Guia de Especificação. Vijeo Citect

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia de Especificação. Vijeo Citect"

Transcrição

1 Guia de Especificação Vijeo Citect

2 Guia de Especificação Vijeo Citect > Este documento destina-se à auxiliar nas especificações do software SCADA Vijeo Citect. > Descreve as licenças disponíveis e mostra exemplos de arquiteturas de modo a ilustrar como é criada a lista de referências. 2

3 Licenças do Vijeo Citect > Licença de Engenharia (gratuita) > Permite ao usuário desenvolver toda a sua aplicação, e testá-la por 15 minutos com a comunicação ativa sem uma chave. Após esse período, é necessário reiniciar o Runtime do Vijeo Citect para mais 15 minutos de funcionamento. O pacote de software de Engenharia é exatamente o mesmo que é licenciado (inclusive o software e os manuais), mas os projetos serão executados por um tempo limitado. O software possui uma grande quantidade de drivers para comunicar com a maioria dos CLP s de mercado. Para obter o software gratuitamente, basta cadastrar-se no site para receber o CD de instalação do software. 3

4 Peça seu CD do Vijeo Citect agora! 4

5 Licenças do Vijeo Citect > Licença Server > Compreende um servidor para a aplicação. É especificada conforme a quantidade de pontos de comunicação necessários. > Cada licença Server inclui um local. > Server Lite (VJC3011 ) limitada a somente 1 estação de supervisão e comunicação com CLPs somente via OFS (integrado). ( 27=300 pontos, 59=600 pontos, 50=1200 pontos) > Server (VJC1011 ) permite a adição de outras estações de trabalho (clientes e servidores) ( 10=75 pontos, 11=150 pontos, 12=500 pontos, 13=1500 pontos, 14=5000 pontos, 15=15000 pontos, 99=pontos ilimitados) 5

6 Servidores Distribuídos > O Vijeo Citect possui 5 tarefas fundamentais que gerenciam: Comunicações com os dispositivos de E/S IO Server Monitoramento das condições de alarmes Alarm Server Relatórios Report Server Tendências (Real e Histórica) Trend Server Visualização do operador Server > Cada uma dessas tarefas é independente, executando seu próprio processamento. > Devido à essa arquitetura, é possível distribuir o processamento dessas tarefas entre vários computadores. > Por exemplo, pode-se utilizar um computador para ser o servidor de E/S, Tendências e Relatórios. E um outro para ser servidor de Alarme e de Visualização. Essa arquitetura permite uma melhora no desempenho e na estabilidade em sistemas muito grandes. 6

7 Contagem de Pontos > A contagem de pontos do Vijeo Citect considera todas as variáveis trocadas com equipamentos externos, como CLPs. > O Vijeo Citect somente inclui na contagem dos pontos as variáveis utilizadas dentro do sistema Vijeo Citect. Isso inclui as variáveis usadas por alarmes, gráficos de tendência, relatórios, eventos e páginas. > A licença cliente considera apenas os pontos utilizados na estação cliente. Consequentemente, o cliente pode estar conectado a um servidor que tenha uma quantidade de pontos maior. > Variáveis configuradas no banco de dados, mas não utilizadas no projeto não são incluídas na contagem. > Variáveis internas não são consideradas no cálculo dos pontos. 7

8 Licenças do Vijeo Citect > Licença > É especificada conforme a quantidade de pontos de E/S a serem mostrados. Pode ser fornecida com uma quantidade de pontos diferente da estação Server. > Existem Quatro tipos de licenças : (VJC1020 ): usado pelos operadores que acessam o Servidor Vijeo Citect através de uma rede local. Manager (VJC1030 ): usado apenas para obter uma visualização das telas de aplicação através de uma rede local, sem necessidade de controle. Web (VJC1022 ): similar ao, mas o acesso é através de conexão Web. Web Manager (VJC1032 ): similar ao Manager, mas o acesso é através de conexão Web. 8

9 Licenças do Vijeo Citect > As licenças podem ser flutuantes ou estáticas. > Flutuantes A chave está apenas na estação Server. Para estações em que não há necessidade de garantir o acesso. O software pode ser carregado em várias máquinas, e as conexões serão permitidas enquanto houver licenças livres na chave do Server. > Estáticas A estação também possui uma chave. Para estações em que o acesso deve ser garantido, ou seja, o operador necessita acessar o sistema todo o tempo. E também para estações em que o número de pontos é diferente do servidor. > Licenças Redundantes > São necessárias em uma configuração de servidores redundantes. São usadas para garantir que o usuário tenha disponível a quantidade de clientes que foram comprados. 9

10 Licenças Flutuantes Server 1 x VJC x VJC

11 Licenças Estáticas Server 1 x VJC x VJC x VJC x VJC x VJC

12 Licenças do Vijeo Citect > A aquisição de licenças Server ou inclui atualizações de software pelo período de 1 ano. > Oferta de expansão de pontos (VJC10 - ) > Para aumentar o número de pontos de uma licença ou Server. Em toda atualização haverá uma taxa de reprogramação para cada chave atualizada. (VJC109400) > Drivers Adicionais (VJC3051 ) > Podem ser adquiridos para implementar o acesso a alguns protocolos de comunicação bastante específicos. (ver lista completa na pág. 36) 12

13 Exemplos de Arquiteturas 13

14 Exemplos de Arquiteturas Sistema StandAlone 1 servidor de 300 Pontos Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Licença Server Lite com 300 pontos * Neste caso, com o servidor Lite não é possível adicionar estações clientes. 14

15 Exemplos de Arquiteturas Sistema em rede 1 servidor de 1500 pontos, com 1 licença estática de 1500 pontos Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Licença Server com 1500 pontos 1 x VJC Chave USB adicional 1 x VJC Licença com 1500 pontos 15

16 Exemplos de Arquiteturas Sistema em rede Servidor de 5000 pontos, com 1 cliente de visualização via web Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Licença Server com 5000 pontos Web Manager 1 x VJC Licença Web Manager com 5000 pontos 16

17 Exemplos de Arquiteturas Sistema em rede Servidor de 500 Pontos, com 2 clientes remotos via web (um Operação e outro Visualização) Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação Web 1 x VJC Licença Server com 500 pontos Web Manager 1 x VJC Licença Web Manager com 500 pontos 1 x VJC Licença Web com 500 pontos 17

18 Exemplos de Arquiteturas Sistema em rede Servidor de pontos, com 5 estações clientes: 1 com licença estática e as outras 4 dividindo 2 licenças flutuantes Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Licença Server com pontos 1 x VJC Licença com pontos 2 x VJC Licença com pontos 18

19 Exemplos de Arquiteturas Sistema em rede Servidor redundante de 1500 pontos com 2 s Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação Server 1 x VJC Chave USB adicional 1 x VJC Licença Server com 1500 pontos 1 x VJC Licença Server com 1500 pontos 2 x VJC Licença com 1500 pontos 2 x VJC Licença Redundante 19

20 Exemplos de Arquiteturas Sistema em rede Servidor de pontos com 2 s de 5000 pontos Server 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Chave USB adicional 1 x VJC Licença Server com pontos 1 x VJC Licença com 5000 pontos 1 x VJC Chave USB adicional 1 x VJC Licença com 5000 pontos * Para estações clientes com quantidade de pontos diferentes do servidor, a licença deve ser estática. 20

21 Exemplos de Arquiteturas IO Server Sistema em rede Servidores distribuídos de 1500 pontos com 2 s 1 x VJC Chave USB com CD de instalação 1 x VJC Licença Server com 1500 pontos 2 x VJC Licença com 1500 pontos Alarm Server Report Server 1 x VJC Chave USB adicional 1 x VJC Licença Server com 1500 pontos 2 x VJC Licença Redundante Trend Server Server 1 x VJC Chave USB adicional 1 x VJC Licença Server com 1500 pontos 2 x VJC Licença Redundante 21

22 Dicas para especificação Quantidade de estações Monoestação ou e/servidor Redundância de servidores Quantidade de pontos dos servidores Quantidade de pontos dos clientes 22

23 Lista de Referências 23

24 Chaves Chave USB com CD de instalação Chave USB adicional VJC VJC * Para chaves paralelas, consulte a Schneider-Eletric. 24

25 Licença Server Lite Vijeo Citect Lite, 300 Pontos Vijeo Citect Lite, 600 Pontos Vijeo Citect Lite, 1200 Pontos VJC VJC VJC Essas licenças tem as seguintes condições: 1 Sem comunicação com outras estações. (não permite redundância ou clientes remotos) 2 Sem conectividade. (nenhuma aplicação cliente pode acessar o Servidor OPC do Vijeo Citect) 3 OFS é a única opção para comunicação com CLPs. 4 Drivers adicionais não podem ser incluídos. 25

26 Licença Server Vijeo Citect, completo, 75 Pontos Vijeo Citect, completo, 150 Pontos Vijeo Citect, completo, 500 Pontos Vijeo Citect, completo, 1500 Pontos Vijeo Citect, completo, 5000 Pontos Vijeo Citect, completo, Pontos Vijeo Citect, completo, pontos ilimitados VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC

27 Licença Vijeo Citect,, 75 Pontos Vijeo Citect,, 150 Pontos Vijeo Citect,, 500 Pontos Vijeo Citect,, 1500 Pontos Vijeo Citect,, 5000 Pontos Vijeo Citect,, Pontos Vijeo Citect,, pontos ilimitados Vijeo Citect,, Licença Redundante VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC

28 Licença Manager Vijeo Citect, Manager, 75 Pontos Vijeo Citect, Manager, 150 Pontos Vijeo Citect, Manager, 500 Pontos Vijeo Citect, Manager, 1500 Pontos Vijeo Citect, Manager, 5000 Pontos Vijeo Citect, Manager, Pontos Vijeo Citect, Manager, pontos ilimitados Vijeo Citect, Manager, Licença Redundante VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC

29 Licença Web Vijeo Citect, Web, 75 Pontos Vijeo Citect, Web, 150 Pontos Vijeo Citect, Web, 500 Pontos Vijeo Citect, Web, 1500 Pontos Vijeo Citect, Web, 5000 Pontos Vijeo Citect, Web, Pontos Vijeo Citect, Web, pontos ilimitados Vijeo Citect, Web, Licença Redundante VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC

30 Licença Web Manager Vijeo Citect, Web Manager, 75 Pontos Vijeo Citect, Web Manager, 150 Pontos Vijeo Citect, Web Manager, 500 Pontos Vijeo Citect, Web Manager, 1500 Pontos Vijeo Citect, Web Manager, 5000 Pontos Vijeo Citect, Web Manager, Pontos Vijeo Citect, Web Manager, pontos ilimitados Vijeo Citect, Web Manager, Licença Redundante VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC

31 Expansão de Pontos - Server Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos ilimitados Vijeo Citect, Expansão Lite Pontos Vijeo Citect, Expansão Lite Pontos Vijeo Citect, Expansão Lite 300-Completo 500 Pontos Vijeo Citect, Expansão Lite 600-Completo 1500 Pontos Vijeo Citect, Expansão Lite 1200-Completo 1500 Pontos VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJCL27-L59 VJCL59-L50 VJCL27-F12 VJCL59-F13 VJCL50-F13 31

32 Expansão de Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos Vijeo Citect, Expansão Pontos ilimitados VJC VJC VJC VJC VJC VJC

33 Expansão de Pontos Manager Vijeo Citect, Expansão Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Manager Pontos ilimitados VJC VJC VJC VJC VJC VJC

34 Expansão de Pontos Web Vijeo Citect, Expansão Web Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Pontos ilimitados VJC VJC VJC VJC VJC VJC

35 Expansão de Pontos Web Manager Vijeo Citect, Expansão Web Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Manager Pontos Vijeo Citect, Expansão Web Manager Pontos ilimitados VJC VJC VJC VJC VJC VJC

36 Drivers Adicionais Driver, IEC Driver, PSDirect ETH Driver, PSDirect MPI Driver, DNPr Driver, Bailey Driver, SEMAPI Driver, MOSCAD VJC VJC VJC VJC VJC VJC VJC * Versões desses drivers com tempo limitado de uso são instaladas com o Vijeo Citect. Para retirar a limitação de tempo o usuário deve adquirir a licença. 36

37 Reprogramação da Chave Taxa de Reprogramação VJC * Sempre que uma chave for reprogramada será cobrada uma taxa para cada chave, sem levar em consideração quantas licenças estão gravadas na chave. * A taxa será cobrada nas seguintes situações: para aumentar a quantidade de pontos, adicionar estações clientes, atualização de Vijeo Citect Lite para Completo. 37

TOPKAPI VISION. 15 de Março de 2010 (versão provisória) TOPKAPI MMI: Interface grafica autonoma para operadores de terminais.

TOPKAPI VISION. 15 de Março de 2010 (versão provisória) TOPKAPI MMI: Interface grafica autonoma para operadores de terminais. MÓDULOS TOPKAPI SOFTWARE SCADA TOPKAPI VISION 15 de Março de 2010 (versão provisória) A gama dos produtos TOPKAPI é composta por: TOPKAPI MMI: Interface grafica autonoma para operadores de terminais. TOPKAPI

Leia mais

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL Automação e Controle AR026 SUMÁRIO I. Sistemas Supervisórios... 3 II. Automação... 4 III. Arquitetura de Redes Industriais... 5 IV. Comunicação entre Supervisório e CLP...7 V. O Protocolo

Leia mais

Introdução e Aplicação de Sistemas SCADA em Engenharia

Introdução e Aplicação de Sistemas SCADA em Engenharia Introdução e Aplicação de Sistemas SCADA em Engenharia Eng. Fernando Guessi Plácido E-mail: fernandogplacido@hotmail.com Skype: fernando.guessi Roteiro O que é SCADA Benefícios de um sistema de supervisão;

Leia mais

Com o objetivo de atender aos diferentes tipos de Terminais e necessidades operacionais o AutoLoad é comercializado nas seguintes versões:

Com o objetivo de atender aos diferentes tipos de Terminais e necessidades operacionais o AutoLoad é comercializado nas seguintes versões: O AutoLoad é um software industrial que opera em tempo real que foi especificamente desenvolvido para Gestão de Terminais de Movimentação de Combustíveis e Produtos Químicos e Usinas de Biocombustíveis.

Leia mais

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação

ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE. Guia de Instalação ELIPSESCADA HMI/SCADA SOFTWARE Guia de Instalação BEM-VINDO AO ELIPSE SCADA! A Elipse Software sente-se orgulhosa em apresentar esta poderosa ferramenta para o desenvolvimento de sistemas de supervisão

Leia mais

Nota de Aplicação. Vijeo Citect Configuração Control / View-only Client

Nota de Aplicação. Vijeo Citect Configuração Control / View-only Client Nota de Aplicação Vijeo Citect Configuração Control / View-only Client Schneider Electric Suporte Técnico Brasil Título: Vijeo Citect Configuração Control / View-only Client Data: 16/03/15 Versão: 1.0

Leia mais

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907

Aranda INVENTORY. Benefícios Estratégicos para sua Organização. (Standard & Plus Edition) Beneficios. Características V.2.0907 Uma ferramenta de inventario que automatiza o cadastro de ativos informáticos em detalhe e reporta qualquer troca de hardware ou software mediante a geração de alarmes. Beneficios Informação atualizada

Leia mais

Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados. SCADA - Supervisory Control and Data Aquisition

Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados. SCADA - Supervisory Control and Data Aquisition Sistemas de Supervisão e Aquisição de Dados SCADA - Supervisory Control and Data Aquisition São sistemas que utilizam software para monitorar e supervisionar as variáveis e os dispositivos de sistemas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO. Profª Danielle Casillo

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO. Profª Danielle Casillo UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 9º PERÍODO Profª Danielle Casillo Utilizar os mesmos processos do trabalho anterior (Ladder já existente). Implementar este sistema

Leia mais

3. O cliente da IHM que visualiza informações para o usuário e pode aceitar entradas do usuário a ser enviadas ao controlador. SLC.

3. O cliente da IHM que visualiza informações para o usuário e pode aceitar entradas do usuário a ser enviadas ao controlador. SLC. N_ISIMP-QR00-PT-P:Layout 8/9/007 5:5 PM Page Cada sistema FactoryTalk View Site Edition tem 5 componentes. Neste exemplo todos os 5 componentes estão sendo executados no mesmo computador, o computador..

Leia mais

BluePlant Software SCADA/HMI. altus. evolução em automação. www.altus.com.br

BluePlant Software SCADA/HMI. altus. evolução em automação. www.altus.com.br BluePlant Software SCADA/HMI altus www.altus.com.br evolução em automação Uma nova visão da sua realidade Impressionante: gráficos de alta qualidade e configuração intuitiva Superior: segurança, redundância

Leia mais

Software de gerenciamento de impressoras MarkVision

Software de gerenciamento de impressoras MarkVision Software de gerenciamento de impressoras MarkVision O MarkVision para Windows 95/98/2000, Windows NT 4.0 e Macintosh é fornecido com a sua impressora no CD Drivers, MarkVision e Utilitários. 1 A interface

Leia mais

Movicon CE. Tecnologia para IHMs Windows CE. Movicon CE é um sistema Scada runtime poderoso e aberto para IHMs Windows CE.

Movicon CE. Tecnologia para IHMs Windows CE. Movicon CE é um sistema Scada runtime poderoso e aberto para IHMs Windows CE. Movicon CE Tecnologia para IHMs Windows CE Movicon CE é um sistema Scada runtime poderoso e aberto para IHMs Windows CE. Especialmente indicado para aplicativos que devam rodar junto às linhas de produção

Leia mais

O que são sistemas supervisórios?

O que são sistemas supervisórios? O que são sistemas supervisórios? Ana Paula Gonçalves da Silva, Marcelo Salvador ana-paula@elipse.com.br, marcelo@elipse.com.br RT 025.04 Criado: 10/09/2004 Atualizado: 20/12/2005 Palavras-chave: sistemas

Leia mais

Catálogo de Produtos - Gestão Gráfica

Catálogo de Produtos - Gestão Gráfica Catálogo de Produtos - Gestão Gráfica Flexibilidade, confiabilidade e segurança na detecção de incêndios. Sistemas Endereçáveis Analógicos Módulos e Cartões de Comunicação Dispositivo de Análise de Laço

Leia mais

O serviço de Gateway Remoto é instalado em um computador, onde um ou diversos rádios móveis Hytera podem ser conectados via cabo USB e áudio.

O serviço de Gateway Remoto é instalado em um computador, onde um ou diversos rádios móveis Hytera podem ser conectados via cabo USB e áudio. Visão Geral O Gateway Remoto Hytracks tem por objetivo atuar como uma extensão do Servidor principal, visando atender regiões muito distantes do servidor através de um link IP. O serviço de Gateway Remoto

Leia mais

Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta

Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta Instalação Mesa Virtual 2.0 Impacta Esse documento descreve os passos necessários para a correta instalação e configuração inicial do software Mesa Virtual 2.0 funcionando com uma central PABX Impacta.

Leia mais

ZOOM SOFTWARE SUITE. Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722

ZOOM SOFTWARE SUITE. Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722 ZOOM SOFTWARE SUITE Versão 7.2 Manual de Instalação P/N 94ZM-ZMJ1P-722 Símbolos de segurança Atenção Identifique as condições ou práticas que podem afetar o desempenho do produto ou danificar o equipamento.

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO ENTRE CLP E ESTAÇÕES DE OPERAÇÕES COM REDUNDÂNCIA FÍSICA, ROTINAS DE WATCHDOG E HOT STANDBY

OTIMIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO ENTRE CLP E ESTAÇÕES DE OPERAÇÕES COM REDUNDÂNCIA FÍSICA, ROTINAS DE WATCHDOG E HOT STANDBY OTIMIZAÇÃO DA COMUNICAÇÃO ENTRE CLP E ESTAÇÕES DE OPERAÇÕES COM REDUNDÂNCIA FÍSICA, ROTINAS DE WATCHDOG E HOT STANDBY Ely Alves de Paula Júnior¹, Luís Augusto Mattos Mendes (Orientador)² ¹Departamento

Leia mais

AUTOMAÇÃO NA SULGÁS COM O SOFTWARE ELIPSE E3

AUTOMAÇÃO NA SULGÁS COM O SOFTWARE ELIPSE E3 AUTOMAÇÃO NA SULGÁS COM O SOFTWARE ELIPSE E3 Este case apresenta a solução adotada para monitorar as diferentes variáveis de campo envolvidas no processo de distribuição de gás natural realizado pela Altus

Leia mais

Desenvolvimento e Implantação de Sistemas SCADA Utilizando Computação na Nuvem. Clovis Simões Spin Engenharia de Automação Ltda.

Desenvolvimento e Implantação de Sistemas SCADA Utilizando Computação na Nuvem. Clovis Simões Spin Engenharia de Automação Ltda. Desenvolvimento e Implantação de Sistemas SCADA Utilizando Computação na Nuvem Clovis Simões Spin Engenharia de Automação Ltda. SUMÁRIO OBJETIVO VISÃO GERAL DO AMBIENTE SCADA PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Instalando o driver USB para ECF S Bematech. Nome: André L. Schikovski Bematech Software Partners

Instalando o driver USB para ECF S Bematech. Nome: André L. Schikovski Bematech Software Partners para ECF S Bematech Nome: André L. Schikovski Bematech Software Partners Introdução Neste tutorial, você aprenderá em um rápido passo a passo como é feita a instalação do driver USB das impressoras fiscais

Leia mais

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation.

Leia mais

Nota de Aplicação. Como enviar alarmes do Vijeo Citect por email utilizando o Microsoft Outlook. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.

Nota de Aplicação. Como enviar alarmes do Vijeo Citect por email utilizando o Microsoft Outlook. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1. Nota de Aplicação Como enviar alarmes do Vijeo Citect por email utilizando o Microsoft Outlook Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Firmware: Software: Versão: Vijeo Citect

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil José Monteiro Lysandro Junior Light Serviços de Eletricidade S/A jose.monteiro@light.com.br

Leia mais

PlantStruxure. Sistema de Automação de Processos. Tadeu Oliveira Di Fiori Consultor Técnico em Soluções de Automação

PlantStruxure. Sistema de Automação de Processos. Tadeu Oliveira Di Fiori Consultor Técnico em Soluções de Automação PlantStruxure Sistema de Automação de Processos Tadeu Oliveira Di Fiori Consultor Técnico em Soluções de Automação Andre Luiz de Moraes Consultor de negócios filial RJ Marcas da Schneider Electric Tour

Leia mais

Base Interface Ethernet Industrial 10/100 Mbps

Base Interface Ethernet Industrial 10/100 Mbps Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma interface Ethernet Industrial para as UCP s PO3242, PO3342 e PO3X47. A interface liga-se às redes Ethernet Industrial 10 ou 100 Mbps, estando

Leia mais

Visite o endereço abaixo para obter mais apostilas, dicas, notícias, tutoriais e simuladores.

Visite o endereço abaixo para obter mais apostilas, dicas, notícias, tutoriais e simuladores. Visite o endereço abaixo para obter mais apostilas, dicas, notícias, tutoriais e simuladores. http://www.btinformatica.com.br http://www.btinf.hpg.ig.com.br Esta apostila foi escrita em Março/04 Todas

Leia mais

Automação Sem Limites

Automação Sem Limites representado por: Automação Sem Limites Você espera mais do seu sistema HMI/SCADA do que uma simples ferramenta tecnológica? Você procura soluções inovadoras e seguras? Então é hora de conhecer o zenon

Leia mais

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE

COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE COMISSÃO DE INTEGRAÇÃO ENERGÉTICA REGIONAL IV CIERTEC SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE AUTOMAÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA E CENTROS DE CONTROLE Área de Distribuição e Comercialização Identificação

Leia mais

Software de Controle de Acesso

Software de Controle de Acesso Software de Controle de Acesso O W-Access é um software de controle de acesso 100% nacional, com padrões internacionais de qualidade, adequado ao mercado brasileiro e totalmente gerenciável por navegadores

Leia mais

Tecnologias de Automação na ALUNORTE. Apresentadora: Márcia Ribeiro Empresa: Alunorte/Hydro

Tecnologias de Automação na ALUNORTE. Apresentadora: Márcia Ribeiro Empresa: Alunorte/Hydro Tecnologias de Automação na ALUNORTE Apresentadora: Márcia Ribeiro Empresa: Alunorte/Hydro Sumário A Alunorte; Processo de Obtenção da Alumina; Automação na Alunorte; Sistemas Interligados; Projetos Futuros.

Leia mais

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB

Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Benefícios do Windows Server 2008 R2 Hyper-V para SMB Sumário Introdução... 3 Windows Server 2008 R2 Hyper-V... 3 Live Migration... 3 Volumes compartilhados do Cluster... 3 Modo de Compatibilidade de Processador...

Leia mais

Cogent Real-Time Systems Inc

Cogent Real-Time Systems Inc Exemplos de Aplicação do OPC DataHub Por Paul Benford e Robert McIlvride, Cogent Real-Time Systems Inc. Porque OPC DataHub? Atualmente, todos procuram por um diferencial para se destacar no mercado. A

Leia mais

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes.

Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. Digifort Enterprise A mais completa solução Digifort para monitoramento de câmeras e alarmes. A versão Enterprise é o pacote que compreende todos os recursos disponíveis para o Sistema Digifort, oferecendo

Leia mais

Uso do Action₀NET com o PI System da OsiSoft

Uso do Action₀NET com o PI System da OsiSoft Uso do Action₀NET com o PI System da OsiSoft Introdução Se sua empresa utiliza o PI System da OsiSoft, o Action₀NET é o software SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition) que mais se adequa a sua

Leia mais

Controle Supervisório e Aquisição de Dados (SCADA) Sistema de Execução da Manufatura MES Sistemas a Eventos Discretos (SED

Controle Supervisório e Aquisição de Dados (SCADA) Sistema de Execução da Manufatura MES Sistemas a Eventos Discretos (SED Controle Supervisório e Aquisição de Dados (SCADA) Sistema de Execução da Manufatura MES Sistemas a Eventos Discretos (SED Yuri Kaszubowski Lopes Roberto Silvio Ubertino Rosso Jr. UDESC 24 de Abril de

Leia mais

Sistemas Supervisórios

Sistemas Supervisórios Sistemas Supervisórios Prof a. Michelle Mendes Santos michelle@cpdee.ufmg.br Sistemas Supervisórios Objetivos: Apresentação e posicionamento da utilização de sistemas supervisórios em plantas industriais;

Leia mais

Nota de Aplicação. Exemplo de gerenciamento de usuários nas IHMs Magelis utilizando como acessório leitor biometrico XB5S5B2L2. Suporte Técnico Brasil

Nota de Aplicação. Exemplo de gerenciamento de usuários nas IHMs Magelis utilizando como acessório leitor biometrico XB5S5B2L2. Suporte Técnico Brasil Nota de Aplicação Exemplo de gerenciamento de usuários nas IHMs Magelis utilizando como acessório leitor biometrico XB5S5B2L2. Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Especificações técnicas Hardware: Firmware:

Leia mais

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update Usuários do Windows 7: Tente usar o utilitário de diagnóstico gratuito da HP para ajudá-lo a encontrar o melhor driver! IMPORTANTE: Você deve seguir estas soluções na ordem que são apresentadas para resolver

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL DE REDE (AULA 1)

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL DE REDE (AULA 1) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMA OPERACIONAL DE REDE (AULA 1) Administração A palavra administração vem do latim

Leia mais

Arquiteturas de Aplicações Distribuídas

Arquiteturas de Aplicações Distribuídas Arquiteturas de Aplicações Distribuídas Fernando Albuquerque 061-2733589 fernando@cic.unb.br www.cic.unb.br/docentes/fernando Tópicos Introdução. HTTP / CGI. API sockets. JDBC. Remote Method Invocation.

Leia mais

Centro de Operação Integrado da Queiroz Galvão Energias Renováveis

Centro de Operação Integrado da Queiroz Galvão Energias Renováveis Centro de Operação Integrado da Queiroz Galvão Energias Renováveis Resumo A Spin Engenharia participou da implantação do Centro de Operações Integrado (COI) da Queiroz Galvão Energias Renováveis (QGER).

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Aula 02 Conceitos básicos elipse. INFORMÁTICA INDUSTRIAL II ENG1023 Profª. Letícia Chaves Fonseca leticia.chavesfonseca@gmail.com

Aula 02 Conceitos básicos elipse. INFORMÁTICA INDUSTRIAL II ENG1023 Profª. Letícia Chaves Fonseca leticia.chavesfonseca@gmail.com Aula 02 Conceitos básicos elipse INFORMÁTICA INDUSTRIAL II ENG1023 Profª. Letícia Chaves Fonseca leticia.chavesfonseca@gmail.com 1. Introdução O Elipse E3 trabalha totalmente orientado para a operação

Leia mais

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes.

SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO. 1.2 Para efeito de cálculo do volume total em TB deverá ser considerado que 1KB = 1024 bytes. SOLUÇÃO DE STORAGE PROJETO X86 ARMAZENAMENTO Características Técnicas: 1.1 Deverá ser ofertada Solução de Storage com capacidade mínima de 100 TB (cem Terabyte) líquido, sendo 80TB (oitenta Terabytes)

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS. Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores

APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS. Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores APLICAÇÕES AMF Automatic Mains Failure em caso de falhas de alimentação da rede (Grupo gerador individual) ATS

Leia mais

Totally Integrated Automation (TIA) Portal Siemens AG 2015. All Rights Reserved. siemens.com/tia-portal

Totally Integrated Automation (TIA) Portal Siemens AG 2015. All Rights Reserved. siemens.com/tia-portal 20 Maio 2015 Totally Integrated Automation (TIA) Portal siemens.com/tia-portal Indústria - Tendências Tendências Comunicação de campo baseada em Ethernet Funcionalidades IT Aumento de capacidade e flexibilidade

Leia mais

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Bem-vindo

Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Bem-vindo Fiery Network Controller para DocuColor 250/240 SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Bem-vindo 2005 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter

Leia mais

Positivo Network Manager 4

Positivo Network Manager 4 Positivo Network Manager 4 O gerenciamento eficiente de informações e de tecnologia da informação (TI) é um fator reconhecidamente crítico na maioria das organizações. As informações e as tecnologias que

Leia mais

Eletromecânica. Catálogo 6002-4 BR Motion. Índice

Eletromecânica. Catálogo 6002-4 BR Motion. Índice Eletromecânica Catálogo 6002-4 BR Motion Garantia Certificação Termo de garantia A Parker Hannifin Ind. e Com. Ltda, Divisão Automação, doravante denominada simplesmente Parker, garante os seus produtos

Leia mais

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5

1. Considerações...3. 2. Introdução...3. 3. Arquitetura...3. 3.1. Topologia Básica...4. 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 ÍNDICE 1. Considerações...3 2. Introdução...3 3. Arquitetura...3 3.1. Topologia Básica...4 3.2. Hardware mínimo recomendado...5 3.3. Sistemas Operacionais...5 4. Configurações Necessárias...6 4.1. Nas

Leia mais

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView

SISTEMA DE GERÊNCIA - DmView Sistema de Gerenciamento DmView O DmView é o Sistema de Gerência desenvolvido para supervisionar e configurar os equipamentos DATACOM, disponibilizando funções para gerência de supervisão, falhas, configuração,

Leia mais

Tutorial GSControl CLP DUO CellControl GPRS. Suporte Técnico Rev: A

Tutorial GSControl CLP DUO CellControl GPRS. Suporte Técnico Rev: A Tutorial GSControl CLP DUO CellControl GPRS Suporte Técnico Rev: A Considerações Gerais Tutorial de Produtos Considerações Gerais Este documento descreve a utilização do CLP Duo e do CellControl GPRS e

Leia mais

Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis

Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis Henrique Tinelli Engenheiro de Marketing Técnico NI Nesta apresentação, iremos explorar: Plataforma NI CompactDAQ Distribuída Sistemas de Medição

Leia mais

Instalando e usando o Document Distributor 1

Instalando e usando o Document Distributor 1 Instalando e usando o 1 O é composto por pacotes de software do servidor e do cliente. O pacote do servidor deve ser instalado em um computador Windows NT, Windows 2000 ou Windows XP. O pacote cliente

Leia mais

Manual de Instalação da leitora de SmartCard Teo by Xiring

Manual de Instalação da leitora de SmartCard Teo by Xiring Manual de Instalação da leitora de SmartCard Teo by Xiring Versão especial p/ Banrisul e Infoestrutura 14 / Maio / 2008. Conteúdo: 1. Windows Vista 2. Windows XP, 2000 e 2003-Server 3. Windows 98 4. Windows

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FICHA DE COMPONENTE CURRICULAR CÓDIGO: COMPONENTE CURRICULAR: CONTROLADORES LÓGICOS PROGRAMÁVEIS (CLPs) E DISPOSITIVOS INDUSTRIAIS UNIDADE ACADÊMICA OFERTANTE: SIGLA:

Leia mais

Thin Clients : aumentando o potencial dos sistemas SCADA

Thin Clients : aumentando o potencial dos sistemas SCADA Artigos Técnicos Thin Clients : aumentando o potencial dos sistemas SCADA Tarcísio Romero de Oliveira, Engenheiro de Vendas e Aplicações da Intellution/Aquarius Automação Industrial Ltda. Um diagnóstico

Leia mais

Sistema de Dados Cromatográficos (CDS) Agilent OpenLAB

Sistema de Dados Cromatográficos (CDS) Agilent OpenLAB Sistema de Dados Cromatográficos (CDS) Agilent OpenLAB Edições EZChrom e ChemStation Requisitos de Hardware e Software Agilent Technologies Avisos Agilent Technologies, Inc. 2010-2013 Nenhuma parte deste

Leia mais

Manual de Instalação Corporate

Manual de Instalação Corporate Manual de Instalação Corporate Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Imobiliária21

Leia mais

SOLUÇÕES DA ELIPSE CONFEREM AGILIDADE À OPERAÇÃO E TOMADA DE DECISÕES NO COD DA ELEKTRO

SOLUÇÕES DA ELIPSE CONFEREM AGILIDADE À OPERAÇÃO E TOMADA DE DECISÕES NO COD DA ELEKTRO SOLUÇÕES DA ELIPSE CONFEREM AGILIDADE À OPERAÇÃO E TOMADA DE DECISÕES NO COD DA ELEKTRO Elipse Power e Elipse Plant Manager auxiliam uma das maiores distribuidoras de energia do Brasil a atender, de forma

Leia mais

Trabalho Prático Sistema de Armazenagem Relatório Scada

Trabalho Prático Sistema de Armazenagem Relatório Scada Trabalho Prático Sistema de Armazenagem Relatório Scada Docente: Paulo Portugal Daniel Eduardo Miranda dos Santos ee04245 2004/2005 Índice Índice Objectivos 2 Introdução 3 Organização das variáveis para

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Sumário 1. Sobre este documento...3 2. Suporte técnico...3 3. Requisitos de hardware...3 3.1. Estação...3 3.2. Servidor...4 4. Instalação...4 4.1. Instalação do Group Folha no servidor...6

Leia mais

ELIPSE E3 OTIMIZA O SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE MARABÁ (PA)

ELIPSE E3 OTIMIZA O SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE MARABÁ (PA) ELIPSE E3 OTIMIZA O SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE MARABÁ (PA) Aplicação do E3 contribui para aumentar de 1870 para 3000 m³/h a capacidade do sistema pertencente à COSANPA (Companhia de Saneamento

Leia mais

Central de Alarme com monitoramento de Temperatura e Umidade

Central de Alarme com monitoramento de Temperatura e Umidade 20anos Central de Alarme com monitoramento de Temperatura e Umidade Sistemas Inteligentes *- Número ilimitado de pontos de medição; *- Monitoramento em tempo real de Temperatura e Umidade; *- Registro

Leia mais

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir

Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Artigos Técnicos Ferramentas Web para controle e supervisão: o que está por vir Marcelo Salvador, Diretor de Negócios da Elipse Software Ltda. Já faz algum tempo que ouvimos falar do controle e supervisão

Leia mais

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4

Librix...3. Software Livre...3. Manual Eletrônico...3. Opções de Suporte...3. Configuração de Dispositivos Básicos...4 Índice Introdução Librix...3 Software Livre...3 Manual Eletrônico...3 Opções de Suporte...3 Dicas para a Instalação Configuração de Dispositivos Básicos...4 Teclado...4 Mouse...5 Vídeo...5 Rede...6 Configuração

Leia mais

Desafio Atingir máxima eficiência e segurança por meio da administração centralizada de recursos de redes distribuídas geograficamente

Desafio Atingir máxima eficiência e segurança por meio da administração centralizada de recursos de redes distribuídas geograficamente Setor Corporativo Desafio Atingir máxima eficiência e segurança por meio da administração centralizada de recursos de redes distribuídas geograficamente Solução Tecnológica Librix AD SUMÁRIO EXECUTIVO

Leia mais

MANUAL CFTV DIGITAL - LINHA LIGHT 16 CANAIS 120 FPS / VID 120-LI CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR 16 Canais - 120 FPS Processador Dual Core 2.0GHZ ou superior; Placa Mãe Intel ou Gigabyte com chipset Intel;

Leia mais

Base Interface Ethernet Industrial

Base Interface Ethernet Industrial Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma interface Ethernet Industrial para as UCP s PO3242 e PO3342. A interface liga-se às redes Ethernet Industrial, estando de acordo com a norma

Leia mais

Nota de Aplicação. Comunicação entre Vijeo Citect e duas CPU s 6006.06 através de um gateway Serial/Ethernet. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1.

Nota de Aplicação. Comunicação entre Vijeo Citect e duas CPU s 6006.06 através de um gateway Serial/Ethernet. Suporte Técnico Brasil. Versão: 1. Nota de Aplicação Comunicação entre Vijeo Citect e duas CPU s 6006.06 através de um gateway Serial/Ethernet. Versão: 1.0 Suporte Técnico Brasil Arquitetura utilizada 2 Configuração do A1 para o controlador

Leia mais

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software

LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP. Guia de instalação do software LASERJET ENTERPRISE M4555 SÉRIE MFP Guia de instalação do software HP LaserJet Enterprise M4555 MFP Series Guia de instalação do software Direitos autorais e licença 2011 Copyright Hewlett-Packard Development

Leia mais

Automação de Locais Distantes

Automação de Locais Distantes Automação de Locais Distantes Adaptação do texto Improving Automation at Remote Sites da GE Fanuc/ Water por Peter Sowmy e Márcia Campos, Gerentes de Contas da. Nova tecnologia reduz custos no tratamento

Leia mais

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 FileMaker Pro 13 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 2007-2013 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup

Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup Serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution Installation and Startup HP Technology Services O serviço HP StoreEasy 1000/3000 and X1000/3000 Network Storage Solution fornece a

Leia mais

MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE AUTOMAÇAO DE UMA FABRICA DE CIMENTO

MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE AUTOMAÇAO DE UMA FABRICA DE CIMENTO MODERNIZAÇÃO DO SISTEMA DE AUTOMAÇAO DE UMA FABRICA DE CIMENTO Giancarlo Borges de Avelar - Automaton Integração de Sistemas Leopoldo José Naves Alves, AUTOMATON Marcio L Martins Neto - MULTIPLUS 19 a

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá

Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá Escola de Educação Profissional SENAI Visconde de Mauá Automação Industrial Porto Alegre, Outubro de 2014 Revisão: B Conhecer os principais conceitos e aplicações de um Software Supervisório; Conhecer

Leia mais

Instalação e utilização do Document Distributor

Instalação e utilização do Document Distributor Para ver ou fazer o download desta ou de outras publicações do Lexmark Document Solutions, clique aqui. Instalação e utilização do Document Distributor O Lexmark Document Distributor é composto por pacotes

Leia mais

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Um guia para pequenas empresas Conteúdo Seção 1: Introdução ao Modo Windows XP para Windows 7 2 Seção 2: Introdução ao Modo Windows XP 4 Seção 3: Usando

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS DE REDE

SISTEMAS OPERACIONAIS DE REDE SISTEMAS OPERACIONAIS DE REDE MUDANÇAS TENDÊNCIAS GERADORAS DE MUDANÇAS Aumento do número de usuários de telefones celulares Proliferação de dispositivos com capacidades de rede Crescente variedade de

Leia mais

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação

TCI 322. Conversor de Interface USB para RS422/RS485. Manual de Instalação TCI 322 Conversor de Interface USB para RS422/RS485 Manual de Instalação O conversor de interface TCI 322 é um dispositivo versátil que permite a partir de uma porta USB do computador ter-se uma interface

Leia mais

SCADA Software - Superview BROCHURE

SCADA Software - Superview BROCHURE SCADA Software - Superview BROCHURE JUNHO 2013 Solução Completa em Automação SCADA SuperView Registro e Aquisição de Dados Flexibilidade Interface amigável Vantagem competitiva Requisitos ANVISA e FDA

Leia mais

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br

Capture Pro Software. Introdução. A-61640_pt-br Capture Pro Software Introdução A-61640_pt-br Introdução ao Kodak Capture Pro Software e Capture Pro Limited Edition Instalando o software: Kodak Capture Pro Software e Network Edition... 1 Instalando

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados Solução Completa em Automação FieldLogger Registro e Aquisição de Dados Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um

Leia mais

VDESK 2011 Desktop Virtualization

VDESK 2011 Desktop Virtualization VDESK 2011 Desktop Virtualization Linha VDesk 2011 Desktop Virtualization Agilidade Flexibilidade Gerenciamento Segurança Custo Desafios das empresas atualmente Centralização da operação Redução nos custos

Leia mais

SUBESTAÇÕES. SCMS Sistema de monitoramento de corrente de fuga

SUBESTAÇÕES. SCMS Sistema de monitoramento de corrente de fuga SUBESTAÇÕES SCMS Sistema de monitoramento de corrente de fuga SCMS / STRAY CURRENT MONITORING SYSTEM (SISTEMA DE MONITORAMENTO DE CORRENTE DE FUGA) Definição de corrente de fuga O funcionamento dos sistemas

Leia mais

Modelos de Redes em Camadas

Modelos de Redes em Camadas Modelos de Redes em Camadas Prof. Gil Pinheiro 1 1. Arquitetura de Sistemas de Automação Sistemas Centralizados Sistemas Distribuídos Sistemas Baseados em Redes Arquitetura Cliente-Servidor 2 Sistemas

Leia mais

PowerSpy Sistema de Monitoramento de Painéis de Distribuição

PowerSpy Sistema de Monitoramento de Painéis de Distribuição PowerSpy Sistema de Monitoramento de Painéis de Distribuição Uma solução completa para a medição e monitoramento de um vasto conjunto de grandezas elétricas, com indicações de valores individuais para

Leia mais

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951

Seu manual do usuário XEROX 6279 http://pt.yourpdfguides.com/dref/5579951 Você pode ler as recomendações contidas no guia do usuário, no guia de técnico ou no guia de instalação para XEROX 6279. Você vai encontrar as respostas a todas suas perguntas sobre a XEROX 6279 no manual

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

Sistema de Dados de Cromatografia (CDS) Agilent OpenLAB

Sistema de Dados de Cromatografia (CDS) Agilent OpenLAB Sistema de Dados de Cromatografia (CDS) Agilent OpenLAB Guia para Administradores Agilent Technologies Avisos Agilent Technologies, Inc. 2012-2013, 2014 Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida

Leia mais

Automação em Processos Produtivos Baseada em Instrumentação Virtual

Automação em Processos Produtivos Baseada em Instrumentação Virtual Automação em Processos Produtivos Baseada em Instrumentação Virtual Ivan Bovarotti Tagliari, Galdenoro Botura Junior, Luiz Carlos Rosa Márcio Alexandre Marques, Marilza Antunes de Lemos Engenharia de Controle

Leia mais

Comunicação via interface SNMP

Comunicação via interface SNMP Comunicação via interface SNMP 1 - FUNCIONAMENTO: Os No-breaks PROTEC possuem 3 interfaces de comunicação: Interface RS232, interface USB e interface SNMP. Todas elas permitem o controle e o monitoramento

Leia mais

Eduardo Bezerra. Editora Campus/Elsevier

Eduardo Bezerra. Editora Campus/Elsevier Princípios de Análise e Projeto de Sistemas com UML 2ª edição Eduardo Bezerra Editora Campus/Elsevier Capítulo 11 Arquitetura do sistema Nada que é visto, é visto de uma vez e por completo. --EUCLIDES

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM DIGITRACE NGC-40 O NGC-40 é um avançado sistema modular

Leia mais

Capítulo 8 - Aplicações em Redes

Capítulo 8 - Aplicações em Redes Capítulo 8 - Aplicações em Redes Prof. Othon Marcelo Nunes Batista Mestre em Informática 1 de 31 Roteiro Sistemas Operacionais em Rede Modelo Cliente-Servidor Modelo P2P (Peer-To-Peer) Aplicações e Protocolos

Leia mais

Objetivo. Requisitos. Resumo. Processo de Instalação PS4E e PS4B

Objetivo. Requisitos. Resumo. Processo de Instalação PS4E e PS4B Objetivo Este documento tem como objetivo instruir os processos de instalação do Panda Security for Enterprise e Panda Security for Business e sua distribuição e configuração mais simples em uma rede.

Leia mais