CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME"

Transcrição

1 INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still appears, you may have to delete the image and then insert it again. DISCIPLINA DE PERIODONTIA 5 o Período CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME Informação e motivação do paciente, Técnicas de escovação Antimicrobianos e anti- sépticos na terapia periodontal Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2012

2 O CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME

3

4 CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME

5 CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME Aspecto afetivo Aspecto cognitivo Aspecto psicomotor

6 CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME INFORMAÇÃO E MOTIVAÇÃO DO PACIENTE Aspecto afe9vo? Educação e sistema de valores do paciente Explicação da doença periodontal e suas consequências ao paciente Motivação para um controle de placa eficitente

7 ASPECTO COGNITIVO

8 CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME INSTRUÇÃO E DEMONSTRAÇÃO AO PACIENTE Aspecto cognitivo A escova de dente: Consenso: - Deve ser macia - Deve possuir cabeça pequena - Cerdas arredondadas de nylon

9

10 CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME INSTRUÇÃO E DEMONSTRAÇÃO AO PACIENTE Pesquisa sobre a escova de dente:

11

12 ESCOVAS ELÉTRICAS Indicação

13 O Processo de Higiene Oral Passo a Passo

14 O Processo de Higiene Oral Passo a Passo

15 O Processo de Higiene Oral Passo a Passo

16 O Processo de Higiene Oral Passo a Passo

17 TÉCNICA DE DE HIGIENE ORAL PARA PACIENTES COM APARELHO ORTODÔNTICO

18 CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME TÉCNICAS DE ESCOVAÇÃO

19

20 CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME MÉTODOS DE ESCOVAÇÃO- Técnica de Bass

21

22

23 TÉCNICA DE ESCOVAÇÃO DE BASS - Inclinar a escova em um ângulo de 45º de encontro à gengiva, fazendo movimentos horizontais, tipo vai-vem ou circulares,na altura da linha gengival. - Escovar suavemente as superfícies vestibulares, palatinas/linguais e oclusais dos dentes, fazendo movimentos curtos e vibratórios. - Escovar a língua suavemente de modo a remover as bactérias e refrescar o teu hálito.

24

25 CONTROLE QUÍMICO E MECÂNICO DO BIOFILME TÉCNICA DE STILLMAN

26

27 MÉTODOS DE ESCOVAÇÃO x DANOS GENGIVAIS

28 CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME AUXILIARES DA LIMPEZA INTERDENTÁRIA Fio dental Outros dispositivos auxiliares para limpeza interdentária: - Escova unitufo - Escova interdental - Passafio

29 LIMPEZA INTERDENTÁRIA

30 LIMPEZA INTERDENTÁRIA

31 AUXILIARES DA LIMPEZA INTERDENTÁRIA FIO DENTAL - Evitar aqueles que desfiam

32 TÉCNICA DO FIO DENTAL - Corta cerca de 40 cm de fio e enrola-o à volta dos dedos médios de cada mão, deixando 5 cm de fio entre ambos os dedos. - Envolva, suavemente, o fio na região interproximal dos seus dentes. - Curvar o fio à volta de cada dente, movendo-o devagar para baixo e para cima, incluindo a linha amelo-cementária.

33 TÉCNICA DO FIO DENTAL

34 ESCOVAS UNITUFO Limpeza de espaços interproximais sem papilas ESCOVAS INTERPROXIMAIS Espaços interdentais mais largos, com superfícies radiculares expostas PALITOS DENTÁRIOS DE MADEIRA

35 PALITO DENTAL

36 ESCOVAS UNITUFO

37 ESCOVA UNITUFO Indispensável para pacientes com aparelho ortodôn9co

38 AUXILIARES DA LIMPEZA INTERDENTÁRIA ESCOVAS INTERDENTAIS

39 ESCOVAS INTERDENTAIS

40 ESCOVAS INTERDENTAIS

41 ESCOVAS INTERDENTAIS x FIO DENTAL

42 Fio dental x Palito dental x Escova interdental

43 PASSAFIO

44 PASSAFIO

45

46 O CONTROLE QUÍMICO DO BIOFILME SUPRAGENGIVAL SUBGENGIVAL

47 CONTROLE QUÍMICO DO BIOFILME SUPRAGENGIVAL DENTIFRÍCIOS COMPOSIÇÃO BÁSICA:

48 DENTIFRÍCIOS REQUISITOS:

49 DENTIFRÍCIOS Veículos para agentes terapêu9cos

50 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS - Moléculas orgânicas ca9ônicas Clorexidina Compostos quaternários da amônia Triclosan Óleos essenciais

51 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS REQUISITOS:

52 CONTROLE QUÍMICO DO BIOFILME SUPRAGENGIVAL

53 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS CLOREXIDINA

54 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS CLOREXIDINA Clorexidina 0,2% + fluoreto de sódio + cetilpiridínio Clorexidina 0,12%

55 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS

56 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS

57 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS Óleos Essenciais

58 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS

59 TRICLOSAN A9vidade an9- inflamatória

60 ENXAGUATÓRIO COM TRICLOSAN PLAX vermelho ou verde

61 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS Compostos metálicos

62 ENXAGUATÓRIOS BUCAIS Compostos metálicos

63 CONTROLE QUÍMICO DO BIOFILME SUBGENGIVAL ANTIMICROBIANOS NA TERAPIA PERIODONTAL PROFILAXIA DE PACIENTES COMPROMETIDOS SISTEMICAMENTE TRATAMENTO ADJUNTO DA TERAPIA CIRÚRGICA PERIODONTAL

64 ANTIMICROBIANOS NA TERAPIA PERIODONTAL Prescrição LOCAL

65 ANTIMICROBIANOS NA TERAPIA PERIODONTAL Prescrição sistêmica

66 A Todos Uma Boa Higiene Oral Obrigado pela atenção

Disciplina de Odontologia em Saúde Coletiva I Aula 6 Agentes mecânicos para o controle do biofilme

Disciplina de Odontologia em Saúde Coletiva I Aula 6 Agentes mecânicos para o controle do biofilme Disciplina de Odontologia em Saúde Coletiva I Aula 6 Agentes mecânicos para o controle do biofilme Biofilme pode ser definido como uma comunidade bacteriana, em uma matriz composta por polímeros extracelulares,

Leia mais

CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME DENTAL

CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME DENTAL CONTROLE MECÂNICO DO BIOFILME DENTAL PLACA DENTAL OU BACTERIANA = BIOFILME DENTAL BIOFILME pode ser definido como uma comunidade bacteriana, em uma matriz composta por polímeros extracelulares, aderidas

Leia mais

COMO DEVO FAZER A MINHA HIGIENE BUCAL? Um guia simples de como limpar seus dentes com escovação e fio dental.

COMO DEVO FAZER A MINHA HIGIENE BUCAL? Um guia simples de como limpar seus dentes com escovação e fio dental. COMO DEVO FAZER A MINHA HIGIENE BUCAL? Um guia simples de como limpar seus dentes com escovação e fio dental. Muitas pessoas se preocupam com a higiene bucal e escovam seus dentes várias vezes ao dia.

Leia mais

AÇÕES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. da Assessoria de Gestão Ambiental da CEDAE

AÇÕES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL. da Assessoria de Gestão Ambiental da CEDAE AÇÕES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL da Assessoria de Gestão Ambiental da CEDAE Educação Ambiental entende-se por educação ambiental os processos por meio dos quais o indivíduo e a coletividade constroem valores

Leia mais

Windows Server 2012. Licenciamento e Preço Todas as Edições

Windows Server 2012. Licenciamento e Preço Todas as Edições The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

Refere-se a um conjunto de problemas encontrados no desenvolvimento de software:

Refere-se a um conjunto de problemas encontrados no desenvolvimento de software: Crise de software Refere-se a um conjunto de problemas encontrados no desenvolvimento de software: (problemas não se limitam a softwares que não funcionam adequadamente) 1- As estimativas de prazo e de

Leia mais

Valoração econômica do lodo de esgoto gerado nas ETE s do Rio de Janeiro

Valoração econômica do lodo de esgoto gerado nas ETE s do Rio de Janeiro Valoração econômica do lodo de esgoto gerado nas ETE s do Rio de Janeiro Alan Henrique Marques de Abreu Engenheiro Florestal CEDAE Doutorando em Ciências Ambientais e Florestais PPGCAF / UFRRJ ETE Alegria.

Leia mais

CONSCIENTIZAÇÃO DA NECESSIDADE DO PSA-GUANDU

CONSCIENTIZAÇÃO DA NECESSIDADE DO PSA-GUANDU CEDAE - Companhia Estadual de Águas e Esgotos DG - Diretoria de Produção e Grande Operação CONSCIENTIZAÇÃO DA NECESSIDADE DO PSA-GUANDU 1 CEDAE - Companhia Estadual de Águas e Esgotos DG - Diretoria de

Leia mais

A FALHA NÃO É UMA OPÇÃO

A FALHA NÃO É UMA OPÇÃO FLH NÃO É UM OPÇÃO Eng. José Wagner raidotti Junior raidotti Engenharia e Consultoria Ltda. iretor Técnico de Gestão de tivos Reflexão individual Na empresa que eu trabalho a falha é uma OPÇÃO? Sim ou

Leia mais

Mo#vação. Objec#vo. Estudar uma abordagem de desenvolvimento de so9ware orientada pelos objectos. Linguagens usadas: UML (Unified Modeling Language)

Mo#vação. Objec#vo. Estudar uma abordagem de desenvolvimento de so9ware orientada pelos objectos. Linguagens usadas: UML (Unified Modeling Language) Mo#vação Esta disciplina mostra como construir um bom alicerce para desenvolver so9ware orientado pelos objectos Ensina técnicas de análise e desenho para ajudar a produzir so9ware orientado pelos objectos

Leia mais

PROGRAMA DE MEDICINA PREVENTIVA. Saúde Bucal

PROGRAMA DE MEDICINA PREVENTIVA. Saúde Bucal PROGRAMA DE MEDICINA PREVENTIVA Saúde Bucal É muito importante manter sua saúde em dia. Um belo sorriso é o único capaz de fazer a diferença em qualquer situação. A saúde bucal não se reflete somente na

Leia mais

(22) Data do Depósito: 25/02/2015. (43) Data da Publicação: 20/09/2016

(22) Data do Depósito: 25/02/2015. (43) Data da Publicação: 20/09/2016 INPI (21) BR 102015003982-4 A2 (22) Data do Depósito: 25/02/2015 *BR102015003982A República Federativa do Brasil Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços Instituto Nacional da Propriedade

Leia mais

Técnicas em Higiene Dental

Técnicas em Higiene Dental Hermann Blumenau - Complexo Educacional Curso Técnico em Saúde Bucal Técnicas em Higiene Dental Professor: Bruno Aleixo Venturi Aulas práticas Lista de materiais Aulas práticas - Lista de materiais Roupa

Leia mais

Sorria, mostre o que você tem de melhor!

Sorria, mostre o que você tem de melhor! Sorria, mostre o que você tem de melhor! Caro(a) beneficiário(a), a Interodonto apresenta a você algumas orientações sobre saúde bucal, higiene oral e prevenção de doenças bucais. Este guia tem caráter

Leia mais

Metodologias integradas de gestão da qualidade ecológica. Métodos de evidência ponderada

Metodologias integradas de gestão da qualidade ecológica. Métodos de evidência ponderada Metodologias integradas de gestão da qualidade ecológica Métodos de evidência ponderada Modelo de informação e gestão ambiental Activ. humanas Respostas Pressões Impacte Modelo DPSIR Estado LOE - Linha

Leia mais

TUDO O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE: SAÚDE BUCAL

TUDO O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE: SAÚDE BUCAL TUDO O QUE VOCÊ DEVE SABER SOBRE: SAÚDE BUCAL Por que a saúde bucal é tão importante? A falta de cuidados vai além da perda dos dentes. Ao longo dos anos, a higiene bucal vem sendo entendida como de importância

Leia mais

MODELOS DE APOIO À DECISÃO. Carlos A. Bana e Costa

MODELOS DE APOIO À DECISÃO. Carlos A. Bana e Costa MODELOS DE APOIO À DECISÃO Carlos A. Bana e Costa SISTEMA DE APOIO À DECISÃO PARA ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES DE INTERVENÇÃO EM IMÓVEIS CLASSIFICADOS DA DGP 1 PRINCIPAIS INTERLOCUTORES DGP EQUIPA TÉCNICA

Leia mais

I F1 F 403 In I t n rod o u d ç u ão o a I n I t n eração Hum u ano n -Com o pu p t u ado d r o ( IH I C) T r u ma m 3WC

I F1 F 403 In I t n rod o u d ç u ão o a I n I t n eração Hum u ano n -Com o pu p t u ado d r o ( IH I C) T r u ma m 3WC 1 INF1403 Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Turma 3WC Professor: Alberto Raposo O Método de Inspeção Semiótica (MIS) 25/04/2011 4 paradigmas para a avaliação de IHC 1. O rápido e rasteiro

Leia mais

Investimentos O desafio da Universalização. 11 de dezembro de 2013

Investimentos O desafio da Universalização. 11 de dezembro de 2013 Investimentos O desafio da Universalização 11 de dezembro de 2013 Estado de São Paulo 248.196.960 km 2 População total: 41.262.199 População urbana: 39.585.251 645 municípios Fonte: IBGE, Censo Demográfico

Leia mais

novembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores DESEMPENHO ELEITORAL E CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS

novembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores DESEMPENHO ELEITORAL E CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS 16 novembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores DESEMPENHO ELEITORAL E CONDIÇÕES SOCIOECONÔMICAS DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS Expediente Esta é uma publicação da Fundação Perseu Abramo.

Leia mais

I F N 1 F In I t n r t o r d o u d ç u ã ç o ã o a a I n I t n e t r e a r ç a ã ç o ã Hum u ano n -Com o pu p t u ado d r o ( IH I C)

I F N 1 F In I t n r t o r d o u d ç u ã ç o ã o a a I n I t n e t r e a r ç a ã ç o ã Hum u ano n -Com o pu p t u ado d r o ( IH I C) 1 INF1403 Introdução a Interação Humano-Computador (IHC) Turma 3WB Professor: Alberto Raposo O Método de Inspeção Semiótica (MIS) 04/04/2012 4 paradigmas para a avaliação de IHC 1. O rápido e rasteiro

Leia mais

HIGIENE BUCAL SAIBA A IMPORTÂNCIA E AS VANTAGENS DE UMA BOA HIGIENE ORAL

HIGIENE BUCAL SAIBA A IMPORTÂNCIA E AS VANTAGENS DE UMA BOA HIGIENE ORAL HIGIENE BUCAL SAIBA A IMPORTÂNCIA E AS VANTAGENS DE UMA BOA HIGIENE ORAL A higiene bucal é a prática de manter a boca, dentes e gengivas limpas e saudáveis para, assim, prevenir e evitar problemas na boca

Leia mais

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Periodontite. Sua saúde começa pela boca!

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Periodontite. Sua saúde começa pela boca! ODONTOLOGIA PREVENTIVA Saúde Bucal Periodontite. Sua saúde começa pela boca! O que é doença periodontal ou periodontite? ESMALTE DENTINA GENGIVAS POLPA PERIODONTITE OSSO ALVEOLAR CEMENTO NERVOS E VASOS

Leia mais

Desenvolvimento Profissional e Pessoal!

Desenvolvimento Profissional e Pessoal! Universidade de São Paulo Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz ESALQ Departamento de Zootecnia Desenvolvimento Profissional e Pessoal! Paulo Fernando Machado pmachado@usp.br Objetivo da vida

Leia mais

MANUAL DE SAÚDE BUCAL PARA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

MANUAL DE SAÚDE BUCAL PARA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) MANUAL DE SAÚDE BUCAL PARA A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ REITOR Carlos Edilson de Almeida Maneschy VICE-REITOR Horacio Scheneider PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO Fernando Arthur

Leia mais

METODOLOGIA PARA AVALIAÇÃO DE ESTABILIDADE DE ESCAVAÇÕES EM MEIOS DESCONTÍNUOS, A PARTIR DE TESTEMUNHOS DE SONDAGEM SEMI-ORIENTADOS

METODOLOGIA PARA AVALIAÇÃO DE ESTABILIDADE DE ESCAVAÇÕES EM MEIOS DESCONTÍNUOS, A PARTIR DE TESTEMUNHOS DE SONDAGEM SEMI-ORIENTADOS METODOLOGIA PARA AVALIAÇÃO DE ESTABILIDADE DE ESCAVAÇÕES EM MEIOS DESCONTÍNUOS, A PARTIR DE TESTEMUNHOS DE SONDAGEM SEMI-ORIENTADOS Lucas Torrent Figueiredo escavações subterrâneas: métodos numéricos (maciços

Leia mais

Década. Diferencial SUSTENTABILIDADE + QUALIDADE + INOVAÇÃO + PRODUTIVIDADE /

Década. Diferencial SUSTENTABILIDADE + QUALIDADE + INOVAÇÃO + PRODUTIVIDADE / Fortaleza /CE 07 de Julho 2017 Herculana Carvalho Castro ONDE ESTAMOS? Década 80 90 00 10 Diferencial PRODUTIVIDADE + QUALIDADE + INOVAÇÃO + SUSTENTABILIDADE 1- NORMAS SANITÁRIAS 2 - MERCADO 3 - CONSUMIDOR

Leia mais

Câmara Virtual Simples

Câmara Virtual Simples Câmara Virtual Simples Edward Angel, Cap. 5 Instituto Superior Técnico Computação Gráfica 29/2 Na última aula... Pipeline de Visualiação 3D Câmara Virtual 2, CG&M/IST e Figuras Addison Wesley Sumário Câmara

Leia mais

DWEB. Design para Web. HTML5 - Marcação de formulário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico

DWEB. Design para Web. HTML5 - Marcação de formulário. Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico DWEB Design para Web Curso Superior de Tecnologia em Design Gráfico HTML5 - Marcação de formulário E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis

Leia mais

Conceitos de Entrada e Saída

Conceitos de Entrada e Saída Conceitos de Entrada e Saída O processo de fornecer informações ou obtê-las dos computadores é chamado entrada/saída (E/S). Grandes mainframes utilizam uma organização de E/S consistindo de uma ou mais

Leia mais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Curso de Engenharia Civil. HIDROLOGIA Capítulo 3 Caracterização de uma bacia hidrográfica

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Curso de Engenharia Civil. HIDROLOGIA Capítulo 3 Caracterização de uma bacia hidrográfica UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Curso de Engenharia Civil HIDROLOGIA Capítulo 3 Caracterização de uma bacia hidrográfica 1 Definição de bacia hidrográfica Bacia hidrográfica de um rio em determinada secção

Leia mais

Introdução. Doenças periodontais

Introdução. Doenças periodontais Introdução 1 O objeto de estudo da periodontia são os tecidos que suportam os dentes, o periodonto. Fazem parte do periodonto os tecidos que circundam os dentes e os fixam na maxila e na mandíbula (lat.:

Leia mais

Fraturas da coluna cervical baixa

Fraturas da coluna cervical baixa Fraturas da coluna cervical baixa Herton Rodrigo Tavares Costa Fernando Herrero n INTRODUÇÃO As lesões da coluna cervical são cada vez mais frequentes, em decorrência do número crescente de acidentes de

Leia mais

V Fórum de Gestores ABENGE

V Fórum de Gestores ABENGE V Fórum de Gestores ABENGE Mesa Redonda 01 Ecossistemas de Inovação e a Educação em Engenharia Eduardo Giugliani, Dr. Prof. Titular da Faculdade de Engenharia, PUCRS Coordenador de Projetos Estratégicos

Leia mais

Pet com hálito fresco melhora até seu consultório.

Pet com hálito fresco melhora até seu consultório. Pet com hálito fresco melhora até seu consultório. A VIDA EXIGE O MELHOR. A IBASA pesquisa e desenvolve produtos que melhoram a qualidade da vida animal. São medicamentos e cosméticos para animais de estimação

Leia mais

- Suas gengivas sangram quando você passa o fio dental, escova os dentes ou quando você mastiga alimentos duros?

- Suas gengivas sangram quando você passa o fio dental, escova os dentes ou quando você mastiga alimentos duros? TESTE Descubra se você tem problemas de gengiva Responda a algumas questões neste teste interativo e descubra se você pode ter algum problema gengival. Em alguns instantes, você irá descobrir se precisa

Leia mais

UMA ESCOVA PARA CADA USO

UMA ESCOVA PARA CADA USO UMA ESCOVA PARA CADA USO Nem só das importantes medidas preventivas(alimentação sadia e Flúor na água/tópico),vive o cuidado adequado com os dentes e cavidade bucal...tem aquele diário, cada vez que você

Leia mais

ETA SABESP- ALTO DA BOS VISTA: IMPLANTAÇÃO DA MAIOR ULTRAFILTRAÇÃO PARA ÁGUA POTÁVEL DO BRASIL. Anna Carolina Rapôso Camelo Mauro Coutinho

ETA SABESP- ALTO DA BOS VISTA: IMPLANTAÇÃO DA MAIOR ULTRAFILTRAÇÃO PARA ÁGUA POTÁVEL DO BRASIL. Anna Carolina Rapôso Camelo Mauro Coutinho ETA SABESP- ALTO DA BOS VISTA: IMPLANTAÇÃO DA MAIOR ULTRAFILTRAÇÃO PARA ÁGUA POTÁVEL DO BRASIL. Anna Carolina Rapôso Camelo Mauro Coutinho Agenda Ø CENTROPROJEKT DO BRASIL - Introdução; ØTECNOLOGIA ETA

Leia mais

SUGESTÃO DE MODELO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO

SUGESTÃO DE MODELO DE PRONTUÁRIO ODONTOLÓGICO CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO FICHA CLÍNICA (Identificação do Profissional) NOME DO PROFISSIONAL CIRURGIÃO-DENTISTA - CLÍNICO GERAL CROSP N Endereço completo INFORMAÇÕES DO PACIENTE Prontuário n. Nome: RG. n. Órgão Expedidor CPF n.

Leia mais

LINHA ADULTO PROFISSIONAL

LINHA ADULTO PROFISSIONAL LINHA ADULTO PROFISSIONAL Facilita a higienização de locais de difícil acesso ou que possuam uma área menor, auxiliando na prevenção de cáries e doenças gengivais. Para uma limpeza individual em todo contorno

Leia mais

Multiprocessamento. Multiprocessadores com memória distribuída (multicomputador)

Multiprocessamento. Multiprocessadores com memória distribuída (multicomputador) Multiprocessamento Multiprocessadores com memória distribuída (multicomputador) Conjunto de processadores, cada qual com sua memória local Processadores se comunicam por troca de mensagens, via rede de

Leia mais

O CONCEITO, A HISTÓRIA E A IMPORTÂNCIA DA PERIODONTIA

O CONCEITO, A HISTÓRIA E A IMPORTÂNCIA DA PERIODONTIA INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA O CONCEITO, A HISTÓRIA E A IMPORTÂNCIA DA PERIODONTIA http://lucinei.wikispaces.com Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira 2013

Leia mais

Cuidados profissionais para a higiene bucal HIGIENE BUCAL

Cuidados profissionais para a higiene bucal HIGIENE BUCAL HIGIENE BUCAL A Higiene bucal é considerada a melhor forma de prevenção de cáries, gengivite, periodontite e outros problemas na boca, além de ajudar a prevenir o mau-hálito (halitose). Higiene bucal é

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 Tratamento completo do paciente com doença periodontal: FASES DA TERAPIA

Leia mais

Introdução. Redes de Interconexão - Prof a Luiza Mourelle 1

Introdução. Redes de Interconexão - Prof a Luiza Mourelle 1 Introdução Redes de interconexão são utilizadas em diferentes aplicações: barramentos backplane e redes de sistemas; chaves de telefonia; redes internas para modo de transferência assíncrona (ATM) e protocolo

Leia mais

Arranjos produ8vos locais também são denominados: sistemas produ8vos locais ou clusters. Desenvolvimento Territorial, Redes de APLs e outros...

Arranjos produ8vos locais também são denominados: sistemas produ8vos locais ou clusters. Desenvolvimento Territorial, Redes de APLs e outros... Arranjos Produ,vos Locais (APL) são aglomerações de empresas, localizadas em um mesmo território, que apresentam especialização produ8va e mantêm vínculos de ar8culação, interação, cooperação e aprendizagem

Leia mais

WELCOME TO KFB / BrasFELS. Keppel FELS Brasil S.A. ISO 9001&14001 OHSAS 18001

WELCOME TO KFB / BrasFELS. Keppel FELS Brasil S.A. ISO 9001&14001 OHSAS 18001 WELCOME TO KFB / BrasFELS Global Presence in Key Market Areas Near Market, Near Customer Strategy NORWAY Keppel Norway USA Keppel AMFELS, Inc Keppel O & M Houston Centre THE NETHERLANDS Keppel Verolme

Leia mais

Urubatan Medeiros BDS, MSc, PhD, PDc Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária UERJ/UFRJ

Urubatan Medeiros BDS, MSc, PhD, PDc Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária UERJ/UFRJ Doença Periodontal Urubatan Medeiros BDS, MSc, PhD, PDc Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária UERJ/UFRJ Resumo de Aula Fazes-me uma pergunta, exclamou o velho; Deixa-me

Leia mais

Bolsa Familia e o Novo Federalismo Social Marcelo Neri SAE e IPEA

Bolsa Familia e o Novo Federalismo Social Marcelo Neri SAE e IPEA Bolsa Familia e o Novo Federalismo Social Marcelo Neri SAE e IPEA Visão de Longo Prazo Desigualdade de Renda Per Capita 62 0,607% 6 0,589% 0,594% 0,58 0,581% Desigualdade (Gini) 0,56 0,54 0,52 0,535% 0,552%

Leia mais

Introdução à Análise do Movimento Humano

Introdução à Análise do Movimento Humano Introdução à Análise do Movimento Humano Tipos de Análise de Movimento Análise Qualitativa Análise Qualitativa do movimento Qualitativa (subjetiva) - Observação sistemática e julgameto introspectivo da

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2012 Instrumentos Usados em Cirurgia Periodontal CIRURGIA PERIODONTAL INSTRUMENTAIS

Leia mais

com o seu paciente Família Clinpro. Tecnologia em prevenção.

com o seu paciente Família Clinpro. Tecnologia em prevenção. com o seu paciente Família Clinpro. Tecnologia em prevenção. Prevenção é o melhor caminho. A 3M ESPE está com você em busca do sorriso saudável A 3M ESPE tem a satisfação de apresentar um novo conceito

Leia mais

O que a Gestão da Informação pode fazer pela sua empresa na era da Informação Extrema

O que a Gestão da Informação pode fazer pela sua empresa na era da Informação Extrema O que a Gestão da Informação pode fazer pela sua empresa na era da Informação Extrema Walter W. Koch Quadrantes de alinhamento da informação estratégica Quadrantes de alinhamento da informação estratégica

Leia mais

Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz

Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz 1 2 3 Procedimentos Cirúrgicos de Interesse Protético/Restaurador - Aumento de Coroa Clínica - Prof. Luiz Augusto Wentz Aumento de Coroa Clínica Qualquer procedimento (cirúrgico ou não-cirúrgico) que vise

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PERÍODO NOTURNO DISCIPLINA DE PERIODONTIA. Ano Letivo de 2013

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PERÍODO NOTURNO DISCIPLINA DE PERIODONTIA. Ano Letivo de 2013 1 CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA PERÍODO NOTURNO DISCIPLINA DE PERIODONTIA Ano Letivo de 2013 A Disciplina de Periodontia da Faculdade de Odontologia do Câmpus de Araçatuba UNESP tem o prazer de tê-los

Leia mais

LABORATÓRIO DE PERIODONTIA INTRODUÇÃO ÀS ATIVIDADES

LABORATÓRIO DE PERIODONTIA INTRODUÇÃO ÀS ATIVIDADES LABORATÓRIO DE PERIODONTIA INTRODUÇÃO ÀS ATIVIDADES Doenças no Periodonto DOENÇAS NEOPLÁSICAS - C.E.C. Doenças no Periodonto PROCESSOS PROLIFERATIVOS NÃO NEOPLÁSICOS Doenças no Periodonto DOENÇAS AUTOIMUNES

Leia mais

Escovas Dentais. Qualidade Comprovada. Infantil. Infantil. www.medfio.com.br

Escovas Dentais. Qualidade Comprovada. Infantil. Infantil. www.medfio.com.br Infantil Escovas Dentais Escova dental infantil, cerdas de nylon macias ou extra-macias, com 4 fileiras de tufos, contendo 28 tufos de cerdas, aparadas uniformemente e arredondadas na mesma altura, cabo

Leia mais

gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus

gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus gustavo cosenza botelho nogueira mauro luiz matheus 2006 ÍNDICE Grampos de Retenção...3 Confecção do Grampo Adams...4 Acrilização...7 Hawley...8 Hawley Modificado...9 Expansor Móvel...10 Grade Móvel...11

Leia mais

Problemas de navegação na Barra Norte do rio Amazonas Navigation Issues on the Amazon North Channel

Problemas de navegação na Barra Norte do rio Amazonas Navigation Issues on the Amazon North Channel The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

Dra. Elena Portes Teixeira Will CUIDADOS AO PACIENTE COM GENGIVITE OU PERIODONTITE: DOENÇA PERIODONTAL:

Dra. Elena Portes Teixeira Will CUIDADOS AO PACIENTE COM GENGIVITE OU PERIODONTITE: DOENÇA PERIODONTAL: CUIDADOS AO PACIENTE COM GENGIVITE OU PERIODONTITE: 1Muita atenção na escovação. Siga as dicas abaixo: Escovar sempre depois das refeições. Mesmo quando fizer apenas um lanchinho ; Sempre usar o fio dental

Leia mais

CIRURGIA PERIODONTAL

CIRURGIA PERIODONTAL Disciplina de Periodontia 5 o período CIRURGIA PERIODONTAL Parte 2 Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com 2014 Instrumentos Usados em Cirurgia Periodontal CIRURGIA PERIODONTAL

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE INSTRUMENTOS LEGAIS PARA CLASSIFICAÇÃO E ENQUADRAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO BRASIL

ESTUDO COMPARATIVO DE INSTRUMENTOS LEGAIS PARA CLASSIFICAÇÃO E ENQUADRAMENTO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NO BRASIL The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

Promoção de Saúde na Prática Clínica

Promoção de Saúde na Prática Clínica Promoção de Saúde na Prática Clínica Urubatan Vieira de Medeiros Doutor (USP) Professor Titular do Departamento de Odontologia Preventiva e Comunitária UERJ/UFRJ Coordenador da Disciplina de Odontologia

Leia mais

ETIOLOGIA DAS DOENÇAS BIOFILME DENTAL DOENÇA PERIODONTAL CÁRIE

ETIOLOGIA DAS DOENÇAS BIOFILME DENTAL DOENÇA PERIODONTAL CÁRIE ETIOLOGIA DAS DOENÇAS BIOFILME DENTAL CÁRIE DOENÇA PERIODONTAL BIOFILME pode ser definido como uma comunidade bacteriana, em uma matriz composta por polímeros extracelulares, aderidas entre si e/ou à interfaces

Leia mais

Escovas Dentais. Qualidade Comprovada. Infantil. Infantil

Escovas Dentais. Qualidade Comprovada. Infantil. Infantil Infantil Escovas Dentais Escova dental infantil, cerdas de nylon macias ou extra-macias, com 4 fileiras de tufos, contendo 28 tufos de cerdas, aparadas uniformemente e arredondadas na mesma altura, cabo

Leia mais

PREVENIR REMEDIAR. O que você escolhe?

PREVENIR REMEDIAR. O que você escolhe? PREVENIR REMEDIAR OU O que você escolhe? Dicas para uma boa higiene higiene bucal! bucal! Escovação 01 Segure a escova em ângulo de 45 graus e escove com movimentos que vão da gengiva à ponta dos dentes.

Leia mais

- ORTODONTIA - O que é Ortodontia?

- ORTODONTIA - O que é Ortodontia? - ORTODONTIA - O que é Ortodontia? Ortodontia é a especialidade da odontologia que estuda o crescimento e desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições decídua (de leite), mista e permanente

Leia mais

A IDÉIA. Bairro do Recife. Academia. Governo. Mercado. Localização Estratégica. Pesquisa. Universidade. Espaço Disponível de Baixo Custo

A IDÉIA. Bairro do Recife. Academia. Governo. Mercado. Localização Estratégica. Pesquisa. Universidade. Espaço Disponível de Baixo Custo 1 A IDÉIA Universidade Pesquisa Localização Estratégica Bairro do Recife Academia Capital Humano Qualificado Espaço Disponível de Baixo Custo Interesse em Revitalização Da Área Governo Empresas Mercado

Leia mais

EFEITOS DA ESCOVAÇÃO SUPERVISIONADA EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE QUIXADÁ

EFEITOS DA ESCOVAÇÃO SUPERVISIONADA EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE QUIXADÁ EFEITOS DA ESCOVAÇÃO SUPERVISIONADA EM ESTUDANTES DA REDE PÚBLICA DE ENSINO DA CIDADE DE QUIXADÁ Lara Leite Gonçalves 1 ; Aíla Evangelma Cavalcante Baia¹; Raymara Cavalcante Cardoso de Almeida¹; Wellington

Leia mais

Blackboard Teaching & Learning Forum Puerto Rico. Klaire Marino Senior Manager,Blackboard Learn Product Marketing

Blackboard Teaching & Learning Forum Puerto Rico. Klaire Marino Senior Manager,Blackboard Learn Product Marketing Blackboard Teaching & Learning Forum Puerto Rico Klaire Marino Senior Manager,Blackboard Learn Product Marketing As the market has been changing WE HAVE TOO 2,800+ INSTITUTIONS 400+ INSTITUTIONS 1,000+

Leia mais

Produtos diferenciados para pacientes diferenciados

Produtos diferenciados para pacientes diferenciados Produtos diferenciados para pacientes diferenciados Empresa de higiene bucal de origem suíça presente em mais de 20 países; Presente no Brasil desde 2010; Equipe de propagandistas; Produtos inovadores

Leia mais

COMPARAÇÃO DA EFETIVIDADE DA HIGIENE BUCAL COM ESCOVA MANUAL E ELÉTRICA EM DEFICIENTES VISUAIS EM UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS

COMPARAÇÃO DA EFETIVIDADE DA HIGIENE BUCAL COM ESCOVA MANUAL E ELÉTRICA EM DEFICIENTES VISUAIS EM UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS COMPARAÇÃO DA EFETIVIDADE DA HIGIENE BUCAL COM ESCOVA MANUAL E ELÉTRICA EM DEFICIENTES VISUAIS EM UBERLÂNDIA, MINAS GERAIS MEDEIROS, Camylla Angélica de Oliveira (Unitri) camilla.angelica@bol.com.br NAVES,

Leia mais

Doenças gengivais induzidas por placa

Doenças gengivais induzidas por placa Doenças gengivais induzidas por placa Classificação (AAP 1999) Doenças Gengivais Induzidas por placa Não induzidas por placa MODIFICADA Associada só a placa Fatores sistêmicos Medicação Má nutrição Classificação

Leia mais

TABELA DE DESCONTOS. Anexo I. Procedimentos %

TABELA DE DESCONTOS. Anexo I. Procedimentos % Escritório Regional - MA Secretaria : Valéria Contato: 3303 5755 / 9 9618 5792 / 9 8235 1149 Email: sãoluis@vipcartao.com.br TABELA DE DESCONTOS Anexo I CARTÃO DESCONTO - MASTER * * Procedimentos % Descontos

Leia mais

FÁTIMA BARK BRUNERI LORAINE MERONY PINHEIRO UNIVERSIDADE POSITIVO

FÁTIMA BARK BRUNERI LORAINE MERONY PINHEIRO UNIVERSIDADE POSITIVO Preparo de uma região para cirurgia FÁTIMA BARK BRUNERI LORAINE MERONY PINHEIRO UNIVERSIDADE POSITIVO Clinica Integrada II 3º Período Diurno Professores: Carmen Lucia Mueller Storrer Eli Luis Namba Fernando

Leia mais

Sistemas de Gestão na Segurança de Informação

Sistemas de Gestão na Segurança de Informação Public Safety & National Security Day Sistemas de Gestão na Segurança de Informação Paulo Faroleiro Lisboa, 10 de Dezembro 09 A Novabase Web site: www.novabase.pt Fundada em 1989 no seio académico no IST,

Leia mais

Higiene bucodental. Professora Monica Zeni Refosoco Odontologia UNOCHAPECÓ

Higiene bucodental. Professora Monica Zeni Refosoco Odontologia UNOCHAPECÓ Higiene bucodental Professora Monica Zeni Refosoco Odontologia UNOCHAPECÓ A promoção da saúde bucal Odontologia preventiva: é soma total dos esforços para promover, manter e/ou restabelecer a saúde do

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO E EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS PERIODONTAIS

CLASSIFICAÇÃO E EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS PERIODONTAIS INAPÓS - Faculdade de Odontologia e Pós Graduação DISCIPLINA DE PERIODONTIA CLASSIFICAÇÃO E EPIDEMIOLOGIA DAS DOENÇAS PERIODONTAIS Parte II Prof.Dr. Lucinei Roberto de Oliveira http://lucinei.wikispaces.com

Leia mais

ENG J93 CESA; ENG E88 e ENG E76, PEI/CIENAM Transparências 2

ENG J93 CESA; ENG E88 e ENG E76, PEI/CIENAM Transparências 2 ENG J93 CESA; ENG E88 e ENG E76, PEI/CIENAM Transparências 2 REDE DE TECNOLOGIAS LIMPAS DA BAHIA PPG ENGENHARIA INDUSTRIAL DEPARTAMENTO DE ENG. AMBIENTAL ESCOLA POLITÉCNICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Leia mais

Sua melhor opção. Manual de Orientação 1

Sua melhor opção. Manual de Orientação 1 Sua melhor opção. Manual de Orientação 1 2 Manual de Orientação Julho/2013 (2 a edição) Indice Orientação ao Paciente Introdução 04 Implantes dentais 04 Titânio - a matéria-prima dos implantes 05 Osseointegração

Leia mais

Aula T20 BCC202 Pesquisa (Parte 2) Árvores de Pesquisa. Túlio Toffolo www.decom.ufop.br/toffolo

Aula T20 BCC202 Pesquisa (Parte 2) Árvores de Pesquisa. Túlio Toffolo www.decom.ufop.br/toffolo Aula T20 BCC202 Pesquisa (Parte 2) Árvores de Pesquisa Túlio Toffolo www.decom.ufop.br/toffolo Árvore AVL n Árvore binária de busca tal que, para qualquer nó interno v, a diferença das alturas dos filhos

Leia mais

Placa bacteriana espessa

Placa bacteriana espessa A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE BUCAL A saúde bucal é importante porque a maioria das doenças e a própria saúde começam pela boca. Por exemplo, se você não se alimenta bem, não conseguirá ter uma boa saúde bucal,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas Departamento de Geologia

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas Departamento de Geologia The image cannot be displayed. Your computer may not have enough memory to open the image, or the image may have been corrupted. Restart your computer, and then open the file again. If the red x still

Leia mais

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Como cuidar do sorriso de seus filhos

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Como cuidar do sorriso de seus filhos ODONTOLOGIA PREVENTIVA Saúde Bucal Como cuidar do sorriso de seus filhos A criança que aprende a tratar dos dentes (e da boca) desde cedo, vai manter este hábito por toda a vida. Para fazer o jovem levar

Leia mais

SAÚDE BUCAL. Cuidados Problemas Tratamento Dicas

SAÚDE BUCAL. Cuidados Problemas Tratamento Dicas SAÚDE BUCAL Cuidados Problemas Tratamento Dicas A saúde começa pela boca A saúde literalmente começa pela boca. Seja pelo alimento que comemos ou pela forma que cuidamos da higiene bucal. A falta de atenção

Leia mais

DOS TECIDOS BUCAIS. Periodontopatias. Pulpopatias. Periapicopatias TIPOS: -INCIPIENTE -CRÔNICA -HIPERPLÁSICA. Causada pelo biofilme bacteriano

DOS TECIDOS BUCAIS. Periodontopatias. Pulpopatias. Periapicopatias TIPOS: -INCIPIENTE -CRÔNICA -HIPERPLÁSICA. Causada pelo biofilme bacteriano LESÕES INFLAMATÓRIAS DOS TECIDOS BUCAIS PERIODONTOPATIAS PERIODONTOPATIAS DOENÇAS DO PERIODONTO Periodontopatias Pulpopatias Periapicopatias Inflamação limitada aos tecidos moles que circundam os dentes(tec.peridentais).

Leia mais

Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul

Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul Prof Dr.Avelino Veit Mestre Ortodontia Doutor Implantodontia Fundador projetos socio-ambientais Natal Azul e Salve o Planeta Azul Reabilitação oral e estética Amamos reconstruir sorrisos Protocolo Branemark

Leia mais

Economia da Informação e dos Incentivos Aplicada à Economia do Setor Público Aula Seleção adversa Tarifas públicas

Economia da Informação e dos Incentivos Aplicada à Economia do Setor Público Aula Seleção adversa Tarifas públicas Economia da Informação e dos Incentivos Aplicada à Economia do Setor Público Ala 4 4. Seleção adversa Tarifas públicas Baseado em: Drazen, A., (2000). Political econom in macroeconomics. Princeton Universit

Leia mais

MARGEM RIFTEADA LESTE-NORDESTE DO BRASIL

MARGEM RIFTEADA LESTE-NORDESTE DO BRASIL MARGEM RIFTEADA LESTE-NORDESTE DO BRASIL LIMITES CONTINENTE-OCEANO, ADIÇÃO MAGMÁTICA, AFINAMENTOS CRUSTAIS E LITOSFÉRICOS Hamsi Jr., G.P. - PETROBRAS/UO-SEAL Kusznir, N. - Universidade de Liverpool Objetivo

Leia mais

USO DE IMAGENS ASTRONÔMICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS

USO DE IMAGENS ASTRONÔMICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS USO DE IMAGENS ASTRONÔMICAS NO ENSINO DE CIÊNCIAS Dr. André Milone e equipe do Miniobservatório (Divisão de Astrofísica, CEA/INPE) miniobservatorio@das.inpe.br Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte I Agenda Processos CMMI Definição Histórico Objetivos Características Representações

Leia mais

HIGIENE ORAL. sumário CREME DENTAL...03 GEL DENTAL...06 ESCOVA DENTAL...07 ANTISSÉPTICO...10 FIO DENTAL...13

HIGIENE ORAL. sumário CREME DENTAL...03 GEL DENTAL...06 ESCOVA DENTAL...07 ANTISSÉPTICO...10 FIO DENTAL...13 HIGIENE ORAL HIGIENE ORAL sumário...03 GEL DENTAL...06 ESCOVA DENTAL...07 ANTISSÉPTICO...10 FIO DENTAL...13 (85) 4005.7255 www.jotuje.com.br 2 11146 11245 11156 11078 COLGATE ANTICÁRIES MPA 50G 7891024132906

Leia mais

OdontoPrev. Sorria: você está sendo bem cuidado.

OdontoPrev. Sorria: você está sendo bem cuidado. OdontoPrev Sorria: você está sendo bem cuidado. Dicas OdontoPrev para um sorriso perfeito INTRODUÇÃO Por um sorriso mais saudável e bonito! É A OdontoPrev quer ver você saindo por aí com um sorrisão estampado

Leia mais

Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital

Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital Soluções Integradas de Gestão de Projetos de Capital 0 Uma solução com flexibilidade para suportar o escopo específico de processos para diferentes tipos de operações Based on the analysis completed during

Leia mais

Os melhores produtos aos melhores preços

Os melhores produtos aos melhores preços s melhores produtos aos melhores preços Campanha válida até de Abril de 2014, salvo ruptura de stock por parte do fabricante Todos os preços indicados são preços unitários, salvo erro tipográfico, de pronto

Leia mais

CLASSE IV. RESTAURAÇÕES EM DENTES ANTERIORES ( complexas) Lesões de cárie Fraturas (Trauma) CLASSE IV - Lesões Cariosas. CLASSE IV - Fraturas

CLASSE IV. RESTAURAÇÕES EM DENTES ANTERIORES ( complexas) Lesões de cárie Fraturas (Trauma) CLASSE IV - Lesões Cariosas. CLASSE IV - Fraturas RESTAURAÇÕES EM DENTES ANTERIORES ( complexas) CLASSE IV Lesões de cárie Fraturas (Trauma) CLASSE IV - Lesões Cariosas CLASSE IV - Lesões Cariosas Originam-se de amplas lesões de classe III que afetaram

Leia mais

Doença Periodontal na Infância

Doença Periodontal na Infância Universidade de São Paulo Faculdade de Odontologia Doença Periodontal na Infância Profa. Dra. Ana Estela Haddad Camilla V. Galatti / Dr. Cássio Alencar Doença periodontal é uma afecção da fase adulta?

Leia mais

ESTÉTICA E FUNÇÃO NAS REABILITAÇÕES ORAIS PARA DENTES NATURAIS E SOBRE IMPLANTES

ESTÉTICA E FUNÇÃO NAS REABILITAÇÕES ORAIS PARA DENTES NATURAIS E SOBRE IMPLANTES Dr. Dario Adolfi Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Dr. Maurício Adolfi Data: 6 a 10 de agosto de 2012 OBJETIVOS: Saiba como planejar uma reabilitação total e mostrar ao paciente todas as suas possibilidades.

Leia mais

A SAúde bucal dos brasileiros

A SAúde bucal dos brasileiros A Saúde bucal dos brasileiros A saúde bucal dos brasileiros tem sido estudada e analisada desde 1986 pelo Ministério da Saúde, por meio de levantamento epidemiológico. Dessas pesquisas resultou o projeto

Leia mais