03 Espanhol. Vestibular Simulado. Inglês. Código dos Cursos válidos somente para o Vestibular Simulado Dom Bosco. Formulário. Mm r A R R R = +

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "03 Espanhol. Vestibular Simulado. Inglês. Código dos Cursos válidos somente para o Vestibular Simulado Dom Bosco. Formulário. Mm r A 1 1 1 R R R = +"

Transcrição

1 1º Vestibular Simulado P R O V A Inglês 03 Espanhol 04 Código dos Cursos válidos somente para o Vestibular Simulado Dom Bosco 01 Administração - M 0 Administração - N 03 Agronomia - MT 04 Arquitetura e Urbanismo - MT 05 Artes Visuais - Bach. - T 06 Artes Visuais - Licen. - T 07 Bacharelado em Ciência da Computação - TN 08 Bombeiro Militar - MTN 09 Ciências Biológicas - M 10 Ciências Biológicas - N 11 Ciências Contábeis - N 1 Ciências Econômicas - M 13 Ciências Econômicas - N 14 Ciências Sociais - M 15 Com. Social - Jornalismo - MN 16 Com. Social - Publicidade e Propaganda - MN 17 Com. Social - Relações Públicas - MN 18 Design D. de Produto - M 19 Design - D. Gráfico - M 0 Direito - M 1 Direito - N Ed. Física (Bach.) - MT 3 Ed. Física (Licen.) - MT 4 Enfermagem - MT 5 Engenharia Ambiental - MT 6 Engenharia Cartográfica - MT 7 Engenharia Civil - MT 8 Engenharia da Computação 9 Engenharia da Produção - MT 30 Engenharia de Alimentos 31 Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia - MT 3 Engenharia de Redes de Comunicação 33 Engenharia Elétrica (Eletron., Eletrotec., Telecom.) - MT 34 Engenharia Florestal - MT 35 Engenharia Industrial Madeireira - MT 36 Engenharia Mecânica - MT 37 Engenharia Mecatrônica 38 Engenharia Química - MT 39 Estatística - N 40 Farmácia - MT 41 Filosofia (Bacharelado com Licenciatura Plena) - M 4 Filosofia (Bacharelado com Licenciatura Plena) - N 43 Física (Bacharelado) - M 44 Física (Licenciatura) - N 45 Fisioterapia 46 Geografia - M 47 Geografia - N 48 Geologia - MT 49 Gestão da Informação - M 50 História - T 51 Letras - Espanhol ou Português com Espanhol - M 5 Letras - Francês - N 53 Letras - Inglês - N 54 Letras - Inglês ou Português com Inglês - M 55 Letras - Port/Alem/Ital/Grego ou Latim - M 56 Letras - Português - N 57 Matemática (Bacharelado e Licenciatura) - T 58 Matemática (Licen.) - N 59 Matemática Industrial - T 60 Medicina - MT 61 Medicina Veterinária - Curitiba - MT 6 Medicina Veterinária - Palotina - MT 63 Música - Educação Musical (Licenciatura) - T 64 Música - Produção Sonora (Bacharelado) - T 65 Nutrição - MT 66 Oceanografia - Pontal do Paraná - MT 67 Odontologia - MT 68 Pedagogia - M 69 Pedagogia - N 70 Policial Militar - MTN 71 Psicologia - MT 7 Química - MT 73 Secretariado Executivo 74 Serviço Social 75 Sist. da Informação (Análise de Sistemas) 76 Tec. em Sistemas de Informação - N 77 Tec. em Sistemas de Informação - T 78 Teologia 79 Terapia Ocupacional - MT 80 Turismo - N 81 Zootecnia - MT 8 Outros x = x + v t + at v = v0 + at v = v 0 + a x x vm = t P = m g F = ma Fat = µ N mv Fc = R τ = Fd cosθ 1 Ec = mv τ P = = Fv t Ep = mgy Q = mv Mm F = G r p = p0 + ρgh T 4π 3 = r GM pv = nrt T K = T C + 73 F = kx E = ρvg m ρ = V Q = m c T ; Q = m L 1 v = λ f ; f = ; T F = k q 1q / r F = qe 1 q V = 4πε r 0 Formulário F v = µ c n = v R =ρ ; V = RI ; P = VI A = R R R 1 R = R1 + R +... φ ε = t U N U = N 1 1 µ 0 B = i πr F = qvbsen θ = + f p p 1 n lente 1 1 = 1 f n + meio R1 R Constantes: R = 8,31 J/(mol.K) 11 N.m G = 6,67 10 kg k = 1,38 x 10 3 J/K g = 10 m/s c = km/s v som no ar = 340 m/s 1 C ε 0 = 8,85 10 N.m 1

2 Geografia 1. (UFPR adaptada) Num mapa da Região Metropolitana de Curitiba, na escala 1:50.000, uma das pistas da rodovia BR-116 aparece desenhada com um milímetro de largura. A partir dessa informação, é correto afirmar: a) Trata-se de uma questão de generalização cartográfica e nesse caso o desenho da rodovia obedece com exatidão à relação de escala. b) A largura da pista é de 00 m. c) A largura da pista é de 150m. d) A largura da pista é de 50 m. e) A representação da rodovia com um milímetro de largura, num mapa na escala 1:50.000, está de acordo com a largura real da rodovia.. (UFPR adaptada) Ao planejar uma viagem de férias utilizando o programa Google Earth, você anotou as coordenadas geográficas de dois locais que gostaria de visitar na Ilha do Mel (PR), sendo o primeiro de coordenadas S (latitude) e O (longitude), e o segundo de coordenadas S (latitude) e O (longitude). Com base nos valores das coordenadas, é correto afirmar que do segundo para o primeiro ponto você se deslocou para: a) noroeste. c) nordeste. e) oeste. b) leste. d) sudeste. 3. (UFPR) Para se orientar na superfície do globo, o homem criou uma série de noções espaciais, entre elas a chamada Rosa dos Ventos, que dá as direções pelos pontos cardeais, colaterais, subcolaterais e intermediários. Utilizando-se de uma Rosa dos Ventos para analisar o alinhamento AB marcado no cartograma abaixo, no qual 1 cm gráfico representa 65 km de terreno, é correto afirmar que a direção do alinhamento e a escala numérica fracionária do cartograma são, respectivamente: 5. Numa área de praia, a brisa marítima é uma conseqüência da diferença no tempo de aquecimento do solo e da água, apesar de ambos estarem submetidos às mesmas condições de irradiação solar. No local (solo) que se aquece mais rapidamente, o ar fica mais quente e sobe, deixando uma área de baixa pressão, provocando o deslocamento do ar da superfície que está mais fria (mar). Menor pressão Maior temperatura Brisa maritima Menor temperatura À noite, ocorre um processo inverso ao que se verifica durante o dia. Brisa terrestre Como a água leva mais tempo para esquentar (de dia), mas também leva mais tempo para esfriar (à noite), o fenômeno noturno (brisa terrestre) pode ser explicado da seguinte maneira: a) O ar sobre o solo, mais quente, é deslocado para o mar, equilibrando a baixa temperatura do ar que está sobre o mar. b) O ar que está sobre a água se aquece mais; ao subir, deixa uma área de baixa pressão, causando um deslocamento de ar do continente para o mar. c) O ar mais quente desce e se desloca do continente para a água, a qual não conseguiu reter calor durante o dia. d) O ar que está sobre o mar se esfria e dissolve-se na água; forma-se, assim, um centro de baixa pressão, que atrai o ar quente do continente. e) O ar que está sobre a água se esfria, criando um centro de alta pressão que atrai massas de ar continental. 6. Observe o mapa do continente americano. B N A km a) ESE para WNW (Es-sudeste para Oes-noroeste) 1/ b) SSE para WNW (Su-sudeste para Oes-noroeste) 1/65. c) SE para NNW (Sudeste para Nor-noroeste) 1/ d) SSE para NW (Su-sudeste para Noroeste) 1/ e) ESE para NW (Es-sudeste para Noroeste) 1/ (UFPR) Hora plena a do meio-dia / As figuras não projetam sombras / A luz incide, vertical, nas criaturas / Hora total em que o ser atinge a plenitude. Esses versos da poetisa curitibana Helena Kolody ( ) retratam uma situação do cotidiano de todas as pessoas: a hora do meiodia, denominada por ela hora plena. Se sua mensagem metafórica for analisada sob o ponto de vista geográfico e considerando-se a cidade de Curitiba, é correto afirmar: a) A ausência de sombras ao meio-dia é, por si, uma colocação metafórica. Ela não ocorre na Terra, pois sempre existe sombra, em qualquer latitude e em qualquer hora iluminada do dia. b) Em Curitiba, não há projeção de sombras ao meio-dia porque em todos os dias do ano os raios solares incidem verticalmente ao meio-dia. c) Em realidade, essa situação de ausência de sombras ao meiodia em Curitiba só ocorre duas vezes ao ano: nos equinócios de primavera e de outono. d) No solstício de verão há mais horas iluminadas, por isso não há projeção de sombras ao meio-dia. e) A posição latitudinal da cidade de Curitiba, ao sul do Trópico de Capricórnio, impossibilita que os raios solares incidam verticalmente em qualquer época do ano. As áreas em destaque estão sujeitas à ocorrência de: a) grande amplitude térmica e freqüentes inundações b) furacões e tornados c) correntes marítimas quentes e ciclones d) vulcanismos e abalos sísmicos e) ventos alíseos de nordeste e esotermia 7. (PUC-MG) Na Península Ibérica, o Absolutismo Monárquico, forma política predominante do Antigo Regime, tem relação com as seguintes instituições, exceto: a) Burguesia Comercial. d) Colonialismo. b) Parlamento Bicameral. e) Igreja. c) Mercantilismo. 8. (UEFS/BA) É o conjunto indissociável de sistemas de objetos (redes elétricas, prédios, ruas) e de sistemas de ações (organização do trabalho, produção, circulação, consumo de mercadorias, relações familiares e cotidianas), que procura revelar as práticas sociais dos diferentes grupos que nele produzem, lutam, sonham, vivem e fazem a vida caminhar. PARAMÊTROS Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Ministério da Educação. Secretária de Educação Média e Tecnológica. Brasília: Ministério da Educação, 1999.

3 O texto acima se refere ao: a) espaço da memorização da Terra e do homem. b) espaço natural; c) espaço histórico; d) espaço geográfico; e) espaço Terra, como espaço absoluto; 9. O espaço natural é formado por um conjunto de elementos que, ao serem aproveitados pelas sociedades, transformam-se em recursos. Assim sendo, em relação à região do Canadá em destaque no mapa abaixo, pode-se afirmar corretamente que: 1. Dois caminhões-tanque carregam o mesmo volume de misturas de álcool e gasolina. A mistura de um contém 3% de álcool, e a do outro, 5% de álcool. Os dois caminhões descarregam suas cargas em um reservatório que estava vazio. A razão do volume de álcool para o de gasolina na mistura formada no reservatório, após os caminhões terem descarregado, é: a) 1/8 b) 1/4 c) 1/5 d) 1/16 e) 1/1 13. O valor de cos x, sendo x um arco do primeiro quadrante, para que se tenha sen² x + 5 cos x = 4 é: a) cos x = 3/4. b) cos x = /3. c) cos x = 1/. d) cos x = /5. e) cos x = 3/7. a) Abrange a faixa de tundra que, ao favorecer a produção de papel, contribui para transformar o Canadá num dos maiores exportadores desse produto. b) se refere às grandes florestas homogêneas da taiga canadense, cujo aproveitamento favorece o desenvolvimento da indústria de papel e celulose nesse país. c) é a zona por excelência das pradarias centrais, tradicionalmente ocupada pela pecuária de corte e pela pecuária leiteira. d) representa o grande domínio da floresta temperada, já bastante devastada, como resultado da grande expansão urbana nessa região, principalmente em sua parte central. e) abrange a região de tundra que, apesar de refletir o rigor do clima local, favorece, por ser rasteira, a formação de amplas pastagens naturais. 14. O esquema abaixo representa uma das extremidades de uma ponte pênsil sustentada por cordas e cabos de aço. No triângulo retângulo ABC, o cabo de aço AC mede 5 m e mantém firme o poste AB, que possui 3 m de altura. Para aumentar a estabilidade da ponte, um engenheiro sugeriu a instalação de mais um cabo de aço nesta extremidade, unindo o ponto A ao ponto médio M do segmento BC. Qual será o comprimento aproximado do cabo AM após sua instalação? A a) 4,0 m. b) 3, m. c) 3,4 m. d) 3,6 m. e) 3,8 m. B M C Matemática 10. As promoções do tipo leve 3, pague, comuns no comércio, acenam com um desconto, sobre cada unidade vendida, de: a) 33,33...% b) 50% c) 0% d) 5% e) 30% 11. Um candidato obteve votos em uma eleição. Na eleição seguinte, ele obteve 0% a mais de votos e, na seguinte, sua votação subiu mais 50% em relação à anterior. O número de votos obtidos pelo candidato nesta última eleição é: a) 6334 b) 1663 c) 0790 d) 356 e) (UF Uberlândia) Em uma pesquisa sobre a ocorrência dos tipos sanguíneos A, B, AB e O realizada com 100 pessoas, constatou-se que 1% têm sangue tipo A, 6% não têm sangue tipo B e 83% não têm sangue tipo AB. Como cada indivíduo possui um único tipo sanguíneo, então o número de pessoas que tem sangue tipo O é: a) 408. b) 70. c) 180. d) 396. e) (UFPB) A remuneração dos operários de uma determina fábrica é composta por um salário base x mais duas gratificações: uma, de R$ 300,00 para todos os operários, e a outra, de 30% do salário base de cada operário. Considere que da remuneração de cada operário são descontados 0% relativos aos impostos e contribuições. Após esses descontos, o valor, V(x), que cada operário recebe, em função de x, está corretamente expresso por: a) V(x) = 1,3x b) V(x) = 0,6x c) V(x) = 1,04x d) V(x) = 1,04x e) V(x) = 1,3x

4 4 17. (UFPR) Em estudos realizados numa área de proteção ambiental, biólogos constataram que o número N de indivíduos de certa espécie primata está crescendo em função do tempo t (dado em anos), segundo a expressão 600 N(t) = x 0,1t Supondo que o instante t = 0 corresponda ao início desse estudo e que essa expressão continue sendo válida com o passar dos anos, considere as seguintes afirmativas: 1. O número de primatas dessa espécie presentes na reserva no início do estudo era de 75 indivíduos.. Vinte anos após o início desse estudo, o número de primatas dessa espécie será superior a 110 individuos. 3. A população dessa espécie nunca ultrapassará 10 indivíduos. Assinale a alternativa correta. a) as afirmativas 1, e 3 são verdadeiras. b) somente a afirmativa 1 é verdadeira. c) somente as afirmativas 1 e são verdadeiras. d) somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. e) somente as afirmativas e 3 são verdadeiras. 18. A função custo mensal da fabricação de certo produto é C(x) = 4x 8x + 3, onde x representa a quantidade de unidade produzidas. O preço da venda de cada unidade é P = 16 reais. Sabe-se que a receita R (x) é dada por R(x) = P. x e o lucro L(X) por L (x) = R(x) C(x). A quantidade x que deve ser produzida e vendida deste produto mensalmente para dar o máximo lucro é: a) x = 6 unidades. d) x = unidades. b) x = 5 unidades. e) x = 3 unidades. c) x = 4 unidades. Biologia 19. A vida de todos os seres biológicos existentes no planeta é comandada pela molécula de DNA. Esta molécula é o computador central de toda uma rede de eventos existentes nas células. Julgue os itens e marque a alternativa correta. I. A sigla DNA significa: ácido desoxirribonucléico. Esta molécula é formada por bases nitrogenadas, açúcares e grupos fosfato. A ribose é o açúcar presente nesta molécula de DNA. II. A replicação do DNA é fundamental para que as células possam dividir-se e originar células filhas que recebem igual quantidade de informações genéticas III. Todas as células do corpo têm a mesma coleção de genes, mas, apesar disso, encontramos células com formas e funções diferentes. Este processo chama-se diferenciação celular IV. O código genético é universal, pois vários aminoácidos têm mais de um códon que os codifica. a) I, II, III e IV são verdadeiras. d) I, III e IV são verdadeiras. b) I, II e III são verdadeiras. e) II, III e IV são verdadeiras. c) I, II e IV são verdadeiras. 0. Analise as proposições abaixo: I. Segundo a hipótese dos cosmozoários ou panspermia cósmica, os primeiros seres vivos teriam chegado à Terra em fragmentos de corpos celestes, como os meteoritos ou estrelas cadentes. II. A hipótese da abiogênese ou da geração espontânea, defendida há mais de.000 anos por Aristóteles, postulava a existência do princípio vital, capaz de produzir matéria viva a partir de matéria bruta. III. A complexidade enzimática e biológica de um organismo heterotrófico primitivo é muito menor que a de um organismo autotrófico. IV. De acordo com a hipótese autotrófica, os seres vivos surgiram de moléculas orgânicas, na forma de organismos muito simples e incapazes de produzir seu próprio alimento. Assinale a alternativa correta: a) Apenas as proposições II e IV estão corretas. b) Apenas as proposições I, II e III estão corretas. c) Apenas as proposições II, III e IV estão corretas. d) Apenas as proposições III e IV estão corretas. e) Todas as proposições estão corretas é o ano da biodiversidade. O estudo dos seres vivos e sua grande biodiversidade têm como base a taxonomia. As regras de nomenclatura são universais, permitindo que os organismos sejam corretamente citados e identificados nas publicações científicas, em todas as línguas. A classificação depende de determinados critérios que mudam com o tempo. Atualmente, eles estão baseados na evolução, sendo que os organismos são agrupados de acordo com graus de parentesco, que revelam suas origens mais prováveis. Analise as afirmativas abaixo sobre esses temas e assinale a(s) afirmativa(s) verdadeira(s). I. Duas espécies do mesmo gênero devem ter menos características em comum do que duas espécies que possuem a mesma ordem. II. Os representantes do reino Monera são procariontes e, dentre eles, alguns são quimiossintetizantes. III. A sequência correta dos níveis taxonômicos de classificação é espécie, gênero, ordem, família, classe, filo e reino. IV. Na organização do sistema atual de classificação, sistema natural, deve considerar-se as relações de afinidade entre seres diferentes, mas provenientes de ancestrais comuns. Estão corretas a) apenas a afirmativa II. b) apenas as afirmativas II e IV. c) apenas as afirmativas I, II e IV. d) apenas as afirmativas I e II. e) todas as afirmativas.. Entre as protozooses merecem destaques a amebíase, a doença de Chagas e a malária. Esta última chegou a media de 500 mil novos casos anuais nos últimos dez anos, com o maior número de casos confirmados na região Norte. Segundo a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), os dados do ano 005 foram: Pará, 78 03; Amazonas, e Rondônia, No Maranhão, a malária recrudesceu com casos em 005. Analise as afirmativas sobre as protozooses e assinale a(s) afirmativa(s) verdadeira (s). I. A malária, maleita ou impaludismo é uma doença causada por protozoário esporozoário e transmitida ao homem por insetos do gênero Anopheles cujas fêmeas são hematófagas. II. Saneamento básico e ingestão de água não contaminada com os cistos podem diminuir a incidência da protozoose causada pela Entamoeba histolytica. III. Combate ao inseto transmissor com inseticidas, uso de telas em janelas e portas e de mosquiteiros sobre as camas e cuidados com as transfusões de sangue são algumas medidas profiláticas indicadas para evitar malária e doença de Chagas. IV. A transmissão da Doença de Chagas pode acontecer por via oral em várias situações como, por exemplo: amamentação, pois o Tripanosoma cruzi já foi encontrado em leite materno na fase aguda da infecção e pessoas ingerindo alimentos contaminados com o protozoário. V. Os agentes causadores da amebíase, doença de Chagas e malária têm o homem como hospedeiro definitivo. Estão corretas a) apenas a afirmativa I, III e V. b) apenas as afirmativas II, III e IV. c) apenas as afirmativas I, II, III e IV. d) apenas as afirmativas I, II e IV. e) todas as afirmativas. 3. O crescimento das plantas em comprimento depende em parte da atividade dos meristemas apicais. Neles a atividade mitótica é intensa, proporcionando o aumento no número de células. A histologia vegetal caracteriza a relação entre a estrutura das células de um determinado tecido e a sua principal função. Ao longo da evolução observa-se a complexidade dos vegetais através da presença ou não de determinados tecidos e seus anexos. Com relação à histologia vegetal analise as afirmativas abaixo e assinale a(s) afirmativa(s) verdadeira(s). I. Protoderme, meristema fundamental e procâmbio são tecidos meristemáticos apicais, responsáveis pelo crescimento dos vegetais em comprimento.

5 II. Os estômatos são anexos epidérmicos, formados por duas células guardas e um poro que controlam sua abertura e fechamento. Estão ligados diretamente com as trocas gasosas e a transpiração dos vegetais. III. Xilema e floema são formados por células vivas, responsáveis pela condução da seiva elaborada e bruta respectivamente. Os tecidos condutores são encontrados nas briófitas, gimnospermas e angiospermas. IV. Os tricomas (pêlos) glandulares são apêndices epidérmicos que podem atuar na defesa da planta contra a ação dos animais herbívoros (herbivoria). V. As plantas terrestres sobrevivem porque são capazes de tolerar a dessecação. Um dos fatores que favorece esta característica é a presença da cutícula sobre a epiderme. Química 8. Analise as considerações sobre as misturas a seguir, que se referem aos métodos mecânicos e físicos de análise imediata: I) Óleo e água podem ser separados por separação magnética. II) Água e sal podem ser separados por destilação simples. III) Poeira e ar atmosférico podem ser separados por filtração. IV) Álcool e gasolina podem ser separados por levigação. Quantos dos itens analisados são verdadeiros? a) Quatro. c) Um. e) Três. b) Nenhum. d) Dois. Estão corretas a) apenas a afirmativa I, III e V. b) apenas as afirmativas II, III, IV e V. c) apenas as afirmativas I, II, III e IV. d) apenas as afirmativas I, II, IV e V. e) todas as afirmativas. 4. No interior dos lisossomos existe uma série de mais ou menos quarenta enzimas hidrolíticas. Assinale a alternativa falsa sobre lisossomos. a) No interior dos lisossomos o ph é 8. b) Apresentam proteases. c) Apresentam lípases. d) Apresentam glicosidases. e) Apresentam fosfolipases. 5. (Udesc-SC) Os principais componentes químicos da membrana celular são: a) ácidos graxos. d) lipídios e proteínas. b) açúcar e proteína. e) ácidos nucléicos. c) lipídios e carboidratos. 6. Marque V ou F, conforme as afirmações sejam verdadeiras ou falsas. ( ) Os fosfolipídios são encontrados nas membranas plasmáticas de todas as células. ( ) Glicogênio é polissacarídeo de reserva animal e amido de reserva vegetal. ( ) O HDL é conhecido como colesterol bom e o LDL como colesterol ruim. ( ) O processo ativo que permite a manutenção da concentração diferencial de íons é chamado bomba de cálcio e potássio. A seqüência correta, de cima para baixo, é: a) V V V F d) F V V F b) V F F V e) F F F V c) F F V F 7. (UFPR) Culturas de células hepáticas humanas, mantidas sob condições adequadas à sua sobrevivência, foram submetidas a diferentes situações experimentais, apresentadas na coluna I. Para cada uma, um resultado foi encontrado, os quais estão listados na coluna II. Numere a segunda coluna de acordo com a primeira. Coluna I 1. Elevação de temperatura (de 36 C para 0 C).. Aumento da concentração de sais no meio de cultivo. 3. Remoção de glicose do meio de cultivo. 4. Adição de detergente ao meio de cultivo. 5. Remoção do oxigênio. Coluna II ( ) Células morrem por falta de importante fonte de energia. ( ) Células morrem por desnaturação das proteínas. ( ) Células morrem por anoxia. ( ) Células morrem por rompimento da membrana plasmática. ( ) Células diminuem de tamanho por perda de água. a) 5; 4; ; 3; 1 c) 3; 4; ; 5; 1 e) 4; 1; ; 5; 3 b) 4; 1; 5; ; 3 d) 3; 1; 5; 4; 9. O número de oxidação de um elemento químico relaciona-se com sua carga adquirida ao receber ou doar elétrons. Trata-se de uma importante ferramenta que nos auxilia na formulação dos compostos químicos e também nos orienta nas análises de reações químicas. Em qual dos compostos apresentados nas alternativas que seguem, o elemento enxofre apresenta o maior estado de oxidação? a) H S O 3 b) SO c) S 8 d) H SO 3 e) H SO Considere as seguintes afirmativas sobre os modelos atômicos: I. O modelo atômico de Rutherford é também conhecido como modelo planetário do átomo. II. Na experiência com a lâmina de ouro, Rutherford concluiu que o átomo possuía um núcleo pequeno e positivo porque a maior parte das partículas α atravessava a lâmina de ouro sem sofrer desvios. III. De acordo com Bohr, um elétron ao absorver energia, pode saltar da órbita M para a órbita L. IV. Para Rutherford a matéria é descontínua com o átomo apresentando um núcleo pequeno, pesado e positivo e uma eletrosfera, onde giram os elétrons, cerca de 10 4 a 10 5 vezes maior que o núcleo. V. O modelo atômico de J. Dalton associava o movimento circular aos elétrons ao redor do núcleo, onde ficavam os prótons. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmações I e IV e V são verdadeiras. b) Somente as afirmações I e IV são verdadeiras. c) Somente as afirmações II e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmações II, IV e V são verdadeiras. e) Somente as afirmações III e V são verdadeiras. 31. A falta de iodo na alimentação pode levar ao desenvolvimento de uma doença denominada bócio. Para combater esta doença, costumase aconselhar na alimentação o emprego do sal iodado. Sabendo que o número atômico do iodo é 53 e, considerando o primeiro elétron a ocupar um orbital como sendo de spin -1/, são feitas as afirmações: I. Os números quânticos para o elétron diferencial do iodo, no estado fundamental são: n = 5, l = 1, ml = 0 e ms = +1/ II. O elemento iodo é um halogênio do quinto período da tabela periódica que não é encontrado livre na natureza e que, quando na forma de substância simples (I ) pode sofrer sublimação. III. O iodo apresenta 6 elétrons na camada de valência. IV. O raio atômico do iodo é menor que o do cloro (z = 17). V. As camadas eletrônicas do iodo, no estado fundamental, apresentam, respectivamente,, 8, 18, 18 e 7 elétrons. Assinale a alternativa correta: a) Somente as afirmações I e IV e V são verdadeiras. b) Somente as afirmações I, II e IV são verdadeiras. c) Somente as afirmações II e IV e V são verdadeiras. d) Somente as afirmações III, IV e V são verdadeiras. e) Somente as afirmações I, II e V são verdadeiras. 3. Dados 3 átomos genéricos ( 50 X 110, Y e Z ) de números atômicos consecutivos na ordem dada. Sabendo que X é isóbaro de Y e que Y é isótono de Z, pode-se dizer que o número de nêutrons de Y e o de massa de Z são, respectivamente: a) 110 e 111. c) 111 e 59. e) 5 e 53. b) 51 e 59. d) 59 e

6 33. Preocupações com melhoria da qualidade de vida levaram a propor a substituição do uso do PVC pelo tereftalato de polietileno ou PET, menos poluente na combustão. Esse polímero está relacionado com os compostos: O O HO C C OH H C = CH H 3 C O H 3 C CH OH C O OH I. ácido tereflático II. etileno É correto afirmar que I e II têm, respectivamente, cadeia carbônica: a) saturada e insaturada. d) acíclica e homogênea. b) alicíclica e acíclica. e) aromática e insaturada. c) heterocíclica e aberta. 34. (UFPR) Considera-se que quatorze elementos químicos metálicos são essenciais para o correto funcionamento do organismo, portanto indispensáveis para manter a saúde. Os referidos elementos estão listados na tabela a seguir: Metal Símbolo Número Atômico Sódio Na 11 Magnésio Mg 1 Potássio K 19 Cálcio Ca 0 Vanádio V 3 Crômio Cr 4 Manganês Mn 5 Ferro Fe 6 Cobalto Co 7 Níquel Ni 8 Cobre Cu 9 Zinco Zn 30 Molibdênio Mo 4 Estanho Sn 50 Com base na distribuição eletrônica dos átomos desses metais no estado fundamental, assinale a alternativa correta. a) Todos os elementos citados possuem subníveis preenchidos parcialmente. b) K, Ca, V, Cr, Mn, Fe, Co e Ni são elementos que apresentam o elétron mais energético em orbitais d e são, por isso, conhecidos como metais de transição. c) Mg e Ca pertencem ao mesmo grupo ou família da tabela periódica. d) A camada de valência de K possui configuração 3s 3p 6 3d 1. e) Mo e Sn possuem elétrons em subnível f. 35. Sobre o composto, cuja fórmula estrutural é dada a seguir, fazemse as afirmações: I. É um alceno. II. Possui três ramificações diferentes entre si, ligadas à cadeia principal. III. Apesar de ter fórmula molecular C 11 H, não é um hidrocarboneto. IV. Possui no total quatro carbonos terciários. CH 3 O Com base na fórmula estrutural apresentada anteriormente, qual o número de átomos de carbono terciários que ocorrem em cada molécula da prednisona? a) 7 b) 6 c) 5 d) 4 e) 3 História 37. Na Antigüidade clássica, a Grécia não existia enquanto entidade política. Antes, configurava uma comunidade lingüística (onde se falava o grego, com variantes e dialetos) que compartilhava santuários e crenças, costumes e hábitos, formando uma civilização. Em termos geográficos, porém, era dividida em um grande número de cidades, de tamanho e importância variados, independentes umas das outras e freqüentemente rivais. A propósito das características dessas cidades, considere as seguintes afirmações. I. Cada cidade, por constituir um verdadeiro pequeno Estado, possuía um regime político que lhe era próprio e instituições que variavam consideravelmente de uma localidade para outra. II. Atenas foi, sobretudo na época clássica, a mais destacada das cidades. Seu modelo democrático baseava-se no princípio de isonomia, isto é, de igualdade de direitos extensiva ao conjunto de seus cidadãos. III. Em nome da excelência militar e da ação bélica contínua, o regime monárquico espartano concedia a todos os seus habitantes o estatuto de cidadão, pelo qual os grupos sociais exerciam em igualdade de condições os direitos e deveres nos assuntos da cidade. Quais estão corretas? a) I, II e III c) Apenas II. e) Apenas I e II. b) Apenas I. d) Apenas III. 38. Foi uma forma de governo estranha a Atenas e a Esparta, as duas principais polis ou cidades-estados da civilização grega: a) Oligarquia. d) Teocracia. b) Monarquia-diarquia. e) Democracia. c) Tirania. 39. Observe a imagem: H 3 C CH CH C CH 6 São corretas: CH CH CH 3 CH 3 CH 3 a) I, II, III e IV. d) III e IV, somente. b) I e IV, somente. e) II e IV, somente. c) II e III, somente. 36. A PREDNISONA é um glicocorticóide sintético de potente ação anti-reumática, antinflamatória e antialérgica, cujo uso, como de qualquer outro derivado da cortisona, requer uma série de precauções em função dos efeitos colaterais que pode causar. Os pacientes submetidos a esse tratamento devem ser periodicamente monitorados, e a relação entre o benefício e reações adversas deve ser um fator preponderante na sua indicação. Osíris. Disponível em: <www.akenatonjh.com.br>. Acessado em: 1 set A pintura egípcia pode ser caracterizada como uma arte que a) elegeu os valores eternos, presentes nos monumentos funerários, como objeto de representação. b) definiu os valores passageiros e transitórios como forma de representação privilegiada.

7 c) concebeu as imagens como modelo de conduta, utilizando-as em rituais profanos. d) adornou os palácios como forma de representação pública do poder político. e) valorizou a originalidade na criação artística como possibilidade de experimentação de novos estilos. 40. O Império Babilônico dominou diferentes povos como os sumérios, os acádios e os assírios. Para governar povos tão diferentes, o rei Hamurábi organizou o primeiro código de leis escritas, o Código de Hamurábi. - Se um homem acusou outro de assassinato mas não puder comprovar, então o acusador será morto. - Se um homem ajudou a apagar o incêndio da casa de outro e aproveitou para pegar um objeto do dono da casa, este homem será lançado ao fogo. - Se um homem cegou o olho de outro homem, o seu próprio será cegado. Mas se foi olho de um escravo, pagará metade do valor desse escravo. - Se um escravo bateu na face de um homem livre, cortarão a sua orelha. - Se um médico tratou com faca de metal a ferida grave de um homem e lhe causou a morte ou lhe inutilizou o olho, as suas mãos serão cortadas. Se a vítima for um escravo, o médico dará um escravo por escravo. - Se uma mulher tomou aversão a seu marido e não quiser mais dormir com ele, seu caso será examinado em seu distrito. Se ela se guarda e não tem falta e o seu marido sai com outras mulheres e despreza sua esposa, ela tomará seu dote de volta e irá para a casa do seu pai. 41. Assinale a alternativa correta: a) O Código considerava a mulher propriedade do homem e sem direitos. b) As leis aplicavam-se somente aos homens livres e que possuíssem propriedades. c) Estabeleceu o princípio que todos eram iguais perante a lei e por isso um escravo teria os mesmos direitos que um homem livre. d) O Código de Hamurábi representava os ideais democráticos do Império Babilônico. e) O código tinha como princípio a pena de talião resumida na expressão olho por olho, dente por dente. Cerca de 4 milhões de anos a.c. Surgimento dos primeiros humanídeos a.c. Desenvolvimento da agricultura Legenda I.A. - Idade Antiga I.Me. - Idade Média I.M. - Idade Moderna I.C. - Idade Contemporânea Cerca de 10 mil anos a.c. Uso dos metais PRÉ-HISTÓRIA Cerca de 6 mil anos a.c. Cerca de 4 mil anos a.c. ANO I.A. I. Me. I. M. I. C. Invensão da escrita HISTÓRIA d.c. Nascimento de Cristo Queda do Império Romano do Ocidente Revolução Francesa Tomada de Constantinopla Com base neste texto, podemos afirmar que o autor: a) Confere ao sentido da colonização uma relativa autonomia em relação ao mercado internacional. b) Indica que as estruturas econômicas não condicionam a vontade soberana do homens. c) Demonstra a autonomia existente entre as esferas social e econômica. d) Propõe uma interpretação econômica sobre a colonização do Brasil, acentuando seu sentido mercantil. e) Dá ao Brasil uma especificidade dentro do contexto de colonização dos trópicos. 43. Durante o período pré-colonial ( ), a exploração do paubrasil se deu através do sistema de escambo, isso significa que: a) a extração de pau-brasil era feita pelos indígenas que trabalhavam em troca de algumas mercadorias vindas da Europa. b) todo o pau-brasil era monopólio da coroa portuguesa que concedia à alguns cristãos novos o direito de extração da madeira; c) a extração de pau-brasil se deu através da escravização de índios; d) todo o pau-brasil era monopólio da coroa, que arrendava lotes para a extração da mercadoria; e) a extração era feita por representantes da coroa francesa, que havia arrendado o direito de exploração da madeira; 44. O ser senhor de engenho é um título a que muitos aspiram; traz consigo o ser servido, obedecido e respeitado de muitos. (Antonil, Cultura e opulência do Brasil.) O texto de Antonil retrata a sociedade açucareira brasileira, cujas características eram: a) cultura e ideologias próprias, sem vínculos com a metrópole. b) a estrutura social rígida e a autoridade quase sem limites do grande proprietário, estendendo-se aos familiares, dependentes e escravos; c) a notável mobilidade social e as grandes possibilidades de ascensão para trabalhadores livres, mestiços e escravos; d) o predomínio da vida urbana e a ausência de relações patriarcais; e) senhor de engenho e trabalhador assalariado nas posições sociais chaves; 45. (Unifesp 007)... todos os gêneros produzidos junto ao mar podiam conduzir-se para a Europa facilmente e os do sertão, pelo contrário, nunca chegariam a portos onde os embarcassem, ou, se chegassem, seria com despesas tais que aos lavradores não faria conta largá-los pelo preço por que se vendessem os da Marinha. Estes foram os motivos de antepor a povoação da costa à do sertão. (Frei Gaspar da Madre de Deus, em 1797.) O texto mostra a) o estranhamento do autor sobre o que se passava na região das Minas. b) o desconhecimento dos colonos das desvantagens de se ocupar o interior. c) o caráter litorâneo da colonização portuguesa da América. d) o que àquela altura ainda poucos sabiam sobre as desvantagens do sertão. e) o contraste entre o povoamento do nordeste e o do sudeste. Analisando a linha do tempo, no período que vai do surgimento do homem até o desenvolvimento da agricultura, encontra-se a fase a) Paleolítica. d) dos Metais. b) Neolítica. e) da Antigüidade. c) da invenção da escrita. 4. No seu conjunto, e vista no plano mundial e internacional, a colonização dos trópicos toma o aspecto de uma vasta empresa comercial,... destinada a explorar os recursos naturais de um território virgem em proveito do comércio europeu. É este o verdadeiro sentido da colonização tropical, de que o Brasil é uma das resultantes; e ele explicará os elementos fundamentais, tanto no social como no econômico, da formação e evolução dos trópicos americanos. (Caio Prado Junior, História Econômica do Brasil) Física 46. (UNIFESP) A função da velocidade em relação ao tempo de um ponto material em trajetória retilínea, no SI, é v = 5,0,0. t. Por meio dela pode-se afirmar que, no instante t = 4,0 s, a velocidade desse ponto material tem módulo: a) 13 m/s e sentido oposto ao da velocidade inicial. b) 13 m/s e o mesmo sentido da velocidade inicial. c) 3,0 m/s e o mesmo sentido da velocidade inicial. d) zero, pois o ponto material já parou e não se movimenta mais. e) 3,0 m/s e sentido oposto ao da velocidade inicial. 7

8 47. (UNIRIO) O gráfico a seguir mostra o comportamento de um motorista, testando seu carro novo. 35 v (m/s) 0 10 t(s) Ele parte do repouso de um sinal, imprimindo ao carro uma aceleração constante sem saber que a 00 m à sua frente existe um pardal que multa, fotografando carros com velocidades superiores a 54 km/h. Aos dez segundos, após a arrancada e com velocidade de 35 m/s, ele percebe a presença do pardal. Sobre a situação proposta, podemos afirmar que: a) para não ser multado, ele deve imprimir ao seu carro uma desaceleração de 3,5 m/s. b) quando ele percebe o pardal, ele já foi multado. c) quando ele percebe o pardal, ele se encontra a 0 m do mesmo. d) com essa velocidade, 35 m/s, ele pode passar que não será multado. e) para não ser multado, ele deve imprimir ao seu carro uma desaceleração de 0 m/s. 51. (UFPR) Alguns dos fenômenos mais interessantes que ocorrem com a luz são devido ao fenômeno da refração. Com relação à refração e aos meis onde ela ocorre, assinale a alternativa correta. a) Quando a luz passa de um meio para o outro, ela sofre mudança em sua frequência devido ao fenômeno da refração. b) A refração somente ocorre quando a luz passa de um meio menos refringente para outro mais refringente. c) A refração está relacionada com a mudança de velocidade que a luz sofre ao passar de um meio para outro diferente. d) Dizemos que um meio é mais refringente que outro quando seu indice de refração é menor que o do outro. e) A condição para que ocorra o fenômeno da refração interna total é que a luz deve dirigir-se do meio refringente para o meio mais refringente. 5. (Cesgranrio RJ) Considere um espelho esférico côncavo, de foco F e centro de curvatura C, como representado a seguir. 1 F C (UERJ) Em um jogo de voleibol, denomina-se tempo de vôo o intervalo de tempo durante o qual um atleta que salta para cortar uma bola está com ambos os pés fora do chão, como ilustra a fotografia. Objetos colocados nas regiões, 3 e 4 terão imagens formadas, respectivamente, nas regiões: a) 1, 8 e 7 b) 8, 6 e 7 c) 7, 6 e 5 d) 5, 8 e 7 e) 5, 7 e 6 8 Considere um atleta que consegue elevar o seu centro de gravidade a 0,45 m do chão e a aceleração da gravidade igual a 10 m/s. O tempo de vôo desse atleta, em segundos, corresponde aproximadamente a: a) 1, b) 0,1 c) 0,3 d) 0,6 e) 0,9 49. (UTFPR) Para a medição da velocidade de um automóvel é necessário o uso do odômetro (equipamento que mede a distância percorrida). Considerando que o pneu de um carro possui o diâmetro de 50 cm e executa 540 rotações a cada minuto, podemos afirmar que a velocidade do carro será de aproximadamente: a) 90 km/h. b) 50 km/h. c) 60 km/h. d) 70 km /h. e) 80 km/h. 50. (UFG - GO) Um feixe luminoso, partindo de fonte puntiforme, incide sobre um disco de 10 cm de diâmetro. Sabendo-se que a distância da fonte ao disco é 1/3 (um terço) da distância deste ao anteparo e que os planos da fonte, do disco e do anteparo são paralelos, pode-se afirmar que o raio da sombra projetada sobre o anteparo é de: a) 15 cm b) 0 cm c) 5 cm d) 30 cm e) 40 cm 53. (UEPB) Numa aula de Física, um aluno é convocado para explicar fisicamente o que acontece quando um pedaço de ferro quente é colocado dentro de um recipiente contendo água fria. Ele declara: O ferro é quente porque contém muito calor. A água é mais fria que o ferro porque contém menos calor que ele. Quando os dois ficam juntos, parte do calor contido no ferro passa para a água, até que eles fiquem com o mesmo nível de calor... e, é aí que eles ficam em equilíbrio. Tendo como referência as declarações do aluno e considerando os conceitos cientificamente corretos, analise as seguintes proposições: I. Segundo o conceito atual de calor, a expressão: O ferro é quente porque contém muito calor, está errada. II. Em vez de declarar:... parte do calor contido no ferro passa para a água, o aluno deveria dizer que existe uma transferência de temperatura entre eles. III.... até que eles fiquem com o mesmo nível de calor... e, é aí que eles ficam em equilíbrio é correto, pois quando dois corpos atingem o equilíbrio térmico seus calores específicos se igualam. Assinale a alternativa correta: a) Apenas as proporsições I e III são verdadeiras. b) Todas as proposições são verdadeiras. c) Apenas a proposição I é verdadeira. d) Apenas a proposição II é verdadeira. e) Apenas a proposição III é verdadeira. 54. Uma torre de aço, usada para transmissão de televisão, tem altura de 50 m quando a temperatura ambiente é de 0ºC. Considere que o aço dilata-se, linearmente, em média, na proporção de 1/100000, para cada variação de 1ºC. De dia, supondo que a temperatura suba para 40ºC, a variação de comprimento da torre, em centímetros, será de: a) 3,0 b) 1,0 c) 1,5 d),0 e),5

9 Interpretação de texto O texto a seguir é referência para as questões 55 e 56 Lixeira inteligente entra em contato com centros de reciclagem Imagine: você decide que não quer mais seu celular velho e joga ele no lixo. Então a sua lixeira lê o código do produto e decide se ele deve seguir para a reciclagem ou para um site de vendas de produtos usados, como o Mercado Livre. Pelo simples ato de jogar algo no lixo você estaria ganhando dinheiro. Essa é a ideia por traz do projeto de Valerie Thomas, professora de engenharia industrial e políticas públicas da Universidade Georgia Tech, nos Estados Unidos, o Smarth Trash. Neste sistema os produtos são identificados por meio de um código ou por radiofrequência. A lixeira tem um scanner, que lê a etiqueta do eletrônico e disponibiliza online suas informações específicas (como o número de série, o nome do fabricante, etc) para uma empresa de reciclagem, uma de processamento de componentes tóxicos ou até mesmo diretamente para um site de leilões, como o Ebay Segundo o texto da Revista Galileu: Revista Galileu 13/03/010 a) Os produtos são identificados por meio de um código e o scanner fica nas empresas de reciclagem. b) Todas as lixeiras do mundo serão inteligentes para reciclar os produtos c) Existe um compromisso mundial com a manutenção do meio ambiente d) O Smart Trash será capaz de identificar se o produto jogado no lixo deve ou não ir para a reciclagem. e) O público em geral não ganha dinheiro com a reciclagem, quem leva vantagem é o meio ambiente 56. Tendo em vista o texto, considere as afirmativas abaixo: 1. Os sites de leilões receberão informações processadas online diretamente das lixeiras.. Pelo simples fato de jogar algo no lixo você deverá ganhar dinheiro. 3. A decisão de enviar um produto para reciclagem vai depender de uma empresa gestora. 4. Os componentes tóxicos não poderão ser avaliados pela lixeira. Assinale a alternativa correta: a) Todas são verdadeiras b) Somente e 4 são verdadeiras c) Somente 3 e 4 são verdadeiras d) Somente 1 e 3 são verdadeiras e) Somente 1 e são verdadeiras O texto a seguir é referência para as questões 57 e 58 Japoneses utilizam ringtones para curar doenças Já pensou em curar insônia, melhorar a pele e até mesmo fazer os seios crescerem ouvindo apenas o toque do seu celular? Parece piada, mas o laboratório japonês Japan Ringing Tone desenvolveu uma série de melodias para celular que prometem curar doenças e alterar o estado de humor das pessoas. Segundo a empresa, as melodias foram desenvolvidas em parceria com médicos e interferem no estado mental e físico dos pacientes por meio de variações nas frequências sonoras. Durante 15 anos, o responsável pela ideia, Dr. Hideto Tomabechi, desenvolveu um ringtone que continha sons subliminares de choro de bebê. De acordo com ele, as mulheres que recebiam em média 40 ligações por dia, respondiam emocional e fisicamente ao estímulo, tendo o tamanho dos seios aumentados. O próximo projeto do médico é uma melodia que fará as pessoas se apaixonarem à primeira vista. Revista Superinteressante 15/03/ Segundo o texto: 1. O toque do celular cura doenças, melhora a pele e até mesmo faz os seios crescerem.. Quando as mulheres recebem em média 40 ligações por dia nos celulares, elas conseguem ter o tamanho dos seios aumentados. 3. O laboratório japonês Japan Ringing desenvolveu uma série de melodias para celular que prometem curar certos tipos de doenças e alterar o humor das pessoas. 4. As melodias criadas pelos japoneses para os celulares não contam com aval médico. Assinale a alternativa correta: a) Somente a alternativa é verdadeira b) Somente a firmação 4 é verdadeira c) Todas as afirmativas são falsas d) Somente a alternativa 3 é verdadeira e) Todas as afirmativas são verdadeiras 58. O último parágrafo do texto faz crer que: a) Os homens não são capazes de se apaixonar à primeira vista. b) A tecnologia possui limites. c) Já existe um código que decifra a paixão humana. d) As invenções do médico japonês são apenas piadas. e) A paixão humana será o alvo das próximas invenções do médico japonês Tome o texto abaixo como apoio para as questões 59 e 60: Os climas x os fatos Como ainda não alcançamos a paz espiritual completa, continuamos a gastar nosso tempo com perguntas no estilo: Será que ele está a fim de mim?. Até aí, normal. Acontece que um amigo nosso levantou uma bola. Segundo ele, o que vale na hora da dúvida da pretendência são os fatos. Clima não conta nada. Uma coisa bem masculina. Tipo assim: *Um beijo é um fato. Mas se os olhos dele brilharem durante o beijo, é um clima. *Ele se declarar dizendo eu estou a fim de você é um fato. Ele se declarar por meio de metáforas, um clima (porque a gente pode ter entendido a frase da maneira errada). *Sexo é um fato. Andar de mão dada, um clima. O clima não deve ser levado em conta, segundo o amigo, porque ele pode ter sido criado pela nossa imaginação. Só que há um detalhe. Alguém ama ou se apaixona sem a imaginação? Achamos que não! E que essa coisa de fatos só é importante quando estamos apurando uma reportagem (porque somos jornalistas). Ou quando é um fato histórico (a morte do papa). Na hora do amor, ainda preferimos o clima. Que para nós significa mais que um fato. 59. De acordo com o texto: (JÔ HALLACK; NINA LEMOS; RAQ AFFONSO 0 NEURÔNIO Folhatenn Folha de S. Paulo 11/05/05) a) Clima e fato são, num plano final, elementos que se igualam na relação amorosa. b) Fato e clima são elementos diferentes embora ambos nasçam da imaginação dos envolvidos. c) O fato é essencial na relação amorosa, uma vez que sua origem é determinante para o amor, o que não ocorre com o clima. d) A constatação geral é a de que o clima nunca deve ser levando em conta. e) O clima é fundamental, já que não pode haver amor sem imaginação. 60. Pode-se deduzir da expressão: Um beijo é um fato. Mas se os olhos dele brilharem durante o beijo, é um clima. a) O brilho nos olhos torna-se um fato. b) O beijo e o brilho dos olhos são elementos acidentais. c) O beijo é um acontecimento real, o brilho dos olhos é uma possibilidade de concretização da imaginação. d) O beijo é um caminho para o clima. e) O brilho nos olhos é um ato de constatação de verdade inquestionável 9

10 Com tantos livros profundos, sábios e poéticos, com tantos filmes brilhantes e emocionantes, com tantos programas fascinantes na televisão, com tanta melodia encantadora enchendo o ar, por que você ainda se ocupa e se preocupa com essa mediocridade cotidiana que é a vida real? Millôr Fernandez número 81 maio de Assinale a alternativa correta em relação ao texto de Millôr: a) O autor exalta o valor da vida real registrada nas músicas e nos livros profundos. b) O autor declara-se fã incondicional dos programas de televisão, principalmente dos filmes e das novelas. c) O autor faz uma ironia ao dar mais ênfase à fantasia presente nos livros, nos filmes, nos programas de televisão, nas músicas com a realidade cotidiana da vida. d) O autor demonstra um profundo desencanto com a má qualidade dos livros e dos filmes atuais. e) O autor demonstra uma grande preocupação com a qualidade dos programas de televisão. CPM - 1 Minuto para o Fim do Mundo Me sinto só, mas quem é que nunca se sentiu assim Procurando um caminho pra seguir uma direção Respostas... Um minuto para o fim do mundo Toda sua vida em 60 segundos Uma volta no ponteiro do relógio Pra viver... Wally e Rodrigo Koala O tempo corre contra mim,sempre foi assim,e sempre vai ser Vivendo apenas pra vencer a falta que me faz você De olhos fechados,eu tento esconder a dor agora Por favor entenda eu preciso ir embora por que Quando estou com você, sinto meu mundo acabar perco chão sob meus pés, me falta o ar pra respirar E só de pensar em te perder por um segundo Eu sei que isso é o fim do mundo Volto o relógio para trás,tentando adiar o fim Tentando esconder o medo de te perder quando me sinto assim De olhos fechados eu tento enganar meu coração Fugir para outro lugar,em uma outra direção por que Quando estou com você, sinto meu mundo acabar Perco o chão sob meus pés, me falta o ar pra respirar E só de pensar em te perder por um segundo Eu sei que isso é o fim do mundo Eu sei que isso é o fim do mundo Eu sei que isso é o fim O fim do mundo apontado pelo texto pode ser explicado: a) Pela possibilidade de perda da pessoa amada. b) Pela ausência de amor que o poeta sente em relação à amada. c) Pelo último minuto de vida que o poeta tem para estar com a amada. d) Pela sensação de angústia que o poeta demonstra ao sentir-se abandonado pelos amigos. e) Pela falta de tempo para viver o grande amor. 63. Os versos: uma volta nos ponteiros do relógio pra viver e Volto o relógio para trás, tentando adiar o fim podem ser resumidos numa atitude de: a) Renúncia c) Compaixão e) Solidão b) Amor d) Desespero Laerte Tudo Folha de S.Paulo 64. Assinale a alternativa que melhor defina o sentido do humor produzido pela tira: a) O cartunista usa linguagem coloquial para referir-se ao escargot, denominando-o bichão. b) O cartunista gera uma ambigüidade entre criar, no sentido de procriar para fins lucrativos e criar no sentido de sustentar,alimentar. c) O cartunista gera uma ambigüidade entre o animal escargot e a expressão bicho. d) O cartunista exagera no tamanho do escargot, daí o humor alcançado. e) O cartunista gera um paradoxo ao referir-se a Baudelaire como leitura preferencial do bicho. Língua Portuguesa Texto 1 A trombada Márcio Américo Em minha cabeça, eu dividia a rua Ivaí em duas partes, a da rua Purus pra baixo, onde morava a escória, os pobres: eu, o Zé Luís, o Barriguinha, o Pilico, os meninos perebentos, sujos, maltrapilhos, que tinham suas cabeças raspadas (corte americano, como dizia meu pai), que levavam em suas bolsas escolares uma caixa de apenas seis lápis de cor, que calçavam sandálias Havaianas, Congas, quando muito um Kichute, que usavam calções que as próprias mães faziam com retalhos; algumas mães mais caprichosas costuravam nas laterais do calção pequenas tiras brancas que lembravam o design dos calções oficiais. Um luxo! Da rua Purus pra baixo moravam os meninos que serravam lanche no recreio, jogavam bolinha de gude a ganhis, andavam descalços e que apenas em ocasiões especiais usavam Kichute, o tênis que tinha o poder de nos catapultar a uma casta superior, virávamos os meninos de Kichute. Da Purus pra baixo morávamos nós, os meninos que aos domingos juntavam-se em frente à Fábrica de Doces Delícia, revirando os tambores de lixo à procura de brinquedos recusados pelo critério industrial: índios aleijados, mocinhos decapitados, carrinhos sem rodas, um Zorro com a capa detonada, soldados retorcidos: pra gente eles eram o máximo, talvez por serem a nossa cara. Da Purus pra cima moravam os riquinhos, os garotos limpos, os que usavam tênis caros, que recebiam presentes no Natal, que tinham uma Monareta, caixa de doze e até trinta e seis lápis de cor!!! Que comiam chocolate e tinham guardado em cima do guarda-roupas um forte apache com hominhos decentes. A Ivaí cruzava com a Purus a apenas três casas da minha. Todos os meses acontecia um acidente ali. Quando não acontecia, ficávamos decepcionados e éramos obrigados a ir até o depósito do Detran, que ficava no próprio bairro, e recordar dos grandes acidentes, contemplando maravilhosos carros reduzidos a nada. Mas legal mesmo era ver uma Kombi que estava lá bandonada e pela qual nutríamos um carinho especial, quase uma louvação. Foi um dos mais belos acidentes que ocorreram ali na Ivaí com a Purus. Eu estava sozinho em casa, à noite, quando ouvi um estrondo. Tratava-se de uma trombada. Corri para a rua e encontrei aquele povo concentrado em volta da tragédia, contempladores silenciosos da morte, amantes do sangue e das fraturas expostas. Uma Kombi descia desgovernada a rua Ivaí e, antes de chegar à rua Purus, o japonês kamikaze, motorista da Kombi, foi acabar-se sob um inofensivo caminhão carregado de tijolos que estava estacionado em frente à casa do Genarinho. Se a Kombi não saiu do outro lado da carreta, com certeza não foi por ineficiência do indômito motorista kamikaze, mas porque ela se prendeu ao eixo do caminhão e ali ficou vazando gasolina como se fosse sangue correndo do ferimento de

11 um animal pré-histórico. Nós, os meninos de Kichute, assistimos a tudo, ficamos ali até que chegasse o guincho e, sob nossos olhares enternecidos, retirasse a Kombi. Vimos a Kombi partir como quem vê ir embora um amigo leal, como quem vê Papai Noel partindo em seu trenó depois de nos deixar uma caixa de doze lápis de cor. Os garotos do lado de cima da rua Ivaí podiam até ignorar a molecada de baixo, podiam rir de nosso figurino pobre, podiam até possuir forte apache, caixa de trinta e seis lápis de cor, autorama e algumas bugigangas tecnológicas que só serviam para desviar o olhar do tédio, mas nós não, nós tínhamos diversão de verdade, pura, quente e real. Aquele motorista kamikaze morou em nossas memórias, em nossas brincadeiras. Quando brincávamos de carro, que estávamos dirigindo, todo mundo queria ser o japonês kamikaze. Durante um tempo, aquele japonês me perseguiu nos sonhos, pelas ruas a caminho de casa, na morbidez escura do quintal vazio. Ouvia seus passos, sua respiração, sua voz. Chegou a me pedir pra ver meu álbum Brasil Pátria Amada. Nunca deixei. Adaptação de trecho do livro Meninos de Kichute, de Márcio Américo. Londrina: Leia, (UEM-PR adaptada) Com base no texto 1, classifique a afirmativas em verdadeiras (V) ou falsas (F). ( ) A caixa com doze lápis de cor era um sonho de consumo dos meninos pobres. ( ) No trecho... os riquinhos, os garotos limpos, os que usavam tênis caros, que recebiam presentes no Natal... (linhas 0- ), pode-se afirmar que o narrador tem inveja dos meninos ricos. ( ) O figurino pobre (linha 50), mencionado pelo narrador, remete às sandálias Havaianas, Congas e calções que as próprias mães faziam. ( ) Em mocinhos (linha 18), carrinhos (linha 18), riquinhos (linha 0) e hominhos (linha 4), o sufixo -inho indica tamanho pequeno. ( ) Para o narrador, embora os meninos de Kichute não tivessem brinquedos caros, eles tinham uma vida mais prazerosa do que a dos meninos ricos. Está correto o que se afirmou em: a) F V F V F b) V V F V V c) V F V V V d) F F V V F e) F F V F V 66. (UEM adaptada) Assinale o que for correto em relação ao uso dos adjetivos no texto 1. I. Em meninos perebentos, sujos (linhas 3), mocinhos decapitados (linha 18), capa detonada (linhas 19), soldados retorcidos (linha 19), índios aleijados (linha 17), figurino pobre (linha 50), os adjetivos em negrito têm a função de qualificar negativamente os nomes que modificam. II. Em garotos limpos (linha 1), tênis caros (linha 1), hominhos decentes (linha 4), casta superior (linha 14), os adjetivos em negrito atribuem qualificação neutra aos nomes que modificam. III. Em fraturas expostas (linha 36), animal pré-histórico (linha 44), os adjetivos em negrito indicam uma classificação subjetiva dos substantivos que acompanham. IV. Nas expressões japonês kamikaze (linhas 38) e motorista japonês, o que determina se o vocábulo japonês funcionará como substantivo ou como adjetivo é sua posição no interior da construção. V. Em grandes acidentes (linha 8-9), o adjetivo grande anteposto ao substantivo demonstra a emoção que os acidentes suscitavam no narrador. Está correto o que se afirma em: a) I, II e V apenas. d) I, II, III, IV e V. b) I e II apenas. e) I, IV, e V apenas. c) III, IV e V apenas. 67. Com relação às novas normas ortográficas acentuação e emprego de hifens pode-se afirmar com segurança: a) Palavras como LÁPIS e TÊNIS contionuam a receber os sinais de acentuação pela mesma razão: são oxítonas terminadas em S. b) O texto não sofreria qualquer alteração, pois os termos marcados por um sinal diacrítico (de acentuação), bem como o emprego do hífen em pré-histórico eram escritos como estão no texto e continuam a sê-lo. c) O nome próprio Purus passa a receber acento por se tratar de uma palavra oxítona terminada em U, seguida ou não de S. d) O vocábulo INEFICIÊNCIA perde o acento circunflexo, uma vez que não mais se acentuam as palavras paroxítonas terminadas em ditongo crescente. e) O termo composto PRÉ-HISTÓRICO passa a ser escrito sem o hífen e o H, ficando assim grafado: preistórico. 68. Considerando-se o processo de formação das palavras, assinale a única afirmativa correta em relação aos termos em destaque retirados do texto base. a) Os termos Congas e Kichutes são um exemplo claro de derivação imprópria, pois a marca, ou modelo, passou a representar um tipo de calçado. b) O termo catapultar, com o sentido de arremessar, é formado por derivação parassintética. c) Decapitados, em mocinhos decapitados é um termo formado por aglutinação. d) O termo Detran é formado pelo processo de onomatopéia. e) O substantivo abstrato ineficiência é formado por justaposição. 69. Leia a letra da seguinte canção: Texto I Você não me ensinou a te esquecer Texto II Não vejo mais você faz tanto tempo Que vontade que eu sinto De olhar em seus olhos, ganhar seus abraços É verdade, eu não minto E nesse desespero em que me vejo Já cheguei a tal ponto De me trocar diversas vezes por você Só pra ver se te encontro Você bem que podia perdoar E só mais uma vez me aceitar Prometo, agora vou fazer por onde Nunca mais perdê-la Agora, que faço eu da vida sem você? Você não me ensinou a te esquecer Você só me ensinou a te querer E te querendo eu vou tentando te encontrar (...) A dona que eu sirvo e que muito adoro mostrai-ma, ai Deus! pois que vos imploro, senão, dai-me a morte. Essa que é a luz destes olhos meus por quem sempre choram, mostrai-ma, ai Deus! senão, dai-me a morte. Essa que entre todas, fizestes formosa, mostrai-ma, ai Deus! onde vê-la eu possa, senão, dai-me a morte. A que me fizestes mais que tudo amar, mostrai-ma onde possa com ela falar, senão, dai-me a morte. (José Wilson/Fernando Mendes/Lucas) (Bernardo de Bonaval) 11

12 Trata-se de duas canções de amor, a primeira, atual, interpretada por Caetano Veloso, a segunda, datada do final do século XII. Sabendo disso, assinale a alternativa correta. a) O trecho e nesse desespero em que me vejo (primeira canção) exemplifica a vassalagem amorosa. b) Nenhuma relação pode ser estabelecida entre as duas canções, visto que a primeira não retoma nenhuma característica da segunda. c) O segundo texto é uma cantiga de amigo, já que o eu-lírico é masculino e há vassalagem e coita. d) O segundo texto é uma cantiga de amor, já que há eu-lírico masculino e vassalagem amorosa ( Dona ) e) O primeiro texto lembra uma cantiga de amigo, já que apresenta a coita por meio do ponto de vista masculino. Texto para as questões 70 e 71. Leia o trecho do poema de Ruth do Carmo, extraído do livro Sobre Vida. Tio Meu tio está velho e não entende o que se fala (ouve menos) mas está aqui, ali, sentadinho, sem camisa, magro, os pelos do peito esbranquiçados. O meu velho tio olha ao redor, às vezes trocamos ideias (tentamos). 70. É correto afirmar que o eu lírico: a) sente que o tio tem pouco interesse pelas pessoas, o que se comprova com os versos e não entende / o que se fala. b) apresenta o tio como um peso à rotina familiar, o que se pode comprovar com os versos Meu tio está velho / e não entende o que se fala / (ouve menos). c) se reporta à fragilidade do tio e demonstra afeição por ele, o que se comprova com os versos mas está aqui, / ali, sentadinho. d) se distanciou deliberadamente do tio, o que se comprova com os versos às vezes trocamos ideias / (tentamos). e) tem o tio como uma pessoa atenciosa e cautelosa, o que pode ser comprovado com o verso O meu velho tio olha ao redor. Inglês Leia o texto a seguir e responda às questões de 73 a 76. Britain worst in Europe for electrical recycling Britain has picked up the wooden spoon in a recent survey looking into the electrical recycling habits of Europeans. According to the results of the new research, we are apparently the worst in Europe when it comes to recycling WEEE (Waste Electrical and Electronic Equipment). WEEE comprises such devices as mobile phones, PCs, laptops and games consoles, and the research carried out by Dell suggests that we are falling way behind the rest of the continent when it comes to recycling these products. The survey questioned 5,000 people across Europe regarding their recycling habits when it comes to old electronic products, and found that in Britain only half of consumers take appropriate recycling steps, compared to an impressive 80% of Germans. Indeed, Germany, Spain, France and Italy all out-perform us when it comes to having a greater awareness of recycling initiatives, which is the root of the problem. Greater awareness leads to a greater level of recycling, so we still have a long way to go. Within the UK, it was the Welsh who performed the worst, with 19% of people admitting that they had never recycled any of their technology products. This was followed closely by people living in the north of England. There was also confusion between standard recycling and the recycling of electronic products. In the north east of England, almost three quarters of people claim to do what they can to recycle, but less than 1% recycle their electronic products. There is also little knowledge across the country of exactly what the WEEE initiative is, which all paints a rather depressing picture of recycling in the UK. (Disponível em: <http://tiny.cc/recyclingguide> Acesso em: 18 nov. 009) 73. É correto afirmar que o autor do texto se considera a) italiano. b) alemão. c) britânico. d) espanhol. e) francês. 74. Com base no texto, é correto afirmar que fatores associados à pouca reciclagem estão ligados: I. Ao pouco discernimento sobre as diferentes formas de reciclagem. II. Ao conhecimento limitado sobre reciclagem de produtos eletroeletrônicos. III. À falta de consciência sobre procedimentos de reciclagem. IV. Ao pouco espaço para armazenar produtos para reciclagem Sobre o texto acima, podemos afirmar que: a) O texto pertence ao gênero lírico, dado que apresenta o tio como um herói para o eu-lírico. b) É um poema, mas não há poesia, visto que não há rimas (versos livres). c) Os versos são redondilhas menores (5 sílabas poéticas), a chamada medida velha. d) Não há rimas (versos brancos) e nem métrica fixa (versos livres). e) por apresentar uma situação bastante emotiva (a relação intensa entre sobrinha e tio idoso), o texto pode ser enquadrado no chamado gênero dramático. 7. Na passagem conhecida como O Velho do Restelo da obra épica camoniana, o velho: a) adverte os marinheiros portugueses dos perigos que eles podem encontrar para buscar fama em outras terras. b) abençoa os marinheiros portugueses que vão atravessar os mares à procura de uma vida melhor. c) critica as navegações portuguesas por considerar que elas se baseiam na cobiça e busca de fama. d) emociona-se com a saída dos portugueses que vão atravessar os mares até chegar às Índias. e) destrata os marinheiros por não o terem convidado a participar de tão importante empresa. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas. b) Somente as afirmativas I e IV são corretas. c) Somente as afirmativas II e III são corretas. d) Somente as afirmativas III e IV são corretas. e) Somente as afirmativas I, II e III são corretas. 75. Com base no texto, é correto afirmar que os resultados da pesquisa realizada indicam que a) o Reino Unido deixa de reciclar 19% do que consome. b) a Alemanha recicla 80% dos produtos eletroeletrônicos. c) a Espanha recicla menos que a Inglaterra. d) a Europa tem aproximadamente recicladores. e) o País de Gales é o que menos recicla no Reino Unido. 76. A sigla WEEE (linha 4) refere-se a: a) Divisão de pesquisa da DELL. b) Lixo eletroeletrônico. c) Órgão da Comunidade Européia. d) Instituição de pesquisa de mercado. e) Setor de Energia Elétrica do Reino Unido.

13 Observe a charge a seguir e responda às questões 77 e 78. Why did that change come about? Well, I think maybe because the previous view was mostly mistaken. There was a tension in it. The market economy succeeds not because some people s interests are suppressed and other people are kept out of the market, but because people gain individual advantage from it. So, I don t really see that the proponents of the harsh model got the general idea at all right. They had some dreadful slogans like, You have to break some eggs to make an omelet. It s a totally misleading analogy a pretty costly one aesthetically, and also it s quite mistaken in terms of understanding the nature of man. So, I think the change came about because it was overdue. (Disponível em: <http://tiny.cc/theatlantic> Acesso em: 19 nov. 009) 79. De acordo com o texto, Amartya Sen a) ganhou o Prêmio Nobel apesar de expectativas em contrário. b) reconhece que desenvolvimento requer muitos sacrifícios. c) não imaginava que poderia concorrer ao Prêmio Nobel. d) acredita que o modelo de desenvolvimento ficou mais suave. e) acha que os defensores da economia de mercado estão certos. 80. De acordo com Amartya Sen, a economia de mercado prospera porque a) as pessoas têm vantagens individuais nessa economia. b) as pessoas estão dispostas a fazer sacrifícios. c) os críticos estão enganados e não são ouvidos. d) os economistas usam slogans inadequados. e) os interesses de algumas pessoas são contrariados. (Disponível em: <http://tiny.cc/funnytimes> Acesso em: 19 nov. 009) Espanhol 77. É correto afirmar que a charge satiriza a) o descaso dos alunos com as dependências do prédio escolar. b) as condições precárias das escolas ao final do ano letivo. c) o estado de espírito dos alunos ao final do ano letivo. d) o estado de espírito de professores ao final do ano letivo. e) o zelo da personagem com as dependências do prédio escolar. 78. Pode-se inferir, na fala da personagem, a tentativa de evitar a) uso de linguagem de baixo-calão. b) comportamento inadequado. c) danos materiais no prédio escolar. d) pânico incontrolável entre os estudantes. e) sentimentalismo exacerbado. 73. (UEPI) Los artículos que completan correctamente la frase abajo son: razón es alma y reina de todas cosas. a) Lo la el las b) La la la las c) La el el las d) La el la las e) El la el las 74. (UNISANTA-SP) Los significados de todavía; sin embargo son respectivamente: a) todavia; ainda b) ainda; embora c) embora; no entanto d) no entanto; ainda e) ainda; todavia Leia o texto a seguir e responda às questões de 79 a 80. The Atlantic Online Humane Development An interview with Amartya Sen, the Nobel Prize-winning economist and author of Development as Freedom Eyebrows were raised when Amartya Sen won the Nobel Prize in Economics in Sen had frequently been mentioned as a candidate, but it had been predicted that in an era when laissezfaire market economics were all the rage Sen s insistence on looking beyond GNP figures his penchant for emphasizing the social in the social science of economics meant that he would never win the prize. Do you think development has in fact changed? Is it more sensitive, softer, than it used to be? I don t think development is softer that implies it s not sufficiently exacting but certainly there was a sense for a while that development was a very hard process, and that people had to sacrifice. There was a lot of blood, sweat, and tears involved. [...] Texto 1 La Tribune (Paris). Coca-Cola, después de cinco años de investigaciones sobre sus prácticas comerciales a petición de Pepsi, ha cedido a las presiones de la Comisión Europea. El gigante de Atlanta ha aceptado en particular suprimir sus cláusulas de exclusividad. Sus clientes podrán comprar y vender las bebidas gaseosas de los aprovisionadores que elijan. (Disponível em: <http://www.elmundo.es/quiosco> Acesso em: 0 out. 004.) Com relação ao texto, considere as seguintes afirmativas: I. Antes da decisão da Comissão Européia, os clientes do gigante de Atlanta só podiam comprar as bebidas fornecidas pela Pepsi. II. Pressionada pela Comissão Européia, a Pepsi investigou práticas comerciais adotadas pela Coca-Cola. III. Sob pressão da Comissão Européia, a Coca-Cola não mais impedirá que os estabelecimentos comerciais comprem e vendam refrigerantes de diversas marcas. 13

14 75. (UFPR) Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa III é verdadeira. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. d) Somente a afirmativa I é verdadeira. e) Somente a afirmativa II é verdadeira. 76. (UEMS) En lo que se refiere a los heterosemánticos, elija la alternativa donde aparezca otro ejemplo: a) doler c) mujer e) oso b) profesor d) viajar Texto Clarín.com Último momento SOCIEDAD A un año de su desaparición, el papá de Sofía cree que su hija está viva A un año de la desaparición de Sofía Herrera en un camping de Tierra del Fuego, su papá, Fabián Herrera, dijo hoy que está convencido que su hija está con vida. Recorrí todas las estancias, me fui a Chile, al Calafate, no hay indicios de nada. No fue encontrada ninguna pista para pensar que mi hija no está con vida. Estoy seguro que alguien la tiene escondida. Hasta varios videntes me dijeron que a mi hija la sacaron cuatro personas en una avioneta, comentó en diálogo con el programa Inocentes y Culpables, de Radio Mitre. Para Herrera, el cuidador del camping, que está sospechado de la desaparición de la nena, no tiene nada que ver con el caso. Es un hombre grande, no creo que tenga relación. A mí tampoco me convence que cualquiera esté detenido, sostuvo. Además, negó que él oculte información sobre la causa. Cómo voy a ocultar información sobre mi hija. Hicimos cinco años de tratamiento con mi mujer para tenerla, se defendió el papá, quien fue imputado por la Justicia pero recuperó su libertad a las pocas horas. (Texto adaptado. Clarín, 6 de set. 009.) 79. (UFPR) Considere las siguientes afirmaciones: 1. El cuidador del camping sigue detenido.. Las videntes sugieren que Sofía está fuera de la ciudad. 3. Para la policía, el padre de Sofía puede ser culpable de su desaparición. 4. Además del cuidador del camping, hay otros detenidos. Son correctas las afirmaciones: a) 1 y solamente. b) 1, y 3 solamente. c), 3 y 4 solamente. d) 1, y 4 solamente. e) y 4 solamente. 80. (UFPR) Quién ha dicho qué? a) El reportero del programa Inocentes y Culpables afirma que cuatro personas sacaron a Sofía en una avioneta. b) El papá de Sofía ha dicho que consultó a los videntes para conocer el paradero de Sofía. c) El reportero de la Radio Mitre dijo que está de acuerdo con Fabián Herrera en cuanto a la inocencia del cuidador del camping. d) El reportero de la Radio Mitre declaró que había recorrido varias estancias hasta encontrar al papá de Sofía. e) El cuidador del camping acusó al papá de Sofía de ocultar informaciones (UFPR) Sobre el papá de Sofía, es correcto afirmar: a) Sigue creyendo que pronto se encontrará el cadáver de su hija. b) Está convencido de que su hija está en Chile o en el Calafate. c) Solicitó al cuidador del camping que le ayudara a encontrar a Sofía. d) Acusa al cuidador del camping de ocultar informaciones sobre el paradero de Sofía. e) Estuvo preso acusado de ser responsable de la desaparición de Sofía. 78. (UFPR) En relación a la desaparición de Sofía, es correcto afirmar: a) El papá de Sofía declara que no puede ser culpable de la desaparición de Sofía porque para tenerla tuvo que someterse a un largo tratamiento. b) Aunque el papá de Sofía haya denunciado al cuidador del camping como siendo el culpable, la policía no puede prenderlo por falta de pruebas. c) La policía sigue buscando el paradero de Sofía basándose en las informaciones de las videntes. d) La policía sigue la pista de un informante que habría visto a Sofía siendo llevada en una avioneta. e) Mientras no se pruebe lo contrario, al papá de Sofía le parece bien que la policía prenda a cualquier sospechoso.

Relação da Nota Mínima e Máxima por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Convocados para a 2ª Fase Lei n.º 12.711/2012

Relação da Nota Mínima e Máxima por Curso e Categoria de Concorrência dos Candidatos Convocados para a 2ª Fase Lei n.º 12.711/2012 Relação da e por e Categoria de Concorrência dos Candidatos para a 2ª Fase Administração - M 24 24 2 13 52 26 13 40 13 28 53 44 37 67 120 Administração - N 16 30 9 19 37 43 15 38 11 29 50 40 33 53 123

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão III Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão III 1. Um atleta salta por cima do obstáculo na figura e seu centro de gravidade atinge a altura de 2,2 m. Atrás

Leia mais

Primeira lista de física para o segundo ano 1)

Primeira lista de física para o segundo ano 1) Primeira lista de física para o segundo ano 1) Dois espelhos planos verticais formam um ângulo de 120º, conforme a figura. Um observador está no ponto A. Quantas imagens de si mesmo ele verá? a) 4 b) 2

Leia mais

Aluno (a): 1) O intervalo A de números reais é representado geometricamente da seguinte maneira:

Aluno (a): 1) O intervalo A de números reais é representado geometricamente da seguinte maneira: Educa teu filho no caminho que deve andar, e quando grande não se desviará dele Prov.22.6 Bateria de Exercícios Data: 24/03/2016 Turma: 1º Ano Área II Aluno (a): Prezado aluno caso prefira responder na

Leia mais

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos.

Óptica. Feixe de Raios Paralelos: A luz do sol que atinge a terra pode ser considerada um feixe de raios paralelos. Óptica Os fenômenos ópticos que observamos através do nosso aparelho de visão (Olho Humano) são todos devidos às propriedades da luz. Para estudarmos a óptica, ou seja, os efeitos sofridos pela luz, utilizaremos

Leia mais

Construção Geométrica com Espelhos Esféricos

Construção Geométrica com Espelhos Esféricos Construção Geométrica com Espelhos Esféricos 1. (Ufsm 2012) A figura de Escher, Mão com uma esfera espelhada, apresentada a seguir, foi usada para revisar propriedades dos espelhos esféricos. Então, preencha

Leia mais

Movimentos da Terra. 4) Número de aulas: São seis etapas que serão divididas em aulas a critério do professor.

Movimentos da Terra. 4) Número de aulas: São seis etapas que serão divididas em aulas a critério do professor. Movimentos da Terra 1) Objetivo Geral Aplicar os conhecimentos sobre os movimentos da Terra e da Lua para o cotidiano, e mais especificamente, para a economia de energia elétrica como o horário de verão

Leia mais

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli

UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli UNOCHAPECÓ Lista 03 de exercícios Mecânica (lançamento de projéteis) Prof: Visoli 1. A figura abaixo mostra o mapa de uma cidade em que as ruas retilíneas se cruzam perpendicularmente e cada quarteirão

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s

1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s SIMULADO DE FÍSICA ENSINO MÉDIO 1) Calcular, em m/s, a velocidade de um móvel que percorre 14,4Km em 3min. a) ( ) 70m/s b) ( ) 80 m/s c) ( ) 90m/s d) ( ) 60m/s 2) Um avião voa com velocidade constante

Leia mais

Você acha que o rapaz da figura abaixo está fazendo força?

Você acha que o rapaz da figura abaixo está fazendo força? Aula 04: Leis de Newton e Gravitação Tópico 02: Segunda Lei de Newton Como você acaba de ver no Tópico 1, a Primeira Lei de Newton ou Princípio da Inércia diz que todo corpo livre da ação de forças ou

Leia mais

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão II

Prof. Rogério Porto. Assunto: Cinemática em uma Dimensão II Questões COVEST Física Mecânica Prof. Rogério Porto Assunto: Cinemática em uma Dimensão II 1. Um carro está viajando numa estrada retilínea com velocidade de 72 km/h. Vendo adiante um congestionamento

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO PARA ATENDIMENTO DA PROGRESSÃO PARCIAL 1º SEMESTRE -2013 RESOLUÇÃO SEE Nº 2

ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO PARA ATENDIMENTO DA PROGRESSÃO PARCIAL 1º SEMESTRE -2013 RESOLUÇÃO SEE Nº 2 ESCOLA ESTADUAL DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO PARA ATENDIMENTO DA PROGRESSÃO PARCIAL 1º SEMESTRE -2013 RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012 ANO 2013 PROFESSOR (a) Jaqueline

Leia mais

GUIA DE REVISÃO DO 4º BIMESTRE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO / 2013 Semana de 11/11 a 22/11

GUIA DE REVISÃO DO 4º BIMESTRE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO / 2013 Semana de 11/11 a 22/11 GUIA DE REVISÃO DO 4º BIMESTRE 2º ANO DO ENSINO MÉDIO / 2013 Semana de 11/11 a 22/11 Tema: Língua Portuguesa Geografia Tema: Globalização e Níveis de Desenvolvimento Biologia Tema: Genética Filosofia Tema:

Leia mais

Prova de Recuperação Bimestral de Ciências Nome Completo: Data: / /2010

Prova de Recuperação Bimestral de Ciências Nome Completo: Data: / /2010 COLÉGIO MARIA IMACULADA QI 05 ch. 72 LAGO SUL BRASÍLIA DF E-MAIL: cmidf@cmidf.com.br FONE: 248 4768 SITE: www.cmidf.com.br VALOR:10 pontos. NOTA: 9ºano 2º PERÍODO Prova de Recuperação Bimestral de Ciências

Leia mais

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II

11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo II Capítulo II Mark Ford 11 Segredos para a Construção de Riqueza Capítulo Dois Como uma nota de $10 me deixou mais rico do que todos os meus amigos Das centenas de estratégias de construção de riqueza que

Leia mais

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula.

Gráficos: Q2)Para cada função posição x(t) diga se a aceleração é positiva, negativa ou nula. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA-CFM DEPARTAMENTO DE FÍSICA FSC 5107 FÍSICA GERAL IA Semestre 2012.2 LISTA DE EXERCÍCIOS 2 - MOVIMENTO EM UMA DIMENSÃO Gráficos: Q1) Para cada gráfico seguinte de

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx

Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de Admissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Soluções das Questões de Física do Processo Seletivo de dmissão à Escola Preparatória de Cadetes do Exército EsPCEx Questão Concurso 009 Uma partícula O descreve um movimento retilíneo uniforme e está

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Geografia ANO/TURMA SEMESTRE DATA 6º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Tiago Bastos TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. Analise e

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012

PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROVA DE FÍSICA 3 o TRIMESTRE DE 2012 PROF. VIRGÍLIO NOME N o 8 o ANO Olá, caro(a) aluno(a). Segue abaixo uma série de exercícios que têm, como base, o que foi trabalhado em sala de aula durante todo o

Leia mais

Questão 37. Questão 38. alternativa B. alternativa E

Questão 37. Questão 38. alternativa B. alternativa E Questão 37 O motorista de um veículo A é obrigado a frear bruscamente quando avista um veículo B à sua frente, locomovendo-se no mesmo sentido, com uma velocidade constante menor que a do veículo A. Ao

Leia mais

Resoluções das Atividades

Resoluções das Atividades Resoluções das Atividades Sumário Módulo 1 Teoria atômica básica e leis ponderais Evolução dos modelos atômicos Modelo atômico atual 1 Módulo 2 Números quânticos; Distribuição eletrônica Paramagnetismo,

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D

Lista 1 Cinemática em 1D, 2D e 3D UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA DEPARTAMENTO DE ESTUDOS BÁSICOS E INSTRUMENTAIS CAMPUS DE ITAPETINGA PROFESSOR: ROBERTO CLAUDINO FERREIRA DISCIPLINA: FÍSICA I Aluno (a): Data: / / NOTA: Lista

Leia mais

pensamentos para o seu dia a dia

pensamentos para o seu dia a dia pensamentos para o seu dia a dia Israel Belo de Azevedo 1Vida e espiritualidade 1 Adrenalina no tédio O interesse por filmes sobre o fim do mundo pode ser uma forma de dar conteúdo ao tédio. Se a vida

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo - 3º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo

Leia mais

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito

Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO. Comentário: Energia de Capacitor. Comentário: Questão sobre atrito Professores: Gilberto / Gustavo / Luciano / Maragato CURSO DOMÍNIO A prova de física exigiu um bom conhecimento dos alunos. Há questões relacionadas principalmente com a investigação e compreensão dos

Leia mais

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início

Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Aula 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é um início Itens do capítulo 5 A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5. A energia não é o começo de tudo, mas já é o início 5.1 O consumo

Leia mais

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120

O maior ângulo entre os espelhos, para que se possam enxergar onze imagens inteiras desse objeto, será de: a) 20 b) 30 c) 45 d) 60 e) 120 Colégio Jesus Adolescente Ensino Médio 1º Bimestre Disciplina Física Setor B Turma 1º ANO Professor Gnomo Lista de Exercício Bimestral Aulas 6 a 8 1) A figura a seguir representa um raio de luz incidindo

Leia mais

Prova 3 Física QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3

Prova 3 Física QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. QUESTÕES OBJETIVAS GABARITO 3 Prova 3 QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE FÍSICA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado FÍSICA 01 O diagrama abaixo mostra um brinquedo

Leia mais

Introdução. Observando o ambiente

Introdução. Observando o ambiente Introdução A curiosidade natural do homem, o leva a explorar o ambiente que o cerca, observando, analisando, realizando experiências, procurando saber o porquê das coisas. Nesta atividade, exploradora

Leia mais

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão

Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FÍSICA E MATEMÁTICA Departamento de Física Disciplina: Física Básica II Lista de Exercícios - Movimento em uma dimensão Perguntas 1. A Figura 1 é uma gráfico

Leia mais

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br

Vestibulando Web Page www.vestibulandoweb.com.br 1. (Ufv 2000) Um aluno, sentado na carteira da sala, observa os colegas, também sentados nas respectivas carteiras, bem como um mosquito que voa perseguindo o professor que fiscaliza a prova da turma.

Leia mais

478 a.c. Leucipo e seu discípulo Demócrito

478 a.c. Leucipo e seu discípulo Demócrito MODELOS ATÔMICOS 478 a.c. Leucipo e seu discípulo Demócrito - A matéria após sofrer várias subdivisões, chegaria a uma partícula indivisível a que chamaram de átomo. - ÁTOMO a = sem tomos = divisão - Esta

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

Material Extra: Modelos atômicos e atomística Química professor Cicero # Modelos Atômicos e atomística - Palavras chaves

Material Extra: Modelos atômicos e atomística Química professor Cicero # Modelos Atômicos e atomística - Palavras chaves Material Extra: Modelos atômicos e atomística Química professor Cicero # Modelos Atômicos e atomística - Palavras chaves Evolução da ideia do átomo 1) Partícula maciça, indivisível e indestrutível; 2)

Leia mais

COMPLEMENTO MATEMÁTICO

COMPLEMENTO MATEMÁTICO COMPLEMENTO MATEMÁTICO Caro aluno, A seguir serão trabalhados os conceitos de razão e proporção que são conteúdos matemáticos que devem auxiliar o entendimento e compreensão dos conteúdos de Química. Os

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 1ª série Turma: FG

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 2ª Etapa 2014. 1ª série Turma: FG COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: QUÍMICA Professora: Maria Luiza 1ª série Turma: FG Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

LATITUDE, LONGITUDE E GPS

LATITUDE, LONGITUDE E GPS LATITUDE, LONGITUDE E GPS Anselmo Lazaro Branco* ENTENDA O QUE É LATITUDE, LONGITUDE, E COMO FUNCIONA UM APARELHO DE GPS. GPS O GPS é um aparelho digital de localização, que determinada a posição exata

Leia mais

Lição 5. Instrução Programada

Lição 5. Instrução Programada Instrução Programada Lição 5 Na lição anterior, estudamos a medida da intensidade de urna corrente e verificamos que existem materiais que se comportam de modo diferente em relação à eletricidade: os condutores

Leia mais

MOVIMENTO SOB A AÇÃO DA GRAVIDADE QUEDA LIVRE Lançamento obliquo e horizontal. profº CARLOS ALÍPIO

MOVIMENTO SOB A AÇÃO DA GRAVIDADE QUEDA LIVRE Lançamento obliquo e horizontal. profº CARLOS ALÍPIO 1 MOVIMENTO SOB A AÇÃO DA GRAVIDADE QUEDA LIVRE Lançamento obliquo e horizontal 2 QUEDA LIVRE MOVIMENTO SOB AÇÃO DA GRAVIDADE Na natureza podemos observar que um corpo abandonado dentro do campo gravitacional

Leia mais

Eixo Temático ET-13-010 - Educação Ambiental CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: PROCESSO, AÇÃO, TRANSFORMAÇÃO

Eixo Temático ET-13-010 - Educação Ambiental CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: PROCESSO, AÇÃO, TRANSFORMAÇÃO 486 Eixo Temático ET-13-010 - Educação Ambiental CAPACITAÇÃO EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL: PROCESSO, AÇÃO, TRANSFORMAÇÃO Samuel Brito Ferreira Santos 1 ; Rebecca Ruhama Gomes Barbosa 2 ; Adeilton Padre de Paz

Leia mais

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta

Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Aula 03: Movimento em um Plano Tópico 02: Movimento Circular Uniforme; Aceleração Centrípeta Caro aluno, olá! Neste tópico, você vai aprender sobre um tipo particular de movimento plano, o movimento circular

Leia mais

MUV. constante igual a a 2,0 m/s. O veículo B, distando d = 19,2 km do veículo A, parte com aceleração constante igual a veículos, em segundos.

MUV. constante igual a a 2,0 m/s. O veículo B, distando d = 19,2 km do veículo A, parte com aceleração constante igual a veículos, em segundos. MUV 1. (Espcex (Aman) 013) Um carro está desenvolvendo uma velocidade constante de 7 km h em uma rodovia federal. Ele passa por um trecho da rodovia que está em obras, onde a velocidade máxima permitida

Leia mais

RECUPERAÇÃO TURMAS: 2º ANO FÍSICA

RECUPERAÇÃO TURMAS: 2º ANO FÍSICA RECUPERAÇÃO TURMAS: 2º ANO Professor: XERXES DATA: 22 / 11 / 2015 RECUPERAÇÃO FINAL FORÇA ELÉTRICA (LEI DE COULOMB) FÍSICA Para todas as questões, considere a constante eletrostática no vácuo igual a 9.10

Leia mais

Capítulo 4 Trabalho e Energia

Capítulo 4 Trabalho e Energia Capítulo 4 Trabalho e Energia Este tema é, sem dúvidas, um dos mais importantes na Física. Na realidade, nos estudos mais avançados da Física, todo ou quase todos os problemas podem ser resolvidos através

Leia mais

Termos Técnicos Ácidos Classe de substâncias que têm ph igual ou maior que 1 e menor que 7. Exemplo: sumo do limão. Átomos Todos os materiais são formados por pequenas partículas. Estas partículas chamam-se

Leia mais

Exercícios de Física Gravitação Universal

Exercícios de Física Gravitação Universal Exercícios de Física Gravitação Universal 1-A lei da gravitação universal de Newton diz que: a) os corpos se atraem na razão inversa de suas massas e na razão direta do quadrado de suas distâncias. b)

Leia mais

GRUPO V 2 o BIMESTRE PROVA A

GRUPO V 2 o BIMESTRE PROVA A Sistema de Ensino PROVA V 2 o BIMESTRE PROVA A Valor da prova: 4,0 forum.netxplica.com Autoridades não conseguem forum.netxplica.com diminuir poluição para os Jogos Olímpicos. Tempestade de areia faz situação

Leia mais

Lista 04. F.02 Espelhos Planos e Esféricos

Lista 04. F.02 Espelhos Planos e Esféricos F.02 Espelhos Planos e Esféricos 2º Série do Ensino Médio Turma: Turno: Vespertino Lista 03 Lista 04 Questão 01) Obedecendo às condições de Gauss, um espelho esférico fornece, de um objeto retilíneo de

Leia mais

Exercícios sobre Movimentos Verticais

Exercícios sobre Movimentos Verticais Exercícios sobre Movimentos Verticais 1-Uma pedra, deixada cair do alto de um edifício, leva 4,0 s para atingir o solo. Desprezando a resistência do ar e considerando g = 10 m/s 2, escolha a opção que

Leia mais

RELATÓRIO GERAL DE VAGAS REMANESCENTES PARA OCUPAÇÃO EM 2011.

RELATÓRIO GERAL DE VAGAS REMANESCENTES PARA OCUPAÇÃO EM 2011. Ministério da Educação Universidade Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional RELATÓRIO GERAL DE VAGAS REMANESCENTES PARA OCUPAÇÃO EM 2011. O total de vagas remanescentes será

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de

A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais. sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de A U A U L L A A Terra gira... Nesta aula vamos aprender um pouco mais sobre o movimento que a Terra realiza em torno do seu eixo: o movimento de rotação. É esse movimento que dá origem à sucessão dos dias

Leia mais

ÓRBITA ILUMINADA HU F 152/ NT4091

ÓRBITA ILUMINADA HU F 152/ NT4091 ÓRBITA ILUMINADA HU F 152/ NT4091 INTRODUÇÃO Trata-se de um modelo científico de trabalho, representando o Sol, a Terra e a Lua, e mostrando como estes se relacionam entre si. Foi concebido para mostrar

Leia mais

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA NUTRIÇÃO QUÍMICA CELULAR PROFESSOR CLERSON CLERSONC@HOTMAIL.COM CIESC MADRE CLÉLIA CONCEITO CONJUNTO DE PROCESSOS INGESTÃO, DIGESTÃO E ABSORÇÃO SUBSTÂNCIAS ÚTEIS AO ORGANISMO ESPÉCIE HUMANA: DIGESTÃO ONÍVORA

Leia mais

COD_CURSO MODALIDADE TURNO CURSO 01A Específico da Profissão Integral Curso de Arquitetura e Urbanismo - Diurno 02B Específico da Profissão Integral

COD_CURSO MODALIDADE TURNO CURSO 01A Específico da Profissão Integral Curso de Arquitetura e Urbanismo - Diurno 02B Específico da Profissão Integral COD_CURSO MODALIDADE TURNO CURSO 01A Específico da Profissão Integral Curso de Arquitetura e Urbanismo - Diurno 02B Específico da Profissão Integral Curso de Engenharia, Habilitação Engenharia Civil -

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D CADERNO DE EXERCÍCIOS 2D Ensino Fundamental Ciências da Natureza II Habilidade da Questão Conteúdo Matriz da EJA/FB 01 Fisiologia Vegetal (Transporte e absorção de H34, H40, H41, H63 substâncias); Fotossíntese

Leia mais

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS

UNIDADE 10 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO LISTA DE EXERCÍCIOS INTRODUÇÃO À FÍSICA turma MAN 26/2 profa. Marta F. Barroso UNIDADE 1 LISTA DE EXERCÍCIOS UNIDADE 1 ESTUDOS DE MECÂNICA - INÍCIO Exercício 1 Movendo-se com velocidade constante de 15 m/s, um trem, cujo

Leia mais

PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE

PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VI Unidade Portugal Série: 4 o ano (3 a série) Período: MANHÃ Data: 29/6/2011 PORTUGUÊS 2 o BIMESTRE Nome: Turma: Valor da prova: 3,5 Nota: Eixo temático Proteção ao meio

Leia mais

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1

c = c = c =4,20 kj kg 1 o C 1 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DO TESTE INTERMÉDIO - 2014 (VERSÃO 1) GRUPO I 1. H vap (H 2O) = 420 4 H vap (H 2O) = 1,69 10 3 H vap (H 2O) = 1,7 10 3 kj kg 1 Tendo em consideração a informação dada no texto o calor

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CENTRO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA Educando para o pensar Tema Integrador 2013 / Construindo o amanhã: nós agimos, o planeta sente BIOLOGIA I TRIMESTRE A descoberta da vida Biologia e ciência Origem da vida

Leia mais

FÍSICA. Sempre que for necessário, utilize g= 10m/s 2

FÍSICA. Sempre que for necessário, utilize g= 10m/s 2 FÍSICA Sempre que for necessário, utilize g= 10m/s 2 28 d Leia com atenção a tira da Turma da Mônica mostrada abaixo e analise as afirmativas que se seguem, considerando os princípios da Mecânica Clássica.

Leia mais

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática. Pré Universitário Uni-Anhanguera 01 - (MACK SP)

Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática. Pré Universitário Uni-Anhanguera 01 - (MACK SP) Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Fabrízio Gentil Série: 3 o ano Disciplina: Física Eletrostática 01 - (MACK SP) Fixam-se as cargas puntiformes q 1 e q 2, de

Leia mais

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa

Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 2: A família de Deus cresce José perdoa História Bíblica: Gênesis 41-47:12 A história de José continua com ele saindo da prisão

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. www.hinarios.org 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR 02 JESUS CRISTO REDENTOR Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe

Leia mais

Próton Nêutron Elétron

Próton Nêutron Elétron Próton Nêutron Elétron Próton Nêutron Elétron Número de prótons: 54 2 Nome do elemento: BORO BERÍLIO HÉLIO Esta Os quantidade diferentes tipos de prótons de átomos recebe (elementos o nome químicos) de

Leia mais

CHEGAM A 21 CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE NO BRASIL; CRECHE É INTERDITADA EM CAMPINAS (SP)

CHEGAM A 21 CASOS CONFIRMADOS DE GRIPE NO BRASIL; CRECHE É INTERDITADA EM CAMPINAS (SP) Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA O 6 Ọ ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL EM 2015 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Leia a tirinha abaixo e responda às questões 1 e

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

A brisa do mar está ótima!

A brisa do mar está ótima! A brisa do mar está ótima! Mais um fim de semana. Cristiana e Roberto vão à praia e convidam Maristela para tomar um pouco de ar fresco e de sol, e tirar o mofo! É verão e o sol já está bem quente. Mas

Leia mais

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE

VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE VAMOS CONSTRUIR UMA CIDADE Versão adaptada de Eugénio Sena para Wir Bauen Eine Stadt de Paul Hindemith 1. MARCHA (Entrada) Uma cidade nossa amiga Não queremos a cidade antiga. Nós vamos pensar tudo de

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4)

Leia mais

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos:

Neste ano estudaremos a Mecânica, que divide-se em dois tópicos: CINEMÁTICA ESCALAR A Física objetiva o estudo dos fenômenos físicos por meio de observação, medição e experimentação, permite aos cientistas identificar os princípios e leis que regem estes fenômenos e

Leia mais

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO

CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO CONTEÚDO DE PROVA DO 1º BIMESTRE 1º ANO ENSINO MÉDIO IMPORTANTE!!! O ALUNO DEVE ESTUDAR ALÉM DOS CONTEÚDOS ABAIXO, O DO CADERNO, LIVRO E CADERNO DE ATIVIDADES. Disciplina Data da prova Conteúdo Apresentação

Leia mais

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista

ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA. Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista ACENDA O OTIMISMO EM SUA VIDA Quiz Descubra Se Você é uma Pessoa Otimista Uma longa viagem começa com um único passo. - Lao-Tsé Ser Otimista não é uma tarefa fácil hoje em dia, apesar de contarmos hoje

Leia mais

MÓDULO DE RECUPERAÇÃO

MÓDULO DE RECUPERAÇÃO DISCIPLINA Física II 2º ANO ENSINO MÉDIO MÓDULO DE RECUPERAÇÃO ALUNO(A) Nº TURMA TURNO Manhã 1º SEMESTRE DATA / / 01- A figura representa um feixe de raios paralelos incidentes numa superfície S e os correspondentes

Leia mais

As estações do ano acontecem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao Sol. O movimento do nosso planeta em torno do Sol, dura um ano.

As estações do ano acontecem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao Sol. O movimento do nosso planeta em torno do Sol, dura um ano. PROFESSORA NAIANE As estações do ano acontecem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao Sol. O movimento do nosso planeta em torno do Sol, dura um ano. A este movimento dá-se o nome de movimento

Leia mais

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária

HINÁRIO O APURO. Francisco Grangeiro Filho. Tema 2012: Flora Brasileira Araucária HINÁRIO O APURO Tema 2012: Flora Brasileira Araucária Francisco Grangeiro Filho 1 www.hinarios.org 2 01 PRECISA SE TRABALHAR Marcha Precisa se trabalhar Para todos aprender A virgem mãe me disse Que é

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

Exercícios de Física Gravitação Universal

Exercícios de Física Gravitação Universal Exercícios de Física Gravitação Universal 1-A lei da gravitação universal de Newton diz que: a) os corpos se atraem na razão inversa de suas massas e na razão direta do quadrado de suas distâncias. b)

Leia mais

Exercícios Tipos de Chuvas e Circulação Atmosférica

Exercícios Tipos de Chuvas e Circulação Atmosférica Exercícios Tipos de Chuvas e Circulação Atmosférica 1. De acordo com as condições atmosféricas, a precipitação pode ocorrer de várias formas: chuva, neve e granizo. Nas regiões de clima tropical ocorrem

Leia mais

Programa de Retomada de Conteúdo 1º Bimestre

Programa de Retomada de Conteúdo 1º Bimestre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio Regular. Rua Cantagalo 313, 325, 337 e 339 Tatuapé Fones: 2293-9393 e 2293-9166 Diretoria de Ensino Região LESTE 5 Programa de Retomada de Conteúdo

Leia mais

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br

O céu. Aquela semana tinha sido uma trabalheira! www.interaulaclube.com.br A U A UL LA O céu Atenção Aquela semana tinha sido uma trabalheira! Na gráfica em que Júlio ganhava a vida como encadernador, as coisas iam bem e nunca faltava serviço. Ele gostava do trabalho, mas ficava

Leia mais

PROVA DE FÍSICA 1 o TRIMESTRE DE 2014

PROVA DE FÍSICA 1 o TRIMESTRE DE 2014 PROVA DE FÍSICA 1 o TRIMESTRE DE 2014 PROF. VIRGÍLIO NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta.

Leia mais

PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR: PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO

PRIMEIRA LINGUAGEM DE AMOR: PALAVRAS DE ENCORAJAMENTO 50 Nona Lição AS CINCO LINGUAGENS DE AMOR Alguma coisa em nossa natureza clama por sermos amados. No âmago da nossa existência há o íntimo desejo se sermos amados. O casamento foi idealizado para suprir

Leia mais

Vamos relatar alguns fatos do dia -a- dia para entendermos a primeira lei de Newton.

Vamos relatar alguns fatos do dia -a- dia para entendermos a primeira lei de Newton. CAPÍTULO 8 As Leis de Newton Introdução Ao estudarmos queda livre no capítulo cinco do livro 1, fizemos isto sem nos preocuparmos com o agente Físico responsável que provocava a aceleração dos corpos em

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração

muito gás carbônico, gás de enxofre e monóxido de carbono. extremamente perigoso, pois ocupa o lugar do oxigênio no corpo. Conforme a concentração A UU L AL A Respiração A poluição do ar é um dos problemas ambientais que mais preocupam os governos de vários países e a população em geral. A queima intensiva de combustíveis gasolina, óleo e carvão,

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Instruções gerais: Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

Física 1 ano Prof. Miranda. Lista de Exercícios II Unidade

Física 1 ano Prof. Miranda. Lista de Exercícios II Unidade Física 1 ano Prof. Miranda Lista de Exercícios II Unidade mirandawelber@gmail.com 01. O que é necessário para determinar (caracterizar) uma: a) grandeza escalar? b) grandeza vetorial? 02. Classifique os

Leia mais

ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO Para se orientar o homem teve de desenvolver sua capacidade de observação. Observando a natureza o homem percebeu que o Sol aparece todas as manhãs aproximadamente, num mesmo lado

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL 1. (Ufrgs 2015) A coluna à esquerda, abaixo, lista dois hormônios vegetais; a coluna à direita, funções que desempenham. Associe adequadamente a coluna direita com a esquerda.

Leia mais

Química Atomística Profª: Bruna Villas Bôas. Exercícios

Química Atomística Profª: Bruna Villas Bôas. Exercícios NÚMERO ATÔMICO (Z) Os diferentes tipos de átomos (elementos químicos) são identificados pela quantidade de prótons (P) que possui. Esta quantidade de prótons recebe o nome de número atômico e é representado

Leia mais

Apostila 2 Capítulo 8. Página 305. Reflexões. Gnomo

Apostila 2 Capítulo 8. Página 305. Reflexões. Gnomo Apostila 2 Capítulo 8 Página 305 Reflexões Fenômenos Ópticos Reflexão Refração Absorção Tipos de Reflexão Reflexão Especular Reflexão Difusa Na reflexão especular os raios de luz que entram paralelos são

Leia mais