FÁBRICA DE FRALDAS DESCARTÁVEIS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FÁBRICA DE FRALDAS DESCARTÁVEIS"

Transcrição

1 1 FÁBRICA DE FRALDAS DESCARTÁVEIS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade: indústria Tipo de Negócio: fábrica de fraldas descartáveis Produtos Ofertados/Produzidos: fraldas descartáveis Investimento inicial: 50mil reais Área: 60m² APRESENTAÇÃO A fralda descartável revolucionou o mercado de produtos infantis. Criada pelo engenheiro Vic Mills, em uma das vezes em que cuidava de seus netos, acreditou que deveria haver uma maneira melhor de proteger a pele das crianças. Esse foi o início da fralda descartável. Desde então, o produto vem sendo aprimorado, visando sempre a saúde do bebê. Isto para que ele simplesmente se esqueça que está de fraldas e durma melhor, brinque melhor, enfim, se desenvolva de uma maneira mais saudável. Além dos benefícios citados, para o bebê, elas também trazem o benefício da praticidade para quem cuida dos bebês. MERCADO O mercado de fraldas descartáveis é praticamente dominado por grandes empresas de capital estrangeiro. Devido a isto, a concorrência do setor é grande. As marcas mais famosas contam com tecnologia avançada na produção industrial, o que representa alto investimento. Em conseqüência, o preço final se torna alto para um produto tão necessário. Nos últimos anos, entretanto, empresas de pequeno porte têm conseguido furar o monopólio das grandes empresas, atuando em segmentos carentes de um produto com qualidade e preço baixo. Como o preço de compra é um dos fatores decisivos para a escolha, criou-se um novo segmento para esse mesmo produto, em que a qualidade e o baixo preço se sobrepõem à marca. Apesar de ser o bebê o usuário final do produto, a mãe é quem detém o poder de decisão da compra. Ela deseja para seu filho um produto de qualidade e ao mesmo tempo prático. Contudo, atualmente, os homens também estão comprando estes produtos para seus filhos e também são clientes potenciais. As fraldas geriátricas também têm um público bem específico. Famílias ou os hospitais compram este tipo de produto para pacientes com problemas de

2 2 locomoção ou em estado vegetativo, lojas de roupas para bebês, farmácias, supermercados, mercearias, entre outros. LOCALIZAÇÃO A escolha do local e do espaço físico necessário para instalar seu negócio é uma decisão muito importante para o sucesso do empreendimento. O local deve oferecer uma infra-estrutura necessária para sua instalação e ainda propiciar o seu crescimento, ter acesso fácil para os clientes e ser um ponto de vendas atrativo. É importante observar também: facilidade de estacionamento e de logística, tanto para acesso a matéria-prima quanto para a distribuição dos produtos. ESTRUTURA Dada a dimensão do empreendimento e o tamanho dos equipamentos, não é necessário um espaço mínimo de 60m². Nessa área podem funcionar, tanto a produção quanto o escritório. EQUIPAMENTOS Os equipamentos básicos são: - Máquina de fazer fraldas descartáveis e absorventes; - Guilhotina; - Máquina seladora de embalagem; - Mesas com cadeiras; - Bancadas de trabalho em fórmica; - Prateleiras para estoque e matéria-prima e produtos acabados; - Balcão de atendimento para vendas; - Ferramentas e instrumentos diversos; - Móveis e utensílios para o escritório (computadores, fax, telefone, etc.). O empreendedor deve também considerar a possibilidade de investimento na aquisição de um veículo utilitário para entregas. INVESTIMENTOS A fábrica de fraldas descartáveis pode ser montada com um investimento relativamente baixo, que compreende a compra da matéria-prima e do equipamento, necessários para a confecção do produto: aproximadamente R$ 50mil. Obs.: os valores apresentados são indicativos e servem de base para o empresário decidir se vale ou não a pena aprofundar a análise de investimento. Investindo em Informatização

3 3 Uma empresa informatizada tem grandes chances de sair na frente do concorrente. Além de facilitar os processos, garante a segurança na tomada de decisões, melhora a produtividade e diminui os gastos. Escolha um projeto abrangente que atenda toda a empresa, desde o gerenciamento de conteúdo para websites, até os controles administrativos (financeiro, estoque, caixa, cadastro de clientes, etc.), passando pela automação inclusive: caixas eletrônicas, impressoras para preenchimento automático de cheques, código de barras nos produtos, etc. Existem no mercado atualmente, três grandes grupos de softwares: SGE Sistema de Gestão Empresarial; SGC Sistema de Gerenciamento de Clientes e Básicos. Eles podem ser encontrados nas empresas especializadas ou na Internet, através dos sistemas disponibilizados nas Provedoras de Serviços de Software (ASP - application service provider). PESSOAL O número de funcionários para iniciar o empreendimento é quatro, cada um com as seguintes funções: operador, embalagem (acabamento), embalagem (expedição) e um auxiliar administrativo. PROCESSOS PRODUTIVOS MATÉRIA-PRIMA - As matérias-primas são: - Manta de Polietileno. Parte externa da fralda; - Manta Filtrante. Absorve toda a umidade e deve ter cuidado com a armazenagem; - Adesivo Hot-Melt. Usado sempre derretido e em saches ou em barras que deverão ser cortadas em tamanhos pequenos, é o que irá segurar os elásticos; - Algodão Hidrófilo. Dá estrutura a fralda; - Polpa de Celulose. Usada erroneamente poderá rachar ou embolar na hora do uso; - Floc-Gel. Substância absorvente que incha em contato com a urina; - Papel Tissue. Envolve todo o recheio da fralda (algodão, polpa, floc-gel); - Manta. É composta de todos os materiais acima (algodão, polpa, gel, e papel tissue) já nas quantidades certas o que evitam desperdício de tempo e de material; - Elástico. Os tipos mais usados são fio de lycra ou revestidos de borracha e tem função de evitar o vazamento; - Fita Reposicional. Colocada lateralmente nas fraldas e são reguladas na cintura do bebê. Pode ser simples nas laterais e decorativas na frente; - Colônia. Para dar cheiro a fralda. Deve ser utilizado um spray para facilitar a aplicação e assim padronizar a quantidade utilizada; OBS.: Como existem diversos fabricantes de máquinas e matéria-prima, recomenda-se uma pesquisa de preços e condições de pagamento. Com isso, o proprietário poderá reduzir ao máximo os custos na aquisição do material. Geralmente, tais mercadorias são cotadas pelo dólar do dia, e os pagamentos

4 4 feitos à vista. Os próprios fornecedores de máquinas poderão fornecer as matérias-primas, também, além dos equipamentos necessários. Existem dois processos de fabricação: Processo Manual - Neste processo é o funcionário que vai determinar o tempo gasto. Seguem as seguintes etapas: 1ª Etapa - Sobre a manta plástica, que irá passar sobre rolos e sair com cola adesiva (Hot-Melt), serão colados os elásticos. São três linhas de elásticos; 2ª Etapa - Será colocado a manta de celulose, manualmente, sobre a manta de plástico. Em seguida, puxar as duas mantas de plástico e filtrante envolvendo a manta de celulose; 3ª Etapa - É feita a medição do tamanho da fralda que está sendo produzida (P,M,G, EG); 4ª Etapa - Cortar as medidas estabelecidas pelo molde; 5ª Etapa - Colocar as fitas adesivas decorativas e as laterais que irão ser ajustadas à cintura do bebê; 6ª Etapa - Pulverizar com a ajuda de um spray a colônia para dar cheiro a fralda; 7ª Etapa - Dobrá-la e embalar; - Processo semi-automático O processo semi-automático não difere muito do manual e, também, não dispensa o operador. Etapas: O processo é praticamente o mesmo do manual. A vantagem desse processo é o equipamento, pois ele realiza a junção das mantas de plástico e de filtrante, cabendo ao operário somente colocar a manta de celulose sobre a manta de plástico. Porém, o restante do processo é o mesmo do manual: cortar as fraldas de acordo com os tamanhos, colocar as fitas adesivas, dobrar e embalar. Cuidados que devem ser tomados durante a fabricação 1) Ambiente de Trabalho O local de trabalho deve ser bem limpo e se possível, esterilizar com álcool todos os equipamentos utilizados, além de se trocar a touca e os outros vestuários regularmente. Deverá ser colocado um ventilador e não permitir que ninguém fume no local de trabalho pois as matérias-primas são muito sensíveis ao odor de fumaça que se impregna facilmente no algodão e no filtrante. 2) Matéria Prima As matérias primas devem ser aproveitadas sem desperdício e ser conservadas de maneira adequada para preservar suas características. 3) Esterilização Um processo importante que é feito, indiferente do tipo de processo escolhido, é a esterilização das fraldas em estufas de ar. Exigências para fabricar a peça

5 5 Como a fralda é uma peça íntima, que permanece em contato direto com a pele delicada da criança, qualquer deslize na fabricação pode ser fatal aos fabricantes. Controle de Qualidade - Para não naufragar, após a compra de uma máquina, é melhor entrar no ramo como manda o figurino, ou seja, manter um rigoroso controle de qualidade. Pode parecer exagero, mas ter um laboratório de controle de qualidade é um dos quesitos exigidos pela portaria nº do Ministério da Saúde para essa atividade. Embalagem do Produto - É norma também manter um técnico responsável químico ou farmacêutico -, cujo nome deve constar na embalagem do produto, bem como a expressão dispensado de registro no Ministério da Saúde. Esta cláusula tem levado a falsas interpretações. Isenção não quer dizer que o controle sanitário deixe de bater às portas dos fabricantes, para verificar instalações e condições das matérias-primas, que devem ser testadas. Comercialização O empreendedor deve produzir amostras do produto e distribuir às mães com crianças que usam fraldas, a fim de testar e avaliar o material. Através deste teste, o empreendedor poderá obter respostas sobre a qualidade da matériaprima utilizada, anatomia do modelo com relação ao tamanho do bebê, aderência e absorção. Distribuindo amostras às futuras clientes e avaliando constantemente o produto, o empreendedor ganhará confiança da clientela e conseguirá consumidores permanentes. Para isso, deve usar canais intermediários com parceiros para comercializar os produtos. DIVULGAÇÃO Para bens de consumo a divulgação é direcionada para o consumidor final, e tem por objetivo estimular o consumo e fixar a marca do produto, fidelizando o consumidor. Este é um setor da economia que faz maior e melhor o uso da propaganda, pois ela representa a principal força de comunicação e venda devido à diversificação dos produtos e a facilidade de substituição. Portanto, quanto maior o universo de público a ser atingido, através dos mais diversos meios de comunicação (TV, outdoor, rádio, etc.) maior será o retorno do investimento em divulgação, motivando a reação imediata de consumo e o impulso de compra. É necessário atingir os consumidores e garantir as vendas. Para isso, deverá planejar o seu marketing, obtendo uma noção realista dos custos de seus serviços, adaptando e otimizando os recursos para melhor posicionar os seus serviços, motivando os consumidores e estruturando sua comercialização de modo a atingir seu mercado-alvo com sucesso. O marketing deve ser contínuo e sistemático, sempre com o foco no cliente potencial. Num plano de marketing é importante o conhecimento de elementos como preço, produto (serviço), ponto (localização) e promoção. Avaliar os desejos e necessidades de seus clientes ou usuários em relação as principais características de seu comportamento de compra que são: funções, finanças, facilidade, feeling (sentimentos) e futuro (cliente fiel).

6 6 DIVERSIFICAÇÃO Além das fraldas descartáveis para criança, a empresa pode diversificar seus produtos fabricando fraldões (fraldas geriátricas) e ainda absorventes higiênicos. NOTÍCIAS Fique sempre atento aos noticiários, programas de televisão, revistas específicas, jornais (cadernos especiais), etc., pois estes são meios de manterse atualizado quanto às novidades da sua área de atuação. CURSOS E TREINAMENTOS Os cursos de empreendedor dão base para estruturar o seu plano de negócios, planejar a empresa e desenvolver características próprias e indispensáveis a empreendedores. Iniciando um Pequeno Grande Negócio Carga horária: 30h Empretec Carga horária: 72h Administração Básica para Pequenas Empresas Carga horária: 20h O curso Administração Básica para Pequenas Empresas tem o objetivo de levar aos empresários, informações sobre as principais áreas da administração de uma pequena empresa. É um instrumento para que os obstáculos encontrados sejam superados com maior facilidade ampliando, consequentemente, o horizonte de conhecimentos necessários nessa função. SEBRAE/ES Av. Jerônimo Monteiro, 935 Ed. Sebrae Centro Vitória/ES CEP: Tel.: EVENTOS ACAPS - Convenção Capixaba de Supermercados Periodicidade: anual Local: Pavilhão de Carapina Serra/ES Organização: ACAPS Associação Capixaba de Supermercados Tel.:

7 7 LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA Algumas leis que o empreendedor deve ter conhecimento. - Lei Federal nº /89. Dispõe sobre o valor das multas por infração à legislação sanitária. - Lei Federal nº 6.360, de 23 de setembro de 1976, dispõe sobre a vigilância sanitária a que ficam sujeitos os medicamentos, as drogas, os insumos farmacêuticos e correlatos, cosméticos, saneantes e outros produtos, e dá outras providências, alterada pela Lei Federal nºs 6.480/1977 e / Portaria nº /90. Isenta produtos absorventes higiênicos, destinados ao asseio corporal de registro da Secretaria de Vigilância Sanitária. REGISTRO ESPECIAL Para registrar sua empresa você precisa de um contador. Profissional legalmente habilitado para elaborar os atos constitutivos da empresa, auxiliá-lo na escolha da forma jurídica mais adequada para o seu projeto e preencher os formulários exigidos pelos órgãos públicos de inscrição de pessoas jurídicas. Além disso, ele é conhecedor da legislação tributária à qual está subordinada a nossa produção e comercialização. Mas, na hora de escolher tal prestador de serviço, deve-se dar preferência aos profissionais qualificados, que tenham boa reputação no mercado e melhor que seja indicado por alguém que já tenha estabelecido com ele uma relação de trabalho. Para legalizar a empresa é necessário procurar os órgãos responsáveis para as devidas inscrições: - Você deve procurar a prefeitura da cidade onde pretende montar a sua fábrica para fazer a consulta de local; - Registro na Junta Comercial; - Registro na Secretaria Estadual da Fazenda; - Registro na Prefeitura do Município para obter o alvará de funcionamento; - Enquadramento no Sindicato Patronal (a empresa ficará obrigada a recolher, por ocasião da constituição e até o dia 31 de janeiro de cada ano, a Contribuição Sindical Patronal); - Cadastramento junto à Caixa Econômica Federal no sistema Conectividade Social - INSS. - Adequar as instalações de acordo com o Código Sanitário (especificações legais sobre as condições físicas). Em âmbito federal, a fiscalização cabe a Agência Nacional de Vigilância Sanitária; estadual e municipal, fica a cargo das Secretarias Estadual e Municipal de Saúde. ENTIDADES

8 8 CRF/ES - Conselho Regional de Farmácia do Estado do Espírito Santo Av. Jubert de Barros, 371 Bento Ferreira Vitória/ES CEP: Tel.: (027) CFF - Conselho Federal de Farmácia Sindicato dos Farmacêuticos do Espírito Santo Pç. Getúlio Vargas, 35 - Sl Ed. Jusmar Centro Vitória/ES CEP: Tel.: (027) / FENAFAR Federação Nacional de Farmacêuticos Rua: Barão de Itapetininga,255, 6 andar Conjunto 613, Centro - São Paulo/SP CEP: Fones/Fax: (011) / Central Fácil Central de Atendimento Empresarial É um sistema da atendimento que prevê a simplificação, racionalização e padronização dos processos de abertura de empresas, através de redução da burocracia. Avenida Nossa Senhora da Penha, 1433 Santa Luzia Vitória ES CEP Fone: Horário de funcionamento: Segunda a sexta: 12 as 17:30 h. PROCON VITÓRIA Casa do Cidadão João Luiz Barone Av. Maruípe, nº Itararé Vitória/ES CEP: Tel.: (0xx27) JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Av. Nossa Senhora da Penha, 1433 Praia do Canto - Vitória/ES CEP:

9 9 Tel.: (027) PREFEITURA DE VITÓRIA SEDEC DCOPP Secretaria de Desenvolvimento Urbano Rua Vitória Nunes da Mota, 220, CIAC, Ed. Ítalo Batan Regis Enseada do Suá Vitória/ES CEP: Tel.: (0xx27) SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL Rua Pietrângelo de Biase, n. 56, Centro Vitória/ES Tel.: e 146 SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DO ESPÍRITO SANTO Rua Duque de Caxias, no. 105 Centro Vitória/ES CEP: Tels.: (027) FAX: (027) PREFEITURA DE VITÓRIA SEMUS - Sec. Municipal de Saúde Vigilância Sanitária do Município de Vitória. Av. Mal. Mascarenhas de Moraes, 1185 Forte São João Vitória/ES CEP: Tel.: (027) / / DIVISÃO DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA ESTADUAL Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, 2025 Bento Ferreira, Vitória/ES Cep: Tel.: (027) Fax: (027) / MINISTÉRIO DA SAÚDE AGENCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA SEPN 515, Bloco B - Edifício Ômega

10 10 Brasília/DF CEP: Tel.: (0xx61) FORNECEDORES E FABRICANTES Máquinas, equipamentos e matéria-prima NOVOHART INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE MÁQUINAS Produtos: máquinas de pequeno, médio e grande porte, matéria-prima e embalagens. Av. Água fria, 925 Santana São Paulo/SP CEP: Tel.: (011) KILINDA S Produtos: máquinas de fraldas Rua Lima e Silva, Ipiranga São Paulo/SP CEP: Tel.: (011) / FRALMAQ Produtos: máquinas de fraldas e matéria-prima Rua José Batista Rego, 44 - Parque Renato Maia Guarulhos/SP CEP: Tel.: (011) / / FITESA Produto: fibras higiênicas Rua Paul Zivi, 80 - CEP Distrito Industrial Gravataí / RS Fone: (051) Fax: (051) Adesivos

11 11 FORNECEDORES DE ADESIVOS - 3M DO BRASIL Rodovia Anhanguera, km 110 Caixa Postal 123 Sumaré-SP CEP: ADELBRAS Rua das Indústrias, 175 Distrito Industrial Valinhos / SP CEP: Fone: (019) Fax: (019) O SEBRAE/ES se isenta de responsabilidades quanto à forma da atuação das empresas no mercado. BIBLIOGRAFIA - SEBRAE/ES. Fraldas e absorventes descartáveis. Vitória, INSTITUTO MONITOR. Guia de implantação de negócios: Guia Da indústria. São Paulo TIPS Consulta nº. SB5237/DF - Site: ÁREA RESPONSÁVEL E DATA DE ATUALIZAÇÃO UCE Unidade de Capacitação Empresarial - SEBRAE/ES Data de atualização: Julho de 2006.

LOJA DE FRIOS E LATICÍNIOS

LOJA DE FRIOS E LATICÍNIOS LOJA DE FRIOS E LATICÍNIOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: loja de frios e laticínios Investimento inicial: 30mil reais Área: 40m² APRESENTAÇÃO A

Leia mais

CLÍNICA VETERINÁRIA FICHA TÉCNICA

CLÍNICA VETERINÁRIA FICHA TÉCNICA 1 CLÍNICA VETERINÁRIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço e comércio Tipo de Negócio: clinica veterinária Produtos Ofertados/Produzidos: serviços de saúde de animais Investimento

Leia mais

ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA

ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA Página 1 de 11 ESCRITÓRIO DE CONSULTORIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escritórioconsultoria empresarial Produtos Ofertados/Produzidos: consultoria

Leia mais

LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO

LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e serviço Tipo de Negócio: comércio de material elétrico Produtos Ofertados/Produzidos: materiais elétricos

Leia mais

FÁBRICA DE VASSOURAS

FÁBRICA DE VASSOURAS FÁBRICA DE VASSOURAS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade: indústria Tipo de Negócio: fabricação de vassouras Produtos Ofertados/Produzidos: vassouras e rodos Investimento inicial:

Leia mais

AGÊNCIA VIRTUAL DE EMPREGOS

AGÊNCIA VIRTUAL DE EMPREGOS Página 1 de 10 AGÊNCIA VIRTUAL DE EMPREGOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviços Tipo de Negócio: agência de emprego Produtos Ofertados/Produzidos: serviço de agenciamento

Leia mais

ESCRITÓRIO DE COBRANÇA

ESCRITÓRIO DE COBRANÇA Página 1 de 8 ESCRITÓRIO DE COBRANÇA FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: cobranças de débitos em aberto Produtos Ofertados/Produzidos : serviço de cobrança

Leia mais

CONSULTÓRIO MÉDICO. Diante dessa realidade vê-se a população buscando cada vez mais os serviços privados de assistência à saúde.

CONSULTÓRIO MÉDICO. Diante dessa realidade vê-se a população buscando cada vez mais os serviços privados de assistência à saúde. 1 de 11 CONSULTÓRIO MÉDICO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: consultório médico Produtos Ofertados/Produzidos: consultas médicas Investimento inicial:

Leia mais

ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO

ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO 1 ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escola de ensino fundamental e médio Produtos Ofertados/Produzidos: formação

Leia mais

LOJA DE TINTA FICHA TÉCNICA APRESENTAÇÃO MERCADO

LOJA DE TINTA FICHA TÉCNICA APRESENTAÇÃO MERCADO LOJA DE TINTA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: loja de tinta Produtos Ofertados/Produzidos: tintas empregadas na construção civil Investimento inicial:

Leia mais

Dito isso, vamos ao que interessa para se abrir um escritório contábil:

Dito isso, vamos ao que interessa para se abrir um escritório contábil: Introdução Como faço para abrir o meu escritório? Administrativamente falando, um escritório de contabilidade é um negócio como outro qualquer. Logo, abrir um escritório contábil vai requerer de você,

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 8 FÁBRICA DE GELO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade : indústria Tipo de Negócio: fábrica de gelo Produtos Ofertados/Produzidos: gelo em cubos, barras e em escamas

Leia mais

CORRETORA DE SEGUROS

CORRETORA DE SEGUROS 1 de 13 CORRETORA DE SEGUROS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: corretora de seguros Produtos Ofertados/Produzidos: seguros de automóveis, de vida, de

Leia mais

REPRESENTAÇÃO COMERCIAL

REPRESENTAÇÃO COMERCIAL Página 1 de 10 REPRESENTAÇÃO COMERCIAL FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: representação comercial Produtos Ofertados/Produzidos: intermediação de negócios

Leia mais

DISTRIBUIDORA DE DOCES

DISTRIBUIDORA DE DOCES Página 1 de 9 DISTRIBUIDORA DE DOCES FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: distribuidora de doces Produtos Ofertados/Produzidos: doces I nvestimento inicial:

Leia mais

SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA

SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA SERVIÇOS DE INSTALAÇÃO ELÉTRICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: prestadora de serviços de instalação elétrica Produtos Ofertados/Produzidos: serviços

Leia mais

7. Viabilidade Financeira de um Negócio

7. Viabilidade Financeira de um Negócio 7. Viabilidade Financeira de um Negócio Conteúdo 1. Viabilidade de um Negócios 2. Viabilidade Financeira de um Negócio: Pesquisa Inicial 3. Plano de Viabilidade Financeira de um Negócio Bibliografia Obrigatória

Leia mais

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO

P á g i n a 3 INTRODUÇÃO P á g i n a 3 INTRODUÇÃO A Administração de Materiais compreende as decisões e o controle sobre o planejamento, programação, compra, armazenamento e distribuição dos materiais indispensáveis à produção

Leia mais

Página 1 de 11 CRECHE

Página 1 de 11 CRECHE Página 1 de 11 CRECHE FICHA TÉCNICA Setor da Economia : terciário Ramo de Atividade : serviço Tipo de Negócio : Educação Infantil Produtos Ofertados/Produzidos : Serviços de Educação Infantil para crianças

Leia mais

TRANSPORTADORA RODOVIÁRIA DE CARGAS

TRANSPORTADORA RODOVIÁRIA DE CARGAS TRANSPORTADORA RODOVIÁRIA DE CARGAS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: transportadora rodoviária de cargas Produtos Ofertados/Produzidos: transporte

Leia mais

FINANCEIRA FICHA TÉCNICA

FINANCEIRA FICHA TÉCNICA FINANCEIRA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: agência de financiamentos Produtos Ofertados/Produzidos: operações de câmbio e empréstimos Investimento

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 9 CHAVEIRO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e serviço Tipo de Negócio: chaveiro Produtos Ofertados/Produzidos: cópias de chaves e reparos em fechaduras

Leia mais

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens

Aprenda a Trabalhar com Telemensagens Aprenda a Trabalhar com Telemensagens 2 Incluindo dicas de Cestas, Flores, Presentes e Internet Do Iniciante ao Profissional www.as2.com.br 1 Aprenda a Trabalhar com Telemensagens FASCÍCULO 2 Adquira o

Leia mais

TECNOLOGIA O QUE É O SEBRAETEC A QUEM SE DESTINA COMO PARTICIPAR SETORES ATENDIDOS VANTAGENS AÇÕES NÃO COBERTAS CONTATO

TECNOLOGIA O QUE É O SEBRAETEC A QUEM SE DESTINA COMO PARTICIPAR SETORES ATENDIDOS VANTAGENS AÇÕES NÃO COBERTAS CONTATO Um investimento indispensável para o crescimento da sua empresa. O Sebrae viabiliza serviços de consultoria prestados por uma rede de instituições/empresas detentoras de conhecimento tecnológico. Através

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO CLÍNICA DE ESTÉTICA 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser fotocopiada,

Leia mais

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas

Para aa Fornecedores. Rede de Obras. Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Para aa Fornecedores Rede de Obras Serviço de Informações Oportunidades d de obras para comercial, marketing e vendas Informações de acordo com a sua necessidade Com o objetivo de atender a sua empresa

Leia mais

FUNERÁRIA FICHA TÉCNICA

FUNERÁRIA FICHA TÉCNICA FUNERÁRIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: funerária Produtos Ofertados/Produzidos: caixões e acessórios para velório Investimento inicial: 40mil

Leia mais

IDÉIAS DE NEGÓCIO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE

IDÉIAS DE NEGÓCIO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE (Fonte: SEBRAE/MS SEBRAE/SC) APRESENTAÇÃO DE NEGÓCIOS Contabilidade é um trabalho minucioso que atua nas áreas fiscal, tributária e trabalhista; exigindo muita análise e tempo. Por isso, a maioria das

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS FRALDAS QUARESMA "FRALDAS DESCARTAVEIS" Empreendedor(a): FLÁVIO QUARESMA DE LIMA SILVA

PLANO DE NEGÓCIOS FRALDAS QUARESMA FRALDAS DESCARTAVEIS Empreendedor(a): FLÁVIO QUARESMA DE LIMA SILVA PLANO DE NEGÓCIOS FRALDAS QUARESMA "FRALDAS DESCARTAVEIS" Empreendedor(a): FLÁVIO QUARESMA DE LIMA SILVA Fevereiro/2013 SUMÁRIO 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1.1 Resumo dos principais pontos do plano de negócio

Leia mais

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO

EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO EMPREENDEDORISMO PASSOS PARA ABRIR UM NEGÓCIO Odilio Sepulcri odilio@emater.pr.gov.br www.odiliosepulcri.com.br www.emater.pr.gov.br Telefone: (41) 3250-2252 ROTEIRO DA APRESENTAÇÃO 1. Perfil para empreender

Leia mais

LOJA DE LIVROS E ARTIGOS RELIGIOSOS

LOJA DE LIVROS E ARTIGOS RELIGIOSOS LOJA DE LIVROS E ARTIGOS RELIGIOSOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: Terciário. Ramo de Atividade: Livros e Artigos Religiosos. Tipo de Negócio: Comércio de Livros e Artigos Religiosos. APRESENTAÇÃO Diante

Leia mais

LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO

LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO Página 1 de 11 LOJA DE MATERIAL ELÉTRICO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e serviço Tipo de Negócio: comércio de material elétrico Produtos Ofertados/Produzidos: materiais

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9

Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9 Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos Disciplina: Constituição de Novos Empreendimentos AULA 9 AULA 9 Assunto: Plano Financeiro (V parte) Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA

Leia mais

FÁBRICA DE SACOS DE LIXO

FÁBRICA DE SACOS DE LIXO FÁBRICA DE SACOS DE LIXO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: secundário Ramo de Atividade: indústria Tipo de Negócio: fábrica de sacos de lixo Produtos Ofertados/Produzidos: sacos de lixo Investimento inicial:

Leia mais

Criação e Implantação de um Núcleo de Inteligência Competitiva Setorial para o Setor de Farmácias de Manipulação e Homeopatia.

Criação e Implantação de um Núcleo de Inteligência Competitiva Setorial para o Setor de Farmácias de Manipulação e Homeopatia. Criação e Implantação de um Núcleo de Inteligência Competitiva Setorial para o Setor de Farmácias de Manipulação e Homeopatia Elisabeth Gomes 6º Conferencia Anual de Inteligência Competitiva IBC São Paulo

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO

PLANO DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO PLANO DE NEGÓCIOS INTRODUÇÃO É um instrumento que visa estruturar as principais concepções e alternativas para uma análise correta de viabilidade do negócio pretendido, proporcionando uma avaliação antes

Leia mais

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2

Índice. Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 1 Índice Farmácia de Manipulação Conhecendo uma farmácia de manipulação, suas vantagens e procedimentos... 2 A Empresa Informações sobre a empresa, farmacêuticas responsáveis, instalações, diferenciais

Leia mais

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os

Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os Mesmo em uma construtora de menor porte, o processo de gestão pode ser bastante complexo. Este guia traz dicas de gerenciamento para atingir os melhores resultados. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01

Leia mais

1 - Por que a empresa precisa organizar e manter sua contabilidade?

1 - Por que a empresa precisa organizar e manter sua contabilidade? Nas atividades empresariais, a área financeira assume, a cada dia, funções mais amplas de coordenação entre o operacional e as expectativas dos acionistas na busca de resultados com os menores riscos.

Leia mais

Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários.

Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários. Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários. Nº PROCESSO REQUERIMENTO RAZÃO SOCIAL IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO NOME DE FANTASIA NÚMERO DO CNPJ NÚMERO ÚLTIMO

Leia mais

CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP)

CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP) CARTILHA TIRA - DÚVIDAS (Elaborada por Bel Contabilidade Eireli EPP) Edição 2013 01) O que é Microempreendedor Individual - MEI? Considera-se Microempreendedor Individual - MEI o empresário individual

Leia mais

EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM INFORMÁTICA

EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM INFORMÁTICA EMPRESA DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA EM INFORMÁTICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço e comércio Tipo de Negócio: assistência técnica em equipamentos de informática Produtos

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR

SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR Página 1 de 10 SERVIÇO DE TRANSPORTE ESCOLAR FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: transporte escolar Produtos Ofertados/Produzidos: transporte de estudantes

Leia mais

LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS

LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: Terciário Ramo de Atividade: Análises Clínicas Produtos Ofertados: Exames de sangue e outros. APRESENTAÇÃO Para a montagem de um laboratório

Leia mais

Vanderlei Pereira de Oliveira Edson Pascoal Barizon. Não-Tecidos Higiênico Pessoal. Americana

Vanderlei Pereira de Oliveira Edson Pascoal Barizon. Não-Tecidos Higiênico Pessoal. Americana Vanderlei Pereira de Oliveira Edson Pascoal Barizon Não-Tecidos Higiênico Pessoal Americana FAM 2008 Vanderlei Pereira de Oliveira Edson Pascoal Barizon Não-Tecidos Higiênico Pessoal Trabalho de aproveitamento

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO HORTALIÇAS E VEGETAIS PROCESSADOS

OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO HORTALIÇAS E VEGETAIS PROCESSADOS OPORTUNIDADE DE NEGÓCIO HORTALIÇAS E VEGETAIS PROCESSADOS 2009 SEBRAE-DF Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Distrito Federal. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Plano de Negócios Faculdade Castro Alves Cursos de Administração.

Plano de Negócios Faculdade Castro Alves Cursos de Administração. TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PLANO DE NEGÓCIIOS Prroff.. Carrllos Mellllo Saal lvvaaddoorr JJANEI IRO/ /22000066 Introdução Preparar um Plano de Negócios é uma das coisas mais úteis que um empresário

Leia mais

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo

Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de Viabilidade e Pesquisa de Campo Estudo de viabilidade As perguntas seguintes terão que ser respondidas durante a apresentação dos resultados do estudo de viabilidade e da pesquisa de campo FOFA.

Leia mais

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO O CEET - Centro Estadual de Educação Técnica Vasco Coutinho é uma Instituição de Ensino criada e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo e transferido através da lei n 9.971/12, para Secretaria

Leia mais

LOJA DE HIDRÁULICOS. O mercado deve ser analisado por três ângulos distintos: o consumidor, o concorrente e o fornecedor.

LOJA DE HIDRÁULICOS. O mercado deve ser analisado por três ângulos distintos: o consumidor, o concorrente e o fornecedor. LOJA DE HIDRÁULICOS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e prestação de serviços Tipo de Negócio: loja de equipamentos para direção hidráulica e serviços agregados. Produtos

Leia mais

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO CATEGORIAS TÉCNICO TECNÓLOGO TEMAS LIVRE INCLUSÃO SOCIAL COOPERATIVISMO 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO 1.1 Nome da Instituição 1.2 Nome do Reitor(a)/Diretor(a)-Geral/Diretor(a) 1.3

Leia mais

FARMÁCIAS E DROGARIAS

FARMÁCIAS E DROGARIAS SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE FARMÁCIAS E DROGARIAS Nome Fantasia: Razão Social: Endereço: Responsável Técnico: CRF: Telefone: CNPJ: Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana - Av. João Durval

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 8 ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE FICHA TÉCNICA Setor da economia : terciário Ramo de atividade : prestação de serviços Tipo de negócio: escritório de contabilidade Produtos ofertados/produzidos

Leia mais

Uma empresa é viável quando tem clientes em quantidade e com poder de compra suficiente para realizar vendas que cubram as despesas, gerando lucro.

Uma empresa é viável quando tem clientes em quantidade e com poder de compra suficiente para realizar vendas que cubram as despesas, gerando lucro. Página 1 de 9 2. Análise de Mercado 2.1 Estudo dos Clientes O que é e como fazer? Esta é uma das etapas mais importantes da elaboração do seu plano. Afinal, sem clientes não há negócios. Os clientes não

Leia mais

EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO

EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO Página 1 de 9 EMPRESA ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIO FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade : serviço Tipo de Negócio: administração de condomínio Produtos Ofertados/Produzidos: serviço

Leia mais

A IFOUR ÁREAS DE ATUAÇÃO

A IFOUR ÁREAS DE ATUAÇÃO A IFOUR Fundada em 2000, a ifour Sistemas conta com sedes em Viçosa e Muriaé. Atua no desenvolvimento de soluções completas para gestão empresarial (automação), envolvendo software e equipamentos para

Leia mais

GUIA DO EMPRESÁRIO CARTAZES DOCUMENTOS ALVARAS

GUIA DO EMPRESÁRIO CARTAZES DOCUMENTOS ALVARAS GUIA DO EMPRESÁRIO CARTAZES DOCUMENTOS ALVARAS CARTAZES/DOCUMENTOS/ALVARAS Você encontrara neste guia as principais exigências com relação a fixação de cartazes para o seu estabelecimento comercial. Na

Leia mais

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS

COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS OFICINA EMPRESARIAL COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS - ATENDIMENTO COLETIVO - 01 Como tudo começou... Manuais da série Como elaborar Atividade 02 Por que as empresas fecham? Causas das dificuldades e

Leia mais

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto

9 Plano de Marketing 9.1 Estratégias de Produto 1 Sumário Executivo (O que é o plano de negócios) 2 Agradecimentos 3 Dedicatória 4 Sumário ( tópicos e suas respectivas páginas) 5 Administrativo - Introdução (O que foi feito no módulo administrativo)

Leia mais

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015 SELEÇÃO PARA ENSINO PROFISSIONAL INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO, EM REGIME INTEGRAL COM DURAÇÃO DE 3 ANOS, DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015 INFORMAÇÕES

Leia mais

OFICINA DE SILK - SCREEN - ESTAMPARIA

OFICINA DE SILK - SCREEN - ESTAMPARIA Página 1 de 9 OFICINA DE SILK - SCREEN - ESTAMPARIA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio e serviço Tipo de Negócio: oficina de silk-screen Produtos Ofertados/Produzidos:

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques

Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques Construindo um Plano de Negócios Fabiano Marques "Um bom plano de negócios deve mostrar claramente a competência da equipe, o potencial do mercado-alvo e uma idéia realmente inovadora; culminando em um

Leia mais

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA FORUM DO IMPACTO DA CRISE NA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA LINHAS DE FINANCIAMENTO E ACESSO AO CRÉDITO PARA MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SÃO PAULO 13 / 4 / 09 ACESSO AO CRÉDITO PARA AS MICROS E

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Logística Reversa. Guia rápido

Logística Reversa. Guia rápido Logística Reversa Guia rápido 1 Apresentação Em 2010 foi sancionada pelo Governo Federal, a Política Nacional de Resíduos Sólidos, na qual, dentre outros temas, constam exigências às empresas quanto à

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são palestras

Leia mais

Página 1 de 11 OFICINA MECÂNICA

Página 1 de 11 OFICINA MECÂNICA Página 1 de 11 OFICINA MECÂNICA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: oficina mecânica Produtos Ofertados/Produzidos: serviços mecânicos automotivos Investimento

Leia mais

Sistema de Gestão Ambiental

Sistema de Gestão Ambiental Objetivos da Aula Sistema de Gestão Ambiental 1. Sistemas de gestão ambiental em pequenas empresas Universidade Federal do Espírito Santo UFES Centro Tecnológico Curso de Especialização em Gestão Ambiental

Leia mais

INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Marketing Internacional

INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Marketing Internacional INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS - Marketing CURSO: Administração DISCIPLINA: Comércio FONTE: DIAS, Reinaldo. RODRIGUES, Waldemar. Comércio Exterior Teoria e Gestão. Atlas. São Paulo: 2004 2.4d_ização de

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA GUIA DE NAVEGAÇÃO MÓDULO DE TRANSFERÊNCIA DE ARQUIVOS APLICATIVO UPLOAD /DOWNLOAD VERSÃO 1.1 BRASÍLIA DF Agosto/2015 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS.

COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. COMÉRCIO E DISTRIBUIÇÃO DE ALIMENTOS. A Rio Quality existe com o objetivo de proporcionar a total satisfação dos clientes e contribuir para o sucesso de todos. Essa integração se dá através do investimento

Leia mais

Implicações Legais Relacionadas ao Processamento de Artigos que RE 2605/2606

Implicações Legais Relacionadas ao Processamento de Artigos que RE 2605/2606 Implicações Legais Relacionadas ao Processamento de Artigos que Constam da Lista de Proibições RE 2605/2606 Luciana Pereira de Andrade Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária Gerência Geral de

Leia mais

E-BOOK GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES. Excellence Software (19) 2512-1411 Campinas-SP

E-BOOK GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES. Excellence Software (19) 2512-1411 Campinas-SP E-BOOK GESTÃO FINANCEIRA PARA EMPREENDEDORES Excellence Software (19) 2512-1411 Campinas-SP ÍNDICE Introdução Planejamento Financeiro Gestão do Fluxo de Caixa Gestão por Centros de Custo Otimizando o seu

Leia mais

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro.

Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. PLANO DE MARKETING Andréa Monticelli Um dos objetivos deste tema é orientar as ações sistemáticas na busca satisfazer o consumidor estimulando a demanda e viabilizando o lucro. 1. CONCEITO Marketing é

Leia mais

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / /

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / / FICHA DE CADASTRO EMPRETEC Município Data: / / Caro Empreendedor, Obrigado por seu interesse pelo Empretec, um dos principais programas de desenvolvimento de empreendedores no Brasil e no Mundo! As questões

Leia mais

SAD Gestor ERP. Módulo Estoque. Cadastro de Produto Escrita Fiscal. Seja Bem Vindo!

SAD Gestor ERP. Módulo Estoque. Cadastro de Produto Escrita Fiscal. Seja Bem Vindo! SAD Gestor ERP Módulo Estoque Cadastro de Produto Escrita Fiscal Seja Bem Vindo! Introdução O planejamento tributário deve fazer parte do cotidiano da empresa. É uma decisão estratégica que pode determinar

Leia mais

CURSO DE IDIOMAS FICHA TÉCNICA

CURSO DE IDIOMAS FICHA TÉCNICA CURSO DE IDIOMAS FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: prestação de serviços Tipo de Negócio: treinamento e ensino Produtos Ofertados/Produzidos: cursos de cursos de inglês, espanhol,

Leia mais

TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO

TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO TÍTULO: MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL - A IMPORTÂNCIA DA FORMALIZAÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: CIÊNCIAS CONTÁBEIS INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE RIO CLARO AUTOR(ES):

Leia mais

Normas Gerais da Vigilância Sanitária

Normas Gerais da Vigilância Sanitária Normas Gerais da Vigilância Sanitária INTRODUÇÃO A vigilância sanitária é exercida para preservar a saúde da população. Além dos produtos alimentícios, outros produtos ou atividades estão sujeitos à inspeção

Leia mais

8. Regularização do Negócio

8. Regularização do Negócio 8. Regularização do Negócio Conteúdo 1. Forma Jurídica das Empresas 2. Consulta Comercial 3. Busca de Nome Comercial 4. Arquivamento do contrato social/requerimento de Empresário 5. Solicitação do CNPJ

Leia mais

REGULAMENTO DA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO EU EMPRESÁRIO SEBRAE 2013

REGULAMENTO DA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO EU EMPRESÁRIO SEBRAE 2013 REGULAMENTO DA SELEÇÃO DE EMPRESAS PARTICIPANTES DO EU EMPRESÁRIO SEBRAE 2013 1. Objeto e prazo da seleção de empresas 1.1. O presente Regulamento tem por objeto a seleção de micro, pequenas empresas e

Leia mais

COMO ABRIR SEU NEGÓCIO

COMO ABRIR SEU NEGÓCIO COMO ABRIR SEU NEGÓCIO 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 Reflexão Qual o principal motivo para buscar a formalização de seu negócio? É importante lembrarmos que: Para desenvolver suas

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

A REVISTA DE NEGÓCIOS DO MERCADO DE EMBALAGEM. www.pack.com.br

A REVISTA DE NEGÓCIOS DO MERCADO DE EMBALAGEM. www.pack.com.br A REVISTA DE NEGÓCIOS DO MERCADO DE EMBALAGEM www.pack.com.br A revista de negócios do mercado de embalagem EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN INOVAÇÃO 73% 78% Fonte: Pesquisa de satisfação do leitor Pack/2007

Leia mais

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição

INFORMAÇÕES ÚTEIS. 1 - Definição INFORMAÇÕES ÚTEIS Em pesquisa realizada pelo Banco Mundial o Brasil é um país que pode levar cerca de 5 meses para se legalizar uma empresa, mas o desemprego, a vontade de ter um negócio próprio, está

Leia mais

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade

ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS. 1. Sumário Executivo. Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso. 2. Sumário da Empresa. 2.1 Composição da Sociedade ROTEIRO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. Sumário Executivo Objetivos Missão Fatores-Chave de Sucesso 2. Sumário da Empresa 2.1 Composição da Sociedade Perfil Individual dos sócios, experiência, formação, responsabilidades

Leia mais

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Micro Empreendedor individual Definição Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário.

Leia mais

SERVIÇOS DE ENTREGA RÁPIDA

SERVIÇOS DE ENTREGA RÁPIDA SERVIÇOS DE ENTREGA RÁPIDA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: prestação de serviços Tipo de Negócio: empresa de serviço de entrega rápida Produtos Ofertados/Produzidos: serviço

Leia mais

www.es.sebrae.com.br

www.es.sebrae.com.br Página 1 de 9 LOJA DE PRODUTOS PARA LIMPEZA FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: comércio Tipo de Negócio: loja de produtos para limpeza Produtos Ofertados/Produzidos: produtos

Leia mais

Palestra Ana Afonso Formalização da atividade

Palestra Ana Afonso Formalização da atividade Bem-Vindos! APRESENTAÇÃO Ana Afonso organizadora profissional em São Paulo atua desde 2006 realizando serviços de organização de espaços, gestão de residências, treinamento de funcionários domésticos,

Leia mais

WebSite da Vigilância Sanitária

WebSite da Vigilância Sanitária Página 1 de 5 SERVIÇOS MAIS ACESSADOS: Selecione um Serviço Página Principal Quem somos Regularize sua Empresa Roteiros Denúncias e Reclamações Vigilância e Fiscalização Sanitária em Indústrias de Alimentos

Leia mais

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL

ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL Página 1 de 13 ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL FICHA TÉCNICA Setor da Economia: terciário Ramo de Atividade: serviço Tipo de Negócio: escola de educação infantil Produtos Ofertados/Produzidos: formação escolar

Leia mais

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 Marketing Oficina Na Medida: como criar uma página empresarial no facebook 19/05 (terça), das 09h30 às 12h30 Valor: R$ 70,00 Oficina

Leia mais