CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI"

Transcrição

1 CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC - CCI SINÔNIMO DE EXCELÊNCIA EM GOVERNANÇA CORPORATIVA

2 O PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC IRÁ APRIMORAR E CONFERIR MAIOR EFICÁCIA À ATIVIDADE PROFISSIONAL DO CONSELHEIRO O programa de Certificação de Conselheiros IBGC foi criado para orientar o programa de educação continuada de conselheiros e candidatos a conselhos de administração. É uma iniciativa que estimula o contínuo aprimoramento das boas práticas de governança corporativa no Brasil e permite aferir conhecimentos sólidos num conjunto de temas necessários ao perfil de um conselheiro de administração atuante e de desempenho eficiente em qualquer tipo de organização: empresa listada em bolsas de valores, sociedade anônima de capital fechado, empresa por quotas de responsabilidade limitada e outras formas societárias. A certificação permite: Aprimorar conselheiros para um desempenho efetivo nos conselhos; Valorizar a função de conselheiro; Valorizar as organizações e beneficiar seus públicos estratégicos (stakeholders); Promover um aperfeiçoamento contínuo de conhecimentos e habilidades. O selo de qualidade Conselheiro Certificado IBGC será o padrão reconhecido e exigido pelo próprio mercado e por organizações de diversos portes, desde uma sociedade limitada até uma companhia listada em bolsa de valores. Mauro Cunha - Presidente do Conselho de Administração do IBGC As habilidades e competências necessárias para a obtenção e manutenção da certificação incluem conhecimentos atualizados nos principais temas abordados no Código das Melhores Práticas do IBGC: Experiência de participação em outros conselhos de administração; Experiência como executivo sênior; Experiência em gestão de mudanças e administração de crises; Experiência em identificação e controle de riscos; Experiência em gestão de pessoas; Conhecimentos de finanças; Conhecimentos contábeis e jurídicos; Conhecimentos dos negócios da organização; Conhecimentos do mercado nacional e internacional; Contatos de interesse para a organização.

3 CONHEÇA ALGUNS DOS BENEFÍCIOS O programa de Certificação de Conselheiros IBGC proporciona grande benefício e impacto positivo no sucesso das organizações e dos profissionais que ocupam ou queiram ocupar a posição de conselheiro. Para as organizações A certificação tornará mais eficaz os processos de relacionamento, planejamento, tomada de decisão e administração das organizações, além de fornecer fundamentos para os processos de gestão de talentos. Demonstra aos acionistas, investidores, clientes, colaboradores e outros stakeholders que o principal órgão de governança corporativa da organização é formado por profissionais capacitados; Considera todos os aspectos da eficácia na liderança dos negócios e de uma governança corporativa que produz resultados positivos e de alto valor agregado; e Melhora a efetividade dos conselhos e a contribuição pessoal dos conselheiros na tomada de decisão dos processos. Para os profissionais A certificação atestará que o profissional detém as competências e habilidades específicas que o tornam mais valorizado perante o mercado, abrindo-lhe novos caminhos e oportunidades para o crescimento profissional. Atestado de competência, habilidades e padrões de conduta para desempenhar as funções de conselheiro; Passa a integrar seleto grupo de profissionais qualificados e certificados; Alavanca perspectivas profissionais para atuais conselheiros ou candidatos à função. A governança corporativa efetiva não é um objetivo que se conquista de maneira definitiva, mas sim um processo contínuo e evolutivo de absorção de conhecimentos, desenvolvimento de habilidades e a combinação destes na tomada de decisões, sempre em um ambiente de coragem e franqueza. Alberto Emmanuel Whitaker Coordenador do Comitê de Certificação do IBGC

4 COMO OBTER SUA CERTIFICAÇÃO A metodologia desenvolvida pelo IBGC passou por criteriosa avaliação do perfil do conselheiro nos dias de hoje, além de considerar suas principais atribuições, responsabilidades e competências necessárias ao desempenho efetivo da atividade de conselheiro de administração, em qualquer tipo de organização societária. A certificação apresenta as seguintes características: Selo diferencial e voluntário (não obrigatório); Aberta a todos os profissionais, associados ou não ao IBGC, que atendam aos requisitos; Exigência de revalidação periódica por meio do contínuo aperfeiçoamento e estudo; e Reconhecimento e abrangência nacional. Qualificação e requisitos para inscrição O quadro abaixo descreve os requisitos mínimos nas duas modalidades de obtenção da certificação de conselheiro de administração: REQUISITOS MODALIDADES DE CERTIFICAÇÃO POR EXPERIÊNCIA* POR EXAME Formação Experiência profissional Estatuto do Conselheiro Cartas de recomendação Educação continuada Entrevista pessoal Superior em cursos reconhecidos pelo MEC. 6 anos como Conselheiro de Administração ou 8 anos como executivo de primeiro escalão em organizações. Assinatura de termo de adesão. Apresentar 2 cartas de recomendação por profissional habilitado ou entidade reconhecida pelo mercado. Cumprir 30 horas/crédito em 2 anos. Após verificação da documentação. Superior em cursos reconhecidos pelo MEC. 3 anos como Conselheiro de Administração ou 3 anos como executivo de primeiro escalão em organizações; ou ser um especialista em governança corporativa. Assinatura de termo de adesão. Apresentar 2 cartas de recomendação por profissional habilitado ou entidade reconhecida pelo mercado. Cumprir 30 horas/crédito em 2 anos. Não haverá entrevista. * por um prazo determinado Agenda de Exames Os exames de certificação presenciais para conselheiros de administração ocorrerão semestralmente, em data e local a serem informados posteriormente. Visite o website e obtenha novas informações sobre datas e inscrições. Para um conselheiro, o verdadeiro desafio não é a adequação às leis: é o alto desempenho. Para chegar lá, deve avaliar sistematicamente seus propósitos, missões, talentos, informações e pautas. David A. Nadler no artigo A construção de um conselho eficaz para Harvard Business Review

5 COMPROMISSO DA CERTIFICAÇÃO DE CONSELHEIROS IBGC Assegurar um elevado padrão de habilidades e competências atualizadas O programa de Certificação de Conselheiros IBGC compreende um conjunto de temas e itens suficientes para aferir os conhecimentos de um conselheiro de administração atualizado e de alto desempenho. Os principais temas estão agrupados em quatro grupos principais: 1. Governança Corporativa Conceitos, princípios, estruturas de controle e propriedade, conflitos de interesse, panorama e modelos. Composição e práticas de conselho e comitês. Níveis de governança corporativa da BM&FBovespa. Códigos nacionais e internacionais de boas práticas. Atração, remuneração, avaliação e retenção de executivos. Governança corporativa em empresas familiares e sucessão. 2. Contabilidade e Finanças Contabilidade Financeira - Balanço patrimonial, demonstração de resultados do exercício,demonstrações de mutações do patrimônio líquido e de fluxo de caixa. Conceitos e principais aspectos sobre consolidação. Conhecimento dos princípios de contabilidade internacional (IFRS). Principais técnicas e indicadores de análise das demonstrações contábeis. Finanças Corporativas - Orçamento de capital, avaliação de projetos de investimento, custo de capital acionário e de terceiros. Gestão do capital de giro. Reestruturação societária. Emissão de ações e títulos de dívida. Índices de mercado de ações. Política de dividendos. Principais tipos de contratos de derivativos e noções sobre o funcionamento do mercado de derivativos. Auditoria e Riscos - Estrutura do gerenciamento de riscos na empresa. Portfólio de riscos. Funções e principais aspectos da auditoria interna e externa. Relacionamento do conselho de administração com os auditores externos e internos. Aspectos de contratação, avaliação e substituição dos auditores internos e externos. Limites legais e éticos à atuação dos auditores externos. 3. Ambiente Regulatório e Legislação O mercado de valores mobiliários e o Conselho Monetário Nacional. A regulação e os tipos de atos normativos da Comissão de Valores Mobiliários. Autorregulação das bolsas de valores. Sistema de distribuição e suas entidades. Lei das Sociedades Anônimas. Valores mobiliários. Direitos e obrigações dos acionistas. Órgãos da companhia. Deveres e responsabilidades dos administradores. Estrutura e conteúdo da Sarbanes-Oxley (SOX). Entidades de autorregulação. Código Civil. 4. Gestão Estratégica Estratégia - O conceito de estratégia. Níveis e modelos de análise estratégica. Formulação da estratégia e movimentos estratégicos. Implementação, monitoramento e mudança da estratégia. Gestão de valor. Desenvolvimento Organizacional e Empresarial - Dimensões da organização. Missão, valores e filosofia de gestão. Aprendizagem nas organizações. Cultura organizacional. Transformação organizacional e gestão de mudanças. Gestão de Ativos Intangíveis - Definição de ativos intangíveis legais e competitivos. Patentes, marcas, copyright e outros direitos. Capital intelectual, pesquisa e desenvolvimento. Consumidores, reputação e imagem. Capital humano. Ativos intangíveis identificáveis e não identificáveis. Avaliação e contabilização de ativos intangíveis. Sustentabilidade - O conceito de sustentabilidade corporativa. Inserção no modelo de negócios: estratégia e operação. Relacionamento com as melhores práticas de governança corporativa. Relacionamento com desempenho financeiro corporativo. Relatórios de sustentabilidade e qualidade do disclosure. Investimento socialmente responsável. Obs: O programa completo de certificação está disponível em: É crucial que a soma do conhecimento e da experiência dos membros do conselho corresponda às demandas estratégicas que a empresa enfrenta. Jay A. Conger, David Fenegold e Edward E. Lawler III Harvard Business Review

6 Conheça o IBGC A história do IBGC está intrinsecamente ligada ao idealismo, visão e empenho de empresários, membros de conselhos, executivos, consultores e estudiosos de administração empresarial desde 1995 e com o suporte de várias instituições. Todos engajados na promoção da consciência e do conhecimento em Governança Corporativa, disseminando as melhores práticas e promovendo capacitação técnica e o desenvolvimento intelectual. A Certificação de Conselheiros IBGC é mais um importante avanço que traz grande benefício e impacto positivo para as organizações e para os profissionais que queiram ocupar cargos em conselhos. Dentre os objetivos do IBGC destacam-se a promoção e o desenvolvimento de: Pesquisas e material técnico sobre governança corporativa para publicações; e Conhecimento e cultura em governança e a difusão de ideias e valores, voltados à prática da boa governança corporativa, por meio de palestras, cursos, seminários, fórum de debates, congressos e outras atividades congêneres. Cerne do pensamento do IBGC, o Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa, desde seu lançamento, serve como base para as demais publicações e manifestações do Instituto. Lançado em 1999 e, desde então, sob sucessivas atualizações, já teve mais de 30mil cópias distribuídas. Para melhor disseminar as boas práticas, o IBGC, com sede na capital paulista, conta com três capítulos de atuação integrada: Paraná, Rio e Sul. Além de manter estreito relacionamento com instituições internacionais, como Banco Mundial, Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Institute of Directors (IoD), Global Corporate Governance Forum (GCGF), National Association of Corporate Directors (NACD), International Corporate Governance Network (ICGN), entre outras. Estatísticas IBGC O Instituto possui mais de associados, entre empresários, conselheiros de administração, executivos, acadêmicos, diretores, herdeiros e consultores. Evolução do Quadro de Associados Associe-se você também ao IBGC e passe a desfrutar de relacionamentos e serviços diferenciados. Mais informações no website ou se preferir entre em contato com: Instituto Brasileiro de Governança Corporativa - IBGC Av. das Nações Unidas, º andar - cj World Trade Center - São Paulo CEP São Paulo/SP - Telefone (11) Fax (11)

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS AGENDA DE S E EVENTOS 2015 AGENDA DE S E EVENTOS 2015 CATEGORIAS DE S Introdução à Governança Primeiro passo dentro da Governança Corporativa, os cursos de Introdução à Governança fornecem uma visão de

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

Por que abrir o capital?

Por que abrir o capital? Por que abrir capital? Por que abrir o capital? Vantagens e desafios de abrir o capital Roberto Faldini Fortaleza - Agosto de 2015 - PERFIL ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas associação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação?

PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? PÓS-GRADUAÇÃO CAIRU O QUE VOCÊ PRECISA SABER: Por que fazer uma pós-graduação? O mercado do trabalho está cada vez mais exigente. Hoje em dia, um certificado de pós-graduação é imprescindível para garantia

Leia mais

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS

AGENDA DE CURSOS E EVENTOS AGENDA DE CURSOS E EVENTOS 2014 CATEGORIAS DE CURSOS Introdução à Governança Primeiro passo dentro da Governança Corporativa, os cursos de Introdução à Governança fornecem uma visão de toda a estrutura,

Leia mais

MBA em Gestão de Ativos.

MBA em Gestão de Ativos. /biinternational /biinternational MBA em Gestão de Ativos. Unidade WTC www.biinternational.com.br O B.I. International O B.I. International é uma escola de educação executiva que propõe um Modelo Único

Leia mais

Diretrizes de Governança Corporativa

Diretrizes de Governança Corporativa Diretrizes de Governança Corporativa DIRETRIZES DE GOVERNANÇA CORPORATIVA DA BM&FBOVESPA Objetivo do documento: Apresentar, em linguagem simples e de forma concisa, o modelo de governança corporativa da

Leia mais

Nossas soluções para o setor sucroenergético

Nossas soluções para o setor sucroenergético www.pwc.com.br Nossas soluções para o setor sucroenergético Centro PwC de Serviços em Agribusiness Outubro de 2013 Agrícola Gestão de fornecedores de cana Revisão da estrutura de relacionamento entre usina

Leia mais

MBA 2010 - Gestão de Relacionamento com Investidores

MBA 2010 - Gestão de Relacionamento com Investidores MBA 2010 - Gestão de Relacionamento com Investidores Objetivos Qualificação em nível de especialização lato sensu em Relações com Investidores com vistas a preparar os profissionais para atuar em cargos

Leia mais

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016

CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLEX 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO PROGRAMA PÓS-FLE 2016 ÁREAS DE NEGÓCIOS E ENGENHARIA O Programa Pós-Flex da Universidade Positivo possui 15 cursos voltados para

Leia mais

MBA Executivo Internacional

MBA Executivo Internacional MBA Executivo Internacional Informações* Dias e horários das aulas: Quinzenalmente. Sextas e sábados. Das 08h30 às 17h30. Carga horária: 612 Horas *As informações podem sofrer alterações sem aviso prévio.

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das

Melhores práticas. Cada vez mais cientes das Número de empresas brasileiras que procuram se aprimorar em governança corporativa aumentou na última edição do estudo Melhores práticas Estudo aponta que as empresas investem mais no aprimoramento dos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu. MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Estratégia e Liderança Empresarial Apresentação O programa de MBA em Estratégia e Liderança Empresarial tem por objetivo preparar profissionais para

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

Desafios da Governança Corporativa 2015 SANDRA GUERRA PRSIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO, 25 DE AGOSTO DE 2015

Desafios da Governança Corporativa 2015 SANDRA GUERRA PRSIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO, 25 DE AGOSTO DE 2015 Desafios da Governança Corporativa 2015 SANDRA GUERRA PRSIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO SÃO PAULO, 25 DE AGOSTO DE 2015 CONVERGÊNCIA INTERNACIONAL Princípios de Governança TRANSPARÊNCIA EQUIDADE PRESTAÇÃO

Leia mais

Compliance e a Valorização da Ética. Brasília, outubro de 2014

Compliance e a Valorização da Ética. Brasília, outubro de 2014 Compliance e a Valorização da Ética Brasília, outubro de 2014 Agenda 1 O Sistema de Gestão e Desenvolvimento da Ética Compliance, Sustentabilidade e Governança 2 Corporativa 2 Agenda 1 O Sistema de Gestão

Leia mais

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio

Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Empresas Familiares aprimoramento da governança corporativa para o sucesso do negócio Nome Desarrollo de Sistemas de Gobierno y Gestión en Empresas de Propiedad Familiar en el Perú Objetivo Contribuir

Leia mais

7 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 CICB CENTRO INTERNACIONAL DE CONVENÇÕES DO BRASIL BRASÍLIA DF

7 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 CICB CENTRO INTERNACIONAL DE CONVENÇÕES DO BRASIL BRASÍLIA DF 7 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 CICB CENTRO INTERNACIONAL DE CONVENÇÕES DO BRASIL BRASÍLIA DF CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL Vitor Paulo C. Gonçalves Diretor Presidente [2] CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL A certificação

Leia mais

Programa de Formação, Fortalecimento e Consolidação

Programa de Formação, Fortalecimento e Consolidação Programa de Formação, Fortalecimento e Consolidação da Cultura de Companhia Aberta 2 0 0 6 Governança Corporativa nas Diversas Instâncias da Companhia 28 e 29 de agosto BOVESPA São Paulo, SP coordenação

Leia mais

Pós Graduação em Gestão de Franquias. Carga horária e duração

Pós Graduação em Gestão de Franquias. Carga horária e duração Pós Graduação em Gestão de Franquias Público - alvo Indicado para profissionais, gestores, consultores e empreendedores ligados direta e indiretamente com negócios de franchising. Objetivo do Curso Preparar

Leia mais

CURSO 2014 MG GOVERNANÇA CORPORATIVA - PRINCÍPIOS E PRÁTICAS

CURSO 2014 MG GOVERNANÇA CORPORATIVA - PRINCÍPIOS E PRÁTICAS Apoio: CURSO 2014 MG GOVERNANÇA CORPORATIVA - PRINCÍPIOS E PRÁTICAS Neste curso o IBGC aborda, com uma visão prática, os motivadores para a aplicação dos instrumentos de Governança Corporativa. Destaca

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

MBA 2010 - Gestão Estratégica em Sustentabilidade e Responsabilidade social

MBA 2010 - Gestão Estratégica em Sustentabilidade e Responsabilidade social MBA 2010 - Gestão Estratégica em Sustentabilidade e Responsabilidade social Objetivos A estrutura do curso permitirá uma importante resposta às necessidades atuais do mercado que cada vez mais valoriza

Leia mais

Governança e Sustentabilidade. Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra

Governança e Sustentabilidade. Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra Governança e Sustentabilidade Pós-graduação FECAP Coordenadoria Marcelo de Aguiar Coimbra A Pós-Graduação em Governança e Sustentabilidade FECAP foi concebida para fornecer as competências necessárias

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Evolução de Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução

Leia mais

MBA Marketing de Serviços

MBA Marketing de Serviços MBA Marketing de Serviços Informações - Turma de Agosto 2014 Início das Aulas: 04/08/2014 Dias e horários das aulas: Segunda a sexta-feira das 19h00 às 22h50 (apenas na 1º semana) Quartas e quintas das

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

Faça parte da Fundação Nacional da Qualidade

Faça parte da Fundação Nacional da Qualidade Faça parte da Fundação Nacional da Qualidade A BUSCA CONTÍNUA DA EXCELÊNCIA DA GESTÃO É O QUE NOS MOVE! A Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) é uma instituição sem fins lucrativos, que conta com uma rede

Leia mais

COMPLIANCE FUNÇÃO, CONSOLIDAÇÃO E. Vanessa Alessi Manzi 19/09/08

COMPLIANCE FUNÇÃO, CONSOLIDAÇÃO E. Vanessa Alessi Manzi 19/09/08 COMPLIANCE FUNÇÃO, CONSOLIDAÇÃO E DESAFIOS Vanessa Alessi Manzi 19/09/08 Agenda 1. Compliance conceito e missão 2. Atuação de Compliance nas instituições 3. Ferramentas de Compliance 4. Auditoria e Compliance

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 Aprova a NBC T 11.8 Supervisão e Controle de Qualidade. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas

Leia mais

MBA. Controladoria PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Controladoria

MBA. Controladoria PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Controladoria MBA Controladoria Controladoria O MBA Controladoria une a tradição do Ibmec em pesquisas avançadas em Administração, Economia e Finanças com a Controladoria. Com este embasamento, propõe-se desenvolver

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ADMINISTRAÇÃO Nome da disciplina Evolução do Pensamento Administrativo I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação;

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Início em 28 de setembro de 2015 Aulas as segundas e quartas, das 19h às 22h Valor do curso: R$ 21.600,00 À vista com desconto: R$ 20.520,00 Consultar planos de parcelamento.

Leia mais

CARTA DE OPINIÃO - IBGC 1 Comitê de Auditoria para Instituições Financeiras de Capital Fechado

CARTA DE OPINIÃO - IBGC 1 Comitê de Auditoria para Instituições Financeiras de Capital Fechado CARTA DE OPINIÃO - IBGC 1 Comitê de Auditoria para Instituições Financeiras de Capital Fechado Em maio de 2004 foi publicada a Resolução 3.198 do Conselho Monetário Nacional, que trouxe, entre outras novidades,

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

CAERN. Descrição de Perfis

CAERN. Descrição de Perfis Nível: Superior Reporte: Coordenador Sumário Participar do planejamento e desenvolvimento das políticas e práticas de Recursos Humanos da empresa. Desenvolver atividades técnicas de avaliação comportamental

Leia mais

b) supervisionar o cumprimento desta política pelas entidades integrantes do Sistema Sicoob;

b) supervisionar o cumprimento desta política pelas entidades integrantes do Sistema Sicoob; 1. Esta Política institucional de gestão de pessoas: Política institucional de gestão de pessoas a) é elaborada por proposta da área de Gestão de Pessoas da Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob

Leia mais

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp.

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp. São Paulo, 13 de setembro de 2004 Prezado (a) Senhor (a) É com prazer que comunicamos o lançamento da 5ª Turma do MBA - Finanças, Comunicação e Relações com Investidores, organizado pela FIPECAFI - Fundação

Leia mais

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto.

Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Bota pra Fazer: Negócios de Alto Impacto. Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Endeavor: Negócios de Alto Impacto. Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA, a Escola de Negócios

Leia mais

Auditoria Interna e Governança Corporativa

Auditoria Interna e Governança Corporativa Auditoria Interna e Governança Corporativa Clarissa Schüler Pereira da Silva Gerente de Auditoria Interna TUPY S.A. Programa Governança Corporativa Auditoria Interna Desafios para os profissionais de auditoria

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

ELEKEIROZ S.A. CNPJ 13.788.120/0001-47 Companhia Aberta NIRE 35300323971

ELEKEIROZ S.A. CNPJ 13.788.120/0001-47 Companhia Aberta NIRE 35300323971 ELEKEIROZ S.A. CNPJ 13.788.120/0001-47 Companhia Aberta NIRE 35300323971 ATA SUMÁRIA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 7 DE FEVEREIRO DE 2014 DATA, HORA E LOCAL: Em 7 de fevereiro de

Leia mais

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros

Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Implementação rápida do modelo Balanced Scorecard (BSC) nas empresas de seguros Uma evolução nos sistemas de controle gerencial e de planejamento estratégico Francisco Galiza Roteiro Básico 1 SUMÁRIO:

Leia mais

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM

MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM MELHORES PRÁTICAS DE DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES SOBRE SUSTENTABILIDADE Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Geraldo Soares IBRI; Haroldo Reginaldo Levy Neto

Leia mais

ESTRATÉGIA E GESTÃO PATRIMONIAL EMPRESAS FAMILIARES. Domingos A Laudisio São Paulo, 15 de julho de 2014

ESTRATÉGIA E GESTÃO PATRIMONIAL EMPRESAS FAMILIARES. Domingos A Laudisio São Paulo, 15 de julho de 2014 ESTRATÉGIA E GESTÃO PATRIMONIAL EMPRESAS FAMILIARES Domingos A Laudisio São Paulo, 15 de julho de 2014 Existem argumentos pró e contra empresas familiares particularmente no Brasil os argumentos contra

Leia mais

SIMPÓSIO GESTÃO NA PRÁTICA LIDERANÇA. Ricardo Seperuelo Liderança

SIMPÓSIO GESTÃO NA PRÁTICA LIDERANÇA. Ricardo Seperuelo Liderança SIMPÓSIO GESTÃO NA PRÁTICA LIDERANÇA Ricardo Seperuelo Liderança 1 Ativos Intangíveis Capital Organizacional Capital da Informação Quem são os ativos intangíveis? Os que não são mensurados pelo sistema

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Franquias

Pós-Graduação em Gestão de Franquias Gestão de Franquias Pós-Graduação em Gestão de Franquias Aula Inaugural 30 de maio de 2015 Aulas aos sábados, das 8h às 15h Valor do curso: R$ 16.482,00 À vista com desconto: R$ 15.657,00 Consultar planos

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

O Papel das Auditorias Internas e Externas na Governança das Empresas CRC CE, 16/10/2009

O Papel das Auditorias Internas e Externas na Governança das Empresas CRC CE, 16/10/2009 O Papel das Auditorias Internas e Externas na Governança das Empresas CRC CE, 16/10/2009 O Papel das Auditorias Internas e Externas na Governança das Empresas (*) Palestrante: Vinícius Sampaio (*) Contará

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão Empresarial e Marketing (sábado)

Pós-Graduação em Gestão Empresarial e Marketing (sábado) Pós-Graduação em Gestão Empresarial e Marketing (sábado) Início em 26 de setembro de 2015 Aulas aos sábados, das 8h às 15h Valor do curso: R$ 16.482,00 À vista com desconto: R$ 15.657,00 Consultar planos

Leia mais

CFO Estrategista Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

CFO Estrategista Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

EXISTE UM NOVO JEITO DE DELIGENCIAR. suas finanças. Ascent. Consultores

EXISTE UM NOVO JEITO DE DELIGENCIAR. suas finanças. Ascent. Consultores EXISTE UM NOVO JEITO DE DELIGENCIAR suas finanças Ascent MISSÃO Prestar serviços profissionais diferenciados que sejam uma ferramenta útil para a tomada de decisões e agreguem valor ao cliente, baseada

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

Capacitando Profissionais

Capacitando Profissionais Capacitando Profissionais 2014 Setup Treinamentos & Soluções em TI www.setuptreinamentos.com APRE SENTA ÇÃ O A atual realidade do mercado de trabalho, que cada dia intensifica a busca por mão-de-obra qualificada,

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES (PARCERIA IBRI)

MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES (PARCERIA IBRI) MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES (PARCERIA IBRI) Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE SIGA: TMBAES*06/26 Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 - Fone: (13) 3228 6000 Rua Almirante Protógenes,

Leia mais

Tem a missão de assessorar a Presidência em assuntos a ela delegados, agindo em apoio aos demais órgãos da empresa.

Tem a missão de assessorar a Presidência em assuntos a ela delegados, agindo em apoio aos demais órgãos da empresa. PRESIDÊNCIA (DIPRE) A missão da Presidência é assegurar a sobrevivência, o crescimento e a diversificação sinergética da Guimar, em consonância com as orientações estratégicas emanadas do Conselho de Administração,

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI)

CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) CODIM COMITÊ DE ORIENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES AO MERCADO (ABRASCA AMEC ANBIMA ANCORD APIMEC BM&FBOVESPA CFC IBGC IBRACON IBRI) PRONUNCIAMENTO DE ORIENTAÇÃO Nº xx, de XX de XXXXXXX de 2011.

Leia mais

1 a Jornada de Contabilidade Práticas de Governança Corporativa e Transparência 22 de setembro de 2005

1 a Jornada de Contabilidade Práticas de Governança Corporativa e Transparência 22 de setembro de 2005 1 a Jornada de Contabilidade Práticas de Governança Corporativa e Transparência 22 de setembro de 2005 Agenda Introdução Demandas do mercado de capitais Governança corporativa Governança corporativa no

Leia mais

Política de Gestão de Pessoas

Política de Gestão de Pessoas julho 2010 5 1. Política No Sistema Eletrobras, as pessoas são agentes e beneficiárias do fortalecimento organizacional, contribuindo para a competitividade, rentabilidade e sustentabilidade empresarial.

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.

ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2. ETERNIT S.A. C.N.P.J. nº 61.092.037/0001-81 NIRE 35.300.013.344 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 17 DE SETEMBRO DE 2.008 Aos 17 dias do mês de setembro do ano de dois mil e oito,

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa

18/08/2015. Governança Corporativa e Regulamentações de Compliance. Gestão e Governança de TI. Governança Corporativa. Governança Corporativa Gestão e Governança de TI e Regulamentações de Compliance Prof. Marcel Santos Silva A consiste: No sistema pelo qual as sociedades são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo o relacionamento

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

49 o CONSELHO DIRETOR 61 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL

49 o CONSELHO DIRETOR 61 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL ORGANIZAÇÃO PAN-AMERICANA DA SAÚDE ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE 49 o CONSELHO DIRETOR 61 a SESSÃO DO COMITÊ REGIONAL Washington, D.C., EUA, 28 de setembro a 2 de outubro de 2009 CD49.R10 (Port.) ORIGINAL:

Leia mais

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações?

SESI. Empreendedorismo Social. Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? SESI Empreendedorismo Social Você acredita que sua idéia pode gerar grandes transformações? REGULAMENTO SESI Empreendedorismo Social A inovação social é o ponto de partida para um novo modelo que atende

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1/9 Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo... 3 3. Princípios... 4 4. Diretrizes... 4 4.1. Estrutura de Governança... 4 4.2. Relação com as partes interessadas...

Leia mais

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO 30.1. O comércio e a indústria, inclusive as empresas transnacionais,

Leia mais

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A.

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS COMITÊ DE FINANÇAS E ORÇAMENTO APROVADO PELO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM 24 DE SETEMBRO DE 2014 SUMÁRIO I INTRODUÇÃO

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

Especialização em Gestão de Negócios

Especialização em Gestão de Negócios Especialização em Gestão de Negócios e Projetos Rio de Janeiro Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação

Leia mais

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade.

VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários de qualidade. MISSÃO Oferecer serviços imobiliários de qualidade, gerando valor para os clientes, colaboradores, sociedade e acionistas. VISÃO Crescer sustentavelmente e ser referência nacional em serviços imobiliários

Leia mais

Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável

Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável hapiterra.com Curso de Formação em Estratégias Empresariais Geradoras de Valor Durável Como aplicar o pensamento sistêmico na estratégia empresarial? Crescimento e sustentabilidade são compatíveis? Como

Leia mais

Tendências da Governança Corporativa Tá na Mesa Porto Alegre, 7/04/2010. Gilberto Mifano

Tendências da Governança Corporativa Tá na Mesa Porto Alegre, 7/04/2010. Gilberto Mifano Tendências da Governança Corporativa Tá na Mesa Porto Alegre, 7/04/2010 Gilberto Mifano Agenda Panorama atual da GC no Brasil 2009 x 2003 Temas em discussão no Brasil e no Mundo 2 GOVERNANÇA CORPORATIVA

Leia mais

MBA GOVERNANÇA CORPORATIVA (Parceria IBGC)

MBA GOVERNANÇA CORPORATIVA (Parceria IBGC) MBA GOVERNANÇA CORPORATIVA (Parceria IBGC) Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram

Leia mais

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT

FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃODE RECURSOS HUMANOS DA ANTT Quadro de Servidores SITUAÇÃO 2008 2009 Abril 2010 CARGOS EFETIVOS (*) 429 752 860 Analista Administrativo 16 40 41 Especialista em Regulação 98 156 169

Leia mais

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010 Normas Internacionais de Supervisão 8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária Rio de Janeiro Agosto - 2010 Sumário: 1. Solvência II 2. International Association of Insurance Supervisors IAIS 3.

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM MARKETING E GESTÃO DE EQUIPES

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM MARKETING E GESTÃO DE EQUIPES CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EXECUTIVO EM MARKETING E GESTÃO DE EQUIPES ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em MBA Executivo e Marketing e

Leia mais

MBA em Design Estratégico

MBA em Design Estratégico MBA em Design Estratégico Público - alvo Indicado para profissionais com formação em Design, Arquitetura, Moda ou gestores e empreendedores que estejam buscando novas formas de gestão orientadas para a

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. O presente Código de Conduta da Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. (a Companhia ), visa cumprir com as disposições do Regulamento

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

A formação do Conselho de uma Organização *

A formação do Conselho de uma Organização * A formação do Conselho de uma Organização * O mundo vem testemunhando o fortalecimento da sociedade civil, por meio de sua atuação organizada. O Brasil é um dos países que se destaca nesse processo. A

Leia mais

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual

Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Melhores Práticas para a Elaboração e Divulgação do Relatório Anual Pronunciamento de Orientação CODIM COLETIVA DE IMPRENSA Participantes: Relatores: Edina Biava Abrasca; Marco Antonio Muzilli IBRACON;

Leia mais

Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION

Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION Gestão e Crescimento Empresarial de Alto Impacto ENTREPRENEURIAL THOUGHT AND ACTION Instituto Educacional BM&FBOVESPA e Babson: Com reconhecida experiência, o Instituto Educacional BM&FBOVESPA atua na

Leia mais

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO

Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Sua hora chegou. Faça a sua jogada. REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 REGULAMENTO Prêmio de Empreendedorismo James McGuire 2013 é uma competição interna da Laureate International

Leia mais

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto

SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL. Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto SÉRIE IPO s: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ABERTURA DE CAPITAL Parte 4: Como tornar sua Empresa uma Companhia de Capital Aberto o O que é Abertura de Capital o Vantagens da abertura o Pré-requisitos

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais