GERALDO ALCKMIN 18/10/2011

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GERALDO ALCKMIN 18/10/2011"

Transcrição

1 GERALDO ALCKMIN 18/10/2011

2

3 AÇÕES E PROJETOS HABITAÇÃO

4 - 150 mil novas moradias nos próximos quatro anos, para atender a famílias que ganham até 5 salários mínimos, triplicando a produção de moradias no Estado (PPA 2012/2015); - Buscar parcerias da iniciativa privada com a criação do Fundo Garantidor Habitacional (FGH) e do Fundo Paulista de Habitação de Interesse Social (FPHIS), e do Governo Federal, para atingir a meta; - Programa Minha Casa, Minha Vida - complementação financeira do Governo do Estado para a construção de 70 mil novas moradias (a parceria está em tratativas com o Governo Federal e até o fim deste ano deve ser selada)

5 AÇÕES E PROJETOS METRÔ

6 - Entre 2011 e 2014 está prevista a entrega de 26 novas estações e 32,1 km de linhas operacionais. - Haverá um acréscimo de 2 para 8 quilômetros de média anual e vamos deixar um canteiro de 90 quilômetros até 2020, de metrô e monotrilho. - Vamos elevar o número de viagens de 6 milhões para 9 milhões de passageiros diariamente (Metrô e CPTM).

7 - Nos últimos 5 anos foram comprados 101 trens novos para o Metrô e haverá a modernização de 98 trens da frota, até 2014.

8 AÇÕES E PROJETOS TRENS METROPOLITANOS

9 - A modernização da CPTM é uma das prioridades. Neste ano estamos investindo cerca de R$ 1 bilhão (LOA). - Desde 2006, a CPTM encomendou 105 trens novos 53 trens já foram entregues e os outros 52 trens serão entregues até o final de Vamos implantar o VLT ligando Santos, São Vicente e Praia Grande. - O Expresso Guarulhos, que já está em fase de preparação de edital, ligando o aeroporto ao centro de São Paulo. - Vamos iniciar o Expresso Jundiaí ligando São Paulo a Jundiaí em 20 minutos.

10 AÇÕES E PROJETOS FERROVIÁRIOS

11 FERROANEL Ferroanel Norte Ligação entre Manuel Feio e Campo Limpo - Lapa Em estudo. Está sendo analisada uma alternativa com traçado junto ao Rodoanel Norte Ferroanel SUL 70 km de novas vias ao lado do Rodoanel SUL Investimentos: R$ 1 bilhão

12 AÇÕES E PROJETOS RODOVIAS

13 RODOANEL TRECHO LESTE E NORTE

14 RODOANEL TRECHO LESTE Extensão: 43,8 Km Trecho: ligará o sistema Anchieta/Imigrantes com a SP-066 e as Rodovias Ayrton Senna e Presidente Dutra. Esse trecho passará pelos municípios de Arujá, Itaquaquecetuba, Mauá, Poá, Ribeirão Pires e Suzano. Início: agosto deste ano. Conclusão: prevista para março de 2014 Custo: o investimento chega a R$ 5,2 bilhões, dinheiro da concessionária, que ainda pagou para o Estado o valor de R$ 389 milhões para ter a concessão

15 RODOANEL TRECHO NORTE Extensão: 44 quilômetros Trecho: Ligará a Rodovia Dutra até a Rodovia dos Bandeirantes, integrando a Rodovia Fernão Dias. Com sete túneis e mais de 20 viadutos, esse trecho passará pelos municípios de São Paulo, Arujá e Guarulhos. Início previsto das obras: primeiro trimestre de 2012 Conclusão: prevista para novembro de 2014 Custo: R$ 6,1 bilhões

16 RODOVIA DOS TAMOIOS E LITORAL NORTE

17 RODOVIA DOS TAMOIOS - A duplicação será ampliada - Inicialmente iria até Paraíbuna e agora vai até o alto da serra, aumentando em mais 31 quilômetros a primeira fase de duplicação (do Km 11,5 até o Km 64,4, cobrindo todo o trecho de planalto, numa extensão de 53 quilômetros). - Previsão de início das obras: março de Previsão de término: março/ Previsão de investimento total da obra: R$ 4,39 Bilhões.

18 AÇÕES E PROJETOS PORTOS

19 EXPANSÃO DO PORTO DE SANTOS

20 EXPANSÃO DO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO Licitação de terminais Aterramento e requalificação de terminais m² de área Vocações para ESTUDOS da licitação: 01 líquidos, 01 sólidos, 01 contêineres, 2 para apoio marítimo ao petróleo e 01 veículos. Poderá ampliar para mais 2 terminais, somando 8 terminais no total. Fonte: PDZ Docas SS em agosto 2009

21 EXPANSÃO DO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO Retomou-se as operações de transporte de veículos, após negociações com as montadoras, garantindo-se mais espaço no cais e melhor atracação. A estimativa é de movimentar veículos até o final de Investimento: R$ 1,2 milhão em obras de infraestrutura.

22 AÇÕES E PROJETOS PETRÓLEO E GÁS

23 PRÉ-SAL BACIA DE SANTOS 290 km PMXL BM-S km BACIA DE SANTOS Investimentos previstos: : US$ 60 bilhões Produção de óleo prevista: De 2015 a 2031: 1,8 milhão barris/dia Oportunidades para SP em curto e médio prazos: - Bases de apoio marítimo - Estaleiros - Novas indústrias - Geração empregos e renda BM-S-17 BM-S-8 (BEM-TE-VI) BM-S-21 (CARAMBA) BM-S-10 (PARATI) BM-S-9 (CARIOCA) BM-S-22 (AZULÃO) BM-S-9 (GUARÁ) BM-S-42 BM-S-11 (TUPI) BM-S-11 (IARA) BM-S-24 (JÚPITER) Polo Pré-Sal da Bacia 23 de Santos

24 PRÉ-SAL BACIA DE SANTOS

25 PERSPECTIVAS DE PRODUÇÃO - PETROBRÁS Fonte: J. S. Gabrielli, Programa de Exploração de Petróleo e Gás Bacia de Santos, 2009.

26 Ações e Projetos AEROPORTUÁRIOS

27 CONCESSÃO DE AEROPORTOS REGIONAIS Aeroportos centrais e satélites Concessão pelo potencial de retorno em aeroportos centrais Aeroportos satélites serão obrigação de manutenção do concessionário Previsão de cinco lotes de concessão

28 AÇÕES E PROJETOS CORREDOR NOROESTE

29 Dados gerais: - 32,7 Km de extensão - 7 Km de faixas exclusivas para ônibus - Corredor liga Campinas aos municípios de Hortolândia, Sumaré, Monte Mor e Americana.

30 2ª FASE - O projeto executivo deve estar pronto até março de Início previsto das obras: primeiro semestre de Previsão da conclusão das obras: primeiro semestre de O Governo do Estado estima aplicar R$ 80 milhões no trecho Nova Odessa /Americana /Santa Bárbara D Oeste. Neste trecho, a demanda diária prevista é de 40 mil passageiros. - R$ 54,5 milhões serão aplicados no trecho entre Nova Odessa a Campinas incluindo obras remanescentes da 1ª fase. Neste trecho, a demanda diária é de 61 mil passageiros. - Investimento total nas obras: R$ 134,5 milhões.

31 AÇÕES E PROJETOS TÚNEL GUARUJÁ - SANTOS

32 - O projeto executivo deve ser concluído em 12 meses, com custo estimado em R$ 39 milhões. - Licenciamento ambiental: R$ 3 milhões - Custo da obra: R$ 1,3 bilhão - Início: em março de 2013 (previsão) - Prazo de conclusão: 36 meses ( previsão: março de 2016)

33 OBRIGADO

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM Matriz de Transporte Brasil Estado de São Paulo Modal Participação Modal Participação Rodoviário 61,20% Ferroviário 20,70% Hidroviário 13,60% Dutoviário 4,20% Aéreo 0,40% Rodoviário 93,10% Ferroviário

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Mário Manuel Seabra Rodrigues Bandeira Diretor Presidente maio/2013 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco

Leia mais

Projetos de Expansão e Modernização

Projetos de Expansão e Modernização Projetos de Expansão e Modernização Março/2012 Jundiaí Várzea Paulista Campo Limpo Paulista Francisco Morato Franco da Rocha Caieiras REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Itaquaquecetuba Osasco Barueri São

Leia mais

RODRIGO GARCIA Secretário de Estado da Habitação

RODRIGO GARCIA Secretário de Estado da Habitação RODRIGO GARCIA Secretário de Estado da Habitação Caracterização do modelo OBJETIVOS INCLUSÃO SOCIAL Diversidade REQUALIFICAÇÃO DO ESPAÇO URBANO APROXIMAÇÃO DA MORADIA DOS LOCAIS DE OFERTA DE EMPREGO PÚBLICO-ALVO

Leia mais

PROGRAMA ESTADUAL DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PRIVADAS (PPP) Primeiro Semestre de 2006

PROGRAMA ESTADUAL DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PRIVADAS (PPP) Primeiro Semestre de 2006 PROGRAMA ESTADUAL DE PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS PRIVADAS (PPP) Primeiro Semestre de 2006 MOMENTO ATUAL / AVANÇOS Discussão sobre PPP Processo muito rico, inserido na discussão sobre a retomada do desenvolvimento

Leia mais

PARA MUDAR DE VERDADE

PARA MUDAR DE VERDADE PARA MUDAR DE VERDADE os transportes Nos 20 anos de sucessivos governos, o PSDB foi incapaz de enfrentar o colapso da mobilidade urbana com políticas compatíveis com a gravidade do problema, sobretudo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO. Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 TM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Infraestrutura necessária para realização da Copa do Mundo FIFA 2014 SOLUÇÕES ENCAMINHADAS Constituição do COMITÊ PAULISTA (Grupo Executivo

Leia mais

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana

Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana Investimento do Governo Federal em Mobilidade Urbana PAC 2 SÃO PAULO R$ 241,5 bilhões R$ milhões Eixo 2011-2014 Pós 2014 TOTAL Transportes 55.427 2.169 57.596 Energia 57.578 77.936 135.513 Cidade Melhor

Leia mais

GOVERNANÇA METROPOLITANA. As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana

GOVERNANÇA METROPOLITANA. As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana Março / 2012 Mobilidade é o deslocamento de pessoas e bens nas cidades. É sustentável quando: Valoriza o deslocamento do pedestre. Proporciona mobilidade às

Leia mais

A experiência da EMTU no emprego do pavimento de concreto

A experiência da EMTU no emprego do pavimento de concreto Seminário Pavimentos Urbanos Pavimentos de Concreto nas Cidades: A solução para as vias de tráfego intenso, em especial os corredores de ônibus A experiência da EMTU no emprego do pavimento de concreto

Leia mais

Perspectivas do Trem de Alta Velocidade

Perspectivas do Trem de Alta Velocidade Perspectivas do Trem de Alta Velocidade Bernardo Figueiredo Julho/2013 TRENS DE ALTA VELOCIDADE Segurança: Trem de Alta Velocidade é mais seguro. AVIÃO Número de mortes por bilhão de passageiro/km RODOVIA

Leia mais

Ciclo de Debates sobre Mobilidade Urbana e Transportes Públicos no Estado de São Paulo

Ciclo de Debates sobre Mobilidade Urbana e Transportes Públicos no Estado de São Paulo Ciclo de Debates sobre Mobilidade Urbana e Transportes Públicos no Estado de São Paulo Integração Metropolitana do Transporte Público pelo Bilhete Único e Sistemas Estadual e Metropolitano de Transporte

Leia mais

Em R$ milhões. empresas empresas. fiscal. fiscal 5.723 5.440 4.824 3.469 1.398 15.769 16.474 15.797 1.281 1.634 11.535 8.067 6.491 5.266 22.197 21.

Em R$ milhões. empresas empresas. fiscal. fiscal 5.723 5.440 4.824 3.469 1.398 15.769 16.474 15.797 1.281 1.634 11.535 8.067 6.491 5.266 22.197 21. Evolução dos Investimentos Em R$ milhões 20.593 22.197 21.237 15.004 4.824 5.723 5.440 7.772 6.900 1.281 1.634 6.491 5.266 9.465 1.398 8.067 3.469 11.535 15.769 16.474 15.797 empresas empresas fiscal fiscal

Leia mais

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto Secretaria Municipal de Obras secretário Alexandre Pinto Investimentos recordes e precisos Obras em andamento R$ 5,5 bilhões Obras em licitação R$ 2 bilhões Obras a licitar R$ 190 milhões R$ 8,1 bilhões

Leia mais

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM. ARSESP - Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM. ARSESP - Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo Matriz de Transporte Modal Brasil Participação Estado de São Paulo Modal Participação Rodoviário 61,20% Ferroviário 20,70% Hidroviário 13,60% Dutoviário 4,20% Aéreo 0,40% Rodoviário 93,10% Ferroviário

Leia mais

SISTEMAS METROPOLITANOS DE TRANSPORTE PÚBLICO. Abril - 2012

SISTEMAS METROPOLITANOS DE TRANSPORTE PÚBLICO. Abril - 2012 SISTEMAS METROPOLITANOS DE TRANSPORTE PÚBLICO Abril - 2012 ESTADO DE SÃO PAULO REGIÕES METROPOLITANAS Responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo intermunicipal metropolitano RMSP - 19,6 milhões

Leia mais

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL

OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL OBRAS DE INFRAESTRUTURA NO BRASIL Estudo realizado com 259 empresas; Faturamento das empresas pesquisadas representando mais de 30% do PIB brasileiro; O objetivo principal é mapear e avaliar a importância

Leia mais

Fórum Regional de Campinas. Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos

Fórum Regional de Campinas. Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Fórum Regional de Campinas Desafios e Oportunidades em Logística e Infraestrutura Jurandir Fernandes Secretário dos Transportes Metropolitanos Hotel Royal Palm Plaza,Campinas, 11/08/2012 Transporte Metropolitano

Leia mais

AGENDA METROPOLITANA ALTO TIETÊ RELATÓRIO

AGENDA METROPOLITANA ALTO TIETÊ RELATÓRIO AGENDA METROPOLITANA ALTO TIETÊ RELATÓRIO Suzano, 10 de setembro de 2012 1 ÍNDICE GERAL 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONSTRUÇÃO DAS PROPOSTAS... 3 3. PRIORIDADES GESP E CONDEMAT... 5 4. CONCLUSÃO... 9 5. ANEXO

Leia mais

Tráfego de Carga e Passageiros na Malha Ferroviária da RMSP. Tem Solução?

Tráfego de Carga e Passageiros na Malha Ferroviária da RMSP. Tem Solução? Tráfego de Carga e Passageiros na Malha Ferroviária da RMSP. Tem Solução? Secretaria dos Transportes Planejamento de Transportes SECRETARIA DOS TRANSPORTES set/2008 Tráfego de Carga e Passageiros na Malha

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: Belo Horizonte. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: Belo Horizonte Setembro/2013 Belo Horizonte: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de s CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos

Leia mais

Objetivo 3.2. Melhorar a infra-estrutura de transporte e logística do Estado. As prioridades estaduais, segundo a visão da indústria, estão na

Objetivo 3.2. Melhorar a infra-estrutura de transporte e logística do Estado. As prioridades estaduais, segundo a visão da indústria, estão na Objetivo 3.2. Melhorar a infra-estrutura de transporte e logística do Estado. As prioridades estaduais, segundo a visão da indústria, estão na ampliação do número de terminais portuários, rodovias, ferrovias

Leia mais

BRASIL VIVE UM CÍRCULO VIRTUOSO

BRASIL VIVE UM CÍRCULO VIRTUOSO Brasil Câmara Oficial Espanhola de Comércio Miriam Belchior Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM CÍRCULO VIRTUOSO Quatro movimentos estruturais explicam esse momento: Crescimento

Leia mais

Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis

Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis Comissão de Serviços de Infra-Estrutura Desafios para um país emergente Luis Eduardo Duque Dutra Chefe de Gabinete da Diretoria Geral Professor Adjunto EQ/UFRJ

Leia mais

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1 EXECUÇÃO GLOBAL DO PAC 2 ATÉ OUTUBRO DE 2014 R$ 1,009 trilhão 91,3% do previsto até 2014 ATÉ DEZEMBRO DE 2014 R$ 1,066 trilhão 96,5% do previsto até 2014 PAC 2 superará em 72% a execução total do PAC 1

Leia mais

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto

Secretaria Municipal de Obras. secretário Alexandre Pinto Secretaria Municipal de Obras secretário Alexandre Pinto Investimentos recordes e precisos Obras em andamento R$ 5,54 bilhões Obras concluídas 3,48 bilhões Obras em licitação 235 milhões R$ 9,25 bilhões

Leia mais

Considerações sobre Infraestrutura Logística, Transporte Sustentável de Cargas, e Mobilidade Urbana no Brasil

Considerações sobre Infraestrutura Logística, Transporte Sustentável de Cargas, e Mobilidade Urbana no Brasil Considerações sobre Infraestrutura Logística, Transporte Sustentável de Cargas, e Mobilidade Urbana no Brasil Seminários IBRE Infraestrutura no Brasil Perspectivas e Desafios nas Áreas de Construção, Saneamento,

Leia mais

Desafios e Perspectivas em Transporte e Logística no Brasil

Desafios e Perspectivas em Transporte e Logística no Brasil Desafios e Perspectivas em Transporte e Logística no Brasil Logística em São Paulo: Desafios da Integração Modal e Regional Milton Xavier 08/dez/2011 Desafios e Perspectivas em Transporte e Logística no

Leia mais

Infraestrutura, Segurança e PPPs

Infraestrutura, Segurança e PPPs www.pwc.com Infraestrutura, Segurança e PPPs Dezembro, 2011 Agenda - Características de uma PPP - Alguns Projetos de PPP no Brasil - Exemplos de PPP em Infraestrutura e Segurança 2 Características de uma

Leia mais

Mobilidade urbana, infra-estrutura e a Copa de 2014

Mobilidade urbana, infra-estrutura e a Copa de 2014 Mobilidade urbana, infra-estrutura e a Copa de 2014 Oportunidades para a arquitetura e a engenharia 8º Encontro da Arquitetura e da Engenharia Consultiva de São Paulo Sinaenco/sp 26 de agosto de 2008 Jurandir

Leia mais

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV

TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Encontro Econômico Brasil - Alemanha 2009 Cooperação para o Crescimento e Emprego Idéias e Resultados TREM DE ALTA VELOCIDADE - TAV Secretaria de Política Nacional de Transportes / MT - Engº Marcelo Perrupato

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T13

Apresentação de Resultados 2T13 Apresentação de Resultados 2T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Perspectivas para a Economia e as Finanças de São Paulo

Perspectivas para a Economia e as Finanças de São Paulo Perspectivas para a Economia e as Finanças de São Paulo Apresentação para SINICESP Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo Andrea Calabi Secretário da Fazenda do Estado de São

Leia mais

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014

Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 Fórum de Logística Perspectivas para 2014 25/02/2014 David Barioni Neto Mar/10 a Jun/11: Presidente Executivo (CEO) da Facility Group S.A. Nov/07 a Out/09: Presidente Executivo (CEO) da TAM Linhas Aéreas

Leia mais

TAV BRASIL (RIO DE JANEIRO SÃO PAULO CAMPINAS)

TAV BRASIL (RIO DE JANEIRO SÃO PAULO CAMPINAS) TAV BRASIL (RIO DE JANEIRO SÃO PAULO CAMPINAS) 11 Ligação Rio São Paulo - Antecedentes No final da década de 90 o Governo Brasileiro com a cooperação do Governo Alemão realizou estudo de alternativas para

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T13

Apresentação de Resultados 1T13 Apresentação de Resultados 1T13 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

BRT em Belo Horizonte Melhoria da Mobilidade para a Copa 2014

BRT em Belo Horizonte Melhoria da Mobilidade para a Copa 2014 BRT em Belo Horizonte Melhoria da Mobilidade para a Copa 2014 Situação Atual População de Belo Horizonte: 2,4 milhões de habitantes População da RMBH: 4,5 milhões de habitantes 3,8 milhões de viagens/dia

Leia mais

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa

Brasil. 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Brasil 1º Congresso de Engenheiros da Língua Portuguesa Maurício Muniz Secretário do Programa de Aceleração do Crescimento SEPAC Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO

Leia mais

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA VOCÊ, UMA ÓTIMA AÇÃO PARA SÃO PAULO.

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA VOCÊ, UMA ÓTIMA AÇÃO PARA SÃO PAULO. PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: UM EXCELENTE NEGÓCIO PARA VOCÊ, UMA ÓTIMA AÇÃO PARA SÃO PAULO. São Paulo State Government São Paulo State Government PARCERIA PARA O DESENVOLVIMENTO. Nossa proposta é ampliar

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos BALANÇO DO SETOR METROFERROVIÁRIO DE PASSAGEIROS 2012/2013 Apoio: QUEM SOMOS ANPTrilhos é uma Associação Civil, sem fins

Leia mais

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM

Secretaria de Logística e Transportes DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM Secretaria de Logística e Transportes Estrutura da Secretaria de Logística e Transportes Pátio 2 Obra Secretaria de Logística e Transportes Porto de São Sebastião Realizações 2011/2012 Descrição Nivelamento

Leia mais

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos

Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos - ANPTrilhos PANORAMA DO SISTEMA METROFERROVIÁRIO NACIONAL E OS PRINCIPAIS INVESTIMENTOS PREVISTOS Brasília, 30/07/13 Fernando Sollero

Leia mais

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE

As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras. Diretoria de Engenharia - DE As condições de acessibilidade e mobilidade nas cidades receptoras Diretoria de Engenharia - DE Cidades candidatas e seus aeroportos Aeroportos da INFRAERO primeira e última imagem que o turista estrangeiro

Leia mais

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO. As cidades e os. Mobilidade Urbana

MOBILIDADE URBANA EM SÃO PAULO. As cidades e os. Mobilidade Urbana As cidades e os desafios da Mobilidade Urbana Mobilidade é o deslocamento de pessoas e bens nas cidades. É sustentável quando: Valoriza o deslocamento do pedestre. Proporciona mobilidade às pessoas com

Leia mais

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO

TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO TREM DE GUARULHOS EXPRESSO AEROPORTO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO 2 Municípios Habitantes PIB (Regional) Comércio e Serviços 39 18,6 milhões 10,5% população Brasileira R$ 244 Bilhões 15,7% PIB Brasileiro

Leia mais

Investimento em infraestrutura: o que precisa ser feito?

Investimento em infraestrutura: o que precisa ser feito? SESSÃO TEMÁTICA Investimento em infraestrutura: o que precisa ser feito? Brasília, 17 de novembro de 2009 Perspectivas de Investimentos O Brasil está diante de uma oportunidade inédita para aumentar de

Leia mais

Obras de Mobilidade Urbana no Município da Cidade do Rio de Janeiro. Alexandre Pinto Secretario Municipal de Obras

Obras de Mobilidade Urbana no Município da Cidade do Rio de Janeiro. Alexandre Pinto Secretario Municipal de Obras Obras de Mobilidade Urbana no Município da Cidade do Rio de Janeiro Alexandre Pinto Secretario Municipal de Obras BRTs Criado no Brasil e exportado para diversas cidades, tais como Bogotá, Pequim e Johanesburgo,

Leia mais

Extensão Norte Linha 1 - TRENSURB São Leopoldo - Novo Hamburgo

Extensão Norte Linha 1 - TRENSURB São Leopoldo - Novo Hamburgo Extensão Norte Linha 1 - TRENSURB São Leopoldo - Novo Hamburgo Metrô em elevado com extensão de 9,3 Km com rede elétrica aérea, sinalização, bilhetagem eletrônica, escadas rolantes Quatro Estações de Passageiros

Leia mais

Seminário: Terminais, Ferrovias e Contêineres

Seminário: Terminais, Ferrovias e Contêineres Seminário: Terminais, Ferrovias e Contêineres Secretaria dos Transportes do Estado de São Paulo SECRETARIA DOS TRANSPORTES O Foco da questão: Terminais, Ferrovias e Contêineres Centra-se no intermodalismo,

Leia mais

FORUM REGIONAL DE CAMPINAS LIDE GRUPO DE LÍDERES EMPRESARIAIS

FORUM REGIONAL DE CAMPINAS LIDE GRUPO DE LÍDERES EMPRESARIAIS FORUM REGIONAL DE CAMPINAS LIDE GRUPO DE LÍDERES EMPRESARIAIS 11 DE AGOSTO DE 2012 EDSON APARECIDO DEPUTADO FEDERAL MACROMETRÓPOLE PAULISTA EM NÚMEROS PIB MM PAULISTA PIB da MM Paulista - 2009 (R$ bilhões)

Leia mais

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social?

Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Política de mobilidade urbana: integração ou segregação social? Panorama das ações e projetos e hipóteses gerais da pesquisa Juciano Martins Rodrigues Aumento no tempo de deslocamento Crescimento do número

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL

A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL A IMPORTÂNCIA DA LOGÍSTICA PARA O DESENVOLVIMENTO REGIONAL 04/05/2011 Senado Federal - Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo O BRASIL EM NÚMEROS BASE PARA O CRESCIMENTO Os investimentos nas áreas

Leia mais

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Brasil. Oportunidades de Investimento Batimat 2011. Miriam Belchior. Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Brasil Oportunidades de Investimento Batimat 2011 Miriam Belchior Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM MOMENTO EXITOSO Quatro movimentos estruturais explicam

Leia mais

Demanda 2015: 476 mil passageiros/dia

Demanda 2015: 476 mil passageiros/dia 21/06/2012 Demanda 2015: 476 mil passageiros/dia Campo da Pólvora Lapa Brotas Acesso Norte Pituaçu Detran PernambuésImbuíCAB Bonocô Rodoviária Juá Retiro Pirajá Flamboyant Lauro de Freitas Bairro da Paz

Leia mais

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB

Programa Estadual de Mobilidade Urbana PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB PROGRAMA ESTADUAL DE MOBILIDADE URBANA PROMOB ARAÇOIABA 15.108 90 IGARASSU 82.277 323 ITAPISSUMA 20.116 74 ITAMARACÁ 15.858 65 PRAIA DE MARIA FARINHA A REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE Municípios: 14 População:

Leia mais

VIII CONSE VIII CONSE. Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012. Apresentação. Carlos Monte

VIII CONSE VIII CONSE. Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012. Apresentação. Carlos Monte VIII CONSE Sao Paulo - 24, 25 e 26 de setembro de 2012 Apresentação Carlos Monte Conceitos Gerais A Engenharia é a profissão do Crescimento. Mais emprego, melhores sálarios e inclusão social com distribuição

Leia mais

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA

CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA 1 CONSELHO GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PPP SECRETARIA EXECUTIVA Secretaria de Fazenda Prefeitura de Sorocaba A Cidade 2 No próximo ano de 2014 Sorocaba completará 360 anos de sua fundação; A história

Leia mais

Júlio Eduardo dos Santos

Júlio Eduardo dos Santos Júlio Eduardo dos Santos Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Linha do Tempo 1965 a 2003 Extinção da GEIPOT Lei 10.233 / 2001 Criação da EBTU lei nº 6.261 em 1975 Extinção da EBTU Dec.

Leia mais

Panorama do transporte de passageiros sobre trilhos no B ra s i l e p e r s p e c t i v a s

Panorama do transporte de passageiros sobre trilhos no B ra s i l e p e r s p e c t i v a s Panorama do transporte de passageiros sobre trilhos no B ra s i l e p e r s p e c t i v a s ROBERTA MARCHESI SUPERINTENDENTE DA ANPTRILHOS PAINEL 6 - Mobilidade urbana: a crescente participação do setor

Leia mais

Principais Fatos e Números

Principais Fatos e Números Principais Fatos e Números BRAZIL Brasil Minas Gerais Região Metropolitana de Classificado como a 6ª maior economia em 2011, esperando chegar à 5ª posição até 2016. 3 ª maior economia dentre os 27 Estados

Leia mais

O Problema dos Transportes Urbanos de Passageiros no Brasil

O Problema dos Transportes Urbanos de Passageiros no Brasil O Problema dos Transportes Urbanos de Passageiros no Brasil Uma Contribuição para as Discuções sobre o Tema. O crescimento da urbanização da população brasileira, os incentivos generosos do governo federal

Leia mais

INVESTIMENTOS NO METRÔ DE SÃO PAULO

INVESTIMENTOS NO METRÔ DE SÃO PAULO INVESTIMENTOS NO METRÔ DE SÃO PAULO Fonte: Relatório 2001 do Governo do Estado de SP O sistema metroviário de São Paulo paga suas operações e ainda devolve aos cofres do Estado os investimentos realizados.

Leia mais

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Gustavo Guerrante. 30 de novembro de 2015

Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro. Gustavo Guerrante. 30 de novembro de 2015 Parcerias Público- Privadas do Rio de Janeiro Gustavo Guerrante 30 de novembro de 2015 Prefeitura do Rio de Janeiro Secretaria Especial de Concessões e Parcerias Público-Privadas Em 2009, institucionalizou-se

Leia mais

Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte

Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte Concessão Rodoviária Estadual Trecho Litoral Norte Descrição Concessão à iniciativa privada dos principais eixos rodoviários de acesso ao litoral norte de Alagoas, visando a melhoria operacional, manutenção,

Leia mais

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços

Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços Sumário Rio de Janeiro em números Energia Petróleo Carteira de Investimentos Rio de Janeiro em números Comércio Exterior Rio bate

Leia mais

COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS

COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS Apresentação A Companhia de Saneamento de Minas Gerais, COPASA, criada em 1963, é uma empresa vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Regional e Política

Leia mais

INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS

INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS AEROPORTOS INVESTIMENTOS EM AEROPORTOS 6 concessões de aeroportos Investimentos de R$ 26 Bilhões São Gonçalo do Amarante RN Brasília DF Guarulhos SP Confins MG Viracopos SP Galeão RJ 5 operadores aeroportuários

Leia mais

O Programa de Investimentos em Logística: Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro

O Programa de Investimentos em Logística: Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro O Programa de Investimentos em Logística: Um Projeto Estratégico do Estado Brasileiro Bernardo Figueiredo Presidente da Empresa Brasileira de Planejamento e Logística Logística e Desenvolvimento Econômico

Leia mais

www.supervia.com.br 1

www.supervia.com.br 1 www.supervia.com.br 1 Trens Urbanos no Rio de Janeiro Histórico Antes da privatização, sob condições de transporte inadequadas, o número de passageiros caiu consistentemente Média de passageiros dias úteis

Leia mais

MATO GROSSO DO SUL. Dourados 1 PROJETO R$ 35,2 MILHÕES DOURADOS DOURADOS

MATO GROSSO DO SUL. Dourados 1 PROJETO R$ 35,2 MILHÕES DOURADOS DOURADOS MATO GROSSO DO SUL Dourados 1 PROJETO R$ 35,2 MILHÕES DOURADOS DOURADOS PARÁ Belém, Marabá e Marituba 3 PROJETOS R$ 250,3 MILHÕES MARABÁ BELÉM RORAIMA Boa Vista 1 PROJETO R$ 23,5 MILHÕES BOA VISTA SANEAMENTO

Leia mais

59ª Reunião do Fórum Paulista Presidente Prudente/SP. Tema: Outros Modais

59ª Reunião do Fórum Paulista Presidente Prudente/SP. Tema: Outros Modais 59ª Reunião do Fórum Paulista Presidente Prudente/SP Tema: Outros Modais Secretaria de Transportes e Vias Públicas ETCSBC Empresa de Transporte Coletivo de São Bernardo do Campo Alberto Alécio Batista

Leia mais

Programa de Aceleração do Crescimento PAC Programa Minha Casa, Minha Vida Pré-Sal Copa 2014 Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2016

Programa de Aceleração do Crescimento PAC Programa Minha Casa, Minha Vida Pré-Sal Copa 2014 Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2016 Brasil Oportunidades de Investimento Miriam Belchior Ministra de Estado Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão BRASIL VIVE UM MOMENTO EXITOSO Quatro movimentos estruturais explicam esse momento:

Leia mais

Santos 23/09/09. Sistema Integrado Metropolitano SIM. Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve)

Santos 23/09/09. Sistema Integrado Metropolitano SIM. Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) Santos 23/09/09 Sistema Integrado Metropolitano SIM Veículo Leve sobre Trilhos VLT (Metrô Leve) 1 1 2 Secretaria dos Transportes Metropolitanos - STM Três regiões metropolitanas do Estado de São Paulo:

Leia mais

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: São Paulo. Setembro/2013

Code-P1. 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidade-sede: São Paulo. Setembro/2013 CodeP1 5º Balanço de Ações para a Copa (1º Ciclo) Cidadesede: São Paulo Setembro/2013 São Paulo: Distribuição dos Investimentos por Tema e Fonte de Recursos CodeP2 Referência Set/13, Distribuição dos investimentos

Leia mais

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Programa de Integração e Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro Waldir Peres Superintendente Agência Metropolitana de Transportes Urbanos São Paulo Setembro de 2011 Plano Geral Rio

Leia mais

Pesquisa Principais Investimentos em Infraestrutura no Brasil

Pesquisa Principais Investimentos em Infraestrutura no Brasil Pesquisa Principais Investimentos em Infraestrutura no Brasil PATROCINADOR INICIATIVA REALIZAÇÃO SUBCAPA O trabalho e a pesquisa O TRABALHO E A PESQUISA A 4ª edição do relatório principais investimentos

Leia mais

PROJETOS DE TRANSPORTES NO BRASIL

PROJETOS DE TRANSPORTES NO BRASIL GEIPOT Empresa Brasileira de Planejamento de Transportes PROJETOS DE TRANSPORTES NO BRASIL Eixo Mercosul Chile Eixo Brasil Paraguai Bolívia Peru - Chile IIRSA Integração da Infra-estrutura Regional na

Leia mais

SEMINÁRIO COPA DO MUNDO 2014 PROJETOS, RUMOS E PERPECTIVAS

SEMINÁRIO COPA DO MUNDO 2014 PROJETOS, RUMOS E PERPECTIVAS SEMINÁRIO COPA DO MUNDO 2014 PROJETOS, RUMOS E PERPECTIVAS MOBILIDADE URBANA PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE TRANSPORTES REDE ESTRUTURAL DE TRANSPORTES DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

DECONCIC GRUPO DE TRABALHO RESPONSABILIDADE COM O INVESTIMENTO

DECONCIC GRUPO DE TRABALHO RESPONSABILIDADE COM O INVESTIMENTO DECONCIC GRUPO DE TRABALHO RESPONSABILIDADE COM O INVESTIMENTO Soluções para interferências na execução de obras ferroviárias Vicente Abate - Presidente da ABIFER São Paulo, 7 de julho de 2014 ABIFER,

Leia mais

O PRÉ SAL E SEUS DESAFIOS. Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da PETROBRAS

O PRÉ SAL E SEUS DESAFIOS. Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da PETROBRAS O PRÉ SAL E SEUS DESAFIOS Carlos Tadeu da Costa Fraga Gerente Executivo do Centro de Pesquisas da PETROBRAS 1 Pré-sal História geológica 164 130 122 108 152 Milhões Milhões Milhões Forma atual de de anos

Leia mais

SIM da RMBS. AUDIÊNCIA PÚBLICA DA PPP DO SIM DA RMBS 23/Outubro/2013

SIM da RMBS. AUDIÊNCIA PÚBLICA DA PPP DO SIM DA RMBS 23/Outubro/2013 SIM da RMBS Sistema Integrado Metropolitano Voltado à prestação do serviço de transporte público coletivo na Região Metropolitana da Baixada Santista RMBS AUDIÊNCIA PÚBLICA DA PPP DO SIM DA RMBS 23/Outubro/2013

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T10

Apresentação de Resultados 4T10 Apresentação de Resultados 4T10 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Administração da Companhia sobre eventos ou resultados futuros. Todas as declarações

Leia mais

Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos

Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos Como a ferrovia pode contribuir com as operações no Porto de Santos Câmara de Comércio Brasil-Argentina Julho de 2015 Guilherme Alvisi Gerente Geral de Negócios Carga Geral GUILHERME ALVISI Gerente Geral

Leia mais

Localização Estratégica

Localização Estratégica PORTO MARAVILHA Localização Estratégica Aeroporto Internacional Tom Jobim 11 km Oceano Atlântico Maracanã 5 km Aeroporto Santos Dumont 2 km Corcovado 7 km Copacabana 8 km Pão de Açúcar 6 km Perímetro Porto

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil. Ações do Governo de Minas Gerais COPA DO MUNDO FIFA 2014 Belo Horizonte Brasil Ações do Governo de Minas Gerais 27 de Outubro de 2009 Roteiro Estratégia de Execução Modernização do Mineirão Reforma dos Estádios Alternativos Mobilidade

Leia mais

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA DESENVOLVIMENTO DE LAY-OUT DE PROPOSTA ALTERNATIVA PARA O SISTEMA G DE TRANSPORTE PÚBLICO MULTIMODAL PARA A REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE VITÓRIA GRUPO DE TRABALHO DE INFRAESTRUTURA E MOBILIDADE URBANA

Leia mais

FÓRUM REGIONAL DE CAMPINAS - 2014

FÓRUM REGIONAL DE CAMPINAS - 2014 FÓRUM REGIONAL DE CAMPINAS - 2014 Infraestrutura e Logística: As vantagens competitivas e os desafios da Região Metropolitana de Campinas Thomaz Assumpção URBAN SYSTEMS 15 anos + de 700 projetos Segmentos:

Leia mais

A importância das Agencias Governamentais na Localização dos Data Center"

A importância das Agencias Governamentais na Localização dos Data Center "A importância dos agentes governamentais na definição do Local dos Data Centers" Painel A importância das Agencias Governamentais na Localização dos Data Center" Tópicos: A DCT Realty gostaria de promover

Leia mais

MODELO PARA ABRIGAR FORUM 3.000.000,00 3.000.000,00 ARAÇATUBA 5.000.000,00 5.000.000,00 MAGALHÃES NA REGIÃO DE ARAÇATUBA 2.000.000,00 2.000.

MODELO PARA ABRIGAR FORUM 3.000.000,00 3.000.000,00 ARAÇATUBA 5.000.000,00 5.000.000,00 MAGALHÃES NA REGIÃO DE ARAÇATUBA 2.000.000,00 2.000. Região Administrativa/Região Metropolitana Secretaria TEOR Justiça e Defesa da REFORMA DO ESQUELETO DO HOSPITAL Araçatuba Cidadania HOSPITAL REGIONAL NA REGIÃO DE Araçatuba Saúde DUPLICAÇÃO DA RODOVIA

Leia mais

Evolução do congestionamento

Evolução do congestionamento Evolução do congestionamento Crescimento populacional estável Taxa de motorização crescente 2025 2005 Surgimento de novos pólos de atração de viagens Deslocamentos na cidade Rede de transporte para 2016

Leia mais

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012

3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Code-P0 3º Balanço das ações do Governo Brasileiro para a Copa- Abril 2012 Brasília, Maio de 2012 Code-P1 Conteúdo do documento Visão geral das ações Visão por tema 1 Code-P2 Ciclos dos preparativos do

Leia mais

MOBILIDADE E LOGÍSTICA NO RJ SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES 2015-2018

MOBILIDADE E LOGÍSTICA NO RJ SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES 2015-2018 MOBILIDADE E LOGÍSTICA NO RJ SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES 2015-2018 Plano Diretor de Mobilidade para Região Metropolitana do Rio de Janeiro Plano Estratégico de Logística e Cargas do Estado do Rio

Leia mais

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR

O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR O MERCADO IMOBILIÁRIO NO INTERIOR INTERIOR DE SÃO PAULO Flavio Amary Vice-presidente do Interior do Secovi-SP e Diretor Regional em Sorocaba e Região PARTICIPAÇÃO % DO

Leia mais

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA

ESPELHO DE EMENDA INICIATIVA SISTEMA DE ELABORAÇÃO DE S ÀS LEIS ORÇAMENTÁRIAS ESPELHO DE 001 - Construção do Contorno Ferroviário de Curitiba AUTOR DA Luciano Ducci 37050001 539 0141 - Promover a expansão da malha ferroviária federal

Leia mais

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO. IV Brasil nos Trilhos. Maurício Muniz Brasília, 11/08/2010 FERROVIAS

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO. IV Brasil nos Trilhos. Maurício Muniz Brasília, 11/08/2010 FERROVIAS PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO IV Brasil nos Trilhos Maurício Muniz Brasília, 11/08/2010 FERROVIAS INVESTIMENTOS DA UNIÃO 2000-2010* (RAP + Pago) R$ milhões 2.500 904 998 125 133 112 57 133 279

Leia mais

Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014

Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014 Projetos de Melhoria da Mobilidade Urbana até 2014 Melhoria da Infraestrutura Viária e Transporte na Capital Abril/2011 Mobilidade Urbana em Belo Horizonte BRT Antônio Carlos/Pedro I Meta 1 VIADUTOS DE

Leia mais

SEMINARIO 10 ANOS DA LEI DE PPP

SEMINARIO 10 ANOS DA LEI DE PPP SEMINARIO 10 ANOS DA LEI DE PPP Manifestações de Interesse da Iniciativa Privada (MIP) A experiência de São Paulo Companhia Paulista de Parcerias CPP Secretaria da Fazenda Salvador - Setembro/2014 Visão

Leia mais

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007

SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 SITUAÇÃO ENCONTRADA NO DF EM 2007 Frota antiga e tecnologia obsoleta; Serviço irregular de vans operando em todo o DF 850 veículos; Ausência de integração entre os modos e serviços; Dispersão das linhas;

Leia mais

PROGRAMA DE CORREDORES METROPOLITANOS. Instituto de Engenharia

PROGRAMA DE CORREDORES METROPOLITANOS. Instituto de Engenharia PROGRAMA DE CORREDORES METROPOLITANOS Instituto de Engenharia Introdução quem é a EMTU/SP Estrutura Organizacional EMTU/SP responsabilidades Gerenciamento do sistema de transporte público intermunicipal

Leia mais

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios

COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL. Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO FIFA 2014 BRASIL Oportunidades e Desafios COPA DO MUNDO - OPORTUNIDADES Um evento esportivo do porte de uma Copa do Mundo é como uma grande vitrine do país no exterior e corresponde a um

Leia mais