A usabilidade na web Khaled Salama (*)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A usabilidade na web Khaled Salama (*)"

Transcrição

1 A usabilidade na web Khaled Salama (*) Resumo Publicar determinado conteúdo na web não é suficiente para que ele seja consumido pelo público-alvo. Além das estratégias de divulgação, é preciso se preocupar com a usabilidade do site em que esse conteúdo é publicado. Quanto mais difícil for o acesso a uma página, menor a probabilidade de o usuário prosseguir na navegação. Palavras-chave: usabilidade, usuário, conteúdo. Abstract Publicize certain content in the web is not enough to achieve goals with it. Besides communication strategies, it is important to focus on the usability of the website in which this content is published. The more difficult is the access for a webpage, less is the probability to keep using it. Keywords: usability, user, content. *Khaled Salama é especialista em Língua Inglesa pela Unesc e graduado em Jornalismo pela Unisul. Atua como assessor de comunicação e analista de comércio exterior. É professor do curso de Jornalismo da Faculdade SATC. Ano de produção do artigo: Baseado na monografia Usabilidade na web: Análise do portal de Internet da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul) (2008).

2 Castro (2000, 64) explica que um site é um conjunto de páginas web referenciadas entre si através de conexões chamadas de hyperlinks. Os hyperlinks, ou apenas links, podem conduzir o usuário a outros sites ou a conteúdos específicos, como foto, vídeo ou áudio. Já portal, ainda de acordo com Castro, é um site grande, geralmente composto por mais de 10 mil páginas. Oferece conteúdos distintos, com o objetivo de atrair o maior número possível de internautas (usuários de Internet). Para Ferrari (2003, 30), para ser chamado de portal, um site precisa reunir certas características. Os portais tentam atrair e manter a atenção do internauta ao apresentar, na página inicial, chamadas para conteúdos díspares, de várias áreas e de várias origens (FERRARI, 2003, 30). O termo usabilidade vem de usar e significa o conjunto de características de um produto que definem seu grau de interação com o usuário (FERRARI, 2003, 60). Nielsen e Loranger (2006, 16) apontam a importância desse atributo de qualidade, quando dizem que se as pessoas não utilizarem um recurso, ele pode muito bem não existir. Schuhmacher (2007, 19) informa que o termo usabilidade começou a ser empregado ainda na década de 80, por ciências como a Ergonomia e a Psicologia. Ela diz ainda que, inicialmente, tentou-se utilizar o termo amigável procurando uma versão traduzida da expressão user-friendly. No entanto, explica Schuhmacher, a expressão amigável era subjetiva. Levava a conflitos onde uma interface perfeitamente amigável para um usuário experiente, tornava-se um tormento incalculável para um usuário inexperiente. Portanto, apesar de o termo usabilidade se tornar mais conhecido após o advento da Internet e do desenvolvimento de sites, testes neste sentido já eram aplicados em outros produtos. Ferrari (2003, 60), na definição inicial que faz, toca no termo Internet só depois. Em primeiro lugar, dá outros exemplos: Automóveis e eletrodomésticos passam por testes de usabilidade para que os fabricantes avaliem se serão bem aproveitados pelos futuros compradores. Lévy (1998, 33) diz que o uso da informação online é estratégico, para que se possa obter a informação mais confiável, o mais rápido possível para tomar a melhor decisão. Na prática, Lévy afirma que o internauta, de maneira geral, não quer e não pode perder tempo. É isso que rege o termo usabilidade. Quanto mais usável for um site, mais rápida a ação será executada. Desta forma, o usuário poderá fazer mais atividades em menos tempo.

3 Nielsen e Loranger (2006, 124) aconselham que, para cada problema de usabilidade no seu site, você precisa pesar a gravidade do problema em relação aos esforços exigidos para corrigi-lo. Os autores destacam três fatores: Freqüência: Quantos usuários encontrarão o problema? Se um número relativamente pequeno de usuários for prejudicado por ele, ele será considerado um problema de gravidade mais baixa. Impacto: Quantas dificuldades o problema causa aos usuários que o encontram? Isso pode variar de irritação praticamente imperceptível a perdas de horas de trabalho ou mesmo a decisão de sair de um Website. Persistência: O problema é um impedimento de uma única vez para os usuários ou ele causa dificuldades contínuas? Muitos problemas de usabilidade têm baixa persistência, pois, depois que as pessoas identificaram esse problema, elas podem superá-lo no futuro. Outras interfaces são tão confusas que as pessoas repetidamente ficam desorientadas. Os equívocos de design desse tipo merecem uma classificação de gravidade mais alta do que aqueles temporários (NIELSEN e LORANGER, 2006, 125). Ward (2002, 208), a partir do pensamento de Steve Krug (2000), chama usabilidade de funcionalidade e defende que o recado do usuário para os administradores de sites é: não me faça pensar. Para Ward (2002, 209), com base no que diz Krug, é preciso ter a certeza de que uma pessoa de habilidade e experiência medianas (ou até abaixo da média) pode utilizar alguma coisa seja um website, uma metralhadora ou uma porta giratória de acordo com o seu objetivo, sem se frustrar. A afinidade entre as ideias dos autores citados acima mostra que há um consenso a respeito do que significa usabilidade, apesar de Krug, pelo menos na tradução feita para a Língua Portuguesa, chamar o atributo de funcionalidade. Krug (2000, apud WARD, 2002, 209) lista quatro problemas que fazem os internautas pensarem : 1) nomes ambíguos para seções ou funções; 2) links e botões que não são obviamente clicáveis; 3) opções confusas para utilidades como Busca; e 4) navegação ruim. Em um jornal impresso, as chamadas de capa são decisivas para que um leitor compre um jornal ou simplesmente o abra para ler. Na Internet, ocorre situação semelhante. Porém, no caso da web, é preciso trabalhar de acordo com os preceitos da usabilidade. Ferrari (2003, 63) mostra que, nos grandes portais do Brasil, as chamadas de capa têm no máximo duas linhas e sempre são escritas na ordem direta, em formato similar às chamadas de rádio.

4 Ward (2002, 174), por meio do raciocínio de Rosenfeld e de Morville (1998), afirma que é preciso definir a missão e o tipo de abordagem de um site para que ele seja desenvolvido. Um site de moda, por exemplo, pode ser mais criativo do que um portal de notícias tradicional. Geralmente, tem mais cores e animações, feitas com as tecnologias Flash ou 3D. Para Zeldman (2003, 78), quando surgiu, o Flash era visto de maneira negativa. Ele cita alguns motivos: logotipos girando, cansativas telas de carregando e introduções indesejadas e intermináveis. Com o passar do tempo, conforme o próprio Zeldman (2003, 79), isso mudou. Em mãos capazes, o Flash facilita experiências ricas e interativas. Nielsen e Loranger (2006, 173) explicam que as pessoas não gostam de percorrer vários links ambíguos para poder ter acesso ao conteúdo. Os usuários esperam que os sites organizem as informações de uma maneira que faça sentido para eles. Organizar o conteúdo, portanto, é essencial. Para isso, segundo Ward (2002, 189), a primeira coisa a se colocar no papel é um esboço do site. O ambiente Web pode ser imensamente libertador para o usuário, mas somente se for cautelosamente planejado pelo provedor. Ward (2002, 200) dá dicas importantes para quem quer desenvolver um site de qualidade. Ele afirma que é preciso prender a atenção do usuário quando ele chega ao site. Se eles (usuários) se sentirem confortáveis e estimulados pelo que vêem e sentem na primeira página e se o conteúdo for apropriado e bem organizado, eles provavelmente seguirão para a próxima página. Schuhmacher (2007, 93) afirma que é importante o site ser fácil de aprender porque, assim, se torna previsível. O usuário não levará muito tempo até identificar como conseguir a informação que deseja. Ele cria um modelo mental, que pode ser adquirido do mesmo ou de outros sites. Isso o ajuda a navegar melhor pela Internet. Vamos pensar em nosso mundo real. O uso de ícones sugestivos, que lembram ações do mundo real, facilita ações que seriam difíceis de explanar textualmente. A autora traz exemplos práticos: o uso da lixeira para remover, a tesoura para cortar, a impressora para imprimir (SCHUHMACHER, 2007, 93). Se o objetivo do site é facilitar a vida do usuário, invenções não são bem-vindas, na opinião da pesquisadora. Outro lembrete apresentado é o uso da cor vermelha em textos. Isso lembra alerta e é de fácil identificação.

5 Segundo Preece, Rogers e Sharp (2005, 35-40), um design voltado para a interação prevê o desenvolvimento de sistemas que sejam satisfatórios, agradáveis, divertidos, interessantes, úteis, motivadores, esteticamente apreciáveis, incentivadores de criatividade, compensadores e emocionalmente adequados. Williams e Tollet (2001, 118) afirmam que o bom design começa com um bom plano de site. Eles acreditam que o mais adequado é optar pela simplicidade. Conforme os dois, a primeira etapa é fazer uma lista das informações a serem incluídas no site. Depois, um esboço baseado nessa lista. Essa será a estrutura básica do site. Sites usáveis vendem mais Segundo Castro (2000, 105), a falta de usabilidade se mostrou um grande empecilho ao comércio eletrônico no começo dessa modalidade de vendas. [...] existem inúmeros exemplos de lojas virtuais totalmente inutilizáveis do ponto de vista da sua interface (ou na maneira desta interagir com o internauta). Portanto, a falta de usabilidade de um site pode implicar queda ou até paralisação de vendas. Como o objetivo final da publicidade é o lucro, o autor prova que o site, por si só, é uma forma de fazer publicidade. Numa análise mais abrangente, para manter uma equipe de atualização de um portal, é preciso que este seja lucrativo. Isso só não é necessário quando o endereço eletrônico está vinculado a uma grande empresa, um provedor de acesso à Internet, por exemplo. Mesmo assim, a companhia só colocaria e manteria um projeto no ar se tiver alguma vantagem com ele. É por isso que, como qualquer outro veículo de comunicação, a publicidade está presente na Internet. Para Pinho (2000, 195), mesmo que ninguém tenha dúvida da existência de milhões de pessoas conectadas na rede mundial, uma campanha não faz sentido se nenhum dos usuários se enquadrar no público-alvo que a empresa quer atingir. Ainda de acordo com Pinho (2000, 195), é necessário descobrir em que parte da Internet está aquele público-alvo. Um site de fotos de festas seria o local ideal para localizar jovens internautas, por exemplo. É nisso que as empresas precisam investir. Pinho (2000) explica que uma campanha de publicidade online desenvolve-se em uma sequência de quatro passos:

6 definir o produto, traçar os objetivos, seleção dos sites beneficiados e mensuração dos resultados obtidos. REFERÊNCIAS ARANHA, Maria Lúcia de Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando: introdução à filosofia. 2. ed. rev. e atual. São Paulo: Moderna, ARAUJO, Denize Correa. O caráter pseudo da inclusão digital. In: ARAUJO, Denize Correa (Org.) Imagem (ir)realidade: comunicação e cibermídia. Porto Alegre: Sulina, BARBOSA, Alexandre. Cuidado, a internet está viva!: os incríveis cenários para o futuro desse fenômeno. São Paulo: Terceiro Nome, 2005 [2] (Reporter especial) BORBA, Francisco da Silva (Org.) Dicionário UNESP do português contemporâneo. São Paulo: Ed. UNESP, CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. 4. ed. São Paulo: Paz e Terra, CASTRO, Álvaro de. Propaganda e mídia digital: a web como a grande mídia do presente. Rio de Janeiro: Qualitymark, DIZARD, Wilson P. A nova mídia: a comunicação de massa na era da informação. 2. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: J. Zahar, DOMINGUES, Diana. Realidade virtual: uma realidade na realidade. In: ARAUJO, Denize Correa (Org.) Imagem (ir)realidade: comunicação e cibermídia. Porto Alegre: Sulina, COTTA, Pery. Jornalismo: teoria e prática. Rio de Janeiro: Rubio, FELINTO, Erick. A religião das máquinas: ensaios sobre o imaginário da cibercultura. Porto Alegre: Sulina, FERRARI, Pollyana. Jornalismo digital. São Paulo: Contexto, KERCKHOVE, Derrick. O senso comum, antigo e novo. In: PARENTE, André (Org.) Imagemmáquina: a era das tecnologias do virtual. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. 34, LEÃO, Lucia. O labirinto da hipermídia: arquitetura e navegação no ciberespaço. 2. ed. São Paulo: Iluminuras,

7 LEMOS, André. Cibercultura, tecnologia e vida social na cultura contemporânea. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, (Coleção trans). A máquina universo: criação, cognição e cultura informática. Porto Alegre: Artmed, LIEDTKE, Paulo Fernando. A esquerda presta contas: comunicação e democracia nas cidades. Florianópolis: Ed. da UFSC, LUCKESI, Cipriano; PASSOS, Elizete Silva. Introdução à filosofia: aprendendo a pensar. 4. ed. São Paulo: Cortez, MARASCHIN, Cleci. Conhecimento, escola e contemporaneidade. In: PELLANDA, Nize; PELLANDA, Eduardo Campos. Ciberespaço: um hipertexto com Pierre Lévy. Porto Alegre: Artes e Ofícios, MEYER, Phili Os jornais podem desaparecer?: Como salvar o jornalismo na era da informação. São Paulo: Contexto, NEGRI, Antonio. Infinitude da comunicação: finitude do desejo. In: PARENTE, André (Org.) Imagem-máquina: a era das tecnologias do virtual. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. 34, NEVES, Ricardo. O novo mundo digital: você já está nele: oportunidades, ameaças e as mudanças que estamos vivendo. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, (Renascença digital ;1) NICOLA, Ricardo Luís. Cibersociedade: quem é você no mundo on-line?. São Paulo: SENAC, NIELSEN, Jakob; LORANGER, Hoa. Usabilidade na Web. Rio de Janeiro: Elsevier, PALLOFF, Rena M.; PRATT, Keith L. Construindo comunidades de aprendizagem no ciberespaço: estratégias eficientes para a sala de aula on-line. Porto Alegre: Artmed, PELLANDA, Luiz E. Psicanálise e Internet. In: PELLANDA, Nize; PELLANDA, Eduardo Campos. Ciberespaço: um hipertexto com Pierre Lévy. Porto Alegre: Artes e Ofícios, PELLANDA, Eduardo Campos. Pensando em rede. In: PELLANDA, Nize; PELLANDA, Eduardo Campos. Ciberespaço: um hipertexto com Pierre Lévy. Porto Alegre: Artes e Ofícios,

8 PAULA FILHO, Wilson de Pádua. Multimídia: conceitos e aplicações. Rio de Janeiro: LTC, PINHO, J. B. Publicidade e vendas na Internet: técnicas e estratégias. São Paulo: Summus, PREECE, Jenny; ROGERS, Yvonne; SHARP, Helen. Design de interação: além da interação homem-computador. Porto Alegre: Bookman, QUÉAU, Philippe. O Tempo do Virtual. In: PARENTE, André (Org.) Imagem-máquina: a era das tecnologias do virtual. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. 34, RAUEN, Fábio José. Elementos de iniciação à pesquisa. Rio do Sul: Nova Era, Roteiros de Investigação Científica. Tubarão: Editora Unisul, RYAN, Marie-Laure. Cyberspace textuality: computer technology and literary theory. Bloomington: Indiana University Press, SANTAELLA, Lúcia. Cultura das mídias. Ed. rev. e ampl. São Paulo: Experimento, SANTOS, Bettina Steren dos. PACHECO, Cristina de Oliveira. A informática no cotidiano escolar: relato de uma experiência didática. In: PELLANDA, Nize; PELLANDA, Eduardo Campos. Ciberespaço: um hipertexto com Pierre Lévy. Porto Alegre: Artes e Ofícios, SCHAPHORST, Richard. Videoconferencing and videotelephony: technology and standards. 2. ed. Boston: Artech House, SCHUHMACHER, Vera R. Niedersberg. Comunicação Visual para Web: livro didático. 3. ed. rev. e atual. Palhoça: UnisulVirtual, Interface humano-computador: livro didático. 3. ed. rev. e atual. Palhoça: UnisulVirtual, SILVA, Juremir Machado da. As tecnologias do imaginário. 2. ed. Porto Alegre: Sulina, Imagens da irrealidade espetacular. In: ARAUJO, Denize Correa (Org.) Imagem (ir)realidade: comunicação e cibermídia. Porto Alegre: Sulina, SILVEIRA, Luciana Martha. A (ir)realidade da cor na fotografia. In: ARAUJO, Denize Correa (Org.) Imagem (ir)realidade: comunicação e cibermídia. Porto Alegre: Sulina, STERNE, Jim. Marketing na web: integrando a web à sua estratégia de marketing. São Paulo: Campus,

9 VIANNA, Marco Aurélio Ferreira; VELASCO, Sérgio Duarte. Nas ondas do futuro: uma análise das tendências e das oportunidades para o amanhã. São Paulo: Gente, WARD, Mike. Jornalismo online. São Paulo: Roca, WEISSBURG, Jean-Louis. Real e Virtual. In: PARENTE, André (Org.) Imagem-máquina: a era das tecnologias do virtual. 3. ed. Rio de Janeiro: Ed. 34, WILLIAMS, Robin; TOLLETT, John. Web design para não-designers: um guia objetivo para você criar, projetar e publicar o seu site na web. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, WOLTON, Dominique. Internet e depois?: uma teoria crítica das novas mídias. Porto Alegre: Sulina, ZELDMAN, Jeffrey. Projetando web sites compatíveis. Rio de Janeiro: Campus,

JCL Tecnologia. Proposta para Criação, Desenvolvimento e Manutenção de Website. 10 de setembro

JCL Tecnologia. Proposta para Criação, Desenvolvimento e Manutenção de Website. 10 de setembro 10 de setembro JCL Tecnologia 2009 Proposta para Criação, Desenvolvimento e Manutenção de Website 1 Hamilton Junior Multimídia Designer APRESENTAÇÃO Meu trabalho consiste em criar conceitos e a partir

Leia mais

Projeto de Análise de Site Educacional www.diabetesnoscuidamos.com.br

Projeto de Análise de Site Educacional www.diabetesnoscuidamos.com.br Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Instituto de Artes Pós Graduação em Multimeios 1º sem/2002 Disciplina: Multimeios e Educação Ministrada por: José Armando Valente Aluno: Álvaro E.M. Marinho

Leia mais

ANÁLISE DAS MUDANÇAS NA PÁGINA DO SITE PORTAL COMUNITÁRIO

ANÁLISE DAS MUDANÇAS NA PÁGINA DO SITE PORTAL COMUNITÁRIO 11. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA ANÁLISE DAS

Leia mais

IHM Interface Humano-Máquina

IHM Interface Humano-Máquina A IHM Interface Humano-Máquina Prof. Dra. Sílvia Dotta Aula 1 - Introdução Roteirodaaula Apresentação da disciplina Motivação, Objetivos Metodologia de ensino Introdução e conceituação de IHM Histórico

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Curso de Jornalismo CONTEÚDO PROGRAMÁTICO E REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Área 1 Jornalismo Especializado (1 vaga) Graduação Exigida: Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo Titulação mínima exigida:

Leia mais

23/09/2011. Tecnologias da Educação. Tecnologias e mídias. Diferença entre tecnologia e mídia. Diferença entre tecnologia e mídia.

23/09/2011. Tecnologias da Educação. Tecnologias e mídias. Diferença entre tecnologia e mídia. Diferença entre tecnologia e mídia. Tecnologias da Educação Marco Antônio Tecnologias e mídias Comunicar não é de modo algum transmitir uma mensagem ou receber uma mensagem. Isso é a condição física da comunicação, mas não é comunicação.

Leia mais

USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC)

USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC) USABILIDADE NA WEB E EM INTERFACES. Tutora: Aline Yuri Ieiri (UAB UFABC - PACC) Definição do conceito O que é Usabilidade? Usabilidade é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem

Leia mais

Testes de Usabilidade

Testes de Usabilidade Testes de Usabilidade Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Setembro de 2012 Prof. Edwar Saliba Júnior 1 Reflexão Ao fazer referência à questão da qualidade da relação

Leia mais

3 - Projeto de Site:

3 - Projeto de Site: 3 - Projeto de Site: O site de uma empresa é como um cartão de visita que apresenta sua área de negócios e sua identidade no mercado, ou ainda, como uma vitrine virtual em que é possível, em muitos casos,

Leia mais

Características do jornalismo on-line

Características do jornalismo on-line Fragmentos do artigo de José Antonio Meira da Rocha professor de Jornalismo Gráfico no CESNORS/Universidade Federal de Santa Maria. Instantaneidade O grau de instantaneidade a capacidade de transmitir

Leia mais

Avaliação dos Equívocos Descritos por Nielsen em Páginas Web

Avaliação dos Equívocos Descritos por Nielsen em Páginas Web Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Informática Departamento de Informática Aplicada Interação Homem-Computador INF01043 Aluno: Leonardo Garcia Fischer Cartão UFRGS: 116627 Matrícula:

Leia mais

usabilidade assume uma importância ímpar na economia da Internet

usabilidade assume uma importância ímpar na economia da Internet WEB Usabilidade WEB usabilidade assume uma importância ímpar na economia da Internet no design de produtos e de software tradicionais, usuários pagam antes e experimentam a usabilidade depois na WEB experimentam

Leia mais

Internet: Site da Simonsen e Secretaria Online

Internet: Site da Simonsen e Secretaria Online Capítulo 9 Internet: Site da Simonsen e Secretaria Online 9.1 Introdução a Internet A palavra Internet é o resultado da junção dos termos inter (internacional) e net (rede), e é o nome da grande rede mundial

Leia mais

Introdução. Introdução

Introdução. Introdução Introdução 1. Conheça a sua taxa de conversão 2. Usabilidade e navegabilidade 3. Pense mobile 4. Seja relevante 5. Tenha CTAs atraentes 6. O teste AB é fundamental Conclusão Introdução Conhecer os números

Leia mais

TESTE DE USABILIDADE DO SITE DE UMA LOJA DE DEPARTAMENTOS VOLTADA PARA O VAREJO DE MODA

TESTE DE USABILIDADE DO SITE DE UMA LOJA DE DEPARTAMENTOS VOLTADA PARA O VAREJO DE MODA TESTE DE USABILIDADE DO SITE DE UMA LOJA DE DEPARTAMENTOS VOLTADA PARA O VAREJO DE MODA Thaissa SCHNEIDER 1, Monique VANDRESEN 1, Flávio dos SANTOS 1 1 Universidade do Estado de Santa Catarina. SUMÁRIO

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Design

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Design Disciplina: Departamento: Interface Visual e Tecnológica Planejamento e Configuração - DEPC Carga Horária: 45 h/a Créditos: 03 Professor Responsável: Maria Regina Álvares Correia Dias EMENTA: Estudo dos

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

A PÁGINA DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA DO PORTAL DIA A DIA EDUCAÇÃO

A PÁGINA DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA DO PORTAL DIA A DIA EDUCAÇÃO A PÁGINA DISCIPLINAR DE MATEMÁTICA DO PORTAL DIA A DIA EDUCAÇÃO Resumo: Dolores Follador Secretaria de Estado da Educação do Paraná e Faculdades Integradas do Brasil - Unibrasil doloresfollador@gmail.com

Leia mais

Usabilidade na WEB CCUEC. Roberto Romani. UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas

Usabilidade na WEB CCUEC. Roberto Romani. UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas CCUEC Roberto Romani UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas Usabilidadena WEB Tópicos Principais O que é usabilidade? Por que usabilidade na Web 7 regras básicas de usabilidade na Web Inspeção de usabilidade

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK

www.rakutencommerce.com.br E-BOOK APRENDA AS ÚLTIMAS DICAS E TRUQUES SOBRE COMO DAR UM TAPA 3.0 NA SUA LOJA VIRTUAL. www.rakutencommerce.com.br E-BOOK propósito desse ebook é muito simples: ajudar o varejista on-line a dar um tapa 3.0

Leia mais

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO

ANÁLISE DE SITES EDUCACIONAIS PELO PROFESSOR E PELO ALUNO Análise do professor: Parâmetros para avaliação Ao navegar por Web sites é importante observar alguns tópicos para determinar se um site é bom ou não. Navegação, design, conteúdo, velocidade de acesso,

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

DESIGN DE INTERAÇÃO. José Alexandre Ducatti

DESIGN DE INTERAÇÃO. José Alexandre Ducatti DESIGN DE INTERAÇÃO José Alexandre Ducatti DESIGN DE I NTERAÇÃO PERCEPÇÃO DESIGN BOM E MAU DESIGN METAS DE DESIGN DE INTERAÇÃO METAS DE USABILIDADE METAS DECORRENTES DA EXPERIÊNCIA DO USUÁRIO PRINCÍPIOS

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

Configurações de Campanha

Configurações de Campanha Guia rápido sobre... Configurações de Campanha Neste guia... Aprenda a criar campanhas e a ajustar as configurações para otimizar os resultados. Índice 1. Criar Nova Campanha! 4 1.1 Dar um nome à campanha!

Leia mais

Introdução ao GetResponse

Introdução ao GetResponse Guia rápido sobre... Introdução ao GetResponse Neste guia... Aprenda a construir sua lista, a criar envolventes e-mails e a converter contatos em clientes em GetResponse, com acesso aos melhores recursos

Leia mais

A importância do design nos negócios

A importância do design nos negócios A importância do design nos negócios SUMÁRIO Apresentação 4 A importância do Design 5 Design de Comunicação 13 A Escada do Design 6 Design Gráfico 14 O processo do Design 7 Logomarca 15 Design & Inovação

Leia mais

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO Instituto Federal Farroupilha Câmpus Santa Rosa ledomanski@gmail.com Introdução Ler no contexto mundial globalizado

Leia mais

Utilizando a ferramenta de criação de aulas

Utilizando a ferramenta de criação de aulas http://portaldoprofessor.mec.gov.br/ 04 Roteiro Utilizando a ferramenta de criação de aulas Ministério da Educação Utilizando a ferramenta de criação de aulas Para criar uma sugestão de aula é necessário

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE CELULAR X COMPUTADOR Atualmente, o Celular roubou a cena dos computadores caseiros e estão muito mais presentes na vida dos Brasileiros. APLICATIVO PARA CELULAR O nosso aplicativo para celular funciona

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Manual de Procedimentos Ly n ns O Rei dos Blogs Crescendo empreendedores Sumário Propósito... 3 Estrutura do Manual... 4 1. Iniciando... 5 1.1. O que é o Portal LyonBlogs... 5 1.2. Qual é o Objetivo...

Leia mais

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1

Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Instituto Federal do Sertão-PE Design de Interfaces e Usabilidade - Tópico 1 Prof. Felipe Correia Conteúdo Por que estudar Design de Interfaces e Usabilidade?! Conceitos básicos sobre Design! Primeira

Leia mais

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais)

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais) PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA Ensino Fundamental (séries finais) O Clickideia é um portal educacional (www.clickideia.com.br), desenvolvido com o apoio do CNPq e da UNICAMP, que apresenta conteúdos didáticos

Leia mais

Designer gráfico. elementos verbais e não-verbais que irão compor peças gráficas com a finalidade

Designer gráfico. elementos verbais e não-verbais que irão compor peças gráficas com a finalidade Rubens de Souza Designer gráfico O designer gráfico desenvolve projetos ou planejamentos a partir de elementos verbais e não-verbais que irão compor peças gráficas com a finalidade específica de atingir

Leia mais

Software Tutorial sobre Sistema Solar

Software Tutorial sobre Sistema Solar Software Tutorial sobre Sistema Solar Alan Correa, Antônio Rocir, Sandro Niederauer Faculdade Cenecista de Osório (FACOS) Rua 24 de maio, 141 95520-000 Osório RS Brasil {sandroniederauer, alan.sms}@hotmail.com,

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

ESCOLA. BRITANNICA.COM.BR

ESCOLA. BRITANNICA.COM.BR britannica.com.br Guia do usuário: Britannica ESCOLA. BRITANNICA.COM.BR BEM-VINDO AO BRITANNICA DIGITAL LEARNING Os melhores recursos digitais para a sua escola Parabenizamos a sua decisão de usar o Britannica

Leia mais

Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site. Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN

Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site. Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN Desenvolvimento Web Usabilidade na Web aula I introdução e o design geral do site Prof.: Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Introdução A Web oferece uma enorme liberdade de escolha e movimentação Qualquer coisa

Leia mais

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA Você deve ter em mente que este tutorial não vai te gerar dinheiro apenas por você estar lendo, o que você deve fazer e seguir todos os passos

Leia mais

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento

Britannica Escola Online. Manual de Treinamento Britannica Escola Online Manual de Treinamento 1 ÍNDICE Conhecendo a Britannica Escola Online...3 Como Acessar a Britannica Escola Online...3 Página Inicial da Britannica Escola Online...4 Área de Pesquisa...4

Leia mais

INTRODUÇÃO. Palavras-chave: Alfabetização, EJA, Inclusão, Facebook.

INTRODUÇÃO. Palavras-chave: Alfabetização, EJA, Inclusão, Facebook. A INCLUSÃO DIGITAL E O FACEBOOK NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EJA: UMA EXPERIÊNCIA VIVENCIADA NA ESCOLA MUNICIPAL FRANCISCO JOSÉ DE SANTANA POMBAL PB Autor (1) Amélia Maria

Leia mais

Aula 10 COMO CONSTRUIR UM BLOG. Patrícia Soares de Lima. META Aprender a construir e utilizar um Blog.

Aula 10 COMO CONSTRUIR UM BLOG. Patrícia Soares de Lima. META Aprender a construir e utilizar um Blog. Aula 10 COMO CONSTRUIR UM BLOG META Aprender a construir e utilizar um Blog. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: Através desse tipo de ferramenta, criar um ambiente de socialização de materiais

Leia mais

CAPÍTULO 4. AG8 Informática

CAPÍTULO 4. AG8 Informática 2ª PARTE CAPÍTULO 4 Este capítulo têm como objetivo: 1. Tratar das etapas do projeto de um Website 2. Quais os profissionais envolvidos 3. Administração do site 4. Dicas para não cometer erros graves na

Leia mais

REDE DE CAPACITAÇÃO: FORMANDO PROFESSORES PARA USO PEDAGÓGICO DA INTERNET.

REDE DE CAPACITAÇÃO: FORMANDO PROFESSORES PARA USO PEDAGÓGICO DA INTERNET. 1 REDE DE CAPACITAÇÃO: FORMANDO PROFESSORES PARA USO PEDAGÓGICO DA INTERNET. 04/2007 Priscila Gonsales CENPEC - Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária / EDUCAREDE (educarede@cenpec.org.br)

Leia mais

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade

USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Eng. e Gestão do Conhecimento USABILIDADE NA WEB : Projetando Websites com Qualidade Jakob Nielsen Hoa Loranger Rafael Tezza SOBRE A

Leia mais

SALA DE AULA VIRTUAL DE MATEMÁTICA

SALA DE AULA VIRTUAL DE MATEMÁTICA SALA DE AULA VIRTUAL DE MATEMÁTICA GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior Jorge Luis Palacios Felix URI jlpfelix@urisan.tche.br Resumo: O presente trabalho traz uma motivação da maneira

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

DESIGN DE LIVRO DIGITAL

DESIGN DE LIVRO DIGITAL DESIGN DE LIVRO DIGITAL Aluna: Mariana Ferreira Gomes Corrêa Orientadora: Rita Maria de Souza Couto Co-orientadora: Cristina Portugal Introdução A pesquisa desenvolvida foi parte integrante do trabalho

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL

O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL PACOTE DE NOTÍCIAS no dreamweaver O TEXTO DA MÍDIA DIGITAL União das principais características das mídias "anteriores : - Agilidade (rádio) - rapidez na atualização de conteúdo e na formatação do layout

Leia mais

Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen

Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen Os piores erros em Web Design Jacob Nielsen Os dez mais chocantes crimes contra os usuários. 1. Busca interna ruim Motores de busca excessivamente literais reduzem a usabilidade uma vez que eles são incapazes

Leia mais

Interface Usuário Máquina. Aula 06

Interface Usuário Máquina. Aula 06 Interface Usuário Máquina Aula 06 Conteúdo Qualidade do Design Acessibilidade Comunicabilidade Usabilidade Experiência do Usuário Usabilidade em Sistemas Computacionais Usabilidade O que você entende por

Leia mais

Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC

Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Campus Formosa Interface Humano-Computador IHC Paradigmas de IHC Prof. M.Sc. Victor Hugo Lázaro Lopes IHC Paradigmas de IHC AGENDA Engenharia Cognitiva

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis

IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1. Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis IMPLANTAÇÃO DA BIBLIOTECA VIRTUAL DO INSTITUTO CEPA: RELATO DA EXPERIÊNCIA 1 Ilmar Borchardt Amélia Silva de Oliveira Danilo Pereira Édina Nami Regis Resumo Descreve a implantação da Biblioteca Virtual

Leia mais

CONCURSO DE WEBSITES DE RAMOS ESTUDIANTIS DO IEEE. Traduzido por: Adjamilton Junior Equipe de Tradução Região 9

CONCURSO DE WEBSITES DE RAMOS ESTUDIANTIS DO IEEE. Traduzido por: Adjamilton Junior Equipe de Tradução Região 9 CONCURSO DE WEBSITES DE RAMOS ESTUDIANTIS DO IEEE Traduzido por: Adjamilton Junior Equipe de Tradução Região 9 Regras e instruções O objetivo de uma página web é transmitir informação de uma maneira útil

Leia mais

PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO

PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO PERSPECTIVAS SOBRE O USO DO DESIGN INSTRUCIONAL PARA UMA EaD INCLUSIVA: POR ONDE ESTAMOS CAMINHANDO Carlos Eduardo Rocha dos Santos Universidade Bandeirante Anhanguera carlao_santos@yahoo.com.br Oswaldo

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1

Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1 Alto Taquari em Pauta: uma experiência interdisciplinar em jornalismo digital 1 Aparecido Marden Reis 2 Marli Barboza da Silva 3 Universidade do Estado de Mato Grosso, Unemat - MT RESUMO O projeto experimental

Leia mais

Tutorial de animação quadro a quadro

Tutorial de animação quadro a quadro Tutorial de animação quadro a quadro quadro a quadro é uma técnica que consiste em utilizar imagens ou fotografias diferentes de um mesmo objeto para simular o seu movimento. Nesse caso, trata-se de relatar

Leia mais

Desenvolvimento da Interface com Foco no Usuário. Parte I

Desenvolvimento da Interface com Foco no Usuário. Parte I Desenvolvimento da Interface com Foco no Usuário Parte I Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Prof. Edwar Saliba Júnior 1 Lembre-se! Ao programar um software, o usuário

Leia mais

Criar Newsletters. Guia rápido sobre...

Criar Newsletters. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Newsletters Neste guia... Saiba como criar atrativas newsletters em texto simples ou HTML para captar a atenção de seus contatos e ir ao encontro de seus interesses e expectativas.

Leia mais

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br

JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ www.diariodaconstrucao.com.br PROPOSTA DE PROPAGANDA - ANUNCIE NO JDC Apresentação de Plano de Publicidade Online no Site O JORNAL DIÁRIO DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO PARÁ atende com o nome de JDC, porque é uma empresa que tem como sua atividade

Leia mais

Jornalismo Interativo

Jornalismo Interativo Jornalismo Interativo Antes da invenção da WWW, a rede era utilizada para divulgação de informações direcionados a públicos muito específicos e funcionavam através da distribuição de e-mails e boletins.

Leia mais

ANIMAÇÕES WEB AULA 2. conhecendo a interface do Adobe Flash. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com

ANIMAÇÕES WEB AULA 2. conhecendo a interface do Adobe Flash. professor Luciano Roberto Rocha. www.lrocha.com ANIMAÇÕES WEB AULA 2 conhecendo a interface do Adobe Flash professor Luciano Roberto Rocha www.lrocha.com O layout do programa A barra de ferramentas (tools) Contém as ferramentas necessárias para desenhar,

Leia mais

Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1

Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1 Jornalismo cultural na internet e a proposta do site Movamente 1 Letícia BARROSO 2 Thaís PEIXOTO 3 Centro Universitário Fluminense Campus II- Campos/RJ RESUMO: A falta de espaço nos veículos convencionais

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha

Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha Como adquirir os materiais didáticos do Moderna.Compartilha MODERNA.COMPARTILHA: INTEGRAR TECNOLOGIA E CONTEÚDOS A FAVOR DO APRENDIZADO. Os alunos deste século estão conectados com novas ideias, novas

Leia mais

Otimização de resultados: o website da I Semana Integrada de Comunicação como ferramenta indispensável para a gestão 1

Otimização de resultados: o website da I Semana Integrada de Comunicação como ferramenta indispensável para a gestão 1 Otimização de resultados: o website da I Semana Integrada de Comunicação como ferramenta indispensável para a gestão 1 Fernando FRESINGHELI 2 Aline FABIANO 3 Lucas VELASQUE 4 Rayan MAGALHÃES 5 Ivana CAVALCANTE

Leia mais

SERÁ UM ORGULHO TÊ-LO EM NOSSO TIME!!!

SERÁ UM ORGULHO TÊ-LO EM NOSSO TIME!!! A MVP é uma agência de Comunicação e Marketing Esportivo que atua de forma diferenciada no mercado, gerenciando a imagem de grandes atletas do esporte nacional desde 2006, passando pelos ciclos olímpicos

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA Dayane Ribeiro da Silva (PICV/PRPPG/ UNIOESTE), Greice da Silva Castela (Orientadora), e-mail: greicecastela@yahoo.com.br

Leia mais

SISTEMAS HIPERMÍDIA E MULTIMÍDIA

SISTEMAS HIPERMÍDIA E MULTIMÍDIA SISTEMAS HIPERMÍDIA E MULTIMÍDIA Prof. Dr. Juliano Schimiguel Tutor. Msd. Rolfi C. Gomes Unidade V Engenharia de Software x Engenharia Web Propósitos de Websites Atividades da EW Categorias de Aplicações

Leia mais

Tópicos de Ambiente Web Web Design III

Tópicos de Ambiente Web Web Design III Tópicos de Ambiente Web Web Design III Professora: Sheila Cáceres Conteúdo para Web Educacional Entretenimento Comercial Industrial Cientifico Entre outros Tópicos de Ambiente Web - Prof. Sheila Cáceres

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento.

Vamos, juntos. Equipe de Atendimento. Vamos, juntos Somos agência de publicidade e consultoria em marketing digital com a missão de atender as necessidades de comunicação da sua empresa, com serviços que abrangem desde campanhas integradas

Leia mais

MINIWEB EDUCAÇÃO - A EXPERIÊNCIA DA CRIAÇÃO DE UM PORTAL EDUCACIONAL E CURSOS A DISTÂNCIA.

MINIWEB EDUCAÇÃO - A EXPERIÊNCIA DA CRIAÇÃO DE UM PORTAL EDUCACIONAL E CURSOS A DISTÂNCIA. 1 MINIWEB EDUCAÇÃO - A EXPERIÊNCIA DA CRIAÇÃO DE UM PORTAL EDUCACIONAL E CURSOS A DISTÂNCIA. Profa. Arlete Embacher MiniWeb Educação S/C Ltda webmaster@miniweb.com.br Resumo Este relato descreve como surgiu

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica O e-mail Com seus próprios cliques 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Toque pessoal...3 Limpeza e Backup de e-mails...5 Dicas...7 2 Com seus próprios OutLook

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DO OBJETO DE APRENDIZAGEM RECURSOS EXPRESSIVOS - ESTUDO DIRIGIDO Nº 2 : DESIGNS INSTRUCIONAL, VISUAL E DE INTERAÇÃO

A CONSTRUÇÃO DO OBJETO DE APRENDIZAGEM RECURSOS EXPRESSIVOS - ESTUDO DIRIGIDO Nº 2 : DESIGNS INSTRUCIONAL, VISUAL E DE INTERAÇÃO 1 A CONSTRUÇÃO DO OBJETO DE APRENDIZAGEM RECURSOS EXPRESSIVOS - ESTUDO DIRIGIDO Nº 2 : DESIGNS INSTRUCIONAL, VISUAL E DE INTERAÇÃO Belo Horizonte MG Abril 2012 Categoria: C - Método e Tecnologias Setor

Leia mais

Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais.

Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais. Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais. Tales Henrique José MOREIRA 1 ; Gabriel da SILVA 2 ; 1 Estudante de Tecnologia em Sistemas para

Leia mais

Email marketing: os 10 erros mais comuns

Email marketing: os 10 erros mais comuns Email marketing: os 10 erros mais comuns Publicado em: 18/02/2008 Não ter permissão dos contatos para enviar mensagens Um dos princípios fundamentais do email marketing é trabalhar apenas com contatos

Leia mais

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br

MIDIA KIT. Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br MIDIA KIT Aqui você fica atualizado. www.noticiasdealagoinhas.com.br Sobre nosso site O Notícias de Alagoinhas hoje é o portal mais completo da cidade. Somos um Canal de comunicação online que integra

Leia mais

ClinicalKey 2.0. Guia do usuário

ClinicalKey 2.0. Guia do usuário ClinicalKey 2.0 Guia do usuário 2 Agenda 1. Introdução 2. Selecionando o navegador 3. Como acessar ClinicalKey 4. Como pesquisar no ClinicalKey 5. A informação que você precisa 6. Topic Pages 7. Página

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Periférico de entrada/saída, memória, vírus, Windows, barra tarefas. Prof: Lucas Aureo Guidastre Memória A memória RAM é um componente essencial

Leia mais

Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing

Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing Problemas em vender? Veja algumas dicas rápidas e práticas para aumentar suas vendas usando e-mail marketing Conteúdo A chegada da internet e a mudança no comportamento das pessoas Novo modelo de concorrência

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Manual de Utilização Moodle

Manual de Utilização Moodle Manual de Utilização Moodle Perfil Professor Apresentação Esse manual, baseado na documentação oficial do Moodle foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO A DISTÂNCIA SECADI/UFC AULA 02: EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA TÓPICO 03: CARACTERÍSTICAS DO ENSINO A DISTÂNCIA VERSÃO TEXTUAL Antes de iniciar este curso, você deve ter refletido bastante sobre

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS Guia Inicial de Acesso e Utilização Para Docentes Versão 1.0b Outubro/2010 Acesso e utilização do Ambiente Virtual de Ensino

Leia mais

NAVEGAR INTERNET NAVEGANDO

NAVEGAR INTERNET NAVEGANDO INTERNET NAVEGANDO A Web, como é chamada, é formada por milhões de lugares conhecidos como sites. Existem sites de universidades, empresas, órgãos do governo, sites pessoais etc. As informações estão organizadas

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter Vivemos a era do conteúdo na Internet. Um e-mail com o conteúdo certo, distribuído às pessoas certas é

Leia mais