Investimentos O desafio da Universalização. 11 de dezembro de 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Investimentos O desafio da Universalização. 11 de dezembro de 2013"

Transcrição

1 Investimentos O desafio da Universalização 11 de dezembro de 2013

2 Estado de São Paulo km 2 População total: População urbana: municípios Fonte: IBGE, Censo Demográfico Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) 39 municípios População total: População urbana: Fonte: Seade, Fonte: Fundação Seade

3 Municípios Atendidos pela Sabesp The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still appears, you may have to delete the image and then insert it again. 363 municípios A Sabesp está entre as cinco maiores empresas de saneamento, por número de clientes Patrimônio Líquido R$ 12 bilhões

4 Índice de Atendimento Sabesp Abastecimento de Água 95% 99% 99% 99% Coleta de Esgotos 68% 80% 81% 83% Tratamento de Esgotos 29% 74% 75% 77% Índices do Município de São Paulo: 96% Abastecimento; 86 Coleta de Esgotos, 75% Tratamento de Esgoto Índices da Diretoria Metropolitana: 100% Abastecimento; 87% Coleta de Esgotos; 68% Tratamento de Esgotos Índices da Diretoria de Sistemas Regionais: 92% Abastecimento; 77% Coleta de Esgotos; 95% Tratamento de Esgotos

5 População Atendida 27,9 milhões de pessoas (inclui 3,5 milhões no atacado) 70% da população urbana do Estado de São Paulo Água Esgoto

6 Ligações Cadastradas Água e Esgoto Extensão da Rede Distribuição de Água km Coleta de Esgoto km Número de Ligações unidades Água Esgoto Rede de água inclui adutoras Rede de esgotos inclui coletores-tronco, interceptores e emissários

7 Programas Estruturantes Região Metropolitana de São Paulo - RMSP PMA - Abastecimento de Água Projeto Tietê Programa Córrego Limpo Mananciais Metropolitanos Programa de Redução de Perdas e Se Liga na Rede - Sabesp Programa Onda Limpa Baixada Santista (JBIC) Programa Onda Limpa Litoral Norte (em estrut.) Programa Água no Litoral Sistemas Regionais - Litoral e Interior Interior água e esgotos (Vale Paraíba, PCJ )

8 Programa Metropolitano de Água (PMA) Meta: Aumento da capacidade de produção de água na RMSP em 13,2 m³/s População beneficiada: 18,9 milhões Região beneficiada: Região Metropolitana de São Paulo Capacidade de produção da Sabesp: 116 m³/s Capacidade de produção do Sistema Integrado Metropolitano: 72,7 m³/s

9 Projeto Tietê Maior programa de saneamento ambiental do mundo Considerado pelo BID o programa mais bem gerenciado Etapa I Etapa II Etapa III 1992 a a a 2015 Etapa IV = US$ 2 bi US$ 1,1 bilhão US$ 500 milhões US$ 1,1 bilhão Fonte: Superintendência de Projetos Especiais (TG)

10 Córrego Limpo Despoluição e recuperação de 172 córregos no Município de São Paulo Período Fase I: 2007 / Córregos Fase II: 2009 / Córregos Fase III: 2011 / Córregos Fase IV: Em andamento 2013 / Córregos Vazão de Esgotos Retirada dos Córregos: L/s 1 2 População beneficiada 1,85 milhão de pessoas 3 Antes e depois: 1) Córrego USP zona oeste; 2) Córrego Horto Florestal Ciclovia zona norte; 3) Córrego Aterrado / Zavuvus zona sul

11 Vida Nova Meta: Proteção e recuperação de mananciais População beneficiada: 200 mil (benefício direto) e 18,9 milhões (benefício indireto) Região beneficiada: Região Metropolitana de São Paulo Período: Cantareira São Paulo Alto Tietê Billings Cotia Guarapiranga km2 de áreas protegidas (54% da RMSP) Juquiá R$ 392 milhões

12 Índice de Perdas de Faturamento (%) e Perdas por Ligação (litros/dia) 33,0 34,4 32,8 31, , , Perdas por Ligação (litros/dia) Programa Corpora*vo de Perdas 25,9 26,0 25,6 25,9 25,2 24,3 23, Recursos x Metas (valores em revisão) 22, , , , ,1 267 Perdas de Faturamento (%) JICA 2013 a R $ 2,1 bi

13 Programa de Investimentos Previsão de investimentos para os próximos 5 anos é de aproximadamente R$ 12,5 bilhões 29% de todos os investimentos em saneamento básico no Brasil são feitos pela Sabesp R$ milhões Realizado Previsto

14 Modelos de Contratação Lei de Licitações (Convencional) Parcerias

15 OBRIGADO Marcello Xavier Veiga Superintendente de Planejamento e Desenvolvimento da Diretoria Metropolitana

Desafios e metas do Estado de São Paulo

Desafios e metas do Estado de São Paulo 1º Seminário Saneamento Básico Universalização do Saneamento: Desafios e Metas para o Setor 07 de novembro de 2011 Desafios e metas do Estado de São Paulo Edson Giriboni Secretário de Saneamento e Recursos

Leia mais

Investimentos 2013-2016 O Desafio da Universalização

Investimentos 2013-2016 O Desafio da Universalização Investimentos 2013-2016 O Desafio da Universalização 30 de novembro de 2013 O desafio da universalização Planejamento CV Planejamento em trajetória:! Planejamento Estratégico 1995! BSC Gestão Estratégica

Leia mais

DESAFIOS E OPORTUNIDADES

DESAFIOS E OPORTUNIDADES DESAFIOS E OPORTUNIDADES Pontos Principais... A Sabesp tem compromisso com a política pública e com critérios de eficiência de mercado O novo marco regulatório do saneamento encerra desafios e oportunidades

Leia mais

AÇÕES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. da Assessoria de Gestão Ambiental da CEDAE

AÇÕES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. da Assessoria de Gestão Ambiental da CEDAE AÇÕES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL da Assessoria de Gestão Ambiental da CEDAE Educação Ambiental entende-se por educação ambiental os processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores

Leia mais

- RJ O Gerenciamento dos Recursos HídricosH nas grandes Cidades. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp

- RJ O Gerenciamento dos Recursos HídricosH nas grandes Cidades. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp III Pré-ENCOB - RJ O Gerenciamento dos Recursos HídricosH nas grandes Cidades Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp 5ª Maior

Leia mais

GOVERNANÇA COLABORATIVA: GESTÃO LOCAL E COMPARTILHADA

GOVERNANÇA COLABORATIVA: GESTÃO LOCAL E COMPARTILHADA GOVERNANÇA COLABORATIVA: GESTÃO LOCAL E COMPARTILHADA Estado de São Paulo Estado de São Paulo 248.196.960 km 2 População total: 41.262.199 População urbana: 39.585.251 645 municípios Fonte: IBGE, Censo

Leia mais

Windows Server 2012. Licenciamento e Preço Todas as Edições

Windows Server 2012. Licenciamento e Preço Todas as Edições The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

Paulo Massato Yoshimoto. Diretor Metropolitano - Sabesp

Paulo Massato Yoshimoto. Diretor Metropolitano - Sabesp Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp O papel da SABESP no ciclo de vida da água Redução do volume produzido. Preservação e despoluição dos mananciais. Água de reúso Controle de Perdas

Leia mais

COSEMA - FIESP Programas e Ações A para os grandes problemas da RMSP. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp

COSEMA - FIESP Programas e Ações A para os grandes problemas da RMSP. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp COSEMA - FIESP Programas e Ações A da Sabesp para os grandes problemas da RMSP Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp Evolução Populacional - RMSP Reversão da centrifugação Menor pressão

Leia mais

Infraestrutura de Saneamento na Região Metropolitana de São Paulo

Infraestrutura de Saneamento na Região Metropolitana de São Paulo IV Congresso Brasileiro de MND II No-Dig Edição Latino Americana Infraestrutura de Saneamento na Região Metropolitana de São Paulo Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp Números da Diretoria

Leia mais

Bolsa Familia e o Novo Federalismo Social Marcelo Neri SAE e IPEA

Bolsa Familia e o Novo Federalismo Social Marcelo Neri SAE e IPEA Bolsa Familia e o Novo Federalismo Social Marcelo Neri SAE e IPEA Visão de Longo Prazo Desigualdade de Renda Per Capita 62 0,607% 6 0,589% 0,594% 0,58 0,581% Desigualdade (Gini) 0,56 0,54 0,52 0,535% 0,552%

Leia mais

Desenvolvimento Profissional e Pessoal!

Desenvolvimento Profissional e Pessoal! Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz ESALQ Departamento de Zootecnia Desenvolvimento Profissional e Pessoal! Paulo Fernando Machado pmachado@usp.br Objetivo da vida

Leia mais

A Sabesp STATUS: Fundada em 1973 como sociedade de (Governo do Estado de São Paulo, acionistas privados e municípios) ATRIBUIÇÕES:

A Sabesp STATUS: Fundada em 1973 como sociedade de (Governo do Estado de São Paulo, acionistas privados e municípios) ATRIBUIÇÕES: Novembro/2007 A Sabesp STATUS: Fundada em 1973 como sociedade de participação acionária (Governo do Estado de São Paulo, acionistas privados e municípios) ATRIBUIÇÕES: PATRIMÔNIO LÍQUIDO: L EMPREGADOS:

Leia mais

USO ESTRATÉGICO DA ÁGUA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES

USO ESTRATÉGICO DA ÁGUA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES USO ESTRATÉGICO DA ÁGUA: DESAFIOS E OPORTUNIDADES Pontos Principais... A Sabesp tem compromisso com a política pública e com critérios de eficiência de mercado O novo marco regulatório do saneamento encerra

Leia mais

ETA SABESP- ALTO DA BOS VISTA: IMPLANTAÇÃO DA MAIOR ULTRAFILTRAÇÃO PARA ÁGUA POTÁVEL DO BRASIL. Anna Carolina Rapôso Camelo Mauro Coutinho

ETA SABESP- ALTO DA BOS VISTA: IMPLANTAÇÃO DA MAIOR ULTRAFILTRAÇÃO PARA ÁGUA POTÁVEL DO BRASIL. Anna Carolina Rapôso Camelo Mauro Coutinho ETA SABESP- ALTO DA BOS VISTA: IMPLANTAÇÃO DA MAIOR ULTRAFILTRAÇÃO PARA ÁGUA POTÁVEL DO BRASIL. Anna Carolina Rapôso Camelo Mauro Coutinho Agenda Ø CENTROPROJEKT DO BRASIL - Introdução; ØTECNOLOGIA ETA

Leia mais

Agenda. A Companhia. Nossa Operação. 3 Nossa Performance Financeira

Agenda. A Companhia. Nossa Operação. 3 Nossa Performance Financeira APIMEC RIO Resultados do 1T12 Diretoria Econômico-Financeira e de Relações com Investidores Aviso Esta apresentação pode conter considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas

Leia mais

EVOLUÇÃO INSTITUCIONAL DO SETOR DE ÁGUA EM SÃO PAULO. Edson Giriboni Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos

EVOLUÇÃO INSTITUCIONAL DO SETOR DE ÁGUA EM SÃO PAULO. Edson Giriboni Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos EVOLUÇÃO INSTITUCIONAL DO SETOR DE ÁGUA EM SÃO PAULO Edson Giriboni Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos Organização da Secretaria de Saneamento e Recursos Hidricos Gabinete do Secretario Saneamento

Leia mais

Tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo. Seminário Saneamento na Rede Rio de Janeiro 19/05/2010

Tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo. Seminário Saneamento na Rede Rio de Janeiro 19/05/2010 Tratamento de esgotos na Região Metropolitana de São Paulo Seminário Saneamento na Rede Rio de Janeiro 19/05/2010 Índice de Atendimento Sabesp Abastecimento de Água 1994 95% 2001 100% 2010 Final de 2010

Leia mais

DWEB. Design para Web. HTML5 - Marcação de formulário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico

DWEB. Design para Web. HTML5 - Marcação de formulário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico DWEB Design para Web Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico HTML5 - Marcação de formulário E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis

Leia mais

Valoração econômica do lodo de esgoto gerado nas ETE s do Rio de Janeiro

Valoração econômica do lodo de esgoto gerado nas ETE s do Rio de Janeiro Valoração econômica do lodo de esgoto gerado nas ETE s do Rio de Janeiro Alan Henrique Marques de Abreu Engenheiro Florestal CEDAE Doutorando em Ciências Ambientais e Florestais PPGCAF / UFRRJ ETE Alegria.

Leia mais

PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA

PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA Diretoria de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente - T Sistema Produtor de Água Mambu - Branco REUNIÃO DO COMITÊ TÉCNICO

Leia mais

Conceitos de Entrada e Saída

Conceitos de Entrada e Saída Conceitos de Entrada e Saída O processo de fornecer informações ou obtê-las dos computadores é chamado entrada/saída (E/S). Grandes mainframes utilizam uma organização de E/S consistindo de uma ou mais

Leia mais

Departamento de Águas e Energia Elétrica

Departamento de Águas e Energia Elétrica 13 de Novembro de 2012 Departamento de Águas e Energia Elétrica O DAEE foi criado há 60 anos, em 12/12/1951, tendo como principais competências, no âmbito do Estado de SP: Elaborar o planejamento, os estudos,

Leia mais

V Fórum de Gestores ABENGE

V Fórum de Gestores ABENGE V Fórum de Gestores ABENGE Mesa Redonda 01 Ecossistemas de Inovação e a Educação em Engenharia Eduardo Giugliani, Dr. Prof. Titular da Faculdade de Engenharia, PUCRS Coordenador de Projetos Estratégicos

Leia mais

Paulista. Uma abordagem integrada.

Paulista. Uma abordagem integrada. CONTROLE DE ENCHENTES. 10 anos do Plano Diretor de Macrodrenagem da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê. Mesa de Discussão 3: Águas e Planejamento Urbano nas Grandes Metrópoles Águas e saneamento na Macrometrópole

Leia mais

Contratualização do Serviço de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário RMSP. Paulo Massato Yoshimoto - Diretor Metropolitano Sabesp

Contratualização do Serviço de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário RMSP. Paulo Massato Yoshimoto - Diretor Metropolitano Sabesp Contratualização do Serviço de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário RMSP Paulo Massato Yoshimoto - Diretor Metropolitano Sabesp Região Metropolitana de São Paulo São Paulo 39 municípios - 20,1

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO MND NOS EMPREENDIMENTOS DA SABESP

UTILIZAÇÃO DO MND NOS EMPREENDIMENTOS DA SABESP UTILIZAÇÃO DO MND NOS EMPREENDIMENTOS DA SABESP 30th international NO-DIG 2012 Carlos Eduardo Carrela 12/NOV/12 HISTÓRICO DO MND NA SABESP 1974 - NECESSIDADES Implantação de Coletores e Interceptores na

Leia mais

Sistemas produtores capacidades

Sistemas produtores capacidades Sistemas produtores capacidades CAPACIDADES DE PRODUÇÃO ATUAIS SISTEMA INTEGRADO SISTEMA PRODUTOR Nominal Máxima (m³/s) (m³/s) Cantareira 33,0 35,0 Guarapiranga 14,0 15,0 Alto Tietê 10,0 12,0 Rio Claro

Leia mais

Implantação da plataforma ESRI na Sabesp Desafios/Soluções/Oportunidades

Implantação da plataforma ESRI na Sabesp Desafios/Soluções/Oportunidades Implantação da plataforma ESRI na Sabesp Desafios/Soluções/Oportunidades A Sabesp STATUS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO: R$ 10,5 bilhões* EMPREGADOS: 14.896 Fundada em 1973 como sociedade de participação acionária

Leia mais

O que a Gestão da Informação pode fazer pela sua empresa na era da Informação Extrema

O que a Gestão da Informação pode fazer pela sua empresa na era da Informação Extrema O que a Gestão da Informação pode fazer pela sua empresa na era da Informação Extrema Walter W. Koch Quadrantes de alinhamento da informação estratégica Quadrantes de alinhamento da informação estratégica

Leia mais

Multiprocessamento. Multiprocessadores com memória distribuída (multicomputador)

Multiprocessamento. Multiprocessadores com memória distribuída (multicomputador) Multiprocessamento Multiprocessadores com memória distribuída (multicomputador) Conjunto de processadores, cada qual com sua memória local Processadores se comunicam por troca de mensagens, via rede de

Leia mais

GESTÃO DE PROGRAMAS E EMPREENDIMENTOS, COMO ATINGIR O SUCESSO. 6º ENCONTRO DE INOVAÇÃO DA CESAN 30 E 31 DE OUTUBRO de 2012

GESTÃO DE PROGRAMAS E EMPREENDIMENTOS, COMO ATINGIR O SUCESSO. 6º ENCONTRO DE INOVAÇÃO DA CESAN 30 E 31 DE OUTUBRO de 2012 GESTÃO DE PROGRAMAS E EMPREENDIMENTOS, COMO ATINGIR O SUCESSO 6º ENCONTRO DE INOVAÇÃO DA CESAN 30 E 31 DE OUTUBRO de 2012 A Sabesp A Sabesp STATUS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO: R$ 10,5 bilhões* EMPREGADOS: 14.896

Leia mais

Fábio Marques dos Passos Analista de Gestão SABESP Brasil

Fábio Marques dos Passos Analista de Gestão SABESP Brasil Fábio Marques dos Passos Analista de Gestão SABESP Brasil 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL A Sabesp STATUS: PATRIMÔNIO LÍQUIDO: L EMPREGADOS: 15.095 Fundada

Leia mais

Distribuição de Capital Social

Distribuição de Capital Social Sabesp - Unidade de Negócio Sul MS Agosto/2014 Distribuição de Capital Social Primeira empresa de saneamento e a única companhia listada na NYSE (Bolsa de Valores de Nova Iorque) a participar do Novo Mercado

Leia mais

A Universalização dos Serviços de Água e Esgoto em Porto Alegre. 2014 saneamento na rede Rio de Janeiro, 19 de maio 2010

A Universalização dos Serviços de Água e Esgoto em Porto Alegre. 2014 saneamento na rede Rio de Janeiro, 19 de maio 2010 A Universalização dos Serviços de Água e Esgoto em Porto Alegre 2014 saneamento na rede Rio de Janeiro, 19 de maio 2010 Foto João Fiorin Lago Guaíba - Porto Alegre - RS PERFIL DA INSTITUIÇÃO: atende 100%

Leia mais

Gestão de Recursos Hídricos no Complexo da Penitenciária Feminina de Santana

Gestão de Recursos Hídricos no Complexo da Penitenciária Feminina de Santana Gestão de Recursos Hídricos no Complexo da Penitenciária Feminina de Santana Autor Edson Geraldo Vitorino de Souza SABESP Superintendência de Gestão de Empreendimentos da Metropolitana Disponibilidade

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte I Agenda Processos CMMI Definição Histórico Objetivos Características Representações

Leia mais

Dilma Pena, secretária estadual de Saneamento e Energia de São Paulo

Dilma Pena, secretária estadual de Saneamento e Energia de São Paulo Dilma Pena, secretária estadual de Saneamento e Energia de São Paulo (pronunciamento na abertura do seminário Tecnologia e eficiência em saneamento ambiental, do Valor Econômico) O tripé formado por investimentos

Leia mais

As Lições da Crise Hídrica na Região Metropolitana de São Paulo João Alberto Viol

As Lições da Crise Hídrica na Região Metropolitana de São Paulo João Alberto Viol As Lições da Crise Hídrica na Região Metropolitana de São Paulo João Alberto Viol Vice Presidente de Gestão e Assuntos Institucionais Resumo Planejamento das atividades de Infraestrutura de Saneamento

Leia mais

VII SIMPÓSIO SIO INTERNACIONAL DE QUALIDADE AMBIENTAL

VII SIMPÓSIO SIO INTERNACIONAL DE QUALIDADE AMBIENTAL VII SIMPÓSIO SIO INTERNACIONAL DE QUALIDADE AMBIENTAL GESTÃO DE RECURSOS HÍDRICOSH NA RMSP - SABESP MAIO DE 2010 Gestão de Recursos Hídricos PANORAMA GLOBAL Aumento da população mundial: 1950 2,52 bilhões

Leia mais

Medição Individualizada Qualidade e Custos compatíveis - Direito do Cliente -

Medição Individualizada Qualidade e Custos compatíveis - Direito do Cliente - Medição Individualizada Qualidade e Custos compatíveis - Direito do Cliente - Regina Ap. A. Siqueira Superintendente de Planejamento e Desenvolvimento da Metropolitana Sabesp São Paulo - Brasil A Sabesp

Leia mais

A FALHA NÃO É UMA OPÇÃO

A FALHA NÃO É UMA OPÇÃO FLH NÃO É UM OPÇÃO Eng. José Wagner raidotti Junior raidotti Engenharia e Consultoria Ltda. iretor Técnico de Gestão de tivos Reflexão individual Na empresa que eu trabalho a falha é uma OPÇÃO? Sim ou

Leia mais

Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação: a nova estratégia da Sabesp. Fapesp, 12 de maio de 2009

Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação: a nova estratégia da Sabesp. Fapesp, 12 de maio de 2009 Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação: a nova estratégia da Sabesp Fapesp, 12 de maio de 2009 Três pontos... A inovação constitui o motor do crescimento de longo prazo Os desafios do meio ambiente, regulação

Leia mais

Diretoria Metropolitana

Diretoria Metropolitana Diretoria Metropolitana Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp Diretoria Metropolitana Unidade de Negócio Sul MS Modelo de Contrato de Performance para Redução de Perdas Reais e

Leia mais

Sistemas de Gestão na Segurança de Informação

Sistemas de Gestão na Segurança de Informação Public Safety & National Security Day Sistemas de Gestão na Segurança de Informação Paulo Faroleiro Lisboa, 10 de Dezembro 09 A Novabase Web site: www.novabase.pt Fundada em 1989 no seio académico no IST,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas Departamento de Geologia

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas Departamento de Geologia The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital

Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital 0 Uma solução com flexibilidade para suportar o escopo específico de processos para diferentes tipos de operações Based on the analysis completed during

Leia mais

COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS

COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS Apresentação A Companhia de Saneamento de Minas Gerais, COPASA, criada em 1963, é uma empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Regional e Política

Leia mais

para apoio ao gerenciamento do Programa Onda Limpa

para apoio ao gerenciamento do Programa Onda Limpa SISTEMA /2008 INFORMATIZADO para apoio ao gerenciamento do Programa Onda Limpa O presente artigo tem por objetivo apresentar em linhas gerais o sistema informatizado desenvolvido e implementado pelo Consórcio

Leia mais

GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL

GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL NOVA SELEÇÃO PAC 2 SANEAMENTO GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL HAB Reunião com Representantes dos Governos Estaduais e CESBs Brasília, 15 de junho de 2011 IMPORTÂNCIA DO PAC Planejamento dos investimentos

Leia mais

CONSERVADOR DAS ÁGUAS LEI MUNICIPAL 2.100/2005

CONSERVADOR DAS ÁGUAS LEI MUNICIPAL 2.100/2005 CONSERVADOR DAS ÁGUAS LEI MUNICIPAL 2.100/2005 EXTREMA EXTREMO SUL DE MINAS. SERRA DA MANTIQUEIRA. 480 KM BH E 100 KM DA CIDADE DE SP. POPULAÇÃO 24.800 HABITANTES. CONTINUIDADE ADMINISTRATIVA DE 20 ANOS

Leia mais

Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP

Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP R. R. Chahin a a. Companhia de Saneamento Básico do Estado de

Leia mais

UNIDADE DE NEGÓCIO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA METROPOLITANA MT. Aquapolo Ambiental Uma Parceria de Sucesso

UNIDADE DE NEGÓCIO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA METROPOLITANA MT. Aquapolo Ambiental Uma Parceria de Sucesso UNIDADE DE NEGÓCIO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA METROPOLITANA MT Aquapolo Ambiental Uma Parceria de Sucesso José Luiz Salvadori Lorenzi Superintendente Abril/2008 PAUTA SABESP SOLUÇÕES AMBIENTAIS ÁGUA DE

Leia mais

AS CORPORAÇÕES E A CRISE DA ÁGUA

AS CORPORAÇÕES E A CRISE DA ÁGUA AS CORPORAÇÕES E A CRISE DA ÁGUA CENÁRIO GLOBAL A empresa do novo milênio está comprometida com a preservação dos recursos naturais respeitando sua capacidade de renovação. Tem como meta utilizar recursos

Leia mais

Aula T20 BCC202 Pesquisa (Parte 2) Árvores de Pesquisa. Túlio Toffolo www.decom.ufop.br/toffolo

Aula T20 BCC202 Pesquisa (Parte 2) Árvores de Pesquisa. Túlio Toffolo www.decom.ufop.br/toffolo Aula T20 BCC202 Pesquisa (Parte 2) Árvores de Pesquisa Túlio Toffolo www.decom.ufop.br/toffolo Árvore AVL n Árvore binária de busca tal que, para qualquer nó interno v, a diferença das alturas dos filhos

Leia mais

Mo#vação. Objec#vo. Estudar uma abordagem de desenvolvimento de so9ware orientada pelos objectos. Linguagens usadas: UML (Unified Modeling Language)

Mo#vação. Objec#vo. Estudar uma abordagem de desenvolvimento de so9ware orientada pelos objectos. Linguagens usadas: UML (Unified Modeling Language) Mo#vação Esta disciplina mostra como construir um bom alicerce para desenvolver so9ware orientado pelos objectos Ensina técnicas de análise e desenho para ajudar a produzir so9ware orientado pelos objectos

Leia mais

NOTA TÉCNICA MANUTENÇÃO DA PRODUÇÃO DO SISTEMA CANTAREIRA PARA A POPULAÇÃO DA RMSP

NOTA TÉCNICA MANUTENÇÃO DA PRODUÇÃO DO SISTEMA CANTAREIRA PARA A POPULAÇÃO DA RMSP NOTA TÉCNICA MANUTENÇÃO DA PRODUÇÃO DO SISTEMA CANTAREIRA PARA A POPULAÇÃO DA RMSP O abastecimento da RMSP foi concebido para atuação integrada entre seus sistemas produtores, buscando sempre a sinergia

Leia mais

Refere-se a um conjunto de problemas encontrados no desenvolvimento de software:

Refere-se a um conjunto de problemas encontrados no desenvolvimento de software: Crise de software Refere-se a um conjunto de problemas encontrados no desenvolvimento de software: (problemas não se limitam a softwares que não funcionam adequadamente) 1- As estimativas de prazo e de

Leia mais

Sistema Cantareira: RMSP e PCJ escassez hídrica (muita gente: 20 milhões de pessoas só na RMSP e pouca água)

Sistema Cantareira: RMSP e PCJ escassez hídrica (muita gente: 20 milhões de pessoas só na RMSP e pouca água) Sistema Cantareira: RMSP e PCJ escassez hídrica (muita gente: 20 milhões de pessoas só na RMSP e pouca água) Franco da Rocha Bragança Paulista Mairiporã Nazaré Paulista Piracaia São Paulo Escassez hídrica:

Leia mais

9 PROGRAMAS, AÇÕES E PROJETOS PARA ATENDIMENTO DAS METAS

9 PROGRAMAS, AÇÕES E PROJETOS PARA ATENDIMENTO DAS METAS 161 9 PROGRAMAS, AÇÕES E PROJETOS PARA ATENDIMENTO DAS METAS 162 A partir das projeções apresentadas no capítulo anterior e para se considerar os elementos indicados no diagnóstico, foram estabelecidos

Leia mais

Cenário atual da disponibilidade hídrica na RMSP e contribuições para inovação e uso racional da água.

Cenário atual da disponibilidade hídrica na RMSP e contribuições para inovação e uso racional da água. 28 de maio de 2014 Cenário atual da disponibilidade hídrica na RMSP e contribuições para inovação e uso racional da água. Edson Geraldo V. Souza - SABESP AGENDA SABESP ÁGUA NO PLANETA ADMINISTRAÇÃO DA

Leia mais

SISTEMAS DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO: COMPARAÇÃO ENTRE BRASIL E EUA. Aluno: Rafael dos Santos Zornoff Orientador: Prof. Dr. André Martins Biancareli

SISTEMAS DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO: COMPARAÇÃO ENTRE BRASIL E EUA. Aluno: Rafael dos Santos Zornoff Orientador: Prof. Dr. André Martins Biancareli SISTEMAS DE FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO: COMPARAÇÃO ENTRE BRASIL E EUA Aluno: Rafael dos Santos Zornoff Orientador: Prof. Dr. André Martins Biancareli Agenda Introdução Capítulo 1 - Descrição do sistema

Leia mais

MESTRADOS PROFISSIONAIS

MESTRADOS PROFISSIONAIS 04 de Junho de 2014 Workshop de Apresentação de Propostas de APCN Pró-Reitoria de Pós-Graduação - CAPG MESTRADOS PROFISSIONAIS Dra. Maria Inês de Moura Campos Pardini Faculdade de Medicina MESTRADOS PROFISSIONAIS

Leia mais

Índice de 11,6% é maior do que 11,4% registrado no último dia de fevereiro. Outros 5 sistemas também subiram,mas São Paulo ainda vive crise hídrica.

Índice de 11,6% é maior do que 11,4% registrado no último dia de fevereiro. Outros 5 sistemas também subiram,mas São Paulo ainda vive crise hídrica. PROJETO ATUALIZAR 2015 TEMA SISTEMA CANTAREIRA DATA DE APLICAÇÃO 09 a 13/03/2015 PROFESSORES RESPONSÁVEIS Cristiane e Felipe 1. SUGESTÕES DE PONTOS QUE PODEM SER ABORDADOS 1.1. A importância da água 1.2.

Leia mais

Inovação para Universalização do Saneamento em Áreas de Vulnerabilidade Social

Inovação para Universalização do Saneamento em Áreas de Vulnerabilidade Social Inovação para Universalização do Saneamento em Áreas de Vulnerabilidade Social Tadeu Malheiros Aline Bernegossi Caroline Guerrero Denise Rasera Ester Feche Tássia Temóteo 6/ago/2015 problema central...

Leia mais

ASSEMBLÉIA GERAL DA RELOB AS ESTRUTURAS DE GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS NAS BACIAS PCJ

ASSEMBLÉIA GERAL DA RELOB AS ESTRUTURAS DE GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS NAS BACIAS PCJ ASSEMBLÉIA GERAL DA RELOB AS ESTRUTURAS DE GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS NAS BACIAS PCJ Dalto Favero Brochi Consórcio PCJ Rio de Janeiro Novembro / 2008 LOCALIZAÇÃO DAS BACIAS PCJ CARACTERIZAÇÃO DAS BACIAS

Leia mais

ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA RMSP. Col. Santa Clara - 2014 Prof. Marcos N. Giusti

ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA RMSP. Col. Santa Clara - 2014 Prof. Marcos N. Giusti ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA RMSP Col. Santa Clara - 2014 Prof. Marcos N. Giusti Região Metropolitana de São Paulo Col. Santa Clara Você sabe de onde vem a água que nós bebemos e utilizamos? Col. Santa Clara

Leia mais

Programa de Redução de Perdas de Água e Eficiência Energética ÍNDICE Visão Geral das Perdas na SABESP Programa de Redução de Perdas de Água e Eficiência Energética Benefícios do Programa Visão Geral das

Leia mais

2ª Conferência Internacional do Projeto DESAFIO. Valeria Melo

2ª Conferência Internacional do Projeto DESAFIO. Valeria Melo 2ª Conferência Internacional do Projeto DESAFIO Valeria Melo Rio de Janeiro(RJ), 28 de Julho de 2015 Fatores e processos facilitadores e obstáculos que contribuem para explicar os sucessos, fracassos e

Leia mais

A CRISE HÍDRICA E SEUS REFLEXOS

A CRISE HÍDRICA E SEUS REFLEXOS SOLUÇÕES PARA A CRISE HÍDRICA DO ESTADO DE SÃO PAULO A CRISE HÍDRICA E SEUS REFLEXOS NO SETOR DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA FIESP 22 DE JULHO 2015 BALANÇO DA CRISE HÍDRICA ADAPTAÇÃO PARA ENFRENTAR A CRISE ABASTECIMENTO

Leia mais

Região Metropolitana de Belo Horizonte e Norte de Minas receberão novos investimentos em abastecimento de água

Região Metropolitana de Belo Horizonte e Norte de Minas receberão novos investimentos em abastecimento de água Região Metropolitana de Belo Horizonte e Norte de Minas receberão novos investimentos em abastecimento de água Governador Antonio Anastasia preside solenidade na qual foi assinado contrato para a implantação

Leia mais

Metodologias integradas de gestão da qualidade ecológica. Métodos de evidência ponderada

Metodologias integradas de gestão da qualidade ecológica. Métodos de evidência ponderada Metodologias integradas de gestão da qualidade ecológica Métodos de evidência ponderada Modelo de informação e gestão ambiental Activ. humanas Respostas Pressões Impacte Modelo DPSIR Estado LOE - Linha

Leia mais

MARGEM RIFTEADA LESTE-NORDESTE DO BRASIL

MARGEM RIFTEADA LESTE-NORDESTE DO BRASIL MARGEM RIFTEADA LESTE-NORDESTE DO BRASIL LIMITES CONTINENTE-OCEANO, ADIÇÃO MAGMÁTICA, AFINAMENTOS CRUSTAIS E LITOSFÉRICOS Hamsi Jr., G.P. - PETROBRAS/UO-SEAL Kusznir, N. - Universidade de Liverpool Objetivo

Leia mais

Logística. Prof: Fabio Fialho Bardauil. fabio@barralog.com.br. E-commerce Professional - Impacta + Buscapé

Logística. Prof: Fabio Fialho Bardauil. fabio@barralog.com.br. E-commerce Professional - Impacta + Buscapé Logística E-commerce Professional - Impacta + Buscapé Prof: Fabio Fialho Bardauil fabio@barralog.com.br Índice! Logís5ca no e- commerce alterna5vas de gerenciamento! Estoque para que serve? estoque dedicado

Leia mais

CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME

CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer,

Leia mais

VIII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO

VIII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO ASSEMAE VIII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO Título do trabalho O SEMASA E O TRATAMENTO DE ESGOTO NA CIDADE DE SANTO ANDRÉ Nome do Autor ISABEL CRISTINA ALEIXO DIAS CURRÍCULO DO AUTOR

Leia mais

ALEXANDRA FACCIOLLI MARTINS Buenos Aires - 05/06/14

ALEXANDRA FACCIOLLI MARTINS Buenos Aires - 05/06/14 ALEXANDRA FACCIOLLI MARTINS Buenos Aires - 05/06/14 1 SISTEMA CANTAREIRA: LOCALIZAÇÃO 2 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Disponibilidade Hídrica = Regiões Áridas 7.900 km² (quase coincidente com a Bacia

Leia mais

Painel: Desafios e Metas de Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto

Painel: Desafios e Metas de Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto Painel: Desafios e Metas de Abastecimento de Água e Tratamento de Esgoto Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano Sabesp 07/11/2011 Bacia do Alto Tietê Bacia do Sorocaba/ Médio Tietê Bacia do PCJ

Leia mais

novembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores DESEMPENHO ELEITORAL E CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS

novembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores DESEMPENHO ELEITORAL E CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS 16 novembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores DESEMPENHO ELEITORAL E CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS Expediente Esta é uma publicação da Fundação Perseu Abramo.

Leia mais

ÁGUA PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. Airoldi Edison

ÁGUA PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. Airoldi Edison ÁGUA PARA A REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Airoldi Edison Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - SABESP Rua Costa Carvalho, 300 - Pinheiros - São Paulo - SP - CEP 05415-001 RESUMO O

Leia mais

AS GEOTECNOLOGIAS COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE AMBIENTAL URBANA, ESTUDO DE CASO: ZONA DE PROTEÇÃO VISUAL DAS LAGOAS E DUNAS DO ABAETÉ.

AS GEOTECNOLOGIAS COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE AMBIENTAL URBANA, ESTUDO DE CASO: ZONA DE PROTEÇÃO VISUAL DAS LAGOAS E DUNAS DO ABAETÉ. Universidade Federal da Bahia Escola Politécnica Mestrado em Engenharia Ambiental Urbana AS GEOTECNOLOGIAS COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE AMBIENTAL URBANA, ESTUDO DE CASO: ZONA DE PROTEÇÃO VISUAL DAS LAGOAS

Leia mais

MARCHA DOS PREFEITOS 2011

MARCHA DOS PREFEITOS 2011 MARCHA DOS PREFEITOS 2011 Miriam Belchior Ministra, Orçamento e Gestão Brasília, 12 de maiode 2011 IMPORTÂNCIA DO PAC Planejamento dos investimentos necessários ao crescimento econômico permanente do país

Leia mais

Programa Corporativo de Redução de Perdas de Água da Sabesp

Programa Corporativo de Redução de Perdas de Água da Sabesp Workshop Inovação e Tecnologias Globais em Saneamento Programa Corporativo de Redução de Perdas de Água da Sabesp Eric C Carozzi 29.07.2014 Visão geral das Perdas de Água na Sabesp - Balanço Hídrico Balanço

Leia mais

PLANO DE INVESTIMENTO

PLANO DE INVESTIMENTO SABESP Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo PLANO DE INVESTIMENTO PARA O MUNICÍPIO DE RIO GRANDE DA SERRA RELATÓRIO TÉCNICO ABASTECIMENTO PÚBLICO DE ÁGUA ESGOTAMENTO SANITÁRIO Maio / 2011

Leia mais

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015

Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 Simpósio Estadual Saneamento Básico e Resíduos Sólidos: Avanços Necessários MPRS 20.08.2015 O saneamento básico no Brasil não condiz com o país que é a 7ª. economia do mundo da população não possui coleta

Leia mais

BEM VINDO AO SEU SEGURO DE SAÚDE INÍCIO A 15/07/2012

BEM VINDO AO SEU SEGURO DE SAÚDE INÍCIO A 15/07/2012 BEM VINDO AO SEU SEGURO DE SAÚDE INÍCIO A 15/07/2012 Seguro Saúde ADIST/IST ID A partir de 15/07/2012 todos os trabalhadores da ADIST e IST-ID passam a beneficiar de um seguro de saúde para si e para os

Leia mais

Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul

Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul Seminário Socioambiental Água Fonte de Vida PURA Programa de Uso Racional da Água Unidade de Negócio Sul Sabesp Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul Panorama Mundial - Escassez A SOBREVIVÊNCIA DA

Leia mais

SANEAMENTO EM PORTO ALEGRE

SANEAMENTO EM PORTO ALEGRE SANEAMENTO EM PORTO ALEGRE Julho/2015 Antônio Elisandro de Oliveira Diretor-Geral do Dmae PORTO ALEGRE -RS População (2014): 1.472.482 habitantes PIB Brasil (2014): R$ 5,52 trilhões PIB Brasil (2012) per

Leia mais

MODELOS DE APOIO À DECISÃO. Carlos A. Bana e Costa

MODELOS DE APOIO À DECISÃO. Carlos A. Bana e Costa MODELOS DE APOIO À DECISÃO Carlos A. Bana e Costa SISTEMA DE APOIO À DECISÃO PARA ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES DE INTERVENÇÃO EM IMÓVEIS CLASSIFICADOS DA DGP 1 PRINCIPAIS INTERLOCUTORES DGP EQUIPA TÉCNICA

Leia mais

CONSCIENTIZAÇÃO DA NECESSIDADE DO PSA-GUANDU

CONSCIENTIZAÇÃO DA NECESSIDADE DO PSA-GUANDU CEDAE - Companhia Estadual de Águas e Esgotos DG - Diretoria de Produção e Grande Operação CONSCIENTIZAÇÃO DA NECESSIDADE DO PSA-GUANDU 1 CEDAE - Companhia Estadual de Águas e Esgotos DG - Diretoria de

Leia mais

BOLETIM. Taxa de desemprego anual na RMSP é a menor em 20 anos

BOLETIM. Taxa de desemprego anual na RMSP é a menor em 20 anos A taxa média anual de desemprego, na Região Metropolitana de São Paulo RMSP, diminuiu de 11,9% para 10,5%, entre 2010 e 2011, atingindo seu menor valor nos últimos 20 anos. Essa é uma das informações divulgadas

Leia mais

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO ARCO METROPOLITANO TRAÇADO GERAL E SEGMENTAÇÃO Ligação entre a BR 101/NORTE em Manilha/Itaboraí a BR-101/SUL (Rod. Rio-Santos) em Itaguaí Extensão de 145

Leia mais

Breve Histórico do Saneamento Básico no Brasil

Breve Histórico do Saneamento Básico no Brasil Breve Histórico do Saneamento Básico no Brasil Historicamente o abastecimento de água e o tratamento de esgotos eram atribuições municipais; Na década de 60 foram criadas as cias estaduais, dentre elas

Leia mais

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA PARA A UNIVERSALIZAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Companhia Pernambucana de Saneamento Compesa Economia Mista de Direito Privado 42 anos de existência

Leia mais

Outorga do Sistema Cantareira Renovações de 2004 e 2014. Rui Brasil Assis Assessor do Gabinete da SSRH

Outorga do Sistema Cantareira Renovações de 2004 e 2014. Rui Brasil Assis Assessor do Gabinete da SSRH Outorga do Sistema Cantareira Renovações de 2004 e 2014 Rui Brasil Assis Assessor do Gabinete da SSRH Contexto da renovação da outorga em 2004 ATORES REGIONAIS 1. Comitê PCJ 2. Consórcio PCJ 3. Conselho

Leia mais

DOSSIÊ Sistema Alto Tietê

DOSSIÊ Sistema Alto Tietê Espaço das Águas Fundação Patrimônio Histórico da Energia e Saneamento Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo Sabesp DOSSIÊ Sistema Alto Tietê Fevereiro 2009 1. Histórico da Implantação

Leia mais

Nascente do Rio Tietê Município de Salesópolis

Nascente do Rio Tietê Município de Salesópolis udiência de Sustentabilidade 07 de Novembro de 2007 iretoria de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente - T uperintendência de Gestão de Projetos Especiais - TG Projeto Tietê Nascente do Rio Tietê

Leia mais

Definição de Educação Ambiental*:

Definição de Educação Ambiental*: Programa de Educação Ambiental PEA Sabesp Planejamento e Gestão da Educação Ambiental na Sabesp Superintendência de Gestão Ambiental TA Programa de Educação Ambiental PEA Sabesp Definição de Educação Ambiental*:

Leia mais

2.6. Sistemas de Abastecimento de Água

2.6. Sistemas de Abastecimento de Água 2.6. Sistemas de Abastecimento de Água A RMSP está localizada na porção sudeste do estado de São Paulo e abrange 39 municípios. Destes, 33 são operados pela SABESP e 6 têm Administração Municipal. Do total

Leia mais

Núcleo União Pró-Tietê. Água : O ouro azul do planeta

Núcleo União Pró-Tietê. Água : O ouro azul do planeta Núcleo União Pró-Tietê Água : O ouro azul do planeta Água A água é um mineral, elemento químico simples (H 2 O) fundamental para o planeta. Forma oceanos, geleiras, lagos e rios. Cobre ¾ da superfície

Leia mais