Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional"

Transcrição

1 Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional ATENÇÃO ESTE MATERIAL É UMA TRADUÇÃO DO ORIGINAL EM INGLÊS DISPONIBILIZADO PELA FIRST ESTADOS UNIDOS. SOMENTE AS REGRAS CONTIDAS NESSE ARQUIVO E NO PORTAL SERÃO CONSIDERADAS OFICIAIS PARA A TEMPORADA 2012 SENIOR SOLUTIONS DA FLL NO BRASIL

2 Projeto de Pesquisa Pergunte a um Profissional Independente. Envolvido. Conectado. Falar com os profissionais (pessoas que trabalham com idosos) é uma ótima maneira para a sua equipe FLL: Aprender mais sobre o tema do Desafio Encontrar dados atuais Descobrir problemas potenciais Aprender o que está sendo feito sobre esses problemas Obter feedback (comentários) sobre a sua solução inovadora QUEM É VOCÊ Uma das melhores ferramentas de pesquisa para seu projeto é a sua própria equipe. Pensem sobre isso. Quem vocês conhecem? Provavelmente, vocês conhecem um profissional que trabalha com idosos. Existe a possibilidade de que o tal profissional responda as suas perguntas sobre o envelhecimento, a mudança de tecnologia, e se conectar com seu Parceiro Sênior. Pense sobre a tecnologia que afeta a sua vida cotidiana. Pense nas pessoas que trabalham na criação e manutenção de postos de trabalho para esta tecnologia. Você conhece um cientista, matemático, ou engenheiro? Pense nas pessoas que trabalham com idosos. Você conhece alguém que gere ou preste serviço aos idosos em um hospital, uma clínica, em um centro de vivência de idosos, em casas de repouso ou em uma unidade de cuidados a longo prazo? Você conhece um médico, enfermeiro, fisioterapeuta, terapeuta recreativo, nutricionista, profissional responsável por dieta alimentar ou assistente social? Todas essas profissões possuem trabalhadores que desempenham um papel na manutenção de idosos independentes, engajados e conectados. Faça uma lista. COMO VOCÊ PODE SE PREPARAR? Converse com sua equipe e defina uma meta para sua entrevista. Pense sobre onde você está no processo de Projeto. Você está decidindo em um problema de pesquisa? Você já escolheu um problema? Você propôs uma solução inovadora? Pense no que você necessita do profissional. Você precisa de informações? Sobre o quê? Você precisa de mais recursos de pesquisa? Você precisa de conselhos sobre um detalhe que está te incomodando? Você precisa de feedback sobre a solução inovadora de sua equipe? FLL é o resultado de uma excitante aliança entre a FIRST e o Grupo LEGO FIRST e LEGO Group. FIRST LEGO League. Equipes e parceiros da FLL podem fazer reproduções para uso direto de equipes e parceiros operacionais somente. Qualquer uso, reprodução, processo de cópia por outro que não parceiro ou equipe FLL é estritamente proibido sem permissão específica escrita da FIRST e do Grupo LEGO. FIRST é uma marca registrada como United States Foundation for Inspiration and Recognition of Science and Technology (FIRST). O nome FIRST LEGO League e logo são trademarks. O Senior Solutions SM é uma service mark da FIRST e do LEGO Group. 2

3 Antes de entrar em contato com um profissional, certifique-se de que o seu objetivo seja claro para sua equipe. Escreva isso em um papel. Saber o que você quer aprender vai ajudar você a decidir a quem entrevistar. Selecione um profissional para entrevista e lembre-se, você pode entrevistar mais de um profissional conforme você trabalha e desenvolve o seu projeto. COMO VOCÊ DEVE PERGUNTAR? Em seguida, peça que o seu treinador ajude-o a entrar em contato com a equipe de seu profissional selecionado para entrevista. Você pode fazer contato por telefone, , ou carta. Explique um pouco sobre a FLL. Explique brevemente o que você está pesquisando neste período. Finalmente, informe o profissional sobre o seu objetivo para esta entrevista e solicite uma entrevista. Muitos profissionais estão ocupados, então pedir um curto espaço de tempo é uma boa ideia. Peça ao profissional para conversar com sua equipe por cerca de 30 minutos. Talvez ele ou ela se ofereça para se encontrarem com você por mais tempo, mas comece solicitando um curto espaço de tempo. No dia da entrevista, você pode conversar com o profissional em pessoa; pelo telefone, ou através da internet usando um chat de texto, vídeo ou voz. Pergunte ao profissional como ele gostaria de conectar e onde. Um encontro cara a cara muitas vezes coleta a maior parte das informações no mais curto espaço de tempo. Se você puder visitar um profissional onde ele ou ela trabalha, você pode obter uma imagem mais clara de sua vida no dia-a-dia de trabalho! Definir uma data e hora para a entrevista. Certifique-se de escolher um dia em que o seu treinador, mentor, ou outro adulto esteja disponível para participar também. Antes do dia da entrevista, faça uma lista de perguntas. Mantenha o seu projeto e os objetivos da entrevista em mente. Mantenha suas perguntas curtas e direcionadas ao ponto chave do assunto. Pense em quanto tempo vai levar para todas as perguntas e respostas serem sanadas. Você precisa respeitar e terminar a entrevista no tempo estipulado. Anote suas perguntas e use a lista quando você estiver fazendo a entrevista. Considere o envio de uma lista de perguntas para o profissional antes da entrevista. Deixe ele ou ela preparar algumas respostas. Decida com antecedência qual (quais) o(s) membro(s) da equipe que fará (farão) cada questão. É fácil perder a noção do tempo quando você está aprendendo sobre algo realmente interessante. Decida quem será o responsável por educadamente informar ao resto da equipe quando o tempo de entrevista estiver chegando ao fim. Exiba o Gracious Professionalism durante sua entrevista. Trate o profissional como um membro de sua equipe. Agradeça a eles pela contribuição! O QUE VOCÊ DEVE PERGUNTAR? Sua equipe deve fazer alguma pesquisa antes de entrevistar qualquer profissional. Uma investigação detalhada e aprofundada vai ajudar a todos em sua equipe a decidirem o que você deve perguntar. Uma investigação detalhada e aprofundada vai ajudá-lo a aprender mais com a entrevista. Algumas perguntas da entrevista podem incluir: Como você se interessou pela sua carreira? Quais são algumas das qualidades e habilidades que o tornam alguém bom em seu trabalho? O que você mais gosta no seu trabalho? O que você menos gosta? Como o seu trabalho afeta as pessoas? Como é que os seu trabalho ajuda idosos a permanecerem independentes, engajados, ou conectados? Qual você acha que é o maior problema que enfrentam os idosos de hoje? 3

4 Estamos aprendendo sobre <o problema que sua equipe escolheu ou está considerando encontrar> neste período. Você está investigando essas soluções em seu trabalho? Onde podemos aprender mais sobre este tema? Você sabe sobre quaisquer outros profissionais que devemos entrar em contato? NÃO peça ao seu profissional para que ele resolva o problema que sua equipe escolheu. A solução de sua equipe deve ser o trabalho dos membros da equipe. O profissional pode ajudar a sua equipe a aprender sobre o assunto ou dar feedback após a sua equipe ter optado por uma solução. No final da entrevista, lembre-se de perguntar ao profissional se a sua equipe pode entrar em contato com eles novamente. Você pode pensar em mais perguntas posteriormente. Descubra se o seu profissional estaria disposto a responder a mais perguntas por telefone ou . Talvez eles estejam dispostos a se encontrar com sua equipe novamente ou fazer uma visita com você no local de trabalho deles. Não tenha medo de perguntar. PARA QUEM VOCÊ PODE PERGUNTAR? Os idosos precisam de uma ampla gama de serviços para manter a saúde, bem-estar e uma vida independente. Eles precisam ficar em forma e comprometidos em atividades físicas, mentais e sociais. Sua equipe pode considerar entrar em contato com pessoas que trabalhem nas profissões que forneçam maior auxílio conforme você procurar profissionais para ajudá-lo com seu projeto. Muitos websites de empresas, associações profissionais, do governo e de universidades incluem informações de como entrar em contato com os profissionais. Profissão O que eles fazem Onde eles trabalham Administrador Químico Nutricionista Engenheiro elétrico Apoiam e promovem a qualidade de atendimento às pessoas que recebem cuidados e serviços, e possuem preocupação com a prestação de cuidados Verificam a qualidade e os processos de alimentos e medicamentos, soluções de segurança e riscos de pesquisa Planejam e gerenciam programas de alimentação e nutrição, que atendam às necessidades dos idosos, incluindo necessidades de dietas especiais, educam e treinam na preparação das refeições, e colaboram com os cuidados de saúde ou profissionais de serviço social Criam e mantêm instrumentos de teste, sistemas automatizados de entrega de medicamentos e outros equipamentos médicos, sistemas de sensores, computadores e outros dispositivos Hospitais, clínicas de repouso, instalações de cuidados a logo prazo e de vida assistida, clínicas, agências governamentais, centros de idosos, centro de creches de adultos Universidades e centros de pesquisa, órgãos governamentais, empresas de processamento de alimentos, fabricantes de medicamentos, equipamentos médicos e fabricantes de dispositivos, fabricantes de instrumentos científicos Hospitais, clínicas, serviços de longo prazo e de assistência assistida, centros de idosos, centros de creches de adultos, agências governamentais, empresas de processamento de alimentos, consultório particular Empresas privadas, órgãos governamentais, fabricantes de instrumentos científicos, fabricantes de computadores, fabricantes de dispositivos médicos, fabricantes de dispositivos de comunicação, universidades e centros de pesquisa Assessor domiciliar à saúde Prestam assistência como cuidados diários, higiene, nutrição e controle de medicamentos; desempenham funções de cuidados de saúde, tais como monitorar e registrar os sinais vitais de idosos e ajuda com equipamentos ou procedimentos médicos. Eles também podem acompanhar o idoso ao cumprir as tarefas diárias e executam tarefas domésticas. As instalações de vida assistida, independentes e lares dos idosos, centros de creches de adultos, centros de idosos 4

5 Profissão O que eles fazem Onde eles trabalham Advogado Matemático Projetam a segurança e os regulamentos de cuidados padrão, fazem a revisão de requisitos governamentais, violadores de processo, aconselham indivíduos idosos e as corporações e agências que os servem Projetam e mantém computadores, instrumento científico, automação da fábrica, controle de materiais, e outro software utilizado para realizar os testes e analisar os resultados. Agências governamentais, universidades e centros de pesquisa, organizações sem fins lucrativos, cuidados instalações de longo prazo e de vida assistida, hospitais, fabricantes de instrumentos científicos, fabricantes de computadores, clínica privada Universidades e centros de pesquisa, órgãos governamentais, equipamentos de cuidados e fabricantes de dispositivos médicos, fabricantes de instrumentos científicos, fabricantes de software e hardware Engenheiro mecânico Criam e mantêm instrumentos de teste, equipamento de cuidados, dispositivos médicos, instalações de refrigeração e aquecimento Companhias privadas, órgãos governamentais, fabricantes de instrumentos científicos, universidades e centros de pesquisa Enfermeira Fornecem e coordenam a assistência ao paciente, educam os pacientes e o público sobre as condições diversas de saúde, e fornece aconselhamento e apoio emocional aos pacientes e seus familiares Hospitais, Clínicas de médicos, serviços de saúde em casa, clínicas, cuidados de longo prazo, vida assistida, e instalações de cuidados de enfermagem Farmacêutico Fornecem medicamentos prescritos para os pacientes e oferece aconselhamento sobre a sua utilização segura Farmácias, incluindo aquelas em supermercados e lojas de medicamentos, hospitais, clínicas, instalações de cuidados de longa duração e cuidados assistidos Fisioterapeuta Ajudam as pessoas que foram feridas ou fisicamente afetadas pela doença na recuperação ou a melhora das funções, avalia a condição de um paciente, elabora um plano personalizado para aumentar a força, a flexibilidade, amplitude de movimento, controle motor, e reduzir qualquer dor, desconforto e inchaço que o paciente esteja sentindo Centro ortopédico, tratamento hospitalar, e ambientes clínicos de reabilitação Médico Detectam, tratam, e localizam doenças e enfermidades relacionadas ao envelhecimento Consultórios médicos, hospitais, clínicas, centros de vida assistida, lares de idosos, instalações de cuidados de longa duração, universidades e centros de pesquisa, órgãos governamentais Físico Criam e mantêm instrumentos de teste Universidades e centros de pesquisa, órgãos governamentais, fabricantes de instrumentos científicos Engenheiro Programador de Software Projetam e mantêm o computador, instrumento científico, de automação de fábrica, materiais de rastreamento, e outro software usado para monitorar o bem-estar, fornecer comunicações Universidades e centros de pesquisa, Companhias privadas, órgãos governamentais, fabricantes de automação de fábrica, fabricantes de instrumentos científicos, fabricantes de dispositivos médicos, fabricantes de hardware e software Terapeuta recreativo Engenheiro de robótica Assistente social Prestação de serviços de tratamento terapêutico para idosos com perda de movimentos ou habilidades, doença ou deficiência relacionados à idade Criam e mantém instrumentos de teste, sistemas automatizados de entrega de medicamentos, próteses e outros dispositivos médicos e de assistência Acompanham e aconselham os idosos e suas famílias na satisfação das necessidades dos idosos, coordena serviços, faz os encaminhamentos, ajuda com serviços de localização para idosos com doenças graves, ou providencia serviços para ajudar os idosos a permanecerem em suas casas Instalações de cuidados de saúde e de enfermagem, centros de reabilitação, creches e centros de idosos e adultos Universidades e centros de pesquisa, órgãos governamentais, fabricantes de computador e fabricantes de dispositivos médicos, fabricantes de instrumentos científicos Hospitais, centros de cuidados de enfermagem, edifícios de apartamentos de idosos e instalações de vida assistida, agências governamentais, organizações sem fins lucrativos e lares de idosos 5

Projeto de Pesquisa Processo

Projeto de Pesquisa Processo Projeto de Pesquisa Processo ATENÇÃO ESTE MATERIAL É UMA TRADUÇÃO DO ORIGINAL EM INGLÊS DISPONIBILIZADO PELA FIRST ESTADOS UNIDOS. SOMENTE AS REGRAS CONTIDAS NESSE ARQUIVO E NO PORTAL WWW.APRENDERFAZENDO.ORG.BR

Leia mais

www.usfirst.org www.firstlegoleague.org

www.usfirst.org www.firstlegoleague.org www.usfirst.org www.firstlegoleague.org Na Pesquisa FLL WORLD CLASS SM, sua equipe irá: Escolher um assunto que ache apaixonante ou sobre o qual sempre quis aprender. Criar uma solução inovadora que aperfeiçoe

Leia mais

Visão Subnormal. Guia do Apresentador

Visão Subnormal. Guia do Apresentador Visão Subnormal Guia do Apresentador SLIDE 1 Introdução do apresentador. O propósito desta apresentação é oferecer informações sobre o que é a visão subnormal, o que pode ser feito sobre ela e onde se

Leia mais

O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA

O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA O CUIDADO QUE FAZ A DIFERENÇA DAL BEN: SUA PARCEIRA EM CUIDADOS ASSISTENCIAIS A saúde no Brasil continua em constante transformação. As altas taxas de ocupação dos hospitais brasileiros demandam dos profissionais

Leia mais

PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000

PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000 PORTARIA CRN-3 nº 0112/2000 A Presidente do Conselho Regional de Nutricionistas 3ª Região, no uso de suas atribuições legais, que lhe conferem a Lei Federal nº 6583/78 e o Decreto Federal nº 84444/80 e,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Introdução ao Programa de Informação ao Médico (PIM) Impulsione o seu negócio em 4 passos

Introdução ao Programa de Informação ao Médico (PIM) Impulsione o seu negócio em 4 passos Introdução ao Programa de Informação ao Médico (PIM) Impulsione o seu negócio em 4 passos Bem-vindo ao Programa de Informação ao Médico (PIM) Como parte do trabalho desenvolvido pela Phonak, temos o compromisso

Leia mais

Introdução. Importante: O Programa não inclui atendimento de urgência/emergência. Nestes casos deverão ser procurados os serviços específicos.

Introdução. Importante: O Programa não inclui atendimento de urgência/emergência. Nestes casos deverão ser procurados os serviços específicos. Introdução A Assistência Domiciliar surge para responder à demanda de individualização da assistência, realizando cuidados na privacidade do domicílio do paciente, possibilitando ao mesmo e à família participarem

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO

Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO Tudo sobre TELEMEDICINA O GUIA COMPLETO O QUE É TELEMEDICINA? Os recursos relacionados à Telemedicina são cada vez mais utilizados por hospitais e clínicas médicas. Afinal, quem não quer ter acesso a diversos

Leia mais

Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Junho/ 2015

Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Junho/ 2015 Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz Junho/ 2015 MODELO ASSISTENCIAL - DEFINIÇÃO Forma como atribuições de tarefas, responsabilidade e autoridade são

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO EM DISCIPLINAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORIENTAÇÕES PARA OS ESTUDOS EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Caro (a) Acadêmico (a), Seja bem-vindo (a) às disciplinas ofertadas na modalidade a distância.

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org.

PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org. PROJETO DE CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL JN.M@TOS RNC REDE NOVO CURSO END.: AV. 15 DE NOVEMBRO, N 200 GUARANI PIABETÁ MAGÉ/ RJ www.rnc.org.br ÍNDICE FUNÇÕES E ATRIBUIÇÕES DO CUIDADOR... 01 a 03 CUIDADOR...

Leia mais

Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search

Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search Como Trabalhar Com Consultores de Executive Search Gerenciamento de Carreira pelo Bluesteps.com Contents: Introdução: O recrutamento de Executivos de Nível Sênior Page 1-2: O que é Retained Executive Search?

Leia mais

grandes oportunidades

grandes oportunidades Conecte-se a grandes oportunidades Carreiras sem limites Alcance além do que é possível Qualquer que seja o seu caminho, você pode ser parte das mudanças de vida para melhor no mundo todo. Uma carreira

Leia mais

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS

QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS QUESTIONÁRIO DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS ILPIS NDF IN PROFISSIONAIS Entrevistador (a): Supervisor(a): Data da entrevista: Nome da Instituição (fantasia):

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Sebastião do Alto Estado do Rio de Janeiro ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS

Prefeitura Municipal de São Sebastião do Alto Estado do Rio de Janeiro ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS ANEXO III ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS GARI DESCRIÇÃO SUMÁRIA Compreende os cargos que tem como atribuições varrer e limpar ruas e logradouros públicos e coletar o lixo acumulado em sarjetas, caixas de ralos

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching,

5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, 5Etapas Para Conseguir Clientes de Coaching, Consultoria, Terapias Holísticas e Para Encher Seus Cursos e Workshops. Parte 01 Como Se Posicionar e Escolher os Clientes dos Seus Sonhos 1 Cinco Etapas Para

Leia mais

Plano de saúde do seu filho

Plano de saúde do seu filho 7 Plano de saúde do seu filho Neste capítulo, encontrará informações sobre o seguro de saúde do seu filho ou plano de saúde. Anexe a este capítulo uma cópia do folheto de coberturas do plano de saúde do

Leia mais

GOOGLE.COM.BR - PRIVACY POLICY

GOOGLE.COM.BR - PRIVACY POLICY Última modificação: 27 de julho de 2012 ( visualizar versões arquivadas) Existem muitas maneiras diferentes pelas quais você pode usar nossos serviços pesquisar e compartilhar informações, comunicar-se

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY Edital N 88/2013 São Paulo, 12 de junho de 2013 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA PROVIMENTO DE VAGAS DESTINADAS À CONTRATAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY (CBRu), de acordo

Leia mais

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO Wilker Luiz Machado Barros¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil wilkermachado1@hotmail.com,

Leia mais

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING

Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING Distribuidor de Mobilidade GUIA OUTSOURCING 1 ÍNDICE 03 04 06 07 09 Introdução Menos custos e mais controle Operação customizada à necessidade da empresa Atendimento: o grande diferencial Conclusão Quando

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE Elaborado por: Ana Paula de Menezes Assistente Social da CASSIND APRESENTAÇÃO A internação domiciliar ou home care é compreendida como a instalação de uma estrutura

Leia mais

FISCO. Saúde. Programa de Atenção. Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1

FISCO. Saúde. Programa de Atenção. Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1 FISCO Saúde ANS 41.766-1 Programa de Atenção Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS Prezados Associados, Para facilitar a comunicação e dirimir as principais dúvidas sobre a utilização dos nossos serviços, o

Leia mais

Técnico Auxiliar de Saúde

Técnico Auxiliar de Saúde Técnico Auxiliar de Saúde Trabalho elaborado por: Luís Damas Índice Introdução... 3 Técnico Auxiliar de Saúde... 4 O que faz o Técnico Auxiliar de Saúde?... 4 As atividades principais a desempenhar por

Leia mais

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes Serviços Inteligentes UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Oferecemos 100 anos de liderança na inovação de imagens e em TI na área de saúde. Nossa equipe de serviços em todo o mundo trabalha junto com

Leia mais

CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO

CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO O que fazer para ajudar seu familiar quando ele se encontra na UTI Versão eletrônica atualizada em Abril 2010 A unidade de terapia intensiva (UTI) é um ambiente de trabalho

Leia mais

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia

Projeto - Profissões. Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos. Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Projeto - Profissões Público alvo: Educação Infantil / Crianças de 3 a 4 anos Áreas: Natureza e Sociedade / Identidade e Autonomia Duração: 5 semanas Justificativa: Este projeto visa apresentar às crianças

Leia mais

CONSELHOS DE IMIGRAÇÃO PARA OS PROFISSIONAIS

CONSELHOS DE IMIGRAÇÃO PARA OS PROFISSIONAIS CONSELHOS DE IMIGRAÇÃO PARA OS PROFISSIONAIS Obrigado por entrar em contato com Modern Immigration. Em breve, você vai descobrir o caminho para chegar ao Canadá. Este documento é para profissionais: médicos,

Leia mais

INSTRUÇÕES DA TABELA DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR

INSTRUÇÕES DA TABELA DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR INSTRUÇÕES DA TABELA DE ASSISTÊNCIA DOMICILIAR 1. DA ASSISTÊNCIA DOMICILIAR: 1.1. A assistência domiciliar caracteriza-se pela prestação de serviços médicos e terapias adjuvantes na residência do paciente

Leia mais

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 1 Ser Voluntário

Organizando Voluntariado na Escola. Aula 1 Ser Voluntário Organizando Voluntariado na Escola Aula 1 Ser Voluntário Objetivos 1 Entender o que é ser voluntário. 2 Conhecer os benefícios de ajudar. 3 Perceber as oportunidades proporcionadas pelo voluntariado. 4

Leia mais

Dia de Descoberta Familiar da RootsTech DIRETRIZES TÉCNICAS ATUALIZAÇÃO DE OUTUBRO DE 2014

Dia de Descoberta Familiar da RootsTech DIRETRIZES TÉCNICAS ATUALIZAÇÃO DE OUTUBRO DE 2014 Dia de Descoberta Familiar da RootsTech DIRETRIZES TÉCNICAS ATUALIZAÇÃO DE OUTUBRO DE 2014 1. Visão Geral O conteúdo para seu Dia de Descoberta Familiar local será fornecido pela RootsTech, uma conferência

Leia mais

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos

Bom Crédito. Lembre-se de que crédito é dinheiro. Passos Bom Crédito Lembre-se de que crédito é dinheiro É. Benjamin Franklin, Político Americano e inventor quase impossível passar a vida sem pedir dinheiro emprestado. Seja algo básico como usar um cartão de

Leia mais

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO?

COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? COMO SE TORNAR UM VOLUNTÁRIO? Apresentação Ir para a escola, passar um tempo com a família e amigos, acompanhar as últimas novidades do mundo virtual, fazer um curso de inglês e praticar um esporte são

Leia mais

Seja meu parceiro. Eu tenho um produto de ótima qualidade, mas sem o seu trabalho, ele não existe.

Seja meu parceiro. Eu tenho um produto de ótima qualidade, mas sem o seu trabalho, ele não existe. Seja meu parceiro Eu tenho um produto de ótima qualidade, mas sem o seu trabalho, ele não existe. Olá vendedor, Te faço um convite para ser meu parceiro na venda do meu produto, entendo que sem o vendedor,

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO. 2. Preparação para sua discussão com seu médico

1. INTRODUÇÃO. 2. Preparação para sua discussão com seu médico 1. INTRODUÇÃO Artrite reumatoide (AR) é uma doença inflamatória crônica que pode afetar diferentes áreas da vida.1 Como parte do controle de longo prazo da AR, seu médico* irá ajudá-lo a controlar melhor

Leia mais

PORTO DIAS. Família! A parceria que cuida do paciente com competência e carinho. Fonte: www.google.com.br/imagens

PORTO DIAS. Família! A parceria que cuida do paciente com competência e carinho. Fonte: www.google.com.br/imagens H O S P I TA L & Família! A parceria que cuida do paciente com competência e carinho. Fonte: www.google.com.br/imagens 1 Telefones Úteis (HPD) Call Center 9999 Nutrição 3106 (Bloco A) / 9652(Bloco D) Recepção

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo

Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo AVISO DE SESSÃO PÚBLICA Nº 001/2015 Processo Administrativo nº 5199/2014 Recebimento de Propostas e Orçamentos para Produção de Pesquisa decorrente da Concorrência Pública nº 001/2012 Serviços de Publicidade

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA 1 de 8 Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 25/11/2012 1.00 Proposta inicial LCR, DSR,MGO 1 Objetivo Agilizar o processo de transferência seguro do paciente/cliente, para

Leia mais

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO

ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO ANEXO II QUADRO DE ATRIBUIÇÕES, REQUISITOS E REMUNERAÇÃO FUNÇÃO / REMUNERAÇÃO Médico Infectologista REQUISITO Medicina e Título de Especialista concedido pela Respectiva Sociedade de Classe ou Residência

Leia mais

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico RESUMO EXECUTIVO Objetivo Melhorar a vida dos moradores e ajudálos a serem bem-sucedidos na

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

Guia de Tópicos 2015 TRASH TREK

Guia de Tópicos 2015 TRASH TREK SM Guia de Tópicos 2015 TRASH TREK Tabela de Conteúdos Recursos...2 Vídeo...2 Websites e Artigos...2 Livros...3 Glossário...4 Pergunte a Um Profissional...6 Exemplos de Profissionais...6 Quem Você Conhece...7

Leia mais

10 motivos para participar da próxima temporada do Torneio de Robótica FLL

10 motivos para participar da próxima temporada do Torneio de Robótica FLL http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/ 16 MAR 2015 10 motivos para participar da próxima temporada do Torneio de Robótica FLL A competição realizada pelo SESI proporciona aprendizado, diversão, novas

Leia mais

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA

LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA LOGÍSTICA MADE DIFFERENT LOGÍSTICA ENTREGA ESPECIAL Na economia globalizada 24/7 de hoje, a logística e a gestão de armazéns eficientes são essenciais para o sucesso operacional. O BEUMER Group possui

Leia mais

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 A LEGO Education tem o prazer de trazer até você a edição para tablet do Software LEGO MINDSTORMS Education EV3 - um jeito divertido

Leia mais

Apoio para crianças de préescola. necessidades especiais

Apoio para crianças de préescola. necessidades especiais Parent Partnership (Sociedade de pais) Trabalhando juntos para atender as necessidades educacionais especiais em Lincolnshire Informação aos pais e responsáveis Apoio para crianças de préescola que podem

Leia mais

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo

SENTIR 3. TEMPO 15-20 minutos TIPO DE TEMPO contínuo COMO USAR O MATERIAL NAS PÁGINAS A SEGUIR, VOCÊ ENCONTRA UM PASSO A PASSO DE CADA ETAPA DO DESIGN FOR CHANGE, PARA FACILITAR SEU TRABALHO COM AS CRIANÇAS. VOCÊ VERÁ QUE OS 4 VERBOS (SENTIR, IMAGINAR, FAZER

Leia mais

Manual de Orientação ao Cliente

Manual de Orientação ao Cliente Manual de Orientação ao Cliente Prezado Cliente O Hospital IGESP reúne em um moderno complexo hospitalar, os mais avançados recursos tecnológicos e a excelência na qualidade do atendimento prestado por

Leia mais

Apresenta: O que pensam os pacientes como clientes. 1 Edição

Apresenta: O que pensam os pacientes como clientes. 1 Edição Apresenta: O que pensam os pacientes como clientes O que pensam os pacientes como clientes 1 Edição AGENDA Metodologia Sinopse A Pesquisa METODOLOGIA TÉCNICA Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal

Leia mais

Assessoria Swagelok em Energia. Um Recurso de Confiança para Otimizar o Desempenho do seu Sistema de Vapor

Assessoria Swagelok em Energia. Um Recurso de Confiança para Otimizar o Desempenho do seu Sistema de Vapor Assessoria Swagelok em Energia Um Recurso de Confiança para Otimizar o Desempenho do seu Sistema de Vapor Conheça a experiência de alguns clientes sobre a Assessoria Swagelok em Energia Com serviços de

Leia mais

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas.

O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. O trabalho do CFN amplia o campo de atuação dos nutricionistas. Quando o campo se expande, mais profissionais chegam ao mercado, mais áreas de atuação se formam e a categoria conquista mais visibilidade.

Leia mais

SERVIÇOS DOMÉSTICOS E ASSISTENCIAIS. Fazemos mais fácil a sua vida. www.serhogarsystem.com

SERVIÇOS DOMÉSTICOS E ASSISTENCIAIS. Fazemos mais fácil a sua vida. www.serhogarsystem.com SERVIÇOS DOMÉSTICOS E ASSISTENCIAIS CARTA DE APRESENTAÇÃO Quem somos? O conceito da SerHogarsystem, surgiu em Saragoça em 2003 como resultado de anos de investigação levadas a cabo por entidades credenciadas

Leia mais

Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO"

Seminário: TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO" FLEURY LINHA DO TEMPO Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso

Leia mais

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração.

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração. . Quem somos //Sobre A Oficina1 é uma consultoria direcionada à tecnologia da informação, com foco na implementação dos ERPs Protheus e OpenBravo, além do aplicativo de Service Desk SysAid, abrangendo

Leia mais

PERFIL E COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO DE CENTRO CIRÚRGICO. Maria da Conceição Muniz Ribeiro

PERFIL E COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO DE CENTRO CIRÚRGICO. Maria da Conceição Muniz Ribeiro PERFIL E COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO DE CENTRO CIRÚRGICO Maria da Conceição Muniz Ribeiro I - CENTRO CIRÚRGICO CONJUNTO DE ELEMENTOS DESTINADOS AS ATIVIDADES CIRÚRGICAS, BEM COMO À RECUPERAÇÃO PÓS ANESTÉSICA

Leia mais

Sistema de Informação Gerencial (SIG)

Sistema de Informação Gerencial (SIG) Sistema de Informação Gerencial (SIG) Os Sistemas de Informação Gerencial (SIG) são sistemas ou processos que fornecem as informações necessárias para gerenciar com eficácia as organizações. Um SIG gera

Leia mais

2. O que informatizar?

2. O que informatizar? A INFORMÁTICA NO CONSULTÓRIO MÉDICO No fascículo anterior, comentamos como a gestão de custos, mesmo sendo feita de maneira simplista, auxilia o consultório a controlar e avaliar seus resultados, permitindo

Leia mais

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro.

Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. Alta performance: a base para os nossos clientes, a base para o seu futuro. www.accenture.com.br/carreiras www.facebook.com/accenturecarreiras www.twitter.com/accenture_vagas Quem somos A Accenture é uma

Leia mais

Introdução à Teoria Geral da Administração

Introdução à Teoria Geral da Administração à Teoria Geral da Administração Disciplina: Modelo de Gestão Página: 1 Aula: 01 Página: 2 O mundo em que vivemos é uma sociedade institucionalizada e composta por organizações. Todas as atividades relacionadas

Leia mais

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis 3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis O que é um e- mail bem sucedido? É aquele e- mail que você recebe o contato, envia o e- mail para o cliente e ele te responde. Nós não estamos

Leia mais

Objetivo Principal. Objetivos Secundários

Objetivo Principal. Objetivos Secundários Objetivo Principal O Personal Med Hospitalar foi resultado de um longo esforço de O&M em hospitais de vários portes e regiões do Brasil. O sistema foi concebido a partir do detalhamento de 176 processos

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

Amway - Política de privacidade

Amway - Política de privacidade Amway - Política de privacidade Esta Política de Privacidade descreve como a Amway Brasil e determinadas filiadas, inclusive a Amway América Latina (conjuntamente Amway ) utilizam dados pessoais coletados

Leia mais

CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS. Engº. Gilberto Mian

CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS. Engº. Gilberto Mian CUIDADOS BÁSICOS NA ESCOLHA E USO DE ELEVADORES DE OBRAS Engº. Gilberto Mian SOBRE A METAX A Metax é especializada em Engenharia de Acesso, fornecendo soluções para acesso e elevação de carga, atuando

Leia mais

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL

REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL REGULAMENTO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DE PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO E ESCRITÓRIO MULTIMÍDIA DO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ADMINISTRAÇÃO - UNIR - CACOAL TÍTULO I - DO LABORATÓRIO DIDÁTICO CAPÍTULO I - DA ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira?

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? - Tem alguém com quem você gostaria de fazer contato? - Porque você não o fez até agora? - Por que é importante aprender a fazer esses contatos?

Leia mais

Os profissionais de enfermagem que participam e atuam na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, serão os previstos na Lei 7.498/86.

Os profissionais de enfermagem que participam e atuam na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, serão os previstos na Lei 7.498/86. Regulamento da Terapia Nutricional 1. DEFINIÇÕES: Terapia Nutricional (TN): Conjunto de procedimentos terapêuticos para manutenção ou recuperação do estado nutricional do usuário por meio da Nutrição Parenteral

Leia mais

Guia para líderes de grupos de apoio

Guia para líderes de grupos de apoio Guia para líderes de grupos de apoio [PORTUGUÊS] BRAsIL A missão da Fundação de Fibrose Pulmonar (Pulmonary Fibrosis Foundation em inglês) é ajudar a encontrar a cura para a fibrose pulmonar idiopática,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 10 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 10 de Outubro de 2013. Revisão aula anterior Documento de Requisitos Estrutura Padrões Template Descoberta

Leia mais

Entendendo o significado da palavra Cliente UNIP. Prof. Lucio G. Chaves 1

Entendendo o significado da palavra Cliente UNIP. Prof. Lucio G. Chaves 1 Entendendo o significado da palavra Cliente UNIP Prof. Lucio G. Chaves 1 Introdução - ARC Pano de fundo: organizações, clientes e comportamentos preocupação cada vez maior no mundo dos negócios. Principalmente

Leia mais

Orientações. Rebecca Feinstein Winitzer, Editora Massachusetts Department of Public Health Copyright 2005

Orientações. Rebecca Feinstein Winitzer, Editora Massachusetts Department of Public Health Copyright 2005 Orientações Recursos para o cuidado de seu filho Segunda edição Rebecca Feinstein Winitzer, Editora Massachusetts Department of Public Health Copyright 2005 Para informações sobre como obter esta publicação

Leia mais

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO

Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO Este texto é de autoria da Diretora de Vendas Cláudia Leme, muito bom!!! Vale a pena conferir!!! O PRIMEIRO PEDIDO A Sra Mary Kay já dizia: nada acontece enquanto você não vende alguma coisa. Se você está

Leia mais

Estudantes apresentam projetos inovadores de inclusão no Torneio Nacional de Robótica

Estudantes apresentam projetos inovadores de inclusão no Torneio Nacional de Robótica http://portaldaindustria.com.br/agenciacni/ 15 MAR 2015 Estudantes apresentam projetos inovadores de inclusão no Torneio Nacional de Robótica Os projetos de pesquisa também são avaliados durante a competição

Leia mais

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar

Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Aula 1 Uma visão geral das comorbidades e a necessidade da equipe multidisciplinar Nesta aula, apresentaremos o panorama geral das comorbidades envolvidas na dependência química que serão estudadas ao

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13. Prezado amigo,

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13. Prezado amigo, S o l i c i ta ç ã o d e A n ú n c i o d e E n f e r m e i r o d a C i ê n c i a C r i s tã no The Christian Science Journal (e O Arauto da Ciência Cristã ) Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer

Leia mais

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes

Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Symantec University para Parceiros Perguntas freqüentes Sumário INFORMAÇÕES GERAIS... 1 SYMANTEC UNIVERSITY PARA PARCEIROS... 1 TREINAMENTO... 2 SERVIÇO DE INFORMAÇÕES... 4 COLABORAÇÃO... 5 Informações

Leia mais

Uma empresa é viável quando tem clientes em quantidade e com poder de compra suficiente para realizar vendas que cubram as despesas, gerando lucro.

Uma empresa é viável quando tem clientes em quantidade e com poder de compra suficiente para realizar vendas que cubram as despesas, gerando lucro. Página 1 de 9 2. Análise de Mercado 2.1 Estudo dos Clientes O que é e como fazer? Esta é uma das etapas mais importantes da elaboração do seu plano. Afinal, sem clientes não há negócios. Os clientes não

Leia mais

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO

DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO DICAS PARA SEU PROCESSO SELETIVO Você tem um real interesse em mudar de emprego? O headhunter entende que quando o candidato toma a decisão de avaliar o mercado, ele está à procura de uma oportunidade

Leia mais

Tenha total controle da sua instituição com o Software de Gestão do SisHOSP. www.sishosp.com.br (19) 3241.3535

Tenha total controle da sua instituição com o Software de Gestão do SisHOSP. www.sishosp.com.br (19) 3241.3535 Tenha total controle da sua instituição com o Software de Gestão do SisHOSP www.sishosp.com.br (19) 3241.3535 Fazer a Gestão de sua Casa de Repouso ficou ainda mais fácil com o SisHOSP Saber gerir uma

Leia mais

PROCEDIMENTO DE GESTÃO

PROCEDIMENTO DE GESTÃO Página: 1 de 7 ÍNDICE 1. OBJECTIVO 2 2. CAMPO DE APLICAÇÃO 2 3. DEFINIÇÕES 2 4. REFERÊNCIAS 2 5. RESPONSABILIDADES E MODOS DE PROCEDER 2 5.1. Cuidados em Situação de Emergência 2 5.2. Cuidados de Saúde

Leia mais

TREINAMENTO DOS EMBAIXADORES

TREINAMENTO DOS EMBAIXADORES TREINAMENTO DOS EMBAIXADORES LEVANDO O TECHNOVATION À SUA COMUNIDADE Bem-vindo ao treinamento de Embaixadores Regionais! Aqui vai uma visão geral do Technovation para dar um pontapé inicial no seu treinamento.

Leia mais

Registro e Acompanhamento de Chamados

Registro e Acompanhamento de Chamados Registro e Acompanhamento de Chamados Contatos da Central de Serviços de TI do TJPE Por telefone: (81) 2123-9500 Pela intranet: no link Central de Serviços de TI Web (www.tjpe.jus.br/intranet) APRESENTAÇÃO

Leia mais

A SEGURANÇA DA ASSISTÊNCIA DO PACIENTE CIRÚRGICO: FLUXO DE OPME NORMAS E CONDUTAS

A SEGURANÇA DA ASSISTÊNCIA DO PACIENTE CIRÚRGICO: FLUXO DE OPME NORMAS E CONDUTAS 10º Congresso Brasileiro de Enfermagem en Centro Cirúrgico, Recuperação Anestésica e Centro de Material e ESterilização- 2011 A SEGURANÇA DA ASSISTÊNCIA DO PACIENTE CIRÚRGICO: FLUXO DE OPME NORMAS E CONDUTAS

Leia mais

CONSTRANGIMENTOS DOS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS NA ADMISSÃO DE PESSOAS IDOSAS DO FORO MENTAL

CONSTRANGIMENTOS DOS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS NA ADMISSÃO DE PESSOAS IDOSAS DO FORO MENTAL CONSTRANGIMENTOS DOS SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS NA ADMISSÃO DE PESSOAS IDOSAS DO FORO MENTAL Associação Amigos da Grande Idade Inovação e Desenvolvimento Posição Institucional 1 LARES DE IDOSOS Desde inicio

Leia mais

Desafio 100 Cidades Resilientes

Desafio 100 Cidades Resilientes Desafio 100 Cidades Resilientes Inscreva-se até 24 de novembro de 2015 www.100resilientcities.org/challenge O Desafio 100 Cidades Resilientes quer identificar 100 cidades que estejam preparadas para construir

Leia mais

Outras concentram-se em mercados específicos, tais como de produtos agrícolas, médicos e farmacêuticos ou automotivos;

Outras concentram-se em mercados específicos, tais como de produtos agrícolas, médicos e farmacêuticos ou automotivos; Diferentes empresas de pesquisa oferecem diferentes habilidades, experiências e instalações. Por essa razão, não existe uma única empresa que seja a mais apropriada para todos os tipos de problemas de

Leia mais

Projeto da Disciplina Parte1: Estudo de Viabilidade. Um Estudo de Viabilidade

Projeto da Disciplina Parte1: Estudo de Viabilidade. Um Estudo de Viabilidade Projeto da Disciplina Parte1: Estudo de Viabilidade ENTREGA: 09/04/09 Professor: Carlos José Maria Olguin Um Estudo de Viabilidade Você deve fazer um estudo de viabilidade para um projeto de sistema de

Leia mais

Seminário Sobre Reunir Registros

Seminário Sobre Reunir Registros Seminário Sobre Reunir Registros Esta lição e seus recursos de aprendizado podem ser usados para preparar um seminário de três a quatro horas sobre preparar, reunir, processar e entregar os registros a

Leia mais

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.

Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4.5. Manual do Técnico Atualização - ProJuris Web 4. Guia de Atualização PROJURIS WEB 4.5 Por: Fabio Pozzebon Soares Página 1 de 11 Sistema ProJuris é um conjunto de componentes 100% Web, nativamente integrados, e que possuem interface com vários idiomas,

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

Questionário básico sobre a percepção de profissionais de saúde a respeito das infecções relacionadas à assistência à saúde e à higienização das mãos

Questionário básico sobre a percepção de profissionais de saúde a respeito das infecções relacionadas à assistência à saúde e à higienização das mãos IDENTIFICAÇÃO DO LOCAL: ANEXO 31 Questionário básico sobre a percepção de profissionais de saúde a respeito das infecções relacionadas à assistência à saúde e à higienização das mãos Você está em contato

Leia mais

GLOBAL ASSIST SERVICES

GLOBAL ASSIST SERVICES GLOBAL ASSIST SERVICES GLOBAL ASSIST SERVICES Imprevistos podem acontecer quando você está viajando. Um passaporte pode ser extraviado. Você pode ficar doente de repente. Um advogado precisa ser chamado

Leia mais