICAS PARA ARRASAR NAS VENDAS

7 DICAS PARA ARRASAR NAS VENDAS NO NEGÓCIO 7 DICAS PARA ARRASAR NAS Em tempos difíceis, reestruturar e dar atenção especial à equipe de vendas é mais do que recomendado, é essencial. Veja as dicas dos especialistas para que sua empresa

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Cristina Soares. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Cristina Soares Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Quando decidi realizar meu processo de coaching, eu estava passando por um momento de busca na minha vida.

Leia mais

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA

OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA BOLETIM TÉCNICO MAIO/2011 OS TRÊS PILARES DO LUCRO PEQUENA E MÉDIA EMPRESA Um empresário da indústria se assustou com os aumentos de custo e de impostos e reajustou proporcionalmente seus preços. No mês

Leia mais

dim i e m nsão ã o h uma m n a a c p a ac a i c d i ad a e c m o p m etênci c a

dim i e m nsão ã o h uma m n a a c p a ac a i c d i ad a e c m o p m etênci c a Importância da Imagem Pessoal na Profissão Profa Elaine C. S. Ovalle Todo ser humano tem necessidade de se destacar naquilo que realiza. O maior responsável pelo desenvolvimento pessoal é o próprio indivíduo.

Leia mais

Como Eu Começo meu A3?

Como Eu Começo meu A3? Como Eu Começo meu A3? David Verble O pensamento A3 é um pensamento lento. Você está tendo problemas para começar seu A3? Quando ministro treinamentos sobre o pensamento, criação e uso do A3, este assunto

Leia mais

Enquete. O líder e a liderança

Enquete. O líder e a liderança Enquete O líder e a liderança Muitas vezes, o sucesso ou fracasso das empresas e dos setores são creditados ao desempenho da liderança. Em alguns casos chega-se a demitir o líder, mesmo aquele muito querido,

Leia mais

Liderança com foco em resultados

Liderança com foco em resultados Liderança com foco em resultados Como produzir mais, em menos tempo e com maior qualidade de vida. Introdução O subtítulo deste texto parece mais uma daquelas promessas de milagres. Independentemente de

Leia mais

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE

INTRODUÇÃO A ÃO O EMPREENDE INTRODUÇÃO AO EMPREENDEDORISMO Prof. Marcos Moreira Conceito O empreendedorismo se constitui em um conjunto de comportamentos e de hábitos que podem ser adquiridos, praticados e reforçados nos indivíduos,

Leia mais

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO

ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO 1 ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO COM O PÚBLICO INTERNO Por Regina Stela Almeida Dias Mendes NOVEMBRO 2004 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA 2 ENDOMARKETING COMO FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

Liderança Estratégica

Liderança Estratégica Liderança Estratégica A título de preparação individual e antecipada para a palestra sobre o tema de Liderança Estratégica, sugere-se a leitura dos textos indicados a seguir. O PAPEL DE COACHING NA AUTO-RENOVAÇÃO

Leia mais

Oito passos para uma carreira extraordinária

Oito passos para uma carreira extraordinária Oito passos para uma carreira extraordinária Procurar tornar-se apto para o mercado de trabalho sem saber qual o objetivo desejado é a melhor forma de conseguir bons empregos e uma eterna infelicidade.

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos

Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Mais que um Negócio, a Profissão dos seus Sonhos Erros e Dicas para Vender seus Serviços MElina Kunifas 2010 WWW. M E L I N A K U N I F A S. C O M Caro leitor, este livreto tem o propósito de educar e

Leia mais

É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA

É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA É A QUALIDADE DA EQUIPE DE LIDERANÇA QUE FAZ A DIFERENÇA Maria Beatriz de Carvalho Melo Lobo Instituições universitárias, todas elas, são empresas, com missões distintas e oriundas da concessão de um serviço

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

Como contratar staff de Projetos...

Como contratar staff de Projetos... Como contratar staff de Projetos... Que qualidades estou buscando no profissional de Projetos, e como identificá-las...? Alguns exemplos do que podemos buscar..! 1. Visão 2. Orientação estratégica 3. Inovação

Leia mais

O Cliente ao alcance do mouse!

O Cliente ao alcance do mouse! Capítulo 11 e-crc uma importante ferramenta de marketing A minha vivência, como consultor, pôs a descoberto duas das grandes dores de cabeça dos empresários a prospecção e comunicação com clientes. Todos,

Leia mais

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS Ao se levantar para trabalhar, pela manhã, todos enfrentamos, sentados na beira da cama, a mesma questão: eu seria mais feliz e satisfeito fazendo

Leia mais

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade...

3. Os erros têm sido cometidos exatamente onde há maior dificuldade... Entrevista com PEDRO MANDELLI Consultor na área de mudança organizacional, Pedro Mandelli é um dos maiores especialistas em desenho e condução de processos de mudança em organizações. É professor da Fundação

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

Diagnosticando os problemas da sua empresa

Diagnosticando os problemas da sua empresa Diagnosticando os problemas da sua empresa O artigo que você vai começar a ler agora é a continuação da matéria de capa da edição de agosto de 2014 da revista VendaMais. O acesso é restrito a assinantes

Leia mais

1.1 Missão de uma empresa

1.1 Missão de uma empresa CI069 - Administração de Empresas de Informática - Turma 2010-1 Nome: Carlos Augusto Ligmanowski Junior GRR 20081238 Título: 3 - Estrutura, missão, valores e visão organizacionais Data: 01/06/2010 e como

Leia mais

Esta edição segue as normas do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

Esta edição segue as normas do Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. [2] Luciano Portela, 2015 Todos os direitos reservados. Não há nenhum empecilho caso queira compartilhar ou reproduzir frases do livro sem permissão, através de qualquer veículo impresso ou eletrônico,

Leia mais

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA

A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA Bernardo Leite AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO HÁ TEMPOS... Objetivos principais: Aumento de salário Demissão CONCLUSÃO: A APLICAÇÃO FOI DRASTICAMENTE REDUZIDA A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO É um processo natural e

Leia mais

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina.

Lanches ser hoje uma referência gastronômica em Londrina. EntreVISTA Fotos: Divulgação/Shutterstock O grande empreendedor encara os desafios Entre esperar o livro pronto e escrevê-lo, o comerciante Arnaldo Tsuruda preferiu seguir pela segunda opção. A história

Leia mais

Marketing para serviços médicos

Marketing para serviços médicos Marketing para serviços médicos Uma empresa médica, seja um consultório ou clínica, precisa elaborar um plano de marketing bastante objetivo, prático, de simples aplicação e direcionado para a área a clientela

Leia mais

Wagner Oliveira. Aumente seus ganhos utilizando ferramentas simples e eficientes. 2ª Edição

Wagner Oliveira. Aumente seus ganhos utilizando ferramentas simples e eficientes. 2ª Edição Wagner Oliveira Aumente seus ganhos utilizando ferramentas simples e eficientes 2ª Edição São José dos Campos 2014 Copyright Wagner Oliveira, 2014 Todos os direitos reservados. Revisão: Elisa Alzira de

Leia mais

A comunicação e o marketing. como ferramentas estratégicas de gestão social

A comunicação e o marketing. como ferramentas estratégicas de gestão social A comunicação e o marketing como ferramentas estratégicas de gestão social Ricardo Voltolini* Transformar causas em marcas fortes que tenham longevidade, personalidade, consistência e sejam uma referência

Leia mais

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL

OS 3 PASSOAS PARA O SUCESSO NA SEGURANÇA PATRIMONIAL WWW.SUPERVISORPATRIMONIAL.COM.BR SUPERVISOR PATRIMONIAL ELITE 1 OS 3 PASSOS PARA O SUCESSO NA CARREIRA DA SEGURANÇA PATRIMONIAL Olá, companheiro(a) QAP TOTAL. Muito prazer, meu nome e Vinicius Balbino,

Leia mais

A ALMA DO LÍDER 1. Ken Blanchard. a alma do líder. reflexões sobre a arte de influenciar pessoas. São Paulo

A ALMA DO LÍDER 1. Ken Blanchard. a alma do líder. reflexões sobre a arte de influenciar pessoas. São Paulo A ALMA DO LÍDER 1 Ken Blanchard a alma do líder reflexões sobre a arte de influenciar pessoas São Paulo 2009 A ALMA DO LÍDER 3 INTRODUÇÃO Quando eu estava no ensino médio, tinha um técnico de futebol

Leia mais

APOSTILA DE FILOSOFIA E ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES

APOSTILA DE FILOSOFIA E ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES APOSTILA DE FILOSOFIA E ÉTICA NAS ORGANIZAÇÕES 2º. Bimestre Capítulos: I Ética: noções e conceitos básicos II Processo de Decisão Ética III - Responsabilidade Social Apostila elaborada pela Profa. Ana

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

Av. Antônio Sales, 2371 loja 113 Dionísio Torres Fortaleza, CE

Av. Antônio Sales, 2371 loja 113 Dionísio Torres Fortaleza, CE Av. Antônio Sales, 2371 loja 113 Dionísio Torres Fortaleza, CE www.epossivelsim.com.br 3224.4940/3088.6161 INTRODUÇÃO Em nossa vida, é necessário planejarmos com cuidado em que direção pretendemos focar

Leia mais

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas 1 Sumário I II V Porque monitorar? O que monitorar? Onde monitorar? Como engajar? 2 Por que Monitorar? 3 I II V Nas mídias sociais

Leia mais

Olá... Por quê, afinal, o nome do curso se chama Empreendedorismo para Psicólogos, e qual a utilidade deste conhecimento para esses profissionais?

Olá... Por quê, afinal, o nome do curso se chama Empreendedorismo para Psicólogos, e qual a utilidade deste conhecimento para esses profissionais? 1 Olá... Tudo bem? Mais uma vez, obrigado pelo interesse no curso Empreendedorismo para Psicólogos e meus cumprimentos por decidir tirar um tempo para refletir sobre sua carreira e talvez investir nela.

Leia mais

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com.

Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil. bbbrothers@bbbrothers.com. Gerência de projetos: arte ou disciplina? By André Barcaui, MsC, PMP is a consultant and management coach, Brazil bbbrothers@bbbrothers.com.br O equilíbrio necessário para se tornar um excelente gerente

Leia mais

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br

Danilo Nascimento Fundador do Segredos de Concurso www.segredosdeconcurso.com.br Olá, concurseiro! É um grande prazer poder lhe dar algumas dicas básicas a respeito da sua preparação para um Concurso Público. Sei que esse é um grande sonho, e ter a oportunidade de colaborar com a construção

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

Motivar a sua equipe: O grande desafio da Liderança

Motivar a sua equipe: O grande desafio da Liderança Motivar a sua equipe: O grande desafio da Liderança Existem diversos textos sobre Gestão sendo publicados diariamente, e dentre eles, muitos tratam do tema liderança, que certamente é um dos assuntos mais

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE TER REVIEWS E OPINIÕES NO SEU ECOMMERCE

TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE TER REVIEWS E OPINIÕES NO SEU ECOMMERCE TUDO O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE TER REVIEWS E OPINIÕES NO SEU ECOMMERCE Este e-book é dedicado a todos os donos de ecommerce, gestores e colaboradores que acreditam que o sucesso de uma loja virtual

Leia mais

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance

Alta Performance Como ser um profissional ou ter negócios de alta performance Sobre o autor: Meu nome é Rodrigo Marroni. Sou apaixonado por empreendedorismo e vivo desta forma há quase 5 anos. Há mais de 9 anos já possuía negócios paralelos ao meu trabalho e há um pouco mais de

Leia mais

A Paralisia Decisória.

A Paralisia Decisória. A Paralisia Decisória. Começo este artigo com uma abordagem um pouco irônica, vinda de uma amiga minha, que, inconformada como a humanidade vêm se portando perante a fé em algo superior, soltou a máxima

Leia mais

Estabelecimento da Diretriz Organizacional

Estabelecimento da Diretriz Organizacional Estabelecimento da Diretriz Organizacional AULA 3 Bibliografia: Administração Estratégica: Planejamento e Implantação da Estratégia SAMUEL C. CERTO & J. P. PETERTO ASSUNTO: Três importantes considerações

Leia mais

Como exercitar sua Inteligência Emocional

Como exercitar sua Inteligência Emocional Como exercitar sua Inteligência Emocional Introdução 3 Como o desenvolvimento da Inteligência Emocional pode ajudar 6 5 passos para exercitar sua Inteligência Emocional 9 Conclusão 18 Sobre a SBIE 21 Introdução

Leia mais

Prof Elly Astrid Vedam

Prof Elly Astrid Vedam Prof Elly Astrid Vedam Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; Identificar conflitos no ambiente de seu negócio, calculando e avaliando

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Líder em consultoria no agronegócio

Líder em consultoria no agronegócio MPRADO COOPERATIVAS mprado.com.br COOPERATIVAS 15 ANOS 70 Consultores 25 Estados 300 cidade s 500 clientes Líder em consultoria no agronegócio 1. Comercial e Marketing 1.1 Neurovendas Objetivo: Entender

Leia mais

II. NOSSA MISSÃO, VISÃO E VALORES

II. NOSSA MISSÃO, VISÃO E VALORES I. NOSSA HISTÓRIA A história da Crescimentum começou em 2003, quando o então executivo do Grupo Santander, Arthur Diniz, decidiu jogar tudo para o alto e investir em uma nova carreira. Ele optou por se

Leia mais

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança

03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança 03 Passos para o Seu Dinheiro da Poupança Render 5 Vezes Mais por Leandro Sierra Índice Apresentação...03 Introdução... 04 Passo 1...05 Passo 2... 08 Educação Financeira para a Segurança do seu Investimento...

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN

NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN NO NEGÓCIO SAC TEXTO DE JULIANA KLEIN 50 A ALMA DO NEGÓCIO Serviço de SAC eficiente é o que todos os clientes esperam e é no que todas as empresas deveriam investir. Especialistas afirmam: essa deve ser

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada.

Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada. Toque de Mestre 16 Discursivas do Cespe Tema específico: resposta fácil, organização complicada. Profa. Júnia Andrade Viana profajunia@gmail.com face: profajunia Autora do livro Redação para Concursos

Leia mais

O CAMINHO PARA REFLEXÃO

O CAMINHO PARA REFLEXÃO O CAMINHO PARA REFLEXÃO a 3 Semana EMPREENDER É DAR A SUA CONTRIBUIÇÃO PARA A SOCIEDADE No mudo dos negócios existe a diferença visível do acomodado que nunca quer aprender a mesma coisa duas vezes e o

Leia mais

% Das estratégias fracassam por ineficácia em sua execução. Raramente fracassam por falta de inteligência ou visão. DEFININDO A DIREÇÃO CAPITULO:1 NÃO É A ESTRATÉGIA UM FUTURO QUE MAL CONSEGUEM VISLUMBRAR

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

LIDERANÇA. O silêncio, e não a discordância, é a única resposta que os verdadeiros líderes deveriam se recusar a aceitar". Warren Bennis.

LIDERANÇA. O silêncio, e não a discordância, é a única resposta que os verdadeiros líderes deveriam se recusar a aceitar. Warren Bennis. LIDERANÇA O silêncio, e não a discordância, é a única resposta que os verdadeiros líderes deveriam se recusar a aceitar". Warren Bennis. João Alfredo Biscaia(*) Primeiras observações Resumir as principais

Leia mais

Os desafios de levar o lean aos fornecedores: a experiência da Bosch

Os desafios de levar o lean aos fornecedores: a experiência da Bosch Os desafios de levar o lean aos fornecedores: a experiência da Bosch Cid Fontana Lopez Diretor de Desenvolvimento de Fornecedores da Robert Bosch - América Latina As empresas que se propõe a trazer os

Leia mais

Nossa missão O que fazemos para sua empresa crescer

Nossa missão O que fazemos para sua empresa crescer A Revista VendaMais, a mais conceituada Revista de Vendas do Brasil, uniu-se a Solução Comercial, consultoria com experiência em mais de 80 empresas de diferentes segmentos, para criar a Solução Comercial/VendaMais.

Leia mais

Curso Introdução ao Secretariado Empresarial

Curso Introdução ao Secretariado Empresarial Seja bem Vindo! Curso Introdução ao Secretariado Empresarial CursosOnlineSP.com.br Carga horária: 20hs Conteúdo Programático: 1. Um novo perfil 2. Da era da máquina datilográfica à internet 3. Um perfil

Leia mais

Gerando idéias de negócio

Gerando idéias de negócio NEGÓCIO CERTO COMO CRIAR E ADMINISTRAR BEM SUA EMPRESA Gerando idéias de negócio Manual Etapa 1/Parte 1 Bem-vindo! É um prazer ter você na Etapa 1 do Programa de Auto-Atendimento Negócio Certo do Sebrae.

Leia mais

Integrar para Mudar. T 2 People 2013 www.t2people.com. por Daniel Druwe Araujo

Integrar para Mudar. T 2 People 2013 www.t2people.com. por Daniel Druwe Araujo Integrar para Mudar por Daniel Druwe Araujo As melhores organizações têm funções competentes para cuidar de aspectos importantes da gestão de pessoas, como a comunicação, o aprendizado e o sistema de consequências.

Leia mais

Enem. Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade!

Enem. Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade! Enem Dicas para você se dar bem na prova. A prova do ENEM está ai e você precisa de uma boa nota, certo? Verdade! Não tem mais para onde correr: O resto dos seus dias depende disso. Ou pelo menos é assim

Leia mais

Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso

Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso Tudo o que você precisa saber para ter filhos éticos, inteligentes, felizes e de sucesso SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 15 2. COMUNICAÇÃO E DIÁLOGO ENTRE PAIS E FILHOS 23 2.1 O problema da comunicação entre pais

Leia mais

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014 ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL Guia Prático de Compra Edição de julho.2014 O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO Í n d i c e 6 perguntas antes de adquirir um sistema 4 6 dúvidas de quem vai adquirir

Leia mais

A importância da Liderança no sucesso da implementação Lean

A importância da Liderança no sucesso da implementação Lean A importância da Liderança no sucesso da implementação Lean Paulo Cesar Brito Lauria Muitas empresas têm se lançado na jornada de implementar a filosofia lean nas últimas décadas. No entanto, parece que

Leia mais

Como trazer resultados para sua empresa de forma simples e objetiva em Licitações? Aqui temos algumas dicas! Aproveite sua leitura!

Como trazer resultados para sua empresa de forma simples e objetiva em Licitações? Aqui temos algumas dicas! Aproveite sua leitura! 05 PASSOS PARA SER UM LICITANTE DE SUCESSO Você já pensou em conhecer Licitação de uma forma prática, objetiva, sem complicações? Este e-book é o primeiro, de muitos materiais que o Licitabem produzirá

Leia mais

LIDERANÇA: O líder contemporâneo André Lanna 1

LIDERANÇA: O líder contemporâneo André Lanna 1 1 LIDERANÇA: O líder contemporâneo André Lanna 1 RESUMO Este artigo analisa o perfil de diferentes tipos de líderes, bem como a análise de situações encontradas do ponto de vista de gestão de pessoas.

Leia mais