22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental"

Transcrição

1 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro Joinville - Santa Catarina X MONITORAMENTO VIA INTERNET DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO TIPO UASB+BF Celso José Munaro(1) Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil, em Mestrado e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil, em 1990 e 1994, respectivamente. Desde 1992 é professor do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Paulo Faria Santos Amaral Graduou-se em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), São José dos Campos, SP, Brasil, em 1976 e obteve os títulos de Mestre em Engenharia Elétrica pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) em 1979 e Doutor em Engenharia Elétrica na Escola Politécnica da USP, em É professor do Departamento de Engenharia Elétrica da UFES. Wagner Teixeira da Costa Graduou-se em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil, em 2001 e atualmente é aluno do Mestrado em Engenharia Elétrica da UFES. Raquel Machado Borges Graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), MG, Brasil, em Mestre em Engenharia Química pela UFU, em 2001 e atualmente é aluna do Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, ES, Brasil.

2 Alexandre Guimarães Merçon Aluno em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), Vitória, Brasil. Atualmente é bolsista de iniciação científica pela UFES. Ricardo Franci Gonçalves Engenheiro Civil e Sanitarista UERJ (1984), Pós-graduado em Engenharia de Saúde Pública -ENSP/RJ (1985), DEA - Ciências do Meio Ambiente - Univ. Paris XII, ENGREF, ENPC, Paris (1990), Doutor em Engenharia do Tratamento e Depuração de Água INSA de Toulouse, França (1993), Prof. Adjunto do DHS e do PMEA - UFES. Endereço(1): DEL-UFES. Av. Fernando Ferrari, s/n Bairro Goiabeiras Vitória ES. CEP: Brasil - Tel: (27 ) RESUMO Este trabalho apresenta um sistema de monitoramento via Internet da ETE experimental UFES, provendo informações de operação em tempo real bem como históricos das medidas a qualquer usuário conectado à internet através do site Qualquer navegador de internet pode ser utilizado para acessar as informações que ficam registradas em um banco de dados para acesso a qualquer tempo, sem a necessidade de programas computacionais especiais para isto. O sistema assim implementado tem sido extremamente útil para o apoio às pesquisas desenvolvidas na ETE experimental. PALAVRAS-CHAVE: Supervisão vai Internet, Aquisição de Dados, Monitoramento. INTRODUÇÃO O rápido desenvolvimento de tecnologias de informação coloca à nossa disposição novos mecanismos que modificam completamente a forma como interagimos com o meio que nos cerca. A rápida popularização da internet permite o acesso às informações em tempo real dos pontos mais distantes deste nosso planeta. A utilização da internet para efetuar supervisão remota de processos industriais já faz parte dos recursos oferecidos em Sistemas de Supervisão comerciais ([1]). Assim, qualquer

3 usuário com acesso a internet pode ter acesso a informações, sem a necessidade de um software desenvolvido especialmente para tal. Este artigo apresenta uma proposta de um sistema de monitoramento via internet de uma estação de tratamento de esgoto (ETE) sanitário tipo UASB+BF a partir de um equipamento projetado para efetuar medições e seu registro [2]. O sistema descrito em [3] foi aperfeiçoado em vários pontos, tais como: o aplicativo que devia ser instalado no computador foi substituído por um navegador de internet (como internet explore e netscape); a apresentação dos dados é gráfica, numérica e através de arquivos; novas medidas foram disponibilizadas; o acesso local a medidas e parâmetros de operação é possível. Este artigo descreve o sistema implementado bem como sua utilização. METODOLOGIA UTILIZADA A figura 1 ilustra o sistema desenvolvido. As medições são realizadas pelos microcontroladores escravos e enviados ao microcontrolador mestre ([3]). Ao mestre foi adicionado um teclado e um mostrador digital para verificação das medidas e configuração de parâmetros e para acesso local pelos operadores. Além disso, foi adicionada uma sonda para medição de ph e uma sonda para medição de sólidos suspensos. Figura 1: Sistema de monitoramento da ETE Experimental. Para que as informações da ETE pudessem ser disponibilizadas, um servidor de páginas foi instalado em um PC conectado a internet. O aplicativo desenvolvido em [3] que utilizava a rede internet via conexões tipo socket foi substituído por navegador de internet. Um programa desenvolvido em Delphi (chamado de ETEPC) e uma página escrita em ASP foram implementados para fazer a interface entre os usuários conectados à rede ao acesso ao banco de dados do sistema de medição. As opções ao usuário são observar os valores medidos em tempo real em forma gráfica ou numérica e importar um arquivo com o histórico dos dados medidos de um período de tempo desejado. O ETEPC faz a requisição dos dados aos microcontroladores escravos a cada um minuto, realiza a checagem de erro e validação dos dados e armazena no banco de dados. A figura 2 mostra o diagrama de funcionamento para aquisição dos dados. Figura 2: Diagrama de funcionamento do software ETEPC.

4 O acesso aos dados é feito por uma página desenvolvida em ASP, que obtém os dados do banco de dados e disponibiliza em forma de gráfico, de texto ou em arquivo. A figura 3 ilustra o diagrama gráfico de armazenamento e acesso ao banco de dados. Figura 3: Diagrama ilustrativo de armazenamento e acesso ao banco de dados. Por fim, o usuário pode selecionar a vazão desejada para a elevatória de esgoto através do teclado disponível. O valor escolhido é enviado ao módulo de controle do inversor de freqüência que controla a bomba, ajustando a vazão ao novo valor. RESULTADOS OBTIDOS/ESPERADOS O sistema está implantado na ETE experimental UFES. As medidas de vazão de biogás produzido, vazão de esgoto entrando no reator anaeróbio, temperatura e sólidos suspensos do mesmo já estão disponíveis. A fase atual é a configuração e disponibilização da medida de ph do reator anaeróbio na internet. Os dados estão disponível no site através do menu Medições em Tempo Real, como mostra a figura 4 e a figura 5. Além dos dados on-line, também pode-se conhecer a ETE experimental da UFES. Figura 4: Página principal da ETE Experimental UFES pelo site http// Figura 5: Dados on-line apresentados em forma gráfica. CONCLUSÕES O sistema de monitoramento via internet descrito provê informações aos pesquisadores do Núcleo de Bioengenharia Aplicada ao Saneamento da UFES. Qualquer usuário pode ter o acesso à ETE UFES, bastando acessar o endereço web da mesma. Qualquer ETE semelhante que disponha de um computador ligado à rede internet e que esteja a uma distância inferior a 1Km do microcontrolador mestre, pode ter um sistema como o aqui descrito.

5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ZEILMANN, R., JUNIOR, J. M. G. S., PEREIRA, C. E., BAZANELLA, A., Controle e Supervisão Via Internet de uma Planta Piloto Instrumentada com Equipamentos Fieldbus, II SNCA Anais. Salvador, MUNARO, C. J., AMARAL, P. F. S, BASTOS, L. P., COSTA, W. T., VIVACQUA, R. P. D, Sistema de Medição Microprocessado para Estações Compactas de Esgoto Sanitário, 21º CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Anais. João Pessoa, MUNARO, C. J., AMARAL, P. F. S, COSTA, W. T, PELOSO, A. L., GONÇALVES, R. F., OLIVEIRA, F. F., FREITAS, M. S., CORRÊA, M. A. C.. Supervisão Via Internet de uma Estação de Tratamento de Esgoto Sanitário Associando Reator UASB e Biofiltros Aerados Submersos, VI SIMPÓSIO ÍTALO BRASILEIRO DE ENGENHARIA SANITÁRIA E AMBIENTAL Anais. Vitória, 2002.

X-001 - PROJETO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE SUPERVISÃO E CONTROLE DISTRIBUÍDO APLICADO A UMA ETE COMPLETA DO TIPO UASB + BF

X-001 - PROJETO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE SUPERVISÃO E CONTROLE DISTRIBUÍDO APLICADO A UMA ETE COMPLETA DO TIPO UASB + BF X-001 - PROJETO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE SUPERVISÃO E CONTROLE DISTRIBUÍDO APLICADO A UMA ETE COMPLETA DO TIPO UASB + BF Wagner Teixeira da Costa (1) Graduou-se em Engenharia Elétrica pela Universidade

Leia mais

X-007 SISTEMA DE MEDIÇÃO MICROPROCESSADO PARA ESTAÇÕES COMPACTAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO

X-007 SISTEMA DE MEDIÇÃO MICROPROCESSADO PARA ESTAÇÕES COMPACTAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO X-007 SISTEMA DE MEDIÇÃO MICROPROCESSADO PARA ESTAÇÕES COMPACTAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO Celso J. Munaro Engenheiro Eletricista pela Universidade Federal de Santa Maria. Mestre e Doutor em Automação

Leia mais

X-005 SUPERVISÃO VIA INTERNET DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ASSOCIANDO REATOR UASB E BIOFILTROS AERADOS SUBMERSOS

X-005 SUPERVISÃO VIA INTERNET DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ASSOCIANDO REATOR UASB E BIOFILTROS AERADOS SUBMERSOS X-005 SUPERVISÃO VIA INTERNET DE UMA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ASSOCIANDO REATOR UASB E BIOFILTROS AERADOS SUBMERSOS Celso José Munaro (1) Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade

Leia mais

X-004 - SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DE BAIXO CUSTO PARA ESTAÇÕES COMPACTAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO

X-004 - SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DE BAIXO CUSTO PARA ESTAÇÕES COMPACTAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO -004 - SISTEMA DE AUTOMAÇÃO DE BAIO CUSTO PARA ESTAÇÕES COMPACTAS DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO Celso J. Munaro Engenheiro Eletricista pela Universidade Federal de Santa Maria. Mestre e Doutor em Automação

Leia mais

X-002 SUPERVISÃO REMOTA VIA TELEFONIA CELULAR DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ASSOCIANDO REATOR UASB E BIOFILTROS AERADOS SUBMERSOS

X-002 SUPERVISÃO REMOTA VIA TELEFONIA CELULAR DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ASSOCIANDO REATOR UASB E BIOFILTROS AERADOS SUBMERSOS X-002 SUPERVISÃO REMOTA VIA TELEFONIA CELULAR DE ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ESGOTO SANITÁRIO ASSOCIANDO REATOR UASB E BIOFILTROS AERADOS SUBMERSOS Celso José Munaro (1) Graduação em Engenharia Elétrica

Leia mais

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental

22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina II-172 AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO DA BIOMASSA METANOGÊNICA DE LODO PROVENIENTE DE UASB

Leia mais

Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais.

Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais. Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais. Tales Henrique José MOREIRA 1 ; Gabriel da SILVA 2 ; 1 Estudante de Tecnologia em Sistemas para

Leia mais

TECNOLOGIA INOVADORA DA GCTBIO APOIADA PELA FINEP EMPREGA SISTEMA SUPERVISÓRIO DA ELIPSE

TECNOLOGIA INOVADORA DA GCTBIO APOIADA PELA FINEP EMPREGA SISTEMA SUPERVISÓRIO DA ELIPSE TECNOLOGIA INOVADORA DA GCTBIO APOIADA PELA FINEP EMPREGA SISTEMA SUPERVISÓRIO DA ELIPSE Este case apresenta a utilização do E3 para controlar o processo de tratamento de efluentes provenientes das estações

Leia mais

Quarta-feira, 09 de janeiro de 2008

Quarta-feira, 09 de janeiro de 2008 Quarta-feira, 09 de janeiro de 2008 ÍNDICE 3 4 RECOMENDAÇÕES DE HARDWARE PARA O TRACEGP TRACEMONITOR - ATUALIZAÇÃO E VALIDAÇÃO DE LICENÇAS 2 1. Recomendações de Hardware para Instalação do TraceGP Este

Leia mais

3 Um Framework Orientado a Aspectos para Monitoramento e Análise de Processos de Negócio

3 Um Framework Orientado a Aspectos para Monitoramento e Análise de Processos de Negócio 32 3 Um Framework Orientado a Aspectos para Monitoramento e Análise de Processos de Negócio Este capítulo apresenta o framework orientado a aspectos para monitoramento e análise de processos de negócio

Leia mais

VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA PARA IMPLANTAÇÃO DO SES AJURICABA-RS

VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA PARA IMPLANTAÇÃO DO SES AJURICABA-RS VIABILIDADE ECONÔMICO-FINANCEIRA PARA IMPLANTAÇÃO DO SES AJURICABA-RS Giuliano Crauss Daronco (1) Doutor em Recursos Hídricos e Saneamento. Departamento de Ciências Exatas e Engenhariais. (DCEEng). Universidade

Leia mais

Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG

Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE PESQUISA Guia de instruções passo a passo para o registro de Projetos de Pesquisa na PRPPG O Sistema de Acadêmico

Leia mais

AUTOMATIZAÇÃO DE CÁLCULOS HIDRÁULICOS DE PROJETOS DE REDE DE ESGOTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS

AUTOMATIZAÇÃO DE CÁLCULOS HIDRÁULICOS DE PROJETOS DE REDE DE ESGOTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS AUTOMATIZAÇÃO DE CÁLCULOS HIDRÁULICOS DE PROJETOS DE REDE DE ESGOTO DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS Fernando Cesar Uzan Graduando em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, atualmente trabalha na Coordenadoria

Leia mais

Automação de Locais Distantes

Automação de Locais Distantes Automação de Locais Distantes Adaptação do texto Improving Automation at Remote Sites da GE Fanuc/ Water por Peter Sowmy e Márcia Campos, Gerentes de Contas da. Nova tecnologia reduz custos no tratamento

Leia mais

VI-018 SISTEMA DE CONTROLE DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL PARA EMPREENDIMENTOS DESCENTRALIZADOS. O CASO DE UMA EMPRESA DE SANEAMENTO

VI-018 SISTEMA DE CONTROLE DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL PARA EMPREENDIMENTOS DESCENTRALIZADOS. O CASO DE UMA EMPRESA DE SANEAMENTO VI-018 SISTEMA DE CONTROLE DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL PARA EMPREENDIMENTOS DESCENTRALIZADOS. O CASO DE UMA EMPRESA DE SANEAMENTO Jair Casagrande (1) Engenheiro Civil com ênfase em Engenharia Ambiental.

Leia mais

Segurança e Escalabilidade em WebLab no Domínio de Redes de Computadores

Segurança e Escalabilidade em WebLab no Domínio de Redes de Computadores Segurança e Escalabilidade em WebLab no Domínio de Redes de Computadores Autor: Daniel Vieira de Souza 1, Orientador: Luís Fernando Faina 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais

I-123 - SISTEMA GERENCIADOR DE REDES COLETORAS DO PROJETO TIETÊ

I-123 - SISTEMA GERENCIADOR DE REDES COLETORAS DO PROJETO TIETÊ I-123 - SISTEMA GERENCIADOR DE REDES COLETORAS DO PROJETO TIETÊ Julio Casarin (1) Engenheiro Civil pela Escola Politécnica da USP. Pós-Graduação em Estruturas e Patologia das Estruturas. Gerente de Divisão

Leia mais

Gerência de Atendimento

Gerência de Atendimento DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Solicitação e Acompanhamento de Atendimento Gerência de Atendimento João Pessoa - agosto/2011 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 Sumário Apresentação... 3 1.

Leia mais

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO

PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO PROTÓTIPO DE ATENDIMENTO DOMICILIAR AUTOMATIZADO: HOME CARE DE BAIXO CUSTO Wilker Luiz Machado Barros¹, Wyllian Fressatti¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil wilkermachado1@hotmail.com,

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

Serviços Remotos Xerox Um passo na direção certa

Serviços Remotos Xerox Um passo na direção certa Serviços Remotos Xerox Um passo na direção certa Diagnóstico de problemas Avaliação dos dados da máquina Pesquisa de defeitos Segurança garantida do cliente 701P41699 Visão geral dos Serviços Remotos Sobre

Leia mais

1) MANUAL DO INTEGRADOR Este documento, destinado aos instaladores do sistema, com informações de configuração.

1) MANUAL DO INTEGRADOR Este documento, destinado aos instaladores do sistema, com informações de configuração. O software de tarifação é uma solução destinada a rateio de custos de insumos em sistemas prediais, tais como shopping centers. O manual do sistema é dividido em dois volumes: 1) MANUAL DO INTEGRADOR Este

Leia mais

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML...

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML... 1 Sumário 1 Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 3 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO. Serviço Administração do CA

PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÃO. Serviço Administração do CA 1 de 12 Analista de Suporte I 1 Acesso ao sistema O sistema de chamados esta disponível na web no endereço HTTP://sme.netcenter.com.br O acesso ao sistema é feito com o número de designação do estabelecimento.

Leia mais

MANUAL BÁSICO DO USUÁRIO DO PAE. Programa de Automação Estadual

MANUAL BÁSICO DO USUÁRIO DO PAE. Programa de Automação Estadual Introdução : Para utilizar os recursos do PAE você deve utilizar um navegador atualizado (BROWSERS) por exemplo Internet Explorer ou Mozila, teclando no campo endereço (address): https://pae.sc.gov.br

Leia mais

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250

LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 LINEAR EQUIPAMENTOS RUA SÃO JORGE, 269 - TELEFONE: 6823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP 09530-250 Recomendações Iniciais SOFTWARE HCS 2005 - VERSÃO 4.2 (Compatível com Guarita Vr4.03 e Vr4.04) Para

Leia mais

Agência Virtual - O consumidor acessando sua conta de água pela Internet

Agência Virtual - O consumidor acessando sua conta de água pela Internet Agência Virtual - O consumidor acessando sua conta de água pela Internet Autores: Leandro Martini Ribeiro - Engenheiro civil pelo IME - Instituto Militar de Engenharia, 1978, engenheiro da F.SESP/FUNASA

Leia mais

Software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP

Software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP Software de segurança em redes para monitoração de pacotes em uma conexão TCP/IP Paulo Fernando da Silva psilva@senior.com.br Sérgio Stringari stringari@furbbr Resumo. Este artigo apresenta a especificação

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Manual do Usuário. Gold Lock Enterprise Encriptação de nível Militar Para Symbian OS 9.2 e acima S60 3ed Edition, FP1 e FP2

Manual do Usuário. Gold Lock Enterprise Encriptação de nível Militar Para Symbian OS 9.2 e acima S60 3ed Edition, FP1 e FP2 Manual do Usuário Gold Lock Enterprise Encriptação de nível Militar Para Symbian OS 9.2 e acima S60 3ed Edition, FP1 e FP2 1 ÍNDICE: 1. Avisos de Seguran ça...3 2. Instala ção...3 3. Configura ção...4

Leia mais

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 3.

Leia mais

O que são sistemas supervisórios?

O que são sistemas supervisórios? O que são sistemas supervisórios? Ana Paula Gonçalves da Silva, Marcelo Salvador ana-paula@elipse.com.br, marcelo@elipse.com.br RT 025.04 Criado: 10/09/2004 Atualizado: 20/12/2005 Palavras-chave: sistemas

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Resumo. Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Autor: Danilo Humberto Dias Santos Orientador: Walteno Martins Parreira Júnior Bacharelado em Engenharia da Computação

Leia mais

A análise descritiva dos resultados foi levada a efeito utilizando a planilha Excel 98.

A análise descritiva dos resultados foi levada a efeito utilizando a planilha Excel 98. XII-18 ESTUDO DA VAZÃO HORÁRIA AFLUENTE DA LAGOA ANAERÓBIA PROFUNDA DA PEDREIRA Nº 7 DO PÓLO DE TRATAMENTO DE ESGOTOS DA BACIA DO RIO PARAÍBA NA GRANDE JOÃO PESSOA (ESTUDO DE CASO) Carolina Baracuhy Amorim

Leia mais

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via GPRS 1.0

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via GPRS 1.0 Data Autor Descrição Revisão 06/05/2009 Barbarini Configuração HX600 via GPRS 1.0 Page 1 / 13 Procedimento de Instalação 1 O módulo deverá ser fixado próximo ao medidor. Para alimentá-lo é necessária uma

Leia mais

MANUAL BÁSICO DO USUÁRIO DO PAE. Programa de Automação Estadual

MANUAL BÁSICO DO USUÁRIO DO PAE. Programa de Automação Estadual Introdução : Para utilizar os recursos do PAE você deve utilizar um navegador atualizado (BROWSERS) por exemplo Internet Explorer ou Mozila, teclando no campo endereço (address): https://pae.sc.gov.br

Leia mais

Roteiro 2 Conceitos Gerais

Roteiro 2 Conceitos Gerais Roteiro 2 Conceitos Gerais Objetivos: UC Projeto de Banco de Dados Explorar conceitos gerais de bancos de dados; o Arquitetura de bancos de dados: esquemas, categorias de modelos de dados, linguagens e

Leia mais

Guia de Especificação. Vijeo Citect

Guia de Especificação. Vijeo Citect Guia de Especificação Vijeo Citect Guia de Especificação Vijeo Citect > Este documento destina-se à auxiliar nas especificações do software SCADA Vijeo Citect. > Descreve as licenças disponíveis e mostra

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA SELEÇÃO DE TIPOS DE TRATAMENTO DE ESGOTOS PARA PEQUENAS COMUNIDADES

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA SELEÇÃO DE TIPOS DE TRATAMENTO DE ESGOTOS PARA PEQUENAS COMUNIDADES DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE PARA SELEÇÃO DE TIPOS DE TRATAMENTO DE ESGOTOS PARA PEQUENAS COMUNIDADES Carlos Alberto Ferreira Rino (1) Engenheiro Químico (UNICAMP, 1989); Engenheiro de Segurança do Trabalho

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

CORPVS SEGURANÇA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CORPVS SEGURANÇA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CORPVS SEGURANÇA SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ACESSO GLPI ABERTURA E ACOMPANHAMENTO DE CHAMADOS NO SERVICE DESK DATA: 1 0 /0 9 /201 5 VERSÃO: 1.0 AUTOR: Italo Rocha APROVADOR: Raphael Dantas Introdução

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes. Website PRO. Manual do Usuário

Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes. Website PRO. Manual do Usuário Sistema TrackMaker de Rastreamento e Logística de Transportes Website PRO Manual do Usuário ÍNDICE Login Página Inicial Rastreamento em Tempo Real Configurações Janela Adicionar Veículo Editar Veículo

Leia mais

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software.

Manual Easy Chat Data de atualização: 20/12/2010 16:09 Versão atualizada do manual disponível na área de download do software. 1 - Sumário 1 - Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 4 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

USCS. Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Mestrado em Comunicação

USCS. Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Mestrado em Comunicação USCS Universidade Municipal de São Caetano do Sul Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Mestrado em Comunicação Sub-Projeto de Pesquisa Evolução na Comunicação: estudos em sites da Internet

Leia mais

SÃO LEOPOLDO - RS SEMINÁRIO TÉCNICO DE AUTOMAÇÃO PARA SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO AUTOMAÇÃO PARA SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO

SÃO LEOPOLDO - RS SEMINÁRIO TÉCNICO DE AUTOMAÇÃO PARA SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO AUTOMAÇÃO PARA SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO 01 DEZEMBRO 2005 SÃO LEOPOLDO - RS SEMINÁRIO TÉCNICO DE AUTOMAÇÃO PARA SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO AUTOMAÇÃO PARA SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO SCAI Automação Ltda. INSTRUMENTAÇÃO NÍVEL PRESSÃO VAZÃO GRANDEZAS

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. AssetView FDT. AssetView FDT

MANUAL DO USUÁRIO. AssetView FDT. AssetView FDT MANUAL DO USUÁRIO AssetView FDT AssetView FDT A S T V W F D T M P www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta. Informações atualizadas dos endereços estão

Leia mais

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3

Janine Garcia 1 ; Adamo Dal Berto 2 ; Marli Fátima Vick Vieira 3 ENSINO A DISTÂNCIA: UMA ANÁLISE DO MOODLE COMO INSTRUMENTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM DO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE (IFC) - CÂMPUS ARAQUARI

Leia mais

"Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014

Manual de Acesso ao Moodle - Discente 2014 "Manual de Acesso ao Moodle - Discente" 2014 Para acessar a plataforma, acesse: http://www.fem.com.br/moodle. A página inicial da plataforma é a que segue abaixo: Para fazer o login, clique no link Acesso

Leia mais

Controle de robôs industriais via Labview

Controle de robôs industriais via Labview Leonel Lopes Lima Neto Instituto Tecnológico de Aeronáutica Rua H20B, casa, nº 114, Campus do CTA São José dos Campos São Paulo 12.228-460 Bolsista PIBIC-CNPq leonel@aluno.ita.br Emilia Villani Instituto

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves

Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves Everson Scherrer Borges João Paulo de Brito Gonçalves 1 Tipos de Sistemas Operacionais Os tipos de sistemas operacionais e sua evolução estão relacionados diretamente com a evolução do hardware e das

Leia mais

Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios

Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios Objetivos: Ativar e gerenciar o serviço de roteamento; Ativar e gerenciar serviços de terminal remoto; Redirecionar diretórios através

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control MANUAL DO USUÁRIO Software de Gerenciamento Controlador de Fator de Potência Self Control ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 4 1.1 Aplicações 4 2.0 CARACTERÍSTICAS 4 2.1 Compatibilidade 4 3.0 INSTALAÇÃO 4 4.0 INICIALIZAÇÃO

Leia mais

Roteiro para Configuração de Acesso Internet GESAC

Roteiro para Configuração de Acesso Internet GESAC Roteiro para Configuração de Acesso Internet GESAC 1 de 15 TÓPICOS 1. A quem se Destina... 3 2. Configurando a Internet no Servidor... 3 3. Cadastrando os dados do Telecentro... 122 4. Testando o acesso

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO O controlador CDE4000 é um equipamento para controle de demanda e fator de potência. Este controle é feito em sincronismo com a medição da concessionária, através dos dados

Leia mais

RELATÓRIO DO SITE DA DISCIPLINA ENG312 PROJETOS MECÂNICOS I (www.projetosdemaquinas.eng.ufba.br)

RELATÓRIO DO SITE DA DISCIPLINA ENG312 PROJETOS MECÂNICOS I (www.projetosdemaquinas.eng.ufba.br) UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA ENG 312 PROJETOS MECÂNICOS I RELATÓRIO DO SITE DA DISCIPLINA ENG312 PROJETOS MECÂNICOS I (www.projetosdemaquinas.eng.ufba.br)

Leia mais

Curso Básico Sistema EMBI

Curso Básico Sistema EMBI Curso Básico Sistema EMBI Módulo Atendentes e Administradores Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste trabalho pode ser reproduzida em qualquer forma por qualquer meio gráfico, eletrônico ou

Leia mais

Apresentação Figura 01:

Apresentação Figura 01: Apresentação O Sistema Online de Iniciação Científica da Universidade do Estado foi desenvolvido pela Pró- Reitoria de Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação (PPG) com a finalidade de agilizar o processo de

Leia mais

UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS

UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS UMA ABORDAGEM DE GERENCIAMENTO REMOTO DO SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA USANDO WEB SERVICES SOBRE TECNOLOGIA GPRS Prof. Roberto A. Dias, Dr. Eng CEFET-SC Igor Thiago Marques Mendonça Reginaldo

Leia mais

SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário

SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário Setor de Tecnologia da Informação 2012 AUTORES Aurélio Ricardo Batú Maicá Laura

Leia mais

SOFTWARE DE INTERNET PARA DEFICIENTES VISUAIS

SOFTWARE DE INTERNET PARA DEFICIENTES VISUAIS SOFTWARE DE INTERNET PARA DEFICIENTES VISUAIS Aluno: Bruno Levy Fuks Orientador: Marcos da Silveira Introdução No Brasil, é evidente o pouco comprometimento da sociedade com o deficiente. Para se ter uma

Leia mais

PROJETO PIMS DO PÁTIO DE MINÉRIOS UMA PODEROSA FERRAMENTA DE APOIO À MANUTENÇÃO RESUMO

PROJETO PIMS DO PÁTIO DE MINÉRIOS UMA PODEROSA FERRAMENTA DE APOIO À MANUTENÇÃO RESUMO PROJETO PIMS DO PÁTIO DE MINÉRIOS UMA PODEROSA FERRAMENTA DE APOIO À MANUTENÇÃO Riberte Dias de Souza riberte.souza@arcelormittal.com ArcelorMittal Tubarão Edílson Jose Machado Correia edilson.correia@arcelormittal.com

Leia mais

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2 ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 Definição de uma tecnologia de implementação e do repositório de dados para a criação da ferramenta

Leia mais

4.3. Manual de instalação do Libre Office 4.3. Desenvolvido por: Vitor Gabriel Coimbra Farias

4.3. Manual de instalação do Libre Office 4.3. Desenvolvido por: Vitor Gabriel Coimbra Farias 4.3 Manual de instalação do Libre Office 4.3 Desenvolvido por: Vitor Gabriel Coimbra Farias Setembro de 2014 2 Indíce 1. Objetivos Deste Manual...3 2. Pré-Requisitos...3 3. Download...4 4.Instalação...7

Leia mais

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 FileMaker Pro 13 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 2007-2013 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT

Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT Manual de configuração da rede sem fio da UDESC Joinville / CCT Windows 7 1. Em Iniciar > Painel de Controle >Central de Rede e Compartilhamento 2. Selecionar opção Configurar uma nova conexão ou rede,

Leia mais

Hamtronix INTERFACE ECHOLINK Manual de Instalação e Operação Hardware Revisão C

Hamtronix INTERFACE ECHOLINK Manual de Instalação e Operação Hardware Revisão C INTERFACE ECHOLINK Manual de Instalação e Operação Hardware Revisão C Conteúdo Índice...01 Suporte Técnico...01 Termo de Garantia...01 Descrição do Produto...01 Instalação da Interface...02 LED Indicador...03

Leia mais

GISWEB - Informação Geográfica ao Alcance de Todos

GISWEB - Informação Geográfica ao Alcance de Todos GISWEB - Informação Geográfica ao Alcance de Todos Bruno Perboni Qualityware Conselheiro Laurindo 825 cj. 412 centro Curitiba PR fone: 3232-1126 bruno@qualityware.com.br Maysa Portugal de Oliveira Furquim

Leia mais

V O C Ê N O C O N T R O L E.

V O C Ê N O C O N T R O L E. VOCÊ NO CONTROLE. VOCÊ NO CONTROLE. O que é o Frota Fácil? A Iveco sempre coloca o desejo de seus clientes à frente quando oferece ao mercado novas soluções em transportes. Pensando nisso, foi desenvolvido

Leia mais

desenvolvimento de SI

desenvolvimento de SI Desenvolvimento Sistemas Informação (O Brian, 2004; Ed. Saraiva) Prof. José Alexandre C. Alves (MSc) Entenr o Problema ou Oportunida Empresarial Desenvolver uma Solução do Sistema Informação Implantar

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS PARA A ÁREA COMERCIAL - SIG

SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS PARA A ÁREA COMERCIAL - SIG SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS PARA A ÁREA COMERCIAL - SIG Newton Morais e Silva (1) Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Mestre em Computer Studies pela Essex University

Leia mais

Controle de Acesso. Automático de Veículos. saiba mais. automação

Controle de Acesso. Automático de Veículos. saiba mais. automação Controle de Acesso Automático de Veículos Este trabalho tem como objetivo desenvolver uma solução tecnológica que permita o controle dos portões automáticos remotamente através da internet. Aplicando-se

Leia mais

Automação Industrial Parte 2

Automação Industrial Parte 2 Automação Industrial Parte 2 Prof. Ms. Getúlio Teruo Tateoki http://www.getulio.eng.br/meusalunos/autind.html Perspectiva Histórica Os primeiros sistemas de controle foram desenvolvidos durante a Revolução

Leia mais

SAPENS - Sistema Automático de Páginas de Ensino

SAPENS - Sistema Automático de Páginas de Ensino SAPENS - Sistema Automático de Páginas de Ensino Eduardo Kokubo kokubo@inf.univali.br Fabiane Barreto Vavassori, MSc fabiane@inf.univali.br Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI Centro de Ensino Superior

Leia mais

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Guia Rápido de Instalação INTRODUÇÃO A IPCam CS9267 Comtac é ideal para o usuário que deseja criar um pequeno sistema de vigilância interna, seja em um cômodo de

Leia mais

MANUAL DE ALTERAÇÃO DE MATRICULA

MANUAL DE ALTERAÇÃO DE MATRICULA www.catolica-to.edu.br MANUAL DE ALTERAÇÃO DE MATRICULA Passo a passo para alteração de matricula Período de Alteração de Matricula 11 a 13/02/15 ESTE MANUAL TEM COMO OBJETIVO ORIENTAR O ACADÊMICO DURANTE

Leia mais

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação

www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação www.neteye.com.br NetEye Guia de Instalação Índice 1. Introdução... 3 2. Funcionamento básico dos componentes do NetEye...... 3 3. Requisitos mínimos para a instalação dos componentes do NetEye... 4 4.

Leia mais

Nota de Aplicação. Utilizando os recursos de segurança dos controladores HI. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Nota de Aplicação. Utilizando os recursos de segurança dos controladores HI. HI Tecnologia. Documento de acesso público Nota de Aplicação Utilizando os recursos de segurança dos controladores HI HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00050 Versão 1.01 outubro-2013 HI Tecnologia Utilizando os recursos de segurança

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Um Único Dispositivo para Monitoramento e Controle Há várias formas de melhorar a eficiência e a confiabilidade

Leia mais

Um Driver NDIS Para Interceptação de Datagramas IP

Um Driver NDIS Para Interceptação de Datagramas IP Um Driver NDIS Para Interceptação de Datagramas IP Paulo Fernando da Silva psilva@senior.com.br Sérgio Stringari stringari@furb.br Resumo. Este artigo apresenta o desenvolvimento de um driver NDIS 1 para

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MONITORAMENTO E SUPERVISÃO VIA WEB

DESENVOLVIMENTO DE UM SISTEMA DE MONITORAMENTO E SUPERVISÃO VIA WEB UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CÂMPUS CURITIBA CURSO DE ENGENHARIA INDUSTRIAL ELÉTRICA COM ÊNFASE EM AUTOMAÇÃO FABIANNA STUMPF TONIN GUILHERME FRANCESCON CITTOLIN VINICIUS DE SOUZA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

INSTALAÇÃO MICROTERMINAL FIT BASIC BEMATECH

INSTALAÇÃO MICROTERMINAL FIT BASIC BEMATECH INSTALAÇÃO MICROTERMINAL FIT BASIC BEMATECH Objetivo Este documento tem como finalidade descrever o processo de instalação e configuração do Microterminal Fit Basic - Bematech. Instalação do Microterminal

Leia mais

EQUIPE: ANA IZABEL DAYSE FRANÇA JENNIFER MARTINS MARIA VÂNIA RENATA FREIRE SAMARA ARAÚJO

EQUIPE: ANA IZABEL DAYSE FRANÇA JENNIFER MARTINS MARIA VÂNIA RENATA FREIRE SAMARA ARAÚJO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA DISCIPLINA: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO II PROFESSORA: PATRÍCIA

Leia mais

PROGRAMA DE SIMULAÇÃO HIGROTERMOENERGÉTICA DE EDIFICAÇÕES DOMUS PROCEL EDIFICA

PROGRAMA DE SIMULAÇÃO HIGROTERMOENERGÉTICA DE EDIFICAÇÕES DOMUS PROCEL EDIFICA PROGRAMA DE SIMULAÇÃO HIGROTERMOENERGÉTICA DE EDIFICAÇÕES DOMUS PROCEL EDIFICA ELETROBRAS Av. Presidente Vargas, 409 13 andar Centro Rio de Janeiro 20071-003 Caixa Postal 1639 Tel: 21 2514 5151 www.eletrobras.com

Leia mais

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267

Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Monitoramento Remoto Wi Fi Mod. CS9267 Guia Rápido de Instalação DC 5V INTRODUÇÃO Obrigado por adquirir a IPCam Comtac mod. CS9267. Com ela você poderá monitorar remotamente um cômodo de sua residência

Leia mais

UM LABORATÓRIO WEB PARA ENSINO ORIENTADO A AUTOMAÇÃO E CONTROLE

UM LABORATÓRIO WEB PARA ENSINO ORIENTADO A AUTOMAÇÃO E CONTROLE UM LABORATÓRIO WEB PARA ENSINO ORIENTADO A AUTOMAÇÃO E CONTROLE Cleonilson Protásio de Souza 1 e José Tarcísio Costa Filho 2 Universidade Federal do Maranhão 1 Departamento de Engenharia de Eletricidade

Leia mais

Núcleo de Tecnologias Interativas de Aprendizagem.

Núcleo de Tecnologias Interativas de Aprendizagem. Núcleo de Tecnologias Interativas de Aprendizagem. TUTORIAL MOODLE Titulo: Primeiro Acesso a Plataforma MOODLE. Autor: NUTEIA Data de Criação: 03 / 02 / 2008. Atualizado em: 16 / 03 / 2012. 1ª Etapa 01

Leia mais

Autoridade Certificadora Notarial CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA DA AR COM WINDOWS VISTA E WINDOWS 7 AC NOTARIAL. Página 1 de 14

Autoridade Certificadora Notarial CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA DA AR COM WINDOWS VISTA E WINDOWS 7 AC NOTARIAL. Página 1 de 14 Página 1 de 14 CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA DA AR COM WINDOWS VISTA E WINDOWS 7 AC NOTARIAL Página 2 de 14 Página 3 de 14 ECD Emissor de Certificados Digitais Conteúdo 1. INTRODUÇÃO... 4 2. PRÉ-REQUISITOS DE

Leia mais

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Guia de referência. A-61640_pt-br Capture Pro Software Guia de referência A-61640_pt-br Iniciando o Kodak Capture Pro Software Este guia foi projetado para fornecer instruções simples para início rápido, incluindo a instalação e a inicialização

Leia mais

WebGate PO9900. Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto

WebGate PO9900. Descrição do Produto. Dados para Compra. Itens Integrantes. Código do Produto Descrição do Produto A interface de comunicação WebGate,, permite que controladores programáveis com protocolo ALNET I possam ser conectados a uma rede Ethernet TCP/IP. O WebGate permite que estes controladores

Leia mais