Microsoft Access: Criar relações para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Microsoft Access: Criar relações para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos"

Transcrição

1 Microsoft Access: Criar relações para um novo banco de Vitor Valerio de Souza Campos

2 Conteúdo do curso Visão geral: relações são essenciais Lição: inclui oito seções Tarefas práticas sugeridas Teste Cartão de Referência Rápida

3 Visão geral: relações são essenciais Aprenda como criar relações de tabelas em um novo banco de do Access Relações são essenciais, pois unem os nas tabelas para que você consiga extrair informações significativas. Este curso explica os diferentes tipos de relações e mostra como criá-las.. Fonte: Treinamento da Microsoft

4 Objetivos do curso Criar uma relação um-para-muitos. Definir a integridade referencial. Criar campos de pesquisa. Criar uma relação um-para-um. Criar uma relação muitos-para-muitos.

5 Criar relações No curso anterios, você criou suas tabelas e atribuiu a cada uma delas uma chave primária um campo com um valor que torna cada linha única. Agora é hora de vincular suas tabelas através da criação de relações. Chaves primária e estrangeira em uma estrutura de tabela.

6 Criar relações Em um banco de, as relações são essenciais, pois é através delas que as tabelas conversam umas com as outras. Se as suas tabelas não conversarem, não será possível obter respostas de seus. Você cria relações usando um campo de uma tabela como campo em uma tabela relacionada. Chaves primária e estrangeira em uma estrutura de tabela.

7 Criar relações O campo que você inclui é sua chave primária. Cada uma das tabelas no seu banco de tem uma chave primária, e você inclui essa chave como um novo campo em outra tabela para criar uma relação com ela. Quando você compartilha uma chave primária, o novo campo na segunda tabela é chamado de chave estrangeira. Chaves primária e estrangeira em uma estrutura de tabela.

8 Criar relações A imagem ilustra uma maneira como isso pode funcionar. Para associar ativos e fornecedores, o campo da chave estrangeira na tabela Ativos fornece uma lista de nomes de empresas. Em segundo plano, o Access usa os valores nas chaves primária e estrangeira para sincronizar os dois campos. Você pode, por sua vez, usar essa relação para responder perguntas como, Qual empresa forneceu um determinado computador? Chaves primária e estrangeira em uma estrutura de tabela.

9 Criar relações Este curso mostra como criar esse tipo de relação e definir regras para controlar a forma como você pode atualizar e excluir os de seu banco de. Chaves primária e estrangeira em uma estrutura de tabela.

10 Tipos de relações Suas tabelas podem participar de três tipos de relações, como mostrado na imagem: Você tem uma relação um-para-um quando um único registro em uma tabela está relacionado a um único registro em outra tabela e vice-versa. Você tem uma relação um-para-muitos quando um registro em uma tabela está relacionado a vários registros em outra tabela. Os três tipos de relações de tabela: um-para-um, um-para-muitos e muitos-para-muitos.

11 Tipos de relações Você tem uma relação muitos-para-muitos quando vários registros de uma tabela estão relacionados a vários registros de outra tabela. Os três tipos de relações de tabela: um-para-um, um-para-muitos e muitos-para-muitos.

12 Tipos de relações Este curso mostra como criar os três tipos de relações, mas despenderemos a maior parte do tempo em relações um-paramuitos porque elas são as mais comuns. Além disso, se você desejar publicar um banco de para o SharePoint, terá de criar campos de pesquisa e um vídeo, mais tarde neste curso, mostrará como. Os três tipos de relações de tabela: um-para-um, um-para-muitos e muitos-para-muitos.

13 Neste ponto, é útil pensar que as relações têm lados. Por exemplo, um fornecedor pode fornecer muitos ativos, então a tabela Fornecedores reside no lado um da relação, enquanto a tabela Ativos fica no lado muitos, como mostra a imagem. As relações têm lados A tabela Fornecedores reside no lado um, e a tabela Ativos fica no lado muitos.

14 Lembre-se desta regra: para criar uma relação um-para-muitos, você usa a chave primária da tabela no lado um como chave estrangeira na tabela do lado muitos. Você verá como fazer isso em seguida. As relações têm lados A tabela Fornecedores reside no lado um, e a tabela Ativos fica no lado muitos.

15 Criar relações Para Preciso Em Observe Vou tipo e consulte Agora, a primeiro Nessa Só próxima seguir guia isso painel para seja seguida, usar selecionar de criar leva altura, 'Ferramentas obter clico compatível lembrar, vou seção. que lado Suporte uma a links uma vou até mostra mais eu para Numeração relação o Por Número, bem vejo a posso até no integridade tipo regra. de informações guia o com agora, Cartão do automaticamente a campo uma disso de tabela 'Campos' entre clicar Banco Um o lado tipo lista insiro eu Automática e de campo chave você em tabelas, referencial do vou e de Referência sobre Número Ativos um outro Criar e Dados', apenas tipos vai confiro estrangeira chave nome quais comece ver botão lado usado todas porque é definido o para outro clicar Rápida, estrangeira um porquê tipos do lista e as pela abrindo conjunto criar iniciar no em lado. tabelas o é 'Tipos de quando para campo no outro compatível chave daqui 'Criar' a final o Na relação deve as a Painel no lado, a e, Dados'. são deste pouco. relacionamento com chave desse tabelas primeira clico primária, usar vou aqui banco regras Para Vamos 'Relações'. posso compatíveis, para um oestá criar curso. jeito. primária de que nos dar Este dou tipo tabela antes a ; a controlam relação. uma dois relação, clique é de um correspondente. definir eu e lados olhada digamos adiciono campo clico duplo Eu como do a que arrasto em no relacionamento. que campo um coincida integridade é cabeçalho Numeração possível, eu o campo queira chave referencial. ou do relacionar chave primária, Automática. não, novo estrangeira. primária excluir campo. estas na. do duas. Aponte para a parte inferior do vídeo para ver os controles de vídeo. Arraste ou aponte ao longo da barra de progresso para avançar ou voltar.

16 Definir a integridade referencial Ao seus altera Digamos Se Entretanto, Aqueles Então Feche Banco Clique Agora, Relação. É tornam ou Por essa Fornecedor uma possível você integridade ocorrer criar exemplo, atualização olhada campos, ou quaisquer de na já clique como possível impuser uma registros Na viu remove Dados linha parar e caixa chave relação com numa referencial cascata que como nesse você alterar ocorre a tabelas e,. se exclusão de o integridade exclua no primária representa não regra, botão tornam entre diálogo, alterar criar ponto por grupo relacionados em impuser abertas, Isso também um você direito quaisquer em tabelas, relações cascata órfãos e o ou 'Relações' ajuda Fornecedor selecione em estrangeira nome referencial, cascata a quer também relação clique um previne integridade e a por é para a definir mouse usar manter outros uma local esse anteriormente todos, Impor na um clique definir bancos esses em prática registros quaisquer e guia mesmo a Fornecedor na ver seus você integridade sincronia referencial, Integridade linha em Ferramentas atualizações registros essa banco de deseja órfãos; e, neste fica a de todas em os na exatos. muito editar; recomendada eis. Relações. seguir, Referencial. alteração relacionados. Fornecedor. referencial vídeo, web. um Integridade farão Estas Assim, Você exclusões vezes aqui local, vai são referência mais relacionados quando clique observe selecione como tentar aparecer configurações e, difícil. em referencial você àquele a em no isso definir excluímos esse cascata. isso Access, a Editar adiciona, funciona. um em, a opções no Fornecedor. esse linha valor integridade exercício é opcionais, isso um Fornecedor se que pai é conjunto torna feito que também deseja e, referencial. mas a editando mais não seguir, de usar quando existe serão espessa. regras vamos e uma clique mais. excluídos. são relação. dar usadas em mantém OK. Aponte para a parte inferior do vídeo para ver os controles de vídeo. Arraste ou aponte ao longo da barra de progresso para avançar ou voltar.

17 Criar campos de pesquisa Não caminho É referencial, Em pois Além tornando Por Comece clique tabela Tenha Na Vou corretos, mas Clique Agora Vamos ainda classificação valores página primeiro terceiro exemplo, neste é estamos posso lembre-se, ele disso, a é dê uma certeza no usar mostrar a tabela preciso certificar cria abrindo para que ao maneira possível primeiro Pesquisar caso chave Concluir seguinte clicar última você o -e itens a campo lugar, criando quando são criar relação de tabelas é isso como não selecionar opcional. no primária a que de os outro mais regra, tabela você lado campo uma não vou botão é lista nomes e que & chave pode criar você o possível e Ativos pronto, Relação ; fácil campo é o esconder lado só relação siga o pelos banco exatamente não Neste e um ambos pode campo insere usar estrangeira das alterar segundo esses nome que vai já habilitar campo Fornecedores, valores criar atualizações Empresas relacionamento de entre usar caso, é isso chave ajudar moveu mais está faça possível passos para coluna inicia campos lado que uma tabelas vou empresa, sentido funciona à atualizações estrangeira a ninguém frente, campo ordem Fornecedoras, para classificar chave, da mostrando o ver regra e web Assistente usuários então um relação mas o e começar painel e neste cascata como novo primeiro pesquisa -, selecione chave porque um a antes é para clique usar em mais os ser banco e campo os uma este Ativo, você de a em porque começar você. lista lado vai aquele 'Campos nomes decrescente primária, banco Habilitar mesmo curso, para fácil Avançar possam poder clico cascata na funciona criar Pesquisa. mas Clique Selecione em Isso tabela ver você quiser, segundo ordem suspensa, usar rapidamente define qualquer criar relações o escolher ver processo o das no porque curso. entender, não Avançar. porquê, Selecionados' temos exatamente o SharePoint novamente. Integridade. as primeiro você a Assistente empresas crescente. identifica a primeira web. -e relações Ativos, escolher lugar, integridade banco facilmente o isso pode que um enquanto SharePoint e quando campo leva debater para você não opção em habilitar cada como uma e,. a Dados, precisão. Pesquisa, permite. referencial a outro vai uma Fornecedor. ordem seguir, habilitar avançamos vimos e algumas não banco acompanhar clique exclusões branco outra crescente, aqui. permite. de antes. clique entre de em a para classificação, regra. regras. integridade na pelo Avançar. em múltiplos. tabela a aqui relação. cascata, processo. Avançar. na é e web; o a Clique o único seguir Access na Aponte para a parte inferior do vídeo para ver os controles de vídeo. Arraste ou aponte ao longo da barra de progresso para avançar ou voltar.

18 Criar uma relação um-para-um Talvez você não use relações um-para-um com frequência, mas deve saber como criálas. Comece criando uma relação um-paramuitos e depois altere a indexação. O Access usa a indexação do mesmo modo que você usa um índice em um livro: para localizar informações rapidamente. Quando você cria uma chave primária, o Access indexa esse campo automaticamente, o que torna as pesquisas mais rápidas. O processo de criação de uma relação um-para-um.

19 Em relações um-paramuitos, a indexação da chave primária está ativada, mas a indexação do campo de chave estrangeira está desativada. Em uma relação um-para-um, a indexação dos dois campos de chave está ativada e nenhum campo permite valores duplicados. Criar uma relação um-para-um Você pode usar o Modo Design ou a faixa de opções para ativar a indexação de seus campos de chave estrangeira. Nós mostraremos como usar o Modo Design aqui. O processo de criação de uma relação um-para-um.

20 Criar uma relação um-para-um No Painel de Navegação, clique com o botão direito do mouse na tabelaque contém o campo de chave estrangeira e clique em Modo Design. No designer, clique no campo de chave estrangeira. Em Propriedades do Campo, na guia Geral, clique na lista ao lado de Indexadoe selecione Sim (Duplicação Não Autorizada). Salve suas alterações, e pronto. O processo de criação de uma relação um-para-um.

21 Criar uma relação muitos-para-muitos Você tem uma relação muitos-para-muitos quando um único registro em uma tabela pode se relacionar a muitos registros em outra, e um único registro nessa segunda tabela também pode se relacionar a muitos registros na primeira. As tabelas em uma relação muitos-para-muitos.

22 Criar uma relação muitos-para-muitos Por exemplo, digamos que sua empresa tem vários tipos de computadores e vários técnicos, com cada técnico certificado pra trabalhar em alguns computadores, mas não em todos. Cada técnico pode estar relacionado a mais de um computador e, por sua vez, cada computador pode estar relacionado a mais de um técnico. As tabelas em uma relação muitos-para-muitos.

23 Criar uma relação muitos-para-muitos Para acompanhar quem pode trabalhar em uma determinada máquina, você cria uma relação muitos-para-muitos adicionando as chaves primárias dos dois lados da relação a uma terceira tabela, chamada de tabela de junção ou de vínculo. Em outras palavras, uma relação muitos-paramuitos é apenas um par de relações um-paramuitos. As tabelas em uma relação muitos-para-muitos.

24 Criar uma relação muitos-para-muitos A imagem mostra uma relação muitos-paramuitos típica. Você pode ver que a estrutura é relativamente simples; uma tabela de junção com um par de chaves estrangeiras e alguns campos relacionados. Você pode usar os nessa tabela de junção para responder perguntas como: Em quais computadores um determinado técnico trabalhou no último mês? As tabelas em uma relação muitos-para-muitos.

25 Sugestões de prática 1. Criar uma relação usando o painel Relações. 2. Definir a integridade referencial e alterações em cascata. 3. Criar uma relação para um banco de da Web. 4. Criar uma relação um-para-um. 5. Criar uma relação muitos-para-muitos.

26 Pergunta de teste 1 É uma boa ideia pensar nas relações como tendo lados. (Escolha uma resposta.) 1. Verdadeiro. 2. Falso.

27 Pergunta de teste 1 É uma boa ideia pensar nas relações como tendo lados. Resposta: 1. Verdadeiro. Saber de que lado uma tabela está diz a você se ela usa ou não um campo de chave estrangeira.

28 Pergunta de teste 2 Para criar relações um-para-muitos, você executa qual das seguintes opções? (Escolha uma resposta.) 1. Usa a chave primária da tabela no lado um com uma chave estrangeira na tabela do lado muitos. 2. Usa uma tabela de junção com pelo menos dois campos de chave estrangeira. 3. Desativa a indexação para o campo de chave primária.

29 Pergunta de teste 2 Para criar relações um-para-muitos, você executa qual das seguintes opções? Resposta: 1. Usa a chave primária da tabela no lado um com uma chave estrangeira na tabela do lado muitos. No banco de de controle de ativos, agora você pode responder perguntas como: Qual empresa fornece a maior parte de nossos computadores?.

30 Pergunta de teste 3 Para criar uma relação um-para-um, você executa qual das seguintes opções? (Escolha uma resposta.) 1. Desativa a indexação para o campo de chave estrangeira. 2. Ativa a indexação no campo de chave estrangeira, mas permite valores duplicados. 3. Ativa a indexação para o campo de chave estrangeira sem permitir valores duplicados. 4. Habilita a integridade referencial.

31 Pergunta de teste 3 Para criar uma relação um-para-um, você executa qual das seguintes opções? Resposta: 3. Ativa a indexação para o campo de chave estrangeira sem permitir valores duplicados. Se você permitir valores duplicados, criará uma relação umpara-muitos.

32 Pergunta de teste 4 A integridade referencial é útil porque ela exerce qual das seguintes opções? (Escolha uma resposta.) 1. Assume o lugar de um índice. 2. Mantém os valores das chaves primária e estrangeira em sincronia. 3. Permite tornar órfãos de forma segura.

33 Pergunta de teste 4 A integridade referencial é útil porque ela exerce qual das seguintes opções? Resposta: 2. Mantém os valores das chaves primária e estrangeira em sincronia. A integridade referencial também pode tornar mais fácil atualizar e excluir.

34 Pergunta de teste 5 Para criar uma relação muitos-para-muitos entre a Tabela A e a Tabela B, você executa qual das seguintes opções? (Escolha uma resposta.) 1. Cria relações um-para-um entre A, B e pelo menos mais duas tabelas. 2. Adiciona as chaves primárias de A e B em uma tabela de "vínculo" ou "junção". 3. Adiciona todos os campos necessários da tabela A à tabela B e vice-versa, até que cada tabela contenha todos os que você precisa controlar.

35 Pergunta de teste 5 Para criar uma relação muitos-para-muitos entre a Tabela A e a Tabela B, você executa qual das seguintes opções? Resposta: 2. Adiciona as chaves primárias de A e B em uma tabela de "vínculo" ou "junção". Essas chaves estrangeiras permitem ver como os em cada lado se relacionam entre si.

36 Pergunta de teste 6 Este curso ensinou tudo o que você precisa saber sobre relações. (Escolha uma resposta.) 1. Verdadeiro. 2. Falso.

37 Pergunta de teste 6 Este curso ensinou tudo o que você precisa saber sobre relações. Resposta: 2. Falso. Os ponteiros no Cartão de Referência Rápida indicam muitas outras informações. Há um link no próximo slide; aproveite.

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma tabela no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na tabela.

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Banco de Dados Microsoft Access: Criar s Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na. 3. Criar uma no modo

Leia mais

Microsoft Access: Criar consultas para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos

Microsoft Access: Criar consultas para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos Microsoft Access: Criar consultas para um novo banco de Vitor Valerio de Souza Campos Conteúdo do curso Visão geral: consultas são essenciais Lição: inclui sete seções Tarefas práticas sugeridas Teste.

Leia mais

Microsoft Access: Criar relatórios para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos

Microsoft Access: Criar relatórios para um novo banco de dados. Vitor Valerio de Souza Campos Microsoft Access: Criar relatórios para um novo banco de dados Vitor Valerio de Souza Campos Conteúdo do curso Visão geral: O produto final Lição: Inclui oito seções Tarefas práticas sugeridas Teste Visão

Leia mais

Criação de relações. Joaquim Frias

Criação de relações. Joaquim Frias Criação de relações Joaquim Frias Conceitos Tipos de relações Exemplo de diagramas de relações Como definir Relações entre Tabelas 2 Tipos de Relações Relações Associação estabelecida entre campos comuns

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos

Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Google Drive: Acesse e organize seus arquivos Use o Google Drive para armazenar e acessar arquivos, pastas e documentos do Google Docs onde quer que você esteja. Quando você altera um arquivo na web, no

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Criar as tabelas para um banco de dados

Criar as tabelas para um banco de dados Treinamento Criar as tabelas para um banco de dados ANTES DE COMEÇAR O primeiro curso desta série, "Criar as tabelas de um novo banco de dados", forneceu uma lista de tabelas e campos para uso no banco

Leia mais

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes)

Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) Guia de Utilização do Microsoft Dynamics CRM (Gestão de Relacionamento com Clientes) 1. Sobre o Microsoft Dynamics CRM - O Microsoft Dynamics CRM permite criar e manter facilmente uma visão clara dos clientes,

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Introdução ao Tableau Server 7.0

Introdução ao Tableau Server 7.0 Introdução ao Tableau Server 7.0 Bem-vindo ao Tableau Server; Este guia orientará você pelas etapas básicas de instalação e configuração do Tableau Server. Em seguida, usará alguns dados de exemplo para

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

FORMAÇÃO OUTLOOK Fernando Andrade

FORMAÇÃO OUTLOOK Fernando Andrade Fernando Andrade fernando@pessoasetecnologia.com.br www.pessoasetecnologia.com.br Índice Calendário... 4 Os três tipos de entrada do calendário... 4 Iniciando um compromisso... 4 Evento de dia inteiro...

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

A-61750_pt-br. Guia do Administrador

A-61750_pt-br. Guia do Administrador A-61750_pt-br Guia do Administrador INTRODUÇÃO 1-1 CONFIGURAÇÃO DO TRABALHO 2-1 CONFIGURAÇÃO DE CORREÇÃO 3-1 CONFIGURAÇÃO DO CÓDIGO DE BARRAS E DO OCR 4-1 CONFIGURAÇÃO DE PÁGINA 5-1 ATALHOS DE PRODUTIVIDADE

Leia mais

1. Iniciando... 5. 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5. 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5. 1.2.1. Entrando no sistema...

1. Iniciando... 5. 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5. 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5. 1.2.1. Entrando no sistema... Manual de Operações Básicas do Zimbra SUMÁRIO 1. Iniciando... 5 1.1. Conhecendo sua caixa de email... 5 1.2. Entrando e saindo do sistema... 5 1.2.1. Entrando no sistema... 5 1.2.2. Saindo do sistema...

Leia mais

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013

Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5. Guia de gerenciamento de ativos. Julho de 2013 Solução de gerenciamento de sistemas Dell KACE K1000 Versão 5.5 Guia de gerenciamento de ativos Julho de 2013 2004-2013 Dell, Inc. Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reprodução deste material

Leia mais

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1

WORD. Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br. http://www.inf.ufsm.br/~leandromc. Colégio Politécnico 1 WORD Professor: Leandro Crescencio E-mail: leandromc@inf.ufsm.br http://www.inf.ufsm.br/~leandromc Colégio Politécnico 1 WORD Mala direta Cartas Modelo Mesclar Etiquetas de endereçamento Formulários Barra

Leia mais

Questão - 01. Essência do Excel 2003...

Questão - 01. Essência do Excel 2003... Valdir Questão - 01 Como deve proceder o usuário do Microsoft para que sejam atualizados os cálculos das funções ou fórmulas utilizadas nas planilhas? a) Pressionar a tecla F9 no teclado b) Pressionar

Leia mais

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo:

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo: Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 7 e Vista Para conectar-se a rede sem fio no Windows 7 e Seven siga as orientações abaixo: 1. Habilite a placa de rede (adaptador) caso não esteja

Leia mais

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1

Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1 Procedimento para configuração de rede sem fio: Windows 8 e 8.1 Para conectar-se a rede sem fio no Windows 8 e 8.1 siga as orientações abaixo: 1. Habilite a placa de rede (adaptador) caso não esteja ativado.

Leia mais

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário

BlackBerry Desktop Software. Versão: 7.1. Guia do usuário BlackBerry Desktop Software Versão: 7.1 Guia do usuário Publicado: 2012-06-05 SWD-20120605130141061 Conteúdo Aspectos básicos... 7 Sobre o BlackBerry Desktop Software... 7 Configurar seu smartphone com

Leia mais

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos:

Tela Inicial: O Banco de Dados e seus objetos: Access 1 Tela Inicial: 2 ÁREA DE TRABALHO. Nosso primeiro passo consiste em criar o arquivo do Access (Banco de Dados), para isto utilizaremos o painel de tarefas clicando na opção Banco de Dados em Branco.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS. Prof. M.Sc.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS. Prof. M.Sc. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS Microsoft Office PowerPoint 2007 Prof. M.Sc. Fábio Hipólito Julho / 2009 Visite o site:

Leia mais

TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO. I. Criar um Novo Banco de Dados. Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo

TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO. I. Criar um Novo Banco de Dados. Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo TUTORIAL DO ACCESS PASSO A PASSO I. Criar um Novo Banco de Dados Passos: 1. Abrir o Access 2. Clicar em Criar um novo arquivo 3. Clicar em Banco de Dados em Branco 4. Escrever um nome na caixa de diálogo

Leia mais

Introdução. Formação Informática Para Estatísticos Na DPINE. Formação Informática Para Estatísticos Na DPINE. Usar Tabelas Dinâmicas em EXCEL

Introdução. Formação Informática Para Estatísticos Na DPINE. Formação Informática Para Estatísticos Na DPINE. Usar Tabelas Dinâmicas em EXCEL Usar Tabelas Dinâmicas em EXCEL Introdução Neste Módulo aprendemos o importante recurso de Tabelas Dinâmicas e Gráficos Dinâmicos. Aprendemos a criar tabelas dinâmicas, a aplicar filtros e a fazer análise

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Autor: Júlio Battisti www.juliobattisti.com.br

Autor: Júlio Battisti www.juliobattisti.com.br Autor: Júlio Battisti www.juliobattisti.com.br Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados e Cenários, Tabelas e Gráficos Dinâmicos, Macros e Programação VBA - Através de Exemplos

Leia mais

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388

Seu manual do usuário BLACKBERRY INTERNET SERVICE http://pt.yourpdfguides.com/dref/1117388 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para BLACKBERRY INTERNET SERVICE. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a

Leia mais

Manual da AGENDA GRACES 2011

Manual da AGENDA GRACES 2011 1 Agenda Graces Manual da AGENDA GRACES 2011 O Sistema Agenda Graces integrada ao Sistema Graces e Agenda Graces Grátis foi desenvolvido pela empresa Quorum Informática. Este Manual tem por objetivo atender

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos O objetivo do módulo de Gerenciamento de Projetos é ajudar a empresa a gerenciar com mais eficiência os seus projetos. Controle dos prazos, das tarefas, dos eventos, da quantidade

Leia mais

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook

Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook Maio de 2012 Conteúdo Capítulo 1: Usando o Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Introdução ao Conference Manager do Microsoft Outlook... 5 Instalando

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

A p o s t i l a M i c r o s o f t A c c e s s 97

A p o s t i l a M i c r o s o f t A c c e s s 97 A p o s t i l a M i c r o s o f t A c c e s s 97 Índice a) Access 97 b) Iniciando o Access c) Passo- a- passo d) Tabelas e) Exercício f) Consultas g) Passo- a- passo h) Formulários i) Passo- a- passo j)

Leia mais

BlackBerry Link para Mac OS. Versão: 1.1.1. Guia do usuário

BlackBerry Link para Mac OS. Versão: 1.1.1. Guia do usuário BlackBerry Link para Mac OS Versão: 1.1.1 Guia do usuário Publicado: 15/08/2013 SWD-20130815094443327 Conteúdo Noções básicas...5 Sobre BlackBerry Link...5 Conheça BlackBerry Link... 5 Conectando a BlackBerry

Leia mais

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR

Novell. Novell Teaming 1.0. novdocx (pt-br) 6 April 2007 EXPLORAR O PORTLET BEM-VINDO DESCUBRA SEU CAMINHO USANDO O NOVELL TEAMING NAVIGATOR Novell Teaming - Guia de início rápido Novell Teaming 1.0 Julho de 2007 INTRODUÇÃO RÁPIDA www.novell.com Novell Teaming O termo Novell Teaming neste documento se aplica a todas as versões do Novell Teaming,

Leia mais

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado.

Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. , ()! $ Lidar com números e estatísticas não é fácil. Reunir esses números numa apresentação pode ser ainda mais complicado. Uma estratégia muito utilizada para organizar visualmente informações numéricas

Leia mais

Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas

Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft Outlook 2013 pode parecer diferente do Lotus Notes 8.5, mas você rapidamente descobrirá que o Outlook permite fazer tudo o que

Leia mais

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA

Impressão e Fotolito Oficina Gráfica da EDITORA VIENA. Todos os direitos reservados pela EDITORA VIENA LTDA Autores Karina de Oliveira Wellington da Silva Rehder Consultores em Informática Editora Viena Rua Regente Feijó, 621 - Centro - Santa Cruz do Rio Pardo - SP CEP 18.900-000 Central de Atendimento (0XX14)

Leia mais

Índice CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 5 TELA DO ACCESS... 6

Índice CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 5 TELA DO ACCESS... 6 Access 2010 Índice CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO... 5 TELA DO ACCESS... 6 Barra de Título e Acesso rápido... 6 Editando a barra de acesso rápido... 6 Faixa de Opções e Menu de ferramentas... 7 Barra de Status

Leia mais

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário

Centro de Computação - Unicamp Gerência de Atendimento ao Cliente (e-mail:apoio@turing.unicamp.br) Sumário Sumário Conceitos Microsoft Access 97... 01 Inicialização do Access... 02 Convertendo um Banco de Dados... 03 Criando uma Tabela... 06 Estrutura da Tabela... 07 Propriedades do Campo... 08 Chave Primária...

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Materiais de Apoio... 4 3. Fóruns... 7 4. Entregas de Trabalho... 13 5. Escolhas... 16 6. Salas de Bate-papo... 18 7. Como criar/alterar a senha

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de código de barras e separação de documentos Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de código de barras e de separação de documentos no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se

Leia mais

Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Sumário. Atualizando a tabela dinâmica

Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Aula 09 - Atualização de uma tabela dinâmica. Sumário. Atualizando a tabela dinâmica Sumário Atualizando a tabela dinâmica Exibição de páginas em planilhas separadas Detalhando / ocultando os dados da planilha Gráfico dinâmico Gráfico dinâmico (cont.) Alterando a formatação do gráfico

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Produção de Páginas Web para Professores de Matemática Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Microsoft Office 2007

Microsoft Office 2007 Produzido pela Microsoft e adaptado pelo Professor Leite Júnior Informática para Concursos Microsoft Office 2007 Conhecendo o Office 2007 Visão Geral Conteúdo do curso Visão geral: A nova aparência dos

Leia mais

Configuração Java Nota Legal Porto Alegre

Configuração Java Nota Legal Porto Alegre Configuração Java Nota Legal Porto Alegre Manual do Usuário Sumário 1. Sobre... 03 2. Configuração do Java... 04 3. Configuração do Applet... 10 4. Geração da NFS-e... 13 Sobre A Prefeitura de Porto Alegre

Leia mais

Tabela e Gráficos Dinâmicos Como estruturar dinamicamente dados no Excel

Tabela e Gráficos Dinâmicos Como estruturar dinamicamente dados no Excel Tabela e Gráficos Dinâmicos Como estruturar! Para que serve a Tabela e o Gráfico Dinâmico?! Como criar uma Tabela Dinâmica?! Como criar um Gráfico Dinâmico?! Como podemos atualizar dos dados da Tabela

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Turma. PowerPoint 2003

Turma. PowerPoint 2003 PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes

ALUNES MANUAL DO USUÁRIO. Guia rápido Alunes ALUNES MANUAL DO USUÁRIO Guia rápido Alunes 1 Manual de Instruções Versão 2.0 Alunes Informática 2 Sumário Introdução... 5 Pré-requisitos... 5 Principal/Home... 6 Como editar texto do home... 7 Desvendando

Leia mais

APÊNDICES. Curso de Word Avançado Adicione um apêndice ao seu documento

APÊNDICES. Curso de Word Avançado Adicione um apêndice ao seu documento Curso de Word Avançado Adicione um apêndice ao seu documento Você precisa adicionar um apêndice ao seu livro, trabalho, relatório, manual ou outro documento? O apêndice é um conjunto de informações úteis

Leia mais

Table of Contents. PowerPoint XP

Table of Contents. PowerPoint XP Table of Contents Finalizando a apresentação...1 Usando anotações...1 Desfazer e repetir...1 Localizar e substituir...2 Substituir...2 Efeitos de transição...3 Esquema de animação...6 Controlando os tempos

Leia mais

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services

Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services - Windows SharePoint Services... Page 1 of 11 Windows SharePoint Services Guia de Introdução ao Windows SharePoint Services Ocultar tudo O Microsoft Windows

Leia mais

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes

02 - Usando o SiteMaster - Informações importantes 01 - Apresentação do SiteMaster - News Edition O SiteMaster foi desenvolvido para ser um sistema simples de gerenciamento de notícias, instalado em seu próprio computador e com configuração simplificada,

Leia mais

Agente Administrativo do MTE

Agente Administrativo do MTE PowerPoint 2003 Apresentação O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações. Com ele você poderá criar rapidamente slides com esquemas, textos animados, sons e

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010.

Clique no menu Iniciar > Todos os Programas> Microsoft Office > Publisher 2010. 1 Publisher 2010 O Publisher 2010 é uma versão atualizada para o desenvolvimento e manipulação de publicações. Juntamente com ele você irá criar desde cartões de convite, de mensagens, cartazes e calendários.

Leia mais

Manual do Usuário. SCA - Sistema de Controle de Acesso

Manual do Usuário. SCA - Sistema de Controle de Acesso Manual do Usuário SCA - Sistema de Controle de Acesso Equipe-documentacao@procergs.rs.gov.br Data: Julho/2012 Este documento foi produzido por Praça dos Açorianos, s/n CEP 90010-340 Porto Alegre, RS (51)

Leia mais

Cisco Unified Personal Communicator Versão 8.5

Cisco Unified Personal Communicator Versão 8.5 Frequently Asked Questions Cisco Unified Personal Communicator Versão 8.5 FAQs 2 Noções básicas 2 Configuração 3 Disponibilidade 5 Contatos 8 Chat 11 Chamadas 19 Chamadas de conferência 26 Mensagem de

Leia mais

Outlook 2003. Apresentação

Outlook 2003. Apresentação Outlook 2003 Apresentação O Microsoft Office Outlook 2003 é um programa de comunicação e gerenciador de informações pessoais que fornece um local unificado para o gerenciamento de e-mails, calendários,

Leia mais

Ave: Manual do usuário

Ave: Manual do usuário As iniciais no canto superior esquerdo indicam a atual lista de espécies em uso. Clique neste campo para abrir uma grade com todas Ave: Manual do usuário Introdução A Janela Inicial O botão Listas Sobre

Leia mais

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice

Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE. Índice CAPA Universidade Federal do Mato Grosso - STI-CAE Índice 1. Página da área administrativa... 1.1 Botões e campo iniciais... 2. Explicar como funcionam as seções... 2.1. Seções dinâmicos... 2.1.1 Como

Leia mais

Para montar sua própria rede sem fio você precisará dos seguintes itens:

Para montar sua própria rede sem fio você precisará dos seguintes itens: Introdução: Muita gente não sabe que com o Windows XP ou o Windows Vista é possível montar uma rede sem fio em casa ou no escritório sem usar um roteador de banda larga ou um ponto de acesso (access point),

Leia mais

Microsoft - Access 7.0. Índice

Microsoft - Access 7.0. Índice Índice Índice 1 Introdução ao Access 3 Criando um Banco de Dados Vazio I 4 Criando um Banco de Dados Vazio II 5 Criando um Banco de Dados Vazio III 6 Criando um Banco de Dados Vazio IV 6 Criando BD pelo

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

Autora Karina de Oliveira

Autora Karina de Oliveira Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Oliveira, Karina de Access 2007 : gerenciando dados / Karina de Oliveira. -- Santa Cruz do Rio Pardo, SP

Leia mais

Como montar uma rede Wireless

Como montar uma rede Wireless Como montar uma rede Wireless Autor: Cristiane S. Carlos 1 2 Como Montar uma Rede Sem Fio sem Usar um Roteador de Banda Larga Introdução Muita gente não sabe que com o Windows XP ou o Windows Vista é possível

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Visio 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Modelos atualizados Os modelos ajudam

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato

Introdução ao X3. Exercício 1: Criando um registro de Contato Introdução ao X3 Exercício 1: Criando um registro de Contato Inicie por adicionar um novo registro de Contato. Navegue para a tabela de Contato clicando na aba de Contato no alto da página. Existem duas

Leia mais

Manual das funcionalidades Webmail AASP

Manual das funcionalidades Webmail AASP Manual das funcionalidades Webmail AASP 1. Configurações iniciais 2. Regras 3. Histórico da conta 4. Autorresposta 5. Dados de acesso (alterando senha de acesso) 6. Identidade (assinatura) 7. Redirecionamento

Leia mais

Menus Personalizados

Menus Personalizados Menus Personalizados Conceitos básicos do Painel Logando no Painel de Controle Para acessar o painel de controle do Wordpress do seu servidor siga o exemplo abaixo: http://www.seusite.com.br/wp-admin Entrando

Leia mais

BrOffice.org Base. Prof. João Alberto Fabro UTFPR Curitiba

BrOffice.org Base. Prof. João Alberto Fabro UTFPR Curitiba Prof. João Alberto Fabro UTFPR Curitiba (Baseado no documento livre Introdução ao BrOffice.org Base, de Noelson Alves Duarte, Revisado em 18 de março de 2006) Formatos: Diversos, inclusive bases de dados

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

My Cisco Perguntas mais frequentes

My Cisco Perguntas mais frequentes 1. O que é o My Cisco? My Cisco oferece uma visão portátil e personalizável das suas informações favoritas no Cisco.com. 2. Como é possível acessar o My Cisco? Há duas formas de acessar o My Cisco: A lista

Leia mais

Banner Flutuante. Dreamweaver

Banner Flutuante. Dreamweaver Banner Flutuante Dreamweaver Começamos com um arquivo em branco no Dreamweaver MX. Para que o banner apareça sobre a página, precisamos inserir uma camada a mais no arquivo HTML. Selecione o menu Inserir

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

Excel Avançado 2007 Excel Avançado 2007 1

Excel Avançado 2007 Excel Avançado 2007 1 1 Sumário: 1. Introdução...3 2. Funções...3 2.1 Função SE...4 2.2 Botão Inserir...7 2.3 Novas Funções Condicionais...8 2.4 Aninhando Funções...8 3. Análise de Dados Alternativos...9 3.1 Cenários...9 3.2

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft OneNote 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Alterne entre a entrada por toque

Leia mais

Capítulo 12 Criando Páginas Web

Capítulo 12 Criando Páginas Web Guia do Iniciante Capítulo 12 Criando Páginas Web Salvando documentos como arquivos HTML Direitos Autorais Este documento é protegido por Copyright 2010 por seus contribuidores listados abaixo. Você pode

Leia mais

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova.

Vamos criar uma nova Página chamada Serviços. Clique em Adicionar Nova. 3.5 Páginas: Ao clicar em Páginas, são exibidas todas as páginas criadas para o Blog. No nosso exemplo já existirá uma página com o Título Página de Exemplo, criada quando o WorPress foi instalado. Ao

Leia mais

Clique na célula sobre a qual você deseja comentar.

Clique na célula sobre a qual você deseja comentar. , *+!!!!& Um comentário é uma anotação que você anexa a uma célula, separado do restante do conteúdo da célula. Os comentários são úteis como lembretes para você mesmo, como anotar como funciona uma fórmula,

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Manual de Operações Básicas do Zimbra

Manual de Operações Básicas do Zimbra Gerência de Capacitação Tecnológica - GCT MACEIÓ, 25 DE AGOSTO DE 2010 SUMÁRIO 1. Iniciando... 4 1.1. Conhecendo sua caixa de emails... 4 1.2. Entrando e saindo do sistema... 4 1.2.1. Entrando no sistema...

Leia mais

Guia Rápido Gestão de Webconferência

Guia Rápido Gestão de Webconferência Guia Rápido Gestão de Webconferência Conteúdo Marcando uma Webconferência... 3 Adiciona uma Sessão de Webconferência...3 Edite uma Webconferência...5 Marcar Presença...6 Ver Relatório de Reunião de Grupo...6

Leia mais

Editor de gravação WebEx. Guia do usuário

Editor de gravação WebEx. Guia do usuário Editor de gravação WebEx Guia do usuário 042310 Direitos autorais 1997 2010 Cisco e/ou suas afiliadas. Todos os direitos reservados. WEBEX, CISCO, Cisco WebEx e o logotipo Cisco WebEx são marcas registradas

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

Lição 4 - Primeiros passos no Linux Ubuntu 11.04

Lição 4 - Primeiros passos no Linux Ubuntu 11.04 Lição 4 - Primeiros passos no Linux Ubuntu 11.04 Olá Aluno Os objetivos específicos desta lição são: - reconhecer o Ubuntu como mais uma alternativa de sistema operacional; - conhecer os elementos da área

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Guia do usuário BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Guia do usuário Publicado: 09/01/2014 SWD-20140109134951622 Conteúdo 1 Primeiros passos... 7 Sobre os planos de serviço de mensagens oferecidos para o BlackBerry

Leia mais

Curso de Navegadores e Internet

Curso de Navegadores e Internet Universidade Estadual do Oeste do Paraná Pró Reitoria de Extensão Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Colegiado de Licenciatura em Matemática Colegiado da Ciência da Computação Projeto de Extensão:

Leia mais