COMO EVITAR O DESPERDÍCIO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMO EVITAR O DESPERDÍCIO"

Transcrição

1 Economia de Água Um universo de possibilidades ao seu alcance COMO EVITAR O DESPERDÍCIO Nossas casas, edifícios e indústrias desperdiçam água, antes mesmo do seu consumo. Aplicar os princípios do uso racional da água dentro de uma edificação é antes de tudo, uma escolha e um caminho para mitigar as mudanças climáticas. Devemos usar com responsabilidade este bem essencial: a água. O uso racional da água dentro de uma edificação pode ser alcançado, dentre outras ações, com o emprego de equipamentos hidráulicos e componentes economizadores, tais como restritores de vazão, bacias sanitárias de volume reduzido, arejadores, classificados segundo o controle da vazão de utilização e controle do tempo de uso ou da combinação dessas variáveis. A especificação adequada de todos os produtos e equipamentos envolvidos em função do uso e tipo de usuário é o ponto de partida para alcançar um consumo mais eficiente. A escolha das louças e metais determinará o maior ou menor consumo de água. Para obter e manter índices de consumo de água esperados, também é fundamental: Instalação correta e acordo com as especificações do fabricante; Utilização adequada e capacitação de usuários quando for o caso; Manutenção periódica que garanta a regulagem e funcionamento correto dos equipamentos. ESPECIFICAÇOES DE PROJETO PARA O USO Há basicamente dois aspectos a serem observados que determinam a economia de água no uso do equipamento: Controle da vazão & Tempo de acionamento O primeiro é obtido pela incorporação de um redutor de vazão no equipamento e algumas vezes já vem instalado de fábrica. Já o tempo de acionamento do fluxo não deve ser muito curto evitando que o usuário tenha que acioná-lo varias vezes em uma única operação. Esta economia também depende da combinação dessas duas variáveis. Eficiência de algumas das tecnologias disponíveis no mercado: Descargas a vácuo: 80% Mictório com dispositivos de acionamento econômico: 80% Vaso Sanitário com caixa acoplada: 50% Vaso Sanitário com duplo acionamento: 60% Chuveiro Inteligente: 60% Chuveiro com redutor de vazão: 35% Torneira com funcionamento por sensor: 50% Torneira com arejadores: 50% Torneira com redutor de vazão: 50% Equipamentos Economizadores; Ar condicionado; Cozinha; Piscina: 30% 1/5

2 EQUIPAMENTOS: TORNEIRAS Existem diversas marcas e modelos disponíveis no mercado. Alguns modelos são considerados economizadores, pois foram projetados para limitar o fornecimento de água, seja por meio de acionamento hidromecânico, seja por sensor de presença. TORNEIRAS COM SISTEMA DE FUNCIONAMENTO HIDROMECÂNICO: Acionamento manual, com fechamento automatizado e temporizado, após determinado tempo de funcionamento. É um equipamento que possibilita a redução do consumo de água já que a oferta de água é feita por tempo determinado. Cabe ao projetista ou construtor, escolher o que melhor se adéqua ao seu usuário, considerando-se que as torneiras são responsáveis por 10 a 20% do consumo: Abaixo alguns modelos: TORNEIRAS - DISPOSITIVOS DE COMANDO COM FUNCIONAMENTO POR VÁLVULA DE PÉ: Ideal para edificação cujo uso é constante e intenso ou que necessita de assepsia nas mãos (hospitais). TORNEIRAS COM SISTEMA DE FUNCIONAMENTO POR SENSOR DE PRESENÇA: Controle do fluxo de água através de sensores de presença, tipo infravermelho. O fluxo de água é interrompido quando o usuário retira as mãos da pia. TORNEIRAS COM COMANDO RESTRITO: Usadas quando se deseja evitar perdas de água por esquecimento ou mau fechamento de torneiras externas à edificação. Apenas pessoas autorizadas podem fazer uso das mesmas. São caracterizadas pela inexistência de dispositivo de abertura manual. A abertura é feita por um dispositivo especifico que é encaixado na haste de comando. Ao final o usuário autorizado retira o dispositivo e o leva consigo. torneiras: REGISTRO REGULADOR DE VAZÃO: Introduz uma perda de carga localizada ajustável proporcionando uma vazão mais adequada à utilização dos equipamentos. 2/5

3 RESTRITOR DE VAZÃO: O restritor mantém a vazão constante. É indicado para equipamentos hidráulicos sujeitos a pressões superiores a 100 kpa. deca Redutor de vazão: 1,8 litro/minuto; Redução aproximada: 60% a 80%. AREJADOR: Componente instalado na extremidade de bicas de torneiras com a função de regular o fluxo de saída de água através de peças perfuradas ou de telas finas. Promove o direcionamento e reduz a dispersão do jato incorporando ar à água através de orifícios laterais. Proporciona perda de carga elevada, reduzindo a vazão. Válvulas com acionamento hidromecânico: igual às usadas nas torneiras. O usuário aciona a válvula. Válvulas com acionamento por sensor de presença: acionada quando o usuário se posiciona em frente ao mictório Válvula de descarga temporizada: a descarga deste tipo de equipamento pode ser obtida por um sistema de temporizador eletrônico onde se faz a regulagem do intervalo e do tempo de duração das descargas. draco CHUVEIROS MICTÓRIOS Podem se tornar um dos equipamentos que mais consomem água em um ambiente sanitário. Para controlar o gasto de água os equipamentos complementares devem ser especificados conforme o uso: mictórios: VÁLVULA DE DESCARGA: Devem ser usados equipamentos com fluxo de água determinado e com vazão controlada para a economia de água: O chuveiro é um dos equipamentos com maior consumo de água nas residências em função do tempo de banho, e são os responsáveis por 30 a 50% do consumo. É onde o usuário apresenta mais sensibilidade quanto a alterações de vazão, tanto que um dos requisitos de desempenho é o grau de satisfação do usuário, associada ao volume de água que um chuveiro pode propiciar no decorrer de um banho. chuveiros: MISTURADORES TERMOSTÁTICOS: garantem o fornecimento de água prémisturada ao chuveiro. Neste sistema é regulada a temperatura desejada e o equipamento faz a mistura, como mostra a figura abaixo. 3/5

4 Tipos de Bacia: RESTRITOR DE VAZÃO: O restritor mantém a vazão constante. É indicado para equipamentos hidráulicos sujeitos a pressões superiores a 100 kpa. BACIA SANITÁRIA INDEPENDENTE: Necessita de 6 litros para a realização da descarga. Pode ser empregada com dois tipos de sistemas de descarga: válvula flexível e caixa de descarga (elevada ou de sobrepor). deca Redutor de vazão 9 litros/minuto; Redução aproximada 20% a 70%. BACIAS SANITÁRIAS BACIA SANITÁRIA COM CAIXA DE DESCARGA ACOPLADA: A caixa acoplada à bacia sanitária acumula a água a ser utilizada na descarga e de maneira similar à caixa elevada. É necessário esperar que o reservatório seja preenchido para a liberação de uma nova descarga. A caixa pode ser feita do material da bacia (louça) ou de plástico. A bacia sanitária junto com o chuveiro são os maiores consumidores de água nas residências. No caso das bacias, isto se deve pelo volume de descarga, normalmente fixo e elevado. A tendência é de que a bacia sanitária perca a posição de destaque no quesito consumo, já que, a partir de 2002, todas as bacias fabricadas no Brasil passaram a apresentar um volume máximo de descarga em torno de 6,8 litros (volume nominal de 6 litros). Ao se especificar as bacias sanitárias, visando à economia de água deve-se escolher o tipo da bacia e o tipo de descarga. Bacias Sanitárias: VÁLVULA DE DESCARGA: Devem ser usados equipamentos com fluxo de água determinado e com vazão controlada para a economia de água: 4/5

5 Válvula de descarga embutida de ciclo fixo: Emprega volume fixo de descarga de 6,8 litros, independentemente do tempo de acionamento pelo usuário. O acabamento pode ser em material plástico (mais econômico) ou metal. REGISTRO REGULADOR DE VAZÃO: Introduz uma perda de carga localizada ajustável proporcionando uma vazão mais adequada à utilização dos equipamentos. Indicado para pontos com alimentação como bacia sanitária com caixa de descarga acoplada. Válvula de descarga dual: válvula de descarga convencional, porém, apresenta duas teclas, de modo que o usuário possa selecionar, de acordo com sua necessidade, a quantidade de água a ser utilizada na descarga. Assim, pode-se ter uma meiadescarga ou uma descarga completa. VISITE NOSSO SITE E CONHEÇA NOSSOS SERVIÇOS VOLTADOS À GESTÃO, CONSERVAÇÃO E ECONOMIA DE ÁGUA, RESÍDUOS E ENERGIA. Fonte: Válvula de descarga com sensor de uso: válvula de descarga que não necessita de contato manual com proteção contra uso indevido, pois a cada 3 descargas seguidas o sistema trava os acionamentos por 30 segundos. OLIVEIRA, L. H.; Ilha, M. S. O.; GONÇALVES, O. M.; YWASHIMA, L.; Reis, R. P. A. Levantamento do estado da arte: Água Documento Projeto Tecnologias para construção habitacional mais sustentável Projeto FINEP 2386/04. São Paulo, SCHMIDT, W. DTA F2: Produtos economizadores de água nos sistemas prediais. PNCDA Programa Nacional de Combate ao Desperdício de Água. Brasília DRACO - Soluções em automação de sanitários e lavatórios 5/5

Livro: Agua: pague menos Engenheiro Plinio Tomaz 12 de dezembro de 2010

Livro: Agua: pague menos Engenheiro Plinio Tomaz 12 de dezembro de 2010 Capitulo 01- Peças que economizam água 1.1 Objetivo A primeira atitude de autoridade que quer economizar água é a instalação de peças que economizem água, sem criar problemas com a segurança da qualidade

Leia mais

Texto: Agua: pague menos Engenheiro Plinio Tomaz 22 de fevereiro de 2014. Agua: pague menos

Texto: Agua: pague menos Engenheiro Plinio Tomaz 22 de fevereiro de 2014. Agua: pague menos Agua: pague menos A melhor maneira de o usuário da rede pública de abastecimento de água potável diminuir o seu consumo mensal, isto é, pagar menos, é tomar uma das quatro atitudes ou várias delas na seguinte

Leia mais

Manual de Sustentabilidade Condominial - SECOVI

Manual de Sustentabilidade Condominial - SECOVI Manual de Sustentabilidade Condominial - SECOVI Gestão da demanda para o Uso Racional da Água URA 1 Plínio Z. Grisolia Agosto 2015 Uso Racional da Água Edifícios Residenciais Apelos Questão ambiental e

Leia mais

Prefácio. Introdução. 2 Referencias normativas

Prefácio. Introdução. 2 Referencias normativas Prefácio Introdução A sociedade, à nível global, tem reconhecido que a água esta se tornando um recurso natural cada vez mais escasso. Nas grandes metrópoles a oferta de água de boa qualidade é procedimento

Leia mais

Catálogo de. produtos. Studio Meber. Metais que conquistam.

Catálogo de. produtos. Studio Meber. Metais que conquistam. Catálogo de produtos Studio Meber Metais que conquistam. A Meber é uma empresa de metais sanitários e decorativos com atuação no mercado há meio século. Desde 1961, ano de nossa fundação, evoluímos com

Leia mais

Uso Eficiente da Água Estudos de caso. Eng. MSc. Osvaldo Oliveira Jr Engenharia de Aplicação

Uso Eficiente da Água Estudos de caso. Eng. MSc. Osvaldo Oliveira Jr Engenharia de Aplicação Uso Eficiente da Água Estudos de caso Eng. MSc. Osvaldo Oliveira Jr Engenharia de Aplicação Deca ProÁgua - Programa para Conservação da Água Objetivo: a redução do desperdício de água através da mudança

Leia mais

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade.

Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Realização: Parceiro: Infinity Tower características de projeto e tecnologia de sistemas prediais para a sustentabilidade. Cesar Ramos - Gerente de projetos da Yuny Incorporadora Daniel Gallo - Gerente

Leia mais

LEGISLAÇÃO SOBRE USO RACIONAL DA ÁGUA

LEGISLAÇÃO SOBRE USO RACIONAL DA ÁGUA LEGISLAÇÃO SOBRE USO RACIONAL DA ÁGUA LEGISLAÇÃO SOBRE USO RACIONAL DA ÁGUA MARÇO 2004 SUMÁRIO 1. L EI COMPLEMENTAR Nº 110/2003 - MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS...3 2. L EI Nº 5935/2002 - MUNICÍPIO DE BLUMENAL/SC...4

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO Nº 004/2015 - PROAD

ORDEM DE SERVIÇO Nº 004/2015 - PROAD ORDEM DE SERVIÇO Nº 004/2015 - PROAD Institui e regulamenta o Programa de Uso Racional de Água e Energia Elétrica no âmbito da UFCSPA. O PRÓ-REITOR DE ADMINISTRAÇÃO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE

Leia mais

Autores: DIEGO WINNER DE OLIVEIRA NUNES ELAINE FRANCIANY MARQUES DOS SANTOS GIOVANNA CARLA CASSARO KATIUCY SANTOS FREITAS LUANNA VIEIRA DIAS

Autores: DIEGO WINNER DE OLIVEIRA NUNES ELAINE FRANCIANY MARQUES DOS SANTOS GIOVANNA CARLA CASSARO KATIUCY SANTOS FREITAS LUANNA VIEIRA DIAS Autores: DIEGO WINNER DE OLIVEIRA NUNES ELAINE FRANCIANY MARQUES DOS SANTOS GIOVANNA CARLA CASSARO KATIUCY SANTOS FREITAS LUANNA VIEIRA DIAS Este trabalho busca desenvolver ideias sustentáveis para pequenas

Leia mais

11º Seminário Tecnologia de Sistemas Prediais SindusConSP. Agua: pague menos

11º Seminário Tecnologia de Sistemas Prediais SindusConSP. Agua: pague menos 11º Seminário Tecnologia de Sistemas Prediais SindusConSP Agua: pague menos Atitudes para o usuário diminuir o consumo de água da rede pública: 1. Peças que economizam água 2. Medição individualizada e

Leia mais

Esplanada sem desperdício: preservando o meio ambiente.

Esplanada sem desperdício: preservando o meio ambiente. Implementar ações voltadas ao uso racional de recursos sustentabilidade naturais para promover a ambiental e socioeconômica na Administração Pública Federal. A Esplanada terá metas de racionalização do

Leia mais

REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO DE RECURSOS NATURAIS

REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO DE RECURSOS NATURAIS CONSUMO CONSCIENTE REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO DE RECURSOS NATURAIS ÁGUA ENERGIA INSUMOS Desenvolvimento Sustentável A ÁGUA NOSSO BEM MAIS PRECIOSO Distribuição de toda água doce 1,8 % 0,96 % 0,02 % 0,001 %

Leia mais

Detalhes. GLORIMAR Metais. GLORIMAR Metais. 43 anos de tradição e qualidade. Sanitários. Sanitários

Detalhes. GLORIMAR Metais. GLORIMAR Metais. 43 anos de tradição e qualidade. Sanitários. Sanitários Detalhes www.pucpropaganda.com.br 43 anos de tradição e qualidade GLORIMAR Metais Sanitários Rua Forte dos Franceses, 445 Lote 2 Quadra F Parque Industrial São Lourenço São Paulo, SP Telefone: (11)2019-5500

Leia mais

Aparelhos Sanitários Economizadores

Aparelhos Sanitários Economizadores Aparelhos Sanitários Economizadores (fonte: PROSAB) A Importância dos Aparelhos Sanitários no Consumo de Água A quantidade de água potável consumida em aparelhos sanitários é função de um grande número

Leia mais

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS

SUSTENTABILIDADE EM CONDOMINIOS EM CONDOMINIOS Miguel Tadeu Campos Morata Engenheiro Químico Pós Graduado em Gestão Ambiental Considerações Iniciais Meta - A sobrevivência e perpetuação do seres humanos no Planeta. Para garantir a sobrevivência

Leia mais

Gestão do uso da água em edifícios e critérios para obtenção do Selo Casa Azul da Caixa

Gestão do uso da água em edifícios e critérios para obtenção do Selo Casa Azul da Caixa 60 Hydro Setembro 2010 Lúcia Helena de Oliveira é professora do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Epusp Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e pesquisadora da área de sistemas

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

Monografia "ESTUDO DE PROPOSTAS PARA O USO RACIONAL E EFICIENTE DA ÁGUA"

Monografia ESTUDO DE PROPOSTAS PARA O USO RACIONAL E EFICIENTE DA ÁGUA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Escola de Engenharia Departamento de Engenharia de Materiais e Construção Curso de Especialização em Construção Civil Monografia "ESTUDO DE PROPOSTAS PARA O USO RACIONAL

Leia mais

PURAE Programa de Conservação e Uso Racional da Água nas Edificações. Vereador Derosso

PURAE Programa de Conservação e Uso Racional da Água nas Edificações. Vereador Derosso PURAE Programa de Conservação e Uso Racional da Água nas Edificações Vereador Derosso Desperdício de água potável Desperdício de água potável Desperdício de água potável Desperdício de água potável velpurae

Leia mais

PORTARIA Nº 23, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015

PORTARIA Nº 23, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015 PORTARIA Nº 23, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Estabelece boas práticas de gestão e uso de Energia Elétrica e de Água nos órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional

Leia mais

O Reuso da Água no contexto da Política Municipal de Combate às Mudanças Climáticas

O Reuso da Água no contexto da Política Municipal de Combate às Mudanças Climáticas O Reuso da Água no contexto da Política Municipal de Combate às Mudanças Climáticas Weber Coutinho Gerente de Planejamento e Monitoramento Ambiental Secretaria Municipal de Meio Ambiente Junho / 2015 Mudanças

Leia mais

DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA NO SEU DIA A DIA

DICAS PARA ECONOMIZAR ÁGUA NO SEU DIA A DIA ÁGUA Economizar água é uma necessidade urgente em todo o mundo. Se não houver mudanças de hábitos no curto prazo, em poucos anos, teremos grandes problemas de abastecimento, sem contar com os 768 milhões

Leia mais

Curso: Panorama dos Recursos Hídricos no Mundo e no Brasil

Curso: Panorama dos Recursos Hídricos no Mundo e no Brasil Curso: Panorama dos Recursos Hídricos no Mundo e no Brasil Aula: A água em números Alexandre Resende Tofeti Brasília - DF 23 de Agosto de 2013 CFI Dados sobre a Água no Mundo e na América do Sul Reservas

Leia mais

TITUDES ANDO A UMIN IL

TITUDES ANDO A UMIN IL chegaram as novas LÂMPADAS LORENZETTI uma ideia ligada em você ILUMINANDO ATITUDES A Lorenzetti, a marca que você confia, apresenta uma nova linha de Lâmpadas Fluorescentes compactas, econômicas e de grande

Leia mais

SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML

SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML SABESP - Unidade de Negócio Leste - ML Sabesp a Partir de 1995 Reestruturação dos processos críticos para reduzir: Satisfação do cliente e qualidade de vida Aumento da qualidade dos serviços Custo Tempo

Leia mais

Modelos de Mostradores de Hidrômetros

Modelos de Mostradores de Hidrômetros O hidrômetro é um aparelho utilizado para medir o consumo de água. Assim toda vez que você abrir a torneira, o chuveiro ou der descarga, o hidrômetro entra em ação. É ele que indica a quantidade de água

Leia mais

catálogo de produtos

catálogo de produtos catálogo de produtos Nossa História A Olimar é uma empresa de metais e sanitários e atua no mercado desde 1996. Com mais de 15 anos de trabalho, a empresa busca, constantemente, a cada dia, inovação e

Leia mais

Uso eficiente da água como pressuposto para a expansão da oferta. Questões. Desenvolvimento x Crescimento Econômico; Uso Sustentável;

Uso eficiente da água como pressuposto para a expansão da oferta. Questões. Desenvolvimento x Crescimento Econômico; Uso Sustentável; Desenvolvimento x Crescimento Econômico; Uso Sustentável; Questões Aspectos distributivos: quem se beneficia e quem paga a conta?; O papel da Engenharia: concepção, planejamento e executivo. AIA Sustentabilidade

Leia mais

Ações de Ecoeficiência na Caixa

Ações de Ecoeficiência na Caixa Ações de Ecoeficiência na Caixa Marcos Históricos 2003 Adesão ao Pacto Global 2004 Aprovada Política Ambiental CAIXA 2005: Instalação do Comitê de Política Ambiental; 2007 Criação das GN Meio Ambiente

Leia mais

Índice. 2 - www.hidrofixmetais.com.br

Índice. 2 - www.hidrofixmetais.com.br Índice Linha Premium...3 Linha Master...4 Linha Slim...5 Linha Classic...5 Linha Light...6 Linha Hidromatic...6 Linha Clínica...7 Linha Sensor...7 Linha Monocomando...8 Linha Filtros...9 Linha Torneiras

Leia mais

LOUÇAS E INSTALAÇÕES SANITÁRIAS

LOUÇAS E INSTALAÇÕES SANITÁRIAS Antes de executar qualquer furação nas paredes, consulte a planta de instalações hidráulicas em anexo, para evitar perfurações e danos à rede hidráulica, bem como na impermeabilização. Não jogue quaisquer

Leia mais

UMA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

UMA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA VAR UMA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA ORAR IMAG SON INAR UMA REVOLUÇÃO NO MERCADO HAR TecnologiA Press plus Jatos de alta performance mesmo com baixa pressão de água* Exclusiva resistência Loren ultra Longa

Leia mais

EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES

EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES PROJETOS DE HOSPITAIS SUSTENTÁVEIS EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES É importante destacar os benefícios de um edifício sustentável. Os green buildings podem ser definidos pelas seguintes

Leia mais

ACESSIBILIDADE. Linha GABINETES PLÁSTICOS

ACESSIBILIDADE. Linha GABINETES PLÁSTICOS 68 Linha A importância da adequação de ambientes para pessoas que precisam de condições personalizadas para facilitar suas atividades no dia-a-dia reflete em uma proposta de oferecer condições de saúde,

Leia mais

INFRAERO VT.06/506.92/04740/00 2 / 5

INFRAERO VT.06/506.92/04740/00 2 / 5 REV MODIFICAÇÃO DATA PROJETISTA DESENHISTA APROVO Coordenador Contrato: Autor do Projeto Resp. Técnico: Co-Autor: MARGARET SIEGLE 4522D/ES ELISSA M. M. FRINHANI 5548/D-ES NUMERO: 200_PB.HS.AF.ET-300000

Leia mais

POTENCIAL DE CONSERVAÇÃO DE ÁGUA EM EDIFICAÇÕES ESCOLARES:

POTENCIAL DE CONSERVAÇÃO DE ÁGUA EM EDIFICAÇÕES ESCOLARES: POTENCIAL DE CONSERVAÇÃO DE ÁGUA EM EDIFICAÇÕES ESCOLARES: Tecnologias Aplicáveis Juan DUARTE Gestor Ambiental pelo Vianna Júnior. Juiz de Fora (MG) Correio eletrônico: juan.ambiental@yahoo.com.br Lia

Leia mais

T E N D Ê N C I A S V Ê M E VÃ O, M A S O B O M G O S T O É E T E R N O.

T E N D Ê N C I A S V Ê M E VÃ O, M A S O B O M G O S T O É E T E R N O. T E N D Ê N C I A S V Ê M E VÃ O, M A S O B O M G O S T O É E T E R N O. A SOFISTICAÇÃO, A BELEZA E O DESIGN DAS LOUÇAS SANITÁRIAS ETERNIT GANHARAM O COMPLEMENTO PERFEITO: OS METAIS SANITÁRIOS ETERNIT.

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos INSTITUCIONAL A Capital Metais é uma indústria especializada na fabricação de Metais Sanitários: torneiras para lavabos, jardim, cozinha, lavatório, maquina de lavar, registros de

Leia mais

INCA. coleta seletiva de lixo e gestão de resíduos, coletor solar para pré-aquecimento da água, células fotovoltaicas

INCA. coleta seletiva de lixo e gestão de resíduos, coletor solar para pré-aquecimento da água, células fotovoltaicas Durante a execução dos projetos de hospitais como Sírio-Libanês, Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Santa Catarina, a MHA instituiu a sua área de Gerenciamento de Obras, até hoje um importante serviço oferecido

Leia mais

Para a Deca, o lugar mais importante do mundo é onde você está. Por isso, esse lugar tem de ser pensado com toda a dedicação.

Para a Deca, o lugar mais importante do mundo é onde você está. Por isso, esse lugar tem de ser pensado com toda a dedicação. L A N Ç A M E N T O S 2 0 1 4 Para a Deca, o lugar mais importante do mundo é onde você está. Por isso, esse lugar tem de ser pensado com toda a dedicação. Repensado. Até o ideal surgir. Cada detalhe,

Leia mais

AR-CONDICIONADO 8 H / DIA = 35,3% / MÊS

AR-CONDICIONADO 8 H / DIA = 35,3% / MÊS O Brasil vive uma crise hídrica e energética que está afetando a distribuição de ambos os recursos no país todo, em maior ou menor intensidade. O Estado de São Paulo, em especial a capital, vem sofrendo

Leia mais

Um grande sonho se realiza com dedicação e responsabilidade

Um grande sonho se realiza com dedicação e responsabilidade Um grande sonho se realiza com dedicação e responsabilidade Fundada em novembro de 1998 e ocupando um galpão de 600m 2, a SIGMA METAIS iniciou suas atividades na produção de sifões, torneiras e fixações

Leia mais

Paulo Sérgio Ferrari Mazzon

Paulo Sérgio Ferrari Mazzon Tecnologia de Aquecimento Solar de Água Abyara, São Paulo, 03 de Julho de 2008 Paulo Sérgio Ferrari Mazzon Luciano Torres Pereira Grupo Soletrol Soletrol Industria e Comércio Soletrol l Tecnologia Universidade

Leia mais

NEGÓCIO Arte em produtos sanitários e decorativos.

NEGÓCIO Arte em produtos sanitários e decorativos. 2010 ARTE EM METAIS A arte em metais decorativos converge para um ponto de referência em altopadrão: Meber. A qualidade visual de um design diferenciado e a funcionalidade das novidades tecnológicas tornam

Leia mais

Plena. Mais beleza para sua casa.

Plena. Mais beleza para sua casa. = Catálogo de Produtos Plena. Mais beleza para sua casa. A Plena é a marca da Tigre de acessórios para banheiros, cozinhas, lavanderias, áreas externas e complementos hidráulicos. Uma marca inovadora,

Leia mais

LorenStilo. 1877 C95 Misturador Lavatório. 1163 C84 Torneira Lavatório. 1194 C84 Torneira Lavatório. lançamento. 4875 C67 Monomix Lavatório 4877 C67

LorenStilo. 1877 C95 Misturador Lavatório. 1163 C84 Torneira Lavatório. 1194 C84 Torneira Lavatório. lançamento. 4875 C67 Monomix Lavatório 4877 C67 BANHEIRO COZINHA LorenStilo LorenLoop 86 95 4875 C86 Monomix 1877 C95 84 1195 C95 1985 C95 1877 C84 1878 C84 1195 C84 1194 C84 67 LorenSquare 1878 C95 1163 C84 1192 C84 1877 C67 1878 C67 4877 C67 Monomix

Leia mais

Planejamento e Coordenação

Planejamento e Coordenação Planejamento e Coordenação A Direção do órgão se propôs a economizar água e energia em face dos Decretos Federal nº 3.300 e Estadual nº 45.805 (15 de maio de 2001) e SRHSO 31 que determina a redução de

Leia mais

Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul

Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul Seminário Socioambiental Água Fonte de Vida PURA Programa de Uso Racional da Água Unidade de Negócio Sul Sabesp Neam Sul - Núcleo de Educação Ambiental Sul Panorama Mundial - Escassez A SOBREVIVÊNCIA DA

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2012 (Do Sr. Laércio Oliveira)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2012 (Do Sr. Laércio Oliveira) PROJETO DE LEI Nº, DE 2012 (Do Sr. Laércio Oliveira) Institui o Programa Nacional de Conservação, Uso Racional e Reaproveitamento das Águas. O Congresso Nacional decreta: Art. 1º A presente lei tem por

Leia mais

Dimensionamento das Instalações de Água Fria

Dimensionamento das Instalações de Água Fria Dimensionamento das Instalações de Água Fria Dimensionamento é o ato de determinar dimensões e grandezas. As instalações de água fria devem ser projetadas e construídas de modo a: - Garantir o fornecimento

Leia mais

TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER

TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER TSA/TDA DIFUSOR PARA LUMINÁRIA TROFFER TSA/TODA DIFUSORES PARA LUMINÁRIAS O conjunto de difusão de ar completamente embutido, contribui para um visual leve e sem distorções. Sua flexibilidade própria,

Leia mais

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

Fundamentos de Automação. Pneumática 01/06/2015. Pneumática. Pneumática. Pneumática. Considerações Iniciais CURSO DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Considerações Iniciais "PNEUMÁTICA

Leia mais

A Eternit sempre busca soluções de qualidade e inovação.

A Eternit sempre busca soluções de qualidade e inovação. A Eternit sempre busca soluções de qualidade e inovação. Em mais de 75 anos de tradição e confiança, conquistou o seu espaço nos segmentos de coberturas, louças, metais sanitários, soluções construtivas

Leia mais

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas

Guia de Soluções EcoWin Soluções Ecológicas Guia de Soluções Problemas & Soluções Este manual técnico traz exemplos de situações que surgiram durante a instalação e operação dos sistemas URIMAT no país ou no exterior nos últimos anos. A seguir,

Leia mais

6. CILINDROS PNEUMÁTICOS

6. CILINDROS PNEUMÁTICOS 6. CILINDROS PNEUMÁTICOS Os cilindros, também conhecidos como atuadores lineares, são elementos pneumáticos de trabalho os quais transformam a energia proveniente do ar comprimido em energia mecânica,

Leia mais

Projeto Corpo de Bombeiros ESPECIFICAÇÕES HIDRÁULICA

Projeto Corpo de Bombeiros ESPECIFICAÇÕES HIDRÁULICA Projeto Corpo de Bombeiros ESPECIFICAÇÕES HIDRÁULICA Área 01 (Térreo) 01-16.50 metros de tubo Ø20 02-06.30metros de tubo Ø25 03-11.50 metros de tubo Ø32 04-02 registros de gaveta Ø1/2 05-06 registros de

Leia mais

Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis

Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis Viabilidade, Projeto e Execução Análise de Investimento em Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis São Paulo, 19 de agosto de 2008 Luiz Henrique Ceotto Tishman

Leia mais

A Deca entende que é necessário. preservar os recursos naturais e, por. essa razão, busca sempre informar que. atitudes e pequenas mudanças podem

A Deca entende que é necessário. preservar os recursos naturais e, por. essa razão, busca sempre informar que. atitudes e pequenas mudanças podem A Deca entende que é necessário preservar os recursos naturais e, por essa razão, busca sempre informar que atitudes e pequenas mudanças podem contribuir para a redução de consumo de água. Com mais de

Leia mais

CONTROLADORES PONTUAIS DE IRRIGAÇÃO

CONTROLADORES PONTUAIS DE IRRIGAÇÃO CONTROLADORES PONTUAIS DE IRRIGAÇÃO Adonai Gimenez Calbo & Washington L.C. Silva CAPÍTULO 10 Controladores de irrigação Irrigas são dispositivos pneumáticos que usam ar comprimido para acionar a aplicação

Leia mais

PROJETO DE NORMA BRASILEIRA

PROJETO DE NORMA BRASILEIRA PROJETO DE NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 9050 Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos Acessibility to buildings, equipment and the urban environment Palavras-chave: Descriptors:

Leia mais

ENE065 Instalações Elétricas I

ENE065 Instalações Elétricas I 19/03/2012 ENE065 Instalações Elétricas I Prof.: Ivo Chaves da Silva Junior ivo.junior@ufjf.edu.br Previsão de Carga Especiais NBR-5410 Cargas Especiais? Em geral, são cargas de uso comum em um edifício.

Leia mais

Seja coruja com a sua casa, com o seu projeto e com os seus negócios.

Seja coruja com a sua casa, com o seu projeto e com os seus negócios. Catálogo de Produtos Seja coruja com a sua casa, com o seu projeto e com os seus negócios. Neste catálogo, você tem um panorama de tudo o que a corujinha oferece. Pode contar com a qualidade Eternit,

Leia mais

Capitulo 3. Previsão de consumo de água não potável

Capitulo 3. Previsão de consumo de água não potável Capitulo 3 Previsão de consumo de água não potável Em 1851 Mulvaney descreveu pela primeira vez o conceito de tempo de concentração David Maidment, 1993 3-1 Índice Capítulo 3- Previsão de consumo de água

Leia mais

STYLE CROSS C-53 PRATIC C-71 RIVER C-91 CHARM C-56 CLASSIC C-50 YNDY C-51 LET C-25 ESSENCE C-81 LIGHT C-23 C-33 C-44 C-50 PÉROLA C-59 PLUS C-31

STYLE CROSS C-53 PRATIC C-71 RIVER C-91 CHARM C-56 CLASSIC C-50 YNDY C-51 LET C-25 ESSENCE C-81 LIGHT C-23 C-33 C-44 C-50 PÉROLA C-59 PLUS C-31 ESSENCE C-81 RIVER C-91 PRATIC C-71 YNDY C-51 CLASSIC C-50 CHARM C-56 STYLE CROSS C-53 LET C-25 LAKE C-79 PLUS C-31 PÉROLA C-59 SLEEK C-44 CONFORT C-43 FIT C-95 LIGHT C-23 C-33 C-44 C-50 ÍNDICE LINHAS

Leia mais

Sensor de Segurança. Maior segurança no carrossel de envase. Diogo Malfi da Silva Edson Ricardo Faci Felipe Alexandre Paiva Feitosa

Sensor de Segurança. Maior segurança no carrossel de envase. Diogo Malfi da Silva Edson Ricardo Faci Felipe Alexandre Paiva Feitosa Sensor de Segurança Maior segurança no carrossel de envase Diogo Malfi da Silva Edson Ricardo Faci Felipe Alexandre Paiva Feitosa Flavio Pastorello Kraft Breve histórico das empresas envolvidas Este projeto

Leia mais

USO RACIONAL DA ÁGUA 2008

USO RACIONAL DA ÁGUA 2008 USO RACIONAL DA ÁGUA Tipos de Água: Água potável - é a que se pode beber. É fundamental para a vida humana, e é obtida através de tratamentos que eliminam qualquer impureza. Água poluída - É a água suja

Leia mais

QUALIVERDE. Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012

QUALIVERDE. Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012 QUALIVERDE Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012 Legislação para Construções Verdes Concessão de benefícios às construções verdes, de modo a promover o incentivo à adoção das ações e práticas

Leia mais

Os projetos de habitação de interesse social adotados nesta pesquisa encontram-se caracterizados na tabela 1.

Os projetos de habitação de interesse social adotados nesta pesquisa encontram-se caracterizados na tabela 1. DETERMINAÇÃO DOS CUSTOS DIRETOS E DA VIABILIDADE ECONÔMICA PARA UM SISTEMA DE CAPTAÇÃO DE ÁGUA PLUVIAL E EQUIPAMENTOS SANITÁRIOS ECONOMIZADORES DE ÁGUA: ESTUDO DE CASO PARA HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL

Leia mais

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000)

Manual de Usuário. (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) AUTOMATIZADORES PARA PORTAS DE ENROLAR IMPORTAÇÃO E SUPORTE TÉCNICO NA INSTALAÇÃO Manual de Usuário (Y-200, Y-300, Y-400, Y-500, Y-550, Y- 600, Y-700, Y-850, Y-1200, Y-1500 e Y- 2000) SAC: 55 + 11 3088

Leia mais

O que você pode fazer...

O que você pode fazer... O que você pode fazer... Colaborar é muito simples Não é preciso sacrificar o organismo ou o conforto individual e familiar com medidas drásticas de economia de água. O equilíbrio das condições ambientais

Leia mais

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório)

Dados do Produto. Ar Condicionado: ponto dreno + carga elétrica (sala e dormitório) FICHA TÉCNICA Projeto Arquitetônico: Gkalili Arquitetura Design de Fachada: Triptyque Arquitetura Projeto Paisagístico: EKF Arquitetura paisagística Projeto Decoração: Triptyque Arquitetura Dados do Produto

Leia mais

ÍNDICE. 1.0 Introdução. 2.0 Descrição. 3.0 Instalação e Aplicação. 4.0 Programação. 5.0 Características Técnicas. 6.0 Principais Problemas e Soluções

ÍNDICE. 1.0 Introdução. 2.0 Descrição. 3.0 Instalação e Aplicação. 4.0 Programação. 5.0 Características Técnicas. 6.0 Principais Problemas e Soluções ÍNDICE 1.0 Introdução 2.0 Descrição 3.0 Instalação e Aplicação 4.0 Programação 5.0 Características Técnicas 6.0 Principais Problemas e Soluções Termo de Garantia 5 6 9 16 18 18 21 4 1.0 Introdução A TRANSSEN

Leia mais

Colectores Solares para Aquecimento de Água

Colectores Solares para Aquecimento de Água Colectores Solares para Aquecimento de Água Pavilhões Desportivos e Piscinas S. T. Spencer silvino.spencer@adene.pt PORQUÊ A ESCOLHA DE PISCINAS E PAVILHÕES? Porquê a Escolha de Piscinas e Pavilhões?

Leia mais

Chamamos de sistema individual quando um equipamento alimenta um único aparelho.

Chamamos de sistema individual quando um equipamento alimenta um único aparelho. AULA 11 SISTEMA PREDIAIS DE ÁGUA QUENTE 1. Conceito e classificação O sistema de água quente em um edificação é totalmente separado do sistema de água-fria. A água quente deve chegar em todos os pontos

Leia mais

A Importância da reciclagem

A Importância da reciclagem Texto 1 A Importância da reciclagem Vanessa Minuzzi Bidinoto Reciclar é economizar energia, poupar recursos naturais e trazer de volta ao ciclo produtivo o que jogamos fora. Para compreendermos a reciclagem

Leia mais

Catálogo. Torneiras - Registros e Acessórios. Requinte - Alta Qualidade - Conformidade

Catálogo. Torneiras - Registros e Acessórios. Requinte - Alta Qualidade - Conformidade Catálogo Torneiras - Registros e Acessórios Requinte - Alta Qualidade - Conformidade Torneira sensor cano U - Retangular 1878 Torneira sensor cano 1 Quadrada 1879 Torneira sensor cano U 1880 Torneira sensor

Leia mais

A maneira mais inteligente de aquecer água.

A maneira mais inteligente de aquecer água. A maneira mais inteligente de aquecer água. A JAMP O uso consciente de energia é um dos princípios que rege as atividades da JAMP, responsável pela introdução no País de soluções inovadoras no campo de

Leia mais

I-021 PERDAS DE ÁGUA NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ - UFPA

I-021 PERDAS DE ÁGUA NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ - UFPA I-021 PERDAS DE ÁGUA NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO CAMPUS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ - UFPA Evaristo C. Rezende dos Santos 2 José Almir R. Pereira 1 Lindemberg Lima Fernandes 2 Rui Guilherme

Leia mais

WORKSHOP SBCS SISTEMAS DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA

WORKSHOP SBCS SISTEMAS DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA WORKSHOP SBCS SISTEMAS DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA DE ÁGUA Sistemas Hidráulicos Prediais e a Medição Individualizada SISTEMAS DO EDIFÍCIO SUBSISTEMAS DO EDIFÍCIO 1 - Estrutura 2 - Envoltória externa 3 -

Leia mais

ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO

ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO ECONOMIA DE ENERGIA ELETRICA COM USO RACIONAL DE AR COMPRIMIDO CONSUMO DE ENERGIA E AR COMPRIMIDO NA INDÚSTRIA Consumo de Energia 20% 50% 30% Fornec.de ar Refrigeração Outros Consumo de Ar Comprimido 10%

Leia mais

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School Escola verde Green School Sobre o Colégio Positivo Início das aulas: 18 de fevereiro de 2013 Lançamento oficial: 26 de março de 2013 Proposta de ensino bilíngue (português/inglês) Cerca de 350 alunos,

Leia mais

Gerência de Responsabilidade e Interação Social Geris

Gerência de Responsabilidade e Interação Social Geris Gerência de Responsabilidade e Interação Social Geris Objetivos da Geris Melhorar o relacionamento e a imagem da Cagece com os clientes; Garantir a adesão aos novos empreendimentos; Disseminar informações

Leia mais

antes de conectar o engate flexível à caixa de descarga acoplada. acoplada. Quando necessário, utilizar dispositivos controladores de vazão.

antes de conectar o engate flexível à caixa de descarga acoplada. acoplada. Quando necessário, utilizar dispositivos controladores de vazão. MANUAL DE INSTALAÇÃO AVISO IMPORTANTE A não observância de qualquer dos itens das instruções técnicas por parte do usuário, isenta o fabricante de qualquer responsabilidade por eventuais danos que venham

Leia mais

Eco Dicas - Construir ou Reformar

Eco Dicas - Construir ou Reformar Eco Dicas - Construir ou Reformar São dicas de como preservar e economizar os recursos naturais quando se pensa em obras. Praticando-as, nosso bolso também agradece. É bom saber que: a fabricação de PVC

Leia mais

Sumário. Introdução... 3

Sumário. Introdução... 3 Sumário Introdução... 3 1. Plano de auditoria... 7 1.1. Diagnóstico... 8 1.2. Ligação predial... 9 1.3. Instalação Hidráulica... 11 1.4. Ambientes do uso da água... 12 1.5. Auditoria do uso da água...

Leia mais

Cartilha de acessibilidade e

Cartilha de acessibilidade e O melhor da vida de A a Z. Realização e Construção: Projeto arquitetônico: Collaço e Monteiro. Projeto paisagístico: Núcleo Arquitetura da Paisagem. Projeto de decoração das áreas comuns: Fernanda Marques.

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA 119 Acionador completo V.D 1.1/2 baixa pressão Docol unid 30 R$ 65,00 R$ 69,00 R$ 65,00 R$ 66,33 R$ 1.990,00 120 Araldite (lento) unid 15 R$ 34,00 R$ 19,10 R$ 34,00 R$ 29,03 R$ 435,50 121 Assento sanitário

Leia mais

Manual de Conservação de Água

Manual de Conservação de Água Manual de Conservação de Água Programa de Conservação de Águas Este manual foi elaborado sob a coordenação do Engenheiro Orestes Marracini Gonçalves, Professor Titular do Departamento de Engenharia de

Leia mais

Gestão Ambiental e Sustentabilidade na Bacia do Rio Piracicaba Sustentabilidade Hídrica Através de Dispositivos Poupadores de Água

Gestão Ambiental e Sustentabilidade na Bacia do Rio Piracicaba Sustentabilidade Hídrica Através de Dispositivos Poupadores de Água Gestão Ambiental e Sustentabilidade na Bacia do Rio Piracicaba Sustentabilidade Hídrica Através de Dispositivos Poupadores de Água Rayssa Magalhães Dias Cardozo Faculdade de Engenharia Ambiental Sustentabilidade

Leia mais

Congresso Neocontrol 2010

Congresso Neocontrol 2010 Congresso Neocontrol 2010 Posicionamento. Busca contínua de parcerias. Pioneirismo. Integradores. Construtoras. Relacionamento. Obras realizadas em 4 continentes. Busca contínua por inovações. A Neocontrol

Leia mais

PATOLOGIAS DOS SISTEMAS PREDIAIS DE ÁGUA DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

PATOLOGIAS DOS SISTEMAS PREDIAIS DE ÁGUA DO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS I CONFERÊNCIA LATINO-AMERICANA DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL X ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO 18-21 julho 2004, São Paulo. ISBN 85-89478-08-4. PATOLOGIAS DOS SISTEMAS PREDIAIS DE ÁGUA

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial

SISTEMAS PREDIAIS II. Automação Predial PCC-2466 SISTEMAS PREDIAIS II Automação Predial Serviços dos Edifícios HIDRÁULICOS Água Fria; Água Gelada; Água Quente; Sistemas de Aquecimento (solar etc.); Esgotos Sanitários; Águas Pluviais; Drenagem

Leia mais

ESTUDOS DE CASO APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL PARA FINS NÃO POTÁVEIS EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO: ESTUDO DE CASO EM FLORIANÓPOLIS - SC

ESTUDOS DE CASO APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL PARA FINS NÃO POTÁVEIS EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO: ESTUDO DE CASO EM FLORIANÓPOLIS - SC ESTUDOS DE CASO APROVEITAMENTO DE ÁGUA PLUVIAL PARA FINS NÃO POTÁVEIS EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO: ESTUDO DE CASO EM FLORIANÓPOLIS - SC ANA KELLY MARINOSKI Orientador: Prof. Enedir Ghisi, PhD INTRODUÇÃO Objetivo

Leia mais

CARTILHA. INSTITUTO FEDERAL SÃO PAULO Campus Caraguatatuba. Uso Racional da Água nas Edificações

CARTILHA. INSTITUTO FEDERAL SÃO PAULO Campus Caraguatatuba. Uso Racional da Água nas Edificações CARTILHA INSTITUTO FEDERAL SÃO PAULO Campus Caraguatatuba Uso Racional da Água nas Edificações 1 Sobre a Cartilha Esta cartilha é parte integrante do projeto de extensão USO RACIONAL DA ÁGUA NAS EDIFICAÇÕES

Leia mais

Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado.

Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado. Aquecedor central Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado. Planeje seu uso e habitue-se a ligá-lo apenas o tempo necessário para que você

Leia mais

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind.

CONTEÚDO: Capítulo 4. Válvulas Industriais. Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: www.jefferson.ind. CONTEÚDO: Capítulo 4 Válvulas Industriais Email: vendas@jefferson.ind.br Fone: 016 3622-5744/3622-9851 Site: 1 VÁLVULAS DEFINIÇÃO: DISPOSITIVOS DESTINADOS A ESTABELECER, CONTROLAR E INTERROMPER O FLUXO

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis 19/OUT/2011 Mara Luísa Alvim Motta Gerência Nacional de Meio Ambiente CAIXA EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO 2003-2010 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Leia mais

COLETÂNEA DESAFIO DA SUSTENTABILIDADE I - PRÁTICAS IMEDIATAS E PERMANENTES PARA PROMOVER O USO RACIONAL DA ENERGIA ELÉTRICA:

COLETÂNEA DESAFIO DA SUSTENTABILIDADE I - PRÁTICAS IMEDIATAS E PERMANENTES PARA PROMOVER O USO RACIONAL DA ENERGIA ELÉTRICA: COLETÂNEA DESAFIO DA SUSTENTABILIDADE I - PRÁTICAS IMEDIATAS E PERMANENTES PARA PROMOVER O USO RACIONAL DA ENERGIA ELÉTRICA: 1 Sobre a utilização de aparelhos de ar condicionado: a) Desligar o aparelho

Leia mais

LIST LISA T DE A PREÇOS DE PREÇOS

LIST LISA T DE A PREÇOS DE PREÇOS LISTA DE PREÇOS 2015 Nos desenhos em escala, as medidas são dadas em milímetros. Lista de s 2015 III Capítulo Chuveiros 1 Chuveiros de baixa e alta pressão 2 Duchas manuais e laterais 3 Showerpipes e

Leia mais