FÁTIMA BARK BRUNERI LORAINE MERONY PINHEIRO UNIVERSIDADE POSITIVO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÁTIMA BARK BRUNERI LORAINE MERONY PINHEIRO UNIVERSIDADE POSITIVO"

Transcrição

1 Preparo de uma região para cirurgia FÁTIMA BARK BRUNERI LORAINE MERONY PINHEIRO UNIVERSIDADE POSITIVO

2 Clinica Integrada II 3º Período Diurno Professores: Carmen Lucia Mueller Storrer Eli Luis Namba Fernando Henrique Ruppel Osternack Odilon Guariza Paulo Henrique Tomazinho Tatiana Miranda Deliberador

3 INTRODUÇÃO A microbiota bucal é a mais complexa microbiota de todo o nosso corpo, em nenhum outro lugar do corpo encontra-se mais espécies bacterianas que na boca. Isso pode ser explicado em termos ecológicos pela diversidade de habitats ali encontradas. DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, 2006.

4 Para manter o equilíbrio biológico da microbiota existem fatores que são em grande número e podem ser divididos em três grupos: endógenos; saliva, fluido gengival, presença ou ausência de dentes, integridade dos tecidos exógenos; dieta do hospedeiro, qualidade da higiene bucal uso de antimicrobianos. Fatores sistêmicos: alterações hormonais, estresse, diabetes, leucemia, imunodeficiências. DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, 2006.

5 Biofilme Dental É uma massa bacteriana, aderente e amolecida, que se deposita sobre a superfície dental e não pode ser facilmente removida. Saúde Biofilme dental Cárie Doença periodontal DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, 2006.

6 Biofilme relacionado à saúde Localizado supragengival, predominância de gram positivas e anaeróbias facultativas. Essa placa é mantida em níveis mínimos de bactérias, evidentemente porque o hospedeiro assim a mantém por meio de uma adequada higienização bucal. O estado de saúde resulta de um equilíbrio no qual a população microbiana convive em harmonia com o hospedeiro DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, 2006.

7 Biofilme relacionado à cárie Localizada supragengival, se desenvolve na presença constante de sacarose. Esse açúcar na placa favorece o desenvolvimento de bactérias com metabolismo fermentativo. Presença de bactérias acidogênicas e aciduricas. DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, 2006.

8 Biofilme relacionado à Doença Periodontal Associadas com a deficiência da higiene bucal, gram negativas, anaeróbios e proteolíticas. Na placa subgengival o microambiente é influenciado pela quantidade de fluido gengival, o aumento de sua exsudação conduz para um ambiente periodontal, esse ambiente. DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, 2006.

9 L.A.V Paciente 55 anos, residente no bairro Campo Comprido, hipertenso. Motivo: arrumar os dentes. Última visita ao dentista: 1 ano atrás. Higiene Oral: 1 vez ao dia, não faz uso de fio dental.

10 Odontograma Ausência dos elementos: 14, 25, 26, 45 e 37. Mobilidade dental: 27 e 37. Cárie: 24

11 Plano de Tratamento 1) Anamnese e Periograma. 2) Radiografias interproximais dos elementos 16 e 24 e Raspagem do S6. 3) Raspagem S1, S2, S3. 4) Raspagem S4 e S6. 5) Aumento de coroa do elemento 24. 6) Restauração do elemento 24 (após 45 do aumento de coroa). 7) Exodontia dos elementos 16 e 27. 8) Reavaliação e encaminhamento para Prótese

12 Caso clínico - fotos Inicial

13 Raspagem supra e subgengival

14 Curetagem do elemento 24

15 Desinfecção com clorexidina

16 Bolinha de algodão com clorexidina

17 Espatulação com coltosol

18 Paciente controlado

19 Riscos de uma cirurgia contaminada Ambiente contaminado Proliferação de bactérias oportunistas Complicações pós-operatório

20 Preparo do sítio para cirurgia Raspagem: O objetivo é eliminar tanto bactérias que habitam o biofilme quanto o biofilme calcificado da superfície do dente e dos tecidos adjacentes. A raspagem é importante para redução da inflamação do periodonto, devido à menores cargas bacterianas levando à mudanças clínicas benéficas. E também cria um ambiente no qual o hospedeiro pode prevenir a recolonização patogênica utilizando métodos de higiene oral. LINDHE, Jan. Tratado de Periodontia Clínica e Implantologia Oral. Ed. Guanabara Koogan, 2009.

21 Curetagem e curativo Cárie: Processo no qual as bactérias da placa sintetizam os carboidratos da dieta transformando-os em ácidos estabelecendo condições de supersaturação ou subsaturação que favorecerão a remineralização ou desmineralização dental. A escavação é feita para minimizar esse processo des-re e conter a expansão do tecido cariado. LINDHE, Jan. Tratado de Periodontia Clínica e Implantologia Oral. Ed. Guanabara Koogan, 2009.

22 O Coltosol é um material de preenchimento, de endurecimento químico (saliva), para preenchimento temporário (para ser utilizado por no máximo 1 à 2 semanas). das cavidades dentárias. É um cimento a base de óxido de zinco / sulfato de zinco.

23 Ciclo restaurador repetitivo

24 Referencias bibliográficas DE LORENZO, José Luiz. Microbiologia para o estudante de Odontologia. Ed. Atheneu, LINDHE, Jan. Tratado de Periodontia Clínica e Implantologia Oral. Ed. Guanabara Koogan, Buischi, Yvonne de Paiva, ed. Promoção de saúde bucal na clinica odontológica. São Paulo: Artes Médicas/APCD, 2000

Aspectos microbiológicos da Cárie Dental

Aspectos microbiológicos da Cárie Dental Curso Técnico em Saúde Bucal Aula disponível: www.portaldoaluno.bdodonto.com.br Aspectos microbiológicos da Cárie Dental Prof: Bruno Aleixo Venturi 1 O que é a doença cárie? 2 CÁRIE DENTAL Do#La&m# Carious

Leia mais

ODONTOLOGIA PERIODONTIA I. 5º Período / Carga Horária: 90 horas

ODONTOLOGIA PERIODONTIA I. 5º Período / Carga Horária: 90 horas ODONTOLOGIA PERIODONTIA I 5º Período / Carga Horária: 90 horas 1. PRÉ-REQUISITO: Biossegurança e Orientação Profissional Odontológica; Diagnóstico por Imagem I; Patologia Buço Denta. 2. EMENTA: O aluno

Leia mais

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO EM PERIODONTIA 1 - DIAGNÓSTICO 2 - TRATAMENTO PERIODONTAL 3 - ACOMPANHAMENTO

PROTOCOLO DE ATENDIMENTO EM PERIODONTIA 1 - DIAGNÓSTICO 2 - TRATAMENTO PERIODONTAL 3 - ACOMPANHAMENTO PROTOCOLO DE ATENDIMENTO EM PERIODONTIA 1 - DIAGNÓSTICO 2 - TRATAMENTO PERIODONTAL 3 - ACOMPANHAMENTO 1. DIAGNÓSTICO 1.1- ANAMNESE 1.2- EXAMES COMPLEMENTARES 1.3- AVALIAÇÕES CLÍNICA 1.1. ANAMNESE História

Leia mais

Doença Periodontal Orientações para manter uma boca saudável Anatomia Estrutura saudável Gengivas A A figura mostra as gengivas de uma pessoa que tenha a constituição clara. As pessoas de pele escura têm

Leia mais

Circular 0160/2000 São Paulo, 18 de Maio de 2000.

Circular 0160/2000 São Paulo, 18 de Maio de 2000. [fesehf/cabecalho.htm] Circular 0160/2000 São Paulo, 18 de Maio de 2000. Plano de Saúde Assunto: Rol de Procedimentos Odontológicos para Plano de Saúde Prezado (a) Senhor (a), A Agência Nacional de Saúde

Leia mais

Diretrizes Assistenciais

Diretrizes Assistenciais Diretrizes Assistenciais Protocolo de Tratamento Odontológico Versão eletrônica atualizada em Janeiro 2009 A EQUIPE DE SAÚDE BUCAL NA UTMO Fernanda de Paula Eduardo Letícia Mello Bezinelli Pacientes que

Leia mais

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Plano Integral... TRATAMENTO AMBULATORIAL/DIAGNÓSTICO Consulta EMERGÊNCIA Colagem de fragmentos (consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura,

Leia mais

Anexo I TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO III UNIODONTO-SC

Anexo I TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO III UNIODONTO-SC Anexo I TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO III UNIODONTO-SC Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS). NOMENCLATURA / PROCEDIMENTO DIAGNÓSTICO

Leia mais

Placa bacteriana espessa

Placa bacteriana espessa A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE BUCAL A saúde bucal é importante porque a maioria das doenças e a própria saúde começam pela boca. Por exemplo, se você não se alimenta bem, não conseguirá ter uma boa saúde bucal,

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil 1 DIAGNÓSTICO 1.1 Consulta Clínico 1.2 Consulta Especialista 1.3 Condicionamento em Odontologia para crianças

Leia mais

Doença Periodontal na Infância

Doença Periodontal na Infância Universidade de São Paulo Faculdade de Odontologia Doença Periodontal na Infância Profa. Dra. Ana Estela Haddad Camilla V. Galatti / Dr. Cássio Alencar Doença periodontal é uma afecção da fase adulta?

Leia mais

RIO DE JANEIRO. SEGUNDA-FEIRA, 18 de Junho de 2012 ANO VI N 716. Atos Oficiais. Este documento foi assinado digitalmente por AC SERASA SRF ICP-BRASIL.

RIO DE JANEIRO. SEGUNDA-FEIRA, 18 de Junho de 2012 ANO VI N 716. Atos Oficiais. Este documento foi assinado digitalmente por AC SERASA SRF ICP-BRASIL. RIO DE JANEIRO. SEGUNDA-FEIRA, 18 de Junho de 2012 ANO VI N 716 Atos Oficiais 2 RIO DE JANEIRO. SEGUNDA-FEIRA, 18 de Junho de 2012 ANO VI N 716 ANO VI N 716 RIO DE JANEIRO. SEGUNDA-FEIRA, 18 de Junho de

Leia mais

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR

PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CREO CISAMUSEP 1. PRÓTESE 2. ENDODONTIA 3. PERIODONTIA 4. CIRURGIA ORAL MENOR 5. PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS 6. ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES

Leia mais

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 7 Samuel. Fundamentação Teórica: Doenças periodontais

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 7 Samuel. Fundamentação Teórica: Doenças periodontais CASO COMPLEXO 7 Samuel : Ilíria Salomão Feist Dividiremos nosso conteúdo referencial em duas partes: na primeira definiremos, segundo a Academia Americana de Periodontia (AAP), os itens que devem ser seguidos

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

Cárie Dental Conceitos Etiologia Profa Me. Gilcele Berber

Cárie Dental Conceitos Etiologia Profa Me. Gilcele Berber Cárie Dental Conceitos Etiologia Profa Me. Gilcele Berber Perda localizada dos tecidos calcificados dos dentes, decorrentes da fermentação de carboidratos da dieta por microrganismos do biofilme Princípios

Leia mais

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO 1 1. PROPÓSITO Efetuar controle da Guias de Encaminhamentos Odontológicos em conformidade com a Circular 006/2007 da DSM e DGPM-401

Leia mais

Diagnóstico - Primeira Consulta. Radiologia ou Radiografia

Diagnóstico - Primeira Consulta. Radiologia ou Radiografia Diagnóstico - Primeira Consulta Consulta Inicial: É a primeira consulta feita com o cirurgião-dentista, com o objetivo de diagnosticar as patologias presentes e estabelecer o tratamento a ser feito. Exame

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: ODONTÓLOGO CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: ODONTÓLOGO CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA

ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA ESPECIALIDADE MEDICINA DENTÁRIA Cirurgia Oral A Cirurgia Oral é uma especialidade da Medicina Dentária que inclui o diagnóstico e o tratamento cirúrgico de patologias dos tecidos moles e tecidos duros

Leia mais

COBERTURA DA APÓLICE BRADESCO DENTAL SPG 5 A 49 VIDAS

COBERTURA DA APÓLICE BRADESCO DENTAL SPG 5 A 49 VIDAS ANS BRADESCO DENTAL DIAGNÓSTICO CONSULTA INICIAL EXAME HISTOPATOLÓGICO URGÊNCIA/EMERGÊNCIA COLAGEM DE FRAGMENTOS CURATIVO E/OU SUTURA EM CASO DE HEMORRAGIA BUCAL/LABIAL CURATIVO EM CASO DE ODONTALGIA AGUDA

Leia mais

BRONZE R$ R$ 11,40 tratamento. Exame histopatológico R$ 50,00

BRONZE R$ R$ 11,40 tratamento. Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO BRONZE R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de R$ 11,40 tratamento. Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

Você sabe o que é cárie?

Você sabe o que é cárie? Clínica Geral Você sabe o que é cárie? Todo mundo acredita que a cárie é uma espécie de bichinho que vai comendo o dente! Mas na verdade, chamamos de cárie a deterioração do dente que é causada pelas bactérias

Leia mais

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 6 Dona Margarida. Fundamentação Teórica: Odontologia geriátrica

UNA-SUS Universidade Aberta do SUS SAUDE. da FAMILIA. CASO COMPLEXO 6 Dona Margarida. Fundamentação Teórica: Odontologia geriátrica CASO COMPLEXO 6 Dona Margarida : Maria Angela M. Mimura As alterações e patologias apresentadas no caso de Dona Margarida são diversas e de etiologias diferentes, portanto serão tratadas por itens de modo

Leia mais

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB

Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB Como obter resultados com a otimização dos consultórios com os TSB e ASB 6º SINPLO Simpósio Internacional de Planos Odontológicos Fabiana Car Pernomiam 2011 Ergonomia racionalizar o trabalho, possibilitar

Leia mais

ECOLOGIA MICROBIANA DA

ECOLOGIA MICROBIANA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Instituto de Ciências Biomédicas Departamento de Microbiologia ECOLOGIA MICROBIANA DA CAVIDADE BUCAL Prof. Dr. Mario Julio Avila-Campos http://www.icb.usp.br/bmm/mariojac Ecologia

Leia mais

Atendimento em consultório particular com hora marcada. Sem limite de procedimentos odontológicos.

Atendimento em consultório particular com hora marcada. Sem limite de procedimentos odontológicos. Plano Odontologico CONHEÇA O SEU PLANO O plano oferecido pela sua Empresa junto à Prodent possui ampla cobertura nas principais especialidades odontológicas, para que você e seus dependentes possam cuidar

Leia mais

I. DOS PRÉ-REQUISITOS.

I. DOS PRÉ-REQUISITOS. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA UFSM FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO PÚBLICO INSCRIÇÕES PARA SELEÇÃO DE ALUNOS DO CURSO DE CAPACITAÇÃO EM CLÍNICA ODONTOLÓGICA INTEGRADA

Leia mais

ÁREA TEMÁTICA - SAÚDE BUCAL

ÁREA TEMÁTICA - SAÚDE BUCAL Elaboração: Edna Cézar Balbino Fernanda Lúcia de Campos Luís Cláudio Sartori ÁREA TEMÁTICA - SAÚDE BUCAL Colaboração: Adrianne Stein Ana Regina Fernandes B. Cozzolino Andréia dos Santos Ribeiro Dalila

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Especialidade: ENDODONTIA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Especialidade: ENDODONTIA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 10 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR COORDENAÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL

Leia mais

REGULAMENTO ODONTOLÓGICO

REGULAMENTO ODONTOLÓGICO REGULAMENTO ODONTOLÓGICO Regulamento Vigente REGULAMENTO ODONTOLÓGICO ARTIGO 1º - A Associação dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo - AFRESP - prestará a seus associados inscritos na Administração

Leia mais

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA

Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Especialidade: DENTÍSTICA RESTAURADORA Tabela de Procedimentos Odontológicos Página: 1 de 8 Grupo: 100-Diagnose - As consultas deverão ser faturadas em Guias de Atendimento - GA, separadamente dos demais procedimentos, que serão faturados na

Leia mais

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS REGIONAL CEO/ CISA Versão I 2013 PROTOCOLO INTEGRADO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS CEO CISA/IJUI 1. ENDODONTIA 2. PERIODONTIA 3. CIRURGIA ORAL MENOR 4. PACIENTES

Leia mais

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS

Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Dentição Convênios Odontológicos Tabela de Procedimentos Odontológicos Dentalprev - descrição e códigos TUSS Nome Código Observações Cir.Traum.Buco-Max-Fac Aprofundamento/aumento de vestíbulo 82000190

Leia mais

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC

PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC PROTOCOLOS OPERACIONAIS DOS SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A SEREM SEGUIDOS PELOS PERITOS E PRESTADORES DE SERVIÇO DO SESI/DR/AC A) TIPOS DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS A.1 Consulta Inicial Entende-se como exame clínico,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI www.ufvjm.edu.br

UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI www.ufvjm.edu.br EDITAL Nº 03/2015 SELEÇÃO MONITORES REMUNERADOS DO DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA, DA FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE, DA UNIVERSIDADE FEDERAL, CAMPUS I - DIAMANTINA O Departamento de Odontologia,

Leia mais

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS MANUAL PARA PREENCHIMENTO DAS FICHAS OBJETIVO Este manual foi elaborado para orientar o usuário quanto ao preenchimento das fichas de Coleta de Dados Simplificados (CDS). Esse documento visa descrever

Leia mais

MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL PARA CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA EM ESCOLARES DO CASTELO BRANCO

MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL PARA CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA EM ESCOLARES DO CASTELO BRANCO MEDIDAS DE ADEQUAÇÃO DO MEIO BUCAL PARA CONTROLE DA CÁRIE DENTÁRIA EM ESCOLARES DO CASTELO BRANCO BARROS, Ítala Santina Bulhões 1 LIMA, Maria Germana Galvão Correia 2 SILVA, Ariadne Estffany Máximo da

Leia mais

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1.NOME DO MEDICAMENTO Corsodyl Dental 2 mg/ml solução para lavagem da boca 2.COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Cada mililitro de Corsodyl Dental solução para

Leia mais

MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB -

MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB - 1 MANUAL INSTRUTIVO DOS CÓDIGOS ODONTOLÓGICOS DO SIA/SUS - TSB E ASB - Porto Alegre, 2014. 1 2 S ODONTOLÓGICOS PARA AUXILIARES E TÉCNICOS EM SAÚDE BUCAL Tabela 1: Tipos de Procedimentos Odontológicos para

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES

CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES 1. Garantir, no longo prazo, o incremento dos recursos orçamentários e financeiros para a saúde e aprovar o orçamento do SUS, composto pelos orçamentos das três esferas

Leia mais

Controle de Hemorragia sem Aplicação de Agente Hemostático em região Buco-maxilo-facial 82000484 130

Controle de Hemorragia sem Aplicação de Agente Hemostático em região Buco-maxilo-facial 82000484 130 ANEXO I TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS AGEMED Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição julho/2014 Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS). NOMENCLATURA / PROCEDIMENTO CÓDIGO TUSS RAIO X

Leia mais

Odontologia 1. A expressão pesquisa envolvendo seres humanos, de acordo com a Resolução CNS nº196/96, diz respeito a: a. Toda pesquisa realizada direta ou indiretamente com seres humanos; b. Toda pesquisa

Leia mais

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Doenças Periodontais Tratamento e Prevenção 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Gengivite e Periodontite Guia para o paciente Aprenda mais sobre as Doenças Periodontais (de gengiva) As doenças

Leia mais

INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA

INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA Aplicação do t Manual INSTRUMENTAL E INSTRUMENTAÇÃO EM PERIODONTIA Classificação Geral Identificação dos instrumentos t SONDAS PERIODONTAIS EXPLORADORES CURETAS ENXADAS FOICES LIMAS Instrumentos Exploradores

Leia mais

CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES

CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES CONHECIMENTOS GERAIS 05 QUESTÕES 1. Na perspectiva de superar as dificuldades apontadas, os gestores do SUS assumem o compromisso público da construção do PACTO PELA SAÚDE 2006, que será anualmente revisado,

Leia mais

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS PERIODONTIA

PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS PERIODONTIA PREVENÇÃO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS PERIODONTAIS Cirurgiã-Dentista CONCEITO: PERIODONTIA Especialidade Odontológica que estuda os tecidos normais e as doenças do sistema de implantação e sustentação dos

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 876/2013 REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS (PESSOA JURÍDICA)

EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 876/2013 REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS (PESSOA JURÍDICA) RETIFICAÇÃO II EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº 876/2013 REGULAMENTO DE CREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS (PESSOA JURÍDICA) O SESI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna pública RETIFICAÇÃO

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família

III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família III Mostra Nacional de Produção em Saúde da Família Painel PA 21 Organizando a saúde bucal Brasília Agosto/ 2008 Cristiane Vieira da Silva Chaves Elisangela Soares Fernanda Christine Dutra Bastos Fernanda

Leia mais

TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master

TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master TABELA INTEGRAL DE PROCEDIMENTOS Plano Master (ANEXO A - ROL DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS EXIGIDOS PELA ANS)- Tabela Cliente CH = Coeficiente de Honorário Odontológico Valor do CH = R$ USO = Unidade

Leia mais

Cobertura RN 338 Lei 9656/98:

Cobertura RN 338 Lei 9656/98: Cobertura RN 338 Lei 9656/98: CÓDIGO PROCEDIMENTO Flex 30% GRUPO 87000032 CONDICIONAMENTO EM ODONTOLOGIA PARA PACIENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS R$ 7,62 CONSULTAS 81000030 CONSULTA ODONTOLÓGICA R$ 10,58

Leia mais

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral PALESTRA A Importância da Saúde Bucal na Saúde Geral A saúde começa pela boca Os dentes são importantes na mastigação dos alimentos, fala, e estética, influenciando diretamente na auto-estima do indivíduo

Leia mais

ANEXO DA RESOLUÇÃO NORMATIVA N.ºxxx Rol de Procedimentos Odontológicos

ANEXO DA RESOLUÇÃO NORMATIVA N.ºxxx Rol de Procedimentos Odontológicos ANEXO DA RESOLUÇÃO NORMATIVA N.ºxxx Rol de Procedimentos Odontológicos Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICO: I Consulta inicial II Exame histopatológico III Exame de glicemia consiste em anamnese,

Leia mais

Segundo pesquisa realizada pelo Prof. Daniel Van Steemberg (1999), juntamente com

Segundo pesquisa realizada pelo Prof. Daniel Van Steemberg (1999), juntamente com MAU HÁLITO Segundo pesquisa realizada pelo Prof. Daniel Van Steemberg (1999), juntamente com uma equipe de gastroenterologistas, otorrinolaringologistas, psiquiatras e periodontistas da Universidade de

Leia mais

RHOUS. Referencial de Honorários Odontológicos Unafisco Saúde

RHOUS. Referencial de Honorários Odontológicos Unafisco Saúde RHOUS Referencial de Honorários Odontológicos Unafisco Saúde 2014 24hs 24hs Saiba mais sobre o Autorizador On line ACESSANDO: www.unafiscosaude.org.br OU PELO TELEFONE DE CONTATO: (61) 2103-5200 SUMÁRIO

Leia mais

FINANCIAMENTO DOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Diário Oficial da União Nº 251, Seção 1 31 de dezembro de 2010

FINANCIAMENTO DOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Diário Oficial da União Nº 251, Seção 1 31 de dezembro de 2010 Circular 001/2011 São Paulo, 04 de janeiro de 2011. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) FINANCIAMENTO DOS CENTROS DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Diário Oficial da União Nº 251, Seção 1 31 de dezembro de 2010

Leia mais

RASPAGEM E ALISAMENTO RADICULAR E TRATAMENTO PERIODONTAL DE SUPORTE

RASPAGEM E ALISAMENTO RADICULAR E TRATAMENTO PERIODONTAL DE SUPORTE INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação Disciplina de Periodontia 5 o período RASPAGEM E ALISAMENTO RADICULAR E TRATAMENTO PERIODONTAL DE SUPORTE Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com

Leia mais

ASPECTOS MICROBIOLÓGICOS DAS INFECÇÕES ENDODÔNTICAS

ASPECTOS MICROBIOLÓGICOS DAS INFECÇÕES ENDODÔNTICAS ASPECTOS MICROBIOLÓGICOS DAS INFECÇÕES ENDODÔNTICAS Prof. Dr. Cláudio Galuppo Diniz INFECÇÕES ENDODÔNTICAS A endodontia é definida como ramo da odontologia que estuda a forma, função, patofisiologia e

Leia mais

Atenção: Cobranças com códigos antigos serão aceitas/processadas somente para atendimentos realizados até 21/11/2010.

Atenção: Cobranças com códigos antigos serão aceitas/processadas somente para atendimentos realizados até 21/11/2010. Rio de Janeiro, 18 de outubro de 2010. PASA/CE 031/10 Assunto: Manual do Credenciado Odontológico do PASA/Vale Prezado(a) credenciado(a), O PASA, visando a melhoria constante do seu fluxo de processamento

Leia mais

Doenças gengivais induzidas por placa

Doenças gengivais induzidas por placa Doenças gengivais induzidas por placa Definição Inflamação dos tecidos gengivais sem afetar irreversivelmente o aparato de inserção Classificação (AAP 1999) Doenças Gengivais Induzidas por placa Não

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acerca de ética profissional, auditoria e perícia odontológica, julgue os itens a seguir. 51 O perito exerce função de serviço com conotação jurídica, devendo manter boas relações

Leia mais

Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC

Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC Tabela de Procedimentos Básicos UNIODONTO TABELA DE PROCEDIMENTOS COPARTICIPAÇÃO-III UNIODONTO-SC Baseado na Lei 9656 e RN 211 - Edição outubro/2011 - Terminologia Unificada da Saúde Suplementar (TUSS).

Leia mais

SAÚDE PERIODONTAL NAS FASES DA VIDA DA MULHER

SAÚDE PERIODONTAL NAS FASES DA VIDA DA MULHER Girlene E.P.Villa. Especialista em Periodontia, Mestre e Doutora pela FORP-USP Lorene Pereira de Queiroz Casali CD SAÚDE PERIODONTAL NAS FASES DA VIDA DA MULHER As variações hormonais alem de afetarem

Leia mais

A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando:

A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: RESOLUÇÃO Nº 295/08 CIB/RS A Comissão Intergestores Bipartite/RS, no uso de suas atribuições legais, e considerando: a regionalização dos serviços de saúde no Sistema Único de Saúde conforme PDR/RS; a

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTO - ODONTOLOGICO

TABELA DE PROCEDIMENTO - ODONTOLOGICO Hora Página :15:43 : 1 01 NAO LIBERADO R$ 0,00 N 02 NAO LIBERADO R$ 0,00 N 112-8 Alveoloplastia hemiarcada superior direita 0 0 R$ 0,00 N 212-4 Alveoloplastia hemiarcada superior esquerda 0 0 R$ 0,00 N

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Promoção de saúde, paciente infantil, extensão

PALAVRAS CHAVE: Promoção de saúde, paciente infantil, extensão TÍTULO:PROGRAMA DE ATENÇÃO ODONTOLÓGICA À CRIANÇA NA PRIMEIRA INFÂNCIA AUTORES: Mesquita, M. F, Menezes, V. A*., Maciel, A. E.**, Barros, E.S INSTITUIÇÃO:Faculdade de Odontologia de Pernambuco. FOP/UPE

Leia mais

TÉCNICO DE SAÚDE BUCAL

TÉCNICO DE SAÚDE BUCAL PROCESSO SELETIVO IABAS ESF SETEMBRO 2014 TÉCNICO DE SAÚDE BUCAL CÓDIGO: TSB46, TSB54 e TSB64 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES 1 - A duração da prova é de 4 horas, já incluído o tempo de preenchimento do

Leia mais

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde

Semestre: 2 Quantidade de Módulos:8 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde 212 Semestre: 2 Módulo: 8º Período e Mês Início do Módulo:216/1 Numero da Página: 1 Impresso em:16/12/215 11:48:45 5697 TÉCNICAS DE PESQUISA EM ODONTOLOGIA II DCOP(N/C)APS 2 1 Estudo dos tipos de trabalhos

Leia mais

IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO

IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO 1 IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS PORQUE PODEM SER COLOCADOS QUANDO PODEM SER COLOCADOS COMO

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EMPREGO: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE Ortografia (escrita correta das palavras). Divisão silábica. Pontuação. Acentuação Gráfica. Flexão do substantivo (gênero masculino e

Leia mais

EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL: UMA PROPOSTA PARA ABORDAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL: UMA PROPOSTA PARA ABORDAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL: UMA PROPOSTA PARA ABORDAGEM NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO Marly Amélia Mesquini *, Sonia Lucy Molinari **, Isaura Maria Mesquita Prado ** Mesquini MA, Molinari SL, Prado IMM. Educação

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL UNIODONTO PORTO ALEGRE Modalidade pré-pagamento sem coparticipação, ou seja, o contratante pagará apenas o valor da mensalidade e terá a sua disposição todos os beneficios previstos pela ANS. Atendimento

Leia mais

Câmpus de Araçatuba. Plano de Ensino. Docente(s) Suzely Adas Saliba Moimaz, Ronald Jefferson Martins, Renato Moreira Arcieri, Tânia Adas Saliba Rovida

Câmpus de Araçatuba. Plano de Ensino. Docente(s) Suzely Adas Saliba Moimaz, Ronald Jefferson Martins, Renato Moreira Arcieri, Tânia Adas Saliba Rovida Curso ODOI 8 - Odontologia Ênfase Identificação Disciplina SCOI9-I-T/P-A/B - Saúde Coletiva I Docente(s) Suzely Adas Saliba Moimaz, Ronald Jefferson Martins, Renato Moreira Arcieri, Tânia Adas Saliba Rovida

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES

ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES ROL DE PROCEDIMENTOS E SUAS ESPECIFICAÇÕES Classificam-se como procedimentos de DIAGNÓSTICOS: I Consulta Inicial Consiste em anamnese, preenchimento de ficha clínica Odontolegal, diagnósticos das doenças

Leia mais

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente).

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). Consiste na regularização do alvéolo (local onde está inserido o dente), geralmente após a

Leia mais

Unimed Odonto ESSENCIAL

Unimed Odonto ESSENCIAL Unimed Odonto ESSENCIAL UPO Valores em reais CÓDIGOS DESCRIÇÃO TUSS Unimed Odonto 0,6 20% 81000421 Radiografia periapical 9 R$ 5,72 R$ 1,14 81000375 Radiografia interproximal - bite-wing 9 R$ 5,72 R$ 1,14

Leia mais

Planilha1. Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região buco-maxilo-facial

Planilha1. Controle de hemorragia com aplicação de agente hemostático em região buco-maxilo-facial 81000421 Radiografia periapical CIRURGIA Planilha1 DIAGNÓSTICO 81000065 Consulta odontológica inicial 81000111 Diagnóstico anatomopatológico em citologia esfoliativa na região buco-maxilo-facial 81000138

Leia mais

NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE BUCAL

NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE BUCAL PROTOCOLO INTEGRADO DE REFERÊNCIA E CONTRA-REFERÊNCIA PREFEITURA MUNICIPAL DE DOURADOS/MS NÚCLEO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE BUCAL PROTOCOLO DE REFERÊNCIA E CONTRA-REFERÊNCIA INTEGRADO DE SAÚDE BUCAL DOURADOS/MS

Leia mais

Incisão e Drenagem extra-oral de abscesso, hematoma e/ou flegmão da região buco-maxilo-facial

Incisão e Drenagem extra-oral de abscesso, hematoma e/ou flegmão da região buco-maxilo-facial CÓDIGO 81000049 81000057 82000468 Diagnóstico, Urgência-Emergência: Noturna, Sábado, Domingo ou Feriado (procedimento abaixo) Consulta odontológica de Urgência (Horário normal das 08:00 horas às 18:00

Leia mais

Higiene bucodental. Professora Monica Zeni Refosoco Odontologia UNOCHAPECÓ

Higiene bucodental. Professora Monica Zeni Refosoco Odontologia UNOCHAPECÓ Higiene bucodental Professora Monica Zeni Refosoco Odontologia UNOCHAPECÓ A promoção da saúde bucal Odontologia preventiva: é soma total dos esforços para promover, manter e/ou restabelecer a saúde do

Leia mais

Monitoramento da Saúde Periodontal dos Pacientes Tratados no Projeto Terapia Periodontal de Suporte

Monitoramento da Saúde Periodontal dos Pacientes Tratados no Projeto Terapia Periodontal de Suporte Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte 12 a 15 de setembro de 2004 Monitoramento da Saúde Periodontal dos Pacientes Tratados no Projeto Terapia Periodontal de Suporte

Leia mais

O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições,

O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições, PORTARIA Nº 911, DE 29 DE AGOSTO DE 2012 O Secretário de Atenção à Saúde, no uso de suas atribuições, Considerando a Portaria nº 793/GM/MS, de 24 de abril de 2012, que institui a Rede de Cuidados à Pessoa

Leia mais

Título: PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL NA EMEB JOÃO MARIA GONZAGA DE LACERDA

Título: PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL NA EMEB JOÃO MARIA GONZAGA DE LACERDA Título: PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL NA EMEB JOÃO MARIA GONZAGA DE LACERDA Autores: Ana Cláudia Morandini Sanchez, CD Serviço de saúde: Unidade de Saúde da Família VILA ANA Palavras-chaves: cárie dentária,

Leia mais

Aula 12: ASPECTOS RADIOGRÁFICOS DAS LESÕES PERIODONTAIS

Aula 12: ASPECTOS RADIOGRÁFICOS DAS LESÕES PERIODONTAIS Aula 12: ASPECTOS RADIOGRÁFICOS DAS LESÕES PERIODONTAIS Autora: Profª. Rosana da Silva Berticelli Edição: Luana Christ e Bruna Reuter Lesões Periodontais Doença inflamatória dos tecidos de suporte dos

Leia mais

SH Especialidades Odontológicas

SH Especialidades Odontológicas GUIA SH DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS Saiba mais sobre as Especialidades Odontológicas encontradas na SH Sabbagh Haddad ORTODONTIA É a especialidade da Odontologia que corrige a posição dos dentes e

Leia mais

CUIDADOS PERIODONTAIS NAS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA COM PACIENTES IDOSOS

CUIDADOS PERIODONTAIS NAS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA COM PACIENTES IDOSOS CUIDADOS PERIODONTAIS NAS UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA COM PACIENTES IDOSOS Araújo, Luiza Jordânia Serafim¹ 1 Universidade Estadual da Paraíba, luizajordania@hotmail.com INTRODUÇÃO As unidades de terapia

Leia mais

UERJ. Saúde Bucal Coletiva

UERJ. Saúde Bucal Coletiva UERJ Saúde Bucal Coletiva O que é saúde? Completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de enfermidades ou doenças; Resulta de um equilíbrio entre agentes patológicos e o ser humano;

Leia mais

SUGESTÃO DE MODELO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO

SUGESTÃO DE MODELO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO FICHA CLÍNICA (Identificação do Profissional) NOME DO PROFISSIONAL CIRURGIÃO-DENTISTA - CLÍNICO GERAL CROSP N Endereço completo INFORMAÇÕES DO PACIENTE Prontuário n. Nome: RG. n. Órgão Expedidor CPF n.

Leia mais

REPERCURSSÕES CLÍNICAS NO TRATAMENTO ORAL DE PACIENTES COM DIABETES MELLITUS

REPERCURSSÕES CLÍNICAS NO TRATAMENTO ORAL DE PACIENTES COM DIABETES MELLITUS REPERCURSSÕES CLÍNICAS NO TRATAMENTO ORAL DE PACIENTES COM DIABETES MELLITUS Ludwig Tenório Cruz Gomes Amorim 1, Maria Lírida de Sá Barreto Luna Callou 2, Maria Solange Tenório Cruz 3, Rachel de Sá Barreto

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 23

PROVA ESPECÍFICA Cargo 23 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 23 QUESTÃO 31 Com relação aos tecidos dentários, analise as afirmativas abaixo: 1) O esmalte é um tecido duro, que constitui a maior parte do dente, determinando a forma da coroa.

Leia mais

Índice. Passo a passo para uma higiene bucal completa

Índice. Passo a passo para uma higiene bucal completa Índice Introdução...03 Primeiramente enxague...04 Procure a escova certa...05 Pasta de dentes...06 Escove da maneira correta...07 Passe fio dental...08 Nunca esqueça da língua...09 Cuidado no uso de enxaguatórios

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Cariologia I Código: 3428 Carga Horária: 68 horas Ano Letivo: 2007 Curso: Odontologia

Leia mais

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO

REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO REGULAMENTO DA ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA - UNICOODONTO V.02 jan./14 Este Regulamento aplica-se ao serviço de assistência odontológica oferecido pela Atual Tecnologia e Administração de Cartões Ltda ("ATUAL"),

Leia mais

LEIA ATENTAMENTE AS SEGUINTES INSTRUÇÕES:

LEIA ATENTAMENTE AS SEGUINTES INSTRUÇÕES: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - CGIC Concurso Público (Aplicação: 20/05/2012) Cargo: Técnico em Higiene Dental/Classe D-101 LEIA ATENTAMENTE AS SEGUINTES INSTRUÇÕES: Verifique,

Leia mais

TABELA DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS / TUSS - GOLDEN CROSS - REDE MASTER e PREFERENCIAL VALOR DE USO REDE MASTER e PREFERENCIAL : R$ 0,18

TABELA DE HONORÁRIOS ODONTOLÓGICOS / TUSS - GOLDEN CROSS - REDE MASTER e PREFERENCIAL VALOR DE USO REDE MASTER e PREFERENCIAL : R$ 0,18 DIAGNÓSTICO 17 800065 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL 0 17 800049 CONSULTA ODONTOLÓGICA DE URGÊNCIA 0 00 80120059 CONSULTA DE ESPECIALISTA EM ENDODONTIA 0 00 80120180 CONSULTA DE ESPECIALISTA EM ESTOMATOLOGIA

Leia mais

Emergências odontológicas e trauma buco-maxilo-facial em cães e gatos. Etiopatogenia

Emergências odontológicas e trauma buco-maxilo-facial em cães e gatos. Etiopatogenia Emergências odontológicas e trauma buco-maxilo-facial em cães e gatos Etiologia dos traumatismos em cavidade oral Marco Antonio León-Román Doutor pelo do Depto.Cirurgia FMVZ/USP Atendimento de Odontologia

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE NÍVEIS SUPERIOR, MÉDIO E TÉCNICO NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO DO MUNICÍPIO DE PALMARES AVISO DE RETIFICAÇÃO DE EDITAL Nº 01 A Comissão de Concurso torna publica

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Empresarial. A solução definitiva em odontologia MANUAL DO ASSOCIADO Plano Empresarial A solução definitiva em odontologia MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação, fazendo

Leia mais